Páginas

sábado, 12 de novembro de 2016

Cido Belini


Na quarta-feira, 16 de novembro, o empresário Aparecido Belini, na foto com a esposa Maria Inês, em evento social, receberá os cumprimentos pelo aniversário.

Fiduma & Jeca lançam clipe com referência de “Se Beber Não Case”

A divertida dupla sertaneja Fiduma & Jeca, acaba de lançar o clipe da música "Bagunçando as Avenidas", que já está tocando nas rádios de todo o país.

Gravado em São José do Rio Preto e dirigido por Jacques Júnior, o videoclipe tem referencia do filme "Se Beber Não Case" que, conta a história de quatro amigos que vão para uma despedida de solteiro e acabam esquecendo tudo o que aconteceu durante a madrugada que teve muitas emoções e histórias pra contar.

No clipe, Fiduma acorda depois de uma noite de festa e percebe que Jeca está desaparecido, e assim, sai a procura do parceiro relembrando os lugares que passaram durante a madrugada.

"Pensamos em uma história divertida e que tem tudo a ver com a música, espero que todos gostem do resultado", conta Fiduma

Aniversariante

 
Maria Aparecida Fontes Rodrigues, vai festejar na terça-feira, 15 de novembro, ao lado do esposo Durval Balim Rossafa Rodrigues (foto) e demais familiares, mais uma primavera.

Doença pulmonar mata mais que infarto

No dia 16 de novembro é comemorado o Dia Mundial da DPOC (Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica), data designada para conscientização da população sobre a importância do diagnóstico e tratamento da doença. Causada principalmente pelo tabagismo, a doença pode causar tosse, chiado no peito, falta de energia, falta de ar e dificuldade para realizar atividades diárias[i]. Estudos mostram que as complicações da DPOC são responsáveis por mais mortes do que infarto agudo do miocárdio (ou IAM). Enquanto que 23% dos pacientes acima de 50 anos que apresentavam uma crise grave de DPOC faleceram dentro de 1 ano, menos de 20% dos pacientes da mesma faixa etária que infartaram vieram a óbito nesse período[ii]-[iii]. Os dados são ainda mais expressivos quando observados no intervalo de 7 anos. Analisou-se que 31% dos homens e 47% das mulheres que sofreram um infarto chegaram a falecer, enquanto 70% dos pacientes que apresentaram uma crise grave da DPOC faleceramv-[iv].

De acordo com dados da OMS, a DPOC atinge mais de 65 milhões de pessoas no mundo[v], e dados do Ministério da Saúde estimam que a enfermidade afete mais de 7 milhões de pessoas no Brasil[vi]. A doença é responsável pela morte de 3 milhões de pessoas no mundo por ano[vii], sendo 40 mil brasileiros[viii]. O Dr. Mauro Gomes, diretor da Comissão de Infecções Respiratórias da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia, explica porque isso acontece: "A DPOC é uma doença grave que, quando não recebe o tratamento adequado, pode trazer diversas complicações pulmonares e até mesmo cardiovasculares. Dessa forma, além de riscos de crises respiratórias, como pneumonia e exacerbações, os pacientes estão sujeitos à problemas cardíacos como infartos, arritmias e hipertensão". Atualmente, a DPOC é a quinta causa de morte no mundo, e a previsão é que esse cenário piore, tornando-se a terceira da lista até 2030i.


A DPOC é o termo usado para denominar o conjunto de duas doenças que causam a obstrução crônica das vias aéreas dentro dos pulmões: a bronquite crônica e o enfisema pulmonar. A bronquite é a inflamação dos brônquios e bronquíolos, e causa a constante produção de muco, falta de ar, chiado e tosse crônica com expectoração. Já o enfisema se caracteriza pela destruição do pulmão e surgimento de bolhas, com aprisionamento de ar nas cavidades, o que dificulta a respiração e leva ao cansaço ou falta de ar. A DPOC é diagnosticada quando o paciente apresenta a sobreposição das duas doenças.

Dr. Mauro explica que uma das dificuldades no diagnóstico da DPOC é que as pessoas negligenciam um dos principais sintomas: "Muitas vezes, quando perguntamos se o paciente tem falta de ar ele responde que não. Porém, ao perguntarmos se ele apresenta cansaço ao subir um ou mais lances de escadas, é comum responderem que sim. Há uma confusão quanto à diferença entre cansaço e a falta de ar, quando em essência, elas são a mesma coisa. As pessoas costumam achar que se sentem cansadas devido à idade, ao sobrepeso, ao tabagismo ou ao sedentarismo, quando na verdade esse pode ser um sinal de doença pulmonar".

O diagnóstico é realizado por um pneumologista por meio de um exame simples chamado espirometria, também conhecido como "teste do sopro". O exame que mede a quantidade de ar e a velocidade com a qual ele entra e sai dos pulmões, identificando valores alterados quando o paciente apresenta DPOC.

Foi assim que Abel Nunes foi diagnosticado com DPOC há 7 anos. O contador conta que teve complicações pulmonares devido à doença: "Já faz 18 anos que eu parei, mas fui fumante por mais de 40 anos e, apesar de saber dos malefícios causados pelo cigarro, nunca imaginei que poderia desenvolver uma doença crônica. O diagnóstico da DPOC veio após ser internado diversas vezes com pneumonia em curtos períodos de tempo. Faço o tratamento adequado desde então e percebo que a doença está sob controle, por isso não sinto muitas limitações no meu dia a dia ", pontua.

Apesar de ser uma doença grave e sem cura, existem medicamentos que são capazes de controlar os sintomas, aumentando a qualidade de vida dos pacientes. Além de tratamento medicamentoso com broncodilatadores inalatórios, que contribuem para a suavização dos sintomas e das crises de exacerbação, procedimentos não farmacológicos também são importantes para garantir uma melhor qualidade de vida, como a prática de atividade física regular com o acompanhamento médico, vacinação e, quando necessário, o uso de suplementação de oxigênio.


Sobre a DPOC

A OMS projeta que em 2030 a DPOC será a terceira causa de morte no mundoi. A DPOC atinge 65 milhões de pessoas no mundoi. Apesar disso, um em cada dois brasileiros nunca ouviu falar da Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), enfermidade que atinge 7 milhões de pessoas no paísii e é a 5ª causa de morte no mundoi. Causada principalmente pelo tabagismo, a DPOC leva à dificuldade de respirar e ao cansaço progressivo e constante, impossibilitando uma série de atividades de rotina. Todos os anos, a DPOC leva a óbito cerca de 40 mil brasileiros, o equivalente a quatro pacientes por hora, segundo dados do Ministério da Saúdeiii. A doença custa aos cofres públicos aproximadamente R$ 100 milhões por anoii.

Segundo o Gold – Iniciativa Global para Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica – um programa mundial que atua com objetivo de sistematizar, padronizar e orientar o diagnóstico e tratamento da DPOCviii, existem cinco perguntas básicas que ajudam o profissional de saúde a identificar pacientes que podem ter a doença:


· Possui mais de 40 anos

· Fumante ou ex-fumante

· Tosse frequente

· Expectoração ou "catarro" constante

· Cansaço ou dificuldade para respirar, como subir escadas ou caminhar

Novo procedimento cirúrgico é realizado na Santa Casa de Jales

A Santa Casa de Jales está dando mais um importante passo na medicina com os avanços tecnológicos e tornando-se um centro de referência regional no tratamento da dor.
 

Na sexta-feira, 4 de novembro, foi realizado pela primeira vez na instituição, o implante de eletrodo medular, também conhecido como "Marca-Passo da dor" pelo neurocirurgião Dr. Pery Prado Neto.

O implante de eletrodo epidural para estimulação da medula espinhal é uma técnica cirúrgica que tem se demonstrado eficiente e segura para os pacientes que sofrem de dor crônica. Esses estímulos elétricos têm a função de inibir as vias supressoras que interpretam a dor, bloqueando a interpretação do estímulo doloroso, substituindo a percepção da dor por uma sensação de formigamento no território acometido.

De acordo com Dr. Pery esse procedimento acontece por meio de uma pequena incisão do eletrodo que é colocado na região da coluna, desse modo o paciente permanece com um controle manual e pode monitorizar os estímulos a serem enviados para medula, tendo como objetivo aliviar ao máximo os sintomas.

"Após cerca de uma a duas semanas do procedimento inicial e com o resultado satisfatório do nível de dor, a cirurgia passa por outra fase, sendo assim, um gerador interno e definitivo é implantado podendo ficar alojado na região do abdômen ou no tórax", detalhou Dr. Pery.

As indicações para o neuroestimulador implantável para estimulação da medula espinhal inclui o tratamento de dor crônica e intratável dos membros ou do tronco, englobando dores unilaterais e bilaterais associados às seguintes condições.


Doenças neurológicas e da coluna:
- Failed back syndrome: pacientes que permanecem com dor após cirurgias da coluna vertebral.

- Dor secundária a cirurgias de hérnia de disco.

- Persistência da dor após doença herpética.

- Dor crônica após lesão do plexo braquial.

- Síndrome complexa regional

Causas Vasculares:

- Dor no coto de amputação.

- Dor isquêmica de membros inferiores (aterosclerose).


Causas Cardiológicas:
- Angina intratável e de etiologia estabelecida e controlada.

A realização deste procedimento de alta complexidade contou com a colaboração e dedicação dos neurocirurgiões Pery Prado Neto e Sergio Barata, de São Paulo, dos anestesistas Ricardo Leal, Ricardo Perbeline, Carlos Humberto, do programador da empresa Cortical de Ribeirão Preto Davi Bueno, dos instrumentadores Danilo Canzian e Valdirene, as auxiliares de sala Natália e Fabiola e o técnico de Raio-X Wagner Aijado. Esse método é pioneiro regionalmente e disponível para o setor de medicina privado.

Depressão tem cura?

Flávio Rodrigo Masson Carvalho
Professor do UNIBAVE – Orleans - SC
 
 
Estar deprimido, é vivenciar a dor mais profunda.
A depressão entra na sua vida sem ser convidada. Ela é uma intrusa, que entra na sua casa pela porta dos fundos, pelas janelas, e entra sem avisar, e depois que se instala, passa a comandar a sua vida. Proporcionando uma tristeza profunda, que acomete toda a família do deprimido.
A depressão promove uma angustia desmedida. Uma forte sensação de "não querer mais viver".
A depressão afeta sobre maneira os relacionamentos interpessoais. Torna o convívio com outras pessoas um verdadeiro martírio.
É muito importante um diagnóstico correto de depressão, pacientes podem receber indicação de psicoterapia, medicação, prática de atividade física, melhora de outros problemas de saúde, entre outros. Independente da técnica ou intervenção proposta, o foco do tratamento deve ser a melhora completa de todos os sintomas que sugiram dentro do quadro depressivo. 
A depressão é um doença multifatorial, ou seja, os fatores genéticos, biológicos e psicossociais sempre se somam para configurar o quadro depressivo de cada paciente.
A depressão se caracteriza pela falta de amor!
Aquele que está deprimido não está amando. Não está se amando, e não está amando ninguém. Está faltando amor em sua vida.
A falta de amor na vida, faz com que a mesma fique estéril, sem sentido, sem graça. A falta de amor, deixa a vida sem nenhum significado.
A vida tem que ser intensa, prazerosa, mesmo com todas as dificuldades normais da mesma, ela tem que ser alegre, proveitosa. A vida é a Grande Mestre, aquela que nos fará evoluir como seres humanos.
A vida é por demais preciosa, por isso não podemos permitir que a depressão nos roube o prazer de viver.
Então, a cura da depressão passa pelo amor!
Diferentes tipos de amores. O primeiro é o amor próprio. Precisa se amar, para que o tratamento seja um sucesso. É preciso amar a todos, e também ser amado.
Quanto mais se instala a depressão, mais forte ela fica, e mais o deprimido vai deixando de se amar, e amar as pessoas.
O amor é forte antídoto contra a depressão!
O amor que necessita, está no seu interior, ou seja, buscar o amor que se encontra no fundo do seu ser. No seu coração, na sua mente, nas suas entranhas.
Busque o AMOR no fundo da sua ALMA.
Mas é preciso dar o primeiro e mais importante passo na cura da depressão, que é o QUERER! Ou seja, a sua vontade! E não basta somente querer. Tem que buscar ajuda. Lançar mão de todo o arsenal possível nesta guerra contra a depressão. E dentre este arsenal, o mais importante, e mais poderoso é o amor.
O QUERER é mesmo PODER!
Se você quiser realmente se curar da depressão, você vai poder.
Tem que QUERER de coração. Toda sua vontade tem que estar contida neste querer. Você terá que investir na RAZÃO, nas EMOÇÕES, na sua INTELIGÊNCIA, e principalmente na HUMILDADE.
O deprimido tem que ter a humildade de reconhecer que está doente. Tem que respeitar esta doença. Tem que buscar, e aceitar AJUDA.
Seja humilde! Busque ajuda! Se ame mais! Ame a todos! Ame a vida! Seja mais feliz!
DEPRESSÃO TEM CURA!
No próximo artigo: dicas, tratamentos e prevenção contra a depressão.
 

TV Cultura apresenta Jazz Sinfônica em Noite Portenha

 
O programa Clássicos exibe nesse sábado, 12 de novembro, concerto Noite Portenha com a Jazz Sinfônica. A apresentação inédita, gravada com exclusividade na Sala São Paulo, traz obras de grandes nomes como Astor Piazzola e Carlos Gardel, sob a batuta do maestro Fábio Prado. Vai ao ar a partir das 21h30, na TV Cultura.

Com o intuito de resgatar as tradições das orquestras de rádio e televisão que fizeram sucesso entre os anos 1930 e 1970, e com a proposta de dar um tratamento sinfônico à música popular brasileira e universal, a Orquestra Jazz Sinfônica foi criada. Sua formação é bastante singular. Une a orquestra nos moldes eruditos a uma big-band de jazz, produzindo uma sonoridade ímpar.

O penúltimo concerto da série Concertos na Sala São Paulo da Jazz Sinfônica apresentou o melhor da música portenha com obras de Astor Piazzolla, Carlos Gardel, Richard Galliano e Rodolfo Mederos. Com regência de Fábio Prado, o grupo sinfônico se apresentou no último dia 5 de outubro, com gravação exclusiva para TV Cultura e Rádio Cultura FM.

A Jazz Sinfônica tem como marca o tratamento sinfônico que dá à música popular, brasileira e de todo o mundo. Ao longo dos anos, a orquestra tem sido pioneira ao apresentar repertório popular de outros países da América Latina, com destaque especial à música argentina.

O intercâmbio musical realizado com convidados como Pablo Ziegler, Ramiro Boero e Diego Schissi despertou não somente o interesse pela música de nossos vizinhos, mas também trouxe à tona o encaixe magistral entre música portenha e conjunto sinfônico acrescido do ataque da big band, revelando assim uma surpreendente veia tanguera da Jazz Sinfônica.

No repertório, o grupo sinfônico apresentou músicas de Astor Piazzolla, como Introduccion al Angel, Adios Nonino, Otoño e Invierno; das "Quatro estações Porteñas", Soledad, Fuga 9, Oblivion, Libertango, Fuga y Misterio, La Mufa e Years of Solitude. De Rodolfo Mederos trouxe La Pajarera de Pentecostés; de Richard Galliano, o Tango pour Claude; e de Carlos Gardel, executou Por una Cabeza.

Essa homenagem à música argentina se deve à sua importância internacional e por encontrar enorme receptividade junto ao público brasileiro, que responde sempre calorosamente a esse tipo de repertório latino.

Vários arranjos foram criados por Cyro Pereira, maestro fundador da Jazz Sinfônica, que reconhecia a música argentina como uma das três principais influências em sua vida musical (as outras são os musicais americanos e o compositor e arranjador Radamés Gnatalli). Outras obras do programa foram arranjadas por três músicos da Jazz Sinfônica: Marcelo Ghelfi, Bel Rebelo e Cintia Zanco.

Apesar do bandoneon ser considerado um instrumento marcante da música portenha, neste concerto da Jazz ele é substituído, e muito bem, por outros instrumentos, como o piano e os saxes alto e barítono, a cargo de solistas da própria orquestra – Marcelo Ghelfi no piano, Paula Valente no sax alto e Francisco Macedo no sax barítono

Reflexões: O tempo

Adelvair David
 
 
O tempo é interessante na vida do homem.
Ele não se adianta nem atrasa, está no momento certo, traz as ocorrências da vida uma após a outra sem ansiedade, seja ela agradável ou triste tudo acontece no seu devido tempo.
O homem, incerto do seu futuro programa e desprograma, faz planos e se frustra para logo se levantar e construir outros de igual fundamento, mas novo na aparência. Por muitas vezes encontra desalento e desesperança quando acredita que nada mais vai ter jeito, para em seguida diante de algo que o tempo trouxe, animar-se outra vez a lutar.
Há um estranho fenômeno no entendimento do homem que o faz viver sempre fora do tempo que está, ou está revivendo e sofrendo pelo passado ou olhando para o futuro onde possivelmente as coisas hão de acontecer. Neste sentido, sofre pelo remorso das más decisões, ou embriaga-se na saudade dos bons momentos que não voltam mais.
É preciso acreditar na vida e no tempo, observando-se que o passado registrou nas telas do tempo as ações que não se pode modificar, que servem de exemplos para o que se deve repetir, e sempre melhor, ou do que não se deve fazer, evitando-se novas dores. O futuro carece de material concreto, aguarda as ações do presente para possivelmente ser construído, mas é importante que o homem não se esqueça de que só tem um tempo, o presente. Essas palavras não são nossas, são da maior autoridade moral e espiritual que veio a este mundo, Nosso Senhor Jesus Cristo, foi ele mesmo quem disse: "só tendes o dia de hoje".
Por isso, importante lembrar que o momento mais feliz reservado pelo tempo de nossas vidas é o dia de hoje, onde tudo acontece, onde devemos focar toda a nossa atenção, assim, minimizaremos o efeito do passado ruim ou saudoso com novas alegrias e esperanças, e caso o futuro chegue, ele seja o resultado do bem viver do dia que se foi, pois amanhã, o hoje já é passado. Dizer, Ah! Se eu pudesse voltar no tempo faria ou não faria tal coisa, é reflexão desnecessária e inútil, quando útil é dizer a si mesmo: Hoje eu farei melhor.
O TEMPO POSITIVAMTNE APROVEITADO É LUZ NA CAMINHADA.
 

Editais de Proclamas

Rosimeire Ensides Tomazeli, Oficial Interina do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de Jales, Estado de São Paulo. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro.
ABEL FERREIRA DA SILVA e MARCIA APARECIDA DOMINGOS. ELE, natural de São Paulo, deste Estado, nascido aos 16 de maio de 1.964, segurança, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Antonio Ferreira da Silva e de Geneci Candida da Silva. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 08 de maio de 1.974, doméstica, divorciada, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Armelindo Domingos e de Maria Pereira Domingos.
OSWALDO CLOVIS CARBONE e ROZENI MACIEL. ELE, natural de José Bonifácio, deste Estado, nascido aos 29 de janeiro de 1.940, beneficiário, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Vicente Carbone de Rafaela Alvarez. ELA, natural de Três Fronteiras, deste Estado, nascida aos 23 de maio de 1.972, do lar, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Emilio Maciel e de Joaquina Ribeiro.
LUÍS CARLOS DE LIMA e ADRIANA CRISTINA ROQUE DA SILVA. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 03 de março de 1.976, motorista, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Miguel Inacio de Lima e de Dione da Silva Lima. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 14 de fevereiro de 1.979, auxiliar de escritório, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Custódio Júlio da Silva e de Aparecida Roque da Silva.
DANIEL ENDRICE e ALINE REGINA SOARES. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 26 de janeiro de 1.981, comerciante, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de José Luís Endrice e de Sonia Elizabeth Galati Endrice. ELA, natural de São Paulo, deste Estado, nascida aos 30 de julho de 1.985, vendedora, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Orides Soares e de Maria Regina de Oliveira Soares.
WILSON NOGUEIRA GABRIEL e REGIANE CRISTINA FERREIRA. ELE, natural de Fernandópolis, deste Estado, nascido aos 17 de agosto de 1.977, motorista, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Durval Paulo Gabriel e de Neuza Nogueira de Castilho. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 31 de janeiro de 1.982, secretária, divorciada, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Ademar Lino Ferreira e de Verginia Francisca Pedroso Ferreira.
MAYCON RUIZ BERSI e SARA SABRINA PINHO SILVA. ELE, natural de Nova Londrina, Estado de Paraná, nascido aos 20 de janeiro de 1.993, auxiliar de controle de qualidade agrícola, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Marcos Antonio Vicente Bersi e de Valmiria Vilches Ruiz Bersi. ELA, natural de Urânia, deste Estado, nascida aos 06 de abril de 1.990, assistente social, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Ciro Pinto da Silva e de Jovina dos Santos Pinho Silva.
RODRIGO BERSANETI ALVES e TATIANE VILLA FERREIRA. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 04 de maio de 1.984, empresário, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Benevaldo Lourenço Alves e de Maria de Fátima Bersaneti Alves. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 19 de julho de 1.988, corretora de imóveis, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Itamar Luis Ferreira e de Genésia Villa Ferreira.
LUCAS VIAN RODRIGUES e ISABELA SOARES DA SILVA RAMOS. ELE, natural de Campinas, deste Estado, nascido aos 29 de agosto de 1.988, médico, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Hamilton Rodrigues e de Ana Maria Martins Vian Rodrigues. ELA, natural de Anapolis, Estado de Goiás, nascida aos 19 de maio de 1.985, médica, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de William Souza Ramos e de Orlandina Soares da Silva Ramos. (Republicação).
EVERTON FERREIRA FURLANETTO e ARIANE PARMINONDI. ELE, natural de Álvares Florence, deste Estado, nascido aos 29 de janeiro de 1.988, mecânico agrícola, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Valdeci José Furlanetto e de Neide dos Santos Ferreira Furlanetto. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 05 de julho de 1.991, farmacêutica, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Pedro Parminondi e de Lairce Petinari Parminondi.(Republicação).
JOSÉ ANDRÉ MAKINO DOMINGUES e LEISA ANDRÉIA VENANCIO. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 27 de junho de 1.987, auxiliar de cartório, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de José Eduardo Domingues e de Maristela Keiko Makino Domingues. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 21 de janeiro de 1.990, funcionária pública municipal, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de João Mandredo Venancio e de Ana Maria do Espirito Santo Venancio.
LEANDRO SAMPAIO DE SOUZA e PAULA SPATINI FURLAN. ELE, natural de Campinas, deste Estado, nascido aos 04 de julho de 1.986, analista de negócios, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Leandro Souguini de Souza e de Márcia Sampaio de Souza. ELA, natural de Santa Albertina, deste Estado, nascida aos 27 de março de 1.989, terapeuta, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Osvanir Alberto Furlan e de Elizabeth Spatini Furlan.
OSMAR MARTINS DA SILVA e LEONICE FRANCISCA DE OLIVEIRA SOUZA. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 14 de agosto de 1.959, faqueiro, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Manoel Martins da Silva e de Valdomira Alves de França. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 30 de outubro de 1.968, doméstica, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Manoel Francisco de Souza e de Maria Amancio de Souza.
ADRIANO ANTONIO BORGES e ANA PAULA LEME PRADO. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 03 de março de 1.976, pintor, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de José Antonio Borges e de Dolores Castro Lopes Borges. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 09 de abril de 1.987, do lar, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Rolemberg Leme Prado.
CARLOS EDUARDO CARVALHO MARTINS e MARIANA DA SILVA SANTIAGO. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 25 de abril de 1.993, jardineiro, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Carlos Antonio Arruda Martins e de Roseli Lopes de Carvalho Martins. ELA, natural de Votuporanga, deste Estado, nascida aos 03 de setembro de 1.998, estudante, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Luiz Carlos Santiago e de Ana Maria da Silva.
MARCIO HENRIQUE COSTA DE JESUS e TATIANE ZANON GOMES. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 23 de julho de 1.988, serralheiro, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Marcos Antonio de Jesus e de Osmarina Costa de Jesus. ELA, natural de São Paulo, deste Estado, nascida aos 18 de novembro de 1.995, auxiliar de saúde bucal, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Ailton Garcez Gomes e de Vera Lucia Zanon.
 
 
SE ALGUÉM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO OPONHA- O NA FORMA DA LEI. LAVRO OS PRESENTES PARA SEREM AFIXADOS NO REGISTRO CIVIL E PUBLICADOS NA FOLHA NOROESTE, NESTA CIDADE DE JALES.

Rosimeire Ensides Tomazeli – Oficial Interina

PF prende três ex-funcionários da Unidade III Jales do Hospital de Câncer de Barretos por desvios de recursos

A Polícia Federal de Jales (SP) deflagrou na manhã de terça-feira, 8 de novembro, a operação Corrente do Bem que investiga ex-funcionários do Hospital de Câncer de Barretos – Unidade III Jales, por desvios de recursos da instituição. Três ex-funcionários foram presos em Jales, Barretos e Sumaré/SP. Três mandados de busca e apreensão, todos expedidos pela Justiça Estadual de Jales também foram cumpridos.

O ex-diretor administrativo da unidade do hospital em Jales/SP, R.M.D., 33 anos e outros dois ex-funcionários da administração, G.V.B., 29 anos e L.S.S, 30 anos, todos demitidos anteriormente por justa causa, estão sendo investigados por desvios de recursos do hospital em benefício próprio, mediante pagamentos suspeitos em supermercados, hotéis, oficinas mecânicas, lojas de pneus, postos de combustíveis, restaurantes, transporte de passageiros e cargas perigosas, entre outros. Até o momento, estima-se o pagamento de aproximadamente R$ 700.000,00  em despesas suspeitas.

Desde o início das investigações a PF teve o apoio da direção do Hospital de Câncer de Barretos/SP que realizou auditoria interna e forneceu informações que auxiliaram nas investigações. Há aproximadamente um mês, uma ação já havia sido feita na unidade do hospital em Jales, com a participação da direção do hospital de Barretos. Naquela ocasião, vários documentos foram apreendidos e os presos de hoje foram demitidos por justa causa.

A investigação foi batizada de "Operação Corrente do Bem" em alusão ao fato do Hospital de Câncer de Barretos ser mantido em grande parte com doações da sociedade, seja por comunidades que realizam doações, leilões ou por meio de organizações como a AVCC que formam uma verdadeira "corrente do bem" e a Polícia Federal, por meio desta operação, tem o objetivo de assegurar que essas doações e recursos arrecadados em nome do Hospital cheguem integralmente ao seu destino, qual seja, beneficiar os pacientes que enfrentam essa doença tão grave que é o câncer.

Qualquer indivíduo que desvia recursos obtidos com estas doações, desde a arrecadação em sua cidade até o seu destino, estará sujeito à responsabilização por sua conduta criminosa, além da reparação do prejuízo causado nos termos da lei. As investigações continuarão visando identificar outros indivíduos que desviaram recursos.

Os presos vão responder por estelionato (diversas vezes) e associação criminosa. Cinco veículos foram apreendidos, além de aproximadamente R$ 5.000,00  em espécie. Veículos e valores apreendidos poderão ser revertidos para a instituição hospitalar prejudicada a critério da justiça. Todos serão conduzidos para a sede da Polícia Federal em Jales/SP e posteriormente custodiados em presídios da região onde permanecerão à disposição da Justiça Estadual.

Jales receberá pela primeira vez Mutirão da Cidadania do MPF

Jales vai receber pela primeira vez um mutirão da cidadania realizado pelo Ministério Público Federal, em parceria com diversas instituições. O projeto, criado em 2009, já passou por dez cidades paulistas, levando à população serviços gratuitos, como emissão de documentos, exames de saúde, verificação de vagas de emprego e atividades de cultura e lazer. O Mutirão Jales pela Cidadania será realizado entre os dias 21 e 25 de novembro, das 9h às 16h, no Centro de Pastoral Paroquial - Catedral, na rua 14, centro

Para o evento, estará no município o Ônibus da Cidadania(foto), veículo adaptado utilizado pelo MPF para atendimento ao público em diversos mutirões no Estado de São Paulo. A equipe vai oferecer orientação jurídica e receber denúncias sobre irregularidades em órgãos públicos, corrupção e violação de direitos humanos, tais quais mau atendimento em unidades de saúde e falta de merenda nas escolas. O mutirão ainda vai oferecer serviços de documentação, orientação previdenciária e exames preventivos, como aferição de pressão arterial e glicemia.

O Projeto – O Mutirão da Cidadania foi criado pelo MPF em São Paulo com o objetivo de prestar serviços públicos de qualidade à população e buscar soluções extrajudiciais para os problemas de determinada comunidade ou cidade, desenvolvendo nos habitantes o sentimento de pertencimento. O projeto surgiu em Marília, no interior paulista, e já passou por Bauru, Capivari, Garça, Itanhaém, Mombuca, Osasco, Pompeia, Ribeirão Preto e São Paulo. Até este ano, foram realizadas mais de 40 edições, com mais de 200 mil atendimentos.

Desde janeiro de 2014, o Ministério Público Federal utiliza o Ônibus da Cidadania durante os mutirões. O veículo, que conta com acessibilidade total, foi doado pela Receita Federal e totalmente reformado e adaptado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) para facilitar o acesso do MPF a lugares distantes e oferecer melhores condições para o atendimento.

Vento que sopra lá

Reginaldo Villazón



A notícia mais explosiva da semana, que causou perplexidade no mundo, foi a vitória do candidato republicano Donald Trump (empresário rico e falastrão) -foto- sobre a candidata democrata Hillary Clinton (política de carreira e elegante). A eleição foi realizada na terça-feira, 08 de novembro de 2016. A maioria das pesquisas eleitorais dava como certa a vitória da candidata democrata. Por exemplo, a pesquisa Reuters/Ipsos, publicada 4 dias antes da eleição, apontava a vitória de Hillary por 4 a 7 pontos percentuais.

Foi na madrugada do dia 09 que o mundo soube o resultado, constatado na apuração dos votos. Donald Trump havia passado por cima das previsões e estava eleito o 45º. presidente dos Estados Unidos da América. Venceu com o lema de campanha "Make America Great Again" (Faça a América Grande Novamente). De fato, seus discursos foram fortemente nacionalistas. Falou em ativar os negócios em favor do país, em recuperar os empregos perdidos em décadas, em combater os déficits do comércio exterior.

Agora é fácil compreender. As propostas econômicas de Trump soaram como música nos ouvidos dos norte-americanos que sabem o que é desemprego e o que é trabalhar por salários baixos. A dívida pública do país hoje (19,8 trilhões de dólares) é maior do que o PIB do país em 2015 (17,9 trilhões de dólares) e é um quarto do PIB mundial em 2015 (73,2 trilhões de dólares). O país está preso num atoleiro. Na esperança de mudança, muitos eleitores fizeram vistas grossas aos defeitos pessoais do candidato.

Trump manteve a figura de empresário bem sucedido. Não procurou se enquadrar no figurino político para se tornar um político bem sucedido. Sua maneira inflamada de se mostrar e se expressar contrastava com os gestos e falas estudados do presidente Barack Obama e sua candidata Hillary Clinton. Muitos eleitores acabaram por votar no empresário que se expunha verdadeiro do que na candidata política que simulava virtudes. Em menor proporção, vimos isto acontecer recentemente no Brasil.

Aqui, nas eleições municipais recentes (02 e 30 de outubro de 2016), o eleitorado brasileiro desprestigiou os políticos com altos índices de abstenção e votos inválidos (brancos e nulos). Em duas capitais – São Paulo e Belo Horizonte – e em cidades do interior, candidatos não políticos venceram candidatos políticos bem conhecidos. Aqui, os brasileiros também desejam mudança. Desejam ter bons empregos. Desejam contar com sistemas eficientes de saúde, educação, transporte e saneamento.

No discurso da vitória, Trump disse que a "campanha longa e suja" havia passado e que ele governaria para todos. Tomara. Porque, se ele cumprir as promessas de campanha cheias de preconceito, intolerância, discriminação, protecionismo e desrespeito, haverá caos. Um caos maior, se ele não conseguir obter os avanços econômicos. Até poderá haver guerra. E tudo isso terá sido iniciado pelos políticos tradicionais. Pois é, as muitas vagas para políticos sérios e competentes continuam abertas. Lá e cá.

Palavras de Chico Xavier

Às vezes, a pessoa suporta uma ofensa de caráter público, mas não suporta uma criança birrenta, um filho desequilibrado, as dificuldades criadas por parentes; não suporta um pequeno prejuízo que a pessoa deve carregar perante Deus e ficar calada.

As ofensas públicas são a cruz de ferro – conseguimos carregá-la, porquanto recebemos muita solidariedade...Mas a cruz de palha é pouca gente que sabe carregar... É o tapa em forma de palavras, é a agressão pelo olhar, é aquela frase solta que vem direta...

Devemos ter paciência para suportar sem falar com ninguém, para não aborrecer ninguém, para que a faísca do nosso desapontamento não incendeie...

Esta coluna tem o patrocínio e responsabilidade da
"Associação Espírita "Chico Xavier" de Jales.



Politicamente Falando

*Ricardo P. da Costa

 
Dilma Vana Rousseff, do Partido dos Trabalhadores (PT), sofreu um processo de impeachment, cujos trâmites duraram de 17 de abril a 31 de agosto do ano de 2016. Como resultado do processo, a Presidente foi destituída do cargo, permanecendo, contudo, com seus direitos políticos preservados, ao contrário do que prevê o Artigo 52 da Constituição Federal.

A Abertura de créditos suplementares sem autorização do Congresso Nacional e a realização de operações de crédito com instituição financeira controlada pela União (as chamadas pedaladas fiscais), foram os fatores que contribuíram para o "Tchau Querida".

Muitos leitores devem estar se perguntando: Dados antigos! Informações ultrapassadas! Isto já é passado! Agora temos um novo governo!.

Porém se tratando de Brasil, o novo pode ser velho e o fim pode ser o começo. O começo do fim tem nome, sigla e uma relutância de 80% da população, chama-se PEC 241/55, visa estabelecer um limite para os gastos do Governo Federal durante os próximos 20 anos, a ideia é que os gastos públicos sejam totalmente controlados por lei e, portanto, limitar esse crescimento apenas ao aumento da inflação. Simples! Certeiro e pertinente, um governo novo com propostas novas, porém, e se tratando de Brasil, sempre tem um, "porém".

As máquinas do executivo, legislativo e judiciário gastam bilhões, um senador custa em média 33 milhões de reais por ano, por minuto a população brasileira gasta com o Senado 11 mil reais (dados da ONG AMARBRASIL,) e vão cortar gastos com saúde e educação? Cadê a taxação de impostos sobre grandes fortunas? Quem ganha mais que pague mais, ou no Brasil além do início ser o fim, o certo é o errado?

E por falar em fim e errado, penso na reforma da Previdência, Sim! O velho novo governo propõe idade mínima para a aposentadoria de 65 anos tanto para homens como para mulheres, tempo mínimo de contribuição de 35 anos para mulheres e 40 para homens. Refletindo sobre a ideia, a expectativa de vida do brasileiro é de 72 anos, ou seja, aposentando-se com 65 anos quanto tempo de descanso merecedor e de gozo de sua aposentadoria o trabalhador brasileiro terá? Isso explica porque ministros são xingados em restaurantes.

Falando em falta de educação, o velho novo patriota governo tem uma proposta para a educação, porque saúde e educação são importantes! E a nova conversa para bovino sonolento é que algumas disciplinas que sempre figuraram nos boletins passariam a ser optativas, quer dizer, o estudante pode escolher o que quer estudar, isso tudo de forma democrática, digo ¨ democrática ¨ no sentido de MP (medida provisória) que é um instrumento com força de lei, adotado pelo Presidente da República em casos de caos e urgência, cujo prazo de vigência é de sessenta dias e produz efeitos imediatos, isto é, uma lei imposta, o velho novo patriota e democrático governo adotou a política do ¨ Primeiro a gente faz e depois pergunta ¨.

Até o momento em que escrevo este artigo tem 1016 escolas, 51 universidades e 82 institutos federais, estão ocupados por estudantes que se posicionam veementemente contra a medida ¨democrática ¨ que o velho novo governo adotou em forma de medida provisória.

Lembram-se do Renato Russo? ¨Que país é esse ¨ ou ¨geração Coca-Cola ¨, pois é no velho novo Brasil a juventude luta para ficar na escola, ao invés de pular o muro pra fora, pula o muro para dentro! Esta ocupação tem um recado claro à sociedade, a juventude se interessa por politica sim!

Arrematando, existe uma mística e celebre frase brasileira que diz: ¨ futebol, politica e religião não se discute ¨, porém, como tem ex-jogador Senador, Bispo Prefeito e Político encarcerado, foi aberta a temporada da discussão no Brasil, no centro nossa velha nova politica brasileira, não importa se você é coxinha ou pão com mortadela, a questão é que tudo saí da padaria Brasil e você tem que entrar, afinal de contas, a árvore faz sombra até para o lenhador.

*Ricardo P. da Costa - Professor de História da rede estadual de ensino – Auriflama. e Professor de Filosofia do Centro Paula Souza (ETEC) - Pós-graduado em Filosofia Política pela UFSCAR.

Ansiedade e seus efeitos Patológicos

O Centro de Referência da Assistência Social - Cras de Urânia, com o apoio da Prefeitura Municipal, realizou terça-feira ,3 de novembro, às 19h30min, uma palestra aos beneficiários (foto ao lado) dos programas sociais cujo tema abordado foi "Ansiedade e seus Efeitos Patológicos" ministrado pela psicóloga Janaína Sicuto (foto abaixo), e contou com a presença da Orientadora Social Crislaine Calanca.

A síndrome da Ansiedade no século XXI, tem atingindo várias famílias em uma sociedade que envolve classes sociais, raça, religião, orientação de diferentes realidades, portanto as respostas claras e objetivas estão em nossas vidas rotineiras, pois os efeitos patológicos atingem a nossa própria vida com diversas consequências graves e muitas vezes não curadas, mas sim extensivas aos tratamentos destinados a nossa saúde mental e física.
" A liberdade de podermos vivenciar a cada instante é o que nos fortalece com fé e perseverança", lembra.

Escolas municipais plantam mudas que combatem o mosquito da dengue

A Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, deu inicio na quarta-feira, 9 de novembro, a entrega de mudas de crotalária juncea em escolas da rede municipal de ensino. A referida planta, além de servir para recuperar o solo, atrai libélulas que devoram o mosquito Aedes Aegypt, transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Os alunos receberão as mudas e orientações a respeito do efetivo combate ao mosquito, visto que a ação visa auxiliar e não eliminar totalmente a sua proliferação. Serão distribuídas mais de mil crotalárias.

"As libélulas colocam seus ovos em água limpa e o mosquito da dengue também. Os ovos eclodem dando origem as larvas. As larvas da libélula se alimentam das larvas do Aedes. Além disso, na fase adulta, as libélulas comem os mosquitos.", relatou a profissional de informação, educação e comunicação da Secretaria de Saúde, Vanessa Luzia da Silva Tonholi. (foto)

A primeira escola à participar do projeto foi a Profª Jacira De Carvalho Da Silva. A seguir, obedecendo um cronograma, são as escolas Juvenal Giraldelli, Profª. Iracema Pinheiro Candeo, Profª. Eljácia Moreira, Prof. João A. A. Avelhaneda, Profª. Maria Olympia B. Sobrinho, Profª. Elza Pirro Viana, Prof. Oswaldo Soler e Prof. Alberto Gandur (Unidade I).

Parlamentares do PMDB se reunem com o presidenteTemer em Brasília

O deputado estadual Itamar Borges esteve em Brasília nesta segunda-feira 7 de novembro, para participar de um encontro entre os deputados estaduais e federais do PMDB de São Paulo, com o presidente da República, Michel Temer e o chefe de gabinete da presidência, Arlon Viana.

O presidente Temer, o presidente estadual do PMDB, deputado Baleia Rossi e os deputados do partido fizeram um balanço das eleições municipais deste ano, onde o partido se consolidou como o segundo maior do Estado. Foram 82 prefeitos, 80 vice-prefeitos e 677 vereadores eleitos em São Paulo. Além disso, o PMDB saiu vitorioso de 70% das coligações que participou.

Temer também falou sobre os projetos e programas de sua gestão e as perspectivas para os próximos anos.

Itamar Borges e os outros parlamentares pleitearam a liberação de emendas e convênios, a liberação de recursos já assinados e a conclusão de obras em andamento em todo o estado.

Foram abordados dois importantes assuntos, a construção do aeroporto de Ribeirão Preto e as obras de duplicação na BR 153, na região de São José do Rio Preto.

Participaram do encontro: o presidente da República Michel Temer, o chefe de gabinete da presidência Arlon Viana, os deputados federais Baleia Rossi e Edinho Araújo e os deputados estaduais Itamar Borges, Jorge Caruso, Jooji Hato, Léo Oliveira e Cássio Navarro.

O Papa e o magnata

Dom Reginaldo Andrietta, Bispo Diocesano de Jales


A frustração de ver um magnata conservador vencer as eleições presidenciais nos Estados Unidos, felizmente é compensada pela alegria de ver o Papa Francisco acolher, poucos dias antes, no Vaticano, o Terceiro Encontro Mundial de Movimentos Populares. De um lado, um líder capitalista que já contamina o mundo com o "terror" das elites que ele representa. De outro, um profeta destemido que se nutre do amor de Deus e o partilha sobretudo com os pobres.

No encontro com representantes de movimentos populares de 60 países, o Papa, acertadamente disse, poucos dias antes desta eleição americana, que o mundo está sendo governado pelo dinheiro "com o chicote do medo, da desigualdade, da violência econômica, social, cultural e militar que gera sempre mais violência". Ele falou de "um terrorismo de base que deriva do controle global do dinheiro sobre a terra e ameaça toda a humanidade".

Falando de uma ditadura econômica global, o Papa Francisco mencionou a Encíclica Quadragesimo Anno, do Papa Pio XI, de 1931, que previa o "imperialismo internacional do dinheiro". "Toda a Doutrina Social da Igreja e o magistério de meus predecessores se rebela contra o ídolo do dinheiro que reina ao invés de servir, tiraniza e aterroriza a humanidade", diz o Papa Francisco, enfatizando que "nenhuma tirania se sustenta sem explorar os nossos medos".

O presidente eleito dos Estados Unidos fala metaforicamente da necessidade de construir um grande muro para não deixar que os estrangeiros tenham acesso aos Estados Unidos, em busca de trabalho. O Papa, no entanto, critica os muros: "Muros que fecham alguns e exilam outros. Cidadãos murados, aterrorizados, de um lado; excluídos, exilados, ainda mais aterrorizados de outro. É esta a vida que Deus nosso Pai quer para os seus filhos?

Por minha experiência de três anos nos Estados Unidos, uma vez me perguntaram sobre a diferença entre os democratas e os republicanos, naquele país. Eu respondi com outra pergunta: Qual é a diferença entre Pepsi-Cola e Coca-Cola? Essa pessoa compreendeu, então, que a diferença entre ambos partidos é muito pequena. Os democratas defendem políticas um pouco mais sociais. Os republicanos são mais neoliberais.

Trump é republicano. Sua lógica será ainda mais militarista. Defenderá invasivamente os interesses das grandes empresas multinacionais de origem norte-americana. Será ainda mais protecionista da economia americana e mais agressivo em acordos de livre comércio. Nutrirá a ilusão da redenção socioeconômica pela via neoliberal, sem sucesso para os que concorrem em desigualdade e para a população pobre do seu próprio país.

A resposta mundial não tardará, sabendo que ela não virá dos que se beneficiarão de alianças, entre os quais muitos dos que atualmente estão à frente do Estado Brasileiro, de tendência entreguista. Ela virá, com toda certeza, dos que estão sendo privados de seus direitos, a quem o Papa Francisco se dirige no Terceiro Encontro Mundial de Movimentos Populares, propondo construir pontes que permitem abater os muros da exclusão e da exploração, e exortando: "Não nos deixemos enganar. Enfrentemos o terror com amor!"

Ministra Cármen Lúcia diz que preso custa 13 vezes mais do que um estudante no Brasil


"Um preso no Brasil custa R$ 2,4 mil por mês e um estudante do ensino médio custa R$ 2,2 mil por ano. Alguma coisa está errada na nossa Pátria amada". A constatação foi feita pela presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministra Cármen Lúcia, que participou nesta quinta-feira, 10 de novembro do 4º Encontro do Pacto Integrador de Segurança Pública Interestadual e da 64ª Reunião do Colégio Nacional de Secretários de Segurança Pública (Consesp), em Goiânia (GO).

Ministra Cármen Lúcia diz que a violência no país exige mudanças estruturantes
Foto/Eduardo Ferreira/Governo do Estado de Goiás
 
 
 

"Darcy Ribeiro fez em 1982 uma conferência dizendo que, se os governadores não construíssem escolas, em 20 anos faltaria dinheiro para construir presídios. O fato se cumpriu. Estamos aqui reunidos diante de uma situação urgente, de um descaso feito lá atrás", lembrou a ministra.

No evento, Cármen Lúcia afirmou que a violência no país exige mudanças estruturantes e o esforço conjunto de governos e da União. "O crime não tem as teias do Estado, as exigências formais, e por isso avança sempre. Por isso são necessárias mudanças estruturais. É necessária a união dos poderes executivos nacionais, dos poderes dos estados, e até mesmo dos municípios, para que possamos dar corpo a uma das maiores necessidades do cidadão, que é ter o direito de viver sem medo. Sem medo do outro, sem medo de andar na rua, sem medo de saber o que vai acontecer com seu filho", disse.

Inspeções - Desde que assumiu a presidência do CNJ, a ministra tem visitado presídios para ver de perto as condições das unidades. Até o momento, Rio Grande do Norte e Distrito Federal receberam visitas de surpresa, e a ideia é inspecionar todos os Estados. "A cada nove minutos, uma pessoa é morta violentamente no Brasil. Nosso país registrou mais mortes em cinco anos do que a guerra da Síria. Estamos, conforme já disse o Supremo Tribunal Federal, em estado de coisas inconstitucionais. Eu falo que estamos em estado de guerra. Temos uma Constituição em vigor, instituição em funcionamento e cidadão reivindicando direitos. Precisamos superar vaidades de detentores de competências e, juntos, fazer alguma coisa", ressaltou a ministra.

Plano Nacional - O encontro realizado em Goiânia contou com a presença do ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, que, na oportunidade, apresentou o Plano Nacional de Segurança Pública. A ação tem como principais metas reduzir os homicídios e os casos de violência contra a mulher, além de racionalizar o sistema penitenciário e a proteção das fronteiras. (Fonte: CNJ).

Michel Temer estará no centro do Roda Viva

O presidente da República, Michel Temer, estará no centro do Roda Viva desta segunda-feira (14/11). A entrevista inédita, gravada no Palácio da Alvorada, em Brasília, vai ao ar às 22h, na TV Cultura.

Entre os assuntos que Temer irá abordar estão as medidas do governo federal para a retomada do crescimento econômico, combate ao desemprego, corte de gastos, reformas política e da previdência, e mudanças propostas para o ensino médio.
Com apresentação de Augusto Nunes, esta edição do Roda Viva conta com uma bancada de entrevistadores formada por Willian Corrêa (coordenador geral de jornalismo da TV Cultura e âncora do Jornal da Cultura); João Caminoto (diretor de jornalismo do Grupo Estado); Sérgio Dávila (editor executivo do jornal Folha de S. Paulo); e Eliane Cantanhêde (colunista do jornal O Estado de S. Paulo e comentarista da Globonews).

Visita à Santa Casa de Jales

A deputada  
 
estadual Analice Fernandes (PSDB) (foto) visita a Santa Casa de Jales na quarta-feira, 16 de novembro. Ela será recepcionada pelo provedor Junior Ferreira e demais diretores e colaboradores do hospital às 10 horas no Centro de Estudos. Vários assuntos relacionados com a Santa Casa serão discutidos.

Os prefeitos
de todo o Brasil em especial da região de Jales, estão no aguardo da liberação pelo Governo Federal da cota de cada município referente ao dinheiro repatriado, para pagamento de suas contas e, até em muitos casos, o 13° salário do funcionalismo público. Tomara que chegue rápido.

Santa Casa
de Jales recebe recursos como assistência hospitalar no valor de R$ R$ 23.854,43. A verba será paga, em parcela única, para os municípios contemplados com o valor arrecadado por meio dos concursos da Timemania, realizado pela CEF.

Nos dias
17 e 18 de novembro, ocorre a IX Jornada de Iniciação Científica e 2º Fórum Universitário da UniJales. No dia 17, às 19h, no Teatro Municipal de Jales acontece o 2º Fórum Universitário, em que serão discutidos temas de elevada importância para a comunidade e região, abordando a trajetória da Unijales no Ensino Superior, bem como sua contribuição no desenvolvimento regional e os desafios para o futuro da sociedade. Na ocasião, estarão presentes convidados da comunidade e profissionais de sucesso formados pela Unijales. No dia 18, às 19h, no Campus da Unijales está programado Comunicações de Trabalhos.

O governador
Geraldo Alckmin lançou nesta terça-feira, 8, o Crédito Digital, uma nova modalidade de crédito rápido, criada para desburocratizar o acesso das empresas de pequeno porte ao financiamento de capital de giro. Por meio da Desenvolve SP - Agência de Desenvolvimento Paulista, o novo sistema utiliza certificação digital (E-CNPJ) para autenticar eletronicamente a operação. A aprovação do financiamento ocorre em até três dias úteis, contados a partir do registro da proposta no portal da Desenvolve SP.

Os vereadores
Gilberto Alexandre de Moraes, Luís Fernando Rosalino e Rivail Rodrigues Júnior, por meio de requerimento ao prefeito Pedro Callado, questionaram o processo de contratação da empresa terceirizada objetivando a implantação da decoração natalina, bem como a execução do trabalho. Eles indagam como ocorreu a contratação da empresa terceirizada para implantação da decoração natalina e quais foram os critérios que levaram à ela, além de solicitar o encaminhamento de planilha completa e detalhada de todos os gastos financeiros a serem efetuados com a decoração natalina, tais como: fiação elétrica, lâmpadas, adereços, peças acessórias, mão de obra, dentre outras e, também, se a decoração natalina aproveitará objetos e peças já utilizadas em outras decorações ou serão todos novos e se as peças e objetos que serão utilizados na decoração natalina, decorridas as festividades de final de ano, serão entregues à Prefeitura Municipal, para um aproveitamento em futuras decorações, ou a empresa terceirizada contratada ficará com tais itens.


Camisetas da Campanha Novembro Azul estão disponíveis para venda

Para impulsionar a Campanha Novembro Azul, o Hospital de Câncer de Barretos – Unidade de Jales neste ano produziu uma camiseta exclusiva da campanha "Unidos pela Prevenção - #Próstata" que comemora o mês da prevenção do Câncer de Próstata.


"Além da conscientização da campanha que é de extrema importância para os cuidados da saúde dos homens, a arrecadação das vendas das camisetas irá colaborar para continuarmos a desenvolver o trabalho que o Hospital presta, dando atendimento para pacientes com câncer do Brasil inteiro 100%.", afirmou Ariely Siqueira, Assistente de Captação de Recursos da Unidade de Jales.


As camisetas serão vendidas no valor de R$ 20. Para adquirir a sua basta entrar em contato pelo telefone (17) 3624-3900 ou diretamente no setor de Captação de Recursos da Unidade do Hospital de Câncer em Jales, localizado na Av. Francisco Jalles, n° 3737 – Vila Maria.

Campanha – A campanha Novembro Azul, que está em pleno andamento desde o início deste mês, realiza atividades direcionadas à divulgação e esclarecimento sobre o câncer de próstata, um tumor maligno mais comum em homens acima de 50 anos.

Segundo os urologistas, da Unidade de Jales do Hospital de Câncer de Barretos, Renata Ferrari e Leandro de Campos, homens a partir dos 50 anos devem realizar o exame de toque retal e a coleta de sangue para a dosagem do PSA (antígeno prostático específico) anualmente. Homens com histórico na família e/ou negros devem fazer o exame a partir dos 45 anos.

"Os exames preventivos, têm reduzido nos últimos 15 anos 40% da mortalidade dos homens, por meio deles é possível obter o diagnóstico precoce e tratar esses pacientes com maior chance de cura.", ressaltou os doutores