Páginas

sábado, 5 de novembro de 2016

Professora da Unijales tem tese de doutorado aprovada na UNESP

Daniel Zilio





A Unijales passou a ter no seu quadro de professores mais uma doutora.
 
Agora com título de doutora, Viviane
com integrantes da banca examinadora
 
A professora Viviane Kawano Dias, do curso de Educação Física, foi aprovada, no dia 19 de outubro, na defesa de sua tese de doutorado, na UNESP- Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho", campus de Rio Claro.


O tema e o título "Análise da Usabilidade e Atratividade de Sites das Empresas de Atividades de Aventura para a Promoção da Inclusão de Idosos", foi aprovado por unanimidade e muito elogiado pela banca examinadora, composta pela professora Dra. Gisele Maria Schwartz, que avaliou por videoconferência, já que está em Portugal, em Estágio Sênior, na Universidade de Lisboa, o professor Dr. Cheng Hsin Nery Chao, também por videoconferência, da cidade de Natal, a professora Dra. Cinthia Lopes da Silva, a professora Dra. Sílvia Deutsch e a professora Dra. Danielle Ferreira Auriemo Christofoletti. A orientadora do trabalho foi a professora Dra. Gisele Maria Schwartz.

"A temática em questão é de alta relevância para o campo da Educação Física, do lazer e das tecnologias, em particular para a discussão sobre o uso de sites de empresas por idosos para acesso a informações sobre as atividades de aventura. Diante do debate que se coloca na atualidade nas políticas brasileiras, ter como foco os idosos, a gestão de informações e as atividades de aventura já é, em si, um trabalho inovador e original", disse a professora Cinthia Lopes da Silva em seu parecer final sobre a tese defendida.

Viviane com sua família, que se deslocou de Jales e
São Paulo para a assistir a defesa da tese de doutorado
 
 
 
Parabéns a mais nova doutora, Viviane Kawano Dias.
 

Governador do Rotary visita Unidade III Jales do HCB e Santa Casa de Jales

 
 
O Governador do Rotary Club, Distrito 4480, Celso Pereira Martins, visitou na última quarta-feira, dia 26 de Outubro, a Unidade do Hospital de Câncer de Barretos em Jales, para conhecer as instalações da instituição.
foto/Dara Freitas/HCB-UnidadeIIIJales/divulgação

 

A visita foi acompanhada pelo Diretor Clínico Dr. André Luiz Silveira, o endoscopista Dr. Glauco Rogério Andrade de Arruda, as coordenadoras de enfermagem Talita Minella e Iracélia Lima, e a assistente administrativa Débora Gambero, que apresentaram toda a estrutura, os equipamentos e explicou sobre o trabalho realizado. (foto ao lado)

Celso também estava acompanhado pelo Ailton Chiderolli, presidente do Rotary Club de Jales Grandes Lagos, Otávio Santana, presidente da comissão Fundação Rotaria, e outros rotarianos que elogiaram o trabalho executado pela instituição.

O Governador Celso é natural de Meridiano (SP) e reside na cidade de Fernandópolis. É diretor da empresa que atua no ramo de comércio, instalação e manutenção de condicionadores de ar.

Na Santa Casa – Na quinta-feira, 27 de outubro, membros do Rotary Clube de Jales, o Governador do Distrito 4480 Celso Pereira Martins e a esposa Nilde de Cássia Inocêncio Martins, estiveram visitando a Santa Casa para conhecer as dependências da instituição.

Acompanhados pelo provedor Junior Ferreira, o administrador Rafael Prado, a enfermeira responsável técnica Ana Lúcia Silva, a Cristiane Fachola do setor de Captação de Recursos e a ouvidora Bruna Azevedo, os rotarianos puderam conhecer o trabalho realizado no hospital.

A presidente da Casa da Amizade do Rotary Clube de Jales Sidneia Maria Puerta Roldan e o presidente do Rotary Antônio Carlos Palácios, juntamente com os rotarianos admiraram o trabalho executado pela instituição.


"Essa visita foi muito importante para todos nós, que não conhecíamos minuciosamente a Santa Casa. Desse modo percebemos o quanto a instituição mudou, tanto na estrutura como na qualidade do atendimento. A ideia de todos os rotarianos é continuar colaborando com o nosso hospital", destacou Sidneia.
fotos/asconsantacasajales/divulgação

O Programa de Visita tem como propósito abrir o espaço da instituição para visitação de grupos, associação de moradores, igreja, entidades, escolas, faculdades, ou quem tiver interesse em conhecer um pouco mais das dependências da Santa Casa, bem como proporcionar esclarecimentos quanto à estrutura oferecida aos pacientes e acompanhantes.

Para os interessados em participar deste projeto é necessário entrar em contato com o setor de comunicação pelo telefone (17) 3622-5007, que explicará detalhadamente os procedimentos a serem tomados antes da visita.

Miss Teen Brasil 2017:- evento escolheu a adolescente mais bela






 
Na última semana, as doze finalistas do Miss Teen Brasil 2017 competiram em Fortaleza para escolher a mais bela adolescente do Brasil quem irá representar o país no concurso mundial. A coroa ficou para a paranaense Izadora Maitan, em segundo ficou Monalysa Alcantara representando o Piauí e em terceio a Miss Teen São Paulo Mariana David.

O grande destaque da final foi o desfile com as peças da designer Andressa Griebel. Com peças desenvolvidas especialmente para o evento.

A coleção Shine trouxe modelos exclusivos pensados para enaltecer a personalidade de cada menina com peças diferentes que além de mostrar sua beleza as fizessem se divertir e realmente brilhar.

Orquestra Sinfônica de Jales encerra participação no Mapa Cultural Paulista

Encerrando sua participação no Mapa Cultural Paulista, edição 2015/2016, a Orquestra Sinfônica de Jales vai se apresentar neste domingo, 6 de novembro , às 20h30, na praça Dr. Euphly Jalles.

O evento cultural faz parte da fase final de circulação do referido programa, na modalidade musica instrumental.

A orquestra da Corporação Musical Municipal, regida pelo maestro Edivaldo de Paula, apresentará obras dos aclamados compositores de trilhas sonoras cinematográficas Jhon Williams e Hans Zimmer e clássicos da MPB e da música POP.

O Mapa Cultural Paulista é um programa do Governo do Estado de São Paulo, realizado pela Organização Social de Cultura Abaçaí e tem por objetivo a formação, informação e circulação de artistas pelo interior do Estado. O programa tem o apoio da Prefeitura de Jales, por meio da Secretaria de Esportes, Cultura e Turismo.

Tony Ramos é homenageado no Persona em Foco

Tony Ramos relembra os principais momentos de sua trajetória no Persona em Foco desta terça-feira (8/11). O programa inédito, que conta com as participações da atriz Etty Fraser e do autor e diretor Paulo Figueiredo como entrevistadores, vai ao ar às 23h30, com apresentação de Atílio Bari.

Tony construiu uma sólida carreira, reconhecida tanto pelos colegas de profissão como pelos muitos prêmios que recebeu ao longo da vida. Admirado pelo público e com trabalhos realizados no teatro, cinema e televisão, ele recorda momentos pontuais da infância marcada pela presença de suas duas educadoras, a mãe e a avó, que tiveram papeis fundamentais em sua aprendizagem.

Nascido no Paraná, veio para o interior de São Paulo muito cedo. Desde pequeno começou a imitar Oscarito, ator hispano-brasileiro considerado um dos mais populares cômicos do país. Foi nessa época que começou, prematuramente, a se encantar pelo cinema. Sua mãe sempre o incentivou a ler muito, e a cada novo livro, se apaixonava mais por esse universo.

Durante a atração, ele também fala sobre seu grande amor, com quem está casado há 47 anos. Tony Ramos casou-se aos 21 anos e, aos 23, já tinha filhos. Com o baixo salário que recebia na época, ele comenta as dificuldades que enfrentou ao longo do período para conseguir dar conta de sustentar a família.

Dentre suas experiências, o artista traz à tona os momentos mais marcantes de seu percurso profissional. Tony conta a história do Teleteatro ao vivo que produziu para a TV Cultura, em comemoração aos 35 anos da televisão brasileira, no ano de 1985. Outros exemplos que ele cita são as peças Quadros da Vida, sobre a intolerância política; O Trabalho da Banda, sobre variedade de gêneros; Um Grito de Liberdade; e Absurda Pessoa.


A edição também traz depoimentos de grandes nomes para homenageá-lo, como Juca de Oliveira, Maria Eugênia Di Domenico, Walderez de Barros, Renato Borghi, Denis Carvalho, Lauro Cesar Muniz, Silvio de Abreu, Miriam Mehler, Regina Braga e Glória Pires. No fim do programa, o ator deixa uma mensagem: "Tempo de delicadeza é entender que a elegância deveria voltar a acontecer. O ‘por favor’, o ‘muito obrigado’, o ‘queira me desculpar’, o ‘gosto muito de você’. A delicadeza está nisto tudo e mais um pouco".

foto/jairmagri/divulgação

Banco de Sangue precisa de doações

A Santa Casa de Jales possui uma agência transfusional vinculada ao Hemocentro de Ribeirão Preto, e ao núcleo de Hemoterapia de Fernandópolis que é o responsável pelo abastecimento na instituição.

Além da Santa Casa, o Hospital de Câncer e os municípios entornos recebem as bolsas de sangue quando necessário, em média 350 transfusões são realizadas por mês. Para tanto, foi feito um alerta na última semana solicitando nas redes sociais a doação de sangue, especificamente do tipo O positivo, que encontra-se em estoque baixo.

O O Positivo é o sangue mais utilizado no Brasil, por isso o estoque de um hemocentro deve ter no mínimo, 50% desse tipo sanguíneo. Para complementar, dados do Ministério da Saúde revela que 1,9% dos brasileiros doa sangue regularmente.

Para tanto, o Banco de Sangue de Jales enaltece a importância da doação de sangue, pois com apenas uma bolsa quatro vidas podem ser salvas.

Os interessados em doar precisam estar bem de saúde, apresentar documento oficial com foto, ter idade entre 16 e 70 anos, pesar mais de 50kg e caso esteja tomando medicações, apresentar o nome do remédio. As doações são realizadas no Núcleo de Hemoterapia de Fernandópolis, localizado na Rua Simão dos Santos Gomes, 266, Jardim Santista, ao lado do Pronto Socorro. Mais informações pelo telefone (17) 3442-5544.

13ª SIPAT é sucesso entre os colaboradores da Santa Casa de Jales


 
Nos dias 26 e 27 de outubro foi realizada a 13ª Semana Interna de Prevenção de Acidentes – SIPAT, promovida pelos cipeiros da Santa Casa de Jales, cujo tema abordado foi: Trabalho, Redes Sociais e Família.

A abertura aconteceu na quarta-feira, 26, e contou com a presença de membros da mesa administrativa, o ex-provedor, José Devanir Rodrigues, Garça e o atual provedor, Junior Ferreira, além da presidente da CIPA, Suely Aparecida Nunes Medeiros.

O primeiro dia foi marcado pela palestra do Dr. Luiz Carlos Barros Costa, professor e advogado, que retratou o tema: Redes Sociais: vilã ou mocinha? A palestra cativou os presentes que puderam desfrutar de todo conteúdo apresentado.

Na quinta-feira, 27, Marcos Silvério contagiou os colaboradores com a palestra sobre: Trabalho e família e apontou pontos importantes sobre um bom relacionamento, e evidenciou que é melhor ter paz do que ter razão.

Para a presidente da CIPA, Suely Aparecida Nunes Medeiros, essa edição foi mais um sucesso. "Todo trabalho que a equipe teve de preparar esses dois dias de conhecimento e entretenimento valeram a pena e foram recompensados ao ver a alegria e satisfação dos nossos colaboradores. Parabéns aos cipeiros que dedicaram durante meses para a realização da 13ª SIPAT", relatou.

Durante o encontro foram sorteados vários brindes arrecadados no comércio de Jales e região, entre eles uma TV de Led, aparelho celular e duas bicicletas. A apresentação do evento ficou por conta de Celso Britto Junior. E o coffee break foi oferecido pelo sindicato dos empregados em estabelecimentos de serviços de saúde de São José do Rio Preto, representado por Marta Alves de Carvalho. Lembrando que os palestrantes participaram voluntariamente.

Assistência: Ministério da Saúde incorpora novo medicamento para pacientes com fibrose cística

Novo medicamento reduz em até 26% o número de internações, além de melhorar a qualidade de vida desta população

Os pacientes que vivem com fibrose cística vão ser beneficiados com mais um medicamento para auxiliar no tratamento da doença. O Ministério da Saúde incorporou, na última semana, a Tobramicina inalatória que será usada em aparelhos nebulizadores, no combate às infecções respiratórias que acometem esses doentes. A nova aquisição será uma importante ferramenta na melhora da qualidade de vida dessa população, já que as infecções geram piora na função pulmonar.

A decisão de incorporar esse medicamento ao Sistema Único de Saúde (SUS), veio após discussão de especialistas que compõem a Comissão Nacional de Incorporação de Novas Tecnologias ao SUS (Conitec), sobre a evidência dos benefícios clínicos da Tobramicina inalatória, que são relevantes aos pacientes. Além disso, também foi levado em conta as observações e sugestões do público, sendo a grande maioria vinda de pacientes e familiares dos portadores da doença.

De acordo com estudos realizados pela Conitec, a nova tecnologia traz vários benefícios em relação aos dados de funcionamento do pulmão, como o ganho de 12% na função pulmonar aferida pelo volume expiratório forçado (VEF) e redução nas colônias de bactérias que causam essas infecções. Outro dado importante apresentando pelo estudo, foi a redução de 26% nas internações desses pacientes.

Atualmente, o SUS oferece tratamento integral e gratuito para pacientes com Fibrose Cística nas unidades de saúde da rede pública. São disponibilizados aos pacientes acompanhamento médico regular, suporte dietético, utilização de enzimas pancreáticas, suplementação vitamínica (vitaminas A, D, E, K) e fisioterapia respiratória. O objetivo do tratamento medicamentoso é propiciar a estabilização do comprometimento cognitivo, do comportamento e da realização das atividades da vida diária (ou modificar as manifestações da doença), com um mínimo de efeitos adversos.

Assistência - Em 2010, o Ministério da Saúde publicou o Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas (PCDT) para fibrose cística. O objetivo desse documento foi estabelecer critérios para tratamento da doença respiratória, especificamente com a alfadornase, um medicamento que reduz a viscosidade do muco, não tendo sido avaliados outros medicamentos para essa condição, como, por exemplo, antibióticos.

A fibrose cística, também chamada de mucoviscidose, é uma doença genética que atinge todos os sistemas do corpo, porém, as complicações pulmonares são responsáveis pelo maior risco de morte dos pacientes. O acúmulo de secreção (muco) nas vias respiratórias é uma das características da doença pulmonar.

Além disso, os pacientes com fibrose cística apresentam infecções respiratórias frequentes, também chamadas de exacerbações respiratórias, causadas por bactérias como a pseudomonas aeruginosa. As infecções geram piora do funcionamento do pulmão e reduzem a qualidade de vida dessas pessoas. (Por Victor Maciel, da Agência Saúde)

Unidade III Jales realiza “Tarde Rosa” para colaboradoras








 
Na segunda-feira, 31de outubro, o setor de Educação Continuada do Hospital de Câncer de Barretos - Unidade Jales realizou uma "Tarde Rosa" para as colaboradoras da instituição. Segundo as organizadoras do evento Priscila Miranda de Paula e Tais Souza Furlani, o objetivo desse "Encontro" é estender as informações sobre o câncer de mama para as colaboradoras.

O evento contou com diversas palestras. O primeiro a palestrar foi o mastologista oncológico Dr. Rafael Perdomo, que retratou o tema: "Câncer de Mama- Diagnóstico e Tratamentos".

Em seguida, a enfermeira Michele Fabiana de Oliveira Zanetoni, deu diversas dicas por meio da palestra: "Dicas de Prevenção - Mulher que se ama se cuida".

Na sequência, a paciente e vice-presidente da AVCC Ana Maria Saura Rodrigues, contou um pouco da história de quando superou um câncer de mama, e lembrou sobre a importância de se cuidar e realizar a prevenção.

O Projeto GAMA – Grupo de Apoio as Mulheres Mastectomizadas, também foi lembrado, a psicóloga Janine da Silva Santos e a fisioterapeuta Suelen Alves Kawano Dornelas apresentaram uma palestra explicando o que é este grupo e trouxeram o coral do GAMA que cantou duas canções que emocionaram a todos os presentes.

E para finalizar, a psicóloga clínica Natalia S. L. Gonçalves da Clinica Médica de Especialidades, falou sobre "A verdadeira Autoestima" explicando a importância de refletir sobre diversos aspectos que envolvem o tema.

Durante o encontro o grupo de consultoras da Mary Kay, também realizou várias sessões de beleza, com dicas de maquiagens e cuidados com a pele. Além disso, cada colaboradora levou pra casa uma lembrancinha pela participação.

Tom Zé faz 80 anos e recebe homenagem no Sr. Brasil

 
Programa apresentado por Rolando Boldrin (d) com Tom Zé, ainda
recebe os cantores Pádua e Maria Eugênia, neste domingo
Foto Pierre Yves Refalo/divulgação
 
 
Com vigor juvenil, o artista baiano, cantor e compositor Tom Zé, que acaba de completar 80 anos, recebe uma atenção especial no Sr. Brasil, neste domingo, 6 de novembro. Apresentado por Rolando Boldrin, o programa vai ao ar às 10h, na TV Cultura.
 
Considerado um dos artistas mais originais da música popular brasileira, consagrado pelo público há 50 anos, Tom Zé é homenageado por Rolando Boldrin no programa, que traz a interpretação do cantor na música Menina Jesus. "É a maneira de reconhecermos as qualidades artísticas e históricas deste memorável artista brasileiro", destaca Boldrin.

No segundo bloco, Rolando recebe o cantor Pádua. Acompanhado pelos músicos Luiz Chaffin (violão) e Guello (percussão), o artista de Goiânia (GO) apresenta Janela de trem, Folia de reis e Fica mal com Deus.

Por fim, a cantora Maria Eugênia, também goianiense, solta a voz e interpreta algumas composições como Esperando aviões, Desenredo e Fado de Vila Boa.

Circuito Cultural Paulista traz atrações para a região

O Circuito Cultural Paulista, programa de circulação de espetáculos gratuitos, anuncia a programação de novembro e traz atrações musicais, de dança, teatro, circo e espetáculos infantis para cidades da região de Jales

O espetáculo circense Prato Cheio passará por Santa Fé do Sul neste sábado, 5 de novembro. Vatapá e Teixeira são amigos que trabalham no mesmo circo. Um é artista e o outro pipoqueiro. As confusões começam quando Vatapá tenta ensinar Teixeira a se transformar em um grande artista de circo. A apresentação será às 18h30, no Complexo Turístico. Neste domingo, 6 de novembro, o espetáculo passará por Palmeira D’Oeste, às 15h, com apresentação na Escola Municipal Disnei Antonio Monzani na avenida Papa João XXIII, 53-51.

No dia 11 de novembro, o espetáculo Simão e o Boi Pintadinho - Valdeck de Garanhus [Teatro] passará por Jales, com apresentação às 20h, no Teatro Municipal anexo ao Centro Cultural Dr. Edílio Ridolfo, localizado à rua Oito, 2.270, centro.

Apenas no primeiro semestre de 2016, mais de 230 mil pessoas prestigiaram as 440 apresentações gratuitas do Circuito Cultural Paulista, que circularam por 110 cidades do interior e litoral. É neste ano também, que o programa, executado pela Secretaria da Cultura em parceria com a Organização Social APAA - Associação Paulista dos Amigos da Arte - e com prefeituras municipais, completa 10 anos. Ao longo desse tempo, foram realizadas 5.500 apresentações, prestigiadas por 1,5 milhão de pessoas.

 

 
foto- Jales  recebe o espetáculo ‘Simão e o
Boi Pintadinho’ na sexta-feira (11)
 
 foto/gilsontaniguchi/divulgação
 
 
 

 
 
 
 

Os sinais e sintomas da Depressão

Flávio Rodrigo Masson Carvalho
Professor do UNIBAVE – Orleans - SC

 
Antes de falamos sobre os sinais e sintomas, vamos entender o que é sintoma. Temos que conhecer profundamente nosso "inimigo" para melhor combate-lo, e no que tange a depressão, temos que conhece-la o máximo possível, não somente para evita-la, combate-la, mas também para que possamos identifica-la, e orientar as pessoas.
Lembrando sempre, orientar a pessoa com depressão a buscar um profissional da área, ou seja, um especialista, e de preferência com experiência nesse tipo de tratamento.
De acordo com o dicionário Houaiss da língua portuguesa, sintoma é um fenômeno como dor, mal-estar, alterações psicológicas ou fisiológicas que é produzido pela a doença de um referido paciente e, é freqüentemente analisado para se estabelecer o diagnóstico, a classificação da doença, e possíveis tratamentos. Entretanto, antes que uma doença se estabeleça ou possa ser identificada como tal, uma pessoa pode apresentar sinais que indicam a sua eminência. Assim sendo, estes sinais indicariam o primeiro alerta e, a sua pronta identificação, o melhor momento para se tomar as necessárias providências antes do agravamento ou instalação de uma doença ou transtorno, como a depressão.
A depressão emite alguns sinais de alarme podem ser identificados como: a pessoa passar a sofrer acidentes freqüentes e arriscar mais que de costume. Esses episódios podem esconder a vontade de se ferir ou de se autodestruir. Ela pode escrever em alguns lugares ou manifestar de alguma forma o seu desejo de sumir ou morrer. Outros sinais podem ser: sofrer exageradamente e desproporcionalmente na ocorrência de uma perda ou frustração; sentir-se envergonhado, fracassado ou derrotado facilmente e freqüentemente; aumentar a necessidade de carinho e amor; repentinas e não justificadas mudanças de humor; queda de desempenho nas atividades como trabalho, estudo, esporte; começar a escrever um diário ou, se já escrevia, passa encher mais suas páginas; ficar mais agressivo principalmente com a família; passar a sair de casa em horários não esperados, ou ameaça abandonar a família; passar a dar presentes valiosos, abandonar ou dar objetos estimados com os quais tinha cuidado e apego.
Depois que a depressão está instalada, os sintomas mais comuns que podem ser identificados são classificados em fisiológicos, cognitivos, comportamentais, afetivos, interpessoais, e simbólicos. Os fisiológicos são aqueles ligados ao funcionamento físico-químico normal dos seres vivos, como: alteração do sono, alteração do apetite, cansaço, dores físicas vagas e sem origem orgânica aparente. Os cognitivos são os ligados a percepção, memória, juízo e raciocínio, como: expectativas negativas, auto-depreciação, interpretação negativa dos eventos. Os comportamentais são ligados a forma de proceder e comportar mediante estímulos, sentimentos e necessidades, como: perda de interesse por aquilo que antes gostava, atos agressivos ou destrutivos, abuso de drogas. Os afetivos são ligados a reação sentimental e emocional, como: humor deprimido ou irritável, sentimentos de tristeza, angústia e ansiedade. Interpessoais são ligados a interação com as outras pessoas, como:  dependência dos outros para tudo, retraimento social e isolamento. Os simbólicos são ligados a expressão através de sinais indicativos ou interpretação destes, como: pobreza de simbolização com redução do vocabulário e das expressões, imagens e fantasias destrutivas, pesadelos recorrentes.
É importante salientar que os sintomas costumam variar muito de uma pessoa para outra e, sintomas fortes para algumas pessoas podem estar ausentes em outras. Entretanto, uma base comum pode ser definida como sendo a maneira como a pessoa se sente em relação a ela mesma e, como percebe a qualidade e a satisfação de sua vida. Uma boa avaliação dos sintomas é assim muito importante para o tratamento, pois pode influenciar na condução do processo. Quando os sintomas são bem identificados torna-se mais provável encontrar as melhores estratégias para o tratamento como um todo.
Na aparição dos primeiros sinais ou sintomas, busque ajuda. Se você identifica os sinais ou sintoma em outra pessoa, a oriente em buscar ajuda. Quanto mais cedo se buscar ajuda, maiores as chances do tratamento ser bem sucedido.
Depressão é coisa séria! Não dá para brincar, e não cabe experimentações.
Nos próximos artigos vou trabalhar a prevenção, o tratamento e os aspectos psicológicos e espirituais da depressão.



CPF na certidão de nascimento passa a ser obrigatório no Estado de São Paulo

Norma da Corregedoria torna obrigatória a emissão do CPF pelos 816 Cartórios de Registro Civil para todo nascimento efetuado no Estado. Cartórios do Brasil atingiram a marca de 1 milhão de emissões do documento na certidão de nascimento.

Após alcançar a marca de mais de 1 milhão de CPFs emitidos no Brasil, o Estado de São Paulo acaba de inovar na prestação deste serviço. Determinação da Corregedoria Geral da Justiça do Estado de São Paulo (CGJ-SP) tornou obrigatória a emissão do número do CPF já na certidão de nascimento de toda a criança nascida viva.

Até então, a emissão do CPF na certidão de nascimento era opcional, cabendo ao cartório aderir ao convênio firmado pela Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo (Arpen-SP) e a Receita Federal do Brasil, assim como também aos país, que poderiam optar ou não pela inclusão do número do Cadastro de Pessoa Física (CPF) na certidão de nascimento. Nos demais Estados a emissão permanece opcional.

O Provimento nº 59/2016 do órgão responsável pela fiscalização dos Cartórios paulistas tornou ainda obrigatória a inclusão do número do CPF dos cônjuges no registro de casamento. Para o órgão, a inclusão do CPF na certidão de nascimento facilitará o acesso das crianças à programas sociais, assim como o recebimento de benefícios dos órgãos federais,

Balanço - Desde o dia 1º de dezembro de 2015, Cartórios de Registro Civil do Brasil passaram a emitir o Cadastro de Pessoa Física (CPF) no registro de nascimento pela Central Nacional de Registro Civil (CRC Nacional). De acordo com a Receita Federal, ao final de outubro deste ano, a emissão de CPFs pelos cartórios superou a marca de um milhão de números emitidos.

No Estado de São Paulo, durante o mesmo período os Cartórios do Estado de São Paulo realizaram 308.049 registros com CPF, ou seja, mais de 1/4 do total de registros do País e uma média mensal de 28 mil emissões.

O Serviço já está em funcionamento em 3.954 cartórios em todo o País. Os dados do recém-nascido ou da pessoa a ser registrada são inseridos e validados junto à base da RFB de forma on-line e, imediatamente, o número do CPF é gerado e impresso na certidão de nascimento.

Além da gratuidade e de proporcionar comodidade ao cidadão – que obtém em um só lugar, por meio de solicitação única, dois documentos indispensáveis ao exercício da cidadania -, o novo serviço reduz riscos de fraudes e de problemas causados por homônimos.

A morte como drama existencial e mistério de fé

*padre Róger Araújo


 
Um consenso que temos na sociedade e nas diversas culturas é a convicção de que mais cedo ou mais tarde todos nós morremos. A morte é umas das poucas certezas absolutas que temos nesta vida. As diferentes culturas encaram de modo diversificado este tema, mas todos elas sem exceção, enxergam a morte como um momento de dor, buscam respostas e alívios para encararem um drama inevitável da existência.

A cultura judaico-cristã compreende a morte como consequência natural do pecado e inerente fragilidade da vida ferida com o rompimento entre a humanidade e Deus. Contudo, nunca faltou a perspectiva da Esperança e da eternidade nesta relação do humano com o Divino, ao longo da história da salvação. Mesmo com o ser humano expulso do paraíso, (lugar da vida plena sem a força do mal e da morte), o próprio Deus não desiste de salvar e resgatar a criatura humana ferida pela realidade do pecado e da morte.

Quando na plenitude dos tempos Deus envia seu filho ao mundo, ele nasce, vive e morre e, com sua própria morte, vence para sempre e nos resgata o paraíso perdido. Na morte de Cristo, e como consequência imediata sua ressurreição gloriosa, a vida assume outra perspectiva, já não somos mais devedores da morte, mas vencedores sobre ela e sobre suas consequências.

Não resta dúvida que a morte será sempre um mistério, digno das mais diversificadas teorias e interpretações, mas o que não podemos negar é que com a luz do triunfo de Cristo sobre a morte, ela não é mais considerada um mistério, como se fosse algo obscuro e cercado de incertezas. Ela é um mistério de fé! E não mais uma realidade desconhecida, estranha e decepcionante. A morte iluminada pela fé nos enche de esperança e confiança, e, acima de tudo, nos traz certeza e compreensão mística para lidarmos com ela, não como um monstro e nem como tragédia final.

A morte é a grande pedagoga da vida. Durante toda a nossa existência vamos aprendendo a lidar com perdas e ganhos, e só ganha de verdade na vida quem sabe lidar com as perdas. Só ganha inteligência, conhecimento e êxito na escola da vida quem sabe "perder". A vida só ganha sentido pleno, para quem sabe se gastar em função do outro. Pense num pai ou numa mãe que se gastam por inteiros para dar vida aos filhos e vitalidade à família constituída.

Os grandes ganhos na vida se fazem com as perdas e mortes do cotidiano. A capacidade de ceder, de morrer para si, de engolir o orgulho, de vencer a própria soberba, de silenciar, escutar e exercitar a paciência. A morte parece que nos rouba ou leva a nossa vida. Quando na verdade ela plenifica e transfigura as mais penosas realidades humanas em eternidade e nos permite recuperar o paraíso perdido.

A perda maior da vida não é a morte. Ela é a porta final da glorificação da realidade humana de forma definitiva e verdadeira. Não podemos negar que a morte machuca, dói, assusta, surpreende e até tira o nosso chão. Só não podemos deixar que ela mate nossa fé, nossa esperança e nos tire do caminho da eternidade, conquistado com o sangue, o suor e a própria morte do Filho de Deus, para nos conceder a vida eterna.

*Padre Róger Araújo, é jornalista e membro da Comunidade Canção Nova. É autor dos livros "João Paulo II – Uma vida de Santidade" e "Repensando a Vida" (Editora Canção Nova). @rogeraraujo.cn

Editais de Proclamas

Rosimeire Ensides Tomazeli, Oficial Interina do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de Jales, Estado de São Paulo. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro.

ANDERSON CLAUDIO GOMES DE SOUZA e BRUNA RODRIGUES DUARTE. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 18 de janeiro de 1.991, técnico em telecomunicações, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Miguel Claudio de Souza e de Maria Aparecida Gomes de Souza. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 04 de agosto de 1.996, vendedora, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Wagner Pereira Duarte e de Marcia Rodrigues.

SEBASTIÃO DONISETE SAVIAN e PATRICIA OGNIBENI NICOLETTI. ELE, natural de São Caetano do Sul, deste Estado, nascido aos 27 de novembro de 1.971, professor, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Alcides Savian e de Maria do Carmo Sola Savian. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 27 de abril de 1.981, professora, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de João Jovanir Nicoletti e de Lourdes Ognibeni Nicoletti.

ROGÉRIO LODOVICO SANTANA e SELMA FRANCISCO. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 20 de maio de 1.977, pedreiro, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Valmir Lodovico Santana e de Francisca Alves Domingues Novas. ELA, natural de Turmalina, deste Estado, nascida aos 10 de dezembro de 1.975, técnica de enfermagem, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Josias Francisco e de Delfina Nunes Francisco.

BRUNO OTÁVIO GAIÃO VALERIO e RAFAELA BELATI BARBIZANI. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 06 de novembro de 1.981, atendente comercial, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Jorge Valerio e de Ilda Gaião Valerio. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 07 de maio de 1.988, secretária de escola, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Luiz Carlos Barbizani e de Tânia Elena Belati Barbizani.

MARCELO FERMINO NETO e POLIANA GOBBO. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 04 de maio de 1.985, médico, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Nilo Sergio Neto e de Cláudia Maria Fermino Neto. ELA, natural de Estrela D’Oeste, deste Estado, nascida aos 28 de julho de 1.992, médica, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Antônio Amro Gobbo e de Jussara Calçavara Gobbo.

VILBERTO DE SOUZA ALMEIDA JÚNIOR e THAYSA YURI ABRA. ELE, natural de Jacareí, deste Estado, nascido aos 07 de março de 1.986, médico, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Vilberto de Souza Almeida e de Irene da Paiva Rezende Almeida. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 29 de outubro de 1.987, médica, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Luiz Antonio Abra e de Luiza Yochiko Yai Abra.

ADEMIR JERONIMO DA SILVA e LUCIANA MARQUES DA SILVA. ELE, natural de Santo André, deste Estado, nascido aos 25 de agosto de 1.970, motorista, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Antonio Mateus da Silva e de Alice Jeronimo da Silva. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 12 de novembro de 1.984, empacotadora, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Aparecido Crovinel Marques e de Luzinete Francisco da Silva.

RENATO CESAR CAVELHANHA e GISLENE LENARDUZZI DA SILVA. ELE, natural de Mirassol, deste Estado, nascido aos 14 de abril de 1.984, encarregado de expedição, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Jamil Donisete Cavelhanha e de Sueli de Fátima Colecta Cavelhanha. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 16 de fevereiro de 1.989, Jales, divorciada, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Givaldo Verissimo da Silva e de Sirlei Aparecida Lenarduzzi da Silva.

VALDINEY DA SILVA e CLAUDIA CAROLINE CAMAZANO. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 23 de março de 1.982, funcionário público estadual, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Manoel Antonio da Silva e de Maria Aparecida Dalmonte da Silva. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 13 de setembro de 1.988, esteticista, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Moacyr Camazano Junior e de Diva Lucia Camazano.

EUCLIDES PIMENTA e JOICE DE LIMA PEREIRA. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 26 de maio de 1.963, maceiro, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de João Pimenta e de Alice Pimenta. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 10 de novembro de 1.995, atendente, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Marcos Aurelio Pereira e de Alessandra de Santana Lima.

LUIZ CARLOS DA SILVA BORBA e LUCIMAR ELIAS DE BRITO. ELE, natural de Parelheiros, deste Estado, nascido aos 08 de maio de 1.965, pedreiro, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Amaro Rodrigues de Borba e de Alice da Silva Borba. ELA, natural de Populina, deste Estado, nascida aos 23 de julho de 1.971, do lar, divorciada, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Antonio Elias de Brito e de Laurinda Maria de Magalhães Brito.

ALESSANDRO CÉSAR DA SILVA e GISLAINE MARINO. ELE, natural de Tanabi, deste Estado, nascido aos 22 de fevereiro de 1.975, pedreiro, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Maria Aparecida Silva. ELA, natural de Aparecida D’Oeste, deste Estado, nascida aos 29 de março de 1.983, açougueira, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Antonio Jesuel Marino e de Natalina Fátima Alves Marino.


OZILDIO APARECIDO BATISTA e APARECIDA CRISTINA DE SOUZA. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 08 de julho de 1.970, motorista, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Ozildio Batista e de Nair Pasini Batista. ELA, natural de Palmeira D’Oeste, deste Estado, nascida aos 12 de janeiro de 1.978, vendedora, divorciada, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Joaquim de Souza e de Francisca Diodato de Souza.
VALDEVINO JOAQUIM DA CRUZ e IRACEMA ALVES FERREIRA. ELE, natural de Américo de Campos, deste Estado, nascido aos 17 de agosto de 1.945, aposentado, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Cassiano Joaquim da Cruz e de Ana Feliciana de Jesus. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 26 de novembro de 1.950, professora, divorciada, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de José Alves Ferreira e de Maria Corina Alves.
ELIÉSER FERNANDO ROZA e JULIANA MARQUES MARTINS. ELE, natural de Paranapuã, deste Estado, nascido aos 03 de setembro de 1.974, motorista, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Waldomiro Roza e de Maria Aparecida Fernandes Roza. ELA, natural de São José do Rio Preto, deste Estado, nascida aos 06 de setembro de 1.978, gerente comercial, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Alcides Ayusso Martins e de Dirce Maria Marques Martins.

SE ALGUÉM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO OPONHA-O NA FORMA DA LEI. LAVRO OS PRESENTES PARA SEREM AFIXADOS NO REGISTRO CIVIL E PUBLICADOS NA FOLHA NOROESTE, NESTA CIDADE DE JALES.

Rosimeire Ensides Tomazeli – Oficial Interina

Governador Geraldo Alckmin assina decreto que simplifica procedimentos para a piscicultura e aquicultura paulistas

O governador Geraldo Alckmin assinou nesta terça-feira, 1° de novembro, decreto regulamentando a atividade de aquicultura em São Paulo. A nova norma inclui novas modalidades de aquicultura nos casos em que se aplica a forma simplificada de licenciamento, tais como a aquicultura de pequeno porte em tanques rede e barramentos, e cavas de mineração exauridas.

"O novo decreto simplifica o licenciamento ambiental, desburocratiza, traz segurança jurídica e aumenta investimento. Estamos dando um passo importante para estimular um setor que vai desde grandes empresas até pequenos produtores. E não só pesca artesanal, mas produtores de peixe com tanque rede também", explicou Alckmin.

Outra inovação favorável ao pequeno produtor é a redução em 50% das taxas de licenciamento ordinário e simplificado, que hoje são de 100 e 50 UFESPs. Também cria a Declaração de Conformidade da Atividade de Aquicultor, documento que será preenchido no site da SAA. É novidade, também, o estabelecimento de procedimento para criação de novos parques aquícolas, além de reconhecer os já criados.

O novo decreto foi amplamente debatido entre os órgãos das secretarias do Meio Ambiente e de Agricultura e Abastecimento, com participação de representantes do setor como a Aplaca (Associação Paulista do Setor Produtivo de Clarias) e a Peixe-SP (Associação dos Piscicultores em Águas Paulistas), apoiados pela Comissão de Meio Ambiente, bem como pela Frente Parlamentar da Pesca, da Assembleia Legislativa.

Para o secretário do Meio Ambiente, Ricardo Salles, a elaboração das normas foi resultado de uma importante integração entre o Poder público, entidades e produtores. "Tivemos o cuidado de ouvir todas as instituições técnicas envolvidas e recebemos várias demandas das entidades representantes do setor, que tentamos acomodar no novo texto. Não houve apenas uma revisão de conteúdo, mas sim de forma e técnica legislativa, atribuindo maior responsabilidade ao produtor".

Produtores e representantes do setor acompanharam com otimismo a assinatura do decreto, como o piscicultor Antonio Ramon do Amaral, de Santa Fé do Sul, que considera que a nova norma solucionará uma situação enfrentada pelos produtores paulistas há mais de quatro anos. "Apenas 5% da atividade estava legalizada e esse decreto veio colocar as regras, esclarecer o que é permitido e desonerar o produtor. Com certeza, teremos mais recursos junto a instituições financeiras para apostar muito mais na atividade", afirmou, ressaltando que o passo seguinte é solicitar ao governo a isonomia tributária para o setor, permitindo maior competitividade na produção em relação a outros Estados. 
Fotos: João Luiz /SAA/divulgação  


Alunos da Fatec Jales visitam Porto de Santos






Com o objetivo de proporcionar um processo de ensino-aprendizagem efetivo, a Faculdade de Tecnologia de Jales "Professor José Camargo" oferece constantemente visitas técnicas a seus alunos, contribuindo, de maneira relevante, para a sua formação profissional. Uma delas foi realizada nos dias 28 e 29 de outubro, momento em que os discentes dos cursos de Tecnologia em Agronegócio e em Gestão Empresarial, acompanhados de docentes, tiveram a oportunidade de conhecer o Porto de Santos.

A visita, que vem sendo planejada desde o início do ano, buscou contemplar diversas atividades realizadas por empresas, abordando desde o desembaraço aduaneiro, as operações alfandegárias, o fluxo dos diferentes operadores logísticos nos terminais de cargas, as tecnologias envolvidas, entre outros. Para acompanhar todos esses aspectos, foram visitadas as empresas Cia Bandeirantes, que trabalham principalmente com exportação, a Transbrasa, que tem foco nas importações, e a Gelog, que atua conforme as necessidades do mercado, tendo como ponto forte as estratégias para atender desde pequenos clientes a multinacionais de todos os países. Vale destacar que os alunos tiveram ainda uma palestra, proferida por um dos gestores da Gelog, que mostrou a importância do porto para o país e o mundo.

Como parte da programação, os alunos foram acolhidos pela empresa Lanchas Fabiana, responsável pelo transporte dos auditores fiscais nos terminais do porto, a qual, por ter a permissão de tráfego na área internacional, realizou um trajeto em todos os terminais, tanto da margem direita como da esquerda, contemplando os seus 13 km de percurso de cada lado, dividindo o espaço com grandes navios de todos os continentes.

A visita terminou com um passeio de escuna, onde os participantes receberam novas informações sobre a história de Santos, do porto e questões turísticas. A viagem foi organizada e coordenada pelos cursos de Tecnologia em Agronegócio e Gestão Empresarial, com a intermediação da professora Andrea Cristina dos Santos, da Etec Doutora Ruth Cardoso, de São Vicente.

Vestibular da Unijales vai atrair candidatos de Jales e região

A Unijales realiza no próximo sábado, dia 12 de novembro o Vestibular para os cursos de graduação e superior de tecnologia.

"Sou Tradição. Sou Inspiração para o Futuro". É com esse lema que a Unijales conta com centenas de alunos que já se inscreveram para o processo seletivo, que será realizado a partir das 14 horas, do sábado.

A Instituição, que tem o Programa Bolsa Inclusão Social e Convênios com Prefeituras, oferece os cursos de Artes Visuais, Administração, Ciências Biológicas, Ciências Contábeis, Educação Física (licenciatura), Educação Física (bacharelado), Enfermagem, Farmácia, Filosofia, Fisioterapia, Geografia, História, Letras (Português/Inglês), Letras (Português/Espanhol), Matemática, Pedagogia, Serviço Social, Sistemas de Informação e Sociologia. Os cursos Superiores de Tecnologia são Análise e Desenvolvimento de Sistemas para Web, Gestão Pública, Gestão de Recursos Humanos e Estética e Cosmética.

A novidade para 2017 é que a Unijales oferece os cursos de Licenciaturas a partir de R$ 150,00. Exceto para Pedagogia e Educação Física.

Os interessados em fazer um curso superior, com qualidade, poderão se inscrever até sexta-feira, dia 11 de novembro pelo site www.unijales.edu.br ou na secretaria da Instituição, localizada na Avenida Francisco Jalles, nº 1851, Centro. O valor da inscrição é de R$ 30,00. Mais informações podem ser obtudas pelo telefone (17) 3622-1620 ou pelo site www.unijales.edu.br

FOLHAGERAL

No início


Na apuração das eleições em segundo turno – dos prefeitos em 57 cidades do país –, no domingo passado, vários cientistas políticos já se agitavam para tentar explicar o elevado número de abstenções, votos nulos e votos brancos. Não foi um fato inesperado, mas chamou a atenção pela evidência logo no início da apuração.


As opiniões
dos cientistas políticos foram variadas e às vezes pouco convincentes. Verdades sejam ditas. Muitos eleitores brasileiros estão cansados da obrigatoriedade de comparecer às urnas para votar em candidatos fracos. Ou para votar em candidatos que, depois de eleitos, desviam suas competências para praticar atos ilícitos.

Das 15 maiores
economias do planeta, o Brasil é a única que tem o voto obrigatório. Para contorná-lo, os eleitores faltam às eleições e depois justificam a ausência. O nível alto de abstenção dos eleitores depõe contra os políticos. Significa falta de interesse dos eleitores. Começa até a ficar difícil aos governantes manterem o voto obrigatório.

De maneira
semelhante, o nível alto dos votos nulos e brancos denunciam a falta de confiança dos eleitores nos candidatos. Também depõe contra os políticos. Nestas eleições de 2016, embora de cunho municipal, refletiu a sujeira praticada pelos políticos em nível federal, denunciada pela Operação Lava Jato e exposta pelos próprios políticos.

Somando
o primeiro turno e o segundo turno das Eleições 2016, o ranking dos partidos com seus prefeitos eleitos ficou assim: PMDB (1.038 prefeitos); PSDB (803 prefeitos); PSD (540 prefeitos); PP (492 prefeitos). Juntos, estes quatro partidos vão governar 2.873 prefeituras (51,6% das prefeituras brasileiras).

Nem por isso,
os partidos que se deram bem, nestas eleições de 2016, devem ficar rindo à toa, achando que estão com a bola cheia. Se os resultados das urnas subjugaram o PT, as abstenções e os votos inválidos significaram alta rejeição do eleitorado a todos os partidos. Ganhar eleição, com menos votos dos que abstenções e votos inválidos, é para sentir vergonha.

Dizer que
todos os partidos e seus afiliados devem pensar seriamente em adotar novas atitudes, para não se darem mal daqui por diante, é uma verdade cristalina. Nestas eleições, os prefeitos que se apresentaram como cidadãos livres de partidarismo (nas cidades de São Paulo, Belo Horizonte e outras), conquistaram a confiança da maioria do eleitorado.

Os analistas
lá do botequim da vila comemoram o grande progresso mostrado nas urnas pelo eleitorado brasileiro, cada dia mais consciente. E não se cansam de exclamar: "Graças ao PT". Pois é, quem diria que o PT prestaria tão relevante serviço ao país.

Voltando
à política local, mas sem perder o bom humor, o pessoal do botequim promete que o prefeito Pedro Callado (PSDB) vai ter um grande fim de ano. Ele vai festejar o Natal quase livre de aborrecimentos. E tem motivos para ficar feliz, na hora do champanhe, quando os ponteiros do relógio se unirem à meia noite de 31 de dezembro de 2016.

De acordo
com conversas de bastidores da política jalesense, a administração municipal já teria garantidos os recursos para pagamento do 13° salário e do salário de dezembro de 2016 dos seus servidores. Que assim seja. Não tem dinheiro mais sagrado que este.

Fala-se ainda,
nos bastidores políticos, que a concessão de portarias para melhorar salários de dezenas de funcionários públicos municipais é assunto que pode azedar o caldo de muita gente. Mas isto deve ser tratado na próxima gestão, junto com uma necessária modernização da prefeitura. Será preciso objetivar vantagens amplas que valham a pena.

E o recape,
tão esperado, da pavimentação asfáltica que não começa? Infelizmente, é preciso amenizar os estragos em veículos causados pelos buracos das vias públicas. O trecho entre a Avenida Chico Jalles e a Rua 5 está mesmo bem ruim. Pelo que se sabe, o entrave é que alguém precisa fazer um acerto no edital de licitação.

Enquanto
isso, se o dinheiro emprestado do Desenvolve SP para a execução do recape estiver aplicado, é bom porque não desvaloriza. Caso contrário, o prejuízo cai na extensão do serviço e isto é péssimo. Se não dá para fazer boa parte dos 125 mil m2 programados, sobra buraqueira. E a buraqueira vira herança para a administração seguinte.

Na cidade de
Bento de Abreu (SP), a vereadora Marinete Tenório Cavalcante Vaz (PT) – tal como sua xará de Urânia, vereadora reeleita Marinete Munhoz Borges Saracuza (PP) – foi também reeleita naquela localidade de 2,9 mil habitantes, próxima a Araçatuba. Ela obteve 90 votos (4,72%) para sua quarta legislatura consecutiva.

Vereador
mais votado no município de 1.845 habitantes, localizado na Macrorregião Noroeste Paulista, Vanderley Conejo, mais conhecido por Delei, conquistou 126 votos (7,47%) no retorno ao Legislativo de Aspásia. O petista já tinha ocupado cadeira na Câmara, na legislatura 2001-2004. Ele vai defender ações, especificamente, em três áreas: Saúde, Educação e Esportes.

Em relação
ao esportes Delei diz que "cobrarei da prefeitura a distribuição de material esportivo para as crianças e jovens de nossa cidade. Temos escolinhas, quadra, ginásios, campo de futebol e professor de educação física, mas precisamos dos equipamentos (uniformes, bola, tabelas, redes) para as práticas esportivas".