Páginas

sábado, 3 de junho de 2017

deputado Rocha Loures é preso em Brasília

Da Agência Brasil *
 
A Polícia Federal (PF) confirmou à Agência Brasil ter prendido hoje cedo pela manhã (3) o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR). Ele foi preso preventivamente em Brasília e levado para a Superintendência da PF no Distrito Federal. A prisão foi solicitada na noite de ontem, em mandado assinado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin,  a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR).
Ex-assessor especial do presidente Michel Temer, Rocha Loures flagrado pela PF recebendo em São Paulo uma mala com R$ 500 mil qu
e, segundo delações de executivos da JBS feitas no âmbito da Operação Lava Jato, seriam dinheiro de propina.
"Imprescindível"
O ministro Fachin, relator da Lava Jato, sustentou no seu pedido que a prisão de Loures era “imprescindível para a garantia da ordem pública e da instrução criminal". O ex-deputado foi preso às 6h, em sua residência. Segundo a Polícia Federal, não houve mandados de busca e apreensão.
Em abril, no âmbito da Operação Patmos, Loures foi flagrado recebendo uma mala contendo R$500 mil, que teria sido enviada pelo empresário Joesley Batista, dono da JBS. A investigação foi iniciada com base em delação premiada da empresa.
O pedido de prisão foi feito após o ex-ministro da Justiça Osmar Serraglio reassumir o cargo de deputado federal. Com o retorno, Loures, que era suplente de Serraglio, perdeu o foro privilegiado.
Matéria atualizada às 10h17 para acréscimo de informações.
* Com informações da repórter Letycia Bond

Edição: Augusto Queiroz

Ministério Público pede condenação de Lula e pagamento de multas de R$ 87 milhões

Do total estabelecido pelo MPF, ex-presidente teria recebido cerca de R$ 3 milhões


O Ministério Público Federal de Curitiba (MPF), responsável pelas investigações da Operação Lava Jato, pediu na sexta-feira (2) à noite ao juiz Sérgio Moro a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de outros seis réus pelos crimes de corrupção passiva e ativa e lavagem de dinheiro. O MPF quer que todos cumpram as respectivas penas em regime fechado e que Moro determine a apreensão de R$ 87.624.971,26, correspondente ao valor das propinas que teriam sido pagas nos contratos da OAS com a Petrobras.
O pedido foi encaminhado à Justiça Federal de Curitiba e faz parte das alegações finais do processo que apura o suposto pagamento de propina por parte da OAS, envolvendo um apartamento triplex no Guarujá, litoral paulista e que, segundo o MPF, seria entregue a Lula, como contrapartida por contratos que a empreiteira fechou com a Petrobras.
Ministério Público pede prisão de Lula e pagamento de multas de R$ 87 milhões
Ministério Público pede prisão de Lula e pagamento de multas de R$ 87 milhões
Do total estabelecido pelo MPF, Lula teria recebido cerca de R$ 3 milhões, incluindo os valores do triplex e do contrato entre a OAS e a transportadora Granero, responsável pela guarda de parte do acervo que o ex-presidente recebeu ao deixar o cargo.
Outros réus
Também são réus no caso o ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, os executivos da empresa Agenor Franklin Medeiros, Paulo Gordilho, Fábio Yonamine e Roberto Ferreira, e o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto. Todos são acusados de lavagem de dinheiro e corrupção ativa. A ex-primeira-dama Marisa Letícia teve o nome excluído da ação após a sua morte, em fevereiro passado.
O MPF informou ainda que Léo Pinheiro, Agenor Franklin e Paulo Gordilho devem ter as penas reduzidas pela metade, "considerando que em seus interrogatórios não apenas confessaram ter praticado os graves fatos criminosos..., como também espontaneamente optaram por prestar esclarecimentos relevantes acerca da responsabilidade de coautores e partícipes nos crimes, e tendo em vista, ainda, que forneceram provas documentais... que não eram de conhecimento das autoridades".
Conforme os procuradores que fizeram o pedido, as defesas têm até 20 de junho para contestar os argumentos do MPF. Depois da apresentação das alegações de todos os envolvidos, o processo volta ao juiz Sérgio Moro, que vai definir se condena ou absolve os réus.
"Vamos voltar a governar este país", diz Lula em congresso do PT
Na abertura do 6º Congresso Nacional do PT, Lula reforçou, no final da noite quinta-feira (1º), a campanha para a eleição do ano que vem. "2018 está longe para quem não tem esperança. Para nós está bem aí. Se a esquerda fizer um programa, um discurso, vamos voltar a governar este país", disse Lula.
Sobre as ações que responde na Justiça, que podem inviabilizar uma eventual candidatura à Presidência em 2018, Lula disse que se defenderá de todas as acusações e que os procuradores da Lava Jato terão que provar que ele não é inocente. Lula ainda ironizou as delações dos executivos da Odebrecht e da JBS. "Um empresário canalha diz que eu tenho conta no exterior, mas a conta está no nome dele e é ele que movimenta o dinheiro".
Com Agência Brasil

Curso de Flávio Carvalho em Belo Horizonte

 
O Professor Dr. Flávio Carvalho, que é jalesense, nos dias 27 e 28 de maio, esteve novamente ministrando curso de Psicologia Criminal (Jurídica e Forense), desta vez na capital mineira Belo Horizonte. A semana que vem será em Campo Grande (MS), depois Cuiabá (MT) e Rio de Janeiro (RJ).

O curso contou com a presença de mais de 300 pessoas entre psicólogos, médicos, advogados, peritos, delegados e estudantes.

O principal tema abordado, e muito discutido no curso, foi sobre psicopatas e os seriais killers.
 
O Prof. Flávio trouxe as definições e as principais características de um psicopata, trazendo casos famosos de assassinatos em série.


O momento que gerou maior discussão foi sobre a imputabilidade do sociopata, ou seja, a discussão se o psicopata deve ou não ser responsabilizado e punido pelos seus crimes.

O Prof. Flávio abordou como trabalha um profissional da área, traçando o perfil de um bom profissional, as características necessárias e o perfil de um bom psicólogo jurídico e forense, os requisitos necessários, e como deve ser a capacitação de tais profissionais.

O curso discutiu as pesquisas que estão sendo feitas na área da mente criminosa, inclusive pesquisas e projetos que o Dr. Flávio Carvalho coordena no NUPEDI (Núcleo de Pesquisa e Extensão em Direito) da UNIBAVE de Orleans, SC.

Os crimes como: assassinatos, estupros, com uso de extrema violência, a maldade, o sadismo, a perversão, sempre suscitou grande curiosidade nas pessoas, e objeto de pesquisa de muitos pesquisadores brasileiros e internacionais.

O Dr. Flávio Carvalho pesquisa a muitos anos a mente criminosa, é Professor de Psicologia Jurídica nos cursos de Direito e Psicologia na graduação e pós-graduação, e autos de livros sobre o tema tais como: 1-Psicanálise e Direito: A Justiça no Divã, 2-Direito, quem não o faz, age torto: Introdução ao Estudo do Direito e Filosofia do Direito, 3-Direitos Humanos e Deveres Espirituais, 4-Psicanálise e Religião: Aproximações e Contrastes na Formação Psicanalítica e na Formação Pastoral, dentre outros.

O Prof. Flávio Carvalho, no segundo semestre, estará dando cursos no interior de SP, em Bauru, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto.

Equipe de enfermagem do Hospital de Câncer - Unidade de Jales - recebe homenagem




Na segunda-feira, dia 29, foi preparada para a Equipe de Enfermagem uma singela homenagem em comemoração à "Semana da Enfermagem" que é lembrada no período de 12 a 20 de maio.



A enfermagem tem um papel fundamental, pois é o enfermeiro quem assume a responsabilidade pelo paciente durante o período em que este permanece no ambiente hospitalar, para prestação de cuidados. Nesse ambiente, é essencial a presença do enfermeiro que vai coordenar a assistência prestada ao cliente pela equipe de enfermagem e outros profissionais envolvidos.

Pensando nesse papel fundamental dos profissionais, o Hospital de Câncer de Barretos – Unidade Jales, por meio da Educação Continuada foi realizada uma programação diversificada, contando como uma palestra intitulada "O Poder do Foco" que foi ministrada pelo coach Felipe Eisenhut, apresentação de jograis e parodias com temas relacionados à enfermagem preparada pelos próprios colaboradores.

"Acredito que tenha sido muito importante essa integração dos nossos colaboradores, pois assim como um momento de descontração, também foi um momento de muito aprendizado.", afirmou a responsável técnica de enfermagem, Talita Minella.

Atualmente, a unidade de Jales conta com cerda de 130 profissionais da área, dentre eles enfermeiros e técnicos, que atendem nossos milhares de pacientes mensalmente.



Halley Fitas de Jales expõe, em SP, na maior feira do Brasil em produtos para festividades

Prefeito Flá e a primeira-dama Glauciane com
os diretores no estande da empresa

 
 
Jales marcou forte presença na Expo Parques Festas e Natal Show que aconteceram simultaneamente de 26 a 29 de maio, no Expo Center Norte, em São Paulo. A Expo Parques e Festas reúne os principais players do segmento de festas, celebrações, bufês, parques temáticos e entretenimento, entre outras festividades. Já a Natal Show é o palco dos lançamentos em produtos e tendências dos principais fornecedores brasileiros de árvores e bolas de Natal, guirlandas, presépios e imagens e demais artigos.

Por sua relevância para os negócios, as feiras são escolhidas por um grande número de empresas para apresentar suas novidades ao mercado. Nesta edição, mais de 20 marcas do interior do Estado de São Paulo marcaram presença. 

Entre elas, esteve a empresa jalesense Halley Fitas qualificada como indústria e comércio de fitas decorativas, administrada pelos empresários Tereza e Ademir Halley, que este ano participou pela sexta vez do Expo Parques Festas e Natal Show.

O prefeito Flávio Prandi e a primeira-dama Glauciane Franco, cumprindo agenda na capital paulista, na sexta-feria, 26 de maio, deram uma esticadinha até Expo Center Norte para uma visita ao estande da jalesense Halley Fitas que, em Jales, fica na avenida Alcebiades Bernardo, 718, Parque Industrial III

Sarau de História aborda “A luta dos excluídos por um lugar na História”

1 - O coordenador do curso de História, Silvio Lofego com os alunos e professores durante o Sarau 2 - Alunas do curso apresentaram histórias de mulheres que fizeram a diferença na sociedade 3 - Os alunos falaram sobre a luta de mulheres, negros e homossexuais, por uma sociedade justa e digna para todos 4 - O Grupo de Capoeira de Jales se apresentou no Sarau de História





 
 
Na sexta-feira, dia 26 de maio, o curso de História da Unijales, coordenado pelo professor Dr. Silvio Luiz Lofego, realizou o 26º Sarau. O grandioso evento, aconteceu na Chácara Recanto do Vale, no bairro Subida Preta. O tema abordado foi "A luta dos excluídos por um lugar na História".

Os alunos do curso de História da Unijales apresentaram diversas atividades, enfocando a produção cultural dos esquecidos e a luta das mulheres, negros e homossexuais por uma sociedade justa e digna.

Além de musicais, foram realizadas, por alunos, leituras e apresentações sobre o tema. No final da exposição dos trabalhos, o Grupo de Capoeira de Jales animou ainda mais a noite do público presente.

No Sarau estiveram presentes o coordenador do curso e vice-reitor acadêmico da Unijales, Silvio Luiz Lofego, os professores, Léo Huber e Alessandro e os ex alunos, Tainan Martins e Marina.

A realização do Sarau de História tem como objetivo promover o interesse dos alunos sobre determinado tema, além de tornar a relação dos acadêmicos ainda mais estreita.

Telemarketing arrecadou mais de R$ 15 mil em 3 meses

A implantação do Telemarketing na Santa Casa de Jales foi mais uma das fontes de captar recursos para suprir as despesas da instituição. O setor de Captação de Recursos iniciou a experiência no final de janeiro e começou a contabilizar as doações em fevereiro, sendo assim até abril já foram arrecadados mais de R$ 15,7 mil entre a população de Jales.

Em três meses de trabalho foram realizadas 9.120 ligações, mas apenas 930 contribuíram. De acordo com a gestora da Captação de Recursos, Luciana Vicente, ainda existe uma preocupação por parte da população em achar que pode ser um possível golpe. "Entendemos o receio que as pessoas têm em realizar esse tipo de doação, porém, a nossa colaboradora fornece todas as informações necessárias de maneira clara e bem explicativa para que as pessoas fiquem tranquilas em relação a esse trabalho. Caso o doador sentir-se em dúvida com a situação apresentada, deverá falar diretamente no setor de Captação de Recursos para conferir as informações".

O telemarketing conta com uma colaboradora nas ligações e dois mensageiros identificados que buscam o valor nas residências, ambos usam crachá, os recibos contem a logomarca da entidade e é assinado pela gestora de captação.

As doações são espontâneas, ou seja, a pessoa tem a liberdade de optar por qualquer valor e ainda fidelizar-se. Mais informações pelo telefone (17) 3622-5003 setor de Captação de Recursos.

Dermatologistas condenam nova moda de tatuagem para cobrir olheiras


Vai ano, vem ano e no mundo da estética e da beleza sempre surge alguma novidade que promete resolver problemas e incômodos como num passe de mágica. A cada nova onda, os especialistas ficam de cabelo em pé. No último verão foi o tal do bronzeamento com fita isolante, com consequentes relatos de queimaduras grave na pele de diversos clientes. A bola da vez são as olheiras. As rodelas de pepino e batata sobre a área - dicas do tempo das avós - foram substituídas por tatuagem na área abaixo dos olhos para cobrir os tons arroxeados ou amarronzados. Com custos que variam entre R$ 1 mil e R$ 15 mil, prometem acabar com o semblante cansado das pessoas.



 

Não é bem assim. A dermatologista Livia Pino (foto ), membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e professora da Universidade de Medicina de Valença, chama atenção para os diversos riscos de optar por procedimentos como esse.

"Nós dermatolgistas desaconselhamos fazer a técnica da tatuagem nas olheiras. Essa região abaixo dos olhos é uma das áreas mais finas da pele do nosso corpo, com grande possibilidade de desenvolver alergias. Mesmo um tatuador muito experiente corre o risco de colocar algum pigmento ali e estourar um vaso. Isso vai derramar sangue e vai tatuar um outro pigmento, que é o ferro contido dentro da hemácia e isso pode deixar a olheira mais escura definitivamente. Neste caso, esse pigmento é praticamente impossível de tirar", esclarece a dra Livia Pino.

A médica explica que até existem ácidos que poderiam ser usados para tentar diminuir o efeito de uma tatuagem na região das olheiras, mas que as respostas não são tão boas assim. Na maioria dos casos, melhora, mas não resolve totalmente.
Reprodução/Instagram/rodolphotatuador
Outra observação feita pela especialista é sobre a dificuldade de achar uma tinta que seja exatamente da mesma tonalidade da pele de cada pessoa.

"Se com o corretivo, que temos uma infinidade enorme de opções de cores e marcas já temos essa dificuldade, imagina uma tinta que fica permanente na pele! E vale lembrar que as olheiras mudam de cor de acordo com vários fatores, tais como sono e estresse. Essa olheira pode ficar mais escura um dia e mais clara no outro tornando muito complicado conseguir colocar uma tonalidade permanente nesta tatuagem", alerta a dermatologista Livia Pino.

Fator sol - Os especialistas chamam atenção também para o fator sol; importante de se levar em conta por vivermos no Brasil, um país tropical com alta incidência de radiação solar o ano todo.

"Se a pessoa fizer a tatuagem e se expor minimamente ao sol, a pele vai ficar bronzeada e a área que tem o pigmento da tatuagem, não. Essa é uma região muito nobre do rosto, no meio da face, que chama bastante atenção. A tatuagem não muda de cor com o sol e não o bloqueia. Qualquer intervenção estética tem que se levar em conta que o organismo nunca vai cessar o processo de envelhecimento. A pele vai envelhecer e a tinta também. A olheira tatuada terá essa tinta microfagocitada com o passar do tempo e, como qualquer tatuagem, vai ficando borrada", revela dra Livia.

As causas das olheiras são as mais diversas e isso é preponderante para o sucesso de qualquer tratamento. O escurecimento da área dos olhos pode ocorrer devido a várias circunstâncias passageiras como cansaço, privação do sono, fatores morfológicos, genéticos, processo de envelhecimento. O ideal é que se trate essa região e existem vários tipos de técnicas seguras e com eficácia comprovada como preenchimento e laser.

Perfil – Livia Pino é médica dermatologista, membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Graduada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro-UFRJ, tem pós-graduação em Dermatologia pela Policlínica Geral do Rio de Janeiro. Livia atua ainda como professora da Faculdade de Medicina de Valença e Preceptora do ambulatório de Pós-Graduação em Dermatologia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro.

Final da Copa Jales 2017 de Futebol Amador Regional será neste domingo

Neste domingo, 4 de junho, no Estádio Municipal de Jales Dr. Roberto Vale Rollemberg, com início às 15 horas, será realizada a final da Copa Jales 2017 de Futebol Amador Regional. O evento terá entrada franca e sorteio de brindes.


Depois de três meses em grandes jogos, o Recreativo Esporte Clube do Jardim Paraíso e o Resenha Futebol Clube, ambos da cidade, se encontram para a disputa do troféu de campeão.

Foram 16 equipes participantes: Carneirinho/MG, Clube Esportivo Jalesense da Vila União, Floresta Futebol Clube de Floreal, Cardoso Futebol Clube, Associação Esportiva Recreativa Mira Estrelense, Cruzeiro da Vila Aparecida de São João das Duas Pontes, Associação Desportiva Auriflamense, Associação Atlética Pontalindense, Resenha Futebol Clube de Jales, Recreativo Esporte Clube do Jardim Paraiso de Jales, Paranapuã Esporte Clube, Santa Albertina Esporte Clube, Turmalina Esporte Clube, Pereira Esporte Clube de São João de Iracema, Brasilândia Esporte Clube de Fernandópolis e Esporte Clube 13 de Junho de Suzanápolis.

Antes do jogo principal, as equipes das categorias sub 12 e sub 14 do Jalesense Atlético Clube, farão as preliminares. No intervalo do jogo da final, quem entrará em campo será a categoria sub 10.

Para a equipe campeã, será entregue, o troféu de Campeão, medalhas, premiação em dinheiro no valor de R$ 8.000,00 e a vaga para a disputa do Campeonato Paulista Amador 2017 da Federação Paulista de Futebol. O vice-campeão receberá o troféu, medalhas e a premiação em dinheiro no valor de R$ 2.000,00.


A Copa Jales 2017 de Futebol Amador Regional é uma realização da Liga Jalesense de Futebol, Federação Paulista de Futebol e Secretaria Municipal de Esportes, Cultura e Turismo de Jales, com apoio da Prefeitura e Câmara Municipal de Jales.

27ª Festa do Peão de Urânia com entrada franca

Urânia e região já estão no clima da 27ª Festa do Peão que acontece nos dias 8, 9 e 10 de junho, no Recinto de Exposições, "Wanderley Gelonez", com entrada franca.

 
A festa, que comemora os 67 anos do município, realizada pela Comissão Organizadora Arena de Ouro, com apoio da Prefeitura e Câmara Municipal de Urânia, começa na quinta-feira (8), com a abertura do rodeio com as melhores tropas do Brasil e show com a atual explosão do sertanejo, Felipe Araújo (foto).

Na sexta-feira (9), a animação ficará por conta da cantora Mariana Fagundes e, no sábado (10) haverá a final do rodeio, show com uma das maiores duplas do país, Chrystian e Ralf, além da tradicional queima de fogos.

A programação continua no domingo (11) de manhã, com desfile cívico em comemoração aos 67 anos de Urânia, com saída da Praça da Igreja Matriz, apresentação da Fanfarra FACMOL, de Pereira Barreto, e, logo após, o grande desfile de cavalheiros.

 
Na segunda-feira (12 ) véspera de feriado do aniversário da cidade, a partir das 20h, na praça da igreja matriz, serão realizadas a apresentação da Orquestra Sinfônica de Jales e inauguração do busto do fundador do município, Zico Braga.


Além disso, na mesma noite, haverá o sorteio da moto zero quilômetro, da promoção IPTU Premiado, da Prefeitura Municipal, e o sorteio da promoção dos lojistas em parceria com a Associação Comercial de Urânia.

Padrinho de Cofrinhos de Jales está entre os 10 premiados pelo Hospital de Câncer de Barretos

Com o objetivo de expor trabalhos, tirar dúvidas para mais um ano de trabalho, comemorar os feitos e trocar ideias e experiências, o Hospital de Câncer de Barretos realizou o "III Encontro de Madrinhas e Padrinhos de Cofrinhos" da instituição, no Centro de Eventos Paulo Prata.

Cerca de 250 pessoas que participaram do evento, foram premiados 10 padrinhos e madrinhas que mais se destacam na arrecadação de doações por meio dos cofrinhos. Dentre eles, o voluntário de Jales,  Ademir Miguel (foto de camisa lilás), que trabalha há 4 anos em prol desta causa, foi premiado e levou para casa uma bela lembrança preparada pela instituição.

Para o responsável pelos cofrinhos de Barretos, Reinaldo Sebastião de Souza, o encontro serve para reunir aqueles que trabalham de forma voluntária e gratuita pela instituição. "A reunião confirma que estamos no caminho certo", afirmou. Segundo Souza, as madrinhas e os padrinhos são imprescindíveis para o bom êxito do trabalho.

Em 2016, o Hospital teve recorde na arrecadação com os cofrinhos: R$ 1.963.451,08, valor 7% maior ao adquirido em 2015. São 540 madrinhas e padrinhos em todo o país.

Há quase dez anos, José Tarcisio Meireles, da cidade de Campinas (SP) é paciente do Hospital de Câncer de Barretos. Mas há cinco, ele se tornou um padrinho de cofrinho. "Desde que comecei meu tratamento eu fui aprendendo quais eram as formas de ajudar. Não custa nada ajudar, né? Por conhecer bem o Hospital eu sei que vale a pena e tento fazer com que mais pessoas ajudem. Eu também sou coordenador da caminhada Passos que Salvam", contou.

Como se tornar um padrinho de cofrinhos?

Quem desejar ser um padrinho de cofrinho deve entrar em contato com o Departamento de Captação de Recursos e Desenvolvimento do Hospital de Câncer de Barretos pelo telefone (17) 3321-6600, no ramal 6772.

Meu filho de quatro patas

 
Flávio Rodrigo Masson Carvalho Professor do UNIBAVE
– Orleans - SC equilibriumtc@hotmail.com
 
Dizem que sou exagerado,
 
Dou muito amor à um cãozinho,
Quem diz nunca foi amado,
Ele é o meu filhinho.
Receita para aprender amar,
 
Conhecer tal sentimento,
Basta um cão adotar,
É mais que um experimento.
Mas adote com responsabilidade,
 
E muita sabedoria e razão,
Trate-o com dignidade,
Pois ele vai preencher seu coração.
O cão não é um brinquedo,
 
Ele é cheio de sentimentos,
Ele sente dor e medo,
Prepara para esses momentos.
Dizem que somos mais evoluídos,
 
Que somos um nível superior,
Mas nós é que estamos perdidos,
E eles que nos dão muito amor.
Questiono a escala evolutiva,
 
Ainda não tenho tal fidelidade,
Sou ainda criatura vingativa,
Tenho resquícios de maldade.
Dizem que meu cão é ignorante,
 
Que não consegue pensar,
Mas ele me fez importante,
Pois foi ele a me adotar.

Ele é especial até no latir,
 
E entendia tudo que falava,
Precisou ele partir,
Para saber quanto o amava.
Não tenho vergonha de dizer,
 
E muito menos de demonstrar,
Que todos possam saber,
Com meu cão aprendi a amar.
Mas nunca como ele me amou,
 
Com este sentimento verdadeiro,
Pude saber mais quem sou,
E me amou por inteiro.
Ele me ama de verdade,
 
De todo o coração,
Não retribuía em igualdade,
Aprendi a amar com um cão.
Todo cão é especial,
 
Não importando a raça,
Vai te amar sem igual,
Até mesmo na desgraça.
Só queria estar perto de mim,
 
Não pedia nada mais,
E foi assim até o fim,
Fidelidade e amor demais.
São mesmo seres especiais,
 
Que Deus criou,
São criaturas celestiais,
Que Ele nos presenteou.
O meu filhinho partiu,
 
O céu é sua nova morada,
Eu fui o que mais sentiu,
Voltará para nova empreitada.
Que os anjos o recebam,
 
E o preparem para voltar,
E antes que percebam,
Vamos nos reencontrar.
 



Novena de Pentecostes marcou preparação de fieis da Diocese de Jales para celebrações de pentecostes nas comunidades

 
Cinquenta dias após a Ressureição, o Senhor enviou do céu o Espírito Santo sobre seus discípulos. Começou, então, o tempo da igreja. E esta igreja se mantém viva até os dias de hoje. Durante estes últimos cinquentas dias após a Páscoa, a Diocese de Jales vem se preparando para a grande festa de Pentecostes. Todas as comunidades do território diocesano através de subsidio produzido pela própria diocese, em sintonia, vivenciaram e celebraram a novena de Pentecostes 2017, com o tema " O Espírito Santo e Maria".

Durante os nove encontros os fiéis recordaram os momentos marcantes das primeiras comunidades cristãs e das perseguições por causa da fé, perseguição essa que ainda está presente na vida da igreja.

"Habitados pelo Espirito do Ressuscitado, também nos reunimos durante o Tempo Pascal, preparando-nos para reviver pentecostes com o mesmo desafio de sair em missão, transformando realidades. Maria agraciada pelo Espirito Santo, nos acompanha e nos inspira. Qual é a responsabilidade de cada um de nós nessa missão? Como devemos realiza-la? A Novena de Pentecostes nos permite refletir sobre essas questões. A Palavra de Deus nela contida orienta para as ações pessoais e coletivas, condizentes sobre tudo com o Ano Vocacional de nossa Diocese e o Ano Mariano que estamos celebrando no Brasil, em comemoração aos 300 anos de encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida" afirmou o Bispo Diocesano de Jales, Dom Reginaldo Andrietta.

Neste final de semana, muitas comunidades estarão celebrando o dia de pentecostes, como também a Renovação Carismática se reunirá em Auriflama para o seu 19º Resgate, neste sábado, dia 3 de junho. (por Edivaldo Mella Janasco)

Vagas para 12 novos cursos no Fundo Social estão abertas

 
Fundo Social de Solidariedade do Município de Jales está com as inscrições abertas para uma rodada de novos cursos (ver relação abaixo) neste mês junho. São 12 novas opções de cursos e oficinas e um total de 124 vagas.

Serão disponibilizados cursos na área de gastronomia, beleza, artesanato e neste mês há uma novidade: aulas de reforço escolar para crianças matriculadas no 9° ano. Segundo a presidente do Fundo Social, Glauciane Franco (foto), todos os professores da entidade são voluntários e os cursos são oferecidos gratuitamente à população.

"Optamos por fazer uma ampla divulgação para que o maior número de pessoas conheçam o trabalho e tenham a oportunidade de participar e se inscrever", explicou Glauciane.

As inscrições vão até o dia 8 de junho ou o preenchimento de todas as vagas ofertadas e devem ser feitas pessoalmente no Fundo Social de Solidariedade de Jales, na rua Seis, n° 2338, centro, das 8h às 11h e das 13h às 17h.

1– Festival do Pão de Queijo

Data: 21/06 – à tarde
Das 13:00h às 16h30 - profª. Marina
Vagas: 15 vagas
2 – Tarde da Beleza
Data: 09/06 – à tarde (início)
Das 15:00 às 16h30
Toda sexta-feira - profª. Inara
Vagas: 6 vagas por turma/ Total: 18

3 – Oficina do Bolo Confeitado
Data 14/06
Das 13h30 às 16h30 - profa. Lucrécia
Vagas: 15

4 – Designer de Sobrancelha
Data: 19/06
Das 8h às 16h com a profª. Franciele
Vagas: 10 vagas

5 –Curso Básico de Pintura em Tecido
Data: 08/06 Das 14h às 16h - profa. Daniela Azambuja
Vagas: 6

6 – Curso de Tapete Art´s Recicles
Data: 06/06
Das 9h às 11h - profª Silvete
Vagas: 10

7 –Designer de
- profa. Tania
Vagas: 6

8 – Oficina de Pintura em Tecido
Data: 06/06
Das 20h às 22h - profª Marisa
Vagas: 10

9 – Oficina de Produtos de Limpeza
Data: 13/06
Das 8h às 10h - profª Maria de Souza
Vagas: 20 

10 – Curso de Mandala
Data: 08 e 09/06
Das 9h às 11h - profª Jéssica
Vagas: 6

11- Reforço Escolar 9° ano
Data: 05/06 –início
Das 13h30 às 16h Duração: 1 mês - profª Sonia R. Oliveira
Vagas: 4

12- Reforço Escolar 9° ano
Data: 06/06 –início
Das 8h às 10h30 Duração: 1 mês - profª Sonia R. Oliveira
Vagas: 4





Legenda: à partir da esquerda: em pé: André Salviano, Carlos Souza, Márcio Fister, Fábio Galan e Dallmer Assis. Agachados: Gustavo Silva, Osvaldo Landin Jr., Renato Silva, José Bandeira e Adagoberto Navarro.
 
No último sábado, 27, às 14h30, no complexo de quadras do Clube Monte Líbano, em Rio Preto, em partida válida pela II Copa Monte Líbano Master de Basquetebol, a equipe de Jales enfrentou Cedral.
O confronto tinha todos os ingredientes para uma partida equilibrada, pois era o embate do até então líder, Jales, invicto nas três partidas disputadas, contra o vice-líder da competição, que contava com duas vitórias e uma derrota.

Mas o que se viu em quadra ficou distante de um confronto equilibrado. A equipe jalesense já entrou em quadra com uma postura defensiva obstinada, determinada a não permitir que o adversário pontuasse. Em contrapartida, também impôs um ataque muito eficiente, que conseguia converter em cestas a maioria dos seus avanços ofensivos.
O resultado desta postura em quadra não poderia ser outro: vitória inconteste da equipe jalesense, com absoluta supremacia em todos os quartos do confronto e a façanha de possibilitar ao adversário somente a menor pontuação até então anotada dentre todos os confrontos já realizados na competição.
Os resultados dos quartos da partida impostos pela equipe de Jales foram:
1º quarto: 25 x 05
2º quarto: 20 x 11
3º quarto: 18 x 06
4º quarto: 25 x 07.
O confronto, portanto, terminou com o placar anotando 88 em favor de Jales, contra apena 29 de Cedral.

Com o resultado, a equipe jalesense, que tem o apoio da Prefeitura Municipal de Jales, através da Secretaria Municipal de Esportes, se isolou na liderança da competição, invicta com quatro vitórias, conta com o ataque mais positivo, a melhor defesa e, portanto, o maior saldo de cestas da competição (veja quadro abaixo).
Pela equipe de Jales, jogaram e pontuaram: Gustavo Silva (04), José Bandeira (11), Carlos Souza (13), Dallmer Assis (14), Márcio Fister (03), André Salviano (03), Adagoberto Navarro (03), Fábio Galan (11), Osvaldo Landin Jr. (08) e Renato Silva (18).

 

 

Basquete de Jales busca 3ª vitória contra Catanduva

Sentido relógio (em pé): Victor, Júlio, Fábio, Dan, Thiago e Allan e agachados: Gustavo, Vilter , Landin Jr., Osvaldo, Allan e Lucas



Após ocupar a quinta colocação da VII Copa Monte Líbano/Liga Regional de Basquete, com o mesmo número de pontos da quarta colocada, a equipe de Basquete de Jales entrou em quadra no domingo, 28 de maio, no complexo de quadra das dependências do Clube Monte Líbano, em Rio Preto, em busca de se firmar no G4 da competição. O adversário era Potirendaba, até então sexto colocado na tabela.

A equipe de Jales iniciou a partida com um ataque bastante positivo, convertendo 22 pontos no primeiro quarto do confronto e permitindo que o adversário anotasse 20. Porém no segundo quarto do jogo, a equipe de Jales não conseguiu demonstrar o mesmo poderio defensivo, permitindo ao adversário que anotasse 26 pontos e convertendo apenas 16, finalizando o primeiro tempo da partida com o placar anotando 38 a 46 em favor do adversário.

O terceiro quarto também foi dominado pela equipe adversária, que anotou 13 pontos, tendo Jales, que pecou muito ofensivamente, convertido apenas 08 pontos.

No quarto mm derradeiro do jogo, Jales buscou reagir, melhorando ofensivamente, convertendo 18 pontos, mas não conseguiu frear suficientemente a pontuação ofensiva do adversário para conquistar a vitória. Permitiu à Potirendaba anotar 12 pontos e fechar o placar em 71 x 64.

Com o resultado, a equipe jalesense caiu para a sétima colocação na tabela entre as doze equipes participantes do torneio e busca a reação contra Catanduva no próximo confronto, que acontecerá neste domingo, 4 de junho. (ver tabela abaixo)

Pela equipe de Jales, que conta com o apoio da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Esportes, jogaram e pontuaram: Thiago Silva (01), Gustavo Quidiguino (04), Allan Oliveira (05), Júlio Aldrigue, Osvaldo Landin Jr. (14), Osvaldo Santos (07), Vilter Moraes (05), Lucas Viana, Allan Aissa (15), Victor Yago Pereira, Fábio Galan (04) e Tiago Dan (09).

Reflexões: Espinheiros

Adelvair David
 
 
Durante toda a existência o homem geralmente faz de tudo para eclipsar a sua felicidade.
Disse o mestre Jesus: "Não se colhe uva dos espinheiros".
Há muitos males que caberia ao homem evitar, porém, suas paixões negativas lhe incentivam o comportamento vil, desconsiderando que lhe possa trazer dores inimagináveis. Até possui alguma informação de que não se pode colher o bem onde se planta o mal, mas, entretido pelo seu egoísmo e orgulho pensa apenas no momento, na satisfação dos seus desejos, mesmo que para isto tenha que ferir, magoar, mentir, enganar e perturbar outros corações.
Assim, constrói para si mesmo problemáticas de difícil solução, caminhos que são verdadeiros espinheiros, onde não encontrará fruto algum de alegria, de satisfação e de paz para se alimentar, apenas dores e desconfortos, privações e doenças, angústias e medos feito espinhos cravados nas carnes d´alma a lhe atormentarem. Disse-nos uma pessoa certa feita: "não importa para que lado da minha vida eu me vire, sinto como se tivesse um espinho me esperando para me ferir, sinto a alma espetada por sofrimentos inconsoláveis, melhor morrer". Asseveramos-lhe que a morte não mata a vida, apenas o transferiria de plano com maiores pesares ainda em face do delito cometido contra si mesmo, seria torturado pela sua consciência por tempo indefinido.
É preciso prestar-se atenção na vida para que em pensamento, sentimento e ações se possa dar a melhor resposta aos desafios encontrados. O desconforto de hoje é o reflexo do mau uso do conforto de ontem. É importante compreender que o perdão divino para as faltas humanas se dá com uma nova oportunidade na terra em novo corpo, para que o homem possa reconstruir, refazer, reconquistar, devolver, semear amor onde semeou dor.
Asseveram-nos os espíritos venerandos que quem quer felicidade que não semeie os espinhos do ódio, da mágoa, da ociosidade ou da indiferença. É preciso lavrar o solo árido e ressequido da alma, que as ilusões tornaram pouco férteis, para que ele com o tempo volte a florescer.
PERDOE, RESPEITE, TRABALHE, SEJA CARIDOSO E O TEMPO TRARÁ OS FRUTOS DA ESPERANÇA E DA PAZ.
 

Editais de Proclamas

Carolina de Alvarenga Peixoto da Motta, Oficial do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de Jales, Estado de São Paulo. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro.

SIDIMAR SOARES DE SOUZA e LAÍS ANGÉLICA DOMINGOS FARINHA. ELE, natural de Palmeira D´Oeste, deste Estado, nascido aos 21 de janeiro de 1.979, autônomo, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de José Gomes de Souza e de Maria Rosa Soares. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 20 de julho de 1.989, autônoma, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de João de Matos Farinha e de Rosalina Domingos Farinha.

JOSÉ ADRIANO DA SILVA MOREIRA e JAQUELINE CARDOSO DE SOUZA. ELE, natural de Crato, Estado de Ceará, nascido aos 14 de janeiro de 1.991, montador de móveis, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de José Moreira Aragão e de Francisca Adriana da Silva. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 25 de julho de 1.989, vendedora, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Osias Pires de Souza e de Ana Maria Cardoso de Souza.

RODRIGO ANTONIO BARRIVIERA e ISLAINE DA SILVA. ELE, natural de Americana, deste Estado, nascido aos 12 de junho de 1.981, autônomo, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Domingos Ernesto Barriviera e de Neide Féboli Barriviera. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 10 de março de 1.988, do lar, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Edivaldo da Silva e de Maria José Marques de Oliveira.

JACKSON BORGES DE LIMA e MARLY FARIA DOS REIS DA SILVA. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido ao 1º de outubro de 1.986, maquinista, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Ataide Borges de Lima e Elza Tarin de Lima. ELA, natural de Bauru, deste Estado, nascida aos 26 de julho de 1.990, do lar, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de José Carlos da Silva e de Iraci Maria Augusta Fortunato.

JOÃO MARCOS DOS SANTOS e DAINARA ALMEIDA DOS SANTOS. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 06 de maio de 1.997, vidraceiro automotivo, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Marcos Alessandro dos Santos e de Silmara Menino. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 27 de janeiro de 1.995, embaladeira, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Benedito Bispo dos Santos e de Sônia Fátima de Almeida dos Santos.

RAFAEL RANGEL CASTILHO SHIMADA e RENATA BELINI. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 26 de setembro de 1.982, empresário, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Eiji Shimada e de Dulcinei Nogueira Castilho Shimada. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 26 de fevereiro de 1.986, empresária, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Aparecido Belini e de Maria Inez Pietrobom Belini.

WILSON MARCOS DE OLIVEIRA e SILENE CUNHA DE SOUZA. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 24 de julho de 1.969, motorista, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Wilson Aparecido de Oliveira e de Nely Gonçalves Resende de Oliveira. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 06 de setembro de 1.970, funcionária pública federal, solteira, residente e domiciliada nesta de Jales, filha de José Alves de Souza e de Alaides Cunha de Souza.

SE ALGUÉM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO OPONHA - O NA FORMA DA LEI. LAVRO OS PRESENTES PARA SEREM AFIXADOS NO REGISTRO CIVIL E PUBLICADOS NA FOLHA NOROESTE, NESTA CIDADE DE JALES.

Carolina de Alvarenga Peixoto da Motta – Oficial

FOLHAGERAL

da redação


O vereador
Luiz Henrique Vioto "Macetão" (PP) protocolou, na quarta-feira (31), na Câmara Municipal de Jales, mais um pedido de licença por 30 dias. Os analistas lá do botequim da vila suspeitam que as licenças de Macetão o levam para um endereço certo, a Secretaria Municipal de Promoção e Assistência Social.
Caso essas
licenças de Macetão terminem na sua ida para o secretariado do prefeito Flávio Prandi (DEM), o vereador Tiago Abra (também do PP) ficará isolado em suas decisões políticas no Plenário da Câmara. Sem a presença de Macetão, colega de bancada, Tiago Abra ficará na Câmara na condição de único opositor à administração municipal.
Na sessão
ordinária da Câmara na segunda-feira (dia 29), o vereador Tiago Abra solicitou informações do prefeito Flávio Prandi sobre a suspensão, pela Prefeitura, da licitação para contratação de empresa para prestação de assessoria e consultoria na área orçamentária, contábil e financeira. Em março, segundo o vereador, a empresa Meta Pública, que prestava esse serviço, teve seu contrato rescindido com a justificativa de contenção de despesas.
Recentemente,
a Prefeitura de Jales abriu licitação, na modalidade pregão presencial, para a contratação de nova prestadora dos serviços de assessoria. No dia anterior (25) à abertura das propostas, que se daria na sexta-feira (26 de maio), a licitação foi suspensa após o vereador Abra recorrer Tribunal de Contas do Estado, questionando possíveis irregularidades no edital.
O conselheiro
Antônio Roque Citadini, do Tribunal de Contas do Estado SP, acatou a representação do vereador Tiago Abra contra o edital de Pregão Presencial da Prefeitura Municipal de Jales; e fixou o prazo de 48 horas para a Prefeitura apresentar as justificativas que tiver sobre a matéria. Na análise da representação feita pelo vereador pepista, o conselheiro Citadini verificou, em princípio, que se destaca possível afronta à Lei 8666/93 e à jurisprudência do Tribunal de Contas.
Roque Citadini
registrou: "A meu ver, os pontos questionados pelo Representante merecem uma análise prévia, sob pena de eventual afastamento de potenciais interessados e consequente comprometimento do certame. Além de tais pontos criticados, deve a Prefeitura também esclarecer sobre a possível ocorrência de terceirização de serviços que, aparentemente, deveriam ser executados pelos funcionários do Executivo". E concluiu: "Recebo a matéria como Exame Prévio de Edital, determinando a imediata paralisação da licitação em tela até ulterior deliberação por esta Corte".
Em todas as
instituições, sejam públicas ou privadas, os trabalhos devem ser conduzidos com objetivos corretos e de maneira correta. Não há como justificar erros em licitação na Prefeitura de Jales, pois a instituição faz isso há muitos anos. E os novos dirigentes devem delegar serviços a quem entende do assunto.
Se alguém
criticar o vereador Tiago Abra, por pegar o prefeito pelo pé, deve lembrar que o edil está cumprindo suas obrigações institucionais. Deve lembrar ainda que, em outras eras, a Prefeitura de Jales se enrolou em prejuízos porque os vereadores não fizeram o seu trabalho.
O deputado
Fábio Sousa (PSDB/GO) protocolou, na quarta-feira (31), pedido de criação de CPI para investigar denúncias e supostas irregularidades que envolvem o tratamento de câncer no Sistema Único de Saúde (SUS). O documento tem 30 assinaturas de tucanos, do total de 184 consideradas válidas. Segundo Sousa, 49% das pessoas que procuram o SUS para tratar o câncer não conseguem atendimento.
O ministro
Benedito Gonçalves, do STJ, em decisão assinada no dia 24 de maio, não conheceu a um Agravo em Recurso Especial, proposto por Humberto Parini e outros, contra decisão da Corte de origem que não admitiu o recurso especial. Segundo o ministro Gonçalves, "no caso dos autos, a decisão de não admissão do recurso especial está motivada na não demonstração do dissídio jurisprudencial nos termos dos normativos vigentes. Todavia o agravante não impugnou, especificamente, referido fundamento aplicado pela Corte de origem".
Os autos
mencionados se referem ao famoso Caso Facip. Estão perambulando pelos Tribunais desde 12/05/2008. Neles consta ainda como réu o ex-prefeito Antônio Sanches Cardoso. Este é mais um exemplo de que, fazer a coisa certa, evita problemas e prejuízos.
Na sessão
ordinária de segunda-feira (05), os vereadores de Jales vão apreciar projeto de lei para abrir crédito adicional no valor de R$ 699.910,64 oriundos da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento. O convênio foi assinado no dia 27 de abril no Palácio dos Bandeirantes para recuperar 6,58 Km de estradas rurais no município.
Em Brasília DF
o presidente Temer – cercado por péssimos colaboradores, envolvido em escândalos e avaliado pessimamente pelo povo – tenta se equilibrar no poder. Esta semana comemorou números da economia que considerou positivos. Mas se comporta aos olhos dos brasileiros de forma completamente tradicional, sem perspectivas de renovação.