Páginas

sábado, 3 de outubro de 2015

Professora da Unijales participa de Congressos em países da Europa



A professora do curso de Educação Física da Unijales Viviane Kawano Dias (foto), aluna do Doutorado no Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Humano e Tecnologias, da UNESP de Rio Claro, esteve entre os dias 01 a 18 de setembro na Europa, participando de Congressos Científicos e visitas técnicas, a fim de conhecer importantes Universidades da área em Portugal, analisar perspectivas futuras de cooperação técnico-científicas com essas instituições e, ainda, divulgar as pesquisas realizadas dentro do Projeto « Gestão da informação sobre políticas públicas de esporte e lazer : impactos social e cientifico da Rede CEDES ». Projeto desenvolvido pelo Laboratório de Estudos do Lazer, da UNESP, financiado pelo Ministério do Esporte, tendo a professora Viviane Kawano Dias como pesquisadora. Viviane viajou com a sua orientadora Profa. Dra. Gisele Maria Schwartz e com as colegas, também doutorandas, Ana Paula Evaristo Guizarde Teodoro, Priscila Raquel Tedesco da Costa Trevisan.

O grupo de doutorandas inicialmente visitiram a Faculdade de Motricidade Humana da Universidade de Lisboa, em Portugal, em seguida, foram para a Espanha onde participaram do "Fifth International Conference in Health Wellness and Society", em Madrid. O evento ocorreu nas dependências da Faculdade de Direito da Universidad de Alcalá, Madrid, Espanha. Neste evento, houve a apresentação do trabalho intitulado "Health Promotion and Education Based on Virtues and Happiness Enhancement. "

Da Espanha o grupo de pesquisadoras seguiram para Dublin na Irlanda e participaram do 23rd EASM Conference - Sport Management in the Digital Age", evento organizado pela European Association for Sport Management, no qual apresentaram o trabalho intitulado "Social Impact of the Researches Financed by the Brazilian Ministry of Sport. "

Uma vez terminadas as tarefas de apresentações de trabalhos nos referidos eventos, as alunas voltaram a Portugal para realizar novas visitas técnicas nas Universidades. Assim, encaminharam-se para a cidade de Coimbra, onde visitaram a Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física. Posteriormente, dirigiram-se à cidade do Porto, na qual visitaram a Faculdade de Desporto da Universidade do Porto.

A professora da Unijales, Viviane Kawano Dias afirmou que todas essas oportunidades foram bastante profícuas, haja vista as perspectivas que se abrem para ampliar as reflexões sobre as pesquisas que realizam e, sobretudo, de cooperação técnico-científica com todos esses pesquisadores nos quais conheceram e puderam interagir por meio da participação nos eventos e realização das visitas técnicas. (por Daniel Zilio)

Callado participa Semana Jurídica da UniCastelo



O prefeito Pedro Manoel Callado Moraes participou na noite de quinta-feira, 24 de setembro, da Semana Jurídica da Unicastelo em Fernandópolis, um dos mais importantes eventos da área do direito na região. Callado que já foi professor de Direito Civil da Unicastelo fez questão de comparecer ao evento, oportunidade em que cumprimentou ex-alunos, professores e amigos. As palestras aconteceram nos dias 21 a 25 de setembro no anfiteatro da Unimed, abordando temais atuais do direito, em palestras com renomados profissionais.

Funcionário do mês premia uma colaboradora


Chega o fim do mês e vem a expectativa dos colaboradores para saber qual setor avaliado e qual funcionário será eleito de acordo com os critérios estabelecidos pelo Centro Integrado de Humanização. Pois bem, o mistério acabou, pois foi anunciado na terça-feira, 29 de setembro, a colaboradora destaque Lígia Vanessa Mourão de Carvalho, técnica em radiologia.

A história profissional de Lígia é basicamente a Santa Casa, que foi o seu primeiro emprego. "Agradeço pelo reconhecimento da equipe, peço a Deus sempre paciência, amor ao próximo e que preserve em mim a dedicação ao serviço prestado a essa entidade no decorrer desses 23 anos. Que eu venha sempre desempenhar da melhor forma possível e aprimorar o máximo necessário o meu trabalho, para garantir um bom resultado na prestação do serviço a mim designado".

O responsável técnico do Raio-X, Helton Rodrigo da Silva, evidenciou que a escolha foi merecida. "Acompanho o trabalho da Ligia desde muito tempo, começamos a trabalhar bem cedo no hospital, lembro-me quando atuava em outros setores, bem como, da sua força de vontade, simpatia e determinação".

Durante o mês de setembro os setores avaliados foram Raio-X e Ortopedia. O projeto encerra em novembro, já que em dezembro será a vez de escolher o Funcionário do Ano, tomando como base os 11 colaboradores selecionados no decorrer do ano de 2015.

HC de Barretos: Prestação de contas

 
 
A Gerente de Captação de Recursos, Adriana Mariano, deputado Carlão
Pignatari e Henrique Prata, do Hospital de Câncer de Barretos
 
 
Com o intuito de atrair ainda mais pessoas com o interesse em conhecer o Hospital de Câncer de Barretos e seus projetos, aconteceu na segunda-feira, 28 de setembro, evento de prestação de contas referente aos anos de 2013 e 2014 no teatro WTC/Sheraton na capital paulista.
O encontro realizado em São Paulo contou com a participação do diretor-geral da instituição, Henrique Prata, e pode mostrar às empresas a transparência do trabalho prestado em todas as unidades do Hospital. Estiveram presentes, os deputados Carlão Pignatari (PSDB) e Itamar Borges (PMDB).

3 cursos da Unijales realizam Semanas Acadêmicas





A semana de 21 a 25 de setembro foi movimentada por alunos, coordenadores e professores dos cursos de Administração, Ciências Contábeis e História da Unijales, quando foram realizadas a II SEIAC (Semana de Estudos Integrados de Administração e Ciências Contábeis) e a XIV Semana de História, que teve como tema "Ensino de História: desafios e perspectivas".

Os cursos, coordenados respectivamente pelos professores, Luciana Aparecida Rocha, Júlio César Siqueira e Jemerson Quirino de Almeida promoveram, na Câmara Municipal de Jales, na Casa do Poeta e no Teatro Municipal, um ciclo de palestras, minicursos, mesas redondas e conferências, além da festa de confraternização, realizada pelos cursos de Administração e Ciências Contábeis.

Durante a II SEIAC, foram abordados temas como: "Mídias digitais- conteúdo em foco", com o palestrante, publicitário, Bruno Espanha. "Inserção no mercado de trabalho", abordado pela palestrante Érica Pereira de Andrade. Na quarta-feira, dia 23 de setembro, Alexandre Calmon, diretor de produção artística, proprietário da Calmon Marketing de São Paulo, falou sobre "Empreendedorismo- Inovação Gamificação do Marketing. A programação seguiu com uma palestra ministrada pela Consultora de Comunicação, Patrícia Roman Guilhemat que falou sobre "Análise Ambiental e Comportamental (liderança de si mesmo) ".

O curso de História realizou nos dois primeiros dias do evento, mesas redondas com os temas: "Reflexão Acerca da Consciência Histórica", feita pelos professores Lígia Cristina Carvalho e Rodrigo Bianchini Cracco e "O Ensino de História no Estado de São Paulo", com o professor e reitor da Unijales, Silvio Luiz Lofego e o coordenador do curso, Jemerson Quirino de Almeida.

No dia 23 de setembro aconteceu uma conferência sobre o tema "O Saber Histórico na Sala de Aula", com a palestrante Élida Maria Barison da Silva, mestre em História pela UFU-MG. No dia 24, o tema abordado pela professora mestre em Antropologia pela USP, Maria Terezinha Corrêa foi "Memórias e Práticas em História.

Os alunos puderam aprender ainda mais sobre temas e conteúdos passados em sala de aula, com profissionais experientes e capacitados em cada assunto abordado.

Eu e o Outro

por Flávio Carvalho

Quais são as atitudes que você espera de outro ser humano enquanto se relacionam? Pode ser um relacionamento amoroso, de amizade profissional, enfim, o que você espera do outro? É o mesmo que você pratica? O que os outros esperam de você?
Você já sorriu para alguém hoje? Qual foi seu último momento de inspiração? A inspiração muda tudo.
Qual a atmosfera reinante no seu lar? Reina a paz e a serenidade? Seu lar é isento de brigas, ofensas e mágoas?
Você está beijando na boca de sua esposa? Faz amor com ela constantemente?
E no trabalho? Sê dá bem com o chefe? E com os colegas de trabalho? Você gosta de fofocar? Você deseja a posição do outro?
As crianças te irritam? Você tem paciência com os idosos?
E no transito? Você é calmo? Paciente? Respeita as sinalizações?
Precisamos aprender a respirar e contar. Contar até dez, até mil... Precisamos aprender a buscar o ar quando estamos sufocados. Precisamos achar o equilíbrio, quando estamos estonteados de tanta raiva.
Precisamos compreender nossa pequenez. Nada somos, e nosso futuro é virar pó, apodrecermos sob sete palmos de terra. 
Você está precisando ser perdoado por alguém? Então, você tem que pedir perdão. Precisa perdoar alguém? Perdoe, mesmo se ele não te pedir. Perdoe, e serás perdoado. Perdoar, nos deixa leve, produz uma imensa sensação de paz, harmonia.
Você já se perdoou? Ou ainda continua se maltratando? Está se punindo? Sendo corroído pela culpa, que nos devora aos poucos, de maneira implacável e dolorosa.
Está freqüentando a igreja, com intenção de redimir os pecados? Pratica a caridade com o intento de apaziguar a dor do remorso?
Qual o padrão dos seus pensamentos? Quer se vingar de alguém? Vingança é a maior indústria de veneno, e você beberá todinho, sozinho.
Qual a energia que você está recebendo das pessoas? È a mesma que está oferecendo.
Saia da sua zona de conforto. Se arrisque mais. Finja mais sorrisos. Cante mais. Se trate melhor. Vá tomar um sorvete. Vá andar de mãos dadas com a esposa na praça. Vá brincar de pique esconde com as crianças, aproveite para afastá-las um pouco do vídeo game, ou do celular.
Aprenda a contar piadas. E ria delas. Ria sozinho, mas ria muito mesmo. Vá assistir a um filme romântico, e chore nos momentos tristes e emocionantes. Mas chore mesmo, de soluçar, sem vergonha.
Aprenda a dizer obrigado, por favor, bom dia, boa noite. E abuse nos agradecimentos. Agradeça a tudo e a todos, a todo instante. Pare de pedir tudo à Deus, agradeça-O mais. Também não precisa pedir perdão, não para Ele, pois já está perdoado.
Se ame mais. Diga que se ama assim que acordar, e repita isso várias vezes ao dia. Diga para as pessoas que te cercam que você as ama.
Pare de pensar no passado. Vislumbre um futuro melhor, cheio de bons acontecimentos. Jogue na mega sena toda semana, vai que você ganha. E se ganhar, divida. Não precisa nem ganhar na mega sena para dividir. Senão tem dinheiro sobrando para doar, doe seu tempo, doe alegria, doe esperança, e jamais perca a sua.
Como disse o poeta: "Viver e não ter a vergonha de ser feliz". E se feliz você for, se estiver contente consigo mesmo, você com certeza dominará a difícil arte do relacionamento interpessoal.

*Flávio Rodrigo Masson Carvalho
equilibriumtc@hotmail.com
 

Prefeito Callado visita unidades de saúde




  A equipe de saúde do ESFs do Jacb com o prefeito
Callado e o secretário da saúde Leonel de Queiróz 

 
 
 Leonel de Queiróz, Tarcísio Ikeda, Pedro Callado, Érica Aparecida Carvalho Delgado, Silvia Alves e Taísa Pavão Zanco, na ESF do Jardim Arapuã

O prefeito Pedro Callado, na manha desta terça-feira, 29 de setembro, percorreu unidades de saúde do município para verificar, in loco, o atendimento aos pacientes e o trabalho desenvolvido por seus funcionários.

As visitas estão programadas em agenda descentralizada estabelecida pelo governo municipal. "A presença nos locais de atendimento, junto aos profissionais e usuários permite avaliar a qualidade dos serviços que estamos prestando à população", afirmou o prefeito Pedro Callado.

Pedro Callado visitou as ESFs Luis Ernesto Sandi Mori, na Cohab Jacb e Getúlio de Carvalho na Cohab Arapuã, acompanhado pelo Secretário Municipal de Saúde, Leonel Renel de Queiróz e a Coordenadora de Estratégia, Silvia Maria Alves. O prefeito também visitou o consultório do dentista Tarcísio Ferreira Ikeda, na ESF do Arapuã.

Diagnóstico precoce pode slavar a vida das mulheres acometidas pelo câncer de mama

O Outubro Rosa, mês de conscientização e combate do câncer de mama, começa nesta quinta-feira, 1º de outubro, e tem como principal objetivo alertar as mulheres sobre os riscos da doença e a importância de fazer os exames com frequência.
Um levantamento feito pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca) aponta para quase 60 mil novos casos de câncer de mama no Brasil todos os anos, o que corresponde a 22% de todos os tipos da doença registrados.
Alguns fatores podem estar contribuindo para o aumento desse número como a gravidez tardia, depois dos 30 anos, a decisão da mulher de não ter filhos, consumo de bebida alcoólica, má alimentação, sedentarismo e obesidade.
Segundo a Ginecologista e Obstetra Dra. Erica Mantelli (CRM-SP: 124.315), pós–graduada em Sexologia pela Universidade de São Paulo (USP), o câncer de mama ainda não pode ser prevenido, mas sim diagnosticado com antecedência. "É importante a mulher conhecer o seu corpo e notar as mudanças que ocorrem na adolescência, especialmente o crescimento das mamas. O autoexame das mamas deve ser feito pela menos uma vez ao mês no mesmo dia do mês", afirma.
Após os 40 anos, o exame de mamografia é indicado para detectar a doença. "A partir dessa idade é recomendado a mulher fazer pelo menos a mamografia uma vez por ano", ressalta a ginecologista.
No início, o câncer de mama não apresenta sintomas. "Geralmente, a mulher só vai notar que existe alguma alteração na mama quando o tumor for palpável, apresentar manchas ou alterações na pele da mama, saída de um líquido do bico de mama", explica a Dra. Erica.
Vale ressaltar que a dor mamária é um sintoma muito comum nas mulheres, mas nem sempre esse incômodo está associado ao câncer de mama. "A dor das mamas pode está associada a alterações hormonais ou emocionais. Entretanto, é importante se consultar com o ginecologista para fazer exames", aconselha a médica.

Será que é câncer de mama?
Para descobrir o câncer de mama é necessário fazer um exame clínico, por imagens como ultrassom, ressonância e mamografia. "Após a suspeita do câncer de mama o médico encaminha a mulher para fazer um exame de biópsia para retirar um pedaço do tumor para análise", comenta a Dra. Erica.
O câncer de mama pode ser benigno e maligno. O tumor benigno não é considerado cancerígeno, eles crescem lentamente e não invadem os outros tecidos e também não espalham pelo corpo. Já os malignos as células não conseguem ser controlados e podem crescer se espalhando. "Geralmente, o câncer de mama começa nas células do epitélio que reveste a camada mais interna do ducto mamário. Raramente o câncer inicia em outros tecidos", diz a ginecologista.
O tratamento pode envolver quimioterapia, hormonioterapia, radioterapia e terapia. É importante levar em conta o impacto e os efeitos colaterais dos tratamentos na vida do paciente.

Sedentarismo na gravidez pode gerar diástase abdominal

A cantora Sandy lançou luz recentemente a um problema pouco comentado: diástase pós-gravidez. Trata-se de uma depressão que segue da área dos seios até o umbigo, causada pela separação do músculo reto abdominal, em decorrência das modificações da região na gestação, facilmente identificada por meio de um exame físico.

"Existem alterações fisiológicas e musculoesqueléticas que por influência hormonal permanecem durante todo período gestacional. A diástase do músculo reto abdominal é uma delas e ocorre quando há uma separação entre os feixes musculares, na linha média (linha alba) com espaçamento superior a 3 cm. Ela pode ser observada em 3 níveis: infraumbilical (abaixo do umbigo), a umbilical que é a mais frequente e a supraumbilical (acima do umbigo) . De diagnóstico predominantemente clinico ela pode ser agravada pela obesidade, gestações múltiplas, macrossomia fetal e poliidrâmnio (aumento de liquido amniótico). Não podemos deixar de dar uma atenção especial aquelas gestantes cuja musculatura abdominal é constitucionalmente flácida.", explica o ginecologista Carlos Alberto Politano, Diretor da Associação de Obstetricia e Ginecologia do Estado de São Paulo.

Prevenção - Não há formas de prevenir especificamente a diástase de reto, todavia alguns cuidados e hábitos podem minimizar as dores lombares e pélvicas decorrentes do comprometimento postural da gestante. Os cuidados com a alimentação e a atividade física deixaram de ser opcionais e passaram a serem os pilares de uma gestação saudável e agradável. O obstetra, sempre que necessário, deve ter parceria de uma equipe multiprofissional, e especificamente nos casos de diástase do músculo reto a participação do fisioterapeuta e da nutricionista.

Politano destaca que a má postura interfere imediatamente nos feixes musculares, uma vez que, pelo crescimento do abdômen, a curvatura da coluna é alterada. Assim, exercícios devem ser realizados mesmo pelas gestantes que antes eram sedentárias. Algumas das indicações de atividades são caminhadas, hidroginástica, pilates e musculação; este último, apenas com acompanhamento de profissional especializado em treinamentos para grávidas.

Alimentação é o segundo pilar para uma gestação saudável. "A ideia de comer por dois não vale mais. O correto, atualmente, é alimentar-se de três em três horas e em porções menores. É essencial manter o equilíbrio para ter ingestão proteica balanceada, importante para a musculatura", diz o ginecologista.

Tratamento - O tratamento varia de acordo com a gravidade da diástase de reto e sempre deve ser realizado com exercícios específicos, dirigidos por um fisioterapeuta ou outro profissional de saúde acostumado no acompanhamento de gestante. O médico reforça a importância de uma orientação nutricional e do acompanhamento da gestante quando a mesma mantém atividade física.

"A participação do fisioterapeuta é importante para orientar a gestante sobre atividade física e os tipos de exercícios a serem realizados na gestação e no puerpério. Por outro lado não menos importante é a orientação da nutricionista, pois, como já foi citado, a obesidade é um dos fatores causais de Diástase do reto abdominal", diz.

O uso da cinta não é válido durante a gravidez, porém, é fundamental após – isto porque o abdômen está flácido e ela ajuda a minimizar os efeitos na musculatura.

Resignação é amor sem pesares

por Adelvair David

Existem situações na vida que pedem muito mais do que habilidades para se sair bem delas.

É preciso analisar as coisas com profundidade, deixar a superfície das conveniências e aprofundar a sonda moral para examinar como se está reagindo.

Vamos falar aqui apenas no aspecto moral, e não nas questões materiais da existência; das que envolvem as relações de homem para homem neste mundo.

Tudo que tende a rebaixa-lo "atiça-lhe" o orgulho, este tirano do espírito, que não aceita nada que o diminua, muito menos nas questões da calúnia, da difamação, da desconsideração, da mentira e do deboche.

É preciso o exercício da resignação para combatê-lo. Não se pode confundi-la com a apatia, muito menos com o ato de cruzar os braços para deixar as coisas acontecerem, mas sim de colocar a razão a serviço do coração e o coração a serviço da razão, fazendo-se o melhor para prosseguir com a própria vida sem se importar com os esbarrões perniciosos do malfeitor.

É bom lembrar que alguém pode eleger-se como inimigo de outrem, sem que este o aceite como seu inimigo no coração e, assim procedendo, ficará imune à sua maldade, protegendo o ouvido e o coração das palavras ardidas que só queimam quem lhes dá guarida.

Há os que publicam coisas jocosas desejando ferir, outros ainda que espalham boatos, buscam alguém que julgam importante para a sua causa sem causa, desconhecendo que, façam o que fizerem só conseguirão fazer mal a si mesmos, porque ao conduzir a leviandade acabam por decepcionar-se consigo mesmos, infelicitando-se.

Disse Jesus de Nazaré: "Mas se forem mal recebidos, saiam logo daquela cidade. E, na saída, sacudam o pó das suas sandálias[...]".

Ofereceu Ele, então, o ensinamento de que ninguém deve carregar a negatividade de ninguém; ao contrário ofereça ao seu portador paciência, compreensão e perdão.

RESIGNA-TE. É DOCE A SOLIDÃO DE QUEM RECUA PARA CONTINUAR AMANDO SEM PESARES.

No sábado, 26 de setembro, a Associação Zanon de Karatê - AZK, realizou uma competição de karatê, modalidade katá, no CCI de Santa Salete. A competição contou com a participação de 100 karatecas das cidades de Jales, Urânia, Santa Salete, Estrela D’Oeste, Santa Clara D’Oeste e Aspásia.

A AZK, que conta com professores ministrando aulas de karatê em mais de vinte cidades dos estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, dividiu todos os alunos de todas as academias em cinco grupos, sendo o grupo que participou da competição em Santa Salete formado apenas por alunos do Sensei Edson de Freitas Resende
O Diretor Técnico da AZK, Sensei Cloudoardo Zanon, idealizou essa competição como forma dos alunos aprimorarem as bases do karatê através dos kihon (fundamentos) e dos kata (simulação de luta). "Os alunos que desenvolvem um bom kihon e um bom kata acabam, por consequência, desenvolvendo-se bem no kumitê (luta)", observa Sensei Zanon.

Os alunos que conquistaram os primeiros e segundos lugares em cada categoria dos cinco grupos formados, classificaram-se para as finais que deverão ser realizadas em uma das seis cidades em que o Sensei Edson ministra aulas.
"Fiquei muito feliz em poder realizar essa competição interna para meus alunos, pois observei que, mesmo os alunos que não obtiveram classificação, deram o melhor de si se esforçando para apresentar um bom katá", comenta Sensei Edson.

Sensei Zanon e Sensei Edson ainda comemoraram, nesta segunda-feira, a indicação do karatê pelo Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Tókio como um dos cinco esportes postulantes nas Olimpíadas de Tókio, em 2020. A escolha final deverá acontecer nas Olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016.
"A AZK participou de diversos eventos da campanha em prol do karatê nas Olimpíadas e caso isso se concretize, servirá para fortalecer cada vez mais o karatê esportivo oficial que é ensinado por todos os professores da AZK, incluindo o Sensei Edson na região de Jales", comemorou Sensei Zanon.

Um sínodo - um pontificado

por  D. Demétrio Valentini

Neste domingo, 04 de outubro, dia de São Francisco, começa em Roma o aguardado sínodo sobre a família. Ele se prolongará até o dia 25 deste mês. Será seguido de perto, não só pela Igreja Católica, mas por muita gente que intuiu que este sínodo não se limitará a aprofundar um assunto, mas servirá de referência para a definição do pontificado do Papa Francisco.

De fato, vai ficando cada vez mais clara a estratégia do Papa. Com a realização de dois sínodos, um em seguida ao outro, as atenções são direcionadas para um assunto que em si mesmo é importante, mas que sobretudo serve de termômetro para medir a verdadeira postura da Igreja diante dos problemas que a humanidade vive hoje.

Neste sentido, a família é a realidade mais consistente que simboliza a humanidade inteira. Isto permite a afirmação mais categórica e mais abrangente do mistério salvífico que somos chamados a professar.

Se a realidade da família representa bem a complexa existência humana, podemos fazer a grande afirmação que resume nossa convicção cristã, e nos coloca numa perspectiva ampla e inesgotável: Deus se compadeceu da família humana, e resolveu redimi-la, enviando-nos o seu Filho Único, que desencadeou sua ação salvadora começando por assumir uma família, e se inserindo através dela no contexto concreto da humanidade.

Assim, se buscássemos uma realidade representativa de toda a humanidade, não precisaríamos titubear: olhemos para a família, e nela iremos encontrar os desafios que a trajetória humana nos apresenta.

Esta prioridade que o Papa Francisco vai dando à família, não é aleatória. Vai emergindo hoje, em toda a sociedade, uma salutar preocupação pela situação da família. Talvez por ver quanto se tornou adverso hoje o ambiente para uma vivência familiar das pessoas, e quantos atropelos a família precisa enfrentar no contexto social e cultural de hoje.

Em todo o caso, concordamos facilmente que é dever do Papa sair em defesa da família, como ele vem fazendo de maneira exímia.

O que nem todos concordam é com a postura que o Papa Francisco propõe para uma ação concreta em defesa das famílias. Pois a insistência do Papa em abordar a questão familiar, tem por finalidade encontrar ações concretas que possam servir de apoio à família em meio aos problemas que hoje ela enfrenta. Sua preocupação, portanto, é de ordem pastoral. Consiste em encontrar meios concretos de apoiar as famílias, para fortalecer uma verdadeira "pastoral familiar".

Neste breve tempo de pontificado, com seus gestos e suas palavras, o Papa Francisco conseguiu assinalar com muita clareza uma insistência que já se constituiu na marca definitiva do seu pontificado. Ele propõe a misericórdia como fonte inspiradora de toda a atitude da Igreja diante da família, e como inspiração do relacionamento cotidiano com as pessoas.

Neste sentido, é muito significativa a decisão do Papa em convocar um "jubileu extraordinário da misericórdia", a se iniciar justo no dia em que a Igreja conclui a celebração dos 50 anos do encerramento do Concílio, no dia 08 de dezembro. Como a dizer que, agora, o caminho concreto para colocar em prática a renovação eclesial proposta pelo Concílio, será a atitude de misericórdia, pela qual se torna possível superar os impasses existenciais do convívio humano.

O Pontificado do Papa Francisco ficará na história com a marca registrada da misericórdia.

Editais de Proclamas

Rosimeire Ensides Tomazeli, Oficial Interina do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de Jales, Estado de São Paulo. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro.

FERNANDO CAIO CORREA DE SOUZA e FLALINE SILVA NEVES. ELE, natural de Paranaíba, Estado de Mato Grosso do Sul, nascido aos 10 de abril de 1.990, auxiliar administrativo, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Antonio Aparecido de Souza e de Regina Aparecida Correa de Souza. ELA, natural de Palmeira D’Oeste, deste Estado, nascida aos 29 de março de 1.990, supervisora, solteira, residente e domiciliada em Palmeira D’Oeste, deste Estado, filha de Waldir Antonio das Neves e de Azenir Rodrigues da Silva Neves.

ANDRE SILVA CANDIAS e TACIANE ALVES DE SOUZA CARVALHO. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 24 de junho de 1.980, folheiro, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Joel Carlos Candial e de Zelia Silva Candial. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 16 de março de 1.993, auxiliar de cabeleireira, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de José Luis de Carvalho e de Maria Helena Alves de Souza Carvalho.

ANTONIO CARLOS VIEIRA e PAULA FABIANA FRUCH. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 29 de janeiro de 1.976, auxiliar de laboratório, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Jordalino Antonio Vieira e de Maria do Carmo da Silva Vieira. ELA, natural de Dracena, deste Estado, nascida aos 30 de janeiro de 1.977, funcionária pública estadual, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de José Valdir Fruch e de Elza Aparecida Mazelli Fruch.

ALEXSANDRO FABER e FRANCIELE CAIRES LOUZADA. ELE, natural de Pereira Barreto, deste Estado, nascido aos 02 de março de 1.989, operador de maquinas, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Domingos Faber e de Aparecida Carminati Faber. ELA, natural de Livramento de Nossa Senhora, Estado da Bahia, nascida aos 28 de abril de 1.994, auxiliar de cozinha, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de José Oliveira Louzada e de Iraci Caires dos Santos.

NILDO DE OLIVEIRA SANTOS e BRUNA JANAINA MARCELINO RODRIGUES. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 03 de maio de 1.992, contador, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Nilvo Alves dos Santos e de Maria Vilma de Oliveira Santos. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 05 de abril de 1.990, técnica em alimentos, divorciada, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de João Rodrigues e de Marcia Pereira Marcelino Rodrigues.

ESTEVAM DANIEL GONÇALVES e RENATA QUEIROZ. ELE, natural de Carneirinho, Estado de Minas Gerais, nascido aos 10 de abril de 1.977, motorista, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Estevam Ramos de Oliveira e de Egídia de Lima Oliveira. ELA, natural de Votuporanga, deste Estado, nascida aos 03 de julho de 1.981, contadora, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de João Antonio Queiroz e de Laura Rodrigues de Jesus Queiroz.

MARCELO DONIZETH VELHO e ANA CRISTINA DIAS DE SOUZA. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 19 de dezembro de 1.980, motorista, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Laercio Antonio Velho e de Maria de Lourdes Albazene Velho. ELA, natural de Pontalinda, deste Estado, nascida aos 07 de setembro de 1.975, cabeleireira, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Joaquim Dias de Souza e de Maria da Lapa Aparecida de Souza.

EDUARDO HENRIQUE BATISTA e VANESSA DA SILVA CARVALHO. ELE, natural de Vinhedo, deste Estado, nascido aos 17 de fevereiro de 1.995, autônomo, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Sidímar Aparecida Batista e de Vera Lucia Josefa de Sá. ELA, natural de Brumado, Estado de Bahia, nascida aos 30 de junho de 1.991, vendedora, solteira, residente e domiciliada em Jales, deste Estado, filha de Argemiro Raimundo de Carvalho e de Clarice Maria da Silva Carvalho.

SE ALGUÉM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO OPONHA-O NA FORMA DA LEI. LAVRO OS PRESENTES PARA SEREM AFIXADOS NO REGISTRO CIVIL E PUBLICADOS NA FOLHA NOROESTE, NESTA CIDADE DE JALES.

Rosimeire Ensides Tomazeli – Oficial Interina


Sim, nós podemos!

por José Renato Nalini

Todos costumamos ser céticos ao chamado a um desejável e hoje imprescindível protagonismo. Somos chamados a salvar o Brasil, imerso na rapina e na gatunagem dos que se apoderaram do patrimônio público.

A primeira reação é argumentar com nossa impotência, insuficiência e insignificância diante do mal de que se impregnou a República, incapaz de fazer frente à metástase das suas entranhas. Mas um pouco de coragem levará à constatação de que governo precisa ser reduzido à sua missão original: instrumento de realização individual e coletiva. Meio e não fim! Ferramenta, não finalidade.

A cidadania é que deve tomar as rédeas. Impor as políticas públicas saudáveis. Não pactuar com a malandragem, sob qualquer de suas formas. Não admitir malfeitos, sejam quais forem os malfeitores.

O momento é de sacrifício e prudência. Reabilitar a ascese, que significa viver com menos. Consumir menos, gastar menos, pensar num amanhã que pode ser bem pior do que se imagina. Reduzir gastos, fazer mais com menos, exercer a criatividade. Inovar. Redesenhar estilos de vida. Valorizar o que se tem e não alimentar ilusões quanto ao amanhã.

Há irracionalidades que poderiam cessar de imediato, assim o quisesse a população. Pense-se em dispêndio desnecessário. A capital paulista despende 1 bilhão por ano em coleta de lixo. Por que motivo? Porque somos pouco asseados. Perdulários e insensíveis. Se cada um cuidasse de manter seu espaço limpo, essa quantia seria destinada a funções mais nobres.

O quanto se gasta com a conservação de jardins e praças públicas? E com sua limpeza? E com a pintura e preservação de estabelecimentos de ensino e próprios públicos destinados a outras finalidades?

Se as comunidades de bairro adotassem esses equipamentos e cuidassem de mantê-los em ordem, haveria orçamento para aperfeiçoar o sistema de saúde, o saneamento básico, a infra-estrutura.

Houvera maior zelo por parte da cidadania e as cidades não estariam a oferecer esse espetáculo deprimente de sujeira, abandono, descaso e ocupação por um despossuído que perdeu, primeiro do que a matéria, a sua autoestima, o seu senso de dignidade. Quando nos acostumamos com a podridão, com a imundície e com a falta de estética – e ética é a estética d’alma – pouco pode fazer o Estado. Pois ele atende às aspirações da maioria, como deve ser no regime democrático. E se a maioria não tem capacidade de se indignar, continua a acreditar que o governo é o responsável por tudo e que na Constituição da República só há o capítulo dos direitos, excluída a tábua dos deveres, então não haverá mais jeito.

Mergulhar no abismo e deixar a civilização muito longe é fácil e caminhamos, aceleradamente, nessa direção. Mas a vontade humana é mais forte do que a inércia. Reajamos! Acordemos o inconformismo e o ímpeto de mudar! Façamos nossa parte! Assumamos nossas responsabilidades perante nossa descendência e retomemos as rédeas desta Nação, cuja trajetória não pode ser o de besta desgovernada, mas a de povo bom e suficientemente adulto para conduzi-la até sua nobre predestinação.

Nós sabemos que isso é possível! Basta querer com intensidade e converter a vontade em ação.

José Renato Nalini é presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo
 

Câmara Municipal de Jales convoca Audiência Pública para demonstração das metas fiscais do 2º quadrimestre de 2015


 A Mesa Diretora da Câmara de Jales, composta pelo presidente Nivaldo Batista Oliveira – o Tiquinho, vice-presidente Rivail Rodrigues Junior, 1º secretário Jesus Martins Batista e 2ª secretária Pérola Maria Fonseca Cardoso convocou audiência pública, que foi realizada na tarde desta terça-feira, 29 de setembro, para demonstração e avaliação do cumprimento das metas fiscais do 2º quadrimestre de 2015 do município, em cumprimento ao disposto na Lei de Responsabilidade Fiscal.

A audiência foi conduzida pelo contador da Prefeitura de Jales, André Wilson Neves da Silva e pelo consultor João Antônio Dias Rodrigues, da empresa Meta Pública, que presta consultoria financeira à Prefeitura Municipal, que abriram a reunião e esclareceram que o objetivo da Audiência Pública era apresentar os valores que foram executados no segundo quadrimestre de 2015, além do acúmulo desta movimentação, com o intuito de demonstrar o cumprimento das metas fiscais.

Diversos dados técnicos foram demonstrados e avaliados, seguindo as premissas estabelecidas nos anexos de metas fiscais que constam na Lei de Diretrizes Orçamentárias. Os valores apresentados referem-se à Administração Municipal , dentre eles: o resultado orçamentário, receitas e despesas empenhadas do 2º Quadrimestre, demonstrativos financeiros relativos à Prefeitura Municipal, à Câmara Municipal e IMPS – Instituto Municipal de Previdência Social, além de demonstrativos de aplicação no ensino, recursos do FUNDEB, Saúde e Despesas com Pessoal. (Jaqueline K. Zambon)

Vereador Nishimoto questiona trabalho prestado pela empresa de transporte de passageiros

O vereador Sérgio Nishimoto (PTB)  (foto) apresentou segunda-feira, 28 de setembro, e aprovado por unanimidade um requerimento que solicita do prefeito Pedro Callado, informações sobre os motivos pelos quais a empresa Expresso Itamarati é detentora da exclusividade de transporte de passageiros entre Jales e a grande São Paulo, bem como ações que "podem ser realizadas pelo Poder Executivo com vistas a minorar o problema relatado pelos usuários quanto à precariedade e o alto custo do serviço prestado" expôs.

Nishimoto considerou que o Expresso Itamarati, única empresa de transporte de passageiros entre Jales e os grandes centros urbanos da grande São Paulo e da própria capital, tem prestado "serviços precários e tratado de forma desrespeitosa seus usuários, razão de muita insatisfação e protesto, além de citar que os preços das passagens da referida empresa são abusivos, dificultando a viagem de cidadãos que precisam se deslocar para estes centros urbanos, o que torna o preço da passagem ainda menos tolerável, ante a qualidade do serviço prestado".

Ele salientou ainda que a oferta de serviços de transportes de passageiros entre Jales e os grandes centros urbanos da grande São Paulo e da própria capital, em concorrência com os serviços oferecidos pela empresa Expresso Itamarati, certamente resultaria em redução dos preços das passagens e melhoria na qualidade do serviço ofertado.

Segunda a Lei Orgânica do Município, o prefeito Pedro Callado terá 15 dias para responder ao requerimento do vereador Nishimoto , após o seu recebimento. Os requerimentos, bem como as suas respectivas respostas são disponibilizados à toda a população no site oficial da Câmara Municipal de Jales, que pode ser acessado pelo endereço www.camaradejales.sp.gov.br.

Palavras de Chico Xavier










Pergunta
 
O teatro seria um bom veículo de divulgação do Espiritismo? Deve ser incentivado?

Chico Xavier
O teatro sempre foi e continua sendo alto e nobre instrumento para a exposição de idéias e sugestões, capaz de servir, com segurança e beleza, às construções espirituais da Doutrina Espírita.
As novelas de televisão, quando apresentam esta ou aquela nota referente aos princípios espíritas, são exemplo disto.
Esta coluna tem o patrocínio e responsabilidade da "Associação Espírita "Chico Xavier" de Jales.

Negócios

por Reginaldo Villazón

Depois da crise financeira de 2008 – que teve início nos Estados Unidos e se alastrou pelo mundo –, os economistas não tiraram os olhos do sistema financeiro internacional. Foi possível conhecer como as instituições financeiras, nas últimas décadas, surfaram com êxito as ondas do chamado neoliberalismo. Elas se capacitaram através de fusões e reestruturações para atuar em nível internacional como um organismo econômico na busca do lucro ilimitado e na conquista da supremacia sobre os outros poderes.

Este ano, foram divulgados fatos econômicos alarmantes. Durante a crise de 2008, governos europeus assumiram contratos de dívidas privadas "podres" para aliviar 28 grandes bancos desses contratos de difícil recebimento. Bom para os bancos, ruim para os cidadãos europeus que até hoje são penalizados com a austeridade dos seus governos. Em 2012, a soma dos balanços desses 28 bancos (50 trilhões de dólares) foi superior à dívida pública global (49 trilhões de dólares). Os bancos jogam alto.

Esta semana, foi veiculada notícia sobre o uso do poder econômico no topo do mundo. A Organização das Nações Unidas (ONU) – que reúne a quase totalidade dos países do mundo – é manipulada por empresas transnacionais, algumas das quais violam abertamente normas éticas da organização. Foi esta a conclusão de um estudo internacional. As grandes empresas associadas à ONU desfrutam de visibilidade e acesso direto às maiores autoridades do planeta. Assim, influenciam decisões e favorecem seus próprios interesses.

O exercício do poder é normal nas relações humanas, mesmo havendo harmonia. Por algum motivo (força, coragem, habilidade, magnetismo), um indivíduo exerce influência sobre o outro. Intelectuais, como o alemão Max Weber, descrevem tipos de poder exercidos nas sociedades, como: econômico, ideológico e político. Mas o assunto é vasto. Os historiadores afirmam que o segundo maior império da história – o Império Mongol (1206 a 1368) – foi conquistado pela habilidade dos mongóis no uso do cavalo.

O poder econômico sempre existiu, não na grandeza assustadora de hoje. Ele permitiu, outrora, que outros poderes e valores se manifestassem. O respeito dos trabalhadores aos mestres, a vaidade de vestir o uniforme profissional, a honra pelo emprego e o carinho pelo produto elaborado não eram aniquilados por conceitos econômicos. Marceneiros mostravam com orgulho a sua produção. Agora, é só negócio. Famílias se reuniam com seriedade para o culto cristão no lar. Agora, elas compram benefícios de Deus pela televisão.

É complicado viver fora das tendências vigentes. Mas é bom não crer que o aumento da produtividade vá gerar riqueza, trabalho e renda para todos. É bom não ignorar que hoje se trava uma luta, dos que desejam o poder democrático participativo contra os defensores do poder econômico das corporações internacionais. Cedo ou tarde, os ventos mudam de direção. As tendências se alteram. Vai chegar a hora de abandonar a turbulência do trecho ruim da estrada e avançar por outro melhor pavimentado.

Seccional de Polícia atenderá pessoas que foram vítimas de furto ou extravio de suas bicicletas


A Delegacia Seccional de Polícia de Jales está comunicando que nos dias 5, 6 e 7 (segunda-feira, terça-feira e quarta-feira), no horário compreendido entre à 9h e 12 horas e das 14h às 18 horas, nas dependências de sua sede, sito à rua Cinco n º 2075, centro, estará atendendo visitação de cidadãos que foram vítimas de furto ou extravio, para demonstração das bicicletas apreendidas nos anos de 2013, 2014 e2015, com a finalidade de encontrar seus respectivos proprietários. Segundo o Delegado Seccional de Polícia, Charles Wiston de Oliveira, os interessados deverão "comparecer munidos de documentos que comprovem o domínio do bom".

A CEI da Merenda Escolar ouviu nesta quinta-feira, Marynilda Cavenaghi

Marynilda Cavenaghi presta depoimento à CEI



A Comissão Especial de Inquérito - CEI da Merenda Escola - foi criada de 8 de junho para apurar eventuais irregularidades na contagem e pagamento pela Prefeitura Municipal das refeições servidas na merenda escolar nos períodos de março a novembro de 2014 e de março a maio de 2015. A Comissão é formada pelos vereadores Gilberto Alexandre de Moraes, Rivail Rodrigues Junior e Luís Fernando Rosalino, respectivamente presidente, vice-presidente e relator.
A Comissão foi motivada a partir da resposta a um requerimento do Legislativo, onde o Poder Executivo informou que a quantidade de refeições servidas aos estudantes atendidos pela empresa contratada pela Prefeitura Municipal tiveram as seguintes totalizações: no mês de novembro de 2014, 184.754 refeições; no mês de março de 2015, 171.462 refeições e no mês de abril de 2015, 139.432 refeições.
A partir dessa totalização, tornou-se possível perceber que houve uma redução de quase 30% (trinta pontos percentuais) na quantidade de refeições servidas pela empresa de merenda escolar, considerados somente os meses de março e abril de 2015, o que causou estranheza e motivou a criação da CEI.
Na próxima semana, dando continuidade aos trabalhos, serão ouvidas novas testemunhas para que a Comissão possa obter mais informações pertinentes que o caso requer.
O depoimento prestado pela funcionária pública municipal Marynilda Cavenaghi Nacca, da Secretaria Municipal de Educação, não foi divulgado pela presidência da CEI

FOLHAGERAL, da redação

Nesta terça-feira,
(29 de setembro), foi publicada no site do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) outra decisão desfavorável à ex-prefeita Nice Mistilides.
A 3ª Câmara de
Direito Público, por unanimidade, não conheceu do recurso impetrado por ela, Nice Mistilides, contra o presidente da CEI que originou a cassação do seu mandato – André Ricardo Viotto (Macetão) – e o presidente da Câmara Municipal – Nivaldo Batista de Oliveira (Tiquinho) –. Decisão tomada em sessão realizada no dia 22 de setembro.
Depois de
fazer várias tentativas junto ao Tribunal de Justiça, Nice não teve vantagem em nenhuma. Nesta quinta-feira (1º de outubro), os Autos do recurso negado pela 7ª Câmara de Direito Público foram remetidos para Processamento de Recursos aos Tribunais Superiores.
Tudo certo
que alguém use os processos jurídicos oferecidos pela democracia para reivindicar direitos, como faz a ex-prefeita Nice. Mas ela repete o vício político de apego visceral ao cargo. Se ela volte a ser empossada no cargo de prefeita, agora em condições políticas precárias, nem dá para imaginar o tamanho do desastre e suas péssimas consequências.
Existem políticos
vidrados em cargos do poder executivo (Presidente, Governador e Prefeito). Fernando Collor perdeu o cargo de Presidente, ficou afastado da política e hoje ostenta um cargo de Senador, claro, no poder legislativo.
Nos municípios,
muitas pessoas de boa formação moral e cultural poderiam dar excelentes contribuições no legislativo, ocupando o cargo de Vereador para semear idéias, estimular atividades e defender projetos de interesse das comunidades.
O ex-vereador
Rivelino Rodrigues – que todos pensavam que se filiaria ao PSB – deixou o PMDB para fortalecer o Partido Verde (PV) comandado pelo empresário Osvaldo Costa JR, o Bixiga, pelo qual poderá disputar a cadeira do Executivo. Foi vereador antes de querer ser prefeito. E o PV pode render uma boa campanha.
É trabalho
primordial do parlamentar fiscalizar se as leis, os convênios e outros assuntos pertinentes à administração pública estão sendo cumpridos. Caberia bem uma investigação rigorosa – não um simples requerimento – sobre o porquê daquela quadra, que deveria ser construída na Cohab do Jardim Arapuã mas ainda não deu os ares de sua graça.
Pré-candidatos
em toda a região se movimentam para o pleito de 2016, apostando no desgaste político e administrativo dos atuais prefeitos por causa da crise vigente. Segundo avaliam, só por volta de 2017 as dificuldades vão se acalmar.
Enquanto
os pré-candidatos seguem acreditando nessa teoria, os atuais detentores do poder executivo se preocupam com a falta de recursos financeiros para investir em infraestrutura.
Em Jales,
o Secretário Municipal de Finanças disse, esta semana, que o orçamento para 2016 enviado ao Legislativo está mais torcido e enxugado que pano de chão. A coisa tá feia. Ele deixou claro que, se não houver repasses estaduais ou federais, a Prefeitura não terá como realizar pavimentação e recape asfáltico, e investir em infraestrutura com recursos próprios.
Em pleno
ano eleitoral, quando a política recomenda que muitas obras sejam executadas para mostrar serviço à população, muitos brasileiros vão ter que aceitar administrações apáticas.
O corregedor-geral
da Justiça paulista, desembargador Hamilton Elliot Akel, esteve em Jales na quinta-feira (24 de setembro) para visita correicional no Fórum da Comarca de Jales. Reuniu-se com funcionários e magistrados. No Fórum, recebeu o título de "Cidadão Jalesense", outorgado pela Câmara Municipal de Jales, por relevantes serviços prestados, inclusive na conquista da 5ª Vara Judicial recentemente instalada na Comarca.
O desembargador
Elliot Akel recebeu algumas reivindicações, entre elas o pedido de advogados de Jales para ampliação do quadro de funcionários da Vara do Juizado. Ele explicou que a demanda é de competência da Presidência e que repassaria o pedido. Lembrou a restrição orçamentária pela qual passa o Judiciário, que hoje dificulta a nomeação de servidores.
O vereador
Fagner Amado Pelarini, o popular Nenê do Pet Shop, apresentou na sessão de segunda-feira (28 de setembro) um requerimento ao prefeito Pedro Callado, solicitando informação sobre a possibilidade de ser implantado o sistema de sinal de alerta em amarelo nos semáforos da cidade, como é permitido durante as madrugadas.
Segundo
o vereador Nenê, os semáforos do trânsito de Jales permanecem inalterados em seu funcionamento durante as madrugadas. Isto obriga os condutores a pararem seus veículos durante o tempo que os semáforos exigem, mesmo com as ruas vazias.
Muitos
centros urbanos adotam o sinal de alerta em amarelo nos cruzamentos de vias, nas madrugadas. Isto evita paradas desnecessárias e libera o fluxo dos veículos, inclusive evitando a exposição de veículos e pessoas a perigos em ruas desertas. Ótima ideia, vereador!
As conversas,
esta semana, da parte dos analistas políticos no botequim da vila, foram de que o PMDB de Garça pode fechar uma coligação com o PSDB de Pedro Callado. No pleito de 2012, os dois partidos ficaram sem representantes no parlamento municipal. Acreditaram na força política dos seus eleitores, mas faltaram votos, ou uma boa coligação, para elegerem seus vereadores.
Sem recursos
para distribuir aos prefeitos e obras para inaugurar, deputados federais e estaduais estão desparecidos da urbe. Aparece um aqui ou acolá e leva ofício do prefeito solicitando verba para investimento. Pelo menos podiam dar ar da graça para a satisfação de seus eleitores.

Prefeitura de Urânia recebe ambulância para o Samu


A ambulância doada pelo governo federal
ao município de Urânia será repassada ao SAMU

Nesta quinta-feira, 1º de outubro, o prefeito Airton Saracuza recebeu uma ambulância , doada ao município pelo governo federal através do Ministério da Saúde.    
A nova ambulância a ser usada exclusivamente para execução das ações e atividades pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), será entregue pelo prefeito Saracuza.
Saracuza disse ao receber a nova ambulância zero quilômetro que se trata de mais qualidade e segurança no atendimento de urgência da população.
O SAMU em Urânia atende também a população das cidades de Aspásia e Santa Salete.
A nova ambulância de suporte básico, conta com equipamentos de primeiros socorros, iluminação, sinalizadores e GPS que facilitam e apoiam o serviço das equipes SAMU, possibilitando assim um melhor atendimento a população e deve entrar em operação após o cumprimento das exigências legais, incluindo seguro da viatura e a instalação de rádio de comunicação, em conformidade com as orientações do Ministério da Saúde.

MPF em Jales/SP realiza audiência pública em Pontalinda para debater queda no índice de qualidade do ensino básico

                    
Representantes das áreas da educação, segurança e pais de alunos participaram da ação que faz parte do Ministério Público pela Educação
O Ministério Público Federal em Jales e a Promotoria de Justiça na cidade realizaram audiência pública no último dia 24, para discutir os motivos que levaram o município de Pontalinda a obter baixa pontuação no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Durante a audiência os procuradores da República José Rubens Plates e Carlos Alberto dos Rios Júnior e o promotor de Justiça Horival Marques de Freitas Júnior ouviram representantes da área da educação, do conselho tutelar, das polícias civil e militar e associações de pais e mestres.

Os diretores de escolas reclamaram que boa parte dos responsáveis pelos estudantes tem pouco interesse pela vida escolar dos filhos. Os pais reconheceram esse problema e também expuseram questões específicas de cada escola como material didático fraco, abordagem de temas de baixa relevância e proibição da saída dos livros didáticos da escola. A indisciplina de alguns estudantes, a falta de professores, a má distribuição do número de alunos (algumas turmas com muitos e outras com número reduzido) e a presença de traficantes de drogas nas proximidades da escola também foram reclamações destacadas pelos pais.

O Ministério Público realizou visitas a quatro estabelecimentos municipais de ensino, nos dias 22 e 23 do mês passado, para verificar as condições de cada unidade. Na escola Geraldo Hortêncio, encontraram boas condições de conservação e limpeza do prédio, mas na sala de informática, apenas oito dos 15 computadores estão funcionando. Outra questão apontada foi a existência de somente um banheiro adaptado para pessoas com deficiência.

Na escola Zélia Zaccareli, o estado de conservação do prédio chamou atenção: paredes pichadas e descascadas; portas trincadas e esburacadas; salas de aula sujas. A escola, no entanto, conta com um biblioteca organizada, com um grande acervo, e laboratórios de química e de informática bem estruturados.

Durante visita à escola Profª Lucilei Alves, os servidores do MP, constataram que ela está em boas condições de conservação e limpeza. No entanto, faltam biblioteca e sala de informática. Os únicos computadores existentes são para uso dos professores. No material didático não há algo específico para alunos com deficiência. Ainda sobre a estrutura, a escola não possui cozinha nem refeitório e utiliza as instalações da creche Odácio de Jesus, que fica ao lado. Em inspeção à creche foi constatado que o número de crianças atendidas (152) é bastante superior à capacidade do local (90) e o quadro de funcionários é insuficiente para atender os alunos.

Os Ministérios Públicos Federal e Estadual se comprometeram a avaliar as questões relatadas após as visitas aos estabelecimentos de ensino, as que foram citadas pelos representantes da educação e pela comunidade, para tomarem as medidas cabíveis.

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

TCE mantém irregular contratos de Jales para obras e operação de aterro

01/10/15 – JALES - Reunido durante a 30ª sessão ordinária, o Conselho do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP) votou pelo desprovimento dos recursos ordinários apresentados pela Prefeitura de Jales contra decisões que julgaram irregulares a tomada de preços, e o contrato e aditivos dela decorrentes, ajustados com a empresa Ecopav Construção e Pavimentação, que visaram a execução de serviços em ruas e logradouros públicos em Jales, bem como a operação e manutenção do aterro sanitário.

Era prefeito à época Humberto Parini (PT) e Leomi Clovis, prefeito em exercício

O relator da matéria, Conselheiro Renato Martins Costa, ao manter intacta a decisão pretérita, reforçou que nos autos subsistiram imperfeições suficientes para inquinar os atos praticados. Dentre as falhas foram apontadas estão a inadequação da modalidade de licitação, ausência de comprovação de pesquisa de preços e a exigência de que a relação da equipe técnica viesse acompanhada dos respectivos ‘curriculum vitae’ e de ‘declaração individual de aceitação profissional’.

"Tanto as características do objeto colocado em disputa, como a previsão de reajuste de preços após 12 (doze) meses, já dimensionava a intenção da Administração em dar continuidade ao ajuste, o que restou concretizado mediante as 6 (seis) prorrogações havidas através dos sucessivos termos de aditamentos", destacou Martins Costa.