Páginas

sábado, 27 de fevereiro de 2016

Aluno da Unijales é aprovado em 1º lugar no mestrado da UFMS

 
O aluno do curso de História da Unijales, Tainan Martins foi aprovado em 1º lugar, na prova de seleção de Mestrado da UFMS- Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, campus de Três Lagoas-MS.

A prova foi realizada no dia 15 de fevereiro, com 27 candidatos, sendo 12, para a linha de pesquisa em que Tainan concorreu.

Tainan foi aprovado no programa de mestrado em Geografia, na linha de pesquisa Dinâmica Territoriais na Cidade e no Campo. O projeto é estudar a citricultura na microrregião de Jales, sob orientação do Professor Dr. Sedeval Nardoque.

"Cursar História na Unijales foi a melhor opção que poderia ter feito, após o término do ensino médio, ao ponto de vista que hoje não consigo imaginar minha vida sem o conhecimento que adquiri durante a minha graduação nessa Instituição. Com certeza, a minha aprovação na UFMS é, além do resultado de esforços pessoais e dedicação aos estudos, resultado da excelente formação que a Unijales me proporcionou. Por esta razão, só tenho que agradecer a Instituição e a todos os professores, que me acompanharam enquanto estudei História, a base de minha formação acadêmica", disse o mestrando Tainan Martins

O concluinte do curso de História, desde que chegou na Unijales, em 2013, já demonstrou ser um aluno de grande potencial. Procurou o diretor de Pós-graduação Pesquisa e Extensão, Silvio Luiz Lofego para ingressar no Programa de Iniciação Científica. Muito dedicado, ele aproveitou tudo o que o curso poderia oferecer.

"Tainan sabia que estava cursando um dos melhores cursos de História no Brasil. Foi um aluno dedicado, lia tudo que os professores indicavam, humilde, pode crescer e alcançar a maturidade necessária para realizar um feito histórico, ficar em 1º lugar no processo seletivo da UFMS. Graças ao Programa de Iniciação Científica da Unijales, na seleção do mestrado, alcançou a nota mais alta na avaliação curricular. Tenho muito orgulho em ver mais um aluno nosso brilhar após ser formado pelo curso de História e fico honrado em ter sido seu orientador, ao lado de todo o corpo docente da Instituição", afirmou, Silvio Luiz Lofego

Festa para a primeira dama Marinete


A vereadora e primeira-dama Marinete Munhoz Borges Saracuza, de Urânia, hoje, 27 de fevereiro, apaga mais uma velinha no calendário da vida. Feliz por ele e com ela o esposo prefeito Airton Saracuza, os filhos Junior e Juliana. Demais familiares e amigos vão lhe dar aquele abraço pela importante data. A Câmara Municipal de Urânia parabeniza a Vereadora por mais esta data natalícia.

Visitas ilustres ao prefeito Pedro Callado

 
 
 
O delegado seccional de policia Charles Wiston de Oliveira, de Jales, e o escrivão de policia Rui Ramos da Silva estiveram nesta quarta-feira, 24 de fevereiro, no gabinete do Poder Executivo em visita ao prefeito Pedro Callado. No encontro foram tratados assuntos referentes à segurança pública e outros de interesse comunitário. Charles parabenizou a gestão do prefeito e colocou-se a disposição para colaborar com a administração municipal. Callado agradeceu a manifestação de apoio recebida e enalteceu o trabalho que o delegado vem desenvolvendo em todos os municípios da área de abrangência da seccional de policia de Jales.
 
Francisco Melfi, Benedito Dias da Silva Filho, Daniel Garcia, Pedro Callado e Ailton de Lima
O advogado Daniel Garcia, ex-presidente da Câmara Municipal de Jales, autor de um projeto que ficou conhecido como "Sassá Mutema", foi recebido pelo prefeito Pedro Callado, em seu gabinete, na Prefeitura, na manhã de hoje, 24 de fevereiro.  Na oportunidade, conversaram sobre assuntos de interesse da comunidade e questões administrativas.
 


Projeto Guri tem 35 vagas abertas para o primeiro semestre de 2016 na região de Jal

O Projeto Guri, maior programa sociocultural do país, mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo e voltado para crianças e adolescentes, oferece 35 vagas para as aulas de canto coral, iniciação musical (este dedicado às crianças de 6 a 8 anos) e instrumentos musicais nas cidades de Nova Canaã Paulista e Santa Albertina.

Em Nova Canaã Paulista estão sendo oferecidas 21 vagas para os cursos de viola caipira e violão, com funcionamento nas segundas e quartas-feiras, das 14h30 às 17h30. Em Santa Albertina, o Polo Guri oferece 14 vagasta,bém para os cursos de viola caipira e violão, com funcionmaento nas terças e quintas-feiras, das 14h30 às 18h30

Interessados devem ter de 6 a 18 anos incompletos. Para efetuar a matrícula é necessário comparecer diretamente ao polo em que desejam estudar, acompanhados pelos pais ou responsável, portando: RG ou certidão de nascimento, comprovante de matrícula escolar e/ou declaração de frequência escolar referente ao semestre, comprovante de endereço e documento do pai ou responsável. Não é preciso ter conhecimento prévio de música, nem possuir instrumento ou realizar testes seletivos.

Novos alunos têm até 4 de março para efetuar a matrícula. As aulas começam de acordo com a data de inscrição de cada aluno. As vagas existentes podem tanto ser 100% preenchidas ao longo do período de matrícula, como novas vagas também podem surgir por conta da desistência de alunos. Confira diretamente com o polo se o curso interessado ainda tem vaga disponível.

Mais informações acessar www.projetoguri.org.br/polos-guri.

Restam poucas mesas para o show beneficente com Chitãozinho e Xororó em prol ao HC - Unidade de Jales

No dia 15 de junho, o Hospital de Câncer de Barretos - Unidade de Jales irá realizar um jantar show beneficente com a dupla sertaneja, Chitãozinho e Xororó.

O evento será realizado no salão de festas Villa Rocca, com direito a Jantar e bebidas (uísque com energético, cerveja, água e refrigerante) à vontade.

Quem tiver interesse em adquirir uma mesa e colaborar com o hospital que custa mensalmente R$3 milhões, basta entrar em contato com a Captação de Recursos, através do telefone (017) 3624-3910 com Camila ou pessoalmente no hospital, onde está disponível o mapa das mesas.

As vendas começaram em 15 de janeiro e já foram vendidas mais de 80% das mesas que custam a partir de R$ 3.000, dependendo da localização, com 10 lugares cada.



Patrocínio – De acordo com o Setor de Captação de Recursos, essa é uma ótima oportunidade para que as empresas possam patrocinar o evento e aliar sua marca a um hospital de reconhecimento nacional e internacional que atende todo o país. "Além de terem a marca divulgada, elas (as empresas) ainda vão ajudar o Hospital de Jales, que realiza 1.000 atendimentos diariamente", reforçou a gerente de captação de recursos, Adriana Mariano


Valor das mesas:
R$ 3.000,00 - área bronze

R$ 3.500,00 - área prata

R$ 4.500,00 - área ouro

Formas de pagamento:

* à vista

* cartão de crédito: entrada + 4x no cartão de crédito.

* cheque: parcelado até 15 de maio de 2016.






Relacionamento Humano

*Flávio Carvalho

Quais são as atitudes que você espera de outro ser humano enquanto se relacionam? Pode ser um relacionamento amoroso, de amizade profissional, enfim, o que você espera do outro? É o mesmo que você pratica? O que os outros esperam de você?

Você já sorriu para alguém hoje? Qual foi seu último momento de inspiração? A inspiração muda tudo.

Qual a atmosfera reinante no seu lar? Reina a paz e a serenidade? Seu lar é isento de brigas, ofensas e mágoas?

Você está beijando na boca de sua esposa? Faz amor com ela constantemente?

E no trabalho? Sê dá bem com o chefe? E com os colegas de trabalho? Você gosta de fofocar? Você deseja a posição do outro?

As crianças te irritam? Você tem paciência com os idosos?

E no transito? Você é calmo? Paciente? Respeita as sinalizações?

Precisamos aprender a respirar e contar. Contar até dez, até mil... Precisamos aprender a buscar o ar quando estamos sufocados. Precisamos achar o equilíbrio, quando estamos estonteados de tanta raiva.

Precisamos compreender nossa pequenez. Nada somos, e nosso futuro é virar pó, apodrecermos sob sete palmos de terra.

Você está precisando ser perdoado por alguém? Então, você tem que pedir perdão. Precisa perdoar alguém? Perdoe, mesmo se ele não te pedir. Perdoe, e serás perdoado. Perdoar, nos deixa leve, produz uma imensa sensação de paz, harmonia.

Você já se perdoou? Ou ainda continua se maltratando? Está se punindo? Sendo corroído pela culpa, que nos devora aos poucos, de maneira implacável e dolorosa.

Está freqüentando a igreja, com intenção de redimir os pecados? Pratica a caridade com o intento de apaziguar a dor do remorso?

Qual o padrão dos seus pensamentos? Quer se vingar de alguém? Vingança é a maior indústria de veneno, e você beberá todinho, sozinho.

Qual a energia que você está recebendo das pessoas? È a mesma que está oferecendo.

Saia da sua zona de conforto. Se arrisque mais. Finja mais sorrisos. Cante mais. Se trate melhor. Vá tomar um sorvete. Vá andar de mãos dadas com a esposa na praça. Vá brincar de pique esconde com as crianças, aproveite para afastá-las um pouco do vídeo game, ou do celular.

Aprenda a contar piadas. E ria delas. Ria sozinho, mas ria muito mesmo. Vá assistir a um filme romântico, e chore nos momentos tristes e emocionantes. Mas chore mesmo, de soluçar, sem vergonha.

Aprenda a dizer obrigado, por favor, bom dia, boa noite. E abuse nos agradecimentos. Agradeça a tudo e a todos, a todo instante. Pare de pedir tudo à Deus, agradeça-O mais. Também não precisa pedir perdão, não para Ele, pois já está perdoado.

Se ame mais. Diga que se ama assim que acordar, e repita isso várias vezes ao dia. Diga para as pessoas que te cercam que você as ama.

Pare de pensar no passado. Vislumbre um futuro melhor, cheio de bons acontecimentos. Jogue na mega sena toda semana, vai que você ganha. E se ganhar, divida. Não precisa nem ganhar na mega sena para dividir. Senão tem dinheiro sobrando para doar, doe seu tempo, doe alegria, doe esperança, e jamais perca a sua.

Como disse o poeta: "Viver e não ter a vergonha de ser feliz". E se feliz você for, se estiver contente consigo mesmo, você com certeza dominará a difícil arte do relacionamento interpessoal.


*Flávio Rodrigo Masson Carvalho

equilibriumtc@hotmail.com


MPF em Jales convoca 12 Prefeituras da região paradiminuir índices de infestação do mosquito Aedes aegypti

O Ministério Público Federal em Jales, irá se reunir na próxima segunda-feira, 29 de fevereiro, com representantes de 12 municípios da região para debater o aumento nos índices de infestação do mosquito Aedes aegypti. As cidades de Aspásia, Fernandópolis, Jales, Ouroeste, Palmeira D’Oeste, Populina, Rubinéia, Santa Fé do Sul, São Francisco, Três Fronteiras e Urânia apresentaram Índice de Infestação Predial (IIP) e Análise de Densidade Larvária (ADL) igual ou superior a 0,6, próximos às taxas limites aceitas pelo Ministério da Saúde. O município de Vitória Brasil, que registra estado de epidemia de dengue, também participará do encontro.

Os cidadãos que quiserem denunciar problemas nas ações contra o mosquito transmissor da doença, bem como dar sugestões para melhorar o trabalho das secretarias municipais de saúde nesta área podem enviar e-mail para PRSP-prm_Jales@mpf.mp.br até a próxima segunda-feira, 29 de fevereiro. As denúncias e recomendações também podem ser encaminhadas pessoalmente à Procuradoria da República em Jales, localizada na Rua 15, nº 2.236, no Centro.

Inquérito – No início do ano passado, o MPF instaurou inquérito civil para acompanhar as medidas de prevenção e combate ao Aedes aegypti adotadas pelos 40 municípios da Subseção Judiciária de Jales, bem como o tratamento dado aos pacientes com suspeita ou comprovação de dengue. O procedimento revelou diversas irregularidades nas ações contra o transmissor da doença, como vistorias virtuais nas residências (realizadas apenas em tese), inspeções inadequadas e deficientes e a falta de equipamentos de proteção individual (EPIs) para as equipes de nebulização.

Para sanar os problemas identificados, o MPF estabeleceu um prazo para que os municípios em situação mais grave intensificassem a fiscalização em imóveis públicos e particulares e adotassem providências efetivas para a eliminação de focos do Aedes aegypti, como a cobrança de multas aos reincidentes com criadouros do mosquito. Atendendo às recomendações do MPF, diversas cidades promoveram mutirões de limpeza, visitas domiciliares, entrega de panfletos educativos, palestras, mobilização da sociedade, dedetização e nebulização dos espaços, bem como contratação de funcionários para ampliar as ações de combate ao transmissor da dengue.

No fim do ano passado, o procurador da República José Rubens Plates, responsável pelo inquérito, já havia cobrado explicações das Prefeituras de Aspásia, Fernandópolis, Palmeira D’Oeste, Populina, Rubinéia e Três Fronteiras sobre as medidas tomadas para eliminar criadouros do Aedes aegypti. Além de casos de dengue confirmados, os seis municípios já estavam com o número de focos do mosquito no limite ou acima do tolerado pelo Ministério da Saúde, gerando risco de novos casos da doença, além de manifestações de Zika vírus ou febre Chikungunya.

Santa Casa de Jales busca apoio em Brasília

Anglo de Jales amplia o programa “O Líder em Mim” até o 9° ano

Daniel Zílio




 
Pensando no futuro, com uma visão otimizada e de excelência, o Anglo Jales, lançou no dia 19 de fevereiro o projeto "O Líder em Mim". Na presença da gestora Élida Maria Barison da Silva, da mantenedora, Maria Christina Fuster Soler Bernardo, das coordenadoras Ana Silvia Cavenagui Doho e Daisy Romagnolli de Moraes Andrade, de professoras e funcionários, os alunos do Anglo de Jales cantaram o Hino Nacional e o Hino de Jales, dando início ao lançamento oficial do projeto.

"O Líder em Mim" é um programa global que está implantado em mais de 1700 escolas, distribuídas em 36 países. No Brasil, o programa iniciou em 2013 e já foi implantado em mais de 120 escolas. Um programa desenvolvido pela Franklin Covey Co, nos Estados Unidos, baseado no livro "Os 7 hábitos de pessoas altamente eficazes" e adaptado à realidade brasileira pela Abril Educação, que tem a exclusividade desse programa no Brasil.

A Assessora Pedagógica do programa "O Líder em Mim", Laura Baggio, falou sobre os 7 hábitos, que criam uma linguagem comum quando os envolvidos começam a usar uma mesma linguagem. "Faz uma grande diferença quando todos entendem o que significa "fazer primeiro o mais importante", ou "procurar primeiro compreender, depois ser compreendido", ou "ser proativo", ou "comece com o objetivo em mente", ou "pense ganha ganha", ou "crie sinergia" e "afine o instrumento".

As escolas que adotam "O Líder em Mim" frequentemente descobrem que os alunos passam a usar essa linguagem na sala de aula, entre eles e com seus pais. Um exemplo disso é: Preciso fazer primeiro o mais importante, lavar as minhas mãos antes das refeições.

O programa é focado no ensino fundamental I e agora foi estendido ao fundamental II. No Anglo de Jales vai atender alunos do 1º ao 9º ano, professores e os gestores da escola. Trata-se de um programa com metodologia, material didático e treinamento para o aprendizado de liderança, valores e competências fundamentais para o sucesso na escola e na vida.

CRAS de Urânia promove palestra aos beneficiários dos programas sociais


O Centro de Referência da Assistência Social - Cras de Urânia, com o apoio da Prefeitura Municipal, realizou a primeira palestra do ano às famílias beneficiárias dos programas sociais desenvolvidos no município como Bolsa Família, Renda Cidadã e Ação Jovem, ministrada pela orientadora social Crislaine Calanca, e contou com a presença da coordenadora do CRAS, Caroline Custódio Andrade.

Para esclarecer a estas famílias as normas e condicionalidades do programa foi então realizada no dia 2 de fevereiro, às 19h30m, a palestra.

"O objetivo foi esclarecer e orientar todos os beneficiários presentes a importância do cumprimento das condicionalidades e os benefícios que os programas sociais podem trazer a família com vulnerabilidade social", disse a orientadora social Crislaine Calanca.

Um dos pontos esclarecido foi de que os beneficiários devem manter o Cadastro Único atualizado para evitar o cancelamento do Bolsa Família. "A transferência de informações gerou sucesso e gratificação nos esclarecimentos dos fatos expostos, onde os beneficiários encontram respostas para dúvidas subsequentes", esclareceu Calanca.

A orientadora social Crislaine Calanca enfatizou que "para as atividades que se iniciam, o foco e a meta continua sendo a população de baixa renda, com a direção das questões humanas conquistamos a bonificação de agregar valores fundamentais em um município cheio de esperança, perseverança e, contudo amor ao que nos dedicamos".

Bolsa Família - Em 2015, 507 famílias eram beneficiárias do Programa Bolsa Família em Urânia. De acordo com o Programa do Governo Federal, as famílias que tem renda mensal de até R$ 77,00 por pessoa são consideradas extremamente pobres podem receber o benefício. Já as famílias que possuem uma renda de até R$ 154,00 se encontram em situação de pobreza e também podem se beneficiar do bolsa família.

Renda Cidadã - Concessão de benefício financeiro mensal temporário a famílias em situação de pobreza, prioritariamente com renda de até 1/4 do salário mínimo, até o limite de 1/2 salário mínimo nacional, visando complementação de renda e melhoria das condições de vida do público-alvo, por meio de ações complementares como serviços socioeducativos e atividades de geração de trabalho e renda e é desenvolvido pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social através dos Municípios.

Programa Ação Jovem - Programa de transferência de renda aos estudantes de 15 a 24 anos, com prioridade para aqueles com renda familiar de até um quarto do salário mínimo por pessoa com objetivo de estimular a conclusão da escolaridade básica. Possibilita os jovens beneficiários a continuarem o aprendizado para o desenvolvimento pessoal e a inserção no mercado do trabalho, além da preparação efetiva exercício da cidadania e é desenvolvido pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social através dos Municípios.

Reflexões: O sentimento em moviment

Adelvair David -www.addavid.blogspot.com

 
"Não se turbe o vosso coração", asseverou Jesus.
 
O grande desafio humano é lidar com os próprios sentimentos. É compreender o que sente e como direciona as atitudes de maneira equilibrada e de tal forma que possa produzir efeitos benéficos para a sua vida.

O sentimento é a plataforma sobre a qual se encontra apoiada toda a vida do espírito humano. Cada movimento que o homem faz em sua existência, no que diz respeito à manifestação dos seus sentimentos, abala-lhe profundamente. Não existem sentimentos maiores ou menores, eles fazem parte das conquistas humanas ao longo das eternidades que já se passaram. O homem está como se fez, como se edificou, Deus lhe concedeu a razão e o livre arbítrio a fim de que pudesse fazer sua caminhada com suas próprias escolhas, para que adquirisse experiência e evoluísse com os seus esforços. É escolha de um adiantar-se, melhorar-se ou estacionar, dessa postura dependerá sempre a sua felicidade ou o seu sofrimento.

Quando não há melhoria emocional, quando não se dá a devida atenção ao aperfeiçoamento dos sentimentos, a criatura humana fica sujeita a efeitos danosos em sua vida. Sentimentos em desalinho projetam ações desastrosas, atitudes negativas conduzem a experiências imprevisíveis na caminhada. Cada dia é uma oportunidade única para o crescimento emocional. Em tudo o que vive encontra o homem ensejo de participar ativamente do seu crescimento, basta que demonstre interesse. É preciso gastar tempo a estudar-se, a verificar com que sentimento se está enfrentando a vida. Identificando desarmonias ou brutalidade, deve ele tomar providências para treinar a tolerância, a paciência, a doçura, a abnegação, a caridade e o perdão. Deve também interessar-se pelo trabalho, pela arte, pela cultura positiva de uma forma geral, para que os seus sentimentos possam sofrer polimento e modificação, somente assim se perceberá melhor depois de algum tempo.

A vida se movimenta a todo instante, e os sentimentos também.

O AMOR É O SENTIMENTO EM MOVIMENTO.

Atletas da região conquistam três medalhas na 14ª Copa Brasil de Karatê em Pouso Alegre/MG


Entre os dias 19 a 21 de fevereiro, quatro alunos da Associação Resende de Karatê, acompanhados pelo professor de karatê Sensei Edson de Freitas Resende, participaram da 14ª edição da Copa Brasil de Karatê - Minas–Kan, realizada no Ginásio Poliesportivo Rosão, em Pouso Alegre (MG.).

A competição, que abre o calendário oficial de competições da Confederação Brasileira de Karatê (CBK), contou com a presença dos melhores karatecas do Brasil, incluindo diversos atletas da seleção brasileira. Sensei Edson uniu forças com outros professores formando a Equipe Brasil a qual disputou o título de campeã geral do evento.

"Essa é a primeira competição oficial da CBK no ano e sendo um dos maiores eventos nacionais da modalidade, a Copa Brasil de Karate torna-se uma ótima forma de medir o preparo de nossos atletas para iniciar seu ciclo de grandes competições durante o ano", observou Sensei Edson.

Sensei Edson levou para Pouso Alegre os alunos João Pedro Melo Hentz e Thiago Hashimoto, de Jales, Giovani Sartori Serra, de Urânia e Guilherme Ferreira dos Santos, de Santa Salete.

Das 3 medalhas conquistadas, uma de ouro conquistada por Giovani Sartori Serra (Urânia) na modalidade kumitê, 14-15 anos, divisão de novos e as outras duas foram de bronze, conquistadas por João Pedro (Jales), na modalidade katá, 16-17 anos, divisão especial e Guilherme Ferreira (Santa Salete)) na modalidade kumitê, sub-21, divisão especial.

Além de ter participado como técnico na competição Sensei Edson também participou como atleta nas disputas do katá e kumitê, categoria Sênior (18 a 39 anos), divisão especial.

"O nível técnico desta competição é muito alto, com atletas da Seleção Brasileira em todas as categorias e essas medalhas conquistadas vêm mostrar que nossos atletas têm capacidade de se destacar em qualquer competição em nível nacional, desde que se esforcem nos treinos", comenta Sensei Edson.

"As disputas foram todas em altíssimo nível e mesmo o atleta Thiago Hashimoto, apesar de não ter conquistado uma medalha, representou muito bem a nossa região, inclusive vencendo um de seus confrontos de kumitê por 8 a 0", complementa o professor.

Sensei Edson aproveita para agradecer à Prefeitura Municipal de Urânia que colaborou com as despesas de transportes até Pouso Alegre/MG. "Sempre procuro lembrar que o esporte amador no Brasil precisa de apoio, seja do poder público ou da iniciativa privada e nas cidades em que ministro treinamentos, o apoio que venho conseguindo das prefeituras, de alguns pais de alunos e mesmo de alguns empresários, tem sido fundamental nas conquistas obtidas", destaca.

Sensei Edson já prepara também seus alunos e convida a todos a participarem da 3ª Copa Interestadual de Karatê que será realizada em Jales no dia 20 de março no Ginásio Municipal de Esportes Waldemar Lopes Ferraz.

Editais de Proclamas

Rosimeire Ensides Tomazeli, Oficial Interina do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de Jales, Estado de São Paulo. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro.

JOÃO RICARDO CERVANTES e HELEN CAROLINE DE GENOVA. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 23 de maio de 1.990, autônomo, solteiro, residente e domiciliado em Jales, deste Estado, filho de João Cervantes Clemente e de Izabel Aparecida Garcia Cervantes. ELA, natural de Fernandópolis, nascida aos 11 de fevereiro de 1.992, gerente comercial, solteira, residente e domiciliada em Fernandópolis, deste Estado, filha de Denilson Anuncio de Genova e de Celia Maria Rocha de Genova. Cópia recebida do Oficial de Registro Civil de Fernandópolis – SP, onde se processa à habilitação.

JOSÉ ROBERTO DUARTE DA SILVEIRA e VANDERLÉIA DA SILVA ALBA. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 30 de agosto de 1.972, motorista, divorciado, residente e domiciliado em Jales, deste Estado, filho de José Antonio da Silveira e de Laurinda Duarte da Silveira. ELA, natural de Estrela D’Oeste, deste Estado, nascida aos 15 de outubro de 1.975, comerciante, divorciada, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Jose Alba e de Pascoalina da Silva Alba.

ORLANDO GERALDO CARNEIRO e SONIA CRISTINA FELTRIN. ELE, natural de Cosmorama, deste Estado, nascido aos 14 de junho de 1.944, aposentado, divorciado, residente e domiciliado em Jales, deste Estado, filho de Geraldo Jeronimo Carneiro e de Mariana Maria Carneiro. ELA, natural de Formosa D’Oeste, Estado do Paraná, nascida aos 18 de outubro de 1.970, doméstica, divorciada, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Miguel Feltrin e de Neli Vieira Feltrin.

ROBERTO CÉSAR MUNIZ DE ABREU e LUCIA CARMELO DOS SANTOS. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 26 de outubro de 1.979, pedreiro, solteiro, residente e domiciliado em Jales, deste Estado, filho de Otacilio Muniz de Abreu e de Izaura Berleli. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 05 de aosto de 1.977, faxineira, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Jailton Elias dos Santos e de Joana Aparecida Carmelo dos Santos.

JOSUEL PEREIRA DE ARAUJO e ELOISA XAVIER ARANDA. ELE, natural de Mundo Novo, Estado de Mato Grosso do Sul, nascido aos 31 de julho de 1.989, mecânico, solteiro, residente e domiciliado em Jales, deste Estado, filho de José Maria Mendes de Araujo e de Doraci Pereira de Araujo. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 21 de março de 1.978, viúva, auxiliar de serviços gerais, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Elena Maria Xavier.

DOUGLAS CRISTIANO MARTHA e JULIANA BATISTA SOARES. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 20 de novembro de 1.987, corretor de seguro, divorciado, residente e domiciliado em Jales, deste Estado, filho de João Armirio Martha e de Veronica da Silva Martha. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 10 de fevereiro de 1.989, solteira, advogada, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Miguel Paiva Soares e de Lindomaura Batista de Souza Soares.

BRUNO FRANCO RAMALHO e CLEÓPATRA ANDRADE BANDEIRA DE MORAES. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 03 de outubro de 1.983, funcionário público municipal, solteiro, residente e domiciliado em Jales, deste Estado, filho de Antônio Carlos Franco Ramalho e de Eliana de Almeida Franco Ramalho. ELA, natural de Recife, Estado de Pernambuco, nascida aos 20 de maio de 1.987, solteira, bancária, residente e domiciliada em Urânia, deste Estado, filha de Jurandir Bandeira de Moraes e de Ivaneide Andrade da Silva.

FERNANDO EDUARDO DE MATTOS MURAKAMI e HELOISA ERIKO OKUMURA. ELE, natural de Itu, deste Estado, nascido aos 20 de junho de 1.981, autônomo, divorciado, residente e domiciliado em Jales, deste Estado, filho de Kazuo Roberto Murakami e de Silvana Aparecida de Mattos Murakami. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 26 de junho de 1.973, solteira, do lar, residente e domiciliada em Jales, deste Estadofilha de Massar Okumura e de Hiroko Sujimoto Okumura.

IGOR LOPES DE SOUZA ALVES e NAIARA CRISTINA PEREIRA DOS SANTOS. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 30 de setembro de 1.992, pintor autônomo, solteiro, residente e domiciliado em Jales, deste Estado, filho de João Alves e de Osmarina Lopes de Souza Alvres. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 24 de outubro de 1.992, solteira, vendedora, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Claudomiro Pereira dos Santos e de Lucinéia Vieira dos Santos.

RODOLFO ANGELO VIEIRA FONSECA e CRISTIANE LETICIA DE SOUZA. ELE, natural de Americana, deste Estado, nascido aos 26 de setembro de 1.996, repositor, solteiro, residente e domiciliado em Jales, deste Estado, filho de José Angelo Fonseca e de Roselaine Cristina Vieira Fonseca. ELA, natural de Paranapuã, deste Estado, nascida aos 08 de julho de 1.999, solteira, operadora de telemarketing, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Jonas Antonio de Souza e de Quitéria Maria de Souza.

SE ALGUÉM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO OPONHA-O NA FORMA DA LEI. LAVRO OS PRESENTES PARA SEREM AFIXADOS NO REGISTRO CIVIL E PUBLICADOS NA FOLHA NOROESTE, NESTA CIDADE DE JALES.

Rosimeire Ensides Tomazeli – Oficial Interina


Cuba e as religiões

Dom Demétrio Valentini Bispo Emérito de Jales



Por esta, nem Fidel Castro, nem Frei Betto, poderiam sequer ter imaginado: ver Cuba como sede do histórico encontro entre o Papa Francisco e o Patriarca Kirill, da Igreja Ortodoxa Russa.

Frei Betto se notabilizou com o livro publicado por ele, décadas atrás, quando ainda eram muito tensas as relações entre o governo cubano e a Igreja Católica.

Com seu título chamativo – "Fidel e a Religião", o livro de Frei Betto se tornou um "Best-seller", e despertou enorme curiosidade. Mas sobretudo foi pavimentando o caminho para o desenho de outra imagem de Fidel Castro, e das surpreendentes coincidências entre as preocupações da revolução cubana e as motivações da religião.

A argúcia do entrevistador foi despertando as reações do famoso entrevistado. Mas Frei Betto soube muito bem colocar sua arte de escritor a serviço de uma causa na época muito arriscada: superar os preconceitos contra um personagem de inegável peso histórico, e ao mesmo tempo mostrar as possibilidades de interação positiva entre fé e política, entre Igreja e Estado, entre governo e religiões.

O surpreendente encontro em Cuba, entre o chefe da Igreja Católica, o Papa Francisco, e o chefe da Igreja Ortodoxa Russa, o Patriarca Kirill, de Moscou, vem consolidar o processo de abertura do regime cubano, e a progressiva aproximação dos outros países, que vão normalizando suas relações com este país latino americano que carrega uma inegável contribuição política, e conta com um personagem extraordinário, que ainda está vivo, e que desmente pessoalmente as reiteradas versões de que ele iria permanecer no comando do governo cubano até sua morte. Ao contrário, ele teve a coragem política de renunciar ao cargo de Comandante, deixando sólidas esperanças de que a sucessão política em Cuba encontre sua maneira adequada de acontecer e de se normalizar.

Quando João Paulo II realizou a primeira visita de um Papa a Cuba, ele lançou o desafio que parece ter captado bem o alcance da experiência cubana. Propôs que "Cuba se abra ao mundo, e o mundo se abra a Cuba". Para sugerir que a experiência cubana ainda precisava ser consolidada, e ao mesmo tempo precisava ser valorizada, num mundo que tem tanta necessidade de superar preconceitos que perturbam a convivência pacífica entre regimes políticos de diferentes visões de vida.

Em termos de relações entre países, o fato mais significativo foi, sem dúvida, o restabelecimento das relações diplomáticas entre os Estados Unidos e Cuba, já formalizado oficialmente.

Agora, para consolidar este novo relacionamento, o Presidente Barak Obama já anunciou que visitará Cuba dentre de poucas semanas.

Com 50 anos de embargo econômico, tramado pelos Estados Unidos, não é de estranhar que exista agora um longo e penoso caminho de vivência política e de abertura econômica, que exige tempo para ser implementado.

Mas o fato de Cuba ter sediado o surpreendente e inesperado encontro religioso, entre o Papa e o Patriarca russo, confere a este país um peso simbólico muito importante. Cuba pode se apresentar ao Presidente Obama como o anfitrião privilegiado para hospedar os interlocutores da convivência pacífica entre mundos diferentes, e o diálogo construtivo para a superação de preconceitos históricos.

Em meio ao horizonte sombrio que tolda as esperanças de uma paz verdadeira, existem sinais positivos, que precisam ser valorizados. Desta vez estes sinais foram protagonizados pela religião. Sob inegável patrocínio da experiência cubana.



Correios em Jales na expansão de venda de certificados digitais

Os Correios estão ampliando o número de agências credenciadas para a venda de certificados digitais em todo o País. O serviço, oferecido desde 2005, está disponível em mais de 450 unidades, número que deve chegar a mais de 500 até julho.

No interior do Estado de São Paulo o serviço já é oferecido nas Agências Centrais dos Correios das seguintes cidades: Americana, Araraquara, Araras, Barretos, Campinas, Catanduva, Bauru, Itu, Jundiaí, Mogi Mirim, Ourinhos, Presidente Prudente, Rio Claro, Ribeirão Preto (Agência Central e Agência Presidente Kennedy), São Carlos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba e Ubatuba.

No primeiro momento foram contempladas a cidade de São Paulo e municípios da região metropolitana. Em seguida, a ampliação se estenderá a cidades do interior paulista como Adamantina, Araçatuba, Auriflama, Bauru ( Agência Distrito Industrial), Campinas (Agência Barão de Geraldo), Caçapava, Cravinhos, Franca, Indaiatuba, Itápolis, Jacareí, Jales, Jau, José Bonifácio, Marilia, Piracicaba, São João da Boa Vista, São Sebastião, Sertãozinho e Taubaté. Posteriormente, outros estados também receberão incremento na oferta deste serviço.

A certificação digital é uma ferramenta que permite que aplicações como comércio eletrônico, assinatura de contratos, operações bancárias, iniciativas de governo eletrônico, entre outras, sejam realizadas. São transações feitas de forma virtual, ou seja, sem a presença física do interessado, mas que demanda identificação clara da pessoa que a está realizando pela intranet.

"A expansão integra a estratégia dos Correios em oferecer maior comodidade aos usuários, atendendo às necessidades atuais da sociedade, principalmente no segmento digital", explica o vice-presidente de Rede de Agências e Varejo, Ney Campello.

Atualmente, os certificados digitais são utilizados principalmente na internet para acesso à Receita Federal para obtenção de certidões on-line e declarações seguras, tais como imposto de renda de pessoa física; transações bancárias com alto nível de segurança; comércio eletrônico com maior segurança para o cliente e para o comerciante; correio eletrônico seguro, garantindo a identidade e integridade do conteúdo e assinaturas de documentos eletrônicos, cifrações de documentos eletrônicos, entre outras finalidades

Prefeitura de Urânia realiza mutirão contra a dengue em prédios, casas e faz limpeza em terrenos baldios







 
A Administração Municipal de Urânia, por determinação do prefeito Airton Saracuza está mobilizada contra o mosquito dengue visando combater possíveis focos e criadouros do Aedes Aegypti, do vírus zika e da febre chikungunya também nos prédios públicos municipais e em terrenos baldios de propriedades do município. A visitação às repartições públicas em busca de potenciais criadouros do mosquito e orientação aos funcionários a cuidarem da limpeza dos seus setores não para.

A equipe de agentes que estão trabalhando nessa frente de combate ao mosquito da dengue, vistoriou lajes expostas dos prédios, calhas, canos e qualquer parte do prédio passível de acúmulo de água, com o objetivo de descobrir possíveis criadouros.

O prefeito Saracuza disse que o combate ao mosquito da dengue continua forte e o trabalho está sendo realizado em várias frentes com o intuito de eliminação de possíveis focos de dengue e extinguir possíveis situações onde mosquito possa dar início a um novo criadouro.

"A limpeza pública está intensificada, não estamos medindo esforços para manter praças e locais públicos limpos. A nossa atuação também está atingindo terrenos baldios com mato alto que podem virar criadouros da dengue", explica o prefeito Saracuza.

Além disso, ao combater o mosquito com a nebulização, evita-se que ele prolifere e forme novos criadouros, uma vez que cada fêmea do Aedes Aegypti consegue produzir até 1.500 novos mosquitos.

Segundo Saracuza, a administração municipal está fazendo a parte dela em eliminar os possíveis focos do mosquito nos imóveis públicos porque a população uraniense também está colaborando por entender que em uma cidade limpa não existirá o mosquito da dengue. "Combater a dengue e manter a cidade limpa é uma questão de cidadania, por isso pedimos à população que continue colaborando e procurando eliminar os possíveis locais de criadouros do mosquito da dengue", lembrando ainda, que todos devem fazer sua parte contra o mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya "mantendo calhas limpas, guardar pneus em locais cobertos, colocar areia grossa nos pratos das plantas, cobrir tambores e caixas de água, manter garrafas emborcadas, manter o quintal sempre limpo, colocar água sanitária nos ralos, lavar bebedouros dos animais com frequência e eliminar recipientes que acumulem água e sirvam de criadouro para o Aedes aegypti".

Programa Melhor Caminho conclui as obras de recuperação da estrada rural na Barra Bonita



 
As obras de recuperação da estada estrada rural JAL- 414, que liga a vicinal Jarbas de Moraes ao Centro Nacional de Pesquisa e Viticultura Tropical da Embrapa, conhecida como estrada da Barra Bonita, foram .executadas e concluídas pela Companhia de Desenvolvimento Agrícola (Codasp) em convênio celebrado pela Prefeitura Municipal de Jales e o governo estadual em novembro de 2015, no valor de R$ 565.935,96. A contrapartida do município foi de R$ 90.023,26. O trecho recuperado tem 4,2 quilômetros de extensão.

O técnico operacional da Codasp, Antônio Carlos da Silva Lopes, e a engenheira responsável Daniele Assunção da Silva Berti estiveram com o prefeito Pedro Callado na semana passada para a entrega técnica oficial das obras, na qual foram realizadas adequação e conservação da área, com serviços de limpeza, quebra de barrancos, elevação do leito da estrada, estrutura de lombadas e terraço e a condução de águas pluviais para o interior das estruturas das propriedades lindeiras.

"O Programa Melhor Caminho é uma grande conquista para o município. Propiciará o escoamento da produção local, garantindo mobilidade, segurança e conforto aos produtores rurais, além de facilitar o acesso dos pesquisadores nacionais e internacionais à Estação Experimental", ressaltou Pedro Callado.

Segundo a engenheira Daniele, "o trabalho executado pela Codasp na estrada JAL- 414 e limítrofes objetivou garantir a boa trafegabilidade, além de melhorar a recuperação do solo agrícola, em todas as suas formas, contribuindo com o meio ambiente na minimização dos processos erosivos e os assoreamentos dos cursos d’água". A execução das obras também teve a participação do profissional Lázaro Henrique Vanzei Teixeira, técnico operacional da Codasp.

Os games em sala de aula

*José Renato Nalini

Estamos em plena era digital. A informatização conquistou todos os espaços e é irreversível o retorno à idade analógica. Há vantagens evidentes. A obtenção de dados é instantânea. Consegue-se transferir dinheiro de uma conta corrente para outra, fazer pagamentos, agendar consultas, fazer compras à distância, controlar o trânsito. E muita novidade mais virá logo, com as roupas "virtuais" já testadas.

E a educação? Ela ganha com esses avanços tecnológicos?

Na verdade, o conhecimento está disponível e hoje é comum que o professor seja questionado enquanto fala algo que o aluno conferiu no Google e não é exatamente como foi dito. Há também o excesso de informações, essa inflação que atordoa e que pode fazer com que a pouca atenção do alunado seja dispersa pelas infinitas requisições do mundo do whatsApp, do face, do twitter e de tantos outros aplicativos.

Outra questão que precisa ocupar a mente dos pedagogos é a do uso dos jogos, os "games" que começaram tão singelos e hoje são sofisticados e viciam crianças de todas as idades... Há muito adulto dependente dos últimos lançamentos. Presenciei essa verdadeira onda de escravos dos games e vi o quão intenso é o vínculo para quem se entrega à prática.

Os americanos estão sempre à frente e já concluíram que os games não prejudicam a visão. Ao contrário, há um claro aumento da acuidade visual entre os jovens jogadores. Alguns dos benefícios constatados pelos cientistas mostram que o jogo "call of duty", com cenas de batalhas da Segunda Guerra Mundial, tinham facilidade maior em responder questões sobre história. O "unreal tournament", jogo violento, evidenciou melhor de acuidade visual assim como a percepção de contraste. O "civilization", jogo de estratégia, auxiliou o alunado a ter um desempenho satisfatório em temas como economia, geopolítica e desenvolvimento das nações. Por sua vez, o "Betty’s Brain", ensinou os estudantes a compreender como raciocinar mediante utilização de princípios do método científico. Há um game conhecido por "Critter Corral" o qual, com a introdução de problemas aritméticos, estimulou a aptidão matemática de crianças entre 3 a 4 anos. Até para afastar risco de ambliopia, problema ocular que afeta a sensação de profundidade, utilizou-se do game "Medal of honor - pacific assault".

Os jogos não são inúteis para a educação. Mas também não podem substituir a transmissão de conteúdo. Se eles puderem atrair o aluno para a sala de aula e fazê-lo interessar pelas disciplinas obrigatórias, terá feito muito. Enfim, é um instrumento, a ser utilizado com cautela e prudência, de acordo com a avaliação do projeto pedagógico e da disposição do mestre, que é, na verdade, quem sabe o que é melhor para o seu alunado.

*José Renato Nalini, secretário da Educação do Estado de São Paulo

Câmara de Jales homenageia o bispo D. Reginaldo Andrietta, com Moção de Congratulações

por Jaqueline Zambon


 
Foi aprovada por unanimidade, na sessão ordinária de segunda-feira, 22 de fevereiro, a Moção de Congratulações nº01/2016, de autoria do vereador Gilberto Alexandre de Moraes a Dom José Reginaldo Andrietta, novo Bispo Diocesano de Jales.
A Moção manifestou votos de congratulações pela assunção ao cargo de Bispo da nossa Diocese, no dia 31 de janeiro de 2016, em missa celebrada na Catedral de Jales.
Clérigo com uma trajetória de vida marcante, Dom José Reginaldo Andrietta, foi ordenado padre em 1983, sendo, imediatamente, nomeado pela CNBB, como assessor nacional da Juventude Operária Católica (JOC), organização de jovens trabalhadores e trabalhadoras, com a qual já trabalhava em Americana e outras cidades. Exercendo essa função, residiu em São Paulo, onde está o secretariado nacional, trabalhando, diretamente, em várias regiões do país.
A partir de 1986, trabalhou como Vigário Paroquial em duas paróquias de Limeira (São Cristóvão e Santa Terezinha). Trabalhou também com a JOC na Argentina. Foi assessor continental dessa mesma organização, residindo no Equador.
Trabalhou novamente em Americana, nas Paróquias Nossa Senhora do Carmo e São Benedito, e no Seminário Propedêudico da Diocese. Em seguida, trabalhou com a JOC nos Estados Unidos.
De 2000 a 2006, foi assessor mundial da JOC Internacional, residindo na Bélgica, trabalhando, sobretudo, na África. Na Bélgica, onde ficou nove anos, trabalhou também em uma Unidade Pastoral de cinco paróquias, particularmente com uma Comunidade Multicultural.
Nos últimos anos trabalhou como vigário na Paróquia São Judas Tadeu em Americana - SP, até ser nomeado para o cargo de Bispo da Diocese de Jales, para suceder Dom Demétrio Valentini que cumpriu a missão por mais de trinta anos.
É com esta trajetória marcante que Dom José Reginaldo Andrieta assume seu novo ministério, renovando a fé e a esperança de milhares de católicos dessa Diocese, bem como do povo em geral, que sempre teve na pessoa do Bispo um referencial de orientação e apoio.

Palavras de Chico Xavier


Cremos que a caridade, em nossas áreas sociais, será sempre necessária, em suas demonstrações e vivências, porquanto, de um modo ou de outro, seremos sempre requisitados ao amparo mútuo, ainda mesmo quando tivermos resolvido o problema urgente da educação e da distribuição do trabalho, em nossa vida coletiva.
Esta coluna tem o patrocínio e responsabilidade da
"Associação Espírita "Chico Xavier" de Jales.


Vereadores questionam atual situação de caixas d’água e cochos de água nno recinto da Facip


Foi discutido, votado e aprovado por unanimidade pelos vereadores na sessão ordinária de segunda-feira (22), um requerimento ao prefeito Pedro Callado solicitando informações sobre os cuidados tomados para a eliminação dos criadouros de mosquito nos imóveis de sua responsabilidade, particularmente do Recinto de Exposições "Juvenal Geraldelli",

O documento de autoria dos vereadores Gilberto Alexandre de Moraes, Jesus Martins Batista, Luís Fernando Rosalino e Rivail Rodrigues Júnior considerou que são cada vez mais graves as ameaças de doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti, situação que exige um combate cada vez mais efetivo aos seus criadouros e que o mesmo se reproduz em água parada.

Nesse sentido os vereadores estão questionando o Executivo Municipal quais as providências tomadas para que sejam cobertas as caixas d’água, bem como os cochos de água da área de leilões, do Recinto de Exposições "Juvenal Geraldelli", que está sob responsabilidade da Prefeitura Municipal.

Caso ainda não tenham sido tomadas as devidas providências, a administração municipal deverá informar até quando isto ocorrerá. Requereram, ainda, informação sobre se a administração está fazendo o seu dever zelando rigorosamente e eliminando os criadouros do mosquito Aedes Aegypti nas dependências de sua responsabilidade.

Renovação de contrato da merenda escolar - Também foi tema de um requerimento de autoria dos vereadores Gilberto Alexandre de Moraes, Jesus Martins Batista, Luís Fernando Rosalino, Pérola Maria Fonseca Cardoso e Rivail Rodrigues Júnior discutido, votado e aprovado por unanimidade na sessão ordinária de segunda-feira, 22 de fevereiro.

Segundo os vereadores a solicitação de informações são sobre a renovação do contrato da merenda escolar "visto que constantemente surgem dúvidas quanto aos contratos firmados entre a Prefeitura Municipal e a empresa terceirizada que oferece os serviços".

Os signatários do requerimento querem saber quando venceu o último contrato com a empresa contratada para servir a merenda escolar, como foi renovado e qual o novo prazo de validade, além de informar de há interesse da municipalidade em uma nova licitação após o vencimento do prazo atual.

Os parlamentares querem saber ainda qual foi o reajuste ou aumento aplicado no valor dos diferentes cardápios oferecidos através do contrato da merenda escolar renovado.

FOLHAGERAL

da redação

A Comissão
de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), do Senado Federal, aprovou na última quarta-feira (24 de fevereiro) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 35/2015) que fixa em 10 anos o mandato para ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e os tornam inelegíveis a cargos eletivos pelo prazo de cinco anos após o término do mandato. Agora o texto segue para análises do Plenário do Senado.
A PEC 35/2015
foi apresentada pelo senador Lasier Martins (PDT-RS), para quem a vitaliciedade no cargo pode trazer "vários riscos à estabilidade institucional". A proposta também modifica o processo de escolha dos ministros. Em vez do Presidente da República escolher livremente alguém de sua preferência, ele terá de escolher um nome numa lista de três candidatos.
A Legislação
Brasileira sobre o exercício das atividades dos mototaxistas, através da Lei Federal 12.009/2009, não exclui a competência dos municípios de aplicar as exigências previstas em seus regulamentos para as atividades de moto-frete. Só que em Jales os mototaxistas continuam atuando à vontade, sem que o Poder Público envie um projeto à Câmara Municipal para adequar a atual lei municipal ou envie um projeto para discussão dos vereadores e aprovação de uma nova lei.
Quando
a prefeita Nice assumiu o cargo, o Executivo e o Legislativo deram inicio às conversações para regularizar o trabalho dos mototaxistas. Nada feito. Ficou no que está. Parece que foi apenas a tal média política, visando agradar os eleitores, sem responsabilidades legais.
Distribuição
de panfletos, colocação e recolhimento de caçambas pela cidade, atividade de mototaxistas. Sem regulamentos, sem fiscalização. Fora as exigências da Resolução n° 38 do Contran, que determina mudanças nos acessos a postos de venda de combustíveis, oficinas, estacionamentos e garagens coletivas. Nem pensar. A média política ganha longe.
Na sessão
ordinária de segunda-feira (22), os vereadores rejeitaram o veto integral do prefeito Callado ao projeto de lei do Legislativo que declarou de Utilidade Pública a CMM Escola de Aviação Civil, localizada no Aeroporto de Jales, aprovado por unanimidade em 7 de dezembro de 2015.
De acordo
com a mensagem enviada à Câmara pelo prefeito Callado vetando a lei, baseada em Parecer da Procuradoria Geral do Município, a CMM Escola de Aviação Civil não poderia ser considerada de utilidade pública porque é uma empresa que visa lucro aos seus proprietários. Além disso, diante da impossibilidade da Administração Municipal isentá-la de alguns tributos municipais pelo fato de ser uma empresa que só atende a pessoas com alto poder aquisitivo, não sendo de interesse social ou popular.
Para derrubar
o veto, os vereadores se basearam no parecer da assessoria jurídica da Casa, que destacou lei federal que autoriza tornar a Escola de utilidade pública. O assunto deve ser regido por lei municipal, mas que deve estar em harmonia com regras da lei federal. Se não houve consenso entre o Executivo e o Legislativo, tem alguma coisa a ser consertada.
Novo
relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC 106/15), que reduz o número de parlamentares no Congresso Nacional, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) adiantou ao Congresso em Foco que dará parecer favorável à mudança sugerida pelo senador Jorge Viana (PT-AC). O petista propõe a diminuição no número de senadores (de 81 para 54) e de deputados federais (de 513 para 385). Ou seja, os congressistas passam dos atuais 594 para 439. Um corte de 155 cadeiras, um naco de 26%, do Congresso Nacional.
A PEC 106/15,
apresentada em julho de 2015, chamou a atenção da sociedade nas últimas semanas, quando ganhou repercussão nas redes sociais com a proliferação de mensagens pelos meios eletrônicos Whatsapp e Facebook. As opiniões variam. Mas nada vai adiantar sem uma boa reforma política para forçar os congressistas a representarem melhor os eleitores.
A não liberação de
verbas e até casas populares pelo ministério das Cidades, segundo conversas de bastidores, fez os vereadores de Jales aprovarem a toque de caixa o Plano de Mobilidade Urbana (importantíssimo para o município), obrigatório aos municípios acima de 20 mil habitantes, conforme manda a Lei Federal 12.587, de 03 de janeiro de 2012, que institui as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana.
Os vereadores,
ante a rapidez de aprovar o projeto, não analisaram o assunto em profundidade e por isto receberam duras críticas. Aliás, nossos representantes municipais do povo estão sendo criticados mais duramente desde a rejeição do parecer do TCESP, que foi desfavorável à prestação de contas de 2012 do então prefeito Humberto Parini e seu vice Clóvis Viola. Nem todos votaram contra.
As previsões
recentes do Fundo Monetário Internacional (FMI) para o Brasil não são boas. Elas levam em consideração a falta de coesão dos políticos para tirar o país da crise e os tumultos causados pela apuração da corrupção. Os juros do cheque especial estão em 300% ao ano. Os juros dos cartões de crédito estão em mais de 400% ao ano. O país deverá continuar na crise em 2016 e 2017. Quem não sabe contornar crise, vai penar.
Prefeitos

e vereadores não criativos perdem tempo com assuntos partidários e ficam sem agir por falta de dinheiro. Vão ter que ficar assim por um bom tempo. Mas muitos brasileiros estão dando exemplos de superação das dificuldades. Tem gente progredindo na crise. Tem gente contribuindo de graça para a melhoria das cidades. Não vê, quem não quer ver.

Produtividade

Reginaldo Villazón

A produtividade é medida pela relação quantitativa entre a produção obtida e os fatores de produção utilizados. Ela expressa a eficiência dos fatores de produção. Por exemplo. Uma equipe de 10 costureiras confecciona 150 camisas por dia de trabalho. A relação entre a quantidade de camisas produzidas (150) e a quantidade de costureiras utilizadas (10) mostra a produtividade de "15 camisas por costureira por dia de trabalho". Treinamentos, pausas de descanso e mudanças técnicas podem melhorar a produtividade.

Percebemos que a produtividade é um conceito simples, porém de muito valor. Vamos imaginar um grupo de homens primitivos. Antes, transportando blocos de pedra com o uso de troncos de árvores. Depois, transportando blocos de pedra com o uso de rodas de madeira. A introdução das rodas reduziu a mão-de-obra e o tempo gasto. O novo sistema de transporte melhorou a produtividade. Apesar disso – hoje, muitas vezes –, a palavra produtividade nos causa um desconforto difícil de ser evitado.
Não é por acaso. Muitos de nós fomos vítimas ou expectadores do "assédio moral", o constrangimento imposto por chefes autoritários nos ambientes de trabalho, cobrando dos subordinados o alcance de metas absurdas em nome da produtividade. A televisão exibiu queixas de jovens operadores de telefonia, a serviço de grandes empresas, ameaçados pelos chefes em nome da produtividade. Infelizmente, o mau uso da produtividade tem sido tamanho que fez nascer a expressão: "A farsa da produtividade".

Há questões que precisam ser pensadas. Casos comuns. Pecuaristas que possuem vacas leiteiras de baixa produtividade, visando melhoria, fazem substituição por vacas leiteiras de média produtividade. Depois, substituem estas por vacas leiteiras de alta produtividade. Entram em dificuldades, mudam de atividade. O motivo é simples. Animais de alta produtividade consomem mais alimentos, exigem rações caras e muitos medicamentos. Casos semelhantes foram estudados em grandes lavouras, como milho e soja.

Na economia rural, a busca obstinada pela produtividade tornou os agropecuaristas reféns dos fornecedores de insumos e os consumidores dependentes de alimentos envenenados. Na economia urbana, ao longo do tempo, o aumento de produtividade pouco beneficiou os trabalhadores, tanto em redução de horas de trabalho como em aumento de salários. Pior, aumentou o desemprego. E dilatou a riqueza dos mais ricos. O discurso mal intencionado é bem conhecido: elogios à produtividade, delongas à distribuição de renda.

Os jovens, em especial, são alvos de tais discursos. Afirmam-lhes que, se não forem rápidos e produtivos, não serão competitivos não terão sucesso. Ninguém diz a eles que o país tem obras públicas e privadas mal projetadas, mal executadas. Documentos mal elaborados em tramitação sem sucesso nos expedientes públicos e privados. Desperdícios enormes no trânsito das cidades, por falhas públicas e privadas. Mas os artistas são bons exemplos. Eles treinam suas artes todos os dias, anos a fio até atingir o nível almejado e fazer sua estrela brilhar.

MPE em Jales requer arquivamento de procedimento contra Ricardo Junqueira

O Ministério Público Estadual em Jales requereu o arquivamento do Termo Circunstanciado para apurar a possível prática de infrações penais de ameaça e vias de fatos, atribuídas ao funcionário público municipal Ricardo Augusto Cunha Junqueira, contra o servidor municipal aposentado Lauro Gonçalves Leite Figueiredo.
O fato teria ocorrido no dia 18 de maio do ano passado defronte a Prefeitura de Jales quando, segundo Lauro Figueiredo declarou, Ricardo Junqueira teria desferido dois socos em suas costas e, após, lhe teria proferido alguns dizeres ameaçadores.
Várias testemunhas foram ouvidas pelo Ministério Público Estadual que concluiu que "as versões apresentadas denotam contradições quanto ao modo que teria agido o investigado, de forma que não se sabe ao certo se ele deu dois socos, ou uma gravata, ou ainda se apenas colocou a mão no pescoço de Lauro".
Uma das testemunhas disse que Ricardo Junqueira estaria com a mão no pescoço de Lauro; uma outra que não viu agressão mais viu Lauro ser tocado no ombro. Uma outra disse que Ricardo Junqueira teria dado uma gravata em Lauro Figueiredo.

Segundo Ministério Público, o fato é que a agressão realatada por Lauro Figueiredo - teria levado dois socos no pescoso - não foi confirmada por nenhuma das testemunhas que presenciaram o ocorrido "e isso impede a continuidade da persecução penal".

Diante esses fatos, o Ministério Público requereu o arquivamento do procedimento.