Páginas

sábado, 4 de junho de 2016

Governador Alckmin entrega nova viatura para a Polícia Técnico-Científica de Jales

Governador Alckmin entrega nova viatura para a Polícia Técnico-Científica de Jales
 

 
O governador Geraldo Alckmin entregou neste sábado, 4 de junho, mais uma nova viatura para a Polícia Técnico-Científica de Jales . O evento ocorreu no IC-Norte, no Jardim São Bento, na zona norte da Capital.
“Duas boas notícias para a Polícia Técnico-Científica de São Paulo: hoje entregamos 91 viaturas zero quilômetro para todo o Estado, capital, interior e Região Metropolitana. A segunda boa notícia: 252 novos policiais, de médico legista a perito, fotógrafo, auxiliar de necropsia, um trabalho importantíssimo que é feito hoje pela melhor Polícia Técnico-Científica brasileira. Os 252 policiais já estão na Acadepol (Academia de Polícia) e dentro de 60 dias, provavelmente, já estarão em seus postos trabalhando e reforçando a segurança pública de São Paulo”, disse Alckmin.
Em março, a Secretaria da Segurança Pública já havia anunciado a aquisição de mais 32 viaturas para unidades do Instituto Médico Legal do Estado. O investimento dessa compra foi de R$ 3 milhões.
            Ao todo, o governo de São Paulo adquiriu este ano 2.207 viaturas para as polícias estaduais, sendo 1.386 para a Militar, 698 para a Civil e 123 para a Técnico-Científica – um investimento de mais de R$ 162 milhões.
Reforço no efetivo
            A Academia de Polícia Dr. Coriolano Nogueira Cobra está preparando 252 policiais técnico-científicos de diversas carreiras, que passarão a integrar a superintendência nos próximos meses. No primeiro trimestre, eles foram nomeados e empossados por Alckmin.
            Desde 2011, foram contratados 420 agentes para a Polícia Científica, sendo 113 médicos legistas e 160 peritos, 29 atendentes de necrotério, 22 auxiliares de necropsia, 6 desenhistas e 90 fotógrafos técnico-periciais.
 

MPF/SP em Jales entra com recurso para que Ibama reveja licença ambiental de obras da Ferrovia Norte Sul

 
Inaugurado trecho de 855 km da Ferrovia Norte-Sul, entre Tocantins e Goiás
foto/ministériodostransportes/divulgação
 
 
O Ministério Público Federal em Jales, no interior de São Paulo, entrou com recurso para que o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) reavalie imediatamente a licença ambiental expedida à empresa pública federal Valec – Engenharia, Construção e Ferrovias S.A. para as obras de ampliação da Ferrovia Norte Sul – Extensão Sul, entre Ouro Verde/GO e Estrela D´Oeste/SP. O inquérito instaurado pelo MPF para acompanhar o empreendimento constatou que a companhia realizou intervenções potencialmente poluidoras em adutoras de vinhaça, elemento altamente corrosivo, decorrente da destilação do álcool, que pode causar danos ambientais ao solo e aos cursos d’água, como a mortandade de peixes por asfixia.
 

Em setembro do ano passado, o MPF ajuizou ação solicitando a revisão do licenciamento ambiental e outras medidas, como a realização de estudos ambientais e vistorias pela empresa e pela autarquia. O pedido liminar demorou mais de seis meses para ser analisado pela Justiça Federal e a decisão determinou apenas que a Valec suspendesse qualquer obra que envolvesse dutos de vinhaça até futura deliberação judicial, sob pena de multa diária de R$ 1 mil.

Para o procurador da República Carlos Alberto dos Rios Júnior, autor do recurso, é imprescindível que o Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) atenda às demais solicitações do MPF. "Tendo em vista a demora para a análise dos pedidos de antecipação de tutela, é razoável presumir que as intervenções ilegais levadas a efeito pela Valec já foram concluídas, o que torna ainda mais urgente o deferimento dos demais pedidos que foram indeferidos pelo Juízo, no sentido de determinar ao Ibama que tome as providências sob sua responsabilidade para evitar a ocorrência de uma nova tragédia ambiental de grande impacto", afirma.

Riscos - Segundo informado ao MPF durante o inquérito, o projeto de desvio das adutoras não está de acordo com as exigências ambientais. Isso porque o material usado pela Valec é inadequado para o transporte do resíduo, podendo poluir o ambiente em caso de rompimento. O fato é ainda mais grave, pois a obra está localizada próximo a áreas de preservação permanente. Assim, o Ibama não pode simplesmente optar por abrir mão do licenciamento da obra, uma vez que um eventual acidente poderia ocasionar dano ambiental passível de atingir grande número de pessoas.

A revisão do procedimento, bem como a suspensão ou cancelamento da licença expedida, estão previstas na legislação quando houver omissão de informações relevantes que subsidiaram a expedição da permissão, bem como nos casos de graves riscos ambientais e de saúde surgidos posteriormente. No caso das obras de ampliação da Ferrovia Norte Sul – Extensão Sul, durante o processo de licenciamento ambiental, a Valec não informou o desvio de adutoras de vinhaça. Além disso, a empresa possui em seu histórico a execução de obras não autorizadas pelo Ibama, o que já era de conhecimento da autarquia. A Resolução nº 237/1997 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) estabelece ainda que o licenciamento ambiental é obrigatório para obras que envolvam "transportes por dutos".

Programação de comemoração do aniversário de Urânia


 
Urânia completa 66 anos no dia 13 de junho e para comemorar, uma grande festa durante três dias foi planejada pela Prefeitura Municipal. Com uma agenda bem diversificada, cheia de atrações gratuitas, a comemoração deve agradar aos uranienses e amigos da cidade



10/06 às 22 horas –
Show na praça Matriz com

- Erbeth e Marcos

- Bruno e Ed Carlos


11/06 às 16 horas
Inicio do 4º Encontro de carros antigos e exposição de objetos antigos

- Apresentação dos carros gaiolas

- Exposição de carros de controle remoto e ferrorama


11/06 às 22 horas
Show na praça Matriz com

- Gean e Emerson

- Bia Ferraz


12/06 às 8 horas
1º Passeio Ciclístico Unidos pela Bike com saída da Estação Ferroviária

4º Encontro de carros antigos e exposição de objetos antigos na Estação Ferroviária

- Apresentação de carros gaiolas

- Exposição de carros de controle remoto e ferrorama


12/06 às 15 horas
- Final do Campeonato Intermuinicipal de Futebol de Aniversário da Cidade no Estádio Hermínio Martini


12/06 às 20 horas
- Tradicional Festa Junina na praça da Matriz


12/06 às 22 horas
Show na praça da Matriz com Carreiro e Capataz


Fatec Jales promove 1º Torneio Empresarial

 
Com o objetivo de proporcionar uma vivência gerencial aos alunos, a coordenação dos cursos de Tecnologia em Agronegócio e Gestão Empresarial está promovendo o 1º Torneio Empresarial, que contou com a inscrição de 16 equipes (oito de cada curso), formadas por quatro alunos cada.

Ele possibilitará aos participantes a prática de diversos fundamentos de gestão, como a tomada de decisões estratégicas e operacionais, para o que se faz necessário aplicar os conceitos de administração geral, administração de vendas e precificação, administração financeira e orçamentária, administração de pessoas e a sua gestão, aspectos logísticos, entre outros. A atividade também propiciará uma avaliação imediata dos impactos nos resultados das empresas por meio de simulações gerenciais, consideradas uma das práticas inovadoras de ensino e de aprendizagem, voltada à gestão de negócios, que visa integrar os fundamentos teóricos à prática da realidade empresarial, proporcionando o desenvolvimento de competências e habilidades nos participantes.

O torneio será dividido em duas etapas, que serão precedidas por treinamentos. Na primeira, as equipes terão que fazer os lançamentos conforme regulamento e concorrerão entre si as do mesmo curso, sendo classificados os quatro primeiros de cada grupo para a etapa dois. Nessa segunda etapa, quatro equipes de cada curso participarão da competição, sendo a final no dia 02 de julho, com duas rodadas presenciais. Os dois primeiros colocados terão premiação em dinheiro.

O projeto está sendo desenvolvido e coordenado pelo professor Dr. Márcio Fedichina, que está utilizando um software de sua autoria.

Alunos do Curso de Técnico em Enfermagem da ETEC de Jales, prestigiam Feira Hospitalar em São Paulo

 
No dia 20 de maio, os alunos do Curso  de Técnico de Enfermagem da Escola Técnica "Dr. José Luiz Viana Coutinho" de Jales, acompanhados pelas professoras Anne Gabriele e Rosimeire Silva, realizaram uma visita técnica na Feira Hospitalar em São Paulo.

A Feira é caracterizada como multisetorial e é a mais completa amostra de produtos para a área de saúde, apresentando milhares de itens em equipamentos médicos, produtos e serviços, atuando como palco de novos lançamentos, ponto de encontro entre fornecedores, clientes e profissionais da área, bem como propiciam aos estudantes diversas oportunidades de geração de contatos e conhecimentos.

De acordo com a coordenadora de curso, Camila Maria W. Viotto, a visita é importante, pois dá um choque de realidade sem igual e todo o tipo de experiência que se vive é válida para a formação do ser, não apenas profissionalmente, mas como um todo. Os alunos precisam estar em contato com tudo o que envolva cultura, conhecer pessoas e aguçar curiosidades. A viagem para a Feira Hospitalar é uma oportunidade muito importante para somar esses valores e enriquecer, ainda mais, a formação profissional desses discentes, e muitas outras visitas ainda virão, pois entendemos ser este um caminho valioso para a aprendizagem e integração". 

Jovens dos projetos “Sonho Meu” e “Ação Jovem” de Urânia concluiram curso de teatro

O presidente da Câmara Municipal Odair Bezerra Dias (Fião) e a primeira-dama Marinete Saracuza prestigiaram a entrega de certificados aos participantes







Na segunda-feira, 30 de maio, os garotos dos projetos " Sonho Meu" e "Ação Jovem" de Urânia concluíram o Curso de Teatro promovido pela Prefeitura Municipal de Urânia em parceria com a Secretaria da Educação e Cultura juntamente com o Centro de Referência da Assistência Social - CRAS. O curso de teatro que recebeu o slogan de "Vamos improvisar" foi realizado no prédio do Centro de Lazer com duração de 15 horas.

O curso foi conduzido pelo professor, ator e diretor de teatro Eduardo Lourenço, formado em Artes pela Unijales, e orientador do Projeto Ademar Guerra, tendo lecionado no Curso Livre de Teatro de Votuporanga e na Escola Livre de Teatro - Elite de ales. É diretor da Cia. de Teatro Ludus.

Participaram 25 alunos que aprenderam diversas técnicas de como se expressar e falar em público além essa iniciação teatral teve o foco no improviso com base nos métodos de Viola Spolin e Augusto Boal – jogos lúdicos de expressão corporal, interpretação e improvisação –, os participantes foram estimulados a criar personagens e cenas.

Esteve presente no encerramento a equipe do Projeto Sonho Meu, equipe do CRAS, primeira-dama e vereadora Marinete Borges Saracuza, o presidente da Câmara Municipal, vereador Odair Bezerra Dias (Fião), participou também a Secretária Municipal da Educação de Urânia, Rosa Maria Podsclan.

O prefeito municipal Francisco Airton Saracuza agradeceu a parceria e colaboração de todos que incentivam a educação e cultura no nosso município. (por Marcos Pick Gavioli).

Feliz aniversário

O técnico em edificações Roberto Machado, na foto com a esposa Maria, na quinta-feira, 9 de junho, será muito cumprimentado por familiares e amigos pela data natalícia

Infecção no útero proteja-se dela!

 
O útero é um dos órgãos do aparelho reprodutor feminino. Ele tem como função receber e implantar os embriões e criar contrações para a hora do parto. Mas, assim como as demais partes do corpo ele também adoeci, por meio de infecções.

Este tipo de infecção é causada por vírus e bactérias que atingem o colo do útero ou a parte interna do órgão. As mulheres com vida sexual ativa são as mais diagnosticadas.

"A infecção é decorrente de doenças sexualmente transmissíveis, infecção pelo HPV, contato íntimo sem proteção ou com vários parceiros. Higiene íntima incorreta e infecções vaginais frequentes", explica a Dra Erica Mantelli (foto) ginecologista e obstetra, pós-graduada em Sexologia pela Universidade de São Paulo (USP).

A mulher deve procurar por um ginecologista quando, tiver corrimento constante com mau cheiro, sangramento vaginal fora do período menstrual, quando há dor na barriga e desconforto durante ou após a relação sexual. "O acompanhamento anual, com o exame Papanicolau, é sem dúvida muito importante, porque algumas pacientes não vão apresentar nenhum desses sinais, mas estarão com a infecção", ressalta a Dra Erica. Pelo Papanicolau o médico observa o colo do útero e colhe amostras para análise. O exame é simples e fornece um diagnóstico preciso sobre a saúde do órgão.

Tratada no começo, a infecção do útero é simples de cura, mas caso a mulher demore a procurar ajuda ovários, trompas e endométrio também podem ser comprometidos.

"O tratamento é feito com antibióticos, antivirais e em alguns casos anti-inflamatórios. Há casos em que o parceiro também deve fazer o acompanhamento, para eliminar os microrganismos, prevenindo assim a volta da infecção", explica a ginecologista e obstetra.

Caso a alteração tenha relação com materiais que estiveram em contato com a região íntima, esses devem ser suspensos, entretanto, mesmo assim o problema precisa ser acompanhado, para garantir a recuperação ideal do útero.

Este tipo de inflamação dificulta uma gravidez, porém se acontecer durante a gestação não apresenta nenhum risco ao feto caso tratada da forma correta. Fonte - Erica Mantelli ginecologista e obstetra, pós-graduada em Sexologia pela Universidade de São Paulo (USP).

Congresso de Cardiologia da SOCESP foi marcado por novidades científicas e tecnológicas

 











 
Semana passada, entre os dias 26 a 28 de maio, a Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (SOCESP) promoveu o 37º Congresso de Cardiologia, no Transamerica Expo Center, em São Paulo. Com o tema central "A Cardiologia Atual e Futura". O evento contou com muitas novidades e inovações e algumas iniciativas de sucesso promovidas na edição de 2015.
Os organizadores do Congresso ofereceram Treinamento de Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP), para os alunos da rede pública de São Paulo e o público em geral, que aprenderam a fazer a massagem cardíaca, que aumenta quatro vezes a chance de salvar uma vida e uma tecnologia apresentada pela primeira vez no Brasil: o paciente virtual.
Segundo o cardiologia da Socesp, Mucio Tavares de Oliveira Júnior, um dos responsáveis por trazer a tecnologia ao Brasil, o equipamento virtual é uma televisão de 56 polegadas, touch screem, que reproduz uma mesa clínica posicionada na vertical. Dependendo do exame, procedimento ou caso, tem como personagem um homem ou uma mulher.
"A mesa 2D reproduz algumas situações reais, como um paciente com falta de ar ou com dor. Se, na simulação, o cardiologista optar pela realização de um procedimento mais sério, como entubar o paciente, ele aparecerá com um tubo na boca, sedado e conectado ao respirador. É possível até mesmo simular casos de óbitos, embora não sejam adequados, pois o intuito é auxiliar no aprendizado e na discussão de casos clínicos. O instrumento permite a realização de exames como eletrocardiograma, avaliação e medicação de acordo com os sintomas apresentados, proporcionando uma discussão mais realista sobre a situação e não apenas hipóteses. O grande diferencial é a rapidez e facilidade de ser ter os exames em mãos, direcionando a discussão para uma situação mais realista e evitando possíveis erros. Isso é grande um avanço em comparação com os manequins utilizados em simulações de aprendizados médicos. Ela é uma mesa que funciona muito bem para todos os tipos de graduação, discussão de casos e centros de treinamentos, pois é adaptável a diversos níveis de dificuldade, podendo ser programada em graus de complexidade". A tecnologia, que pertence a um grupo português, será utilizada pela primeira vez no Brasil. De acordo com o cardiologista, a inovação é tamanha, que alguns dos mais importantes congressos internacionais, como o da American Heart Association, reservam espaço especial para apresentação da simulação".
A programação científica teve como destaque uma mesa que debateu o efeito das drogas lícitas e ilícitas no coração (como anabolizantes, energéticos, álcool, cocaína e anfetamina); outra com foco no perigo das arritmias cardíacas no motorista particular e profissional; também abordagens das peculiaridades das doenças do coração nas mulheres, crianças e idosos; novas evidências no estudo de doenças como infarto agudo do miocárdio, insuficiência cardíaca e outras patologias; implicações das dietas vegetarianas e Dukan na saúde cardiovascular; discussão da prática do impacto da espiritualidade no desenvolvimento de doenças do coração; sessão que foi voltada ao debate das arritmias, com origem no ventrículo direito; e, como o Brasil está prestes a sediar as Olimpíada, aconteceram sessões específicas a respeito das doenças cardiovasculares em atletas, com foco na Cardiologia Esportiva. Ainda durante o evento, foram apresentados diversos estudos e casos clínicos reais, além da realização de colóquios, fóruns, oficinas, mesas-redondas e workshops.
Segundo Ibraim Masciarelli Pinto, presidente da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (SOCESP), o congresso apresentou inovações, tanto no conteúdo, quanto na abordagem.
"Primamos pela informação no diagnóstico e no manejo dos pacientes. A forma de discutir as doenças do coração durante o congresso foi pautada pela evolução da prática cardiológica, entrando em sintonia com os novos tempos.
Durante o congresso, foram apresentadas novidades que destacam o papel da inflamação na doença coronária, estudos no tratamento do diabetes, cirurgias menos invasivas, entre outros temas".
O Congresso da SOCESP de 2016, contou com a parceira da American College of Cardiology Foundation e recebeu diversos profissionais renomados do Brasil e de outros países com destaque para os médicos Carl Michael Valentine, Peter Libby, Carlos Morillo e Robert C. Hendel.
 
 
 
 
 
 
 
 

Cidade de Jales vence mais um Dia do Desafio














 
Mais uma vez Jales conseguiu mobilizar seus habitantes vencendo a cidade de Sabaneta, da Venezuela, na 22ª edição do Dia do Desafio, realizado na última quarta-feira, dia 25 de maio. O resultado oficial foi disponibilizado no site do Sesc-SP e mostra Jales com 48,07% de participação popular contra apenas 8,14 % de Sabaneta. Ao todo 22.903 jalesenses participaram do evento.

Jales estava escalada para competir com Táchira, na Venezuela, mas a concorrente desistiu, sendo substituída por Sabaneta, localizada no estado de Barinas, também na Venezuela.

As ações foram coordenadas pela Prefeitura de Jales, por meio da Secretaria Municipal de Esporte, Cultura e Turismo. A maior participação foi nas escolas municipais e estaduais que se mobilizaram na prática de exercícios físicos.

É o quarto ano consecutivo que Jales vence essa disputa internacional. Em 2015, Jales venceu Tabio, na Colombia, por 45,78% a 13,23%. Em 2014, Cabo Rojo, em Porto Rico, e San Ildefonso, na Guatemala, ao obter 58,01% de participação, contra 1,72% e 6,58%.

O Dia do Desafio, também conhecido como Challenge Day, é uma competição amistosa com o intuito de mobilizar cidadãos de diversos perfis socioculturais, em uma celebração da diversidade e livre expressão. Em 2016 o evento aconteceu de forma simultânea em 19 países do continente americano, incentivando as pessoas a praticar de uma atividade física durante pelo menos 15 minutos consecutivos. No Brasil, 1.323 municípios em vinte estados se inscreveram para participar da competição deste ano. (por Ana Cláudia Marilhano)

A Sociedade Humana

*Flávio Carvalho

 
A sociedade humana é o meio que a família surge e se desenvolve.

O homem em sua evolução biológica criou um mundo próprio, o mundo dos objetos, dos produtos de sua mão e de seu pensamento.

Sociedade não é só de pessoas, mas também de coisas produzidas pelo trabalho de seres pensantes. O mundo cultural não é criação autônoma do espírito ou da consciência, e sim da produção de bens.

E com a produção de bens surgem os problemas, pois o homem enxerga que o acúmulo de bens está o seu poder, ou seja, quanto mais tiver, maior será o seu poder.

E a culpa é toda nossa, pois valorizamos mais quem tem muito, ou seja, é mais importante ter do que ser. Somos materialistas, não nos importamos com a bondade, a caridade, respeito, a honestidade, importamos sim com o acúmulo de bens.

Mas por outro lado, se não houvesse produção de bens, a sociedade humana seria semelhante à dos animais irracionais, é onde o homem se destaca.

A sociedade é complexa, é constituída de pessoas e coisas, e necessita de ordenação, onde estamos falhando muito. As leis e a ordem já não conseguem mais frear o desordenamento da nossa sociedade, ou seja, estamos perdendo o "rumo".

O homem é consciência e vontade, e ele é o centro de elaboração, de ligação e articulação das relações sociais. E estamos nos relacionando com os outros muito mal, estamos nos maltratando demais. O homem desenvolveu uma enorme habilidade em mal tratar o semelhante.

Os homens não podem produzir sem associar-se, sem criar vínculos.

Quem pensa e age, não é o homem em si, mas o homem real, concreto, o homem não sabe o que é bom ou mau, é a vida social, o relacionamento social, a sociedade que determina.

Um pensamento é muito menos nosso do que imaginamos. O pensamento é um produto social, assim como a linguagem.

A sociedade nos faz pensar, nos induz, ordena nosso inconsciente coletivo. Somos sugestionados a todo instante. A sociedade comanda nossas vidas, e como a sociedade está doente, estamos doentes também.

Perdemos a noção do que é status, que é a posição especifica do indivíduo resultante da totalidade do seu relacionamento no corpo social. Status é constituído pelo exercício de direitos e deveres, ou pelo menos deveria ser, mas status é possuir bens, é ser rico.

Toda vida em sociedade representa um compromisso entre as necessidades do indivíduo e as necessidades do grupo. Mas pouco nos importamos com o coletivo, somos individualistas, e estamos preocupados somente com nosso status, queremos ser aceitos pela sociedade através do acumulo de bens, ou seja, da riqueza material, E seguindo este caminho, nos empobrecemos espiritualmente.

Instituição é o entrelaçamento de práticas sociais articuladas em duradouro complexo de relações, costumes, sentimentos e através do qual se exercem controles sociais e se satisfazem necessidades e desejos das pessoas conviventes.

Precisamos repensar nossas instituições, como a Família e o Estado das duas. Se não mudarmos a família e o Estado, continuaremos doentes, e doentes serão também nossos herdeiros. Este será nosso legado para as futuras gerações. Uma família doente, e um Estado que não consegue cura La, pelo contrario a faz ficar doente cada vez mais.

Qual seria o remédio para curar esta doença? Muitos acreditam não existir tal medicamento. Mas a resposta está em promovermos uma mudança interior, ou seja, fazermos uma viagem para dentro de nossa alma, e transformar todos os nossos sentimentos, conceitos, valores. Promover uma reforma íntima. E para curar o Estado, depois que fizermos uma reforma íntima, devemos aprender a votar.

*Flávio Rodrigo Masson carvalhoequilibriumtc@hotmail.com

Judô jalesense classifica dois para a fase final dos Joguinhos da Juventude

 
Judocas jalesenses participaram no sábado, 21 de maio, no Ginásio Municipal de Esportes "Antonio Carlos Montanhês", em São José do Rio Preto, da Copa Ateneu Mansor de Judô 2016. A competição teve supervisão da 6ª Delegacia Regional da Federação Paulista de Judô e reuniu mais de 600 competidores de toda a região.

Os judocas jalesenses também participaram da seletiva para as finais dos Joguinhos da Juventude 2016

As categorias desenvolvidas na Copa Ateneu Mansor de Judô foram pré-mirim, mirim, infantil, infanto-juvenil, pré-juvenil, juvenil, adulto e sênior" com as lutas distribuídas em 109 categorias de pesos.

A cidade de Jales foi representado por 25 atletas dos sexos feminino e masculino, sendo que 20 judocas se classificaram entre o 1º e 3º colocados. Dois se classificaram para a fase seguinte dos Joguinhos da Juventude.

Na Copa Ateneu Mansor nove judocas se classificaram em 1º lugar, três em segundo lugar e três em 3º lugar. Nos Joguinhos da Juventude se classificaram dois em 1º lugar, dois em 2º lugar e um em 3º lugar

Os classificados em 1º lugar : Afonso Gouveia Martins, Maurício Hara Sakashita, Otavio Gouveia Sakashita, Maycon Gabriel Nunes Ondei, Felipe Iglezias Siqueira, Leonardo Felipe Ramos de Oliveira, Samira Gouveia Martins, Ariely Fernanda Oliveira Martins. Em 2º lugar : Edinei Maylon Bueno da Cruz, Alisson Ribeiro Guimarães, Daniel André da Silva Cerverizo, e em 3º lugar : Vitor Hugo Francisco de Lima, João Lucas Baia, Yuri Cezar Reis Gonçalves, Ana Laura Belern Cardoso, Mara Gabriela Silva de Moraes, Kimberly Caroline de Oliveira Alves, Ellen de Cassia Pinto Baia, Anielle Silva Brito, Gustavo Sanches Rodrigues

Vão participar da fase final dos Joguinhos da Juventude 2016, os judocas Yuri Cesar Reis Gonçalves e Vinicius de Oliveira Zeule que se classificaram em primeiro lugar na seletiva em Rio Preto.

Comissão de Segurança do Paciente é reintegrada pela Santa Casa de Jales

A enfermeira responsável técnica, Ana Lúcia Silva, juntamente com a palestrante Fabiana Rigolo que ministrou um curso sobre Segurança do Paciente, e a enfermeira do setor educação continuada, Juliana Cursi
foto/asconsantacasajales/divulgação


O cuidado seguro resulta tanto de ações corretas dos profissionais de saúde como de processos, sistemas adequados nas instituições e serviços, baseado nisso e na Resolução nº 36, de 25 de julho de 2013 a Santa Casa de Jales vem cada vez mais se aprimorando com a Segurança do Paciente.


A comissão da Santa Casa é formada por um núcleo multiprofissional que abrange a administração, a equipe de enfermagem desde a responsável técnica, educação continuada até a comissão de controle de infecção hospitalar além da farmácia, hotelaria, lavanderia, higiene e limpeza, entre outros departamentos.

O objetivo da comissão é monitorar assuntos competentes à garantia do cuidado seguro ao paciente dentro das seis metas internacionais de segurança, que são: identificação dos pacientes corretamente; eficácia na comunicação; garantir a segurança dos medicamentos de alerta elevado; garantia de cirurgia segura; higienização das mãos; redução do risco potencial de queda do paciente e de lesões por pressão.

De acordo com a enfermeira responsável técnica, Ana Lúcia Silva, na atenção à saúde a segurança é o princípio básico. "Oferecer um serviço de qualidade não apenas fideliza e beneficia os nossos pacientes, mas, permite que o hospital se mantenha em evidencia garantindo a comodidade e a proteção nos seus serviços perante todos".

A equipe atuante na comissão se reúne semanalmente para discutir e apontar situações de riscos dentro do hospital afim de descreverem estratégias e ações para a gestão de risco, visando a prevenção e a mitigação dos incidentes.

A enfermeira Juliana Cursi do setor educação continuada afirmou que foram estabelecidos protocolos das diferentes áreas, impressos de orientações e indicadores de controle do gerenciamento de riscos para andamento dos trabalhos. "Vale ressaltar que os membros da comissão estão em constante atualização e sempre que possível trazem para a instituição as inovações sobre o contexto gerenciamento de risco e segurança do paciente", relatou Juliana. (por Caroline Guzzo).

Escolas da região têm 12 alunos que adotaram o nome social

O respeito à diversidade sexual e de gênero é uma realidade na rede estadual de ensino. Nos últimos meses, o número de alunos que adotou o nome social saltou de 182 para 290 – aumento de 59,3%. Na região de São José do Rio Preto, 12 alunos já fizeram o pedido. O direito é válido a todos os estudantes transgêneros, transexuais e travestis. A legislação está em vigor na Secretaria da Educação de São Paulo desde 2015.

No novo balanço feito pela equipe técnica de Diversidade Sexual e de Gênero da Coordenadoria de Gestão da Educação Básica (CGEB), a maioria dos pedidos é de pessoas que querem ser chamadas por nome social feminino, representando 78% das solicitações; outros 22% são de pessoas que querem ser chamadas por nome social masculino.

Com relação à modalidade de ensino, 65% das/dos estudantes estão matriculados na Educação de Jovens e Adultos (EJA) e 35% nos ensinos Fundamental e Médio Regular. Destaca-se, ainda, que 26% possuem menos de 18 anos e 74% possuem 18 anos ou mais.

Como fazer a inclusão do nome - Para o aluno pedir a inclusão do nome social, basta requerer à escola a qualquer tempo, em qualquer período do ano. A escola, então, tem sete dias para incluir o nome social no sistema de cadastro de alunos, a partir do qual são gerados os documentos escolares de circulação interna – lista de chamada, carteirinha de estudante e boletim.

"As ações desenvolvidas pela Secretaria da Educação para travestis e mulheres e homens trans buscam garantir o reconhecimento da identidade de gênero e assegurar uma educação pública equânime e de qualidade. Isso pode ser identificado na ampliação dos direitos como a instituição do uso do nome social, nos investimentos na formação dos recursos humanos e na produção de subsídios pedagógicos", afirma Thiago Sabatine, professor responsável pela equipe.

FOLHAGERAL

Chega o ano


eleitoral e todos correm atrás de projetos adormecidos para mostrar serviços ao eleitor. Em São Carlos, junto ao reitor Targino de Araújo, uma comitiva renovou o pedido da instalação em Jales de um campus da UFSCAR e do IFSP - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo. Prefeito Callado, Luis Especiato, Pérola Cardoso e Nilton Marques, estiveram com Targino de Araújo

Quarta-feira


(01 de junho), assumiu a provedoria da Santa Casa de Jales o jovem empresário Sebastião Júnior Ferreira, vice-provedor da entidade, em substituição ao provedor titular José Devanir Rodrigues (Garça). Uma coincidência: ambos são filiados ao PMDB.

Claro que


os dois ilustres voluntários da Santa Casa não escondem o motivo da substituição na provedoria. Júnior Ferreira fica sem poder concorrer a cargos eletivos no pleito de outubro. Garça fica livre para entrar na disputa. Ou seja, mesmo sem declarar, Garça fica na posição de potencial pré-candidato a prefeito ou mais uma vez vice.

Pelo jeito,


os peemedebistas jalesenses estão dispostos a enfrentar as dificuldades e despesas de uma campanha política, que não são poucas mesmo em nível municipal. Fazer isso por paixão, não vale mais a pena. Hoje é preciso fazer com ideais, mas com os pés no chão.

Entre os


tucanos é dado como certo o nome do atual prefeito, Pedro Callado, como pré-candidato prefeito. Mas eles temem a falta de pessoal de campo durante a campanha. Existe entre eles um sentimento de abandono da parte do prefeito Callado, e atual presidente do PSDB local. Tão logo ele assumiu Executivo, se manteve distante da tucanada e daqueles que o elegeram em 2012. Manteve diálogo com os já declarados adversários para outubro.

Os tempos


bons para os políticos vão ficando para trás. Dinheiro farto nas eleições e depois delas está mais difícil. A opinião dos eleitores muda do doce para o azedo com facilidade. Mas os políticos são necessários. Senão, quem vai governar as cidades, os estados, o país?

Os analistas


políticos lá do botequim da vila dizem que o momento é propício para que os maiores partidos de Jales se organizem, sem grandes esforços, para levantar o ânimo da população local em favor da prosperidade. Ou podem ser atropelados por oportunistas.

Neste


mês de junho, segundo a legislação eleitoral, os pré-candidatos podem fazer campanha, mas intra-partidária em busca dos votos dos convencionais. Não podem usar a mídia falada, televisada e impressa. O momento é ideal para estabelecer projetos políticos.

Organizações


internacionais acham que o Brasil vai ter queda no PIB este ano de 2016, mas no ano que vem (2017) a economia brasileira vai se estabilizar (crescimento zero) ou começar a melhorar (pequeno crescimento). Atenção: não apostam em crise econômica durável.

O prefeito


de Dirce Reis, Roberto Visoná, tem bancado com recursos da Prefeitura a operação tapa buraco na vicinal Victório Prandi, que está mais do que perigosa. Quanto à ajuda da administração Callado, ele disse que a assessoria do tucano informou que no momento não é possível. Em Jales tudo está difícil. Esta vicinal liga Jales a Dirce Reis.

O deputado


estadual Carlão Pignatari (PSDB) conquistou a liberação de R$ 70 mil para a Prefeitura de Fernandópolis. Os recursos serão destinados à aquisição de dois veículos para a Secretaria de Bem Estar Social do município. Os R$ 70 mil fazem parte de uma emenda parlamentar apresentada por Carlão em benefício de Fernandópolis.

O deputado


Itamar Borges (PMDB) apresentou, novamente, emenda ao Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias ( Lei 369/2016), propondo reformar o aeródromo municipal de Jales. "A reforma deste aeroporto é uma necessidade da população, da cidade e da região. A melhoria visa também a ampliação do local", afirmou o deputado.

Sem desmerecer


o trabalho do deputado Itamar Borges em prol de Jales e região, quem o aeródromo municipal irá atender depois de passar por reforma e ampliação? Talvez a uma dúzia de pessoas, pois é sabido que quem mais busca atendimento médico em Jales usa veículo por conta própria. A emenda apresentada pelo parlamentar faria jus se acompanhada de outras emendas para áreas como saúde, educação e pavimentação.

Nesta terça-feira


(31 de maio), no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo (SP), a Associação dos Pequenos Produtores Rurais Assentados Santa Rita – APRASR, de Populina SP –, assinou o Termo de Compromisso da Proposta de Negócio aprovada na sexta Chamada Pública do Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável – Microbacias II – Acesso ao Mercado. Valor de R$ 528.333,02 para investimentos em fruticultura.

Quinta-feira


(02 junho), a Polícia Civil de Pernambuco saiu em campo para cumprir 11 mandados de prisão preventiva, 21 de busca domiciliar e 08 de condução coercitiva, relacionados a crimes de aplicação irregular de verbas públicas, falsificação de documentos e lavagem de dinheiro. Entre os procurados, foi preso o prefeito do município de Catende (40 mil habitantes, 140 Km da capital). A polícia encontrou R$ 1 milhão em dinheiro na casa dele. E tem muito prefeito falando em falta dinheiro.

Nenhum


prefeito é bom sozinho ou ruim sozinho. O prefeito de Catende (PE), que foi preso, armou uma associação para cometer crimes. Quem agora quiser fazer o contrário, deve formar um time de gente honesta e competente, antes de virar candidato. Assim, tudo fica mais fácil.

Editais de Proclamas

Rosimeire Ensides Tomazeli, Oficial Interina do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de Jales, Estado de São Paulo. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro.

VLADEMIR FERREIRA BERTONHA e ALESSANDRA SANTOS DA CONCEIÇÃO. ELE, natural de Santa Salete, deste Estado, nascido aos 20 de janeiro de 1.980, carteiro, solteiro, residente e domiciliado em Jales, deste Estado, filho de Valdeci Bertonha e de Astrogilda Ferreira Bertonha. ELA, natural de Itapitanga, Estado de Bahia, nascida aos 16 de julho de 1.976, do lar, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Furtuoso da Conceição e de Elizabete Nascimento Santos.

GUILHERME MATOS MOTA e DAIANE DANILA FERRUCCI. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 21 de maio de 1.983, vendedor, divorciado, residente e domiciliado em Jales, deste Estado, filho de Luís Valdir Caetano Mota e de Marli Matos Mota. ELA, natural de Urânia, deste Estado, nascida aos 24 de junho de 1.996, estudante, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Walter Alceu Ferruci e de Marilene Januário Ferrucci.

UEISLER RODRIGO BIUDES SANTANA e JÉSSICA LISBOA DE SOUZA. ELE, natural de Palmeira D’Oeste, deste Estado, nascido aos 09 de janeiro de 1.991, autônomo, solteiro, residente e domiciliado em Jales, deste Estado, filho de Aparecido Santana e de Rosa Caparroz Biudes Santana. ELA, natural de Palmeira D’Oeste, nascida aos 20 de outubro de 1.990, farmacêutica, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Nivaldo Batista de Souza e de Maria Terezinha Peres Lisboa de Souza.

MARCILIO PEREIRA e ROSIMEIRE BELMIRO DE PAULA. ELE, natural de Major Prado, deste Estado, nascido aos 04 de julho de 1.945, aposentado, divorciado, residente e domiciliado em Jales, deste Estado, filho de Luiz Pereira e de Maria Rodrigues. ELA, natural de Jales, nascida aos 08 de agosto de 1.976, do lar, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Angelo Belmiro de Paula e de Neusa Mendes da Silva de Paula.

HILTON BULHÕES NETO e NATHÁLIA SAYURI YAMADA. ELE, natural de Campo Grande, Estado de Mato Grosso do Sul, nascido aos 24 de abril de 1.987, fotógrafo, solteiro, residente e domiciliado em Jales, deste Estado, filho de Hilton Bulhões Júnior e de Lucimar Martins da Silva Bulhões. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 26 de junho de 1.985, psicóloga, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Carlos Mamolu Yamada e de Olindina Marta Yamada.

DEIVISSON AUGUSTO CARLOS COSTA RIBEIRO e DAIANE APARECIDA SANTOS BRITO. ELE, natural de Uberlândia, Estado de Minas Gerais, nascido aos 15 de setembro de 1.996, mecânico, solteiro, residente e domiciliado em Jales, deste Estado, filho de Aparecido Rosa Ribeiro e de Cirléia Cristina Costa. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 14 de dezembro de 1.999, do lar, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Milton da Costa Brito e de Maria Aparecida dos Santos Brito.

ÉLITON RICARDO DA SILVA e RAYANE DIAS MAZONAS. ELE, natural de Santa Fé do Sul, deste Estado, nascido aos 26 de agosto de 1.992, pedreiro, solteiro, residente e domiciliado em Jales, deste Estado, filho de Carlos Roberto da Silva e de Luzia Domingos de Jesus. ELA, natural de Estrela D’Oeste, deste Estado, nascida aos 17 de junho de 1.997, balconista, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Nivaldo Mazonas e de Nilce Dias Moura.

IVAIR COSTA SANTOS e DORACI PEREIRA DOS SANTOS. ELE, natural de Mesópolis, deste Estado, nascido aos 26 de março de 1.969, motorista, divorciado, residente e domiciliado em Jales, deste Estado, filho de João Teixeira dos Santos e de Bazilicia Costa Santos. ELA, natural de Pacaembu, deste Estado, nascida aos 02 de junho de 1.966, serviços gerais, divorciada, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Joaquim David dos Santos e de Laudice Pereira dos Santos .



SE ALGUÉM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO OPONHA-O NA FORMA DA LEI. LAVRO OS PRESENTES PARA SEREM AFIXADOS NO REGISTRO CIVIL E PUBLICADOS NA FOLHA NOROESTE, NESTA CIDADE DE JALES.

Rosimeire Ensides Tomazeli – Oficial Interina


Habilidades

Reginaldo Villazón

A popularização dos automóveis com câmbio automático nos Estados Unidos, na década de 1950, facilitou a vida dos motoristas daquele país. Os automóveis passaram a ser fabricados e entregues aos compradores sem duas peças, antes indispensáveis: o pedal de embreagem e a alavanca de mudança de marchas. Não era mais preciso dirigir, fazendo uso coordenado do pé esquerdo e da mão direita para selecionar as marchas. Isto era feito de modo automático. Foi uma grande inovação nos automóveis.

No entanto, apaixonados por automóveis e pela arte de dirigir ficaram decepcionados. Eles concordaram: a nova tecnologia trouxe benefícios, inclusive maior segurança no trânsito. Porém – disseram – ela deixou os automóveis incompletos e assim ficou impossível dirigir sentindo o ronco do motor, a velocidade do veículo, as condições do terreno. E pior – completaram –, os motoristas ficariam menos hábeis, dependentes da nova tecnologia. O tempo provou que todos – a favor e contra – tinham razão.

Hoje os câmbios automáticos evoluem e ganham espaço no mundo, sem que o câmbio manual seja desprezado. Discussões interessantes como esta – sobre câmbios de automóvel – se transferem para outras tecnologias. É bom que máquinas e tecnologias apareçam para facilitar o trabalho, reduzir a fadiga e baixar os riscos humanos. São muito úteis as máquinas automáticas que movimentam peças pesadas e executam serviços perigosos com precisão, sem necessidade do contato humano direto.

E olha que há gente descontente, especialmente com tecnologias que podem escravizar e imbecilizar usuários desprevenidos. Um exemplo é o GPS (Sistema de Posicionamento Global), cada dia mais usado pelos motoristas para orientação nas cidades e rodovias. Seguindo suas instruções (siga em frente, vire à direita, vire à esquerda...), é possível chegar ao endereço desejado sem conhecer o percurso. O alerta é sobre a redução da habilidade dos motoristas em se orientarem e tomarem decisões.

Novas tecnologias são inevitáveis e trazem progresso. Habilidades criam competências. Precisam existir juntas. Em 2014, o acesso à Internet chegou a 50% dos lares brasileiros. Ficaram fora os outros 50%, o que é muito. Além disso, estudos mundiais revelaram que os brasileiros são fracos nas habilidades de navegar, pesquisar e aprender na Internet. Estas informações indicam que a insuficiência – tanto de tecnologias como de habilidades – pode acarretar prejuízos sociais relevantes.

Quando novas tecnologias chegam, tomam lugar e dão mais certo se as habilidades humanas prosperam. Habilidades tradicionais – como trocar pneu, usar furadeira e cozinhar – não perdem o valor e até se modernizaram. Novas habilidades – como entender inglês, trabalhar on-line e gerir finanças pessoais – tornaram-se obrigatórias. Nós temos que utilizar novas tecnologias, mesmo que sejam passageiras. E, tão importante, cuidar para acrescentar novas habilidades às que já possuímos.

23 prefeitos da região de Votuporanga receberam certificados do Sebrae-SP

Vinte e três prefeitos da região de Votuporanga receberam os certificados do Prêmio Prefeito Empreendedor nesta terça-feira, 31, no Escritório Regional do Sebrae-SP. O prêmio tem o objetivo de reconhecer os gestores que promovem o desenvolvimento econômico e social de seus municípios por meio do incentivo aos pequenos negócios locais.

De acordo com o gerente do Sebrae-SP, Rafael Matos do Carmo, o Prêmio Prefeito Empreendedor é uma forma de reconhecer as práticas do gestor para incentivar a atuação do empreendedor nas cidades. "Esperamos que o prêmio sirva de incentivo para todos os gestores da região. Políticas públicas voltadas para o empreendedorismo influenciam a vida de toda a população para geração de emprego e renda. Com o aumento do empreendedorismo por necessidade, a abertura do negócio próprio tem sido uma alternativa para muitas famílias", afirma.

O gerente destaca ainda que o Sebrae-SP vai construir uma agenda com os prefeitos selados para auxiliar na implementação da Lei Geral baseada em quatro eixos: agente de desenvolvimento, Rede Simples, Sala do Empreendedor e Compras Públicas. Na região de Votuporanga, das 26 prefeituras participantes, 23 prefeitos receberam o certificado.

No total, foram 423 projetos inscritos de 301 prefeituras (cada uma pôde se inscrever com dois projetos, um em cada categoria) do Estado de São Paulo, sendo que 346 projetos foram habilitados de 257 prefeituras.

Após a cerimônia de entrega dos certificados, o Sebrae-SP deu início ao curso avançado para agentes públicos da região. Durante as aulas, os participantes debateram estratégias de desenvolvimento, captação de recursos e articulação com atores locais.

Prefeitos que receberam os certificados:-Aparecida d´Oeste: Izaías Aparecido Sanches; Aspásia: Josué Eduardo de Assunção; Auriflama: Ivanilde Della Roveri Rodrigues; Dirce Reis: Roberto Visoná; Estrela Doeste: Pedro Itiro Koyanagi: Fernandópolis: Ana Maria Matoso Bim; General Salgado: Leandro Rogério de Oliveira; Guarani d´Oeste: Odair Vazarin; Indiaporã: Elaine Alvares Silveira Rocha; Jales: Pedro Manoel Callado Moraes; Magda: Leonardo Barbosa de Melo; Marinópolis: Jarbas de Lima Junior; Mira Estrela :Antonio Carlos Macarrão do Prado; Meridiano: Aristeu Baldin; Pontalinda: Elvis Carlos de Souza; Santa Albertina: Vanderci Novelli; Santa Clara Dóeste: Claudiomar Furoni Sanches; Santa Fé do Sul: Armando Rossafa; Santa Salete: Ivalderis Molina; Três Fronteiras: Flávio Luiz Renda;Vitória Brasil: Ana Lúcia Olhier Modulo e Votuporanga: Nasser Marão Junior.

O que se sabe?

*José Renato Nalini

 
No mundo das incertezas, há certezas incontestáveis. Uma delas a da relevância do professor. Carreira que persiste a despeito das dificuldades, mercê do verdadeiro heroísmo daqueles que se realizam ao transformar pessoas. O mestre é um artífice do futuro. Ele molda as crianças, fazendo com que elas explorem suas potencialidades e cresçam até à plenitude possível. Ao transformar as crianças, o professor transforma o mundo. A profissão professor é a mais prestigiada no primeiro mundo. Há uma disputa renhida pelas vagas na formação do magistério. Um exemplo é a Finlândia, que descobriu há muito tempo que ser professor é a profissão do futuro. Pois o futuro depende apenas do conhecimento. E quem detém o conhecimento é o professor.

Mas é importante que o professor também se conscientize de que os tempos mudaram. E continuam a mudar, acelerada e permanentemente. Ele precisa mergulhar no fluxo das conversações para detectar o que a infância e a juventude melhor assimilam em nossos dias. Uma geração plugada, antenadas às redes sociais, que já nasce com "chip", necessita de uma atenção muito mais detida. O ensino já não pode ser a transmissão estática do conteúdo, mas é urgente fazer com que ele se conecte com a vida real. Daí pelo menos quatro eixos no ensino/aprendizado: aulas dinâmicas, com inovação, domínio de vários espaços ou dimensões e conexão com todos os conteúdos.

O presente reclama um ensino híbrido, mediante a resolução de problemas. Acabou-se a tranquilidade. A curiosidade é impulsiva, às vezes até agressiva. Há de se ter presente a urgência de se estabelecer diálogo proficiente entre mestre/aluno, mestre/família, mestre/sociedade, mestre/demais parceiros da educação. Os instrumentos de aprendizagem devem ser flexíveis e adaptáveis à mutação profunda com a qual nunca estivemos em contato tão direto como no nosso tempo. Mas é um tempo desafiador, estimulante e pródigo em surpresas, criatividade e empreendedorismo. *José Renato Nalini, secretário da Educação do Estado de São Paulo.