Páginas

sábado, 9 de maio de 2015

É tão difícil assim...



...para o órgão responsável pela sinalização simplesmente passar uma tinta de qualquer cor sobre as palavras "carga e descarga" escritas na placa de sinalização fixada no poste de energia elétrica, como mostram as fotos? A sinalização autoriza veículos de carga e descarga a estacionar bem defronte a ponto de táxi. Os profissionais já reclamaram mais não atendimento por parte do Poder Público municipal.

FOLHAGERAL

O clima
de adversidade política em Jales esquentou após a visita do deputado estadual Itamar Borges (PMDB) ao conjunto habitacional do CDHU, que está em construção, em companhia de Flá Prandi (DEM) e dos peemedebistas José Devanir Rodrigues, João Missoni Filho e Jediel Zacarias.
Os tucanos
não gostaram nada, nadinha do prefeito Pedro Callado não ter sido convidado para estar junto da comitiva do deputado estadual Itamar Borges (PMDB) na visita. Ainda mais, porque Itamar estava acompanhado de Flá Prandi, que é candidato a candidato a prefeito de Jales em 2016. Isto causou uma grande ciumeira, pois é público e notório que Pedro Callado, prefeito em primeiro mandato, é candidato natural a reeleição em 2016 pelo PSDB.

Quem
também terá ficado muito chateado, por não ter sido convidado a estar presente na visita, segundo a animada turma do botequim da vila, foi o presidente da Câmara Municipal, Nivaldo Batista de Oliveira (Tiquinho), que é virtual substituto de Pedro Callado no Executivo.
A eleição
de 2016 se aproxima sem demora. Cada um quer puxar a sardinha para o seu lado, com mais força quanto mais se envolvem pretensos concorrentes ao trono municipal. Aí é que o beiço estica mesmo, como de criança mimada que quer ganhar pirulito.

Na quarta-feira,
em entrevista a uma emissora de rádio, o prefeito Pedro Callado chorou as pitangas ao dizer que os deputados que tiveram excelente votação no município em 2012, citando Analice Fernandes (PSDB) e Rodrigo Garcia (DEM), até agora não deram retorno à votação que receberam. Parece mesmo que Jales está sem representante político que lute na reivindicação de recursos.
Nos últimos
anos, os gestores de Jales aceitaram pacificamente a intromissão de quem não vive dentro da política local, de quem que não tem os problemas do município em sua agenda de trabalho político. Foi um desperdício depositar votos para ajudar a eleger esses visitantes. Agora, não adianta chutar o balde. No máximo, eles vão trazer miçangas, fazendo-nos de índios. Se a tribo mantiver a aceitação, a colonização prosseguirá.

Os vereadores
petistas Luiz Rosalino e Pérola Cardoso apresentaram uma Moção de Aplausos ao deputado Itamar Borges por ele ter votado favorável no projeto do governador Alckmin que abre espaço para 140 municípios se tornarem de Interesse Turístico. Para Jales chegar lá, terá que enfrentar uma caminhada difícil, passar por um crivo rigoroso e superar centenas de concorrentes.

Como fica
a situação do prefeito Pedro Callado, que foi buscar apoio de um deputado estadual que teve apenas quatro votos em Jales? Pior, tendo reeleito sua deputada com mais de 10 mil sufrágios no município e até agora sem receber retorno. Caso o pleito junto ao deputado André do Prado seja atendido, Jales vai obter 200 casas populares, um investimento de mais de R$ 10 milhões. O deputado dos quatro votos é do PR (Partido da República) e sua base eleitoral é distante.

O Luiz,
assíduo leitor desta coluna, não esconde que votou no Fausto Pinato (PRB) para elegê-lo deputado federal. Aí, ele costuma lascar que o deputado natural de Fernandópolis "está fazendo mais por Jales do que os outros". Isto é, do que a turma que levou milhares de votos daqui.
 
Por onde
anda a ex-prefeita Nice Mistilides? Esta é a pergunta mais ouvida nos bastidores da política no município. Provavelmente, ainda não digeriu a sua cassação. Mas, certamente, ela está bem. Afinal de contas, políticos são assim mesmo: aparecem e desaparecem, conforme desejam. Inclusive quando estão em pleno exercício de seus mandatos.

Ainda faltam
uns 440 dias para o pleito de 2016. Mas as conversas sobre possível renovação no legislativo municipal começam a ser ouvidas. Apesar dos pesares e dos desmentidos do vereador cassado Macetão, a divulgação da tal fita deu uma balançada no eleitorado jalesense, que está ficando descrente com o legislativo. Mas a ingenuidade dos vereadores causa espanto. Eles não dão conta de fazer da Câmara uma caixa de ressonância da atividade política do município.

O prefeito
Pedro Callado esteve em São Paulo à caça de recursos para o município. Aproveitou um momento com o governador para convidá-lo a visitar Jales. Geraldo Alckmin (PSDB), nos últimos dois anos, já esteve em visita oficial a Santa Fé do Sul, Urânia, Fernandópolis e Votuporanga. Nem uma visitinha ao Jalão. É uma questão política que precisa ser resolvida, agora que o município é administrado por um tucano. Afinal, ambos são aves da mesma espécie.

Pela
condição que está a cidade de Jales, dá mesmo para acreditar que as finanças da Prefeitura estão no vermelhíssimo, ou pior, no roxo mesmo. É fácil ver pela cidade como falta um bom trabalho de tapa-buracos. Ruim de ver, péssimo de trafegar. Porém, há uma boa notícia chegando.

Na sessão
ordinária da segunda-feira, os vereadores vão votar um projeto de lei do Executivo que abre um crédito adicional – no valor de R$ 520 mil – para recapeamento asfáltico "de algumas ruas da cidade". Vamos repetir aqui: "felizes os moradores das vias que vão entrar ou já estão na lista de beneficiadas". A notícia é boa, não é?

Um grupo
de políticos ligados ao PMDB é de opinião que está na hora do partido voltar a caminhar com suas próprias pernas e não mais sentado na garupa de outros partidos. Só resta a esse grupo saber se os caciques peemedebistas vão permitir essa "independência".

Os vereadores
Gilberto Alexandre de Moraes, Jesus Martins Batista, Luís Fernando Rosalino, Pérola Cardoso e Rivail Rodrigues Júnior apresentaram na sessão ordinária de segunda-feira (4 de maio) um requerimento, solicitando do prefeito Pedro Callado informações sobre a quantidade de pratos servidos na merenda escolar aos alunos das escolas públicas de Jales.

Eles
alegam no pedido que pairam dúvidas no fornecimento de merenda escolar e que, no mandato da ex-prefeita Nice Mistilides, alguns requerimentos sobre o tema foram encaminhados, porém, tiveram respostas pouco convincentes. Eles esperam que o prefeito Callado os convença de que tudo está dentro dos conformes.

Formar leitores é uma tarefa que começa antes mesmo da alfabetização e se estende por toda a vida escolar e fora dela

Incentivar a leitura é fundamental.
Num país castigado pelo analfabetismo, projetos de incentivo à leitura são muito mais que bem-vindos.
A E.M. Prof.ª Elza Pirro Viana, pensando nisso, além de implantar Projetos de Leitura como rotina,

Profª Irene/Educação Infantil contando história no "Cantinho da Leitura"




Leitura de contos/alunos do 2º Ano, profª Odinéia



Alunos escolhendo livros com a bibliotecária Cláudia Cibele
reorganizou o espaço da biblioteca, criando o "CANTINHO DA LEITURA". Ali as crianças se sentem mais a vontade para apreciar obras diversificadas da literatura universal.
É satisfatório observar a alegria dos alunos, desde a Educação Infantil até o 5º Ano do Ensino Fundamental, quando os professores, tanto das Salas Regulares como do Projeto Tempo Integral, além de fazer boas indicações, deixam as crianças livres para investigar, folhear e escolher o que quiserem.
Para cumprir a função de expandir o conhecimento, a biblioteca foi informatizada e o acervo diversificado, tomado como um ambiente de descobertas.
Os Projetos de Leitura contemplam todas as turmas e não poderiam deixar de fazer parte da Proposta Pedagógica da Escola:
Leitura de Poesia;
Leitura Nossa do Dia a Dia;
Cantinho da leitura Permanente;
Carta de Leitor;
Ciranda do Livro;
Projeto Música.
Além de todos os projetos em permanente desenvolvimento, o acervo literário tem sido cada vez mais enriquecido com o material do Ler e Escrever, que é um conjunto de linhas de ações articuladas que inclui formação, acompanhamento, elaboração e distribuição de materiais pedagógicos e outros subsídios, constituindo-se dessa forma como uma política pública para o Ciclo I, que busca promover a melhoria do ensino. Sua meta é que todas as crianças com até 08 (oito) anos de idade, matriculadas na Rede Pública de Ensino, estejam alfabetizadas.
A nossa escola tem apresentado bons resultados na aprendizagem dos alunos, segundo importantes indicadores, isso graças à importância que se dá a leitura. Além de ter um olhar sempre voltado para a educação integrada com as modernas tecnologias, como pesquisas realizadas na Sala Informatizada (5º Ano), que contam com computadores individuais. O Laboratório de Informática também é um importante meio de apreensão de leituras diversificadas.
Irene dos Santos Gasparino, Professora efetiva da Rede Municipal de Educação, atuando na Educação Infantil.
E.M. Profª Elza Pirro Viana
Diretora: Ivana Maria Scatena Robete
Vice Diretora: Lídia Olivieri de Oliveira Garcia
Coordenadora Pedagógica: Melissa Yane de Moaes M. Valeretto

60ª Festa do Peão de Barretos terá final da PBR Brasil

A programação esportiva da 60ª Festa do Peão de Barretos começa a se definir. A organização confirmou a realização de mais uma final da competição de montarias em touro promovida pela Professional Bull Riders - PBR Brasil, durante a primeira semana do evento que acontece de 20 a 30 de agosto.

Os rounds acontecerão nos dias 20, 21 e 22 de agosto, com a grande final no domingo, dia 23. Participarão os 35 melhores competidores do ranking da PBR Brasil que concorrerão a R$ 220 mil em premiação.

Na segunda semana do maior rodeio da América Latina acontece o 23º Barretos International Rodeo que também terá a participação da PBR. Serão 40 competidores na modalidade de montarias em touro, sendo 10 convidados por Os Independentes, 20 ranqueados pela PRB Brasil e os 10 melhores pontuados do ranking internacional da PBR. A premiação será de R$ 146 mil para os finalistas e valerá classificação para a etapa 2016 da Professional Bull Riders.

A parceria foi definida após reunião que contou com a participação do presidente da Associação Os Independentes, Jerônimo Luiz Muzetti, o Diretor de Rodeio de Os Independentes, Kiko de Almeida Prado e a secretária de rodeio Juliana Balbo, além do Chefe Global de Operações da Professional Bull Riders (PBR), o americano Dave Cordovano, a presidente da PBR Brasil, Martha Cajado, Adriano Moraes, diretor de competição e Rodrigo Valério, diretor comercial.Outras atrações do rodeio serão anunciadas em breve. Mais informações no site www.independentes.com.br

Mulheres com aniversário em maio podem fazer mamografia sem pedido médico em SP

Mulheres entre 50 e 69 anos de idade que fazem aniversário em maio e nasceram em ano ímpar podem fazer mamografia grátis sem precisar ter em mãos pedido médico no Estado de São Paulo. Basta agendar o exame por meio de um callcenter da Secretaria de Estado da Saúde.
O serviço integra o programa estadual "Mulheres de Peito", que tem como objetivo rastrear e prevenir o câncer de mama no Estado. O agendamento da mamografia sem necessidade de encaminhamento médico é feito no mês de aniversário das pacientes, e tem como objetivo incentivar a prevenção entre as mulheres.
No próximo mês será a vez das aniversariantes de junho, nascidas em ano ímpar, agendarem a mamografia sem necessidade de pedido médico, e assim, por diante. Mas caso a mulher tenha nascido em ano par e esteja há mais de dois anos sem fazer o exame, também poderá fazer o agendamento no mês de seu aniversário, ainda este ano.
Para quem liga no callcenter, pelo 0800-779-0000, e se enquadra no perfil do programa, o agendamento da mamografia é feito em um dos 300 serviços do SUS (Sistema Único de Saúde) paulista que possuem o equipamento, no local mais próximo da residência da paciente.
Desde o início do ano passado até março de 2015 23,6 mil mamografia foram agendadas por todo o Estado por meio do 0800.
No momento da ligação, que pode ser feita de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, é importante que a paciente tenha em mãos dados como número do cartão SUS, endereço, telefone, data de nascimento e nome completo dos pais. Isso garante maior agilidade ao agendamento.
A previsão é de que a mamografia seja realizada ainda no mês de aniversário da paciente ou, no máximo, em 45 dias após a solicitação do exame. Se forem detectadas alterações no exame ou suspeitas de câncer, os casos são encaminhados a um serviço de referência do SUS para fazer avaliações complementares, acompanhamento ou tratamento, de acordo com cada caso.
Já o exame de mamografia mediante encaminhamento médico está disponível na rotina da rede pública de saúde em todo o Brasil e independe do mês ou ano de aniversário.
"O câncer de mama é a maior causa de morte por tumores em mulheres no Brasil e também em São Paulo. Por isso, criamos esse programa de rastreamento com o objetivo de ampliar e facilitar o acesso das mulheres na faixa dos 50 aos 69 anos ao exame de mamografia e, consequentemente, agilizar o diagnóstico e tratamento para a doença que pode ser curável se for descoberta e tratada precocemente", afirma David Uip, secretário de Estado da Saúde de São Paulo.

NASF realiza projeto para integração dos profissionais da saúde de Jales


O Núcleo de Apoio à Saúde da Família da cidade de Jales/NASF, juntamente com seus fisioterapeutas Dieine Morise e Tiago Dan reiniciaram o trabalho de "Vivências" através de um projeto com público alvo multidisciplinar, em que procuram valorizar e articular o trabalho em equipe. Os encontros estão sendo realizados às quintas-feiras em horário diversificado na sala de Reuniões do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO).

O objetivo geral do projeto é proporcionar um momento de descontração e trabalho em equipe, explorando união, criando laços e ambiente de confiança, aproximação com o colega de trabalho, estímulo da expressão corporal, utilização do corpo e seus movimentos como forma de comunicação, descoberta dos seus limites físicos, exercitar-se e auto drenar-se, incentivando a calma, paciência, reflexão, meditação, relaxamento através de atividades prazerosas e dinâmicas resultando em bem estar físico e psicossocial dos profissionais da saúde da cidade de Jales.

O projeto busca além da reflexão da prática como profissional que trabalha produzindo saúde, a busca por suas "raízes" e o despertar do seu "eu" interior. Durante o encontro é realizada orientação sobre DST e AIDS, abordando a temática "A primeira e melhor vitória é conquistar a si mesmo" (Platão).

Após as sessões, os participantes podem apreciar o lanche de boas vindas doado pelo Serviço de Atendimento Especializado e Centro de Testagem e Aconselhamento de Jales (SAE CTA).

Ansiedade e compulsão alimentar


Como a ansiedade influencia na maneira de se alimentar

Segundo uma pesquisa realizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), O Brasil é o 4º país mais ansioso do mundo, com 23% de sua população ansiosa. Esta é uma reação normal diante de situações que podem provocar medo, dúvida ou expectativa. Por exemplo, antes de embarcar em um avião, o nascimento de um filho e uma cirurgia delicada, são situações que geram ansiedade, e de maneira compreensiva.

Entretanto, se essa condição perdura por mais de seis meses, sendo acompanhada por sintomas como inquietação, fadiga, irritabilidade, perturbação do sono e dificuldade de inquietação, se trata do transtorno da ansiedade generalizada (TAG), distúrbio caracterizado pela preocupação excessiva ou expectativa apreensiva. A ansiedade também pode causar a pessoa a comer compulsivamente, ou seja, comer além do que necessário e de modo rápido, independente de se sentir saciado.
Segundo a coach de emagrecimento Cintia Seabra (foto), a ansiedade é o que faz as pessoas comerem mais do que deveriam, e possui diversas causas, como, por exemplo, quando a preocupação sobre o futuro se sobrepõe ao viver no presente. "Para gerenciar bem o seu peso, é necessário gerenciar bem a sua vida. Pessoas ansiosas geralmente comem muito pois usam o alimento para preencher o que falta nas suas vidas - prazer, afeto, companhia, etc", conta a profissional. Ela, que já ajudou milhares de brasileiros a emagrecer com seu programa online "O Segredo do Emagrecimento", acredita que, para emagrecer, é necessário fazer esforços e encarar a vida de frente, encontrando as causas para sua ansiedade, e tratando-as.
"Na hora de se alimentar, é preciso pensar no que aquela comida vai lhe trazer de bom, e o que ela representa; sustento ou compensação. A medida que você parar de carregar suas preocupações e problemas, a comida vai passar a alimentar somente seu corpo, e não mais sua alma", finaliza Cintia. Saiba mais no vídeo:www.youtube.com/watch?v=XMTea8mlQiU&feature=youtu.be
serviço: Cintia Seabra Master Coach e Psicóloga Clínica

Dia Internacional da Enfermagem, por Ana Lúcia da Silva

Florence Nightingale, inglesa, nasceu em Florença, na Itália, nome originário de sua nacionalidade. Cristã anglicana, aos 17 anos, decidiu ser enfermeira, acreditando ter um chamado de Deus para fazer enfermagem. Foi na guerra da Crimeia que o seu trabalho tornou-se mais conhecido e ela foi chamada de "Dama da Lâmpada", instrumento que ela usava durante a noite para ajudar os feridos. Florence fundou a primeira Escola de Enfermagem secular do mundo na Inglaterra, em 1860.

Por tal história o dia 12 de maio ficou marcado mundialmente como Dia do Enfermeiro, homenagem a Florence que nasceu no dia 12 de maio de 1820, um marco da enfermagem moderna no mundo.

No Brasil comemora-se a Semana da Enfermagem, data instituída em meados dos anos 40, em reverência a dois grandes personagens da Enfermagem no mundo, Florence e Ana Néri, enfermeira brasileira e a primeira a se alistar voluntariamente em combates militares.

O Dia do Enfermeiro foi adotado no país por meio do decreto no 2.956, de 10/8/1938, assinado pelo presidente Getúlio Vargas. Além dessa data, a profissão também é homenageada na Semana Brasileira de Enfermagem, de 12 a 20 de maio, quando os Conselhos Regionais de Enfermagem promovem encontros, palestras e outras atividades.

A profissão tem origem milenar e marca a época em que ser enfermeiro era uma referência a quem cuidava, protegia e nutria pessoas convalescentes, idosos e deficientes. Durante séculos, a Enfermagem vem formando profissionais em todo o mundo, comprometidos com a saúde e o bem-estar do ser humano.

Homenagem da Santa Casa de Jales para todos os profissionais da Saúde.

"As pessoas esquecerão ... O que você fez ... O que você falou ... Mas nunca a maneira como você as tratou".

*Ana Lúcia da Silva é Gestora de Enfermagem, Enfermeira Responsável Técnica na Santa Casa de Misericórdia de Jales.

Três cidades da região de Jales receberão recursosde fundo gerido pela Secretaria de Estado da Justiça

A Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania publica no Diário Oficial de hoje a mais recente relação de projetos analisados pelo Conselho Gestor do Fundo de Interesses Difusos (FID).

Os municípios de Santa Fé do Sul Projeto: Encerramento e Recuperação de Área Degradada do Vazadouro, Aspásia: Projeto Implantação de Parque Urbano/Ambiental e Rubineia: Projeto Revitalização do Parque Ecológico da Lagoa do Sol poderão executar seus projetos, ligados à recuperação ambiental, conforme listagem abaixo.

De 73 projetos analisados, 49 foram aprovados e 24 indeferidos. A maioria deles é proveniente de prefeituras municipais, e versam sobre revitalização e desassoreamento de lagoas e rios, criação e recuperação de parques ecológicos, restauração de patrimônios históricos e projetos de inclusão social. Há projetos ainda de entidades civis, sem fins lucrativos, de órgãos públicos e de Secretarias de Estado.

Os projetos do FID contribuem para gerar renda e empregos, principalmente em pequenos e médios municípios do Estado. O fundo, criado pela Lei Estadual 6.536, de 13 de novembro de 1989, financia projetos nas áreas ambientais, do consumidor, culturais, artísticos, estéticos, turísticos, paisagísticos e de outros interesses difusos e coletivos, para órgãos públicos, prefeituras e organizações sem fins lucrativos.

Os recursos do fundo são provenientes de indenizações e multas decorrentes a danos causados às mesmas áreas, ou seja, os prejuízos causados retornam na forma de indenização e multas para ressarcir os prejuízos à coletividade. Os recursos são administrados por um Conselho Gestor composto pelas secretarias estaduais da Justiça e da Defesa da Cidadania (que preside o colegiado), do Meio Ambiente, Fazenda, Cultura, Direitos da Pessoa com Deficiência, Planejamento e Gestão , Desenvolvimento Social, Procuradoria Geral do Estado, Ministério Público e três associações representativas da sociedade civil.

A análise técnica é feita pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), que sugere a viabilidade ou não do projeto ou a necessidade de adequações. Incluindo as contrapartidas dos proponentes, a soma total dos convênios assinados na ocasião foi de R$ R$ 7.565.751,05.

Foram firmados 36 convênios, referente ao Edital de2 013, com recursos do Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos, um investimento de R$ 77.000.000,00.

Maioria dos jovens não está otimista com mercado de trabalho em 2015

 
Enquete realizada pelo CIEE, para saber o que os estudantes esperam para 2015 quando o assunto é empregabilidade, detecta que 75% acreditam que as oportunidades do mercado de trabalho não serão melhores do as do ano passado. Já 21% acreditam no contrário, enquanto apenas 4% não opinaram. O levantamento contou com respostas de 10,7 mil jovens cadastrados no banco de talentos do CIEE.
Pelo menos no que tange à oferta de estágios e de aprendizagem, os otimistas parecem estar certos. O número de novos contratos firmados pelo CIEE no primeiro trimestre de 2015 aumentou em 5,37%, com relação a igual período do ano passado, saltando de 88.680, para 93.446.
Sobre o CIEE – Desde sua fundação, há 51 anos, o CIEE já encaminhou 15 milhões de estudantes para estágio e aprendizagem em milhares de empresas e órgãos públicos parceiros. Para se ter ideia, o contingente de estagiários é maior do que a população da cidade de São Paulo.

Terapia familiar*, Flávio Carvalho

Nos últimos anos, a literatura e a terapia voltada para a família crescem rapidamente que é até muito difícil nos mantermos atualizados. A família ganhou enorme importância na psicopatologia das crianças e dos jovens, a literatura a respeito do assunto cresceu muito nos últimos anos. Muito se fala hoje em dia de terapia de grupo, terapia de casal, terapia familiar. Há tratamento de família com um, dois ou três terapeutas.

É importante que entendamos que o termo "terapia familiar" não é um arranjo técnico-terapêutico único e preciso. Ele compreende uma série de métodos diferentes, mas todos estes métodos possuem o mesmo objeto e finalidade. O objeto é sempre um conflito familiar, e a finalidade é a de resolver o conflito, se não completamente, pelo menos em parte, ou oferecendo algum alívio e suporte.

Segundo Ackman, um dos pioneiros americanos no campo da terapia familiar, o tratamento deve ser orientado pelo problema que se apresenta, ou seja, pela demanda e não pela técnica. Por isso a importância de uma equipe multidisciplinar, vários terapeutas, várias técnicas trabalhando juntas, com o mesmo objeto e finalidade. Dentro desta equipe multidisciplinar pode se incluir a figura do religioso, o padre, o pastor, o bispo. Pode muito a religião contribuir neste processo terapêutico familiar, pois a maioria dos religiosos tiveram um preparo ou treinamento para trabalhar com as famílias de sua comunidade. Mister se faz, que a família em dificuldades procurem estes religiosos, que a família vá até o encontro destes religiosos para que juntos exercitem a fé, que já é comprovada cientificamente beneficiária na recuperação de enfermos e de doenças. A fé racional, equilibrada e bem orientada somente ajudará em qualquer processo terapêutico familiar.

*Flávio Rodrigo Masson Carvalho
equilibriumtc@hotmail.com

Criadores de ovinos querem investir em melhoramento genético do rebanho


Criadores de ovinos em Jales e o engenheiro agrônomo José Roberto Bois, da Secretaria Municipal de Agricultura
 (foto:fabíola fiorentino/comunicativavotuporanga)

A elaboração de um projeto piloto para o melhoramento genético do rebanho comercial de ovinos foi a pauta da reunião realizada em Jales no final de abril com representantes do Sebrae-SP, da Associação Paulista de Criadores de Ovinos (Aspaco) e da Associação dos Criadores de Ovinos da Região de Jales (Ascorj).

A ideia surgiu após a doação de sêmen das raças Dorper e White Dorper feita pelo presidente da ABC Dorper, Paulo Franzine, com o intuito de melhorar ainda mais a genética do rebanho comercial de ovinos no Estado de São Paulo, começando com criadores da região de Jales que fazem parte da Ascorj. A doação foi anunciada durante reunião com o secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim, no mês passado e deverá ser concluída em breve.

"A ideia é reunir além da Aspaco, a ABC Dorper, o Sebrae-SP, e o Governo do Estado para que nesse projeto piloto possamos incentivar e fomentar a ovinocultura paulista. Aqui temos uma excelente qualidade genética de ovinos e temos a certeza, que estes são os primeiros passos para que possamos vislumbrar algo muito maior, que é o diagnóstico da ovinocultura no Estado de São Paulo. Definimos algumas prioridades e vamos seguir caminhando", afirma o presidente da Aspaco, Bruno Garcia Moreira.

"O melhoramento genético é fundamental para o desenvolvimento dos criadores de ovinos, sobretudo para a região de Jales, que está fora do centro do Estado. É muito importante a Aspaco encabeçar um projeto como esse, que incentiva a adoção de novas tecnologias, como a inseminação artificial, essencial para o melhoramento genético. Não tenho dúvidas que haverá um ganho muito grande para a produção de carne ovina e o Sebrae-SP está apto para auxiliar nesse processo e na gestão da propriedade rural", ressalta a consultora do Sebrae-SP, Viviane Karina Gianlorenço.

Associação Regional – A Associação dos Criadores de Ovinos da Região de Jales (Ascorj) foi idealizada por um grupo de amigos, criadores de ovinos, em 2010 e oficializada em abril de 2011, com apoio do Escritório Regional do Sebrae-SP em Votuporanga. Ela é formada por um grupo de criadores que, além de produtores, são apreciadores de carne ovina, principalmente do sabor requintado do cordeiro.

Atualmente, a Ascorj tem 17 associados que se reúnem mensalmente para discutir melhorias e buscar capacitações, com o objetivo de fortalecer ainda mais o grupo. A diretoria é formada por 10 membros, sendo a atual gestão presidida por Percio Gaspar, veterinário e criador de ovinos. Participam da associação, criadores de Jales, Cosmorama, Fernandópolis e São João das Duas Pontes.

Para Rafael Matos do Carmo, gerente do Escritório Regional do Sebrae-SP em Votuporanga, todos os benefícios percebidos pelos criadores foram possíveis graças à união. "Eram vários pequenos produtores. Hoje, a associação tem muita força e vem conquistando cada vez mais espaço".

Editais de Proclamas

Rosimeire Ensides Tomazeli – Oficial Interina do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de Jales, Estado de São Paulo. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro.

ANTÔNIO APARECIDO MÔRO JÚNIOR e ALINE MARIANO COSTA. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 02 de dezembro de 1.982, funcionário público estadual, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Antônio Aparecido Môro e de Cleusa Furini Môro. ELA, natural de Frutal, Estado de Minas Gerais, nascida aos 30 de junho de 1.986, funcionária pública estadual, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Orestes Mariano da Costa e de Sylvia Provenzale Costa. (republicação).

LUÍS FERNANDO VIEIRA FURLANETTO e MARIA DE FÁTIMA FERMINO DOS SANTOS. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 09 de maio de 1.988, auxiliar de escritório, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Luiz Alberto Furlanetto e de Matilde de Lima Vieira Furlanetto. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 02 de abril de 1.983, secretária, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Osvaldo Fermino dos Santos e de Maria Valli dos Santos.

JOSÉ CARLOS DA SILVA JÚNIOR e FAINY LAIANE RICARDO RODA. ELE, natural de Jaiba, Estado de Minas Gerais, nascido aos 11 de abril de 1.987, escriturário, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de José Carlos da Silva e de Eliana Aparecida Camilo da Silva. ELA, natural de Paranapuã, deste Estado, nascida aos 05 de junho de 1.991, advogada, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de José Carlos Roda e de Roseli Barbosa Ricardo.

AILTON BALDOINO LEONEL e RAFAELA REGINA EVANGELISTA DAS NEVES. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 10 de março de 1.980, técnico de química, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Sebastião Baldoino Leonel e de Alaide Elias Leonel. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 28 de janeiro de 1.997, do lar, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha Ronecassio Rodrigues das Neves e de Graziela de Souza Evangelista.

ANDERSON ROQUE DA SILVA e MARTA EDUARDA FELIPPE SANTIAGO. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 10 de outubro de 1.985, funileiro, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Custódio Júlio da Silva e de Aparecida Roque da Silva. ELA, natural de Fernandópolis, deste Estado, nascida aos 13 de março de 1.990, vendedora, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha João Felippe Santiago e de Bernardina das Graças Rosa Rocha.

VINÍCIUS NEVES COQUÍ DA SILVA e SUELEN RODRIGUES SANTANA. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 19 de setembro de 1.985, educador físico, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Décio Coquí da Silva e de Maria Inêz Ferreira Neves da Silva. ELA, natural de Estrela D’Oeste, deste Estado, nascida aos 26 de fevereiro de 1.985, Bancária, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha Abener de Paula Santana e de Sandra Regina Rodrigues Santana.Cópia recebida do Oficial de Registro Civil de Estrela D’Oeste – SP, onde se processa a habilitação.

SÉRGIO LUÍS DOS SANTOS e JHENIFFER CRISTINA DA SILVA SANTOS. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 03 de dezembro de 1.979, representante comercial, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de José Francisco dos Santos. ELA, natural de Três Lagoas, deste Estado, nascida aos 26 de outubro de 1.997, cabeleireira, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha Edilson da Silva Santos e de Josiane Cristina da Silva.

SIDNEI CARDOSO DE PAULA e ANGELICA ROSA MALUF. ELE, natural de São Paulo, deste Estado, nascido aos 27 de março de 1.969, funcionário público estadual, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Antonio de Paula ee de Durcelina Cardoso de Paula. ELA, natural de Potirendaba, deste Estado, nascida aos 31 de julho de 1.970, médica, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha Monir Raal Maluf e de Angela Rosa Scarlati Maluf.

SE ALGUÉM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO OPONHA-O NA FORMA DA LEI. LAVRO OS PRESENTES PARA SEREM AFIXADOS NO REGISTRO CIVIL E PUBLICADOS NA FOLHA NOROESTE, NESTA CIDADE DE JALES.

Rosimeire Ensides Tomazeli – Oficial Interina


Levantamento aponta que dengue cai 74% em SP

Levantamento do Centro de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo com base nos dados registrados pelos municípios paulistas no Sinan (Sistema de Informação de Agravos de Notificação) aponta que o número de casos de dengue confirmados em abril caiu 73,9% na comparação com março.
No mês passado houve 31.053 casos autóctones (com transmissão local) de dengue informados pelos municípios, contra 119.025 em março. O dado de abril também é 59,3% inferior ao registrado em fevereiro, quando houve 76.292 infecções.
Desde janeiro foram confirmados 261.453 casos de dengue no Estado de São Paulo, dos quais 99,93% evoluíram para a cura dos pacientes.
A alta transmissão de casos de dengue neste ano em São Paulo se deve, principalmente, à prevalência da circulação do tipo 1 do vírus, em 99% dos casos.
Esse tipo de vírus nunca circulou tão intensamente no Estado quanto agora, diferentemente do ocorrido em outros estados em anos anteriores, o que torna a população paulista mais suscetível às infecções.
Neste ano, 30 dos 645 municípios paulistas registram cerca de 2/3 de todos os casos de dengue confirmados no Estado.

Maria, Mulher, Mãe, por Demétrio Valentini

O segundo domingo de maio, tradicionalmente, é o Dia das Mães. Esta celebração traz consigo a expressão de nobres sentimentos, diante da figura da mãe, com os valores humanos que esta figura inspira, sobretudo para o contexto familiar.

Como toda celebração que se insere na sociedade, é compreensível que o Dia das Mães seja também inserido na economia, sobretudo na dinâmica comercial.

O domingo das mães faz parte do conjunto de tradições ligadas ao mês de maio. Há muito tempo que este mês está ligado à figura de Maria. Ele se conclui com a comemoração da visita de Maria à sua prima Isabel. No contexto da festa das mães, torna-se muito simbólico este encontro das duas mulheres, que traziam em seu ventre as esperanças da humanidade.

Maria, Maio, Mãe. Estas três palavras, por si mesmas, já manifestam uma sintonia, que é destacada nos momentos celebrativos deste mês.

A esta trilogia podemos acrescentar outra referência, que tem tudo a ver com o Dia das Mães: Mulher!

Aliás, foi com esta denominação que Cristo na cruz se dirigiu à sua mãe, no momento que a confiava ao apóstolo João: "Mulher, eis aí o teu filho!".

Na figura de Maria fica retratada, de maneira exemplar, a sublime vocação da mulher. Assim faz o Evangelho, assim expressa a tradição.

A grandeza de Maria encontra seu fundamento na vocação que recebeu de Deus, de ser a mãe de Jesus Cristo. A grandeza de toda mulher também se entende a partir de sua vocação à maternidade.

A capacidade de gerar a vida mobiliza todas as energias da mulher, e dá sentido e unidade a todo o seu ser. Assim, a mulher se sente impregnada de vida, e chamada a se colocar a serviço da vida.

Na verdade, esta vocação à vida, que a mulher expressa de maneira singular por sua vocação à maternidade, acaba revelando a dignidade e o valor de toda pessoa humana. Na mulher entendemos também a vocação de cada um de nós, de sermos receptáculo do dom precioso da vida que Deus nos concede, e pelo qual nos integramos no mistério de sua própria vida, que ele quis partilhar conosco.

Deus nos chamou à vida, e nos envolveu em seu dinamismo gerador de vida. Esta a nossa dignidade, esta a nossa vocação, que a mulher expressa de modo eminente, e que Maria sinalizou de maneira toda singular.

Acolhendo em si mesma o próprio autor da vida, Maria nos revela que somos chamados a acolher em nós a graça de Deus, para nos envolver sempre mais profundamente no seu mistério de vida.

Maria nos revela o quanto Deus quis nos associar à sua própria vida. Em Maria identificamos nossa vocação humana, de viver e de estarmos a serviço da vida.

Celebrando o Dia das Mães, exaltamos a figura da Mulher, reconhecendo sua exímia vocação de Mãe!

Chico Xavier

Pergunta – Numa época de tanta violência, desamor e inquietude, ainda há esperança para a Humanidade?
Chico Xavier – Estamos certos de que nós, os cristãos de qualquer procedência, não podemos esquecer a promessa do Cristo: - "Estarei convosco, até o fim dos séculos". A violência, o desamor e a inquietude são estágios humanos, suscitados pelas criaturas humanas, mas a vitória da paz e do amor, entre os homens, pertence a Jesus, o Cristo de Deus.
Esta coluna tem o patrocínio e responsabilidade da  "Associação Espírita "Chico Xavier" de Jales. 

Vinho, por Reginaldo Villazón

Estamos em pleno outono, estação climática que transita entre o verão e o inverno. O calor ameno dos dias é agradável e o friozinho das noites pede um agasalho leve. As mudanças de estação produzem alterações na luminosidade e na temperatura, e isto afeta sensivelmente o comportamento das pessoas. Nos supermercados, a seção de cervejas começa a perder a atenção de consumidores, que agora se demoram entre as prateleiras da seção de vinhos. De agora até o inverno, a compra de vinhos só vai aumentar.

Sem dúvida, o verão é ideal para confraternização extrovertida, cheia de gente vestida de bermuda e camiseta, com cerveja gelada e tira-gostos servidos a vontade. De outro modo, o inverno pede confraternização alegre, mas contida. Requer um bom vinho, uma comida substanciosa, uma conversa próxima. Felizmente, no Brasil, o clima oferece oportunidade para todo tipo de interação social, com diversificado consumo gastronômico.

Há pessoas que consomem e as que não consomem bebidas alcoólicas. Mas, em especial às bebidas destiladas (de alto teor alcoólico), até seus apreciadores defendem o consumo muito moderado. Por isto, as bebidas apenas fermentadas (vinhos e cervejas) têm apresentado grande evolução. Há vinhos e cervejas "light" (com menos álcool), orgânicos, sem aditivos químicos, de variados sabores e qualidade. Hoje é possível desfrutar um almoço impecável, acompanhado de bebidas excelentes, de acordo com a exigência da ocasião.

As estatísticas registram que o consumo de vinho na França vem caindo. Já foi de 160 litros por habitante ao ano, há 50 anos. Hoje está em menos da metade. A atual geração francesa de 40 a 50 anos acredita que vinho é algo para ser consumido de vez em quando (e não todos os dias). Prefere beber menos, mas beber vinhos de melhor qualidade. O mesmo acontece em países tradicionais, como Itália e Espanha. Mas no Brasil e outros países, como Estados Unidos e Rússia, o consumo de vinho cresce.

A tendência global é de aumento da produção e do consumo, acompanhado de melhores sistemas agroindustriais, menor custo e maior qualidade do produto. Recentemente, a China superou a França em área plantada com vinhedos e passou a ocupar o segundo lugar na cultura em escala mundial, ficando atrás somente da Espanha. Enquanto isso, os consumidores tendem ao consumo equilibrado de bons vinhos, em nome do prazer e da saúde. Quem bebe muito, está reduzindo. Quem bebe pouco, está aumentando.

No Brasil, o consumo de vinho está em 2 litros por habitante ao ano. Há muito espaço para crescer de forma consciente, sem provocar alcoolismo, doenças e acidentes. Ao contrário, para prevenir doenças cardiovasculares e degenerativas. Além disso, para combater a solidão e a tristeza. Especialmente no inverno, nos fins de semana, é um grande aliado nas refeições entre familiares e amigos, quando todos se reúnem em volta de uma mesa para celebrar a vida, deixando fora a rotina dos contatos sociais segmentados e das correrias profissionais.

O que houve com a família?, por José Renato Nalini

A família é uma instituição clássica. Existe desde sempre. Na Roma antiga, o pater familias era uma outra instituição em si. Dominava o núcleo familiar, muito mais amplo do que o grupo consanguíneo. Como povo latino, Portugal herdou muito dessa configuração. E o conceito de família migrou para a colônia. 

Antonio Cândido escreveu em 1951 um texto em que caracteriza sociologicamente a família brasileira sob uma perspectiva histórica. Sua estrutura seria a de um núcleo legal de pais e filhos e numa periferia de agregados. Tudo a orbitar em torno do domínio absoluto do pater famílias.

Só que as mudanças nas funções econômicas, nos modos de participação cultural e nos tipos de dominação e subordinação geram alterações correspondentes em todas as relações da família. Houve evidente desorganização estrutural da família e a urbanização foi um fator decisivo nisso. A família patriarcal foi perdendo funções econômicas e políticas e resumiu suas funções na procriação e na disciplinarização do impulso sexual. Só que isso não acontece de repente. O Brasil é um desafio antropológico notável. Aqui ainda convivem famílias patriarcais, semi-patriarcais e famílias modernas, de grupo conjugal ou extraconjugal moderno, desvinculadas de qualquer tradição. 

A desorganização social resulta de uma tensão constante entre os tipos ideais de "comunidade" e de "sociedade". Os laços de solidariedade são trocados por relações pragmáticas, a pretexto de serem racionais. Concepções antagônicas de mundo criam tensões emocionais e insatisfações morais. Desagrega-se a ordem familiar e a autoridade do pater familias se esgarça e tende a desaparecer.

Hoje há um quadro multifacetado composto de inúmeras configurações de convívio, muitas delas distanciadas do que se poderia chamar "família". Se isso é bom ou ruim, ainda não se sabe. Apenas se constata. É a verdade. Onde andará a "autoridade paterna"? E a disciplina? E o respeito aos mais velhos? E os bons modos? E a gratidão?

São perguntas que sequer são feitas, pois a velocidade das mutações sociais é tamanha, que – engolidos na voragem do tempo – os preocupados se aturdem, ficam perplexos, boquiabertos e … calados!  

*José Renato Nalini é presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo

sexta-feira, 8 de maio de 2015

TCE emite parecer desfavorável às contas da Prefeitura de Paranapuã

07/05/15 – PARANAPUÃ – O colegiado da Segunda Câmara do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP) emitiu parecer pela desaprovação das contas, relativas ao exercício fiscal de 2013, da Prefeitura de Paranapuã e fez oito recomendações, dentre elas para que a Administração tome providências para melhorar a qualidade no ensino ofertado pela rede municipal.

O voto o relator Auditor Substituto de Conselheiro Márcio Martins de Camargo observa que o exercício em análise apresentam falhas graves, comprometendo a gestão, tendo em vista a situação financeira orçamentária delicada, com forte endividamento e desrespeito à peça orçamentária.

"Com efeito, o resultado orçamentário negativo de R$ 3.478.618,39 foi equivalente a dilatados 27,09% das receitas arrecadadas, acarretando a elevação do déficit financeiro de R$ 1.108.043,00 para R$ 4.500.755,73", registrou o relator.

Por fim Márcio Martins de Camargo destaca em seu voto que grave contraste, verificaram-se ações no sentido da majoração das despesas com pessoal e não o contrário. A análise da situação global das contas mostra que houve uma gestão descuidada, imediatista, colocando em risco o interesse público.

Renato Goes assume coordenação do Programa Estadual de Regularização fundiária Cidade Legal

O advogado Renato Guilherme Goes (foto) assume na próxima segunda-feira (11/5) a coordenadoria do Programa Estadual de Regularização Fundiária Cidade Legal, a convite do secretário de Estado da Habitação de São Paulo, Rodrigo Garcia. Renato é hoje um dos principais especialistas em regularização fundiária urbana do Estado e atual secretário de Habitação de São José do Rio Preto.
De acordo com o secretário, em função dessa qualificação, consultou o prefeito Valdomiro Lopes se poderia contar com a liberação de Goes para assumir o programa no Estado. Valdomiro prontamente aceitou e liberou Renato Goes.
"Rio Preto é cidade modelo em termos de regularização fundiária. O convite é um reconhecimento ao trabalho realizado em Rio Preto no que se refere à regularização de loteamentos", afirma o prefeito.
A partir de segunda-feira (11/5), Goes assume seu posto no governo do Estado e Jarbas Linhares da Silva, atual assessor de Secretaria, assume interinamente a Secretaria Municipal de Habitação.

Empresa goiana é a 32ª melhor para trabalhar na América Latina




Em 2014, o IPOG já havia sido premiado pelo Great Place to Work como a 3ª no ranking do Centro-Oeste e como a 15ª do Brasil

O Instituto de Pós-Graduação e Graduação, o IPOG, recebeu nesta quinta-feira (07), o prêmio de Melhor Empresa para Trabalhar da América Latina. O instituto, genuinamente goiano, disputou com outras 100 empresas e, no ranking de 50 instituições premiadas, alcançou a 32ª colocação. O IPOG participou do prêmio Great Place to Work (GPTW) América Latina 2015 na categoria de 50 a 500 colaboradores.
No relatório O Poder das Pessoas, o GPTW pesquisou os fatores associados a excelentes ambientes de trabalho e engajamento dos funcionários na América Latina. A análise levou em conta as principais experiências dos colaboradores, como ser tratado como pessoa (e não apenas como empregado), ter gestores que cumprem sua palavra e um sentimento de "família" no trabalho. O levantamento do GPTW mostrou ainda que o engajamento dos funcionários está associado a equipes cooperativas e bem lideradas.
Em 2014, o IPOG já havia sido premiado como a 3ª Melhor Empresa para Trabalhar no Centro-Oeste, e como a 15ª melhor do Brasil, na categoria Médias Nacionais. Os resultados foram obtidos a partir da análise de questionários, com a empresa e com os colaboradores, aplicados em 2014, com base nas ações praticadas no ano de 2013.

Orgulho de ser IPOG
Na cerimônia de premiação, representaram o IPOG o diretor Administrativo e Financeiro, Camilo Cotrim, e a gerente de RH, Karolina Wolski.
"É uma honra para nós podermos representar todos os colaboradores do IPOG em um evento tão bonito. É uma honra porque todos fazem parte desta conquista. Tenho muito orgulho e a sensação de que estamos no caminho certo", compartilha Camilo Cotrim.
A gerente de RH, Karolina Wolski, explica que o IPOG não é apenas um local de trabalho, mas o principal responsável pelas conquistas dos colaboradores: "Temos ações que estimulam um bom clima de trabalho, projetos que formam líderes, endomarketing criativo e personalizado, política de seleção interna justa para crescimento e promoção, além de investimentos consideráveis em qualificação. O IPOG é uma empresa onde a meta principal do RH é a satisfação dos colaboradores".
Karolina destaca que o prêmio fortalece ainda mais o propósito da instituição, que é Inspirar Vidas. "Este prêmio nos estimula a intensificar nosso propósito e a perceber que estamos no caminho certo. Temos orgulho do que fazemos, orgulho da equipe que temos e nos orgulhamos por mais este reconhecimento", comemora.

Mãe – Dádiva de Deus, por Carlão Pignatari

"Na presença ou ausência, sua força, dedicação e ensinamentos permeiam na nossa essência, sempre". Esta é a frase que consta do cartão que distribuí para milhares de pessoas que possuem cadastro em nosso sistema. A dedicatória não é só para as mães, mas para nos fazer lembrar daquela figura exemplar que sempre nos aconchegou e nos ensinou, que está ou esteve presente em todos os momentos difíceis de nossa vida, transformando aquele minuto de fraqueza em coragem, em alavanca para superarmos os obstáculos.

Sim, a mãe é uma dádiva de Deus. Muitas já se foram, pois ninguém é eterno, mas deixaram seu legado, os ensinamentos que jamais serão esquecidos. Aliás, para mim, as mães não deveriam morrer nunca, pois são uma figura ímpar.

Muitos ainda as têm em sua volta e podem sentir o calor do seu abraço, do seu afago. Mãe é para todos os momentos, mas por vários instantes na vida nos esquecemos de reconhecer o seu valor.

Ainda há filhos que abandonam suas mães, por um motivo ou outro, em asilos e lares, por foça das circunstâncias de uma nova vida, deixando que a ‘sorte’ tome conta delas. Esquecem-se que ao longo de toda sua existência ela deu vida, carinho e dividiu tudo o que era seu. Às vezes até passou por dificuldades.

Há mães de todos os tipos. Mãe amorosa, mãe rebelde, mãe que faz tudo ao extremo para ver o/a filho/a feliz, mãe drogada, mãe que sofre com o filho drogado, mãe que trabalha fora para buscar o sustento da casa, que ensina, mãe brava, meiga, doce, amarga, triste, alegre, doente, branca, negra, amarela.... mas é mãe.

Mães generosas, carregadas de afeto e carinho que, zelosas, acolhem outros em seu ninho, amando de forma vivaz. Algumas sofrem em silêncio, ocultando as lágrimas pendentes, desejando um pouco de consideração e de paz. Mães separadas, divorciadas, mal-amadas, encarceradas, dependentes, carentes de que entendam a sua aflição.

Só uma mãe sabe o valor e o significado desta palavra. Só ela é capaz de "pular na frente da bala" para salvar o filho. Só ela sabe tomar a decisão correta para protegê-lo. Mesmo que o filho esteja errado, só ela dirá que somos perfeitos, pois na visão de uma mãe o filho não comete erros. Na dimensão do amor de uma mãe, somos perdoados por nossas indiferenças, somente pelo poder de quem nos gerou.

Se você não tem mais a sua mãe presente, ore por ela, peça que ela interceda por você junto a Deus, que Ele te mostre sempre o caminho do bem, da simplicidade e da humildade, o que, automaticamente, o levará para a seara da felicidade.

Mas, se você ainda a tem, demonstre todo seu carinho, faça-a feliz com suas atitudes de bom filho. Nem é preciso enchê-la de presentes, basta que seja uma pessoa boa, espelho para a sociedade. E não se esqueça nunca de que foi ela quem te deu tudo isso: amor, educação e carinho. Que Deus proteja todas as nossas mães.


Carlão Pignatari

Deputado Estadual – Líder da Bancada do PSDB na Assembleia Legislativa de São Paulo


Governo de SP quer modernizar postos do AcessaSP


A iniciativa envolve uma discussão com a sociedade civil sobre o novo papel dos programas de inclusão digital

Foi inaugurado hoje, 6 de maio, em São Paulo o primeiro Laboratório de Inovação em Governo do País, o Igoulab, uma iniciativa voltada para buscar soluções inovadoras destinadas a aumentar a eficiência e a abrangência das políticas de governo.

O espaço de inovação do governo do Estado de São Paulo, na sede da Fundação do Desenvolvimento Administrativo (Fundap), em Pinheiros, foi aberto com um debate com cerca de 50 especialistas em tecnologia da informação e políticas públicas sobre alternativas para expandir o programa Acessa São Paulo, maior programa de inclusão digital do País com 847 postos em 600 municípios.

A Subsecretaria de Tecnologia e Serviços ao Cidadão, ligada à Secretaria Estadual de Governo, pretende ampliar as parcerias com outras secretarias, empresas privadas e organizações da sociedade para levar o acesso à internet a toda população paulista e desenvolver novos modelos de atuação das unidades do Acessa São Paulo, com mais espaço para formação e capacitação profissional e estímulo ao empreendedorismo, entre outras ações.

"O Acessa SP foi criado há 15 anos, quando a maioria da população ainda não tinha telefone celular, e precisamos reavaliar o conceito de inclusão digital levando em conta a nova realidade e o amplo acesso das pessoas à tecnologia", comenta Júlio Semeghini, titular da Subsecretaria de Tecnologia e Serviços ao Cidadão, responsável pelo programa, junto com a Prodesp (empresa de Tecnologia da Informação do Estado) e a Escola do Futuro, da USP.

Participaram do encontro no Laboratório de Inovação em Governo representantes de universidades, de diferentes órgãos do governo do Estado (secretarias, Fundação Seade e Centro Paula Souza), do CGI (Comitê Gestor da Internet), empresas (Google e Grupo Tellus), comunidades (Coletivo Digital) e da mídia especializada.

Durante os debates, surgiram ideias – que serão detalhadas em grupos de trabalho – para que os postos do AcessaSP tenham novos equipamentos, passem por uma remodelagem do espaço físico, transformando-se em locais onde os usuários poderão, também, levar seus equipamentos e se conectar à rede, trabalhando no modelo de coworker (espaço coletivo de trabalho para freelancers e empreendedores); novos conteúdos, focados principalmente em demandas como games, robótica e reforço na capacitação de monitores; além da ampliação da cobertura WiFi.
 





 

Goiás elege no sábado o Mister e a Musa do Rodeio 2015 que irão a Barretos, no mês de julho, em busca do título de os mais belos dos rodeios brasileiros

10 rapazes e cinco garotas disputarão o titulo de os mais belos dos rodeios goianos
 






 
Às 16h da tarde deste sábado (09), serão eleitos durante seletiva na Le Blue Eventos, cidade de Aparecida de Goiânia (GO), o Mister Rodeio e a Musa do Rodeio de Goiás 2015. O casal vencedor representará o estado no dia 11 de julho no concurso que irá eleger o Mister Rodeio Brasil e a Musa do Rodeio Nacional deste ano na cidade de Barretos (SP).
Participarão 10 rapazes das cidades de Goiânia, Aparecida de Goiânia, Ceres, Iporá, Edéia, Hidrolândia, Morrinhos, Senador Canedo, Anápolis e Nerópolis. O título da musa será disputado por cinco garotas, das cidades de Goiânia, Aparecida de Goiânia, Edéia, Morrinhos e Senador Canedo. Os ingressos, no valor de R$ 25,00, podem ser adquiridos com os concorrentes ou no local.
O casal goiano ganhará como prêmio a inscrição para concorrer no certame nacional e mimos da Voush Camisetas, e sucederá a Lukas Bruks e Larissa Morais. Na colocação final em Barretos, no ano passado, Lukas terminou em terceiro lugar e Larissa foi eleita a vice musa do Rodeio.
A realização da seletiva goiana é de Toledo Fotografia e Produções, em parceria com MF Comunicação & Eventos (produtora do concurso nacional), com o patrocínio das Sungas Aleandro, e apoio da Corpo Ativo Academia, Voush Camisetas e BWD Publicidade e Marketing.
 
Candidatas:
Jehniffer Guedes (Morrinhos): 21 Anos - Promotora de Eventos
Lara Arantes (Edéia): 26 Anos - Servidora Pública
Letícia Martins (Senador Canedo): 21 Anos - Modelo
Priscila Lobão (Aparecida de Goiânia): 22 Anos - Agente de Atendimento
Thainá Castro Fagundes (Goiânia): 22 Anos - Modelo 

 
Candidatos:
Alesson Morais (Aparecida de Goiânia): 19 Anos - Modelo
Eduardo Inácio Falcão (Iporá): 23 Anos - Fisioterapeuta  
Geovany Bernardes (Goiânia): 19 Anos - Cantor Sertanejo 
Guilherme Rodrigues (Morrinhos): 21 Anos - Modelo 
Hemerson Ribas Marinho (Anápolis): 23 Anos - Modelo

Silfarley Rezende (Ceres): 23 Anos - Instrutor de Academia 
Thiago Menezes (Senador Canedo): 22 Anos - Empresário e Modelo
Vinicius Galdino (Nerópolis): 22 Anos - Despachante Imobiliário e Modelo 
Victor Sousa (Hidrolândia): 20 Anos - Estudante 
Wanderson Santos (Edéia): 28 Anos – Consultor Técnico

Crédito: Toledo Fotografia