Páginas

sábado, 31 de maio de 2014

Imitadores por Adelvair David

Dá conta da tua administração" (Jesus)
 
As realizações de uma pessoa, em qualquer âmbito em que ela aconteça dão notícias das suas capacidades.
Cada ser humano veio a terra para dar cumprimento a um projeto próprio, que atenderá certamente às suas necessidades espirituais.
O problema é que a imperfeições expõem os transeuntes da estrada da vida a uma série de equívocos. Cada um reagirá de conformidade com o conteúdo espiritual que possua adquirido nas muitas experiências no corpo que antecederam a vida atual.
Um dos grandes enganos que pode acontecer com o viajante da vida é o de não entender para que veio ao mundo. Por conta dos seus defeitos, muito comuns neste mundo de provas e expiações onde vive, suas paixões o governam, tornando lento o seu progresso. A pessoa então abre mão das tarefas singelas que desenvolve para se aventurar "imitar" aqueles que julga lhe estarem acima, desejando absorver-lhes o brilho. Passa a vida copiando o que os outros fazem numa constante necessidade de se sentir destacado dos seus demais.
Esses são os "imitadores", que desprovidos de humildade, não entendem que já estão no melhor que lugar onde poderiam estar. Para dar o passo seguinte, é preciso que se tenha concluído a tarefa que se está fazendo com zelo e dedicação, pois que, se assim não for, embora tenha caminhado muito, sentirá que não foi a lugar algum, porque deixou para trás o que verdadeiramente lhe daria plenitude.
Há muitos espíritos que renascem neste mundo abominando as posições que ocuparam no passado, para logo em seguida, embriagado pelas sensações que está acostumado voltar aos mesmos comportamentos que os fizeram perder, transferindo heranças dolorosas para o além-túmulo e para as vidas futuras.
Ninguém se sentirá melhor por estar aqui ou acolá, fazendo isto ou aquilo, mas sim, que onde estiver procure fazer o melhor.
REALIZA COM O CORAÇÃO COLOCANDO LIMITES ESTREITOS À AMBIÇÃO.
 

Região de Jales recebeu mais de R$ 5 milhões em repasses do PEP

O Programa Especial de Parcelamento (PEP) do ICMS reforçou o caixa das prefeituras paulistas em mais de R$ 1,7 bilhão. De acordo com balanço da Secretaria da Fazenda e da Procuradoria Geral do Estado (PGE), de março de 2013, quando o programa foi lançado, a abril de 2014 foram arrecadados R$ 6,8 bilhões em quotas de parcelamento ou pagamento único. Deste total, 25% foram repassados às 645 cidades paulistas com base no Índice de Participação dos Municípios (IPM). As 23 cidades da região de Jales receberam, neste período, adicional de R$ 5.482.673,59 em repasses decorrentes do PEP do ICMS (ver quadro)O programa foi reaberto em 19 de maio pelo governo estadual e as empresas paulistas têm novo prazo de adesão. Até 30 de junho, os contribuintes de São Paulo poderão regularizar débitos do imposto, inscritos e não inscritos na dívida ativa, com redução do valor de multas e juros.
Município Repasse - PEP
 
 
Aparecida d´Oeste R$ 171.106,76

Aspásia R$ 104.861,50

Dirce Reis R$ 125.767,98

Dolcinópolis R$ 123.355,78

Jales R$ 980.869,02

Marinópolis R$ 106.191,63

Mesópolis R$ 173.320,03

Palmeira d´Oeste R$ 305.327,58

Paranapuã R$ 169.591,21

Pontalinda R$ 203.857,08

Populina R$ 269.332,28

Rubineia R$ 236.962,13

Santa Albertina R$ 363.554,45

Santa Clara d´Oeste R$ 192.828,43

Santa Fé do Sul R$ 726.065,26

Santa Rita d´Oeste R$ 188.998,84

Santa Salete R$ 104.219,09

Santana da Ponte Pensa R$ 118.452,66

São Francisco R$ 114.069,41

Três Fronteiras R$ 192.323,49

Turmalina R$ 148.345,92

Urânia R$ 275.432,98

Vitória Brasil R$ 87.840,08


Total R$ 5.482.673,59
Fernandópolis R$ 1.518.486,40

Votuporanga R$ 2.000.335,03
 
 
Valores referentes ao período de março de 2013 a abril de 2014, sem desconto do FUNDEB (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação).

Urânia terá pista de skate

 
Como o número de adeptos de skate - esporte de se equilibrar sobre a prancha de madeira com rodinhas - cresce na cidade de Urânia, um pedido da vereadora e primeira-dama Marinete Saracuza (foto), recursos foram liberados para a construção de uma pista.
Os recursos na ordem de R$ 140 mil foram solicitados ao deputado Carlão Pignatari que apresentou emenda parlamentar. "A construção dessa pista de skate, um pedido da vereadora Marinete, será mais uma atração de entretenimento à população", disse o deputado Carlão Pignatari. 
Segundo a vereadora Marinete Saracuza, a cidade tem registrado um significativo número de praticantes de skate, "e nos empenhamos para a construção de uma pista numa área da prefeitura para que os jovens adeptos desse esporte tenham um lugar só deles e possam praticar".
A vereadora disse que está muito feliz com essa notícia que irá atender os anseios dos jovens skatistas A pista de skate será construída no bairro Nossa Senhora de Fátima

Os limites da vida e as limitações da Justiça do Brasil, por Antônio Carlos Lopes



No decorrer da história da humanidade, a morte sempre foi interpretada pelo homem de acordo com princípios ortodoxos, sejam eles culturais ou religiosos. O debate se manteve engessado em conceitos questionáveis e, mais ainda, em preconceitos. Essa discussão sobre a terminalidade da vida sempre promoveu polêmicas e questionamentos, porém, poucos se aprofundaram de fato.
No campo de medicina, da saúde, esse debate deve necessariamente começar pela precisa definição ética e jurídica do que é eutanásia, ortotanásia e distanásia.
A eutanásia é o ato do provocar a morte de outra pessoa que está em sofrimento por conta de alguma doença grave, conduta considerada ilegal e antiética em nosso país. Já a ortotanásia (que vem do grego e significa "morte digna") é a decisão de retirar, sem causar sofrimento, equipamento ou medicações que servem para prolongar a vida de um doente terminal sem esperança. Por fim, a distanásia é compreendida como o prolongamento da vida de modo artificial, sem perspectiva de cura ou melhora.
No Brasil, e em qualquer parte do mundo, os médicos se deparam frequentemente com situações conflituosas, sendo impelidos a tomar importantes decisões no que concerne à terminalidade da vida. Boa parte delas envolve questões éticas, profissionais, morais e jurídicas.
A medicina evoluiu e permite um período maior de sobrevivência de pacientes terminais dependentes de aparelhos. Isso trouxe à família e à equipe médica o questionamento do que seria uma morte digna e desejável. Seria moral e juridicamente aceitável reduzir a vida humana à apenas sua dimensão biológica, na qual o paciente muitas vezes fica confinado em um quarto de hospital até que venha a falecer?
Considerando que "não se justifica prolongar um sofrimento desnecessário, em detrimento à qualidade de vida do ser humano", o Conselho Federal de Medicina (CFM), publicou a resolução 1995/2012. É o chamado "Testamento Vital", que define encaminhamentos para o desfecho de casos terminais: a decisão do paciente sobre a ortotanásia deve ser tomada antecipadamente, antes de ingressar na fase crítica. O doente precisa estar plenamente consciente e sua manifestação deve prevalecer sobre a vontade dos parentes e dos médicos que o assistem.
A partir dessa publicação, o paciente, registrando seu desejo em cartório, poderia participar ativamente da tomada de decisão sobre como gostaria de viver o restante da sua existência. O Testamento Vital possibilitaria que não fosse realizado um tratamento inútil, agressivo, oneroso à sociedade, e evitaria um doloroso processo a pacientes e familiares.
No entanto, o Código Penal Brasileiro não acompanha a evolução da medicina. Mesmo que apoiada no veredito do paciente e da Resolução do CFM, a opção pela ortotanásia pode gerar inúmeros problemas ao médico, inclusive a cassação do seu registro profissional, o CRM.
As esferas civil e penal têm muito mais força do que qualquer órgão de classe. É proibido deixar de dar continuidade ao tratamento, mesmo com a Resolução do Conselho, a despeito de causar mais sofrimento a quem tem um parente em estado terminal.
É fundamental para medicina e para aqueles que sonham com um fim digno a revisão do nosso Código Penal. A Justiça brasileira se mostra vagarosa e isso traz uma série de ônus à sociedade. A terminalidade da vida precisa deixar de ser um tabu e passar a ser discutida de acordo com a sua importância.
Contudo, a formação humanística do médico e a relação médico-paciente (neste caso também médico-família) serão de enorme importância para orientar a sua conduta diante da ortotanásia, sem conflito de consciência para os partícipes.
*Antônio Carlos Lopes é Professor Titular da Disciplina de Clínica Médica do Departamento de Medicina da Unifesp, Presidente da Sociedade Brasileira de Clínica Médica e autor do livro "Eutanásia, Ortotanásia e Distanásia – Aspectos Médicos e Jurídicos" (Ed. Atheneu).
 

São Francisco repassa recursos arrecadados à Santa Casa

O provedor da Santa Casa de Jales, José Pedro Venturini, sua esposa Jô Venturini e a equipe do hospital, estiveram na Câmara Municipal de São Francisco no dia 22 de maio para a solenidade de entrega do cheque no valor de R 14 mil, arrecadado no último leilão de gado realizado pelo município em março de 2014.
Feliz com o empenho e o trabalho realizado, o provedor foi só elogios a população local que têm se empenhado em colaborar com a entidade nos últimos anos. "São Francisco é um exemplo a ser seguido por nossa região e já é um grande parceiro da nossa Santa Casa. Em nome de nossos pacientes, agradeço a todos por esta importante contribuição", disse Venturini.
Na presença de todos os vereadores, o provedor do hospital reforçou que seu objetivo de trabalho no comando da Santa Casa é "Tudo pelo Paciente" .

Anglo Jales é representado na Convenção Geral


Com o objetivo de aperfeiçoar o conhecimento e ficar atualizadas diante do mercado educacional, a coordenadora do ensino fundamental II e ensino médio do Anglo de Jales, Ana Silvia Cavenagui e a publicitária Maria Zuleica Sant’Ana (fotos), participaram entre os dias 18 e 20 de maio da XI Convenção do Anglo realizada no Hotel Tauá, em Atibaia.
O tema ‘Sempre Juntos’ foi utilizado como mote central para traduzir a relação existente entre o Sistema Anglo de Ensino e seus parceiros ao longo de quase 65 anos de história.
Com a participação de mais de 800 educadores de diversas instituições parceiras espalhadas pelo país, o evento registrou recorde histórico de público.
Durante o evento, promovido pela Abril Educação e Sistema Anglo de Ensino, foi discutido como a escola deve se posicionar nos novos tempos para atender às necessidades das famílias e dos alunos e também foi passada todas as informações importantes para o planejamento do próximo ano letivo, bem como apresentada a campanha de publicidade e importantes ferramentas de Tecnologia de Educação.
Outro destaque da programação foi a palestra do médico psiquiatra Jairo Bouer. Ele falou sobre o papel da escola na discussão excesso de informação x riscos para os jovens.
A descontração ficou por conta de um jantar temático oferecido ao público. Durante a confraternização, prêmios como ingressos para a abertura da Copa, lousas digitais e uma viagem a Paris foram sorteados aos participantes.


Cartaz Oficial e Mascote do 58º Jogos Regionais é lançado em cerimônia no Centro Cultural

Acompanhada por representantes do Comitê Dirigente dos Jogos Regionais, representantes da comum idade e autoridades a prefeita Nice Mistilides participou do lançamento oficial do Cartaz de Divulgação e Mascote do 58º Jogos Regionais que acontece entre os dias 2 e 11 de julho em Jales.
O cartaz lançado durante a cerimônia exibe como imagem principal a Praça Dr. Euplhy Jalles que é um dos principais cartões postais da cidade e a Fonte Luminosa, reformada e reinaugurada nos primeiros meses de administração da prefeita Nice. "As edições dos Jogos Regionais realizadas em Jales nos anos de 1969, 1976, 1994, 2002 e 2011, também foram resgatadas no impresso gráfico", lembrou Wilter Guerzoni.
Já o mascote dos Jogos Regionais, a pomba que recebeu o nome de Jalê através de uma enquete, lançada pela Secretaria de Comunicação, onde a população votou no site da Prefeitura e fez sua escolha entre 4 opções disponíveis também foi apreciada pelos presentes. O nome Jalê recebeu 53,43% dos votos.
"Estou muito feliz em estar novamente em Jales, nessa cidade acolhedora e hospitaleira chefiando o comitê dirigente dos Jogos Regionais. Em 2013 estive aqui durante o JEESP – Jogos Escolares do Estado de São Paulo, muito elogiado em todo o Estado. Tenho certeza de que essa edição dos Jogos ficará marcada na história da cidade", enfatizou Leonice Favero.
A prefeita Nice lembrou que durante 10 dias Jales receberá mais de 7 mil pessoas, entre atletas, dirigentes, torcedores e visitantes e que os Jogos Regionais vão colocar em evidência o nome da cidade, além de aquecer as vendas em diversos segmentos do comércio. "Com o lançamento do Cartaz e do Mascote Jalê, damos o pontapé inicial na contagem regressiva para o início das competições. Aproveito e peço, mais uma vez, a união de todos em prol desse, que será o maior evento do esporte realizado na cidade de Jales. Vamos fazer uma linda festa esportiva para toda a população de Jales e também para nossos visitantes", finalizou.
O evento ocorreu no Centro Cultural Dr. Edílio Ridolfo e contou com a presença da Chefe do Comitê Dirigente dos Jogos Regionais da 6º Região Esportiva do Estado de São Paulo, Leonice Favero, do assistente de chefia, Wilson Aparecido Tonelli,

Manifesto pede à Comissão da LDO no Congresso,que verba seja mantida para 2015

O presidente da Câmara Municipal, Gilberto Alexandre de Moraes (DEM) reuniu representantes do Legislativo, Diretório Municipal do PT e membros da comunidade nesta quinta-feira, 29 de maio, com o objetivo de traçar medidas, unir forças e assegurar a liberação dos recursos para que o município seja contemplado com as obras de construção de dois pontilhões sobre a linha férrea.
O trabalho de união de forças começou na semana passada, para viabilizar a execução da obra já inclusa no Orçamento da União para o ano de 2015, conforme anunciado na terça-feira, 6 de maio. "A inclusão desta obra no Orçamento da União é um passo enorme para nós. Agora precisamos unir forças para que a liberação dos recursos aconteça", disse o presidente da Câmara, vereador Gilberto Alexandre de Moraes.
Nesta quinta-feira foi assinado pelos presentes à reunião um manifesto público, onde em nome da população de Jales, reivindicam que os recursos para a obra se mantenham no Orçamento da União para o ano de 2015 e esta seja executada. "A falta dos viadutos em Jales resulta no estrangulamento da cidade, especialmente de seu trânsito, pois a ferrovia divide a cidade em duas e os pontos de transposição de um lado para outro são reduzidos e claramente insuficientes, o que, além dos problemas cotidianos no trânsito, inviabiliza projetos de investimentos e o próprio desenvolvimento do município de Jales, um reconhecido centro regional por sua privilegiada localização geográfica" – afirma o documento, que será posteriormente encaminhado à Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara Federal e parlamentares.

EDITAIS DE PROCLAMAS

Ademir de Mattis, Oficial do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de Jales, Estado de São Paulo. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro.
JOSÉ SOUZA DE OLIVEIRA e HELLEN JAMILA BUENO TANAKA. ELE, natural de Pedreiras, Estado de Maranhão, nascido aos 07 de fevereiro de 1.979, garçom, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Raimundo Ferreira de Oliveira e de Rita Souza de Oliveira. ELA, natural de Pereira Barreto, deste Estado, nascida aos 09 de setembro de 1.987, operadora de caixa, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Akio Tanaka e de Maria de Fatima Bueno Tanaka.
MANUEL SOUZA DE OLIVEIRA e ANDREIA MELO LEITE. ELE, natural de Pedreiras, Estado de Maranhão, nascido aos 07 de agosto de 1.982, movimentador de mercadoria, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Raimundo Ferreira de Oliveira e de Rita Souza de Oliveira. ELA, natural de Pedreiras, Estado de Maranhão, nascida aos 26 de julho de 1.990, do lar, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Ari Regino Assis Leite e de Juracy Melo Leite.
JONATHAS GENTINE DE SOUSA e EDNEIA DOS ANJOS BOTTA. ELE, natural de Imperatriz, Estado de Maranhão, nascido aos 04 de março de 1.994, almoxarife, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Miguel José Lopes de Sousa e de Ednéia Martinez Gentine. ELA, natural de São Paulo, nascida aos 26 de novembro de 1.993, auxiliar de confeitaria, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Sebastião Botta e de Juventina dos Anjos Botta.
ANDREW GUTIERREZ DE OLIVEIRA e MAYARA CRISTINA NEVES PAULINO. ELE, natural de São Paulo - Capital, nascido aos 02 de setembro de 1.991, almoxarife, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Dirceu Alves de Oliveira e de Dalva Doniset Gutierrez de Oliveira. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 29 de outubro de 1.992, auxiliar administrativa, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Adriano Márcio Paulino e de Marijara Aparecida Neves Paulino.
WILLIANS RENAN ZAFFALON e ANA CRISTINA KOGA. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 04 de novembro de 1.984, empresário, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Francisco Zaffalon e de Josefa do Carmo Mello Rotundo. ELA, natural de Votuporanga, deste Estado, nascida aos 13 de outubro de 1.980, dentista, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Teooru Koga e de Dulce Hiroko Fedichina Koga.
SE ALGUÉM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO OPONHA-O NA FORMA DA LEI. LAVRO OS PRESENTES PARA SEREM AFIXADOS NO REGISTRO CIVIL E PUBLICADOS NA FOLHA NOROESTE, NESTA CIDADE DE JALES.

58° Jogos Regionais em Jales é tema de reunião com dirigentes e diretores de escolas de Jales e região

Os Integrantes do Comitê Dirigente dos 58º Jogos Regionais da 6ª Região Esportiva que serão realizados em Jales se reuniu na terça-feira, dia 27 de maio, com a dirigente regional de ensino, Marlene Jacomassi, e diretores das escolas públicas e particulares de Jales e região, responsáveis por servirem às delegações que participarão dos Jogos que acontece em Jales de 2 a 11 de julho.
A reunião aconteceu na E.E D. Arthur Horsthuis e foi dirigida pelos representantes da Inspetoria Regional de Esportes vinculada a Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude (SELJ), José Antônio de Carvalho e Wilter Guerzoni. Representantes da Secretaria Municipal de Esportes, Cultura e Turismo também estavam direcionando o encontro. Ambos fazem parte do Comitê Dirigente responsável pela organização dos Jogos.
Na oportunidade, os diretores foram orientados sobre o andamento da organização dos Jogos e guiados sobre como recepcionar e apoiar as delegações e representantes que irão competir, visto que as escolas serão utilizadas como alojamento dos atletas. Também foi pautado o cuidado que as escolas deverão tomar quando surgirem eventuais imprevistos. Wilter Guerzoni ressaltou que o espaço físico cedido aos visitantes é de responsabilidade de cada diretoria e que a ordem é que as escolas sejam entregues nas mesmas condições em que as delegações receberam.
Os responsáveis pela reunião salientaram a importância da junção de todos para receber a comissão, atletas e dirigentes de cerda de 70 municípios de braços abertos, tratando a todos com atenção, a fim de manter a fama da Jales como "cidade hospitaleira". "Os Jogos Regionais é um divisor para estimular o esporte e um incentivo para a nossa comunidade que só tem a ganhar com a movimentação e o aquecimento do comércio. Para que ele seja realizado com sucesso é preciso unir os esforços de cada um", afirmou José Antônio de Carvalho.
Os representantes da SELJ fizeram um agradecimento em especial a Dirigente Regional de Ensino, Marlene Jacomassi, pela assessoria prestada desde o momento em que eles a procuraram e agradeceu com carinho todos os diretores e envolvidos por apoiarem esse evento que irá colocar esporte de Jales em evidência.

26ª Festa do Peão: Urânia recebe recursos para melhoria de infra-estrutura no interior

De 11 a 14 de junho será realizada a 26ª Festa do Peão de Urânia. Serão quatro dias de festividades em comemoração ao aniversário de fundação da cidade. Nos quatro dias, a festa vai oferecer, além do tradicional rodeio, vários shows musicais.
Neste ano, a Festa do Peão de Urânia terá a maior estrutura já vista em todos os anos de realização do evento. A arquibancada será toda coberta. Serão dois palcos: um na arena de rodeio onde acontecerá os shows principais  ,e outro, na parte de cima, com praça de alimentação onde haverá  shows todas as noites.
Essa melhoria no recinto está sendo possível por ter o município de Urânia sido selecionado pela Secretaria de Estado do Turismo para receber recursos para esse fim. Serão destinados R$ 50 mil
O anúncio foi feito pelo deputado estadual Carlão Pignatari ao prefeito Airton Saracuza, que serão utilizados em equipamentos e infra-estrutura consistente em tendas, palcos e camarote
O prefeito Airton Saracuza ao receber a boa notícia disse que "todos cão se empenhar na organização do evento, para que a Festa do Peão de Urânia seja, mais uma vez, um sucesso total"
Na quarta-feira, 11 de junho, abertura da festa, a dupla Alex & Mansueli comandará o show. Na quinta-feira, 12 de junho, o show fica por conta da dupla Marcos Paulo e Rulian, na sexta-feira, 13 de junho, aniversário de fundação Urânia, a apresentação será da dupla Kleo Dibah e Rafael e no dia 14 de junho, sábado, a dupla Zé Henrique e Gabriel deverá lotar o recinto da festa com o seu show.
Neste ano, a novidade é que após os shows dos artistas, a festa continua na tenda principal com show da Dupla Bruno e Ed Carlos.

O PT jalesense
perdeu politicamente o bonde da história quando estava com a faca e o queijo nas mãos para a conquista dos dois pontilhões tão propalados no primeiro mandato do ex-prefeito Parini e usado como carro chefe da campanha para a reeleição, deixando o projeto ficar engavetado por bom tempo em São Paulo, e desengavetado por três vereadores (Jesus, Gilbertão e Rosalino) com o apoio de José Carlos Neves , assessor do prefeito Saracuza, de Urânia, amigo do engenheiro Elias Fadel Jr, responsável pela análise do projeto.
Tentando
reparar esse erro, o PT sem empenha agora, juntamente com a Prefeitura e Câmara Municipal de Jales, na campanha de unificação das forças políticas para fortalecer o andamento do projeto e a liberação dos recursos para a construção dos pontilhões. O PT jalesense mesmo com a derrota em 2012 deveria ter se empenhado para conquistar esses benefícios para a população.
Aliás,
de 2005 a 2012 o PT governou Jales tendo no Palácio do Planalto seis anos do presidente Lula e dois da presidenta Dilma. Dava para transformar Jales no maior canteiro de obras do país entre as cidades até 50 mil habitantes.
O peemedebista
e ex-prefeito José Moreira, de Mesópolis, indagado se o seu partido lança candidato em 2016, disse que ainda cedo para falar a respeito, mas que tudo está caminhando para que o PMDB participe do pleito.
Falando
em PMDB, dirigentes e lideranças partidárias da região, vivem a expectativa do pleito de outubro e na torcida para a reeleição de Itamar Borges e Edinho Araújo. Um tropeço e os diretórios peemedebistas na região ficam orfãos políticamente.
Maio não
foi um mês muito bom para o ex-prefeito Parini em termos de decisões. No dia 24 de maio foi publicado no Diário Oficial do Estado, decisão do TCE-SP, julgando irregulares o termo de parceria e seu termo aditivo, bem como ilegais as respectivas despesas previstas, firmado entre a Prefeitura de Jales e a ADERJ, e ainda, aplicou multa em valor de R$ 2.014,00, equivalente a 100 UFESP’s ao ex-prefeito Parini. À época era secretário municipal da Saúde, Paulo Cesar Mariani
Uma outra
decisão do TCE-SP foi publicada na quarta-feira, 28 de maio, desprovendo o Recurso Ordinário interposto pelo ex-prefeito Parini contra o acórdão da Segunda Câmara, que julgou irregulares a dispensa de licitação, o contrato e ilegal o ato determinativo das despesas decorrentes do contrato firmado no entre a Prefeitura de Jales e o Banco Nossa Caixa S/A objetivando outorga pelo município em caráter de exclusividade ao Banco o processamento da folha de pagamento da totalidade dos funcionários ativos da prefeitura, preliminarmente conheceu do Recurso Ordinário e, quanto ao mérito, negou-lhe provimento

A Justiça
em Jales estendeu o prazo para que a prefeita Nice Mistilides garanta atendimento gratuito em creches da rede municipal ou conveniadas às crianças (de até seis anos de idade) constantes das "listas de espera". As creches em Jales estariam defasadas em 290 vagas.


O juiz Fernando
Antonio de Lima determinou, ainda, que o município retome as obras da construção da Emei Jardim Maria Silveira, que estavam paralisadas, além de outras medidas que têm por objetivo o emprego de verbas públicas no atendimento à demanda, considerada prioritária. A construção da creche está paralisada por ter, a empreiteira, abandonada a obra na administração anterior.

A Caravana
Horizonte Paulista coordenada pelo ex-ministro Alexandre Padilha esteve Jales nesta quinta-feira, 29 de maio. Depois de um encontro com empresários e lideranças na ACIJ. Padilha fez uma visita ao bispo diocesano. Demétrio Valentini na Cúria Diocesana

Votar no político certo, por Flávio Carvalho




 
 
 
 
 
 
Político é esperto e muitas vezes destemido
Enquanto não se elege diz que luta pelo partido
Nunca se diz culpado, é um honesto assumido
Se não é eleito, diz que pelo poder fora iludido
E depois que se elege, não o vê, pois vai ter fugido

Bom político é aquele que beija a criança
E chora ao dar ao povo falsa esperança
Mas depois de eleito, só pensa na poupança

Aprenda a escolher pela competência demonstrada
Não se deixe levar pela primeira cantada
Toda sua história política deve ser analisada
Examine os candidatos com atenção redobrada
Somente agindo assim não cairá numa cilada

De seu voto para aquele que realmente merece
Evite votar naquele que depois de eleito desaparece

Votar é coisa séria e tem que ser feito com a razão
O voto errado muitas vezes elege um ladrão
Todo político é dócil e bondoso antes da eleição
Após ser eleito é que conheceremos sua intenção
Recuse ser comprado e vote com o coração

Partido político não é muito importante
Antes de votar, pense no político como seu semelhante
Roubos e corrupção na política é uma constante
Ainda mais com nossas leis, roubar é estimulante

No dia da votação exerça o seu direito e ajude sua cidade
A futura geração lhe agradecerá, não importa a idade
Os seus filhos e netos também terão esta oportunidade

Cumpra seu dever civil de brasileiro
Hoje em dia somos exemplos no mundo inteiro
Ontem éramos vistos como o povo festeiro
Realmente evoluímos, damos mais valor ao dinheiro
Antigamente nos vendíamos ao político matreiro
Raramente agora suportamos sequer seu cheiro

Devolva a esperança a cidade, ajude-a crescer
Ensine o jovem seu voto não vender
Pense no futuro, o que seu filho vai ser
O seu voto é o que decide que político vamos ter
Invista correto seu voto para não se arrepender
Somente o político honesto devemos eleger
*Flávio Rodrigo Masson Carvalho 
 
 





PALAVRAS DE CHICO XAVIER

Pergunta – Como o senhor define a sua renúncia pessoal em prol das causas divinas? O fator "negar-se a si mesmo"?.
Chico Xavier – O Espírito de Emmanuel que passou a supervisionar as nossas atividades mediúnicas em 1931, me explicou que eu deveria demonstrar todo desinteresse possível no assunto, pois essa seria a forma pela qual eu poderia tornar evidente às pessoas que não me conhecem, a verdade da mensagem que Emmanuel e os outros amigos espirituais, iriam dar por nosso intermédio. 
Se eu me beneficiasse com essas mensagens, naturalmente que não poderia convencer as pessoas quanto à minha sinceridade.

De modo que muita gente pode não crer, mas posso dizer que com todas as minhas imperfeições, tenho permanecido anos consecutivos fiel a esse princípio de desinteresse quanto ao fruto do trabalho dos Espíritos por meu intermédio. Com isso eu creio que ninguém poderá me acusar de pessoa fraudulenta ou de má fé, usando o nome dos espíritos em assunto que eu considero absolutamente veneráveis.

Esta coluna tem o patrocínio e responsabilidade da
"Associação Espírita "Chico Xavier" de Jales.




O caminho da sabedoria

Reginaldo Villazón

Entre os assuntos que causam maiores interrogações no ser humano está a origem do universo e tudo o que nele existe. Filósofos e cientistas buscam respostas há muito tempo. Na antiguidade, as religiões inspiraram os povos na crença de divindades responsáveis pela criação e pela administração do mundo, da natureza e das criaturas. Pode-se dizer que, desta forma, os seres humanos nunca ficaram privados de explicações, bem como aprenderam a respeitar regras de conduta determinadas por seres imateriais poderosos.

O conceito monoteísta revelado no judaísmo prevaleceu nas religiões ocidentais. Deus é um só, sempre existiu e existirá. Ele criou sozinho o universo e todas as coisas, está presente em tudo o que existe e sabe tudo o que acontece. Deus é todo-poderoso, justo e misericordioso. Apesar da sua força e da intensidade da sua presença, Deus transcende a matéria, não tem um corpo material, não está sujeito às leis da matéria. Obviamente, este conceito de Deus é forte entre os ocidentais porque é ensinado na evangelização das crianças.

Felizmente, não é comum haver vozes discordantes de grupos sociais defensores de outros conceitos, no interesse de impor outras verdades. Dúvidas e discussões acontecem sempre que o conceito religioso é analisado impropriamente de forma racional. Além disso, especialmente neste caso de Deus, a ignorância humana não permite a compreensão de uma entidade antiguidade, as religiões inspiraram os povos na crença de divindades responsáveis pela criação e pela administração do mundo, da natureza e das criaturas. Pode-se dizer que, desta forma, os seres humanos nunca ficaram privados de explicações, bem como aprenderam a respeitar regras de conduta determinadas por seres imateriais poderosos.

O conceito monoteísta revelado no judaísmo prevaleceu nas religiões ocidentais. Deus é um só, sempre existiu e existirá. Ele criou sozinho o universo e todas as coisas, está presente em tudo o que existe e sabe tudo o que acontece. Deus é todo-poderoso, justo e misericordioso. Apesar da sua força e da intensidade da sua presença, Deus transcende a matéria, não tem um corpo material, não está sujeito às leis da matéria. Obviamente, este conceito de Deus é forte entre os ocidentais porque é ensinado na evangelização das crianças.

Felizmente, não é comum haver vozes discordantes de grupos sociais defensores de outros conceitos, no interesse de impor outras verdades. Dúvidas e discussões acontecem sempre que o conceito religioso é analisado impropriamente de forma racional. Além disso, especialmente neste caso de Deus, a ignorância humana não permite a compreensão de uma entidade metafísica. Assim, há os crentes que se retraem diante das tragédias, o que sentem medo de Deus, os que se revoltam contra Deus. E os que perdem a crença em Deus.

O filósofo e economista alemão Karl Marx (1818 – 1883) presenciou tanta injustiça, miséria e morte que se tornou um crítico de Deus e buscou no comunismo a solução para as desgraças sociais. Num poema, escreveu: "Assim, perdi o direito ao céu, sei disso perfeitamente. Minha alma, outrora fiel a Deus, está destinada ao inferno." O escritor português José Saramago (1922 – 2010) escreveu: "Sou um ateu produzido pelo cristianismo. Tenho umas contas para acertar com Deus, se ele existir. Deus está no cérebro humano".

Estas crises existenciais são amargas e insolúveis. Mas acontecem debates inúteis carregados de mágoa. Crer, duvidar e negar são situações provisórias, enquanto não se chega à sabedoria que ilumina, à verdade que liberta do subdesenvolvimento. Desde a Idade Antiga, nas escrituras hinduístas, há um verso que diz: "O caminho da sabedoria é difícil e estreito, da largura do fio de uma navalha." Confirmando esta afirmação, Jesus anunciou: "Estreito é o caminho da vida." Sem dúvida, isto invalida as discussões exaltadas.

No universo, nem tudo verdadeiro é sólido, palpável, objetivo. No difícil e estreito caminho da sabedoria, é preciso enfrentar questões intangíveis, abstratas, subjetivas. Nós temos que construir, dentro de nós, a nossa consciência através de um árduo trabalho individual. Crer, duvidar e negar são partes das experiências da caminhada. Cada indivíduo pode criar o seu próprio conceito de Deus. Mas cada indivíduo tem que trabalhar para fortalecer dentro de si os sentimentos de respeito, afeto, solidariedade, bondade e misericórdia

sexta-feira, 30 de maio de 2014

Duplas sertanejas e bandas regionais agitam Festival

Munhoz & Mariano e Marcos & Belutti são alguns dos destaques da programação
A Comissão Organizadora do 33º FIPe (Festival Internacional de Pesca) e a Prefeitura de Cáceres divulgaram a grade oficial de shows nacionais do evento, que acontece entre os dias 11 a 15 de junho, em Cáceres, no Mato Grosso. A programação musical do maior Festival Internacional de Pesca em água doce do mundo ficará por conta do cantor Lucas Lucco, que fará a abertura do evento no dia 11 de junho.
A dupla Munhoz & Mariano é a atração no dia 12. Terra Samba (13/6) e Marcos & Belutti (14/6) completam a programação. O encerramento será por conta das atrações regionais Ricco & Léo e o Trio composto por Pescuma, Henrique e Claudinho.
As entradas de todos os shows serão gratuitas, com exceção da Área VIP, que custará R$ 30 por dia, além dos camarotes empresariais, que custarão R$ 2.000 para um grupo de 10 pessoas. O pacote engloba todas as apresentações.
O prefeito da cidade, Francis Maris Cruz, ressalta a importância do evento para a cidade e agradece os patrocinadores do evento. "Só conseguimos concretizar a realização do FIPe graças ao apoio do Governo do Estado, Governo Federal e Assembleia Legislativa (AL), que dispuseram recursos para a realização dos shows e dos campeonatos de pesca, e também os apoiadores que acreditaram no evento", afirma.
Inscrições Os campeonatos estão divididos em três categorias: pesca motorizada, pesca canoa e infanto-juvenil. Os preços variam de acordo com cada uma delas. As inscrições das equipes podem ser feitas até o dia 11 de junho pelo site www.fipecaceres.com.br , no link ‘inscrição’.
Imprensa Já os jornalistas que tiverem interesse em cobrir o evento, devem encaminhar um e-mail para credenciamentofipe@gmail.com com o nome e endereço do veículo, nomes dos Integrantes da Equipe (Com RG e CPF), endereço eletrônico do veículo (Site), email para contato e telefone para contato.
Todas essas solicitações de credenciamento serão analisadas pela Comissão de Comunicação do Festival e respondidas até o dia 9 de junho. As credenciais poderão ser retiradas pelas equipes a partir do dia 10 de junho. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (65) 8427-7005.


Noroeste Paulista busca estímulos para ter mais desenvolvimento, diz coordenador da caravana Horizonte Paulista

A caravana Horizonte Paulista, coordenada pelo ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha, visitou nesta quinta-feira (29) seis cidades do Noroeste Paulista. Em Fernandópolis, a Zona de Processamento de Exportação (ZPE), única do Estado de São Paulo, e que seria uma alternativa para dinamizar a economia da região, com isenção fiscal, liberdade cambial e procedimentos administrativos simplificados, ainda não saiu do papel. "O Governo do Estado deve dar apoio absoluto à instalação da ZPE, concedida pelo Governo Federal. Além disso, há necessidade de cada região do Estado ter seu plano de desenvolvimento regional. A partir de soluções diferentes, o PT pode construir o melhor para São Paulo", comentou Padilha.
Em Santa Fé do Sul, na pauta do encontro com lideranças locais, como o prefeito Armando Rossafá (PSDB), esteve o desenvolvimento econômico local, entre outros temas. Produtores reclamam da migração de indústrias para os vizinhos Mato Grosso e Minas Gerais, por falta de incentivos fiscais em São Paulo.
O pré candidato Alexandre Padilha conversa com o
 bispo D. Demétrio Valentini quando de sua
passagem por Jales na quinta-feira
Na Associação Comercial e Industrial de Jales, o vice-presidente da entidade, Alexandre Renzi, relatou uma "debandada" de indústrias. "O desconto de 66% do ICMS oferecido pelos estados vizinhos não faz diferença para o setor de serviços, mas faz muito na indústria. Vemos as indústrias passarem pela rodovia saindo de São Paulo", disse. Sobre a "Guerra Fiscal" com os Estados vizinhos, Padilha disse que quer trazer "paz para o empresário poder investir em São Paulo e gerar mais emprego e riquezas para nosso Estado".



‘Cetesb agrícola’

Um consórcio de produtores de sete municípios do Noroeste Paulista produz 560 toneladas de peixe por mês. A vontade de produzir mais existe e há mercado consumidor em potencial, mas o grupo alega que isso só seria possível se a Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental de São Paulo) fosse mais ágil na liberação de projetos. "A Cetesb não tem experiência suficiente com projetos de produção agrícola e isso acaba prejudicando o licenciamento que, ou demora, ou não é feito. Precisamos de uma Cetesb agrícola, que entenda nossa realidade", comentou Emerson Esteves, da Câmara Setorial do Pescado do Estado de São Paulo.
Também da manhã desta quinta-feira, em Santa Clara D’Oeste, divisa com Minas Gerais, a caravana Horizonte Paulista visitou um dos pesqueiros da região, localizado em um braço do rio Grande e que, além de tilápias, produz ração para peixes e alevinos (os filhotes dos peixes), comercializados também para outros produtores de pescado.
"A região tem um potencial enorme para a pesca. O Governo do Estado deve colaborar para aumentar a produção, trazendo mais emprego e renda ao Noroeste Paulista", comenta o coordenador da caravana Horizonte Paulista, Alexandre Padilha, que viu de perto a produção de pescado. Além da demanda da agência ambiental agrícola, Padilha ouviu dos produtores que o pescado poderia ser incluído na merenda da Rede Pública Estadual de Ensino. "O Governo do Estado precisa criar um Mais Alimentos Paulista, para estimular a compra de produção local de comida para abastecer escolas, hospitais e presídios estaduais", disse.
Manifestação de estudantes

Na frente da sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Fernandópolis, estudantes de medicina da Universidade Camilo Castelo Branco, particular, fizeram um protesto contra o programa Mais Médicos. Padilha entrou normalmente no local, onde conversou com lideranças locais. Na saída, chegou a falar com um líder do movimento. Sobre a manifestação, Padilha lembrou: "As mesmas pessoas que eram contra o Mais Médicos eram contra a criação de uma faculdade de medicina aqui em Fernandópolis, dizendo que o Estado de São Paulo já tinha um número suficiente de médicos". Vale ressaltar que o Estado que mais pediu profissionais de saúde do programa do Governo Federal foi São Paulo. Mais de 2 mil médicos foram solicitados.
Além de Fernandópolis, Santa Fé do Sul, Santa Clara D’Oeste e Jales, a caravana Horizonte Paulista visitou nesta etapa do Noroeste Paulista as cidades de General Salgado e de Votuporanga.


MPF ajuíza ação para que IFSP anule concurso público

O Ministério Público Federal em São Paulo ajuizou ação civil pública, com pedido de liminar, para que o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP) suspenda o concurso público para vários cargos administrativos. As provas foram realizadas no último dia 11.
 O edital exigia como requisitos para o preenchimento das vagas que os candidatos comprovassem experiência profissional de seis meses para o cargo de auxiliar de assuntos educacionais e de 12 meses para os cargos de auxiliar em administração, assistente em administração e auxiliar de biblioteca. Porém, segundo o MPF, a exigência fere princípios constitucionais.
 Um deles é o da proporcionalidade/razoabilidade. Para o MPF, o edital do concurso afronta esse princípio ao impor um requisito que não levará necessariamente à seleção dos candidatos mais aptos. Além disso, treinamento e submissão do servidor a estágio probatório tornam dispensável a exigência de experiência profissional.
 “Todo o conhecimento necessário para o exercício pleno e correto das funções atribuídas àqueles cargos técnico-administrativos poderá ser repassado na prática, com mínimo treinamento realizado por servidor que já exerça aquele cargo”, escreveu a procuradora da República Fernanda Teixeira Souza Domingos, autora da ação.
 DESIGUAL. Outro princípio ferido pelo edital, de acordo com o MPF, é o da igualdade, já que muitos candidatos capazes para o exercício dos cargos foram excluídos do concurso pelo fato de não terem experiência profissional, como é o caso de recém-formados. Configura-se, assim, tratamento diferenciado a pessoas que se encontram em situações idênticas.
 O MPF já havia recomendado ao IFSP que retirasse do edital a comprovação do tempo mínimo de experiência dos candidatos. Como o pedido não foi atendido, o caso agora está sendo tratado na esfera judicial.
 A procuradora pede, em caráter liminar, que o concurso seja suspenso na fase em que se encontra. Ao final do processo, o que se pretende é a anulação das provas, o fim da exigência de experiência profissional, a reabertura das inscrições e a realização de novos exames.
 

quinta-feira, 29 de maio de 2014

SAE/CTA promove campanha de saúde para caminhoneiros

O Serviço de Atendimento Especializado e Centro de Testagem e Aconselhamento (SAE/CTA), por meio da secretaria de Saúde, realizou no dia 26 de maio, uma campanha visando à saúde dos caminhoneiros que trafegavam pela rodovia Euclides da Cunha. Com apoio da Base Operacional (B Op. 320/3), condutores foram abordados pelos policiais para a realização de testes rápidos de HIV, Sífilis e Hepatites C, concretizando um total de 66 testes. Na oportunidade, os profissionais de saúde ofereceram serviços e informações que garantem mais qualidade de vida aos caminhoneiros e distribuíram preservativos. A ação realizada pelas enfermeiras Gilda Donda e Vanessa Ferreira Martins, a farmacêutica Lara Faria, e toda equipe do SAE/CTA – Serviço de Infectologia de Jales objetiva a promoção da saúde e o diagnóstico e prevenção de doenças sexualmente transmissíveis. O atendimento é inteiramente gratuito e sigiloso, oferecendo a quem realiza o teste a possibilidade de ser acompanhado pela equipe de profissionais que a orientará sobre resultado do exame, independente dele ser positivo ou negativo. Quando os resultados são positivos, a equipe do CTA é responsável por encaminhar as pessoas para tratamento e orientações nos serviços de referência. "Como o caminhoneiro faz parte de um grupo vulnerável para contrair as doenças sexualmente transmissíveis, nosso foco é informar a importância da camisinha e fazer o diagnóstico precoce dos possíveis casos de doenças, fator crucial para o sucesso do tratamento", comentou Vanessa Martins. LEGENDA Sae-CTA1- A ação itinerante é voltada a caminhoneiros e orienta os motoristas sobre a importância dos cuidados com a saúde e o bem-estar

Médico do SAE/CTA participa do Congresso Paulista de Infectologia

Com o objetivo de aprimorar seus conhecimentos e trocar experiências com profissionais da área, o médico do SAE / CTA - Serviço de Atendimento Especializado e Centro de Testagem e Aconselhamento Maurício Fernando Favaleça (foto), participou do 9º Congresso Paulista de Infectologia. O evento aconteceu na cidade de Atibaia entre os dias 21 e 24 de maio.O Congresso abordou temas importantes como Antimicrobianos, Biofilme, Hepatites Virais, HIV/AIDS, Imunizações, Medicina de Viagem, Infecção em Transplantes, Infecções associadas a serviços de saúde e Tuberculose. "É muito interessante este tipo de Congresso para o aprimoramento profissional e uma grande oportunidade na troca de conhecimento com outros profissionais da área, auxiliando aos casos clínicos que atendo no SAE/CTA de Jales", relatou Dr. Maurício sobre o Congresso. Durante o evento, a Sociedade Paulista de Infectologia reuniu 11 conferencistas internacionais, 160 brasileiros e quase 1.200 congressistas para o Congresso cuja programação científica foi elogiada de forma unânime pelos especialistas que o consideram como um dos mais importantes dos últimos anos, tanto pela oportunidade de atualização dos conhecimentos, como pela abrangência dos temas apresentados. A abertura oficial contou com a presença do secretário da Saúde do Estado de São Paulo, David Uip, o presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia, Erico Arruda e o anfitrião Mauro Salles, presidente da Sociedade Paulista de Infectologia. LEGENDA Infectologia1- O médico do SAE / CTA, Maurício Fernando Favaleça, participou do 9º Congresso Paulista de Infectologia

TCE-SP nega recurso ao ex-prefeito Parini

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo em julgamento de Recurso(s) Ordinário(s) interposto(s) pelo ex-prefeito Humberto Parini contra o acórdão da E. Segunda Câmara, que julgou irregulares a dispensa de licitação, o contrato e ilegal o ato determinativo das despesas decorrentes  do contrato firmado entre a Prefeitura de Jales e o Banco Nossa Caixa S/A objetivando outorga pelo município em caráter de exclusividade ao Banco o processamento da folha de pagamento da totalidade dos funcionários ativos da prefeitura, preliminarmente conheceu do Recurso Ordinário e, quanto ao mérito, negou-lhe provimento. A decisão do TCE foi publicada no Diário Oficial do Estado nesta quinta-feira, 28 de maio.
A C Ó R D Ã O
TC-001800/011/07
Recorrente(s): Humberto Parini - Prefeito Municipal de Jales à época.
Assunto: Contrato entre a Prefeitura Municipal de Jales e o Banco Nossa Caixa S/A, objetivando a outorga, pelo Município, em caráter de exclusividade, ao Banco, o processamento da folha de pagamento da totalidade dos funcionários públicos ativos da Prefeitura, inclusive envolvendo os efetivos e comissionados, centralização da movimentação financeira, efetivação dos pagamentos aos fornecedores e realização de consignação em folha de pagamento de empréstimos aos funcionários públicos municipais ativos.
Responsável(is): Humberto Parini (Prefeito à época).
Em Julgamento: Recurso(s) Ordinário(s) interposto(s) contra o acórdão da E. Segunda Câmara, que julgou irregulares a dispensa de licitação, o contrato e ilegal o ato determinativo das despesas decorrentes, acionando o disposto no artigo 2º, incisos XV e XXVII, da Lei Complementar nº 709/93. Acórdão publicado no D.O.E. de 26-05-09.
Advogado(s): Marcus Vinicius Liberato Borges, Cristiane Caldarelli, Ana Luiza Bosque Keedi e outros.
EMENTA: Recurso Ordinário. Prefeitura Municipal de Jales. Contratação direta de instituição financeira para processamento da folha de pagamento dos servidores e de outros recursos financeiros. Descumprimento do dever de licitar. Falta de comprovação de compatibilidade do preço contratado com o praticado no mercado. Recurso desprovido.
O Egrégio Plenário do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, em sessão realizada em 06 de novembro de 2013, pelo voto dos Conselheiros Edgard Camargo Rodrigues, Relator, Renato Martins Costa, Cristiana de Castro Moraes, Dimas Eduardo Ramalho e Sidney Estanislau Beraldo, e do Auditor Substituto de Conselheiro Alexandre Manir Figueiredo Sarquis, preliminarmente conheceu do Recurso Ordinário e, quanto ao mérito, negou-lhe provimento.
O processo ficará disponível aos interessados para vista e extração de cópia, independentemente de requerimento, no Cartório do Conselheiro Relator.
TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO
GABINETE DO CONSELHEIRO EDGARD CAMARGO RODRIGUES
ENDEREÇO: Av. Rangel Pestana,315, 3º A II – Centro – SP – CEP: 01017-906 - PABX: 3292-3529
INTERNET: www.tce.sp.gov.br - E-MAIL: gcecr@tce.sp.gov.br
Publique-se.
São Paulo, 14 de novembro de 2013
ANTONIO ROQUE CITADINI - Presidente
EDGARD CAMARGO RODRIGUES - Relator

Votuporanga recebe Henrique Prata para palestra


Deputado Estadual, Carlos Pignatari, prefeito de Votuporanga, Junior Marão, provedor da Santa Casa, Valmir Dornelas, diretor-geral do Hospital de Câncer de Barretos, Henrique Prata e o diretor da Santa Casa, Euclides Facchini, durante palestra na segunda-feira.
Uma noite de aprendizado, grandes emoções e filantropia. Assim foi a palestra do diretor-geral do Hospital do Câncer de Barretos e escritor, Henrique Prata, na segunda-feira, dia 26, que reuniu cerca de 900 pessoas. O evento foi uma realização dos Rotarys de Votuporanga e Valentim Gentil, com a renda revertida à Santa Casa e ao Hospital do Câncer de Jales.
 Com o tema “Acima de tudo o amor”, que dá nome ao livro de Henrique Prata, o conteúdo emocionou o público com a história de superação e crescimento de um dos maiores centros de tratamento oncológico do planeta. O palestrante destacou um trabalho milagroso e possível diante da fé de cada envolvido.
 O provedor da Santa Casa, Valmir Antônio Dornelas, abriu os discursos. “É uma satisfação receber Henrique Prata e um prazer poder dizer que somos parceiros. A Santa Casa de Votuporanga e o Hospital do Câncer são instituições irmãs, que compartilham do mesmo ideal: salvar vidas e também enfrentam os mesmos desafios.”
 Dornelas enfatizou ainda o apoio e presença de cada colaborador da Santa Casa e a iniciativa dos Rotarys. “Temos muito que agradecer pela possibilidade desse momento”. O evento é uma realização do Rotary Club 8 de Agosto, Rotary Club de Votuporanga, Rotary Club Novas Gerações, Rotary Club Novo Milênio, Rotary Club Valentim Gentil e conta com o apoio do Interact Club e Rotaract Club.
 Enquanto o governador assistente do Distrito 4480 do Rotary International, Antonio Robert Rodrigues, enfatizou a iniciativa de promover a palestra. “Isso reforça o lema dos clubes de serviço que é ‘Viver Rotary, transformar vidas’.”
 O deputado Estadual, Carlos Pignatari deu as boas vindas a Henrique Prata. “É um belo trabalho que a instituição realiza para salvar vidas e tratar de doentes de câncer, um mal que assola a humanidade”.
 O prefeito de Votuporanga, Junior Marão, também citou os serviços do Hospital do Câncer de Barretos. “É um dos melhores centros de estudo do mundo e é isso que queremos de todo o SUS, um atendimento de qualidade.”
 Henrique Prata investiu no projeto do pai e conseguiu doações para ampliar o Hospital do Câncer. Atualmente, a Instituição conta com um complexo de mais 70 mil mil metros quadrados de área construída, 2,5 mil colaboradores, 250 médicos em regime de período integral e realiza 3 mil atendimentos diários.
.


Edinho debate lei da Copa do Mundo para SP e pede fim da impunidade


O  deputado estadual Edinho Silva (foto) participou, na noite de quarta-feira,27 de maio, de votação no plenário da Assembleia Legislativa, do Projeto de Lei 198/2014, que regulamenta a Copa do Mundo no estado de São Paulo. Um dos pontos polêmicos da proposta é a liberação da venda de bebidas alcoólicas na Arena Corinthians durante a realização de jogos da Copa do Mundo, porém, a votação foi adiada por falta de quórum. O projeto deve ser pautado novamente nas próximas sessões. Durante os debates, o deputado Edinho Silva acusou a impunidade nos estádios de futebol, por conta do anonimato, como o principal motivo de atos de violência entre torcedores.
A bancada do PT defendeu a proposta, já que a liberação de bebidas alcoólicas seria somente para os seis jogos da Copa do Mundo que acontecerão na Arena Corinthians. Além disso, a proposta respeita um compromisso celebrado pelo Governo Federal com a FIFA para a realização da Copa no Brasil, "a Bancada do PT está correta, vincular a venda de bebidas às ocorrências de violência nos jogos de futebol é um falso argumento, já que os torcedores podem chegar alcoolizados e até drogados nos estádios; o problema é a impunidade, se a lei for rigorosa com os torcedores violentos vamos diminuir muito as ocorrências nos estádios de futebol e também em todos os eventos onde exista propensão ao anonimato", argumentou Edinho.As bancadas do PSC, PSD, PRB e os deputados Orlando Morando (PSDB) e Jooji Hato (PMDB) se posicionaram contrários ao projeto, com a alegação de que a liberação pode estimular o consumo de álcool e incentivar a violência no estádio durante os jogos do mundial. A questão religiosa, que não permite o consumo de álcool, estimulou parlamentares da Casa a falarem contra a Lei que regulamenta a organização da Copa do Mundo em São Paulo.O deputado Edinho Silva alertou os parlamentares a terem bom senso para debater o mérito da mudança na legislação e não questões que não estavam em votação na Casa.  "A violência, a drogadição, a dependência química, a falta de estrutura das famílias brasileiras são debates que devem estar presentes na Assembleia Legislativa de São Paulo o tempo todo e deve ser uma luta contínua a superação dessas mazelas, mas isso não diz respeito à organização da Copa do Mundo no estado de São Paulo.”
Estados liberaram venda
De acordo com a Lei Geral da Copa, a definição da venda ficou a critério de cada estado que receberá os jogos. As demais sedes que receberão jogos do mundial já liberaram a venda durante as partidas e somente o estado de São Paulo ainda não tem a definição.
Muitos parlamentares contrários à proposta alegaram também um descontentamento da população com os investimentos feitos para a realização do mundial. Para Edinho, ainda falta informação sobre os benefícios da Copa e tem muita utilização político-partidária da desinformação. "A Copa do Mundo está proporcionando e vai proporcionar mais de R$ 142 bilhões adicionais em circulação na economia brasileira e também mais de 100 milhões de novos negócios para micro e pequenas empresa. Além disso, 48 mil empregos serão gerados nos 12 estados que receberão os jogos e 50 mil postos de trabalho foram gerados na construção destes estádios”, salientou.
Edinho ressaltou ainda, em sua intervenção, que parte do valor investido em estádios é proveniente de financiamentos, "esses investimentos com a Copa do Mundo totalizam R$ 8 bilhões, dos quais, R$ 4 bilhões são valores referentes a financiamentos que retornarão aos cofres das instituições financeiras”, comparando ainda com outros gastos do Governo Federal. “Só em saúde serão investidos R$ 107 bilhões e em educação R$ 91 bilhões em 2014. A falta de informação sobre a Copa manipula consciências”, finalizou o parlamentar.