Páginas

sábado, 17 de agosto de 2013

Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social e municípios região de Jales unem-se para superar a extrema pobreza

O secretário de Desenvolvimento Social Rogerio Hamam estará na manhã de terça-feira, 27 de agosto, em Fernandópolis, para entregar os Cadernos de Orientações do Programa São Paulo Solidário aos prefeitos de Aspásia, Dirce Reis, Marinópolis, Mesópolis, Nova Canaã Paulista, Pontalinda, e Vitória Brasil, região de Jales. O encontro será na Câmara Municipal de Fernandópolis
O Caderno de Orientações do Programa São Paulo Solidário traz as providências que as prefeituras deverão tomar para receber o pacote especial de recursos e benefícios direcionados à superação da extrema pobreza. "Essa etapa do Programa, chamada de Compromisso Paulista, tem o objetivo de promover a mobilidade social com ações em educação, qualificação profissional, melhorias na moradia, acesso à água potável e à energia elétrica, entre outros", explicou o secretário Hamam.
Com os planos de trabalho aprovados pelos Conselhos Municipais de Assistência Social, os sete municípios da região de Jales poderão receber o total de R$ 820 mil , para investirem em ações e ativos sociais de superação da pobreza multidimensional.
Recurso - Compromisso paulista: Aspásia R$ 102.000,00, |Dirce Reis R$ 119.000,00, Marinópolis R$ 158.000,00, Mesópolis R$ 110.000,00, Nova Canaã Paulista R$ 101.000,00, Pontalinda R$ 128.000,00, Vitória Brasil R$ 102.000,00
O São Paulo Solidário foi lançado em 2011. No ano passado, o Programa foi implantado efetivamente em 97 municípios de menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH/ 2000). Duzentos domicílios foram visitados e responderam ao questionário para avaliar as condições de saúde, educação e padrão de vida, segundo o Índice de Pobreza Multidimensional (IPM). Com isso, foi possível saber quem são, onde moram e qual grau de privações sociais vivem as famílias, considerando que a pobreza não pode ser medida apenas pela renda.

Municípios com população até 50 mil terão até 60 moradias do MCMV


A População do município de Jales, de acordo com o censo do IBGE de 2.010, posuui uma população de 47.012 habitantes
Na entrevista coletiva que a prefeita Nice Mistilidaes, concedeu segunda-feira, 12 de agosto, à imprensa, disse que está em andamento as obras de 99 casas populares nas proximidades do novo cemitério da cidade, e anunciou a conquista de 200 novas unidades liberadas pela CDHU, cujo terreno será apresentado muito em breve para a equipe da companhia e mais 499 unidades habitacionais que serão viabilizadas pelo Projeto Minha Casa Minha Vida. "As pessoas que sonham com a casa própria poderão realizar esse sonho pagando parcelas que vão custar entre R$ 25 e R$ 80 mensais durante 10 anos. São grandes conquistas na área de habitação, tão clamada e desejada pela população", revelou a prefeita Nice.
Só que, na terça-feira, 13 de agosto, o Ministério das Cidades publicou a Portaria 363 que define os critérios para operar o programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV) nos municípios com população até 50 mil habitantes, que serão operadas por meio do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal.
O investimento previsto é de R$ 4,7 bilhões para construção de 135 mil imóveis, conforme anúncio feito pela presidenta Dilma Rousseff durante a XVI Marcha à Brasília em Defesa dos Municípios.
Os municípios com população inferior a 20 mil habitantes poderão construir através do programa até 30 unidades habitacionais. Os que tiverem população entre 20 e 50 mil poderão construir até 60 moradias. Serão, no mínimo, 3% das unidades habitacionais destinadas a idosos.
O valor máximo de cada imóvel será de R$ 35 mil. O programa beneficiará famílias com renda de até R$ 1,6 mil. O beneficiário deverá arcar com 120 prestações de R$ 25,00 ou 5% da renda bruta familiar mensal.
A seleção dos beneficiários será feita pelas prefeituras. A contrapartida do município ou estado será a doação do terreno e a elaboração e execução do trabalho social junto aos beneficiários finais.
Além disso, os municípios deverão providenciar a inclusão ou atualização das famílias selecionadas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) antes da indicação do candidato às instituições financeiras.
As propostas devem ser apresentadas à Caixa e ao Banco do Brasil até o dia 31 de dezembro de 2013.

Folhageral

Reflexão
A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos. Charles Chaplin

Em decisão
monocrática sem resolução de mérito em 25 de junho deste ano, a desembargadora Clarissa Campos Bernardo, do TRE-SP, publicada em 12 de julho, no Diário da Justiça Eletrônico do TRE-SP, proferiu o seguinte despacho "Nos termos da manifestação do órgão ministerial, que adoto como razões de decidir, determino o arquivamento do presente Inquérito Policial em relação a Josué Eduardo de Assunção, com as devidas anotações e comunicações
São averiguados
no inquérito policial Nº 115351, instaurados pela Justiça Eleitoral de Jales, mediante a apresentação de uma representação por Lauro Gonçalves Leite Figueiredo, em julho de 2012: Vanderlei Antonio Conejo, Celso Lopes Siqueira, José Alves dos Santos, Josué Eduardo de Assunção e Edes Pretes, todos de Aspásia. O inquérito foi conduzido pela Polícia Federal.
Josué Eduardo
de Assunção e Edes Prates são respectivamente prefeito e vice daquela localidade.
Enquanto
o estacionamento no átrio da Catedral de Jales era gratuito, estava sempre lotado. Donos de veículos chegavam às seis da amanhã e só pegava-o ao anoitecer. Só foi dar inicio à cobrança para se estacionar no local, que os acomodados desapareceram. O átrio fica vazio.
No bolso
Ex-ocupantes de vagas ali no átrio da catedral disseram que o preço do estacionamento está fora do orçamento, por isso tiraram o time de campo.
Falando nisso
,
o órgão responsável pela sinalização de trânsito em Jales já mudou as placas de estacionamento para idosos e deficientes na Área Azul, limitando o tempo para ocupar a vaga ou vão continuar com os privilégios, já que não pagam estacionamento.
A ida do chefe
de gabinete do Poder Executivo Municipal, Roberto Timpurim aos programas de rádio em companhia de Renato Luis de Lima Silva, o Renato Preto, coordenador da Expo Show Uva e Mel, para falar sobre a festa, é uma evidência que a administração municipal está colaborando com o evento, apesar das negativas.
As 90 bolsas
da Frente de Trabalho que a prefeita Nice Mistilides anunciou em sua entrevista coletiva, não são vagas para emprego, mas sim um programa que oferece renda e qualificação profissional à população desempregada e em situação de alta vulnerabilidade social. E as inscrições são feitas pela internet e não podem ser distribuídas aos apaniguados, como entendeu a prefeita ao oferecê-las aos nobres vereadores presentes à coletiva.
Diante do eminente
choque político - administrativamente há o estremecimento - entre o vice-prefeito Pedro Callado (PSDB) e a prefeita Nice Mistilides (PTB), deixa o cargo (já foi entregue), nessa segunda-feira, 19 de agosto, de Secretária Municipal de Desenvolvimento e Promoção Social de Jales, Lúcia Callado, Já são cinco os ex-secretários a deixar os cargos no governo Nice.
A prefeita Nice
fez questão de frisar em sua entrevista coletiva a conquista de 499 casas populares do PAC. Disse até quanto custaria a prestação mensal e prazo para quitação da casa própria. Acontece que a prefeita protocolou o pedido junto ao Ministério das Cidades, órgão responsável pelo gerenciamento do PAC 2.
Na ainda
Sem qualquer preocupação com o que pode causar o empoçamento de água dentro do esgoto a céu aberto ali na avenida Maria Jalles, até ontem momentos antes do fechamento da coluna, os entulhos continuavam lá dentro, represando água e segurando lixo que é jogado dentro do esgoto causando mau cheiro.

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Educadores de Mesópolis participam do 2º Congresso Internacional em Votuporanga



Preocupada com a qualidade de Educação no município, a Prefeitura Municipal de Mesópolis, faz mais um investimento no setor, promovendo a participação de professores e coordenadores de Mesópolis no 2º Congresso Internacional de Educação do Noroeste Paulista, realizado de 23 à 26 de julho na cidade de Votuporanga .Com a participação, a equipe de Mesópolis esteve buscando assim novas experiências de atualização em tecnologias educacionais pra melhor atuarem em sala de aula com competências para garantir que todo aluno realize a aprendizagem na idade certa

Presidenta do FSS de Mesópolis, Marinangela Polarini, participa da inauguração do Pólo Regional de Beleza em Santa Fé do Sul



A primeira dama Marinangela Zequine Campos Polarini, de Mesópolis, participou na terça-feira, 13 de agosto, da inauguração do Pólo Regional da Escola de Beleza em Santa Fé do Sul. O evento contou com a presença da primeira-dama do Estado de São Paulo e presidenta do Fundo Social de Solidariedade, Lu Alckmin.
Mesópolis faz parte do Pólo Regional que tem como principal objetivo oferecer qualificação profissional  em atividades geradoras de renda para a população de baixa renda. Em sua saudação, Lu Alckmin destacou que a área da beleza está crescendo e necessita de profissionais qualificados.
"A beleza está em alta. Até os homens estão se cuidando mais. E a beleza gera renda. A capacitação profissional eleva auto-estima das pessoas, fazendo com que se sintam capazes de buscar novas oportunidades de trabalho, gerando renda e melhorando a vida de suas famílias".
A primeira dama Marinangela Polarini solicitou o curso de Assistente de Cabeleireiro "pois este dará mais oportunidades de renda aos moradores de Mesópolis", enfatizou ela a Lu Alckmin.
Os cursos oferecidos pelo Pólo Regional são: Manicure e Pedicure, Maquiagem, Designer de Sobrancelha, Assistente de Cabeleireiro e Depilação.

PALAVRAS DE CHICO XAVIER

Pergunta
– Como ficará a Doutrina Espírita após a sua desencarnação? O senhor acha que ela ficará abalada? Quem poderá substituí-lo na liderança?
Chico Xavier
– A Doutrina Espírita estará tão bem depois da minha desencarnação quanto estava antes, porque eu não sou pessoa com qualidades especiais para servi-la.
Eu sou um médium tão comum, tão falível como qualquer outro. Não me sinto uma pessoa necessária e muito menos indispensável.
Outros médiuns estarão aí interpretando o pensamento e a mensagem dos nossos amigos espirituais, e eu peço a Deus apenas que não me deixe dar mancadas em minha tarefa.
Esta coluna tem o patrocínio e responsabilidade da
"Associação Espírita "Chico Xavier" de Jales.

O (des)governo brasileiro

Por Laryssa Cintra Martins Teodoro e Caroline Leite de Camargo

O Brasil é exemplo em atos como as eleições, em que o sistema eletrônico contabiliza os votos em tempos recordes. Outro exemplo é o Sistema Único de Saúde, que possui, em tese, atendimento universal. Em vários países desenvolvidos, a saúde pública não funciona. Antes de atender uma emergência, verifica-se se o paciente tem algum plano de saúde ou como vai pagar pelo serviço.
A superlotação em postos de saúde e hospitais públicos no Brasil é comparada a uma bomba relógio, que pode estourar a qualquer momento. O descaso é grande: além da falta de leitos, a administração de recursos quase sempre é falha. Se a máquina que faz o raio-x quebra, o que fazer com ela? A resposta deveria ser "Conserte!", mas nem sempre isso acontece, pois "não há dinheiro". Existe muito dinheiro nesse país; o que não há é bom senso na administração dele. É lastimável ver seu ente enfermo em corredor de hospital, correndo riscos, como o de infecção hospitalar ou outras doenças.
Os serviços públicos de forma geral são deficientes, e os governantes não fazem uso deles, não dormem em filas para conseguirem ser atendidos, não esperam meses para conseguir uma consulta ou exame. Nos últimos tempos, têm acontecido, no entanto, alguns problemas também nos atendimentos privados, envolvendo planos de saúde. Os profissionais da saúde alegam que os planos privados pagam muito pouco: cerca de vinte e sete reais por consulta. Quanto ao Sistema Único de Saúde, paga dez reais para especialistas e quatro reais para consultas básicas. Não é, portanto, por acaso, que há tantas precariedades. Quem tem condições de arcar com valores que oscilam de R$ 200,00 a R$ 500,00 por consulta recebe atendimento; os demais, seja pelo SUS ou pelos planos de saúde, têm que esperar.
Disso deriva outro problema que tem afetado a saúde do povo brasileiro: a automedicação. É mais fácil dizer ao Google o que se sente, pois, em frações de segundo, vários sites se apresentam e mostram os medicamentos bons para cada doença e como tomar. Ou então se pode ir a uma farmácia e dizer ao balconista os sintomas e comprar os medicamentos "corretos", posto que apenas os remédios com a famosa "tarja preta" possuem venda controlada de fato.
Mais uma vez, se o dinheiro público fosse muito bem administrado, a população teria dignidade, mas a capacidade da população em esquecer as fraudes cometidas em todos os governos é admirável. O caso mais recente é o de Renan Calheiros, que voltou para o Senado. Se ele está lá é porque alguém o colocou.
É incrível o contrassenso que caracteriza os saberes ou a memória do brasileiro: as pessoas em geral sabem muito sobre como está o futebol, como estão as novelas, o Big Brother, o carnaval, mas não lembram em quem votaram na última eleição. Se está no ar a Voz do Brasil, desligam seus rádios ou sintonizam uma música. Dizem não ter paciência, ou não gostar de política. Não possuem consciência de que boa parte do que nos rege é política: as leis, a administração dos entes federados, a disponibilização de recursos públicos, entre tantos.
Em muitos lugares do mundo falta boa administração de recursos públicos. Se não há esse cuidado, a corrupção ocorre e quem sofre, mais uma vez, é a população. Os políticos são os representantes do povo e, como tal, devem agir. É muito mais fácil reclamar de que nada está bom do que exigir que se cumpram as promessas eleitorais, ou investigar a idoneidade de candidatos, buscar melhorias para todos, ser consciente antes, durante e após as eleições. As futuras gerações dependem de como agimos HOJE, para terem aos menos a oportunidade de existir, com dignidade!
*Laryssa Cintra Martins Teodoro:
Acadêmica de Administração da UFMS – Campus de Três Lagoas (MS).
*Caroline Leite de Camargo: Professora de Direito da UFMS de Três Lagoas (MS), Diretora do Instituto Três Lagoas de Educação Profissional: karoll_kamargo@hotmail.com

Transgênicos

Reginaldo Villazón
O monge e cientista austríaco Gregor Johann Mendel (1822 – 1884) foi um homem brilhante. Nos anos em que realizou experiências com plantas, especialmente ervilhas, e quando publicou o artigo científico "Ensaios com plantas híbridas", ele tinha plena consciência da importância do assunto. Mas não podia imaginar que, no futuro, seria considerado pai de uma ciência extraordinária, a Genética.
A contribuição de Mendel permitiu que o século XX contemplasse um grande número de cientistas – trabalhando com vegetais, animais e a espécie humana – para desvendar os mistérios da hereditariedade. Em 1953, descobrem o DNA, a estrutura química no núcleo das células, responsável pelas características e funcionamento dos seres vivos. Deste evento em diante, a Genética evoluiu de modo impressionante.
O melhoramento genético de plantas e animais, que o homem fazia de forma empírica desde épocas remotas, ganhou conhecimentos valiosos. As fecundações artificiais, os acasalamentos induzidos e as seleções de indivíduos produziram plantas e animais superiores para a economia agropecuária. Foi assim que surgiram novas variedades de algodão, milho, soja, trigo, bovinos, galinhas e outros.
Com o melhoramento genético e outras técnicas produtivas, a agropecuária avançou o suficiente para sustentar o crescimento acelerado da população mundial. Nas últimas décadas, a engenharia genética foi mais longe ao criar meios de modificar o DNA dos seres vivos. Por exemplo, de transferir um atributo do DNA de um animal, planta ou bactéria para o DNA de outra espécie de planta.
Após o susto de imaginar seres vivos misturados, a população tomou novo susto quando soube que sementes geneticamente modificadas (transgênicas) estavam à venda para uso na agricultura. O mundo ficou dividido entre as empresas multinacionais, defendendo o uso das suas sementes, e os ambientalistas contra os perigos que elas representavam para a natureza e a saúde humana.
Anos se passaram. As plantas transgênicas se multiplicaram na agricultura mundial. Com elas, não houve diminuição do uso de agrotóxicos nem aumento da produção de alimentos. E as pesquisas sobre os efeitos na saúde dos consumidores ainda geram dúvidas. Em novembro de 2012, a revista científica Food and Chemical Toxicology publicou um artigo que repercutiu no mundo e renovou polêmicas.
"Toxicidade em longo prazo do herbicida Roundup e de um milho geneticamente modificado tolerante ao Roundup", de autoria do cientista francês Gilles-Eric Séralini e seus colaboradores, relatou e mostrou fotos de ratos com câncer causado pela experiência. O artigo recebeu críticas da comunidade científica e das agências européias de saúde. Mas a discussão dos critérios científicos utilizados não levou a uma solução final.
Sem dúvida, a engenharia genética no futuro vai produzir alimentos saudáveis, nutritivos e saborosos. No presente, ela está no meio de um grande jogo de interesses. Então, é oportuno perguntar. "Hoje, o que é melhor: comer alimentos transgênicos com agrotóxicos ou comer alimentos naturais orgânicos?" A resposta é óbvia: "melhor é comer alimentos naturais orgânicos!".
Daí, a escolha dos alimentos continua válida. Os consumidores devem identificar os produtos (como fubá, farinhas, grãos e óleos) que tenham no rótulo a letra T dentro de um triângulo amarelo: são transgênicos. Devem preferir os não-transgênicos. Se possível, comprar frutas, legumes e hortaliças naturais orgânicos. Devem escolher hoje o que há de melhor hoje. Lembrem-se: "O homem é aquilo que ele come.".

2013: Ano das surpresas

Neste domingo, 18 de agosto, a Diocese de Jales realiza sua tradicional "romaria diocesana", congregando o povo na Praça da Catedral, para celebrar seu aniversário, reviver seu passado, retomar sua caminhada pastoral e festejar sua Padroeira, Nossa Senhora da Assunção.
De maneira especial, a Romaria se tornou o bom momento para a Diocese se sentir em comunhão com a Igreja e com o mundo, abraçando com generosidade as grandes intenções do ano, assumidas como motivo de preces e de ação de graças diante de Deus.
Este ano de 2013 já parecia já bem encaminhado como Ano da Fé, e com a Campanha da Fraternidade sobre a Juventude.
Mas eis que, de repente, foram aparecendo as surpresas. E a agenda que já parecia completa e tranquila, foi se enchendo de novidades.
De tal maneira que 2013 tem tudo para passar para a história como o ano das surpresas inesperadas.
Elas começaram no dia 11 de fevereiro, quando o Papa Bento XVI anunciou sua renúncia, para ser efetivada no final daquele mês, no dia 28 de fevereiro.
Esta notícia trazia em seu bojo a expectativa de outras, que em decorrência iriam se suceder. Além da situação completamente inusitada, de a Igreja contar simultaneamente com dois papas, um emérito e outro titular. Isto fez aumentar a interrogação sobre o resultado do conclave, cuja realização podia ser já agendada com mais antecedência, dado que não dependia de fato aleatório, mas de evento já consumado, como fora a renúncia de Bento XVI.
Pois bem, dadas as circunstâncias originais e inesperadas, aumentou o interesse do mundo inteiro pelo resultado do conclave, que nunca foi seguido por tantos jornalistas como desta vez.
Eles fizeram todas as projeções possíveis, tentando prever qual seria o resultado do Conclave. Imaginaram todas as hipóteses, menos a verdadeira.
Alguns tiveram o cuidado de adivinhar a própria duração do conclave, que deveria ser longo, para cumprir o roteiro de votações, supostas por eles.
Mas também nisto prevaleceu a surpresa. Depois de dois dias, ao cair a noite apareceu, generosa, a fumaça branca saindo da chaminé da Capela Sistina. Isto fez subir ao máximo a expectativa: quem sairia Papa deste conclave cheio de enigmas?
Pois bem, foi então que apareceu a grande surpresa, que ficará na história marcando para sempre o ano de 2013: o novo Papa vinha da América Latina, era um argentino, um jesuíta, que assumia o nome de Francisco. Todos os detalhes originais, nunca antes acontecidos. O Papa eleito era o Cardeal Jorge Mario Bergoglio!
A partir daí, ele mesmo se encarregou de ir proporcionando novas surpresas, todas elas confirmando, para alegria de todos, a soma de surpresas que o novo Papa ia assumindo e integrando: o nome escolhido, Francisco, que por si só já seria um programa de governo; a denominação de "bispo de Roma" com que prefere se identificar; sua atitude humilde de pedir a bênção do povo antes de sua bênção "Urbi et Orbi"; sua decisão de se deslocar de ônibus junto com os cardeais; sua deliberação de não ocupar os aposentos pontifícios para permanecer hospedado na Casa Santa Marta, o pequeno hotel que existe dentro do Vaticano.
E assim foram se sucedendo gestos e palavras, que iam ressaltando seu testemunho de simplicidade, de bondade, de autenticidade.
Faltava comprovar outra surpresa: como se portaria com as multidões no Brasil, durante a Jornada Mundial da Juventude. A partir daí não é preciso dizer mais nada. Todos temos bem presente a sucessão de surpresas que foi sua presença entre nós.
Estes fatos todos já bastariam para carimbar este ano de 2013 como o ano das grandes surpresas. Se vier mais alguma, e se for da parte do Papa, estamos prontos para acolher e apoiar. Pois se estamos com este Papa, estaremos no bom caminho!
D. Demétrio Valentini

Inscrições abertas para premiar hospitais “amigos do meio ambiente”

A Secretaria de Estado de Saúde de São Paulo abriu inscrições para a edição 2013 do prêmio "Hospitais Amigos do Meio do Ambiente". As unidades de saúde, públicas ou particulares, podem enviar seus projetos até 28 de agosto. A premiação será em 3 de setembro, no Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio-Libanês, durante seminário sobre hospitais saudáveis.
Para concorrer, os serviços de saúde devem enviar projetos de sustentabilidade e de preservação ambiental, desenvolvidos e aplicados dentro de suas rotinas de prestação de serviço.
Além de valorizar as melhores iniciativas, a premiação visa, ainda, estimular outros gestores a implantar açõ es ambientais em duas categorias: "Prêmio Amigo do Meio Ambiente – Destaque" e "Prêmio Amigo do Meio Ambiente – Referência".
O regulamento completo está disponível no link http://www.hospitaissaudaveis.org/noticias_ler.asp?na_codigo=29 . Os projetos devem ser enviados à Divisão de Meio Ambiente, do Centro de Vigilância Sanitária Estadual, exclusivamente pelo e-mail residuos@cvs.saude.sp.gov.br. Não há limite de inscrição de trabalhos por instituição.
Premiação de 2012
- No ano passado, a Secretaria premiou 15 hospitais, institutos, fundações e autarquias que se destacaram em ações de qualidade ambiental, no ano de 2012. As unidades receberam o selo "Amigo do Meio Ambiente 2012", um reconhecimento pelas iniciativas e projetos desenvolvidos que visam à preservação ambiental com a adoção de soluções práticas, efetivas e ecologicamente sustentáveis.

Idosos têm 3 vezes mais risco de desnutrição que pacientes adultos

Estudo realizado pelo Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe) mostra que os idosos apresentam 3,7 vezes mais risco de desnutrição que os pacientes adultos.
Entre janeiro e agosto de 2011, foram coletados, por meio de fichas de triagem nutricional, dados de 950 pacientes, entre homens e mulheres, acima de 18 anos de idade, internados no Serviço de Cardiologia do Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE), administrado pelo Iamspe. Foram excluídos os que tiveram alta hospitalar ou óbito antes do fim da triagem e pacientes sem condições para avaliação.
O hospital coletou dados sobre peso e altura para aferir o Índice de Massa Corpórea (IMC), que foi classificado conforme os padrões da Organização Mundial de Saúde (OMS) para adultos até 59 anos e para idosos. Os resultados apontaram que, na média, 46,3% dos casos analisados apresentaram risco de desnutrição, com base no IMC aferido. Mas esse índice entre os pacientes idosos foi de 53%, enquanto entre os adultos analisados foi de 23%. A diferença de risco foi obtida por meio de um cálculo matemático específico utilizado em estudos dessa natureza.
Segundo a chefe do Serviço de Nutrição e Dietética do HSPE, Ivani Maria Moraes, a população idosa apresenta maior risco de desnutrição em razão do desenvolvimento de cardiopatias a partir dos 60 anos de idade.
A nutricionista ressalta que diversos fatores estão associados à desnutrição, tais como baixa ingestão alimentar, complicações relacionadas a doenças cardiovasculares, idade avançada e perda de peso involuntária. "Identificar precocemente estes pacientes pode contribuir para o tratamento, diminuir o tempo de internação e os custos hospitalares", explica.
Cerca de 60% dos pacientes internados no HSPE têm mais de 60 anos e exigem tratamento diferenciado, incluindo o estabelecimento de terapia nutricional específica. O idoso é mais suscetível a alterações em decorrência das mudanças compatíveis com o envelhecimento. Estado nutricional, predisposição genética, inatividade física e patologias frequentemente associadas à idade são fatores preponderantes, conclui.

Polo Regional da Escola de Beleza é inaugurado com presença da primeira-dama Lu Alckmin


Foi inaugurado na manhã de terça-feira 13 de agosto, em Santa Fé do Sul, o Pólo Regional da Escola de Beleza, com a presença da primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (Fussesp), Lu Alckmin. Os cursos oferecidos são Manicure e Pedicure, Maquiador, Designer de Sobrancelha e Depilação. Cada curso terá duração de dois meses e atenderá dez alunos.
O Pólo faz parte do Programa Escola de Qualificação Profissional criado e desenvolvido pelo Fussesp e tem como principal objetivo oferecer qualificação profissional em atividades geradoras de renda ministradas em curto prazo, de forma a possibilitar a atuação no ramo de imagem pessoal, seja como empregados, prestadores de serviços autônomos e/ou proprietários de microempresas na área da beleza.
Lu Alckmin disse que a área da beleza está crescendo e necessita de profissionais qualificados. "A beleza está em alta. Até os homens estão se cuidando mais. E a beleza gera renda. A capacitação profissional eleva auto estima das pessoas, fazendo com que se sintam capazes de buscar novas oportunidades de trabalho, gerando renda e melhorando a vida de suas famílias".
O prefeito Armando Rossafa afirmou que todos os meios de oferecer capacitação e geração de renda serão buscados. "O mercado de trabalho exige pessoas qualificadas. Oferecer cursos de capacitação dão as pessoas a oportunidade de atuarem no mercado de trabalho, terem renda e emprego".
A presidente do Fundo Social de Solidariedade de Santa Fé do Sul, Rosemeire Rossafa Corrêa, agradeceu a primeira-dama Lu Alckimin e sua equipe pela implantação do pólo. "O Pólo de Beleza é mais uma importante parceria que firmamos com o Fundo Social do Estado de São Paulo. Para nós é uma imensa alegria ter sido escolhidos para abrigar o Pólo e receber os quatro cursos que certamente farão diferença na vida de muitas pessoas. Quero agradecer a dona Lu Alckmin e sua equipe que foram brilhantes tirar nossas dúvidas e dar todo apoio necessário durante os últimos quatro meses para que tudo se tornasse realidade".
Após a inauguração, Lu Alckmin reuniu-se com as alunas do curso, desejou boa sorte e parabenizou pela iniciativa. Lu também atendeu as primeiras-damas da região e disse que Fundo Social de Solidariedade está a disposição dos municípios.


Em setembro, será inaugurada a nova sede do Grupo Espírita Beneficente Maria Dolores


 "Depois de 14 anos de trabalho ininterrupto, após terem sido materializados muitos frutos espirituais, graças à bondade de Jesus, dos amigos espirituais e em especial do espírito Maria Dolores, conseguimos concretizar nosso sonho de construir uma sede com melhores acomodações para o grupo e para os amigos que procuram a nossa casa. Durante estes anos recebíamos a noticia do plano espiritual de que não tivéssemos ansiedades, procurássemos primeiro construir a casa em nossos corações e o restante aos poucos iria se materializando com o esforço de cada um, mas sobretudo, mantendo a fraternidade entre nós. Era preciso que nos tornássemos primeiro uma família, para que tivéssemos casa nova e coração renovado.
Iremos inaugurar no dia 15 de setembro, às 19h30min, o Novo Salão, no mesmo endereço. Venha participar conosco deste momento de grande alegria. Termos algumas surpresas para este momento e queremos compartilhar com o teu coração. Todos estão convidados", David

Professoras da Unijales são aprovadas em mestrado

O Centro Univesitário de Jales – Unijales conta com mais duas Mestres. As professoras Adriana Cristina Lourenção Valério, do curso de Fisioterapia e Lidiane Carla Herrera da Costa Saraiva do curso de Enfermagem foram aprovadas na mesma semana, na defesa de suas teses de mestrado, respectivamente no Instituto de Engenharia e Tecnologia de São José dos Campos e no Comitê de Ética e Pesquisa da Universidade Camilo Castelo Branco.



A professora Lidiane Herrera apresentou na semana seguinte e também foi muito bem avaliada, obtendo nota 10 em sua tese. O tema abordado foi "Eficiência do óleo de coco ozonizado na cicatrização de feridas de membros inferiores em portadores de diabetes Méllitus".
O objetivo do trabalho é acompanhar o processo cicatricial em feridas de pacientes diabéticos através da utilização do Óleo de Coco Ozonizado e acompanhar os fatores favoráveis e desfavoráveis em relação a cicatrização.
O trabalho é resultado de uma pesquisa qualitativa, experimental e descritiva, realizada no município de Jales. Este estudo demonstrou, portanto, que o óleo de coco ozonizado auxilia no processo de cicatrização.
A tese que a professora Lidiane apresentou foi orientada pelo Dr. Ricardo S. Navarro e co-orientado pela Dra. Dora I. Kozusny Andreani.

Adriana Lourenção,
apresentou no dia 2 de agosto o tema "Análise da função da mão ipsilateral à lesão em indivíduos com acidente vascular encefálico na fase crônica". O trabalho foi muito bem aceito pela banca avaliadora, composta pelo PHD. Osmar Pinto Neto e a Dra. Regiane Albertini de Carvalho. A orientação do trabalho ficou por conta do PHD. Renato Amaro Zângaro, que é presidente da Associação Brasileira de Engenharia Biomédica. A professora Adriana Lourenção na foto ao lado com Renato Amaro Zângaro, orientador do trabalho, se tornou Mestre pelo Instituto de Engenharia e Tecnologia de São José dos Campos

A fé em movimento

Adelvair David
 
Naturalmente, por um efeito do comodismo, é comum ouvir-se:
Eu tenho fé em Deus e isto é tudo.
É tudo mesmo, porque em principio, este pensamento isenta a pessoa de qualquer outro comprometimento. Não lhe tira da zona de conforto onde se encontra. O que é curioso é que a mesma boca que professa crer em Deus aceita o álcool que lhe absorve a dignidade, que lhe destrói a família, as amizades, o trabalho... Muitos dos que assim alardeiam permitem a palavra vã, o verbo depreciativo a respeito da vida dos seus irmãos, a crítica sistemática por mero capricho, a mentira a respeito das almas honradas sem a menor preocupação, a piada pesada criando quadros mentais negativos nos ouvidos incautos... Assim, crer em Deus é comodismo eleito e preferido.
Muito se fala da fé, porém, asseverou Jesus o nobre e amoroso mestre Galileu: "A fé sem obras é morta". Assim ensinou Ele para que o homem pudesse refletir e entender que a fé dever ser acompanhada de mudanças significativas de sentimento e comportamento; ela deve mover na criatura humana o desejo ardente de fazer o bem sem limites, o quanto lhe seja possível; alterar-lhe as direções moralmente erradas de modo a que não crie para si mesmo indignidades, sem o qual não seria fé. Ele mesmo, o Senhor, não deixou de exemplificar. Afirmou que era uno com Deus, demonstrou com a Sua vida que os propósitos divinos estavam Nele. Ensinou o amor verdadeiro e não perguntou a ninguém sua origem, sua crença, a posição social ocupada, e ensinou que todos os homens são irmãos. Para que a lição pudesse ser apreendida por todos sem qualquer dúvida, deu a própria vida de uma forma como jamais alguém fez... Nunca houve amor maior.
Portanto, a fé para ser proveitosa deve ser operante, ativa; deve vir chancelada pela nobreza das atitudes, pensamentos e palavras e do verdadeiro desejo de ser melhor. Ensina-nos o evangelho sob a ótica espírita que Deus não aceita um esboço imperfeito de virtude na sua criatura. Urge viver-se a Boa Nova trazida por Jesus naqueles tempos tão difíceis, não muito diferentes dos tempos de hoje, onde mesmo com muito progresso material, tecnológico e até moral, o homem ainda perambula pelos mesmos campos de enganos que não foram abandonados e que somente uma fé robusta pode lhes alterar a trajetória enganosa.
É momento de orarmos juntos, trabalharmos juntos para que o reino de amor e justiça do qual nos falou o Senhor possa ser implantado definidamente na terra, sobretudo em nossos corações.
SEJAM AS NOSSAS AÇÕES A CONFIRMAÇÃO DA NOSSA FÉ.

EDITAIS DE PROCLAMAS

Ademir de Mattis
, Oficial do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de Jales, Estado de São Paulo. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro.
GIOVANI ANTONIO SCARANTE e MARIVÂNIA CRISTINA OLIVEIRA. ELE,
natural de Paranapuã, deste Estado, nascido aos 27 de março de 1.973, comerciante, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Jaime Scarante e de Maria Julia Dezan Scarante. ELA, natural de São Francisco, deste Estado, nascida aos 04 de maio de 1.976, do lar, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Otacilio Oliveira e de Leonora de Carvalho Oliveira.
JOSÉ LEONES DE LINICA e LOURDES VIEGAS SEVERINO. ELE,
natural de Novo Horizonte, deste Estado, nascido aos 24 de novembro de 1.931, funcionário público estadual, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Valdomiro Leones de Linica e de Brigida Maria de Jesus. ELA, natural de Brasilandia, deste Estado, nascida aos 26 de dezembro de 1.943, pensionista, viúva, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Leonildo Mas Viegas e de Maria Pedreiro Ruiz.
EDILSON RODRIGUES MANIESO e ELIANE DE LEÃO. ELE,
natural de São Francisco, deste Estado, nascido aos 27 de julho de 1.971, motorista, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Miguel Rodrigues Manieso e de Alaide Dias Manieso. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 09 de setembro de 1.972, merendeira, divorciada, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Sebastião de Leão e de Oswalda Luiza Gazola Leão.
VALDIR SCARAMUZZA JUNIOR e AMANY LOPES MOTTA. ELE,
natural de Jales, deste Estado, nascido aos 05 de setembro de 1.980, engenheiro mecânico, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Valdir Scaramuzza e de Dirce Rosa da Silveira Scaramuzza. ELA, natural de Fronteira, Estado de Minas Gerais, nascida aos 26 de abril de 1.988, analista de controle interno, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Ivan Sérgio Pereira Motta e de Sebastiana da Silveira Lopes.
CELSO HENRIQUE AGASSI e ELISAMA DOMINGUES DA SILVA. ELE,
natural de Jales, deste Estado, nascido aos 03 de abril de 1.978, tapeceiro, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Antonio Agassi e de Izabel de Souza Agassi. ELA, natural de São Paulo, deste Estado, nascida aos 24 de junho de 1.989, auxiliar de classe, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Euclides Gonçalves da Silva e de Nilda Domingues da Silva.
EDER RODRIGO SANCHES e FABIANE FRIÓSI SABADIN. ELE,
natural de Jales, deste Estado, nascido aos 03 de novembro de 1.978, engenheiro civil, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Antonio Sanches Filho e de Ermelinda Cardoso Sanches. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 10 de janeiro de 1.986, contadora, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Norberto Aparecido Sabadin e de Ivanir Donizeth Friósi Sabadin.
FERNANDO PRUDENTE DE MORAES JÚNIOR e ANA PAULA FERNANDDES PARRAS. ELE,
natural de Jales, deste Estado, nascido aos 24 de setembro de 1.981, funcionário público municipal, solteiro, residente e domiciliado em Santa Salete, deste Estado, filho de Fernando Prudente de Moraes e de Francisca Mendonça Moraes. ELA, natural de Palmeira D’Oeste, deste Estado, nascida aos 24 de setembro de 1.981, psicologa, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de João Quatrini Parras e de Lucia Gonçalves Fernandes Parras.
SE ALGUÉM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO OPONHA-O NA FORMA DA LEI. LAVRO OS PRESENTES PARA SEREM AFIXADOS NO REGISTRO CIVIL E PUBLICADOS NA FOLHA NOROESTE, NESTA CIDADE DE JALES.
Ademir de Mattis - Oficial

SERT implanta bolsas da Frente de Trabalho em municípios da região

às 15h, no Ipê Park Hotel na rodovia Washington Luis, Km 429, em Cedral.
As cidades beneficiadas e os respectivos números de bolsas concedidas são: Aspásia (66), Jales (90), Rubinéia (60), Santa Clara D’Oeste (60), Santana da Ponte Pensa (60) e São Francisco (60)
Durante seis meses, o programa oferece renda e qualificação profissional à população desempregada e em situação de alta vulnerabilidade social. Os bolsistas recebem mensalmente bolsa-auxílio de R$ 210, crédito para a compra de alimentos no valor de R$ 86 e seguro de acidentes pessoais. Os participantes devem prestar serviços de interesse local (quatro dias da semana – 6h/dia) e, no quinto dia, frequentar o curso de qualificação profissional. São 150 horas de qualificação.
"A capacitação é o principal objetivo desta ação, que também oferece condições para que o cidadão retorne ao mercado de trabalho", diz o secretário de Estado do Emprego, Tadeu Morais.
Em Aspásia, o convênio foi firmado com a AVAPE – Associação para Valorização de Pessoas com Deficiência.. Nas demais cidades, as entidades responsáveis pelos cursos ainda não foram definidas.
Os cursos de capacitação serão determinados entre a instituição executora e o coordenador da Frente de Trabalho no município em até três semanas após a implantação do programa. Os módulos variam conforme a carência de mão de obra local.
Como participar –
Para participar do programa, é preciso ser maior de 17 anos, estar desempregado há pelo menos um ano, residir no Estado de São Paulo há no mínimo dois anos, não ter familiar participante do programa e não receber qualquer benefício social equivalente.

Vereador Junior Rodrigues questiona Casa da Criança sobre respostas contraditórias

Foi aprovado na sessão ordinária, segunda-feira, 12 de agosto, propositura de autoria do vereador Rivail Rodrigues Júnior (PSB), solicitando à presidência da Casa da Criança de Jales, explicações sobre respostas encaminhadas à Câmara Municipal de Jales em um requerimento anteriormente enviado àquela instituição. De acordo com o vereador, as respostas "não esclarecem os questionamentos levantados no requerimento Desta feita, o novo requerimento solicita mais clareza quanto ao material encaminhado anteriormente", disse ele.
Em seus questionamentos, o vereador Junior Rodrigues apresentou três solicitações a Renato Luis de Lima Silva, presidente da Casa da Criança de Jales.
A primeira é de que sejam encaminhadas ao Poder Legislativo, as atas das reuniões realizadas pela entidade que trataram do planejamento e da organização e execução da Expô Show Uva e Mel. Esses documentos não foram encaminhados anexos o requerimento, uma vez que a entidade alegou "tratar-se de documentos internos". Segundo o vereador Júnior Rodrigues, por se tratar de informações de interesse público, "é prudente que as atas solicitadas sejam devidamente encaminhadas à Câmara Municipal"..
Em outra resposta, a Casa da Criança afirma que não há que se falar em cessão de CNPJ para a realização do evento, já que a Casa da Criança seria a efetiva realizadora da Expô Show Uva e Mel. Neste sentido, Junior Rodrigues indagou como se justificava "a manutenção da apresentação dos mesmos artistas que estariam na 44ª FACIP, caso fosse realizada, em abril de 2013, e a "herança" das vendas de mesas e camarotes efetuadas no evento anterior para a Expô Show Uva e Mel".
O vereador pessebista questionou ainda sobre o anúncio da promoção Expô Show pela Casa da Criança, "evento este que foi difundido pela administração municipal e que desesperadamente, buscou-se por um presidente para a Comissão Organizadora".
Com relação ao risco de penhora de bens da Casa da Criança em caso de prejuízo da Expô Show Uva e Mel, o vereador Júnior Rodrigues explicou que "em uma parte da resposta há a afirmação de que não se pode prever se existe o risco de bens serem penhorados ou leiloados por eventual ação executiva", ressaltando que em outra parte do mesmo documento afirma-se que "colaboradores e patrocinadores se dispuseram a arcar com possível prejuízo, o que sugere que não há risco de leilão ou penhora de bens da entidade".
De acordo com o vereador, esta informação contraditória torna possível o questionamento sobre a existência dos benfeitores que cobririam o prejuízo "o que é reforçado com a não apresentação dos nomes dos mesmos" e questiona Junior também, "se existem efetivamente tais benfeitores e no caso de sua existência, o motivo de seus nomes não serem apresentados". A direção da Casa da Criança de Jales tem o prazo de 15 dias para responder ao Poder Legislativo

GOU Franquias inaugura clínica ortodôntica em Jales

Jales agora conta com atendimento ortodôntico classe A para todos os públicos. A GOU Franquias – Grupo Ortodôntico Unificado, inaugurar nesse sábado, 17 de agosto, a partir das 9 h, mais uma Unidad, na rua Seis, Centro.
O sócio-proprietário da nova unidade GOU, Celso Kasuo Minomi, explica que a parceria com a GOU tem dado muito certo. "É a quinta unidade que vou inaugurar. Além da de Jales, sou o franqueador das clínicas de Mirandópolis, Guararapes e Araçatuba, que estão em dois endereços", enfatiza. Além de Minomi, a unidade de Jales também será administrada pelos sócios Gustavo Kawano e Woshington Hachizuni.
Atendimento classe A
– A GOU oferece treinamentos que abrangem desde a copeira até o dentista. A equipe de Jales já foi capacitada para iniciar os atendimentos. Segundo Minomi, o objetivo é fazer com que os clientes de todas as classes sociais fiquem totalmente satisfeitos. "A GOU nos deu todo o suporte na seleção dos colaboradores. Tudo isso para seguir o padrão de atendimento", ressalta.
Estrutura
– O imóvel onde funcionará a clínica atende o rigoroso padrão de qualidade classe A exigido pela GOU. O ambiente climatizado conta com instalações modernas e equipamentos atualizados com que há de melhor na Ortodontia.GOU Clínicas – Fundada em fevereiro de 2010, em Araçatuba (SP), o Grupo conta com mais de 40 unidades. Até o final de 2013, a marca quer chegar ao número de 50 franquias em funcionamento.
Foi aprovado na sessão ordinária, segunda-feira, 12 de agosto, propositura de autoria do vereador Rivail Rodrigues Júnior (PSB), solicitando à presidência da Casa da Criança de Jales, explicações sobre respostas encaminhadas à Câmara Municipal de Jales em um requerimento anteriormente enviado àquela instituição. De acordo com o vereador, as respostas "não esclarecem os questionamentos levantados no requerimento Desta feita, o novo requerimento solicita mais clareza quanto ao material encaminhado anteriormente", disse ele.
Em seus questionamentos, o vereador Junior Rodrigues apresentou três solicitações a Renato Luis de Lima Silva, presidente da Casa da Criança de Jales.
A primeira é de que sejam encaminhadas ao Poder Legislativo, as atas das reuniões realizadas pela entidade que trataram do planejamento e da organização e execução da Expô Show Uva e Mel. Esses documentos não foram encaminhados anexos o requerimento, uma vez que a entidade alegou "tratar-se de documentos internos". Segundo o vereador Júnior Rodrigues, por se tratar de informações de interesse público, "é prudente que as atas solicitadas sejam devidamente encaminhadas à Câmara Municipal"..
Em outra resposta, a Casa da Criança afirma que não há que se falar em cessão de CNPJ para a realização do evento, já que a Casa da Criança seria a efetiva realizadora da Expô Show Uva e Mel. Neste sentido, Junior Rodrigues indagou como se justificava "a manutenção da apresentação dos mesmos artistas que estariam na 44ª FACIP, caso fosse realizada, em abril de 2013, e a "herança" das vendas de mesas e camarotes efetuadas no evento anterior para a Expô Show Uva e Mel".
O vereador pessebista questionou ainda sobre o anúncio da promoção Expô Show pela Casa da Criança, "evento este que foi difundido pela administração municipal e que desesperadamente, buscou-se por um presidente para a Comissão Organizadora".
Com relação ao risco de penhora de bens da Casa da Criança em caso de prejuízo da Expô Show Uva e Mel, o vereador Júnior Rodrigues explicou que "em uma parte da resposta há a afirmação de que não se pode prever se existe o risco de bens serem penhorados ou leiloados por eventual ação executiva", ressaltando que em outra parte do mesmo documento afirma-se que "colaboradores e patrocinadores se dispuseram a arcar com possível prejuízo, o que sugere que não há risco de leilão ou penhora de bens da entidade".
De acordo com o vereador, esta informação contraditória torna possível o questionamento sobre a existência dos benfeitores que cobririam o prejuízo "o que é reforçado com a não apresentação dos nomes dos mesmos" e questiona Junior também, "se existem efetivamente tais benfeitores e no caso de sua existência, o motivo de seus nomes não serem apresentados". A direção da Casa da Criança de Jales tem o prazo de 15 dias para responder ao Poder Legislativo

Cresce o número de Caravanas com destino ao Votugospel


No dia 23 de agosto, sexta-feira, será repleto de movimentação e adoração para os moradores de Votuporanga e visitantes. A cidade, já conta com o recebimento de inúmeras caravanas, de diversos pontos do País, incluindo grande parte da região noroeste, além de metrópoles, como São Paulo, aonde todos vem unidos a um só propósito, celebrar a Deus, na 6ª edição de um dos maiores eventos gospel do interior paulista, o Votugospel.
A programação, dirigida a todos os públicos promete muita emoção e energia a quem participar. Será no dia 23 de agosto, começa por volta das 21h, na Concha Acústica de Votuporanga, com entrada gratuita a toda comunidade e, conta com os louvores e cânticos do Ministério de Louvor Diante do Trono, que embalará canções de sucesso nacional e internacional, além das novas, recém-lançadas, pelo CD Renovo, gravado em comemoração aos 15 anos de carreira do grupo.
O evento realizado pelo Conselho de Pastores, com organização da Megga Eventos Gospel, recebe apoio total da Prefeitura e Câmara Municipal de Votuporanga. A festividade registra a comemoração do dia do evangélico, que com a realização do Votugospel já se tornou tradição no município, mas independente de religião, atrai diversos públicos em suas edições.
Segundo Emerson Bortolaia, um dos organizadores do evento, o principal objetivo do Votugospel é garantir e apresentar a cultura gospel a toda comunidade, além de unir todos a uma só voz de adoração a Deus. Quanto ao show deste ano, Bortolaia se diz satisfeito, já que o Ministério de Louvor Diante do Trono é um dos maiores grupos deste gênero, reconhecido mundialmente por suas canções marcantes, trabalho de evangelização e também é muito querido pelos votuporanguenses.
Para Votuporanga, o momento é de comemoração, uma vez que eventos como estes, unem a população, movimentam o município, promovem a cultura e entretenimento na cidade. Além de ser tudo de graça, registra a nova estrutura da Concha Acústica, remodelada, especialmente para este tipo de festividades.

Ciclovias não estão integradas ao trânsito

Para o urbanista Caio Vassão, não há política pública para os ciclistas, apenas promoções e incentivos

Um meio de transporte que não polui, de custo e manutenção baixos e que traz benefícios para saúde, a bicicleta tem poucos adeptos no Brasil. Pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mostra que aqui 7% da população usa bicicleta como transporte, enquanto na Holanda 84%. As cidades brasileiras têm estrutura para os ciclistas?
Para o arquiteto e urbanista Caio Vassão as soluções existentes são ineficientes. "Não há ação de planejamento e implantação de um sistema cicloviário integrado em escala metropolitana. Ao mesmo tempo há campanhas independentes de promoção do uso das bikes em uma cidade despreparada para esse fim. O que observamos é o sacrifício de ciclistas em um meio urbano agressivo e dominado por automóveis, incompatível com a escala do pedestre e do ciclista", expõe.
Levantamento realizado em 2011 pela Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo comprova essa incompatibilidade. A cada dia, nove ciclistas foram hospitalizados vítimas de acidentes. Ao todo foram internados 3,4 mil pessoas, o que correspondeu a um gasto de R$ 3,25 milhões ao Sistema Único de Saúde (SUS).
A especialista em trânsito da Perkons, Maria Amélia Marques Franco, diz que o controle da velocidade pode auxiliar imediatamente neste cenário. "A OMS (Organização Mundial de Saúde) recomenda velocidades de até 50 Km/h em vias urbanas, com limites ainda menores em vias de circulação de pedestres e ciclistas, que são mais vulneráveis. Quanto menor a velocidade, menor é a gravidade do acidente, explica".
Vassão defende a mudança no modelo de cidade baseada nos automóveis para a cidade distribuída e a integração como condições indispensáveis para que a bicicleta seja um meio de transporte cotidiano. "A integração deve permitir a convivência efetiva, e não apenas um convívio perigoso", esclarece.
O que pensa o ciclista – Sergio Affonso, presidente do Clube dos Amigos da Bike (CAB), usa a bicicleta para atividades do trabalho, reconhece que muitas ciclovias não têm guias rebaixadas e não interligam trechos, e sugere que o ciclista utilize rotas alternativas fora de ruas de grande fluxo.
Apesar da precariedade da estrutura para o ciclista, Affonso acredita que o número de usuários no país irá crescer. "As ciclovias no Brasil são muito escassas e algumas são adaptadas e se tornam uma verdadeira aventura. Porém, na medida do possível, o poder público vem implantando ciclovias e ajudando muito a vida dos ciclistas e aficionados por bicicleta", diz.O que tem feito o poder público – A Lei 12.587, que institui as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana tornou obrigatória a elaboração, até 2015, de Planos de Mobilidade Urbana (PMU) para todos os municípios com mais de 20 mil habitantes. O Ministério das Cidades criou o Programa Brasileiro de Mobilidade por Bicicleta para incentivar o uso da bike com outros modais a longo prazo.
O urbanista acredita que enquanto os gestores públicos não considerarem os transportes leves como prioridade não haverá implantação maciça de sistemas cicloviários de qualidade e integrados. "Não há um política sobre isso, apenas promoções e incentivos. O poder público não assumiu a necessidade de uma política de transportes leves e ainda considera que automóveis são ou devem ser o meio de transporte predominante no tecido urbano", observa.
Segundo Maria Amélia, os planos de mobilidade urbana devem oferecer alternativas de transporte viáveis e seguras aos cidadãos, de acordo com suas necessidades. "É preciso também boas calçadas, ciclovias e ciclofaixas para estimular a caminhada e o uso de bicicletas em distâncias curtas e médias. É insustentável congestionar as ruas e lotar ônibus e metrôs porque as pessoas optam pelo carro ou transporte coletivo nessas situações", afirma.Bons exemplos – Na Europa, o uso da bicicleta é comum em cidades com condições de relevo e climática desfavoráveis. Na Noruega, a cidade montanhosa de Trondheim encontrou uma solução: criar uma espécie de elevador para as bicicletas. Em Ferrara, na Itália, cidade com inverno rigoroso e chuvoso, houve investimento em estacionamentos gratuitos com vigilância e nas estações ferroviárias. A administração local também substituiu, no centro histórico, as antigas pedras por calçadas planas.

Inscrições no Projeto Guri

O Projeto Guri, programa de formação musical da Secretaria de Estado da Cultura, abre inscrições para vagas gratuitas para cursos de instrumentos musicais, canto coral e iniciação musical nos polos de Jales, Nova Canaã Paulista, Santa Albertina, e Santa Fé do Sul. Voltado para crianças e adolescentes com idade entre 6 e 18 anos.
Para participar, os interessados devem comparecer ao polo que desejam estudar, acompanhados de pais ou responsáveis, portando RG ou certidão de nascimento e comprovante de matrícula escolar e/ou declaração de frequência escolar referente ao segundo semestre. Não é preciso ter conhecimento prévio de música, nem realizar testes seletivos.
A primeira semana é dedicada a atividades de integração, confirmação das matrículas e reuniões de pais.
Os alunos têm até 30 de agosto para efetuar a matrícula e as aulas começam entre 12 de agosto e 2 de setembro, de acordo com a data de inscrição, de acordo com cursos, vagas disponíveis e horário de funcionamento dos polos.
O endereço e telefone das unidades podem ser consultados em www.projetoguri.org.br.

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

MÁFIA DO ASFALTO: Em quatro meses, MPF em Jales denunciou 38 pessoas em oito ações penais

Passados quatro meses da deflagração da Operação Fratelli, deflagrada no dia 9 de abril e que desvendou a chamada Máfia do Asfalto, o MPF em Jales ajuizou oito ações penais contra 38 integrantes do esquema. Alguns desses réus são processados mais de uma vez em processos distintos. Entre eles estão o cabeça do esquema, o empreiteiro Olívio Scamatti, que é réu em sete das oito ações penais, lobistas, servidores públicos e três ex-prefeitos – de Auriflama, José Jacinto Alves Filho, vulgo Zé Prego; de Jales, Humberto Parini; de Fernandópolis, Luiz Vilar de Siqueira; e de Dolcinópolis, Onivaldo Batista.
Todas as ações penais relativas à Máfia do Asfalto apresentadas até o momento na Justiça Federal são de autoria do procurador da República Thiago Lacerda Nobre. "Achamos importante fazer essa prestação de contas para a sociedade", explica o procurador sobre o balanço da operação. Sete das oito ações penais se referem a fraudes em vinte convênios cujos valores totais alcançam a cifra de R$ 15.242.075,63. Esses vinte convênios foram firmados entre a União Federal, por intermédio dos Ministérios do Turismo e das Cidades, com os municípios de Auriflama, Jales, São João de Iracema, Fernandópolis, Dolcinópolis, Mira Estrela e Pedranópolis.
A fraude constatada nessas sete prefeituras ocorreu de forma semelhante ao que se deu em mais de 70 municípios da região: empresários e lobistas corrompiam agentes públicos e fraudavam licitações para a contratação de serviços de pavimentação e recapeamento asfáltico. Essas sete denúncias já foram aceitas pela Justiça, e os réus respondem por formação de quadrilha, fraude em licitação e falsidade ideológica. As ações estão em fase de instrução - momento durante o andamento do processo no qual se produzem provas e é permitido a cada um dos réus exercer seu direito de defesa.
Também foi aberto processo criminal pela prática, por duas vezes, de crime de violação de sigilo, contra um lobista e um policial civil. O policial repassou ao lobista informação sigilosa sobre um carro utilizado pela PF de Jales, o que colocou em risco as investigações.
MEDIDAS CAUTELARES
- Além das ações penais, também foram ajuizadas diversas medidas cautelares nesses quatro meses. A pedido do MPF, foi determinada pela Justiça Federal em Jales, ainda no mês de abril, a prisão preventiva de 13 acusados e atualmente réus nos processos movidos na esfera federal. O líder do esquema continua preso, e os demais presos naquela data receberam medidas alternativas diversas, além da obrigação de pagarem fianças cujo valor somado ultrapassa R$ 1 milhão.
A legalidade dos processos e das medidas impostas aos acusados já foi contestada perante o Tribunal Regional Federal da Terceira Região (TRF) e Superior Tribunal de Justiça (STJ), mas foi confirmada a legalidade dos atos praticados pelo MPF e pela Justiça Federal em Jales. Há também um recurso do MPF em segundo grau para que algumas das prisões determinadas a pedido do MPF em Jales sejam restabelecidas. A análise ficará a cargo do STJ.
Além das prisões, também foi determinado, a pedido do MPF, em Jales o bloqueio de bens dos principais integrantes do esquema. Esta medida visa garantir que valores indevidamente retirados dos cofres públicos sejam ressarcidos após as eventuais condenações dos réus.
Outra medida cautelar resultante da atuação do MPF foi o afastamento do cargo do policial civil envolvido em violação de sigilo. Para o MPF, a conduta "não se mostra compatível com o comportamento exigido de alguém que integre os quadros policiais".
MEDIDAS COMPLEMENTARES
- Além de ajuizar ações e prosseguir nas investigações sobre ilegalidades ocorridas em municípios integrantes da subseção judiciária federal de sua competência, o MPF em Jales já remeteu cópia das investigações a diversos órgãos.
Ainda no mês de abril, logo após à deflagração da operação, foram remetidas cópias da investigação à Procuradoria-Geral da República e à Procuradoria Regional da República da Terceira Região, responsáveis pela apuração de eventuais responsabilidades de quem possui o chamado foro privilegiado – caso de prefeitos e parlamentares, por exemplo.
Pela Procuradoria-Geral da República podem ser investigados deputados federais, governadores e senadores. Já pela Procuradoria Regional da República podem ser investigados deputados estaduais e prefeitos no exercício do mandato.
Nos últimos dias, também foram remetidas, após autorização judicial, cópias de documentos ao MPF de diversas cidades do Estado de São Paulo. O farto material remetido servirá de base complementar para que os procuradores da República que já possuem investigações e procedimentos sobre empresas envolvidas no esquema, além de permitir que novas investigações sejam abertas.
Neste primeiro momento, foram remetidas cópias dos documentos às Procuradorias da República em São José do Rio Preto, Ribeirão Preto, Barretos e Presidente Prudente. Outras procuradorias da República receberão material nas próximas semanas, à medida que indícios de irregularidades de novos municípios apareçam.
AUXÍLIO AO MP ESTADUAL
- Também foi remetida documentação ao Ministério Público Estadual. O material poderá ser remetido a qualquer promotor de Justiça, inclusive com atuação penal, como é o caso dos GAECOs de todo o Estado de São Paulo. A farta documentação, composta por material sob sigilo, foi remetida após autorização judicial e em formato digital (escaneado).
Para o procurador da República Thiago Lacerda Nobre, responsável pelas ações e medidas ajuizadas até o momento à frente do MPF em Jales, "é de extrema importância colaborar com todos aqueles que têm a função de investigar e processar os delitos. O MPF em Jales, que está um pouco mais avançado no caso, tendo ajuizado oito ações penais e obtido diversas medidas cautelares, se coloca sempre à disposição para compartilhar, dentro da lei, material de interesse comum".
NOVAS AÇÕES
- As ações penais ajuizadas pelo MPF em Jales são de autoria do procurador da República Thiago Lacerda Nobre que, em razão de remoção nacional ocorrida no MPF, encontra-se atualmente atuando perante o MPF em Santos/SP.
O concurso de remoção, que teve resultado divulgado em dezembro de 2012, antes da deflagração da operação, e que se efetivou em maio do corrente ano, também indicou novo procurador da República para responder pelo MPF em Jales, que ficará responsável pelo acompanhamento das ações já ajuizadas.
Mesmo removido, Nobre foi designado pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel, para continuar à frente do caso. Novas designações de outros procuradores para o ajuizamento de ações no futuro não estão descartadas. Assessoria de Comunicação -Procuradoria da República no Estado de S. Paulo.

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Sert implanta 60 bolsas da Frente de Trabalho em Dolcinópolis


Nesta sexta-feira , 16 de agosto, a Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (SERT) implanta 60 bolsas da Frente de Trabalho na cidade de Dolcinópolis, município da região de Jales. O evento acontece às 15h, no Centro Comunitário - Rua Santo Antonio, S/N – Centro, Dolcinópolis.
Durante seis meses, o programa oferece renda e qualificação profissional à população desempregada e em situação de alta vulnerabilidade social. Os bolsistas recebem mensalmente bolsa-auxílio de R$ 210, crédito para a compra de alimentos no valor de R$ 86 e seguro de acidentes pessoais. Os participantes devem prestar serviços de interesse local (quatro dias da semana – 6h/dia) e, no quinto dia, frequentar o curso de qualificação profissional. São 150 horas de qualificação.
"A capacitação é o principal objetivo desta ação, que também oferece condições para que o cidadão retorne ao mercado de trabalho", diz o secretário de Estado do Emprego, Tadeu Morais (foto).
A instituição responsável pela qualificação em Dolcinópolis será a AVAPE (Associação para Valorização de Pessoas com Deficiência). Os cursos de capacitação serão definidos entre a instituição executora e o coordenador da Frente de Trabalho no município em até três semanas após a implantação do programa. Os módulos variam conforme a carência de mão de obra local.
Como participar – Para participar do programa, é preciso ser maior de 17 anos, estar desempregado há pelo menos um ano, residir no Estado de São Paulo há no mínimo dois anos, não ter familiar participante do programa e não receber qualquer benefício social equivalente.

Pérola e Rosalino vão a São Paulo em busca de recursos para Jales




A presidenta da Mesa Diretora da Câmara Municipal Pérola Maria Fonseca Cardoso juntamente com o vereador Luís Fernando Rosalino, estiveram em São Paulo na terça-feira, 13 de agosto, onde foram reivindicar em prol do município de Jales.
Os vereadores petistas participaram de audiência agendada com o superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, Ricardo Rossi Madalena, quando foi solicitado a liberação de recursos para execução do projeto que visa a construção dos dois viadutos sobre a ferrovia no perímetro urbano do município.
"O referido projeto foi elaborado e depois aprovado no DNIT há mais de cinco anos. Contudo, por diferentes razões e em oportunidades diferentes, problemas de última hora impossibilitaram a liberação destes recursos. A falta destes viadutos causa hoje um estrangulamento da cidade, especialmente de seu trânsito, pois a ferrovia divide Jales em duas e os pontos de passagem de um lado para o outro são reduzidos", justificaram os vereadores em sua solicitação.
O dois viadutos, um na continuidade da rua Oito, interligando o centro com a rodovia Euclides e o outro na Cohab Roque Viola, pela rua Minas Gerais, foram prometidos em campanha eleitoral pela administração municipal petista mas nunca saiu di papel.
Os vereadores estiveram acompanhados pelo deputado estadual José Zico Prado (PT) e por Antônio Carlos Nogueira (Cacaio) presidente do diretório do PT de Jales. Na ocasião também foram protocolados pedidos ao deputado. Foi solicitado ao parlamentar a destinação de verbas para obras de recapeamento da Vicinal "Victório Prandi", que liga Jales a Dirce Reis e o encaminhamento de emenda parlamentar no valor de R$ 177 mil para a construção de uma quadra poliesportiva na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE de Jales.
Durante a viagem os vereadores também participaram de audiência com a deputada estadual petista Ana Perugini, a quem foi solicitado o encaminhamento de emenda parlamentar no valor de R$ 30 mil para a continuação do Projeto "Ampliando os Conhecimentos para a Inclusão Social", em favor da entidade APAE.
No gabinete do deputado estadual João Paulo Rillo (PT) foi protocolado o pedido de emenda parlamentar no valor de R$ 700 mil a ser destinada para construção de galerias e asfaltamento das ruas do Distrito III. Na ocasião também foi protocolado ofício de agradecimento ao envio de R$ 30 mil ao Lar dos Velhinhos, recurso destinado à melhoria da cozinha e refeitório da entidade.
Também durante a viagem, Pérola e Rosalino entregaram documento ao deputado estadual Hamilton Pereira (PT), solicitando auxílio para que seja dada continuidade nas conversações com a Universidade Federal de São Carlos para a criação do Campus em Jales. "Esta reivindicação vem sendo tratada há mais de três anos com a reitoria da UFSCAR. Sabemos da vasta experiência do deputado em tratar com este tipo de questão e a sua ajuda será fundamental para obtermos êxito em nossos planos", disseram.

Promoção Social participa de inauguração do 5º Polo Regional da Escola de Beleza do interior




A primeira-dama e presidenta do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (FUSSESP), Lu Alckmin, esteve na manhã desta terça-feira, 13 de agosto, na Estância Turística de Santa Fé do Sul, para a inauguração do 5º Polo Regional da Escola de Beleza do Interior.
O evento aconteceu na Avenida Paulo Nunes, n°380, e contou com a presença da Secretária Municipal de Desenvolvimento e Promoção Social de Jales, Lúcia Callado e da chefe de gabinete da pasta, Maria José Leite.
"Para promovermos qualificação profissional, geração de emprego e renda, implantamos 25 escolas de beleza na região do interior Paulista, dentre os 645 municípios do Estado, oferecendo cursos de assistente de cabeleireiro, manicure, pedicure, maquiagem, depilação e design de sobrancelhas", disse a primeira dama do Estado, Lu Alckmin.
Em Santa Fé do Sul as inscrições são abertas a toda a população, porem a primeira turma já está montada, tendo inclusive as aulas iniciadas ontem (12). Lá estão sendo ministrados os cursos de manicure e pedicure, maquiador, designer de sobrancelha e depilação. Cada curso terá duração de dois meses e atenderá dez alunos.

Educação abre inscrição inédita para professor efetivo ampliar carga horária na rede estadual

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo abre quinta-feira, dia 15, o período de inscrição para a atribuição de aulas para o próximo ano letivo com uma novidade. A partir de agora, os 181,5 mil professores efetivos e estáveis da rede estadual de ensino paulista poderão acumular o cargo com a contratação temporária e aumentar a carga horária em até 65 horas semanais.
Com a mudança, um professor com jornada de 40 horas semanais, por exemplo, poderá acumular até 25 horas extras, o que representa um ganho financeiro de cerca de R$ 1.400 ao mês, além do salário-base somado às gratificações que variam de acordo com cada servidor.
Confira aqui a portaria no Portal da Educação
A medida permitirá, por exemplo, que o professor efetivo substitua outro professor, afastado por licença médica, em horário distinto de sua jornada e na mesma escola em que atua. A mudança atende a uma solicitação da própria rede e reforça a política da Secretaria pela ampliação da atuação de docentes efetivos na rede estadual, que inclui também o anúncio do maior concurso da história, para ingresso de 59 mil educadores que deve ser realizado até o final do ano.
"Nossos professores poderão agora atribuir mais aulas, o que também possibilitará ganho salarial. É uma mudança que atende às reivindicações da rede, solicitadas durante os encontros permanentes feitos com os nossos servidores. Oportunidade inédita para os docentes e uma novidade importante para os estudantes, que poderão contar com um professor substituto da mesma escola", afirma o secretário da Educação, professor Herman Voorwald.
Os interessados em acumular horas farão essa opção no momento da inscrição para o processo de atribuição de aulas 2014 - procedimento que deve ser realizado pela internet até o dia 10 de setembro por todos os mais de 230 mil professores da rede estadual, efetivos, estáveis e temporários.
Para os candidatos à contratação temporária, é preciso fazer uma pré-inscrição em uma das 91 Diretorias de Ensino do Estado onde ele quer atuar para depois confirmar a inscrição online. Estes docentes passarão pelo Processo Seletivo Simplificado, com prova prevista para outubro.  

Vereador pede prorrogação de prazo para CEI da FACIP



O vereador Gilberto Alexandre de Moraes, presidente da CEI – Comissão Especial de Inquérito – que apura eventuais irregularidades nas contratações, recebimentos e pagamentos da 44ª FACIP – Feira Agrícola, Comercial, Industrial e Pecuária de Jales apresentou na Sessão Ordinária do dia 05 de agosto, tendo sido apresentado na Sessão do dia 12, realizada na segunda-feira, o Requerimento nº. 154/2013, que requer a prorrogação por mais 90 (noventa) dias, a partir de 19 de agosto de 2013, dos trabalhos da Comissão.
Os vereadores Gilbertão, Sérgio Nishimoto e Luís Rosalino – respectivamente presidente, vice-presidente e relator – da Comissão continuam a ouvir os depoentes do caso. Os últimos depoimentos foram dados por Rivaldo Pereira de Andrade (Rivaldo Minas), representante do Boteko Eventos, Paula Eduarda Camazano, representante da Argos Segurança Patrimonial Ltda., empresa terceirizada de segurança que prestou serviços na festa, Sr. José Aparecido Gomes, vigia que prestou serviços no Recinto de Exposições Juvenal Geraldelli, Roberto Carvalho, proprietário do Jornal Folha Noroeste e Nelson Nunes de Sá, responsável pela contratação dos funcionários que prestaram serviços na manutenção do recinto.
Segundo Gilbertão, a CEI continuará a ouvir a partir de semana que vem mais envolvidos no caso. De acordo com o vereador "nós convocamos novamente o Sr. Marco Poletto, proprietário da Agência Tribo, visto que ele não compareceu após nossas duas convocações. Também na semana que vem esperamos ouvir o Sr. Adriano Domênicis, que fazia parte da Comissão Organizadora da Festa, no cargo de 1º Secretário. Outras pessoas ligadas à administração municipal e membros da Comissão Organizadora também serão ouvidos posteriormente".
O prazo inicial de 90 dias para conclusão dos trabalhos da Comissão finda-se em 18 de agosto. Com a prorrogação por até mais 90 dias, nos termos do Regimento Interno da Câmara de Jales, a relatoria da CEI tem até o dia 18 de novembro para apresentar o relatório final.

Produtores rurais da Barra Bonita recebem visita da prefeita Nice




Depois de 10 anos sem receber um prefeito, cerca de cinquenta moradores da comunidade rural da Barra Bonita se reuniram no sítio do produtor Venderiano Zanetoni para recepcionarem na noite de segunda-feira, dia 12, a visita da prefeita Eunice Mistilides Silva – Nice e da secretária municipal de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente, Sandra Gigante. O encontro faz parte de uma série de visitas programadas pela atual administração à zona rural do município.
O objetivo da ação, que terá continuidade nos próximos meses, é conhecer "in loco" a realidade e as principais necessidades da população que reside no campo, para, posteriormente, avaliar as possibilidades de saná-las. Durante o bate-papo, os moradores pediram atenção para a estrada que liga o município de Jales a Paranapuã e a liberação da ponte que liga o município a Urânia.
"Tenho consciência que é a zona rural que trás as riquezas da nossa Jales. Temos muitas potencialidades adormecidas e precisamos despertá-las. Há muito tempo vocês foram esquecidos, mas agora quero que contem comigo. Sempre frequentei a Barra Bonita e para este importante bairro rural teremos um olhar diferenciado, inclusive com a joia que vocês têm que é a Embrapa", afirmou a prefeita Nice.
A secretária de Agricultura destacou as melhorias já conquistadas pela nova administração para os produtores. "A boa notícia que viemos trazer é que a estrada de vocês foi contemplada pelo programa do governo do estado e serão quatro quilômetros de manutenção e recuperação. Estamos aguardando apenas a carta de anuência dos produtores. Além do mais, a ponte será consertada em parceria com a prefeitura de Urânia nos próximos dias", disse Sandra.
O encontro que foi promovido por João Zanetoni também contou com a presença da pesquisadora da Embrapa Uva e Vinho, Estação Experimental de Viticultura Tropical, Rosemeire de Lellis Naves.

Profissionais da ESF Francisco Xavier Rego participam do 1º Chá das Mulheres da igreja Assembleia de Deus




No dia 10 de agosto, foi promovido o Primeiro Chá de Mulheres da Igreja Assembleia de Deus, Ministério São José do Rio Preto da cidade de Jales. O chá teve início às 15 horas e contou com a presença da população de Jales e região envolvendo pessoas de diversas igrejas e credos.
A abertura foi realizada pelo pastor Fernando Henrique Prajo, da própria igreja. O evento objetivou proporcionar uma tarde agradável e sociável, enfatizando encontros e reconhecimento de novas pessoas, irmãos perante Deus, e contou com um delicioso cardápio, com comidas típicas e caseiras.
O evento também objetivou a promoção de saúde e para isso, contou com a presença de profissionais da Estratégia de Saúde da Família (ESF) Francisco Xavier Rego. A enfermeira Ana Carolina Lima Amador esteve no evento e falou sobre a importância de se realizar o preventivo, seu objetivo, como realizar e o que ele diagnostica. A Fisioterapeuta do Nasf de Jales, Dieine Morise Mendes Garcia desenvolveu a temática "De mulher para mulher", enfatizando cuidados com a beleza, autoestima, auto-massagem, alongamentos ativos, malhação dos músculos do rosto e esclarecimento sobre as áreas da fisioterapia que promovem a saúde da mulher.
O Serviço de Atenção a Infectologia também esteve presente com a participação das profissionais Katia Regina Figueiredo e Gilda Donda que falaram sobre doenças sexualmente transmissíveis, enfatizando AIDS e hepatite, além de realizarem testes rápidos de hepatite, aberto ao público presente.
A pastora Kellen Cristina, de Paranaíba-MS, transmitiu uma linda mensagem de esperança e cantou hinos de seu CD. No encerramento do Chá das Mulheres houve sorteio de brindes doados por comerciantes de Jales. A irmã Maria Gorete de Lima Moraes agradeceu a todos pela participação e as irmãs do círculo de oração pelo apoio na organização.

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Secretaria implanta 390 bolsas da Frente de Trabalho na região de Jales

Na terça-feira, 20 de agosto a Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (SERT) implanta 390 bolsas da Frente de Trabalho. Seis municípios da região de Jales serão contemplados. O evento acontece às 15h, no Ipê Park Hotel na rodovia Washington Luis, Km 429, em Cedral.
As cidades beneficiadas e os respectivos números de bolsas concedidas são: Aspásia (66), Jales (90), Rubinéia (60), Santa Clara D’Oeste (60), Santana da Ponte Pensa (60) e São Francisco (60)
Durante seis meses, o programa oferece renda e qualificação profissional à população desempregada e em situação de alta vulnerabilidade social. Os bolsistas recebem mensalmente bolsa-auxílio de R$ 210, crédito para a compra de alimentos no valor de R$ 86 e seguro de acidentes pessoais. Os participantes devem prestar serviços de interesse local (quatro dias da semana – 6h/dia) e, no quinto dia, frequentar o curso de qualificação profissional. São 150 horas de qualificação.
"A capacitação é o principal objetivo desta ação, que também oferece condições para que o cidadão retorne ao mercado de trabalho", diz o secretário de Estado do Emprego, Tadeu Morais.
Em Aspásia, o convênio foi firmado com a AVAPE – Associação para Valorização de Pessoas com Deficiência.. Nas demais cidades, as entidades responsáveis pelos cursos ainda não foram definidas.
Os cursos de capacitação serão determinados entre a instituição executora e o coordenador da Frente de Trabalho no município em até três semanas após a implantação do programa. Os módulos variam conforme a carência de mão de obra local.
Como participar – Para participar do programa, é preciso ser maior de 17 anos, estar desempregado há pelo menos um ano, residir no Estado de São Paulo há no mínimo dois anos, não ter familiar participante do programa e não receber qualquer benefício social equivalente.