Páginas

sábado, 8 de junho de 2013

De 12 a 15 de junho, o chão vai tremer em Urânia

Será a 25ª Festa do Peão

A dupla Edson e Hudson será uma das atrações

Começa na quarta-feira, 12 de junho, a 25º Festa do Peão – Urânia 2013. Ao longo dos cinco dias, os organizadores da festa esperam receber aproximadamente 30 mil pessoas.
Uma das atrações musicais mais esperadas para o evento deste ano é a dupla Edson e Hudson que se apresenta na sexta-feira, dia 14 de junho.
Na abertura dos shows na quarta-feira, dia 12 de junho, a apresentação será da dupla Sergio Filho & Fernando.
Na quinta-feira, 13 de junho, se apresenta Maurício & Luciano, e no sábado, 15 de junho, Maycon e & Renato se apresentam no encerramento da 25ª Festa do Peão..
Além dos shows, a Comissão Organização aposta no rodeio, que será entre os dias 12 e 15 de junho para atrair o público não só do m município mas também de toda a região. . Peões de várias regiões vão disputar em torno de R$ 25 mil em prêmios, sendo que o 1° prêmio para montarias em Cavalo e Touro é uma Moto 0 KM. (ver cartaz na página 7)
A Comissão Organizadora da 25ª Festa do Peão – Urânia 2013 conta com o apoio da Prefeitura Municipal e Câmara Municipal de Urânia. Você pode adquirir sua permanente e mesa, em Jales, na Banca do Edu, localizada na praça João Mariano de Freitas. Em Urânia, no Serv-Já e Dellary Modas.Cavalgada – Com uma sensacional cavalgada, a Comissão Organizadora da 25 ª Festa do Peão Urânia 2013, espera a fechar com chave de ouro o evento que está se tornando popular não só no município como também em toda a região.
Um grande número de cavaleiros e amazonas, dentro de suas comitivas, vão participar da cavalgada, cuja concentração para saída será na avenida Brasil perto da cantina, com o desfile percorrendo as ruas do centro da cidade com encerramento no recinto da Festa do Peão.

Eleita a Rainha da 25ª Festa de Peão Urânia 2013










Com 1.700 votos, Daniela Santiago Soares,
19 anos, foi eleita a Rainha da 25ª Festa de Peão – Urânia 2013. 

A lindíssima morena encantou os internautas que votaram através da pagina da Festa do Peão no Facebook, se credenciando entre as dez finalistas para representar a beleza da mulher uraniense durante os quatro dias de festa.
Na primeira etapa, com 20 candidatas inscritas, 16 mil internautas escolheram as dez finalistas, das quais as quatro mais votadas seriam a Rainha, Princesa, Madrinha e Garota Country.
Na segunda fase, com as dez candidatas mais votadas, a escolha continuou acirrada já que os votos foram zerados.  Na quarta-feira, 4 de junho, às 15h15m, com o encerramento da votação, foram indicadas as quatro candidatas mais votadas pelos 11.341 internautas.
A bonita Natalia Lívia de Freitas, 16 anos, com 1.239,
foi escolhida pelos internautas a Princesa da 25° Festa do Peão.
A beleza de Mariane Fernandes Pedroso, 18 anos, que obteve dos
internautas 867 votos, deu-lhe o título de Madrinha da Festa do Peão.
A bela e charmosa Emili Cristina Domingues,
17 anos, com 786 votos foi escolhida pelos internautas
para ser a Garota Country da 25ª Festa do Peão –
Urânia 2013

Aqui mesmo

Reflexão
A cada dia que passa, a frota de veículos no município de Jales aumenta e, as vagas para estacionar diminuem, e o trânsito está um caos. Será que não é hora de se rever possíveis privilégios concedidos?

Aqui mesmo
O Tribunal Regional Federal - TRF-3ª Região, determinou à Justiça Federal em Jales que julgue o caso do advogado Rubens Marangão, denunciado pelo Ministério Público Federal em Jales, por extorsão e estelionato.
Danos morais
O advogado Rubens Marangão é o que ingressou no início deste ano com uma ação junto ao Juizado de Pequenas Causas da Comarca de Jales exigindo uma indenização no valor de 40 salários mínimos (R$ 27.120,00) por ofensa à sua honra contra a Folha Noroeste, por ter o jornal inserido em março de 2.011, em seu blog, a denúncia do MPF contra ele "pelos crimes de extorsão e estelionato".
Só a Folha
Todos os canais de TV, jornais de pequena, média e grande circulação, sites, blog`s comerciais e pessoais no estado de São Paulo e região deram a notícia da denúncia contra o advogado Rubens Marangão e ele acionou, judicialmente, apenas a Folha Noroeste, ninguém mais.
Como pode
O proprietário do prédio comercial na avenida João Amadeu no (sentido avenida Fco Jalles)  logo após o semáforo do cruzamento com a rua 11 deve estar cuspindo fogo. Bem em frente ao prédio, em letras garrafais na sinalização térrea, o aviso: Ônibus. Quer dizer que só ônibus pode ali parar. Caso seja ali instalado uma loja ou similar, o consumidor ou cliente não poderá estacionar. Sabe-se que estacionamento de parada de ônibus deve ficar livre 24 horas. Esse tipo de estacionamento deve ser em área que não causa transtorno.
O ex-prefeito Humberto Parini, segundo comentaram lá no botequim da vila, tem confidenciado a uns e outros, que seus amigos o abandonaram. Parini teve ter se esquecido da máxima que tudo gira em torno da ação e reação.
O povo???
Acabaram com a Parada de Ônibus na avenida João Amadeu próximo à rua 5, para ali criar-se um estacionamento para a polícia civil, que esperam os desprivilegiados não seja usado por donos de veículos particulares, mas uma nova parada de ônibus municipal, intermunicipal e interestadual nas imediações, não se fala. O povo que se lasque, isso sim.
Mais um
Na quinta-feira, o secretário municipal de Administração, Luciano Nunes, homem de confiança no governo Nice Mistilides, deixou o cargo. O comentário é que ele estava sob forte pressão política.
 Por quê?
Sob o viaduto Edson Bitencourt na avenida João Amadeu. existia ali uma Parada de Ônibus para todas as linhas. Agora no chão asfáltico,  circundado por uma faixa amarela de mais ou menos 40 metros, a ordem: "Proibido Estacionar". O que é proibido estacionar ali por enquanto  não se sabe ou, simplesmente, não se pode estacionar. Será que estão com medo do viaduto...?
Ao povo...
Fernandópolis fez a sua Expô 2013, Urânia fará a 25ª Festa do Peão, Santa Fé do Sul faz a sua Ficcap, e tantas outras cidades médias ou pequenas realizaram as suas. Jales não promoveu a Facip em abril por vários motivos que Deus e o mundo sabem de cor e salteado.
...para o povo
Ficou para setembro e provavelmente com outro nome a realização da Facip. Caso o vice-prefeito Pedro Callado (PSDB) continue como presidente da Comissão Organizadora e insista na tese da abertura de crédito adicional ao orçamento municipal e os vereadores, caso estejam coesos até lá, e decidam mais uma vez pela rejeição do projeto e novo imbroglio aconteça, fato será, que as pretensões políticas de Pedro Callado e de seu Partido vão por água abaixo. E de rodão, politicamente a prefeita Nice.
Tudo pode
Ah! falando em sinalização de trânsito quando é que os a autoridade responsável vai determinar nas placas de sinalização de estacionamento para idosos e deficientes físicos na Área Azul ou fora dela, o tempo que pode estacionar seus veículos? Já não pagam e ainda podem ter esse privilégio?

Curso de Estética e Cosmética da Unijales é reconhecido pelo MEC



Desde 2010, quando começaram as atividades e o funcionamento do curso de Estética e Cosmética da Unijales, tudo que era necessário foi feito para que este se solidificasse, dentro do cumprimento das exigências do Ministério da Educação(MEC).
Hoje, depois de três anos, não poderia haver melhor resultado. O curso acaba de ser reconhecido com excelentes avaliações.
Entre os dias 20 e 22 de maio, a comissão avaliadora, constituída pelas professoras doutoras, Maristela Jorge Padoin, Bióloga e Solange Arroio Lopes, Fisioterapeuta e atual Secretária de Educação de Maringá, analisou a qualidade do ensino, a estrutura física diferenciada, com espaços e recursos adequados para aulas práticas e teóricas, a qualificação dos professores e as instalações dos laboratórios especializados.
Todos esses requisitos colaboraram para a aprovação da primeira avaliação do curso, além de classificá-lo como de boa qualidade, atendendo, portanto, plenamente às exigências do Ministério da Educação.
"Essa aprovação nos dá a certeza de que nosso empenho e os nossos esforços na formação de profissionais, foram atingidos. Isso nos motiva a buscar melhorias e benefícios que contribuam em oferecermos excelência de ensino e formação de qualidade na Instituição. Parabéns a toda a equipe Unijales", afirmou a coordenadora de Estética e Cosmética, Jôse Luiza Botton Nunes.
Serviço
– A Clínica de Estética e Cosmética da Unijales é um espaço com serviços de alta qualidade e preços que cabem no bolso de quem quer cuidar da Estética Facial e Corporal. Os atendimentos são feitos por acadêmicos, sob supervisão constante de docentes e profissionais capacitados. Ligue e agende uma avaliação. (17)3622-1620

PL sobre pátios para veículos em mau estado de conservação está pronto para votação


Mais um projeto de lei de autoria do 1º secretário da Assembleia Legislativa, deputado Enio Tatto (PT), foto, está pronto para ser votado em plenário pelos demais deputados. É o PL 68/2012, que dispões sobre a implantação de pátios para a entrega voluntária de veículos em mau estado de conservação e segurança no Estado de São Paulo.
Entre outros projetos do 1º secretário também prontos para votação estão o de nº 245/201, sobre a compensação para municípios paulistas com áreas de mananciais, e o de nº 750/2011, que cria política estadual de combate à pobreza.
O PL 68-2012 ficou pronto para a Ordem do Dia depois que foi aprovado pelas comissões de Constituição, Justiça e Redação; de Transportes e Comunicações e de Finanças e Orçamento. As aprovações fora publicadas no Diário Oficial do Legislativo desta quinta-feira, 6 de maio.
"Este é o projeto que elegi como prioritário para ser aprovado ainda no primeiro semestre deste ano. Além de dar opções de destinação para veículos em mau estado de conservação e segurança, o Projeto de Lei pode impedir que sejam abandonados em vias públicas, o que pode até prejudicar o trânsito", justifica Enio Tatto.
De acordo com ele, sua proposta visa dar destinação a veículos "com larga escala de avarias à lataria, mecânica, elétrica e pneus que, em circulação, coloca em risco a integridade física do condutor e de transeuntes". Para o deputado do PT,
os proprietários de veículos em condições precárias não tem muitas opções, principalmente para os que tem placas da Capital e são obrigados a fazer a inspeção veicular.

"Muitos veículos sem condições de serem aprovados por esta vistoria técnica são abandonados nas vias públicas e outros vão rodando até serem flagrados por um bloqueio de fiscalização ou, pior ainda, quando se envolvem em algum tipo de acidente de trânsito", comenta.
Quem der baixa voluntária no seu veículo serão considerados quitados os débitos fiscais e multas de trânsito até a data de aprovação desta lei. Não se enquadram neste caso os veículos alienados a instituições financeiras ou com reserva de domínio.

Alunos da Unijales ministram palestra na ETEC de Ilha Solteira


Os alunos do curso de Sistemas de Informação da Unijales, José Paulo Codinhoto (foto alto) e Rodney dos Santos Mazuqui (foto abaixo) ministraram na sexta-feira,dia 28 de maio, palestras durante a Semana de Tecnologia, na ETEC de Ilha Solteira.
O tema "O futuro profissional de TI" foi ministrado pelo aluno José Paulo, que fez uma abordagem geral sobre como se comportar em uma entrevista de emprego, dicas de convivência no trabalho, mercado de trabalho e algumas reflexões sobre a visão atual dos profissionais de TI no mercado, além de falar sobre a importância do profissional de TI nas empresas.
Já o aluno Rodney dos Santos abordou o tema "Teoria, desenvolvimento e segurança de sistemas Web", demonstrando alguns Frameworks e abordando toda a parte de segurança. Ainda durante a sua palestra, mostrou técnicas de invasão em sistemas e deu dicas relacionadas a cursos e treinamentos.
As palestras agradaram ao público presente. Os alunos palestrantes demonstraram animação e segurança em relação aos temas abordados e puderam receber várias perguntas a fim de sanar todas as dúvidas. Para encerrar o evento, foi oferecido um show acústico o que tornou a noite ainda melhor.

Prefeitura de Mesópolis abre inscrição para Fisioterapeuta e Professor de Educação Física (Substituto)

COMISSÃO DE CONCURSO PÚBLICO
PROCESSO SELETIVO ESPECIAL N. 02/2013
EDITAL N. 01/2013

A Prefeitura Municipal de Mesópolis, pela Comissão especialmente designada, torna pública a abertura de inscrições para o Processo Seletivo Especial, para os empregos temporários abaixo relacionados, em conformidade com as disposições legais pertinentes e as instruções especiais do edital regulamentador do certame que estará afixado no local das inscrições.
Denominação dos empregos temporários:
- FISIOTERAPEUTA
- PROFESSOR SUBSTITUTO – EDUCAÇÃO FÍSICA
A contratação dos profissionais para as funções atividades acima descritas será em caráter temporário e eventual, pelo Regime da Consolidação das Leis do Trabalho, cujas inscrições serão recebidas nos dias úteis de 13 a 17 de JUNHO do corrente ano, das 8:00 às 11:00 horas, e, das 13:00 às 16:00 horas, no prédio da Prefeitura Municipal de Mesópolis, localizado na Rua José Galice, n. 1.785, centro, Mesópolis/SP.
Os candidatos aos empregos temporários acima referidos deverão recolher a taxa de inscrição no valor de R$ 70,00 (setenta reais), para cobertura de despesas com o processo seletivo, mediante o recolhimento junto a TESOURARIA da Prefeitura Municipal, mesmo local das inscrições. A taxa não será devolvida em qualquer hipótese.
A Comissão Especial faz saber aos candidatos interessados que as provas do processo seletivo, na forma das normas que a regem, serão realizadas no dia 23 de JUNHO de 2013
, às 10:00 horas, no Prédio da EMEF "ROSIMERI NIZA MENEZES", localizada na Rua Direitos Humanos, n. 2200, Mesópolis/SP.
O Edital completo do presente processo seletivo estará afixado no local das inscrições para ser consultado pelos interessados, no período das inscrições.
Mesópolis, 5 de junho de 2013.
VILMA ALEXANDRINA SANTANA

PRESIDENTE DA COMISSÃO DE CONCURSOS

Educação leva 440 alunos da D.E para atividades culturais

Este mês, 440 alunos das escolas estaduais atendidas pela Diretoria de Ensino – Região de Jales, participam de atividades culturais previstas no programa Cultura é Currículo, desenvolvido pela Secretaria da Educação do Estado de São Paulo por meio da Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE).
A programação inclui visitas a instituições culturais da região, como o as unidades do Sesc e o Zoológico Municipal da região.
As vagas são disponibilizadas às diretorias regionais de ensino, que as distribuem às escolas estaduais. O transporte e o lanche dos estudantes são fornecidos pela pasta.  "As ações têm como objetivo democratizar o acesso de professores e alunos da rede estadual a produções culturais que contribuam para aprimorar sua formação cultural", afirma Claudia Rosenberg Aratangy, diretora de projetos especiais da FDE.

Jesus e a cura da alma

Adelvair David
A Sua mensagem e a Sua vida, entre outras observações que limitadamente se pode fazer a respeito, O transformou em o maior terapeuta da humanidade.
Ele, O mestre, não só ofereceu entendimento para as necessidades humanas como apresentou propostas verdadeiramente transformadoras. Aplicadas, tornam-se porta de salvação para tantos quantos desejam superar os limites mesquinhos e dolorosos em que se debatem; é preciso considerar que o Seu projeto não era propor um lugar de beatitude a quem quer que seja, mas sim, oferecer ao homem a possibilidade de construí-lo dentro de si mesmo, por suas conclusões; assim afirmou: O reino de Deus está dentro de vós.
Há uma tendência natural no ser humano de desfocar o entendimento das coisas, seja por interesses menores, seja por ignorância; comportamento que atrapalha o seu crescimento espiritual, fazendo-o procurar a causa dos seus males nos outros, nas coisas à sua volta, ou até mesmo nas crises do mundo.
Jesus não apresentou tese de modificação fragmentada para o homem; ensinou e exemplificou que somente amando atingiria a sua completude, livrando-se do mal que o denigre e destrói a sua felicidade. As maiores dificuldades humanas ainda transitam pelas estradas do desamor. O exercício contínuo do amor descortina defeitos a serem modificados e anuncia caminhos novos de paz e harmonia àquele que se lhe submete.
Quando propôs a reflexão profunda aos que consciencialmente dormiam: "Aquele que estiver sem pecado que atire a primeira pedra", apresentou um grande aferidor de valores, permitindo ao homem meditar sobre sua própria conduta e não apenas ser assíduo observador da dos outros. Antes de julgar, compreender; diante da indiferença, promover a dedicação e o compromisso; na possibilidade da desonestidade, lembrar-se de que deve respeito a tudo e a todos, somente assim, poderá sentir-se motivado a crescer sempre, sendo seus atos mais conscientes e os erros apenas a falta daquilo que ainda não aprendeu.
É Ele o divã de luz onde todos os que realmente desejam a cura da alma querem descansar o coração: "vinde a mim todos vós que estais aflitos e sobrecarregados, que vos aliviarei", disse o mestre.
Sem dúvida Jesus é o conselheiro de Deus a orientar a humanidade, permitindo a erradicação do mal no homem e em torno dele, para uma sociedade mais justa, mais fraterna e mais caridosa.
JESUS MEDITADO E VIVIDO, CORAÇÃO LIBERTO E EM PAZ.

Curso Técnico de Enfermagem da ETEC Jales promoveu palestras na Semana da Enfermagem


A ETEC "Dr. José Luiz Viana Coutinho, de Jales, segundo a coordenadora Camila Maria Buso Weiller Viotto, mantém o Curso Técnico de Enfermagem há um ano, com corpo docente capacitado e atualizado que vem formando "auxiliares de enfermagem e futuros técnicos que já estão inseridos no mercado de trabalho, mostrando qualidade do ensino oferecido", disse ela.
Da primeira turma, de acordo com Camila Viotto, coordenadora do Curso Técnico de Enfermagem, foram contratados oito alunos pela Santa Casa de Misericórdia de Jales, e da segunda turma, dez alunos "passaram em prova teórica para segunda fase - teste prático, deixando a equipe de professores, coordenação e direção, muito orgulhosos pelos resultados obtidos".
De 12 a 20 de maio, o Curso Técnico de Enfermagem, da ETEC, comemorou a Semana da Enfermagem, com palestras educativas abordando diversos temas para alunos de enfermagem e demais cursos, "com intuito de atualizar conhecimento e experiência destes futuros profissionais, colaborando na qualidade da assistência de enfermagem prestada aos clientes", explicou Camila.
Foram palestrantes no evento: sub-tenente Claudionor da Silva Sá, do Corpo de Bombeiros, o médico Adelson Mariano de Brito, coordenador Geral do SAMU e equipe, psicóloga Cláudia Manfrin, Vanessa Luzia da Silva, profissional especializada no assunto "dengue" e Doutores Datrapalhada, que discorreram sobre assuntos importantes como : Humanização do cuidado, Motivação profissional, Ação e Prevenção de acidentes e Suporte Básico de Vida. Gostaríamos de agradecer a atenção de todos os palestrantes, professores e alunos que nos prestigiaram com sua presença.

Semana do Meio Ambiente em Jales, será encerrada









Centenas de pessoas se reuniram na Praça João Mariano de Freitas, manhã de quarta-feira, 5, para a abertura oficial da Semana do Meio Ambiente, promovida pela Prefeitura Municipal através da Secretaria de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Meio Ambiente  em parceria com a Sabesp.
O maior objetivo do evento foi o de sensibilizar a população em favor da natureza, através de ações simples e bem elaboradas, contribuindo para a melhoria do meio ambiente, além de deixar um legado para gerações futuras.
A cerimônia de abertura contou com a participação da prefeita Nice Mistilides , do vice-prefeito Pedro Callado, da secretária municipal de Agricultura Sandra Gigante, do chefe de gabinete da pasta Fagner Pelarini, do gerente de divisão da Sabesp Gilmar Rodrigues de Jesus, do gerente da Cetesb Silvio Beraldi, do coronel da Polícia Militar José Paschoal Nicoletti, do comandante da Polícia Ambiental de Jales Renato Montanari e dos vereadores André Macetão e Tiago Abra que representaram a Câmara Municipal. autoridades, alunos da APAE e de escolas municipais, representantes de entidades assistenciais e representantes de vários setores da comunidades também marcaram presença.
Uma apresentação do Coral Vozes que Encantam, dos alunos da APAE emocionou os presentes. "Temos que agradecer a Secretaria de Agricultura e todos os parceiros que tornaram esse evento possível. Essa é uma sementinha que está sendo plantada, já que é a primeira vez que a secretaria toma a frente do evento e tem todo o apoio da Sabesp e de outros parceiros que foram essenciais. Temos realizado ações que são imprescindíveis para o meio ambiente e isso será prioridade para nós. Vamos transformar nossa cidade em um lugar melhor para se viver e contribuir para que possamos ter também um mundo melhor", disse a prefeita Nice.
A secretária Sandra Gigante também agradeceu a todos os parceiros que abraçaram a causa e contribuíram para a realização da Semana do Meio Ambiente. "Todos os parceiros e empresas que acreditaram nesse projeto e todos que se preocupam com o meio ambiente merecem o nosso muito obrigado. Consciência e atitude são capazes de mudar o mundo e nós vamos ter uma Jales de um novo tempo".
Durante a abertura da Semana do Meio Ambiente, os participantes tiveram a oportunidade de visitar diversos stands montados na Praça e ainda levar para casa mudas de árvores nativas e frutíferas, ervas medicinais e condimentos, além de armadilhas e repelentes. Uma horta suspensa e utensílios fabricados com matéria reciclável também encantou quem passou pelo local.
Atividades
– Dando início a Semana do Meio Ambiente, o engenheiro agrônomo da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Meio ambiente, José Roberto Bóis, ministrou aos funcionários do AME - Ambulatório Médico de Especialidades de Jales, na segunda-feira, 3 de maio uma palestra educativa para orientações das ações do Programa Município Verde-Azul na cidade.
Na palestra foram apresentadas as 10 diretivas, onde os municípios concentram seus esforços para desenvolvimento da agenda ambiental, nas quais são: Esgoto Tratado, Resíduos Sólidos, Recuperação da Mata Ciliar, Biodiversidade, Arborização Urbana, Educação Ambiental, Habitação Sustentável, Gestão das Águas, Qualidade do Ar, Estrutura Ambiental e Conselho Ambiental.
Na terça-feira, mais de três mil crianças assistiram "O contador de histórias: heróis do Meio Ambiente", peça apresentada no Plenário da Câmara Municipal de Jales. No encerramento da Semana do Meio Ambiente, um passeio ciclístico parte da Praça João Mariano de Freitas, neste domingo, 9 de maio, às 9 horas.

Governo do Estado abre linha de crédito para projetos de iluminação pública dos municípios

O governador Geraldo Alckmin anunciou nesta terça-feira, dia 4, a criação de uma linha de crédito para projetos de iluminação pública para os municípios paulistas. A inciativa dará suporte financeiro às cidades do Estado de São Paulo que passarão a ser responsáveis pela rede de iluminação pública, a partir de janeiro de 2014.
Em setembro 2010, resolução normativa 414/2010 da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) retirou a obrigação das concessionárias de energia e em todo o País os municípios receberam a atribuição, que passa a valer partir de janeiro de 2014. As cidades terão que incluir em seus orçamentos os custos da implantação, ampliação e manutenção de redes de iluminação pública.  
As taxas de juros da linha de crédito serão de 8% ao ano (mais IPC-FIPE), e os prazos de pagamento de até 72 meses, com um ano de carência. O financiamento poderá ser de 100% do valor do projeto apresentado. Os itens que poderão ser financiados serão desde os conjuntos luminotécnicos (lâmpadas, soquetes, reatores, relé), passando por postes, condutores e transformados, além de infraestrutura para equipes de atendimento (Call Center e equipes de campo), softwares de controle, além de capacitação e treinamento de profissionais.
 O governador Geraldo Alckmin acredita que este apoio às prefeituras deverá ordenar os projetos de iluminação pública nos municípios e "vai estimular as pessoas a saírem de casa, praças e avenidas bem iluminadas, além de movimentar o comércio e aumentar a segurança". "Estamos oferecendo uma condição aos municípios que possam viabilizar uma exigência do governo federal, que repassou a responsabilidade às cidades", afirma, José Aníbal, Secretário de Energia do Estado.

Educação também é tema de preocupação entre vereadores

Na manhã de terça-feira, 4 de junho (foto), a presidenta da Mesa Diretora da Câmara Municipal, Pérola Maria Fonseca Cardoso e os vereadores Gilberto Alexandre de Moraes, Jesus Martins Batista e Luís Fernando Rosalino, visitaram a E. M. Alberto Gandur I e II, localizadas no Jardim Arapuã.
Os vereadores foram recebidos pela diretora Sônia Regina Carmelin e aproveitaram a oportunidade para verificar o trabalho da escola após o recebimento de denúncia onde consta a acusação de que os laboratórios de informática não contam mais com o auxílio de monitores terceirizados para auxiliar os professores durante as aulas de informática.
De acordo com a diretora Sonia Regina, os laboratórios de informática estão sem os monitores presenciais (instrutores) desde o fim de março, mas mesmo assim continuam sendo utilizados pelos alunos em companhia dos professores responsáveis. "A parte dos instrutores era a assistência técnica apenas, porque as aulas continuavam sendo ministradas pelos professores. Com a ausência deles, os professores têm se encarregado das aulas e ajudado na parte técnica quando é necessário. Mas já fomos informados de que em breve alguma empresa irá assumir a parte da monitoria e os instrutores voltarão para auxiliar os professores no trabalho", disse Sônia sobre o assunto.
Segundo informações do Diário Oficial do Estado, a Prefeitura de Jales já deu andamento a um novo processo licitatório para contratação de empresa que fará uso de software educacional. É de responsabilidade da empresa o treinamento e fornecimento dos instrutores
Na saúde
- Após o recebimento de algumas reclamações oriundas de munícipes, os vereadores da Câmara de Jales têm se revezado e realizado visitas a diversos postos de Estratégia de Saúde da Família, de Jales (ESF’s).
Desde quarta-feira, dia 29 de maio, a presidenta da Mesas Diretora da Câmara Municipal Pérola Maria Fonseca Cardoso e os vereadores Gilberto Alexandre de Moraes, Jesus Martins Batista, Luís Fernando Rosalino e Rivail Rodrigues Junior têm utilizado parte do dia para efetuar as visitas.
Os vereadores já estiveram nas ESF’s "Dr. Shiguero Kitayama", localizado no Roque Viola, "Dr. Getúlio de Carvalho", no Jardim Arapuã, "Leonísio Gambeiro" no Jardim Oiti e "Setuo Suetugo", localizado no Jardim São Jorge.
As visitas têm por objetivo apurar as reclamações recebidas dos moradores e analisar o trabalho efetuado nos postos de saúde. Em todos os postos de Estratégia de Saúde da Família os vereadores foram recebidos pelas gerentes ou enfermeiras responsáveis pelos locais.
"É de extrema importância que sejam realizadas estas visitas porque desta forma conhecemos melhor o trabalho dos postos de saúde, anotamos as necessidades de cada um deles, além de ter a oportunidade de sanar diversas dúvidas tanto nossas quanto da população", disse a vereadora Pérola sobre as visitas.
Após o término das visitas, os vereadores pretendem se reunir com a Secretária Municipal de Saúde Nilva Gomes e sua equipe, para apresentar as solicitações coletadas durante este período.
Audiência pública
– Na tarde da quarta-feira, 29 de maio, foi realizada no Plenário "Presidente Tancredo Neves" na Câmara Municipal , audiência pública da Saúde com a presença de todas as gerentes dos ESF’s jalesenses e equipe da Secretária Municipal da SaúdeNa ocasião o vereador Tiago Abra aproveitou a oportunidade para questionar ações e realizações da área. "Estamos trabalhando para uma Saúde cada vez melhor para Jales. É importante que estas audiências sejam apresentadas para sanar dúvidas e discutir metas de trabalho. Vamos ajudar no que for possível para que o atendimento seja cada vez mais satisfatório", disse o vereador.

PALAVRAS DE CHICO XAVIER

Pergunta
– Os espíritas raramente dizem a palavra pecado. Este não existe para a doutrina? Por exemplo, o sexo não seria um pecado?Chico Xavier – Quanto ao pecado, nós temos na Doutrina Espírita a lei de Causa e efeito, que é a lei, como dizem os hindus, a lei do carma. Lei essa pela qual as nossas faltas serão reparadas por nós mesmos. Nós criamos os nossos próprios impedimentos. Por exemplo, se eu pratico o suicídio nesta vida, naturalmente que na próxima eu devo ressurgir num corpo com as características de sofrimento que eu próprio terei criado para mim. De modo que nós não vamos dizer que não existe o conceito de pecado na Doutrina Espírita, mas os espíritas habitualmente não abusam desta palavra porque nós não podemos desconhecer a misericórdia de Deus em sua própria justiça. Se, estamos ainda em uma fase de desenvolvimento e de evolução ainda razoavelmente imperfeita, por que é que a perfeição divina haveria de nos punir com castigos eternos, quando um pai humano promove sempre meios para que o seu filho doente ou faltoso seja amparado com o remédio ou com o socorro psicológico? De modo que nós não consideramos o pecado como sendo uma afronta à bondade de Deus, mas, sim, a falta que cometermos uma afronta feita a nós mesmos, pois cada um de nós carrega em si a presença Divina.
Esta coluna tem o patrocínio e responsabilidade da
"Associação Espírita "Chico Xavier" de Jales.

Violência e colonialismo

por Vitor Sapienza
Sempre tivemos por hábito copiar o que vemos em outros países. E isso passa a ser quase que uma característica das nações mais novas, e, em muitos casos, resquícios do colonialismo. E quando citamos o termo, devemos destacar que o colonialismo pode ser cultural, econômico e político. Fiquemos com cultural, afinal é a partir da desestruturação da cultura que nasce o domínio. Foi e será sempre assim.
Apenas para ilustrar, basta lembrar o que fizemos com os nossos índios. Primeiro mandamos os nossos sertanistas, que fizeram os contatos; depois conseguimos a aproximação, a entrada na aldeia, a doação de presentes e iniciamos o convívio. E o índio começou a se alimentar de nossa cultura considerada mais forte.
Com o tempo ele abandonou as suas raízes, adotou a roupa de etiqueta importada e aceitou os nossos hábitos. E a sua cultura foi sendo relegada a um segundo plano. E falamos cultura como a somatória de religião, artesanato, política, folclore. O nosso índio tem carteira de identidade, usa calçado importado, adotou a tecnologia e se mistura com qualquer manifestante, seja em área urbana ou na floresta de onde ele vai, aos poucos, se afastando. A sua cultura foi pulverizada e caminha para o desaparecimento.
Usei três longos parágrafos para falar do hábito de se copiar coisas que vemos em outras culturas e que, nem sempre soam benéficas para nós. Bem sabemos do poder da indústria armamentista americana. Graças a esse poder, qualquer cidadão pode manter um arsenal em casa, ensinar as crianças a manipularem armas sofisticadas e, em muitos casos, demonstrar a sua habilidade atirando contra alvos vivos, estejam eles em uma escola ou uma avenida. No nosso caso, ainda não atingimos esse estágio, mas a preocupação é muito grande.
Apesar de nossa experiência de homem público, e sempre em contato com todos os segmentos de nossa sociedade, confesso que não tenho certeza da existência, entre nós, de algum tipo de pressão da indústria armamentista sobre o controle de fronteiras, o que impediria a ingresso de armas em nosso território. Se não existe a pressão, pode existir a inoperância, a omissão, ou a corrupção por parte de quem deveria impedir a entrada de armas. O fato é que elas estão aí, e a cada dia com uma sofisticação maior. E o mais grave: nas mãos das pessoas erradas.
Armas em punho, maldade à mostra, e consciência da impunidade, o crime vai ficando cada dia mais corriqueiro, mais comum, e transita em todos os setores da sociedade. Ele pode estar disfarçado no andar de cima, no prédio de classe média, onde o barulho do vizinho é o suficiente para a violência; ou nos bairros mais sofisticados, onde um simples telefone móvel, ou um relógio mais caro seria justificativa; ou na periferia, onde todos tem a democrática situação de vítima, no trabalho, em casa ou na rua, onde predomina a trágica ironia da tal "bola da vez".
Na nossa condição de colonizados, só não absorvemos a importação acentuada nem o ensino massificado do uso de armas, tão comuns nos Estados Unidos. Mas isso pode ser questão de tempo. Tudo faz crer que o Governo concorda que os nossos criminosos são mais humildes, que preferem a ilegalidade da importação e o empirismo do improviso. E enquanto isso, a sociedade produtiva paga a conta acumulando cruzes, somando dores e exercendo em sua plenitude, a condição de ingênuos e omissos. Ingênuos por pensar que nada pode ser mudado; omissos porque isso está virando uma característica nossa, as pessoas de bem.
Vitor Sapienza é deputado estadual (PPS), ex-presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, economista e agente fiscal de rendas aposentado. Acesse: www.vitorsapienza.com.br

Câmara aprova Moção de Aplausos a estudantes jalesenses

Os vereadores aprovaram, por unanimidade, na sessão ordinária, realizada na segunda-feira, 3 de junho, uma Moção de Aplausos de autoria dos edis Pérola Maria Fonseca Cardoso, Gilberto Alexandre de Moraes e Luís Fernando Rosalino destinada aos estudantes Bruno Eidi Nishimoto e Willian Zaniboni Silva.
A moção foi subscrita por todos os vereadores e homenageou os estudantes jalesenses pela conquista da medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Matemática – OBMEP. Eles receberão estas medalhas no dia 19 de junho de 2013, em cerimônia de premiação que se realizará no Teatro Municipal do Rio de Janeiro/RJ.
Na ocasião também foi aprovado por unanimidade o Projeto de Lei nº. 74/2013, de autoria do Poder Executivo, que concede auxílio financeiro aos acompanhantes dos estudantes na viagem em que eles receberão a premiação.
Os estudantes Bruno e Willian (foto) estiveram presentes sessão ordinária acompanhados das mães Lúcia Uchiyama Nishimoto e Claudete Zaniboni Silva e do coordenador pedagógico do Ensino Médio da E.E. "Dom Arthur Horsthuis" Moisés Marcolino. A escola também foi premiada, ficando entre as seis melhores do Estado de São Paulo.

Desordem oficial

Reginaldo Villazón
As lutas sociais acontecem em todas as partes do planeta. Elas fazem parte da história das sociedades humanas. Muitas delas se estendem com ódio e violência por muito tempo e deixam mártires pelo caminho. Porém, tendem a alcançar soluções consensuais definitivas, que fazem desaparecer as disputas e os rancores, e estabelecer um ambiente favorável ao progresso geral.
As rixas pela posse da terra – na cidade e no campo – são lutas sociais muito presentes. São lutas que não vão desaparecer de modo natural, pelo esgotamento das causas, porque se referem à necessidade de espaço para a sobrevivência das pessoas. Na cidade, todos precisam de um espaço para, no mínimo, erguer uma casa humilde. No campo, a terra é um fator de produção essencial para a produção agropecuária.
As pessoas costumam discutir e opinar, sobre estas lutas, de forma simples, como se elas fossem apenas jogos de interesses, envolvendo inocentes versus culpados, mocinhos versus bandidos. Assim, na cidade os Sem Teto conflitariam com os Proprietários Urbanos, no campo os Sem Terra conflitariam com os Proprietários Rurais. Mas essa conversa esconde verdades e não contribui para entendimentos.
Na cidade, cabe ao poder público fiscalizar e exigir o cumprimento das normas legais que regulam a posse e o uso do solo. A omissão permite que vários personagens de boa e de má fé – proprietários, especuladores, construtores, corretores, compradores, oportunistas – se embaracem e produzam situações muitas vezes caóticas, que nem a Justiça consegue resolver depois de análises e pareceres.
No campo, a luta é mais antiga e muito cruel. A estrutura fundiária típica (a maior parte da terra agricultável concentrada nas mãos de uma minoria) esteve presente nos países do mundo antigo e da época medieval, e está presente na América Latina. A história registra muitos confrontos armados e muitas mortes.
No Brasil, há conflitos por terra agricultável em todas as regiões, tanto por falta de uma reforma agrária (sempre prometida, nunca realizada) como por irregularidades na posse e no uso da terra. Nestes conflitos, estão envolvidos fazendeiros, sitiantes, trabalhadores, sindicalistas, indígenas, posseiros, grileiros, cartorários, políticos, madeireiros, ambientalistas, empresas, órgãos do governo. Mortes? Acontecem todos os anos.
Nos últimos dias, noticiários informam que em Mato Grosso do Sul, na região chamada Terra Indígena Buriti, índios Terena que lutam pela reconquista de suas terras invadiram grandes fazendas. Numa operação de desocupação, determinada pela justiça, a polícia agiu com violência: prendeu, feriu e matou. Mas os índios não se intimidaram. O conflito se alastrou, outro índio foi baleado e hospitalizado.
O antropólogo Levi Marques Pereira sabe bem o assunto. Em1926, o governo federal demarcou na região uma reserva de 2.090 hectares para os índios Terena. E vendeu a maior porção das terras dos índios para fazendeiros. Os índios nunca se conformaram. Em 2001, o governo aprovou um relatório sobre a Terra Indígena Buriti, elaborado pela Funai (Fundação Nacional do Índio). Em 2010, com base no relatório, o Ministério da Justiça reconheceu oficialmente que 17.200 hectares pertencem aos índios Terena.
Em resumo. O governo federal tomou grande extensão de terras dos índios e as vendeu aos fazendeiros. Sob pressão, mais tarde reconheceu o erro. Mas não tomou providências, não demarcou terras, não indenizou os fazendeiros, não evitou conflitos. Desta vez, ficou muito claro para a sociedade quem é o provocador da desordem.

sexta-feira, 7 de junho de 2013

A dupla Maycon & Rentato se apresenta dia 15 de junho na 25ª Festa do Peão em Urânia

A Dupla “MAYCON & RENATO”, já existe desde 1999, sempre com a mesma formação,  eles são naturais da cidade de “PALESTINA”, interior de São Paulo.
Com 14 anos de carreira, a marca, ” MAYCON & RENATO” tem como bagagem um amplo conhecimento artístico, fãs por muitos lugares , um repertório extenso e grandes histórias para contar.
Atualmente estão se destacando no cenário da musica Brasileira, pela alegria contagiante que levam aos shows a cada cidade que passam, a aceitação do publico é sempre certa,  com isso estão conquistando seu espaço no disputado mercado sertanejo.
Em 2011 e 2012 os moços de Palestina, ganham maior visibilidade e destaque Nacional com a música “NOVINHA”, uma mistura muito ousada, uma sacada brilhante dos artistas ao misturarem o “FUNK” Carioca com o “SERTANEJO” do interior paulista, foi com certeza onde atingiram grandes margens publicitárias como a execução da música “NOVINHA e SACANAGEM” em programas de “TELEVISÃO” como: “A praças é nossa, Melhor do Brasil, BBB 13, Os donos da bola, e muitos programas regionais de inúmeras emissoras, também atingiram as “RÁDIOS” dos quatro quantos do Pais, gerando assim  vendas de shows e realizações de eventos que proporcionaram longas viagens por muitos estados do Brasil.
MAYCON & RENATO trazem a você uma estrutura diferente, um talento natural e admirado por muitos pela alta qualidade quando eles cantam, a dupla tornou-se referencia por toda região de São José do Rio Preto/SP e são pioneiros no sertanejo moderno (UNIVERSITÁRIO) na região, estão entre os primeiros no que muitos artistas buscam e copiam para vossas carreiras.
No atual momento, 2013, eles estão lançando novo CD/DVD com o titulo “Aumenta o som”, gravado na exposição agropecuária de “FERNANDÓPOLIS/SP”, considerado um dos maiores eventos do interior de São Paulo, com um publico de aproximadamente 20 mil pessoas.
Esse novo trabalho traz musicas inéditas e participações de: JADS & JADSON, JEANN & JULIO E FRED & GUSTAVO, e, nos discos anteriores trazem: MATOGROSSO & MATHIAS, DURVAL & DAVI, GUILHERME & SANTIAGO, JOÃO NETO E FREDERICO.
Toda discografia da dupla pode ser encontrada gratuitamente no site www.mayconerenato.com.br .
A turnê “MAYCON & RENATO 2013” leva ao seu evento alegria, visual irreverente, estrutura diferenciada e muita, mais muita energia positiva.

Leilão beneficente Direito de Viver neste domingo, dia 9, no bairro da Nova Itapirema, em São Francisco

A 7ª edição do leilão beneficente Direito de Viver, evento beneficente em prol do Hospital de Câncer de Barretos (Fundação Pio XII), acontece no neste domingo, 9 de maio, a partir das 10 horas, no bairro rural da Nova Itapirema, no município de São Francisco, região de Jales.
Durante a programação, serão leiloados bovinos para cria, recria e engorda; caprinos e suínos. Ainda, haverá shows musicais, brincadeiras e sorteio de prêmios variados.
Organizado pelo agropecuarista, Valter Sabadini, o leilão é um dos mais tradicionais da região noroeste do Estado de São Paulo. Desde sua criação, em 2006, o projeto tem como objetivo principal arrecadar recursos para o auxílio dos pacientes do Hospital de Câncer de Barretos – uma das unidades de saúde pública referência no país. Em sua última edição, o leilão Direito de Viver arrecadou cerca de R$ 100 mil e reuniu mais de mil pessoas em São Francisco, município com cerca de 3 mil habitantes, segundo dados do IBGE.
De acordo com Sabadini, a meta é superar o valor arrecadado em 15%. "O leilão é por uma causa muito justa. Só temos a agradecer as pessoas que estão contribuindo com esse trabalho e auxiliando os pacientes que precisam de tratamento imediato para combater o câncer", afirmou.
A unidade do Hospital de Câncer de Barretos em Jales, inaugurada em 2010, realiza anualmente mais de 30 mil atendimentos a pacientes de câncer de 160 municípios brasileiros, totalmente gratuitos.

Exportações de couro: novo recorde brasileiro

Pelo segundo mês consecutivo, as exportações de couros e peles do Brasil bateram recorde em valores alcançados. No mês de maio, o país vendeu ao mercado externo US$ 227 milhões, segundo dados preliminares da Secretaria de Comércio Exterior. Trata-se de um crescimento de 15,7% em relação ao mesmo mês do ano passado.
Segundo o presidente executivo do Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil, José Fernando Bello, os números positivos de 2013 – que já registram crescimento de 18,5% se comparados ao acumulado do mesmo período de 2012 – têm origem nos esforços do setor para alavancar vendas e, também, em fatores de mercado. De acordo com Bello, a alta das exportações brasileiras tem ligação com a estagnação de compras no mercado interno e com o aumento no volume de importações dos países asiáticos, em especial China e Hong Kong. "O preço da matéria prima subiu, também. Podemos avaliar que, em média, dos cerca de 18% de alta no acumulado do ano, 5 a 6% sejam oriundos da elevação nos preços", destaca o executivo.
Em breve, serão divulgados os números com divisão por estado e tipo de couro. A participação de couros e peles no total das exportações se manteve em 1,1%.

Téologo Luciano Nunes deixa Secretaria de Administração

A partir do dia 10 de junho, Luciano Ferreira Nunes não responderá mais pela Secretaria Municipal de Administração da Prefeitura de Jales. O empresário que continuará contribuindo voluntariamente com a cidade decidiu por buscar novas parcerias com o empresariado jalesense e atrair novas empresas para a cidade.

Formado em Teologia, o ex-secretário possui 15 anos de experiência em administração de empresas e é proprietário de duas farmácias em Jales e quatro empresas do ramo de baterias na região. "Preciso de mais tempo para me dedicar às minhas empresas e minha prioridade é me doar 100% às atividades que desenvolvo. Optei por me afastar da secretaria, cuidar de perto das minhas empresas e, a pedido da prefeita Nice vou buscar novas empresas que queiram vim para Jales e investir na nossa cidade".
Para a prefeita Eunice Mistilides Silva – Nice “é claro que será uma grande baixa, mas o Luciano vai desenvolver um papel muito importante para nós na busca de empresas que queiram investir na cidade e gerar emprego para a nossa população. Logo anunciaremos o nome do novo secretário de administração que dará sequência ao brilhante trabalho que estava sendo desenvolvido pelo nosso ex-secretário”, ressaltou a prefeita.


quinta-feira, 6 de junho de 2013

Entulhos impedem escoamento de água no esgoto a céu aberto na avenida Maria Jalles


O leito de escoamento de água (foto - tirada nesta quinta-feira, 6/6/2012 às 12h37m)  no esgoto a céu aberto na avenida Maria Jalles em toda a sua extensão existe entulhos bloqueando a passagem de água que vai se acumulando e criando um ambiente propicio para a criação do mosquito da dengue. É inacreditável como a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos ainda não tenha tomado as devidas providências para retirar os entulhos. Aliás, dias destes, uma equipe da prefeitura fez reparos nas laterais cimentadas do esgoto e, após os serviços deixou dentro do leito pedras e outros entulhos. Lamentável

Justiça Federal em Jales deve julgar advogado acusado pelo MPF de extorsão e estelionato

Por determinação do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3), a Justiça Federal em Jales terá que julgar o advogado Rubens Marangão, 50 anos, por extorsão, estelionato e patrocínio infiel. Ele havia sido denunciado pelo Ministério Público Federal pela prática desses crimes em março de 2011, mas a Justiça Federal em Jales declarou que o julgamento do caso não era de competência federal e remeteu os autos à Justiça Estadual de São Paulo. O MPF em Jales, entretanto, recorreu da decisão; e no último dia 27 de maio, o TRF-3 determinou que o caso seja julgado pelo Juízo de origem – a 1ª Vara Federal de Jales. O MPF apurou que a cobrança de honorários indevidos ou acima da tabela da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para ações de cunho previdenciário por parte do réu vinha ocorrendo pelo menos desde fevereiro de 2010. Após a obtenção da aposentadoria, um trabalhador rural aposentado de 66 anos que procurou os serviços de Marangão passou dois anos pagando ao advogado uma "mensalidade" de 30% do valor da aposentadoria.
Rubens Marangão é acusado de constranger, ameaçar ou enganar pelo menos dez clientes para receber indevidamente, a título de honorários, parte dos benefícios previdenciários e aposentadorias que obteve judicialmente para essas pessoas. Em um dos casos relatados da ação penal proposta pelo Ministério Público Federal em Jales, de autoria do procurador da República Thiago Lacerda Nobre, o advogado exigiu de seu cliente, por seis meses, 100% do valor da aposentadoria obtida judicialmente, o que caracteriza a prática do crime de patrocínio infiel. De acordo com o art. 355 do Código Penal, o patrocínio infiel consiste em "trair, na qualidade de advogado ou procurador, o dever profissional, prejudicando interesse, cujo patrocínio, em juízo, lhe é confiado". A pena é de seis meses a três anos de detenção e multa. Já para a prática dos crime de extorsão, que consiste em "constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, e com o intuito de obter para si ou para outrem indevida vantagem econômica, a fazer, tolerar que se faça ou deixar fazer alguma coisa", a pena é de quatro a dez anos de reclusão e multa. Rubens Marangão é acusado ainda de estelionato, cuja definição, de acordo com o Código Penal, é "obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento". Para esse terceiro crime, a pena é de reclusão de um cinco anos e pagamento de multa.
Denúncia
– A denúncia do Ministério Público Federal contra o Rubens Marangão é de março de 2011. Dois meses depois, a Justiça Federal em Jales decidiu que o caso deveria ser julgado pela Justiça Estadual. O MPF recorreu - e o TRF-3 não só decidiu pelo retorno dos autos à Justiça Federal em Jales mas também determinou que a denúncia seja recebida. "O Egrégio Superior Tribunal de Justiça entende que o crime de patrocínio infiel, quando praticado em processo de competência federal, configura afronta à Justiça Federal". As causas patrocinadas pelo advogado envolviam o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), autarquia federal. Com o recebimimento da denúncia, Rubens Marangão passa efetivamente à condição de réu. Ainda segundo o acórdão do TRF-3, publicado no Diário Eletrônico da Justiça Federal da 3ª Região nesta quarta-feira, 5 de junho, "não há dúvida acerca da necessidade de ação penal no caso, haja vista a existência de fortes indícios de que o advogado acusado utilizava-se da sua condição profissional para, mediante extorsão, auferir ganhos indevidos de seus clientes, o que configuraria, no caso, os crimes de extorsão e estelionato". (O número da ação para acompanhamento processual é 00004275020114036124).

Usuários do ESF do Roque Viola participam do projeto “Saúde na medida certa”


Desta vez, profissionais do NASF – Núcleo de Apoio a Saúde da Família, com apoio da equipe da Estratégia de Saúde da Família – ESF Shigueiro Kitayama, promoveram mais uma edição do programa "Saúde na Medida Certa", no Roque Viola.
Com o objetivo de levar até a população importantes informações sobre os problemas causados em função da obesidade, o fisioterapeuta Tiago Dan e a educadora física Juliana Toledo falaram ao grupo sobre a origem da obesidade, bem como sua classificação quanto a graus e tipos; fatores que desencadeiam a obesidade, como hereditariedade, alimentação, hormônios e estilo de vida, além de alertar quanto aos tratamentos mágicos existentes no mercado.
"Foram esclarecidas dúvidas sobre as patologias decorrentes da obesidade e os exercícios físicos mais indicados de acordo com as limitações de cada indivíduo", disse o fisioterapeuta Tiago.
De acordo com a educadora física, essa mudança de hábitos, considerando a prática de exercícios físicos sistematizados junto a uma dieta balanceada, pode resultar em uma perda de peso significativa.
O encontro da última semana contou com a participação da psicóloga do NASF Éllen Shumiski, que abordou aspectos psicológicos relacionados à alimentação e à obesidade como, ansiedade, distúrbios alimentares, compulsão alimentar, dentre outros.
"É fundamental conscientizar as pessoas de que o nosso modo de pensar interfere diretamente em como nos sentimos e agimos frente à alimentação e ao quadro de obesidade, e que se houver mudança na nossa maneira de pensar, maior será o progresso quanto à reeducação alimentar, redução de peso, gerando, consequentemente, melhor qualidade de vida", diz a psicóloga Éllen Shumiski.
Materiais como data shows, vídeos, cartazes e atividades como dinâmicas em grupo, cafés da manhã saudáveis, testes de caminhada dos 6 minutos, fazem parte do programa "Saúde na Medida certa", que tem proporcionado mudanças nos estilos de vida dos usuários.


Espaço do Artesão é reinaugurado

Apesar do clima frio, populares, autoridades e artesãos estiveram presentes na quarta-feira (29), às 19h, na Praça Salles Filho para reinauguração do Espaço do Artesão. O local que ficou fechado por alguns meses, recebeu melhorias como: troca das grades, instalação de bancadas de madeira para exposição dos produtos, instalação de divisória para criação de uma copa, substituição das peças do vitral de acrílico por vidro, calafetagem, pintura, troca da porta principal e fechamento de um vão.
Na oportunidade, o prefeito Armando Rossafa (foto) afirmou que o espaço tem como objetivo divulgar o artesanato santa-fe-sulense e apoiar os artesãos do município. “Quero agradecer o empenho de todos que ajudaram para que essa reinauguração acontecesse tão rápido e dizer que estou muito feliz em contar com o apoio da minha filha Rose, que está cuidando tão bem do Fundo Social de Solidariedade”, ressalta o prefeito.
Por sua vez, a Presidente do Fundo Social de Solidariedade, Rosemeire Rossafa Corrêa disse estar muito satisfeita em poder contribuir com administração do seu pai. “Não posso esquecer da minha mãe, Diva Rossafa, que tem muito carinho pelo Fundo Social e sempre está por trás me ajudando no dia a dia. E também da Meire, minha parceira nas buscas por conquistas”, afirma Rose.
O Espaço do Artesão funcionará de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h30 às 17h. Na sexta-feira ficara aberto também a noite, das 19h às 22h. Aos sábados estará aberto das 9h às 13h e das 19h às 22h. Aos domingos funcionará das 19h às 22.

 

DJs renomados conferem sofisticação e agito à Festa do Branco

Já nem é mais novidade que todas as atenções, no dia 13 de julho, estarão voltadas para a Festa do Branco, que promove sua segunda edição no Villa Rocca, mais sofisticado espaço para eventos de Jales e região.
A boa notícia, no entanto, fica por conta da programação, escolhida a dedo por Jean Camarote, que selecionou conceituados DJs para apresentarem os mais incríveis sets durante a magnífica festa.
O projeto BPM, que este ano tocará no palco principal da Festa de Peão de Barretos, mostrando que se consagra definitivamente no cenário da house music, deve levar o público ao delírio ao invadir o palco da Festa do Branco. "Vamos mostrar toda nossa energia, tocando mais uma vez em uma grande festa promovida pelo Jean", disse Paulinho Squilaci, um dos integrantes do projeto. "Vamos fazer ferver a maior festa de Jales", completou Marcel Oliveira.
Também estarão no comando das pick ups o DJ Roger Sisto, Live2Life, Teclas, Valvet Live e o prestigiado Felipe Nieves, deejay que teve seu primeiro contato com "batidas eletrônicas" em 1995. Muito jovem frequentava suas primeiras baladas "matinê" em São Paulo, sua terra natal. "Fui influenciado pelos ritmos das décadas de 80 e 90 como Disco, Flash e House. Em 2009 iniciei minha carreira na região de São José do Rio Preto em festas particulares e hoje toco muita House Music com vocais melódicas e batidas entusiasmantes". Quem gosta de house, essa é a grande oportunidade de acompanhar uma das mais novas figuras da cena eletrônica.
De acordo com Jean Carlos Andrade, o Jean Camarote, mais de 650 pessoas já garantiram seus convites ao preço do primeiro lote que será mantido até a próxima segunda-feira, dia 10. "Até segunda os convites femininos são vendidos a R$ 80,00 e os masculinos a R$ 100,00. Depois dessa data, o segundo lote custará 100 e 120, respectivamente".
Além da mega estrutura, a Festa do Branco terá muitas surpresas. "Vamos manter segredo, por enquanto, para garantir a surpresa das pessoas, que vão ficar impressionadas com as atrações, estrutura, segurança, luxo e sofisticação dessa que será a festa do ano na cidade e uma das melhores da região", garantiu Jean.


Inscrições para a Conferência Municipal de Cultura já estão abertas

Com o tema "Uma política de Estado para a cultura: desafios do Sistema Nacional de Cultura" será realizada no próximo dia 16 de junho a 2ª Conferência Municipal de Cultura. As inscrições para o evento será realizado na Câmara Municipal de Jales já estão abertas.
Para se inscrever, basta preencher um formulário disponível no site www.jales.sp.gov.br , enumerar as quatro temáticas de sua preferência e enviar para o e-mail conferenciaculturajales@yahoo.com ou realizar diretamente na Secretaria Municipal de Esportes, Cultura e Turismo (SMECT) ou na ELITE – Escola Livre de Teatro.
As quatro temáticas disponíveis são: "Implementação do Sistema Nacional de Cultura", "Produção simbólica e diversidade cultural", Cidadania de Direitos Culturais" e "Cultura e Desenvolvimento". "Nossa Conferência será uma etapa integrante da 3ª Conferência Nacional de Cultura e vamos discutir e debater importantes assuntos relacionados ao tema central. Cultura é um direito do povo e um dever do Estado, portanto, convido a todos para prestigiar esse nosso evento", disse a assessora de cultura, Ivani Franco Pereira que revelou estar empenhada na organização do evento que não acontece em Jales há quatro anos


  Produção de grãos cresce e chega a 184,3 milhões de toneladas

A safra nacional de grãos do período 2012/2013 está estimada em 184,3 milhões de toneladas, volume recorde, superior em 10,9% à da safra 2011/12, quando atingiu 166,17 milhões de toneladas e um pouco acima do último levantamento, realizado no mês passado (184,15 milhões de t). Os números são do 9º levantamento da safra, divulgados nesta quinta-feira (6) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).
Segundo o estudo, o aumento foi de 18,13 milhões de toneladas e se deve, sobretudo, às culturas de soja e milho segunda safra, que apresentam crescimento nas áreas cultivadas de 10,7 e 17,5%, respectivamente. As condições climáticas também favoreceram a evolução, mesmo com estiagem e excesso de chuva em algumas áreas.
Os dados mostram ainda que a soja contribuiu em grande parte pelo crescimento, ampliando em 22,4% as 66,38 milhões de toneladas da última safra, chegando a uma produção estimada em 81,28 milhões de toneladas. Também o milho 2ª safra, com bom desempenho, participa deste recorde, com um aumento de 11,5% sobre as 39,11 milhões de toneladas do último ano, chegando a 43,62 milhões de toneladas. O volume é superior ao do milho 1ª safra, estimado em 34,85 milhões de toneladas. O arroz também cresceu (2,8%), ao passar das 11,6 milhões de toneladas para 11,92 milhões de toneladas.
Área – A área total plantada cresceu 4,6% sobre as 50,89 milhões de hectares da safra passada e chegou a 53,20 milhões de hectares. As culturas de soja e milho obtiveram os melhores desempenhos em área. O aumento do primeiro foi de 10,7%, passando de 25,04 para 27,72 milhões de hectares, enquanto o milho 2ª safra ampliou a área em 17,5%, subindo de 7,62 para 8,95 milhões de hectares.
Na realização deste estudo, os técnicos da Conab aplicaram questionários e entrevistaram profissionais de cooperativas, secretarias de agricultura e órgãos de assistência técnica e extensão rural (oficiais e privados), além de produtores rurais e agentes financeiros e revendedores de insumos, entre os dias 20 e 24 de maio. (Raimundo Estevam /Conab)


Leilão beneficente Direito de Viver acontece neste domingo, dia 9, no bairro da Nova Itapirema, em São Francisco

A 7ª edição do leilão beneficente Direito de Viver, evento beneficente em prol do Hospital de Câncer de Barretos (Fundação Pio XII), acontece no neste domingo, 9 de maio, a partir das 10 horas, no bairro rural da Nova Itapirema, no município de São Francisco, região de Jales.
Durante a programação, serão leiloados bovinos para cria, recria e engorda; caprinos e suínos. Ainda, haverá shows musicais, brincadeiras e sorteio de prêmios variados.
Organizado pelo agropecuarista, Valter Sabadini, o leilão é um dos mais tradicionais da região noroeste do Estado de São Paulo. Desde sua criação, em 2006, o projeto tem como objetivo principal arrecadar recursos para o auxílio dos pacientes do Hospital de Câncer de Barretos – uma das unidades de saúde pública referência no país. Em sua última edição, o leilão Direito de Viver arrecadou cerca de R$ 100 mil e reuniu mais de mil pessoas em São Francisco, município com cerca de 3 mil habitantes, segundo dados do IBGE.
De acordo com Sabadini, a meta é superar o valor arrecadado em 15%. "O leilão é por uma causa muito justa. Só temos a agradecer as pessoas que estão contribuindo com esse trabalho e auxiliando os pacientes que precisam de tratamento imediato para combater o câncer", afirmou.
A unidade do Hospital de Câncer de Barretos em Jales, inaugurada em 2010, realiza anualmente mais de 30 mil atendimentos a pacientes de câncer de 160 municípios brasileiros, totalmente gratuitos.


quarta-feira, 5 de junho de 2013

Homem é preso na SP-320, divisa com MS, transportando 17 quilos de ouro

Um homem foi preso na manhã desta quarta-feira (05) na Rodovia SP-320 (Euclides da Cunha) na divisa dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul transportando em um veículo de passeio 17 quilos de ouro que estavam acondicionados em vários pacotes distribuídos nas vestes do preso e no porta-malas do veículo.

Uma equipe do TOR (Tático Ostensivo Rodoviário) da Polícia Militar abordou o veículo, oriundo do Estado de Mato Grosso, após a entrada dele no Estado de São Paulo, nas proximidades da divisa paulista com o Estado de Mato Grosso do Sul.
Após a abordagem policial, R.S.C., paulistano, motorista, 41 anos, identificou-se inicialmente como cinegrafista profissional de uma rede nacional de TV e apresentou crachá e colete com a logomarca da empresa. Em razão do nervosismo do preso, foi realizada um busca minuciosa no veículo e o metal precioso foi encontrado. R.S.C. confessou que ele não era cinegrafista e que o crachá e colete foram entregues pelos donos do ouro com o objetivo de intimidar policiais que quisessem vistoriar o veículo em barreiras no decorrer do trajeto.
De acordo com o preso, ele fazia o transporte do ouro do Estado de Mato Grosso (Cuiabá) e parte seria entregue em São José do Rio Preto (SP) e o restante seria entregue na sede de uma empresa paulista que comercializa o metal precioso na capital de São Paulo. O veículo de passeio utilizado no transporte é de propriedade da empresa. O metal precioso é extraído em garimpos do interior de Mato Grosso e posteriormente é transportado em pequenas quantidades até as capitais do país onde é comercializado.
Parte do material apreendido estava acompanhada de notas fiscais, porém, a autenticidade das mesmas será verificada posteriormente assim como a conduta dos proprietários da empresa que utilizaram meios impróprios para o transporte de tamanha quantidade de metal precioso. O restante do ouro apreendido, que estava desacompanhado de notas fiscais, ocasionou a prisão em flagrante delito de R.S.C. pelo crime tipificado na lei 8.176/91 com pena máxima de 5 anos de prisão. Em razão da pena máxima, somente o juiz poderá arbitrar fiança.
A PF de Jales (SP) continuará as investigações com o intuito de desvendar possível esquema criminoso relativo à extração e comercialização ilegal de ouro proveniente do Estado de Mato Grosso assim como verificar a possível participação de outras empresas e indivíduos no negócio ilegal.
O preso e o material apreendido foram levados à sede da Delegacia de Polícia Federal em Jales (SP). Ele será ouvido pela autoridade policial e posteriormente será encaminhado ao presídio de Santa Fé do Sul (SP) onde permanecerá à disposição da Justiça. O ouro apreendido será periciado e posteriormente custodiado em Instituição Financeira da região aguardando decisão judicial sobre o seu destino.