Páginas

sábado, 12 de abril de 2014

PALAVRAS DE CHICO XAVIER

Pergunta
– O que o senhor teria a nos dizer sobre o vício?
Chico Xavier
– Eu não entendo o vício como um problema de criminalidade, mas como um problema de desequilíbrio nosso, diante das leis da vida, isso não apenas no terreno em que o vício é mais claramente examinado. Por exemplo: seu eu falo demasiadamente, eu estou viciado no verbalismo excessivo e infrutífero; se bebo café em demasia eu estou destruindo também as possibilidades de meu corpo me servir um tanto mais.
Quando falamos da palavra vício, habitualmente nos recordamos logo do sexo, sendo que do sexo herdamos a bênção do pai, da mãe, da família, do lar; entretanto, quando falamos em vício, lembramos logo de sexo e tóxico, quando o tóxico é outro problema para nossos irmãos que se enfraqueceram diante da vida, que procuraram uma fuga; não são criminosos, são criaturas carentes de mais proteção, mais amor, porque se nossos companheiros enveredaram pela estrada do tóxico, eles procuraram esquecer algo, esse algo é: eles mesmos; eles não puderam suportar a carga deles próprios.
Então, precisamos reformular as nossas concepções sobre vícios.
Há algum tempo perguntamos ao Espírito de Emmanuel, como ele definiria um criminoso, ele disse assim: "O criminoso é sempre um doente, mas, se ele é culpado ele só deve receber esse nome depois de examinado por três médicos e três juizes".
Esta coluna tem o patrocínio e responsabilidade da  "Associação Espírita "Chico Xavier" de Jales.

Ética

Flávio Carvalho
Estamos vivendo uma crise moral. A criatura humana se enveredou pelos caminhos da violência, egoísmo, da indiferença. Os valores morais foram perdidos, e de nada vale reconhecer a dignidade da pessoa, se a conduta pessoal não se pautar por ela.
O papel da Ética no terceiro milênio é o de proporcionar a humanidade um futuro mais promissor, como disse Nalini (1999): "A humanidade ainda está envolvida no drama da insuperação das angústias primárias".
Ética não se confunde com moral, esta é o objeto da Ética. A moral é um dos aspectos do comportamento humano. A Ética é uma ciência, e a moral não.
A Ética mostra às pessoas os valores e princípios que devem nortear sua existência, a Ética aprimora e desenvolve seu sentido moral e influencia a conduta.
Para compreendermos o verdadeiro significado de Ética, mister se faz que estudemos Kant, que soube como ninguém definir e classificar a Ética.
O homem jamais deve deixar de ser o que ele é para ser o que as pessoas queiram que ele seja, o homem deve sempre ser ele mesmo. Mas viver em sociedade implica em obedecer certas normas, regras, leis que visam harmonizar a sociedade, e impedir a instalação do caos.
Na sociedade de hoje, não se pode dizer que o homem é totalmente livre. Isto porque o homem vive num mundo de leis, normas, proibições e de muitas punições para quem desobedece as leis. Mas o homem poder ser totalmente livre moralmente. Pode ele ter sua moral intacta, totalmente preservada e este é um dos objetivos da Ética.
O estudo aprofundado desta ciência do comportamento humano, que é a Ética, deveria ser obrigatório para todos aqueles que queiram se enveredar pelo campo da política, os que pretendem governar, pois o exemplo tem que vir de cima, ou seja, dos governantes.
Quase todos os cursos universitários do país possuem a cadeira de Ética, mas o que falta é ela ser melhor estudada e compreendida, e o mais importante, ser levada à todos os cidadãos deste imenso país.
Ética também deve ser passada de pai para filho. Deve ela ser discutida nos lares, no seio da família. E o melhor meio para que isto ocorra, é o desenvolvimento do gosto pela leitura.
O nosso povo ainda lê muito pouco, a leitura deve ser incentivada a todo custo e urgente.
Se você está lendo esta matéria agora, você faz parte de uma minoria. E se você esta lendo esta, você tem mais obrigação de saber mais sobre Ética. Não somente saber, mas aplica-la, que é o mais importante.
Se a humanidade compreender melhor o verdadeiro significado da Ética, e pratica-la, sem dúvida teremos um futuro mais promissor. Vamos então ler mais sobre Ética, falar mais sobre ela, e divulga-la através da sua prática ostensiva.
Busque nos estudos feitos pelos antigos filósofos da humanidade, eles foram os que melhor compreenderam e discutiram a Ética. Se assim você fizer, pode até não vir a ser um exemplo de moral, mas sem duvida se tornará mais culto e educado.
Ética já.Flávio Rodrigo Masson Carvalho
equilibriumtc@hotmail.com flaviopsicanalise@gmail.com

sexta-feira, 11 de abril de 2014

EMPRESAS DO INTERIOR DE SP, ENTRE DE JALES, PARTICIPAM DE FEIRA DE DECORAÇÃO NATALINA

Americana, Campinas, Jales, Presidente Prudente, São João da Boa Vista e São Pedro são os municípios representantes da região no evento responsável por originar 80% das vendas de um mercado que movimenta cerca de R$ 1 bilhão anual.
Seis empresas representam o interior do Estado de São Paulo na Natal Show 2014 – Feira de Artigos e Decoração de Natal, responsável por apresentar as últimas tendências em decoração natalina e preparar o mercado varejista no Brasil para atender as demandas de final de ano. Promovido pela Francal Feiras, o evento acontece de 31 de maio a 3 de junho no Expo Center Norte, em São Paulo.
Grande plataforma de negócios do mercado natalino, a Natal Show acontece em data estratégica para atender um calendário que se alinha cada vez mais aos prazos e demandas do varejo. Por conta disso, a feira hoje responde por 80% das vendas de um total de R$ 1 bilhão movimentado anualmente pelo mercado.
Em sua quinta edição, o evento, que também recebe decoradores, representantes de prefeituras e shopping centers, supermercadistas e compradores corporativos, vai reunir cerca de 120 empresas numa área aproximada de 25 mil m2 para apresentar artigos de decoração, arranjos de mesa, fitas, tecidos, árvores de Natal, bolas, velas, iluminação, caixas de papel de presente, guirlandas, presépios, bonecos, utensílios especiais e peças artesanais.
Paralelamente à Natal Show acontece a Expo Parques e Festas – Feira Internacional de Produtos e Serviços para Parques Temáticos, Buffets e Festas Infantis, evento considerado referência na realização de negócios dos segmentos de entretenimento que representa e o salão The Candy Show - Salão e Oficinas de Doces, Confeitos e Snacks, quevisa atender a demanda da indústria de balas, doces, chocolates, equipamentos e acessórios.

Selo comemorativo aos 73 anos de Jales é lançado pelos Correios e Prefeitura

Como parte do calendário oficial do aniversário da cidade, foi lançado pela Prefeitura e pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, o Selo Comemorativo aos 73 anos de Jales. A cerimônia aconteceu na sala de reuniões do gabinete, no Paço Municipal, e contou com a presença da prefeita Eunice Mistilides Silva – Nice. Estiveram presentes no lançamento o coordenador de atendimento dos Correios, Bruno Otávio Valério, o coordenador de vendas dos Correios, Mário Memoto e a agente dos Correios, Andrea Moreto. Bruno destacou a importância do lançamento de um selo personalizado, alusivo aos 73 anos de Jales, que marca a data na filatelia brasileira.
 

O selo é dividido em duas partes: a primeira contém imagens da fonte luminosa da Praça Dr. Euphly Jalles, antigo cartão postal da cidade, reativado em abril de 2013 pela prefeita Nice, após 15 anos de completo abandono e, a segunda parte, é composta de imagens do Coreto da Praça João Mariano de Freitas, iluminado pelo projeto Natal de Paz e Luz, realizado pela atual administração.

"É uma honra muito grande poder ver nesse selo, feito por uma das empresas de maior credibilidade no país, a fotografia da nossa fonte luminosa, reativada por essa administração, após 15 anos de abandono e o coreto iluminado para o projeto Natal de Paz e Luz. Quero agradecer os Correios, que nos privilegiou com o selo comemorativo que vai ficar registrado na história de nossa cidade", disse a prefeita Nice. Também participaram da cerimônia os filatelistas jalesenses Edmilson Caetano e José Antônio Fuzari.

"É um momento especial para os filatelistas e para a cidade. Parece um simples pedaço de papel, mas é um pedaço de papel especial que circula pelo Brasil e pelo mundo e que leva estampado o nome e as imagens de Jales.", disse Fuzari.

Edmilson ressaltou a importância da sensibilidade em conseguir documentar através de imagens um momento da história da cidade. "As vezes chegamos a fazer 500 fotografias de um mesmo ponto para utilizar apenas uma, a melhor. Fico feliz que imagens que eu fiz com todo carinho tenham sido escolhidas para esse momento", finalizou.

Diversos projetos já foram selecionados previamente por uma comissão; valor chega a R$ 23 milhões

 
O deputado estadual Carlão Pignatari está em vias de conquistar mais uma grande vitória. Atendendo pedidos de diversos prefeitos da região Noroeste Paulista, Carlão encaminhou, acompanhou e apoiou projetos que visam a estruturação de parques, prainhas e logradouros turísticos. São recursos do (FID) Fundo Estadual de Defesa de Interesses Difusos, oriundos de multas impostas àqueles que violam o meio ambiente e outros bens coletivos.
Doze projetos encaminhados pelo deputado Carlão ao FID, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, foram selecionados, com aprovação prévia. De acordo com o deputado, os prefeitos apresentaram seus pré-projetos, que foram analisados por uma comissão do FID. Agora, eles devem apresentar o projeto executivo com mais detalhes para celebração do convênio e a liberação dos recursos.
Na região, foram selecionados os projetos dos municípios de Santa Fé do Sul (dois), Rubinéia, Santa Clara d’Oeste, Cardoso, Mira Estrela, Aspásia, Urânia, Monte Aprazível, Riolândia, Meridiano e Parisi, que juntos somam aproximadamente R$ 23 milhões.
Os projetos
Cardoso: Revitalização do Complexo Turístico Leandro Trindade da Silveira – Prainha Municipal R$ 2.735.128,51.
Aspásia: Implantação de Parque Urbano/Ambiental – R$ 825.381,36.
Urânia: Projeto de implantação de galerias a céu aberto – R$ 1.529.858,00.
Rubinéia: Projeto de revitalização do Parque Ecológico da Lagoa do Sol –R$ 1.886.118,79.
Monte Aprazível: Projeto Parque dos Sonhos –R$ 2.998.117,00.
Santa Clara d’Oeste: Projeto de construção do Parque Ecoturístico Municipal – R$ 2.504.329,10.
Santa Fé do Sul: Projeto de adequação do Parque Ecoturístico das Águas Claras, para acessibilidade e implantação de trilha suspensa na área de reserva florestal nativa para incentivo de práticas educativas e ambientais – R$ 1.676.613,73.
Santa Fé do Sul: Projeto de encerramento e recuperação de área degradada do vazadouro municipal – R$ 1.699.986,77.
Parisi: Projeto de área de lazer – Centro de Integração Social Parisi – R$ 765.206,78.
Meridiano: Parque Ecológico de Múltiplo Uso –R$ 3.000.000,00.
Riolândia: Revitalização do Córrego do Veadinho –R$ 1.504.566,51.
Mira Estrela: Sistema de lazer ecológico – R$ 1.656,179,27
Carlão informou que o FID tem à disposição dos municípios mais de R$ 100 milhões, que devem ser usados em projetos que visam, principalmente, promover reparos em danos causados ao meio ambiente, ao consumidor, a bens e direitos de valor artístico, estético, histórico, turístico e paisagístico.
Os recursos são destinados para cobertura de despesas relacionadas à reconstituição, reparação, preservação e prevenção desses bens depredados ou que estejam em situação precária.
As receitas do FID, conforme explicações do deputado Carlão, são constituídas por indenizações decorrentes de condenações por danos causados aos bens públicos e as multas pelo descumprimento dessas condenações; de rendimentos decorrentes de depósitos bancários e aplicações financeiras, observadas as disposições legais e pertinentes; das contribuições e doações de pessoas físicas e jurídicas, nacionais ou estrangeiras e do produto de alguns incentivos fiscais.
"O Fundo Estadual de Defesa de Interesses Difusos existe justamente para isso. São recursos oriundos de sanções aplicadas pelos órgãos fiscalizadores e que devem ser direcionados ao ressarcimento de bens que visam a utilização coletiva e preservacionista. Fui procurado por vários prefeitos, que apresentaram seus projetos e agora que foram selecionados vamos continuar trabalhando para agilizar o processo, pois são obras que devem promover, principalmente, o turismo em nossa região, cercada de grandes rios e lagos", destacou o deputado Carlão Pignatari.

FORD FUSION É ELEITO O MELHOR CARRO DE LUXO E A RANGER A MELHOR PICAPE NO PRÊMIO BEST CARS 2014

A Ford venceu o prêmio Best Cars 2014 com dois veículos da sua nova linha global: o Fusion foi eleito o melhor na categoria de Luxo e a Ranger conquistou o título de melhor Picape. Ambos foram escolhidos pelo voto direto dos leitores da revista Carro e do site Carro Online, da Motorpress, promotora da premiação, que faz parte do maior grupo de revistas especializadas em motores do mundo. "Estes prêmios são um reconhecimento importante para a Ford", agradeceu Oswaldo Ramos, gerente geral de Marketing da Ford.


"A Ranger é a ‘madrinha’ da nossa linha atual, foi o primeiro produto global lançado no Brasil. E o Fusion, além de ser o líder de vendas do segmento de luxo, também é um carro muito desejado. Tanto que venceu este prêmio à frente de concorrentes muito mais caros." A Ford Ranger é a linha de picapes médias mais completa e avançada do mercado. Conhecida pela capacidade dinâmica imbatível, sua nova geração avançou nas tecnologias para a segurança, conveniência e conforto. Além dos motores Diesel 3.2, Diesel 2.2 e 2.5 Flex, tem a opção de transmissão automática ou manual e recursos como programa eletrônico de estabilidade com oito funções, freios ABS com EBD, controle automático de velocidade em descidas e assistência de partida em rampa. Entre os equipamentos, conta com seis airbags, ar-condicionado digital de dupla zona, GPS com tela colorida de 5 polegadas, câmera traseira, sensor de chuva, acendimento automático de faróis, bancos de couro com ajuste elétrico e retrovisores externos dobráveis eletricamente.
A combinação única de sofisticação, tecnologia e preço é um diferencial do Ford Fusion na categoria de luxo. Ele é o único da categoria com três opções de motores - 2.5 Flex, 2.0 EcoBoost e Hybrid. E oferece equipamentos como estacionamento automático, 8 airbags, auxiliar de manutenção de faixa, assistência de partida em rampa, sistema SYNC com comandos de voz em português, GPS, bancos de couro com ajuste elétrico e farol alto automático.

Biblioteca adquire novos livros requisitados pelos leitores



Novos títulos agora fazem parte do acervo de livros da Biblioteca Municipal Edith Moreira Ridolfo (Biblioteca Municipal), que foram adquiridos esta semana e já estão disponíveis para empréstimos. As obras são coleções e livros que são muito requisitados pelos leitores.
Game of Thrones 4ª temporada que teve a maior audiência em estreia da televisão americana exibida pelo canal de TV por assinatura HBO neste domingo, dia 6, foi baseada na segunda parte do livro 3 da série Crônicas de Gelo e Fogo – A tormenta das Espadas. Neste volume que está disponível na Biblioteca e foi escrito pelo consagrado autor George R. R. Martin, os Sete Reinos já sentem o rigoroso inverno que chega, mas as batalhas parecem estar mais cruéis e impiedosas.
“Os instrumentos mortais” série literária da autora norte-americana Cassandra Clare, composta de 5 livros também está disponível na Biblioteca Municipal. “Cidade dos Ossos” o primeiro livro da série alcançou o 8º lugar na lista de best-seller do New York Times em 2007 quando foi lançado e traduzido no Brasil pela Editora Galera Record em 2010. O livro virou roteiro de cinema com o filme do mesmo nome e estreado em agosto de 2013 e traz uma jovem adolescente em meio a um triângulo amoroso disfuncional e em uma trama que envolve vampiros, lobisomens e, agora, demônios. Além de “Cidade dos Ossos” outros quatro livros da série fazem parte do acervo: “Cidade das Cinzas”, “Cidade de Vidro”, “Cidade dos Anjos Caídos” e “Cidade das Almas Perdidas”. O último e sexto livro “Cidade do Fogo Celestial” será lançado em maio deste ano nos Estados Unidos América (EUA), porém sem previsão de lançamento no Brasil.
“Sombras de um verão” do aclamado escritor americano Sidney Sheldon (1917-2007) é outro título adquirido recentemente e que está disponível para empréstimo na Biblioteca. Nesta obra escrita por Sheldon, mas publicada com autorização da família em 2013 por Tilly Bagshawe, Alexia De Vere decidiu que quando chegaria ao topo, ela sabia que precisaria de uma boa dose de coragem, obstinação e um talento indiscutível. Mas a atual ministra do Interior e esposa de um dos aristocratas mais tradicionais da Grã-Bretanha esconde sua cota de sujeira embaixo do tapete. Roxie, a filha, está confinada em uma cadeira de rodas. O herdeiro Michael acaba de abandonar Oxford para se aventurar como empresário. Seu único conforto é o generoso e devotado marido. Quando a pressão por estar no topo já parece o suficiente, ela ainda tem de lidar com o turbilhão que um dia varreu e lavou quem ela foi, e agora volta, mais forte que nunca, para afogar e destruir Alexia, a mulher do presente.
Outra série de livros “O diário de um banana” é escrita e ilustrada por Jeff Kinney, é composta por sete obras e a história baseia-se num garoto que no seu dia-a-dia tem que lidar com os seus irmãos Rodrick e Manny, os seus pais e a escola e, além disso, tem o desejo de se tornar famoso e popular é outra coleção disponível para empréstimo na Biblioteca. Os livros fizeram tanto sucesso que viraram filme, estreado em 2010 com o mesmo nome da série literária.
Todos esses e outros 16.632 livros catalogados e 11 mil não catalogados estão disponíveis para empréstimos aos usuários da Biblioteca Municipal. Somente no ano de 2013 houve o empréstimo de pouco mais de 25 mil obras. Os interessados em tornarem-se usuários desse serviço público devem procurar a Biblioteca Municipal situada no Centro Cultural Dr. José Carlos Guisso, na Rua 8, 2260, no Centro de Jales, no horário das 8 às 11h e das 13 às 17h, de segunda a sexta-feira. A Biblioteca vai realizar uma ação em comemoração à Páscoa para seus usuários que terão a oportunidade de preencher cupons para concorrer a um Kit de Páscoa contendo produtos de chocolate e um livro do autor Rui Rodrigues. O sorteio acontece no dia 16 de abril.
A Biblioteca Municipal foi criada pela Lei 464 de 8 de outubro de 1965 e passou a denominar-se Biblioteca Municipal Edith Moreira Ridolfo pelo Lei 3783 de 25 de agosto de 2010, em homenagem a primeira professora da cidade que lecionava música, especificamente piano e acordeão, e foi casada com o Dr. Edílio Ridolfo, que também é homenageado ao ter o nome no Centro Cultural que ocupa o Teatro Municipal. Edith morreu em 3 de julho de 2001.

 

Nice entrega novo caminhão tanque ao Corpo de Bombeiros de Jales






 
Após 26 anos utilizando o mesmo veículo, o Corpo de Bombeiros de Jales recebeu das mãos da prefeita Eunice Mistilides Silva – Nice, a chave de um novo caminhão tanque viabilizado através de uma parceria entre a Prefeitura e o Governo do Estado de São Paulo.
O governo estadual entregou em abril de 2013, o chassi do veículo Iveco, modelo Tector, no valor de R$ 134.000,00 e, com o empenho da prefeita Nice, foi possível viabilizar o custeio da montagem do caminhão tanque de R$ 240.000,00. “Queremos agradecer a prefeita Nice que se empenhou e, após 26 anos, fazer com que conseguíssemos ter um novo veículo. E não se trata de qualquer caminhão, mas de um tanque que comporta até 6 mil litros de água”, disse o Comandante do Posto de Bombeiros de Jales, Claudenor da Silva de Sá, mais conhecido como Subtenente Sá.
Sá disse ainda que “preferimos um auto tanque que comporta até 6 mil litros de água e pode transportar 3 pessoas, além de equipamento de salvamento, ao invés de um auto bomba que tem capacidade para 4 mil litros, 5 pessoas, mas não tem suporte para transportar os equipamentos necessários para casos de salvamento”.
A prefeita Nice, após entregar a chave e ser convidada a dar a primeira partida no caminhão, disse que é uma grande alegria entregar mais um veículo para o Corpo de Bombeiros em apenas 1 ano e 4 meses de sua gestão como prefeita. “É uma honra poder contribuir para o trabalho de quem arrisca a própria vida para salvar tantas outras. Vocês estão prontos e posicionados 24 horas por dia, 7 dias por semana e 12 meses por ano para fazer muito mais que apagar incêndios. São verdadeiros super heróis”.
Em julho de 2013, a prefeita Nice entregou uma nova unidade de resgate para o Corpo de Bombeiros de Jales, avaliada em R$ 145.000,00 e que já atende as emergências da cidade e de mais 13 municípios da região.
Participaram da cerimônia de entrega do novo caminhão ao Corpo de Bombeiros de Jales o comandante do Posto de Bombeiros de Fernandópolis, o 1º Tenente PM Gustavo Domingos Soares da Silva, o subcomandante do 13º Grupamento do Corpo de Bombeiros, Major PM Ricardo Garcia Salem, o comandante do 3º Subgrupamento do Corpo de Bombeiros, Capitão Renato Neves Rodrigues, o comandante do Posto de Bombeiros de Jales, Claudenor da Silva de Sá, o Delegado de Serviço Militar de Jales, 2º Tenente Exército Brasileiro, Berti, representantes do SAMU de Jales e os demais integrantes da corporação do Corpo de Bombeiros de Jales.

Arrastão da Campanha do Agasalho 2014 acontece no dia 24 de abril


A Campanha do Agasalho 2014 foi lançada pelo Fundo Social de Solidariedade de Jales e novamente irá ganhar as ruas da cidade. Pretendendo repetir o sucesso do ano passado, o Arrastão da Solidariedade acontecerá no dia 24 de abril.
O mutirão, que visa arrecadar cobertores e peças de vestuários em boas condições de uso, irá percorrer diversos bairros da cidade com saída em frente a SABESP às 17h30. Segundo  a presidente do Fundo Social, Maria José Leite- Zezé, veículos da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo, Polícias Militar, Civil e Florestal, Corpo de Bombeiros e clubes de serviços vão colaborar com a campanha.
A população também pode fazer a sua doação nos diversos postos de arrecadação que serão instalados na cidade, a exemplo das escolas da rede municipal, estadual e particulares de ensino, clubes de serviço, supermercados, Câmara e Prefeitura Municipal, delegacias de polícia, sede da OAB Jales, agências bancárias, igrejas, Hospital de Câncer, Santa Casa, entre outros.
As peças arrecadadas serão distribuídas à população carente durante um bazar, cuja data será definida pela equipe do Fundo Social. “É muito bom ver toda cidade se envolvendo em uma ação tão importante, doando, arrecadando ou recebendo as roupas. Convido a todos a se engajarem novamente nessa causa, que promove a solidariedade e a união da sociedade. Vamos olhar pra quem mais precisa, doando peças em bom estado de conservação”, afirmou Zezé.

 

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Fatec Jales promove palestras

No dia 3 de abril, a Fatec Jales promoveu palestras relacionadas a temas de extrema importância para quem deseja sucesso profissional.
No período diurno, nas dependências da instituição, a coordenadora didático-pedagógica do Projeto de Língua Inglesa das Fatecs, Prof.ª Me. Mariane Teixeira, discorreu sobre o tema: "De Jales para o Mundo: Como o Inglês pode abrir Portas", destacando a importância do idioma para o processo de seleção das empresas e as possibilidades de realização de intercâmbio.
No período noturno, além dessa, os presentes assistiram à apresentação do Prof. Dr. Márcio Antonio Hirose Fedichina, que abordou "O Mercado de Trabalho e o Profissional do Futuro", mostrando questões fundamentais para quem deseja ascensão profissional, como conhecimento, atualização constante, ética, responsabilidade, engajamento, trabalho em equipe e inovação.

Apabor promove encontro para discutir a cultura da seringueira em Jales

O evento é gratuito e possibilita que informações técnicas e mercadológicas cheguem a todos os envolvidos na cadeia produtiva de borracha

A Associação Paulista de Produtores e Beneficiadores de Borracha - Apabor, com apoio do Sindicato Rural de Jales, irá promover o segundo Workshop Seringueira deste ano para discutir sobre a cultura da seringueira neste sábado, dia 12 de abril, no Grandes Lagos Park Hotel, em Jales.
O evento é aberto para produtores interessados e para heveicultores. A programação terá início às 8 horas e contará com as seguintes palestras: Gerenciamento do Seringal – Aumente a produtividade da sua plantação, com o engenheiro agrônomo Marcos Roberto Murbach; Mercado da borracha natural – Entenda o movimento de baixa de preços, com Heiko Rossmann, diretor executivo da Apabor e especialista em mercado de borracha natural; e O ABC da seringueira – Linhas de crédito para a heveicultura, com um representante do Banco do Brasil.
O objetivo do evento, segundo Heiko Rossmann, diretor da Apabor, é atualizar conhecimentos de quem já é produtor de borracha natural, e disseminar informações de qualidade sobre o setor também para quem busca mais conhecimento a respeito da cultura antes de fazer seu investimento.
As cidades que serão sede do evento foram escolhidas de acordo com o potencial para a heveicultura. O intuito é possibilitar que informações técnicas e mercadológicas cheguem a todos os envolvidos na cadeia produtiva de borracha, para que tenham condições de potencializar a produção do seringal e atingir melhores resultados na cultura. Jales faz parte da principal região produtora de borracha do Estado de São Paulo.
Em 2013, o projeto Workshop Seringueira percorreu 10 cidades pelo interior do Estado de São Paulo reunindo ao todo mais de mil participantes. Neste ano, o evento já passou por São José do Rio Preto e agora segue para Jales, Castilho e Bebedouro.
Para se inscrever, basta acessar o site da Apabor – www.apabor.org.br - e fazer o cadastro. O Workshop Seringueira em Jales é gratuito. Mais informações pelo e-mail apabor@apabor.org.br ou pelo telefone (17) 3235-1088.
Sobre a Apabor – A Apabor é uma sociedade civil sem fins lucrativos, criada em 1992, com atuação em todo o território nacional e com sede em São José do Rio Preto. A associação é hoje um órgão importante de fomento e proteção do setor da borracha. Representa todos os segmentos da produção ao beneficiamento e tem uma agenda constante de participação e propostas junto aos órgãos representativos do setor, dentre eles a Câmara Setorial da Borracha Natural, em Brasília.
A entidade intensificou sua atuação junto aos órgãos federais e estaduais, como o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e a Secretaria da Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. Busca promover a cultura da seringueira em diversas regiões do Brasil, por meio da realização ou apoio a eventos, como o Workshop Seringueira.

Confira a programação do Workshop Seringueira em Jales:
8h - Credenciamento
8h45 - Abertura
9h - Gerenciamento do seringal /Produção Vegetal

Aumente a produtividade da sua plantação
Marcos Roberto Murbach – Santa Helena Agrícola
10h - Intervalo
10h30 - Mercado da borracha natural /Economia

Entenda o movimento de baixa de preços
Heiko Rossmann – APABOR
11h30 - O ABC da seringueira /Crédito Rural

Linhas de crédito para a heveicultura
 – Banco do Brasil
12h - Encerramento

Agenda de eventos Apabor 2014
12/04 – Workshop Seringueira em Jales/SP
23-25/04 - EXPOBOR 2014 – 11ª Feira Internacional de Tecnologia, Máquinas e Artefatos de Borracha 
09/05 – Workshop Seringueira em Castilho/SP
14/06 – Workshop Seringueira em Bebedouro/SP
Novembro/2014 - IX Ciclo de Palestras sobre a Heveicultura Paulista


Nice representa região na 4ª Conferência Estadual de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora




 
O Conselho Estadual de Saúde de São Paulo realizou na noite de 7 de abril, a cerimônia de abertura da Etapa Macrorregional em São José do Rio Preto da 4ª Conferência Estadual de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora. A prefeita Eunice Mistilides Silva – Nice foi convidada a compor a mesa de honra e representar a região de Jales.
O evento que acontece nos dias 7, 8 e 9 de abril objetiva analisar prioridades e elaborar propostas para os municípios, a macrorregião, Estados e União na implementação da Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora, considerando os processos produtivos no território e a situação de saúde dos trabalhadores, formais e informais, rurais ou urbanos.
A 4ª Conferência contou com importantes parceiros como as Prefeituras de Araçatuba e Ilha Solteira, Diretoria Regional de Saúde – DRS XV, DRS II, Grupo de Vigilância Sanitária (GVS) e Grupo de Vigilância Epidemiológica (GVE) de Jales, GVS e GVE de São José do Rio Preto, Conselho Estadual de Saúde – CES/SP, CIST – SP, Conselho Municipal de Saúde de São José do Rio Preto e Conselho Municipal de Saúde de Araçatuba.
Em seu discurso, a prefeita Nice que esteve no evento acompanhada pela secretária de Saúde, Nilva Gomes, agradeceu ao convite para fazer parte da mesa diretora e disse que “como prefeita de Jales e presidenta do CONSIRJ – Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região de Jales, que representa 16 municípios da região, me coloco à disposição para ajudar no que for preciso. Esse espaço será fundamental para discussões e sugestões para que o trabalhador fique cada vez mais fortalecido no setor de saúde”.
O evento contou com a presença do secretário de Saúde de Rio Preto, Dr. José Victor Maniglia, que representou o prefeito Valdomiro Lopes, Izabel Martin, que representou o prefeito de Araçatuba, Cido Sério, Eliana Martinez, representante do prefeito Bento Sgarboza, de Ilha Solteira, Cláudia Monteiro Ferrazzi Ferreira, diretora técnica do DRS XV de Rio Preto, Silvia Carreto, representante do DRS II de Araçatuba, Rogério Vinícius dos Santos, representante do Conselho Municipal de Saúde de Rio Preto, Estevam Soares Scaglione, representante do Conselho Estadual de Saúde, Rosinéia Vasques, representante do gerente regional do INSS e do professor José Luís Santos de Oliveira, diretor da UNIP de Rio Preto.

 

Pelo segundo ano consecutivo Jales vai participar do Dia do Desafio


 Pelo segundo ano consecutivo Jales estará no Dia do Desafio que será realizado no dia 28 de maio. A confirmação foi dada pela prefeita Eunice Mistilides Silva – Nice e pelo chefe de gabinete da SMECT – Secretaria Municipal de Esportes, Cultura e Turismo de Jales, Reynaldo Azevedo, o Rolinha.
Com o objetivo de driblar a inatividade, o Dia do Desafio, ou Challenge Day, é um evento anual que acontece de forma simultânea em diversos países, incentivando as pessoas a pararem com a rotina do dia a dia praticando uma atividade física durante pelo menos 15 minutos consecutivos. 
A mobilização e o empenho da população e de todos que abraçaram a causa foram fundamentais para superar as dificuldades e os obstáculos e fazer Jales vencer as cidades cubanas Sandino e El Salvador, com 58.30% de adesão da população, no mês de maio do ano passado.
“Após quatro anos longe da competição, através do empenho da prefeita Nice, voltamos a participar em 2013 e com a mobilização da sociedade, empresas, escolas das redes municipal, estadual e particular de ensino, Unijales, entidades de classe, entre outros, garantimos o bom resultado daquele Dia do Desafio”, frisou o chefe de gabinete, Rolinha.
A prefeita Nice ressaltou que todas as secretarias municipais estarão envolvidas no evento, tanto na elaboração de atividades, quanto na mobilização da comunidade e participação efetiva no Dia do Desafio. Segundo a prefeita, Jales não pode ficar de fora desta competição. “Desde 2008, não tínhamos o Dia do Desafio na cidade, então fiz questão de incluir nosso município, para que através da atividade física sejamos cada vez mais saudáveis. A vitória mostrou que o resultado não poderia ser melhor e, esse ano vamos nos esforçar para garantir o mesmo sucesso”, finalizou.
DIA DO DESAFIO 
O Dia do Desafio foi criado no Canadá e é difundido mundialmente pela TAFISA – The Association For International Sport for All – entidade de promoção do esporte para todos, sediada na Alemanha. É uma campanha de incentivo à prática regular de atividades físicas em benefício da saúde, e acontece anualmente na última quarta-feira do mês de maio, por meio de ações comunitárias. Desde 2000, o SESC São Paulo assumiu a coordenação do Dia do Desafio para o Continente Americano e em todo o Brasil, as Unidades SESC coordenam as atividades nos estados.

Prefeita Nice recebeu chefes dos Jogos Regionais da 6ª Região Esportiva do Estado


A prefeita Eunice Mistilides Silva – Nice e a equipe da secretaria de Esportes, Cultura e Turismo – SMECT de Jales, receberam na manhã da terça-feira, 8, a chefe dos 58º Jogos Regionais da 6ª Região do Estado de São Paulo, Leonice Favaro e o assistente de chefia, Wilson Tonelli para tratarem de assuntos relacionados à organização do Jogos Regionais que acontece na cidade entre os dias 2 e 12 de julho.
O encontro realizado no gabinete da prefeita teve na pauta assuntos relacionados ao Plano de Trabalho, número de atletas participantes, delegações, alojamentos, praças esportivas, datas e horários de jogos, equipes de arbitragem, estratégias de comunicação e marketing, bem como cronograma com datas para obras de reformas e adequações nos locais de competições, entre outros assuntos.
O representante da Inspetoria Regional de Esportes vinculada a Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude (SELJ), Wilter Guerzoni e o chefe da inspetoria, José Antonio de Carvalho participaram da reunião que contou com a presença do chefe de gabinete da SMECT, Reynaldo de Azevedo, o Rolinha, o responsável pelo setor de alojamentos dos Jogos Regionais em Jales, João Roberto da Rocha, o Porquinho, a assessora de Cultura da SMECT e também responsável pelo cerimonial de abertura dos Jogos, Ivani Franco Pereira e o responsável pelo Plano de Trabalho, Ademir Molina.
A prefeita Nice lembrou que a 58ª edição dos Jogos Regionais deve reunir em Jales aproximadamente 6.500 pessoas entre atletas, dirigentes e comissão técnica. “Vamos estar com tudo pronto para fazermos uma edição dos Jogos Regionais que ficará registrada na história esportiva da cidade. Serão disputadas 22 modalidades em 25 praças esportivas e com toda essa grandiosidade vamos ser referência no esporte como fomos nos Jogos Escolares do Estado de São Paulo no mês de agosto de 2013”, enfatizou a prefeita Nice.
Após a reunião, as equipes da SMECT e da Inspetoria Regional de Esportes vinculada a SELJ, acompanharam Leonice Favaro e Wilson Tonelli em uma visita aos locais que serão Praças Esportivas durante os 58º Jogos Regionais de Jales.

terça-feira, 8 de abril de 2014

Justiça quer explicação sobre nomeação de esposa de prefeito

Ethos Conteúdo em Fernandópolis

A Justiça de Jales mandou citar o prefeito de Pontalinda e a esposa, em uma ação civil pública por suposto ato de nepotismo.

A ação civil pública por ato de improbidade administrativa ajuizada pelo Ministério Público de Jales em face do municipio, do prefeito Elvis Carlos de Souza e a esposa, Suzetti Maria São Felice de Souza.Alegou, em resumo, que o prefeito , por nepotismo, a considerar que, após a criação de cargo de provimento em comissão na secretaria municipal de assistência e desenvolvimento social, nomeou, por meio de portaria, a esposa, também ré, para o referido cargo, contrariando, a Súmula Vinculante 13 do

Publicidade

Supremo Tribunal Federal e o Princípio da Moralidade Administrativa. Requereu, a nulidade da Portaria 121 de 05 de fevereiro de 2013, com efeitos retroativo à data da edição, bem como todos os efeitos dela decorrentes. Solicitou a condenação dos réus, com exceção do município de Pontalinda, solidariamente, a devolução da remuneração percebida por Suzeti Maria São Felice de Sousa durante o exercício do cargo, (início em fevereiro de 2013). Por fim, o MP requereu a condenação dos réus,

"No mérito, que a nomeação ocorreu de forma legal, sendo que não houve nenhum ato de improbidade, requerendo, pois, o não recebimento da inicial. Por sua vez, foram apresentadas pelos réus Elvis e Suzeti a defesa preliminar e documentos , em síntese, o seguinte: preliminarmente, nulidade do inquérito civil e violação do devido processo legal. No mérito, que a nomeação ocorreu de forma legal, sendo que não houve nenhum ato de improbidade, requerendo, pois, o não recebimento da inicial. As fls. 239/241 o autor requereu o prosseguimento do feito.A ré Suzeti, como bem exposto pelo autor, compareceu na Promotoria e suas declarações foram reduzidas a termo Tentou-se com o réu Elvis a celebração do termo de ajustamento de conduta para solução da questão o que não se efetivou por falta de atendimento do mesmo Logo, os réus estavam cientes acerca do procedimento civil instaurado e, assim, descabidas as preliminares arguidas na defesa apresentada. Outrossim, verifico que há indícios, segundo provas documentais, de irregularidades praticadas pelos réus. Assim, após analisar os documentos juntados aos autos e as defesas preliminares, deixo de rejeitar a ação, pois não estou, neste juízo provisório, convencido da inexistência do ato de improbidade, da improcedência da ação ou da inadequação da via eleita, merecendo os fatos serem apreciados em cognição ampla", escreveu o despacho da Justiça


Provedoria da Santa Casa de Fernandópolis fala sobre aprovação de um financiamento


 
Na manhã desta segunda-feira, 7 de abril, a Provedoria da Santa Casa de Fernandópolis concedeu uma entrevista coletiva sobre a aprovação de um financiamento de R$12,4 milhões destinados à reestruturação de dívidas com fornecedores e bancos, visando a modernização e melhoria da gestão da entidade.
O anúncio da aprovação pela Agência de Desenvolvimento Paulista (Desenvolve SP) foi transmitido ao Provedor da Santa Casa,
Geraldo Silva de Carvalho, na última sexta-feira, dia 07, por assessores do Secretário de Planejamento Júlio Semeghini. Desde o início do ano passado a diretoria da Irmandade pleiteia a ajuda pública para equilibrar as finanças da instituição.
“Esse financiamento possibilitará que a Santa Casa possa reduzir o valor de sua dívida, porque com o resgate dos financiamentos há a redução do valor das parcelas, diminuindo o valor dos juros e toda correção que é feita”, salienta o Provedor.
O PROCESSO
Com os movimentos das Santas Casas, “Tabela SUS-Reajuste já!”, reivindicando o reajuste da tabela SUS pelo governo federal, em 2013 também houve a abertura de créditos para financiamento pela Desenvolve SP, do governo estadual. A Santa Casa elaborou o projeto técnico, que em agosto do mesmo ano foi aprovado pela Agência, mas em fevereiro deste ano foi indeferido pelo Conselho de Administração.
Para o deferimento do projeto houve o apoio do Secretário Estadual de Planejamento e Desenvolvimento Regional, Júlio Semeghini e do Diretor Administrativo Financeiro da Prodesp, Gilmar Gimenes,  que intercederam junto ao Governador Geraldo Alckmin para aprovação do mesmo junto ao Conselho de Administração da Desenvolve SP.
A consideração por parte do Secretário Júlio Semeghini, do Diretor Gilmar Gimenes e do Governador Geraldo Alckmin para a aprovação do projeto foi de extrema importância, por isso somos gratos a estes três apoiadores da Santa Casa”, ressalta o Coordenador Administrativo do hospital,
Antônio Carlos de Oliveira.
APLICAÇÃO
As regras da Desenvolve SP preveem que o valor seja utilizado para o pagamento de dívidas com instituições financeiras, que serão quitadas diretamente pela Agência, e para o pagamento de fornecedores, não podendo ser utilizado para quitar débitos junto aos colaboradores nem médicos.
BENEFÍCIOS
Com o financiamento, a taxa de juros que eram pagos cai de 1,55% para 0,7% ao mês, o que possibilita a reestruturação financeira em um prazo de dez anos. Além desse programa, a condição de Hospital de Ensino tem proporcionado uma verba mensal de R$ 63.200 mil pelo Ministério da Saúde. O hospital também participa do programa “Santas Casas Sustentáveis”, do Governo do Estado de São Paulo, em que há a destinação mensal de R$ 261.600,31 para o custeio da entidade por um período de doze meses.

 

 

DEPUTADO ITAMAR BORGES VISITA HOSPITAL DO CÂNCER DE JALES


 

O deputado estadual Itamar Borges, presidente da Frente Parlamentar das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos, esteve em mais uma visita ao Hospital do Câncer de Jales.
Itamar foi recepcionado por Maíra, secretária executiva da unidade.
Durante a visita o parlamentar foi conhecer as ampliações recentes e os investimentos previstos. Os atendimentos oferecidos são oncologia clínica, radioterapia, diagnóstico por imagem, pequenas cirurgias, endoscopia, colonoscopia, exames laboratoriais, preventivos, rádio quimioterapia.
O deputado que já destinou recursos para o hospital e tem a saúde como uma das principais bandeiras de seu mandato e realiza várias gestões para atender as reivindicações deste segmento.
 “O Hospital do Câncer de Jales, que é uma extensão do de Barretos, possui excelente estrutura tanto na área médica quanto nos equipamentos. Aqui, os pacientes estão sempre em boas mãos”, salientou o deputado que é líder da bancada do PMDB na Assembleia Legislativa.

CONCURSO: Polícia Militar abre concurso para 220 vagas de aluno-oficial


A Polícia Militar abriu concurso para preencher 220 vagas de aluno-oficial. As inscrições estão abertas, exclusivamente pela internet, pelo site da Vunesp e vão até 30 de abril. 
Os aprovados farão o curso superior de Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública, um dos mais concorridos do Estado. De acordo com o edital, o salário inicial é de R$ 2.663,50.
Para concorrer, é necessário ter concluído o Ensino Médio, ser brasileiro, ter no máximo 26 anos, estar em dia com as obrigações eleitorais e com serviço militar e não possuir antecedentes criminais. 
Os homens devem ter no mínimo 1,65 m de altura, e as mulheres 1,60. A taxa de inscrição é R$ 130.
Provas
Os candidatos serão avaliados em prova escrita, com 80 questões objetivas de alternativa, e redação. Serão submetidos à avaliação de condicionamento físico, exames de saúde e psicológicos, além de passar por um processo de investigação social e análise de documentos e títulos.
O curso
Após aprovados, os alunos-oficiais passam por aproximadamente três anos de formação na Academia de Polícia Militar do Barro Branco (APMBB), na zona norte da Capital.
São aplicadas diversas disciplinas como Polícia Comunitária, Direitos Humanos, Inteligência Policial, Noções de Polícia Científica, entre outras.
A formação tem o objetivo de capacitá-los para o exercício de comando e gestão das atividades de polícia ostensiva, preservação da ordem pública, defesa civil e territorial. O curso inclui estágio de observação de ações policiais.
Após a conclusão, os cadetes se tornam aspirantes a oficiais e passam por estágio de seis meses acompanhando unidades de patrulha das regiões em que vão atuar. Depois desse período, se tornam 2º tenentes.

 

Santa Casa recebe doação de equipamento para UTI Neonatal

A Santa Casa de Votuporanga recebeu na última semana a doação de uma ordenhadeira para a UTI Neonatal do Hospital. O equipamento é utilizado na extração de leite humano. A doação partiu do Projeto Renascer, composto por voluntários do Hospital e do grupo "Viva a Vida!", que contribui com instituições filantrópicas da cidade. A UTI Neonatal conta com 10 leitos e atende uma média de 240 recém-nascidos anualmente.

"A ordenhadeira será muito útil, pois é de extrema importância na coleta de leite materno, que auxilia no desenvolvimento da criança", declara a médica responsável pela UTI Neonatal, Dra. Lara Galvani Gregi, enquanto o provedor da Santa Casa, Valmir Antônio Dornelas, destaca o gesto solidário das voluntárias de ambos os grupos. "O Hospital necessita dessas contribuições e somos muito gratos pelo trabalho voluntário que os grupos desenvolvem e ainda a doação que chegou em um momento oportuno".

A voluntária do Projeto Renascer, Maria Isabel Del Álamo, ressaltou que contribui com o Hospital há nove anos. "Isso já passou a ser uma missão, uma parte da minha vida". Também participaram da doação as representantes do grupo "Viva a Vida!", Genny Zapparoli, Olga Balbo Fontes e Maria Leda Nabuco de Campos.

segunda-feira, 7 de abril de 2014

Foco da Embrapa na Agrishow 2014 será no manejo integrado de pragas, com ênfase na Helicoverpa

Na Agrishow deste ano, a parceria entre a feira e a Embrapa no Núcleo de Tecnologia e Demonstração de Campo, onde são realizadas as experiências práticas, foi reforçada e se concentrará nas demonstrações sobre o manejo integrado de pragas, com foco especial no combate a Helicoverpa, a lagarta que tem preocupado produtores, especialistas no assunto e entidades governamentais. "Nossos técnicos estarão de plantão para tirar todas as dúvidas e fazer os esclarecimentos necessários para os produtores em relação à melhor forma de controlar a proliferação de pragas, em especial, a Helicoverpa", informa Ladislau Skorupa, chefe adjunto de Transferência de Tecnologia da Embrapa Meio Ambiente.
Segundo ele, na dinâmica de campo com foco na Helicoverpa serão passadas informações sobre a melhor forma de fazer a calibração de alvo para aplicação mecanizada do defensivo em cultura de soja. "Para esta dinâmica de campo, estamos convidando empresas do segmento de máquinas e equipamentos destinados à pulverização", explica Skorupa. Será demonstrado, em detalhes, o uso do programa "Gotas-Embrapa", destinado a avaliar a deposição de gotas de produtos químicos e biológicos nos alvos, assim como o volume de calda efetivo que deve ser aplicado a cada cultura.
Além das demonstrações práticas sobre o manejo integrado de pragas, os especialistas da Embrapa também farão apresentações teóricas, passando informações sobre as pragas, os danos causados em diversas culturas, sua identificação e a estratégia de combate recomendada pelos técnicos da instituição. A apresentação do MIP (Manejo Integrado de Pragas) também será feita nas áreas dos plots e em tendas satélites, abordando e detalhando o conceito. Haverá ainda uma dinâmica de coleta e identificação de insetos benéficos às culturas.
De acordo com Skorupa, neste espaço será apresentado ainda um balanço da "Caravana Embrapa", iniciada em dezembro de 2013, que percorreu as principais regiões do Brasil para disseminar o conhecimento e as informações sobre as maiores ameaças fitossanitárias e o conceito de manejo integrado de pragas.
Além da atenção especial à Helicoverpa, também serão apresentadas na Tenda Embrapa da Agrishow 2014 as seguintes tecnologias: arborização de pastagens; compostagem doméstica; o SOMABRASIL (Sistema de Observação e Monitoramento da Agricultura no Brasil); Projeto Pecus, que é uma avaliação do balanço entre as emissões de gases de efeito estufa (GEE) e os sumidouros ("sequestro") de carbono dos vários sistemas de produção da pecuária; Fertilizante Organomineral de Cama de Frango; Biblioteca Embrapa, com venda de publicações técnicas; maquete conceitual sobre Integração lavoura-pecuária-floresta (iLPF); entre outras atividades.
Em relação a este último tópico, iLPF, o chefe adjunto de Transferência de Tecnologia da Embrapa acrescenta que, a exemplo do ano passado, a área de 16 hectares contará com a demonstração de como se dá o manejo de gado junto com a floresta e a produção agrícola. "Em razão da importância desse conceito e do grande interesse despertado na Agrishow do ano passado, intensificamos as ações, incrementando a colocação de animais no projeto", conta Skorupa.
Além da Tenda Embrapa (principal), haverá um espaço voltado para as tecnologias aplicadas à agricultura familiar, como, por exemplo, aquelas destinadas a saneamento básico rural; desinfecção de solo; compostagem doméstica; abelhas e polinização de culturas, entre outras. A Embrapa também estará presente no estande do Ministério da Agricultura, onde os visitantes poderão obter informações sobre todas as tecnologias apresentadas pela Embrapa na feira. Até o momento estão confirmadas 15 Unidades da empresa.
Haverá ainda a parte de estufas, que será ocupada com hortaliças não convencionais; TOMATEC - Sistema de Produção de Tomate de Mesa Ecologicamente Cultivado; práticas de compostagem e compostagem doméstica; o manejo conservativo de espécies e práticas de adubação verde utilizando plantas atrativas de inimigos naturais de pragas. Por fim, nas áreas de plots os destaques serão: coleção de forrageiras (cerca de 30 materiais) e culturas diversas (também com cerca de 30 materiais).


Agentes Federais na luta contra o câncer da Segurança Pública

Federação alerta que burocracia e desvalorização da carreira dos agentes federais causam graves prejuízos ao país.

Nesta terça-feira, 08 de abril, agentes federais em todo o país vão paralisar as atividades no Dia Mundial de Luta contra o Câncer. Em frente às unidades da PF, os policiais vão realizar o velório da Segurança Pública, pois consideram a burocracia e a falta de investimentos os grandes cânceres das polícias brasileiras.
Com caixões, coroas de flores e gestos de luto, o movimento protesta contra a crise da segurança pública. Segundo os sindicatos, os agentes federais estão desmotivados, pois são frequentes as interferências políticas ou burocráticas nas investigações. Somente no ano passado mais de 115 agentes federais abandonaram a carreira, conforme dados oficiais.
Segundo a federação nacional dos policiais federais, não bastassem os últimos cinco anos de congelamento salarial, agentes federais têm denunciado que seus relatórios de investigação e de inteligência não estão chegando aos processos criminais que tramitam no Poder Judiciário.
Jones Borges Leal, presidente da federação, afirma que "uma das nossas metas é exigir que os relatórios produzidos pelos agentes federais sempre sejam avaliados pelos juízes, pois muitos processos são arquivados por falta de provas, e corruptos e criminosos ficam impunes, devido às interferências de uma burocracia inútil que existe na Polícia Federal".
Divulgação recente da Polícia Federal anunciou que atualmente o órgão está investigando fraudes e corrupção em investimentos do Governo Federal que ultrapassam o valor de 15 bilhões de reais.
E Leal critica o que considera uma incoerência: "é injustificável o Governo Dilma sucatear a carreira dos agentes federais, se eles são os especialistas responsáveis por investigações que defendem investimentos de mais de 15 bilhões de reais do próprio Governo Federal".
Segundo Leal, várias unidades especializadas da PF possuem menos da metade do número ideal de investigadores. "Existem núcleos operacionais de delegacias especializadas com 2 ou 3 agentes federais, e isso significa que uma investigação que deveria durar 2 meses vai durar 2 anos. É um absurdo, pois crimes são prescritos, e os corruptos e o crime organizado comemoram o descaso do governo com a Polícia Federal".
Além dos protestos, as entidades sindicais também vão iniciar uma campanha nacional de prevenção ao câncer direcionada a todos os servidores da Polícia Federal, incluindo também os servidores terceirizados.

1ª Conferência Estadual de Proteção e Defesa Civil

A 1ª Conferência Estadual de Proteção e Defesa Civil (1ª CEPDC) ocorre nos dias 12 e 13 de abril, com o objetivo de promover a participação, o controle social e a integração das Políticas Públicas relacionadas à Defesa Civil, tendo em vista novos paradigmas para o tema Proteção e a Defesa Civil. Organizada pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio de sua Defesa Civil Estadual (CEDEC/SP), a 1ª CEPDC faz parte da conclusão do processo que totalizou 19 Conferências – sendo uma Municipal e 18 Intermunicipais – e na votação de novos princípios, diretrizes e delegados. Selecionados ao longo destas conferências serão priorizados 10 princípios, 30 diretrizes e, eleitos, 100 delegados entre representantes da Sociedade Civil, Poder Público, Conselhos Profissionais e de Políticas Públicas e da Comunidade Científica, para participação na 2ª Conferência Nacional de Proteção e Defesa Civil (2ª CNPDC), que ocorrerá em Brasília.

Além dos 600 delegados eleitos nas fases municipais e intermunicipais, observadores inscritos pelo site da CEDEC/SP (www.defesacivil.sp.gov.br) também participarão do evento. A 1ª Conferência Estadual de Proteção e Defesa Civil (1ª CEPDC) será realizada nos dias 12 e 13 de abril de 2014, no Auditório Ulysses Guimarães, Palácio dos Bandeirantes, situado a Avenida Morumbi, 4.500, Morumbi, São Paulo – SP, com início das atividades as 8h.

Gaby Fontenelle é a estrela da capa da Playboy de Abril

Atração do programa "O Melhor do Brasil" – Rede Record
Gaby Fontenelle é modelo, bailarina, humorista e atriz, atuou em diversos quadros do programa "O Melhor do Brasil", apresentado por Rodrigo Faro na TV Record, dentre eles: Esposa de aluguel, Famosos.com, Dança Gatinho, Esquadrão o Melhor do Brasil. Sempre carismática já conquistou milhares de fãs, por isso é bastante cotada para campanhas publicitárias.

A “PEGADA” DEIXADA PELO CONSUMO INSUSTENTÁVEL


 
 
Por Débora Salatino Palomares e Marçal Rogério Rizzo
O crescimento populacional e o avanço tecnológico causaram, nos últimos séculos, um desequilíbrio ambiental decorrente do uso insustentável dos recursos naturais essenciais para a sobrevivência da humanidade. Inclusive, esse desequilíbrio compromete a própria expectativa de se continuar com os mesmos níveis de consumo de bens e serviços necessários para manter o atual estilo de vida. Diante dessa situação, nos anos 90, foi criada a Pegada Ecológica (ecological footprint) que tem a finalidade de demonstrar o quanto a população consome recursos naturais e qual a sua capacidade de regeneração (biocapacidade).
Atualmente, a demanda por recursos naturais é cerca de 50% superior ao que o planeta é capaz de renovar, consequentemente, a Pegada Ecológica produzida pela população mundial é em média de 2,7 hectares globais por habitante. Entretanto, o planeta consegue sustentar somente 1,8 hectares globais por habitante. Isso denota que para sustentar o estilo de vida da população atual é necessário um planeta e meio, comprometendo, com isso, a biocapacidade dos recursos naturais.
De acordo com projeções, até a metade do atual século, caso os padrões de consumo dos recursos naturais não se alterem, os sistemas naturais estarão em colapso e será necessário mais de dois planetas para que a população continue com o mesmo estilo de vida. Fica evidente que isto decorre, dentre outros motivos, da perda acelerada da biodiversidade, do aumento da exploração dos recursos naturais, sem que se pense na sua capacidade de renovação, implicando na perda de espécies de plantas e animais.
Desde 1970, foi perdida cerca de 35% da biodiversidade. Tal perda se compara apenas aos acontecimentos de extinções em massa que, sobretudo, foram causados por fatos naturais e nunca por seres humanos. Além disso, segundo a União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN), desde 1500, aos menos 76 espécies já desapareceram. Essa situação pode ser considerada como uma crise de extinção.
No Brasil, a Pegada Ecológica é de 2,9 hectares globais por habitante, com isso o consumo de recursos naturais é elevado, mas próximo da média mundial. Conforme expõe o Relatório Planeta Vivo da WWF, o Brasil é o 56° no ranking dos que mais consome recursos naturais com relação à capacidade de renovação do planeta.
Além de medir as “pegadas” deixadas no planeta em decorrência dos hábitos de consumo, a WWF expandiu o cálculo também para as cidades. No Brasil, a primeira cidade a ter a sua Pegada Ecológica calculada foi Campo Grande. A cidade foi escolhida por abrigar parte de uma grande riqueza ambiental, o Pantanal, que sofre da ameaça da degradação por causa dos modos insustentáveis de consumo.
Por conseguinte, Campo Grande tem uma Pegada Ecológica de 3,14 hectares globais por habitante, isto significa que se todas as pessoas do planeta consumissem de forma semelhante aos campo-grandenses, seriam necessários quase dois planetas para sustentar esse estilo de vida.
Logo, a Pegada Ecológica é uma importante ferramenta para orientar os países em seu desenvolvimento econômico de tal modo que constituam estratégicas sustentáveis de aproveitamento dos recursos naturais. Ademais, com a crescente exploração dos recursos naturais, em um futuro não muito distante, eles serão tão escassos ao ponto de provocarem conflitos entre nações que buscam utilizá-los e as que ainda possuam recursos naturais.
Assim, a conservação da biodiversidade atualmente é um elemento decisivo e de grande complexidade, pelo envolvimento de questões ambientais e de riscos a destruição ambiental, sendo tudo isto agravado pela globalização econômica, pelo aumento da população mundial, pela demanda cada vez maior de recursos naturais, dentre outras causas. E é patente que o maior responsável por toda essa degradação do meio ambiente, infelizmente, é o próprio ser humano.  
Questionar o consagrado marco do consumo não é tarefa fácil. Envolve não é apenas enfrentar o sistema, mas também enfrentar a força da inércia, do individualismo e a zona de conforto do ser humano.
Débora Salatino Palomares: Acadêmica do Curso de Direito da UFMS – Câmpus de Três Lagoas. E-mail: debora.spalomares@gmail.com
Marçal Rogério Rizzo: Economista e Professor do Curso de Administração da UFMS – Câmpus de Três Lagoas . E-mail: marcalprofessor@yahoo.com.br