Páginas

sábado, 6 de dezembro de 2014

Folhageral, da redação

da redação


Se o PMDB
jalesense sair em campo visando o pleito de 2016 no município, pode ganhar muito politicamente reivindicando junto ao governo federal com apoio do seu deputado Edinho Araújo, único peemedebista a representar o noroeste paulista e é da base de sustentação do governo Dilma. Pode também com Itamar Borges apresentar propostas ao Governo do Estado independentemente ser o deputado da base aliada ou não de Alckmin.
Nesse caso,
o PMDB pode por intermédio de Edinho Araújo, alocar recursos junto ao governo federal para o município de Jales e mostrar competência, porque partido que faz oposição mas não mostra serviço para a população, evidentemente não é beneficiado com votos nas urnas, e o PMDB pode surgir das cinzas, depois de 1996 quando passou a ser apenas coadjuvante em eleições municipais e, mais ainda, não tendo pela primeira vez, representante no legislativo municipal desde 1.969.
Falou-se
muito que o deputado federal Edinho Araújo (PMDB) estaria dando apoio à instalação de uma extensão ou uma Universidade Federal em Jales.
Por e-mail
o deputado deu a seguinte explicação a`coluna: "Já estou tratando da construção de um novo aeroporto para Jales, assunto que já levei ao conhecimento do Ministro Moreira Franco. A prefeita Nice e outras autoridades estiveram comigo por duas vezes com o Ministro Moreira Franco para tratar do assunto, que envolve doação de terreno, projeto e recursos de grande monta. Também tenho recebido apelos no sentido de recuperação do atual aeroporto. A comunidade tem que decidir que caminho vamos tomar para trabalharmos juntos.
"Em relação
à Universidade Federal em Jales, depois do gesto do presidente do Jales Clube, Clóvis Pereira, ao colocar à disposição as atuais dependências do clube, estou pronto a apresentar proposta no sentido de implantação de uma UF em Jales, ou instalação de um campus avançado de uma instituição já existente. Tenho mandato que me foi outorgado maciçamente pela região, a quem devo satisfação e trabalho. Continuo à disposição".
Segunda-feira,
8 de dezembro, os vereadores vão escolher o presidente da Mesa Diretora para o exercício de 2.015. Nivaldo Batista de Oliveira, o Tiquinho, é o cotado para o cargo, Ele está contando com cinco votos.
Virou moda
na cidade. Qualquer fato ou ato relacionado com a administração municipal, as duas primeiras palavras ouvidas são: "improbidade administrativa". Está virando uma chatice.
Se realmente
for fato sobre o que se fala nos bastidores sobre a prestação de contas dos Jogos Regionais realizados em Jales este ano, vai sobrar para muita gente. Diz quem viu a documentação que existem muitas irregularidades Se realmente for verdadeiro, deve-se apurar.
Alguns
prefeitos da região estão preocupados com a situação econômica de seus municípios para 2.015. Se este ano as finanças não foram as esperadas "imaginem o próximo com essa crise que se avizinha", opinião de uns e outros.
O candidato
a deputado federal mais votado em Jales, Rodrigo Garcia (DEM), 10.867 votos, pertence a um partido de oposição ao governo federal. Se não for convidado para uma secretaria estadual, pode ficar distante das bases, refletindo nos pretensos candidatos municipais pelo DEM.
Por aqui,
a deputada estadual Analice Fernandes obteve 10.007 votos e vai querer liderar as reivindicações do município, e região claro, ainda mais, se por ventura o vice-prefeito Pedro Callado que foi o seu principal articulador durante a campanha eleitoral, vier a assumir o Paço Municipal.
Falando
em Paço Municipal a prefeita Nice Mistilides não têm comparecido aos eventos, principalmente naqueles de destaques. Para as raposas lá do botequim da vila, a alcaide acreditou tão logo assumiu a prefeitura que poderia comandar a administração como uma "ungida" de Deus, segurando o bastão do poder, tanto que sequer se preocupou em formar um secretariado a altura de Jales e agora não estaria aguentando a pressão política com o andamento da Comissão Processante que pode tirá-la da cadeira do Executivo.
Para essas
mesmas raposas, Nice se distanciou dos verdadeiros companheiros onde deveria buscar conselhos políticos e administrativos mas acreditou que poderia marchar com seus próprios "ideais" e aos poucos foi ficando sozinha na jornada. Aliás, Nice tem comentado com seus colegas da região quando em viagem a São Paulo, que a pressão está muito grande. Quem procura acha.
E para piorar
a situação e tirar o sono da prefeita Nice que contava com o apoio do vereador Tiquinho já sente que ele se afastar, ainda mais se for eleito presidente da Mesa Diretora da Câmara Municipal na segunda-feira. Os vereadores da coligação pela qual foi eleito, estão lhe garantido a presidência, desde que caminhe novamente com eles. Esse caminhe é o voto pela cassação.
Um ato público
apoiado por parlamentares, associações de municípios, câmaras municipais, entidades empresariais e trabalhadores marcará o repúdio da região Noroeste de São Paulo à instalação de um pedágio pelo governo do Mato Grosso do Sul na Ponte Rodoferroviária sobre o Rio Paraná, que liga Rubinéia (SP) a Aparecida do Taboado (MS) foi realizado nesta sexta-feira.

Grupo da Melhor Idade de Urânia curte passeio e lazer na Estância Turística Lagoa Santa (Go)


O Centro de Referência da Assistência Social – CRAS de Urânia, em Parceria com a Prefeitura Municipal, proporcionou ao Grupo da Melhor Idade, composta por 60 pessoas com idade acima de 60 anos, entre quarta e quinta-feira ( 03/12/ a 05/12/) uma excursão à Estância Turística Lagoa Santa (GO), que se hospedará no Hotel Thermas Lagoa Santa, com seus monitores.
Os benefícios aptos que o município de Urânia os proporcionou, com direito a hospedagem de três dias, refeições inclusas nos três períodos, passeios e entretenimentos.
O Grupo da Melhor Idade do município, firma- se ao vínculo de desenvolvimento com as atividades como o Bordado ( quartas - feiras das 13h às 16h ), Ginástica ( terças - feiras e quintas - feiras, das 7h às 8h ) e Voleibol (segunda -feira às 19h e aos sábados das 8 às 9h30), que segundo a orientadora social Crislaine Calanca "com esse movimento as senhoras tem presença cativa onde elas interagem com as mesmas trocando experiências, demonstrando os momento alegres, desempenhando suas habilidades de benevolências e gentilezas".
A equipe do município tem uma satisfação imensa de estar idealizando projetos existenciais como esse, com méritos incomparáveis de sucesso, " Com a dedicação conquistamos as Vitórias de Sorrisos que se expressam em diferentes Faces", Crislaine Calanca.

Alunos de Administração conquistam 2º lugar entre três mil trabalhos apresentados no CONIC


Alunos do curso de Administração da Unijales, coordenado pela professora Luciana Rocha estiveram presentes no CONIC- Congresso Nacional de Iniciação Científica. O evento foi realizado na cidade de São Paulo, na Faculdade UNICID, entre os dias 28 e 29 de novembro.
O curso de Administração foi representado pelos 44 alunos do 4º ano que apresentaram 18 artigos, na categoria trabalhos concluídos, da área Ciências Sociais Aplicadas, aprovados no Congresso.
Além destas aprovações, três trabalhos apresentados pelos alunos da Unijales foram classificados entre os 20 melhores do Brasil. 3000 artigos foram avaliados.
Os alunos Edmar Rodrigues Bizzi, Micheli Bianca Olhier Quintana, Priscila Ferreira Fontana Silva e Stela Rosa Rodrigues Silva se classificaram em 2º lugar com o trabalho que teve como tema "A Influência que os filhos exercem sobre os genitores no ato de compra", orientados pela professora Luciana Aparecida Rocha.
O 19º lugar ficou com os alunos Natalia Regina Vazon, Vanessa Vieira Trevisol e Viviane Cristina Vitale Tomaz que apresentaram o artigo "Qualidade de vida no trabalho- QVT", orientados pela professora Elis Andréia Veiga.
Ocupando ainda uma classificação entre os 20 melhores do país, os alunos de Administração, Ananda Regina Oliveira, Cleide Souza Silva e Dayane David Zuim se classificaram em 20º lugar com o trabalho "Reuso da água na indústria- estudo de caso na empresa Venturini & Cia, orientados pela professora Dejanira Facioni.
A coordenadora do curso, Luciana Aparecida Rocha parabeniza e reconhece o empenho de todos os alunos e orientadores e afirma que estas aprovações foram frutos da dedicação dos mesmos e que isto tem contribuído para o crescimento profissional dos alunos e melhoria do curso de Administração da Unijales.
O CONIC apoia o desenvolvimento intelectual contínuo dos alunos do Ensino Superior e incentiva a pesquisa, busca facilitar o contato com o que há de mais novo no mercado, ao mesmo tempo em que promove visibilidade e valor aos trabalhos apresentados. O Congresso representa um estímulo ao engajamento dos estudantes de graduação no processo de investigação científica, o que contribui para a formação de profissionais cada vez mais qualificados para o mercado de trabalho.







Cras de Urânia encerra as atividades anuais com satisfação, e se prepara para o ano de 2015 com grandes expectativas




2014 foi um ano de muito trabalho para toda equipe do Centro de Referência de Assistência Social – CRAS de Urânia. Durante todo ano foi oferecido cursos para a população uraniense, tais como pintura em fralda, corte e costura, estética, caixinha de presentes, culinária, artesanato, informática, secretária do lar, além de diversas atividades oferecidas para terceira idade.
O CRAS desenvolveu ainda diversos grupos para crianças e adolescentes, pais e idosos, além de todo trabalho desenvolvido com a Rede de Proteção Social, através da equipe Psicossocial (Psicologia e Serviço Social) que atende encaminhamentos do Conselho Tutelar, Lar dos Velhinhos, Ministério Público, Poder Judiciários, Saúde, educação e beneficiários dos Programas sociais Bolsa Família, Renda Cidadã e Ação Jovem.
O trabalho abrange também o "Projeto Sonho meu", que desenvolve um belo trabalho com crianças e adolescentes.
Para o próximo ano estão previstos os cursos de Pintura em fralda, pintura em guardanapo, estética, corte e costura, decoupagem, informática, culinária, oficinas artesanais, dentre outros.
"A equipe técnica do CRAS agradece e destaca a parceria e o apoio fundamental da Prefeitura Municipal de Urânia, através do prefeito Airton Saracuza e da primeira-dama Marinete Saracuza em todo trabalho realizado",

PROCON de Jales participa de reunião regional em defesa do consumidor

O Procon de Jales, através de seus representantes participou na quarta-feira, 3 de dezembro, em São José do Rio Preto, da reunião regional de defesa do consumidor, realizada pela Fundação Procon – SP. O encontro reuniu responsáveis dos Procons municipais de toda região.
Na reunião foram discutidos os assuntos mais recorrentes ao órgão nos municípios, voltados ao direito do consumidor, padronizando os procedimentos a serem usados para a defesa dos direitos, ante os problemas apontados. Além disso, os participantes receberão capacitação para ministrar palestras sobre planos de saúde, por se tratar de um assunto de constantes reclamações, e o direito do consumidor.
Participaram por Jales, as servidoras públicas Beatriz Rubio Custódio e Mara Cristina Luz. Na oportunidade, a diretora de relações internacionais da Fundação PROCON-SP, Adriana Sampaio de Souza Cordeiro, destacou a importância da participação do Procon Jales, por se tratar de um órgão em franca expansão nos últimos anos.
O coordenador da regional de São José do Rio Preto, braço da Fundação PROCON-SP, Alexandre Cavalheiro, confirmou a presença em Jales em 2015, na qual solicitou uma reunião com o Executivo para estreitar o relacionamento com o Procon da cidade, oferecendo apoio e fortalecimento na defesa do consumidor em Jales.

Jales sediou encontro sobre programa de educação inclusiva




Com a participação do Promotor de Justiça Júlio Cesar Botelho, da área de educação do Centro de Apoio Operacional Cível e de Tutela Coletiva – CAO Cível do Ministério Público do Estado de São Paulo, na área de Direitos Humanos – Pessoa com Deficiência e Inclusão Social, na quarta-feira, 3 de dezembro, Dia Internacional da Pessoa dom Deficiência, mais de 300 educadores de toda região lotaram o plenário da Câmara Municipal de Jales para participarem do encerramento das Ações de Formações do Programa Educação Inclusiva: Direito a Diversidade.
Jales sediou o encontro porque é polo regional de Educação Inclusiva e tem sido referência no tema, desde a Educação Infantil até a EJA – Educação de Jovens e Adultos.
Prestigiaram o encerramento da evento, os Promotores de Justiça Horival Marques de Freitas Júnior, de Jales e André de Freitas Paulinetti, de Santa Fé do Sul, da mestre em Educação e Inclusão pelo Laboratório de Estudos e Pesquisas em Ensino e Diferenças da Unicamp, Meire Cavalcante, da dirigente regional de Ensino, Marlene Medaglia e da coordenadora do Programa de Educação Inclusiva: Direito a Diversidade do Polo de Jales, Mariângela Nunes Bezerra.
Ao término do encontro, o promotor de Justiça Júlio Cesar Botelho , foi agraciado pelo decreto n º 6.431 tornando-o Hóspede Oficial do Município. "É a primeira vez em mais de 20 anos de carreira que sou tão bem recebido em um município e ganho uma honraria dessas", ressaltou ele.

Aids: o vírus do preconceito agride mais que a doença

 
O organismo humano é a mais extraordinária máquina do mundo. Mesmo assim, falha. Contudo, com Amor, até os remédios passam a ter melhor resultado.
Nossos Irmãos que padecem com o vírus HIV e os que sofrem de outros males físicos, mentais ou espirituais precisam, em primeiro lugar, de Amor Fraterno, aliado ao socorro médico devido. Se a pessoa se sentir humanamente amparada, criará uma espécie de resistência interior muito forte, que a auxiliará na recuperação ou na paciência diante da dor. Costumo afirmar que o vírus do preconceito agride mais que a doença.
Aos que sofrem o abandono a que foram relegados por antigos correligionários, por amigos de discussão intelectual e até mesmo pelos seus entes mais queridos, o conforto destas palavras de dom Paulo Evaristo Arns, cardeal-arcebispo Emérito de São Paulo, na sua tocante obra Da Esperança à Utopia — Testemunho de uma Vida: "A graça de Deus não esquece ninguém nem se regula por crachás. Basta lembrar o segundo capítulo do livro Gênesis para sentir como o sopro de Deus infunde vida ao ser humano e lhe dá como companheira a Esperança por toda a vida. (...) Afinal, o mundo é de Deus, e Deus está presente no coração de cada pessoa, por menos que esta O sinta ou O exprima de viva voz. (...) A utopia é a união de todas as esperanças para a realização do sonho comum. Se realizarmos este sonho, teremos construído uma nova realidade".
Longe do Amor Fraterno, ou Respeito, se assim quiserem apelidá-lo, o ser humano jamais saberá viver em Sociedade Solidária Altruística Ecumênica, porque a sua existência ficará resumida a um terrível "universo", o mesquinho "universo" do egoísmo. Por esse motivo, escreveu o pensador e sociólogo francês Augusto Comte (1798-1857): "Viver para os outros é não somente a lei do dever, mas também da felicidade". Trata-se de uma lição que ninguém deve esquecer em circunstância alguma. José de Paiva Netto é Jornalista, radialista e escritor. paivanetto@lbv.org.br — www.boavontade.com

Saiba mais sobre as infecções do trato respiratório superior

As infecções do trato respiratório superior são as enfermidades que mais afetam os seres humanos. Neste grupo de doenças estão resfriado comum, sinusite, amigdalite, otite média, faringite e laringite.
"Classificamos como trato respiratório superior a região acima da epiglote (região das cordas vocais). Na otite, o órgão infeccionado é o ouvido; na sinusite, são os seios da face, as cavidades que existem entre os ossos do rosto; na amidalite, as amídalas, um órgão que se localiza na garganta e serve como defesa contra as infecções; e a faringite e a laringite que atingem faringe e laringe, respectivamente", explica o dr. Mauro Gomes, presidente da Subcomissão de Infecções Respiratórias e Micoses da Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia (SPPT).
De acordo com o pneumologista, os sintomas variam de acordo com a região afetada, mas em geral todas provocam febre, dor de cabeça e mal estar. "Em cada caso, os sintomas são específicos: a otite causa dor nos ouvidos; a sinusite leva a congestão nasal, saída de secreção purulenta pelo nariz, dor de cabeça e tosse, por vezes persistente; enquanto a amigdalite gera dor de garganta, as laringite e faringite manifestam com muita tosse e rouquidão".
A confusão entre a gripe e o resfriado, frequente infecção respiratória do trato superior, é comum. "A principal diferença é a intensidade dos sintomas e tipos de vírus. A gripe é uma infecção mais grave e altamente contagiosa, causada pelo vírus influenza. Os sintomas são bem definidos: febre alta, fortes dores de cabeça e no corpo, tosse seca e fraqueza, de início súbito. Os resfriados surgem por outros vírus, com sinais mais brandos, a febre não é comum, as dores no corpo e na cabeça são menos intensas e raramente ocorre fraqueza", comenta dr. Mauro.
Tratamento – Quando a infecção é por vírus, a recomendação é repouso e medicação sintomática. No caso de infecção bacteriana, é indicado o uso de antibióticos também.
"Se não diagnosticadas precocemente e tratadas corretamente, as infecções podem acarretar pneumonias, caso a bactéria envolvida consiga penetrar no interior dos pulmões. Portanto, em caso de suspeita, busque o especialista", alerta dr. Mauro.

Civilização, por Reginaldo Villazón

Estamos assistindo, com desencanto, o mega-escândalo de corrupção na Petrobrás, investigado pela Polícia Federal sob o nome "Operação Lava Jato". O esquema de contratos fraudulentos, lavagem de dinheiro e evasão de divisas movimentou cerca de R$ 10 bilhões. Estão envolvidos diretores da estatal, executivos de grandes empreiteiras e políticos de partidos importantes. Segundo analistas, existem ramificações robustas com obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e dos estádios da Copa do Mundo.

Observando outras realidades, o Comitê Nobel Norueguês anunciou dois vencedores do Prêmio Nobel da Paz de 2014: o indiano Kailash Satyarthi (60 anos) e a paquistanesa Malala Yousafzai (17 anos). O engenheiro Kailash, em 34 anos de trabalho humanitário, salvou 80 mil crianças de maus-tratos e escravidão. A jovem Malala, desde os 13 anos, é ativista em favor do acesso à educação às meninas do seu país. Sofreu um grave atentado aos 15 anos. Recuperou-se e retomou sua luta pelos direitos humanos e pela educação.
É um disparate, como pessoas podem pensar e agir de maneiras tão opostas. Aqui no Brasil, pessoas de excelente formação educacional e elevada posição social se submetem a práticas indignas de rapinagem de dinheiro público. Alhures, no sentido inverso, pessoas do povo abrem mão de oportunidades de vida farta e confortável para dedicar-se de corpo e alma em ajudar os marginalizados e oprimidos. Qual será a lógica, qual será a racionalidade que permite comportamentos tão diferentes diante da vida?
Podemos dizer que todos os povos, desde a antiguidade, tinham regras para orientar a conduta das pessoas na sociedade, visando evitar e resolver conflitos. Bem conhecido é o Código de Hamurabi – o conjunto de "leis" escrito na pedra, hoje no Museu do Louvre –, atribuído ao rei Hamurabi da antiga Mesopotâmia, em 1.700 anos antes de Cristo. Funcionava como um código de leis, como nos dias de hoje, de pleno conhecimento da população. Assim, antes e hoje, quem rouba sempre sabe que isto é errado e pode ter punição.
Além do código de leis, há o código moral. O código moral – que os povos antigos também possuíam – é mais abrangente. Ele diz respeito ao indivíduo, mesmo no comportamento pessoal fora do alcance da sociedade. O código moral quase sempre está ligado à religião, à crença em uma divindade (ou mais) e à expectativa de vida após a morte. Atitudes como sinceridade, honestidade, respeito, gentileza, auxílio, perdão e outras são consideradas positivas e resultam em felicidade. As atitudes contrárias são ofensivas, são penalizadas.
É possível que as pessoas comuns – a maioria das pessoas – se movam em função das leis oficiais e da moral religiosa. Mas os corruptos e os altruístas, provavelmente, não. Os corruptos, porque não conseguem ser civilizados. Os altruístas, porque são civilizados. Assim, aos corruptos, porque não-civilizados, cabe vestir belas roupas, encher a pança e viver intensamente despreocupados. Aos altruístas, porque civilizados, cabe valorizar a simplicidade, repartir o pão com quem tem fome e segurar a mão dos infelizes.

Habitação: Favelas e o contraste social, por Por Laura Silva Costa e Silvio Paula Ribeiro

No mundo, há centenas de milhares de pessoas desabrigadas, à míngua de ações do governo. Países do Terceiro Mundo são ‘"casas" daqueles que não possuem estrutura para viver ou sobreviver dignamente. Muitas dessas pessoas não têm escolha, e optam por ocupar terrenos.
Ocupações são a primeira etapa para as chamadas favelas, que compõem o cenário das grandes cidades, em especial. Os sem-teto ocupam terrenos, prédios vazios ou abandonados e começam assim a construção de suas moradias sem auxílio governamental e de forma ilegal, o que favorece o não desenvolvimento, de forma geral, da região.
A população dessas favelas muitas vezes não possui acesso a educação e saúde de qualidade, de que derivam alguns índices elevados, como os de violência, tráfico de drogas, entre outros, agravando ainda mais os problemas sociais do país. Essa parte da população acaba sendo prejudicada pelas más condições de suporte oferecidas pelos seus governantes. Nos grandes centros urbanos, essa situação é mais nítida, pois concentram a maior parte da população moradora das favelas. Com o crescimento populacional, caso não ocorram projetos de melhoria de moradia, esses índices só tendem a aumentar.
Outro grande problema que as favelas podem gerar são os já bem frequentes incêndios. Tais incêndios são de grandes proporções, atingindo o comércio, indústrias e seus arredores. Consequentemente, mais pessoas ficam desalojadas e feridas, aumentando o número de cidadãos que procuram os postos de saúde, os quais, por sua vez, não possuem infraestrutura adequada para receber o povo.
Filas nos hospitais também são consequência da falta de saneamento básico nos locais onde a maioria da população se aloja. Crianças se contaminam na rua e levam pra dentro de suas casas doenças, e os pais dessas crianças, por não possuírem renda suficiente para oferecer aos seus filhos melhores condições de vida, são obrigados a procurar assistência da prefeitura de sua região, que também não possui suporte adequado para atender esses pacientes. Forma-se aí outro grande problema social a que governantes não conseguem encontrar uma solução rápida e eficaz, causando caos em postos de saúde e hospitais.
Problema relativamente menor – porque sazonal –, mas não menos importante, é o caso de pessoas desalojadas por desastres naturais, a quem a Defesa Civil abriga por um período de tempo, mas não tem poderes para solucionar.
Nesse cenário, algumas atitudes devem ser tomadas para amparar famílias temporariamente desalojadas/desabrigadas ou moradoras em comunidades. Uma delas são projetos de moradia àqueles que possuem baixa renda e geração de emprego e, sobretudo, oferta de educação de qualidade para crianças, jovens e adultos. Também devem ser criados, implantados e executados planos de conscientização em saúde nas escolas, especialmente para que crianças cresçam com a cultura de uma boa higienização. Essa ação previne leitos de hospitais lotados e reduz a mortalidade infantil.
Vale ressaltar que atualmente existem alguns programas sociais do governo federal, como o Bolsa Família, alvo de duras críticas nos últimos dias, mas responsável por atender milhões de brasileiros. Conforme informações do governo federal, o Programa vem contribuindo efetivamente para a melhoria da vida de aproximadamente 16 milhões de brasileiros em situação de pobreza. O governo disponibiliza outros programas também, como O Pronaf - Financiamento agrícola e o Minha Casa Minha Vida, com o propósito de financiar moradia para as pessoas de baixa renda.
Laura Silva Costa: Acadêmica do curso de Administração da UFMS - Campus de Três Lagoas/MS. e-mail: lauras_costa@hotmail.com
Silvio Paula Ribeiro: Professor e coordenador do curso de Ciências Contábeis da UFMS - Campus de Três Lagoas/MS. E-mail: spribeiro@hotmail.com

Editais de Proclamas

Ademir de Mattis, Oficial do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de Jales, Estado de São Paulo. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro.
MARCIO ROBERTO XAVIER CELES e LEANDRA AYDAR THIEDE. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 01 de agosto de 1.969, empresário, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de João Pedro Celes e de Doraci Xavier Celes. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 24 de setembro de 1.970, empresária, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Roberto Bruno Thiede e de Vera Garrido Aydar Thiede.
RAFAEL NAGASSE SCAPOLON e ADRIANA MARIA CASCARANO. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 18 de maio de 1.986, administrador, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Helio Scapolon e de Neuza Massako Nagasse Scapolon. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 24 de maio de 1.978, diretora escolar, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Norivaldo Cascarano e de Ana Aparecida Zanardi Cascarano,
LEANDRO BENTES DE OLIVEIRA e KELLEN ALVES DE SOUZA. ELE, natural de Itaituba, Estado de Pará, nascido aos 30 de março de 1.991, ajudante de motorista, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Laert Pereira de Oliveira e de Clarice Ferreira Bentes. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 08 de maio de 1.993, balconista, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de José Paulino de Souza e de Helena Alves de Souza.
LEONARDO DE JESUS MARTINS FILHO e ANA LIDIA COUTINHO LERMEN. ELE, natural de Santa Albertina, deste Estado, nascido aos 10 de agosto de 1.992, técnico agropecuária, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Leonardo de Jesus Martins e de Cleuza de Fátima Servino. ELA, natural de Mineiros, Estado de Goiás, nascida aos 04 de setembro de 1.993, técnica em enfermagem, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Aldair José Lermen e de Silvia Regina Coutinho Lermen.
ROBERTO LINO PEREIRA e MARCIA ANDREIA DE JESUS. ELE, natural de Araçatuba, deste Estado, nascido aos 16 de setembro de 1.970, serralheiro, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Luiz Antônio Pereira e de Fatima Rosario Lino Ferreira. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 09 de outubro de 1.973, do lar, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Carmen Izabel de Jesus.
ALAN RICARDO DA SILVA e DANUBIA ALVARENGA DOS SANTOS. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido ao 01 de outubro de 1.986, funcionário público municipal, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Darci da Silva. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 09 de setembro de 1.996, pizzaiola, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Luiz Pereira dos Santos e de Maria Luiza Alvarenga dos Santos.
ARMELINDO ALVES VIANA e IVANISE BORIGATTO. ELE, natural de Poloni, deste Estado, nascido aos 23 de agosto de 1.943, aposentado, viúvo, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de João Alves Viana e de Amabile Scaramuzza Viana. ELA, natural de São José do Rio Pardo, deste Estado, nascida aos 02 de março de 1.960, professora, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Adelmo Borigatto e de Benedita de Oliveira Borigatto.
MANOEL INACIO DOS SANTOS e CLEUSA FRANCISCA DOS SANTOS MARTINS. ELE, natural de Anadia, Estado de Alagoas, nascido aos 15 de fevereiro de 1.945, aposentado, viúvo, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de José Pedro dos Santos e de Maria Joana da Solidade. ELA, natural de Magda, deste Estado, nascida aos 12 de agosto de 1.952, pensionista, divorciada, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Jose Gabriel dos Santos e de Francisca de Jesus Santos.
PAULO SÉRGIO TOLEDO e DANÚBIA DE OLIVEIRA LIMA. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido ao 01 de fevereiro de 1.989, eletricista automotivo, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de José de Oliveira Toledo e de Idalina Vilela Toledo. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 04 de junho de 1.989, advogada, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de José Guilherme Souza Lima e de Zenaide Aparecida de Oliveira Lima.
BRUNO JOSÉ DOS SANTOS e PATRÍCIA ZAVATTI DE SOUZA. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 02 de julho de 1.979, turismólogo, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Zoroastro dos Santos e de Celia Caparroz de Oliveira Santos. ELA, natural de Campinas, deste Estado, nascida aos 28 de agosto de 1.985, farmacêutica, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Waldemar Prado Souza e de Marina Aparecida Zavatti Souza.
RAONY FELIPE ROMERO DIAS e DENISE NALINI DE OLIVEIRA. ELE, natural de Cascavel, Estado de Paraná, nascido aos 21 de julho de 1.995, auxiliar de serviços gerais, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Luciano Dias e de Maria José Romero. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 05 de setembro de 1.996, gerente, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Salatiel Souza de Oliveira e de Telma Eliani Nalini de Oliveira.
KLEBER PINTO DE OLIVEIRA e JEISLA RODRIGUES SOARES. ELE, natural de São Paulo, deste Estado, nascido aos 11 de setembro de 1.976, tatuador, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Custodio Pinto de Oliveira e de Iraci Pereira de Oliveira. ELA, natural de Urânia, deste Estado, nascida aos 11 de setembro de 1.976, micro empresária, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Devanir José Napolião Soares e de Odete Rodrigues Soares.
SE ALGUÉM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO OPONHA-O NA FORMA DA LEI. LAVRO OS PRESENTES PARA SEREM AFIXADOS NO REGISTRO CIVIL E PUBLICADOS NA FOLHA NOROESTE, NESTA CIDADE DE JALES.
Ademir de Mattis - Oficial


Prefeitura realiza formatura de curso em Técnicas de Vendas


Na noite de quinta-feira, 4 dezembro, na Associação Comercial de Jales, a Prefeitura Municipal de Jales em parceria com Secretaria Estadual do Emprego e Relações do Trabalho (SERT) e Instituto Nacional Tecnológico de Ensino e Pesquisa (INTEP), realizou a cerimônia de formatura de 27 alunos que concluíram o curso em Técnicas de Vendas.
Durante todo o evento, a felicidade e o sentimento de gratidão estiveram estampados nos rostos dos formandos, após dois meses de total dedicação às aulas, realizadas na E. M. Jacira de Carvalho.
O objetivo do curso foi de oferecer gratuitamente aos interessados uma qualificação profissional, proporcionando com a profissionalização, um leque de oportunidades e mais chances de conquistar uma vaga de emprego em um mercado cada vez mais exigente e competitivo.
O secretário municipal de Comunicação Bruno Guzzo, representando a prfeita Nice Mistilides, ressaltou a importância das oportunidades de qualificação profissional que estão sendo geradas no município através dos programas do Governo Estadual e Federal. "A formação e qualificação profissional é uma das grandes preocupações da prefeita Nice, que constantemente busca novos cursos para Jales, ficando muito satisfeita em poder colaborar e incentivar para que os munícipes tenham a oportunidade de crescer profissionalmente, através de especializações que atendam as necessidades do mercado e região. Espero que vocês aproveitem bem esse diploma, que com certeza vai abrir muitas portas e este é apenas o primeiro passo para o sucesso de todos", comentou.

Secretário Rogerio Hamam inaugura Centro de Conviver do Idoso em Aparecida d`Oeste


O secretário estadual de Desenvolvimento Social, Rogerio Hamam, visitou nesta quinta-feira, 4 de dezembro as 11 horas em Aparecida d’Oeste para inaugurar o Centro Conviver de Idosos localizado na rua Antonio Proni, 823, centro.
Cada equipamento teve investimento de R$ 250 mil do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social. O Centro Conviver deverá atender uma média de 200 pessoas com mais de 60 anos. O serviço funciona como espaço de socialização, lazer e atividades, onde os idosos podem frequentar. Trata-se de um instrumento de Proteção Básica de caráter preventivo que contribui para o envelhecimento ativo, saudável e autônomo.
Hamam falou de sua felicidade em participar da inauguração de um equipamento tão importante para a cidade, que contribuirá para o envelhecimento saudável dos beneficiários e fortalecerá a rede de atendimento socioassistencial direcionada aos idosos. Depois de assistir às apresentações de Coral e de dança, enfatizou que é importante o desenvolvimento de atividades culturais, pois estas ajudam na relação humana.
O prefeito Izaias Aparecido Sanchez falou da satisfação em receber a visita do secretário Rogerio Hamam, do deputado estadual Sebastião Santos e do recém eleito deputado federal Fausto Pinato.
Disse que a presença das autoridades representa um reforço ainda maior com o Governo do Estado, na busca por recursos para os municípios de menor porte. Sobre o novo equipamento, o prefeito se declarou feliz, pois o Centro de Convivência dará mais qualidade de vida àqueles idosos que já participam de atividades no município.

As andanças do Bispo (8), por D. Demétrio Valentini


9 - Um mergulho em Paris
Logo em seguida, no início de abril, repeti a dose na França. Também com o mesmo objetivo: ajudar na promoção da campanha da quaresma. Fui direto para Paris, onde me hospedei bem no centro da cidade. E a programação foi muito intensa, com encontros nas periferias de Paris. Sendo que uma palestra, mais caprichada, foi na sede da Unesco, sobre a questão da Dívida Externa.
Foi muito interessante conhecer a grande diversidade cultural que existe na megalópole em que se transformou a capital da França, que acolheu migrantes vindos de muitas partes do mundo, sobretudo de países africanos, que pertenceram à França tempos atrás, na época da dominação europeia sobre as nações africanas. Só para termos suma ideia, na Diocese de Evry, nos arredores de Paris, existem migrantes de oitenta países, muitas vezes formando comunidades linguísticas distintas.
Os diferentes encontros me deram a possibilidade de mergulhar fundo na realidade da França, sob diversos pontos de vista. O trabalho foi intenso, mas gratificante. Sobretudo pelo contato com tantas pessoas, que a gente guarda na memória, mesmo que talvez nunca mais veja na vida. Mas valeu o serviço prestado, mesmo se, ao voltar, fosse preciso mergulhar logo na realidade da diocese, sem tempo nem para contar aos outros como tinha sido a viagem!

10- Viagem para a Alemanha
O ano dois mil, parecia mesmo o ano de pagar dívidas. Mal retornado da França, chega o convite, insistente, para no final de maio e início de junho estar na Alemanha, e participar lá do encontro que a Igreja Católica costuma realizar. É o "Katholikentag" o "dia dos Católicos", iniciativa anual da Igreja Católica da Alemanha para o debate das questões sociais que o país enfrenta.
O assunto eram os quinhentos anos do Brasil. E lá me fui eu, para Hamburgo, no norte da Alemanha. Dado que no contexto da CNBB eu ainda estava participando da comissão encarregada da Campanha para a Evangelização, quiseram aproveitar também minha presença para conhecer melhor esta campanha, e trocar ideias sobre a ajuda que a Igreja Católica da Alemanha vem dando há muito tempo para a Igreja do Brasil. Em todo o caso, procurei desempenhar da melhor maneira possível o trabalho que me pediam.

Próximo seguimento: As
 encrencas da Colômbia

Farmacêuticos do Consirj recebem menos que o teto estipulado, segundo ofício dirigido ao Legislativo

O vereador Gilberto Alexandre de Moraes, presidente da Câmara Municipal de Jales, vereador , apresentou na sessão ordinária, realizada na segunda-feira, 1º de dezembro, requerimento solicitando junto ao Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região de Jales – Consirj, informações sobre o pagamento aos farmacêuticos do Consórcio.
 
O documento leva em consideração ofício recebido pelo Legislativo, do Sindicato dos Farmacêuticos do Estado de São Paulo, no qual comunica que o piso salarial mensal para farmacêuticos celetistas que exercerem uma jornada de 30 horas semanais, de acordo com sua "Convenção Coletiva de Trabalho" é de R$ 2.460,00 e que as informações contidas no ofício dão conta de que o Consirj tem contratado e mantido farmacêuticos celetistas com remuneração inferior ao estabelecido na "Convenção Coletiva de Trabalho".
A prefeita Nice Mistilides, presidente do Consirj, deverá responder ao Legislativo ante o requerimento, se o Consórcio Intermunicipal realmente mantém farmacêuticos celetistas contratados com salário abaixo do piso da categoria e, em caso positivo, qual é o embasamento jurídico do órgão para sustentar seu entendimento quanto ao salário pago aos profissionais. Cabe ressaltar ainda que, caso não haja embasamento jurídico sólido, a prefeita deverá responder até quando pretende se resolver o problema.
Insalubridade – Os vereadores Gilberto Alexandre de Moraes, Jesus Martins Batista, Luís Fernando Rosalino, Pérola Maria Fonseca Cardoso e Rivail Rodrigues Júnior apresentaram, na sessão ordinária, do dia 1º de dezembro, o requerimento questionando o Executivo sobre o não pagamento de insalubridade às Auxiliares Educacionais da Secretaria Municipal de Educação.
O documento, aprovado por unanimidade, considera que houve entendimento de que as Auxiliares Educacionais faziam jus ao recebimento de insalubridade e que o mesmo não tem sido pago.
O Executivo deverá responder quais são as razões para o não pagamento da insalubridade às Auxiliares Educacionais e também encaminhar cópia do parecer jurídico sobre o assunto, além do laudo pericial da parte em que esta questão é tratada.
 

Mudança, por Flavio Carvalho

 
Mudança é sinônimo de coragem
Mesmo se a mudança for na sua imagem
Mudar, mesmo sem levar bagagem
Mudança de ares, para outra estiagem



Mudança é o mesmo que recomeçar
Mudança, ímpeto gesto sem titubear
Mudar, sem se importar em ter que agradar
Mudança para melhor se amar


Mudança não se faz com facilidade
As vezes é muito difícil, requer maturidade
As vezes se muda e deixa saudade
Muitas vezes é a fuga de uma cidade


Mudança, mesmo quando todos dizem não
As vezes mudança é a única solução
Muitos mudam, e tornam a vida uma confusão
Mas o objetivo da mudança é a melhora da situação.


Mudança que rima com esperança
Mudança, muitas vezes para deixar de ser criança
Mudança sem medo e com confiança
Mudança com a certeza da bonança



Flávio Rodrigo Masson Carvalho
equilibriumtc@hotmail.com



Presidente da ACIJ, Carlos Altimari, afirma que a cidade está bem preparada para o Natal


"Todo o trabalho realizado pela Associação Comercial e Industrial, junto com a Prefeitura, Associação dos Artesãos, Sabesp, Programa Escola da Família e outros voluntários, contribuiu para que a cidade se preparasse bem para o Natal".
A avaliação é do presidente da ACIJ, Carlos Roberto Altimari. Este ano a associação estará sorteando um carro zero quilômetro além dos prêmios instantâneos através das seladinhas oferecidas pelas empresas que estão participando da promoção.
Carlinhos participou da inauguração da decoração natalina, no domingo, 30 de novembro, na praça Euphly Jalles, quando lembrou que a decoração daquele local, além da praça João Mariano de Freitas e das principais ruas e avenidas é importante para motivar as pessoas para passeios pelo comércio. "Não estamos concorrendo com outras cidades, apenas queremos que a cidade esteja bonita nesses dias que antecedem o Natal", afirmou.
A ACIJ sempre foi a grande incentivadora da decoração das ruas e das atividades culturais no período natalino pois como afirmou seu presidente, o objetivo da entidade, como representante dos empresários, é atrair para Jales o consumidor de toda a região.
Carlinhos lembrou que as ruas do centro e muitas lojas e residências estão sendo decoradas e todo esse conjunto contribui para criar esse diferencial de final de ano, quando a cidade recebe muitos visitantes, numa grande confraternização.
Tudo está sendo realizado para que as vendas de fim de ano sejam incrementadas, superando a onda de pessimismo que prevaleceu nos últimos meses e preparando um novo período de otimismo para o ano que vem.
Mas para atender essa demanda de fim de ano, o empresário, segundo Carlinhos, precisa estar preparado, principalmente nos dias mais próximos do Natal e na semana seguinte, quando muitas pessoas vem para Jales passar as festas e acabam contribuindo para o aumento do consumo em vários segmentos.

Rotary Club de Jales “Grandes Lagos” homenageia músico

O Rotary Club de Jales "Grandes Lagos", em sua reunião ordinária do dia 3 de dezembro, prestou uma singela e justa homenagem ao líder da Banda Jafferson, Márcio da Silva Menezes, em comemoração ao Dia do Músico, transcorrido no dia 22 de novembro. A Banda Jafferson é parceira do Rotary Club em eventos destinados às causas sociais de Jales. O Rotary Club de Jales "Grandes Lagos" agradece a parceria e parabeniza todos os integrantes da Banda, e todos os músicos de Jales e região.

Mais salário, menos recessão, por Tadeu Morais

 
A foto de uma placa na entrada de um estabelecimento comercial nos Estados Unidos tem circulado pelas redes sociais e diz o seguinte: "Se cada um de nós gastarmos US$ 100 por ano no mercadinho do bairro, ao invés de destinar essa mesma quantia em uma grande rede de supermercados, essa atitude, por si só, somaria US$ 3 milhões anuais a mais circulando em nossa economia, além de gerar milhares de novos empregos".
Embora vivamos realidade diferente da norte-americana, é fato que a economia não vai bem e o quanto antes aprendermos a viver em um período recessivo, tanto melhor.
Prestigiar o comércio local é, sim, uma boa forma de driblar os efeitos de uma recessão, pois garante a vida desses pequenos empreendedores que geram renda e emprego para milhares de pessoas.
O Banco do Povo Paulista (BPP) da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho faz um trabalho eficiente no empréstimo de pequenos volumes ao microempreendedor do Estado. Com 0,35% de taxa de juros mensal (a menor entre as instituições financeiras), o BPP transformou-se no maior programa de microcrédito estadual do país com empréstimos que já somam mais de R$ 1,4 bilhão.
Nessa mesma direção, o governador Geraldo Alckmin deu um passo importante quando atendeu integralmente ao pedido das centrais sindicais para aumento do piso regional paulista. Atualmente o salário mínimo de São Paulo vale R$ 810 e, pelo acordo, vai para R$ 905 em 2015, um aumento de 11,75%. Esse acréscimo serve de referência em convenções coletivas de várias categorias profissionais e é fundamental para a classe menos privilegiada de trabalhadores - a dos domésticos.
Mais dinheiro circulando aquece a economia do Estado e estabelece uma potencial recessão, pelo menos, algo mais branda. Estima-se que 8 milhões de paulistas sejam beneficiados com esse aumento do piso.
Só para efeito de comparação, o salário mínimo federal deve subir por volta de 8,8%, de R$ 724 vai para R$ 788. Valor bem abaixo do que será praticado no estado de São Paulo em 2015.
Incentivar o consumo através de aumento salarial, atrair novos investimentos e facilitar a abertura de pequenos negócios fazem parte de um conjunto de medidas saudáveis e essenciais para que uma eventual recessão tenha efeitos menos devastadores na vida dos paulistas.
Tadeu Morais é secretário estadual do Emprego e Relações do Trabalho

Chico Xavier

 
Pergunta – Para ser feliz o homem necessita da riqueza? O que é a felicidade?
Chico Xavier – Acreditamos que o Criador nos fez ricos a todos, sem exceção, porque a riqueza autêntica a nosso ver, procede do trabalho e todos nós, de uma forma ou de outra, podemos trabalhar e servir.
Quanto à felicidade, cremos que ela nasce na paz da consciência tranqüila pelo dever cumprido e cresce, no íntimo de cada pessoa, à medida que a pessoa procura fazer a felicidade dos outros, sem pedir felicidade para si própria.
 
 
Esta coluna tem o patrocínio e responsabilidade da
"Associação Espírita "Chico Xavier" de Jales.
 
 

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

A pedido do MPF em Jales, INSS terá que conceder benefício assistencial a idosa moradora em Urânia, de nacionalidade indeterminada

Acesso ao auxílio vinha sendo impedido pela documentação insuficiente, que agora foi regularizada A pedido do Ministério Público Federal em Jales, no interior de São Paulo, a Justiça Federal determinou que o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) conceda benefício assistencial de prestação continuada, previsto na Lei de Assistência Social e no Estatuto do Idoso, à idosa Akiko Yanaguida Gonçalves, de 89 anos, moradora da cidade de Urânia/SP. Akiko é viúva, analfabeta e não possui condições financeiras de prover o seu sustento.
O INSS havia negado o benefício assistencial porque a idosa não possuía documentos que comprovassem a sua "existência no meio jurídico". Mesmo com idade e situação de vulnerabilidade social que a tornam apta a receber o benefício, a ausência de comprovação de sua nacionalidade tornava o caso particular.

DOCUMENTAÇÃO. Akiko possuía apenas uma certidão de casamento que dizia que, apesar de nascida no Japão, ela tem nacionalidade brasileira, e um CPF em seu nome, na época da ação suspenso, no qual consta ser de nacionalidade estrangeira. Seguindo determinação liminar da Justiça Federal, que atendeu ao pedido da ação ajuizada pelo procurador da República Gabriel da Rocha, a Polícia Federal emitiu passaporte de apátrida para a idosa, condição que permite a concessão do benefício assistencial. Também foi regularizado o CPF de Akiko pela Receita Federal. Atendendo ao pedido de tutela antecipada, a decisão da Justiça Federal determinou que o INSS terá que conceder o benefício assistencial de um salário mínimo em no máximo 30 dias a contar da sentença. Após o trânsito em julgado, o instituto também deverá realizar o pagamento retroativo a 9 de agosto de 2013, data da citação feita à autarquia. O número do processo é 0000786-29.2013.403.6124 e o responsável pelo
acompanhamento do caso é o procurador da República José Rubens Plates.

DEPUTADO ITAMAR BORGES PARTICIPA COM EDINHO ARAÚJO DE ATO CONTRA O PEDÁGIO NA PONTE RODOFERROVIÁRIA DO RIO PARANÁ


Na manhã desta sexta-feira, 05 de dezembro, o deputado Itamar Borges (PMDB) participou do ato público em repúdio a instalação de um pedágio pelo governo do Mato Grosso do Sul na Ponte Rodoferroviária sobre o Rio Paraná, que liga Rubinéia (SP) a Aparecida do Taboado (MS).
O ato teve sua concentração em Santa Fé do Sul, na Avenida Navarro de Andrade. De lá a carreata partiu em direção à ponte e parou na margem paulista do Rio Paraná. "Hoje demonstramos força. Participaram deputados, prefeitos, a AMOP e a AMA, duas grandes associações municipalistas que representam juntas mais de 300 cidades, além da imprensa de São Paulo e do Mato Grosso do Sul", afirmou Itamar Borges.
O deputado Itamar luta com Edinho Araújo pela não instalação do pedágio. "Existe uma alternativa à proposta de pedágio. Trata-se do projeto de lei de autoria do deputado Edinho Araújo, já aprovado na Câmara e em tramitação no Senado Federal, que federaliza a ponte Rodoferroviária e obriga o governo federal a fazer a manutenção regular, sem cobrar pedágios", informou.
Participaram do evento o deputado estadual Itamar Borges; o deputado federal Edinho Araújo; o deputado federal eleito Fausto Pinato; o presidente da AMA e prefeito de Nova Aliança, Jura; o presidente da AMOP, Liberato Caldeira; além de prefeitos, vereadores, secretários de Estado, representantes de deputados e lideranças de toda a região. "Temos a palavra do futuro governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, de que o pedágio não interessa à nova administração, mas o atual governador insiste neste projeto", afirma o deputado Edinho Araújo.
 "Além de encarecer o frete, o pedágio irá prejudicar muito quem mora nas cidades da região e próximas da ponte e transita diariamente entre os Estados de SP e MS." finalizou o deputado Itamar Borges. A ação também está sendo contestada na Justiça, no Tribunal de Contas de MS e no Tribunal de Contas da União.

Profissional da Radiologia da Santa Casa participa de Congresso em Chicago

Responsável técnico do setor de Imagem & Diagnóstico, o médico Radiologista Dr. Alexandre Parma está representando o Hospital/ A Assembleia Científica e Encontro Anual da Sociedade de Radiologia da América do Norte (RSNA) se tornou o maior evento de radiologia do mundo e está completando 100 anos em 2014. A Santa Casa de Votuporanga também está sendo representada no Congresso, por meio da participação do responsável técnico do setor de Imagem & Diagnóstico, o médico Radiologista Dr. Alexandre Parma, que é também membro efetivo da Sociedade Americana de Radiologia. O encontro iniciou no dia 30 de novembro e terminou nesta sexta, dia 5 de dezembro, em Chicago, nos Estados Unidos.
O evento é uma feira de equipamentos de imagem, realizado consecutivamente em Chicago desde 1985, no Mackormick Place, um dos maiores centros de convenções do mundo. A Sociedade tem mais de 54 mil membros em 136 países e mais de 53 mil pessoas participaram da Assembleia Científica RSNA e Reunião Anual em 2013, incluindo 26.580 profissionais de mais de 110 países. Entre as aulas e cursos que o Dr. Alexandre Parma já participou, estão os de revisão de anatomia e atualizações sobre os novos conceitos em ombro, punho e cotovelo, câncer de pulmão e ressonância de quadril e bacia.
 "É uma oportunidade de trazer na bagagem mais conhecimento, novidades, experiências e o que há de mais moderno no mundo da radiologia e quem ganha com tudo isso é o paciente da Santa Casa de Votuporanga", destaca. Vale ressaltar que o próprio médico está arcando com as despesas durante o Congresso.
O provedor Valmir Antônio Dornelas enfatiza o quanto é importante a participação dos profissionais da saúde em cursos e atualizações. "Com o constante aprendizado, nossos médicos e demais profissionais acabam aumentando a qualidade dos atendimentos. A Santa Casa preza por essas atualizações e incentiva isso ao Corpo Clínico e colaboradores."

Projeto Donos do Futuro qualificou centenas de profissionais em 2014

Na noite de quinta-feira, 4 de dezembro, foi encerrado mais um ciclo de cursos profissionalizantes do projeto “Donos do Futuro”, uma parceria do Sindicato dos Empregados no Comércio e o Sindicato Varejista de Três Lagoas. Na ocasião as turmas de oratória e departamento pessoal tiveram a oportunidade de receber seus certificados.
O presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Três Lagoas, Eurídes de Freitas, ressaltou a importância dos cursos para o município. “Apenas com recursos dos dois sindicatos, nós conseguimos qualificar centenas de pessoas. É importante frisar que o projeto é gratuito. Nosso interesse é melhorar a mão – de – obra três-lagoense”.
O professor de departamento pessoal, Adenaldo Nunes, demonstrou satisfação com os resultados obtidos, “apenas este ano eu formei seis turmas, quase duzentas pessoas passaram por mim e já contratei alunos meus e, também, os vi em outros postos de trabalho, isso é muito gratificante”.
Formando a 5ª turma de oratória, a professora Lígia Thomé reconheceu o trabalho bem feito do sindicato, “é incrível a iniciativa que o sindicato dos empregados, na pessoa do presidente Eurídes, vem fazendo em Três Lagoas. Estamos qualificando pessoas, melhorando o atendimento no comércio e de forma gratuita. Temos que parabenizar este grandioso projeto”, finalizou.
O projeto “Donos do Futuro” já realizou cursos de departamento pessoal, oratória, vitrinismo, desossa de frango, vendas e qualidade no atendimento. Os interessados devem procurar o Sindicato dos Empregados no Comércio de Três Lagoas que fica localizado na Rua Br. Rio Branco, 562. 

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Handebol da EE Onélia Faggioni vence na estreia e jogou hoje pela manhã derrotou Botucatu

 As handebolistas com idade entre 13 e 16 anos da E. E.  Profª Onélia Faggioni estreiaram nesta quarta-feira, 3 de dezembro na XV Copa São Paulo de Handebol, que acontece na cidade de São Roque (SP) vencendo a equipe representante da cidade de São José dos Campos por 26 x 22.
Nesta manhã de quinta-feira,4 de dezembro, as 8h30m,jogando no Ginásio Guaru, a equipe jalesense enfrentou Botucatu e venceu por 23 a 11, passando para a fase segunte da Copa São Paulo de Handebol 
Os professores de Educação Física Zelo e Maria Odete são os treinadores da equipe.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Ato público repudia instalação de pedágio na Ponte Rodoferroviária do Rio Paraná

Um ato público apoiado por parlamentares, associações de municípios, câmaras municipais, entidades empresariais e trabalhadores marcará o repúdio da região Noroeste de São Paulo à instalação de um pedágio pelo governo do Mato Grosso do Sul na Ponte Rodoferroviária sobre o Rio Paraná, que liga Rubinéia (SP) a Aparecida do Taboado (MS).
O evento está marcado para 9h30 da manhã da próxima sexta-feira (05.12), com uma concentração na Avenida Navarro de Andrade, em frente à FUNEC-2, em Santa Fé do Sul (próximo ao trevo principal da rodovia Euclides da Cunha). De lá, uma carreata partirá em direção à ponte, onde ocorre uma grande concentração na margem paulista do Rio Paraná. A informação é do deputado federal Edinho Araújo (PMDB-SP), que lidera a luta para evitar que a ponte seja pedagiada.
Duas grandes associações municipalistas da Região Noroeste de São Paulo - AMA e AMOP – que, juntas, congregam mais de 300 municípios, uniram-se a deputados estaduais e federais que representam São Paulo e Mato Grosso do Sul, aos prefeitos e vereadores, entidades de classe e populares, na tentativa de barrar o pedágio, já em fase final de licitação. "Temos a palavra do futuro governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, de que o pedágio não interessa à nova administração, mas o atual governador insiste neste projeto", afirma Edinho Araújo.
Ele convidou o governador eleito do MS para se juntar ao movimento. "Esperamos que ele compareça e apoie esse ato pacífico e civilizado contra um pedágio que irá encarecer o frete e onerar o bolso de milhares de pessoas que cruzam a ponte diariamente", afirma o deputado Edinho Araújo. Para Edinho, "não é justo que uma ponte que custou mais de R$ 550 milhões, entregue há 16 anos, venha a ser pedagiada agora por um Estado que não investiu um centavo na construção, bancada com recursos da União e do Governo de São Paulo em partes iguais".
A decisão de instalar o pedágio choca-se também com um projeto de autoria de Edinho Araújo, aprovado na Câmara Federal e em fase final de tramitação no Senado, transferindo a manutenção regular da ponte para a União, sem previsão de pedágio. O governo de MS se baseou num acordo com o Ministério dos Transportes, feito sem qualquer divulgação ou debate prévio, para licitar a construção do pedágio junto à ponte, onerando todos os que precisam fazer a travessia. Esta ação também está sendo contestada na Justiça, no Tribunal de Contas de MS e no Tribunal de Contas da União.


Atleta de escola estadual da região é Bicampeã Brasileira nas Paralimpíadas escolares 2014

Sthefany Fernanda Vieira (foto),  de apenas 16 anos, moradora do município de Suzanápolis/SP, e estudante da Escola Estadual Ernesto Schmidt, esteve representando a região e o estado de São Paulo na Paralimpíada Escolar 2014, que ocorreu de 24 a 27 de novembro na capital São Paulo.
A atleta treinada pelo professor Edvan Silva, destaca-se na modalidade Atletismo na categoria T-38 (Paralisados celebrais), entre os 22 alunos selecionados para representar a rede estadual de ensino, Sthefany foi a primeira convocada a compor o seleto time de São Paulo, onde conquistou três medalhas de ouro, sendo uma nos 100 metros, onde também conseguiu a consagração de Bicampeã Brasileira, uma nos 400 metros e outra no lançamento de dardos.
Conforme dados do Comitê Paralímpico Brasileiro de 2014, a aluna e atleta Sthefany destaca-se entre as quatro melhores paratletas do Brasil e a Segunda do estado de São Paulo.
Seu êxito dependeu sim da sua força de vontade, mas foi imprescindível o apoio de toda comunidade escolar e familiar, assim a atleta e seu treinador agradecem aos pais, a Escola Estadual Ernesto Shmidt e a Diretoria de Ensino – Região de Jales/SP por propiciar melhores condições nos treinamentos da aluna. 

EMENDA DO DEPUTADO ITAMAR BORGES PROPÕE ALTERAÇÃO E REMANEJAMENTO DE VERBA DO ORÇAMENTO 2015 PARA OBRAS DE INFRAESTRUTURA E PARA A SANTA CASA DE SANTA FÉ DO SUL

O deputado Itamar Borges (PMDB) apresentou emenda ao Projeto de Lei 1291/2014, que fixa a receita para o Orçamento de 2015, que propõe remanejar recursos para obras de infraestrutura urbana e para a Santa Casa de Santa Fé do Sul.
De acordo com o parlamentar a verba para a Infraestrutura será utilizada na realização de obras de pavimentação e asfaltamento. “Com esse recurso, o município poderá realizar obras em vias e calçadas, que muitas vezes se encontram muito deterioradas”, afirmou.
Itamar também falou da necessidade de destinar mais recursos para a Santa Casa. “As entidades filantrópicas atravessas uma grave crise financeira. Ao mesmo tempo, são fundamentais para o Sistema único de Saúde. Essa verba é importante para que a entidade custeie suas despesas e continue oferecendo atendimento de saúde adequado para a população”, pontuou.
As emendas serão submetidas à apreciação das Comissões Permanentes e, posteriormente, à aprovação do plenário da Assembleia Legislativa. “Esse é o primeiro passo. Agora as emendas precisam passar pelas outras duas etapas” concluiu Itamar Borges.
Após aprovadas na Assembleia legislativa, as emendas ainda precisarão ser acatadas pelo Governo do Estado.
 

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Basquete de Jales é vice-campeão da Liga Regional de Basquete


Neste domingo, dia 1º de dezembro, a equipe de basquete de Jales, atual campeã dos Jogos Regionais, entrou em quadra para disputar o segundo jogo válido pela decisão da IV Copa Monte Líbano/Liga Regional de Basquete.
No primeiro confronto, ocorrido dia 02 de novembro, apesar da equipe de Jales estar à frente do placar durante toda a partida, acabou por perder o jogo nos últimos segundos do confronto, pelo placar de 77 a 72.
Como a série era em um sistema de melhor de três jogos, à equipe de Jales restava somente a vitória no confronto para provocar a disputa do terceiro jogo. Entretanto, o combinado jalesense, apesar de estar extremamente motivado e focado no resultado positivo, acabou sofrendo com as bolas que teimavam em não entrar na cesta adversária e, com o adversário com a regularidade que lhe é peculiar, acabou por sucumbir diante do agora tetracampeão da competição, Monte Líbano.
O jogo deste domingo começou com ambas as equipes impondo forte marcação e não permitindo que o adversário abrisse vantagem no placar, o qual apontou, ao final do primeiro quarto, a igualdade com a qual as equipes se enfrentavam: Jales 14 x 13 Monte Líbano.
Já no segundo quarto, começou o sofrimento da equipe de Jales, que se desestruturou após não conseguir pontuar, com inúmeras bolas que giravam na cesta e saíam, ao contrário do adversário, que conseguia converter a grande maioria de seus ataques, principalmente em lances de contra-ataque. Resultado do quarto: Jales 14 x 29 Monte Líbano, fechando, portanto, o primeiro tempo da partida em 42 a 28 para a equipe adversária.
No terceiro quarto, a equipe jalesense corrigiu suas falhas em quadra e voltou a atacar bem, tendo anotado 20 pontos no ataque. A defesa também atuou com eficiência, permitindo ao adversário que convertesse 17 pontos. Ao final do quarto, a diferença do confronto estava em 11 pontos, com o placar anotando 48 pontos para Jales, contra 59 do adversário.
Começou, então, o último quarto e a equipe de Jales foi com tudo para cima do Monte Líbano, pontuando em dois ataques seguidos e frustrando os ataques iniciais do oponente, trazendo a diferença do confronto para apenas sete pontos. Porém, a síndrome das bolas que giravam e não caíam no aro do adversário voltou a acontecer, castigando a equipe de Jales. Em contrapartida, a equipe da casa continuou pontuando com regularidade, o que acabou por resultar em um placar de 18 a 07 para o Monte Líbano e em um placar final da partida em 77 a 55 para o adversário.
Apesar de não ter conseguido conquistar a competição, a equipe de Jales termina a mesma de uma forma bastante otimista e animadora, pois pôde contar com um conjunto de atletas abnegados, que jogam por amor ao esporte e que, com um mínimo de estrutura, sem qualquer tipo de remuneração, disputou a competição em condições de igualdade com uma das tradicionais equipes do basquete, participante de campeonatos nacionais, possui uma estrutura invejável e conta com um elenco de conhecidos atletas com atuação profissional no esporte.
O retrospecto da campanha da equipe jalesense na competição também foi muito positivo, pois terminou com o segundo ataque mais positivo da competição, com uma média de 75 pontos convertidos por partida, tendo sofrido apenas 59,4 pontos por jogo.
A competição terminou com a seguinte classificação:
1º - Clube Monte Líbano A
2º - Jales
3º - FSports / Monte Aprazível
4º - Pool Help Rio Preto
5º - Cedral
6º - Automóvel Clube
7º - Clube Monte Líbano B
8º - Mirassol
9º - Barretos
10º - Votuporanga
11º - Promissão
12º - SESC /Café Rio

A equipe de Jales, durante a disputa da competição, contou com o auxílio da Prefeitura Municipal, que viabilizou o transporte da equipe para os jogos; da Hbomb/Saboraki, que patrocinou camisetas de viagem/aquecimento e forneceu água e energético para a equipe, e das empresas Keleck e Celes, que patrocinaram os uniformes de jogo para a competição.