Páginas

sábado, 1 de abril de 2017

Alckmin autoriza pagamento de bonificação a professores do Centro Paula Souza

Estado trabalha para que os valores sejam pagos até o quinto dia útil de maio. Ao todo, serão distribuídos R$ 81 milhões aos 18 mil servidores
 
 
O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, autorizou ontem (30) o pagamento da Bonificação por Resultado (BR) aos professores e servidores do Centro Paula Souza, autarquia do governo estadual, ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação. O Centro Paula Souza administra 220 Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) e 66 Faculdades de Teconologia (Fatecs).
 
O decreto que estabelece o percentual para pagamento será publicado nos próximos dias. O valor pode chegar a 1,1 salário. Ao todo serão distribuídos R$ 81 milhões para funcionários das Etecs, Fatecs e da administração central. Serão beneficiados mais de 18 mil servidores estaduais.
 
O objetivo, apesar da crise econômica nacional, é garantir que os valores sejam pagos até o quinto dia útil de maio, junto com a folha de pagamento de abril.

Victor Golas mostra respeito pelo São Paulo, mas sonha com classificação do Linense para as semifinais do Paulistão

 
Goleiro que disputa primeira competição no Brasil após retornar da Europa já desperta interesse de grandes clubes
 
 
Foto: Victor Golas teve atuações bastante elogiadas com a camisa do Linense no Campeonato Paulista (José Luís Silva / Ag. CA Linense)
 
O Linense mostra grande respeito pelo São Paulo, mas acredita nas possibilidades de chegar às semifinais do Campeonato Paulista. Poupado da partida de quarta-feira com o Corinthians, por estar pendurado com o segundo cartão amarelo, o goleiro Victor Golas retorna ao time e comenta sobre a expectativa para o primeiro confronto com o Tricolor, marcado para domingo à tarde no Estádio do Morumbi.

"Respeitamos o São Paulo, que é um clube grande, de tradição, e conta com um excelente elenco. Mas o Linense não se classificou por acaso. O que nós fizemos na primeira fase nos permite sonhar com algo a mais. Estamos focados e vamos confiantes para o primeiro jogo", declarou o atleta.
 
Victor também sabe que o sistema defensivo será muito exigido, mas procura ver o lado bom da situação. "Em um jogo contra um time grande, a defesa acaba tendo um papel fundamental. O goleiro tende a atuar bastante. Mas encaro isso como uma oportunidade de o meu trabalho aparecer ainda mais para os torcedores e a imprensa", pondera o goleiro, apontado como o destaque da equipe em diversas rodadas da primeira fase do estadual.
 
ESTREIA NO BRASIL AOS 26 ANOS
 
Paranaense da cidade de Arapongas, Victor Hugo Mateus Golas tem 26 anos de idade mas, curiosamente, está participando pela primeira vez uma competição como profissional no Brasil.
 
Sua trajetória no futebol teve início nas categorias de base do América de São José do Rio Preto. Após destacar-se na disputa da Copa São Paulo com apenas 16 anos, despertou o interesse de representantes do Sporting Lisboa, para onde se transferiu.
 
"Fiquei dez anos em Portugal, nove deles no Sporting, conquistando diversas competições de base e títulos com o time de cima. Depois, joguei uma temporada no Braga, pelo qual fui vice-campeão da Taça de Portugal. No ano passado, defendei o Botev Plovdiv, da Bulgária, retornando ao Brasil em dezembro, quando acertei com o Linense", detalhou.
 
SONDAGENS DE GRANDES CLUBES
 
Vinculado ao Elefante até o término do Campeonato Paulista, Victor Golas não descarta a possibilidade de permanecer para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série D. No entanto, diversos clubes já o procuraram para saber sobre sua situação.
 
"O Bruno Martins, da FGA, empresa que cuida da minha carreira, comentou que grandes clubes estão interessados no meu futebol. Fico feliz com o reconhecimento do meu trabalho, mas neste momento estou totalmente focado no Linense e espero ajudar a levar a equipe ainda mais longe no Campeonato Paulista", concluiu o goleiro.

Folha Noroeste


Aniversário do Garça



O cartorário, presidente do PMDB e vice-prefeito de Jales, José Devanir Rodrigues (Garça), festeja nesta segunda-feira, 3 de abril, mais um aniversário. Os cumprimentos virão dos familiares e também de amigos e correligionários não só de Jales como da região.

Noite da Pizza Beneficente

Hoje, 1° de Abril de 2.017 das 20 às 22 horas
 
A Associação Espírita "Chico Xavier", sito à rua Goiás n° 4.336, jardim Paulista, em Jales, realiza neste sábado, 1° de abril,, em sua sede, a Noite da Pizza Beneficente onde você poderá, com a família, deliciar-se com vários tipos de pizzas, preparadas com o maior carinho. Cada convite individual - self-service - custa R$ 23 e pode ser adquirido com os trabalhadores e colaboradores para com a entidade, ou através dos telefones: 
99714 3425 com Pedro e 99616 0818 com Paulo

No cardápio, os seguintes tipos de pizza: Bacon à Los Angeles; Frango ao Ponto; Lombo ao Catupiry: Muçarela com Tomate Seco e Veneziana 
Obs: As pizzas serão iguais somente quando os nomes forem idênticos. A base pode ser a mesma, mas a composição é diferente. As nossas pizzas não são repetidas durante o ano.
 

Fatec Jales realiza curso de Excel no Hospital de Câncer de Jales

No dia 20 de março, a Faculdade de Tecnologia "Prof. José Camargo"- Fatec Jales, pelo programa de desenvolvimento profissional Fatecursos, realizou um curso de Excel Básico aos colaboradores do Hospital de Câncer de Barretos- Unidade de Jales, no auditório da instituição. O objetivo foi contribuir para o aprimoramento dos funcionários por meio do conhecimento da utilização do programa e de suas ferramentas relacionadas à aplicabilidade hospitalar.

 
O curso foi promovido pela Fatec Júnior (Empresa Júnior Consultoria e Assessoria em Agronegócio, Sistemas para Internet e Gestão Empresarial Presencial e EaD), sendo ministrado pela Prof.ª Me. Maria Betânia Ricci Boer, que contou com o apoio de alunos do curso de Sistemas para Internet. Ao final, os participantes receberam certificados.

A Fatec Jales agradece a todos os envolvidos no evento, em especial a Priscila Miranda de Paula, enfermeira responsável pelo setor de Educação Continuada/Qualidade do Hospital de Câncer de Barretos-Unidade de Jales, pela receptividade e oportunidade.

Jalesense A. C realiza almoço no dia 23

A diretoria do Jalesense Atlético Clube que representa a cidade na Liga de Futebol Paulista, realiza no domingo, dia 23 de abril, as 11 horas, no Galdino Eventos, um almoço beneficente, com o objetivo de arrecadar fundos para a manutenção da equipe no certame paulista.

 
O Jalesense representou a cidade no campeonato do ano passado.

No cardápio Arroz, Feijão Gordo, Salada Verde, Tomate Costelão, Pernil e Mandioca.

Cada convite custa R$ 25,00 (bebidas à parte).

A dupla Zé Vitor e Matheus será a grande atração do almoço. Você que é apaixonado por futebol é quer ver a cidade representada no certame paulista, não deixe de colaborador. O Jalesense precisa de você. Adquira seu ingresso com dirigentes ou colaboradores para com o clube

Municípios da região participam de reunião em Jales



Jales recebeu 45 pessoas, entre primeiras damas e presidentes de Fundo Social de Solidaridade de 22 municípios, na terça-feira, 28 de março, na sede da ACIJ. O Fundo Social de Solidariedade do Município de Jales, presidido pela primeira-dama Glauciane Pontes Helena Franco, foi o responsável pela organização da reunião de trabalho, comandada pelo Fussesp Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo - Fussesp .

Da regional da Fussesp em São José do Rio Preto, conduziram os trabalhos as assistentes técnicas Sueli Aparecida Neves Cezarette e Lucineide Alves Gonçalves. Elas informaram e orientaram os participantes sobre os convênios firmados pelos Fundos Sociais com o Fundo Social do Estado, que é presidido pela primeira-dama do Estado Lu Alckmin (foto)


De acordo com Glauciane Franco, o evento foi muito proveitoso para o município: "estávamos ansiosos para esse momento, pois através desses convênios, podemos oferecer a nossa população oportunidades de capacitação em diversas áreas. Temos uma procura muito grande e queremos ofertar o maior número possível de cursos".

O prefeito Flávio Prandi também estava presente e participou da abertura do encontro: "estamos muito satisfeitos com o trabalho realizado pela Fussesp no estado todo. É um serviço de qualidade, com muito profissionalismo, que tem feito a diferença em todos os municípios"

Ele destacou o trabalho do Fundo Social de Solidariedade do Município de Jales que"em pouco tempo de atuação, a entidade já está prestando um relevante serviço a nossa população, inclusive contribuindo para colocar Jales em evidência em toda nossa região. Precisamos sempre valorizar essas iniciativas".





Doação de panetones para os alunos da rede municipal de ensino


A Secretaria Municipal de Educação realizou a entrega de 1.800 panetones no último dia 24. A doação foi enviada pelo Fundo Social de Solidariedade de Jales.

foto - Panetones sendo entregues pela secretária municipal de Educação Lourdes Rezende aos alunos da Emei profª Gema Aparecida Prandi Rosa


Segundo Glauciane Franco, presidente do Fundo Social de Jales, os panetones foram doados pelo Fundo Social de Solidariedade do Estado, presidido pela primeira dama do Estado, Lu Alckmin.

Em consenso com a Secretaria Municipal de Educação, os panetones foram doados às crianças das sete EMEIs (Escola Municipal de Educação Infantil) e outras três Escolas Municipais (EMs).

Foi um momento de festa para a criançada. Se houver uma próxima remessa, será entregue para as demais escolas que, pelo número insuficiente, não puderam ser contempladas agora.

Jales realiza 1ª Conferência da Saúde da Mulher e reúne 16 municípios da região

A Comissão Intergestora Regional de Saúde (CIR) realizou a 1ªConferência de Saúde da Mulher reunindo representantes do setor de 16 municípios e entidades jalesenses, na terça-feira (28).

 

O evento, que teve como tema "Saúde das Mulheres: Desafios para a Integralidade da Equidade", foi realizado no plenário da Câmara Municipal de Jales.

Rpresentando o estado de São Paulo, Sonia Maria Olheas Gouvêa, da DRS-XV, esteve auxiliando na condução dos trabalhos. A diretora jurídica Sueli Fátima expôs aos participantes e falou sobre os direitos da mulher.


De acordo com Patrícia Albarelo Ribeiro Oliveira, chefe de gabinete da Secretaria Municipal da Saúde de Jales, serão realizadas várias conferências no país, começando em nível regional e encerrando em nível nacional, no mês de agosto.

Ela explicou que o objetivo do Conselho Nacional de Saúde é propor diretrizes para uma Política Nacional de Atenção Integral à Saúde das Mulheres.

Segundo Patrícia, a conferência foi extremamente produtiva: "encerramos os trabalhos com cinco propostas para cada eixo, dos quatro eixos temáticos propostos pelo Conselho Nacional de Saúde".

Dessa conferência em Jales, foram eleitos 24 delegados, que representarão a região de Jales em outra conferência, com a macroregional em São José do Rio Preto, nos dias 11 e 12 de abril.

O prefeito Flá Prandi que participou da abertura do evento, ressaltou a importância das discussões apresentadas e lembrou da representatividade que Jales está tendo no cenário regional: "estamos vendo a nossa cidade cada vez mais ocupando o lugar de centro de região. Isto é muito valioso para nós".

Hospital de Câncer de Barretos promove Jantar Show com o Fernando & Sorocaba

No dia 28 de junho, o palco do Villa Rocca promete ser pequeno para o grande show da dupla Fernando & Sorocaba que se apresenta em prol do Hospital de Câncer de Barretos – Unidade Jales.

 
Assim como acontece todos os anos, a instituição realiza esse jantar show para arrecadar verbas que custeiam o tratamento de câncer oferecido a milhares de pessoas de forma gratuita e humanizado.

De acordo com a Assistente de Captação de Recursos da Unidade de Jales, Ariely Siqueira, essa é uma ótima oportunidade de contribuir com o Hospital e ainda participar de um evento diferenciado. "Quem já conhece o padrão dos eventos que hospital promove, sabe o quanto vale apena. O mapa e os valores das mesas estão disponíveis no setor de Captação de Recursos. Todas as mesas contam com dez lugares incluso jantar completo e bebidas como agua, refrigerante, cerveja e uísque com energético. O estacionamento será gratuito. O pagamento das mesas serão parcelados no cartão de crédito ou no cheque.", ressaltou a Ariely.

A dupla Fernando & Sorocaba é um dos nomes mais renomados da música sertaneja no país. Sucessos como "Notícia Boa", "Bala de Prata", "Madri", "Deixa Falar", "Teus segredos", "Até o final" e recentemente lançada "Casa Branca" fazem deles um grande sucesso por onde passam.

Para mais informações ligar na Captação de Recursos no (17) 3624-3900 no ramal 3910 ou no celular (17) 99724-1408 com Ariely Siqueira.

"Não percam a oportunidade de ajudar contribuir com esta causa tão nobre e ainda participar desse mega evento. Sua colaboração é indispensável para dar continuidade no trabalho que desenvolvemos.", complementou Camila Venturini, a gerente administrativa da unidade.

Universitários levam saúde à casa da população de baixa renda do município



 
Uma importante ação foi realizada, em Urânia, neste final de semana, nos dias 25 e 26, voltada à saúde da população. Estudantes universitários da UNIMEP, de Lins, e da FUNEC, de Santa Fé do Sul, parceiros da ONG UNIVIDA (Associação Humanitária Universitários em Defesa da Vida), presidida pelo padre Eduardo Lima, desenvolveram atividades voluntárias de saúde no município – um ato de amor, compromisso e dedicação ao próximo.


 
Moradores dos bairros Vicente Filié, Nossa Senhora de Fátima, Cohab Pedro Gimenez,

receberam em suas casas, de forma gratuita, auxílios odontológicos, fisioterapêuticos, psicológicos, de enfermagem e orientações com educadores físicos. Além do trabalho proporcionado nestas localidades, foram desenvolvidos atendimentos no Lar dos Velhinhos e na Escola Estadual Professora Elide Aparecida Carlos.
 

O projeto também contou com o apoio dos agentes comunitários de saúde, da Secretaria Municipal de Saúde, que visitaram as residências dos moradores com objetivo de eliminar focos do mosquito da dengue. Além da colaboração de funcionários e voluntários da Paróquia São Benedito, Prefeitura Municipal, CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) e Órgão Gestor.


Todas essas ações desenvolvidas no município fazem parte do Projeto SIM, que tem como foco a socialização, a inclusão e a melhora da qualidade de vida da população de baixa renda, uma parceria entre a ONG UNIVIDA e a Prefeitura Municipal de Urânia.

Eu não sei

Flávio Rodrigo Masson Carvalho Professor do UNIBAVE – Orleans - SC
equilibriumtc@hotmail.com

 
Eu não sei quem sou,

Eu não sei de onde vim,

Eu não sei para onde vou.

Eu não sei se vou conseguir,

Mas sei que tenho que tentar.

Eu não sei cantar,

Mas sei que tenho que encantar.

Eu não sei escrever,

Mas sei que tenho que ler.

Eu não sei fazer,

Mas já está feito.

Eu não sei dizer não,

Mas não me dizem somente sim.

Eu não sei perdoar,

Mas preciso ser perdoado.

Eu não sei votar,

Mas em quem votei se elegeu.

Eu não sei doar,

Mas preciso receber.

Eu não sei dividir,

Nem tão pouco somar.

Eu não sei ficar só,

Mas afasto os que se aproximam.

Eu não sei sonhar,

Mas vivo tendo pesadelos.

Eu não sei comer,

Mas sou guloso.

Eu não sei delegar,

Mas sei mandar.

Eu não sei ensinar,

Mas me recuso a aprender.

Eu não sei ir,

Nem tão pouco voltar.

Eu não sei mentir,

Mas a verdade me assusta.

Eu não sei entender,

Mas quero ser entendido.

Eu não sei de nada,

Mas me acho um sábio.

Eu não sei amar,

Mas clamo por amor.
 



Inscrições para Bolsas de Estudos de Pós-Graduação na Espanha e Reino Unido irão até 7 de abril

Os interessados em cursar uma pós-graduação internacional subsidiada pelo Instituto Elektro, do Grupo Iberdrola, têm até dia 7 de abril para se inscrever no processo que selecionará os bolsistas do Programa de Bolsas de Estudos. As oportunidades são para cursos de pós-graduação latu sensu em Energia e Meio Ambiente na Espanha e no Reino Unido.

Estão aptos a concorrer às bolsas candidatos de nacionalidade brasileira, com título de graduação ou com conclusão da graduação prevista até junho de 2017, que poderão estudar em universidades espanholas ou britânicas no ano acadêmico 2017-2018. No processo de seleção, o Instituto Elektro analisará o histórico acadêmico, o currículo e o interesse no projeto de estudos.

O Instituto custeará o valor total do curso e uma bolsa auxílio mensal de 1.580 euros para os bolsistas do Reino Unido e 1.200 euros para os bolsistas da Espanha, destinados a custos com moradia, transporte e materiais. As bolsas têm duração de nove a doze meses, de acordo com o país escolhido pelo candidato.

Os interessados podem consultar todas as regras nos editais do Programa de Bolsas e preencher o formulário de inscrição online, disponíveis em: www.elektroholding.com.br.

Por meio dessa iniciativa, o Instituto Elektro pretende promover a excelência na formação de jovens talentos, interessados em se aprofundar em temas como energias renováveis, proteção do meio ambiente e na eficiência do sistema energético.

Futuro das escolas católicas é debatido em evento nacional

Projetos, desafios e conquistas das escolas católicas estarão em pauta de 4 a 6 de abril, na quinta edição do Encontro de Escolas Católicas, que traz o tema "Carisma e Negócios". O evento, promovido pela Editora Positivo e voltado para instituições conveniadas ao Sistema Positivo de Ensino, pretende reunir, em Aparecida do Norte (SP), participantes de 130 escolas de 20 estados brasileiros. Essas organizações respondem por cerca de 58 mil alunos e representam uma fatia importante da área da educação no Brasil.

Isso porque, segundo a Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (ANEC) – que congrega instituições mantenedoras de estabelecimentos confessionais católicos de educação em todos os níveis, graus e modalidades -, atualmente existem no país cerca de 430 mantenedoras, 2 mil escolas, 130 instituições de ensino superior e 100 de obras sociais, totalizando 2,5 milhões de alunos atendidos e aproximadamente 100 mil professores e funcionários representados.

Além de apresentar painéis sobre os cenários e perspectivas da educação brasileira, o Encontro contempla uma série de debates e momentos de formação que envolvem temas como diversidade e formação religiosa, escola e família, trabalhos pastorais e campanha da Fraternidade. Uma mesa-redonda chamada "para além das fronteiras do ensino religioso na escola", mediada pelo Professor Sérgio Junqueira, Pós-Doutor em Ciência da Religião e líder do Grupo de Pesquisa Educação e Religião, também pretende promover o diálogo inter-religioso.

Participam desta mesa o Rabino Pablo Berman (da Sinagoga Beit Yacoov e líder espiritual do Centro Israelita do Paraná); o professor de Sociologia e Teologia da Faculdade Leocádio José Correia (Falec), Rui Simon Paz; o coordenador de Pastoral do Colégio e Faculdade Bagozzi, Pe. José Alves de Melo Neto; o doutorando em Geografia da Religião pela UFPR, Elói Correa; e o pastor Ênio Starosky, diretor dos Colégios Luteranos de São Paulo e doutorando em Ciências da Religião pela Umesp.

A diretora pedagógica da Editora Positivo, Acedriana Vicente Sandi, explica que o objetivo do evento é aprender com o passado, debater sobre o presente e refletir sobre o futuro da educação nessas instituições de ensino. "Por meio do encontro, buscamos promover a reflexão sobre o perfil e a função das escolas cristãs no cenário atual, fortalecendo-as tanto no aspecto do carisma, como no de negócio. "Sendo a escola um espaço privilegiado para a reflexão, e de diálogo com as pessoas que pensam e creem de forma diferente, entendemos que cabe à escola colaborar com uma cultura de paz", complementa o Padre José Alves de Melo Neto, um dos palestrantes convidados. O evento ocorre no Hotel Rainha do Brasil em Aparecida do Norte.

Secretária Lourdes Rezende participa do 27° Fórum Estadual de Educação Básica, em Atibaia

A União dos Dirigentes Municipais de Educação do Estado de São Paulo (UNDIME-SP) realizou nod dias 16 a 17 de março, na cidade de Atibaia (SP), o 27° Fórum Estadual da Educação Básica com o tema: "UNDIME+30: Superar, inovar, transformar!." Ao todo, mais de 433 pessoas entre dirigentes municipais de educação, técnicos educacionais e parceiros institucionais de 275 cidades do estado participaram do evento, que é um dos maiores em termos de Educação Básica do país e contou com a representatividade do Ministério da Educação, Secretaria Estadual, Tribunal de Contas, INEP, Ministério Público e UNDIME Nacional.

A palestra inaugural do evento foi realizada pelo professor e filósofo Mario Sergio Cortella, e abordou o tema "Inovar a Gestão e Transformar a Realidade: Novos Tempos, Novas Atitudes". Durante o primeiro dia de evento também foram discutidos os assuntos "Primeira Infância: Cumprindo as Metas do Plano Nacional (PNE) e do Plano Municipal (PME)" e "Financiamento da Educação: Regime de Colaboração e Fontes de Recursos".

Já no segundo e último dia do fórum, o público teve a oportunidade de participar de mesas de discussão sobre avaliações externas, Base Nacional Comum Curricular, inovações na Educação e prestação de contas. Ao final do evento, foi feita a apresentação e prestação de contas da Undime-SP Gestão 2015-2016, eleição do novo quadro administrativo (Diretoria, Conselhos e Delegados) e demonstração do Plano de Trabalho para o ano de 2017.

Presentes ao evento: José Renato Nalini (secretário estadual da educação ), Cláudia Costin (educadora), Maria Inês Fini (Inep), Zilma de Oliveira (escritora), Sidney Beraldo (TCESP).

Pela Undime/Jales, compareceu Lourdes Marcondes Rezende, Secretária Municipal de Educação.

Safra de uva entra na fase final no Rio Grande do Sul

No Rio Grande do Sul, as últimas uvas da safra 2017 devem ser colhidas no início de abril, nas regiões mais altas do Estado. Mas, para a grande maioria dos viticultores, a vindima já está praticamente encerrada. Segundo estimativa da Comissão Interestadual da Uva, aproximadamente 90% do volume produzido para processamento já ingressou nas vinícolas. E, de acordo com projeções feitas pelo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), a safra gaúcha deve contabilizar aproximadamente 700 mil toneladas. O total superou a estimativa inicial do setor, de 600 mil toneladas, e representa um aumento de 133% sobre a vindima de 2016.

 
No ano passado, o Rio Grande do Sul registrou uma quebra histórica, de 57% no volume colhido. O montante atual se aproxima do desempenho de 2015, quando não houve registro de interferências climáticas desfavoráveis. A maior safra registrada no Estado foi a de 2011, com 709,6 mil toneladas (veja quadro abaixo). "O ciclo vegetativo registrado até dezembro foi excelente. A floração, brotação das gemas, formação dos cachos foram muito bons, assim como a sanidade das uvas", analisa João Carlos Taffarel, pesquisador da Embrapa, presidente da Associação Farroupilhense de Vinhos (Afavin) e membro do Conselho Deliberativo do Ibravin.

Apesar do bom desempenho na fase inicial, em termos de qualidade, a safra deve ficar dentro da normalidade. Mesmo com temperaturas mais altas registradas no período de maturação e colheita, as chuvas registradas a partir da metade de dezembro diminuíram a irradiação solar, o que não favoreceu a tomada de grau dos frutos. "O resultado não está igual em todas as regiões, porém, as variedades mais precoces e, principalmente, as tardias das regiões mais altas, estão excepcionais. E, de uma forma geral, quem fez um bom manejo dos parreirais, teve boa uva", observa Moacir Mazzarolo, representante da Comissão Interestadual da Uva no Conselho Deliberativo do Ibravin. Entre as uvas colhidas no período citado por Mazzarolo estão as utilizadas como base para espumante, como a Chardonnay e a Pinot Noir, e as tintas como Tannat, Cabernet Sauvignon e Cabernet Franc.

O diretor executivo da Federação das Cooperativas Vinícolas do Estado do Rio Grande do Sul (Fecovinho), Helio Marchioro, também menciona que a recuperação de volume da safra atual ajudou tanto os produtores de uva como os de vinho. "O preço mínimo subiu, não sobrou uva nos vinhedos e as vinícolas equilibraram os estoques de passagem", observa o executivo.

Os números das últimas safras*
Ano                                            Volume (milhões de quilos)
2011                                          709,6
2012                                          696,9
2013                                          611,3
2014                                          606,1
2015                                          702,9
2016                                          300,3
*Uvas para processamento de vinhos, espumantes e derivados. Dados referentes ao estado do Rio Grande do Sul, provenientes do Cadastro Vitícola, mantido por meio de parceria Ibravin e Embrapa Uva e Vinho, com recurso do Fundovitis.



UniJales: Transformações (In) visíveis

Rosangela Juliano Bordon Bigulin
Diretora de Graduação do UNIJALES
 
 
São inúmeras as transformações que ocorrem em todos os setores da sociedade nesta época de globalização e desenvolvimento tecnológico. Frente a isto, as escolas de Ensino Superior passam a ter múltiplas tarefas: de um lado procuram atender ao que o mercado globalizado exige, tentando sobreviver em um território extremamente competitivo e, de outro, propiciar uma formação humanista com valores éticos, de cidadania e com qualidade.
Neste mercado competitivo, onde várias Instituições de Ensino Superior, sejam públicas ou privadas, lutam por conquistar seu espaço, dentro de um contexto econômico fragilizado que foi instalado no país nos últimos anos, o Centro Universitário de Jales vem se organizando de forma a vencer os vários desafios que lhe são impostos.
A partir das constantes visitas das comissões do MEC- Ministério da Educação e Cultura (só neste início de ano foram três) que avaliam de forma extremamente exigente os cursos da Instituição apresentando seus aspectos positivos bem como suas fragilidades, e das sugestões dos alunos quando da avaliação anual que fazem da instituição, a equipe pedagógica e administrativa tem se empenhado em transformar estas fragilidades em potencialidades.
Procura-se, desta forma, atender as Leis e Políticas de Qualidade determinadas pelo MEC que vão desde exigências pedagógicas e de estrutura física até as de inclusão. É, em grande parte, um trabalho minucioso e silencioso em termos de divulgação para a comunidade.
Apoiado nestas avaliações é desenvolvido um trabalho com utilização de tabelas e gráficos para que todos os envolvidos no processo educacional possam identificar as fragilidades detectadas e priorizar os investimentos para o ano seguinte. Priorizar estes investimentos nos diversos setores não é tarefa fácil, principalmente se levarmos em conta o alto custo de muitos materiais necessários para as reformas ou construções sugeridas e a escassez dos recursos financeiros que a maioria das instituições privadas tem enfrentado.
A partir da análise dos resultados, são apresentadas alternativas de melhoramento tanto no setor pedagógico como na estrutura física da instituição. São investimentos e melhorias que para muitos que não acompanham o cotidiano da UNIJALES, não são visíveis de imediato, mas estão ocorrendo de forma sistemática, com reflexos na melhoria da qualidade do ensino.
Estes investimentos são realizados nos laboratórios que passam por reformas e aquisição de equipamentos e materiais necessários ao pleno desenvolvimento das aulas práticas, caso, por exemplo, dos laboratórios de Estética e Fisioterapia que prestam serviços de excelente qualidade para a comunidade. A Farmácia Escola que já está praticamente pronta, é outro espaço que recebeu altos investimentos e em breve estará apta a prestar serviços para a população servindo de laboratório para os alunos do curso de Farmácia, sendo fundamental no processo de aprendizagem dos discentes.
A biblioteca, com um plano de aquisição de livros e periódicos mensais, vem registrando um aumento considerável do seu acervo que é disponibilizado tanto para os alunos como para a comunidade, recebendo das quatro últimas comissões do MEC, conceito máximo. Este mesmo conceito ou próximo a ele, tem sido concedido também ao corpo docente e à estrutura pedagógica dos cursos avaliados, que são organizados como todos os outros da instituição. Tal fato significa que as próximas comissões que virão para avaliar outros cursos, deverão repetir os ótimos conceitos atribuídos aos já avaliados.
O espaço físico da instituição aos poucos é modificado, com algumas salas de aula recebendo outro piso, climatização ou novas carteiras. A cantina e o espaço de lazer foram ampliados e nele foram inseridos bancos para maior comodidade dos discentes. A manutenção da pintura e dos setores elétrico, hidráulico, de equipamentos, a colocação interna de placas de sinalização, as adequações para os alunos especiais, entre outros, são parte do cotidiano da UNIJALES.
Docentes cada vez mais qualificados são contratados e os que já se encontram na instituição dedicam-se à docência com compromisso e competência, envolvendo os discentes nas diversas atividades de produção do conhecimento, recebendo rasgados elogios das comissões do MEC, elogios estes extensivos aos alunos que são por eles entrevistados.
Com a gestão eficiente dos coordenadores, acontecem Semanas Acadêmicas de alto nível, cursos de extensão abertos para a comunidade, caso dos cursos de Matemática, Língua Portuguesa, LIBRAS e Projeto 360° oferecidos aos sábados e várias atividades de extensão e prestação de serviços que ocorrem durante o ano e que estão disponibilizadas no site da instituição para que a comunidade possa utilizar estes serviços e participar dos cursos oferecidos pela instituição.
O investimento na Iniciação Científica tem seus reflexos positivos na realização da Jornada Anual que ocorre no final do ano, possibilitando aos alunos a exposição dos ótimos resultados alcançados com as pesquisas realizadas. Muitos destes resultados podem servir a empresas da cidade e região na melhoria dos serviços que desenvolvem. Vale a pena conferir.
Mudanças na estrutura curricular dos cursos tem exigido um tempo considerável dos coordenadores que se debruçam em pesquisas, leituras e discussões na busca da modernização das grades curriculares e do processo ensino aprendizagem, procurando adequar-se aos novos tempos da transdisciplinaridade e da tecnologia. São mudanças que exigem um tempo para surtirem efeitos na prática, não sendo muito visíveis em um primeiro momento.
Como bom mineiro, portanto, a UNIJALES realiza as mudanças aos poucos, sem alarde, mas que ficam evidentes para as comissões do MEC quando estas apresentam os resultados das avaliações, e para os alunos, maiores beneficiados pelas transformações.
Frente a uma situação econômica caótica que o país enfrenta gerando entre todos, insegurança e receio quanto ao futuro, o Centro Universitário de Jales vem rompendo contínuas barreiras mantendo-se como uma forte instituição geradora de empregos e fundamental na qualificação de profissionais, tendo a coragem de acreditar nos cursos de licenciatura, formadores dos professores do Ensino Básico, alimentando a rede pública e privada deste país com excelentes docentes e procurando sempre, incorporar no seu quadro de funcionários, ex-alunos que se destacaram nos cursos da instituição.
Poderia aqui relatar outros avanços da IES, entretanto, o texto ficaria extenso e cansativo. Opto, portanto, por convidar vocês, empresários, funcionários, profissionais autônomos, membros da comunidade e a mídia em geral para visitarem a UNIJALES e para verem de perto as transformações, que para alguns, podem parecer invisíveis.
 
 
 

Editais de Proclamas

Carolina de Alvarenga Peixoto da Motta, Oficial do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de Jales, Estado de São Paulo. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro.

VALDECIR NIÉRI e MARIA DE LOURDES PIERIM. ELE, natural de Três Fronteiras, deste Estado, nascido aos 31 de dezembro de 1.963, pedreiro, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Pedro Niéri e de Maria Gonçalves Carvalho Niéri. ELA, natural de Urânia, deste Estado, nascida aos 15 de dezembro de 1.966, cabeleireira, divorciada, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de João Pierim e de Leonor Augustinho Pierim.

GUILHERME ZANINI RODRIGUES MOREIRA e ELISANGELA RENATA SANTANA. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 20 de setembro de 1.984, auxiliar de farmácia, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Leandro Luiz Moreira e de Silvana Zanini Rodrigues. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 20 de setembro de 1.976, vendedora, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Helio Vaz Santana e de Elizabeth Zanusso Santana.

VALDENIR GOMES FERRAZ e DANIELA OLIVEIRA MARQUES. ELE, natural de Guzolândia, deste Estado, nascido aos 28 de abril de 1.972, eletricista de autos, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Valter Gomes Ferraz e de Darcy Pereira de Azevedo Ferraz. ELA, natural de Amapá, Estado de Amapá, nascida aos 29 de fevereiro de 1.992, pastora, divorciada, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Antonio Tavares Marques e de Dilaci Viana de Oliveira.

SE ALGUÉM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO OPONHA - O NA FORMA DA LEI. LAVRO OS PRESENTES PARA SEREM AFIXADOS NO REGISTRO CIVIL E PUBLICADOS NA FOLHA NOROESTE, NESTA CIDADE DE JALES.

Carolina de Alvarenga Peixoto da Motta – Oficial


Alunos de Letras e Artes Visuais da Unijales discutem “História da África e Preconceito Racial”



 
Alunos e professores dos cursos de Letras e Artes Visuais, da Unijales, reuniram-se no dia 22 de março, quarta-feira, para discutir os temas História da África e Preconceito Racial contra o negro. O objetivo da atividade foi refletir sobre comportamentos e ações reproduzidos pela sociedade brasileira quanto ao negro e colaborar com a formação dos futuros professores no sentido de prepará-los para lidar com a diversidade.

"Foi de inquestionável valia a palestra ministrada pelo professor Luís Antônio Maiolo, do curso de História, e a oficina sobre confecção de bonecas abayomi, símbolos da cultura africana, também dirigida pelo professor Maiolo. Os alunos participaram de forma ativa, questionando, refletindo e confeccionando as bonecas", disse a coordenadora de Letras, Tamar Naline Shumiski.

A iniciativa de oferecer aos alunos uma aula diferente das que oferecem no dia a dia, foi da professora Tamar Naline Shumiski, coordenadora do curso de Letras e professora nos cursos de Letras e Artes Visuais, contando com o apoio da coordenadora do curso de Artes Visuais, professora Priscila Avelino, das professoras Cristina Martins e Alessandra Testi, do curso de Letras.

"Esperamos que ações como estas venham desconstruir posturas preconceituosas naturalizadas em nossa sociedade e preparar educadores para formar alunos mais conscientes quanto à importância do respeito à diversidade racial", concluiu Tamar.

Neste domingo acontece rodada dupla da Copa Jales de Futebol Amador Regional 2017

Neste domingo, 2 de abril, a partir da 14 horas, acontece no Estádio Municipal Dr. Roberto Valle Rollemberg, a 3ª rodada da Copa Jales de Futebol Amador Regional 2017, com a realização de duas partidas da fase classificatória do certame.

No primeiro jogo, válido pelo Grupo 5, vão se enfrentar as equipes do E. C. 13 de Junho ( Suzanápolis) e Pereira E. C (São João de Iracema). No segundo jogo, às 16 horas, pelo Grupo 4, vão medir forças as equipes do Brasilândia E. C (Fernandópolis) e Floresta F. C (Floreal).

O campeão da Copa Jales de Futebol Amador Regional vai receber um prêmio no valor de R$ 8 mil e o vice-campeão R$ 2 mil. Além do prêmio em dinheiro, o campeão e o vice vão receber os troféus ofertados pela Federação Paulista de Futebol (FPF) e medalhas oferecidas pela Liga Jalesense de Futebol

 

Ex-prefeito Airton Saracuza, de Urânia, é preso durante operação da Polícia Federal

O ex-prefeito de Urânia , Francisco Airton Saracuza (foto), foi preso na manhã desta quinta-feira,30 de março, durante operação da Polícia Federal, que investiga o desvio de verbas na prefeitura da cidade. Ele é acusado de fazer parte do esquema. Os agentes federais cumpriram quatro mandados de prisão temporária, 10 mandados de condução coercitiva e sete mandados de busca e apreensão nas cidades de Urânia, Jales e Votuporanga.

Os mandados foram expedidos pela Justiça Estadual de Urânia e, além do ex-prefeito, foram presos o ex-chefe do RH da prefeitura e dois advogados. Todos são acusados de desviar cerca de R$ 400 mil da prefeitura de Urânia, que foi recebido do Governo Federal. A operação também investiga fraudes na folha de pagamento da prefeitura de Urânia na gestão passada.

Segundo a PF, nos pagamentos suspeitos, pagos a apenas alguns assessores próximos ao ex-prefeito, foram indenizadas férias e licenças-prêmio de até sete anos de trabalho. Dois ex-assessores jurídicos receberam valores de acerto trabalhista de até R$ 62 mil.

Os 12 servidores beneficiados com as indenizações trabalhistas também receberam os salários de dezembro, décimo terceiro e férias proporcionais, o que não ocorreu com o restante dos funcionários públicos municipais, que não recebeu sequer o salário do mês de dezembro e muito menos os valores relativos ao décimo terceiro.

Durante as investigações, os federais confirmaram que os 12 beneficiados com os pagamentos feitos no último dia de mandato, são, na maioria, filiados ao partido do ex-prefeito ou fizeram parte de sua coligação nas eleições de 2012. A polícia diz que ao analisar o histórico de remuneração dos ex-assessores, os agentes verificaram que alguns deles tiveram até 400% de aumento salarial no período da administração do ex-prefeito.

Além disso, os demais funcionários da prefeitura, mais de 400 pessoas, entre eles os que recebem as menores remunerações, passaram dificuldades no final de ano em razão da falta do recebimento dos salários e décimo terceiro. Em alguns casos, tiveram que contar até com a ajuda financeira de familiares.

A PF também apurou que os pagamentos sobre as verbas trabalhistas indenizadas, embora não fossem devidas aos ex-assessores, foram integralmente pagas, inclusive sobre períodos que, juridicamente já estavam prescritos.

De acordo com a polícia, alguns dos ex-assessores não tinham em seus assentamentos funcionais nenhum registro de faltas ou afastamentos ao trabalho no decorrer de quase oito anos, mas os federais encontraram registros de viagens de alguns ex-assessores para o litoral brasileiro e para o exterior, como Estados Unidos, com períodos de até 15 dias de duração. Esta condição (de ausência não registrada) fez com que eles tivessem fraudulentamente direito às indenizações recebidas.

Somente o valor recebido a título de repatriação em Urânia seria praticamente suficiente para pagar a folha integral dos 295 servidores ativos do município, mas apenas os 12 servidores foram contemplados. A operação foi batizada com o nome Repartição em alusão à repartição (divisão/distribuição) indevida de recursos públicos que ocorreu em uma repartição.

De acordo com a PF, o ex-prefeito, os advogados e o ex-diretor de RH de Urânia, além dos outros 10 investigados que faziam parte dos servidores de confiança do ex-prefeito, poderão responder pelos crimes de desvios de verba pública, peculato e associação criminosa com penas que podem chegar a até 25 anos de reclusão. Os presos, após serem ouvidos pela autoridade policial, foram encaminhados às cadeias de Santa Fé do Sul (SP) e Guarani d’Oeste (SP), onde permanecerão à disposição da Justiça.

FOLHAGERAL

da redação

Em Brasília DF,

o presidente Michel Temer (PMDB) não consegue ficar livre de turbulências para melhorar sua imagem junto ao povo e governar o país com desenvoltura. O pedido de cassação da chapa Dilma – Temer, feito em 2014 pelo PSDB ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) está em fase final de processo nesse tribunal, devendo logo ser julgado.

Não é possível
adivinhar o que vai acontecer. Na política brasileira, as disputas judiciais podem acabar em resultados inesperados ou até mesmo em nada. Como o caso envolve denúncias da Operação Lava Jato, a imagem do presidente Temer fica vinculada à corrupção.

Para piorar
a governabilidade do país, o projeto de lei sobre terceirização irrestrita do trabalho foi sancionado por Temer, apesar de muitas críticas. E agora continua a luta de Temer para aprovação da reforma da Previdência Social com a idade mínima de 65 anos para aposentadoria de homens e mulheres. Chovem protestos de insatisfação.

Michel Temer,
seus ministros, deputados e senadores não conseguem explicar o que pretendem fazer nem sabem dialogar com a sociedade. A Previdência é uma caixa preta cheia de mistérios e prejuízos. No futuro, muitos brasileiros terão que parar de trabalhar antes de chegarem à idade mínima de se aposentar. Outros vão conseguir se aposentar, mas com o pé na cova.

Consultores
econômicos respeitados confirmam que a crise econômica atingiu em cheio as contas das 27 unidades da federação (26 Estados e o Distrito Federal). A maioria paralisou obras e engavetou novos projetos de investimentos. Em algumas delas, falta dinheiro para sustentar serviços públicos e liquidar compromissos. Não é de estranhar, se muitas prefeituras do país estejam na mesma situação de necessidade de recursos.

Uma nota
interessante é que os analistas econômicos há tempos observavam que o Estado em pior situação financeira era o Rio de Janeiro. Só depois ficaram sabendo, pela ação eficaz da Polícia Federal, que o governador vinha desviando milhões de reais desse Estado.

Ninguém
deseja e ninguém gosta de crise. Mas ninguém deve enfrentar uma crise, entregando todos os pontos, sentindo-se totalmente derrotado. Nas crises temos que procurar, encontrar e corrigir coisas erradas. Temos que adiar novos projetos e aproveitar o tempo para concluir trabalhos que foram deixados para trás. Temos que somar esforços.

O novo prefeito
de Gaspar (Santa Catarina), Kleber Wan-Dall – 38 anos, advogado, músico e maestro – descobriu que alguns setores da Prefeitura careciam de organização. Começou pelos veículos, que não tinham controles. Implantou GPS em toda a frota. Colheu bons resultados econômicos e operacionais. E partiu com sede para organizar outros setores.

Para driblar
a crise de desemprego que afeta milhões de brasileiros, tem gente que dá grandes lições. Dar aulas em casa ou na casa dos interessados, cozinhar comidas especiais para entregar aos clientes, prestar serviços para crianças e idosos, montar loja para vendas via internet. São algumas das muitas possibilidades de não ficar parado diante da crise.

O recapeamento
asfáltico que vem sendo realizado pela Prefeitura em diversas ruas da cidade tem por objetivo dar um novo aspecto à via pública. As ações que vêm modificando as feições das ruas já podem ser constatado por jalesenses e visitantes.

Nos dois
primeiros meses do ano, o Tesouro Municipal recebeu em repasse do IPVA R$ 5.048,020,00. Um valor nada desprezível para um município como Jales que tem uma dívida assustadora que se acumula ano após ano sem que seus autores respondam legalmente pelo ato.

O vereador
Kazuto Matsumura (PSB), conforme disposto no Art. 64 da Lei Orgânica do Município de Jales os proprietários de áreas do perímetro urbano em expansão, produtoras de hortifrutigranjeiros, têm direito à isenção do imposto municipal.

Para tanto,
está solicitando ao Chefe do Poder Executivo Flá Prandi, que dê explicações quais áreas, atualmente, são isentas do pagamento do IPTU e como é feita a fiscalização desses locais.

O vereador
Tiago Abra (PP), está perguntando ao prefeito Flá Prandi se há interesse em aderir ao projeto "Cidade Digital" e instalar pontos de acesso livre à internet em ambientes públicos no município. A então prefeita Nice Mistilides assinou o convênio para implantação do "Cidade Digital" cujos investimentos seriam de R$ R$1.705.825,26.

Em 2015
técnicos PETCOM – Eletrônica e Telecomunicações visitaram os 42 prédios públicos que seriam interligados através da fibra óptica subterrânea e ficou definido que três pontos de acesso públicos disponibilizados pela população através da rede wi-fi: nas praças João Mariano de Freitas e Euplhy Jalles e na Feira do Produtor Rural (Comboio). O projeto está parado?