Páginas

sábado, 26 de outubro de 2013

Câmara de Jales instala CAR para apurar atendimento do Iamspe

Os vereadores da Câmara Municipal de Jales discutiram, votaram e aprovaram por unanimidade na sessão ordinária realizada na segunda-feira, 21 de outubro, o projeto de resolução criando a Comissão de Assuntos Relevantes (CAR) para estudar problemas relativos à prestação de servidos pelo Escritório Regional do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual – IAMSPE com sede em Jales, aos servidores públicos estaduais.
Composta por três vereadores, a Comissão de Assuntos Relevantes é aquela que se destina à elaboração e apreciação de estudos de problemas municipais e à tomada de posição da Câmara em assuntos de reconhecida relevância.
Depois de iniciados a suas atividades, a Comissão terá o prazo de 90 dias para a conclusão dos seus trabalhos, podendo ser prorrogado nos termos do § 8º do artigo 116, do Regimento Interno, se necessário.
Segundo justificativa apresentada no projeto de resolução "há alguns meses foi inaugurado em Jales, o Escritório Regional do IAMSPE – Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual. Para seu funcionamento, a Prefeitura cedeu toda a infraestrutura, inclusive servidores municipais. Contudo, reclamações encabeçadas especialmente pela Apeoesp de Jales, dão conta de que o Escritório Regional do IAMSPE, de fato, não tem prestado serviços aos segurados, nem contribuído para a melhoria de atendimentos na área da saúde com uma maior quantidade de profissionais credenciados".
Ainda, segundo o entendimento dos servidores públicos estaduais, a oferta de serviços na área da saúde pelo IAMSPE em Jales é bem inferior, em número e qualidade, ao que é encontrado em cidades como Fernandópolis e São José do Rio Preto, apesar de Jales sediar o escritório regional do instituto.
"Nada melhor do que descobrir um inimigo,preparar a vingança e depois dormir tranquilo".
Joseph Stalin

O Programa
Cidades Digitais, entre elas Jales, que teve seu nome incluso no Diário Oficial da União do dia 11 de outubro, tem o objetivo de modernizar a gestão e o acesso aos serviços públicos nos municípios brasileiros.
A administração
municipal, através da prefeita Nice Mistilides, está anunciando por meio de propaganda oficial veiculada nas emissoras de rádio, que a partir de 2.014, a população terá internet gratuíta em sua residência.
Isso bom
para a população, e agora só falta a prefeita Nice levantar uns R$ 22 milhões que são precisos, segundo ela mesmo diz, para recapear as ruas da cidade. Não pode demorar muito, pois existem ruas intransitáveis de tanto buraco.
Só depende
dele, foi a resposta do presidente do PT jalesense, Cacaio, a uma pergunta do apresentador Toni Ramos, da Rádio Assunção, se Valdir José Cardozo, o Cardosinho, seria chamado para voltar ao partido.
Demorou
mais a Câmara Municipal de Jales por meio da Comissão de Assuntos Relevantes (CAR) vai verificar porque tanta reclamação em relação ao atendimento dado pelo IAMSPE aos usuários de seu convênio no município. A Câmara deve apurar mesmo e dar uma satisfação ao funcionalismo estadual, afinal de contas, o desconto é no holerite, e na hora que ele precisa...
Nivaldo
Batista de Oliveira, o Tiquinho, e a prefeita Nice estão reivindicando junto a deputados federais em Brasília, a liberação de recursos para a construção os dois pontilhões que deverão passar sobre a linha férrea, um na rua 8 e outro na rua Minas Gerias, na Cohab Roque Viola. Aquele projeto prometido pelo PT em campanha eleitoral e que seriam investidos R$ 6 milhões.
O vereador
Tiquinho disse que "a notícia que recebemos é de que o deputado já encaminhou ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT, toda nossa documentação e em breve seremos convocados a comparecer no Departamento para acertar os principais pontos".
Caros leitores,
como ficará o PT de Jales caso seja autorizada as obras dos pontilhões na administração Nice? Será uma saia justa para derrubar, já que o prefeito petista Humberto Parini 2004/2012), teve seis anos para conseguir as obras, tendo na presidência da República Lula e depois Dilma. O projeto dos pontilhões foi levado a público antes e depois usado no pleito municipal de 2008 chamariz eleitoral.
Lançada
oficialmente em maio deste ano, a Escola do Empreendedor Paulista (EEP), vinculada à Secretaria Estadual do Emprego e Relações do Trabalho (SERT), acaba de superar a marca de 48 mil inscritos. Voltada para o microempreendedor, a EEP oferece 10 minicursos, no formato de ensino à distância. O objetivo é oferecer informações para facilitar a gestão do negócio próprio, auxílio na manutenção das contas e dicas para melhorar o rendimento do empreendimento. O curso é gratuito e o interessado pode fazer um ou mais módulos, de acordo com o interesse e o tempo disponível. As aulas têm duração de duas a três horas. Ao completar o curso, o participante recebe certificado de conclusão.
No ninho
tucano uns e outros não engolem de terem ajudado Nice chegar à Prefeitura e não ocupando cargos de expressão na administração municipal e assistem o vice-prefeito Pedro Callado e o próprio partido se afastarem políticamente da administração municipal. Mesmo assim, no ninho tucano ainda existem uns e outros que acreditam que vão se encaixar no governo nicista. Vai ser difícil.
Na segunda-feira,
dia 28 de outubro comemora-se o dia do funcionário público. A data foi instituída no governo do presidente Getúlio Vargas, através da criação do Conselho Federal do Serviço Público Civil, em 1937. O que o funcionalismo público pode comemorar na data, é mais um dia de folga no calendário.
As raposas
estiveram comentando lá no botequim da vila, que alguns prefeitos estão preocupados com a chegada do final do ano, e faltar caixa para o décimo-terceiro salário. Tomara que não.
Esses
recursos anunciados de mais de R$ 1 milhão, pelo Ministério da Saúde ao UPA 24h Dr. Satoru Yamada, ainda são pedidos do então prefeito Parini, segundo se comenta nos bastidores da política local.
A região
atendida pelo Escritório Regional do Sebrae-SP de Votuporanga estará representada por 22 cidades no 8º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, maior número de participantes em todo o estado. Mais de 30 projetos foram inscritos e concorrem nas categorias: Novos Projetos, Melhor Projetos, Pequenos Negócios no Campo, Desburocratização, Lei Geral Implementada, Compras Governamentais, Pequenos Negócios nos Eventos Esportivos.

Emoções sob controle

Adelvair David
As emoções não são as responsáveis absolutas pelas desditas muitas vezes experimentadas pelo espírito. As explosões, as palavras duras ditas em momento ruim, as atitudes inapropriadas estão presentes na vida da maioria das pessoas.
Ensina-nos a doutrina espírita que, existem temperamentos mais propensos a este ou àquele comportamento, mas não está aí a explicação nem a justificativa para as atitudes negativas, nem mesmo para as reações intempestivas a que muitos se dão, tendo em vista que as emoções estão às ordens daquele que a possui, no caso o espírito humano, de onde tudo emana.
Geralmente, justifica-se o homem: "perdi o controle". Sem ser simplório ponderamos: "Nunca o teve completamente", uma vez que, conquistado, um valor nunca se perde, porém, quando imperfeito sofre-se lhe a falta.
Entendemos que as emoções possuem suas raízes nas sensações, intimamente ligadas aos instintos. A princípio elas não são nem boas nem más. É uma força que não se pode negar, assemelha-se às forças da natureza agindo em qualquer direção. Esta força que flui repentinamente deve alcançar urgente educação; necessita ser domada, controlada e direcionada pelo poder de uma vontade melhorada para que se possa adquirir o controle das próprias reações e atitudes.
A chamada "força de vontade" ganha amplitude em alguns apenas quando a dor cumpre o seu papel, fazendo com que a duras penas a pessoa repense suas atitudes pelo efeito do prejuízo moral, material ou espiritual que o alcança; em outros ela se robustece nos bons exemplos que observa; em outros ainda, pode advir da própria experiência na prática caridosa de viver, que lhe fortalece os valores superiores, minimizando-lhe os impulsos negativos.
Esta conquista dependerá sempre do interesse do candidato na sua melhoria. Não querer saber sobre sua vida é caminhar como desconhecido para si mesmo, possibilitando o surgimento de surpresas desagradáveis. Nessa empreitada ofertou ao homem o Senhor Jesus: "vinde a mim vós que estais aflitos e sobrecarregados e eu vos aliviarei". Vivendo como Ele ensinou é possível aliviar-se do peso da vaidade e do orgulho vão, responsáveis pela maioria das emoções descontroladas que governam a vida de muitos homens neste mundo.
O BOM CORAÇÃO NASCE NO DESEJO DE POSSUÍ-LO.

3ª Idade de Urânia participa do Programa Melhor Viagem da Secretaria de Turismo




Os 47 idosos de Urânia que foram contemplados com a viagem tudo pago, desde transporte, alimentação (café da manhã, almoço e jantar) e hospedagem em uma colônia de férias em Praia Grande pelo Programa Melhor Viagem do Estado de São Paulo, viveram momentos inesquecíveis.
Dentro do que a de melhor em termos de conforto, os idosos passearam na praia, fizeram atividades ao ar livre, realizaram um city tour onde puderam conhecer Santos, São Vicente, além do Aquário, Orquidário e as belíssimas praias do litoral paulista, dentre outras atividades preparadas devidamente à eles. Muitos dos participantes não conheciam a praia e esta foi à oportunidade, como foi o caso de cinco senhoras uranienses. .
O grupo formado por pessoas de 60 anos ou mais, deixou Urânia em direção a cidade Praia Grande no dia 13 de outubro às 22h30m e retornou na sexta-feira, 18 de outubro, às 21 horas.
Tanto o prefeito Airton Saracuza como a primeira-dama e presidenta do Fundo Municipal Social de Solidariedade, Marinete Saracuza, enfatizaram que "proporcionar esse tipo de passeio é muito gratificante, pois são pessoas que viveram varias fases de sua vida e hoje estão com saúde para poder participar das atividades e passeios oferecido a estes grupos".
O Programa Melhor Viagem faz parte do Projeto "São Paulo Amigo do Idoso" criado pelo Governo do Estado e realizado pela Secretaria de Estado do Turismo. O projeto tem como finalidade mobilizar municípios, órgãos estaduais, entidades públicas e da sociedade civil para um objetivo comum: valorizar o bem estar da pessoa da melhor idade.

Cantor Sérgio Reis lança novo álbum no Viola, Minha Viola



O cantor Sérgio Reis (na foto de Jair Magri ) com Inezita Barroso,  lança neste domingo,27 de outubro, no Viola, Minha Viola, seu primeiro disco de estúdio em 10 anos, o Questão de Tempo. Com apresentação da dama da música raiz, Inezita Barroso, o programa será exibido na TV Cultura, a partir das 9h.
Sérgio Reis começou a cantar na Jovem Guarda e está há mais de 40 anos na estrada. Seu novo trabalho tem 11 faixas e traz canções que evocam as belezas do interior, como Fazenda Paraíso, de autoria de Victor Chaves, da dupla Victor & Leo, e Meu Lugar, de Tony Damito e Meire Cler. A música que dá nome ao álbum conta com a participação de Moacyr Franco, de quem se declara fã e grande amigo. No CD, não faltam também composições bem humoradas e canções para dançar, que já são marca da carreira do cantor.
Neste programa, Inezita Barroso ainda recebe os músicos Chico Teixeira e Nô Stopa, que fazem um dueto especial para o Viola. Ele, filho de Renato Teixeira, une a música brasileira ao estilo folk. Ela, filha de Zé Geraldo, também é cantora, compositora e desenvolve trabalhos com teatro de bonecos, circo e música infantil.

Meu Bolso em Dia na Escola



Aluno da Fatec Jales é o segundo colocado da gincana Meu Bolso em Dia promovida pela Febraban e pelo Centro Paula Souza
Felippe Teixeira de Godoi, aluno da Fatec Jales, é o segundo colocado da "Gincana Cultural Meu Bolso em Dia" promovida pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e pelo Centro Paula Souza, destinada aos estudantes das 56 unidades da Fatec espalhadas por todo o estado de São Paulo.
Como premiação, Felippe recebeu um smartphone e uma medalha de prata. A gincana, que teve como objetivo estimular a educação, o conhecimento e a consciência financeira dos participantes, foi realizada em duas etapas, uma a distância e a outra presencial, ocorrida no dia 23 de outubro na 7ª Feira Tecnológica do Centro Paula Souza, em São Paulo.
É importante destacar que, dos 25 classificados para a última fase, dez eram alunos da Fatec Jales.

Uma conquista merecida



Os pais José Carlos Neves, assessor de gabinete da Prefeitura de Urânia, e Maria Aparecida (Cid), supervisora de ensino da D.E Região de Jales, o irmão Fernando Augusto , além de seus parentes e amigos parabenizam não só pela passagem do aniversário no último dia 16 de outubro de Conrado Henrique Alves Sanches Cardoso Neves, (na foto de camisa marrom com lista horizontal) como também pela conquista meritória de uma vaga no Ciência sem Fronteiras para o curso de engenharia da computação em Dublin na Irlanda, como podemos observar na foto, no Nacional College Ireland junto de alguns de seus novos amigos e professores, Conrado é estudante do curso de computação da UNIFEI.

Prefeitura de Urânia comemora o “Dia das Crianças” com grande festa








Como fez nos anos anteriores, com muita atração para a criançada, a Administração Municipal de Urânia, mais uma vez realizou um esplendorosa festa para comemorar o "Dia da Criança". Para que a festa alcançasse o sucesso, elogiada por todas as famílias presentes, houve a união das secretarias municipais de Educação, de Saúde e de Social na organização do evento.
Na ocasião, as crianças se divertiram com escorregadores, pula-pula, trenzinho que percorreu as ruas da cidade, piscina de bolinhas, pipoca, picolé, cachorro-quente, algodão doce, pipoca, refrigerante, entre outros e muita animação com música.
O prefeito Airton Saracuza acompanhado da primeira-dama Marinete Saracuza que coordenou toda o trabalho das equipes, esteve o tempo todo presente ao evento e, fez questão de agradecer aos pais que trouxeram seus filhos para participarem da festa, e enfatizou que todos os anos, a municipalidade procura dar à festa novas atrações e, evidentemente trazer para a festa maior número de pessoas.
"Esta é uma maneira que encontramos em dar um alegria as crianças de nosso município e, apesar de ser uma evento voltado à criançada, tentamos atender também toda a família com muito carinho", disse o prefeito Saracuza.
Também estiveram prestigiando o evento, o vice-prefeito Vicente Christiano Neto, o presidente da Câmara Municipal Donizete Mussato e tantas outras autoridades e liderança da comunidade.

Prefeitura de Mesópolis homenageia seus funcionários



                     Leandro Polarini  e  Aparecido V da Silva
prefeito municipal     vice-prefeito

Neste 28 de outubro, dia dedicado ao
Servidor Público, prestamos nossa homenagem aos valiosos funcionários do Município. A experiência na vida pública permite testemunhar a dedicação e o empenho dos homens e mulheres, que integram o
funcionalismo municipal em favor do
desenvolvimento do nosso município. 
Mesópolis só tem a agradecer a atenção de quem trata com respeito
todos os munícipes.
"Neste Dia do Servidor Público, queremos reiterar a gratidão e o respeito que sempre dedicamos aos nossos funcionários,
aproveitamos a oportunidade para salientar que
graças a participação de todos esses funcionários é que temos
condições de
realizar um
trabalho com
seriedade"
.

Passeio Ciclístico do “Outubro Rosa” será neste domingo, 27

Para marcar a ação do Outubro Rosa, a Secretaria Municipal de Esportes, Cultura e Turismo, promove um passeio ciclístico que visa alertar e conscientizar as mulheres sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, além de alertar sobre a necessidade de procurar uma unidade médica em caso de alguma dúvida ou suspeita.
O evento que acontece neste domingo, 27 de outubro, a partir das 8 horas, com saída na praça Euplhy Jalles. Quem quiser participar do passeio é só comparecer no local e no horário marcado. Toda população está convidada a fazer parte do passeio em prol à vida das mulheres
Para simbolizar a campanha, todos estarão com um laço rosa no peito. Em um percurso de aproximadamente 6,3 Kms, os participantes percorrerão as principais avenidas da cidade. Na concentração haverá aquecimento corporal, carro de som para animar o trajeto, além de uma equipe da saúde para aferir a pressão arterial.

Karatecas da região conquistam 70 medalhas e troféus em torneio interestadual em Santa Fé do Sul




No domingo, 20 de outubro, karatecas treinados pelo professor Sensei Edson Resende que ministra aulas de karatê nas cidades de Jales, Urânia, Estrela D’Oeste, Santa Salete, e Santa Clara D’Oeste, participaram do 1ª Torneio Interestadual de Karatê em Santa Fé do Sul (SP), obtendo 70 medalhas e 21 troféus nas modalidades kumitê (luta), katá (luta imaginária) e katá em equipe. A competição foi disputada no Ginásio Municipal de Esportes "Antônio Ramon do Amaral" com a participação de mais de 300 atletas, representando 16 delegações de cidades dos estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul.
Sensei Edson dividiu seus alunos representando as cidades de Urânia, Santa Salete, Santa Clara D’Oeste e Estrela D’Oeste cujas prefeituras forneceram transporte aos atletas, sendo que a maior parte de seus alunos representou a cidade de Urânia. Das 70 medalhas conquistadas pelos atletas, 30 foram medalhas de ouro, 16 foram de prata e 24 de bronze.
Os karatecas da região que foram campeões e receberam como premiação a medalha de ouro foram: Ana Clara de Assis (kumitê), André Luis Cunita (katá), Bruno Takeda Morita (katá), Caio Genzi Takeda (kumitê), Carlos Eidi Takeda (2 – kumitê e katá), Carolaine Cristina Santos (kumitê), Diego Pimenta (2 – kumitê e katá), Emanuela Paola S. Peres (katá), Etyara Mariana Augusto (2 – kumitê e katá), Evandro Toshio Morita (katá), Fernanda E. C. Yoshida (kumitê), Gabriel da Silva (kumitê), Gabriel F. M. Movio (kumitê), Gustavo O. Almeida (kumitê), Jhontatan C. Zago (kumitê), Kênio Selles Maruyama (kumitê), Lidiany C. Rissato (2 – kumitê e katá), Luiz Miguel F. dos Santos (kumitê), Murilo Nunes Cambuy (katá), Nilton Roberto Assunção Filho (kumitê), Otávio Augusto Vieira (kumitê), Pedro L. B. Picolo (kumitê), Percival Ramos de Oliveira (kumitê), Renata dos Anjos (kumitê) e Renato dos Anjos Peres (kumitê), além do Sensei Edson (katá).
As medalhas de prata foram conquistadas por: Alex da Silva Oliveira (kumitê), André Luis Cunita (kumitê), Arthur F. Sanches (katá), Beatriz da Silva (2 – kumitê e katá), Carolaine Cristina Santos (katá), Fernanda E. C. Yoshida (katá), Guilherme dos Santos (katá), Igor Gabriel O. Reis (katá), Leonardo F. Pereira (kumitê), Luana Campi Vieira (kumitê), Maria Eduarda S. Santos (kumitê), Tais Oliveira de Almeida (kumitê), Thaisla V.A. Virginio (katá) e Windson A. Iglesias (katá), além da medalha de prata conquistada por Diego Pimenta no kumitê categoria open.
As medalhas de bronze foram conquistadas por: Aizza Yole C. Camargo (katá), Alex da Silva Oliveira (katá), Ane C.B. Augusto (katá), Arthur Ferreira Sanches (kumitê), Bruno J. Maranini (kumitê), Bruno Takeda Morita (kumitê), Douglas dos Santos (kumitê), Gabriel K. Nishimoto (kumitê), Hudson Felipe Bonfim (katá), Kênio Selles Maruyama (katá), Leonardo Carmona Ferreira (kumitê), Liara Yumi de Souza (kumitê), Luan Ferreira (kumitê), Lucas dos Santos Gil (2 – kumitê e katá), Luis Fernando J Ribeiro (kumitê), Maria E.R. Carvalho (kumitê), Mariany F. Matos (2 – kumitê e katá), Monise de Souza (katá), Murilo Nunes Cambuy (kumitê), Percival Ramos de Oliveira (katá), Sthefany A. da Silva (kumitê), Thaysla V.A. Virginio (kumitê).
Os troféus foram conquistados por Bruno Morita, Gabriel Nishimoto e Guilherme Assaoka; Thaysla Virginio, Aizza Camargo e Nayara; Igor Reis, Nilton Filho e Douglas; Etyara Augusto, Renata e Lívia; Hudson Bonfim, Gabriel Movio e Gabriel; Carlos Takeda, Diego Pimenta e Evandro Morita; Carolaine Santos, Isadora e Kelly todos na modalidade katá em equipe.
Na competição ainda houve a disputa na categoria "Open", sem divisão de idade, peso ou faixa, com prêmio em dinheiro aos três primeiros colocados, sendo que o jalesense Diego Pimenta, de apenas 15 anos, conquistou a medalha de prata após vencer lutadores de Tupi Paulista e Santa Fé do Sul, perdendo apenas a grande final para o Sensei Rafael Nascimbem Bernardelli, faixa preta 2º dan, que já foi duas vezes vice-campeão brasileiro e medalhista em campeonato panamericano.
O campeonato premiou as cinco melhores delegações com belos troféus para as academias. Com os resultados obtidos por seus alunos, Sensei Edson conquistou para a região o troféu de 2ª melhor delegação do torneio para a cidade de Urânia e o troféu de 4ª melhor delegação para a cidade de Santa Salete.
O professor destacou que a maioria dos seus alunos conseguiu pelo menos uma medalha, o que vem comprovar a eficiência do trabalho não só do professor, mas também o treinamento contínuo dos seus alunos durante as aulas. "Os alunos vêm se dedicando bastante nos treinamentos e as medalhas conquistadas coroam essa dedicação", complementa Sensei Edson.

Diálogo inter-religioso

D. Demétrio Valentini
Ainda no contexto de outubro, mês missionário, precisamos incluir em nossas intenções missionárias, as grandes religiões do mundo. Pois agora, a partir do Concilio Vaticano II, somos desafiados a ter um olhar diferente sobre as grandes religiões, reconhecendo nelas muitos valores positivos, nos quais dá para perceber a atuação do Espírito Santo, que está sempre pronto a vir em auxílio de quem busca com sinceridade os caminhos que levam para Deus.
Diz textualmente o Concílio, no seu documento "Nostra Aetate": "A Igreja Católica nada rejeita do que há de verdadeiro e santo nestas religiões." E acrescenta: "Exorta por isto seus filhos que, com prudência e amor, através do diálogo e da colaboração com os seguidores de outras religiões, testemunhando sempre a fé e a vida cristãs, reconheçam, mantenham e desenvolvam os bens espirituais e morais, como também os valores sócio-culturais, que entre eles se encontram".
É bom termos um mapa aproximado dessas grandes religiões no mundo.
Algumas delas têm suas raízes na cultura asiática, a mais antiga do mundo, com suas tradições milenares. Duas delas emergem com força no contexto da Ásia: o Budismo e o Hinduísmo, ambas originárias da Índia. Sendo que o Budismo se propagou mais nos países orientais da Ásia, especialmente na China e no Japão.
Outras duas grandes religiões têm sua origem no Oriente Médio, o Judaísmo e o Islamismo, a religião dos muçulmanos.
Por diversos motivos a Igreja se sente mais próxima, e mais ligada a estas duas grandes religiões, o Judaísmo e o Islamismo.
A partir do Concílio, a Igreja assumiu uma postura de mais respeito, superando hostilidades que possa ter havido na história, e propondo um diálogo que possibilite uma progressiva aproximação com as grandes tradições religiosas.
O relacionamento com os judeus melhorou muito, sobretudo a partir da decisão tomada por João XXIII, de modificar a prece pelos judeus, na liturgia da Semana Santa. Antes, a formulação desta prece chegava a ser ofensiva, pois se referia a eles como "pérfidos judeus".
Com eles existe agora um clima de respeito, que é fortalecido por atitudes simbólicas. Diversas vezes o Papa foi visitar sinagoga dos judeus em Roma. João Paulo II chamou os judeus de "nossos irmãos maiores".
O Concílio falou de maneira muito respeitosa a respeito dos muçulmanos. O seu livro sagrado apresenta Cristo como um profeta, e fala de Maria de maneira muito respeitosa.
Portanto, haveria muitas coincidências a nível de fé, entre a religião fundada por Maomé, e a nossa religião cristã. Mas infelizmente, na história, o relacionamento com os muçulmanos foi marcado por guerras religiosas e incompreensões mútuas, cujas consequências ainda não foram assimiladas.
Entre os muçulmanos, ao lado de correntes fundamentalistas que ainda propagam a "guerra santa" contra os cristãos, existem grupos moderados e profundamente religiosos, com os quais é possível manter um diálogo construtivo.
Todas estas dificuldades de aproximação e de entendimento, deveriam mostrar aos cristãos a urgente necessidade de reconciliação entre nós, superando nossas divisões internas, como cristãos, que infelizmente ainda existem. Foi o próprio Jesus que falou: "que todos sejam um, para que o mundo creia".
Assim como a missão abre o caminho para a renovação da Igreja, assim a aproximação com as grandes religiões não cristãs, se transforma em apelo para a unidade dos cristãos!

Santa Casa recicla 90% do lixo produzido e faz economia

Cerca de 90% do lixo produzido pela Santa Casa de Fernandópolis é reciclado. Hoje, o hospital produz, em média, 1,5 tonelada de lixo por mês. Nos nove primeiros meses deste ano, 12,6 mil quilos de material que seriam descartados foram reciclados. Todo o lixo gerado pelos funcionários, visitantes e pacientes é recolhido e separado pelos membros da CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) e vendido.
O dinheiro arrecadado com a venda de papelão, latas, copos plásticos, sacos e vidros é revertido em melhorias para a entidade, na aquisição de equipamentos e na prevenção de acidentes do trabalhador da Santa Casa e dos pacientes e visitantes. Por mês, estima-se uma arrecadação de R$ 900.
Além do valor que é investido em melhorias no hospital, graças ao projeto de reciclagem, a entidade também consegue economizar. Isso porque o material que antes era pago para ser enviado ao descarte regular por empresas especializadas, agora é vendido e transformado em benefício para a Santa Casa.
De acordo com Maria Fátima Pierobon, encarregada do SAME (Serviço de Arquivo Médico Estatística) e presidente da CIPA, o projeto de reciclar o lixo da Santa Casa surgiu em 2011, quando assumiu a presidência da Comissão. "Isso faz parte de uma adequação à legislação ambiental, de proteção ao meio ambiente, além de beneficiar o funcionário e reverter esse dinheiro arrecadado com o lixo em prol do hospital".
No primeiro ano de reciclagem, 7.190 mil quilos de lixo foram recolhidos e vendidos. Em 2012, foram recicladas 8,8 toneladas de material produzido no hospital. "Desde o primeiro ano foi feito um trabalho de conscientização, com compras de lixeiras para separação do material, e percebemos que o funcionário tem colaborado. Prova disso são os números de reciclagem, que têm aumentado de um ano para o outro", disse Maria Fátima.
A presidente da CIPA explica que apenas os materiais contaminados e o lixo orgânico não são reaproveitados. Até mesmo os vidros levados para reciclagem são lavados e preparados para o procedimento.
Todo dinheiro arrecado é depositado em uma poupança e usado conforme a necessidade do hospital. Entre as últimas aquisições estão: bebedouro para a lavanderia, ventilador para o refeitório, uma fragmentadora de papel, sinalizadores para o estacionamento, além de Equipamento de Proteção Individual (EPI).
De casa – Além do lixo produzido dentro da Santa Casa ser reciclado, os funcionários também podem recolher todo material reciclável que é gerado em casa e levar para o local de trabalho. "Nossa intenção é aumentar o volume de material a ser vendido e ter mais recursos para investir na Santa Casa", conclui Maria Fátima.

O valor da vida

*Linamara Battistella


Lembro com carinho e muita saudade de Zilda Arns, médica notável pela simplicidade e exuberância de conhecimentos e formação ética.
Zilda sabia como ninguém simplificar a aplicação do conhecimento, sem nunca improvisar! Zilda, pediatra e sanitarista, não precisou rasgar a Constituição ou descumprir a lei para alcançar os objetivos de levar saúde de qualidade para as populações mais carentes.
Vencer a anemia ferropriva e prevenir suas consequências, esse foi o mote da cruzada brasileira contra a anemia, conduzida pelo grande médico hematologista Celso Guerra. A principal estratégia da campanha era estimular o uso de panela de ferro, algo tão simples quanto inovador e com resultados surpreendentes.
Grandes especialistas que fizeram diferença na saúde da população. Neste mês em que a Constituição cidadã completa 25 anos, vale resgatar exemplos históricos, registros de um passado que mostra a ação de grandes médicos no âmbito da saúde pública. E avaliar os riscos e desafios que a universalidade da assistência ainda enfrenta no Brasil.
Vencemos barreiras importantes na atenção básica e nas ações de alta complexidade. Alargamos os horizontes da humanização da área com o programa Saúde da Família, incluindo este precioso colaborador que é o agente comunitário.
Vencemos barreiras, mas não superamos integralmente o problema pelo descaso das nossas autoridades no âmbito do SUS.
Acompanhei a batalha de Dário Birolini e vi crescer a possibilidade de salvar vidas com a implantação do sistema de atendimento pré-hospitalar. A ação do resgate influiu na qualificação das UTIs, nos serviços de pronto-socorro e, por conseguinte, nos serviços de reabilitação.
Na intrincada cadeia da urgência e emergência, a ação do policial militar, dos paramédicos e de todos os profissionais da área da saúde espelha a sinergia em favor da vida.
Também estamos vencendo a batalha do câncer, da hipertensão e do diabetes, apenas para lembrar alguns bons exemplos.
Em São Paulo, saúde se faz com qualidade, e qualidade significa investimento na formação dos recursos humanos e na infraestrutura tecnológica e ambiental.
Nossos pacientes, assim como os principais dirigentes governamentais, em São Paulo, podem usufruir de tratamentos de qualidade, comparáveis aos de países mais desenvolvidos. Contam com um arcabouço legal capaz de garantir ao sistema público gratuidade e qualidade dentro das diretrizes constitucionais.
A saúde da nossa população merece respeito. São motivo de profunda preocupação propostas marqueteiras que confundem nossos pacientes e oferecem soluções que não atendem as premissas básicas de qualidade, acesso e resolutividade.
Nosso compromisso de salvar a vida e garantir sua qualidade se inicia na atenção básica.
Vamos juntos, médicos e pacientes, lutar contra ideologias que escravizam e suprimem direitos. Vamos impedir a visão mercantilista e o interesse de grupos que aplaudem as medidas que fortalecem as iniquidades, criando uma assistência de segunda classe, rodeada de publicidade enganosa, desmerecendo o direito à vida.
*Linamara Rizzo Battistella é médica fisiatra, professora da Faculdade de Medicina da USP e secretária de Estado dos Direitos das Pessoas com Deficiência de São Paulo

Professor da Unijales tem tese de Doutorado aprovada na USP

O professor Douglas de Jesus Martins, dos cursos de Farmácia, Educação Física e Fisioterapia da Unijales foi aprovado no dia 4 de outubro, na defesa de sua tese na Universidade de São Paulo, Instituto de Química.
O tema e o título do trabalho "Síntese e caracterização de complexos de cobre e zinco com anti-inflamatórios não-esteróides e estudo da interação com o biopolímero quitosana" foi aprovado e bem aceito por unanimidade pela banca examinadora, composta pela professora Dra. Denise de Oliveira Silva, que também foi orientadora do trabalho, pelo professor Dr. Breno Pannia Esposito, professor Dr. Gianluca Camillo Azzellini, professora Dra. Sofia Nikolaou e professor Dr. Wendel Andrade Alves.
A banca examinadora considerou que a tese apresenta uma contribuição relevante e inédita ao tema proposto.

Está no ar, em Jales, a rádio Nativa FM 93




A região de Jales acaba de ganhar uma nova emissora de rádio: a Nativa FM, 93,1Mhz. A rádio é mais uma afiliada da rede Nativa, do Grupo Bandeirantes de Rádio e TV e entrou em operação na terça-feira, 15 de outubro.
Com programação quase totalmente sertaneja e público-alvo feminino das classes C e D, a rádio tem como slogan "A Nativa é Muito Mais!" e é líder de audiência nas praças onde atua na região noroeste, como São José do Rio Preto e Araçatuba.
À frente do microfone da emissora estão os conhecidos radialistas e jornalistas Alexandre Ribeiro (Carioca ) e Ilson Colombo. O primeiro comanda a programação entre 8 e 11 da manhã e o segundo entre 2 e 6 da tarde.
Quem quiser ouvir a Nativa em Jales e região pode sintonizar 93,1 Mhz ou acessar o site www.nativa93.com.br

EDITAIS DE PROCLAMAS

Ademir de Mattis, Oficial do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de Jales, Estado de São Paulo. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro.
KAUÊ ANDREO PIEDADE e VÍVIAN DALLECRODE CURITIBA. ELE,
natural de José Bonifácio, deste Estado, nascido aos 05 de maio de 1.986, representante comercial, solteiro, residente e domiciliado em José Bonifácio, deste Estado, filho de José Ricardo Piedade e de Lúcia Andreo Piedade. ELA, natural de São Paulo, deste Estado, nascida aos 19 de dezembro de 1.986, jornalista, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de José Pedro Geraldo Nobrega Curitiba e de Solange Dallecrode Curitiba. Cópia para ser afixada no Oficial de Registro Civil de José Bonifácio, deste Estado, onde reside o contraente.
JULIANO HENRIQUE DE OLIVEIRA SANTOS e LUCRÉCIA MELLO. ELE,
natural de Ribeirão Preto, deste Estado, nascido aos 06 de dezembro de 1.987, auxiliar de serviços, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Luiz Henrique de Oliveira e de Dirce Caparroz de Oliveira Santos. ELA, natural de Sorocaba, deste Estado, nascida aos 02 de agosto de 1.984, do lar, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Zumario Onobre de Mello e de Maria Adelaide da Silva.
FAUZER ALESSIO DO PRADO e TAISA SILVA FARIA. ELE,
natural de São Bernardo do Campo, deste Estado, nascido aos 05 de maio de 1.984, programador de produção, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Ediner Leme do Prado e de Terezinha Alessio do Prado. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 05 de setembro de 1.985, auxiliar de desenvolvimento infantil, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Jerson Pinheiro de Faria e de Eurides Batista da Silva Faria.
JULIO CESAR AMORIM e CILMARA APARECIDA CORREA. ELE,
natural de Guarulhos, deste Estado, nascido aos 12 de setembro de 1.979, programador, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de José Carlos Amorim e de Iracema Erminia de Souza Amorim. ELA, natural de Iturama, Estado de Minas Gerais, nascida aos 09 de outubro de 1.981, psicologa, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Carlos Correa e de Maria Aparecida Correa.
CARLOS ROBERTO CAETANO DA MOTA e VALERIA BALBINO ADRIANO. ELE
, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 12 de maio de 1.966, motorista, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Severino Caetano da Mota e de Zilda Silva Mota. ELA, natural de São Paulo, deste Estado, nascida aos 24 de maio de 1.985, auxiliar de produção, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de José Felix Adriano e de Maria Balbino Adriano.
FERNANDO BENACCI PELARIN e PAULA CRISTINA FRANCO PEREIRA. ELE,
natural de Estrela D’Oeste, deste Estado, nascido aos 25 de outubro de 1.988, vendedor, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Laercio Pelarin e de Natalina Aparecida Benacci Pelarin. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 17 de novembro de 1.989, recepcionista, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Claudenir Alves Pereira e de Ivani Vieira Franco.
MAURICIO YOSHINI LEITE e MARIA FERNANDA PIRES DE OLIVEIRA. ELE
, natural de Paranapuã, deste Estado, nascido aos 27 de outubro de 1.986, bancário, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Mauricio Claudino Leite e de Mariko Suguimoto. ELA, natural de São Paulo, deste Estado, nascida aos 08 de junho de 1.993, corretora de imóveis, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Guilherme Pinto de Oliveira e de Shirley Pires dos Santos.
IRLAN ADRIANO REIS SANT’ANA e KARINY SOCORRO NAKANO. ELE
, natural de Auriflama, deste Estado, nascido aos 26 de agosto de 1.987, cirurgião dentista, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Ivaldo Antonio Rodrigues Sant’Ana e de Vilma Maria dos Reis Sant’Ana. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 02 de setembro de 1.987, psicóloga, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Nelson Riyodi Nakano e de Eny Socorro Nakano.
VALDINEI FRANCISCO MENDES e CINTIA GEREMIAS DOS SANTOS. ELE
, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 20 de julho de 1.983, auxiliar de industria, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Paulo Mendes Neto e de Maria Aparecida Altino Mendes. ELA, natural de São Paulo, deste Estado, nascida aos 02 de junho de 1.982, ajudante geral, solteira, residente e domiciliada em Santa Salete, deste Estado, filha de Benoni Geremias dos Santos e de Tania Maria dos Santos. Cópia recebida do Oficial de Registro Civil de Santa Salete, onde se processa a habilitação.
FERNANDO RODRIGUES DE ANDRADE e KELLY ROQUE DE SOUZA. ELE
, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 20 de novembro de 1.977, técnico de edificação, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Mario Rodrigues de Andrade e de Eurides Camilo de Andrade. ELA, natural de Itaquera, deste Estado, nascida aos 24 de maio de 1.977, auxiliar de produção, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Carlos Roberto de Souza e de Aparecida Roque de Souza.
DIEGO HENRIQUE GAROZI OLIVEIRA e ADRIELE TAINARA MARTINS RODRIGUES. ELE
, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 12 de março de 1.991, vendedor, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Valdir Elias de Oliveira e de Aparecida de Lourdes Garozi Oliveira. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 28 de outubro de 1.994, secretária, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Antonio Rodrigues e de Vandair Martins Rodrigues.
SE ALGUÉM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO OPONHA-O NA FORMA DA LEI. LAVRO OS PRESENTES PARA SEREM AFIXADOS NO REGISTRO CIVIL E PUBLICADOS NA FOLHA NOROESTE, NESTA CIDADE DE JALES.
Ademir de Mattis - Oficial

A saúde está doente!

*Silvio Coutinho e *Neide Yokoyama
O título deste texto retrata uma triste, mas verdadeira, realidade no Brasil: a falta de médicos tem nos deixado em estado febril.
Diferentemente do que o Conselho Regional de Medicina (CRM) defende, não faltam médicos apenas nos confins e sertões do Brasil. No Hospital do Câncer de Barretos, deixam de ser atendidos cerca de 450 pacientes/dia devido à falta de profissionais especializados. Só de oncologistas há um déficit de 70 médicos.
Altos salários não são atrativos para médicos exercerem a medicina, em alguns lugares. Um exemplo é o município de Porto Estrela (MT), onde a prefeitura aumentou o salário dos médicos para R$ 25 mil, por uma jornada de 40 horas. Todavia, desde dezembro de 2012, não há nenhum médico para atender a população local.
Do mesmo modo, unidades de atendimento bem equipadas também não são garantia de contratação e manutenção de médicos. Em Camargo (RS), duas unidades de saúde bem equipadas para o atendimento básico e um salário de R$16 mil mensais não são motivos suficientes para manter os médicos trabalhando na cidade de 2 mil habitantes. Para resolver o problema, a prefeitura espera a aprovação do projeto de lei no qual o morador que for aprovado em vestibular de medicina, em instituição privada, terá seu curso totalmente pago pela prefeitura, não importando o valor da mensalidade, desde que resida há mais de cinco anos no município e comprometa-se a nele trabalhar de cinco a seis anos, depois de formado.
Pode-se ver que a falta de médico é uma infecção generalizada em todas as regiões do Brasil. A soma de alguns fatores explica o problema: segundo a Organização Mundial de Saúde, existem no Brasil 1,8 médicos para cada 1000 habitantes, número abaixo de países como Argentina (3,2), Portugal e Espanha (4) e Cuba (6), para o mesmo número de habitantes; além disso, a distribuição de médicos é desproporcional: no Distrito Federal há 4,09 médicos e no Maranhão há 0,71 médicos, para cada grupo de 1000 pessoas. A alta demanda somada à baixa oferta de médicos cria um desequilíbrio encarecendo potencialmente os serviços médicos, pois os médicos concentram-se mais nas capitais e cidades maiores. Seria leviano julgar o médico como vilão, pois, como todo profissional, sua sobrevivência depende de seu trabalho e não tão somente de sua vocação e, assim sendo, ele tenderá a buscar trabalho em um lugar onde ofereça maior custo/beneficio, já que existe essa possibilidade de escolha.
Para tentar amenizar o problema, o governo criou mecanismos para atrair médicos de países com taxas de médico/habitantes maiores que o Brasil, como são os casos de Cuba, Espanha e Portugal, para trabalharem em regiões carentes de grandes cidades e em áreas que não são atrativas para quem exerce a medicina, como a Selva Amazônica ou o sertão Nordestino. Opondo-se à medida, os Conselhos Regional e Federal de Medicina alegam que os médicos cubanos têm baixo nível de aprovação no exame de revalidação de diploma aplicado no Brasil.
De fato, o método de medicina cubano é diferente do brasileiro, pois lá predomina a medicina preventiva, ideal para áreas pobres e de risco como as comunidades ribeirinhas, sertões e bolsões de pobreza das grandes cidades, nas quais as condições de trabalho não são ideais. Esse tipo de medicina fez Cuba alcançar uma taxa de mortalidade infantil de 5,8, por 1000 nascimentos, enquanto no Brasil a taxa é de 15,6 por 1000, resultado que mostra que a medicina cubana não deve ser tão ruim.
Outra oposição vem sendo feita por grupos que acreditam que o governo esteja trazendo missionários cubanos que irão pregar o comunismo, com a desculpa de exercer a medicina em regiões carentes. Medicina não é política! Para um ribeirinho, que precisa andar de barco centenas de quilômetros para chegar até o posto médico mais próximo, será que importa a nacionalidade do médico, desde que este esteja disposto a atendê-lo na cidade onde ele reside? Nesse debate, tem-se esquecido a questão humana.
Como medida emergencial, a estratégia do governo é válida. Mas, a médio e longo prazo é necessário investir-se na formação de médicos, a fim de se reduzir o déficit que existe para equilibrar a função, e, complementarmente, na infraestrutura para o diagnóstico e tratamento do doente.
*Silvio Coutinho
: Acadêmico do Curso de Administração da UFMS – Câmpus de Três Lagoas. E-mail: silvinho.coutinho@hotmail.com *Neide Yokoyama: Administradora e Professora do Curso de Administração da UFMS – Câmpus de Três Lagoas. E-mail: yoko@cptl.ufms.br

Bulimia e anorexia são responsáveis por uma internação a cada dois dias em SP

Balanço da Secretaria de Estado da Saúde mostra que a cada dois dias, em média, uma pessoa é internada por anorexia ou bulimia nos hospitais que atendem pelo SUS (Sistema Único de Saúde) no Estado de São Paulo. Somente nos primeiros sete meses do ano foram 97 internações devido a estes distúrbios alimentares.
Em 2012, 165 pacientes precisaram de internação e 1.220 pacientes fizeram tratamento ambulatorial no Estado de São Paulo contra os dois distúrbios.
Segundo a nutricionista Lara Natacci, do Programa Meu Prato Saudável, existe um consenso de que a vulnerabilidade genética aumenta os riscos, porém pesquisas recentes apontam que também é comum entre os pacientes, relatos de traumas ligados à alimentação. Outro fator importante é o padrão de beleza ligado à magreza, que tem vigorado na indústria da moda desde os anos 60. De acordo com ela, pais e professores têm papel extremamente importante na prevenção dos distúrbios.
"O grupo mais exposto ao desenvolvimento de transtornos alimentares é o de mulheres jovens, da fase da adolescência até o início da idade adulta. O trabalho preventivo pode acontecer em forma de seminários e conversas. O fato de se dialogar sobre os transtornos alimentares e suas consequências na reprodução, na saúde óssea, na nutrição, na composição corporal e na performance é comprovadamente eficaz na prevenção", afirma Lara.
De acordo com a nutricionista, quando se tem bulimia ou anorexia, a rapidez da intervenção será um dos fatores determinantes do sucesso do tratamento, pois é mais difícil reverter quadros instalados há muito tempo.

PALAVRAS DE CHICO XAVIER

O desespero é uma doença. E um povo desesperado, lesado por dificuldades enormes, pode enlouquecer, como qualquer indivíduo. Ele pode perder o seu próprio discernimento.
Isso é lamentável, mas pode dizer-se que tudo decorre da ausência de educação, principalmente de formação religiosa.
Esta coluna tem o patrocínio e responsabilidade da
"Associação Espírita "Chico Xavier" de Jales.

Vagas de estágio- Enfermagem no AME Jales

Atenção estudantes de enfermagem: o AME Jales está selecionando estagiários para sua equipe assistencial.
Exigências:
- ser aluno de curso de graduação em enfermagem
- estar cursando o 3º ano (para curso de quatro anos e meio) ou o 4º ano (para curso de cinco anos)
- ter cursado a disciplina relativa à Sistematização de Assistência de Enfermagem (SAE)
- ter disponibilidade para atuar no AME Jales | 6 horas diárias | de segunda a sexta-feira
Interessados em participar do processo seletivo devem enviar currículo pelo site www.santacasavotuporanga.com.br (no link "conheça nossas oportunidades de emprego") ou pelo e-mail rhame.jls@santacasavotuporanga.com.br.

Seminário regional em Jales discute combate à dengue



Com o objetivo de debater ações de prevenção e combate à Dengue, profissionais de saúde de Jales e região participaram na manhã dessa quinta-feira, dia 24 de outubro, de um encontro promovido pela SUCEN – Superintendência de Controle de Endemias de Jales, Articuladoras da Atenção Básica do DRS-XV de São José do Rio Preto e Grupo de Vigilância Epidemiológica Estadual – GVE-XXX de Jales.
A reunião aconteceu no Polo de Jales da Universidade Aberta do Brasil – UAB, e contou com a participação de médicos, enfermeiros, profissionais da Vigilância Epidemiológica, agentes de saúde, autoridades de Jales e região, além de representantes de todas secretarias municipais
A reunião intersetorial objetiva buscar alternativas para o controle da dengue em toda a região. A articuladora do Departamento Regional de Saúde de São José do Rio Preto, Sandra Mendes expôs o tema, falou sobre indicadores da dengue e discutiu, junto ao grupo, ações e métodos de prevenção à doença que preocupa autoridades de diversas cidades do Estado. Também palestraram no evento o chefe do setor de avaliação da Sucen, representando a diretoria regional de Rio Preto, Nestor Cyriaco da Silva Junior , o representante da VISA, Luís Eurípedes de Carvalho e o articulador da Atenção Básica, João Aldo Zanachi.
"A conscientização da população é um dos meios mais eficazes de prevenir essa doença que acomete milhares de pessoas todos os anos. A preocupação em evitar uma epidemia é grande e vamos fazer tudo que for possível para evitar que esse problema atinja nossa cidade e as cidades de nossa região. Para isso é preciso união, determinação e trabalho responsável de todos nós que estamos empenhados nessa causa", disse a secretária municipal de Saúde Nilva Gomes.
Para a chefe de gabinete da pasta, Celma Crepaldi, "abordar o tema e conscientizar ainda mais a população sobre importância da prevenção e do combate ao mosquito Aedes Aegypti é função de todos nós que estamos aqui hoje. É preciso que a comunidade entenda realmente a gravidade dessa doença. A dengue não é só de responsabilidade do município, cada um precisa fazer a sua parte para exterminar esse problema que preocupa toda a sociedade".
O setor de saúde realiza diversas atividades de prevenção, mas não somente a população precisa se envolver nos trabalhos, segundo os palestrantes, é necessário haver a intersetorialidade das ações, envolvendo os setores de educação, obras, planejamento, comunicação, meio ambiente e promoção social.

Auriflama e Guzolândia pedem escola para Skaf

O deputado Itamar Borges, líder do PMDB na Assembleia legislativa, acompanhou os prefeitos de Auriflama, Ivanilde, e Guzolândia, Junior, em audiência com o presidente da FIESP Paulo Skaf.
Durante o encontro, os prefeitos solicitaram a implantação do sistema SESI de educação nos municípios.
Com 1.218 unidades espalhadas pelo Brasil, o SESI mantém uma rede de escolas que oferecem educação básica, educação de jovens e adultos, educação continuada e acompanhamento pedagógico para trabalhadores da indústria e seus dependentes.
O presidente Paulo Skaf autorizou o convênio entre os municípios e a FIESP para a implantação do sistema SESI de educação.
Os municípios farão uma avaliação para estudar a possibilidade de implantação.
Senai –
A prefeita Ivanilde de Auriflama também pediu a Skaf a instalação de cursos de capacitação em confecção e metalurgia do SENAI em Auriflama. Skaf afirmou que técnicos do SENAI irão no próxima semana até Auriflama para realizar um estudo de demanda e viabilidade para a instalação dos cursos de confecção e metalurgia.
"Melhorias na educação pública é uma das grandes reivindicações da população. Portanto, os moradores de Guzolândia e Auriflama devem comemorar muito essa conquista. O Sistema SESI oferece um ensino de qualidade, e o SENAI forma excelentes profissionais em diversas áreas da indústria", afirmou o deputado Itamar Borges.

Especismo

Reginaldo Villazón
De repente, a manifestação popular ganha destaque nos noticiários, envolve autoridades, prende a atenção nacional e repercute fora do país. Na madrugada de sexta-feira, 18 de outubro, na cidade de São Roque (SP), mais de 100 pessoas invadiram o Instituto Royal para resgatar animais usados em testes de produtos farmacêuticos. Os invasores, ativistas em defesa dos direitos dos animais, levaram 178 cães da raça Beagle e 7 coelhos.


O movimento nada teve de surpreendente. Em 22 de setembro, os ativistas realizaram um ato de protesto na cidade, contra as atividades do Instituto. Em 12 de outubro, eles se acorrentaram em frente ao Instituto. Em 17 de outubro, uma reunião marcada entre os ativistas, funcionários da prefeitura e representantes do Instituto foi cancelada pela instituição. Por fim, nas primeiras horas do dia 18, a invasão aconteceu.
A ação teve contribuição decisiva do movimento Black Bloc, os mascarados de preto que fazem quebra-quebra. A Polícia Militar agiu com bom-senso. Manteve-se presente, acompanhando tudo, mas evitou o confronto pessoal com suas más conseqüências. No dia seguinte (19), um protesto organizado em redes sociais reuniu cerca de 700 pessoas na rodovia de acesso ao Instituto. Então, houve confronto entre mascarados e Polícia Militar.
A Polícia Civil abriu dois inquéritos. Um para apurar os delitos praticados pelos invasores (ativistas e mascarados). Outro para apurar os maus-tratos praticados contra os animais no Instituto, denunciados pelos ativistas. Eles são dois abacaxis para a Polícia Civil descascar. Como identificar os invasores e levantar a participação de cada um deles? Como obter provas dos maus-tratos sem os animais no local, fazendo parte da rotina do Instituto?
Apesar da denúncia de maus-tratos no Ministério Público, desde 2012, o Ministro da Ciência e Tecnologia condenou a invasão e afirmou que o Instituto Royal cumpre a legislação brasileira sem irregularidade. Mas ele não disse que há países que se preocupam mais com os animais, pois estimulam a criação de métodos de pesquisa que dispensam o uso de animais e proíbem a aplicação de métodos desnecessários em animais.
A questão do uso dos animais em pesquisa é importante. No cerne dela está a discriminação, historicamente presente na alma humana. Mulheres, indígenas, negros e chineses já foram discriminados como seres inferiores. A moda hoje é condenar a discriminação, mas o ser humano ainda utiliza a nacionalidade, o grupo étnico, o partido político, a categoria profissional, a religião, o time esportivo para discriminar, muitas vezes com violência.
A discriminação humana contra os animais se chama Especismo. É a atribuição de valores diferentes, conforme a espécie dos seres. Os especistas dizem que os humanos têm mais valor que os animais. Segundo eles, os animais têm sentimentos e sensações, mas de modo diferente e inferior aos humanos. E mais, os humanos têm moral; os animais, não. Isto faz com que os humanos tenham direitos acima dos animais.
Os especistas menos rigorosos concordam que os animais sentem prazer, dor, confiança, medo, alegria e tristeza. Aceitam que os animais têm direito à vida, ao respeito e à proteção. No entanto, insistem que os humanos precisam usar os animais nas pesquisas para obter vacinas, remédios e técnicas que vão beneficiar tanto os humanos como os animais.
De fato, não há como contradizê-los. Mas os seres humanos só vão conquistar bem-estar, saúde e paz em plenitude quando conviverem em harmonia com o todo planetário. A sociedade humana tem que mudar conceitos e hábitos. Tem que realizar muito do que já é possível. Seja como for, a luta dos defensores dos animais é necessária e bem-vinda.

Terceira Idade de Mesópolis apreciou águas quentes e medicinais da Lagoa Santa (Go)



O fim de semana foi de muita descontração para integrantes do grupo da Terceira Idade de Mesópolis que viajaram cerca de 240 quilômetros, no sábado, 19 de outubro, até a Lagoa Santa (GO).  Eles estiveram acompanhados pela primeira-dama Marinangela Polarini, segunda-dama Patricia Leme e a coordenadora do CCI, Luzia Ferraz. Os idosos frequentadores do Centro de Convivência, aproveitaram a oportunidade e saíram encantados e felizes depoisde passarem o dia nas águas térmicas e medicinais da lagoa. A viagem foi promovida pela Prefeitura do Município de Mesópolis e Fundo Social de Solidariedade.

Fião é homenageado em Barretos


No sábado, 19 de outubro, o uraniense Odair Bezerra Dias (Fião) foi homenageado com o diploma Coordenador Coração de Ouro, pelos 15 anos como coordenador de Leilão em prol do Hospital de Câncer de Barretos, na cidade de Urânia.
Fião recebeu o diploma das mãos do gerente de captação de recursos do Hospital de Câncer de Barretos, Luiz Antonio Zardini, durante o 16ª Encontro Anual de Coordenadores realizado em Barretos e contou com a presença do ministro Alexandre Padilha.
O evento reuniu cerca de 800 pessoas que aproveitaram a oportunidade para expor sobre seu trabalho, tirar dúvidas, comemorar seus feitos, trocar ideias e discutir diretrizes para o próximo ano.
"Coordenadores são pessoas especiais, honestas, escolhidas e autorizadas a pedir, sem cessar, em nome de nossa causa". É assim que o gerente de Captação de Recursos Luiz Antônio Zardini definiu os coordenadores.
A homenagem a Fião com o Diploma de Ouro foi um reconhecimento de anos de compromisso e trabalho em favor da vida.
"Este diploma é dedicado à população de Urânia, que nos tem apoiado em todos os eventos em prol ao Hospital de Câncer de Barretos", agradeceu Fião.

Mais de 30 projetos da região são inscritos para o Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedo

A região atendida pelo Escritório Regional do Sebrae-SP de Votuporanga estará representada por 22 cidades no 8º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, maior número de participantes em todo o estado. Mais de 30 projetos foram inscritos e concorrem nas categorias: Novos Projetos, Melhor Projetos, Pequenos Negócios no Campo, Desburocratização, Lei Geral Implementada, Compras Governamentais, Pequenos Negócios nos Eventos Esportivos.
Diferente das últimas edições, neste ano, os prefeitos/gestores puderam inscrever até dois projetos por categoria. Outra novidade é a premiação que será concedida para o melhor projeto da região de Votuporanga.
"Ficamos felizes com o resultado. Nossa equipe se empenhou para incentivar a participação das prefeituras da nossa área de atendimento e contamos com o apoio fundamental dos gestores municipais.Temos projetos interessantes, com resultados comprovados, de estímulo ao surgimento e desenvolvimento dos pequenos negócios e da modernização da gestão pública, que precisam ser conhecidos. Agora estamos na torcida. Nossa região estará muito bem representada", destacou o gerente do Escritório Regional do Sebrae-SP de Votuporanga, Sérgio Gromik.
A região possui histórico positivo no Prêmio. Nas sete edições, 16 prefeitos das cidades atendidas pelo Escritório Regional do Sebrae-SP de Votuporanga, já foram certificados com o Selo do Prefeito Empreendedor. Na última edição, a prefeitura de Votuporanga foi finalista nas categorias "Compras Governamentais" e "Melhor projeto". A prefeitura de Santa Rita d’ Oeste também foi finalista do prêmio, na categoria "Desenvolvimento Rural".
Santa Fé do Sul venceu as 4ª e 5ª edições do Prêmio. A cidade foi destaque nas categorias "Municípios com menos de 200 mil habitantes" e "Desburocratização e Desoneração Tributária no estado de SP".
8º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor
– Realizado a cada dois anos, a premiação é concedida aos gestores municipais de todo o Brasil e aos administradores regionais do Distrito Federal e de Fernando de Noronha. Em sete anos, foram 55 premiados a nível nacional e mais de 4,5 mil participantes.
Os projetos podem ter como foco, empresas formais ou em processo de formalização, individuais ou organizadas em consórcios e associações, podendo ser de qualquer setor e localizadas em áreas urbanas e rurais.

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

MPF em Jales move ação contra ex-prefeito de Santa Albertina e mais oito por fraude a licitações

Verbas para cursos de capacitação eram oriundas do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome
O Ministério Público Federal em Jales ajuizou ação de improbidade administrativa contra nove pessoas que participaram, em tese, de irregularidades em processos licitatórios no município de Santa Albertina. O ex-prefeito Antonio Pavarini de Matos, três empresárias e cinco servidores públicos são acusados de fraudar duas licitações que tiveram como objetivo contratar empresa para ministrar cursos junto ao Programa de Atenção Integral e Família (PAIF) e Piso Básico de Transição (PBT).
Os programas utilizam verba federal do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Os réus podem ser condenados com base na Lei de Improbidade Administrativa (8.429/1992). Além do Inquérito Civil Público instaurado para apurar os fatos, a ação baseou-se em fiscalização realizada pela Controladoria Geral da União (CGU) no município de Santa Albertina.
Nos documentos encaminhados pela CGU ao MPF não se constatou que os serviços contratados foram realmente prestados. Foram recebidas apenas algumas listas de presença referentes a algumas semanas do mês de agosto de 2011 e uma do mês de junho de 2011.
Entre os anos de 2010 e 2011, o município realizou procedimentos licitatórios na modalidade convite. No entanto, a cotação prévia de preços foi realizada com as mesmas empresas que, posteriormente, participaram da licitação, em total desacordo com a Lei de Licitações (8.666/93), pois impede que se estabeleça de forma isenta a base de preços para o certame. Além disso, não se verificou a existência de um projeto básico que detalhasse os serviços a serem prestados pelas empresas vencedoras, o qual também é exigido para a realização de licitações.
Outras irregularidades
– Além dos agentes públicos, a ação foi ajuizada contra as empresárias Lariza Maria Stuqui, da Lariza Maria Stuqui - ME; Luthy Stuqui, da Luthy Stuqui – ME; Lucilene Aparecida Fiochi, L. A. Fiochi -ME. Conforme se apurou, Lariza e Luthy são irmãs e possuem o mesmo endereço empresarial, o que impediria a efetiva competição entre as licitantes, segundo entendimento do MPF.
Em 2010, três empresas foram convidadas. Contudo, uma delas desistiu de apresentar proposta. A única, aliás, que não havia fornecido preços previamente à Administração Pública Municipal. A licitação não poderia ter procedido desta forma, pois a Lei de Licitações estipula um mínimo de três concorrentes com propostas válidas para confirmar o processo. Ainda assim, sagraram-se vencedoras da licitação Lariza e Lucilene, em desacordo com o próprio edital, que estipulava que a vencedora deveria ser aquela que apresentasse o menor valor global e não por item.
Em 2011, as três empresárias voltaram a apresentar preços e, posteriormente, foram convidadas a participar das licitações; mas as empresas das irmãs apresentaram carta de desistência. As cartas eram diferentes entre si, apesar de terem sido apresentadas no mesmo dia. No entanto, uma delas era idêntica a do candidato desistente de 2010, o que torna ainda mais clara a fraude. Assim, sagrou-se vencedora a requerida Lucilene, sem outras concorrentes.
Servidores
– Além do próprio prefeito, têm a obrigação de fiscalizar a regularidade legal do procedimento licitatório os servidores públicos que presidirem a comissão de licitação. Em 2010, os responsáveis eram Márcia Cristina Manfrenato, Ellen Sandra Ruza Poliseli e Taíze Gavioli Silveira Golçalves. Em 2011, Márcia continuou na comissão, mas os demais componentes passaram a ser Andréia Lázaro Azariti e Antonio Cezar Sanches Pelaio, também acusados pelo MPF na ação. Ação aponta prejuízo mínimo de R$ 88.058,00 ao erário. O valor é "equivalente à soma dos valores dos dois contratos decorrentes dos procedimentos licitatórios irregulares, ainda sem as devidas correções e atualizações monetárias".

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Ministério da Saúde destina R$ 1,2 milhão para UPA 24h “Satoru Yamada”, em Jales

O recurso, que será dividido em 12 parcelas ao longo de 2014, é destinado para custeio da unidade que oferece atendimento de urgência e emergência
A Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h) dr. Satoru Yamada, que beneficia a população do município de Jales, receberá recursos para custeio do Ministério da Saúde. A Portaria 2.331/2013 estabelece o repasse no valor de R$ 1,2 milhão por ano, dividido em 12 parcelas mensais. Além disso, o Ministério vai repassar R$ 400 mil referente a meses anteriores à publicação da portaria. Para a construção da unidade, que já está em funcionamento, o Ministério da Saúde investiu R$1,4 milhão.
Inaugurada em julho de 2012, a UPA dr. Satoru Yamada realizou somente nos sete primeiros meses deste ano, 48.504 atendimentos. São quase 7 mil atendimentos por mês. Sua estrutura física é composta por dois leitos de emergência, três pediátricos, sete para repouso, dois leitos individuais e duas poltronas para hidratação. Conta com 24 técnicos de enfermagem, 12 enfermeiros, três assistentes sociais, 11 recepcionistas, oito faxineiros e dois médicos por plantão de 24 horas.
UPA
– As Unidades de Pronto Atendimento são parte integrante da Política Nacional de Urgência e Emergência, lançada em 2008 pelo Ministério da Saúde. Funcionam 24 horas por dia, 7 dias por semana e podem resolver grande parte das urgências e emergências, como pressão e febre alta, fraturas, cortes, infarto e derrame. Dispõem de raio-X, eletrocardiografia, pediatria, laboratório de exames e leitos de observação. Nas localidades que contam com as UPAs, 97% dos casos de urgência e emergência são solucionados nas próprias unidades. Em todo o País são 283 UPAs, sendo que 194 destas já fazem parte do programa de incentivo de investimento adotado pelo Ministério da Saúde. Atualmente, 1028 UPAs em implantação. Em São Paulo são 238 UPAs autorizadas. O investimento total do Ministério da Saúde para esses equipamentos de atendimento de urgência e emergência é da ordem de R$ 2 bilhões. !Dayane Garcia - assessoria de Imprensa do Ministério da Saúde - Núcleo SP).

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Jales terá Escola de Construção Civil

A presidente do Fundo Social de Solidariedade de Jales, Maria José Leite, foi surpreendida com uma excelente notícia dada por telefone pela presidente do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo e primeira-dama, Lú Alckmin que anunciou a implantação de um polo da Escola de Construção Civil em Jales.
O projeto, segundo Lú Alckmin, deve estar em funcionamento na cidade no início de 2014 e terá objetivo de formar turmas em profissões muito requisitadas pela construção civil como encanadores, pedreiros e assentadores de piso e azulejo. Durante a formação, os alunos participam de aulas práticas em ambientes que reproduzem situações reais, proporcionando o desenvolvimento de técnicas específicas a cada uma das atividades.
"O polo da Escola de Construção Civil vai oferecer formação de qualidade e vai preparar profissionais com cursos de excelência para o mercado de trabalho, em uma das áreas que estão mais aquecidas em nossa economia", disse Zezé.
A presidente do Fundo Social de Solidariedade de Jales contou que a prefeita Nice Miastilides buscou incansavelmente a instalação desse polo que servirá para resgatar a autoestima das pessoas através de capacitação profissional. "Trabalhar em prol aos menos favorecidos é uma marca registrada da prefeita Nice que está muito feliz com a notícia dada por Lú Alckmin".
Na semana passada a prefeita Nice e a presidente do Fundo Social, Zezé, receberam a técnica do FUSSESP, Sueli Aparecida Neves Cezarette que visitou espaços físicos onde poderá ser implantada a escola. "Os cursos tem duração de 160 horas com turmas de aproximadamente 15 alunos. O Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo arcará com todas as despesas", revelou Sueli.

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

A pedido do MPF em Jales, TRF-3 bloqueia bens de acusados por contratação irregular de shows com verbas do Turismo

Tribunal já atendeu a pedido de bloqueio do MPF em sete recursos; outros 18 aguardam a decisão da Corte. Em 2011, MPF entrou com 31 ações de improbidade contra prefeitos, ex-prefeitos e intermediadores de shows
Após recurso do Ministério Público Federal em Jales, o Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) decretou a indisponibilidade dos bens de 15 réus que respondem a ações de improbidade administrativa por violar as regras para a contratação de artistas para shows musicais em festas promovidas com recursos federais. As verbas eram obtidas por meio de convênios com o Ministério do Turismo (Mtur) para cidades da região noroeste do Estado de São Paulo.
Os pedidos de bloqueio dos bens dos envolvidos haviam sido feitos perante a Justiça Federal de 1ª instância; alguns haviam sido negados, e outros estavam pendentes de avaliação. Diante desse quadro. o MPF resolveu recorrer ao TRF-3. São 25 recursos. Doze deles em razão do indeferimento do bloqueio, e outros 13, em razão de o juízo ter postergado a decisão de apreciar os pedidos de bloqueio para depois da manifestação dos acusados.
Razões dos recursos
: Sobre os indeferimentos, o procurador da República Gabriel da Rocha, autor dos recursos, destaca que os indícios dos atos de improbidade estão devidamente demonstrados - "notadamente pelos contratos por inexibilidade de licitação que foram celebrados de maneira indevida com empresas intermediárias, uma vez que os artistas não foram contratados diretamente".
Já em relação às ações nas quais o juiz optou por ouvir os réus antes de decidir, o MPF entende que foi postergada a análise do pedido – o que acabou colocando em risco a efetividade do eventual bloqueio. "Ora, qual seria o resultado prático e efetivo da medida pleiteada pelo Parquet Federal, consubstanciada em uma constrição de bens e ativos bancários, se a parte contra qual a referida medida foi dirigida tiver plena ciência do pleiteado, antes de sua decisão?", questionou o procurador.
Em março de 2011, o MPF em jales ajuizou 31 ações civis públicas de improbidade administrativa contra 39 prefeitos e/ou ex-prefeitos de municípios da região do noroeste paulista e 43 representantes de empresas intermediadoras de shows artísticos contratadas irregularmente por de inexibilidade de licitação para a realização de eventos promovidos com recursos públicos do Ministério do Turismo, no período de 2007 a 2010.

domingo, 20 de outubro de 2013

TRE-GO afasta juiz responsável por caso em que é réu

O juiz é acusado de ter favorecido o candidato eleito no pleito do ano passado em Itajá (GO), Luciano Leão, do DEM. De acordo com os advogados do PMDB, Adenito Francisco Júnior blindava o atual prefeito, funcionando como um advogado de defesa. O Tribunal Regional Eleitoral de Goiás afastou do cargo o juiz eleitoral Adenito Francisco Mariano Júnior, que atua em Itajá, no sudoeste goiano. Ele era o encarregado de analisar ação que pede o cancelamento da eleição municipal de 2012, mas também aparece como réu no mesmo processo, que parte de denúncia feita por representantes do PMDB. O juiz é acusado de ter favorecido o candidato eleito no pleito do ano passado, Luciano Leão, do DEM. De acordo com os advogados do PMDB, Adenito Francisco Júnior blindava o atual prefeito, funcionando como um advogado de defesa. Ele também analisaria o pedido de anulação da disputa.No entanto, após ser notificado, o TRE-GO descobriu que o juiz era responsável pelo processo em que era réu. Para evitar que ele decidisse em causa própria, o tribunal regional optou pelo afastamento do juiz. Itajá tem pouco mais de cinco mil habitantes, e o pedido de cancelamento da eleição será analisado por outro magistrado. (texto divulgado no site ethosonline de Fernandópolis SP)