Páginas

sábado, 11 de janeiro de 2014

PrefeitaNice volta atrás e anuncia licitação para a exploração da FACIP

 
Um inquérito civil público fez com prefeita Nice Mistilides voltasse atrás em sua decisão e revogou nesta quinta-feira, 9 de janeiro, o Decreto nº 6182, de 9 de dezembro de 2013, que dava à BX Eventos, o direito de realizar evento nos moldes da Facip no mês de abril em Jales.
Em entrevista à imprensa nesta sexta-feira, 10 de janeiro, Nice explicou que em função de em outros anos a festa ter sido realizada através de um Decreto, o departamento jurídico havia optado por este molde, mas "em função de um inquérito civil público que recebemos, decidi que suspenderia o decreto e realizaríamos um processo licitatório para poder fazer a Facip no mês de abril de forma transparente e que não haja dúvidas sobre a sua realização".
Segundo a prefeita, em breve será apresentado o edital e as empresas interessadas apresentarão suas propostas. "Será uma festa de grandes proporções com show de artistas renomados no cenário musical nacional, rodeio, exposições comerciais, industriais e agrícolas, praças de alimentação, boate itinerante e barracas das entidades assistenciais da cidade. Acredito que diversas empresas e empresários do ramo terão interesse em concorrer".
A prefeita contou que o empresário Oswaldo Costa Junior compreendeu a medida tomada por ela e entendeu que seria para o bem da cidade e também da empresa BX Eventos. "Não é nossa intenção lesar quem quer que seja, só estamos fazendo tudo de forma legal para que não tenhamos problemas no futuro. Caso seja de interesse do empresário Bixiga, sua empresa poderá perfeitamente concorrer no processo licitatório, desde que atenda as exigências do edital".
Indagada sobre o motivo de terceirizar o evento, a prefeita Nice alegou que a prefeitura de Jales tem prioridades mais importantes, como asfalto, saúde e educação e que a melhor solução será a terceirização da festa que vai ser promovida por uma empresa especializada no assunto.
Além de representantes de veículos de comunicação da cidade, o vereador Nivaldo Batista de Oliveira, o Tiquinho acompanhou a coletiva de imprensa.

 

Apesar de ter anunciado a conquista

Apesar de
 
 
ter anunciado a conquista de alguns convênios junto aos governos estadual e federal para investimentos na cidade, o descontentamento com a administração municipal deve continuar neste ano de 2.014. Aumento do IPTU, do ITU, da TIP e outras coisitas mais, deixam o contribuinte, também eleitor, desgostoso com os rumos da política administrativa no município  
E tem mais,
 
o mutuário que adquiriu a casa própria no jardim Nova Jales, pelo programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal, e que está fazendo adequações no imóvel para mudar logo e sair do aluguel, recebeu a visita do fiscal da Prefeitura querendo saber se havia projeto de ampliação da casa.  
Bem que
 
a prefeita poderia ter tido o bom senso e dado um tempinho para os mutuários e depois sim, enviar o fiscal para conversar com eles.  
O vereador
 
Luiz Rosalino (PT) avisou pela tribuna da Câmara Municipal que o acordo como estava sendo formalizado entre a administração municipal, ou melhor, a prefeita Nice e a BX Eventos para promover a festa em abril deste ano não teria como prosperar. Está na hora da alcaide criar um Conselho para dialogar sobre assuntos administrativos. Para baixar o Decreto para firmar o acordo com a BX Eventos, a prefeita deve ter sido orientada. Agora, ao tomar conhecimento de ICP, se viu obrigada a voltar atrás revogando o decreto e preparar o sistema licitatório. Ninguém previu isso? O Rosalino sim! Enfim...  Nesta sexta-feira,
10 de maio, foi o último dia de Reginaldo Viota assinar como secretário municipal de Administração da prefeita Nice. O ex-secretário é primo do ex-PMDB, ex-vereador, ex-presidente da Câmara, ex-presidente do Consirg, Luiz Henrique Viotto (Macetão).
 Foi publicado  
no Diário Oficial do Estado na segunda-feira, 9 de janeiro, despacho do conselheiro Dimas Ramalho, do TCE-SP, dando prazo de 15 dias, para o Instituto "Corpore" para o Desenvolvimento da Qualidade de Vida, ex-prefeito Humberto Parini, ex-secretário municipal de Saúde, Donisetti Santos de Oliveira e a Prefeitura de Jales como órgão concessor, apresentem justificativas às ocorrências constatadas pela fiscalização na prestação de contas–termo de parceria.
 
O objetivo  
da parceira assinada em 2012 foi de complementação da prestação de serviços de saúde nas equipes da estratégia de Saúde da Família – ESF e na Unidade Básica de Saúde, que integram o Sistema Único de Saúde. O valor da parceria foi de R$ 691.177,56. O conselheiro Dimas Ramalho faz 15 questionamentos. Um deles solicita "Declaração formal sobre se a(s) entidade(s) beneficiária(s) é (são) autossustentável (is), possuindo fonte própria de recursos, além das verbas repassadas pelos entes públicos ou, no sentido oposto, se é (são) dependente(s) e/ou exclusivamente financiada(s) com recursos do Estado".
 
A prefeita  
Nice reuniu-se com o se secretário para tratar das metas para 2.014. As metas evidentemente estão no programa de governo elaborado pela assessoria de campanha e divulgado durante a campanha eleitoral. E só fazer o secretariado funcionar.
 
Falando em metas  
quando é que vão colocar como meta a venda do estádio municipal, um "jurassic park" que está atravacando o desenvolvimento daquele setor.
 
E quando  
a Secretaria Municipal de Esportes, Cultura e Turismo (Smect) vai encerrar uma atividade que existiria no Estádio Municipal por meio de uma empresa privada que treina jovens no próprio municipal para fins lucrativo. Ou eles pagam as devidas taxas?
 
As secretarias  
municipais de Planejamento, Desenvolvimento Econômico e Trânsito, de Obras, Serviços Públicos e Habitação e de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente começaram na quarta-feira, 8 de janeiro, um esforço concentrado para realizar a manutenção de jardins e poda de árvores nas praças e prédios públicos, além de canteiros centrais e margens de avenidas. Estava na hora, depois de 10 dias de folga. Não só na parte central da cidade. Na periferia a impressão é de cidade abandonada. Principalmente as praças.
 
O pessoal do  botequim da vila disse que ali na praça do Maçom, fizeram um mutirão para limpeza e recolheram duas sacas e meia de carrapicho. Já pensaram se fosse braquiara?

Muito lixo:até quando? o que fazer?

Por Jorge Luiz Fronho de Sousa e Benedito Gonçalves da Silva

Mais um ano e, com ele, as chuvas sempre presentes. Sacos de lixos boiando nos rios, córregos, piscinões, além das doenças consequentes de tais situações. A população fica dependente de todos os estragos causados, prejuízos econômicos e perigos que afetam áreas, geralmente ocupadas por famílias de baixa renda em busca da sobrevivência. É fato que, com a repetição do caos, temos que pensar de que forma estamos tratando o lixo que produzimos e qual providência podemos tomar para solucionar ou minimizar os problemas ocasionados.

Naturalmente, lidar com a dinâmica da geração de resíduos em médias e grandes cidades não é nada fácil. Apesar da aquisição de equipamentos, tecnologia e pessoal capacitado, a sistemática da operação muda em função do tráfego, horário de rush, área de pedestre, entre outros. Com isso, há necessidade de alterações na forma de execução, revendo até mesmo como acondicionar, tratar e destinar os resíduos sólidos.

Com certeza, a implantação de uma coleta seletiva mais eficiente e de maior abrangência territorial faz-se necessária, possibilitando que se faça a reciclagem de materiais diversos, o que promove benefícios econômicos e sociais. Isso deverá ser feito com procedimentos de acondicionamento e recolhimento adequados sob a gestão pública. É comum, hoje, a ingerência de coletores particulares de resíduos recicláveis que, devido a condições sociais adversas, deixam grandes volumes nas vias e logradouros públicos. Esses, por não estarem acondicionados e não serem recolhidos com regularidade, prejudicam o bem-estar da população.

O levantamento de informações sobre horários e frequências da coleta é fundamental para o bom desempenho do sistema, mas somente isso não basta. Poder contar com os munícipes, respeitando as regras estabelecidas, para o melhor funcionamento do sistema torna-se imprescindível. Devido aos elevados custos que envolvem o projeto, nada mais natural que existam regras para o melhor aproveitamento dos recursos e uma efetiva fiscalização, além de evitar as taxas elevadas que recaem sobre o contribuinte. São necessárias ainda, avaliações constantes sobre os processos técnicos e educativos para se buscar melhorias. Há muito também que se fazer o sentido de educar e conscientizar ambientalmente a população para o problema.

O aumento da população, com a expansão das cidades e indústrias, o aumento de renda das populações de países em desenvolvimento e, naturalmente, do seu poder de consumo, fez com que o lixo se se torne um dos grandes problemas atuais. A maioria dos lixões e aterros sanitários está saturada ou muito próxima do seu limite. Estima-se que a cada 24 horas, a humanidade joga no lixo mais de 3,5 milhões de toneladas de resíduos. Isso representa pelo menos 40 toneladas por segundo, um aumento de dez vezes em relação ao que gerávamos há cem anos. Mantido o ritmo atual de descarte, esse número provavelmente irá dobrar até 2025 e em 2100 podemos atingir o "pico" do lixo, com uma geração de 11 milhões de toneladas diárias, o triplo da taxa de hoje. Vai faltar lugar para armazenar tanta sujeira.

O acúmulo do lixo e seu contato com as condições climáticas acabam produzindo o chorume, um líquido escuro e altamente tóxico que polui a água do lençol freático, e o metano, um gás ainda mais prejudicial à atmosfera que o próprio dióxido de carbono, considerado o grande vilão do efeito estufa. Além disso, representa um grande risco para a saúde humana, já que propicia a manifestação de várias doenças como cólera, cisticercose, disenteria e giardíase. Proliferação de insetos e roedores, baratas, mosquitos, ratos, que são vetores comuns de doenças como febre amarela, dengue e leptospirose.

Identificar os problemas e levantar os números das consequências causadas é fácil. Mas o que é possível fazer para não deixarmos que a situação seja contínua e o país seja em alguns anos uma lata de lixo? A reciclagem é uma solução comum e viável para resolver o problema do lixo. A maioria dos materiais despejados em lixões pode ser reaproveitada. A técnica, além de diminuir a quantidade de lixos nas cidades, também tem vantagens sociais e econômicas, como geração de empregos e criação de indústrias de reciclagem.

Embora muito esteja se fazendo nesta área em âmbito mundial, ainda são poucos os materiais aproveitados no Brasil. O lixo também pode ser reaproveitado para se converter em energia. E a energia, hoje tão cara e sob a ameaça de escassez num futuro, poderia ter uma fonte de abastecimento inesgotável – e ecologicamente correta.

Nos países europeus, nos Estados Unidos e no Japão, gerar energia a partir do lixo é uma realidade desde os anos 1980. Se o Brasil transformasse seu lixo em energia, conseguiria implantar cerca de 750 usinas, que forneceriam energia para aproximadamente 22,5 milhões de habitantes – cada 200 toneladas por dia de lixo doméstico orgânico permitiriam a implantação de uma Usina Termelétrica. A energia via lixo pode iluminar casas, ativar indústrias e mover carros.

Adaptado todo o processo, isso também se refletiria positivamente na economia, não apenas no corte de gastos que esta fonte de energia traria, mas com os recursos que captaria. O aproveitamento de resíduos é considerado uma alternativa viável para substituir combustíveis fósseis (petróleo, carvão e gás), sendo uma boa opção para a redução da emissão de gases poluentes que provocam o efeito estufa.

Jorge Luiz Fronho de Sousa: Acadêmico do Curso de Adminstração da UFMS – Câmpus de Três Lagoas. jorgefronho@yahoo.com.br

Benedito Gonçalves da Silva: Contador e Professor da UFMS – Campus de Três Lagoas. b.g.silva@uol.com.br

Reunião tenta definir valores repassados por municípios à Santa Casa

A Diretoria da Santa Casa de Fernandópolis reuniu na tarde dessa quarta-feira, dia 8, com representantes das áreas de saúde de 10 municípios da região. O encontro, que terminou sem uma definição, foi uma tentativa de organizar como será feito o repasse financeiro pelos municípios que encaminham pacientes para ser atendidos no pronto-socorro do hospital.

Atualmente, 12 cidades da região, além de Fernandópolis, enviam pacientes para ser atendidos pelo setor de atenção básica - que são de responsabilidade dos municípios - na Santa Casa. Em 2013, cerca de 42 mil pessoas dos 13 municípios passaram pelo pronto-socorro.

Para tentar ajudar o hospital, 10 cidades fazem repasse financeiro mensal, mas ainda de forma insatisfatória, enquanto outros três não contribuíram com a Santa Casa durante todo ano passado.

A média mensal de repasses no ano passado somou R$ 106.910,33, mas o hospital teve um custo de R$ 244.125,29 todos os meses para atender os pacientes da região. Com isso, o déficit financeiro somou R$ 137.214,96 por mês. No ano, são mais de R$ 1,6 milhão de prejuízo.

Por conta da situação, o Ministério Público entrou com ação contra os prefeitos, cobrando apoio ao hospital.

Indefinição – Após cerca de uma hora e meia de reunião, os representantes dos municípios não chegaram a um acordo e, até o momento, nada ficou definido como será feito o repasse à Santa Casa.

A proposta do hospital é para que as cidades que possuem pronto-socorro paguem R$ 67,52 para cada atendimento realizado. Por outro lado, os municípios que não possuem pronto-socorro pagariam um valor fixo mensal que ainda deve ser definido.

Uma das principais exigências dos representantes dos municípios é para que o hospital forneça cópia do prontuário do paciente, comprovando o atendimento realizado. A alegação é de que somente assim poderiam justificar ao Tribunal de Contas os valores repassados ao hospital.

O Ministério da Saúde, no entanto, proíbe que as informações do paciente sejam divulgadas (sigilo profissional) ou que o documento saia do hospital, salvo se o próprio atendido exigir cópia por meio de requerimento. Hoje, a Santa Casa de Fernandópolis possui cerca de 230 mil prontuários ativos.

Reunião – Ficou acordado durante o encontro que uma nova reunião – ainda sem data definida – deverá ser agendada com representantes do Departamento Regional de Saúde – DRS-15, para tentar chegar a uma definição do que pode ser feito para amenizar o déficit, sem prejudicar o atendimento à população.

Participaram do encontro na tarde dessa quarta-feira, representantes de São João das Duas Pontes, Turmalina, Pedranópolis, Meridiano, Mira Estrela, Indiaporã, Fernandópolis, Macedônia, Ouroeste e Estrela D’Oeste. As cidades que não enviaram representantes são: Guarani D’Oeste, Populina e São João do Iracema.

Couro:: recorde histórico nas exportações de 2013

O ano de 2013 se encerrou com um número histórico: US$ 2,508 bilhões. Este é o valor total das exportações de couros e peles no ano, um recorde de todos os tempos. O valor supera em 20,7% o acumulado do ano anterior, segundo análise do Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB), por meio de seu setor de inteligência comercial, com dados preliminares do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

As exportações de couros e peles em 2013 tiveram números positivos ao longo de todos os meses, com o registro de recordes históricos mensais, principalmente a partir do segundo bimestre do ano. Importantes iniciativas do CICB e da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) contribuíram para este cenário: projetos como o Design na Pele e Preview do Couro, participação em feiras e promoção de comunicação no exterior podem ser citados nesta esfera, bem como o trabalho intenso dos curtumes brasileiros, que demonstraram maturidade e qualidade no atendimento das demandas cada vez mais exigentes do mercado internacional .

Segundo o presidente executivo do CICB, José Fernando Bello, o setor de couros do Brasil espera alguns desafios para 2014, com poucas perspectivas de manutenção de números tão positivos. O dirigente destaca, principalmente, a não prorrogação do Reintegra (Regime de Reintegração de Valores Tributários para Empresas Exportadoras) e a exclusão do Brasil do SGP (Sistema de Preferência da União Europeia), iniciados em janeiro, como questões que devem dificultar os resultados ao longo de 2014.

Considerando apenas o mês de dezembro de 2013, o valor das exportações de couros e peles alcançou o valor total de US$ 238 milhões, o que significa um crescimento de 27,5% em relação ao mesmo mês do ano passado e um novo recorde mensal. Em relação a novembro, o crescimento foi de 10,5%.

A participação do item nas exportações brasileiras permaneceu em 1,0%. O item Couros destaca-se no total da pauta nacional da Balança Comercial Brasileira entre os dez itens com recordes registrados nos valores e quantidades exportados em 2013.

Contratação de projetos para os portos de Rubineia e mais três ocorrerá dia 29

O Departamento Hidroviário do Estado (DH), órgão vinculado à Secretaria Estadual de Logística e Transportes (SLT), abriu licitação para contratação de projetos e estudos para implantação dos portos de Ártemis, Araçatuba, Rubinéia e Salto. A concorrência pública ocorrerá no dia 29 de janeiro, na sede do DH, em São Paulo.

Além dos projetos básicos e executivos serão elaborados os estudos ambientais (EIA-RIMA) das obras, análise de mercado e de modelos de exploração que possibilitarão a maximização da movimentação de cargas, visando a integração modal com os portos marítimos por meio ferroviário. Também devem ser executados os estudos de Viabilidade Econômico-Financeira das interligações dos terminais de Ártemis e Salto aos troncos ferroviários existentes, além de alternativas de traçados.

O prazo de execução desta etapa dos serviços é de nove meses, após a assinatura do contrato com a empresa vencedora da licitação e emissão da Ordem de Serviço. O valor estimado é de R$ 10,7 milhões. As obras e arrendamentos devem ser iniciados em 2015. Esse investimento integra o orçamento de R$ 1,5 bilhão previsto para obras de modernização e extensão da navegação na hidrovia Tietê-Paraná.

Os quatro portos serão destinados ao embarque e desembarque de cargas gerais. Com a implantação dos novos terminais, o DH planeja atrair mais cargas para a hidrovia como etanol e derivados de petróleo, bens de consumo duráveis e não duráveis para o mercado varejista, e principalmente cargas de retorno que venham no sentido Leste (metrópole) – Oeste. Além disso, deve ser incrementado o transporte de novos produtos como celulose e madeira, iniciado no primeiro semestre de 2013.

Hidrovia Tietê-Paraná

A hidrovia Tietê-Paraná possui 2.400 km de extensão, sendo 1.600 km no Rio Paraná e 800 km no Estado de São Paulo, onde é administrada pelo DH. A hidrovia conecta os cinco maiores estados produtores de grãos: Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Paraná.

De janeiro a novembro de 2013, foram transportados pela Tietê-Paraná 5.769 milhões de toneladas de produtos como soja, farelo de soja, milho, cana de açúcar, óleo, madeira, carvão, adubo e madeira. A expectativa do DH é que este volume alcance 14 milhões de toneladas até 2017.

As cargas têm como principais origens os municípios de São Simão (GO), no rio Paranaíba, Três Lagoas (MS) e os terminais do Paraguai, no rio Paraná. Os destinos são os portos de Presidente Epitácio e Panorama (no rio Paraná), Anhembi, Pederneiras e Santa Maria da Serra, nos rios Tietê e Piracicaba.

Bom ano Adelvair David



Ano novo vida nova, cantam as melodias das festividades do final do ano e as previsões de vária ordem. Que o ano novo seja bom.

Raros são aqueles que não possuem uma visão mística a respeito do ano novo, como se para o novo ano ser bom dependesse de alguma decisão transcendente, mística.

Compreendemos que a vida está nas mãos de Deus e que não é obra do acaso, mas daí crer que cada minuto está predestinado é crer na fatalidade absoluta e irremediável que tiraria do homem o livre arbítrio e, ele não teria méritos e nem seria responsável pelo que fizesse, pensamento inadmissível para a mais singela inteligência.

Quem desejar produzir alguma coisa terá minutos, horas, dias, meses à sua disposição durante todo o ano. Mesmo que não conclua seus projetos, se dedicar-se com disposição terá dado muitos passos adiante. Em muitos sentidos, mas também neste, disse Jesus: "a cada um segundo as suas obras"; "batei e abrir-se vos á". Ficar esperando do ano novo a concretização do que lhe compete fazer por suas forças, é o mesmo que o ficar parado aguardando a estrada se movimentar.

Cada ano é supremamente importante para o espírito imortal. Tempo novo para progredir, produzir e construir no sentido material, moral e espiritual. Entre muitos desafios encontramos os de resgates, que são oportunidades de reparar-se o passado equivocado desta ou de outra vida; também os de crescimento, que são dificuldades apresentadas pela vida para que o espírito exercite os potenciais do sentimento e do intelecto. As facilidades encontradas podem representar os méritos adquiridos pelo esforço e pelo bem proceder em sua jornada passada e atual, porém, sem dúvida, o tempo presente é oportunidade do homem edificar para o futuro feliz ou infeliz, dependendo das resoluções que tome utilizando o seu livre arbítrio.

Ano novo, tempo de renovar as propostas para uma vida melhor.


O ANO NOVO SERÁ BOM PARA O HOMEM QUE APROVEITÁ-LO PARA SER BOM.

Ano começa com palestra em Urânia

Em janeiro, o Escritório Regional do Sebrae-SP em Votuporanga promoverá palestra voltada para empresários. O encontro é gratuito e têm o objetivo de informar, capacitar e atualizar os empreendedores para que possam abrir seus negócios, ter mais lucros e conquistar mais clientes com a atividade que desenvolvem. Em Urânia, a palestra "Por dentro do código de defesa do consumidor", gratuita, será ministrada na terça-feira, 14 de janeiro, às 19 horas. O encontro será na Associação Comercial e Industrial, que fica na av. Aleixo Pignatari, 608, no centro. Os empresários podem se inscrever para a palestra em Urânia, pelo telefone (17) 3634-1520.

Festa da Virada foi sucesso em Urânia



 
A Virada do Ano em Urânia, na quarta-feira, 1º de janeiro reuniu centenas pessoas na Praça da Matriz
O evento foi uma realização da Prefeitura Municipal que organizou uma grande festa para comemorar o ano que se findou e receber em grande estilo e momentos de lazer e felicidade, a chegada do ano de 2014.
A festa teve como atração principal a dupla Otávio Augusto e Gabriel, que embalaram a festa com o melhor da música sertaneja, e a participação especial da dupla uraniense Jean e Emerson.
A comemoração contou com a presença do prefeito Airton Saracuza, da primeira-dama Marinete Saracuza, do presidente da Câmara Municipal Donizeti Mussato e familiares
A zero hora, a emoção tomou conta do público ao saudar a chegada do Ano Novo.

Cínthia e Rafael vão viver felizes para sempre





Cínthia Rozan Antonio e Rafael Vieira de Almeida, na sexta-feira, 27 de dezembro, uniram-se em matrimônio em cerimômia religiosa com efeito civil, ministrada pelo pastor Rubens Sobral, no CPP de Jales. Também houve cerimônia pelos membros do Capítulo Jales da Ordem DeMolay na Augusta e Respeitável Loja Simbólica Marechal Rondon. A homenagem foi conduzida pelo DeMolay Ricardo José Costa junto com outros irmãos do Capítulo. Estiveram presentes representantes das Estrelas do Oriente, Garotas do Arco Íris, DeMolay Fernandópolis e Lojas Maçônicas de Jales A noiva é filha de Eronildes Rozan e Oswaldo Antonio (in memoriam) e ele filho Denise Araújo de Almeida e Célio Roberto Vieira de Almeida. O cerimonial do evento foi conduzido por Jocélia Cabrini

Ilustre aniversariante


No sábado, 4 de janeiro, recebeu os cumprimentos de familiares e amigos pelo aniversário, o vereador Tomaz Coronado Sanches, mas conhecido como "Tomaz do Raio X", da Câmara Municipal de Urânia.

PMA de Jales intensificou fiscalização durantef estas de fim de ano e flagrou irregularidades

PMA de Jales segura um exemplar da espécie Pseudoplatystoma corruscans, também conhecido como pintado, fisgado em rio da região e apreendido pela Polícia Militar Ambiental de Jales
 
Nos últimos dias do ano de 2013, tendo em vista o aumento do fluxo de pessoas nos ranchos de veraneio da região, a Policia Militar Ambiental de Jales, intensificou diuturnamente o patrulhamento embarcado nos mananciais que passam pela região, visando a prevenção e repressão de ilícitos contra a fauna ictiológica (peixes), como lembrou 1º Ten PM Cmt do 2º Pel PAmb Renato de Oliveira Montanari, "estamos no período de piracema, onde há a reprodução das espécies nativas da região, sendo que tal período se estenderá até 28 de fevereiro de 2014, conforme prevê a Instrução Normativa Ibama nº 25/09, que estabelece anualmente o período de piracema na Bacia Hidrográfica do rio Paraná".

Importante salientar, disse o comandante Montanari "que durante o patrulhamento efetuado no fim de 2013, foram fiscalizadas 115 embarcações, 275 pescadores, que resultaram na apreensão de 55 kg de pescado nativo de diversas espécies, tais como pacú caranha, piau três pintas e um exemplar de um pintado, sendo que os peixes que já estavam mortos foram doados à instituições filantrópicas e beneficentes e os que estavam vivos foram imediatamente devolvidos a seu habitat, foram apreendidas 11 redes de pesca, totalizando aproximadamente 500 metros de comprimento, 3 embarcações e 2 motores de popa, além de ser lavrado em desfavor dos infratores 09 autos de infração ambiental que no total somam R$ 7.540,00, sendo que os autuados responderão também por crime ambiental descrito no artigo 34 da Lei federal nº 9605/98, cuja pena varia de 1 a 3 anos de detenção".
 

EDITAIS DE PROCLAMAS CASAMENTO

Ademir de Mattis, Oficial do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de Jales, Estado de São Paulo. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro.^

LUIS ALEXANDRE FIORAVANTE e DÉBORA DOS SANTOS GARCIA. ELE, natural de Fernandópolis, deste Estado, nascido aos 19 de outubro de 1.976, motorista, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Luiz Carlos Fioravante e de Lidia Reino Fioravante. ELA, natural de Indiaporã, deste Estado, nascido aos 20 de agosto de 1.982, professora, solteira, residente e domiciliada em Iturama, filha de Fatimo de Jesus Garcia e de Anezia Brito dos Santos. Cópia recebida do Oficial de Registro Civil de Iturama, Estado de Minas Gerais, onde se processa à habilitação.

MARCOS DA SILVA FERREIRA e CARLA CRISTINA FERREIRA DE AMORIM TORRES. ELE, natural de Uchoa, deste Estado, nascido aos 04 de dezembro de 1.976, vendedor, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Gumercindo Ferreira e de Doralina da Silva Ferreira. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 16 de junho de 1.985, advogada, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de João Carlos de Amorim Torres e de Aparecida de Fatima Ferreira.

RENATO FERNANDES CASTRO FASSA e JULIANE QUINTELA SIMEI. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 21 de Julho de 1.988, analista judiciario, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Odacir José de Castro Fassa e de Sílvia Fernandes Fassa. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 10 de janeiro de 1.986, estudante, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Elzio Luiz Simei e de Rosangela Benedita Quintela Simei.

KLERIBER MARQUES DA SILVA e ANA PAULA TARIN MARTIN. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 15 de março de 1.991, ajudante de motorista, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Carlos Roberto da Silva e de Sônia Donizeth Pereira Marques. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 21 de maio de 1.991, estudante, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Mauro Martin e de Luzia Ascenção de Jesus Tarin.

GUSTAVO ALVES PERES e ERIKA CRISTINA ANDRADE. ELE, natural de Franca, deste Estado, nascido aos 08 de abril de 1.981, gerente de TI, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Weimar Ferreira Peres e de Dulce Alves Peres. ELA, natural de Americana, deste Estado, nascido aos 20 de março de 1.976, administradora, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Benedito de Souza Andrade e de Luzia Fonseca Andrade.

WAINER FRANCISCO PEREIRA e JÉSSICA CRISTINA VIEIRA BONESI. ELE, natural de Estrela D’Oeste, deste Estado, nascido aos 05 de novembro de 1.993, operador de caldeira, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Alberto Pereira Sobrinho e de Sueli Aparecida Francisco. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 15 de abril de 1.991, costureira, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Antonio Cezar Bonesi e de Luzia Vieira Bonesi.

DERIC WANDEL GONÇALVES e JAQUELINE NEVES COQUÍ DA SILVA. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 08 de junho de 1.985, operador de computador, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Antonio Donizeth Gonçalves e de Maria de Maria Pereira Gonçalves. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 27 de julho de 1.987, carteiro, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Décio Coquí da Silva e de Maria Inêz Ferreira Neves.

SE ALGUÉM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO OPONHA-O NA FORMA DA LEI. LAVRO OS PRESENTES PARA SEREM AFIXADOS NO REGISTRO CIVIL E PUBLICADOS NA FOLHA NOROESTE, NESTA CIDADE DE JALES.


Ademir de Mattis - Oficial


Elektro oferece mais uma opção de atendimento aos clientes de Paranapuã

No dia 14 de janeiro, os clientes da Elektro de Paranapuã terão mais um local de atendimento no município. A Unidade Móvel de Atendimento ao Cliente da Elektro permanecerá, neste dia, na Praça Tiradentes, Centro. O horário de atendimento será das 9h às 11h30 e das 13h às 16h30. No local, serão oferecidos vários tipos de serviços, como a emissão da segunda via da conta, consulta a débitos, troca de nome do titular da conta, entre outros. Apenas o pagamento de conta não será efetuado na unidade móvel. A ação faz parte de uma série de investimentos da Elektro para a melhoria contínua da qualidade dos serviços prestados.

Mesópolis conquista Van para a saúde e amplia prédio da UBS


 
Veículo para a saúde – A população mesopolense recebeu na quarta-feira, 18 de dezembro de 2.013, um presentão de Natal, com a doação de uma Van 0 KM pelo Governo do Estado de São Paulo, para o transporte de pacientes. O veículo tem capacidade para transportar 16 pacientes com mais segurança e conforto. Esta é mais uma conquista do Prefeito Leandro Polarini e do vice Aparecido Vieira e fruto da parceria entre o município e Governo do Estado. "Esta é mais uma importante conquista para nosso município. A Van está sendo útil no transporte dos pacientes que precisam se deslocarem para outras para atendimento de saúde. Estamos oferecendo mais conforto e segurança para aqueles que precisam", disse o prefeito Leandro.
 

Academia ao Ar Livre – Numa conquista do prefeito Leandro Polarini e do deputado Itamar Borges (PMDB) junto ao Governo do Estado de São Paulo, a comunidade de Mesópolis recebeu uma Academia ao Ar Livre, "A inauguração era muito aguardada pela população, pois é um benefício para todos e será muito bem aproveitada", enfatizou o prefeito Leandro Polarini. São dispostos vários aparelhos de alongamento e ginástica entre eles: espaldar, jogo de barras, flexor e extensor de pernas, abdominal sentado, abdominal, remada sentada, peitoral duplo, simulador de caminhada, bicicleta, A academia é montada sobre piso ecológico intertravado – que não retém a água da chuva – em praças e parques da cidade. As áreas que abriga a Academia ao Ar Livre recebe tratamento paisagístico e melhoria como revitalização de calçada, iluminação e acessibilidade para portadores de necessidades especiais. A cerimônia de inauguração contou com a presença, além do prefeito Leandro Polarini, da Srª Marta, representante do deputado Itamar Borges, vereadores do Município, da primeira-dama Marinangela Polarini, do vice-prefeito Aparecido Vieira.
 

Ampliação da UBS – No mesmo dia, houve também a inauguração da ampliação da Unidade Básica de Saúde -UBS de Mesópolis, onde foi construída uma ampla área para o Setor de Fisioterapia, através Programa de Requalificação UBS do Governo Federal, cujo objetivo é prover infraestrutura adequada às Equipes de Atenção Básica para o desempenho de suas ações.

Presentes às crianças – Na terça-feira, 24 de dezembro, véspera de Natal, o prefeito Leandro Polarini, a primeira-dama Marinangela, o vice Aparecido Vieira com a esposa Patrícia, juntamente com o Setor de Assistência Social distribuíram brinquedos como bolas, bonecas, carrinhos e mini games para as crianças de Mesópolis que ficaram muito felizes pois assim tiveram um Natal mais alegre.
 
 

Festa de confraternização – Na noite de 20 de dezembro aconteceu o jantar de confraternização dos servidores públicos municipais. O prefeito Leandro e sua esposa Marinangela, vice Aparecido Vieira e sua esposa Patrícia, anfitriões da festa, receberam os funcionários e convidados para o jantar de confraternização que foi realizado no pátio do almoxarifado.

A Prefeitura além de decorar todo o recinto com muito bom gosto, serviu um jantar delicioso. Este ano o prefeito Polarini inovou com brinquedos para as crianças se distraírem enquanto os pais jantavam e, também teve a chegada do Papai Noel que distribuiu presentes aos filhos dos funcionários.

Calor aumenta risco de pedra no rim

O Centro de Referência em Saúde do Homem, unidade da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo gerenciada em parceria com a SPDM (Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina), na capital paulista, faz um alerta à população: o intenso calor de verão, associado ao aumento da transpiração e a falta da ingestão adequada de água podem gerar sérios riscos para o surgimento de "pedra nos rins".

Mudanças na alimentação, constante reposição de líquidos e a atenção à coloração da urina, são algumas das principais recomendações para evitar o cálculo renal.

Segundo o urologista Fábio Vicentini, médico-chefe do ambulatório de litíase renal do centro, nos períodos mais quentes do ano, há um aumento de 30% dos casos de cálculos renais. As vítimas mais comuns são homens, porém o alerta inclui toda população.

Para o especialista, no verão, a dieta ideal para a saúde dos rins inclui primordialmente o aumento da ingestão de água (cerca de dois litros ao dia) e de sucos de frutas cítricas, associado à diminuição do uso de sal nos alimentos. As refeições diárias devem conter mais verduras, legumes frutas e saladas.

Os frutos do mar contêm altas doses de ácido úrico, um dos responsáveis pelo desenvolvimento dos cálculos renais. "É importante também considerar a redução de frituras e carne vermelha nesta época de calor", enfatiza o urologista.

Mais de 15% da população mundial apresenta cálculos renais, sendo que na maioria dos casos, 85% conseguem expelir as pedras naturalmente, pela urina. Para evitar esse transtorno, o urologista explica que a maneira mais fácil de monitorar a hidratação ideal do corpo está ao observarmos a coloração da urina.

"Quanto mais transparente estiver a urina, melhor. Se estiver com aparência amarelada e escura, é sinal de que o corpo precisa de mais líquidos para manter-se hidratado, longe dos cálculos renais", explica.

É importante que o paciente esteja atento para os perigos das receitas caseiras como chás popularmente conhecidos como ‘quebra-pedras’. "Nos casos de dores e cólicas renais, os pacientes com cálculos renais devem procurar o médico para evitar infecções graves", ressalta.

O Centro de Referência em Saúde do Homem realiza mais de 200 cirurgias de cálculo renal por mês.

Município de Urânia recebe ambulância do Estado e,adquire ônibus e reforma frota com recursos próprios


O prefeito municipal de Urânia, Francisco Airton Saracuza, em dezembro de 2.013, recebeu em doação do Governo do Estado, uma ambulância para reforçar o atendimento à saúde no município. A entrega aconteceu no Palácio dos Bandeirantes.

Segundo o prefeito a ambulância já está circulando para atender a população. "Com essa ambulância teremos mais estrutura para atender nossos pacientes que precisam de veículos adequados e equipados para o transporte no dia a dia", falou Airton Saracuza.

As ambulância, de marca Mercedes Sprinter 415 com furgão adaptado para ambulância, é equipada com maca retrátil, um cilindro de oxigênio de 16 litros, régua tripla com fluxômetro, umidificador, máscara, mobiliário de compensado naval, armário, balcão, banco baú para três pessoas e capacidade para sete lugares, incluindo o motorista. Além disto, a ambulância foi entregue com emplacamento, documentação e garantia de revisão após um ano de uso.

Micro-ônibus – Em mais uma ação de governo do prefeito Francisco Airton Saracuza, a prefeitura de Urânia , adquiriu um micro-ônibus Mercedes modelo Volare com 16 lugares, com recursos próprios do município. O veículo será utilizado exclusivamente para o transporte escolar do município.

Reforma da frota – Além das aquisição de novos veículos, aqueles mais antigos que compõem a frota municipal, já foram reformados para atender as ações das secretarias, ou estão passando por reforma, segundo explicou o prefeito Saracuza.

Fé e sentimento cívico

Junji Abe

Destaco dois fatos emblemáticos de tantos que povoaram 2013: a prisão dos condenados no episódio do mensalão e a morte do ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela. Um deles escancara os corredores fétidos do maior esquema de corrupção da história do País, selando as travas da punição sob o manto da impunidade que tanto enlameia a política brasileira. O outro abre um impreenchível vazio no seio da humanidade, representado pela perda do líder africano.

O julgamento, condenação e prisão dos envolvidos no mensalão acende uma luz no fim do túnel. Mesmo que as apurações tenham demorado oito anos, que as penalidades tenham sido brandas demais em relação aos corretivos esperados pelo povo e que alguns dos condenados tenham tentado desvirtuar os reais motivos de sua prisão, se autointitulando "presos políticos". A sociedade descredenciou as balelas. Com a transparência, agilidade e intensidade proporcionadas pela nossa Imprensa.

Que em 2014 a sociedade nos dê, nas urnas, a prova cabal de que leva o processo de moralização da classe política muito a sério. Os legítimos protestos que tomaram as ruas do País testemunham a mudança de parâmetros. Tenho fé de que trilhemos um caminho mais crítico daqui para adiante. Apelo à população para que seja cada vez mais participante do processo político, como agente da transformação cultural, de postura e atitude pela moralização dos seus representantes. Os avanços esperados, com o resgate dos princípios morais e éticos, virão. Basta que cada um vista seu sentimento cívico e assuma, verdadeiramente, suas responsabilidades na evolução social.

A perda do líder africano também conduz à reflexão. Façamos, como Mandela pregou, a revolução conciliadora em nossos destinos. De alguém que lutou com ferocidade contra a ditadura racial e tornou-se um ícone na perseguição da igualdade social, temos a lição preciosa de que não é preciso virar um serviçal do poder para fazer a diferença na sociedade.

Saibamos, nós também, sustentar garras afiadas na defesa daquilo em que acreditamos. E tenhamos tolerância para respeitar a diversidade e a pluralidade de opiniões, assim como possamos conciliar as divergências em benefício comum. Assim como o grande Mandela, tenho certeza de que a escalada para verdadeiros avanços residem no ensino de qualidade. Desejando a todos um Ano Novo repleto de realizações, compartilho uma frase do grande líder africano que sintetiza a essência das minhas batalhas como político, cidadão e como ser humano: "A educação é a arma mais poderosa que você pode usar para mudar o mundo".

Junji Abe é deputado federal pelo PSD-SP

Homenagem ao Dr. Queda

Por Angela Maria Marques

"Há duas coisas muito importantes, uma delas é a minha vida, a outra, as outras vidas...". Foi com este pensamento que aquele homem escolheu salvar vidas e passou a vida cuidando delas. O menino simples de Taquaritinga tornou-se um ícone. A profissão escolhida foi exercida como uma missão, assim, cuidou dos nossos filhos como se fossem seus, das nossas famílias, como se fossem sua família. Não importava se o paciente tinha ou não dinheiro. O importante para ele era a vida humana. O juramento feito naquela colação de grau jamais caiu no esquecimento. A todos tratou com carinho e respeito. Tinha sempre um sorriso no rosto e o coração agradecido a Deus por lhe ter confiado mais uma vida, por ter lhe dado a oportunidade de amenizar a dor de quem sofria.

Por isso foi abençoado com uma família linda, esposa dedicada e presente, filhos e netos gentis, que certamente herdaram dele suas maiores qualidades, amigos fiéis e estabilidade financeira que usava também para fazer caridade sem nunca, porém, divulgar tais feitos.

Amava o que fazia e sua dedicação lhe rendeu o respeito por parte de todos. Desde criança eu o via, cresci e envelheci vendo-o fazer sempre a mesma coisa do mesmo jeito: amando o ser humano, respeitando a vida. A cirurgia que me salvou ele jamais recebeu. Não tinha guia. E foi assim com um número incontável de pessoas. Nunca se negou a atender quem o procurasse e com ou sem dinheiro, todos recebiam o mesmo tratamento. Dizia que Deus já havia lhe dado tudo e agora era a sua vez de fazer pelos outros.

Gostava de escrever e contava de maneira simples, mas com frases carregadas de emoção, a sua trajetória. Escreveu também artigos sobre doenças, de como evitá-las e tratá-las, que os jornais não publicaram, talvez, por não terem redação jornalística, mas uma linguagem popular que teria ajudado muita gente.

Ele fez a sua parte e muito bem. Agora não está mais aqui. Deus ainda não havia lhe dado tudo, faltava dar-lhe o céu. Talvez lá estivesse faltando um médico bom. Talvez, chegara a hora de usufruir de toda a bondade que praticou e receber a recompensa. A grande certeza que sem tem, é de que sua vida e sua missão não acabam aqui. Lá, ele vive eternamente nos braços de Deus, aqui, outros seguirão seu exemplo e continuarão a missão de ser médico, de ser humano, de ser gente!

Gratos, Dr. Antonio Queda, por sua vida dedicada às nossas vidas.
Que Deus o acolha e nos conforte.

PALAVRAS DE CHICO XAVIER

É muito complexa a situação de quem vive, na Terra, fugindo de si mesmo.
Após a desencarnação, o espírito não consegue evitar o encontro consigo mesmo; aliás, o espírito que, na condição de desencarnado já consegue fitar-se no espelho da própria consciência, mesmo que a imagem de si não lhe agrade, o que na maioria das vezes acontece, é inegável seu progresso...
Pior é aquele que faz questão de alimentar ilusões a seu próprio respeito.

Esta coluna tem o patrocínio e responsabilidade da "Associação Espírita "Chico Xavier" de Jales.



Willy Brandt

Reginaldo Villazón

Em dezembro de 2013, o mundo assistiu as homenagens ao estadista sul-africano Nelson Mandela (1918 – 2013), que faleceu no dia 05, aos 95 anos de idade, em casa, rodeado dos familiares. Dias depois (no dia 18), com a mesma intensidade emocional, os europeus comemoraram o centenário de nascimento do estadista alemão Willy Brandt (1913 – 1992). Ambos foram grandes líderes e se tornaram grandes estadistas no século XX. O mundo sente, neste início do século XXI, o quanto esse tipo especial de gente está fazendo falta.

Nelson Mandela nasceu negro num país dominado por uma minoria branca. Formou-se advogado e ingressou no CNA (Congresso Nacional Africano), o partido de oposição ao governo da minoria branca. Atuando como advogado e líder entre os oposicionistas, sua luta em favor da liberdade e da democracia incomodou o governo. Preso várias vezes, continuou semeando ideais. Condenado à prisão perpétua, não se abateu e conquistou apoio internacional. Libertado, elegeu-se presidente da república e conduziu a modernização política do país.

Herbert Ernst Karl Frahm nasceu de mãe de origem judia, na Alemanha. Na juventude, para não ser preso pelos nazistas, mudou seu nome para Willy Brandt e fugiu para a Noruega, depois para a Suécia. Após a derrota do nazismo na Guerra, voltou à Alemanha e fez carreira política no Partido Social Democrata. Era prefeito da capital Berlim (lado ocidental, capitalista), quando a outra administração (lado oriental, comunista) ergueu o Muro de Berlim, em 1961, isolando as duas partes da cidade e causando grande tensão social e política.

Willy Brandt foi Ministro das Relações Exteriores, Vice-Chanceler e Chanceler (estes dois cargos equivalentes a Vice-Presidente e Presidente). Sua liderança política foi importante para a Alemanha no pós-guerra. Ele teceu laços de entendimento na Alemanha dividida em Ocidental e Oriental. Seus esforços foram compensados com a reunificação, acontecida em 1989 com a queda do Muro de Berlim. Além disso, trabalhou para desfazer os ressentimentos da Alemanha com os países envolvidos na Segunda Guerra Mundial.

Em 1970, na condição de Chanceler da Alemanha, Willy Brandt visitou a Polônia numa missão diplomática. A Polônia fora brutalmente ocupada pelas tropas alemãs na Guerra. Na capital, Varsóvia, os nazistas haviam isolado os judeus num gueto e deportado milhares deles para serem mortos em campos de concentração. Na cerimônia oficial, ao depositar uma coroa de flores no Memorial dos Heróis do Gueto, Willy Brandt se pôs de joelhos. A multidão perplexa viu um chefe-de-estado pacífico, mas suportando os erros passados da sua nação.

Mais tarde, ele foi membro do Parlamento Europeu. Presidiu uma comissão internacional que produziu um documento de grande repercussão, o "Relatório Brandt", que pedia novas atitudes dos países desenvolvidos em prol dos países menos desenvolvidos. Com tantos méritos, Willy Brandt recebeu o Prêmio Nobel da Paz em 1971. Da mesma forma, Nelson Mandela recebeu o seu Prêmio Nobel da Paz em 1993.

Hoje, os cientistas sociais tentam saber por que não surgem novos grandes líderes. Em verdade, a ausência de líderes acontece em todos os níveis das atividades políticas e administrativas do mundo. No Brasil, há bons cidadãos para serem conduzidos. Mas não há líderes para conduzi-los. Falta de dinheiro e de leis não são desculpas para explicar a imobilidade. Talvez, o problema comece nas intrigas partidárias, movidas pela fome de poder e pela mediocridade das idéias. Neste ano de eleições, os discursos vazios vão se repetir.

Noite de pizzas

Nesse sábado, 11 de janeiro, no mesmo padrão do ano de 2013, que caiu no gosto dos comensais, e foi sucesso, a Associação Espírita "Chico Xavier" realiza a sua primeira promoção beneficente Noite de Pizzas do ano de 2.014. O evento acontece das 20 às 22 horas, na sede da Associação, à rua Goiás, 4.336, jardim Paulista. Cada convite custa R$ 17,00 e pode ser adquirido com dirigentes e ou colaboradores para com a entidade.

Os tipos de pizzas: Americana, Cantagalo, Cinco Queijos, Peruana e Romana vão estar à disposição dos comensais para se servirem à vontade.

Toda renda auferida com o evento é revertida em prol das famílias carentes assistidas pela Associação. Aguardamos você e sua família para participar dessa noite de solidariedade e degustar deliciosas pizzas.


quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Prefeitura de Jales abre processo seletivo para professores PEB I

Começam na quinta-feira (09) e vão até o dia 15 as inscrições para o processo seletivo que visa contratar professores - em caráter temporário, em diversas áreas, para lecionarem na educação municipal de Jales. O edital do certame foi publicado no diário oficial do município na quarta-feira (08).

Para se inscrever é necessário o pagamento de taxa no valor de R$ 40,00. Todas as inscrições serão feitas na sede da prefeitura de Jales, das 09 às 12 horas e das 13 às 17 horas, na Rua 05, 2266 – Centro. Elas podem ser feitas pessoalmente ou por procuração individual mediante entrega do respectivo mandato, acompanhado de cópia de documento de identidade do candidato e do procurador.

Poderão se inscrever Professor de Educação Básica I – PEB I, Professor de Educação Básica I – PEB I (Educação Física), Professor de Educação Musical, Educação Especial – PEB I – Professor de AEE – Atendimento Educação Especializado / Salas de Recurso Multifuncionais e Educação Especial PEB I – Professor Interlocutor para alunos surdos. Todas as exigências complementares no ato da contratação e as matérias constantes das provas também estão disponíveis no site da prefeitura (www.jales.sp.gov.br), no site da organizadora do concurso (www.consesp.com.br) e no diário oficial do município.

O prazo final para confirmação de participação é no dia 15 de janeiro de 2014. As provas serão realizadas no dia 26 de janeiro, às 09 horas, em locais a serem divulgados com antecedência mínima de três dias.


quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Acidente matou perto de Votuporanga servidora pública e filha adolescente de MS

Wendy Tonhati

Uma colisão envolvendo três veículos na rodovia Péricles Belini, na manhã de terça-feira (7), próximo a Votuporanga (SP) matou a servidora pública da prefeitura de Campo Grande,Mirtes Aparecida Pompilho e de sua filha adolescente Júlia Pompilho. A prefeitura da Capital divulgou uma nota de pesar pelo falecimento pesar o falecimento da servidora. Ela trabalhava como Técnica Educacional na Escola Municipal Antônio José Paniago.Os corpos, de mãe e filha, foram sepultados nesta quarta-feira no município de Mirandópolis (SP), onde residem os pais de Mirtes.

Acidente –Além da servidora e da filha, um empresário que estava em outro carro envolvido no acidente também morreu. Segundo o jornal A Cidade Votuporanga, por motivos ainda não esclarecidos, o veículo Prisma, conduzido por Mirtes teria saído rapidamente da pista e ao retornar, bateu frontalmente em um veículo Sandero.Com o impacto o Prisma rodou e foi atingido lateralmente por um veículo Gol. O condutor do Monza ainda tentou desviar dos automóveis na pista, mas não houve tempo hábil para desviar e acabou atingindo Sandero. O condutor do Gol, Carlos Roberto dos Santos, 57 anos, também morreu no local.


Unijales tem um novo Reitor


Desde o início da semana, o professor Dr. Silvio Luiz Lofego (foto) é o novo Reitor da Unijales. Ele substitui Maria Christina Fuster Soler Bernardo, que passou o cargo e agora vai atuar como vice-reitora acadêmica e presidente da mantenedora.
Silvio está na Unijales, desde janeiro de 2001, quando assumiu a coordenação do curso de História e a diretoria de Pós-graduação pesquisa e extensão. Ele continuará ocupando o cargo de diretor da Pós-graduação em paralelo à reitoria do Centro Universitário de Jales.
O novo Reitor é Formado em História pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), Mestre pela Unesp e Doutor pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC São Paulo).

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Município de Urânia deve custear internação compulsória de dependente químico

A 5ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo julgou procedente recurso proposto pelo Ministério Público para determinar a internação compulsória de um dependente químico em clínica especializada custeada pelo Município de Urânia.

Em primeira instância, a ação foi julgada extinta, sem julgamento do mérito, sob o fundamento de que o Ministério Público seria carecedor do direito de ação, por falta de interesse processual, em razão da existência de familiares que poderiam amparar o requerido. O MP apelou e o Tribunal de Justiça reformou a decisão.

A desembargadora relatora, Maria Laura Tavares, ressaltou em seu voto que a atuação do MP, descrita no artigo 127 da Constituição Federal, prevê a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis. "O interesse público que é tutelado pelo Ministério Público são os direitos indisponíveis, onde se insere os direitos da pessoa enferma", afirmou.

A magistrada asseverou, ainda, que "a providência requerida ao Poder Judiciário para a internação compulsória do dependente químico em clínica especializada no tratamento da dependência em drogas e em álcool encontra previsão legal, sendo dever do Estado zelar pela saúde psíquica do doente, mantendo sua internação para o adequado tratamento".

Participaram do julgamento, que teve votação unânime, os desembargadores Fermino Magnani Filho e Francisco Bianco.

Comunicação Social TJSP – VG (texto)


Vereadores se reúnem com responsáveis pela empresa proposta em prol a ex-funcionários da ECOPAV





O presidente da Câmara de Jales, vereador Gilberto Alexandre de Moraes (DEM), acompanhado pelo Luís Fernando Rosalino (PT) se reuniram na manhã desta terça-feira, 7 de janeiro, com o responsável pela empresa Proposta Ltda., Luís Pezzati Barradas e o engenheiro ambiental da mesma, Luís Guilherme de Barros.
Na ocasião também estiveram presentes diversos ex-funcionários da empresa ECOPAV, que foi responsável pela limpeza urbana e recolhimento do lixo doméstico até o final de 2013, sendo substituída após o fim do contrato pela empresa Proposta Ltda., contratada em caráter emergencial pela Prefeitura de Jales, até que o certame licitatório seja finalizado.
Tal reunião foi realizada após os ex-funcionários da ECOPAV procurarem os vereadores Gilberto e Rosalino a fim de conversar sobre a metodologia de trabalho implantada pela empresa Proposta e apresentada na manhã de segunda-feira, 6 de janeiro
Os ex-funcionários apresentaram diversas reclamações acerca da forma como lhes foi informado que deveriam prestar seus serviços à empresa e solicitaram aos vereadores melhores condições para desempenhar plenamente as suas funções. As solicitações foram repassadas ao chefe de gabinete da prefeita, Roberto Timpurim e, após tomar ciência dos fatos, os responsáveis pela empresa Proposta Ltda. estiveram reunidos com a prefeita Eunice Mistilides, ocasião em que se comprometeram a atender as solicitações dos ex-funcionários e apresentar melhores condições de trabalho aos mesmos.
Após a reunião desta terça-feira, o Luís Pezzati Barradas afirmou que a empresa Proposta Ltda. irá dar prioridade na contratação dos ex-funcionários da ECOPAV, devido a experiência já adquirida por eles e se comprometeu a chamar os ex-funcionários de acordo com a demanda necessária da empresa.
O presidente Gilberto Alexandre, afirmou após a reunião que espera que os funcionários sejam contratados novamente o mais rápido possível. "Pudemos ver que a empresa é séria. Eles rapidamente atenderam o chamado da prefeita e se mobilizaram para melhorar as condições de trabalho apresentadas. Nós vamos continuar de olho, é trabalho dos vereadores fiscalizar se está tudo certo".

Câmara Municipal de Santana da Ponte Pensa devolve dinheiro à Prefeitura


No dia 30 de dezembro de 2013 a Câmara Municipal de Santana da Ponte Pensa devolveu R$ 58 mil para a Prefeitura Municipal.
Apesar da Câmara de Santana da Ponte Pensa ter um dos menores orçamentos da Comarca de Santa Fé do Sul, o valor é expressivo para o município e representa dinheiro economizado dos repasses mensais realizados pelo Poder Executivo para o Legislativo.
Durante o ato de entrega do cheque para o prefeito José Aparecido de Melo, , o vereador Higor Vinicius Nogueira Jorge, presidente da Câmara Municipal, destacou que "a devolução desse valor se deu graças ao trabalho e compreensão da Mesa Diretora e de cada um dos vereadores que também entendem que economizar dinheiro público é um compromisso que todos aqueles que ocupam um cargo público devem ter".
O vereador destacou também que o ano de 2013 "foi um ano de muito trabalho para todos os representantes do povo de Santana e que felizmente a busca de recursos e projetos para o município teve muito êxito".
Os valores devolvidos serão utilizados de acordo com as necessidades da Administração Municipal em benefício de toda a população santanense.