Páginas

sábado, 26 de julho de 2014

Policiais militares visitam Unidade de Jales do Hospital de Câncer






O Comandante da 2ª Cia de Polícia Militar de Jales, Kenji Takebe Junior e comandantes de Grupamento Policial da região, visitaram o Hospital de Câncer de Barretos - Unidade III Jales na terça-feira, 22 de julho .Eles foram recepcionados pela Gerente de Captação de Recursos do Hospital de Câncer de Barretos, Unidade III Jales Adriana Mariano.
O grupo, que teve visita agendada pelo policial militar e coordenador de leilões do hospital, Valdir Semensati, de Palmeira d’Oeste, conheceu os 5 andares do hospital, passando pela UTI, Centro Cirúrgico, Oncologia, Centro Diagnóstico e outros departamentos.
Comandante Takebe teve a oportunidade de conhecer com o Dr. Rafael Perdomo, vice-diretor clínico da unidade, o Centro Cirúrgico, onde ouviu todas as explicações do o funcionamento e procedimentos adotados pelo hospital.
Adriana Mariano disse que visita agendada em grupos de no máximo 15 pessoas é o novo projeto que está sendo implantado na Unidade de Jales, à exemplo do que já acontece no hospital em Barretos.
"Aproveitamos para agradecer a todos os policiais que nos visitaram em nome no comandante, Takebe e do coordenador de leilões, Valdir Semensati", finalizou .

Alunas da primeira turma recebem certificado de curso de assistente de cabeleireiro em Urânia


Fundo Social de Solidariedade do Município de Urânia realizou na tarde de terça-feira, 23 de julho, a formatura da primeira turma da Escola de Beleza, projeto de qualificação profissional.
O curso de assistente de cabeleireiro, oferecido gratuitamente à população, capacitou oito alunas em dois meses, oferecendo oportunidade para que os novos profissionais entrem no mercado de trabalho e assim possam, a partir de agora, usar a experiência como fonte de renda.
As alunas receberam o certificado de conclusão do curso das mãos do presidente do Fundo Social de Solidariedade do Município Urânia, Luis Fernando Juliano, da primeira-dama e vereadora Marinete Munhoz Borges Saracuza, do gestor municipal de assistência social Henrique Messias e da professora Jucelaine Aparecida Severino
Durante o tempo de curso, os alunos tiveram aulas teóricas para adquirir o conhecimento histórico da profissão de cabeleireiro e as experiências na área. Nas aulas práticas, o curso ensina cortes e penteados de cabelos, mechas, reflexos, colorimetria e visagismo, sendo capacitados ainda para funções de escova, tinturas, aplicação de químicas, hidratações e cauterizações, higiene e limpeza do material de trabalho, atendimento ao cliente com noções de etiqueta pessoal e ética profissional.
Em dois meses de curso, a Escola de Beleza atendeu dezenas de pessoas gratuitamente com cortes de cabelo, tinturas, cauterização, hidratação, luzes, escovas, alisamento e penteados em geral.
No mês agosto inicia-se outro curso de beleza onde o professor já está sendo capacitado pelo Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo. Os interessados deverão procurar a Secretária de Assistência Social do Município que fica na rua Ademar de Barros nº 1825, prédio da antiga Creche.

Marcia Maria e Florisvaldo

Confirmado os votos religiosos na Igreja Matriz de Santa Fé do Sul, os recém casados Marcia Maria de Souza Moretti, Drª em Microbiologia, e Florisvaldo Capato, engenheiro agrônomo, recepcionaram seus convidados na MB Festas, com requintado cardápio assinado por Buffet Eremita Franco e uma fantástica apresentação da Banda VIP, com Isa Frassato e Paulinho. Di Nina elaborou o menu de doces e bolo, e a assessoria do evento foi conduzido pela cerimonialista Jocelia Cabrini.
fotos/JSSouza Fotógrafo








Desembargador aposentado do TJ-SP doa livro autobiográfico para HC Jales


O desembargador aposentado Yoshiaki Ichihara, do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, no dia 15 de julho, esteve visitando o Hospital de Câncer de Barretos – Unidade III Jales para doar dois mil exemplares de seu livro autobiográfico que serão entregues pela editora no mês de agosto
Ele foi recebido pelo gerente administrativo Roger Dib e a gerente de captação de recursos Adriana Mariano, do Hospital da Câncer de Barretos - Unidade III Jales
Além de entidades da sua cidade nata, Valparaíso, região de Araçatuba, o desembargador Yoshiaki Ichihara escolheu o Hospital de Câncer de Barretos para realizar a doação, tendo conhecido a história do hospital através do livro "Acima de tudo o AMOR", de autoria de Henrique Prata e como disse "virou fã do trabalho desenvolvido pelo Henrique à frente da Fundação PIO XII" e ressaltou que, antes do livro não teve contato algum com a Fundação Pio XII.
Dr. Yoshiaki atuou como juiz de direito na Comarca de Jales, entre os anos de 1982 e 1983 e cita os contatos e amigos que fez como Antonio Sobrinho Rossignolli, Adauto Dias Mendes, José Devanir Rodrigues, Eduíno Voltan, Vera Garrido Aydar Thiede, Lais Seixas Vieira, Antonio Carlos Sambugari, Tevaldi Luiz Sangaleti, Lindolfo Santana de Oliveira, José Adauto de Oliveira, Elza Aparecida Montanher de Souza, Mauro Lopes Lourenço, Francisco Anísio Boiati, dentre outras pessoas.
Os livros serão vendidos na Unidade III em Jales e no Bazar do Hospital de Câncer na cidade de Barretos.

Editais de Proclamas

Ademir de Mattis
, Oficial do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de Jales, Estado de São Paulo. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro.
DELAIR TRANQUERO MENDONÇA e RENATA GONÇALVES SERVINO. ELE,
natural de Santa Albertina, deste Estado, nascido aos 12 de setembro de 1.960, aposentado, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Anizio Pontes Mendonça e de Maria de Lourdes Tranquero. ELA, natural de Santa Albertina, deste Estado, nascida aos 13 de dezembro de 1.981, do lar, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Pedro Servino e de Olga Aparecida Gonçalves Servino.
ANDRÉ LUIZ GONÇALVES e KÉLI CRISTINA TRINDADE. ELE,
natural de Jales, deste Estado, nascido aos 05 de maio de 1.989, enfermeiro, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Sergio Luiz Gonçalves e de Edina Aparecida de Almeida. ELA, natural de Estrela D’Oeste, deste Estado, nascida aos 13 de janeiro de 1.984, comerciante, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de João Trindade Filho e de Izolina Graciano de Paiva.
LUÍS ANTONIO DA SILVA e DÉBORA MACEDO DOS ANJOS. ELE,
natural de Jales, deste Estado, nascido aos 14 de janeiro de 1.987, auxiliar de motorista, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Luiz Carlos da Silva e de Neuselí Benedita de Moraes Silva. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 08 de setembro de 1.992, balconista, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Anibal Gonçalves dos Anjos e de Édna Aparecida Macedo.
WELLINGTON BRAS TEIXEIRA e MICHELLE GARCIA BERNARDES. ELE,
natural de Estrela D’Oeste, deste Estado, nascido aos 12 de outubro de 1.989, auxiliar de faturamento, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Osmair Bras Teixeira e de Marlene Gomes da Silva Teixeira. ELA, natural de Campinas, deste Estado, nascida aos 07 de novembro de 1.978, leiturista, divorciada, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Dorival Garcia Bernardes e de Ivone Luís da Silva.
RICARDO SOARES TONELOTTI e MIRELA GAZZOLA FERNANDES. ELE,
natural de Fernandópolis, deste Estado, nascido aos 09 de maio de 1.986, enfermeiro, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Claudenir Tonelotti e de Cleusa Soares da Silva Tonelotti. ELA, natural de São Paulo, deste Estado, nascida aos 30 de novembro de 1.993, vendedora, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Jose Arlindo Fernandes e de Patrícia Gazzola.
SE ALGUÉM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO OPONHA-O NA FORMA DA LEI. LAVRO OS PRESENTES PARA SEREM AFIXADOS NO REGISTRO CIVIL E PUBLICADOS NA FOLHA NOROESTE, NESTA CIDADE DE JALES.
Ademir de Mattis - Oficial

Edinho cobra securitização das dívidas e mais recursos para leilões de laranja

A securitização das dívidas dos citricultores, com parcelamentos em até dez anos, e o aumento no volume de recursos destinados para os leilões de compra de laranja in natura foram reivindicados pelo deputado federal Edinho Araújo (PMDB-SP), por meio de ofício ao governo federal.
Edinho tem um histórico de trabalho em defesa da citricultura. "Comemoramos importantes conquistas, como a fixação do preço mínimo da laranja e os leilões da Conab que ajudam a colocar a safra no mercado. Mas o setor precisa mais", afirmou Edinho.
No ofício em que pede apoio do ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Neri Geller, e do secretário nacional de Política Agrícola Sereni Paludo, o deputado lembra que a citricultura está mergulhada em dívidas impagáveis, fruto das oscilações extravagantes de mercado registradas nas últimas safras. O montante da dívida é estimado em R$ 1 bilhão pela Associação Brasileira de Citricultores.
"A única alternativa para o citricultor quitar seus débitos – diz o deputado – é através da extensão do prazo de pagamento para dez anos e a renegociação dos juros para 3% ao ano, com bônus de adimplência, nos modelos de uma securitização. E é preciso pressa na negociação, antes que a citricultura sucumba às intempéries do mercado".
Leilões
– A Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) marcou para 31 de julho, às 9 horas, o segundo leilão para compra de laranja *in natura* de pomares paulistas. O valor do subsídio do governo (diferença entre o preço mínimo de garantia de R$ 11,47 e o preço médio praticado pelo mercado) será de R$ 3,47, com recursos federais por meio do Pepro - Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural, e do PEP - Prêmio de Escoamento de Produto.
Por meio do sistema eletrônico de comercialização serão adquiridas cinco milhões de caixas. No leilão do último dia 10 foram comercializadas três milhões de caixas. Podem participar produtores independentes e cooperativas. Cada produtor pode vender no máximo cinco mil caixas de laranja.
O deputado Edinho Araújo, que trabalhou pela liberação de R$ 50 milhões para estes leilões, reivindicou ao governo federal mais recursos para escoar um volume maior de safra. Segundo ele, os recursos contemplam apenas 5% da safra. "Na safra passada foram liderados cerca de R$ 120 milhões. Se esse valor for repetido conseguiremos escoar cerca de 15% da fruta", disse o deputado.

Lei seca: eficácia e validade, por *Por Maria Padovani e Marco Lívio Trajano

"Art. 306 CTB: Conduzir veículo automotor, na via pública, estando com concentração de álcool por litro de sangue igual ou superior a 6 (seis) decigramas, ou sob a influência de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência: (Redação dada pela Lei nº 11.705, de 2008). Penas - detenção, de seis meses a três anos, multa e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor. Parágrafo único. O Poder Executivo federal estipulará a equivalência entre distintos testes de alcoolemia, para efeito de caracterização do crime tipificado neste artigo."
Desde sempre é fato conhecido que consumir bebidas alcoólicas e dirigir, são ações incompatíveis. Volante e bebida não combinam! Para proteger os cidadãos de motoristas irresponsáveis, o governo adotou uma medida adequada, entendendo que o rigor da penalidade inibiria o problema com motoristas alcoolizados, colaborando para a ordem social. A Lei Seca tem dado certo pela combinação de dois fatores que assustam o brasileiro: perder dinheiro com a multa de R$ 1.915,30, inicialmente, e perder a liberdade ao ser punido com a detenção.
Muitos acidentes de trânsito ainda são causados por essa combinação letal, porém, após a implantação da Lei Seca, os índices de acidentes vêm diminuindo. Antes da lei, o Código de Trânsito definia como crime conduzir veículo com concentração de álcool por litro de sangue igual ou superior a seis decigramas. Com a lei, passou a ser crime dirigir sob o efeito de álcool em qualquer quantidade.
Apesar de nunca ter sido permitido dirigir alcoolizado, muitas pessoas não respeitavam essa imposição por julgarem estar em plena consciência e sanidade, além de ter aptidão para dirigir. E causavam acidentes. A implantação da Lei Seca deu-se pela imprudência dos condutores e pelo seu excesso de confiança, que resultavam nas altas taxas de mortalidade decorrentes dos assim chamados "acidentes" de trânsito. Implantada – e geralmente aplicada – lei, muitos motoristas se adaptaram rapidamente, evitando possíveis acidentes e diminuindo suas taxas.
A lei pode ser considerada eficaz, pois, em face de sua imperatividade, promove a coerção ao condutor, conduzindo-o a pensar na possibilidade de ser flagrado, na sanção prevista e na coação que determina a punição. Além disso, a lei tem influência direta da ética e moral, que determinam os padrões comportamentais sociais.
O Ministério da Saúde fez um levantamento no ano de 2013: uma em cada cinco vítimas de trânsito, atendidas nos prontos-socorros de hospitais públicos brasileiros, haviam ingerido algum tipo de bebida alcoólica. O estudo também mostrou que aproximadamente 49% das pessoas que foram agredidas consumiram bebida alcoólica. De acordo com a pesquisa, as principais vítimas são homens com idade entre 20 e 39 anos.
O legislativo talvez possa ter agido com urgência para que evoluísse a questão e talvez não tenha levado em consideração alguns pontos cruciais, de que resultam alguns equívocos na lei mencionada. Por exemplo, a lei restringe a obrigatoriedade de fazer o exame a duas situações apenas: havendo envolvimento em algum acidente de trânsito e estando o condutor sob suspeita de dirigir alcoolizado. Ou seja, é perfeitamente possível alegar que não há obrigação de fazer algo, salvo em virtude de lei, pois, como declarado na Constituição Federal, no Brasil não se pode forçar alguém a produzir provas contra si mesmo.
Não se pode negar, no entanto, que a estratégia usada para tentar solucionar o problema de acidentes causados pelo consumo de álcool foi criada e tem tudo para ser eficaz. Segundo Miguel Reale, no livro Lições preliminares de Direito, a regra de direito deve ser formalmente válida e socialmente eficaz. E o objetivo da Lei Seca é diminuir os índices de acidentes de trânsito com feridos e mortos.
Isso é uma questão de segurança e saúde pública, de modo que a adoção da lei agrava as consequências para condutores infratores que insistem em dirigir sob influência de álcool. Talvez utilizando mais formas de divulgação da Lei Seca pelos meios de comunicação de massa, moderando a publicidade que influencia o consumo de bebidas alcoólicas, além das fiscalizações junto aos motoristas, a efetividade da lei passe a ser ainda maior. Dessa forma, motoristas serão estimulados à racionalidade quanto à noção de evitar acidentes que põem em risco não só o outro, como também o próprio condutor e sua família.
*Maria Carolina Padovani
: Acadêmica do curso de Direito da UFMS - Campus de Três Lagoas/MS. e-mail: carol.padovani@hotmail.com
*Marco Lívio Trajano dos Santos: Matemático, Professor do curso de Administração e Ciências Contábeis da UFMS – Campus de Três Lagoas (MS). e-mails: mltsantos1@hotmail.com; mlsantos@cptl.ufms.br

Liberado os recursos para construção da sede da AVCC de Jales em área do HC


 Na segunda-feira, 21 de julho, o gerente administrativo Roger Dib, a gerente de captação de recursos Adriana Mariano e o engenheiro civil Gustavo Ruzza, da Unidade III do Hospital de Câncer de Barretos, reuniram-se com a diretoria e voluntários da Associação de Voluntários de Combate ao Câncer – AVCC de Jales para informar que o valor de R$ 180 mil destinados pelo deputado federal Rodrigo Garcia está na conta do hospital.
O terreno onde será construída a sede da AVCC que contará com área de convivência, refeitório, bazar e oficina de artesanato para pacientes e acompanhantes da Unidade III-Jales, foi totalmente doada pelo diretor da Fundação PIO XII, Henrique Prata e em contrapartida a AVCC disponibilizará o montante de R$ 146.880,00 que é o resultado do trabalho referente a 9 anos das Festas das Nações, Festa das Mulheres, doação de contribuintes, do trabalho de voluntários, colaboradores, comunidade e ainda, da doação da Cáritas no valor de R$ 20 mil repassados pelo bispo e presidente da Cáritas, D. Demétrio Valentini e pelo padre e coordenador da Cáritas, Deoclides Messias Lolis.
Segundo o engenheiro Gustavo Ruzza, o valor total da obra está orçada em R$ 326 mil com previsão de início já no mês de agosto e término em no máximo 6 meses, seguindo os padrões das obras do governo estadual e de acordo com a planta desenhada pela voluntária da AVCC e arquiteta Fernanda Cristina Pontes Vialle.
Na oportunidade, os gerentes, Roger e Adriana e a presidenta da AVCC, Eloisa Merighe agradeceram o empenho de todos que contribuíram para a realidade da sede dentro do hospital e ao trabalho de todos os voluntários da AVCC que estão entrando num projeto de dedicação exclusiva aos pacientes e acompanhantes do Hospital de Câncer de Barretos – Unidade III Jales.

Eirilar de Tanabi doa utensilios de cozinha para o HC Jales



Na sexta-feira, 11 de julho, a Coordenadora de enfermagem, Iracelia Lima deu a ideia de entregarmos um pedido à EIRILAR na cidade de Tanabi que fabrica todos os utensílios. Em mãos, ela levou o ofício solicitando e já na segunda-feira, 14 de jlho  recebemos a ligação da diretoria da empresa doando tudo o que foi solicitado. A gerente de captação, Adriana recebeu na manhã de 17/07 na cidade de Tanabi a doação das mãos do Sr. Claudinei – gerente geral da EIRILAR, representando o doador e proprietário, Luis Galego Dias dos seguintes produtos: 5 pegadores de macarrão inox, 5 pegadores de salada inox, 5 porta guardanapo, 2 caçarolas especial hotel nº 34, 2 caçarolas long life polida, 2 caçarolas extra hotel nº 54, 4 canecões especial polida, 4 canecões extra hotel, 3 espumadeiras, 4 colheres de servir, 1 jogo para mantimentos polido, 2 panela de pressão de 7 litros e 4 colheres para suco inox.

Violada 5 Estrelas


Os amigos, Junior Ferreira, Elder Mansueli, Leonardo, Pacheco, Gilmar, Nilton, Altemar e Leandro estiveram no Hospital de Câncer de Barretos – Unidade III Jales para entregarem 600 litros de leite comprados com parte do lucro da Violada 5 Estrelas que aconteceu no dia 11 de julho, no Galdino Eventos. O evento é realizado exclusivamente com intuito de levar música, alegria e ajudar entidades beneficentes da cidade de Jales. O hospital de Jales utilizada mensalmente 1.700 litros de leite para pacientes, acompanhantes e funcionários e precisa de doações voluntárias que podem ser entregues diretamente na cozinha do hospital. Sempre parceiros do hospital, agradecemos a doação da VIOLADA 5 ESTRELAS, em nome do organizador Junior Ferreira e de todos os cantores e músicos que cantaram e encantaram na noite solidária. Além da doação de alimentos que tanto o Hospital de Câncer de Barretos – Unidade III Jales precisa, também foi solicitado pelas nutricionistas do hospi tal utensílios para a cozinha.

Nice recebe Selo de Prefeita Empreendedora 2013/2014


A prefeita Nice Mistilides foi agraciada na manhã de quarta-feira, 23 de julho, com o Selo de Prefeita Empreendedora pelo Sebrae. O Selo é o reconhecimento a capacidade administrativa dos gestores que elaboram os melhores projetos e implantações em favor do surgimento do desenvolvimento de pequenos negócios nos municípios.
Em todo estado mais de 300 projetos foram inscritos, sendo contemplados apenas 90. Na região de Votuporanga, de 22 projetos inscritos apenas 10 foram selados: Votuporanga, Jales, Fernandópolis, Santa Rita D´Oeste, Mira Estrela, Santa Fé do Sul, Aspásia, Auriflama, Riolândia e Pedranópolis.
Duas ações incrementadas na cidade em especial, foram objeto de apreciação, para a concessão do Selo de Prefeito Empreendedor. A primeira delas, na categoria "Melhor Projeto" foi avaliado o bom trabalho prestado pela Coopersol, a Cooperativa de Coleta de Lixo Reciclável e as iniciativas da prefeita visando fortalecer a Cooperativa. Já na categoria "Negócios do Campo", o selo veio para o Projeto de Saneamento Básico Rural, com a implantação de fossas sépticas pela secretaria municipal de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Meio Ambiente. Mais de 300 propriedades rurais foram beneficiadas.
A entrega do certificado para a prefeita foi entregue pelo gerente regional do Sebrae, Sergio Ricardo Gromik. Uma cerimônia com os responsáveis pelo projeto foi programada para esta sexta-feira, 25 de julho, na sala de reuniões do gabinete do Executivo
De acordo com Sergio, a conquista do selo Prefeita Empreendedora mostra que a prefeita Nice tem uma preocupação com o presente e também com o futuro. "Dois projetos de Jales foram destacados entre os trezentos inscritos e isso não é um feito para qualquer um.
A prefeita, juntamente com o Sebrae e o Sindicato Rural participa de diversos projetos ligados a esse setor, assim como dos setores do comércio, indústria e serviços, mostrando o engajamento e a pujança dignos dos prefeitos que recebem o selo", afirmou.
Para a prefeita Nice, mesmo com tantas dificuldades enfrentadas, ainda é possível executar e ter bons projetos reconhecidos. "Passamos por muitas dificuldades em 2013 e enfrentamos muitos problemas e batalhas, mas, mesmo com tudo isso, foi possível executar esses dois projetos reconhecidos, premiados e muito comentados no Estado de São Paulo. Vou continuar engajada e trabalhando incansavelmente pelo bem de nossa cidade e da população jalesense", afirmou Nice.
A premiação é oferecida a cada dois anos e qualquer município pode participar através da inscrição de projetos

ACIJ espera melhoria no trânsito com rotatória no cruzamento da rua 10 com a “Chico Jalles”


Publicações virtuais especializadas em trânsito urbano afirmam que a implantação de rotatórias tem se mostrado uma solução eficiente para disciplinar o aumento do fluxo de veículos em municípios brasileiros de pequeno e médio portes.
Com a implantação da rotatória no cruzamento da rua 10 com a avenida Francisco Jales, a expectativa é que o problema do trânsito naquele cruzamento seja solucionado. É o que espera o presidente da Associação Comercial e Industrial de Jales, Carlos Roberto Altimari, que participou das reuniões que decidiram por essa alternativa, para atender as inúmeras reivindicações dos empresários daquela área. Eles chegaram a fazer um abaixo-assinado pedindo a retirada dos tubos que foram colocados para impedir a passagem dos veículos.
Carlos Altimari explicou que com o crescimento da cidade, a frota de carros e motos também aumentou "exigindo sempre uma adequação para que o trânsito possa fluir melhor, reduzindo os acidentes". Ele lembrou que "a decisão do Conselho Municipal de Trânsito de interditar algumas ruas não foi bem vista por parte da população e principalmente pelos empresários da rua 10".
Para ele, a interdição do cruzamento da avenida Francisco Jalles com a rua 10 realmente não foi boa para o comércio, além de deixar o local com um aspecto ruim. Isso levantou toda a polêmica em torno das mudanças do trânsito no centro da cidade.
"Logo começou-se a discutir a possibilidade de fazer uma rotatória. Foram várias reuniões, pedindo para liberar o trânsito naquele local. Só que dependia de um projeto, pois havia o receio de ter que mudar novamente se o problema não fosse resolvido. Ficou decidido que o trabalho seria feito depois dos Jogos Regionais", lembrou
Carlinhos disse que a ACIJ vem acompanhando todo esse trabalho, com a participação do empresário Antônio José da Cruz, como seu representante no Conselho de Trânsito. Ele acredita que as melhores soluções estão sendo adotadas e "logo o problema estará resolvido também em outros pontos da cidade onde precisam ser feitas algumas alterações".
Especialistas em transportes e segurança viária, segundo publicações virtuais, afirmam que numa rotatória os veículos fluem mais rápidos, suportando centenas deles por hora. Em comparação com os semáforos, a principal vantagem da rotatória é que sua vida útil é muito longa e o custo de manutenção é quase zero. Os semáforos, no segundo ano, já começam a ter um custo de manutenção.

Professores de Santa Fé do Sul e Barretos participam do TIM Faz Ciência no volta às aulas

Iniciativa capacita dois mil educadores da rede pública de ensino em todo o Brasil para incentivar a produção do conhecimento O projeto TIM Faz Ciência, uma iniciativa do Instituto TIM para tornar o aprendizado mais rico e divertido, teve adesão de 40 professores do interior de São Paulo. Na região do DDD 17, profissionais e alunos de Santa Fé do Sul e Barretos já receberam gratuitamente os kits do projeto. A iniciativa visa democratizar o acesso à ciência e inovação no Brasil, orientando professores e ensinando crianças dos 4º e 5º anos do Ensino Fundamental as bases do pensamento científico. Para isso, propõe a prática das sete operações - observar, verificar, classificar, questionar, definir, aplicar e generalizar. Em Santa Fé do Sul, a E.M. Profª Thereza Siqueira Mendes será representada pelo professor Fabio Rodrigo Siqueira Guirao e emBarretos a E.M. Luiza Parassu Borges pela professora Sônia Sueli Ferreira. Cada educador recebe o kit com livros e CDs explicativos e também 30 livros para os alunos, o professor ainda participa de um curso online. O material está disponível para download no site (http://timfazciencia.com.br/).

FolhaGeral, da redação

O excelente
trabalho desenvolvido pelo eclético repórter Osmar Pereira de Rezende, da Assunção AM, levando diariamente ao conhecimento da população não só o lado bom como também o ruim que acontece pela cidade, está causando ciúmes Principalmente agora com campanhas à favor de instituições que precisam do apoio de todos Se ao invés de críticas ao serviço prestado pelo repórter Osmar Pereira, todos se unissem, as coisas poderiam ser diferentes.
Mas as
más línguas lá do botequim da vila que elogiaram o trabalho do Osmar Pereira, dizem que o repórter acidentalmente deixou escapar que o "Refis Municipal" sendo aprovado seria bom. O que gerou telefonemas para a emissora e o bispo diocesano. Todos têm direito de opinião.
Os problemas
antigos continuam persistindo pela cidade. Aquela chuvinha de quinta-feira, deu para mostrar vários deles. A prefeita Nice que recebe o Selo de Empreendedora pública deve cobrar de sua equipe de serviços urbanos mais agilidade para solucionar, se não de todo, mais pelo menos em parte os problemas existentes. Ali na rua 9 esquina com a rua 10 a água de chuva inundou a esquina, o mesmo acontecendo na avenida João Amadeu esquina com a rua 3.
Com esse
período não chuvoso, houve tempo suficiente para que as "bocas de lobo" fossem limpas evitando o empoçamento de água de chuva nas esquinas. Nesses casos, dá para tirar foto com o pessoal fazendo limpeza para o álbum de recordação.
A Gerente
de Captação de Recursos do Hospital de Câncer de Barretos, Unidade III Jales, Adriana Mariano, esteve no lançamento da candidatura à reeleição do deputado estadual, Itamar Borges na terça-feira, 22 de julho em Jales. Adriana entregou a Itamar o Livro "Acima de tudo o AMOR" que conta toda a história da Fundação PIO XII pelo diretor Henrique Prata.
A secretaria
de Planejamento, Desenvolvimento Econômico e Trânsito de Jales iniciou essa semana um recadastramento dos taxistas que atuam no município de Jales. O trabalho tem como objetivo fazer um levantamento do número de motoristas que estão na ativa e a quantidade de vagas disponíveis em todos os pontos da cidade
O secretário
da pasta, Aldo José Nunes de Sá,disse.existem alguns taxistas que possuem a licença para atuarem no município, mas não cumprem com suas obrigações legais de atuar no ponto especificado em seu alvará. "Esses motoristas que não se fazem presentes em seus devidos pontos serão primeiramente notificados e, se não acatarem as normas, terão seus alvarás cassados".
Lei Federal
nº 10.741 estabelece que a zona azul ou outra denominação deve estabelecer xis números de vagas para idosos e deficientes físicos mas não que deva ser gratuito o seu uso ou livre. O secretário Aldo Nunes nesse embalo de reformular trânsito e outras coisas mais, deveria estabelecer o tempo de tolerância para idoso e deficiente usar a vaga.

Lançamento da candidatura do deputado Nesta terça-feira, 22 de julho, o deputado Itamar Borges (PMDB) recebeu correligionários, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, companheiros de seu partido, lideranças e aliados políticos de Jales e região para o lançamento de sua campanha eleitoral para deputado estadual.Nesta terça-feira, 22 de julho, o deputado Itamar Borges (PMDB) recebeu correligionários, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, companheiros de seu partido, lideranças e aliados políticos de Jales e região para o lançamento de sua campanha eleitoral para deputado estadual.Nesta terça-feira, 22 de julho, o deputado Itamar Borges (PMDB) recebeu correligionários, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, companheiros de seu partido, lideranças e aliados políticos de Jales e região para o lançamento de sua campanha eleitoral para deputado estadual.Nesta terça-feira, 22 de julho, o deputado Itamar Borges (PMDB) recebeu correligionários, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, companheiros de seu partido, lideranças e aliados políticos de Jales e região para o lançamento de sua campanha eleitoral para deputado estadual.Itamar Borges à reeleição é prestigiado



Nesta terça-feira, 22 de julho, o deputado Itamar Borges (PMDB) recebeu correligionários, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, companheiros de seu partido, lideranças e aliados políticos de Jales e região para o lançamento de sua campanha eleitoral para deputado estadual.
A força política, o carinho e a admiração por Itamar Borges foi confirmada pela grande presença de participantes no evento, que declararam apoio à candidatura.
Em seu discurso, o deputado agradeceu a presença e o apoio de todos, e valorizou os companheiros e companheiras que acompanham sua trajetória política e sua missão a serviço do desenvolvimento do Estado.
"É uma alegria compartilhar este momento com vocês, que conhecem e acompanham o meu trabalho e me dão forças para continuar neste caminho", destacou Itamar.
Durante o evento, o pastor Elias Fernandes de Matos, da Primeira Igreja Batista de Jales declarou apoio ao deputado Itamar Borges e elogiou as conquistas obtidas para o município. O representante da Santa Casa, José Luis Socorro, também agradeceu o trabalho realizado pelo parlamentar como presidente da Frente Parlamentar das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos.
O lançamento da campanha do deputado Itamar Borges, em Jales, contou com a presença de lideranças religiosas, diretores e representantes de entidades assistenciais, santa casa, hospital do câncer, clube de serviços, imprensa, correligionários, amigos, prefeitos, vice-prefeitos, ex-prefeitos, vereadores, presidentes de partidos das cidades de Aspásia, Dirce Reis, Dolcinópolis, Jales, Marinópolis, Mesópolis, Palmeira D’oeste, Paranapuã, Pontalinda, Santa Albertina, Santa Salete, São Francisco, Urânia e Vitória Brasil.

PALAVRAS DE CHICO XAVIER


Pergunta
– Como é vista, Chico Xavier, no mundo espiritual, a influência crescente do tema sexo?
Chico Xavier
– Antes de entrar diretamente neste assunto, convém declarar, em nossa formação cristã, que sem o lar constituído, sem a família organizada, sem amparo à maternidade, sem respeito à dignidade do homem, a civilização – no conceito dos espíritos que se têm comunicado conosco – pode descer à estaca zero.
Considerando, porém, a influência crescente dos temas de natureza sexual nas conversações e publicações do nosso tempo, precisamos observar que o assunto esteve quase que propositadamente sufocado durante séculos.
É natural que ele agora surja, à maneira de explosão, mostrando reações em cadeia, por toda parte, exigindo legislação mais humanitária para a liquidação dos problemas de natureza afetiva e solicitando educação.
Não nos referimos aqui, segundo os Bons Espíritos, ao uso de implementos físicos, mas sim à educação da alma, à educação dos nossos sentimentos, porque o problema sexo é muito mais de coração para coração, de alma para alma.
Por isso mesmo merece toda a consideração daqueles que nos inspiram e orientam, na governança de nossas vidas e de nossos destinos.
Esta coluna tem o patrocínio e responsabilidade da
"Associação Espírita "Chico Xavier" de Jales.

FAMÍLIA ALEMÃ VISITA UNIDADE DE JALES DO HOSPITAL DE CÂNCER DE BARRETOS






O Hospital de Câncer de Barretos – Unidade III Jales recebeu nesta semana,  a visita de uma família alemã que está hospedada na residência de Ana Paula Marçal Alonso e Julia Alonso, em Jales. Os pais Christoph e Kerstin Ludecke trouxeram os filhos Imke e Ulf Ludecke para conhecerem o hospital por intermédio do Rotary Clube Jales Grandes Lagos, representado pelo advogado, Renato,  Odacir Fassa  e Weber Kitayama que foi o responsável pela tradução de toda a conversa.
A família Ludecke veio a Jales a convite de Julia Alonso, que foi intercambiária na Alemanha através do Rotary, na cidade de Lippstadti no ano de 2012 e ficou hospedada na casa dos visitantes.
O que mais chamou atenção da família foi que o hospital parece um hotel e o pai, Christoph observou que as placas nos quartos não sinalizam pacientes, e sim, hóspedes. Muito simpático, Christoph fez questão de levar um cofrinho do hospital e enchê-lo de euros para depositar em nome do Hospital de Câncer de Barretos.
A família ganhou o livro “Acima de tudo o AMOR” e já “intimou” a intercambiária Julia Alonso para ajuda-los na leitura. O hospital agradece a visita da família Ludecke e Rotary Jales Grandes Lagos!  

Visão, por Flávio Carvalho


A visão e o mais importante dos sentidos. Ver é uma graça divina, e que deveríamos agradecer todos os dias tal benção.
Ver a vida passando diante nossos olhos, ver o nascer do sol, ver o sol se por, poder ver o arco-íris, ver as cores que desfilam diante nós.
Como diz aquele velho ditado; o que os olhos não vê, o coração não sente, Ou seja, para sentir e necessário ver primeiro, o que não vemos não sentimos. Quanto sofrimento evitamos quando não vemos.
O pior cego e aquele que não quer ver, e quantas vezes nos fazemos de cego para podermos suportar algumas situações.
Feliz aquele que sabe enxergar, aquele que consegue ver tudo com clareza, com discernimento. Aquele que tem a visão ampliada, aquele que consegue ver o que os outros não vêem.
Tem gente que insiste em ver tudo cinza, ou apenas branco e preto, sem nenhuma cor. E triste constatar que muitos não conseguem ver as coisas boas da vida. Tem gente que não consegue ver o belo, tem gente que não enxerga um palmo alem do nariz.
Ver e pensar, ver certo para pensar certo. Ver o real, ver a verdade, não ver apenas o que queremos ver. Ver a realidade, sem deformações, mesmo que esta visão nos faça sofrer. Ver e sentir. Ver sem medo de sentir.
Usar a visão para ver um mundo melhor, ver mais sorrisos do que choro, ver mais alegria em tudo e em todos. Ver melhor para viver melhor. E as vezes nos é permitido ver o que gostaríamos de ver, mas só de vez em quando.
Os olhos são as portas da alma. Conhecemos o outro pela sua alma, ou seja, olhando seus olhos adentramos a sua alma. Os olhos não mentem. E tem gente que não consegue olhar os outros nos olhos, foge do olhar, alguns por covardia, medo de encarar o outro. Outros por baixa alto-estima, por estar deprimido, em sofrimento atroz.
Quem está fazendo amor, demonstra no olhar, os olhos brilham, irradiam felicidade. Quem está odiando, demonstra tal sentimento no olhar.
Cuide da sua visão, e agradeça todos os dias por ter sido agraciado com esta benção. Não espere perdê-la para valorizá-la. Aprenda a ver a vida de outra maneira. Veja tudo com mais otimismo, veja tudo o que e belo, e guarde no seu coração. E tudo o que e feio, tudo que o faz sofrer afaste, como quem olha o horizonte , mande para longe.
Aprenda a ver melhor para viver melhor.
Flavio Rodrigo Masson Carvalho
equilibriumtc@hotmail.com

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Acordo entre partidos políticos bane uso cavaletes e propaganda eleitoral nos muros em Jales

Autos nº 148-23.2014.6.26.0152

PROPOSTA DE ACORDO PARA FINS ELEITORAIS

INTERESSADOS: Digníssimos Representantes dos partidos políticos constituídos no Município de Jales-SP

 

 

 

Vistos.

 

 

Trata-se de proposta de acordo, desenhada pelas agremiações partidárias locais, com vistas ao banimento dos cavaletes e da propaganda eleitoras nos muros da cidade de Jales-SP, durante o pleito eleitoral de 2014.

 O Ministério Público, por meio do digníssimo Promotor Eleitoral, doutor EDUARDO HIROSHI SHINTANI, e de seu competente Assistente Jurídico, GUILHERME FERNANDES TERENCIO, apresentou substancioso PARECER (fls. 38 a 42). Argumentou que a propaganda eleitoral mediante a colocação de cavaletes e a utilização de pintura em muros está, em princípio, autorizada pelos artigos 11 e 12 da Resolução nº 23.404, editada pelo TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL. Referida resolução, por sua vez, baseia-se na competência do TSE atribuída pelo art. 105 da Lei nº 9.504/97.

 Nessa ordem de ideias, sustenta o Ministério Público, o Juiz Eleitoral não teria o poder necessário para restringir algo que estaria, em tese, autorizado por lei e resolução do TSE.

 Nesse cenário, eventual descumprimento não poderia ensejar a aplicação de multa ou qualquer outra sanção. É que as penalidades decorrem de previsão em lei, e não de acordo encetado por partidos políticos.

 Não obstante a suposta impossibilidade de aplicação de sanções, talvez o grande efeito desse louvável acordo seja mesmo de cunho psicológico.

A festa da democracia não pode servir como pretexto para se emporcalhar as cidades. O desejo supremo do povo em participar da vida democrática compartilha com o sentimento republicano de residir em cidades limpas. Cavaletes e mais cavaletes, pinturas e gravuras propagandistas em muros, tudo isso a se substituir pela força das ideias, dos debates, dos diversos programas de governo, do entrechoque de opiniões divergentes, o anúncio básico de que o pluralismo – e não o descuido com as nossas cidades – revela, de verdade, o grande fundamento da democracia (Constituição Federal, art. 1º, inciso V).

 A grande censura, pelo descumprimento do acordo, poderá ser exercitada pelo povo – na medida em que desacreditará na verdade dos programas governamentais propostos. O povo bem saberá que quem não se compromete consigo, com a força das próprias proposições, não tem a força moral para comprometer-se com o outro, com os interesses da própria população.

 Um gigante aliado nesse acordo será a imprensa. Voz do povo, democracia em ebulição, veículo difusor das diversas verdades que lutam e disputam-se no entrecorte dos diversos pontos de vista, vitamina das instituições, agasalho do fluxo inexorável das ideais, algoz da opressão e servidora da liberdade, a imprensa poderá ser o mecanismo vivificante para a censura moral dos partidos políticos não comprometidos com aquilo que eles mesmos propuseram.

 Posto isso, homologa-se o acordo proposto pelos Partidos Políticos, para fins de banir o uso dos cavaletes e das propagandas eleitorais nos muros, durante o pleito eleitoral de 2014 na cidade de Jales-SP.

 Intimem-se as demais agremiações partidárias que atuam no Município de Jales, para que manifestem sobre a vontade ou não de participarem desse acordo.

Intime-se a impressa falada e escrita deste Município, para que acompanhe o cumprimento do acordo, denunciando à população eventual partido que o descumpra. Remeta-se-lhe cópia desta sentença homologatória.

 Jales-SP, 24 de julho de 2014.

 

FERNANDO ANTÔNIO DE LIMA

    Juiz Eleitoral (em substituição)

Atleta jalesense classifica-se para Campeonato Pan-Americano de Karatê




O atleta jalesense Diego Pimenta da Silva, de 15 anos de idade, classificou-se no sábado, dia 19/07/2014, para participar do Campeonato Pan-Americano de Karatê 2014, que será realizado entre os dias 25 e 30 de agosto de 2014 na cidade de Lima, no Peru.
Diego classificou-se após ser campeão na categoria Shiai Kumitê Cadetes Masculino -70kg na seletiva nacional realizada pela Confederação Brasileira de Karatê – CBK em Guarulhos (SP), que contou com os melhores karatecas do Brasil das categorias infantil, cadetes, júnior e sub-21.
Diego, que treina karatê desde os 9 anos, mudou-se de Dracena/SP para a região no ano de 2012, seguindo os passos de seu tio, o professor de karatê Sensei Edson Resende que ministra aulas na região desde o início de 2011. E o esforço de Diego já trouxe ótimos resultados, como uma medalha de bronze no Campeonato Sul-Americano em 2012, uma medalha de bronze no Campeonato Sul-Americano neste ano de 2014, uma convocação para o Campeonato Mundial no ano de 2013, além de duas medalhas de ouro e uma medalha de prata no Campeonato Brasileiro.
"A performance de Diego nos últimos anos traz grande esperança de uma medalha nesse Campeonato Pan-Americano", comenta Sensei Edson.
O professor porém lamenta a dificuldade de se enviar um atleta do nível de Diego para competições internacionais. "Infelizmente no Brasil o esporte amador não recebe o incentivo financeiro necessário e, em casos como de Diego, o atleta deve ser responsável pelos gastos com passagens, traslados, hospedagens e alimentação, o que dificulta muito a participação em campeonatos internacionais.", observa o professor, lembrando o fato de Diego não ter conseguido participar do Campeonato Mundial na Espanha em 2013 por falta de recursos financeiros.  "Agora temos que correr atrás de recursos para poder confirmar a participação de Diego neste Campeonato Pan-Americano.", observa, fazendo um apelo ao poder público e a empresários da região que puderem colaborar.
Os resultados de Diego já chamaram atenção também em outros estados.  O técnico da Seleção Brasileira de Karatê Eurico Schopchaki, coordenador técnico da Federação Catarinense de Karatê, através de sua federação, irá disponibilizar uma bolsa no ano de 2015 para que Diego participe de competições oficiais representando o estado de Santa Catarina.  "O Diego continuará morando e estudando em Jales, treinando conosco, mas em competições oficiais representará o estado de Santa Catarina recebendo um salário para isso", complementa Sensei Edson.
O professor lembrou mais uma vez que a participação em competições é uma ótima forma de colocar em prática os conhecimentos adquiridos nos treinamentos e que o karatê está de braços abertos também àqueles que desejam apenas praticar um esporte para condicionamento físico, mental e espiritual, sem a participação em competições convidando os interessados a lhe procurarem para uma aula experimental.

Servidores públicos e contabilistas são capacitados sobre emissão de notas

A RLZ Informática Ltda, de São José de Rio Preto, realizou na tarde de quinta-feira, dia 24, a capacitação de servidores públicos, contabilistas e profissionais prestadores de serviço que emitem Nota Fiscal de Serviço Eletrônica para um treinamento sobre o sistema implantado desde 1º de julho.
 A empresa que há anos prestava serviços para a Prefeitura de Jales teve o serviço suspenso após a Novosis vencer o processo licitatório e assumir o trabalho. No entanto, problemas técnicos fizeram com que o contrato da nova empresa fosse rescindido e, através da assinatura de um contrato emergencial, a RLZ voltasse a exercer suas funções junto à Prefeitura.
 A capacitação contou com a presença da prefeita Eunice Mistilides Silva – Nice, o representante da RLZ Informática, Ivan Aparecido dos Santos e aproximadamente 30 pessoas entre servidores públicos e contadores do município.
 Durante o treinamento os participantes puderam ter contato com o sistema e tirar suas dúvidas com o representante da empresa, além de aprimorar os mecanismos tributários.

Secretaria de Planejamento e Trânsito realiza recadastramento dos taxistas de Jales


A secretaria de Planejamento, Desenvolvimento Econômico e Trânsito de Jales iniciou essa semana um recadastramento dos taxistas que atuam no município de Jales. O trabalho tem como objetivo fazer um levantamento do número de motoristas que estão na ativa e a quantidade de vagas disponíveis em todos os pontos da cidade.
 De acordo com o secretário da pasta, Aldo José Nunes de Sá, esse estudo será importante para corrigir as deficiências do setor. “Atualmente sabemos que existem poucas vagas para muitos taxistas. Esse levantamento irá nos ajudar a organizar esse quadro e, até mesmo, estudar a possibilidade de abertura de novas vagas”.
 Ainda segundo Aldo, existem alguns taxistas que possuem a licença para atuarem no município, mas não cumprem com suas obrigações legais de atuar no ponto especificado em seu alvará. “Esses motoristas que não se fazem presentes em seus devidos pontos serão primeiramente notificados e, se não acatarem as normas, terão seus alvarás cassados”, explica o secretário.
 Além do levantamento do número de profissionais, o estudo também irá apontar a possibilidade de abertura de novos pontos. “Existe uma fila de espera e, de acordo com a demanda e as necessidades da cidade, abriremos mais pontos e, consequentemente, mais vagas para os motoristas”, finaliza Aldo.

Prefeita Nice prestigia Chá da Amiga da I Igreja Batista em Jales



Na tarde de sábado (19), a prefeita Nice Mistilides prestigiou o 20° Chá da Amiga, realizado pela Primeira Igreja Batista em Jales, através do Ministério com Mulheres. O encontro foi realizado no templo da própria Igreja.
 O tema do encontro este ano foi “Marcadas por Deus” e contou com a presença da preletora Dra. Edméia Williams. Acompanharam a prefeita Nice, a secretária municipal de Desenvolvimento e Promoção Social, Maria José Leite e da assessora de Cultura, Ivani Franco Pereira.
 O evento foi marcado por muitas orações, louvores, apresentações artísticas, sorteio de brindes e o testemunho da preletora. Os convidados puderam ouvir palavras de inspiração de fé pela Dr. Edméia, que trouxe seus testemunhos de como Deus tem feito grandes coisas nas favelas do Rio de Janeiro.
 A Dra. Edméia, além de seus conhecimentos seculares e extensas formações, exerce seu ministério no Rio de Janeiro, onde preside o Projeto "A Casa de Maria e Marta", que existe há 14 anos, abrigando crianças no Morro Dona Marta. A Casa possui várias salas de aulas, um refeitório, um núcleo de informática e ainda uma sala anexa para aulas de música. As crianças atendidas recebem, além das aulas de reforço escolar, aulas de Educação Religiosa, Música, Inglês e de Teatro.
 “É uma honra poder fazer parte desses grandes encontros realizados pela PIB Jales. São enriquecedores esses ajustamentos de mulheres em um encontro único com Deus. A Igreja Batista está de parabéns por ser essa instituição que realiza tantas ações sociais”, comentou a prefeita Nice.

Popular erudito,por Reginlado Vilazon

Nesta semana, quarta-feira (23), expirou o dramaturgo, romancista e poeta Ariano Suassuna, aos 87 anos, em decorrência de um AVC (acidente vascular cerebral). Ele nasceu em João Pessoa (Paraíba) em 1927 e viveu no Recife (Pernambuco) desde 1942. Intelectual de profundas raízes nordestinas, era muito estimado pelos brasileiros. Foi membro da Academia Brasileira de Letras (ABL) desde 1990. Foi homenageado pela Escola de Samba Império Serrano, no Rio de Janeiro, em 2002. E pela Mancha Verde, em São Paulo, em 2008.
            Na condição de homem, em luta com as dificuldades existenciais, sua jornada terminou. O cidadão universal prosseguirá brilhando, alhures. Sua obra vai permanecer, enlevando corações neste mundo. Não dá para separar Ariano Suassuna de outros brasileiros, nordestinos de inteligência viva e sentimentos fortes. Como os escritores Jorge Amado, Graciliano Ramos e José Lins do Rego. Como o economista Celso Furtado e o sociólogo Gilberto Freyre. Como o músico Luiz Gonzaga e o poeta Patativa do Assaré.
            Quando Ariano Suassuna nasceu, seu pai era governador do Estado da Paraíba. No ano seguinte, seu pai deixou o governo. A família foi morar no interior do Estado, onde Ariano conheceu o modo de vida e as artes populares da região. Aos quatorze anos, foi para o Recife estudar em bons colégios e formar-se em Direito. Trocou a advocacia, que exerceu por alguns anos, pela carreira de professor de Estética na Universidade de Pernambuco até aposentar-se. Mas, desde os tempos de estudante, envolveu-se com as artes regionais.
            Suas três primeiras peças teatrais – “Uma mulher vestida de sol”, “Cantam as harpas de Sião” e “Homens de barro” – foram escritas e encenadas nos tempos de estudante de Direito. Seu trabalho de dramaturgo se consolidou de 1950 a 1955 (escreveu seis peças, uma por ano). A última – “Auto da compadecida” – deu-lhe projeção nacional aos 28 anos. A peça teve ótimas montagens em todo o país. Em 2000, virou filme com elenco de primeira linha: Matheus Nachtergaele, Selton Mello, Marco Nanini, Fernanda Montenegro outros.
            De modo intencional, Ariano Suassuna misturou na sua obra a arte popular e a arte erudita. Seus temas e personagens dizem respeito à cultura rural nordestina de forma escancarada, mostrando situações dramáticas e cômicas bem peculiares. Sem conflito, colocou neles elementos próprios da arte erudita. O modelo estético teatral chamado “Auto”, que ele utilizou, vem da Espanha medieval. Nele, há risos e lamentações, anjos e demônios, discussões filosóficas. A ação moralizadora tem sempre papel fundamental.
            Para pessoas da qualidade de Ariano Suassuna, a vida e a arte são como a mesma coisa. A vida tem alegrias e tristezas, virtudes e pecados, lutas e festas, dúvidas e certezas. A arte tem que ter tudo isto. É preciso se encantar com a arte para se encantar com a vida. É preciso sentir benevolência na arte para agir com benevolência na vida. Não pode haver motivo para separações. O popular e o erudito se unem para celebrar a vida com arte.

Recomeçou o jogo, por Dom Demétrio Valentini


Estava na cara que este ano teria dois tempos. Como no futebol. O primeiro tempo já foi, com a copa e tudo. Agora começa o segundo tempo. É o processo eleitoral, que terá seu desfecho em outubro.
Se no futebol é quase inevitável a suspeita de parcialidade do juiz, no processo eleitoral brasileiro a preocupação maior se refere, exatamente, aos vícios do sistema jurídico que rege as eleições.
Já faz tempo que o ordenamento eleitoral produz evidentes distorções, sobretudo pela demasiada influência do poder financeiro sobre as campanhas eleitorais.
Já faz tempo também que se tenta mudar este sistema, mas os que dele se beneficiam são também aqueles que usam o seu poder para impedir as mudanças necessárias.
Como sair deste impasse?
De um lado, estando atentos ao desenrolar destas eleições, para identificar com mais clareza os pontos que precisam ser modificados. Por mais viciadas que sejam, as campanhas eleitorais são sempre oportunidade de aprimorar o discernimento crítico da legislação em vigor.
Por outro lado, já cansamos de constatar que um Congresso Nacional, definido sob os condicionamentos do atual sistema eleitoral, não vai querer modificar os dispositivos que o produziram.
Ao mesmo tempo, precisamos nos dar conta que nossa Constituição já prevê instrumentos democráticos apropriados, que permitem aos cidadãos retomar em suas mãos a competência e a responsabilidade de assinalarem aos congressistas as mudanças que se fazem necessárias, e urgir que elas sejam feitas tempestivamente.
Pois bem, não vamos esperar o resultado eleitoral para nos mobilizarmos em torno das oportunidades de mostrar diretamente a vontade dos cidadãos sobre a reforma política.
Para isto, estão em andamento duas iniciativas, distintas e ao mesmo tempo convergentes, que podem receber nosso apoio político
A primeira consiste num “Projeto de Iniciativa Popular pela Reforma Política e Eleições Limpas”, lançado pela  “Coalizão Democrática”, que tomou força a partir de um convite para a participação lançado pela CNBB, que continua incentivando a coleta de assinaturas.
A outra iniciativa consiste na realização de um Plebiscito pela convocação de uma Assembleia Constituinte Exclusiva para realizar a Reforma Política. Este plebiscito será feito na Semana da Pátria.  Se nos lembramos da força que teve o plebiscito contra a ALCA, podemos apostar neste também.
Pois bem, para este segundo tempo podemos nos escalar também, e entrar todos em campo, dispostos a enfrentar, se for preciso, uma suada prorrogação.



Ninfeta catarinense mostra seu belo corpo



Estreia nesta segunda-feira, 28 de julho, a segunda parte do ensaio da modelo Amanda Sagaz no Bella da Semana (www.belladasemana.com.br).


Prestes a completar 19 aninhos, a loira fez sucesso com as primeiras fotos sensuais da carreira, publicadas no site no início deste ano. Agora, retorna com fotografias inéditas e ainda mais ousadas que as anteriores.


Entre quatro paredes, a catarinense de São José (SC) curte acessórios e fantasias ousadas, mas não deixa de trabalhar com a imaginação.

Para ela, honestidade é indispensável em qualquer relação e sexo é sinônimo de 'conquista, entrega e amor'. É por isso que Amanda jamais ficaria com alguém apenas para agradar.
 As fotos são de Walmor de Oliveira.