Páginas

sábado, 17 de janeiro de 2015

FolhaGeral, da redação

Qual será
o motivo que os prefeitos dos municípios que formam o Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região de Jales – Consirj, diante o imbróglio de uma possível cassação do mandato prefeita Nice a reconduziram para mais um mandato à frente do órgão?
E Nice
foi eleita também para presidir o Consórcio Intermunicipal dos Direitos da Criança e do Adolescente do Noroeste Paulista – Coreca.
No dia 20
de dezembro do ano passado, foi publicada a lei que proíbe a distribuição desordenada de panfletos pela cidade. De autoria do vereador Luis Fernando Rosalino (PT), aprovada por unanimidade pelos vereadores, ela proíbe que panfletos sejam colocados nos parabrisas de veículos. A lei que deve ser regulamentada pelo Poder Executivo até 19 de fevereiro, não está sendo aplicada e tampouco fiscalizada.
Os tucanos
estão crentes da cassação do mandato da prefeita Nice e a ascensão do vice-prefeito Pedro Callado ao poder, que até já falam em alguns nomes de secretários municipais.

Nos bastidores

da política comenta-se que Clóvis Viola analisa se disputa o pleito de 2016. Se em 2012, Clóvis e Especiato tivessem recebido apoio petista pra valer, a dupla teria conquistado um possível 2° lugar com uma votação excelente, o que os credenciaria a disputar com chances o próximo pleito. Infelizmente não aconteceu esse apoio.
Segundo
um assessor da prefeita NIce Mistilides ela não preencheu os cargos de secretários municipais de Obras e Serviços Públicos, de Esportes, Cultura e Turismo e Administração que também está vago, por estar no aguardo final da Comissão Processante. Pelo jeito...
As raposas
lá do botequim da vila falam que numa eventual cassação da prefeita Nice, quem vai perder espaço político no Paço Municipal é o vereador André Ricardo Viotto, que segundo os analistas populares, será seu o primeiro voto a ser declarado, e deve ser pela cassação.
Na próxima
semana, o relator Jesus Martins Batista (DEM), entrega ao presidente da Comissão Processante André Ricardo Viotto, o relatório concluso. Muita gente torcendo para que a cabeça da prefeita Nice vá para a guilhotina, objetivando a ascensão do vice-prefeito Pedro Callado ao cargo, para que possa resolver a situação de Jales.
Para o
relatório final ser lido e votado, a liminar concedida pelo TJ-SP que proibe o julgamento da cassação da prefeita Nice em plenário, precisa ser derrubada. Se já não foi de ontem pra hoje.

Com a

crise que aí está e deve perdurar até meados de 2016 o político Pedro Callado precisará de muito "jogo de cintura" para resolver os problemas da administração, principalmente os das portarias dos funcionários, a qual está comprometido em devolvê-las.
De acordo
com os analistas populares, pode ser uma quimera o sonho dos tucanos e pessoas ligadas ao vice-prefeito de que ele possa resolver os problemas de Jales e conseguir se reeleger em 2016. A dívida do tesouro municipal não é pequena.
Os prefeitos
estão sentindo o clima da crise econômica financeira que já está atingindo suas administrações e estão cancelando eventos com o intuito de economizar recursos. Em Urânia, sentindo o peso da crise, o prefeito Airton Saracuza optou por cancelar o carnaval uraniense que já é uma tradição regional.
O secretário
municipal de Planejamento, Desenvolvimento e Trânsito, Aldo Nunes, deveria se ater à Resolução n° 38, de 21 de maio de 1.998, que regulamenta o artigo 86 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Na administração petista as empresas foram acionadas mas não orientadas como proceder em relação a resolução.
Bernardo
Mello Franco, da Folha de S Paulo, escreveu em sua coluna na edição de quarta-feira,, 14/01/2014, intitulada "Ações e reações" que no front o ministro Levy também está fazendo inimigos com o corte de R$ 22,7 bilhões nas despesas dos ministérios, sendo R$ 7 bilhões no MEC.
Segundo
Bernardo Mello, a grita aumentará quando a tesoura afetar o funcionamento das universidades federais.

No entender
de nossos analistas populares, os políticos precisam lutar por coisas concretas e de imediato para Jales e não correr atrás de projetos a longo prazo que poderão até nem sair do papel, como a usina de biodiesel que seria instalada no município para alavancar o pequeno agricultor. Até quando se anunciou na Facip, por uma importante figura da comunidade investimentos por um grupo chinês de U$ 100 milhões em Jales e região. Venderam só ilusão e isso precisa acabar em Jales.
Que cursos
uma Universidade Federal instalada em Jales poderia oferecer aos jovens: Medicina, Direito, Odontologia, Engenharia (civil, agrônoma, elétrica, mecânica, etc...), Educação Física, Psicologia, História, Geografia e vários outros já existentes em Faculdade da cidade e nas da região.
Na foto
histórica onde aparecem a prefeita Nice, o vice Pedro Callado e 15 assessores divulgada logo após assumirem seus cargos, restam dela: Bruno Guzzo, Roberto Timpurim e Nilva Gomes. O resto...

Sacra solidão, por Flávio Carvalho

por Flávio Carvalho



A vida é louca, muitas vezes muito triste. Não nos sucumbimos de maneira catastrófica porque somos eternos malucos. Lidamos a vida toda com o pessimismo e o sofrimento, somos na maioria do tempo negativistas. Teimamos sempre em colocar nossas loucuras de fronte a nossa visão.
Questione sempre, mediante qualquer situação difícil ou maravilhosa, O que isso quer me dizer? Qual a lição a ser aprendida?
Por que temos um enorme medo de ser feliz? Por que insistimos em sofrer tanto? Os poetas e os artistas insistem em defender que a vida é bela. Estarão eles sempre errados? Serão eles uns loucos?
Quem quer viver para sempre? Que graça teria uma vivência eterna?
Teremos todos a mesma chance, seremos ricos, seremos pobres, muitas vezes plebeus, e várias como nobres. Quero ser homem, e também mulher, não importa, o lindo é que sempre terei a infância. Quero ser sempre criança, ser sempre inocente.
Jamais se esconda. Jamais se entregue. Não se importe para com que os outros dizem. Siga somente o seu caminho. Tenha sempre as rédeas da vida nas suas mãos e, guie-a da melhor maneira possível. Jamais se esqueça que sempre haverá pedras em seu caminho. E por maiores que forem tais pedras, acredite, elas são sempre removíveis.

O universo segue sempre uma lei. O universo é justo. E jamais se esqueça que os olhos da justiça universal estará sempre te olhando.

Não tenha medo de viver. Mesmo quando todas as desgraças caírem sobre você, mesmo que todas as dores e sofrimentos tomar conta de seu ser, jamais desista de viver. Acredite que todas as desgraças, dores e sofrimentos apenas servirão para transforma-lo em um ser melhor e mais forte.
Dizem que "sempre haverá uma luz no fim do túnel", "depois da tempestade vem sempre a bonança" não sabemos jamais quem foram os autores de tais ensinamento, mas é a pura verdade.
Se você se sente sozinho, na mais pura solidão. Se sua solidão é tão forte que você sente um imenso vazio por dentro do seu ser. Solidão na mente, no corpo, no espírito. Você não está sozinho. Olhe para o céu. Há um Deus que te ama. Existe um Deus que jamais te abandona. E Ele que é importante. Nada mais importa, o resto não é perfeito. O resto não te ama com tamanha intensidade e sinceridade. Se este Deus te ama, e está com você. O que mais importa? Você não está sozinho. Deixe Ele arrancar esta solidão de dentro do seu ser, pois ela não te pertence.
Se dê outra chance, se ame mais, se perdoe, e pare de se punir.
Sinta se feliz, vá viver a sua vida sem solidão e, ensine a outros está lição. E não se esqueça jamais de medir as suas palavras e seus atos, que são exteriorizados em nome desta solidão.
Lembre-se sempre que a justiça universal estará sempre a te olhar.

Integração difícil, por Reginaldo Villazón

No Brasil, a chegada do primeiro grupo de imigrantes japoneses no navio Kasato Maru no Porto de Santos, em 18 de junho de 1908, é motivo de festa geral. Vieram 165 famílias (781 pessoas) com destino certo de trabalho na agricultura. Até 1940, cerca de 160 mil japoneses chegaram para viver em terras brasileiras. Enfrentaram muitas dificuldades, mas se integraram à nova pátria e se tornaram brasileiros respeitados. A mesma saga foi empreendida com sucesso por portugueses, italianos, espanhóis, alemães, poloneses, árabes e outros.
Movimentos migratórios existem sempre. Os países, ora recebem, ora exportam grupos de migrantes. Estima-se que 200 milhões de pessoas no mundo vivam em países estrangeiros. Isto representa 3% da população mundial e 100% da população brasileira. Hoje, os Estados Unidos estão em segundo lugar na atração de imigrantes. Milhares de mexicanos tentam atravessar a fronteira norte-americana por ano. Cerca de 400 são mortos. A Europa ocupa o primeiro lugar na atração de imigrantes. Mais de 2 mil são mortos por ano.
O caso do jornal semanal (hebdomadário) francês Charlie Hebdo, que resultou num atentado que ceifou 12 vidas, mexeu na ferida que corrompe o tecido social dos países europeus. Mas a mídia aproveitou para fazer a cabeça do público e os políticos aproveitaram para fazer pose de mocinhos. A realidade dramática dos imigrantes na Europa não foi mostrada. A xenofobia praticada por setores europeus contra os estrangeiros passou em branco. A inépcia dos políticos em tratar estas questões sociais foi ignorada.
Atualmente, na Europa, europeus e estrangeiros lutam para conseguir o que todo ser humano quer. Coisas comuns. Uma casa boa de morar, um trabalho honesto, um sistema de saúde confiável, um sistema educacional qualificado, namorar, casar, ter filhos, almoçar com a família, festejar com os amigos, praticar a fé. Mas a Europa não está numa fase de progresso. A Europa está em crise. Os governos não têm recursos suficientes para atender as demandas sociais de toda população. O mercado de trabalho está saturado e provoca disputas.
Para tornar mais complicada a situação, a população européia envelhece e a taxa de nascimentos diminui. A contribuição dos estrangeiros não pode ser dispensada. O ambiente fica propício para propagar desavenças. Na França, há um partido político de direita (Frente Nacional) reconhecido como xenófobo e ultranacionalista. Na Alemanha e outros países, grupos neonazistas arregimentam jovens e cometem violências. Parece que não existem políticas públicas capazes de amenizar ou solucionar os problemas.
Cientistas sociais observam a importância de evitar que os imigrantes fiquem confinados em bairros periféricos. Eles precisam ter oportunidades para morar, estudar, trabalhar e conviver livremente na sociedade. Assim, eles assimilam o idioma e a cultura do país. Eles criam e fortalecem relações com as pessoas do país e geram uma consciência social. Diferenças culturais são preservadas, mas as aspirações comuns são valorizadas. Ademais, o tempo cura feridas, apaga ressentimentos, renova esperanças, aponta caminhos.

Novo Código ou nova Cultura

por José Renato Nalini

A proximidade de vigência do novo Código de Processo Civil suscita aquela inquietação já tantas vezes experimentada pelo universo jurídico. Ao contrário da tendência verificada em alguns outros países, o Brasil ainda se inebria com o fetiche da lei, como se ela fosse a solução para todos os problemas.
Cada vez mais atual a constatação de Jean Cruet, autor de "A vida do direito e a inutilidade das leis", que observa, logo no início de sua obra: "Sempre se viu a sociedade alterar a lei. Nunca se viu a lei alterar a sociedade". Talvez um exagero, pois no Brasil das "leis que pegam e outras que não pegam", as primeiras podem fazer a diferença. É o que acontece, ao menos à primeira vista, com a proibição do álcool ao volante.
Não se deve esperar milagre do novo Código de Processo Civil. Assim foi quando o Código Buzaid, de 1973, substituiu o estatuto de 1939. Temos prática em renovar a legislação. Pense-se na Constituição, que é o ápice do ordenamento jurídico. Tivemos a primeira em 1824, a segunda em 1891, a terceira em 1934, a quarta em 1937, a quinta em 1946, a sexta em 1967 e a Emenda 1, de 17.10.1969, pode ser considerada uma sétima Carta Magna. Até que sobreveio a oitava, a Constituição Cidadã de 1988, que já se aproxima das oitenta emendas... Isso porque é do tipo rígido, ou seja, precisa de 3/5 de quórum autônomo em cada Casa do Legislativo Federal.
Pois bem: temos excesso de leis e carência de efetividade. Os princípios da Constituição já permitiriam uma Justiça ágil, célere, eficiente, efetivamente solucionadora de problemas. Mas o que se vê é o emperramento resultante de anacronismo na formação jurídica, ranço burocrático, medo de inovação e criatividade. O velho tema do divórcio entre um discurso de vanguarda e uma prática de antanho. Mas não vale a pena alimentar o pessimismo. Vamos nutrir a esperança: que venha o novo CPC e que ele traga um novo operador do direito.
A melhor lei, se não tiver um aplicador sensato, com vontade de realmente acertar, dar soluções e não respostas meramente processuais, de nada valerá. Torçamos pela renovação da cultura jurídica. Na formação de profissionais mais sensíveis. Capazes de compaixão pelo próximo. Senão, tudo tenderá a continuar na mesma.
*José Renato Nalini é presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo

A intolerância religiosa fere a dignidade humana

* Por Felipe Aquino


O conceito mais belo que encontramos de Deus na Sagrada Escritura é dado por São João: "Deus e´ amor" (1 João 4,8). A máxima do próprio Cristo Jesus é "amar a Deus acima de tudo, e amar o próximo como a nós mesmos." No Sermão da Montanha, recomendou "amar os inimigos", orar pelos que nos perseguem e amaldiçoam; e morreu cumprindo isso.
A ação mais lastimável que pode existir entre os homens é a "rivalidade em nome de Deus", pois Deus é Pai de todos, e o Seu Reino é um reino de paz, amor, justiça, verdade, liberdade e santidade, tudo que revela "não – violência".
O peregrino da Paz, Papa Francisco, tem andado corajosamente pelo mundo, clamando humildemente que "não se faça violência em nome de Deus". Mas, infelizmente, o mundo das trevas ainda domina o coração de muitos. O triste atentado terrorista na França, praticado friamente, calculado e premeditado, feriu a humanidade sobretudo naquele dom que é o mais excelente que recebemos de Deus, e que nos faz a Sua imagem sobretudo, a liberdade! A liberdade religiosa. Esta significa em primeiro ligar o respeito pela pessoa humana.
Deus quer ser amado e adorado por todos os homens, mas não quer que isso se faça sem a liberdade da pessoa. A infundada justificativa dos terroristas de Paris foi que o Semanário Charlie Hebdo teria zombado de Maomé. De fato isso não deveria ter sido feito, mas jamais justificaria a morte fria de doze pessoas. Nada justifica eliminar vidas humanas friamente.
É relevante o fato da imprensa árabe ter condenado o atentado de Paris. Sem dúvida é do meio muçulmano que deve partir essa reação, de modo a coibir os extremistas a agir desta forma. Como se pronunciou o jornal tunisiano Àssabah, que "o terrorismo destrói a liberdade de expressão e esfaqueia o Islã."
A violência golpeia a liberdade de consciência, de expressão e religiosa, elemento fundamental da sociedade. Outra constatação alarmante é que milhares de cristãos têm sido mortos friamente pelos jihadistas radicais do Estado Islâmico. A organização Open Doors (Portas Abertas), advertiu que apesar da perseguição contra os cristãos ter alcançado níveis históricos em 2014, "o pior ainda está por vir". Cerca de 100 milhões de cristãos são perseguidos em todo o mundo, o grupo religioso mais perseguido.
A imprensa não pode zombar de valores humanos e religiosos em nome da liberdade de expressão e de consciência, mas esta também não pode ser amordaçada pela força das armas e da morte. A intolerância religiosa fere a dignidade humana.
*Felipe Aquino é professor de física e matemática, autor de mais de 70 livros e apresentador dos programas "Escola da Fé" e "Pergunte e Responderemos", na TV Canção Nova, e "No Coração da Igreja", na Rádio Canção Nova. Recebeu o título de "Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno", concedido pelo Papa Bento XVI às pessoas que se destacam no seu trabalho, em prol da evangelização, em defesa da fé e do desenvolvimento da Igreja Católica.

Editais de Proclamas

Rosimeire Ensides Tomazeli, Oficial Interina do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de Jales, Estado de São Paulo. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro.



LUÍS EDUARDO DE OLIVEIRA MORENO e ELISÂNGELA CRISTINA MELEIRO FERNANDES. ELE, natural de Turmalina, deste Estado, nascido aos 21 de dezembro de 1.986, farmacêutico, solteiro, residente e domiciliado em Turmalina, deste Estado, filho de Jesus Ortunho Moreno e de Edna Aparecida Miranda de Oliveira Moreno. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 31 de janeiro de 1.979, secretária, divorciada, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Miguel Meleiro Fernandes e de Carmem Pizolato. Cópia para ser afixada no Oficial de Registro Civil de Turmalina – SP, onde reside o contraente.
AILTON CARLOS BENEDITO e ELIANA MARTINS PINHEIRO. ELE, natural de São Paulo, deste Estado, nascido aos 06 de dezembro de 1.974, pintor, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Sebastião Benedito e de Marlene Tertuliano Benedito. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 22 de junho de 1.970, diarista, divorciada, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Nanoel Martins Pinheiro e de Emilia Ciásca Pinheiro.
RONDINELI FLORINDO DE FREITAS BRANDÃO e JULIANA KAWAMATA ESTANISLAU. ELE, natural de Rio de Janeiro, Estado de Rio de Janeiro, nascido aos 24 de fevereiro de 1.987, vendedor, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Nelson Carlos de Souza Brandão e de Miriam Florindo de Freitas Brandão. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 27 de junho de 1.990, operadora de computador, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Osvaldo Rodrigues Estanislau e de Marcia Kawamata Estanislau.
SE ALGUÉM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO OPONHA-O NA FORMA DA LEI. LAVRO OS PRESENTES PARA SEREM AFIXADOS NO REGISTRO CIVIL E PUBLICADOS NA FOLHA NOROESTE, NESTA CIDADE DE JALES.
Rosimeire Ensides Tomazeli - Oficial Interina


Santa Casa recebe R$ 500 mil proveniente de emenda do deputado Edinho Araújo

O ano de 2015 será marcado pela gestão final do provedor José Pedro Venturini e a expectativa é colocar em andamento todos os projetos que foram planejados durante quatro anos de trabalho voluntário.
Para começar a executar as tarefas, no mês de dezembro foi assinado junto a empresa Max Construção, o contrato que dará inicio as obras de três pavimentos do hospital, tendo data prevista para iniciar a construção em janeiro e término em julho.
Para fechar o ano de 2014 foi assinado junto a caixa Econômica Federal uma emenda de R$ 500 mil do deputado federal Edinho Araújo, para estruturação, reforma, readequação de alguns setores do hospital, que possivelmente chegará no primeiro semestre deste ano.
foto - Assinatura do convênio: gestora do financeiro, Yaeko M. Takehara, Gerente Geral da CEF Alex Gibbini Aparicio, provedor José Pedro Venturini, membro da diretoria administrativa José Luiz Socorro e o gestor da contabilidade Celvio de Souza, 

Vereador Rosalino participa de reunião da UVESP e reivindica ao governador Alckmin recursos para Jales



Na segunda-feira, 12 de janeiro, o vereador Luís Fernando Rosalino (PT) esteve em São Paulo participando de uma reunião União dos Vereadores do Estado de São Paulo – UVESP, que contou com a presença do governador Geraldo Alckmin.
Desde o ano passado, o vereador Rosalino é presidente do Parlamento Regional criado pela UVESP e representa mais de 20 munícipios da microrregião de Jales.
A audiência contou com a presença dos presidentes dos Parlamentos Regionais e teve como objetivo a discussão de projetos de desenvolvimento dos municípios.
Segundo Rosalino, o governador Alckmin destacou a grande relevância desta ação e colocou à disposição da UVESP e dos Parlamentos sua equipe de trabalho, e enfatizou ainda que "os secretários do Estado estarão de portas abertas para discutirmos projetos de grande importância para nossa região e, claro, nosso município".
O vereador petista solicitou ao governador recursos na ordem de R$ 4 milhões para o município de Jales, sendo R$ 2, 5 milhões destinados à obras de asfaltamento do Parque Comercial e Industrial III "José Carlos Guisso" e R$ 1,5 milhão à aplicação na Ala Pediátrica da Santa Casa de Misericórdia de Jales.
"Sabemos da necessidade de diversos repasses para Jales. O Parque Industrial III tem grande número de empresas instaladas, gerando um considerável número de empregos aos munícipes, porém, por não contar com o asfaltamento necessário, os empresários ali instalados acabam sendo prejudicados, já que o local fica praticamente intransitável quando ocorrem chuvas. Isso acaba inibindo também a instalação de novas empresas no local. Já a Santa Casa de Jales é referência em atendimento aos pacientes de Jales e região. Os recursos solicitados são necessários para promover a ampliação de seu número de atendimentos", disse o vereador acerca das solicitações.

Sacra solidão

por Flávio Carvalho

A vida é louca, muitas vezes muito triste. Não nos sucumbimos de maneira catastrófica porque somos eternos malucos. Lidamos a vida toda com o pessimismo e o sofrimento, somos na maioria do tempo negativistas. Teimamos sempre em colocar nossas loucuras de fronte a nossa visão.
Questione sempre, mediante qualquer situação difícil ou maravilhosa, O que isso quer me dizer? Qual a lição a ser aprendida?
Por que temos um enorme medo de ser feliz? Por que insistimos em sofrer tanto? Os poetas e os artistas insistem em defender que a vida é bela. Estarão eles sempre errados? Serão eles uns loucos?
Quem quer viver para sempre? Que graça teria uma vivência eterna?
Teremos todos a mesma chance, seremos ricos, seremos pobres, muitas vezes plebeus, e várias como nobres. Quero ser homem, e também mulher, não importa, o lindo é que sempre terei a infância. Quero ser sempre criança, ser sempre inocente.
Jamais se esconda. Jamais se entregue. Não se importe para com que os outros dizem. Siga somente o seu caminho. Tenha sempre as rédeas da vida nas suas mãos e, guie-a da melhor maneira possível. Jamais se esqueça que sempre haverá pedras em seu caminho. E por maiores que forem tais pedras, acredite, elas são sempre removíveis.
O universo segue sempre uma lei. O universo é justo. E jamais se esqueça que os olhos da justiça universal estará sempre te olhando.
Não tenha medo de viver. Mesmo quando todas as desgraças caírem sobre você, mesmo que todas as dores e sofrimentos tomar conta de seu ser, jamais desista de viver. Acredite que todas as desgraças, dores e sofrimentos apenas servirão para transforma-lo em um ser melhor e mais forte.
Dizem que "sempre haverá uma luz no fim do túnel", "depois da tempestade vem sempre a bonança" não sabemos jamais quem foram os autores de tais ensinamento, mas é a pura verdade.
Se você se sente sozinho, na mais pura solidão. Se sua solidão é tão forte que você sente um imenso vazio por dentro do seu ser. Solidão na mente, no corpo, no espírito. Você não está sozinho. Olhe para o céu. Há um Deus que te ama. Existe um Deus que jamais te abandona. E Ele que é importante. Nada mais importa, o resto não é perfeito. O resto não te ama com tamanha intensidade e sinceridade. Se este Deus te ama, e está com você. O que mais importa? Você não está sozinho. Deixe Ele arrancar esta solidão de dentro do seu ser, pois ela não te pertence.
Se dê outra chance, se ame mais, se perdoe, e pare de se punir.
Sinta se feliz, vá viver a sua vida sem solidão e, ensine a outros está lição. E não se esqueça jamais de medir as suas palavras e seus atos, que são exteriorizados em nome desta solidão.
Lembre-se sempre que a justiça universal estará sempre a te olhar.

A importância dos estágios supervisionados para o futuro profissional de enfermagem

por Rosimeire Silva


A enfermagem é uma profissão que necessita de uma excelente formação, muito estudo e dedicação, pois é este nobre profissional que permanece a maior parte do tempo ao lado do paciente/cliente. Desta forma, os futuros profissionais de enfermagem devem ter uma preparação rigorosa durante o período de estágio, onde possam crescer e aproveitar as oportunidades de aprendizagem a cada dia dentro da instituição cedente. Compreende-se que o estágio curricular supervisionado é peça fundamental para a formação do profissional de enfermagem, também se torna indispensável a importância do enfermeiro responsável que irá supervisionar todas as atuações dos alunos durante este período. Este profissional deverá sempre estar atento às dificuldades, anseios e características de cada um de seus supervisionados, sendo um facilitador do conhecimento, de modo a colaborar efetivamente para que estes se qualifiquem com competência, dignidade, ética e responsabilidade.
O período de estágio permite ao aluno aplicar os conhecimentos adquiridos em sala de aula, para que seus medos, dúvidas e dificuldades possam ser superados preferencialmente antes do seu ingresso no mercado de trabalho. Para tanto o aluno é submetido a uma ampla supervisão, uma vez que além da importância do serviço prestado aos pacientes, há a necessidade de fazer com que estes pacientes sintam-se seguros e confiantes mediante estes cuidados. Os alunos precisam demonstrar interesse e responsabilidade dos atos durante a execução dos procedimentos, que devem ser realizados de maneira sistematizada. Porém, as atividades de estágio não se limitam apenas ao aperfeiçoamento das técnicas e procedimentos, mas tem como intuito, desenvolver no aluno a capacidade de entendimento pessoal, auxiliando-o a reconhecer e manifestar a sua própria identidade profissional. Portanto, o campo de estágio possibilita aos alunos desenvolverem uma opinião crítica e uma reflexão das formas de atuação profissional, contribuindo para posteriores tomadas de decisões mais conscientes e adequadas à realidade de cada instituição.
De acordo com o COREN-SP (2002), a falta de uma capacitação eficiente faz com que o mercado de trabalho fique saturado de profissionais mal preparados e sem condições mínimas de assumir o que a legislação determina. Quando o fazem podem acabar ocasionando problemas ético-legais graves e danos à saúde e à integridade do paciente.
Sendo assim, há uma preocupação com o saber técnico-científico, preocupação com a qualidade dos serviços prestados, a busca pela excelência no atendimento e atualização constante do conhecimento. Afinal, a responsabilidade é grande e gratificante e ninguém pode perder a noção da importância que é cuidar de outro ser humano.
Agradecemos a todas as unidades que nos concedem os campos de estágios, que confiam no nosso trabalho e permitem que possamos contribuir com a formação de novos profissionais, capazes de exercer a profissão com qualidade, responsabilidade, seriedade, compromisso, ética e acima de tudo com muito amor. Rosimeire Silva – é Enfermeira docente e supervisora de estágios do Instituto Educacional Profissionalizante de Jales –IEP e do Centro Paula Souza –ETEC Jales.

Casos de pedra no rim aumentam 30% no verão

No período mais quente do ano, o Centro de Referência em Saúde do Homem, unidade da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo gerenciada em parceria com a SPDM (Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina), alerta para o aumento de 30% no atendimento de pacientes com pedras nos rins.
O dado serve como alerta sobre a importância da prevenção da doença que, quando não tratada corretamente pode causar a perda do órgão.
Para prevenir o surgimento das pedras, durante os períodos de altas temperaturas deve-se aumentar a ingestão de água e diminuir o consumo de sal, carnes e frituras. Isso porque a perda de líquido corporal causada pelo suor e os excessos na alimentação influenciam na quantidade de impurezas que os rins precisam filtrar.
Uma das maneiras de identificar se o corpo está hidratado é pela cor da urina. Se estiver muito amarelada é sinal de que esta faltando água no corpo.
"Com a falta de hidratação necessária, a urina sofre um aumento na concentração de substâncias como cálcio, oxalato e ácido úrico, que podem formar os cálculos renais", explica o urologista responsável pelo ambulatório de litíase (cálculos nos rins) do "Hospital do Homem", Fábio Vicentini.
O risco de pedras é maior em indivíduos com familiares que já tiveram a doença. Mais de 10% dos homens e 7% das mulheres podem ter pedras nos rins ao longo da vida.
No "Hospital do Homem" o tratamento consiste na administração de analgésicos e anti-inflamatórios para alívio da extrema dor causada pelos desconfortos e fortes cólicas.
Cada caso é avaliado individualmente. Para muitos deles é indicada a litotripsia, uma terapia sem cortes que bombeia as pedras. São mais de 800 procedimentos por ano na unidade. Para outros casos são realizadas cirurgias percutânea ou ureteroscopia, técnicas de ultima geração, minimamente invasivas, com alta em poucos dias para os pacientes. A média anual é de 400 procedimentos cirúrgicos.
Como prevenir os cálculos renais:
1 – Manter-se hidratado, com ingestão média de dois a três litros de água por dia. Preferir sucos cítricos, como laranja e limão, que originam o citrato, com ação que impede a formação de pedras;
2 – Evitar os excessos de consumo de carne ou produtos de origem animal como manteigas. Preferir leite desnatado..
3 – Nas refeições diminuir a ingestão de sal. Evitar alimentos embutidos ricos em sódio como presunto, bacon e lingüiça, além dos industrializados.

Denise e Raony







No sábado, 3 de janeiro de 2015, foi a data escolhida por Deus para celebrar a união de Denise Nalini de Oliveira, filha dos pastores Salatiel Souza de Oliveira e Telma Eliani Nalini de Oliveira (Assembleia de Deus/Estrela d'Oeste) e Raony Felipe Romero Dias, filho de Maria Jose Romero Dias e Luciano Dias, residentes em Estrela d'Oeste.
A celebração religiosa foi realizada na Igreja Assembleia de Deus em Jales pelo Pastor Claudio, seguida de recepção no Villa Rocca. A decoração ficou a cargo da decoradora Lú Fiscarelli, os adereços para a animada balada gospel que agitou os jovens foi de Vira Festa, filmagem Toquinho Vieira, fotos Lívia Cardoso, O romântico vestido de noiva foi confeccionado por Fátima Noivas e o cerimonial coordenado por cerimonialista Jocelia Cabrini.

Permanentes da FACIP podem ser pagos em até 10 vezes no cartão de crédito

por Daniel Zílio
 
A BX Eventos, empresa que promove a 45ª FACIP em Jales entre os dias 14 e 19 de abril, já deu início às vendas de permanentes, mesas e camarotes. A novidade dessa edição é que os interessados em adquirir permanentes que dão direto a entrar todos os dias no evento e assistir aos shows, rodeio e demais atrações, poderão parcelar a compra no cartão de crédito em até 10 vezes.
Os permanentes estão à venda na Banca do Edu, banca do Luiz, Proença Supermercados e Vira Festas. "Esse ano teremos uma grande festas em Jales, com rodeio de primeira linha e shows com artistas de renome nacional e até internacional. É bom correr e garantir seu permanente, mesa ou camarote e curtir todas as atrações da 45ª FACIP", disse o proprietário da BX, Osvaldo Costa Júnior, o Bixiga.
Quem optar pelo conforto e visão privilegiada das mesas e camarotes pode comparecer no escritório da BX, localizado na Rua 13, número 2258 e escolher a melhor opção disponível no mapa. As mesas e camarotes podem ser parceladas em até 3 vezes no cheque (entrada mais 30 e 60 dias) ou 4 vezes no cartão de crédito.
A FACIP começa no dia 14 de abril com show dos fenômenos Henrique & Juliano e segue com shows de Gustavo Mioto (dia 15 – gratuito), Jads & Jadson (16), Munhoz & Mariano (17) e da rainha do axé Ivete Sangalo (18). No domingo, 19, acontece a grande final do rodeio.
Informações pelos telefones 3632-3333 / (17)99704-8656 Santana ou (17)99636-9635 Helen

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Miss Joinville fotografa para o Bella da Semana

A nova modelo do Bella da Semana tem um corpo tão inesquecível quanto seu nome: Kemilly Stacy.
Hoje com 21, a morena foi Miss Joinville (SC) em 2012. Ela está acostumada a fotografar e tem experiência em fotos para catálogos e editoriais de moda.
No entanto, as fotos que fez para o site foram as primeiras de nu total da carreira. "Foi difícil, pois sou muito tímida. Mas me esforcei bastante e espero que gostem tanto quanto eu gostei!".

O ensaio inédito vai ao ar nesta sexta-feira, dia 16 de janeiro, no site www.belladasemana.com.br.


quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Ministro Edinho Araújo acompanha piscicultores da região a audiência no Ministério da Pesca

As dificuldades para criação de peixes no lago de Ilha Solteira, o terceiro maior reservatório do País, foram apresentadas por produtores da região de Santa Fé do Sul, Noroeste de São Paulo, ao ministro da Pesca e Aquicultura, Helder Barbalho, na manhã desta quarta-feira.14 de janeiro 
A audiência foi marcada a pedido do Ministro dos Portos, Edinho Araújo, que nos últimos anos acompanhou de perto as dificuldades dos produtores, relacionadas a outorgas e a baixa do nível do lago por conta da estiagem prolongada.
O ministro Edinho fez um histórico da piscicultura na região Noroeste do Estado e destacou sua importância como atividade que gera renda e empregos, e pediu apoio do colega ministro da Pesca para as reivindicações do setor.
O presidente da Câmara Setorial do Pescado de São Paulo, Emerson Esteves, falou em nome do grupo de piscicultores e explicou que, apesar do lago de 1.200 quilômetros quadrados ter capacidade para produzir 121 toneladas de tilápias por ano, a produção atual é de apenas 20 mil toneladas.
Segundo ele, a prioridade para a produção de energia cria problemas para outras atividades que utilizam o lago, como o turismo e a navegação, e dificulta a instalação e operação dos tanques-rede, onde é feita a engorda dos peixes.
"Fizemos gestões junto à Agência Nacional de Águas e o Operador Nacional do Sistema Elétrico. Chegamos a ingressar na justiça, mas o problema persiste, afetando a produção",
afirmou Esteves. Em nome do grupo de produtores, ele cobrou um acordo entre as partes que permita manter e ampliar a piscicultura no lago. "Disciplinando o uso múltiplo da água do lago teremos condições de crescer e atrair novos investimentos para a atividade", acrescentou Marilsa Fernandes, da Apropesc (Associação dos Piscicultores de Três Fronteiras e Região). O grupo também pediu uma solução para a situação de 17 piscicultores, que não possuem outorgas.
O ministro Helder Barbalho ouviu atentamente as ponderações dos piscicultores e se disse disposto a ajudar. Ele pediu à assessoria técnica que analise imediatamente a situação das outorgas. Nesta quinta-feira (15), será realizada uma reunião na Agência Nacional de Águas para discutir a situação.
Quanto aos conflitos sobre o uso da água, o ministro da Pesca e Aquicultura mostrou-se
sensibilizado com a situação dos produtores e afirmou que trabalhará em busca de uma solução que permita manter e expandir a piscicultura no Noroeste de São Paulo. Helder Barbalho também confirmou que visitará Santa Fé do Sul o mais breve possível para conhecer de perto o problema.


 Participaram da audiência ao lado do ministro Edinho Araújo os produtores Fernando Jesus do Carmo, Assis Castelan, Emerson Esteves, Marilsa Fernandes, Paulo Cesar Bindilatti, e representando a Prefeitura de Santa Fé do Sul o secretário de Turismo José Emidio Calazans e o presidente da Funec (Fundação Municipal de Educação e Cultura) Ademir Maschio. Pela Secretaria de Pesca e Aquicultura, além do ministro Helder Barbalho, participou a Secretária de Planejamento e Ordenamento da Aquicultura, Maria Fernanda Nince Ferreira.

Bispo diocesano de Barretos e líderes espírita e muçulmano manifestam desejo de convivência pacífica no respeito mútuo

"Jesus deixou um único mandamento: amai-vos uns aos outros como eu vos amei", lembra o sexto bispo da Diocese de Barretos


Continuando seu encontro com líderes religiosos, o bispo diocesano, Dom Milton Kenan Júnior, se reuniu na manhã de hoje (14) com o Eduardo Croys Felthes (foto acima), tesoureiro da União das Sociedades Espíritas de Barretos e Região, e o sheik Mohanad Mostufa Alhseen, (foto abaixo) líder da religião islâmica no município. O bispo disse que sabe que não é preciso agradecimento pela acolhida deles na reportagem publicada em novembro do ano passado pelo Jornal o Diário, dias após o anúncio de sua nomeação pelo Papa Francisco como sexto bispo para a Diocese de Barretos, mas que o encontro foi para dizer-lhes que "não passou despercebido" e que "quer somar". Na última sexta-feira, o encontro foi com o até então presidente do Conselho Municipal de Pastores, Mauri Trevisan.
Às 10, Dom Milton se encontrou com Felthes no Lar da Criança Legionárias de Ismael. Antes apresentar a instituição ao bispo, disse que há muito tempo desenvolvem ações com diversas religiões, inclusive já desenvolveram um Festival da Pizza para colaborar com construção da capela de Nossa Senhora Aparecida (conhecida como Minibasílica), no bairro Marília. "Nós sempre trabalhamos em comum porque nós sabemos que o amor e a fraternidade entre as pessoas está muito acima da religião", disse. Enfatizou que todo mundo quer a paz, mas dificilmente as pessoas lembram que "a paz começa com a tolerância, a solidariedade e a fraternidade".
Disse que apesar da instituição ser mantida por uma entidade espírita o público atendido (cerca de 200 crianças e 100 gestantes por semana) é formado por 50% de católico, e que espera que o encontro de hoje com o bispo se repita várias vezes, o que foi confirmado pelo prelado.
Felthes disse que "o grande problema não são as religiões, mas as pessoas", e que há 95% de coisas entre os católicos e os espíritas em comum, como a crença no Deus único. O bispo disse que o valor absoluto que nos une a todos é o Amor, e que o fundamental entre todas as religiões é a caridade, que nada mais é do que o amor transformado em obras, mesmo cada um tendo suas peculiaridades. "Jesus deixou um único mandamento: amai-vos uns aos outros como eu vos amei", lembrou.
Com o sheik que vive em Barretos há um ano e três meses, o bispo diocesano se encontrou às 11h de hoje. Mohanad Mostufa Alhseen  disse que ficou muito feliz com a presença de Dom Milton na mesquita, que é um local sagrado para os muçulmanos, que está aberta para sua visita sempre que desejar, não só em ocasiões especiais. O prelado lembrou que o Papa Francisco,quando se encontrou com líderes religiosos de diversas partes do Oriente na Turquia em novembro passado, disse que a gente não pode perder de vista que entre o islamismo e o cristianismo há muitos elementos em comum que favorecem o diálogo, como a fé em Deus misericordioso, o valor da oração e do jejum, e a busca da paz que devem gerar o respeito e a convivência pacifica.
Dom Milton disse que de maneira alguma aprova o atentado à revista francesa "Charlie Hebdo", no último dia 7, mas questionou as razões da publicação lucrar em espezinhar as religiões. "Quando a gente vê uma charge dá pra ver quando ela é positiva, construtiva, com um humor sadio", salientou o bispo ao lembrar que, segundo o alcorão, ninguém tem o direito de representar o profeta Mohamed e nem fazer imagens de Allah, e que a revista por várias vezes fez isso e de forma desrespeitosa para os muçulmanos. Falou ainda que, se dissessem a ele que ninguém poderia usar o nome de Allan Kardec, por que razão iria querer lucrar em usar este nome? "Vamos respeitar, se pra mim não tem significado para outra pessoa tem. Ao mesmo tempo é preciso um bom senso (...). Seria uma leviandade de nossa parte generalizar os grupos como se todos os membros de uma fé, de um credo, agissem da mesma forma, ou que concordassem com esse tipo de ação. (...) O que uma pessoa, um grupo faz a gente não pode dizer que isso seja promovido por todos. Por isso, mesmo que haja grupos que promovam o terror e a violência, as religiões merecem sempre o nosso respeito, o nosso apresso e a nossa abertura", enfatizou.
Finalizando, o bispo diocesano de Barretos disse que estando com os três líderes religiosos comprovou que há também por parte deles o desejo de estar junto, de dialogar, e de uma convivência pacífica no respeito mútuo.

Fotos:Milton Figueiredo

Santa Casa de Votuporanga sedia curso de Capacitação de Recursos da Fehosp

Projeto surgiu com o objetivo de implantar um programa para profissionalizar a área nas entidades e conta com o apoio da Secretaria Estadual de Saúde
A Santa Casa de Votuporanga passou a sediar a partir desta quarta-feira, dia 14 de janeiro, os cursos de um novo projeto da Fehosp (Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos do Estado de São Paulo,) de Captação de Recursos. O projeto surgiu com o objetivo de implantar um programa para profissionalizar a área nas entidades e conta com o apoio da Secretaria Estadual de Saúde.
A primeira etapa do curso segue até essa sexta-feira, retornando na última semana de janeiro e, posteriormente, em fevereiro e março. A plataforma da capacitação foi desenvolvida pelo IDIS (Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social) e conta com oficinas, workshops, aulas e haverá trabalhos em grupos entre as instituições participantes, visando a integração, troca de conhecimento, e principalmente, novas ideias para serem implantadas.
Nesta quarta, durante a abertura, o representante da Fehosp, Fernando Bueno, comentou sobre a expectativa da capacitação. "Temos total confiança no desfecho desse trabalho, que visa ajudar as entidades, por meio de ações para fortalecê-las, qualificando as Santas Casas em relação ao seu financeiro, imagem, entre diversos outros parâmetros, para uma gestão com indicadores."
O representante do IDIS, Dr. Marcus Kisil, falou sobre a parceria do treinamento. "Esse programa está recebendo total apoio da Secretaria de Saúde, por meio do secretário Adjunto, Dr. Wilson Modesto Pollara, justamente para capacitar as nossas Santas Casas e oferecer condições para captarem recursos para os seus trabalhos"
O provedor da Santa Casa de Votuporanga, Valmir Antônio Dornelas, relata sobre a participação da entidade como sede do curso. "Ficamos muito felizes com a confiança da Fehosp em tornar o nosso Hospital a sede de um dos quatro grupos de trabalho. Essa capacitação certamente trará uma nova visão para estruturarmos de forma ainda mais promissora o nosso setor de Captação de Recursos, assim como das instituições participantes."
A Santa Casa sediará as três oficinas de trabalho de seu grupo e será responsável por receber os representantes dos demais Hospitais Filantrópicos da região. São eles: Santa Casa de Fernandópolis, Santa Casa de Jales, Santa Casa de José Bonifácio, Santa Casa de Monte Aprazível, Santa Casa de Santa Fé do Sul, Santa Casa de São José do Rio Preto e Santa Casa de Votuporanga. Os outros três grupos têm as sedes em Ourinhos, São Carlos e Limeira.

Intercâmbio cultural do Unifeb segue com atividades até 6 de fevereiro nos EUA



Um grupo formado por quatro universitários e dois professores do Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos (Unifeb) está participando de curso de inglês e diversas atividades culturais e de lazer nos Estados Unidos, por meio do programa de intercâmbio cultural oferecido pela instituição. A programação do intercâmbio é intensa e ocorre durante 30 dias.
O grupo retorna à Barretos em 6 de fevereiro. Além do curso de inglês nos Estados Unidos, na programação desta turma estão previstas atividades físicas, visita a locais históricos, museus, cidades e Estados, visitas a galerias e shoppings, entre outros passeios culturais, "o intercâmbio fomenta o contato com estudantes de diversos países, o que aumenta e facilita o aprendizado", disse. Localizada em Lexington, a Wenthwort Military Academy and College é a instituição americana parceira do Unifeb nesta modalidade de intercâmbio, que até o momento teve 53 alunos participantes.
O próximo grupo embarca em julho para os Estados Unidos e as inscrições já estão abertas e podem ser realizadas através do e-mail <mailto:internacional@feb.br> internacional@feb.br .

Grupo recém-inaugurado no Noroeste Paulista visa promover a circulação de informações relevantes ao mercado e a geração de oportunidades de negócios

A partir deste mês, o LIDE Rio Preto, organização de empresários que tem como objetivo fortalecer a livre iniciativa, pautada pelos princípios de governança corporativa, conta com o apoio da Note! Comunicação para desenvolver o relacionamento com a imprensa. O objetivo é estreitar o relacionamento entre o grupo e jornalistas da região, além de promover a divulgação dos eventos organizados pelo LIDE no Noroeste Paulista.
A unidade dedicada à região faz parte do Grupo de Líderes Empresariais LIDE, fundado pelo empresário João Doria. Presidido pelo executivo David Pinto, também presidente do grupo Resolve Franchising, a unidade dedicada ao Noroeste Paulista foi inaugurada no final de 2014 e reúne a Cobb-Vantress, o grupo CEM, a Facchini, o grupo VisionLine, a Expresso Itamarati, o grupo Cerocha, a Usina Guarani e o grupo Resolve Franchising.
A Note! Comunicação, criada em 2004, tem como objetivo tornar a comunicação de seus clientes mais simples e eficiente. Com foco em negócios, além de relacionamento com a mídia, oferece ferramentas direcionadas à comunicação interna, gestão de redes sociais, monitoramento e análise de concorrência, treinamentos, gestão de crise e produção de conteúdo.

Comissão Processante notifica prefeita Nice sobre conclusão da instrução do Processo

O procurador constituído pela senhora Prefeita Municipal  Nice Mistilides,  advogadoOsmar Honorato Alves, foi notificado na manhã desta terça-feira, 13 de janeiro, sobre a conclusão do processo final da Comissão Processante instaurada para averiguar a representação apresentada por Carlos Alberto Expedito de Britto Neto e Aislan Queiroga Trigo, na qual solicitam a apuração de eventual infração político administrativa cometida pela prefeita municipal apontada no relatório final da CEI do Lixo, bem como também que está aberta vista do processo para, caso seja de seu interesse, apresente razões escritas quanto ao processo no prazo de 5 dias.
Na ocasião, o advogado Osmar Honorato Alves recebeu também uma cópia do Termo de Deliberação com relação ao Parecer Técnico Pericial Contábil, elaborado pelo perito contador Marcos Antonio Fontes, entregue à prefeita e ao seu procurador na segunda-feira, 5 de janeiro, devido à impossibilidade de contatá-los nos dias anteriores. A perícia foi requerida pela prefeita no que se refere ao ítem 2.5 da representação, ou seja, das irregularidades na coleta, pesagem e pagamento dos serviços de coleta do lixo e a insuficiência de varredeiras.
Após a entrega do Parecer Técnico Pericial Contábil, a prefeita Nice Mistilides contou com o prazo de 5 dias, após a notificação, para se manifestar quanto ao documento, tendo protocolado recurso contestando e solicitando a nulidade do mesmo, o que foi desacolhido integralmente pela Comissão Processante.

 

 

 

Casa de Apoio ao Migrante promove capacitação para profissionais da rede socioassistencial

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Promoção Social e Casa de Apoio ao Migrante realizará nesta  sexta-feira, 16 de janeiro, uma palestra com a temática “Motivação e Apoio ao Migrante no Foco do Trabalho em Rede”. O evento acontece a partir das 8 horas, no CIEVI – Centro Integrado Esportivo de Valorização do Idoso.
A ação objetiva capacitar profissionais que atuam na rede socioassistencial e outras políticas. Para participar, basta procurar a Casa de Apoio ao Migrante localizada na Rua 09, nº 2136, centro. Qualquer informação pode ser obtida pelo telefone 3632-1910 ou pelo email casadeapoioaomigrante@jales.sp.gov.br.
A capacitação terá uma carga horária de 06 horas e será ministrada pelo Professor Clóvis Gonzaga, graduado em Pedagogia e Educação Física, com formação em Psicanálise, Direito e Especialização Lúdica, além de palestrante e gestor pedagógico com experiência em projetos e eventos de gestão sócio pedagógico comunitário e empresarial.
Temos um cuidado muito grande com as políticas públicas do município, para isto é fundamental capacitar profissionais que atuam na área para serem elementos multiplicadores e prestarem um melhor serviço à população, enfatizou a secretária de Desenvolvimento e Promoção Social, Celma Crepaldi.

Campanha contra raiva animal continua em Jales

A Secretaria Municipal de Saúde de Jales, através do Centro de Controle de Zoonoses de Jales continua com a campanha de vacinação contra a raiva animal. A expectativa é vacinar 70% de um total de 10 mil caninos e felinos e até agora, desde o início das vacinações em outubro do ano passado, apenas 54% da meta foi atingida.
A imunização é gratuita e pode ser feita de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e das 13h às 17 horas, no Centro de Zoonoses (UVZ), localizado nos fundos do Recinto de Exposições Juvenal Giraldelli.
"Após percorrermos os bairros, continuamos disponibilizando as vacinas para quem ainda não imunizou seu animal. É importante ressaltar que apenas animais a partir de quatro meses de idade devem ser imunizados, inclusive os que já tomaram a vacina em anos anteriores. Recomendamos que os cães estejam presos em coleira e sejam acompanhados por um adulto, além de ser necessário apresentar a carteirinha de vacinação", comentou a secretária de Saúde, Nilva Gomes.
A raiva é uma doença transmissível caracterizada pelo contágio direto, ou seja, por meio de mordida, arranhões ou lambeduras de cães, gatos ou morcegos infectados. "A vacina é a única maneira de prevenir a doença e mantê-la sob controle.", completou Nilva.

Servidores da Secretaria de Desenvolvimento Social participam de reunião com novo gestor Floriano Pesaro falou de sua trajetória profissional na área pública e das metas de sua gestão

O novo secretário estadual de Desenvolvimento Social, Floriano Pesaro, reuniu-se na tarde desta terça-feira com os servidores da Pasta. Na ocasião, apresentou os principais projetos que participou na área pública e suas metas para seu novo desafio. Floriano falou de trabalho em parceria e do papel preponderante e importante de protagonismo na área social que todos os funcionários têm.
Para ele, "várias cabeças pensam melhor que uma", da área técnica à administrativa, apontando a linha democrática de construção coletiva da Política de Assistência Social que pretende ser a marca de sua gestão.
Depois de falar da elaboração do Bolsa Escola, da qual participou, enfatizou que transferência de renda não tira nenhuma pessoa da miséria. "Não é R$ 70 que vai tirar as famílias da linha de extrema pobreza. Só a Educação pode tirar".
O secretário disse que pretende trabalhar em rede. Assim, para garantir o desenvolvimento humano, os programas sociais precisam ser pensados de forma a atender não o indivíduo, mas o território onde vivem. Segundo Floriano, a expectativa é promover iniciativas na área social que façam sentido também para outras políticas públicas.
Outros pontos que destacou foram: o princípio de "equidade", que deve permear todas as ações da Secretaria de Desenvolvimento Social; a unificação de informações; e a melhoria no desempenho de forma geral (rede conveniada, municípios e internamente). "Nosso desafio é enorme. Vamos trabalhar juntos, construir juntos. Se fosse fácil, alguém já tinha feito. Ou trabalhamos em equipe, como um time, ou não vamos chegar lá. O Brasil continua sendo um país com pobreza e injustiças sociais. Vamos trabalhar duro, empregar nossa energia e os recursos que temos em busca de resultados. Não podemos aceitar que tantas famílias, que moram em nossa cidade, nosso Estado, nosso País, continue na extrema pobreza", finalizou o secretário Floriano.

Santa Casa de Votuporanga entrega carro 0km e notebooks para ganhadores do Saúde que dá Prêmio

Um carro zero quilômetro foi sorteado neste mês de janeiro na campanha Saúde que dá Prêmio da Santa Casa de Votuporanga, realizada em parceria com a Saev Ambiental e TV Unifev. A entrega aconteceu na manhã desta terça-feira, dia 13. O endereço contemplado é a rua Rui Barbosa, do bairro Bom Clima e os vizinhos da direita e esquerda, que participam, ganharam notebooks. Aliás, o balanço de 2014 da campanha já foi fechado, que somou R$ 374 mil.
A ganhadora do carro, um Pálio, é Lícia Braulino Barbosa, de 77 anos e os vizinhos são Antônio Osmair Campoli e Alex Adriano Brandão Gonzales. Participaram da entrega o provedor do Hospital, Valmir Antônio Dornelas, os diretores Marcelo Madrid, Renato Martins e Rubens Calil. Também o superintendente da Saev Ambiental, Oscar Guarizo, o presidente da Unifev, Nelson Thomé Seraphim Júnior, o reitor da Unifev, Prof. Dr. Rogério Rocha Matarucco e os voluntários da campanha Walter Costa, José Breviglieri e Luiz Augusto Vale.
Lícia, ganhadora do carro, estava acompanhada da filha Aldemira Delloni, nome divulgado inicialmente, mas como Lícia que paga a conta de água, ela foi premiada. Durante a entrega, a ganhadora disse sobre a alegria de ser contemplada. "Sempre participei sem desejar um prêmio e sim pela vontade de ajudar o Hospital. Fico muito feliz em ser a ganhadora, nem mesmo acreditei quando soube, parece um sonho de tão emocionante."
Representando Antônio Osmair Campoli, Maria de Fátima Machado, ressaltou sobre a contribuição com a campanha. "Ajudar a Santa Casa é o mínimo que podemos fazer, pois estamos auxiliando nós mesmos, possibilitando a melhoria de nosso Hospital."
Alex Gonzales, ganhador de um dos notebooks, falou sobre a importância de participar. "É por meio de uma contribuição pequena que você pode fazer tanto pela entidade. O Hospital precisa de ajuda e todos devemos participar, pois certamente essa doação não nos fará falta, pelo contrário, beneficiará cada atendido dessa Instituição."
O superintendente da Saev Ambiental, Oscar Guarizo, frisou o tempo da parceria. "A campanha teve início em 2005, quando era cerca de R$ 150 mil, já no final do ano passado este número chegou à casa dos R$ 370 mil, um aumento de 150% nestes dez anos". Já o presidente da Unifev, Nelson Thomé Seraphim Júnior, justificou também sobre a parceria. "Ficamos muito contentes em realizar esse trabalho conjunto com a Santa Casa, que vem rendendo frutos e, principalmente, ajudando o Hospital".
O provedor da Santa Casa, Valmir Dornelas, destaca o quanto a campanha é necessária para o Hospital. "O Saúde que dá Prêmio é uma das principais formas da população votuporanguense contribuir para a manutenção dos nossos atendimentos, já que cerca de 70% deles são prestados aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). A renda arrecadada em 2014 foi essencial para o equilíbrio financeiro da Instituição e em nome da Diretoria, agradeço a cada membro da comunidade que participou, saibam que a contribuição de vocês está ajudando a salvar vidas."
A campanha conta com um programa que é exibido pela TV Unifev, canal 55.

Aberta as inscrições para Escola Livre de Teatro de Jales

A Escola Livre de Teatro - ELITE está com as inscrições abertas para o curso de formação de atores. Os interessados devem comparecer até o dia 31 de janeiro, no escritório localizado na Rua Seis, S/N – Fundos do Teatro Municipal. A ELITE é uma escola de formação de atores que tem como objetivo principal valorizar as expressões culturais nos diferentes contextos sociais e históricos, além de garantir o direito à livre participação na vida cultural. A escola recebe todo apoio da Prefeitura Municipal de Jales, através da Secretaria de Esportes, Cultura e Turismo e é um projeto da ECCART (Associação Cidadania, Cultura e Arte), sendo destinado àqueles que desejam ser atores e até mesmo aos que não tenham a pretensão de seguir carreira, mas que querem dominar a timidez ou então buscar se expressar melhor e se apoderar dos benefícios do teatro para a vida. As aulas iniciam no dia 3 de fevereiro e as vagas são voltadas para o público adulto e infantil. Para as crianças, as aulas acontecem todas as quintas-feiras no período da tarde, das 16h30 às 18h30. Para os adultos, as aulas são realizadas as terças-feiras à noite, das 19h às 22h15 horas, e aos sábados na parte da manhã, das 8h às 9h15 horas. No período do curso, os alunos desenvolverão aulas regulares das disciplinas que compõem a grade do curso de formação de atores; oficinas paralelas com conteúdos que não são abordados no curso regular, mas que complementam e enriquecem o processo de formação dos alunos/atores. O curso tem uma mensalidade de R$ 30 reais e a taxa de inscrição é no valor de R$ 20 reais. Mais informações podem ser obtidas no Centro Cultural Dr. Edílio Ridolfo (Teatro Municipal de Jales), pelo telefone (17) 99709-7373 ou pelo email: elite-escoladetreatro@hotmail.com.

Provedoria e Comunicação da Santa Casa reúnem profissionais da imprensa

Na manhã desta terça-feira, 13 de janeiro, no Centro de Estudos, a Assessoria de Comunicação da Santa Casa de Jales, juntamente com o provedor José Pedro Venturini, reuniu os profissionais da imprensa para um café da manhã, cujo objetivo foi bater um papo sobre a gestão 2015 e os projetos futuros. Além de aproveitar a oportunidade e agradecer os veículos de comunicação de Jales e região por divulgarem semanalmente as informações do hospital.
De acordo com o provedor é essencial à parceria da imprensa junto a Santa Casa. "O hospital precisa ser visto, e os meios de comunicação são estratégicos para o crescimento da Santa Casa. Graças a cada um de vocês conseguimos levar um pouco do que oferecemos aos pacientes, acompanhantes, funcionários. Que este ano seja de boas notícias para a Santa Casa e sem dúvida contamos com vocês para mantermos ativos nas atividades prestadas a todos", finalizou José Pedro.
A reunião retratou alguns pontos como a inauguração do Centro Regional de Imagem que possivelmente será em fevereiro, o novo software hospitalar que em breve será instalado, a construção de três pavimentos, o desenvolvimento do Projeto Nacional do Ministério da Saúde, Humaniza SUS, a contratação de mais médicos, sendo um urologista e ortopedista, entre outros assuntos abordados.

Santa Casa começa 2015 com planos em andamento

Provedor assina emenda de R$ 500 mil de Deputado Federal

O ano de 2015 será marcado pela gestão final do provedor José Pedro Venturini e a expectativa é colocar em andamento todos os projetos que foram planejados durante quatro anos de trabalho voluntário.
Para começar a executar as tarefas, no mês de dezembro foi assinado junto a empresa Max Construção, o contrato que dará inicio as obras de três pavimentos do hospital, tendo data prevista para iniciar a construção em janeiro e término em julho.
Segundo provedor os recursos para a construção da estrutura dos três pavimentos já estão garantidos, por meio de emenda parlamentar. "Recebemos a emenda do Deputado Federal Rodrigo Garcia. Infelizmente não teremos tempo e condições de entregar os pavimentos prontos para utilização, mas deixaremos toda a estrutura preparada para a próxima gestão dar continuidade nas tarefas. É sem dúvida uma grande conquista para o hospital, que só tem a crescer".
Para fechar o ano de 2014 foi assinado junto a caixa Econômica Federal uma emenda de R$ 500 mil do Deputado Federal Edinho Araújo, atualmente Ministro Chefe da Secretaria dos Portos, para estruturação, reforma, readequação de alguns setores do hospital, que possivelmente chegará no primeiro semestre deste ano.

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

TCE julga pela procedência parcial de representação da Moria Escritório Contábil Ltda contra a Prefeitura de Jales

Foi publicado em 10 de janeiro deste ano no Diário Oficial do Estado de São Paulo, o acordão do Plenário do Tribunal de Contas-TCESP, pelo voto do conselheiro Dimas Eduardo Ramalho, relator, e dos conselheiros Antonio Roque Citadini, Renato Martins Costa, Cristiana de Castro Moraes e Sidney Estanislau Beraldo, bem como do auditor substituto de Conselheiro Josué Romero, em conformidade com o relatório e voto do relator, que decidiu pela procedência parcial de representação formulada por Moria Escritório Contábil Ltda - ME contra o edital do pregão presencial nº 59/2014, processo nº 105/2014, do tipo menor preço global, promovido pela Prefeitura Municipal de Jales visando a contratação de empresa especializada para cessão de direitos de uso de sistemas de informática para gestão pública - locação de softwares - nas áreas de atuação das secretarias de Fazenda; Administração; Educação; Saúde; Obras, Serviços Públicos e Habitação; e Comunicação; com conversão de banco de dados atuais, implantação, manutenção e suporte, inclusive com treinamento de servidores; pelo período de 12 meses.
De acordo com o TCE, a Prfeitura Municipal de Jales deve promover a retificação do edital de forma a:definir critérios objetivos para a avaliação dos sistemas ofertados pela licitante vencedora; posicionar a adjudicação do objeto como evento posterior à demonstração e avaliação dos sistemas, proporcionando condições para o livre exercício do direito à interposição de eventuais recursos pelos interessados; e incorporar ao edital disposição que discipline o critério de atualização financeira dos valores a serem pagos, se configurada a mora da contratante, bem como elaborar cláusula contratual com a mesma finalidade.
"A reformulação do edital é, portanto, medida que se impõe, em consonância com todos os aspectos desenvolvidos no corpo do voto ora proferido, com a consequente publicação do novo texto do ato convocatório e reabertura do prazo legal, nos termos do artigo 21, § 4º, da Lei Federal nº 8.666/93, para oferecimento das propostas".aponta o relatório do TCE.
Presente na sessão o representante do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, Celso Augusto Matuck Feres Junior.