Páginas

sábado, 21 de março de 2015

9ª Mostra Cinema e Direitos Humanos no Hemisfério Sul Democratizando

 

Sandra Souza e Pedro Kazuo recepcionando os alunos da EE Prof. Carlos de Arnaldo Silva (acima)  e
Cliques da Mostra em Jales, Auriflama e Santa Albertina


 
A Diretoria de Ensino – Região de Jales estabeleceu parcerias com o Cine Jales, Cine Clube Don‘Áurea, e algumas escolas estaduais jurisdicionadas à Diretoria, para exibição da 9º Mostra de Cinema e Direitos Humanos no Hemisfério Sul, que integra o Projeto Democratizando.

Este projeto é resultado da união de esforços da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, do Ministério da Cultura e da Universidade Federal Fluminense, e viabilizou a 9ª Mostra de Cinema e Direitos Humanos no Hemisfério Sul, mediante parceria com a Diretoria de Ensino Região de Jales.

A exibição dos filmes iniciou-se no dia 04 de março de 2015, no Cine Jales, com a presença dos professores das escolas públicas estaduais, interlocutores de Diversidade Étnico-Raciais, representantes das 33 escolas jurisdicionadas à Diretoria de Ensino de Jales, e dos alunos do Ensino Médio, da EE Professor Carlos de Arnaldo Silva, que desenvolve o projeto de Ensino Integral.

Diversas sessões estão ocorrendo em outras localidades, no de mês de março de 2015, contando com valiosas parcerias, que irão possibilitar a exibição dos filmes para aproximadamente mil pessoas.

Os filmes retratam questões de suma importância para debate e reflexão da temática Direitos Humanos, além de propiciar a apresentação do recurso audiodescrito e legenda, para atender, respectivamente, aos deficientes visuais e auditivos.

Agradecemos aos diretores e coordenadores de escolas, ao proprietário do Cine Jales, Alisson Maia, e ao diretor de Cultura, Higor Advenssude, e à prefeita, Ivanilde D. R. Rodrigues, ambos de Auriflama, pelo apoio recebido para as exibições dos filmes, que promoveram aos alunos reflexões sobre inclusão, diversidade étnico-racial, violência, entre outros temas voltados ao respeito aos Direitos Humanos.
Programação de exibição dos filmes :

Dia 04/03



Filme:
Rio Cigano (Audiodescrito)
Público alvo: Supervisores de Ensino, Professores Coordenadores da Oficina Pedagógica, Professores Mediadores, Interlocutores de Diversidade étnico-racial, e Alunos da EE Prof. Carlos de Arnaldo Silva
Local de exibição (em diversos horários): Cine Jales – Jales-SP
Dia 10/03
Filme:
Sophia
Pelas Janelas 
Público alvo: Professores, e Alunos da EE Prof. Maria Pereira de Brito Benetoli; EE João Rodrigues; EE Prof. Vanir Ferrero Moraes
Local de exibição (em diversos horários): Cine Clube Don‘Áurea- Auriflama-SP.

Dia 18/03
Filme:
Sophia
Pelas Janelas
Público alvo: Supervisora de Ensino, Equipe gestora, professores e alunos.
Local de exibição (em diversos horários: EE Carlos Celso Lenarduzzi -Santa Albertina

Dia 20/03
Filme:
Rio Cigano (Audiodescrito)
Sophia
Pelas Janelas
Público alvo: Vice-Diretores e Educadores do Programa Escola da Família
Local de exibição (em diversos horários: Núcleo Pedagógico- Jales –SP.

Dia 26/03

Filme:
Sophia
Pelas Janelas
Público alvo: Equipe Gestora, Professores e alunos. 
Local de exibição (em diversos horários: EE Cel Ernesto Schimidt- Suzanápolis- SP.EE Coripheu de Azevedo Marques – Aparecida d‘Oeste-SP.

Dias 25 e 27 

Filme:
Sophia
Pelas Janelas
Público alvo: Professores e alunos de diversas Escolas Estaduais.
Local de exibição (em diversos horários: Cine Jales




Ilustre aniversariante


O ilustre aniversariante deste domingo, 22 de março, é o delegado de polícia Altair Ramos Leon, da Delegacia Seccional de Polícia de Jales, que estará recebendo os cumprimentos de familiares, colegas e amigos pela data.

45ª FACIP terá boate Absolut Itinerante com grandes atrações

Um dos espaços mais aguardados dentro da 45ª FACIP, que acontece no recinto de exposições Vereador Juvenal Giraldelli, a boite Absolut Itinerante será inaugurada no sábado, dia 11 de abril, com grandes atrações e mega estrutura.

Anexa ao recinto, o amplo espaço vai receber som de primeira qualidade, iluminação e decoração, ambientes de pista e camarote, bares, banheiros químicos, seguranças e tudo que for necessário para proporcionar diversão ao público de Jales e região.

A festa de inauguração, no dia 11 de abril, terá programação de peso: "o seqüestrador" Rodrigo Marim, revelação da música sertaneja, o projeto de música eletrônica Saxen e Dj Willian Teotônio.

No dia 14 de abril, véspera de feriado em Jales a dupla Pedro Henrique e Fernando, a DJ Ju Balbi e Gui Silva se apresentam na Absolut Itinerante. A programação segue no dia 16, quinta-feira com a grande Violada. Neste dia o público presente vai assistir ao show da cantora Beatriz Ferraz, Marcelo Zaia, Mansueli e Gui Silva, que prometem fazer um repertório de sucesso, com grandes músicas quem embalam os "baladeiros de plantão".

Na sexta, 17, sobem ao palco a dupla Fausto e Martim, o projeto BPM e os DJs Ju Balbi e Ricardo Prado. A programação será encerrada no sábado, 18, com shows de Laviie, Fabiano Henrique, Ju Balbi e Infrared.

O primeiro lote de permanentes que dá direito a todos os dias de festa na boite Absolut Itinerante está à venda pelo valor de R$ 50,00 (pista), R$ 120,00 (camarote) a vista e R$ 140,00 (camarote) em 3x no cartão.·por Daniel Zílio

7° Grande Leilão de Gado em prol a Santa Casa será em abril

 
A equipe da Comissão do Leilão formada por voluntários estão empenhados para a realização do 7° Grande Leilão de Gado em prol ao hospital, que será no dia 26 de abril, a partir das 11h. O evento acontecerá no recinto de exposição da Facip, interligado as atividades da festa, que tem inicio no dia 14 do próximo mês.

A comissão está visitando os municípios consorciados a Santa Casa, pois a ideia deste evento é reunir as 15 cidades, para que colaborem nas arrecadações de prenda, gado ou dinheiro, tornando-se evento regional em prol ao hospital.

O coordenador Clóvis Viola (foto), destaca a importância do trabalho em grupo na realização do leilão. "Não é fácil organizar um evento deste porte, porém, temos uma equipe parceira e competente. Juntos, iremos alcançar as expectativas e ajudar o nosso hospital. Agradecemos aos voluntários, amigos e doadores e pedimos a colaboração de toda região, afinal, temos que ajudar, pois o hospital é nosso. Desde já quero convidar todos para comparecerem no dia 26 de abril, no recinto da Facip, para este grande encontro de solidariedade".

De acordo com o provedor, José Pedro Venturini, este será mais um sucesso na grade de eventos do hospital. "Nosso foco agora é conseguir doações, e por isso, pedimos a cooperação de todos os municípios, para que possamos realizar um evento que traga bons recursos ao hospital. De prontidão agradeço todos que estão dedicados para a realização deste leilão. Parabéns pela comissão, que está fazendo um belo trabalho diante da Santa Casa. .

Durante o evento será leiloado o violão com a assinatura do cantor Daniel, e também uma viola artesanal, que foi doado pelo Félix Roberto Damas. Além de toda comissão, o leilão contará com participação da imprensa local e regional, que já está realizando o trabalho de divulgação junto a Santa Casa, do fotógrafo voluntário André Gandolfo, que irá registrar os principais momentos deste evento, e da colaboração dos funcionários do hospital.

Parabéns pra você

Quem está muito feliz neste sábado, 21 de março, é o casal Bruna Souza e Edgar Garcia, residente em Paranapuã, que preparou com muito carinho uma festa para comemorar os quatro anos de seu filho Victor Garcia (foto), desejando-lhe que Deus continue iluminado seu caminho e que seu papai e sua mamãe o amam muito, e que é pessoa mais importante de suas vidas. Victor Garcia recepciona a patota no Projeto Ação Sócio Educacional Semente do Futuro.

Colação de Grau pela Fatec Jales


No sábado, 28 de fevereiro, no plenário da Câmara Municipal de Jales, foi realizada a cerimônia de Colação de Grau dos alunos da 10ª Turma concluintes do 2º semestre de 2014 dos cursos de Tecnologia em Agronegócio e Tecnologia e a 5ª Turma em Sistemas para Internet, que contou com a participação da direção da Faculdade de Tecnologia – Fatec Jales, autoridades, docentes, funcionários, familiares e amigos dos graduandos. A direção, docentes e funcionários da Fatec Jales desejam muito sucesso aos novos tecnólogos nesta nova etapa da vida que se inicia.

Fatec Jales é finalista do Desafio Inova Paula Souza

A Fatec Jales, representada pelo curso de Sistemas para Internet, é finalista do Desafio Inova Paula Souza. Tal desafio tem como objetivo transformar ideias em Startups, ou seja, elevar os projetos acadêmicos a níveis empresariais e de negócio.

O desafio realizado no ano de 2014 contou com a participação expressiva de 3311 projetos postados e 14525 membros cadastrados dos quais foram classificados 225 projetos potenciais e desses, selecionados 45 projetos para a etapa estadual. Já na etapa estadual, avaliadores isentos ao Centro Paula Souza e com experiência de mercado, elegeram 15 projetos finalistas que participarão, presencialmente da fase Melhor dos Melhores, a ser realizada no dia 27/03/2015 na sede do Centro Paula Souza.

A Fatec será representada pelos alunos Marcelo Augusto Vieira Formentão e Reinaldo Takaki, ambos do curso de Sistemas para Internet e criadores do projeto Social Fitness, que consiste numa rede social para pessoas interessadas em compartilhar treinos, academias frequentadas, esportes ou danças por elas praticados e os resultados alcançados. O referido projeto contou com a orientação do professor Rogério Leão e a mentoria empreendedora do Agente Local de Inovação e professor Tiago Ribeiro Carneiro, ambos, docentes da Fatec Jales.

A direção da Fatec Jales parabeniza os envolvidos no projeto e convida a todos, seja da Comunidade Escolar ou Extraescolar a participar do Desafio Inova Paula Souza no ano de 2015.

Comemoração da Semana Mundial de Rotaract Club




Em comemoração ao 47° aniversário de um dos maiores programas para jovens líderes chamado Rotaract, ligado ao Rotary International, mais de 6 mil jovens realizaram ações com o tema "É possível fazer diferente" entre os dias 8 a 15 de março – Semana Mundial do Rotaract. A ideia foi apresentar o programa de desenvolvimento de liderança e profissionalismo jovem e sensibilizar a sociedade para a reflexão sobre as atitudes do dia a dia, considerando o que seria possível fazer diferente.

Em mais de 150 cidades, os clubes promoveram a ação em um ponto movimentado da cidade. Em Jales, os rotaractianos saíram em grupo, com cartazes nas mãos, na manhã do sábado, 14 de março, realizando perguntas às pessoas que se encontravam nas ruas e avenidas do centro da cidade. A proposta local contou com um "Mural dos Sonhos", em que as pessoas escreveram mensagens sobre um mundo melhor, gentileza e positividade para serem penduradas e, quem sabe, contribuírem com ideias para os projetos sociais que são desenvolvidos pelos jovens do Rotaract.

"Sem dúvida, a ação realizada pelo Rotaract Club de Jales Grandes Lagos, patrocinada pelo Rotary Club de Jales Grandes Lagos, foi muito positiva, sendo que se pôde claramente perceber, diante das respostas dadas pelas pessoas abordadas, que em geral, o grande descontentamento popular girou em torno de problemas oriundos de situações políticas", disse Isabela B. Soares, presidente da Rotaract Club de Jales Grandes Lagos

Ela enfatizou ainda que "diante disso, os rotaractianos perceberam que era necessário mostrar aos cidadãos que nem sempre se deve ficar totalmente atrelado à ações políticas para que mudanças sejam promovidas. Isto é, pois, um dos ideais de um Rotaract Club: trabalhar em prol do bem comum, procurando suprir as necessidades existentes na sociedade, em razão de o poder público ainda não haver conseguido atingi-las. Os Rotaractianos são, pois, verdadeiros promotores de mudança".

O Rotaract de Jales Grandes Lagos há 14 anos vêm fazendo grandes ações pela cidade de Jales, destacando-se na ajuda comunitária local com a realização de projetos como a Cãominhada Dog Day (em parceria com a ONG Amigo Bicho), Shows de Natal, montagem e entrega de cestas básicas à população carente, ações em datas comemorativas – Dia das Crianças e Páscoa, por exemplo, dentre inúmeros outros. Os jovens reúnem-se todo sábado, às 19:30 horas, na sede do Rotary Club de Jales Grandes Lagos (próximo à igreja Santo Antônio).

Por fim, deixa-se aqui um convite a todos os jovens que têm entre 18 e 30 anos e possuem interesse fazer parte de uma comunidade global de jovens que causam mudanças positivas no mundo, por meio da realização de projetos voluntários, compartilhando ideias, fazendo novas amizades e desenvolvendo habilidades profissionais e de liderança.

"Você, que é jovem, venha ser Rotaract também! Junte-se a nós na tarefa de mostrar que é possível sim fazer diferente, ser agentes transformadores, provocar mudanças. Junte-se à constelação do Rotaract Club de Jales Grandes Lagos, pois "Uma estrela só não é uma constelação", convida Isabela Soares.

Tratamento ainda pouco conhecido no Brasil pode evitar amputações

 

Thiago Plínio Clenetino de Arruda Moraes (foto com a Dra. Daniela Flores), de 29 anos, quase teve um pé amputado, após tê-lo esmagado por uma carreta em acidente na Rodovia Castello Branco (SP 280), no dia 11 de abril de 2014. Ele conseguiu evitar a perda, após sessões diárias de um tratamento ainda pouco conhecido no Brasil, apesar de amplamente utilizado no mundo todo: a oxigenoterapia hiperbárica.

O caso de Thiago era preocupante, porque o ferimento foi infectado por uma bactéria, desenvolvendo uma doença chamada osteomielite, um tipo enfermidade nos ossos que, se não tratada urgentemente, pode ocasionar a amputação. O pé de Thiago já estava em estado de gangrena (sem vascularização). Os médicos que atenderam o paciente realizaram quatro cirurgias reconstrutoras e, além disto, optaram pela oxigenoterapia hiperbárica, que inibe o desenvolvimento das bactérias, bloqueando a produção de toxinas e ativando a ação dos leucócitos (células sanguíneas de defesa). O tratamento, ainda, auxilia na recuperação dos ossos quebrados. Foram cerca de 90 sessões, no período de três meses.

"O esforço dos médicos foi essencial para que pudesse melhorar da lesão e retornar à vida normal. Saí de um quadro em que meu pé seria amputado, para outro, em que eu posso até trabalhar. Até eu ser indicado para este tratamento, nunca tinha ouvido falar da oxigenoterapia hiperbárica. Toda a recuperação foi um processo desafiador, mas valeu a pena", conta Thiago.

A oxigenoterapia hiperbárica consiste na respiração de oxigênio puro (a 100%), dentro de uma câmara especial pressurizada, que é certificada por órgãos nacionais e internacionais e homologada pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O aumento significativo da pressão dentro da câmara faz com que a circulação sanguínea seja ativada e potencialize o processo de cicatrização do organismo. O tempo total do tratamento depende de cada caso, podendo durar semanas ou meses.

O tratamento é aprovado pelo Conselho Federal de Medicina desde 1995. Em 2010, foi incluído pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) no rol de procedimentos com cobertura obrigatória por todos os planos de saúde (incluindo o SUS) para algumas patologias. Para outras, em caso de não cobertura obrigatória, tem tido cobertura determinada pela Justiça.

A terapia com oxigenoterapia hiperbárica, no caso de Thiago, também melhorou a capacidade de transporte dos antibióticos para dentro das bactérias, fazendo com que o medicamento fosse mais efetivo. Segundo Dra. Daniela Flores, da clínica especializada em medicina hiperbárica Oxicenter, alguns antibióticos não penetrariam nas bactérias, se a quantidade de oxigênio no corpo não fosse o suficiente. "Isso acontece com alguma frequência nas infecções, com grande importância na ortopedia, em infecções ósseas, já que o osso é, por natureza, um tecido com pouca vascularização".

Segundo a médica, além de atuar no combate à infecção, a oxigenoterapia hiperbárica ainda reduziu o tempo total de recuperação do paciente. Também foi possível acelerar o processo de cicatrização, tanto das partes moles, quantos das partes ósseas afetadas, pois a respiração com oxigênio a 100% estimulou a osteogênese (processo de formação dos ossos), além de fomentar a formação de novos vasos sanguíneos e de colágeno.

Na área ortopédica, em geral, este tratamento é indicado como procedimento adjuvante, ou seja, utilizado em conjunto com as terapias habituais, como o uso de antibióticos e cirurgias. Dra. Daniela explica que a oxigenoterapia hiperbárica é usada, por exemplo, no tratamento pré e pós operatório dos pacientes que necessitam de procedimentos cirúrgicos como: o debridamento ("raspagem") ou a remoção de fixações metálicas ("placas", "parafusos", entre outros).

Unijales oferece Pós-graduação Lato Sensu

A Unijales está com matrículas abertas para a Pós-graduação Lato Sensu. Além dos cursos de graduação, a Instituição também é pioneira quando o assunto é especialização.

Com o objetivo de atender às mais diversas necessidades dos novos profissionais que todos os anos são incorporados ao mercado de trabalho e, também, daqueles que desejam se renovar, a Unijales vem ampliando a oferta de cursos e, atualmente, já proporciona espectro de cursos de Lato Sensu nas mais variadas áreas do conhecimento.

A nova campanha da Pós-graduação tem o tema "Evoluir Sempre" e oferece mais de 30 cursos nas áreas de Educação, Gestão e Negócios e Saúde.

A maioria dos cursos de Pós-graduação tem duração de 12 meses, dessa forma, os graduados conseguem, mais rapidamente inserir-se no mercado de trabalho que está cada dia mais exigente.

Para atender os alunos, a Unijales oferece um corpo docente formado por grandes profissionais capacitados e experientes, mostrando qualidade e excelência no ensino.

As aulas são quinzenais, aos sábados, das 8h às 14h e estão previstas para iniciar-se no mês de abril. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (17) 3622-1620 ou pelo site www.unijales.edu.br

Os erros alheios, por Adelvair David

 
Os enganos dos outros em relação ao que se espera deles tem transtornado significativamente o coração do homem.

É grande aprendizado saber conviver com este problema que atinge até as relações mais sólidas e afetivas. Não sendo perfeito, o ser humano pode descer aos mais estranhos comportamentos, indo da mentira a ingratidão e ainda resvalando em outros mais preocupantes.

Quando se trata de afetos mais próximos a marca dolorosa é mais acentuada e deixa, muita vez, impressões de difícil esquecimento. A expectativa que se cria em torno dos comportamentos é a responsável pelo que se experimenta diante dos anseios frustrados. Confortavelmente instalado na poltrona da confiança, esquece-se o homem que o que vai na natureza alheia não é do seu conhecimento, só Deus o sabe. Nem mesmo a pessoa tem informação integral de si mesma, podendo ver frustrada a melhor providência traçada para a condução da sua vida.

Assim como o criador releva as nossas faltas, devemos fazer o mesmo em relação aos que a vida colocar no nosso caminho, sejam próximos ou passageiros.

Ninguém é feliz ou infeliz pelo que recebe, mas pelos bons sentimentos que construir em sua própria natureza, fazendo o bem aos demais. A segurança, a alegria de viver, a esperança e a paz, não nascem estando o homem devidamente instalado na vida do semelhante recebendo tudo o que deseja. O bem recebido é transitório, somente o que produzimos por nós mesmos é perene, eterno.

É necessário passarmos de exigentes a doadores. Quando doamos afeto, compreensão, tolerância, perdão, ternura, doçura, afabilidade, nos enchemos de força para os enfrentamentos que precisamos fazer, assim, passamos a nos alegrar com a presença das pessoas, mas sem depender do vem de um ou de outro para mantermo-nos em paz e seguros na caminhada, ao contrário, sempre desejosos de promover o bem estar de todos, ficando em paz também.

Na normalidade comentemos os feitos felizes dos outros, nos seus erros façamos silêncio aconchegando-os junto ao coração para que se sintam amparados para recomeçar, como desejaríamos que fizessem por nós quando certamente acontecer.


O FOCO DO ERRO HUMILHA, A COMPREENSÃO TRAZ NOVAS LUZES NA ESTRADA.

Projeto da Santa Casa irá realizar plantio de árvore


O projeto "Nasce uma Criança, Plante uma Árvore" criado em 2009 pela Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) e a administração do hospital, em parceria com a Sabesp, tem como objetivo incentivar, por meio de novas vidas, a conscientização do meio ambiente, ou seja, cada criança que nasce é uma árvore que será plantada.

Este projeto recebeu o 1º lugar do Prêmio Governador Mario Covas em abril de 2011, na categoria Inovação em Gestão Pública, concorreu com 239 projetos e 26 finalistas do estado de São Paulo.

Para o técnico de segurança do trabalho da Santa Casa, Delvaci Trevisan, este programa enaltece a importância de cuidar da natureza. "Além de  comemorar  o nascimento de uma criança, estamos também fazendo a parte ambiental. Nosso hospital foi o pioneiro no projeto, sendo que hoje somos referência para outras entidades, até uma instituição de Guaxupé (MG) nos procurou para saber maiores detalhes do projeto", declarou.

Dentre seis anos de projeto foram plantadas cerca de 4.500 árvores, e no sábado, 28 de março, em comemoração ao Dia Mundial da Água (22 de março), a equipe de cipeiros, colaboradores, mães, e uma escola de Jales participarão do plantio de 1.084 mudas de árvores nativas e frutíferas, correspondente ao nascimento de crianças nascidas no mês de março de 2014 a fevereiro deste ano.

Os interessados em participar do plantio deverão reunir-se às 7h em frente ao hospital, pois haverá um trenzinho para o deslocamento até a lagoa de tratamento da Sabesp, lugar escolhido devido o cuidado dado pelos funcionários do local.

De acordo com o técnico Delvaci, para fechar a semana mundial da água, ainda haverá a soltura de alevinos no córrego do Tamboril, próximo à lagoa.

Sincomércio insiste na regularização das feirinhas

Uma proposta para resolver o problema das feiras itinerantes, mais conhecidas como "Feirinha da Madrugada" que volta e meia procuram se instalar em Jales, de forma irregular, deverá ser apresentada pelo presidente do Sindicato do Comércio Varejista, Alexandre Rensi, podendo se transformar em lei para regulamentar esse tipo de comércio na cidade.

O assunto foi discutido durante reunião de Rensi com o prefeito Pedro Callado (foto), que recebeu bem a sugestão e espera que a proposta possa ser discutida com a sua assessoria a fim de se encontrar uma solução que atenda os interesses dos empresários do comércio e da população.

Rensi explicou que o prefeito vê a possibilidade de se fazer uma lei específica sobre o tema, pois esse seria o caminho correto. Ele lembrou que a ideia que também conta com o apoio do Sindicato dos Comerciários, foi apresentada para a prefeita Eunice Mistilides Silva, mas não avançou, por falta de interesse em resolver a situação.

O presidente do Sincomércio defende a necessidade de uma legislação municipal para regularizar a situação das pessoas que queiram praticar esse tipo de comércio, para que não prejudiquem os comerciantes instalados na cidade, pois todos têm que trabalhar na legalidade, sem vender produtos de origem duvidosa, o que também é bom para o consumidor.

Rensi disse que já teve uma reunião na Receita Federal que também está disposta a colaborar para que esse tipo de comércio passe pelo crivo da lei para poder se instalar. Ele acredita que este é o momento para se voltar a discutir essa questão, pois com a nova administração municipal, a situação poderá ser resolvida sem problema e com mais agilidade.

O que não pode, como afirmou, é continuar com o está, pois uma pessoa chega, pede para se instalar e traz 50 barraqueiros junto, vendendo produtos trazidos da China ou do Paraguai, sem qualidade e sem qualquer tipo de garantia. Depois vai embora e o consumidor fica sem poder reclamar.

Editais de Proclamas

Rosimeire Ensides Tomazeli, Oficial Ìnterina do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de Jales, Estado de São Paulo. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro.
LUCIANO CESAR GUSMÃO e EMILIANA APARECIDA DE AGUIAR DOS SANTOS. ELE, natural de Catanduva, deste Estado, nascido aos 24 de fevereiro de 1.979, oficial administrativo, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Aparecido Gusmão e de Cleide Maria Sinhorino Gusmão. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 29 de janeiro de 1.981, assistente social, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de José dos Santos e de Dirce Donizeti de Aguiar dos Santos.
MARCEL ALEXANDRE LEZO e VALÉRIA DE LIMA CARNEIRO. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 15 de agosto de 1.990, funcionário público federal, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Pedro Geraldo Lezo e de Doraci Gonzalez Francisco Lezo. ELA, natural de Telêmaco Borba, Estado de Paraná, nascida aos 30 de junho de 1.994, auxiliar administrativo, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de José Carlos Alves Carneiro e de Solange Aparecida de Lima.
DEIVID WILLIAM GOMES FREGULIA e CRISTINA RAIMUNDO SANTOS PORTO. ELE, natural de Palmeira D’Oeste, deste Estado, nascido aos 12 de setembro de 1.994, lavrador, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Dorival Fregulia e de Maria Ivanete Gomes Fregulia. ELA, natural de Urânia, deste Estado, nascida aos 01 de janeiro de 1.997, do lar, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Ataide Santos Porto e de Sandra Cristina Raimundo.
FERNANDO FLAVIO PAVAN DA SILVA e JOYCE BORGES RIZZATO. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 24 de agosto de 1.984, advogado, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Oswaldo Pedro da Silva e de Santa Aurora Pavan da Silva. ELA, natural de Fernandópolis, deste Estado, nascida aos 27 de outubro de 1.982, arquiteta, solteira, residente e domiciliada em Fernandópolis, deste Estado, filha de Orivaldo Rizzato e de Lucélia Maria Borges Rizzato. Cópia recebida do Oficial de Registro Civil de Meridiano - SP, onde se processa a habilitação.
FERNANDO ROBERTO PELISSONI e RAFAELA FERREIRA DA SILVA. ELE, natural de Paranapuã, deste Estado, nascido aos 08 de maio de 1.984, funcionário público estadual, divorciado, residente e domiciliado em Paranapuã, deste Estado, filho de Waldir Pelissoni e de Valdenice Ferreira. ELA, natural de Urânia, deste Estado, nascida aos 01 de agosto de 1.991, funcionária pública estadual, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Valmir Aparecido da Silva e de Elenita Estevam Ferreira.Cópia para ser afixada no Oficial de Registro Civil de Paranapuã – SP, onde reside o contraente.
JOSÉ ANTONIO QUINTELA RESENDE e TAÍS DOS SANTOS SILVA. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 23 de março de 1.982, diarista, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, deste Estado, filho de José Gonçalves Resende e de Maria Aparecida Quintela Resende. ELA, natural de Água Branca, Estado de Alagoas, nascida aos 06 de janeiro de 1.991, manicure, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Luiz Antonio Ribeiro da Silva e de Lucia Gomes dos Santos Silva.
THIAGO COTES DE OLIVEIRA REBESCHINI e LAÍSA ASSIS DOS SANTOS. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 22 de outubro de 1.991, comerciante, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, deste Estado, filho de Miguel Cotes Rebeschini e de Rejane Cristina de Oliveira Rebeschini. ELA, natural de Santo André, deste Estado, nascida aos 21 de maio de 1.990, enfermeira, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Agnaldo Ribeiro dos Santos e de Vanilda Lemos de Assis dos Santos.
ANDRÉ LUÍS CIAMPONE e CAMILA ADRIELE BARZI. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 22 de junho de 1.990, auxiliar de escritório, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, deste Estado, filho de Luiz Carlos Ciampone e de Sonia Maria Crippa Ciampone. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 27 de fevereiro de 1.994, auxiliar de escritório, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Jovair Barzi e de Catarina Clementina Fonsêca Barzi.
LEANDRO DONIZETE DE SOUZA e LUDIMILA DE SOUZA DE ALMEIDA. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 18 de dezembro de 1.989, pecuária, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Domingos da Silva Souza e de Vanilde Cândida de Oliveira Souza. ELA, natural de Pereira Barreto, deste Estado, nascida aos 28 de maio de 1.990, vendedora, solteira, residente e domiciliada em Pereira Barreto, deste Estado, filha de João Batista de Almeida e de Maria Aparecida de Souza. Cópia recebida do Oficial de Registro Civil de Meridiano - SP, onde se processa a habilitação.
RODRIGO CÂNDIDO DE OLIVEIRA e ANDRESSA CRISTINA FERREIRA GOMES. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 30 de abril de 1.986, operador de máquinas, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Luzia Cândida de Oliveira Ferreira. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 22 de dezembro de 1.994, do lar, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de José Claudio Mendes Gomes e de Tania Aparecida Ferreira.
LEONARDO PATEIS DE PAULA e ANGÉLICA BATISTA VIANA. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 04 de julho de 1.988, garçom, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Jonas Alves de Paula e de Maria Júlia Pateis de Paula. ELA, natural de Santa Albertina, deste Estado, nascida aos 26 de abril de 1.991, manicure, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Benedito Souza Viana e de Luzia Sergia Batista.
SE ALGUÉM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO OPONHA-O NA FORMA DA LEI. LAVRO OS PRESENTES PARA SEREM AFIXADOS NO REGISTRO CIVIL E PUBLICADOS NA FOLHA NOROESTE, NESTA CIDADE DE JALES.
Rosimeire Ensides Tomazeli – Oficial Interina
 
 
 
 
 
 
 

 
 
 

Combate à Corrupção, por D, Demétrio Valentini

 
A Presidente Dilma lançou na quarta-feira desta semana, dia 18 de março de 2015, um "pacote anticorrupção". Com ele, pretende agilizar o combate contra a droga mais perversa que se instalou, tanto na esfera governamental, como na agenda cotidiana dos relacionamentos sociais e econômicos. A praga da corrupção.

Perguntei a um taxista, logo após a assinatura dos projetos, se ele acreditava que agora a corrupção seria mesmo combatida, ele apontou para o céu, e falou: "em questão de justiça eu só acredito na justiça de Deus, nesta que estão querendo fazer aí, não acredito, não!"

Este é o sentimento do povo. Existe uma carga muito grande de pessimismo, que só será desfeita por ações efetivas, que impliquem prisão dos condenados, e devolução do roubo.

Anda persiste a ideia de que rico não vai para a cadeia, e só roubo de pobre é castigado.

Será mesmo impossível enfrentar este problema?

Para que o atual governo recupere sua credibilidade no combate à corrupção, é indispensável agora, em todo o caso, uma ação bem articulada entre os Três Poderes, sempre ressalvando o direito de defesa dos acusados, e que conte com o respaldo especial do Executivo.

Mesmo precavidos diante de uma tradição de tolerância para com os infratores, acredito que agora, somadas as circunstâncias, com a evidente cobrança expressa de diversas maneiras pela população, serão tomadas medidas efetivas de combate à corrupção, que leve à prisão de quem realmente é culpado, e exija a devolução do que foi indevidamente apropriado.

Só assim se mudará esta tradição que já se tornou componente cultural que caracteriza a sociedade brasileira.

É bom alertar que já tivemos outros momentos em que parecia evidente que a corrupção passaria a ser combatida eficazmente.

Tantas vezes a corrupção foi denunciada, e se fez apelo para a ação da Justiça para que os culpados fossem de fato condenados.

Numa das mensagens emitidas pela Assembleia da CNBB, ainda na década de 90, se apontava com clareza e precisão o fenômeno da corrupção, com o claro apelo à ação da Justiça.

Um destes textos dizia assim:

"Chegou a hora de um combate decidido contra a corrupção. Sua persistência mostra a necessidade de buscar as raízes históricas da perversa cultura de corrupção implantada no Brasil. Ela se nutre da impunidade, acobertada pela conivência, que se torna cumplicidade, incentivada por corporativismos históricos, habituados a usar em benefício de interesses particulares as estruturas do poder público, seja do Executivo, como do Judiciário e do Legislativo, como de todas as instâncias públicas. É antiético acobertar, por partidarismo político ou lealdade de confraria, o erro de alguém que prejudica o bem comum. Conclamamos todas as instituições de nossa sociedade a reverem suas práticas, para que se desencadeie um grande esforço nacional, a fim de erradicar a praga da corrupção que corrói o exercício da democracia".

Será que agora chegou mesmo a hora?

Vamos apostar. De um lado, o povo está a fim de acompanhar e de cobrar. Doutro lado, o Executivo, na pessoa da Presidente Dilma, assumiu o claro compromisso de levar em frente os processos em andamento.

Em todo o caso, o povo tem direito a acreditar num relacionamento de confiança e de colaboração mútua, sempre respeitando a autonomia de cada um dos Três Poderes, com o apoio indispensável do povo. Desta vez tem que dar certo!

Rodrigo Garcia assume Secretaria da Habitação

O deputado federal Rodrigo Garcia (foto) foi nomeado, nesta quinta-feira,19 de março, pelo governador Geraldo Alckmin, para comandar a Secretaria de Estado da Habitação. Em seu quinto mandato parlamentar, Rodrigo licencia-se da Câmara dos Deputados para assumir um novo desafio em sua carreira, conduzir a política habitacional do Estado de São Paulo. "Queremos avançar ainda mais", afirma.

De acordo com o deputado, o governo estadual já fez muito nesses últimos anos no setor, como o programa Casa Paulista, que permitiu viabilizar a construção de mais de 100 mil unidades habitacionais. "Nosso desafio agora é continuar inovando, buscando financiamentos e PPPs – parcerias público-privadas, que nos permitirão diminuir em muito o déficit habitacional do Estado de São Paulo", ressalta o secretário.

A carreira - Aos 40 anos de idade, Rodrigo foi reeleito deputado federal, em 2014, com 336.151 votos. É a 6ª maior votação para deputado federal do Brasil. Advogado e empreendedor, ele já ocupou outros cargos no Executivo. Rodrigo foi secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo e também secretário de Desenvolvimento Social do Estado. Ele ainda comandou outras pastas na Prefeitura de São Paulo, como a Secretaria Municipal de Modernização, Gestão e Desburocratização.

No Legislativo Paulista, foi deputado estadual por três mandatos e presidente da Assembleia Legislativa entre 2005 e 2007.

Deputado Carlão Pignatari é eleito líder da bancada tucana na Assembleia Legislativa


O deputado estadual Carlão Pignatari (na foto ladeado pelo prefeito Junior Marão e o deputado federal Fausto Pinatto)  foi eleito líder do PSDB na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, em eleição realizada nesta quarta-feira, 18 de março Carlão foi escolhido pelos 21 parlamentares que compõem a bancada tucana, a maior da Assembleia. Carlão vai suceder o deputado Cauê Macris no cargo.

Ao comentar sobre suas prioridades, disse que vai focar sua ação para manter a unidade partidária e o engrandecimento do PSDB, para auxiliar o Governo do Estado na gestão política e atendimento aos municípios, com a implementação de políticas públicas que melhorem a qualidade de vida da população paulista.

"Liderar uma bancada de 22 deputados como a do PSDB é um grande desafio e também aumenta nossa responsabilidade. Estou empenhado em representar nossa bancada e em mantê-la unida", disse Carlão. Como líder, o parlamentar representará os deputados tucanos nas reuniões do colégio de líderes do legislativo paulista e participará da elaboração da pauta de votação das sessões plenárias, junto à presidência da Casa.

De acordo com Carlão, a bancada tucana terá um papel importante de estabelecer uma conexão entre os prefeitos e o Governo do Estado. "Não podemos priorizar apenas os municípios que são administrados pelo PSDB; temos que ter uma visão mais abrangente, trabalhar com o foco nos 645 municípios do Estado", disse o deputado. Portanto, acrescenta o parlamentar, "temos que garantir que sejam votadas as propostas importantes que beneficiem todos os cidadãos".

Carlão foi eleito deputado em 2010 e tem forte participação na Assembleia Legislativa. Atua em aproximadamente 120 cidades da região Noroeste Paulista, como interlocutor junto ao governo do Estado. Tem como áreas de atuação a saúde, educação, projetos sociais, habitação, infraestrutura, agricultura, transportes, funcionalismo público e segurança pública. Carlão foi reeleito no dia 5 de outubro de 2014 com 97.444 votos.

Prefeito Callado nega que população terá internet gratuita; ex-secretário de Comunicação contesta

 
Mal começou a ser implantado em Jales e o Projeto Cidades Digitais, do Governo Federal, está causando polêmica. Depois de um mês de governo, o prefeito Pedro Callado acompanhado do secretário de Comunicação, Francisco Melfi, afirmou durante coletiva de imprensa na manhã de quarta-feira, 18 de março, que a divulgação de que a população teria internet gratuita não é verdadeira.

Segundo o prefeito, o projeto contempla apenas a interligação de prédios públicos e os investimentos serão apenas do Ministério das Comunicações na compra de fibras ópticas e equipamentos. "Será gratuita apenas para as repartições públicas, as pessoas particulares terão que continuar pagando seus provedores. É preciso deixar bem claro isso. Não está no convênio", afirmou Callado.

Em nota enviada a imprensa pelo ex-secretário municipal de Comunicação, Bruno Guzzo (foto), o jornalista afirmou que o prefeito está equivocado e não fornecerá internet gratuita para a população se não quiser. "No governo da prefeita Nice, sempre deixamos claro que a instalação da rede de fibras ópticas, necessária para a implantação do programa, e a disponibilização de internet nas praças e prédios públicos seriam de responsabilidade do Ministério das Comunicações e o fornecimento de internet para a população dependeria de uma contrapartida do município, com recursos aprovados no orçamento desde 2013 para a contratação de um provedor".

Segundo o ex-secretário Guzzo disse em sua nota que "o que causa estranhamento é que em mais de dois anos fazendo parte do Executivo local, ou seja, de Jales, o prefeito Callado sequer procurou a secretaria de Comunicação para entender o Cidade Digital, projeto que, por sinal, fazia parte do Plano de Governo da coligação que lançou a candidatura dele e o chancelou como candidato a vice da prefeita cassada" .

Segundo o técnico da empresa PETCOM, Ricardo Paiva, empresa responsável pela execução do projeto em Jales, inicialmente o "Cidades Digitais" irá apenas contemplar as praças e prédios públicos. "Após a instalação desses equipamentos é que a prefeitura poderá contratar um provedor para utilizar da fibra óptica que sobrar para levar internet para a população", destacou o engenheiro.

O convênio para a implantação do Projeto "Cidades Digitais" em Jales foi assinado em outubro de 2013 pela ex-prefeita Nice Mistilides. O município foi selecionado entre 1900 cidades inscritas depois que o ex-secretário inscreveu o projeto de Jales. Na gestão do ex-prefeito Humberto Parini, um outro projeto não havia sido selecionado.

O jornalista Bruno Guzzo fez questão de lembrar que o projeto foi "elaborado pelo atual secretário de Comunicação na gestão do ex-prefeito Humberto Parin (PT) e sequer foi aprovado pelo Governo Federal, o que só foi feito na gestão da prefeita cassada e deste ex-secretário. Foi no governo da prefeita Nice que o município de Jales foi um dos poucos escolhidos do país, entre mais de 1900 cidades inscritas".

O documento assinado pela Prefeitura prevê investimentos de aproximadamente R$ 1 milhão, que dentre outros itens, inclui a implantação de 20 km de fibra óptica na cidade.

AME de Jales lança site que disponibiliza resultado de exames para os pacientes

Acompanhar a evolução da tecnologia é essencial para disponibilizar um serviço de qualidade e prático aos clientes. Para o AME (Ambulatório Médico de Especialidades) de Jales, oferecer essas ferramentas integra as ações de humanização e seguem o Planejamento Estratégico do Ambulatório. Diante disso, na manhã dessa quarta-feira, dia 18 de março, foi lançado o site da unidade, com um layout moderno, mobilidade, acessibilidade, saúde e informação.

A página eletrônica está disponível no link www.amejales.com.br e já está em funcionamento para os navegadores Internet Explorer, Firefox, Google Chrome e Safari, sendo possível acessar também pelo celular. O principal diferencial está na possibilidade do paciente visualizar o resultado de exames de laboratório e imagem, sendo eles: Tomografia Computadorizada, Ressonância Magnética, Raio-X e Mamografia.

"Para isso, basta inserir o login e senha, que serão entregues no momento do exame. O paciente também pode conferir a relação de todos os outros que já fez, e para os futuros, confirmar preparos sem precisar sair de casa ou ligar no Ambulatório, pois o site conta com toda a relação de exames realizados pela unidade", enfatizou o gerente de Tecnologia da Informação do Complexo Santa Casa de Votuporanga, Daniel Martinez.

A gerente do AME de Jales, Fátima Módulo Cláudio, destacou a importância dessa ferramenta de comunicação. "É um ganho muito grande para a nossa população, com transparência e que permitirá mais aproximação entre o Ambulatório e os pacientes". Já o gerente médico, Luiz Henrique Leite Nogueira, ressaltou a necessidade de acompanhar a modernidade. "Isso mostra o quanto estamos preocupados em seguir o avanço da tecnologia e será uma oportunidade de mostrar o nosso trabalho para a comunidade."

Para o gerente dos AME’s e do Núcleo de Atenção à Saúde, Ângelo Jabur Bimbato, a ferramenta coloca à disposição de todos, a transparência do Ambulatório. "Os usuários passam a ter acesso da própria casa, aos números de atendimento, balanços, atividades, indicadores, sanar dúvidas, fazer contato pela Ouvidoria, entre outras opções. Ou seja, é uma facilidade que todos terão em prol de um atendimento melhor."

Vale destacar que o site do AME de Jales não teve custo algum, visto que a produção ficou por conta dos setores de Sistema de Informação e Núcleo de Comunicação da Santa Casa de Votuporanga, entidade gestora do Ambulatório. Ambos trabalharam em conjunto, desde o desenvolvimento, até a produção e levantamento do conteúdo.

O AME de Jales é um projeto do Governo do Estado de São Paulo com a Secretaria Estadual de Saúde e realiza cerca de 8 mil consultas mensais e atende mais de 500 pacientes diariamente. A população assistida é de aproximadamente 103 mil habitantes, distribuídos em 17 municípios da região, sendo eles: Aparecida D’ Oeste, Aspásia, Dirce Reis, Dolcinópolis, Jales, Marinópolis, Mesópolis, Palmeira D’ Oeste, Paranapuã, Pontalinda, Santa Albertina, Santa Salete, Santana da Ponte Pensa, São Francisco, Turmalina, Urânia e Vitória Brasil.

O Ambulatório fica na rua Sete, 2720. O telefone é (17) 3622 5470.

Santa Casa de Votuporanga sedia reunião da Regional da Fehosp com provedores e administradores


Evento foi conduzido pelo presidente da Federação, Edson Rogatti, e reuniu representantes de Instituições filantrópicas de saúde
A manhã dessa quinta-feira, dia 19 de março, foi de troca de informações entre provedores e administradores de Instituições de saúde da região. A Santa Casa de Votuporanga sediou um encontro com a presença do presidente da Fehosp (Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo) e da CMB (Confederação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos), Edson Rogatti, que discutiu diversos temas com os representantes dos Hospitais da Regional.
O diretor financeiro da Santa Casa de Votuporanga, Rubens Calil Pereira, participou do evento, junto com outros profissionais da instituição. A reunião também foi conduzida pela gerente Técnica da Fehosp, Maria Fátima da Conceição e o consultor de Planos de Saúde da Fehosp, Carlos Miranda.
A pauta abordou o atraso nos pagamentos e cenário político do Ministério da Saúde; atraso no pagamento do SUStentáveis pela Secretaria Estadual da Saúde; 24º Congresso de Presidentes, Provedores e Administradores Hospitalares de Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo, que acontecerá de 12 a 15 de maio; CNES; Acompanhamento dos Convênios; EDUCASUS; Projeto Custos Hospitalares; Cadastro das entidades e o projeto de Captação de Recursos.O provedor da Santa Casa de Votuporanga, Valmir Antônio Dornelas, ressalta o apoio à Fehosp. “Estamos sempre de portas abertas para colaborar com a Federação das Santas Casas. É muito importante que os Hospitais tenham oportunidade de compartilhar e discutir assuntos de interesse. O setor filantrópico precisa manter a união e estar fortalecido para lutar por melhorias na saúde, pois um encontro como esse permite um momento para tirar dúvidas e conhecer mais de perto as dificuldades e acertos das entidades.”
 O evento foi realizado no auditório do AME (Ambulatório Médico de Especialidades) de Votuporanga. Participaram provedores e administradores de hospitais de Nova Granada, Olímpia, Araçatuba, Fernandópolis, Auriflama, São José do Rio Preto, Catanduva, José Bonifácio e de Votuporanga.

 

 

 

O ovo dispara, por Reginaldo Villazón

O ovo de galinha é um alimento consumido desde a antiguidade. Quando as galinhas foram domesticadas, a criação de um bando delas no terreiro permitiu a obtenção diária deste alimento saboroso e nutritivo. Na história recente, a produção de ovos se expandiu com a instalação de granjas especializadas. As pessoas passaram a comprar o "ovo caipira" e o "ovo de granja" a preços acessíveis. No cardápio dos pobres, o ovo foi motivo de brincadeiras. Mas ninguém, rico ou pobre, deixou de apreciar o ovo.

A acusação de que o ovo fazia mal à saúde, aumentando o colesterol ruim e as doenças cardiovasculares, foi invalidada por várias pesquisas. Os cientistas constataram que o ovo é uma excelente fonte de vitaminas, minerais e aminoácidos essenciais. Comer um ovo por dia (sete ovos por semana) é bom e não faz mal. Ele deve estar presente numa alimentação variada e equilibrada, suficiente para garantir o bom funcionamento do organismo e eliminar os riscos de doenças próprias dos costumes alimentares nocivos.

A introdução de técnicas abusivas nas granjas, visando maior produtividade e menor custo, prejudicou a qualidade da produção. O sistema de criação de galinhas, imobilizadas em pequenas gaiolas, as converteu em animais doentes e psicóticos. A composição de rações com restos de frigorífico, antibióticos e outros aditivos fez cair o valor biológico dos ovos. Para os técnicos, o "ovo de granja" mantinha a mesma qualidade do "ovo caipira". Porém, donas de casa e crianças sentiam com facilidade a diferença.

A reação de técnicos, ambientalistas e criadores – contra os abusos praticados nas granjas de aves imobilizadas em gaiolas – fez surgir granjas com sistemas de criação alternativos: granjas de ovo orgânico, granjas de ovo caipira comum, granjas de ovo caipira da galinha francesa Label Rouge, granjas de galinhas criadas livres em pastagens, granjas de galinhas criadas soltas em galpões e outras. Além do respeito ao bem-estar dos animais, adotou-se um rigoroso controle de qualidade sobre rações e medicamentos.

Agora, tecnologias de "enriquecimento do ovo" permitem aos produtores colocar no mercado ovos especiais e aos consumidores escolher ovos de melhor qualidade. Galinhas alimentadas com óleos vegetais, óleos de peixe e algas marinhas produzem ovos ricos em ácidos graxos essenciais (como ômega-3). Alimentadas com ingredientes específicos, produzem ovos ricos em vitaminas (como D e E) e minerais (como Selênio). Assim, o ovo se eleva à categoria de alimento funcional: nutre, mantém a saúde e evita doenças.

O ovo evolui rapidamente no mercado de alimentos. Ovos especiais conquistam espaço dos ovos comuns nas prateleiras do comércio. Suas embalagens coloridas identificam a granja de origem, o sistema de criação das aves, a qualidade da alimentação, a qualidade do produto. A tendência é que sejam comercializados com marca. São mais caros, pois seus custos de produção são maiores. Mas estão ganhando a preferência dos consumidores conscientes, que decidem economizar na compra de itens menos importantes.

Urgências da Justiça, José Renato Nalini

 
Durante o 102º Encontro do Colégio Brasileiro de Presidentes de Tribunais de Justiça, o Ministro ENRIQUE RICARDO LEWANDOWSKI, Presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça, reiterou as urgências do Poder Judiciário no Brasil.

Diante das circunstâncias presentes, enfatizou o primordial papel da Justiça como garantidora da estabilidade democrática. O Judiciário tem a missão de pacificar. De harmonizar. De solucionar problemas. Seu funcionamento eficiente é um aval à consolidação de um Estado de Direito de índole democrática, instituído formal e materialmente na República a partir de 5.10.1988.

Depois, nenhum brasileiro pode estar dispensado de refletir sobre a doença que acometeu a Nação: o demandismo. O excesso de judicialização. A explosão de ações judiciais. O exagero de mais de 100 milhões de processos em um País com 202 milhões de habitantes. Mensagem falaciosa ao restante do Planeta de que o Brasil é a República mais beligerante sobre a face da Terra.

É urgente despertar a cidadania para o princípio da subsidiariedade. Ninguém precisa pedir ao outro que o ajude a fazer aquilo que pode realizar sozinho. Se a família for capaz de atender a uma necessidade, não é necessário invocar auxílio de fora. O bairro pode assumir responsabilidades e resolver alguns problemas locais. O município idem. O Estado-membro também não é obrigado a recorrer sempre à União.

Hoje, a população é conduzida a agir como uma criança incapaz de satisfazer à mais insignificante de suas necessidades. O Estado-babá está aí para atender a todas as aspirações. Estas são infinitas. Os recursos financeiros finitos e limitados. Daí a insatisfação, a insaciabilidade egoísta, a assunção do estado de vítima impotente, que nada consegue se não houver o assistencialismo estatal.

É o que se reflete numa Justiça chamada a intervir em assuntos que poderiam ser resolvidos de maneira mais rápida, mais barata e eficiente numa conversa. Num diálogo de que participassem os advogados. Estes também precisam se recordar de que é dever profissional priorizar as conciliações e dissuadir a parte a ingressar com aventura judiciária.

Outro problema grave do Brasil é o excesso de encarceramento. Estamos acostumados a responder com prisão a toda e qualquer infração. A privação da liberdade é um mal que deve ser reservado para indivíduos que não podem conviver em sociedade. Mas uma enorme legião de encarcerados mereceria outra pena. Existem mais de cinquenta respostas possíveis para quem pratica um delito. Quem atropela e mata, não estaria melhor num pronto-socorro a prestar serviços à comunidade? Ou a ser cuidador de pessoas que ficaram com restrições físicas em virtude de acidente automobilístico?

O pichador não poderia recuperar os bens conspurcados e outros que seus colegas também sujaram? O infrator que tem condições, não sofreria mais se tivesse de ressarcir ou de pagar multas, em lugar de permanecer preso por um período e garantir os depósitos feitos em contas no exterior?

Nessa ordem, foi o que o Ministro LEWANDOWSKI elencou. Há remédio para tudo isso. Melhor capacitação dos profissionais da área jurídica. Faculdades que ensinem a pacificar, a solucionar problemas, não apenas a ingressar em juízo. Multiplicação de fórmulas de solução pacífica de controvérsias, mediante chamamento de toda a sociedade a participar de iniciativas como o CEJUSC - Centros Judiciais de Solução de Conflitos e Cidadania, que o Tribunal de São Paulo iniciou há dois anos e que vê com os melhores resultados. NECRIM, iniciativa dos delegados de polícia, a conciliação em Cartório Extrajudicial, iniciativa abortada provisoriamente, mas que deve ser restaurada. Mesmo porque, é função legal do notário formalizar a vontade das partes e se estas quiserem ajustar um acordo, ele o fará. Conciliação a ser feita por policiais militares, que têm experiência na harmonização comunitária e que a seu favor podem invocar a hierarquia e disciplina. Métodos de resolução de desentendimentos implementados por Igrejas e confissões religiosas, por empresas, por ONGs. Por todos, enfim. Porque em jogo não está desobstruir o Judiciário de sua intolerável e invencível carga de trabalho. O que está em jogo é acordar a cidadania para uma participação efetiva na gestão da coisa pública. Se as pessoas continuarem dependentes de assistência integral, nunca crescerão. O Brasil continuará a produzir uma população infantilizada, submissa e incapaz de atuar para transformar esta Nação na Pátria com que todos sonhamos.

Vamos em frente e aceitemos o desafio de reconstruir a cultura brasileira rumo a um estágio civilizatório compatível com os nossos mais legítimos anseios.

*José Renato Nalini é presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo

Chico Xavier

 
Pergunta – O que os espíritos têm dito a respeito da insatisfação do mundo de hoje?
Chico Xavier – Os nossos guias espirituais traduzem a nossa insatisfação, no mundo inteiro, como sendo a ausência de Jesus Cristo em nossos corações.

Quando nos adaptarmos em definitivo ao espírito da doutrina para a vivência cristã, em nossas relações mútuas, toda insatisfação desaparecerá, porque estabelecida a paz em nossa consciência com o nosso dever cumprido, as próprias doenças naturalmente recuarão, pois muitas delas são simples conseqüências de nossos desajustes espirituais, em decorrência de nosso afastamento de Cristo, como luz divina para os nossos corações.
Estamos nos referindo não só ao Espiritismo Evangélico, mas a todo o Cristianismo, a todas as escolas cristãs.
Os cristãos têm necessidade nessa união em torno da verdade. Nós precisamos de Cristo.

Esta coluna tem o patrocínio e responsabilidade da "Associação Espírita "Chico Xavier" de Jales.