Páginas

sábado, 28 de novembro de 2015

Santa Casa comemorou 57 anos nesta sexta-feira

No dia 27 de novembro de 1958 o hospital São Paulo, tornou-se oficialmente a Santa Casa de Misericórdia de Jales, após uma reunião do Grêmio Literário e Recreativo, realizada pelos fundadores.

A história da instituição começou com a venda de uma casa onde funcionava uma "boate", exatamente no terreno onde se encontra a entidade. A proprietária vendeu o imóvel para o farmacêutico Guilherme Soncini, e ele transformou-o em hospital.

A instituição é referencia para 16 municípios com uma população de 120 mil pessoas. Possui 129 leitos, sendo 76 cadastrados exclusivamente no Sistema Único de Saúde – SUS, conta com mais de 60 médicos em 13 especialidades no corpo clínico. Sendo uma empresa que gera vários empregos na cidade, o hospital, para execução dos serviços conta possui 310 colaboradores.

A Santa Casa é uma entidade filantrópica que não possui fins lucrativos, dependendo exclusivamente de recursos federais, estaduais, e principalmente da ajuda da população nas campanhas, eventos e doações para manter-se em condições cada vez mais favoráveis de atendimento.

Para comemorar mais um ano de existência foram convidados no dia 27 de novembro, no Centro de Estudos, foram convidados colaboradores, imprensa, mesa administrativa do hospital, e autoridades para um café da manhã enfatizando as conquistas dos 57 anos de história.

O provedor, José Pedro Venturini, enalteceu durante a comemoração a constante ajuda da população com a Santa Casa, e destacou o apoio da imprensa, que é uma das parcerias mais importantes para o crescimento da instituição.

"Agradeço imensamente pelo trabalho desenvolvido por todos os veículos de comunicação de nossa cidade, tivemos essa colaboração sem custo algum durante todo o ano, toda semana temos matéria do hospital sendo divulgada, é motivo de muito orgulho contar com cada um de vocês, que mostram o trabalho sério e competente que a Santa Casa realiza. Enfatizo ainda a importante parceria da sociedade que está sempre disposta a colaborar com o nosso hospital". (por Caroline Guzzo)

Cartórios de São Paulo passam a emitir o CPF nas certidões de nascimento

Em uma iniciativa pioneira no País, os Cartórios de Registro Civil do Estado de São Paulo e a Receita Federal lançam na terça-feira , 1° de dezembro, o serviço de emissão de CPF para recém nascidos no Estado de São Paulo diretamente nas certidões de nascimento. O serviço será gratuito ao cidadão, que atualmente paga R$ 7,00 nos postos conveniados com a Receita Federal.

Através da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo (Arpen-SP), o projeto abrangerá todos os 836 Cartórios de Registro Civil do Estado de São Paulo, presentes em todos os municípios paulistas e também em pequenos Distritos e Subdistritos do Estado, e que realizam em média 60 mil nascimentos mês, sendo cerca de 20 mil diretamente em maternidades. Após São Paulo, o projeto será expandido para os Estados do Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Espírito Santo, Santa Catarina, Acre e Rondônia.

Além da comodidade e gratuidade do serviço, a emissão do CPF diretamente no ato de registro de nascimento atende a uma *demanda da população mais carente* que necessita deste número para que seus filhos tenham acesso aos benefícios sociais proporcionados pelo Poder Público. De acordo com a Receita Federal, de janeiro a outubro de 2015, foram emitidos quase 100 mil números de CPF para menores de um ano de idade no Estado de São Paulo.

A inscrição do recém nascido também permitirá aos pais incluírem imediatamente seus filhos em planos de saúde, que normalmente exigem o CPF, assim como para acesso aos medicamentos fornecidos pelo Governo, além da possibilidade de abertura de contas bancárias em nome da criança. O sistema também já está adaptado para permitir o cadastro da filiação independentemente do gênero que compõe a família.

O país foi saqueado, afirma Ives Gandra Martins na Associação Comercial de São Paulo

Considerado por alguns como o maior jurista vivo do Brasil, Ives Gandra Martins esteve na Associação Comercial de São Paulo, quarta-feira (25), para realizar uma palestra e ser homenageado por seus 80 anos de idade.

"Ele é um colaborador e um amigo de longa data, que vem prestando serviços não apenas a essa entidade, mas a todo o Brasil. Que sua saúde e cultura continuem a serviço do País", disse o presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), Alencar Burti, na abertura do encontro. Gandra, que se colocou como "um simples operador de direito, velho e esforçado", centrou sua palestra no que chamou de "aparelhamento monumental do Estado", resultado dos últimos 12 anos de PT.

O jurista classificou a chefe do executivo como "incompetente", diretamente responsável pelo momento de crise vivido pelo País e pelos atuais casos de corrupção divulgados na mídia, em especial os investigados na operação Lava Jato. "Não estou dizendo que ela é corrupta, mas sim incompetente. Não há administração de governo", afirmou o palestrante, reiterando diversas vezes que a omissão e inaptidão de Dilma são "mais por culpa do que dolo".

Durante toda a sua fala, Gandra fez fortes críticas ao governo petista e à presidente Dilma. Segundo ele, o PT teria posto em prática um projeto de poder por meio da corrupção, cujas consequências estariam sendo agora reveladas por ações da Polícia Federal. "O país foi literalmente saqueado", acusou.

Tudo isso, disse Gandra, instaurou no País uma crise de credibilidade, com origem política e consequência econômica. Além disso, avaliou que o ajuste econômico pretendido pelo ministro Joaquim Levy vai prejudicar o cidadão, uma vez que o dinheiro economizado se perderia na máquina estatal.

"As regras de mercado são as de um jogo de xadrez. E o governo pensou que eram as de um jogo de pôquer, que ele poderia blefar", comentou em referência às chamadas "pedaladas fiscais", disse.

"Sem a recuperação da credibilidade do País", ponderou, "a crise não acaba". E as únicas maneiras dessa recuperação acontecer, ainda no entendimento do jurista, é caso a presidente Dilma sofra o impeachment ou seja afastada pelo Tribunal Superior Eleitoral.

"Nenhum outro momento que vivemos no país foi tão preocupante quanto agora", disse ao concluir sua palestra. Aspectos jurídicos para as empresas em momentos de crise Após a análise política da crise feita por Gandra, foi a vez de três juristas convidados explicarem como esse momento de retração afeta o empreendedorismo brasileiro.

O prefeito Pedro Callado reuniu-se, na tarde de terça-feira. 24 de novembro, com supervisores, coordenadores e diretores da Secretaria Municipal de Educação, quando que fez um relato sobre as dificuldades financeiras que a administração enfrenta no momento e as medidas que estão sendo tomadas para a resolução dos problemas decorrentes.

Callado agradeceu o apoio que vem recebendo dos educadores que estão entendendo e ajudando o seu governo, neste momento difícil, em que medidas de austeridade estão sendo tomadas.

O prefeito explicou aos presentes que vai ter que fazer cortes na merenda, no transporte escolar e outros contratos e que, em razão disso, precisa continuar contando com a compreensão e o apoio de todos os servidores da secretaria da educação.

Alunos do Anglo de Jales recebem certificados do Proerd

Daniel Zilio



No último dia 25 de novembro, quarta-feira, os alunos do 5º ano do ensino fundamental, professora Elenice de Seixas Barnabé Cavano, receberam os certificados de conclusão do curso do Proerd- Programa Educacional de Resistência às Drogas.
O evento de formatura contou com a presença dos pais, alunos, professores, a coordenadora Daisy Romagnoli Andrade e a gestora Élida Maria Barison da Silva.
O Proerd é direcionado a alunos dos 5º anos das escolas públicas e particulares através da Polícia Militar, tendo como objetivo, transmitir uma mensagem de valorização à vida, além de mostrar a importância de manter-se longe das drogas e da violência.
Ainda na formatura do Proerd, os alunos do ensino fundamental do Anglo de Jales, cantaram e homenagearam os pais, professores e a professora do curso Proerd, a Policial Militar Rosangela Aparecida Teixeira.

Cras de Urânia realiza Tarde Cultural


O Centro de Referência da Assistência Social – Cras de Urânia, com o apoio da Prefeitura Municipal realizou uma tarde cultural com os grupos do SCFV (Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos) e PAIF ( Programa da Assistência Integrado da Família ), onde concretizamos mais um projeto dentro do nosso Município, com a participação da maioria das pessoas, aproximadamente 200 pessoas que estavam ao local.

A Equipe do Social, composta pelo Gestor Municipal (Luís Henrique Messias), Coordenadora (Caroline Custódio de Andrade), Gestora do Programa Bolsa Família (Andreia Fazzio), Assistentes Sociais (Sueli leite, Rosilene Bogaz Rodrigues de Oliveira), Psicóloga (Josiane Gimenez), Orientadora Social (Crislaine Calanca), Administrativos ( Sirlene Santos, Silvana Kamimura), Facilitadoras de Oficinas ( Madalena Fernandes, Marli Oliveira, Fátima Buzinaro, Roseli Barco) e podemos contar a presença cativa do Prefeito Municipal Francisco Airton Saracuza, juntamente com a Primeira Dama e vereadora Marinete Borges Munhoz Sacaruza, para abertura do evento.

O Cras tem como foco trazer cada dia em nossas rotinas vínculos firmados a questões sociais, humanas e culturais.

Nesta eventualidade que aconteceu no dia 19 de Novembro de 2015, às 13:00hm no próprio prédio do Cras, inserimos na programação participações especiais como Grupo Chisman (1ª Batista de Jales ) e Janaína Sicuto (Cantora e Compositora ).

Nossos trabalhos se iniciou com o Grupo da Melhor Idade ( Ginástica e Volêi) do Município com a Dança KZumba, coordenada pela Educadora Física Rúbia Perfeito, logo na sequencia a aluna do Programa Ação Jovem Ariane de Oliveira Neves, se apresenta cantando, podemos apreciar também a apresentação do Grupo Projeto Sonho Meu, com os alunos, orientados pelas profissionais Aiesca, Eliane, Rommy e Valdirene.

A tarde cultural teve como objetivo fortalecer vínculos familiares e comunitários por meio de ações de carácter preventivo , protetivo e proativo, além da melhoria da qualidade de vida dessas pessoas.

A Majestade de uma sutileza acontece simplesmente porque todos fazem parte de um vínculo onde o objetivo é ser, viver à vida que é nos concedidas a fração de segundos todo o instante por quem nos criou.

Assim agradecemos a gigantesca imensidão de todos os projetos realizados no ano de 2015 , para um novo começo de grandes desafios de 2016. (CRAS de Urânia)

Parece que o Mundo está morrendo de Câncer

por Flávio Carvalho



Na década de 70, um dos melhores oncologistas e cirurgião do mundo, Dr. Bernie Siegel disse: "Parece que o mundo está morrendo de câncer".

Mais de quarenta anos depois a situação parece a mesma, o câncer continua a dizimar as pessoas de maneira assustadora. Mesmo com todo o avanço da ciência, da medicina não conseguimos vencer este mal.

Cada vez mais é maior o número de jovens e crianças que são vítimas desta doença, que antes parecia somente atingir os mais velhos, triste engano, este mal pode se abater sobre qualquer um, a qualquer hora.

Toda família têm pelo menos um caso. Todos nós temos amigos ou vizinhos que estão sofrendo com esta praga. Vocês já se pensaram sobre isso? Pois toda situação, boa ou ruim, quer nos dizer alguma coisa, ou que alguma coisa está muito errado e, precisa ser mudada. Como enfrentar este mal? Como reagir perante este mal? Seria possível evita-lo? Como vence-lo? Se a medicina está perdendo esta guerra? Devemos simplesmente aceitar este mal como um castigo? Pois muitos assim acreditam e defendem. O que fazer?

Acredito que o mundo está muito doente, a sociedade está contaminada, está sofrendo de um mal que ela mesmo criou. Estamos muito infelizes, realmente está faltando amor entre as pessoas. Amor entre os amantes, entre os pais e filhos, entre toda a família, entre os empregados e patrões, entre os homens e os animais, entre os religiosos, entre os vizinhos...enfim, esta faltando amor. Acredito que o câncer está nos querendo dizer exatamente isto. Falta perdão.

Estamos sempre preocupados com a situação financeira, estamos sempre querendo enriquecer materialmente, estamos sempre preocupados com as contas, com as dívidas, que devemos sempre salda-las, mas o correto seria não faze-las.

Desde criança aprendemos que sem dinheiro não somos ninguém, que sem carro o homem está pelado, que quem casa quer casa, que o dinheiro compra a felicidade, etc, etc. Está tudo errado, não é bem assim. Não podemos ser demagogos dizendo que o dinheiro não é importante. Na sociedade de hoje não se vive sem ele. Mas o que precisa ser mudado é a nossa relação com o dinheiro. Estamos cada vez mais dependentes, cada vez mais sendo dominados pelo dinheiro.

O mundo está tão louco, que se morre muito mais por excesso de comida, pela obesidade, do que pela falta da mesma. O mundo está se alimentando mal, estamos cada vez mais gostando de alimentos de péssima qualidade nutricional. Por incrível que parece o pobre acaba se alimentando muito melhor, pois não tem dinheiro para gastar com besteira e, acaba se alimentando melhor. E a ciência comprovou que quanto menos comemos mais vivemos. Realmente estamos morrendo pela boca!

Seria o câncer uma ira de Deus? Será que a resposta está nas religiões? Não acredito. O que está faltando é uma religiosidade, o que é bem diferente de religião. Não existe uma religião melhor do que a outra. Existe um Deus que nos ama e nos quer ver feliz, e para que isto se realize, e para que possamos vencer não só o câncer, mas todos os males, precisamos nos amar uns aos outros urgentemente.

Dizime o câncer que está alojado em seu coração, passe a amar e perdoar, e depois ensine os outros a fazerem o mesmo. Esta é a cura!


*Flávio Rodrigo Masson Carvalho
equilibriumtc@hotmail.com

Urânia realiza Campanha de Prevenção ao Câncer de Próstata com exames realizados no próprio município





O mês de novembro ficou marcado no município de Urânia pelas ações realizadas em prol a Saúde do Homem. A Prefeitura e a Secretaria Municipal de Saúde de Urânia junto as equipes de saúde e o NASF-2 Núcleo de Apoio a Saúde da Família, realizaram ações preventivas em combate ao Câncer de Próstata, este que pode acometer homens acima de 45 anos, lembrando que esta é uma doença que atinge um percentual muito alto da população masculina e que é necessário a prevenção anualmente para que a cura seja possível, sendo descoberta a doença.

Neste mês a administração municipal contratou um médico especialista em Urologia para atender no Centro de Saúde II, referência para as 03 Unidades Básicas de Saúde do Município, realizando consultas e exames preventivos ao Câncer de Próstata, como o Toque Retal, solicitação de exames de sangue e Urina para complemento do diagnóstico, além do empenho desse profissional, inicialmente antes do atendimento, reunir com o grupo de pacientes e equipe multidisciplinar da saúde numa palestra de orientações e cuidados quanto a prevenção dessa terrível doença que acometem os homens, muitas vezes por descuido e mesmo pelo preconceito de submeter-se ao exame, procurando o médico muitas vezes em estado avançado da doença o que dificulta o tratamento e a cura.

As equipes de enfermagem e do NASF estiveram acolhendo os pacientes, prestando orientações sobre a Campanha "Novembro Azul", por meio de palestras e vídeos informativos e esclarecendo dúvidas sobre a doença.

Complementando o trabalho preventivo aos homens e mulheres do município, o Centro de Saúde II esteve aberto em horário alternativo, nos dias 10, 11 e 12 deste mês, realizando Exames preventivos à Saúde da Mulher, como orientação e execução do autoexame das mamas e a coleta do Papanicolau e aos homens solicitação do exame de sangue preventivo ao câncer de próstata, o PSA, sendo realizado palestras educativas.

A Coordenação de Saúde, juntamente às equipes de saúde envolvidas nesta Campanha, após avaliação das ações preventivas realizadas durante o período, considerou ser de grande importância para a população masculina, uma vez que houve grande interesse dos homens na realização do exame, facilidade de realizar o mesmo, no próprio município, evitando deslocamento para outros centros, além de realizar o exame de próstata, sem filas de espera, com dia e hora agendado.

Concluindo, acreditamos que ações preventivas desse nível, necessitam de serem incrementadas todo ano, porque além de termos ainda uma grande resistência por parte dos homens na realização do exame, observamos boa adesão dessa população na Campanha Novembro Azul. (NASF de Urânia).

Delegados de Polícia de Jales e região conhecem Hospital de Câncer de Barretos - Unidade III de Jales



Na segunda-feira, 23 de novembro, os delegados da Polícia Civil de Jales, Palmeira d´Oeste e Santa Fé do Sul foram recepcionados pela Gerente de Captação de Recursos do Hospital de Câncer de Barretos - Unidade III Jales Adriana Mariano e a assistente de Captação Camila Garcia para mais uma visita do Projeto "Conhecer o hospital de Câncer muda a vida de quem não tem Câncer", que tem o intuito de aproximar a sociedade civil do hospital para conhecer sua estrutura física, os gastos, a forma de captação de recursos e demonstrar todo o trabalho de humanização, assistência social e tratamento oferecido aos pacientes da unidade.

A visita foi viabilizada através do parceiro do hospital, Claudinei Antonio e organizada pelo Delegado Seccional Charles Wiston Oliveira que convidou os demais colegas para passar uma tarde no hospital e conhecer de perto a Unidade de Jales. Os delegados conheceram um pouco da Unidade de Jales através do vídeo institucional onde o diretor geral, Henrique Prata fala da sua luta diária para manter essa estrutura que atende hoje mais de 4.000 pacientes por dia em Barretos e 1.000 na cidade de Jales, além de percorrem os cinco andares da unidade conhecendo pessoalmente cada departamento.

Adriana fez questão de frisar que dos R$26 milhões gastos mensalmente com as unidades do hospital, R$11 milhões são custeados exatamente pela sociedade civil, através das doações voluntárias, leilões, shows, cofrinhos, subvenções de prefeituras, doações de imposto de renda e demais eventos revertidos em prol do hospital e lembrou que "especificamente na Unidade de Jales, onde são gastos aproximadamente R$3 milhões por mês, mais de 50% do valor vem de doações e projetos do hospital".

O delegado, Charles Wiston agradeceu em nome da Polícia Civil e da carreira dos Delegados de Polícia a oportunidade de conhecerem a unidade e relatou que lhes foi proporcionado momentos de alta reflexão humanitária e de sólida e responsável consciência corporativa na execução dos serviços prestados pelo Hospital de Câncer de Barretos, parabenizando a todos.

Por fim, Adriana agradeceu a visita e o empenho do Dr. Charles e Claudinei Antonio para que ela acontecesse e informou que demais visitas poderão ser agendadas na Captação de Recursos com Camila, através do telefone (17) 3624-3910.

A “economia” não vai bem, obrigada!

Por Bárbara Santos Ferreira e Márcio Perez Ramos

A economia mundial nunca foi tão interligada como agora: oscilações financeiras ocorridas em outras partes do globo podem, por exemplo, refletir diretamente no Brasil e vice-versa. Isso se justifica pela globalização, que praticamente eliminou as fronteiras comerciais entre as nações, possibilitando que um país adquira produtos em qualquer parte do globo, desde que obtenha vantagens, como menor custo, transferência tecnológica, entre outras.

O Brasil vinha sendo visto, pelo mercado internacional, como um país resistente às crises financeiras que se espalharam pelo mundo nos últimos anos, especialmente por possuir um mercado consolidado no que diz respeito a importações e exportações, investimentos estrangeiros, políticas financeiras para controle da inflação, políticas públicas para manutenção do desemprego, entre outros.

Após um período de estabilidade, parece que o Brasil começou a sentir, de forma mais contundente, as consequências da crise, atrelada, de certa forma, ao atraso na tomada de ações por parte do governo. De qualquer forma, há indicadores mostrando, já há algum tempo, que a economia vinha-se desgastando e necessitando de ajustes que, em decorrência do atraso, precisam ser aplicadas agora de forma mais profunda.

A população, de forma geral, já vem sentindo as consequências da crise: a inflação mostra sinais de aumento, o governo propõe redução ou limitação de benefícios e aponta para a possibilidade de aumento de tributos, redução de postos de trabalho, queda do PIB, além de aumento no preço de produtos controlados pelo governo, como combustíveis, energia elétrica e outros.

"Contribuindo" com o difícil cenário provocado pela crise financeira, eclode a crise da gestão pública, misturando a falta de capacidade e competência para gerir o país com casos assombrosos de corrupção, nas altas esferas do poder público e em empresas estatais fundamentais para o crescimento e autonomia política, econômica e para o desenvolvimento da nação.

O governo apresentou uma redução nos seus gastos – adequada, para alguns, e longe de atender às necessidades, para outros – e, de qualquer forma, a população, dentro de suas possibilidades, começou a buscar formas alternativas de superar esse período economicamente desfavorável, adotando formas de aumentar sua renda mensal e diminuir seus gastos; prática que culminaram na queda na qualidade de vida das famílias.

Essa postura da população influencia negativamente a estabilidade da economia. Explica-se: muitos começam a trabalhar no mercado informal vendendo produtos ou serviços sem nenhum registro oficial, concorrendo para a redução do PIB e das ofertas de emprego, aumentando a inflação, desestimulando o investimento, aumentando o índice de subempregos e, sobretudo, desaquecendo a economia.

Para ser forte, um país precisa ter uma economia forte; precisa de uma estrutura consolidada e sustentável; precisa ter pilares fundamentais funcionando plenamente, como educação, saúde, política de investimentos públicos e privados atrativos, programas sociais que atendam aos anseios da população, entre tantos outros, mas há de se ressaltar que, no final, praticamente tudo depende de uma economia forte que proporcione condições mínimas para que os outros pilares possam desenvolver-se de forma plena.

Bárbara Santos Ferreira: Acadêmica do curso de Administração da UFMS - Campus de Três Lagoas. E-mail: bah_sf@hotmail.com e

Márcio Perez Ramos: Professor do curso de Direito da Unicesumar – Campus Maringá/PR. E-mail: marciopzrs@gmail.com

Cras de Urânia realiza palestra todos pela alfabetização

 

O Centro de Referencia da Assistência Social - Cras de Urânia, com o apoio da Prefeitura Municipal, realizou na terça-feira, dia 3 de Novembro de 2015, uma palestra sobre todos pela alfabetização, onde podemos contar com a presença da profissional administrativo Sirlene Aparecida dos Santos que representa o Programa Estadual Viva Leite, dentro da Assistência.

Iniciamos a palestra com a motivação de que no dia 14 de Novembro se comemora o dia Nacional da Alfabetização, onde focamos que um indivíduo alfabetizado promove sua socialização com outros indivíduos obtendo acesso a bens culturais e a facilidade oferecidas pelas instituições sociais, que impulsa o exercício consciente da cidadania e do desenvolvimento de uma sociedade como um todo.

Os métodos Sintéticos e Analíticos resume as formas eficaz que deve ser adaptado á idade, ao contexto social e as necessidades de quem aprende.

"Portanto, quando procuramos definir qual é a importância da alfabetização podemos entender como o ponto essencial para um povo que deseja ser grande e capaz de escolher corretamente os rumos para o futuro, já que é por meio da escrita e da leitura que se formam melhores cidadãos, não importando com a idade".

Assembleia Diocesana

D. Demétrio Valentini

 
Neste próximo domingo a Diocese de Jales estará em assembleia. Junto com os padres, as irmãs e os seminaristas, estarão presentes os representantes leigos das comunidades, indicados pelos conselhos de pastoral. E cada pastoral, movimento e organismo, contará com dois representes. Assim, estará bem desenhado o rosto da diocese, na constatação da diversidade de seus membros, e na afirmação de sua unidade.

A assembleia começará com a celebração da Eucaristia, no Santuário da Trindade, transmitida pela Rádio, no horário tradicional em que a emissora da Diocese transmite todos os domingos a Eucaristia presidida pelo bispo.

Faz parte do ritmo da Diocese, ter a cada quatro anos, um momento especial como este, culminando todo um processo participativo de reflexão, que fundamenta as decisões a serem tomadas oportunamente, em sintonia com os grandes consensos que a assembleia possibilita.

Portanto, a assembleia reflete uma dinâmica que faz parte do cotidiano da vida da Diocese.

O ritmo de quatro anos expressa a sintonia que a Diocese procura ter com a vida da Igreja no Brasil. A cada quatro anos a CNBB renova suas diretrizes, que depois cada diocese procura implementar.

Desta vez a assembleia acontece num contexto muito especial que a Diocese está vivendo, com a expectativa de mudança de bispo, já confirmada pela nomeação do Pe. José Reginaldo Andrietta como novo bispo de Jales.

Sua nomeação trouxe muita alegria para a diocese, pelas circunstâncias especiais que caracterizam a figura do novo bispo. Sua trajetória pastoral nos permite projetar um fecundo ministério episcopal na Diocese para a qual foi designado. A Diocese reconhece que foi agraciada pela nomeação de um padre, que vivenciou diversos ambientes pastorais, que lhe asseguram uma experiência que o ajudará a se situar no contexto concreto de nossa Diocese.

Outro fato que a nomeação do Pe. José Reginaldo Andrietta veio colocar mais em evidência, é a estreita ligação que existe entre a região compreendida pela Diocese de Limeira, e a realidade de nossa região. Sobretudo nos anos 60 e 70, se verificou um forte êxodo do povo da região de Jales, em busca de trabalho nas proximidades de São Paulo. Muitos acabaram se fixando nas cidades que eles próprios ajudaram a desenhar humanamente, com sua presença e sua laboriosidade.

O que antes era constatado de maneira intuitiva, agora com a nomeação de um padre da Diocese de Limeira, para ser bispo da Diocese de Jales, emergiu com mais evidência. Quanta gente que agora reside na Diocese de Limeira, tem suas raízes em Jales. E tantos que vivem em Jales, têm parentes e conhecidos em Americana, Limeira, e outros tantos municípios que formam a grande região de Campinas.

De tal modo que a nomeação de um padre da Diocese de Limeira para ser bispo da Diocese de Jales, parece vir bem a propósito dos muitos laços que unem o povo de Jales com o povo de Limeira.

A assembleia deste domingo terá muito presente as expectativas da Diocese, corroboradas com a nomeação do novo bispo. A assembleia centrará as atenções para os desafios pastorais. Mas terá muito presente as datas importantes que já foram estabelecidas: o dia 27 de dezembro a ordenação do novo bispo, e o dia 31 de janeiro sua posse na Diocese. Por isto, mais que deliberativa, esta assembleia será simbólica, assinalando o momento especial que a Diocese vive, na expectativa do seu novo bispo.

Que sua chegada confirme nossas esperanças. Seja bem vindo, D. Reginaldo!

Editais de Proclamas

Rosimeire Ensides Tomazeli, Oficial Interina do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de Jales, Estado de São Paulo. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro.

MAYCON SOUZA PEDRO e ANDRESSA DA SILVA QUEIROZ. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 24 de fevereiro de 1.993, vidraceiro, solteiro, residente e domiciliado em Jales, deste Estado, filho de José Pedro e de Luzinete Ribeiro de Souza. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 27 de abril de 1.994, vendedora, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Clovis Pereira Queiroz e de Rosana da Silva.

RAFAEL ALVES BRITO e LAISA DAIANE PENHA. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 18 de fevereiro de 1.992, auxiliar de produção, solteiro, residente e domiciliado em Jales, deste Estado, filho de Aparecido da Costa Brito e de Maria Presilina Alves Brito. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 28 de setembro de 1.993, autônoma, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Sebastião Marques Penha e de Eunice de Lourdes Penha.

CÁSSIO ANTONIO MORANDIN e RAYSSA RAMOS MIOTO. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 03 de abril de 1.985, comerciante, solteiro, residente e domiciliado em Jales, deste Estado, filho de Carlos Roberto Morandin e de Marcia de Lurdes Contrella Morandin. ELA, natural de Jales, nascida aos 10 de julho de 1.989, auxiliar juridica, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de José Roberto Mioto e de Maria de Lourdes Ferreira Ramos Mioto.

KLEBER LUÍS BATISTA ENES e PATRICIA MAYARA CAVALIN. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 06 de dezembro de 1.969, funcionário público estadual, divorciado, residente e domiciliado em Jales, deste Estado, filho de Carlos Luiz Enes e de Nadir Batista Enes. ELA, natural de Santa Fé do Sul, deste Estado, nascida aos 03 de julho de 1.976, professora, divorciada, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Valdomiro Cavalin e de Aurora Divina Magri Cavalin.

GLAUCO ROGÉRIO ANDRADE DE ARRUDA e ANGELA MARIA BUZINARI. ELE, natural de São José do Rio Preto, deste Estado, nascido aos 06 de junho de 1.976, médico, divorciado, residente e domiciliado em Jales, deste Estado, filho de Ari Osvaldo de Arruda e de Odete de Andrade Arruda. ELA, natural de Guapiaçu, deste Estado, nascida aos 21 de agosto de 1.983, enfermeira, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Alício Buzinari e de Aparecida Fernandes Buzinari.

OSMAR PEREIRA DA COSTA e ROSA VALENTINA ROCHA. ELE, natural de Populina, deste Estado, nascido aos 25 de outubro de 1.963, ajudante de motorista, divorciado, residente e domiciliado em Jales, deste Estado, filho de Jesuino Pereira da Costa e de Maria Rodrigues da Costa. ELA, natural de Pontalinda, deste Estado, nascida aos 23 de setembro de 1.973, cuidadora, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Dionisio Francisco da Rocha e de Maria Marques Rocha.

PAULO ERNANDO PALADINO SOUZA SANTOS e MONICA RISTER DE SOUZA PIZOLATO. ELE, natural de São José do Rio Preto, deste Estado, nascido aos 18 de abril de 1.975, representante comercial, solteiro, residente e domiciliado em Jales, deste Estado, filho de Luis Fernando Nora Souza Santos e de Sirley Paladino Souza Santos. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 21 de abril de 1.975, analista de crédito, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Neoclair Pizolato e de Vilma de Souza Pizolato.

JEAN VITOR LÁRIOS DE OLIVEIRA e TAMIRES BEGA CHICONATO. ELE, natural de Fernandópolis, deste Estado, nascido aos 17 de outubro de 1.990, engenheiro ambiental, solteiro, residente e domiciliado em Jales, deste Estado, filho de Ventura Alves de Oliveira e de Rosemary Gonçalves Lários de Oliveira. ELA, natural de Santa Albertina, deste Estado, nascida aos 21 de novembro de 1.989, dentista, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Carlos Roberto Chiconato e de Maria Aparecida Bega Chiconato.

ANDRÉ DE PAULA VIANA e LUCIMARA DOS SANTOS ARAUJO. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 05 de janeiro de 1.982, advogado, divorciado, residente e domiciliado em Jales, deste Estado, filho de Anisio Aparecido Alves Viana e de Marly Teresinha de Paula Viana. ELA, natural de Palestina, deste Estado, nascida aos 22 de agosto de 1.985, fonoaudióloga, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Olimpio de Araujo Ribeiro e de Maria dos Santos Araujo.

MARCO ANTONIO ALVES FERREIRA e LUCIANA DURIGAN DE JESUS. ELE, natural de Dalas, deste Estado, nascido aos 03 de fevereiro de 1.976, vigilante, solteiro, residente e domiciliado em Jales, deste Estado, filho de Silvino Alves Ferreira e de Dalva Alice Bazollo Ferreira. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 22 de dezembro de 1.981, do lar, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Luzimar Durigan de Jesus e de Suely Camilo Lara de Jesus.

SE ALGUÉM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO OPONHA-O NA FORMA DA LEI. LAVRO OS PRESENTES PARA SEREM AFIXADOS NO REGISTRO CIVIL E PUBLICADOS NA FOLHA NOROESTE, NESTA CIDADE DE JALES.

Rosimeire Ensides Tomazeli – Oficial Interina


Indigência ética

por José Renato Nalini
 
As notícias ambientais no Brasil são as piores. Já sepultamos o princípio da vedação do retrocesso em relação ao Direito Ambiental. A tragédia de Mariana é um passo a mais em direção ao morticínio da fauna e da flora. Com reflexos nas pessoas. O discurso antropocêntrico é insuficiente para debelar os males causados pelo veneno que se espalhará por centenas de quilômetros e levará centenas de anos para desaparecer.

O fenômeno "El Niño" é pouco para explicar as chuvas no sul, a seca no nordeste. O "Velho Chico" praticamente seco. Mas a transposição, tão econômica, não para. Realmente, é uma obra que sanará a seca e compensará os bilhões despendidos.

A ciência continua a mostrar as consequências de nossa crueldade em relação à natureza. Na melhor hipótese, nível do mar em Santos subirá 18 centímetros até 2050. Claro que poderia dizer: não estarei vivo, então o problema é de quem fica. Mas as coisas podem se precipitar. Há algumas décadas, falava-se em fenômenos que ocorreriam dentro de um século. Aconteceram muito antes.

O cenário catastrofista do filme "O Dia Depois de Amanhã", de 2004, pode se converter em realidade. O IPCC, painel de cientistas mundiais que investiga as mudanças climáticas, fala numa subida média do nível do mar entre 28 e 89 centímetros. A causa disso é o aquecimento global. Coisa que não levamos a sério e que insistimos em ignorar.

A recomendação dos cientistas é a construção de anteparos móveis, dentro do mar, para evitar que o aumento das águas atinja ruas, prédios e casas. Outra coisa é construir prédios palafitas, sem garagem. De repente, Santos se tornará uma Veneza...

Mesmo com a carnificina da sexta-feira 13, Paris continuará a sediar o encontro internacional sobre o clima do próximo dezembro. Enquanto cientistas estrangeiros se preocupam bastante, inclusive o inglês David King, representante especial do Ministério das Relações Exteriores Britânico, nós fazemos de conta que não é conosco. King leva a sério a verdade científica: "A Inglaterra é uma nação-ilha! Estamos cercados por oceanos!". Se eles subirem, poderão engolir a sede do Império onde o sol nunca se punha...

O britânico fala em planejamento familiar, em educação da menina para não engravidar precocemente, o que vem a coincidir com a advertência do médico brasileiro ao tratar dos bebês com microcefalia: "Por cautela, não engravidem!". Mas o bolsa-família estimula exatamente o "crescei e multiplicai-vos". O futuro dirá o que deveria ter sido feito. Mas não poderá ser tarde demais?

*José Renato Nalini é presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo

CEI da Merenda Escolar ouviu três testemunhas esta semana

por Jaqueline Zambon
A Comissão realizou na segunda-feira, 23 de novembro, as reinquirições do Senhor Roberto Timpurim Berto, ex-secretário municipal de Educação e da Sra. Thaysa Bigotto, nutricionista da DFA – Della Fattoria Alimentare Refeições S/A. Na tarde desta quinta-feira, 26, foi ouvida a Sra. Margareth Antônia Poiati Batista, servidora da Secretaria Municipal de Educação.

A CEI foi criada através do Requerimento nº90/2015, apresentado na Sessão Ordinária de 8 de junho, que requereu da Mesa Diretora da Casa a constituição de uma Comissão para apurar eventuais irregularidades na contagem e pagamento, pela Prefeitura Municipal, das refeições servidas na merenda escolar nos períodos de março a novembro de 2014 e de março a maio de 2015. A Comissão é formada pelos vereadores Gilberto Alexandre de Moraes, Rivail Rodrigues Junior e Luís Fernando Rosalino, respectivamente presidente, vice-presidente e relator.

A referida Comissão foi motivada a partir da resposta a um Requerimento do Legislativo, onde o Poder Executivo informou que a quantidade de refeições servidas aos estudantes atendidos pela empresa contratada pela Prefeitura Municipal tiveram as seguintes totalizações: no mês de novembro de 2014, 184.754 (cento e oitenta e quatro mil, setecentos e cinquenta e quatro) refeições; no mês de março de 2015, 171.462 (centro e setenta e um mil, quatrocentos e sessenta e duas) refeições e no mês de abril de 2015, 139.432 (cento e trinta e nove mil, quatrocentos e trinta e duas) refeições.

A partir dessa totalização, tornou-se possível perceber que houve uma redução de quase 30% (trinta pontos percentuais) na quantidade de refeições servidas pela empresa de merenda escolar, considerados somente os meses de março e abril de 2015, o que causou estranheza e motivou a criação da CEI.

Fatos novos

por Reginaldo Villazón
Os episódios que compõem o espetáculo político no Brasil, nos últimos tempos, pedem aos brasileiros uma pausa para reflexão. É preciso analisar os eventos políticos, de forma isolada, para avaliar a sua qualidade. E analisar o conjunto deles, como eles se sucedem, para estimar a direção da sua trajetória. Isto é fazer, tal como fazem os religiosos e esotéricos, quando interpretam seus conhecimentos para saber as tendências da vida. A finalidade é útil: adotar conceitos e comportamentos que sejam adequados a cada época.
 
O Escândalo do Mensalão teve início em 2005 com a denúncia de um esquema de pagamento de propinas a parlamentares que votassem a favor de projetos do governo. A CPI do Mensalão resultou num relatório que pediu a cassação de 18 deputados, mas teve efeito mínimo. Porém, o caso foi parar no STF (Supremo Tribunal Federal), onde o processo foi conduzido de forma exemplar. O STF e seus ministros ganharam visibilidade no país e no exterior. No desfecho, 25 réus foram condenados. Entre eles, políticos e empresários poderosos.

A Operação Lava Jato, deflagrada em 2014 pela Polícia Federal, é a maior investigação de corrupção havida no país. Trata-se de um complexo esquema de desvio e lavagem de bilhões de reais da Petrobrás, envolvendo executivos, políticos e empreiteiros. Está em pleno curso – dividida em fases e processos –, reunindo esforços de muitos profissionais em vários níveis: ministros, desembargadores, juízes, procuradores, promotores, delegados. Desta força de trabalho, boa parte é jovem e sua totalidade muito competente.

A delação premiada (em que o réu confesso denuncia seus aliados em troca de vantagens penais) tem sido usada amplamente na Operação Lava Jato. De início, era vista pela população como uma atitude covarde e oportunista, mas acabou separando dois tipos de corruptos. Os que têm coragem de admitir seus crimes em público, citar valores, detalhes e nomes. E os que teimam em ficar por trás de mentiras e manobras jurídicas. Quem denunciou, submeteu-se à justiça, prestou contribuições importantes e suavizou sua reputação.

A classe política já se incomodava com o avanço da Operação Lava Jato. Na última quarta-feira (25), sofreu um terremoto. Um senador da república (no exercício do mandato) e um banqueiro (um dos mais ricos do país) tiveram prisão preventiva efetuada pela Polícia Federal, com permissão do STF e depois do Senado Federal. Não é possível prever as conseqüências. Mas o risco de punição a transgressores contumazes das leis é alto. Existem até notícias de que penalidades podem ser impostas por leis norte-americanas.

Parecia que as manifestações populares (de 2013 para cá) nada valeram. Parecia que as indignações e reivindicações do povo nas ruas se perderam no ar. Muitas pessoas ficaram cismando: o que pode acontecer para mudar a política do país? Há estes fatos novos. Eles não são suficientes para realizar as mudanças desejadas já. Mas indicam que existem saídas, que existem pessoas qualificadas em condições de lutar em nome do povo. Enfim, o país se move. Os brasileiros devem persistir nas suas manifestações.

Inovação e tecnologia para agronegócio será tema de curso no Sindicato Rural de Jales

Em dezembro, agricultores e produtores rurais de Jales participarão de cursos do Sebrae Inova, um modelo de atuação em inovação e tecnologia que tem como objetivo melhorar a gestão e a competitividade das empresas.

O encontros abordarão as técnicas de pastagens para a produção de leite, plantio de seringueira e também sobre manejos e tratos culturais da laranja. Em Jales, de 5 a 7 de dezembro, será promovido o curso "Heveicultura – instalação de lavoura".

Nos três dias, das 8 às 17 horas, os produtores receberão orientações sobre a instalação da lavoura de seringueira, desde a escolha da área ao plantio.

Já de 7 a 9, o tema será "Bovinocultura de leite – intensificação de pastagens", quando serão transmitidas as técnicas recomendadas para a atividade. Os cursos serão no Sindicato Rural de Jales, av. João Amadeu, 285.

Palavras de Chico Xavier


Quem mais sofre no mundo é quem tem mais tempo para si mesmo. Quando o sofrimento alheio nos incomoda, o nosso não nos incomoda tanto... Eu tinha que ir para o Centro Espírita "Luiz Gonzaga" escutar o povo; escutando aquela fila, acabava me convencendo de que o que eu sofria não era nada... A gente tem a mania de dramatizar em excesso a própria dor.
Esta coluna tem o patrocínio e responsabilidade da  "Associação Espírita "Chico Xavier" de Jales.

por Daniel Zílio

 
 
A coordenadora de projetos do Hospital de Câncer de Jales, Michelle Couto
Salerno falou sobre " Aprendendo a maneira científica de se produzir ciência"
 
 
 
A oitava edição da Jornada de Iniciação Científica da Unijales aconteceu nos dias 19 e 20 de novembro e teve como objetivo introduzir os alunos na pesquisa científica e tecnológica, possibilitar que o estudante, desde cedo, esteja em contato com este tipo de atividade, promover a troca de experiência entre os amigos da graduação, além de enriquecer a qualidade da formação acadêmica.
 

A Jornada de Iniciação Científica foi organizada pelo professor Dr. Silvio Luiz Lofego, diretor de Pós-graduação Pesquisa e Extensão, com a colaboração dos professores e coordenadores da Unijales. Constitui fórum para discussão de questões relativas à pesquisa, além de proporcionar um intercâmbio de informações entre os alunos participantes e os palestrantes. O evento é realizado anualmente e neste ano recebeu aproximadamente 500 alunos.

No primeiro dia, realizada no Ginásio de Esportes "Cristovam Soler", da Unijales, a coordenadora de projetos do Hospital de Câncer de Barretos, Unidade Jales, Michelle Couto Salerno, ministrou a palestra "Aprendendo a maneira científica de se produzir ciência". Nesse mesmo dia os coordenadores Bruno Rubinho, de Fisioterapia, Célia Zerbato, de Pedagogia e Luciana Rocha, de Administração realizaram as apresentações das atividades de pesquisa e extensão nas áreas de saúde, educação e gestão.

No dia 20 de novembro, sexta-feira, a Jornada continuou com a Comunicação dos Trabalhos de TCC e Iniciação Científica (seções por área de pesquisa), no qual os alunos apresentaram os resultados das suas respectivas pesquisas.

Os alunos que participaram da VIII Jornada de Iniciação Científica fizeram a doação de garrafas e galões de água, que serão doados aos moradores da cidade de Mariana-MG, que foram afetados pelo desastre ambiental causado pelo rompimento da barragem de uma mineradora. Os alunos dos cursos de Educação Física e Pedagogia fizeram doações em dinheiro. Além de muito conhecimento, a Jornada de Iniciação Científica proporcionou um grandioso gesto de solidariedade.

FOLHAGERAL

da redação
 
 
O prefeito



Pedro Manoel Callado Moraes, juntamente com o secretário de Planejamento e Trânsito, José Magalhães Rocha, recebeu em seu gabinete na terça-feira (24 de novembro), o presidente da Câmara Municipal Nivaldo Batista de Oliveira (Tiquinho), o comandante Messias e Pedro Cavenagui. Os visitantes relataram informações sobre a viagem deles a Brasília – na época da licença do prefeito – para tratar de assuntos do aeroporto de Jales.

De jatinho



só na ida (e mãos abanando na volta), foi como aconteceu a viagem a Brasília (DF), na quarta-feira (18 de novembro), liderada pelo então prefeito interino Nivaldo Batista de Oliveira (Tiquinho). Segundo se comentou, não houve liberação de recursos para aplicar na infraestrutura do aeródromo municipal. Orçamento público tem suas mazelas. Pode não haver de recursos ou pode haver recursos somente para projetos já aprovados.


Segundo



comentários que circulam na cidade, se o prefeito Callado endossar a volta de um time de futebol profissional a Jales, ele vai mesmo ter que providenciar uma maleta cheia de dinheiro. O Estádio Municipal Dr. Roberto Valle Rollemberg precisará de modificações e benfeitorias que vão custar muito mais do que uns bons trocados. Além disso, será preciso avaliar os benefícios sociais e econômicos para não dar com os burros nágua.


A Reforma



Eleitoral 2015 (Lei n°. 13.165/2015) promoveu diversas mudanças na Lei das Eleições (Lei nº. 9.504/1997) que passam a valer a partir do pleito municipal de 2016. Quem está na política tem que saber. Um caso oportuno a considerar diz respeito à filiação partidária.


A Lei



nº. 13.165/2015 – publicada em 30 de setembro de 2015 – modificou os prazos de filiação partidária. Pela regra anterior, para concorrer em uma eleição, os políticos deviam se filiar a um partido um ano antes do pleito (artigo 9º. da Lei 9.504/97). As regras da nova Lei reduziram para seis meses, antes da data das eleições, o prazo de filiação partidária para alguém que se candidate a um cargo eletivo. Ficou melhor.


No Partido



Verde (PV jalesense), com a aproximação das eleições municipais, o ambiente está ficando carregado. Pretensos candidatos a candidatos – como Osvaldo Costa (presidente da agremiação), Riva Rodrigues e Clóvis Viola – querem porque querem ser cabeça de chapa em 2016. Muito cacique, muito querer, consenso difícil. O Partido Verde tem muito a ver com estes dias. Mas disputas internas prejudicam o planejamento e levamlevam ao fracasso.


Os demais



partidos políticos jalesenses, simplesmente, passam ao largo das teses do Partido Verde. É como se o município de Jales estivesse com todos os seus problemas ambientais resolvidos. Não é verdade, na cidade nem no campo. Na cidade, o modo de tratar as árvores e o lixo é primitivo. No campo, a devastação das matas foi cruel.


Na noite



deste sábado (28 de novembro), a prefeita Ana Lucia Módulo, de Vitória Brasil, recepciona a população e convidados às 21 horas, na Praça da Matriz de sua cidade, para a inauguração da iluminação de Natal. O tema deste ano é "Magia de Natal". Vai ter som da Claudir Banda Show. Um excelente evento. Vale a pena participar.


Falando



em festa, o deputado Carlão Pignatari participou da cerimônia de inauguração da iluminação do Projeto Sonho de Natal 2015, da Estância Turística de Santa Fé do Sul, na noite de sábado (21 de novembro), ao lado do prefeito Armando Rossafa e de José Roberto Sadek (Secretário Adjunto, da Secretaria de Estado da Cultura). O evento foi realizado na Praça Salles Filho, que já recebeu o artista Almir Sater este ano.


Para a



decoração de Natal, a Prefeitura da Estância Turística possui uma equipe especializada que há vários anos vem executando o Projeto Sonho de Natal. O pessoal é animado e já utilizou 2,8 milhões de garrafas PET. No final da cerimônia, a vice-prefeita Elena Rosa agradeceu ao deputado: "Só Deus para pagar tudo o que você faz por Santa Fé do Sul".


Corre



à boca pequena, no meio político de Jales, que o PSDB local estaria negociando uma coligação com o DEM de Flá Prandi. Esta coligação contaria também com a participação do PMDB. Dizem que os dois partidos – PSDB e DEM – já tiveram uma conversa preliminar sobre o assunto. Nada dizem sobre a qualidade da conversa.


Segunda



(30 de novembro), durante a sessão ordinária do Legislativo, os vereadores vão discutir e votar o Parecer Prévio do TCESP, que rejeitou as contas municipais do exercício de 2012, do então prefeito Parini e seu vice Clóvis Viola. Comenta-se que o parecer será aprovado, mas isto é coisa em que pouca gente acredita. Pelo menos dois vereadores, Luiz Fernando Rosalino e Pérola Cardoso (petistas, como Parini), podem votar contra o parecer.


Políticos



são sistemáticos, viciados em política partidária. Nos discursos eleitorais, falam que vão trabalhar em benefício do povo. Depois de eleitos, agem em favor dos seus partidos. Infelizmente, esta é a praxe política em todos os níveis nacionais. Muitos, quando saem do poder, reclamam que trabalharam muito e renderam pouco. Óbvio!

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Loira de Neymar é a mamãe Noel do Bella da Semana


 
Ela foi vista chegando à suíte do hotel carioca onde estava hospedado o jogador Neymar em outubro deste ano, já mostrou seus atributos em fotos sensuais para o site Bella da Semana e agora está novamente na mídia por ter topado fazer um ensaio fotográfico duplo - nua, com outra mulher, com tema de Natal.


 
Aos 21 anos, Liziane Soares não passa a data longe da família e gosta sempre de lembrar o Natal vai além das festas e dos presentes. "É mais que isso, é a união das pessoas que amamos, é um dia para celebrar a vida, agradecer por tudo e também pensar no próximo. Acredito que qualquer ajuda é válida, principalmente pegar uma cartinha nos Correios", reflete a modelo gaúcha.

 
Sobre fotografar ao lado de outra modelo (cuja identidade o site ainda não pode revelar), Liziane diz ter sido uma experiência diferente e divertida, apesar de mais trabalhosa. Por ser um ensaio sensual, onde as duas modelos fotografam com pouca ou nenhuma roupa, ela afirma que "ficar paradinha em certas poses até o fotógrafo achar o ângulo ideal" pode se tornar um pouco difícil – e, talvez, excitante demais!

Ensaio especial de Natal

Esta é a primeira parte do ensaio especial de Natal do Bella da Semana. Todos os anos o site fotografa duas das modelos que já fotografaram anteriormente e fizeram sucesso entre os assinantes, dividindo o ensaio em três partes: cada uma das modelos fotografando sozinhas, e a última, que mostra as duas juntas.

As imagens, que mostram Liziane como a primeira mamãe Noel da revista eletrônica (www.belladasemana.com.br), são de Walmor de Oliveira e vão ao ar nesta segunda-feira, 30 de novembro, abrindo a temporada natalina.


quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Presidente do Sindicato da Saúde participa de Encontro em São Paulo


O evento reuniu representantes da classe da saúde de vários estados

O presidente do Sindicato da Saúde, João Carvalho, participou do 17º
Encontro de Dirigentes Sindicais e Trabalhadores da Saúde do Estado de São
Paulo, o evento aconteceu de 11 a 14 de novembro na cidade de Praia Grande
– SP. O objetivo da convenção foi debater e definir a linha de atuação das
entidades sindicais filiadas à Federação dos Trabalhadores da Saúde do
Estado de São de Paulo. João Carvalho foi convidado para representar o Mato
Grosso do Sul.

Para o presidente o encontro foi bem aproveitado e esclarecedor. “Para nós
é sempre muito bom participar de eventos como este, e ver que não estamos
tão atrás dos outros estados e estabelecimentos. Nosso objetivo é sempre
buscar melhorias para nossa categoria.” Além do presidente participaram do
evento outros integrantes da diretoria.


Santa Casa de Jales abre processo seletivo

Vaga disponível:
Técnico de Enfermagem Requisitos:
* Curso concluído em Técnico de Enfermagem com documentação completa;
* Disponibilidade total de horários;
* Residir (preferencialmente) em Jales/SP O currículo deve conter:
* Dados pessoais;
* Nome completo (sem abreviações);
* Histórico profissional (empresa, função, data de admissão e demissão e contato para referências);
* Escolaridade;
* Formação complementar;
* Foto para identificação. Os interessados deverão entrar em contato com a responsável técnica de enfermagem, Ana Lúcia Silva ou enviar seu currículo (com os dados acima descritos) por e-mail, para: enfermagem@santacasajales.com.br.
Solicitamos gentilmente que seja descrito o nome do candidato (a) e a vaga desejada, no título do e-mail.

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Região de Rio Preto concorre ao Prêmio Ações Inclusivas para Pessoas com Deficiência com 5 iniciativas


 
Concurso recebeu inscrições de Catanduva, Fernandópolis e Santa Bárbara d’Oeste
A quinta edição do Prêmio Ações Inclusivas para Pessoas com Deficiência recebeu mais de 150 projetos de todo o Estado. Entre as ações inclusivas, representando o município de Catanduva, está o “Centro de Tecnologia e Inclusão Social”, da Prefeitura de Catanduva e os projetos “Tecnologia Assistiva como auxílio a alfabetização de surdos por módulo de visão computacional e replicação gesto-visual por mão destra robótica em Libras”, da Faculdade de Tecnologia e "A virtude de um olhar", do Instituto dos Deficientes Visuais de Catanduva.
O município de Fernandópolis concorrerá ao prêmio com o projeto “Reabilitação e Inclusão Social “da Associação dos Deficientes Visuais de Fernandópolis e o município de Santa Bárbara d’Oeste participará da premiação com o projeto “Amai”, da Associação de Monitoramento dos Autistas Incluídos.
Realizada pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, a premiação tem o objetivo de estimular a implantação de iniciativas inclusivas, além de identificar e reconhecer as já existentes. As 10 melhores práticas inclusivas serão premiadas em uma cerimônia que acontece em dezembro na capital paulista.
Puderam se inscrever para o Prêmio, representantes da gestão pública e de instituições não governamentais sem fins lucrativos. Segundo os critérios estabelecidos no regulamento do prêmio, serão selecionadas 10 ações finalistas que receberão Certificado de Participação.
O Brasil tem hoje cerca de 45 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência. Somente no Estado de São Paulo, esse número ultrapassa 9 milhões. Para a secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Linamara Rizzo Battistella, o prêmio tem o intuito de potencializar a questão da inclusão. “As políticas de inclusão devem ser reconhecidas e incentivadas. Em todo o Estado, os municípios vêm promovendo importantes progressos relativos às pessoas com deficiência. O Prêmio é um instrumento para difundir e multiplicar esses trabalhos tão importantes”, afirma a secretária.