Páginas

sábado, 14 de maio de 2016

Está chegando a hora: Chitãozinho e Xororó em prol ao Hospital de Câncer – Unidade de Jales

A partir deste domingo, 15 de maio, faltará 30 dias para o jantar show com Chitãozinho e Xororó em prol do Hospital de Câncer – Unidade de Jales, e os preparativos seguem a todo vapor.

Este já é o 3º ano que o Hospital de Câncer promove um jantar beneficente na cidade com o objetivo de captar recursos para a entidade que realiza em média 1000 atendimentos ao dia, e custa mensalmente 3 milhões de reais.

Mantendo os mesmos padrões de qualidade presentes no Hospital de Câncer de Barretos, a Unidade de Jales, possui atendimento ambulatorial, oncologia clínica, radioterapia, diagnóstico por imagem, centro cirúrgico, endoscopia, colonoscopia e exames laboratoriais, além de contar com internação e uma Unidade de terapia intensiva.

Este ano, o evento será realizado no dia 15 de junho, no Villa Rocca com a dupla sertaneja Chitãozinho e Xororó, que tem mais de 40 anos de total dedicação à vida artística. Os cantores colecionam uma quantidade significativa de hits ao longo da carreira, como "Evidências", "Página de Amigos", "Fio de Cabelo", "Galopeira", "No Rancho Fundo" e "Eu não existo sem você".

Além do Show, os convidados poderão contar com Jantar (Buffet completo) e bebidas (uísque com energético, cerveja, água e refrigerante) à vontade.

Essa realização só é possível graças à participação das empresas e pessoas que apoiam e acreditam no trabalho que é realizado pelo Hospital de Câncer de Barretos.

Faltam poucas mesas para encerrar as vendas. Quem tiver interesse em adquirir e colaborar com o hospital, basta entrar em contato com a Captação de Recursos, através do telefone (017) 3624-3910, (17) 99724-1408 com a Ariely ou pessoalmente no hospital, onde está disponível o mapa das mesas
 
Valor das mesas:

R$3.000,00 - área bronze

R$3.500,00 - área prata

R$4.500,00 - área ouro

Formas de pagamento:

* à vista

* cartão de crédito:

2 parcelas

* Cheque:

2 parcelas

Dia Internacional do Enfermeiro




 
Em comemoração ao Dia Internacional do Enfermeiro, 12 de maio, a Secretaria Municipal da Saúde preparou uma surpresa para os seus profissionais. Um café da manhã foi organizado e servido sede da própria secretaria.

Além do coffe break, os enfermeiros responsáveis pelas unidades de saúde foram homenageados com a apresentação de um vídeo, organizado pela Unidade de Jales do Hospital de Câncer de Barretos (HC) e receberam uma lembrança.

A reunião contou com a presença do prefeito Pedro Manoel Callado Moraes, a secretária de Saúde, Patrícia Albarelo e a coordenadora das ESFs, Silvia Maria Alves.

Para Patrícia, os enfermeiros, auxiliares, técnicos e estagiários importantes no atendimento à população no setor da saúde. "Ser enfermeiro é cuidar do próximo, como alguém da sua própria família. É amar o próximo incondicionalmente, tratando todos com atenção, carinho e respeito. Isso demonstra o amor pela profissão", afirmou

O prefeito parabenizou os homenageados pelo dia e agradeceu a dedicação e o zelo como executam as suas funções. "Eu visito os postos de saúdes e as outras unidades de saúde do município e vejo o quanto todos se dedicam para dar o melhor tratamento aos pacientes. Por isso parabenizo e agradeço a todos, por tudo o fazem pelos moradores de Jales", finalizou.

Atualmente a Rede de Atenção Básica de Saúde de Jales conta com 19 enfermeiros, 29 auxiliares e técnicos de enfermagem e 15 estagiários.

Solenidade de encerramento do módulo básico do curso superior de soldados e valorização dos policiais militares




 
O Décimo Sexto Batalhão de Polícia Militar do Interior (16º BPM/I) realizou nesta sexta-feira, 13, às 9h30min, a solenidade de Primeiro Uso de Uniforme e passagem do Módulo Básico para o Específico dos novos Soldados PM 2ª Classe, alunos do Curso Superior de Técnico de Polícia Ostensiva e de Preservação da Ordem Pública.

A solenidade, que foi realizada no Teatro Municipal de Fernandópolis, contou com a presença de autoridades civis e militares, além de familiares dos formandos e de policiais militares que foram homenageados.

Os Soldados PM 2ª Classe estavam em formação desde novembro de 2015 na Unidade e após passados seis meses de curso, estão aptos para ingressar no segundo módulo do curso que tem a duração de um ano. A partir da próxima semana os novos policiais iniciarão a fase específica do curso, com estágios operacionais específicos da área de atuação como Policiamento, Bombeiros e Policiamento Rodoviário.

Na oportunidade, policiais militares que se destacaram nos serviços prestados à população foram condecorados com Láureas de Mérito Pessoal como forma de valorização profissional

Henrique Eduardo Alves: turismo para enfrentar a crise econômica

Na primeira reunião ministerial com o presidente interino, Michel Temer, o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, defendeu o setor de viagens como uma das atividades que responde com maior rapidez ao combate ao desemprego. O encontro foi no Palácio do Planalto, na manhã desta sexta-feira (13). Henrique Eduardo Alves também ressaltou que o turismo, atividade presente em todas as regiões do país, proporciona a distribuição de renda em todos os níveis desse segmento da economia.

"O respeito e reconhecimento ao setor que rapidamente gera emprego e renda vai impulsionar o desenvolvimento regional", disse o ministro quando lhe foi facultada a palavra pelo presidente Temer. Nos próximos dias, Henrique Eduardo Alves vai apresentar à equipe econômica do governo as prioridades da pasta. Ele citou como exemplo o projeto de criação das Áreas Especiais de Interesse Turístico, locais com licenciamento diferenciado e crédito facilitado. A proposta que tem como objetivo acelerar investimentos privados em regiões com vocação turística já comprovada está pronta.

Investir em infraestrutura, qualificação profissional, divulgação e segurança dos destinos turísticos estão entre as prioridades do ministro. Ele cita o exemplo da passagem da tocha olímpica que está percorrendo mais de 300 municípios brasileiros e divulgando o Brasil para o mundo até a chegada da Olimpíada, quando todo o planeta estará voltado para o Rio de Janeiro. Ele ressaltou que a passagem da tocha, além de envolver a população local com o espírito olímpico, simbolizado pela chama, tem revelado um Brasil desconhecido, até mesmo dos brasileiros.

Retomar o enfrentamento de gargalos que emperram a economia do turismo, também está nos planos do ministro que reassumiu a pasta na última quinta-feira (12). A liberação temporária de vistos para turistas americanos, canadenses, japoneses e australianos foi o primeiro passo para atrair mais estrangeiros ao Brasil, principalmente durante a Olímpiada. Henrique Eduardo Alves também abriu o diálogo sobre a regularização de jogos como forma de aumentar a arrecadação do Estado.

Coopercitrus completa 40 anos de uma trajetória de sucesso

A Coopercitrus Cooperativa de Produtores Rurais, considerada a maior cooperativa do Estado de São Paulo e uma das mais expressivas do país no fornecimento de insumos, máquinas e implementos agrícolas, com uma carteira de 25 mil agricultores cooperados, mais de 60 filiais estrategicamente estabelecidas nos Estados de São Paulo e Minas Gerais, completará, no dia 14 de maio, 40 anos de apoio integral ao produtor rural, oferecendo soluções integradas para a obtenção de resultados sustentáveis.

No dia 14 de maio de 1976, com a fusão de duas grandes cooperativas do interior de São Paulo, a Capdo (Cooperativa Agrária dos Cafeicultores d’Oste Paulista) e a Capezobe (Cooperativa Agropecuária da Zona de Bebedouro), nascia a Coopercitrus. No início, a cooperativa contava com uma cartela de 2 mil associados, mantinha 5 filiais de insumos, 1 concessionária Valmet e a sua área de atuação era de 55 municípios. Hoje, a Coopercitrus Cooperativa de Produtores Rurais está consolidada no mercado agropecuário como uma das maiores cooperativas do Brasil e como a maior do Estado de São Paulo no fornecimento de insumos, máquinas e implementos agrícolas.

O presidente da Coopercitrus, José Vicente da Silva, ressalta que todas as ações da cooperativa são para o desenvolvimento produtivo, rentável e sustentável dos agricultores. "Completar 40 anos de atividade traz consigo grandes cargas de conquistas, mudanças, desafios e oportunidades. É de extremo orgulho para nós dirigir e fazer parte da história de uma cooperativa com o porte e idoneidade da Coopercitrus, que há tantos anos desenvolve serviços e oferta produtos para atender todas as necessidades de seus cooperados. As evoluções têm sido constantes, nos últimos 5 anos alcançamos faturamentos extraordinários, implementamos o sistema de governança corporativa, chegamos à cifra de R$ 2 bilhões, construímos parcerias com cooperativas coirmãs, lançamos produtos de marca própria e pretendemos chegar mais longe organizando o modelo de atendimento, primando por profissionais especializados em diversas áreas agrícolas para prestar um apoio completo ao cooperado", afirma.

A cooperativa está estrategicamente estabelecida nos Estados de São Paulo e Minas gerais e possui uma vasta área de atuação composta por 25 mil cooperados, mais de 60 filiais nos segmentos de insumos, concessionárias Valtra, lojas no modelo Shopping Rural, concessionárias New Holland, terminal de açúcar, armazéns de café, UBS (unidade de Beneficiamento de Sementes), silos, Agripetro TRR (Transportador Revendedor Retalhista) de transporte de óleo diesel, postos de combustíveis, loja de conveniência e postos de descarte de embalagens.

Nos últimos anos, a Coopercitrus obteve um crescimento expressivo e, em 2015, na contramão da crise econômica, faturou R$ 2 bilhões. O diretor financeiro da Coopercitrus, Fernando Degobbi, afirma que o compromisso da cooperativa é proporcionar para os seus associados as melhores oportunidades disponíveis no mercado, sejam em vantagens comerciais, acesso à tecnologias e informações. "A Coopercitrus, nesses 40 anos, virou uma referência muito importante de cooperativismo. Tendo como foco principal sempre o cooperado, tem buscado, ao longo do tempo, desenvolver ferramentas de tecnologia, assistência técnica e comercializar insumos, de modo a oferecer as melhores condições para que o produtor possa ter resultados cada vez melhores na atividade agrícola. Pensando no presente e no futuro, a cooperativa inova constantemente procurando capacitar e organizar sua força técnica e de vendas para que o produtor seja atendido de forma personalizada, entendendo quais são suas necessidades e levando para ele uma solução integrada para que os resultados sejam cada vez mais sustentáveis".

Divino significado

Junji Abe
Com suas preces e cânticos, os devotos do Divino orquestram a festa de devoção que purifica a alma. É preciso estar na Alvorada para sentir o rastro de luz que se forma por onde passam. Uma indescritível sensação de paz parece abrir a mente para absorver o significado dos sete dons do Espírito Santo.

O dom da Sabedoria nos mantém voltados para o bem. Com entendimento, aprendemos a buscar a verdade. A dádiva do Bom Conselho ajuda a escolher o melhor caminho. Já a Fortaleza é a coragem para enfrentar adversidades. Para compreender os sinais dos tempos, há o dom da Ciência. Com a Piedade, nutrimos a compaixão pelo próximo e a caridade. O sétimo dom é o Respeito a Deus, aos valores do amor e da bondade, que nos faz fugir de toda a maldade.

A Festa do Divino de Mogi das Cruzes atrai milhares de visitantes até do exterior. Enquanto prefeito, em 2001, inauguramos o subimpério do Divino na Prefeitura. Naquele ano, eu e servidores municipais também servimos o afogado. Ambas as práticas viraram uma espécie de tradição.

A parte festiva do evento ocupava tímida área, vizinha ao Ginásio Municipal. Em 2002, resgatamos imenso espaço, que servia como "cemitério de carros" apreendidos, criando um polo de eventos ao lado do Centro Municipal Integrado (CMI), no Mogilar. Oferecemos o novo espaço à Associação Pró-Divino. No segundo mandato como prefeito, instalamos sanitários e completamos com a Avenida Cívica, abrindo vagas para estacionamento. Foi o nosso jeito de colaborar com o desenvolvimento da Festa.

Ostento a Bandeira do Divino com todo orgulho que ela inspira e toda humildade que ela representa. Cresci com o budismo que ajudou a moldar minha alma. Sou cristão católico e, no cotidiano, aprendo muito com evangélicos, espíritas e seguidores de outros credos. Assim, ganho mais força para lutar pelo respeito à diversidade em todos os sentidos.

A Festa do Divino renova a fé, inspira a solidariedade e resgata valores éticos adormecidos. É uma energia que está nas procissões, na nobre missão das rezadeiras, na Entrada dos Palmitos, em cada bandeira, nos doces das "abelhinhas" e demais quitutes que se transformam em benefícios para os carentes. Basta ter fé e rogar ao Divino que derrame seus dons sobre nossa Cidade, nosso Brasil e nossa gente. Na complicada atualidade, mais do que nunca! Amém!

Junji Abe é líder rural, foi deputado federal pelo PSD-SP (fev/2011-jan/2015) e prefeito de Mogi das Cruzes (2001-2008)

Recursos Humanos cria projeto para o Dia das Mães




 
Em comemoração ao Dia das Mães o departamento de Recursos Humanos criou um projeto para as mães do Sistema Único de Saúde, SUS, cuja finalidade é homenagear essa data tão importante na vida das mulheres.

O projeto tratava de presentear a mãe cujo filho nascesse no dia 8 de maio, assim a puérpera ganharia uma cesta repleta de utensílios maternos. Aúnica criança que nasceu mais perto foi no dia 07 de maio, às 22h54 e a contemplada foi a mamãe Ana Elviria Ciane de Jesus, que ficou surpresa com a cesta e enalteceu não possuir vários itens contidos na cesta. Ela, deu à luz a pequena Maria Alice Ciane de Jesus, que nasceu com 3.545 quilos e 49 centímetros.

De acordo com a psicóloga responsável pelo setor, Jihan Said, a ideia foi evidenciar o valor materno. "Ser mãe já é um presente divino e foi pensando nisso que desenvolvi esse projeto, assim também reverenciamos todas as mamães da Santa Casa, visto que não podemos presentear todas elas", afirmou Jihan.

O projeto teve o auxílio da Assistente Social, Larrisa Landulfo, do provedor, José Devanir Rodrigues, o Garça, e as doações dos produtos foram feitas pelos comerciantes de Jales.

Adenomiose: um dos perigos na gravidez tardia

 
Mulheres que têm filhos mais tarde, correm mais riscos de ter adenomiose, doença que afeta mais de 20% das mulheres e pode aumentar os riscos dos abortos espontâneos e até causar infertilidade. Maior tempo de exposição aos hormônios femininos explica porque esta doença atinge majoritariamente as mulheres que têm por volta de 40 anos de idade...

O útero das mulheres pode ser dividido em duas partes: o endométrio e o miométrio. Enquanto o endométrio é a parte do órgão em que o futuro embrião vai crescer, o miométrio é formado apenas por músculos e é o responsável por realizar as importantes contrações durante o trabalho de parto. Quando pedaços de endométrio, que deveriam ir embora do corpo com a menstruação, aparecem no miométrio provocando sangramentos dentro da camada muscular do músculo, se dá a doença conhecida como adenomiose.

As cólicas menstruais são resultados das intensas contrações do miométrio, que têm como objetivo expulsar do endométrio o material não utilizado mensalmente quando a mulher não engravida, através da menstruação. Caso a mulher apresente cólica intensa, grande fluxo e sangramento fora do período menstrual juntamente com dor durante o sexo, ela pode ter adenomiose. Segundo o médico especialista, professor da Faculdade de Medicina da UFRGS e diretor da Clínica Insemine, João Sabino da Cunha Filho, o mais indicado é que a mulher que apresenta algum desconforto como os citados acima, busque o auxílio de um médico para fazer os devidos exames de investigação. "Caso a mulher apresente dois ou mais dos sintomas, é aconselhado que ela busque um médico que indique os exames devidos e, caso se conclua que ela de fato possui adenomiose, faça o tratamento necessário", diz Sabino.

A adenomiose está relacionada a um maior risco de infertilidade pois sabe-se que as mulheres que apresentam esta doença têm mais riscos de abortar ou de ter o bebê prematuramente. Segundo o médico Sabino, a doença, através de contrações involuntárias e severas, pode acabar provocando abortos e a chance disto acontecer em pacientes com adenomiose existe do princípio ao fim da gravidez. "As mulheres com adenomiose podem perder o bebê logo nas primeiras semanas ou pouco antes do parto. Dependendo do nível de intensidade das contrações, muitas nem chegam a ter o feto desenvolvido pois ele não consegue fixar-se às paredes do útero sem que as fortes contrações o expulsem", conclui o médico.

O único tratamento 100% eficaz para a adenomiose é a retirada cirúrgica do útero, mas esta é uma opção tão radical que não tem muitas adeptas entre as mulheres portadoras da doença. Segundo o médico João Sabino, elas geralmente optam pela utilização de anti-inflamatórios para controlar as cólicas e pílulas anticoncepcionais para controlar a liberação de hormônios. "A maior parte das pacientes têm os sintomas da adenomiose aliviados a partir do controle com medicação. Mas muitas mulheres, principalmente aquelas que já têm filhos e não querem mais engravidar, optam também pela utilização do DIU ou pelo uso contínuo de anticoncepcionais, assim elas não menstruam e se veem livres das dores, muitas vezes severas, derivadas da doença", fala Sabino, que também comenta que, com a chegada da menopausa, a mulher também se vê livre da doença.

O importante é que a mulher procure um médico logo que detectar os primeiros sintomas, afinal, quanto mais cedo lhe for dado o diagnóstico pelo especialista, mais rápido será iniciado o tratamento e ela terá o desconforto dos sintomas aliviados

Dupla Rio Negro & Solimões faz show em prol da Santa Casa

 
Na segunda-feira, 9 de maio, o Centro de Estudos da Santa Casa de Jales recebeu os profissionais da imprensa para um café da manhã. O intuito do encontro foi agradecer pelo apoio e desempenho dos comunicadores em colaborar na divulgação dos eventos do hospital.

O provedor José Devanir Rodrigues (Garça), enalteceu o trabalho árduo da imprensa, esclareceu os resultados dos dois primeiros eventos do hospital, sendo o leilão e passeio ciclístico, e também anunciou o show da dupla Rio Negro e Solimões a ser realizado no dia 20 de outubro, no salão de eventos Villa Rocca.

"Será mais um evento de sucesso promovido pelo nosso hospital, a dupla é consolidada e possui grandes sucessos no cenário brasileiro. Evidencio que a imprensa é primordial para a transparência do nosso hospital, agradeço imensamente a colaboração de todos os profissionais".

O objetivo desta atração musical é arrecadar recursos para pagamento das despesas hospitalares e para isso a dupla está praticamente doando o cachê, cobrando um valor mínimo.

O mapa e os valores das mesas estarão disponíveis no dia 16 de maio, no setor de Captação de Recursos, com a Luciana Vicente e Cristiane Fachola, a partir das 8h, sendo divididos em mesa Diamante, Ouro, Prata e Bronze, variando de R$ 250,00 à R$ 500,00 por pessoa, lembrando que cada mesa disponibiliza dez lugares. Os valores poderão ser pagos em dez vezes no cartão de crédito ou cheque para setembro.

Delcídio do Amaral estará no Roda Viva nesta segunda-feira

 




No programa, que vai ao ar na TV Cultura, a partir das 22h, ele falará sobre a Operação Lava Jato, a crise política no País e as perspectivas do governo Michel Temer.

Delcídio do Amaral Gomez, como engenheiro-chefe, participou na década de 1980 da construção e montagem da usina hidrelétrica de Tucuruí, no Pará. Onze anos depois, comandou a Eletrosul. Em 1995, atuou como ministro de Minas e Energia no final do governo de Itamar Franco. Elegeu-se senador pelo PT em 2002. Ganhou projeção nacional ao presidir a CPI dos Correios, que apurou o Mensalão em 2005. Por indicação da presidente Dilma Rousseff, foi líder do governo no Senado e no Congresso Nacional, em 2015. Na última terça-feira (10/5), Delcídio teve o mandato cassado pelo plenário do Senado, por quebra de decoro parlamentar.

O programa, apresentado por Augusto Nunes, contará com uma bancada formada por Eliane Cantanhêde (colunista do jornal O Estado de S. Paulo); Vera Magalhães (editora-executiva e colunista da Revista Veja); Natuza Nery (editora da coluna Painel do jornal Folha de S. Paulo); André Guilherme Vieira (repórter do jornal Valor Econômico); e Flávio Freire (coordenador nacional e de política da sucursal do jornal O Globo, em São Paulo). O Roda Viva terá ainda a participação fixa do cartunista Paulo Caruso.

Tom Zé e João Ormond fazem o som do Sr. Brasil


Para abrir a edição do Sr. Brasil do próximo domingo, 15 de maio, Rolando Boldrin foi buscar inspiração no poeta Vinicius de Moraes. O apresentador declama Balada Negra e, em seguida, recebe os músicos Tom Zé e João Ormond. O programa da TV Cultura vai ao ar às 10h.

O artista mato-grossense João Ormond, violeiro, compositor e cantor, mostra algumas de suas composições e interpreta Saudade Faveira (Divino Arbués e João Ormond) e Lá No Sítio Ribanceira (Samuel Quintans e João Ormond). Acompanhando Ormond estão os músicos Rafael Cabello (acordeom), Cássio Soares (zabumba), Val Tavares (violão) e Fabio Porte (baixolão).

Outra atração é o cantor e compositor Tom Zé, que sobe ao palco da atração acompanhado pelos músicos Jarbas Mariz (violão e voz) e Daniel Maia (violão e voz). O multiartista canta músicas de sua autoria como Menina Jesus e Minha Carta, e também a composição de Rolando Boldrin A Moda Do Fim Do Mundo, entre outras.

Relacionamentos

*Flávio Carvalho

 
Quais são as atitudes que você espera de outro ser humano enquanto se relacionam? Pode ser um relacionamento amoroso, de amizade profissional, enfim, o que você espera do outro? É o mesmo que você pratica? O que os outros esperam de você?

Você já sorriu para alguém hoje? Qual foi seu último momento de inspiração? A inspiração muda tudo.

Qual a atmosfera reinante no seu lar? Reina a paz e a serenidade? Seu lar é isento de brigas, ofensas e mágoas?

Você está beijando na boca de sua esposa? Faz amor com ela constantemente?

E no trabalho? Sê dá bem com o chefe? E com os colegas de trabalho? Você gosta de fofocar? Você deseja a posição do outro?

As crianças te irritam? Você tem paciência com os idosos?

E no transito? Você é calmo? Paciente? Respeita as sinalizações?

Precisamos aprender a respirar e contar. Contar até dez, até mil... Precisamos aprender a buscar o ar quando estamos sufocados. Precisamos achar o equilíbrio, quando estamos estonteados de tanta raiva.

Precisamos compreender nossa pequenez. Nada somos, e nosso futuro é virar pó, apodrecermos sob sete palmos de terra.

Você está precisando ser perdoado por alguém? Então, você tem que pedir perdão. Precisa perdoar alguém? Perdoe, mesmo se ele não te pedir. Perdoe, e serás perdoado. Perdoar, nos deixa leve, produz uma imensa sensação de paz, harmonia.

Você já se perdoou? Ou ainda continua se maltratando? Está se punindo? Sendo corroído pela culpa, que nos devora aos poucos, de maneira implacável e dolorosa.

Está freqüentando a igreja, com intenção de redimir os pecados? Pratica a caridade com o intento de apaziguar a dor do remorso?

Qual o padrão dos seus pensamentos? Quer se vingar de alguém? Vingança é a maior indústria de veneno, e você beberá todinho, sozinho.

Qual a energia que você está recebendo das pessoas? È a mesma que está oferecendo.

Saia da sua zona de conforto. Se arrisque mais. Finja mais sorrisos. Cante mais. Se trate melhor. Vá tomar um sorvete. Vá andar de mãos dadas com a esposa na praça. Vá brincar de pique esconde com as crianças, aproveite para afastá-las um pouco do vídeo game, ou do celular.

Aprenda a contar piadas. E ria delas. Ria sozinho, mas ria muito mesmo. Vá assistir a um filme romântico, e chore nos momentos tristes e emocionantes. Mas chore mesmo, de soluçar, sem vergonha.

Aprenda a dizer obrigado, por favor, bom dia, boa noite. E abuse nos agradecimentos. Agradeça a tudo e a todos, a todo instante. Pare de pedir tudo à Deus, agradeça-O mais. Também não precisa pedir perdão, não para Ele, pois já está perdoado.

Se ame mais. Diga que se ama assim que acordar, e repita isso várias vezes ao dia. Diga para as pessoas que te cercam que você as ama.

Pare de pensar no passado. Vislumbre um futuro melhor, cheio de bons acontecimentos. Jogue na mega sena toda semana, vai que você ganha. E se ganhar, divida. Não precisa nem ganhar na mega sena para dividir. Senão tem dinheiro sobrando para doar, doe seu tempo, doe alegria, doe esperança, e jamais perca a sua.

Como disse o poeta: "Viver e não ter a vergonha de ser feliz". E se feliz você for, se estiver contente consigo mesmo, você com certeza dominará a difícil arte do relacionamento interpessoal.

*Flávio Rodrigo Masson Carvalho
equilibriumtc@hotmail.com


Editais de Proclamas

Rosimeire Ensides Tomazeli, Oficial Interina do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de Jales, Estado de São Paulo. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro.

JOSÉ AUGUSTO DE SOUZA CALABREZ e ELISANGELA DUTRA NUNES. ELE, natural de Palmeira D’Oeste, deste Estado, nascido aos 09 de fevereiro de 1.986, balconista, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de JOSÉ DE JESUS CALABREZ e de SUELY RODRIGUES DE SOUZA CALABREZ. ELA, natural de São Paulo, Capital-SP., nascida aos 24 de outubro de 1.987, vendedora, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de |JOSE NUNES e de IRACEMA NUNES DUTRA.

LEANDRO DANIEL DA SILVA e SOLANGE MUSSULINO SOLIGO. ELE, natural de Estrela D’Oeste, deste Estado, nascido aos 26 de janeiro de 1.989, promotor de vendas, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de JESUINO DA SILVA, e de VANDA PAULINO DA SILVA, ambos falecidos. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 18 de maio de 1.989, do lar, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de NORIVAL APARECIDO SOLIGO e de APARECIDA MUSSOLINO DOS SANTOS.

VAGNER AUGUSTO DIAS DA SILVA e NAIARA ALVES DE OLIVEIRA. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 07 de maio de 1.982, gesseiro, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de VALDECIR DIAS DA SILVA e de BERENICE DA SILVA. ELA, natural de Paranaíba, Estado de Mato Grosso do Sul, nascida aos 10 de julho de 1.993, do lar, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de ROSANGELA APARECIDA OLIVEIRA DOMINGOS.

WELINGTON HERBER e HINGRYD LETÍCIA DEL PINO. ELE, natural de Medianeira, Estado do Paraná, nascida aos 15 de junho de 1.989, engenheiro civil, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de ANTONIO ROBERTO HERBER, falecido e de ROSELI PEREZ HERBER. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 13 de maio de 1.990, arquiteta e urbanista, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de FRANSLEI ANTÔNIO DEL PINO e de ALESSANDRA CRISTINA CARBONE DEL PINO.

JORGE RICARDO BARBOSA E VANESSA DOS SANTOS MALDARINE. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 28 de abril de 1.983, engenheiro ambiental, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de OSVALDO PEREIRA BARBOSA e de FATIMA ALVES DE LIMA BARBOSA. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 25 de setembro de 1.986, enfermeira, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de PAULO JOSÉ MALDARINE e de EUNICE DE ALMEIDA SANTOS MALDARINE.

JOSÉ ROBERTO TOLEDO DA SILVA e ALEILA RICARDO FRANÇA. ELE, natural de Jales, deste Estado, aos 20 de abril de 1.979, motorista, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de JOÃO BATISTA OLIVEIRA DA SILVA e de VALDEZIRA ALVES TOLEDO DA SILVA, falecida. ELA, natural de São Francisco, deste Estado, nascida aos 10 de janeiro de 1.972, babá, divorciada, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de VANDELINO RIBEIRO FRANÇA e de MARIA FRANCISCA DA SILVA FRANÇA.

ROGÉRIO TEIXEIRA LAGOS e DANIELLE AZEVEDO DE SOUZA. ELE, natural de Ouro Preto do Oeste, Estado de Rondônia, nascido aos 09 de outubro de 1.986, engenheiro eletricista, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de JEREMIAS FRANCISCO LAGOS e de AIDAMAR TEIXEIRA DA SILVA. ELA, natural de São Gonçalo, Estado do Rio de Janeiro, nascida aos 12 de abril de 1.990, assistente social, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de CARLOS ALBERTO CUNHA DE SOUZA e de VERA LUCIA AZEVEDO DE SOUZA.

LUCAS ONAKA PEREIRA e MAYRA APARECIDA MARIA DOS SANTOS. ELE, natural de Urânia, deste Estado, nascido aos 30 de março de 1.998, auxiliar de mecânico, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de ILSON CARLOS PEREIRA e de MARCIA SUETSUKO ONAKA. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 20 de setembro de 1.995, secretária, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de JOSÉ RAFAEL DOS SANTOS FILHO e de JOSIANE DA SILVA MARIA.

PEDRO PODSCLAN NETO e PRICILA RODRIGUES RAMOS. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 06 de janeiro de 1.987, engenheiro de computação, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de ROSA MARIA PODSCLAN. ELA, natural de São Francisco, deste Estado, nascida aos 30 de novembro de 1.989, auxiliar administrativo, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de ANTONIO RAMOS NETO e de CLEUSA RODRIGUES RAMOS.

DEVANIR MARTINS DA SILVA e JULIANA LOPES DE PAULA. ELE, natural de Pontalinda, deste Estado, nascido aos 28 de maio de 1.970, dessossador, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de MANOEL MARTINS DA SILVA e de VALDOMIRA DE FRANÇA SILVA. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 10 de agosto de 1.987, operadora de caixa, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de ISMAEL ALVES DE PAULA e de EDNA FERREIRA LOPES.

IVANESIO CESAR DA SILVA SOUZA e JOSIANE NASCIMENTO LIMA. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 12 de julho de 1.993, motorista, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de ANTONIO AUGUSTO DE SOUZA e de LUANA ROBERTA DA SILVA SOUZA. ELA, natural de Cardoso, deste Estado, nascida aos 08 de fevereiro de 1.989, do lar, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de JOSÉ CARLOS DE LIMA e de VALDINÉI AGUIRADO NASCIMENTO.

JUNIOR CEZAR SERENI e ROSANA CRISTINA BORGES. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 18 de agosto de 1.982, auxiliar de produção, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de ANTÔNIO SERENI e de MARIA HELENA SIQUEIRA SERENI. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 19 de abril de 1.980, secretária, divorciada, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de AILTON JOSÉ BORGES e de ANA FLORÊNCIO BORGES.

SE ALGUÉM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO OPONHA-O NA FORMA DA LEI. LAVRO OS PRESENTES PARA SEREM AFIXADOS NO REGISTRO CIVIL E PUBLICADOS NA FOLHA NOROESTE, NESTA CIDADE DE JALES.


Rosimeire Ensides Tomazeli – Oficial Interina

Safra da laranja é estimada em 245,74 milhões de caixas

A safra de laranja 2016/17 do principal parque citrícola do Brasil – que engloba 349 municípios de São Paulo e Minas Gerais – deverá ser de 245,74 milhões de caixas de 40,8 kg, segundo estimativa do Fundecitrus – Fundo de Defesa da Citricultura, anunciada nesta terça-feira (10).

A produção estimada é 18% menor do que a da safra 2015/16, na qual foram colhidas 300,65 milhões de caixas de laranja. A quebra se deve, principalmente às altas temperaturas na época da florada, que causaram a queda das flores e chumbinhos (frutinhos).

As variedades mais atingidas foram as tardias que terão um volume 20% menor do que na safra anterior. Do total, cerca de 9,59 milhões de caixas deverão ser colhidas no Triângulo Mineiro, principal região produtora de Minas Gerais. A produtividade média por árvore diminuiu em 19% na safra atual com a estimativa de 1,40 caixas/árvore, contra 1,73 caixas/árvore na safra passada.

O número médio de frutos por árvore em abril de 2016, sem considerar a queda que ocorrerá ao longo da safra, foi mensurado em 430 frutos por árvore, 14% menor em comparação com abril/2015, e a taxa média de queda estimada é de 15% até o final da safra.

A Pesquisa de Estimativa de Safra foi realizada de 28 de março a 28 de abril de 2016, por meio da derriça (colheita total) de 2.200 árvores distribuídas em todo parque citrícola, de acordo com idade, variedade e região. O trabalho é realizado pelo Fundecitrus em cooperação com a Markestrat, Unesp e FEA/RP-USP.
 
Parque citrícola encolhe 6%


O parque citrícola – maior região produtora de citros do Brasil, que engloba 349 municípios de São Paulo e Minas Gerais – encolheu 27,8 mil hectares no último ano, segundo o levantamento feito pelo Fundecitrus – Fundo de Defesa da Citricultura. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (10), juntamente com a estimativa da safra de laranja 2016/2017.

A área com pomares de laranja, incluindo todas as variedades, é de 416 mil hectares, 6% menor em comparação com 2015.

As variedades que somam 97% dos pomares totalizam 192 milhões, 3% menos que há um ano quando foi realizado o censo da citricultura. Dessas 175 milhões são produtivas, um aumento de 0,8 % em relação à última safra 2015/16. As árvores plantadas a partir de 2014 são consideradas improdutivas.

Mais de 90% do cinturão citrícola são formados por quatro variedades: Pera Rio, que lidera com 35% das árvores, seguida de Valência (29%), Hamlin (12%) e Natal (11%).

A maior perda de pomares por erradicação ou abandono ocorreu na região de Matão, que foi reduzida em 6.429 mil hectares (-18% do total). As reduções das demais regiões são: Limeira menos 5.107 hectares (-14% do total), Bebedouro com menos 4.820 hectares (-14 % do total), Porto Ferreira menos 4.677 hectares (-13% do total), e, Votuporanga menos 4.670 hectares (-13% do total).


Sebrae reinaugura o PAE e confirma Sala do Empreendedor em Jales




 
O PAE - Posto de Atendimento ao Empreendedor do Sebrae foi reinaugurado em Jales no dia 12 de maio, quinta-feira, tendo como principal objetivo prestar orientações para abertura de novas empresas e aprimoramento de micro e pequenos negócios. O posto volta a funcionar na sede da Associação Comercial e Industrial de Jales, através de parceria entre a associação, a Prefeitura, Sebrae, o Sincomércio e o Sindicato Rural.

O diretor técnico do Sebrae, Ivan Hussni disse durante a inauguração que "o PAE é uma forma de aproximar o empresário da instituição, apoiando os micro e pequenos empreendedores". Os trabalhos desenvolvidos em Jales, como afirmou, mostravam a necessidade de mais esse serviço para atender as empresas da região.

Isso mostra também a necessidade de se instalar em Jales uma Sala do Empreendedor, para ampliar ainda mais esse atendimento. Os entendimentos com a ACIJ e os outros parceiros estão indo bem e ele acredita que até o final do ano a mesma poderá ser inaugurada.

O presidente da ACIJ, Carlos Roberto Altimari, disse que a Sala do Empreendedor deverá funcionar em um espaço cedido pela associação que também poderá abrigar o Banco do Povo Paulista. É a melhor forma de reunir todos esses serviços no mesmo lugar, facilitando o fornecimento de informações e a prestação de serviços para os empreendedores, como afirmou. Esse espaço na ACIJ será o Poupa Tempo do empreendedor, disse Carlinhos.

O presidente do Sincomércio, Alexandre Rensi, lembrou que o PAE funcionou em Jales e prestava um excelente serviço para os empresários quando ele era presidente da ACIJ. Agora, ele acredita que o Sebrae poderá melhorar ainda mais esse trabalho, trazendo para Jales a Sala do Empreendedor.

O presidente do Sindicato Rural, José Candeo, que também é conselheiro estadual do Sebrae, falou da importância da participação do sindicato, como parceiro na vinda do PAE e de outros serviços para atender não apenas os empresários urbanos, mas também os produtores e empresários da área rural que precisam muito dessa assistência.

A inauguração do PAE contou com a presença de empresários e várias autoridades como o gerente regional do Sabrae de Votuporanga, Rafael Matos do Carmo, o prefeito Pedro Callado, o deputado estadual Itamar Borges, o presidente da Câmara, Nivaldo Batista de Oliveira, o Tiquinho, os vereadores Tiago Abra e Júnior Rodrigues e os prefeitos de Fernandópolis, Ana Bim, de Auriflama, Ivanilde Della Roveri Rodrigues e de Maridiano, Aristeu Baldin.

Palavras de Chico Xavier

 
Sem a cooperação do lar cristão, é quase impossível a escola cristã operar com eficiência necessária. Impossível relegar aos professores todos os problemas da formação espiritual de uma criança. A tarefa dos pais e das mães é uma tarefa grande demais para ser esquecida. Precisa de um reavivamento profundo no que se reporta à fé cristã, entre as paredes domésticas, para que a nossa civilização possa sobreviver.
 
Esta coluna tem o patrocínio e responsabilidade da
"Associação Espírita "Chico Xavier" de Jales.


FOLHAGERAL

A coisa


está mesmo feia para administração municipal de Jales. Falta dinheiro no caixa, as dívidas aumentam e a esperança seria a liberação dos esperados 50% de R$ 8 milhões. Não é só uma questão de crise que o país atravessa. A situação é histórica na Prefeitura.

Além dos


atrasos de pagamento dos fornecedores, prestadores de serviços e outros, a Prefeitura de Jales reserva espaço (dezembro/2015) na mídia imprensa, pede a emissão de nota fiscal não faz a publicação e nem dá satisfação, mesmo sendo lembrada. É lamentável o ponto em que chegou a administração municipal jalesense.

Nos bastidores


da política local, reina a dúvida entre os petistas se nesta altura dos acontecimentos será viável o lançamento de uma pré-candidatura ao executivo, visando o pleito de outubro. Para alguns companheiros, o ideal seria apenas lançar uma chapa de nomes fortes à vereança. Assim, o partido manteria o seu espaço no Legislativo.

O vereador


Claudir Aranda, que deve deixar a vida política no final do seu mandato, que saber do prefeito Pedro Callado sobre a possibilidade de venda da área do Estádio Municipal Dr. Roberto Valle Rollemberg. A população é favorável à venda daquele Jurassic Park, de acordo com levantamento realizado pela administração municipal.

No juízo


do vereador Aranda, o dinheiro de possível venda do estádio poderá ser investido num campo de futebol menor e melhor, e ainda beneficiar outras praças esportivas. Mas, acredite-se, meia dúzia de esportistas sistemáticos se colocam contrários à ideia. E a turma que faz média política se cala.

O Jalesense


Atlético Clube não estreia hoje (sábado, 14), na Taça Paulista, como foi anunciado, organizada pela Liga de Futebol Paulista, mas sim no dia 3 de junho, contra o Corinthians, lá na cidade de Presidente Prudente. Nos bastidores, as conversas dão conta que os vereadores podem questionar o prefeito Callado se a prefeitura está investindo no clube.

Jogar


em Presidente Prudente o clube terá dispêndio com transporte e alimentação e outras coisas mais. Se não for ofensivo perguntar: quem vai pagar as despesas, já que o patrocinador não está mais no clube?

Ao que


tudo indica, a pré-candidatura do vereador Nivaldo Batista de Oliveira (DEM), o Tiquinho, está para decolar. Alguns empresários jalesenses estiveram reunidos com o parlamentar para discutir um nome para vice na chapa e até colocaram em cima da mesa o nome de uma pessoa conhecidíssima no município.

Um desejo


justo é acalentado pelos amigos e companheiros de Francisco Valdo de Albuquerque, que estiveram juntos no Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais, do qual ele foi o idealizador. É ver o seu nome dado à sede do Sindicato ou ao prédio do Instituto Municipal de Previdência, que também foi construído durante a sua excelente gestão frente ao órgão. A homenagem será integralmente merecida.

O vereador


Nenê do Petshop quer saber o porquê da administração municipal em não contratar uma empresa especializada para executar a famosa operação "tapa buraco" para amenizar as falhas no asfalto das ruas da cidade, já que a administração alega falta de recursos para recape ou tapa buraco. Afirma que esta operação desperdiça material por que é realizada de forma inadequada. "Em pouco tempo, o material se deteriora e os buracos ressurgem".

Diz o vereador


Nenê que as técnicas adequadas para tapar buracos no pavimento asfáltico das vias urbanas permitem resultados melhores e mais duradouros, além do que as operações tapa buracos realizadas com equipamentos, técnicas e material adequados podem potencializar o aproveitamento dos parcos recursos financeiros disponíveis, corrigindo os problemas do asfalto pontualmente, evitando desta forma o recapeamento em trechos dos quarteirões onde o asfalto está em bom estado.

Na manhã


desta quinta-feira (12), o plenário do Senado Federal aprovou a abertura do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. A oposição precisava de 41 votos para a aprovação. Venceu folgada com o placar de 55 votos a favor e 22 votos contra. No mesmo dia, a presidente Dilma foi afastada por até 180 dias e o vice-presidente Michel Temer assumiu a presidência em exercício.

O processo


de impeachment vai prosseguir no Senado Federal, cumprindo etapas, até o julgamento final em plenário dentro do prazo de 180 dias. Para a aprovação final do impeachment, a oposição vai precisar de 54 votos. Isto poderá ser possível, pois a oposição já emplacou 55 votos na primeira votação da quinta-feira (12).

O futuro


de Dilma Rousseff (PT) está nas mãos de Michel Temer (PMDB). Se Michel Temer fizer um governo que ganhe a confiança do povo e dos senadores, não vai perder nenhum voto dos já conquistados no Senado. Se, no julgamento final, emplacar 55 votos novamente, fará Dilma dançar, dando um voto de lambuja, pois bastariam 54 votos.

Observadores


dizem que o impeachment poderá acontecer ou não no julgamento final. Mas acham mais provável que aconteça. Se, de fato, acontecer, Dilma Rousseff perderá o mandato e ainda ficará inelegível por 8 anos. No fim desses 8 anos, terá 76 anos de idade.

É triste


e constrangedor, mas um tanto cômico. Na quinta-feira (12), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi exonerado do cargo de Chefe do Gabinete Civil pela presidenta Dilma Rousseff, sem ter sequer assumido a função. Um efeito colateral do processo de impeachment. Lula é a grande estrela do PT. Mas hoje, aos 70 anos de idade, corre o risco de ir parar nas mãos do juiz Sérgio Moro, da Operação Lava Jato.

Comarca de Jales tem crescimento de pouco mais de mil eleitores em dois anos

Entre os anos de 2014 e 2016, a Comarca de Jales, composta por dez municípios, teve um crescimento em 1.118 eleitores, segundo dados divulgado pelo Cartório da 152ª Zona Eleitoral, nesta sexta-feira, 13 de maio.

Conforme o número oficial divulgado, o número é de 64.885 eleitores na Comarca. Nas 113 seções do município de Jales estão cadastrados 37.800 eleitores. Os municípios de Mesópolis, Santa Albertina e Santa Salete foram os que mais inscreveram eleitores (ver quadro|). O prazo para alistamento eleitoral e transferência terminou no dia 4 de maio.

Cada dia pior?

*José Renato Nalini

Quando se pensa que o fim do poço chegou e agora é só iniciar a escalada, chegam novas notícias terríveis. Desemprego se acelera no primeiro trimestre. Já não são mais dez milhões de desempregados. Agora já são 11,1 milhões de desempregados! E a tendência ainda é piorar mais este fatídico 2016. Não sei se as pessoas se dão conta do que isso significa. A taxa de desemprego é calculada apenas sobre aqueles que estão à procura de emprego. Na verdade, o número é muito maior. Acrescente-se a ele a legião daqueles que, desesperançados, já não procuram. Cansaram de estar em filas, de enviar currículo e não conseguiram emprego.

Multiplique-se esse número por eventuais dependentes dos desempregados. Muitos são pais de famílias. Têm mulher e filhos para sustentar. Têm de fazer face às despesas correntes: alimentação, moradia, transporte. Têm de pagar as chamadas "utilidades públicas": luz, água, gás, energia e elétrica. O que farão? Não há sinais claros de reversão da economia. Há um grande compasso de espera. Por isso, até o fim do primeiro semestre a taxa de desemprego crescerá a um ritmo bem forte. A leitura desse quadro merece toda a atenção por parte da sociedade. Não é uma questão político-partidária. É um tema social, que nos distancia do ideal da edificação de uma sociedade justa, fraterna e solidária.

O momento presente impõe uma reflexão madura e sensata. Cada qual deve se perguntar o que deve fazer para minorar as consequências daquilo que está sendo considerado o fenômeno do "cemitério de fábricas" e "velório de lojas".

Basta percorrer São Paulo e verificar o que está acontecendo com o dinamismo de nossa vida comercial, o esvaziamento de nossos shoppings, a redução do consumo daqueles que se acostumaram a um frugal lazer de fim de semana. O que podemos fazer para superar essa crise, para dar esperança ao desemprego e para ajudar o Brasil a ser reerguer e a mostrar que ele é muito maior do que essa nefasta crise? *José Renato Nalini, secretário da Educação do Estado de São Paulo
 

Mandato da Mesa Diretora terá duração de dois anos

Foi aprovado por unanimidade, em 2ª discussão e votação, o Projeto de Emenda que altera o Artigo 15 da Lei Orgânica do Município de Jales. De acordo com a emenda aprovada, a partir de 1° de janeiro de 2017, a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Jales eleita, terá uma mandato de dois anos não permitindo a reeleição de seus membros. Com isso acaba-se o mandato de um ano para a Mesa Diretora com direito à reeleição de seu presidente.

Na justificativa para apresentação do Projeto, de autoria dos vereadores Claudir Aranda da Silva, Gilberto Alexandre de Moraes, Luís Fernando Rosalino e Tiago Abra foi considerado que os mandatos de um ano da Mesa Diretora não contribuem para o bom funcionamento do Poder Legislativo, visto que os processos eleitorais, quando realizados em períodos muito curtos, são causadores de tensões, conflitos e desentendimentos que prejudicam os trabalhos da Edilidade, como também não colaboram com o bom andamento da administração municipal.

A eleição dos membros da Mesa Diretora a cada dois anos, segundo os parlamentares também vai ao encontro de mandatos adotados pela maioria das Câmaras Municipais de Vereadores, o que aponta que seja, de fato, a melhor medida a ser adotada também pelo Poder Legislativo de Jales.

Após a sanção e promulgação da Emenda, o Regimento Interno da Casa também deverá ser alterado, contemplando esta modificação.

Atitudes

Reginaldo Villazón

Estimativas populacionais do Ministério das Relações Exteriores revelam que 3,107 milhões de brasileiros residem fora do país. Há brasileiros vivendo por toda parte do mundo. Por região, os números são estes: América do Norte (1.368.000), Europa (866.000), América do Sul (562.000), Ásia (202.000), Oriente Médio (43.000), Oceania (33.000), África (25.000) e América Central (8.000). Os países com mais brasileiros são: Estados Unidos, Paraguai, Japão, Portugal, Espanha, Inglaterra e Alemanha.

Já o número de estrangeiros que moram no Brasil é menor, mas não é desprezível. Eles são avaliados em 1,0 um milhão, vindos de vários países. Normalmente, os brasileiros decidem ir morar fora do Brasil e os estrangeiros decidem vir morar no Brasil por motivos pessoais. Estabelecidos no país de destino, transmitem notícias a parentes e amigos por carta, cartão postal, telefone e internet. Hoje muitos gravam mensagens e vídeos com informações, dicas e opiniões, e postam na internet para acesso público.

Vários brasileiros postam essas mensagens e vídeos. Com títulos, assim: "saibam a verdade sobre a vida aqui neste país"; "o que não se deve fazer para se dar bem aqui neste país"; "porque os brasileiros são odiados aqui neste país"; "o que eu adoro neste país"; "o que eu odeio neste país". Por aí vão os conselhos e desabafos. Os autores apontam aspectos diversos e emitem opiniões pessoais. Não há unanimidade. Por isto, vale a penas assistir a eles com atenção para refletir sobre as diferenças de pessoas e países de forma instrutiva.

Este ano, o norte-americano Mark Manson – que morou 4 anos no Brasil e se casou com uma brasileira – divulgou na internet "Uma carta aberta ao Brasil", na qual foca a situação lamentável do nosso país. Ele diz que o problema está no brasileiro. Aponta que o brasileiro costuma não assumir responsabilidades, não ser altruísta com as pessoas fora da sua família, não reagir contra mentiras e falcatruas, não resistir ao consumismo por vaidade, não dar valor em ser útil e produtivo, não agir com solidariedade na sociedade.

Ele reconhece que o brasileiro está impregnado de uma cultura da qual deve se libertar. Que o brasileiro precisa ver as coisas de outro jeito, definir novos valores, utilizar melhor o tempo, priorizar uma sociedade forte e segura. Mas ele admite que também em países avançados, o cidadão mais civilizado tem problemas culturais a resolver. Na sua terra, o cidadão norte-americano precisa ser mais afetivo nas relações pessoais, ter menos paranóia com a segurança física, deixar de confundir conforto com felicidade.

De fato, a cultura de um povo gera atitudes boas e más. Isso afeta vida da sociedade e o desempenho de cada indivíduo. Quem busca ter sucesso, no Brasil e em qualquer outro país, deve se avaliar, refletir e se aprimorar. Em todos os países e lugares, existem indivíduos bem sucedidos e mal sucedidos. Atitudes pessoais desfavoráveis ao bem comum são nocivas ao sucesso. Todo indivíduo que gosta de aprender, cumpre bem suas obrigações e respeita os demais é propenso ao sucesso. Isto deve estar bem claro na mente de cada um.

NASF-2 Urânia finaliza mais um grupo de gestantes




 
O Núcleo de Apoio à Saúde da Família - NASF-2 de Urânia, junto à Secretaria Municipal de Saúde, UBS ESF I, ESF II e ESF III e a Prefeitura Municipal realizou no período de 6 de abril a 11 de maio, com encontros semanais às quartas-feiras, o Grupo de Gestante "Amar é cuidar", no Centro de Saúde II.

Para o evento, todas as gestantes do município foram convidadas a participar com o propósito de preparar as futuras mamães, conhecendo todo o processo gestacional e puerpério, aumentando a confiança e a estabilidade emocional durante este período de grandes mudanças na vida familiar, para que a chegada do bebê seja um momento de muita alegria e emoção.

No desenvolvimento do grupo, vários profissionais da saúde do município estiveram participando com temas sugestivos e esclarecedores da gestação, sendo abordados assuntos como: etapas da gestação e a importância do pré-natal; saúde bucal da mãe e do bebê ; tipos de parto; alimentação e medicação da mãe e do bebê; cuidados com o banho e umbigo; vacinas e exames; depressão pós-parto, auto-estima e a importância de brincar com os filhos; etapas do desenvolvimento, amamentação e cuidados com o recém-nascido.

No encerramento, o evento contou com a participação da pediatra Dra. Telma Tonet, de Urânia, para sanar as dúvidas sobre o bebê e dar orientações necessárias para o melhor desenvolvimento deste. Ainda neste, as gestantes foram presenteadas com um kit que foi preparado pela equipe do NASF e para confraternizar este momento tão especial, foi servido coffee break.

Pensando no bem-estar e no cuidado das gestantes do nosso município o NASF vem desenvolvendo este grupo, e a Terapeuta Ocupacional Naiara ressalta a importância da troca de experiência entre elas e os profissionais, incentivando a proximidade de pais e filhos e a importância do acompanhamento do Pré-Natal.

Cultura urbana urge ser transformada

Pessoas de bom senso, especialmente as que se inspiram em princípios cristãos, estão cada vez mais conscientes de que os desafios do mundo de hoje, especialmente os que emergem da realidade urbana, necessitam ser tratados com inteligência e responsabilidade. O mundo urbano, muito além do seu caos, por aglomerar pessoas e problemas, gera uma cultura que urge transformações.

Essa urgência advém, em primeiro lugar, do processo contínuo e acelerado de urbanização. A Organização das Nações Unidas, em um estudo publicado em 2013 sobre "Perspectivas da População Mundial", estimou a existência de 7,2 bilhões de pessoas no planeta, entre as quais mais da metade vive em grandes centros urbanos.

No Brasil, essa realidade tornou-se extremamente preocupante. Deixamos de ser um país essencialmente rural no fim da década de 60, quando a população urbana chegou a 56%. Apenas 40 anos depois, em 2010, o Censo do IBGE estimou 84% de nossa população concentradas em áreas urbanas, sobretudo metrópoles.

Estudos avançados sobre a realidade urbana se tornaram extremamente necessários, e as soluções se tornaram urgentes, devendo abranger muitas dimensões, tais como a demográfica, econômica, social, política, cultural, ecológica, psicológica e espiritual, ou seja, condições objetivas e subjetivas.

Uma análise imediata dessa questão evidencia dois problemas importantes: o grande desequilíbrio entre cidade e campo, e a imposição globalizada da cultura urbana. Essa cultura se globaliza rapidamente, impondo-se em todos os rincões do planeta.

Já não é estranho, por exemplo, encontrar indígenas, em aldeias, conectados a emissoras de rádio e de TV de grandes cidades; lavradores fazendo uso de tratores com GPS e piloto automático, bem como crianças de pouquíssima idade e pessoas de baixíssima renda utilizando sofisticados aparelhos eletrônicos.

Aparentemente, a globalização da cultura urbana, tida como modernizante, é inócua. No entanto, tornou-se um "cavalo de troia". Refiro-me à lenda grega do grande cavalo de madeira, oco por dentro, que os troianos receberam como presente, contendo em seu interior guerreiros inimigos.

Aparentemente, o mundo urbano é o espaço da liberdade onde tudo parece possível. Este espaço, porém, é preenchido pela ideologia consumista propiciada pelo fascínio do bem-estar material e emocional. O desejo totalmente liberado causado por este fascínio, propicia contraditoriamente, o desenvolvimento de atitudes antissociais.

Diante desse contexto, pessoas de bom senso, especialmente cristãos, assumem mais e mais o desafio de atuarem coletivamente, colocando em questão o modelo de sociedade em sua globalidade, evitando ações exclusivamente reformadoras da vida social, quando a dinâmica global da sociedade é desumanizante.

Sejamos, portanto, inteligentes e responsáveis! Que nossas ações setoriais e coletivas possam permear as mais variadas áreas da vida em sociedade, transformando especialmente os mecanismos mercantilistas da cultura, essencialmente urbana, em mecanismos de colaboração e preservação da vida em sua globalidade!