Páginas

sábado, 27 de maio de 2017

TCESP concede liminar ao vereador Abra e suspende licitação da Prefeitura de Jales

 Nesta quinta-feira, 25 de maio, o conselheiro Antonio Roque Citadini, do TCESP, acatou a representação do vereador Tiago Abra contra o edital de Pregão Presencial da Prefeitura Municipal de Jales, que tem por objeto a contratação de empresa especializada para prestação de serviços profissionais de Consultoria e Assessoria, voltada a área orçamentária, contábil, financeira e de administração visando apoio ao cumprimento das exigências a serem prestadas aos órgaos de Controle Externo Federal e Estadual em especial ao Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, assegurando visitas diárias por um dos responsáveis técnicos.

A data de abertura das propostas estava marcada para esta sexta-feira, 26 de maio. De acordo com a representação, o vereador Tiago Abra apontou as seguintes ilegalidades no edital: a)exigência de que a empresa contratada deverá assegurar no mínimo uma visita presencial diária por um dos membros da equipe técnica;  b)modalidade licitatória inadequada para os serviços
pretendidos; c)ofensa à Súmula nº 24 do Tribunal de Contas d o Estado e,
d)direcionamento do certame.                      

Analisando a representação apresentada pelo vereador pepista, o conselheiro Citadini verificou, a princípio, que se destaca possível afronta à Lei 8666/93 e à jurisprudência do Tribunal de Contas. "A meu ver, os pontos questionados pelo Representante merecem uma análise prévia, sob pena de eventual afastamento de potenciais interessados e consequente comprometimento do certame. Além de tais pontos criticados, deve a Prefeitura também esclarecer sobre a possível ocorrência de terceirização de serviços que aparentemente deveriam ser executados pelos funcionários do Executivo", alegou e, diante dos fatos exposto "recebo a matéria como Exame Prévio de Edital, determinando a imediata paralisação da licitação em tela até ulterior deliberação por esta Corte".

O conselheiro Roque Citadini fixou o prazo de 48 horas para que a Prefeitura Jales apresente as justificativas que tiver sobre a matéria. A decisão do Conselheiro Roque Citadini foi publicada no Diário Oficial do Estado nesta sexta-feira, 26 de maio.

Comissão de Missa do HC realiza coroação de Nossa Senhora na Capela São Judas






 
Maio é considerado o mês de Maria, e por isso foi realizada n segunda-feira, 22 de maio, na Capela São Judas do Hospital de Câncer de Barretos – Unidade Jales, a coroação de Nossa Senhora Aparecida.

A padroeira foi escolhida, pois este ano é considerado o "Ano Nacional Mariano" que iniciou em 12 de outubro de 2016 e vai concluir aos 11 de outubro de 2017. A data lembra a história do encontro da milagrosa Imagem de Aparecida se entrelaça com a história do Brasil está muito relacionada à nossa tradição, com a nossa cultura e com nossos costumes e crença.

"A Coroação de Nossa Senhora é uma solenidade que objetiva saudar, louvar e honrar a Virgem Maria, reconhecendo a Sua Maternidade Divina e sua Maternidade Espiritual da humanidade. Ela é Mãe da Igreja e portanto, é Nossa Mãe, constituída por Nosso Senhor Jesus Cristo, no derradeiro momento da sua vida, quando encerrou o seu Divino testamento e morreu numa Cruz, em Jerusalém.", afirmou o Padre responsável pela Capela, Arnaldo Parminondi Filho.

A coroação foi realizada pelos colaboradores, pacientes e a comunidade juntamente com seus filhos. A missa teve inicio às 19 horas.

Programação das missas - Quinzenalmente as segundas-feiras, às 19 horas são realizadas missas para colaboradores e fieis da cidade. A próxima missa será no dia 5 de junho. No demais, a programação semanal é: segunda-feira às 9h, quarta-feira às 15h0 e as sextas-feiras às 9h.

Exames e laudos de Raio-X são disponibilizados pela internet

A Santa Casa de Jales deu mais um avanço rumo a modernização e evolução tecnológica. O dia 18 de maio foi um marco para a história da instituição que passou a disponibilizar uma ferramenta que facilita o usuário a ver os exames de Raio-X pelo site do hospital.

De acordo com o gestor de Tecnologia da Informação, Eder Santos, a informatização disponibiliza ferramentas positivas e que inevitavelmente devem ser oferecidas e utilizadas pela sociedade atual. "Penso na satisfação do paciente em finalizar seu exame de Raio-X e já poder visualizar a imagem, seja pelo computador, celular ou até mesmo na consulta pelo médico agendada no mesmo dia. Agilizar o resultado e a disponibilização da imagem acessíveis pela web é o maior benefício aos pacientes".

Eder, ainda completou relatando que para a instituição é um diferencial, visto que todos os pacientes, independente do convênio, poderão ter acesso às imagens no ato do exame e do laudo quando disponível. Além disso, não precisará deslocar até o hospital para retirar o exame, diminuindo assim o consumo de insumos e serviços.

O projeto teve início em agosto de 2016, primeiramente com a instalação do módulo de laudos web, firmando uma parceria entre os radiologistas do Centro Regional de Imagem (CRI), para que os laudos dos exames de Raio-X fossem realizados de qualquer lugar por um canal exclusivo e seguro. Com isso, a Santa Casa de Jales alcançou o primeiro passo ganhando qualidade e agilidade no processo.

Para o provedor, Junior Ferreira, essa ferramenta veio agregar o trabalho que a instituição desempenha em relação a qualidade no atendimento. "Unimos a tecnologia em favor aos pacientes que poderão em questão de minutos acessar seus exames. O melhor é que estamos fazendo um novo trabalho que não nos gera custo algum e ainda facilita a vida das pessoas".

Os exames laudados realizados no Raio-X da Santa Casa de Jales podem ser vistos no www.santacasajales.com.br, menu Exames. Basta clicar em consultar protocolo, digitar o número que será entregue logo após o exame e a senha

I Simpósio de Estética e Cosmética da Unijales reuniu grandes nomes da área

 
A Unijales, através do curso de Estética e Cosmética, coordenado pela professora Adriana Lourenção Valério, realizou o I Simpósio “Sinergia entre cosméticos, procedimentos e atendimento para ser um bom profissional”.
O evento aconteceu no dia 22 de maio, segunda-feira, nas dependências da Instituição. Em sua 1ª edição, o simpósio contou com importantes palestrantes e atraiu cerca de 100 inscritos, desde alunos, professores e profissionais da área da Estética e Cosmética.
Segundo o professor Wederson do Livramento, “o sucesso do I Simpósio aconteceu em função do gabarito dos palestrantes convidados e dos temas atuais abordados. Tudo foi organizado com muito carinho e atenção, para agradar nossas alunas e aos participantes”.
 
Uma jornada de palestras, com temas diversificados e inovadores foram oferecidas às alunas. Na abertura, Vera Missio, especialista em Estética, falou sobre “Estrias”. Em seguida, Gisele Teixeira, fisioterapeuta dermato funcional abordou o tema “Tapping e Absolut Corpore, o revolucionário”. Outro tema atual, discutido no I Simpósio de Estética e Cosmética foi “Rejuvenescimento Facial DNA GEN- Sistemade direcionamento inteligente”, ministrado por Angélica Giardine.
Para encerrar o ciclo de palestras, a médica Dermatologista, Miriam Belão, de São José do Rio Preto, deu uma verdadeira aula sobre “Entendendo e Tratando o Melasma”
 
Além de todo esse conhecimento transmitido nas palestras, o Simpósio contou com uma feira de oportunidades, com exposição e comercialização de produtos e equipamentos da área. Vale ressaltar que para a realização do I Simpósio de Estética e Cosmética, grandes parceiros colaboraram
 
 
 

Em Fortaleza, professor Flávio fala sobre psicologia criminal




 
 
O jalesense Flávio Rodrigo Masson Carvalho, professor Centro Universitário Barriga Verde - Unibave - Campus de Orleans (SC), ministrou no sábado, 20 de maio, em Fortaleza (CE), mais um curso Curso de Psicologia Criminal (jurídica e forense). No sábado, 13 de maio, ele esteve ministrando o curso em Recife, capital pernambucana. Psicologia Criminal é uma área da psicologia que tem como objeto de estudo compreender os crimes e o comportamento desviante.

De acordo com o professor Flávio Carvalho, com esse objetivo, são utilizados testes de personalidade, estuda-se a estrutura mental e outras características patológicas, construindo um perfil e selecioná-lo se for possível com o direito penal.

Ele explica que a psicologia forense atua nos processos criminais, nas Varas Criminais e nas Varas Especiais da Infância e da Juventude, utilizando métodos e procedimentos para avaliar aspectos da personalidade e o grau de periculosidade de agentes de condutas tipificadas por lei como criminosas, enquanto que a psicologia jurídica tem campo de autação nos processos civis, dentro (como peritos) ou fora (como assistentes técnicos) da instituição judiciária, analisando a dinâmica familiar das pessoas envolvidas nos litígios nas Varas da Família e da Infância. A psicologia judiciária é a especificação do psicólogo jurídico que atua eminentemente dentro do sistema judiciário. Os próximos eventos estão marcados: 27 e 28/05 em Belo Horizonte (MG), e 03/06 em Campo Grande (MS), 10/06 Cuiabá (MT) e 24/06 Rio de Janeiro (RJ).

4º Passeio Ciclístico em prol da Santa Casa de Jales reúne 230 ciclistas

O 4º Passeio Ciclístico realizado no dia 21 de maio pelo setor de Captação de Recursos e apoiadores superou a expectativa de público. Em comparação ao ano passado o aumento de participantes foi de cerca de 53% que gerou uma arrecadação de R$ 10.192,20 somando o valor das inscrições e também a venda de bebidas.
 
Ciclistas profissionais e amadores de Jales, região e outros estados reuniram-se no Centro Integrado de Valorização do Idoso (CIEVI) para o café da manhã e após o passeio retornaram para o almoço realizado voluntariamente pela equipe do buffet Gran Royalle.


Os percursos de 20 e 40 quilômetros foram definidos pelos próprios participantes e o destaque do evento foi o rio-pretense Renan Perez, com apenas sete anos, completou a prova de maior percurso deixando todos admirados pela dedicação e esforço. Os pais ficaram orgulhosos e confessaram que o filho começou com cinco anos a pedalar e foi a primeira vez que ele completou o percurso de 40km, visto que em outras provas o limite dele era de 30.

Para o administrador do hospital, Rafael Carnaz Prado, o intuito do evento é unir pessoas de diversos lugares em benefício de uma só causa. "É gratificante ver a mobilização dos ciclistas para contribuir com a Santa Casa. Não era uma competição, era apenas um passeio para angariar recursos e a dedicação de cada um deles em fazer o bem foi apresentada. Parabéns a todos que contribuíram com o sucesso de mais um evento da instituição". O evento contou com o apoio da Prefeitura Municipal

Medo do Futuro do Brasil

Flávio Rodrigo Masson Carvalho Professor do UNIBAVE
– Orleans - SC equilibriumtc@hotmail.com
 
Bombas que explodem, inocentes que morrem, mães que choram, sangue lagrimas e muita dor. Este é um retrato do mundo que estamos vivendo, esta é a nossa realidade. E estamos a falar em globalização, em tornarmos o mundo um imenso quintal. Talvez esta situação seja irreversível, tenho pena de nossas crianças, pois as mesmas herdaram um mundo em pedaços, sem dono.
E no que tange ao Brasil?
Corrupção total! Envolvimento de todos os políticos de todos os partidos!
Roubam da Petrobras, roubam da Educação, roubam dinheiro destinados a merenda escolar, roubam de todas as instituições, roubam de todos, roubam onde der para roubar!
Quando a corrupção está nesse nível que se encontra no Brasil, os resultados são catastróficos!
A corrupção no Brasil mata mais que qualquer guerra! O povo agoniza em sofrimento atroz! Muito choro e ranger de dentes!
Pais de família desempregados, jovens sem perspectivas alguma de futuro, a saúde um caos total.
E dizemos a todo instante que Deus é brasileiro!
Estamos errados, ou nos enganaram!
O diabo é que deve amar o Brasil, pois está transformando o mesmo num INFERNO!
As vezes desconfiamos da vigilância de Deus, ou acreditamos que Ele nos esqueceu, não está mais a olhar por nos. Nos sentimos abandonados, a mercê de fanáticos que acreditam estar agradando a seu deus vingador, e a mercê de políticos brasileiros, que poderiam dar aulas para os terroristas do Estado islâmico.
Pobre terrorista ignorante, que mata irmãos para chamar a atenção para uma causa perdida. E o mundo chora vítima das consequências de atos terroristas transloucados, que estão a tirar a sossego de muita gente pacata, e que somente quer viver em paz e em harmonia, mas isto está cada vez mais difícil, não estamos a salvo em nenhum lugar, pois uma bomba pode explodir a qualquer momento e promover uma nova desgraça, que está cada vez mais comum.
Tenho medo de nos acostumarmos com tal desgraça. Tenho medo que as vozes que chamam por paz se calarem perante a violência nefasta.
E no Brasil? O que os políticos estão fazendo? TERRORISMO PURO!!
Mas nossos políticos são mais competentes que os terroristas. Matam muito mais! E não se sacrificam "pela causa", vivem uma vida nababesca, engordam bebendo champanhe e comendo caviar. E o povo? Comendo o pão que o Diabo amassou!
Estamos nos acostumado com a dor, a sofrer sem poder fazer nada além de chorar e rezar. Mas o choro está cada vez mais contido, e a reza cada vez mais com menos fé e empenho. Estamos apenas desenvolvendo em nós o forte desejo de vingança, estamos cada vez mais querendo aplicar a lei de Moises, "olho por olho, dente por dente", estamos aos poucos nos transformando em pequenos terroristas, e tenho medo que em breve, muito breve, passemos a também cometer os mesmos atos transloucados, mas revestido, disfarçado e justificado na intenção de se fazer justiça.
Pobre dos políticos quando esse povo acordar! Não vai haver lugar para se esconderem.
Muitos eram os que pediam pela paz, mais cada vez mais cresce o número daqueles que imploram por vingança, por retribuir na mesma moeda, e o sangue vai continuar a jorrar, e muitos inocentes ainda morrerão em vão, muitas mães ainda continuarão a chorar pelos seus filhos mortos e, muitas destas mães não terão nem um cadáver para velar e sepultar, e muitas terão apenas os pedaços dos filhos para enterrar, e com eles enterram também suas esperanças. Falo do mundo vítima do terrorismo cruel, e do Brasil, vítima de políticos-terroristas, vampiros que estão sugando até a nossa última gota de sangue.
Qual será o futuro deste Brasil? Não sei! Só sei que continuaremos por um tempo ainda suportando esse descalabro, essa situação inacreditável. Mas até quando? Somos PASSIVOS DEMAIS!
Creio que continuaremos a chorar, mas espero que não percamos a fé e que continuemos a rezar e a engrossar o coro daqueles que clamam pela paz entre os homens.
Mas se preciso for, que saquem as armas todos os pacificadores, e vamos colocar para correr os canalhas vampirizadores, que estão sugando nossas almas.
O tempo de PAZ E AMOR, está se esgotando, em breve entraremos em tempo de MUDANÇAS E DOR.
Pois não há na história do mundo, uma grande mudança, uma grande limpeza sem o DERRAMAMENTO DE SANGUE, SEM VIOLÊNCIA.
Agora eu pergunto: O que estão fazendo com o povo brasileiro não é VIOLÊNCIA? Não estamos sendo violentados?
Cuidado POLÍTICOS, um dia vamos REVIDAR, apenas REVIDAR!
Por enquanto, PAZ, AMOR E MUITA ESPERANÇA à todos!
 
 

Santa Fé do Sul realizará a 44ª Ficcap com portões abertos

O prefeito da Estância Turística de Santa Fé do Sul (SP) Ademir Maschio junto ao vice-prefeito Alcir Zaina reuniram-se nesta tarde de quinta-feira (25) com representantes da imprensa, Associação Comercial e os vereadores Marcelo Favaleça, Renato Ferraz, Leandro Magoga, Ronaldo Lima e Jhonatan Magalhaes.

Ademir explanou sobre a atual situação econômica que o município vem enfrentando em decorrência do cenário político e econômico do país, disse que hoje a Prefeitura vive um momento complexo, mas afirmou que se houver uma união de esforços da sociedade, comércio e indústria, aliados a um bem comum, é possível fazer a Ficcap. Todos os presentes na reunião concordaram em apoiar e unir forças com a Administração para a realização da tradicional festa da cidade.

A Administração realizará a 44ª Ficcap, que acontecerá dos dias 21 a 25 de junho, e será administrada pela Associação de Apoio à Indústria, Comércio, Cultura e Agropecuária de Santa Fé do Sul (Asap).

"Conto com o apoio de todos, pois com apoio é possível fazer a festa, a Ficcap será feita num formato enxuto, em que todos irão contribuir, seja comprando seu camarote, seja locando um espaço no recinto, e caso haja lucro, será todo revertido em prol da nossa Santa Casa", disse Ademir.

Alcir também deixou sua mensagem e disse que a festa não é do prefeito, não é da imprensa, que a festa é do povo de Santa Fé do Sul. "A população merece uma festa bem feita, realizada com responsabilidade, com cuidado, mas que ajude a fomentar o comércio, que traga alegria para nossos munícipes", concluiu.

Além dos shows, a 44ª Ficcap oferecerá atrações como parque de diversões, praça de alimentação, pavilhão comercial, barracões do agronegócio, estandes comerciais, entre outros.


Confira a programação:

- Dia 21 (quarta-feira): Abertura e show com Gustavo Mioto

- Dia 22 ( quinta-feira): Show com Munhoz e Mariano

- Dia 23 (sexta-feira): Show com Jads e Jadson

- Dia 24 (sábado): Show de Di Paulo e Paulino

- Dia 25 (domingo): Festa aberta



Falta um mês para o mega evento em prol do HCB com a dupla Fernando e Sorocaba

Já começou a contagem regressiva para o jantar show com a dupla Fernando e Sorocaba em prol do Hospital de Câncer de Barretos – Unidade Jales. O evento será no Villa Rocca, no dia 28 de junho. Além do show, os convidados poderão desfrutar de jantar com buffet completo e bebidas como água, refrigerante, cerveja e uísque com energético à vontade.

"Na noite haverá sorteio de prêmios para os presentes e também sorteio de pulseiras para foto no camarim com os artistas.", afirmou a Ariely Siqueira, assistente de captação do Hospital de Jales.

Este tradicional evento é realizado anualmente com o objetivo de arrecadar verbas que custeiem o tratamento de câncer oferecido a milhares de pessoas de forma gratuita e humanizada, para pacientes de 92 municípios da região. Mais de mil pessoas passam diariamente pela unidade de Jales do HC.

Entrega de convites - A partir de quarta-feira, 5 de junho, quem já comprou a mesa já pode retirar os ingressos na captação de recursos da unidade de Jales. Quem ainda não garantiu sua participação no evento, o mapa está disponível no setor da Captação de Recursos. Para mais informações, fala com Ariely pelo telefone (17) 3624-3910.

Cultivo de uva para suco e vinho é avaliado em municípios paulistas

Jales é um importante polo vitícola da produção estadual


por Maristela Garmes


"O suco de uva puro de uva, considerado 100% integral, sem a utilização de aditivos químicos é encontrado apenas no Brasil", diz o professor Marco Antonio Tecchio, do Departamento de Horticultura da Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA), da Unesp de Botucatu, que trabalha atualmente com um amplo projeto de pesquisa que avalia o comportamento do cultivo de uvas nas regiões de Botucatu, São Manuel, Jundiaí e Votuporanga.
foto/reprodução/ilustrativa  


Segundo o professor, "a avaliação do comportamento de cultivares de uvas para suco e vinho, desenvolvidas nestas regiões, é de extrema importância, pois fornecerá informações de grande interesse aos viticultores paulistas", diz. O projeto tem previsão para terminar em 2020.

As regiões de Jundiaí e Jales são importantes polos vitícolas, respondendo por 63% da produção estadual da uva Niagara Rosada. Segundo o professor, "em função da alta especulação imobiliária no polo vitícola da cidade e da queda na rentabilidade da Niagara Rosada pelos viticultores da região, umas das alternativas é a diversificação de cultivares e a elaboração de suco e vinho para à agregação de valor à uva".

Já em Votuporanga e Jales, a cultivar Itália é à base da viticultura na região, complementada por suas mutações Rubi, Benitaka, Brasil e Redimeire e, ainda, mais recentemente, pelo cultivo de uvas sem sementes BRS Vitoria e BRS Isis, lançadas pela Embrapa.

"O alto custo de produção decorrente da grande demanda de mão de obra e de insumos, associado aos baixos preços na comercialização, vêm ocasionando redução da área plantada das cultivares Itália e suas mutações, e a procura de alternativas para a região", diz o professor, ressaltando que a cultivares de uva para suco e vinho pode ser uma alternativa para o viticultor da região, tendo em vista a possibilidade de agregação de valor na uva.

Em Botucatu e São Manuel, apesar da reduzida área de plantio e de produção, equivalente a 0,32% da produção estadual, tem demanda crescente pelos produtores da região, sendo que o cultivo da videira é uma boa alternativa.

A pesquisa avalia cultivares tradicionalmente utilizada para a elaboração de vinhos ou sucos, como a Bordô, Isabel, Isabel precoce, Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Merlot, Syrah e Sauvignon Blanc, além das obtidas pelos programas de melhoramento genético do Instituto Agronômico de Campinas como IAC 138-22, Máximo, IAC 116-31 Rainha, IAC 21-14 Madalena, e da Embrapa: BRS Violeta, BRS Carmem, BRS Lorena e BRS Cora.

Ciclos da videira - No início de cada ciclo de produção, a videira necessita ser podada no final do inverno, sendo que, nas regiões em estudo, a poda foi realizada em agosto, depois do período de dormências das videiras.

Logo após a poda, foram avaliadas, semanalmente, as diferentes fases do ciclo da videira (estádios fenológicos), tendo por finalidade auxiliar o viticultor no manejo das técnicas culturais. Neste mesmo período, os pesquisadores também analisaram a duração do ciclo das cultivares, sendo de grande importância para a determinação da época da colheita.

"Os estádios fenológicos podem ser úteis para determinar o adequado momento e o número de operações para as diversas práticas culturais, como a aplicação de fertilizantes, poda, aplicação de reguladores vegetais e agroquímicos, desbaste e colheita", diz.

Na colheita, a equipe investigou os aspectos produtivos e de qualidade da uva, como produtividade e dimensões de cachos e de bagas de uva. Após esta etapa, foi analisada a qualidade da uva: ponto em que elas são esmagadas e com o suco obtido são determinadas a acidez titulável; o teor de sólidos solúveis; o pH e os açúcares redutores. O professor ressalta que o teor de sólidos solúveis, de maneira geral, está relacionado à quantidade açúcares nas uvas.

"Estes parâmetros são de extrema importância para determinar as características da uva para elaboração de suco ou vinho de qualidade", diz. As uvas ainda são classificadas quanto aos teores de polifenóis totais, flavonoides totais, antocianinas, resveratrol e atividade antioxidante".

Uma das questões apontadas pelo professor, é a importância destes compostos para a saúde humana. "Trabalhos na literatura demonstram alguns benefícios no consumo de suco de uva como: redução do risco de coágulos no sangue; efeitos anti-inflamatório, melhoria cognitiva e da memória, manutenção do colesterol à níveis saudáveis, menor risco de doença de Alzheimer, redução dos efeitos do envelhecimento, entre outros resultados".

Resultados - Entre alguns dos resultados já apresentados pela pesquisa, o professor Tecchio conta que em Votuporanga houve poucas variações na produtividade das videiras ao longo dos anos de cultivo: as cultivares Isabel Precoce, BRS Cora e IAC 138-22 Máximo têm se mostrado boas alternativas, apresentando produtividade média acima de 14 ton/ha. "Em razão dos poucos estudos com estas cultivares na região, estamos aprimorando as técnicas de manejo com o passar dos ciclos, de forma a melhorar cada vez mais a qualidade da uva, sem perder de vista a produtividade".

Em Jundiaí, os maiores números de cachos por planta foram encontrados nas cultivares IAC 21-14 ‘Madalena’; IAC 138-22 ‘Máximo’ e ‘Bordô’. As maiores produtividades foram encontradas nas cultivares IAC 21-14 ‘Madalena’ e IAC 138-22 ‘Máximo’, com valores médios de, respectivamente, 13,9 e 13,1 ton/ha. Os maiores teores de sólidos solúveis foram obtidos nas cultivares ‘BRS Lorena’ e IAC 116-31 ‘Rainha’, com valores respectivamente de 20,6 e 19,2 °Brix (escala numérica de índice de refração).

Entre outros resultados, foi elaborado suco das cultivares Bordô, IAC 138-22 Máximo, BRS Violeta e Isabel. "Estes sucos, ainda foram avaliados sensorialmente, obtendo-se boa aceitação, principalmente os feitos a partir das uvas ‘Bordô’ e IAC 138-22 ‘Máximo’".

Em São Manuel, os melhores resultados foram obtidos com as cultivares BRS Violeta, BRS Cora e BRS Carmem, com produtividade acima de 20 ton/ha. "Quanto à qualidade química da uva, estas cultivares apresentaram grande potencial para a elaboração de sucos", diz o professor.

Até agora, os dados apresentados no estudo são resultado da pesquisa de três alunos de doutorado, que defenderão teses pelo Programa de Pós-graduação em Agronomia/Horticultura da FCA: Ana Paula Maia Paiva, Francisco José Domingues Neto e Marlon Jocimar Rodrigues da Silva, nos trabalhos realizados respectivamente em São Manuel, Jundiaí e Votuporanga.

O projeto tem financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). Além da FCA, são parceiros da pesquisa o Centro de Frutas e o Centro de Seringueira e Sistemas Agroflorestais, do Instituto Agronômico (IAC) e a Estação Experimental de Viticultura Tropical, da Embrapa, em Jales.

Cresce venda de suco no Brasil - Em um levantamento do Instituto Brasileiro de Frutas, no último ano, houve crescimento na venda de sucos de uva integral, ajudando, assim, o setor. De 2014 para 2015, a venda de vinhos de mesa aumentou apenas 2%, enquanto que o de suco integral cresceu 31% no mesmo período. Em 2014, enquanto a economia retraída do país puxou a comercialização de vinhos para baixo, com queda média de 4,1%, o mercado do suco de uva seguiu em alta de 13,5%.

Ainda, de acordo com o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), a média de consumo anual per capita do brasileiro para sucos e néctares é de 5,5 litros, enquanto que na Alemanha, a média é de 37,5 litros.

Produção brasileira - O Brasil é o 19º produtor mundial de uva, com produção em 2015 de 1.497.302 toneladas em uma área de 78.011 ha. Os principais Estados produtores são: Rio Grande do Sul, Pernambuco, São Paulo, Bahia, Santa Catarina e Paraná, Santa Catarina e Bahia, respondendo, respectivamente 58,5%; 15,9%; 9,5%; 5,2%; 4,6% ;e 4,6% da produção nacional.

Em 2012, a produção de uvas destinadas ao processamento (vinhos, sucos e derivados) foi de aproximadamente 830 milhões de quilos, o que representa 57% da produção nacional.

O Estado do Rio Grande do Sul se destaca na produção e comercialização de vinhos e sucos de uva e derivados, sendo responsável por 90% da produção nacional. Em 2013, o Brasil exportou o equivalente a 4.212 toneladas de suco de uva, principalmente para o Japão, para onde foram destinados 3.535 toneladas do produto. No entanto, o Brasil ainda importa suco dessa fruta, sendo que em 2013 o total importado foi de 1.064 toneladas.

FOLHAGERAL

da redação

A praça
Dr. Euphly Jalles – que está sendo chamada "praça de alimentação" – deverá receber mais dois trailers de lanche para atendimento dos frequentadores do local. A Leste (Rua 12), ao Norte (Rua 13) e a Oeste (Avenida João Amadeu) há trailers de lanche. Só faltava mesmo ao Sul (Rua 11) e no Centro. Vai ficar perfeito. À volta da fonte, mesas e cadeiras.

Os dois
novos trailers vão apenas mudar de endereço: da Praça João Mariano de Freitas para a Praça Dr. EuphlyJalles. Com a saída dos trailers da Praça João Mariano de Freitas, esta praça vai ser revitalizada para receber bons visitantes e, quem sabe, retirar visitantes indesejados. E o "cassino" a céu aberto vai ser mantido?

Bons projetos
de arquitetura e paisagismo, que sejam bem executados – de preferência com participação de empresas e da comunidade –, são essenciais. Mas a manutenção e o uso não podem ser deixados em segundo plano. Se tudo correr bem, como todos desejamos, o trabalho poderá ser estendido a outras praças com sucesso. O povo merece há muito tempo.

Por falar em
praças, quem já esteve um único domingo na Praça da República, no centro da capital paulista, não esquece jamais. Desde 1956, todos os domingos, lá tem a Feira da Praça da República, freqüentada por gente de todo o mundo. Tem artes plásticas, artesanato e gastronomia em centenas de barracas bem organizadas. É extasiante. E não é a única na região metropolitana de São Paulo.

A proposta
do deputado federal Gomes de Matos (PSDB) – que define as atribuições profissionais dos agentes comunitários de saúde e dos agentes de combate às endemias – foi aprovada na última quarta-feira (24 de maio) pela comissão especial da Câmara dos Deputados, responsável pela análise da matéria. Agora a proposta segue para o Senado, caso não haja recurso para apreciação pelo Plenário da Câmara.

Em 2015,
a Assembléia Legislativa de SP aprovou lei criando o projeto Município de Interesse Turístico (MIT). Enquanto muitos municípios corriam para demonstrar seus potenciais turísticos, a administração anterior de Jales dormia em berço esplêndido, esperando por um milagre cair do céu. Ninguém se preocupou sequer em tentar.

Enquanto
isso, outros municípios – como Rubinéia, Sales, Barretos e Agudos – conseguiram a aprovação de vaga entre 140 Municípios de Interesse Turístico. Daqui para frente, vão faturar uma boa grana anual para aplicar em investimentos turísticos que geram receitas.

Agora,
segmentos da comunidade jalesense foram convocados às pressas, pelo prefeito Flá Prandi, para ajudar na luta de incluir o município de Jales no MIT, em um próximo projeto de lei a ser apresentado por um parlamentar na Assembléia Legislativa de SP. Só para lembrar, a Orquestra Sinfônica de Jales merece ser prestigiada e beneficiada.

O I Encontro
Estadual do Democratas, que estava previsto para realização na sexta-feira (26 de maio) em São Paulo, foi adiado para o segundo semestre. De acordo com a bancada estadual, o cancelamento do evento se deveu principalmente à crise política que afeta o país, fato que impossibilitaria, por exemplo, a presença de senadores e deputados federais.

O deputado
Edmir Chedid (DEM) declarou: "Esta foi uma decisão unânime da bancada estadual do Partido Democratas após as denúncias veiculadas pela imprensa que afetam diretamente os poderes em Brasília-DF. Por isso, decidimos adiar para o segundo semestre o evento, que também iria reunir os prefeitos, os vice-prefeitos, vereadores e presidentes do partido".

Uma das
propostas do I Encontro Estadual do Democratas também era oferecer suporte técnico e jurídico aos gestores públicos que assumiram o mandato no início deste ano. Ótimo assunto para ser discutido e implementado. De acordo com a bancada estadual, todas as propostas serão mantidas para o evento no segundo semestre, que deverá ocorrer entre agosto e setembro, conforme o cronograma da Assembléia Legislativa de SP.

Na sessão
ordinária da próxima segunda-feira (29 de maio), os vereadores do legislativo jalesense vão votar quatro projetos de lei de autoria do Executivo, abrindo crédito adicional no valor de R$ 1.900.000,00 referente a emendas parlamentares para recape asfáltico em diversas ruas da cidade. A contrapartida da Prefeitura será de R$ 16.839,45. Bom sinal. As nossas vias públicas aos poucos vão ficando ao gosto dos motoristas.

Só que há
mais ruas na cidade que vão precisar do recape. E dinheiro, vai mesmo ser preciso muito mais. Não existe um pulo do gato, uma forma bem bolada de resolver o recape na cidade. Todos os prefeitos, em todas as cidades, precisam fazer recape. O que se há de fazer? Somente manter as contas municipais equilibradas. Isso é possível.

Os analistas
políticos lá do botequim da vila estão cismados com o povo brasileiro. Se um político rouba, o povo não perdoa. Se um juiz comete um deslize, o povo condena. Se um personagem público mente, o povo desce a ripa. Êta, sô! O povo brasileiro tá mudado.

Futuro do trabalho

Reginaldo Villazón

Pesquisa por domicílios do IBGE, relativa ao primeiro trimestre de 2017, coletou dados importantes sobre a situação dos trabalhadores brasileiros nesse recente período. Vamos a alguns dados. Trabalhadores ocupados no setor privado com carteira assinada: 33,4 milhões. Trabalhadores ocupados no setor privado sem carteira assinada: 10,2 milhões. Trabalhadores ocupados por conta própria: 22,1 milhões. Trabalhadores desocupados por desemprego: 14,2 milhões.

Sem dúvida, a alta taxa de desemprego (13,7%) aumenta a quantidade de trabalhadores ocupados por conta própria e reduz a quantidade de trabalhadores ocupados no setor privado com carteira assinada. Porém, é muito expressivo número de trabalhadores ocupados por conta própria (22,1 milhões), representando 66% do número de trabalhadores ocupados no setor privado com carteira assinada. Segundo o IBGE, o segmento autônomo cresce de forma lenta e contínua.

Há uma explicação. As novas tecnologias e a globalização causam profundas alterações no trabalho. Novas estruturas, estratégias e premências modificam o cenário do trabalho. À primeira vista, tudo parece ficar complicado e sombrio. No entanto, as alterações significam desafios e oportunidades para todos. Por exemplo, hoje é comum ouvir lamentos de profissionais e empresários que precisam se atualizar com novas técnicas para melhor realização dos seus trabalhos.

Estudos indicam que o mundo do trabalho está num processo turbulento de desconstrução e reconstrução, mas nem de perto caminha para um beco sem saída. Tempos atrás, só trabalhadores maduros e providos de bons recursos deixavam de ser empregados. Hoje, trabalhadores jovens que valorizam a criatividade se tornam independentes para gerar bens e serviços por conta própria. Isto já obriga muitos empresários a tomarem providências para não perderem seus bons funcionários.

Fatores que impactam a sociedade e a economia mostram que a evolução do trabalho é imprescindível. Tais como: educação libertadora, uso progressivo de ferramentas tecnológicas, cobranças por aspirações profissionais e sociais, integração de diferentes gerações, respeito à diversidade, atenção com a sustentabilidade. À medida que a sociedade urbana adota novos padrões de consciência e comportamento, os provedores de bens e serviços devem seguir vinculados com a sociedade.

Hoje, a geração X (nascida nas décadas de 1960/70, muito tradicional) ocupa 53% da força de trabalho brasileira. A geração Y (nascida na década de 1980, habilitada em inovações) ocupa 40%. E a geração Z (nascida na década de 1990, totalmente conectada às inovações) só desponta. Esta evolução demográfica vai alterar a política, a economia, os costumes, o trabalho e tudo mais no planeta. As novas gerações cometerão erros, mas vão superar os desafios com enorme competência.

Quero trabalhar e não posso!

José Renato Nalini
secretário estadual de Educação

 
É o que podem dizer hoje nada menos do que 22,7 milhões de pessoas. O IBGE divulgou a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio - Pnad Contínua e eles evidenciam que existem 22,7 milhões de pessoas que, ou estão sem empregos ou buscam melhores condições de trabalho. Tal cifra se decompõe em 11,6 milhões de desocupados, 4,8 milhões de subocupados e 6,2 milhões que integram a força de trabalho potencial e já não se animam a procurar emprego.

Se a desocupação atingiu 11,6 milhões de pessoas no segundo trimestre deste ano, o contingente de pessoas para quem falta trabalho é maior: 16,4 milhões. Pois estão incluídos nesse grupo os considerados vítimas do desalento: desistiram do mercado de trabalho porque já não acreditam que poderão conseguir alguma vaga. E a crise é tão forte, que até o mercado de "bicos" foi reduzida. Não são muitos os brasileiros que conseguem ter mais de uma ocupação.

Falta trabalho para 13,6% da população em idade produtiva. É uma profunda deterioração do mercado de trabalho, fruto da gravíssima crise política, a desaguar em recessão econômica, estagnação e violenta queda de arrecadação.

Mesmo entidades consideradas sólidas, como o Banco do Brasil, estão dispensando funcionários. Desde 2007, a instituição financeira já adotou três programas de PDV - Plano de Demissão Voluntária mas ainda não bastou. Um quarto PDV está em elaboração, para atrair cerca de dez mil empregados. É que o BB tem mais de 109 mil empregados e um grupo de 5 mil estagiários. Está inchado em comparação com os concorrentes da iniciativa privada: o Itaú tem 96 mil e o Bradesco 89 mil.

A EMBRAER lançou o seu plano e 180 trabalhadores manifestaram interesse em aderir. Outros 1500 já haviam aceito o PDV anterior encerrado em setembro. Agora começa a dispensa de engenheiros, secretárias e técnicos do ensino médio.

Diante de tal cenário, é importante que os detentores de ocupação remunerada tenham consciência de que hoje trabalhar é uma benção, um privilégio e uma graça. Conservem com o máximo carinho o seu emprego e sejam diligentes, operosos e cooperativos. Conversem com quem está desempregado há vários anos e sentirão o drama que a falta de trabalho remunerado causa na família e na comunidade. Só quem experimenta consegue avaliar o desastre.
 

Palavras de Allan Kardec

 
Allan Kardec - Há Espíritos que ficarão perpetuamente nas classes inferiores ?
Os Espíritos - Não; todos se tornarão perfeitos. Eles mudam, embora devagar, porque já dissemos uma vez, um pai justo e misericordioso não pode banir eternamente os seus filhos. Querias que Deus, tão grande, tão justo e tão bom, fosse pior que vós mesmos?
Allan Kardec - Depende dos Espíritos apressar o seu avanço para a perfeição?
Os Espíritos - Certamente. Eles chegam mais ou menos rapidamente, segundo o seu desejo e a sua submissão à vontade de Deus. Uma criança dócil não se instrui mais depressa que uma rebelde?
Allan Kardec - Os Espíritos podem degenerar ?
Os Espíritos - Não. ‘A medida que avançam, compreendem o que os afasta da perfeição. Quando o Espírito conclui uma prova, adquiriu conhecimento e não mais o perde. Pode permanecer estacionário, mas não retrogradar.
O Livro dos Espíritos perguntas 116 a 118
Esta coluna tem o patrocínio e responsabilidade da “Associação Espírita “Chico Xavier” de Jales.

Judocas se classificam para duas finais em junho

 
Judocas da Associação de Judô Jalesense participaram no sábado (20/05) em Fernandópolis da 2ª Fase do Campeonato Paulista na classe de idade sub 11 e sub 13 categoria aspirante, e na classe de idade sub 15 da 1ª divisão e dos Joguinhos da Juventude na classe sub 21, e se classificaram para fases seguintes.

Na 2ª fase do certame paulista do Inter Regional com participação dos atletas classificados nas primeiras fases regionais, Jales estava representada por cinco atletas classificados, mas apenas quatro participaram em Fernandópolis. Dois deles se classificaram para a fase final do Campeonato Paulista a ser realizado no dia 10 de junho, em São Bernardo do Campo.

Nos Joguinhos da Juventude classificaram dois judocas para a fase dos Joguinhos Abertos, que estão marcados para junho em Presidente Prudente.

"A Associação de Judô Jalesense por seus diretores parabenizam os judocas pela brilhante participação e classificação que ocorrendo em todos os eventos, honrando o nome de Jales e da Associação", ressaltas o técnico Luis Antonio Nunes de Moraes(Gordo), na foto com sua filha Mara Gabriela da Silva de Moraes

Judocas classificados
Campeonato Paulista
3º Colocado – Mara Gabriela da Silva de Moraes
3º Colocado - Mauricio Hara Sakashita 

Joguinhos Abertos
1º Colocado - Leonardo Takashi Sakashita
1º Colocado - Vinicius de Oliveira Zeule

Judocas classificados entre os três primeiros
nos Joguinhos, mas não participam da fase final
2º Colocado - Edinei Maylon Bueno da Cruz
3º Colocado - Alisson Ribeiro Guimarães
5º Colocado - Vitor Kendy Yano
3º Colocado - Lilian Kellen da Silva Santos



Inclusão no Projeto de Município de Interesse Turístico é a luta de Jales

Com a presença de representantes de vários segmentos da comunidade, foi realizada na segunda-feira, 22 de maio, na sala de reuniões do Poder Executivo um encontro para a criação do Conselho Municipal de Turismo (Comtur) com o objetivo de pleitear a inclusão do município de Jales no Projeto de Interesse Turístico junto ao Governo do Estado.

Na escolha do nome do presidente foi proposto o de Weber Kitayama, da Fatec, acatado por unanimidade pelos presentes que, por sua vez, nomeou Wellington Lima Assunção como secretário executivo do órgão.

As etapas estão sendo cumpridas com realização de reuniões para elaboração do Plano Diretor de Turismo, que será encaminhado para Câmara Municipal para apreciação e aprovação dos vereadores.

Segundo o secretário municipal de Planejamento, Desenvolvimento Econômico e Mobilidade Urbana, Nilton Suetugo, que conduziu os trabalhos parsa a formalização do Conselho, a cidade possui vários espaços públicos para revitalização, como o Bosque Municipal, um remanescente da Mata Atlântica, que deve ser motivo de exploração turística. Ele explicou que o foco principal é reativar o segmento criado anos atrás com a aprovação de Lei Municipal, que revoga a lei anterior e atende as novas orientações da Secretaria de Estado de Turismo e, transformar a cidade como interesse turístico, para explorar os nossos potenciais que vão do Turismo de negócios que abrange todos segmentos da comunidade empresarial, comercial, industrial, atraindo inúmeras pessoas que fomentam a economia local como também, incrementando o Turismo Rural, que envolve a produção de uva, vinhos e de orgânicos, entre outros eventos que estão dentro do plano turístico.

O prefeito Flávio Prandi que esteve na reunião acompanhado do vice-prefeito José Devanir Rodrigues (Garça), enfatizou que manteve contato com os parlamentares na Assembleia Legislativa, principalmente os representantes da região, e acredita que ainda este ano, o município de Jales pode se tornar de Interesse Turístico que também receberá a polpuda verba anual para investimento no turismo local para atrair visitantes.

Interesse Turístico - A lei complementar nº 1.261, de 29 de abril de 2015 criou uma nova classificação de município turístico. O estado de São Paulo possui 70 Estâncias Turísticas. A lei criou 140 vagas para Municípios de Interesse Turístico que também poderão receber recursos do Fundo de Melhoria dos Municípios Turísticos administrado pelo DADE – Departamento de Apoio as Estancias.

No dia 9 de maio, a Assembleia Legislativa aprovou projeto de lei tornando Rubineia como Município de Interesse Turístico recebendo anualmente recursos na ordem de R$ 650 mil para investimentos no setor.

Todos os Municípios do Estado de São Paulo (exceto os que já possuem o título de Estância) podem pleitear o título de Município de Interesse Turístico por meio de um parlamentar.

“Quo vadis, Brasil?”

Dom Demétrio Valentini
Bispo Emérito da Diocese de Jales - SP




Estamos vivendo momentos decisivos para o Brasil. Está em risco o seu futuro de nação soberana. Faz-se urgente reverter a dinâmica de deterioração dos poderes estabelecidos, e da contaminação dos efeitos deletérios da corrupção avassaladora que tomou conta das esferas governamentais, e que vai se disseminando na própria sociedade.
A nação ficou atônita e estarrecida, diante da revelação de atos de corrupção praticados com desenvoltura, envolvendo governantes e empresários, implicando enormes somas de recursos financeiros, colocando dinheiro público a serviço de interesses particulares.
A gravidade maior é perceber que a corrupção se tornou assunto de conversas amenas entre políticos e empresários, como se ela já tivesse direito de cidadania, e fizesse parte normal do convívio entre cidadãos.
Diante disto, é preciso superar a tentação do desânimo. Urge enfrentar os desafios que se colocam diante de nós.
Este contexto traz à mente a conhecida lenda de Pedro fugindo de Roma, escapando das atrocidades do imperador Nero. Cristo intercepta o caminho da fuga. E lança a pergunta que vale para o Brasil neste momento: "Quo vadis?" "Para onde você vai, Brasil?"
Não é o caso de tomar o caminho da fuga. Urge enfrentar os desafios!
Com clareza se desenham pela frente duas etapas. Primeiro, superar o impasse em que se encontra a atual presidência. E em seguida, realizar uma ampla reforma política para refundar a nacionalidade brasileira.
Quanto à primeira etapa, vamos ser francos! O atual governo não tem mais condições de governar o país. Não basta um presidente ter legitimidade. E´ preciso que tenha um mínimo de credibilidade. Ele já não tem. Que se acionem os dispositivos constitucionais previstos para situações semelhantes a esta, e se proceda à formação de um novo governo.
A segunda etapa é mais complexa. Em sintonia com os avanços consolidados na constituição de 1988, é preciso proceder a uma ampla reforma política, que venha sanar os equívocos que os anos foram comprovando.
Não podemos perder a oportunidade que nos proporciona a gravíssima crise atual. Pois ela se apresenta como a última chance do Brasil retomar sua identidade histórica, de grande nação capaz de conduzir soberanamente os seus destinos, e se inserir com responsabilidade no contexto das nações.
As questões levantadas são de tal monta que se requer a convocação de uma assembléia nacional constituinte, com a competência exclusiva de fazer as mudanças políticas que ficaram emperradas na constituição de 88.
Entre tantas providências, faz-se necessário rever a representatividade do Congresso Nacional. Ele carrega vícios que foram enxertados desde o tempo da ditadura militar, quando se modificou a proporcionalidade da representação dos Estados, com vistas a garantir a maioria necessária para salvaguardar a fachada democrática de um Congresso que precisava estar submisso ao poder executivo.
É indispensável reduzir o número de deputados.
Não se pode continuar com uma legislação eleitoral que perverte a finalidade dos partidos.
O financiamento das campanhas eleitorais precisa ser modificado em profundidade.
Mas sobretudo é preciso encontrar caminhos para a cidadania brasileira expressar, de maneira orgânica e permanente, a sua vontade soberana sobre todos os assuntos relevantes da vida nacional.
Para unificar estas duas etapas propostas, integrando-as num amplo leque de ações, o novo governo a ser instalado terá sua incumbência mais importante em convocar e preparar a assembléia constituinte, para que se proceda, o quanto antes, a eleições gerais com incumbências bem definidas e articuladas.
Momentos de crise podem ser fatais. Mas podem também se transformar em oportunidade para a superação de impasses que parecem impossíveis de resolver.
Que a gravidade da crise que estamos vivendo nos leve a retomar os rumos do destino histórico de nossa Pátria. Vai depender de nossa ação consciente e articulada.
Pela vocação do Brasil, vale a pena recuperar a esperança e retomar a causa da regeneração de nosso país!