Páginas

sábado, 13 de agosto de 2016

Festa para o reitor Lofego


O professor na E.E Carlos Arnaldo e Silva, Silvio Luiz Lofego, faz aniversário na quinta-feira, 18 de agosto. Filho de Maria Galves Lofego e Geraldo Lofego, Silvio é reitor do Centro Unversitário de Jales - UniJales.

Noite da Pizza Solidária em prol ao Lar dos Velhinhos de Jales

Caio Freire

Kadu Ozório

Pablo Reis
A Pizzaria La Viera, ali na rua 24 esquina com rua 19, vai comemorar seis anos de atividades na cidade nesta quarta-feira, dia 17 de agosto, e para comemorar a data especial fará uma "Noite da Pizza Solidária" com a renda totalmente revertida ao Lar dos Velhinhos São Vicente de Paulo de Jales.

Quem comparecer na Pizzaria na quarta-feira (17), além da costumeira qualidade das pizzas servidas e também da ajuda e colaboração que fará à importante entidade assistencial da cidade, também vai curtir música ao vivo, com os cantores: Pablo Reis, Kadu Ozório e Caio Freire, que alegrarão o ambiente (de forma gratuita) com boa música ao vivo a todos que comparecerem.

Para aqueles gostam de uma boa pizza, uma boa música ao vivo e também de ser solidário e ajudar o próximo, quarta-feira, dia 17, é oportuno para juntar tudo isto num só momento. Participe e Colabore!!!".

Aniversariante


Nesta quarta-feira, 17 de agosto, recebe os cumprimentos pelo seu aniversário o juiz aposentado e prefeito municipal Pedro Manoel Callado Moraes. Familiares e amigos vão cantar-lhe os parabéns e desejar-lhe felicidades.

Escolhida a melhor frase

No dia 12 de julho, o setor de Captação de Recursos lançou um concurso de frases para os colaboradores da Santa Casa de Jales concorrer um convite para o show da dupla Rionegro e Solimões.

Para a gestora da Captação de Recursos Luciana Vicente, a proposta do concurso era estimular a participação das pessoas falando o porquê elas merecem ir no show, além de incluir um dos sucessos da dupla. "Queríamos presentear o funcionário de alguma forma, mas sem fazer sorteio, foi então que tivemos a ideia de envolvê-los de uma maneira diferente", destacou. 

O concurso teve a participação de alguns colaboradores e a frase ganhadora foi escolhida pela própria dupla Rionegro e Solimões. O colaborador premiado foi Valdenis Neves (foto) que fez a seguinte frase: "Porque todos os dias ‘Bato as Mãos’ para nós colaboradores da Santa Casa e ‘Bato os Pés’ para a melhoria contínua nos atendimentos aos nossos pacientes".

O show beneficente será no dia 20 de outubro, a partir das 20h, no Villa Rocca. Os interessados em adquirir convites deverão entrar em contato no setor de Captação de Recursos pelo telefone (17) 3622-5003 ou 99613-6273.

Festa das Nações já tem data definida pela AVCC



A tradicional Festa das Nações realizada pela AVCC - Associação de Voluntários de Combate ao Câncer de Jales já tem data definida para acontecer. A 12ª Edição da festa foi marcada para os dias 09 e 10 de Setembro, unindo cultura e solidariedade, já que toda sua renda é revertida em prol do Hospital de Câncer de Barretos.

O evento conta com grande diversidade culinária, quando o público tem a oportunidade de apreciar pratos típicos de vários países, como também a culinária regional brasileira ao som de shows diversos e apresentações.

De acordo com a presidente da AVCC, Cidinha Iglesias, o local da festa será novamente a praça Euphly Jalles, onde tradicionalmente os festejos acontecem há muitos anos.

"Estamos felizes em poder realizar essa festa novamente. Graças a ela e as grandes parcerias que nós temos todos os anos com a comunidade em geral, foi possível salvar muitas vidas, através da compra de aparelhos como uma Ultrasson, no valor de R$ 120 mil na edição de 2015 e um Videolaringoscópio, utilizado em vídeo cirurgias, no valor de R$ 68 mil em 2014.", afirmou Cidinha. As atrações ainda estão sendo definidas, mas o público pode esperar uma programação vasta e atrativa.

Campanha de Doação de Leite da Santa Casa arrecadou cerca de 3.800 litros

A prova de compaixão, parceria e solidariedade mais uma vez foi demonstrada durante a campanha de doação de leite realizada pelo setor de Captação de Recursos da Santa Casa de Jales, que angariou durante quase dois meses 3.800 litros de leite (ver
foto)

A colaboração veio das escolas, grupos de serviços, população local, regional, igrejas, supermercados, entre outros. O provedor em exercício, Junior Ferreira, glorificou a intensa participação da comunidade.

"É uma alegria imensa ver o quanto a Santa Casa tem credibilidade perante as pessoas. Mesmo com a elevação do preço do leite, recebemos uma contribuição expressiva e de grande valia. Agradecemos as pessoas que se dedicaram nesta campanha e vamos continuar contando com ajuda de todos".

O setor de Captação de Recursos evidencia que as doações continuam e os interessados podem contribuir com: leite, café, açúcar, chocolate em pó, macarrão, feijão e chá mate.

Criolo apresenta a nova versão de Ainda Há Tempo no Manos e Minas

 
Após 10 anos, o rapper resgata seu álbum de estreia e
interpreta no programa diversas composições do disco



 
A próxima edição do Manos e Minas conta com a participação de um dos importantes nomes do rap nacional: Criolo. Com sensibilidade aguçada e voz inconfundível, ele apresenta a nova versão do disco Ainda Há Tempo, lançado pela primeira vez há dez anos.

O programa, comandado por Roberta Estrela D’Alva, vai ao ar neste sábado, 13 de agosto, às 19h, na TV Cultura.

A releitura de Ainda Há Tempo surgiu como uma maneira encontrada por Criolo para reconectar seus fãs à rima pulsante de uma década atrás, quando ainda não era tão reconhecido. Ao mesmo tempo, o projeto pretende expandir seus primeiros trabalhos, chegando também às pessoas que passaram a ouvi-lo depois da fama. Com novos produtores e uma escolha musical que deixa a versão antiga bastante enxuta, o CD apresenta faixas com composições e melodias alteradas.

Ao lado do DJ Dandan, Criolo comenta sobre o processo da regravação que, apesar de excluir 13 letras, não enterra a versão original. Com muito carisma e empatia, eles também discorrem sobre a mudança dos versos que, garantem, continuam sendo expressão de luta, esperança e crença numa humanidade melhor.

Segundo Criolo, mudar alguns versos de determinadas composições foi essencial, uma vez que a interpretação antiga abria espaço para que as pessoas pudessem se ofender e que, hoje, ele se enxerga bem mais maduro do que naquela época.

Roberta Estrela D’Alva ressalta a importância do Manos e Minas ao apresentar um VT que conta com a participação do Criolo, quando o programa ainda era comandado por Max B.O. Nele, o rapper faz um manifesto a respeito do espaço que o rap nacional tem nos canais de televisão, assunto que ele volta a comentar nesta edição. Outro ponto que ganha destaque durante o bate-papo com a apresentadora é seu apoio à luta da tribo indígena dos Mundurukus contra possíveis usinas hidrelétricas em Tapajós.

No palco, com muito entusiasmo, Criolo e DJ Dandan apresentam as faixas Ainda Há Tempo, É O Teste, Lion Man, No Sapatinho, Convoque Seu Buda, Não Existe Amor em SP, Até Me Emocionei, Breaco, Vasilhame e Grajauex.

Outro convidado é o slammer Daniel Marques, que declama poesias sobre assuntos como a aceitação da sensibilidade masculina e a homossexualidade. Para completar a edição, são apresentadas duas reportagens. Uma retrata grafites feitos nas casas de ribeirinhos das comunidades de Belém (PA). Já a outra mostra a primeira festa em esquema de Sound System produzida exclusivamente por mulheres em São Paulo, o Feminine Hi-Fi.

Beneficiárias recebem certificadosconclusão do curso de artesanato









 
Na segunda-feira. 1° de agosto, às 13h30m, no prédio do Centro Comunitário de Urânia, aconteceu o encerramento do curso de artesanato ministrado pela professora Madalena das Graças Fernandes e acompanhado pelas técnicas de referência do Centro de Referência da Assistência Social - Cras de Urânia.

O curso de artesanato com a participação assídua de 25 alunas que aprenderam diversos tipos de bordados, entre eles, bordado em pérolas, em fitas, sianinha e arquinhos personalizados.

Quando da entrega dos certificados de conclusão do curso, cada paricipante recebeu um kit com duas toalhas de mão e dois guardanapos todos bordados pelas próprias concluintes. A equipe do Núcleo de Apoio a Saúde da Família – NASF, esteve presente parabenizando as participantes

A equipe do Cras enfatiza que o trabalho realizado pelo Cras/Paif com as beneficiárias, prevê o desenvolvimento de potencialidades e aquisições das famílias e o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, por meio de ações de caráter preventivo, protetivo e proativo, sempre trabalhando para contribuir na melhoria da qualidade de vida das pessoas e agradece a participação de todos participantes.

Mude o Pensar para se Curar

Flávio Rodrigo Masson Carvalho
Professor do UNIBAVE – Orleans - SC
 
 
Todas as vezes que nosso corpo apresentar alguma "doença", isto deve ser tomado como um sinal de que alguma coisa não está bem. A doença não é uma causa, é uma consequência proveniente das energias negativas que circulam por nosso organismo espiritual e material.
O controle das energias é feito através dos pensamentos e dos sentimentos, portanto, possuímos energias que nos causam doenças porque somos indisciplinados mentalmente e emocionalmente.
Permanentemente, recebemos energia vital que vem do cosmo, da alimentação, da respiração e da irradiação das outras pessoas e para elas imprimimos a energia gerada por nós mesmos. Assim, somos responsáveis por emitir boas ou más energias às outras pessoas.
A energia que irradiamos aos outros estará impregnada com nossa carga energética, isto é, carregada das energias de nossos pensamentos e de nossos sentimentos, sendo necessário que vigiemos o que pensamos e sentimos.
As doenças físicas são distúrbios provocados por algum acidente, excesso de esforço ou exagero alimentar, entre outros, que fazem um ou mais órgãos não funcionarem como deveriam, criando uma indisposição orgânica. Já as doenças espirituais são aquelas provenientes de nossas vibrações. O acúmulo de energias nocivas gera a auto-intoxicação fluídica. Quando estas energias descem para o organismo físico, criam um campo energético propício para a instalação de doenças que afetam todos os órgãos vitais, como coração, fígado, pulmões, estômago etc., arrastando um corolário de sofrimentos, está ai a Psicossomática para nos esclarecer.
É possível, já ao nascer ou até mesmo na vida intra-uterina, trazer os efeitos das energias nocivas presentes em nossa alma, que se agravam à medida que acumulamos mais energia negativa na nossa vida, principalmente nos relacionamentos interpessoais. Enquanto persistirem as energias nocivas na alma, a cura não se completará.
A cada pensamento, emoção, sensação ou sentimento negativo, a alma imediatamente adquire uma forma mais densa e sua cor fica mais escura, por causa da absorção de energias nocivas, isso é facilmente detectado com a máquina Kirlian, que fotografa a aura da pessoa.
Partindo das estruturas energéticas da alma na direção do corpo em ondas sucessivas, essas radiações nocivas criam áreas específicas nas quais podem se instalar ou se desenvolver as vidas microscópicas encarregadas de produzir os fenômenos compatíveis com os quadros das necessidades morais para o indivíduo. Elas se alimentam destas energias nocivas que chegam ao físico, conseguindo se multiplicar mais rapidamente e, em conseqüência, causando as doenças.
Durante a purificação da alma, que pode ser através da yoga, meditação, exercício da religiosidade, terapias, e o mais importante, uma mudança drástica de vida, começando por mudar a maneira de pensar. As toxinas psíquicas que não forem totalmente curadas, vão para os tecidos, órgãos ou regiões do corpo, provocando disfunções orgânicas que conhecemos como doença, e assim são tratadas pela terapia medicamentosa, ou em certos casos, cirurgias.
Cuidado com o que anda pensando! Você poderá estar adoecendo, bem devagar e seriamente.
Mude a sua maneira de pensar! Pense positivamente, sorria mais, veja a vida com mais otimismo, valorize as coisas simples da vida, tenha hobbies, pratique esportes, desenvolva a sua religiosidade, faça terapia. Enfim, faça tudo o que estiver no seu alcance para ser mais feliz, para viver melhor, com mais qualidade de vida.
Namore bastante, dê muitos beijos na boca, aprenda a relaxar, somente perca tempo pensando em seus problemas se for para resolver, caso contrário, você somente os potencializa.
Pratique o desapego, inclua a caridade na sua vida, pois ajudar o próximo lhe fará muito bem.
Se assim você fizer, com certeza, estará evitando muitas doenças, e terá uma saúde melhor, tanto física como espiritual.
 

Turismo

Tonga:
conheça o país do porta-bandeira que fez sucesso na abertura da Rio 2016
 
 
Pequeno país da Oceania reúne praias paradisíacas e tem cerca de 100 mil habitantes Para a maioria dos brasileiros, Tonga só entrou no mapa turístico durante a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016, por um motivo pouco convencional. No entanto, muito antes do porta-bandeira desfilar seus músculos avantajados e lambuzados no Maracanã, o pequeno país já despontava como um destino dos sonhos para muitos mochileiros. Mas afinal de contas, onde fica e o que tem o Tonga, além de ser a terra natal do maior sucesso da cerimônia de abertura?Na verdade, Tonga é um país insular composto por cerca de 170 minúsculas ilhas na Polinésia, no meio da Oceania. A capital Nuku’alofa fica na ilha mais povoada, a Tongatapu, que fica a cerca de três horas de voo de Auckland, na Nova Zelândia. As outras são absolutamente intocadas, e repletas de praias cristalinas com incrível biodiversidade marinha.Montar base na capital é a melhor opção. Na ilha de Tongapatu, uma das praias mais frequentadas é Ha’atafu, que tem águas cristalinas e é cercada por uma densa floresta tropical. Outro destino famoso entre mergulhadores é Ha»apai, um conjunto de ilhotas e atóis com praias exclusivas e baixíssima densidade demográfica.Outra alternativa de hospedagem é Neiafu. Apesar de ser a segunda maior cidade de Tonga, Neiafu tem menos de 10 mil habitantes, e se destaca pela vasta rede hoteleira e pela grande quantidade de passeios náuticos. Por lá, é possível fazer atividades como mergulho, passeios de barco, observação de baleias, canoagem e trilhas em meio à vegetação local.Como chegarNão há voos diretos do Brasil a Tonga, e pouquíssimas companhias aéreas operam no país. Para chegar, a opção mais razoável tem pelo menos duas escalas: uma na Europa e uma na Nova Zelândia. A Air New Zealand, a Virgin Australia e a Fiji Airways costumam operar em Tonga.Na Foto: Tonga tem cerca de 170 ilhas paradisíacas
Para a maioria dos brasileiros, Tonga só entrou no mapa turístico durante a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016, por um motivo pouco convencional. No entanto, muito antes do porta-bandeira desfilar seus músculos avantajados e lambuzados no Maracanã, o pequeno país já despontava como um destino dos sonhos para muitos mochileiros. Mas afinal de contas, onde fica e o que tem o Tonga, além de ser a terra natal do maior sucesso da cerimônia de abertura?
Na verdade, Tonga é um país insular composto por cerca de 170 minúsculas ilhas na Polinésia, no meio da Oceania. A capital Nuku’alofa fica na ilha mais povoada, a Tongatapu, que fica a cerca de três horas de voo de Auckland, na Nova Zelândia. As outras são absolutamente intocadas, e repletas de praias cristalinas com incrível biodiversidade marinha.
Montar base na capital é a melhor opção. Na ilha de Tongapatu, uma das praias mais frequentadas é Ha’atafu, que tem águas cristalinas e é cercada por uma densa floresta tropical. Outro destino famoso entre mergulhadores é Ha»apai, um conjunto de ilhotas e atóis com praias exclusivas e baixíssima densidade demográfica.
Outra alternativa de hospedagem é Neiafu. Apesar de ser a segunda maior cidade de Tonga, Neiafu tem menos de 10 mil habitantes, e se destaca pela vasta rede hoteleira e pela grande quantidade de passeios náuticos. Por lá, é possível fazer atividades como mergulho, passeios de barco, observação de baleias, canoagem e trilhas em meio à vegetação local.
Como chegar – Não há voos diretos do Brasil a Tonga, e pouquíssimas companhias aéreas operam no país. Para chegar, a opção mais razoável tem pelo menos duas escalas: uma na Europa e uma na Nova Zelândia. A Air New Zealand, a Virgin Australia e a Fiji Airways costumam operar em Tonga.
 

Karatecas conquistam 10 medalhas em etapa de estadual

No sábado, 6 de agosto, o professor de karatê Sensei Edson de Freitas Resende juntamente com alguns de seus alunos da região, disputaram a II Etapa do Campeonato Estadual de Karatê em Campo Grande (MS) e conquistaram 10 medalhas, sendo 6 de ouro, 3 de prata e 1 de bronze.

Os atletas da região que participaram da competição foram: de Jales, Bruno Takeda Morita, Eder Yoshizaki Takeda, Guilherme Yugi Assaoka, João Pedro Melo Hentz, Júlio Cesar Garcia e Thiago Takeshi Hashimoto, além do Sensei Edson; de Urânia, Anderson Carlos Palasio, Giovani Sartori Serra e Sérgio Gasques e de Aspásia, Bruna Paganotti Pereira.

As medalhas de ouro foram conquistadas por Eder Yoshizaki Takeda (katá, 18/35 anos, Br/Vd, masc), Giovani Satori Serra (kumitê, 14/15 anos, Br/Vd, masc), Guilherme Yugi Assaoka (kumitê, 12/13 anos, Rx/Pt, masc), João Pedro Melo Hentz (katá, 16/17 anos, Rx/Pt, masc), Sérgio Gasques (kumitê, 18/35 anos, Br/Vd, masc) e o Sensei Edson (katá, 18/35 anos, Rx/Pt, masc).

As medalhas de prata foram conquistadas por Bruna Paganotti Pereira (katá, 16/17 anos, Br/Vd, fem), Júlio Cesar Garcia (katá, 14/15 anos, Br/Vd, masc) e Thiago Takeshi Hashimoto (kumitê, 16/17 anos, Br/Vd, masc).

A medalha de bronze foi conquistada por Júlio Cesar Garcia (kumitê 14/15 anos, Br/Vd, masc).

O Campeonato Estadual da FKMS será realizado em três etapas, tendo sido a primeira no mês de abril e a última prevista para o mês de setembro. O professor observa que o campeonato é uma competição oficial reconhecida pela Confederação Brasileira de Karatê (CBK)

O professor aproveitou para lembrar que no último dia 03/08/2016, direto do Rio de Janeiro, o Comitê Olímpico Internacional aprovou a entrada do Karatê nas Olimpíadas de Tóquio em 2020. "A presença nos Jogos Olímpicos vem reforçar ainda mais o Karatê Esportivo Oficial. No Brasil hoje existem várias federações de karatê, mas somente a Confederação Brasileira de Karatê, da qual fazemos parte, é reconhecida pelo Comitê Olímpico como representante do Karatê, agora considerado também um Esporte Olímpico", comemora Sensei Edson.

O professor lembrou que o karatê está de braços abertos também àqueles que desejam apenas praticar um esporte para condicionamento físico, mental e espiritual, sem a participação em competições.

Desafio do Bem na 61ª Festa doPeão de Barretos terá Formiguinha

Competidor, que venceu o rodeio internacional há 20 anos, sonhava em montar em prol do Hospital de Câncer



Rinaldo da Silva, o conhecido Formiguinha, representa uma geração de competidores das montarias em touro. Foram 21 anos de dedicação às arenas e incontáveis títulos conquistados, entre eles o de campeão do Barretos International Rodeo há exatos 20 anos. Depois de cinco anos de aposentadoria ele volta por uma grande causa, participará do Desafio do Bem em prol do Hospital de Câncer durante a 61ª Festa do Peão de Barretos.

A apresentação será no domingo, dia 28, às 19h45, e o animal que participará com Formiguinha ainda não foi definido pela organização da Festa. Durante sua carreira o competidor acumulou, entre outros, os títulos de tricampeão em Jaguariúna, Presidente Prudente e Adamantina, bicampeão em Americana e campeão em Barretos, além de ter participado de disputas na Angola e nos Estados Unidos. Entre os prêmios foram 9 carros, 2 caminhonetes e 50 motos.

Rinaldo ficou emocionado quando recebeu a confirmação de que participará do Desafio este ano. "Desde que parei de montar sonho em participar desse desafio e usar a minha paixão que é a montaria para ajudar o Hospital de Câncer. E por ser este ano, quando comemoro 20 anos que ganhei em Barretos a emoção ainda é maior", declarou.

Sobre a Festa do Peão de Barretos - A 61ª Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos acontece entre os dias 18 e 28 de agosto e contará com mais de 100 shows durante seus 11 dias de evento. Este ano a mais tradicional festa do gênero recebe nomes como Zezé Di Camargo & Luciano (embaixadores), Jorge & Mateus, Gusttavo Lima, Henrique & Juliano, Wesley Safadão, entre outros, além de dos principais nomes do mundo do rodeio. Nos destaques das competições estão a realização da final da PBR (Professional Bull Riders), que acontece entre os dias 18 e 21 de agosto, a final da Liga Nacional de Rodeio e o 24º Barretos International Rodeo.

Os visitantes da 61ª Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos também podem realizar uma verdadeira imersão no universo sertanejo por meio das atrações culturais como a Queima do Alho, Concurso de Berrante, apresentação de Catira e conhecendo o Rancho do Peãozinho, espaço dedicado exclusivamente para o público infantil.

Carteira de Identidade pode incluir tipo sanguíneo

 
A partir de agora, quem requerer a Carteira de Identidade no Estado de São Paulo, junto aos Postos de Identificação da Polícia Civil, poderá pedir a inclusão do tipo sanguíneo no documento.

O interessado em ter o RG com a informação sobre o seu tipo sanguíneo deverá apresentar original e cópia do laudo do laboratório com data de até dez anos, informando o tipo sanguíneo e o fator RH. Também será aceita a carteira oficial de doador de sangue.

Uma vez incluída a informação sobre o seu tipo sanguíneo no sistema, não será mais exigida a apresentação de outro laudo em uma futura renovação de RG, mesmo passados mais de dez anos da data de expedição do último documento.

Na ficha civil do Instituto de Identificação e no RG, o tipo sanguíneo será identificado pelos caracteres A+, A-, B+, B-, AB+, AB-, O+ ou O-.

A informação sobre o tipo sanguíneo e do fator RH, além de aprimorar o serviço de identificação do Estado de São Paulo, é uma informação importante para a segurança das pessoas, pois quando alguém, por algum motivo, precisar receber sangue com urgência, a informação na Carteira de Identidade pode facilitar o socorro.

Além do tipo sanguíneo e do fator RH, já é possível, a pedido do requerente, a inclusão também do CPF, PIS ou PASEP.

Em 2015, foram expedidas pela Polícia Civil, por intermédio do Posto de Identificação de Jales 669 Carteiras de Identidade ( 1ª via ) e 2.564 Carteiras de Identidade ( 2ª via ). No primeiro semestre de 2016, foram expedidas 305 ( 1ª via ) e 1.467 ( 2ª via ).

O Posto de Identificação de Jales funciona no prédio da Delegacia Seccional de Polícia, na Rua Cinco, nº 2075, Centro, das 09:00 às 17:00 horas, ininterruptamente. Maiores informações poderão ser obtidas pessoalmente ou pelo telefone 3632-1921
foto-crédido /políciacivil/jalessp/divulgação

Estresse é tema de palestra aos benfeciários dos programas sociais

Crislaine Calanca fala aos beneficiários de programas sociais sobre o estresse e suas consequências




O Centro de Referência da Assistência Social - Cras de Urânia, com o apoio da Prefeitura Municipal, realizou na terça-feira, 2 de agosto, às 19:30 horas, uma palestra aos beneficiários dos programas sociais desenvolvidos no município de Urânia, cujo o tema abordado foi " Estresse - suas consequências", ministrada por Crislaine Calanca. O evento contou com a presença da Coordenadora do Centro de Referência da Assistência Social - Cras, Caroline Andrade Custódio.

Em sua palestra, Calanca disse que diante de uma relação de ícones que envolve uma sociedade multifuncional, as palavras e as atitudes dos momentos vividos o "estresse" é o que temos mais visto, na última década cada vez mais pessoas sofrem de "estresse". "As mudanças bruscas no estilo de vida e a exposição a vários ambientes cada dia mais complicado, levam - nos a sentir um determinado tipo de angústia", colocou ele.

Segundo ela explicou aos beneficiários dos programas sociais presentes à palestra, é de que "sentimos-nos desprotegidos e envolvidos em situações muitas vezes traumatizantes, os nossos mecanismos de defesa como: emocional, mental, comportamental e físicos passam a não responder de uma forma eficaz.

Ela transmitiu aos presentes que é possível converter o estress negativo ao estress positivo " eustresse", com emoções otimistas e agradáveis a bons feitos perante a uma sociedade conturbada e sem esperança, finalizando com uma frase de Handi Selye de que " Apenas a morte nos separa do estresse".

FOLHAGERAL

da redação


O engenheiro
agrônomo Sérgio Nishimoto desistiu de concorrer na eleição municipal deste ano. Não vai pleitear mais um mandato de vereador em Jales. Ele se elegeu pelo PTB e cumpriu dois mandatos na vereança, nos quais se manteve coerente com os princípios partidários.
Na votação
de cassação do mandato da então prefeita Nice Mistilides (PTB), em fevereiro de 2015, Nishimoto foi leal e votou contra a cassação. Na sua primeira eleição em 2004, obteve 766 votos, mas durante o mandato foi menos atuante do que os eleitores esperavam. Com isso, no pleito de 2008, sua reeleição passou raspando a trave: obteve apenas 296 votos.
Nishimoto,
que é funcionário público municipal em Mesópolis, declara estar desiludido com o atual momento político. Diz que está na hora de abrir espaço para jovens com novos pensamentos políticos. Quem o acompanha – na decisão de não voltar a concorrer ao Legislativo – é o vereador demista Gilberto Alexandre de Moraes.
Não há dúvida,
o momento político brasileiro é crítico em todos os níveis. Os partidos e seus integrantes perderam a confiança do povo. Mudanças necessárias na política e na gestão pública estão emperradas e prejudicam o país, os estados, os municípios. Hora de firmeza e calma.
Novidade

nesta eleição foi informada pelo assessor especial da Presidência do TSE, Alfredo Renan, em reunião com profissionais da imprensa na sede do TSE em Brasília (DF< na segunda-feira 08/08. A partir destas eleições municipais, todas as vezes que o primeiro colocado for cassado haverá nova eleição. Essa nova eleição será direta (candidato escolhido por meio do voto do eleitor), caso ocorra nos primeiros três anos e seis meses do mandato. Mas caso ocorra nos últimos seis meses, a eleição será indireta (candidato escolhido pelo voto dos integrantes da Câmara Municipal).
A campanha
política à prefeitura de Jales dá sinais de esvaziamento sem nem mesmo ter começado. Por isto, o candidato a prefeito terá que passar aos eleitores, durante a campanha eleitoral, razões consistentes para sua aprovação com expressiva votação seu em favor. Porém isso não será suficiente, durante o período administrativo terá que mostrar bons serviços para não cair em desgraça diante da população, marcada por fatos antigos e recentes de promessas seguidas de incertezas e estagnação.
Incertezas
existem mas não é bom iniciar uma jornada atolado nelas. Jales já viveu muitos momentos difíceis, mergulhada em incertezas. Em 1996, Rato foi eleito prefeito com o vice Parini. No meio do mandato se desentenderam e a administração do município ficou estagnada. Em 2000, Guisso foi eleito prefeito mas morreu em novembro de 2001. O vice Caparroz se afastou por motivo de saúde. Jales foi administrada aos trancos por presidentes do Legislativo e depois por Hilário Pupim num mandato tampão até fim de 2004.
Na administração
do petista Parini (2005/2012) o município de Jales conviveu com incertezas na expectativa de uma possível cassação do mandato do prefeito. A população assistiu uma agitação de entra e sai de Parini na Prefeitura, em virtude de liminares nos Tribunais.
Esperanças
fizeram os eleitores jalesenses votar em Nice Mistilides e Pedro Callado no último pleito. Tiveram mais decepções. Houve a cassação de Nice em fevereiro de 2015 e a assunção de Pedro Callado. Jales ficou novamente estagnada num mar batido por ventos contrários. Enquanto isso, outros municípios – como Santa Fé do Sul, Fernandópolis e Votuporanga – prosperavam longe das incertezas.
Alguns tucanos
não conseguiram entender ou compreender o que aconteceu com o seu partido. Existe a perspectiva de vários tucanos deixarem o partido ainda este ano, até o fim do mandato do prefeito tucano. Alegam que o partido está muito submisso para eles se manterem na sigla.
No Senado Federal,
em Brasília DF, esta semana os senadores aprovaram – por 59 votos a 21 – o relatório da comissão especial de impeachment que recomenda o julgamento da presidente Dilma Rousseff por crime de responsabilidade fiscal. Agora o processo vai para julgamento final, no qual serão necessários 54 votos para o afastamento definitivo da presidente.
Enquanto isso,
manifestantes realizaram passeatas em 11 estados brasileiros contra o presidente em exercício Michel Temer. No entanto, as manifestações foram organizadas pela CUT Central Única dos Trabalhadores e por movimentos sociais ligados ao PT.
O cenário
político federal indica que não existe clima para a volta de Dilma Rousseff ao poder. O Partido dos Trabalhdores, Lula e Dilma tendem a rolar por ladeira abaixo. Já o PMDB e Michel Temer estão sob observação da população brasileira. Os brasileiros aplaudem as Olimpíadas, mas mantêm o ar crítico sobre o presidente e seu partido. E E a Operação Lava Jato ajusta a mira em Deputados e Senadores. Não está nada fácil.

Palavras de Chico Xavier

 
No Mundo Espiritual muita gente vai se surpreender...
Lá, não seremos identificados pela importância, ou melhor, pela nossa suposta importância no mundo... Gente há que desencarna imaginando que as portas do Mundo Espiritual irão se lhes escancarar... Ledo engano. Ninguém quer saber o que fomos, o que possuíamos, que cargo ocupávamos no mundo; o que conta é a luz que cada um já tenha conseguido fazer brilhar em si mesmo... Esse negócio de ter sido fulano de tal interessa à consciência de quem foi e, na maioria das vezes, se complicou... Os espíritos são indiferentes a essas coisas, quase frios aos rótulos que supervalorizamos e ao convencionalismo – coisas que nos fazem supor ser o que não somos...

Esta coluna tem o patrocínio e responsabilidade da
"Associação Espírita "Chico Xavier" de Jales.



Editais de Proclamas

Rosimeire Ensides Tomazeli, Oficial Interina do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de Jales, Estado de São Paulo. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro.

LENON LUIZ DE LIMA MARQUES e GABRIELE DA SILVA BARBOSA. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 20 de maio de 1.988, auxiliar de serviços gerais, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Olivio Marques e de Vera Lucia de Lima Marques. ELA, natural de Aparecida D’Oeste, deste Estado, nascida aos 29 de setembro de 1.997, estudante, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Getúlio da Silva Barbosa e de Idiva Bombarde Barbosa.

ANDRE LUIZ BRUMATI e LAYS PINATO DOS SANTOS. ELE, natural de Fernandópolis, deste Estado, nascido aos 29 de julho de 1.979, advogado, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Cláudio Luiz Brumati e de Margaret Loide Bariani Brumati. ELA, natural de Paranapuã, deste Estado, nascida aos 07 de fevereiro de 1.987, empresária, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Antonio Olavo dos Santos e de Rosa Pinato dos Santos.

DANILO CARLOS COBACHO DO PRADO e ANA PAULA MIYUKE ROMANINI. ELE, natural de Mira Estrela, deste Estado, nascido aos 10 de outubro de 1.986, engenheiro agrônomo, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Antonio Carlos Macarrão do Prado e de Vera Lucia Cobacho do Prado. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 02 de outubro de 1.986, enfermeira, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de José Romanini e de Elza Kazumi Roritaca Romanini.

LUÍS HENRIQUE VALERETTO e LILIANE CRISTINA ALVARENGA GEROMEL. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 14 de fevereiro de 1.991, ajudante geral, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Valdenir Valeretto e de Rosangela dos Santos. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 09 de janeiro de 1.992, balconista, divorciada, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Luís Henrique Geromel e de Vilma Aparecida Alvarenga Geromel.

DIOGO ALVES FERREIRA e MONIZE PLACIDO DE OLIVEIRA. ELE, natural de São Paulo, deste Estado, nascido aos 20 de novembro de 1.992, técnico de linha, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Adeildo Ferreira e de Margarida Josefina Vieira Alves. ELA, natural de Guarulhos, deste Estado, nascida aos 10 de setembro de 1.992, auxiliar de recursos humanos, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Divino Aparecido de Oliveira e de Darci Placido Ribeiro de Oliveira.

SAMUEL JEAN RENAUD DA LUZZ e JAKELINE GASPARETI DE FIGUEIREDO. ELE, natural de Ponta Grossa, Estado de Paraná, nascido aos 21 de dezembro de 1.993, motorista, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Arao Jose da Luzz e de Jacira Eliana Jean Renaud da Luzz. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 22 de agosto de 1.987, autônoma, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Lauro Gonçalves Leite de Figueiredo e de Izabel Cristina Gaspareti de Figueiredo.

RODRIGO JOSÉ LIMA e ADRIANA RODRIGUES GAZOLA. ELE, natural de Petrópolis, Estado de Rio de Janeiro, nascido aos 23 de maio de 1.971, marceneiro, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Norberto Corrêa Lima e de Ivanete dos Santos Lima. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 16 de novembro de 1.973, vendedora, divorciada, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Osmar Aparecido Gazola e de Maria Carmen Rodrigues Gazola.

FABIANO PEREIRA FACHOLI e DAISY RAQUEL DA COSTA. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 25 de agosto de 1.985, açougueiro, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Osmar Facholi e de Cassilda de Brito Pereira. ELA, natural de Dolcinópolis, deste Estado, nascida aos 25 de janeiro de 1.991, vendedora, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Valdeir Alves da Costa e de Ana Caudia Luiza dos Santos.

GUSTAVO HENRIQUE CUNHA DE ALMEIDA e LAURA ALVES DE CARVALHO. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 30 de julho de 1.994, técnico em refrigeração, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Antonio de Almeida e de Josiane de Carvalho da Cunha. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 12 de setembro de 1.999, secretária, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Cleber Lopes de Carvalho e de Lucelia Cristina Alves.

GABRIEL HENRIQUE ANDRADE DA SILVA e RAFAELA DA SILVA SANTOS. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 05 de outubro de 1.997, servente de pedreiro, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Roberto de Souza Silva e de Izonilda Rodrigues de Andrade. ELA, natural de Urânia, deste Estado, nascida aos 28 de fevereiro de 1.996, estudante, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Roberto dos Santos e de Silvana Spinelli da Silva.

SE ALGUÉM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO OPONHA O NA FORMA DA LEI. LAVRO OS PRESENTES PARA SEREM AFIXADOS NO REGISTRO CIVIL E PUBLICADOS NA FOLHA NOROESTE, NESTA CIDADE DE JALES.

Rosimeire Ensides Tomazeli – Oficial Interina


Cuidado ao postar fotos no facebook: podem ser provas contra você pelos peritos do INSS!

Já há casos de segurados do INSS que perderam o benefício a partir de uma investigação nas redes sociais da pessoa. Há pouco tempo, uma mulher teve o auxílio por depressão cortado após colocar fotos "felizes" no Facebook.

Está programado um pente fino em quem recebe auxílio-doença e aposentadoria por invalidez há mais de dois anos. Medida Provisória instituiu o Bônus Especial de Desempenho Institucional por Perícia Médica em Benefícios por Incapacidade.

A ideia é revisar três milhoes de aposentadorias, que geram gastos de R$ 3,5 bilhões por mês. Os médicos receberão um bônus por perícia extra.

Consultar as redes sociais do segurado já entrou para o procedimento. Presidente do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário, Jane Berwanger listou para o Acerto de Conta$ dez casos em que as fotos sinalizam "incompatibilidades" com a justificativa para o benefício do INSS e podem indicar irregularidades:


1 – Depressão X Festas e animação
2 – Depressão profunda X Está viajando em férias
3 – Problemas ortopédicos x Exercício físico/Jogo de futebol
4 – Doenças cardíacas x Corridas
5 – Está em benefício x Informa trabalhos informais
6 – Doença mental x Está dirigindo
7 – Problemas no quadril x Está dirigindo
8 – Insanidade mental x Participa de atividades sociais/associativas



"Em todos os casos, não se trata de automaticamente considerar que a pessoa está apta a trabalhar. Mas são casos que vão chamar a atenção do médico", pondera a presidente do IBDP.

Jane Berwanger acrescenta que o médico pode olhar informações que estão abertas para o público. E, caso seja chamado no INSS, o segurado tem que comprovar que ainda precisa receber o auxílio. (fonte: Três passos news).

Pai presente, sempre

*Osvaldo Luiz

Nem sempre as palavras se mostram eficazes. Em determinadas fases, mais complicam do que facilitam. É aí que faz toda diferença o exemplo, as atitudes.

Como pais, não raro, nos frustramos ao tentar passar valores, ideais. Parece que não somos ouvidos ou que perdemos espaço para a concorrência desleal das novas tecnologias de comunicação.

Entretanto, se não desistimos, o resultado chega. E que satisfação quando, finalmente, constatamos os filhos nos copiando em uma atitude, num comportamento, numa expressão. É, "as palavras comovem, mas os exemplos arrastam"!

Quando lembro do meu relacionamento com meu pai na infância, adolescência e juventude, estão mais fortes na memória os exemplos dele: trabalhando "dia e noite" para sustentar seus seis filhos. ou acordado de madrugada lendo sua bíblia e fazendo suas orações antes da jornada do dia. Que palavras poderiam ser mais poderosas do que essas imagens?

Agora, se você ainda está tentando educar na base do "faça o que eu digo, não faça o que eu faço", não espere bons resultados. Os tempos são outros e não perdoam hipocrisias, farisaísmos. Também não surte mais efeito evocar a autoridade, o medo. Pior, se o instrumento for a chantagem...

Na Exortação Apostólica Amoris Laetitia, Papa Francisco falou de maneira bonita sobre a importância da presença do pai: "esteja próximo dos seus filhos no seu crescimento: quando brincam e quando se aplicam, quando estão descontraídos e quando se sentem angustiados, quando se exprimem e quando permanecem calados, quando ousam e quando têm medo, quando dão um passo errado e quando voltam a encontrar o caminho; pai presente, sempre" (nº 177).

E se, apesar de toda essa proximidade, seu filho se mostrar indiferente ou avesso, reforça o Papa: "os filhos têm necessidade de encontrar um pai que os espera quando voltam dos seus fracassos. Farão de tudo para não o admitir, para não o revelar, mas precisam dele".

Por isso, mesmo sem o glamour concedido ao Dia das Mães, vamos comemorar o dia dos pais, valorizemos a paternidade. Perdoando possíveis ausências ou falta de jeito ao falar. E assim, enxergar o amor escondido no trabalho e nos cuidados. Mais do que uma lembrancinha ou um almoço, dedicar-lhe um abraço e um beijo. Assim, palavras como "pai, eu te amo", não serão "jogadas ao vento".


*Osvaldo Luiz é jornalista e autor do livro "Ternura de Deus", pela Editora Canção Nova.

HCB Jales recebe mais uma doação da AVCC

foto -O auxiliar de almoxarifado Lucas Pinheiro, a presidente da AVCC Cidinha Iglesias, o gerente administrativo Roger Dib e a assistente de captação de recurso Ariely Siqueira quando da entrega da geladeira industrial



O Hospital de Câncer de Barretos – Unidade III em Jales, recebeu na segunda-feira, 8 de agosto, mais uma doação da AVCC – Associação de Voluntários de Combate ao Câncer de Jales, que realiza trabalho em prol do Hospital de Câncer há mais de 11 anos.

O departamento de nutrição recebeu como doação uma geladeira industrial de 1200 litros, que irá ajudar na conservação de muitos alimentos, já que o Hospital diariamente serve aos pacientes e seus acompanhantes cinco refeições incluindo café da manhã, tarde e noite, almoço e jantar.

"O trabalho que AVCC realiza junto ao HC é a de muita importância para nós. Estamos vivendo um período de crise o qual o hospital está sem verba para aquisição e atualização de equipamentos e a AVCC, junto com o seu bazar, tem nos ajudado nessas ocasiões que, sem elas, teríamos muita dificuldade de manter a qualidade oferecida aos mais de 1000 atendimentos diários que realizamos na Unidade de Jales", afirmou o gerente administrativo Roger Dib.

Já a presidente da AVCC, Cidinha Iglesias, diz que tudo isso só é possível graças aos projetos que são realizados em prol ao Hospital. "As pessoas acreditam no nosso trabalho e contribuem muito para com nossos projetos. Graças a Deus o bazar da AVCC tem sido muito procurado, assim como os demais trabalhos que realizamos.", afirmou.

Óculos

Reginaldo Villazón

 
Há pessoas que detestam óculos. Mesmo precisando usá-los, se esforçam para se manterem longe deles. Outras, ao contrário, amam óculos. Estas pessoas identificam óculos por marcas e modelos, encontram motivos para comprar óculos e sabem compor um visual bonito com roupas e óculos. Ideal seria que os óculos só fossem necessários às pessoas que gostam deles. Mas isto não pode ser. Corretamente, os óculos devem ser avaliados sob diversos aspectos, como saúde, segurança e estética.

Os profissionais de saúde recomendam que os cuidados com a visão devem começar na infância, visando remover deficiências que prejudiquem o desenvolvimento intelectual e social. Assim, os tratamentos de saúde – e o uso de óculos, quando necessários – não podem ser negligenciados. A questão da segurança envolve todas as pessoas, mesmo as de boa visão. Conforme as atividades – trabalho e lazer – devem utilizar óculos apropriados para condições especiais de iluminação, visibilidade e exposição a riscos. A estética é a parte boa para quem usa óculos. O tempo dos óculos volumosos, pesados e desajeitados já passou. Hoje há grande variedade de óculos coloridos, elegantes e confortáveis, sem descuido das qualidades técnicas.

Independente do uso de óculos, existem motivos suficientes para confiar que o bom desempenho visual pode ser alcançado e mantido com procedimentos simples. Exercícios orientais milenares – da Yoga e do Chi Kung – são valiosos para a saúde da visão. Aqueles povos antigos visavam sustentar o conjunto humano – físico, mental e espiritual – equilibrados e energizados de maneira natural.

Trabalhando num rumo parecido com o dos orientais – mas muito bem fundamentado cientificamente – o médico e pesquisador norte-americano William Horatio Bates (1860 – 1931) desenvolveu exercícios que produziram resultados surpreendentes. Começou por se curar da presbiopia, aquela perda da capacidade de leitura próximo dos olhos. Conseguiu, em um ano, reduzir em 70% os índices de miopia de crianças numa escola pública.

O escritor Aldous Huxley (1894 – 1963), autor do livro "Admirável Mundo Novo", salvou-se de uma cegueira progressiva graças às técnicas do Dr. Bates e escreveu um ensaio que em 1943 virou livro: "A arte de ver". Muitas pessoas se beneficiaram das técnicas do Dr. Bates. A classe médica não lhe deu apoio. Mas a comprovação – de que 99% das crianças nascem com os olhos perfeitos e de que a visão é uma habilidade que se aprende – foi fundamental para que suas técnicas fossem incluídas em novos estudos científicos.

As causas mais comuns do uso de óculos são os erros refrativos – miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia – que podem ser sanados exercícios, tais como os recomendados pelas medicinas milenares e pelo Dr. William H. Bates. Estas técnicas ganharam autenticidade e são utilizadas por grandes centros de medicina especializada. Novos livros são escritos sobre o assunto. Uma nota importante: cresce o número de fisioterapeutas preparados para conduzir os pacientes nos exercícios e incentivá-los a usar óculos com finalidades adequadas.

FEACOOP surpreende e apresenta estimativas maiores



 
A Feira de Agronegócios promovida pela Coopercitrus com o apoio da Sicoob Credicitrus, em Bebedouro, SP, fechará o faturamento em alguns dias, mas as estimativas apresentam crescimento no faturamento, além de um público de 15 mil pessoas. 
 
 
 
 
Provando a força do cooperativismo, a FEACOOP (Feira de Agronegócios Coopercitrus) realizada com o apoio da Sicoob Credicitrus, que aconteceu de 01 a 04 de agosto, na Estação Experimental de Citricultura de Bebedouro, SP, excedeu as expectativas tanto de público quanto em negócios.
 

Segundo o presidente da Coopercitrus, José Vicente da Silva, os fechamentos de todas as negociações realizadas na FEACOOP se estenderão por mais alguns dias, porém, o balaço geral tanto comercial como institucional já são os melhores em todos os anos de Feira. "A FEACOOP superou muito minhas expectativas, tivemos um apoio muito grande dos fornecedores, das instituições financeiras, e os números até o momento são excepcionais. O faturamento se consolidará em alguns dias, porque atuamos muito com os financiamentos diretamente dos cooperados com os Bancos, e isso precisa ser formalizado, então, temos uma maturação de alguns dias para acabar de fechar os resultados, que serão extraordinários. Outra parte muito importante é o atendimento aos cooperados e o contato com os presidentes e diretores de outras empresas, essa troca de experiências é muito valiosa. Se somarmos os aspectos da organização, faturamento, atendimento ao cooperado e o network, foi uma Feira fabulosa", comenta.

Com o tema "Sustentabilidade na Prática", a FEACOOP contou com um público aproximado de 15 mil pessoas e 160 expositores, além das condições de negociações diferenciadas e dinâmicas de campo que mostraram alternativas sustentáveis para o aumento de produtividade e rentabilidade com o uso racional do solo com o sistema ILP (Integração Lavoura Pecuária) e ILPF (Integração Lavoura Pecuária Floresta), a tecnologia das Mudas Pré-Brotadas de cana-de-açúcar e o campo de grãos, ambos inteiramente planejados com projetos de Agricultura de Precisão. "Na área de máquinas os resultados estão superando o ano passado. Estamos muito satisfeitos e, ano a ano, nossa meta é fazer de cada edição a melhor e isso aconteceu nessa 17ª FEACOOP, que provou pelos resultados, pela dimensão da Feira, pelo número de expositores, pelas inovações com a participação pela primeira vez de mais uma marca de tratores, a New Holland, além das dinâmicas de cana e grãos e, em especial, a ILP e ILPF. Nossa missão é buscar a satisfação dos nossos cooperados e oferecer, por meio dessa feira, um pacote de soluções integradas para que eles possam produzir mais em uma mesma área, obtendo mais resultados", comenta o diretor comercial de máquinas agrícolas, José Geraldo da Silveira Mello.

Uma modalidade diferenciada de negociação oferecida na FEACOOP foi o barter, a troca de grãos como soja, milho e café por insumos, máquinas e implementos agrícolas. Para o diretor comercial de insumos da Coopercitrus, Jair Guessi, a Feira já se consolida como uma das melhores de todos os anos. "Com certeza essa foi uma das melhores Feiras que já fizemos, tínhamos preços bons de fertilizantes e defensivos de modo geral de quase todas as empresas, principalmente, com produtos de maior giro para época e com toda a certeza fomos muito bem sucedidos", comenta.

Segundo Fernando Degobbi, diretor financeiro da Coopercitrus, a Feacoop superou as expectativas de venda em máquinas, insumos, fertilizantes, em sua loja de autoatendimento, o Shopping Rural, graças ao cenário agrícola se apresentar com melhores perspectivas. Segundo o diretor, o preço de commodities e os preços futuros de açúcar, café, laranja, grãos positivos, além da melhora do setor sucroalcooleiro impulsionaram os produtores nas aquisições. "O momento é muito propício e, a Feira, atingiu números surpreendentes. Nossa expectativa é um faturamento maior que o ano passado, isso, em razão dos preços e condições oferecidas no evento que foram muito boas e atrativas".

Orgulho olímpico

José Renato Nalini, Secretário estadual de Educação

Tempos de Olimpíada poderiam inspirar os brasileiros a procurar outros pódios. Que tal a Olimpíada do zelo pela coisa pública, patrimônio de todos e custeado com o dinheiro do povo? Começaria com a limpeza das ruas, dos parques, das praças, de tudo aquilo que hoje é objeto de negligência ou até mesmo de maus tratos. A Olimpíada de uma recuperação dos espaços deteriorados, que eliminasse a irracional produção de resíduos, evidência de uma completa ausência de educação cívica. Não se consegue dar conta do lixo produzido em todos os lugares. Do descaso com que se arremessa à rua todo e qualquer detrito e testemunho de nossa irracionalidade.

O abandono do espaço coletivo agride, gera o mal-estar que a todos acomete, pois o ser humano tende a encontrar equilíbrio nos ambientes harmônicos, limpos e condignos com a espécie que se vangloria de ser a única racional dentre os seres vivos. Depois uma Olimpíada cuja urgência é manifesta: a polidez. Onde foi parar a civilidade? Onde os bons modos? Onde a cordialidade, a boa educação de berço, a empatia, a receptividade? Embrutecemo-nos porque a sujeira nos agride ou sujamos todos os lugares porque nos embrutecemos? Já fomos melhores. São Paulo foi uma cidade civilizada e orgulhosa de suas paisagens. Possuía parques e jardins que eram cenários de cartões postais. Hoje, só é possível fotografar à distância ou mediante uso de artifícios para disfarçar a feiura, a sujeira, o monturo, o descuido.

É muito triste exercitar a imaginação e tentar prever qual a impressão de alguém que nos visita. Viajante que integra uma civilização compatível com o atual estágio do desenvolvimento humano, o que pensará de nós ao observar o que se fez desta capital. A crueldade com que se trata a paisagem depõe contra todos. Não é possível conviver com tantos atestados de desleixo, de desprezo em relação à aquilo que se construiu com padrões de beleza, da verdadeira perversidade que sequer consegue se indignar com a sordidez e o depauperamento de nossos espaços. Essa a Olimpíada mais importante. A retomada do orgulho de sermos civilizados e não figurantes de um cenário Blade Runner.