Páginas

sábado, 25 de maio de 2013

Anglo de Jales recebe o prêmio “Leão de Ouro”

Maria Christina recebe o troféu das mãos do diretor do Sistema Anglo de Ensino, Mario Ghio, da consultora Helena Serebrinic e da diretora pedagógica Tania Fontolan
Participaram da Convenção Geral, a coordenadora Marcia Melo, a diretora,
Élida Barison da Silva, a mantenedora, Maria Christina Fuster Soler
Bernardo e a Assessora de Comunicação, Maria Zuleica Sant’ana
A mantenedora Maria Christina Fuster Soler Bernardo e a diretora Élida Barison
da Silva, com a equipe de professoras e auxiliares do Anglo de Jales,
também responsáveis pelo prêmio "Leão de Ouro"
 
O Colégio XV de Abril-Anglo Jales, conhecido pela excelência no ensino que oferece, participou mais uma vez da Convenção Geral do Sistema Anglo de Ensino, que aconteceu nos dias 13 e 14 de maio, no Hotel Tauá, em Atibaia(SP).
O grandioso evento é destinado aos mantenedores e diretores de escolas parceiras do Anglo e contou com a presença da Mantenedora, Maria Christina Fuster Soler Bernardo, da Coordenadora do Ensino Médio, Marcia Melo e da Assessora de Comunicação, Zuleica Sant’ana.
Durante o encontro foram antecipadas as novidades para 2014 das mais diversas áreas, como Oficinas de Assessoria Pedagógica, Tecnologia Educacional, Marketing, Editorial entre outras.
Além de muito conhecimento transmitido, a Abril Educação e o Sistema Anglo de Ensino entregaram ao Colégio XV de Abril-Anglo Jales o prêmio "Leão de Ouro", destinado a Escola que mais recebeu alunos, entre 600 Escolas do Brasil, para o Ensino Infantil no ano de 2013.
Na Convenção Geral de 2012, o Anglo de Jales também foi homenageado e recebeu a placa, "Uma parceria que faz parte da nossa história". Nesse ano a escola recebeu o prêmio por ser parceira do Sistema Anglo de Ensino há mais de 25 anos.

Fatec Jales se classifica para a 2ª fase da Maratona de Programação Interfatecs

A Fatec Jales, representada pelos alunos do Curso Superior de Sistemas para Internet, se classificou para a segunda fase da 2ª Maratona de Programação Interfatecs. A primeira fase ocorreu no dia 18 de maio com a aplicação simultânea de um teste online, resolvido em equipe formada por alunos, utilizando linguagens de computador.
O desempenho dos grupos foi monitorado por um servidor central, classificando-se para a segunda fase os que resolveram o maior número de problemas em menor tempo. A próxima etapa ocorrerá de modo presencial na Fatec Mogi das Cruzes, no dia 17 de agosto.
O Interfatec é uma maratona realizada pelo Centro Paula Souza, que promove a integração de alunos e professores das Fatecs que oferecem cursos na área de informática.
Trata-se de uma competição entre equipes que envolve a resolução de problemas por meio de projeto e implementação de algoritmos computacionais. Ela estimula a criatividade, o trabalho em equipe e a resolução de problemas sob pressão.Neste ano, inscreveram-se 560 alunos de 29 unidades da Fatec.

EDITAIS DE PROCLAMAS

Ademir de Mattis
, Oficial do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de Jales, Estado de São Paulo. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro.
ROGERIO OSTAN e MARIA LETÍCIA RAIZA CAFFER. ELE,
natural de São Paulo Capital Subd. Tucuruví, nascido aos 28 de março de 1.962, açougueiro, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Jayme Ostan e de Neuza Bombacini Ostan. ELA, natural de São Bernardo do Campo, deste Estado, nascida aos 05 de agosto de 1.971, empacotadeira, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Francisco José Caffer e de Ester Raiza Caffer.
JÉFERSON QUEIROZ VENERANDO e TAISA CLAUDIA MACHADO. ELE,
natural de Uberlândia, Estado de Minas Gerais, nascido aos 07 de julho de 1.990, analista de sistema, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Diomar Venerando e de Adeni Padua de Queiroz Venerando. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 17 de janeiro de 1.992, auxiliar de vendas, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Ailton Claudio Machado e de Ivete Gutierrez Machado. (Republicação).
JOSÉ ADAMI e NILCE ALVES. ELE,
natural de Jales, deste Estado, nascido aos 13 de setembro de 1.960, eletricista, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Antonio Adami e de Alice Alonso Adami. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 18 de fevereiro de 1.951, doméstica, divorciada, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Marcelino Alves e de Maria Alves Andril.
FERNANDO APARECIDO GONÇALVES e FABIANA RODRIGUES GAZOLA. ELE,
natural de Jales, deste Estado, nascido aos 12 de dezembro de 1.979, motorista, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de José Luiz Gonçalves da Silva e de Maria Aparecida de Souza Gonçalves. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 16 de setembro de 1.979, vendedora, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Osmar Aparecido Gazola e de Maria Carmen Rodrigues Gazola.
SE ALGUÉM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO OPONHA-O NA FORMA DA LEI. LAVRO OS PRESENTES PARA SEREM AFIXADOS NO REGISTRO CIVIL E PUBLICADOS NA FOLHA NOROESTE, NESTA CIDADE DE JALES.
Ademir de Mattis
- Oficial

LBV atua no Programa Direito e Cidadania 2013

A Legião da Boa Vontade (LBV), a Paulus, a Capemisa Social e a Organização Nacional dos Cegos do Brasil desenvolvem, em parceria, o Programa Direito e Cidadania 2013. O objetivo do programa é capacitar em cidades de várias regiões do Brasil, educadores e líderes das organizações que atuam nas políticas públicas de assistência e desenvolvimento social.
Os participantes do programa passarão por uma capacitação de 16 horas. A iniciativa visa fornecer ferramentas que possam fortalecer as organizações que atuam na área social. Elas receberão livros sobre temas do Serviço Social e paradidáticos para trabalhar com o público que atendem.
Os interessados em obter informações acerca da atuação da Legião da Boa Vontade na capital paulista podem dirigir-se ao Centro Comunitário de Assistência Social da Instituição Em São Jose do Rio Preto Rua Dom Pedro I, 2776 – Jd. Canaã. Ou entrar em contato pelo tel. (17) 3235-1811 ou, ainda, acessar a página eletrônica www.lbv.org/sao-paulo.

Necrim - A polícia conciliadora

Delegado de Polícia Edson Sakashita e equipe,
 durante uma reunião de conciliação
No mês de dezembro de 2012 a Polícia Civil de Jales instalou, junto à Central de Polícia Judiciária, situada na Av. João Amadeu, n.º 2245, o Núcleo Especial Criminal – NECRIM, cujo objetivo é introduzir a Polícia Civil do Estado de São Paulo como pacificadora social.
O Núcleo atua nos procedimentos de Polícia Judiciária de autoria conhecida, referentes aos delitos de menor potencial ofensivo (que dependam de oferecimento de queixa ou de representação), nos termos da Lei 9.099/95.
Sob a coordenação e presidência de um Delegado de Polícia, o NECRIM é composto por policiais civis com perfil conciliatório e afinidade com a filosofia de polícia comunitária, priorizando-se a qualidade de atendimento ao público e na busca de atender os reclamos da sociedade.
A atividade do NECRIM consiste na instrução, conciliação, conclusão e remessa ao Poder Judiciário dos procedimentos de ação pública condicionada à representação e de ação penal privada. Autor e vítima são notificados para audiência de conciliação que acontece, de preferência, na presença de advogado e, nela, a Polícia assume o papel mediador, contribuindo para o restabelecimento ou manutenção da comunicação entre as partes para que se possam chegar à solução da controvérsia que gerou o conflito. Alcançado o ponto em comum, é formalizado o acordo em um documento - o "Termo de Composição Preliminar". A eficácia para tanto, encontra-se na capacitação da equipe policial atuante, aliada a um ambiente humanizado de atendimento, garantindo o exercício da cidadania das partes.
O trabalho do NECRIM orienta-se pelos critérios da simplicidade, economia processual e propõe uma solução às partes em conflito, sem nada impor, buscando a conciliação.
O Termo de Composição Preliminar integra os autos do correspondente Termo Circunstanciado antes de sua remessa ao Fórum e eventual homologação do Poder Judiciário. Desta forma, os preceitos consignados na Lei 9.099/95 são cumpridos de maneira integral: evita-se novas audiências e extrai do Direito Penal condutas menos gravosas, cujas pretensões das partes envolvidas poderão ser solucionadas por outros ramos do Direito, uma vez que a sentença homologatória é título executivo que poderá ser cobrado em eventual ação cível.
A legalidade do Núcleo encontra amparo na Constituição Federal que, em seu artigo 5º, inciso LXXVIII, assegura a todos a razoável duração do processo e os meios que garantam a celeridade de sua tramitação. Esses preceitos igualmente encontram-se consignados na Lei 9.099/95 (alterada pela Lei 11.313/06), que cuida dos crimes de baixa repercussão penal.
O NECRIM é um projeto estadual de implementação do direito penal mínimo na prevenção da criminalidade. A finalidade do Direito Penal é a proteção de bens jurídicos importantes e necessários para a convivência harmoniosa em sociedade e ampara-se na prevenção como uma das maneiras necessárias para o alcance da ressocialização. As estatísticas, até então, são incontestáveis e expressivas quanto a sua eficiência, haja vista que dos 85 registros de ocorrências alcançados pela atuação do Núcleo, houve 74 composições. Em se tratando de composição, este instituto evita a reincidência, bem como a prática de crimes mais graves, uma vez que no processo de mediação, existe a preocupação de (re)criar vínculos entre as pessoas, estabelecendo pontes de comunicação, transformando aquela situação conflituosa em um problema resolvido, prevenindo, assim, novos fatos desarmoniosos entre as partes.
De igual sorte, retira do Judiciário novas ações penais, propiciando a celeridade processual tanto no sentido de diminuir o ingresso de novas ações quanto em relação à agilidade dos processos ainda em trâmite, aguardando de julgamento. Portanto, trata-se de um projeto inovador e pioneiro, cuja proposta é uma revolução na resolução dos delitos de menor potencial ofensivo, propiciando celeridade processual e prevenção dos crimes com uma política de polícia comunitária voltada para a qualidade de atendimento, enfatizando uma contraprestação mais célere e humanizada para toda a sociedade.
O jurista Luiz Flávio Gomes, a respeito da atuação dos NECRIMs, em artigo intitulado "NECRIM: Polícia conciliadora de primeiro mundo" (blogdolfg.com.br), enfatiza: "Se alguém quiser conhecer uma polícia conciliadora de primeiro mundo já não é preciso ir ao Canadá, Finlândia, Noruega, Dinamarca ou Suécia. Basta ir a Bauru, Lins, Marília, Assis, Jaú e Ourinhos (todas no Estado de São Paulo)..." – e permita-nos o proeminente doutrinador, também em Jales e com resultados expressivos, com equipe integrada pelo Dr. Edson Satoru Sakashita (Delegado de Polícia), Cássia Aparecida Peruchi Alonso (Escrivã de Polícia) e Oscar de Sousa (Investigador de Polícia). (Texto da Polícia Civil de Jales)

Razão e sensibilidade

Adelvair David
Existe grande conflito na aplicabilidade destes dois atributos humanos, a razão e a sensibilidade.
Em face das muitas necessidades do ser pensante que habita este globo a razão e a sensibilidade se completam, embora possam se desenvolver separadamente no tempo. O homem precisa ter uma razão mais sensível e uma sensibilidade mais racional, se não quiser transitar pela vida atrasando o seu progresso integral.
Determinou o criador que a sua criatura evolua, sem que esta possa se opor a isto. Para alcançar as nobres e simbólicas asas da angelitude deverá aprender a utilizar os mecanismos da razão e as qualidades do coração. Se, por acaso, resolver deixar uma de lado e prosseguir ignorando, tempo virá em que desejará conquistá-la para que a sua felicidade seja completa. Sem os subsídios da razão o homem não poderá discernir se está fazendo um bem propriamente ou um mal; muita vez a aparente necessidade sua ou do outro se apresenta mascarada por interesses menores e egoístas ou pelas lamúrias e falsas versões dos aproveitadores. Sem o sentimento poderá deixar de fazer o que realmente deve por não perceber a própria necessidade ou a do semelhante; somente o coração confere olhos de ternura, bondade, generosidade, solidariedade e compaixão.
Quando Jesus disse ao Doutor da Lei na parábola do "bom Samaritano", vai tu e faze o mesmo, asseverou a importância de se permitir perceber com a razão as problemáticas da vida e a utilizar o coração para não ser indiferente a elas. Sensibilizado o coração fará fluir providências para amenizar os sofrimentos, consolar dores, alimentar o faminto, perdoar o agressor e muito mais, e a razão indicará quais as atitudes darão conta de tal empreitada.
Muitas pessoas acreditam que não devem se enveredar pelos caminhos da sensibilidade temendo tornarem-se frágeis; porém, acabam fragilizadas pela falta de amparo moral no momento dos embates da vida. O que é usual é que o homem apenas racional tenha menos resistências a enfrentamentos que lhe escapam ao controle, enquanto que as criaturas que possuem o tempero da razão e do sentimento conseguem transitar com mais segurança mesmo em terreno instável, por apresentarem mais confiança em si mesmas e em Deus; enquanto muitos tombam vencidos e até se auto destruindo, outros conseguem esperar dias melhores, agindo e lutando por sobreviver agora para a glória depois.
O IDEAL É CONHECER PARA DISCERNIR E AMAR PARA SER FELIZ.

Horta no Viveiro Municipal é mantida por moradores da CAM

Uma horta com os mais variados tipos de plantas é mantida há três anos no Viveiro Municipal pelos moradores da Casa de Apoio ao Migrante. Os produtos produzidos no local são colhidos e incrementam as refeições servidas no lar que atende migrantes e moradores de rua em caráter emergencial.
A Casa é mantida com o apoio do Governo do Estado de São Paulo e com o Fundo Social de Solidariedade do Município Jales, realiza cerca de 550 atendimentos por mês. De acordo com a coordenadora da unidade, Sirlei Lopes Barrientos Marcelino, e o funcionário Eduardo Fialho, hortifrutis como alface, almeirão, salsa, couve, cebolinha, cenoura, mandioca e abacaxi são cultivados pelos moradores em parceria com funcionários do Viveiro Municipal.
"A manutenção dessa horta é possível graças a uma parceria realizada entre a Secretaria Municipal de Agricultura e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Promoção Social. A Casa de Apoio ao Migrante disponibiliza funcionários durante toda a semana, inclusive aos sábados, domingos e feriados. Eles realizam esse trabalho que beneficia o lar onde eles vivem", disse o chefe do Viveiro, Valdecir Serrilho.
Segundo Sirlei, os moradores da Casa de Apoio contam os dias para irem até a horta. "Hoje estamos aqui com o Sebastião Gomes, de 58 anos, o Nelson Zaia, de 39, e o Devanir Benedito, de 59 anos. Viemos para colher alface e almeirão que serão servidos ainda hoje em nosso almoço. É muito gostoso poder cultivar, colher e se alimentar daquilo que nós produzimos com todo amor e carinho", finalizou.

Produtores de leite de Santa Albertina aprendem técnicas de aperfeiçoamento

Produtores de leite do município de Santa Albertina estão tendo a oportunidade de aperfeiçoar suas técnicas e melhorar a produtividade através do programa de capacitação Pró-Leite.
O programa é desenvolvido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural(Senar), através do Sindicato Rural de Jales em parceria com a Prefeitura Municipal de Santa Albertina e Casa da Agricultura, tem como objetivo fazer com que o produtor alcance, em curto prazo, aumento da produção de leite e melhores ganhos com recursos de baixo custo aplicados, principalmente, no pasto.
Criado em 2007 o curso é desenvolvido de fevereiro a novembro numa propriedade demonstrativa, sendo o total de 420 horas em 16 módulos, incluindo várias atividades que acontecem no dia-a-dia da propriedade rural, desde o planejamento até a parte reprodutiva.
De acordo com o instrutor, José Alberto Matos, as informações sempre são passadas nas formas teóricas e práticas, de maneira que o aluno se sinta motivado e possa ter um melhor aproveitamento da técnica aplicada ao seu cotidiano. "As aulas utilizam práticas sustentáveis, como o uso racional da água, visando um investimento mais consciente, barato e que promove melhores resultados", explicou.
Entre os módulos ensinados estão manejo da pastagem, plantio do canavial, gerenciamento da propriedade, alimentação, qualidade do leite, sanidade do animal, reprodução, manejo de vacas e irrigação.
O produtor de leite Nilvaldo Gonçalves já está "colhendo os frutos" de seu aproveitamento no curso. Ele conta que com apenas 8 dias de aulas práticas e algumas mudanças na forma de alimentação do gado no cocho, foi possível obter bons resultados e ainda gastar menos. "Antes, com 23 vacas eu conseguia retirar apenas 250 litros de leite por dia e hoje, após pouco tempo de aprendizado, tenho um rendimento de 380 litros por dia", afirmou .
O aumento da produtividade já representa R$100 reais a mais por dia no orçamento do produtor. Aumento que está fazendo a diferença no dia-a-dia da família de Nivaldo que pensa em investir ainda mais na produção de gado de leite.

Moradores de conjuntos da CDHU vão poder participar do Programa Via Rápida

O secretário de Estado da Habitação, Silvio Torres, e o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Luiz Carlos Quadrelli, assinaram nesta terça-feira, 21de maio, Termo de Cooperação Técnica para levar o programa Via Rápida Emprego a moradores de conjuntos habitacionais ou de áreas de intervenções da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU). O secretário-adjunto de Estado da Habitação, Marcos Penido, e o diretor de Atendimento Habitacional da CDHU, Guaracy Fontes Monteiro Filho, também participaram da solenidade.
O Programa Via Rápida Emprego é uma ação do Governo do Estado de São Paulo, coordenada pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT), que oferece capacitação profissional gratuita para os cidadãos que buscam ingressar no mercado de trabalho. O objetivo da parceria é oferecer cursos profissionalizantes para a população atendida pela CDHU, que na grande maioria tem renda de até três salários mínimos. A Companhia fará indicação do público alvo a ser beneficiado pelo programa.
Os candidatos selecionados receberão todo o material e subsídio de transporte e alimentação durante o período da capacitação.
Para o secretário Silvio Torres a parceria significa um grande avanço no atendimento de pós-ocupação aos mutuários da CDHU. "Temos a missão de construir conjuntos habitacionais para famílias de baixa renda. Nesses conjuntos temos muitas pessoas precisando de trabalho e o Programa Via Rápida será muito importante para qualificá-las.

ESF Arapuã oferece café da manhã para grupo de risco

A equipe de colaboradores do ESF do Jardim Arapuã, realiza duas vezes na semana o "Café da Manhã" para os pacientes que se enquadram no grupo de risco.
As terças e quintas-feiras, é oferecido suco diet e bolacha de água e sal aos portadores de diabetes, e aos hipertensos é oferecido chá de erva cidreira, que contêm propriedades calmantes, diuréticas e expectorante e é utilizado no tratamento e prevenção de várias doenças, e gengibre, que acelera o metabolismo e a queima da calorias, reduz a gordura localizada, além de controlar a ansiedade e ainda aumenta a sensação de saciedade, e bolacha de maisena.

Médicos da rede estadual de SP vão receber bônus de até R$ 14,7 mil

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo definiu nesta quinta-feira, 24 de maio, os critérios utilizados para liberação do PPM (Prêmio de Produtividade Médica) para os médicos da Pasta. O bônus faz parte do pacote anunciado pelo governo do Estado em janeiro deste ano, sobre o Plano de Carreira dos Médicos, e os valores serão pago nos meses de junho e dezembro de cada ano.
Esse prêmio será pago conforme avaliação da produtividade, eficiência e rapidez para exercer as atividades, resolutividade, assiduidade, qualidade dos serviços prestados e responsabilidade na execução das atividades profissionais. O valor do prêmio será computado para o cálculo de férias e 13º salário.
O desempenho dos médicos será avaliado mensalmente pelo seu superior imediato e a consolidação desses documentos ao longo do semestre é feita pela coordenadoria de recursos humanos de cada setor.
A resolução estabelece três classes: Médico I, Médico II e Médico III. O valor da remuneração de até R$ 14,7 mil será para o profissional de classe III com carga horária semanal de 40 horas e que receba o teto do Prêmio de Produtividade Médica, além de outras gratificações.
Os médicos enquadrados na classe III receberão, com teto de produtividade, até R$ 7,5 mil por jornada de 24 horas semanais, R$ 6,3 mil por 20 horas semanais e R$ 3,8 mil por jornada reduzida de 12 horas semanais.
Da mesma forma, os médicos da classe II irão receber, pelo teto da produtividade, até R$ 14,3 mil por jornada de 40 horas semanais, R$ 7,3 mil para 24 horas semanais, R$ 6,1 mil para 20 horas e R$ 3,7 mil por jornada reduzida de 12 horas semanais.
Já os médicos da classe I irão receber até R$ 13,9 mil por jornada de 40 horas semanais, R$ 7,2 mil para 24 horas, R$ 6 mil e R$ 3,6 mil para jornada reduzida de 12 horas semanais.
Além da remuneração prevista na nova lei, os médicos da rede estadual poderão receber rendimento extra mediante atividade docente. Conforme forem permanecendo no serviço público, os médicos irão receber acréscimos em suas remunerações, chegando a R$ 18,5 mil mensais.
"Este bônus aos médicos é uma vitória para a saúde pública do Estado. Além de ser um reconhecimento ao profissional, também aumenta a competitividade entre os hospitais na contratação desses profissionais por concurso", afirma o secretário de Estado da Saúde de São Paulo, Giovanni Guido Cerri.

Funcionários da Santa Casa de Jales participam do 22° Congresso da Fehosp

César Rúbio, Eder Santoa e Massako
Uemira durante o evento em Campinas
 
O administrador hospitalar, César Rúbio, o chefe do setor de Tecnologia da Informação, Eder Santos e a chefe do setor de Convênio, Massako Uemura Garcia, funcionários da Santa Casa de Jales, estiveran participando em Campins (SP) da 22ª edição do congresso Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo (Fehosp) que aconteceu entre os dias 7 e 10 de maio.
O evento teve por objetivo, debater as questões do setor e da gestão hospitalar, terá participação de administradores hospitalares, profissionais de saúde e autoridades governamentais ligados à área. Este ano o evento discute o tema: "Sustentabilidade com o SUS - nosso grande desafio".
Na oportunidade eles puderam participar de debates sobre sustentabilidade, contratualizações, contribuição do poder público no desenvolvimento e manutenção do setor e ainda ouvir e propor soluções para os problemas e estratégias de gestão.
"Foi um momento de reciclagem e aprendizado onde conseguimos trocar experiências que serão muito úteis no dia-a-dia de trabalho na Santa Casa", disse o administrador hospitalar, César Rúbio.

Judocas nos Jogos da Juventude

Os judocas da Associação de Judô e Karatê Jalesense, Vinicius de Oliveira Zeule, participou em duas categorias peso pesado 3º colocado, e no absoluto 2º colocado, Marcel Cicuto Ferreira do Carmo 2º no peso leve, Daniel André da Silva Cerverizo 2º no peso super ligeiro, Ana Beatriz Ramos de Oliveira 2ª no peso meio pesado, Ana Laís Ferrari 3ª no peso médio, Natalia Lemes dos Santos 3ª no peso leve, Julia Kawano Contiero Vila 2ª no peso meio leve participaram sábado, 18 de maio, dos Jogos Abertos da Juventude do Estado de São Paulo 2013 disputados no Ginásio Municipal de Esportes Beira Rio, em Fernandópolis (SP). A equipe, comandada pelo professor Luiz Antonio Nunes de Moraes, o popular Gordo, foi formada por sete judocas, sendo quatro na modalidade masculino e três no feminino.
Judocas no Jogos Escolares 2.013 Nesse sábado, 25 de maio, estes e outros judocas estarão participando da 4ª etapa dos Jogos Escolares em Guararapes (SP), representando as suas unidades de ensino estadual e particulares.

Diálogo inter-religioso

D. Demétrio Valentini

Para nós cristãos, festejar a Santíssima Trindade é celebrar a verdade maior que Deus se dignou revelar. Quem poderia imaginar que a realidade do Deus Único e Verdadeiro comportasse em si mesma um mistério de plena comunhão, no relacionamento mútuo e dinâmico entre Três Pessoas com uma "mesma natureza e igual dignidade!".
Ao mesmo tempo que acolhemos a revelação de um Deus que se mostra Uno e Trino, nos damos conta que esta revelação é para nos garantir que somos acolhidos em seu mistério, pois ele nos insere em sua dinâmica de mútuo relacionamento. Deus se revelou, não para exibir sua realidade que nos ultrapassa de longe, mas para nos associar ao seu próprio mistério de amor.
Como os teólogos nos ajudam a compreender, Deus foi se revelando a si mesmo, na medida em que ia realizando nossa salvação, nos envolvendo em sua realidade, tornando-nos participantes do seu mistério, por pura bondade sua, e pela exuberância de sua misericórdia.
Deus se revelou, portanto, não para exibir seus predicados divinos, ou para satisfazer nossa curiosidade, e permanecermos alheios ao seu mistério. Mas ao contrário, ele se mostrou para nos envolver em sua vida, e participarmos do seu mistério.
Dentre as grandes religiões, o cristianismo é a única que professa a fé na Trindade de Pessoas existentes num único Deus. Este é nosso privilégio de cristãos. Ao mesmo tempo, este privilégio nos incumbe de uma grande missão: testemunhar que Deus nos envolve em sua realidade, de tal modo que nos sentimos atraídos pelo Pai, identificados com o Filho, e animados pelo seu Espírito de amor.
Assim como a revelação foi se desdobrando na medida em que Deus ia operando nossa salvação, assim nossa fé na Trindade nos atribui a obrigação missionária de mostrar a todos, quanto o mistério do Deus Uno e Trino ilumina nossa existência, e nos motiva a sintonizar sempre mais nossa vida com as verdades que Ele nos revelou a respeito de si mesmo.
Tempos atrás, participando de um simpósio sobre migrações, tive a oportunidade de conhecer um cineasta árabe, muito respeitoso de nossa fé cristã, mas muçulmano convicto, adepto da fé herdada de Maomé.
Com a serenidade de quem sintetizava sua fé na breve e densa fórmula do seu credo muçulmano: "Deus é Deus e Maomé é seu profeta", ele se permitia nos interpelar, alegando que nossa fé na divindade de Cristo se constitui num irremediável equívoco que redunda na negação da unicidade de Deus, que a fé muçulmana se acha no dever de enfatizar e testemunhar ao mundo inteiro.
Diante desta interpelação, percebemos o tamanho do desafio, de promover o diálogo inter religioso, que o Concílio Vaticano II recomendou no precioso documento "Nostra Aetate", que ainda permanece quase desconhecido.
A grande novidade deste documento é reconhecer que todas as religiões contêm elementos de verdade, que precisam ser reconhecidos, e que servem de bom pretexto para um diálogo aberto e respeitoso, no relacionamento inter religioso.
"A Igreja Católica nada rejeita do que há de verdadeiro e santo nestas religiões", diz o documento do Concílio.
A busca do Deus verdadeiro é suscitada pelo Espírito de Deus em todas as religiões. É significativo que São Paulo foi buscar "nos vossos poetas"- referindo-se aos gregos que estavam na acrópole de Atenas – a surpreendente afirmação a respeito de Deus: "nele nos movemos, existimos e somos", e acrescenta: "como disseram alguns dentre os vossos poetas".
Portanto, se nós cristãos somos agora intimados a cultivar um diálogo construtivo com membros de outras religiões, não será simplesmente para ensinar a eles. Mas também para aprender. Como fez São Paulo no areópago de Atenas.

CRAS de Urânia faz palestra

Com o tema "Combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes", o Centro de Referência da Assistência Social – CRAS de Urânia, em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social e Prefeitura de Urânia, promoveu uma palestra de conscientização e informação direcionada aos Beneficiários dos Programas Bolsa Família e Renda Cidadã.
A palestra foi ministrada por Claudia Bardelotti, advogada com vasta experiência em Políticas Públicas. O encontro foi no Centro Comunitário no dia 17 de maio, uma vez que no dia 18 é considerado o dia Nacional de "Combate ao abuso e exploração sexual infantojuvenil".
Após a palestra foi pregado diversos banners nas principais avenidas da cidade.

Apenas 17% dos presos trabalham

Luiz Flávio Gomes

O que o senso comum pensa sobre o trabalho dentro dos presídios? Duas coisas: que esse trabalho deveria ser obrigatório e penoso e, de outro lado, que todos os presos fossem submetidos a esse trabalho escorchante, em situações piores que a dos trabalhadores (less elegibility).
A rigor, no entanto, nem uma nem outra coisa acontece nos presídios brasileiros. Segundo levantamento feito pelo Instituto Avante Brasil, com dados do InfoPen, coletados entre 2008 e 2012, pode-se observar que apenas 17% do total presos brasileiros exerciam algum tipo de atividade laboral dentro do sistema penitenciário, em 2012.
Em São Paulo, estado com a maior população carcerária do país (190.818 presos até junho de 2012, de acordo com o InfoPen), em uma média dos últimos 5 anos, descobriu-se que 234 em cada grupo de 1.000 presos desenvolveram alguma atividade laboral dentro dos presídios. Em 2012, de toda a população carcerária, apenas 22% estavam em atividades laborais, entre as mulheres esse número era de 31% e entre os homens 22%, ou seja, 222,3 presos para grupo de 1.000 praticavam alguma atividade laboral.
Desses 22%, 45% trabalhavam em parceria com instituições privadas, 36% faziam trabalhos de apoio ao estabelecimento penal, 6% exerciam como atividade laboral o artesanato, 5% trabalham em apoio às industrias, 3% estava, participando de parcerias com órgãos do Estado, 0,5% em atividades rurais e 0,2% trabalhavam em parceria com ONGs e Sistema S.
Houve, entre 2008 e 2012, uma queda no número relativo a 1.000 presos de 6,2%, o que significa que a quantidade de presos que exerciam algum tipo de atividade laboral no estado, seguiu na direção contrária ao crescimento da população carcerária paulista. O sistema carcerário paulista recebe, em média, por ano, cerca de 10.000 presos. Dessa forma, acredita-se que a superpopulação das penitenciárias e o pouco investimento no setor, inviabiliza a entrada de um maior número de presos nessas atividades.Luiz Flávio Gomes, jurista, diretor-presidente do Instituto Avante Brasil e coeditor do Portal atualidadesdodireito.com.br. Estou no blogdolfg.com.br
**Colaborou Flávia Mestriner Botelho, socióloga e pesquisadora do Instituto Avante Brasil. *A publicação do texto está autorizada desde que o autor seja citado.

PALAVRAS DE CHICO XAVIER

Pergunta
– Qual seria a melhor forma, qual seria a melhor atitude do cônjuge para a manutenção da harmonia do sistema da vida a dois?
Chico Xavier
– Esse sistema de harmonia se baseia no amor que se transforma em crescente compreensão e respeito cada vez maior de um cônjuge para o outro, entendendo-se que, em efetuando o casamento, a pessoa não está criando uma união de anjos e sim um ajuste respeitável de criaturas humanas, pelo qual um e outro parceiro entremostram determinadas nuances de incompreensão, às vezes, a se traduzirem por grandes dificuldades que reclamam paciência e aceitação de uma parte para outra, no campo das relações recíprocas.
Esta coluna tem o patrocínio e responsabilidade da
"Associação Espírita "Chico Xavier" de Jales.

Ordem unida

por Reginaldo Villazón

Morreu há uma semana (dia 17, sexta-feira) aos 87 anos, numa penitenciária federal na Província de Buenos Aires, o prisioneiro Jorge Rafael Videla Redondo. A notícia fez lembrar as ditaduras latino-americanas. O general Jorge Videla ocupou a presidência da Argentina por cinco anos (1976 a 1981), após dar um golpe militar que depôs a presidente Isabelita Perón. Mergulhou o país numa ditadura que terminou em 1983.
Seu governo foi marcado por violações aos direitos humanos, fracassos econômicos e disputa territorial com o Chile. Promoveu seqüestros, torturas e assassinatos de opositores, cujos corpos foram enterrados clandestinamente ou jogados ao mar. Sua política econômica derrubou a produção nacional e as exportações, gerou desemprego, desvalorizou a moeda e fez crescer a dívida externa. Perdeu a questão da posse de três ilhas para o Chile.
Grupos de defesa dos direitos humanos estimaram em 30 mil o número de pessoas desaparecidas na época da ditadura militar (1976 a 1983). Em 500 o número de crianças roubadas. O general Jorge Videla teve que enfrentar a justiça argentina após a ditadura. Perdeu a patente militar e ganhou prisão perpétua. Mas nunca se declarou culpado nem arrependido, não acusou companheiros de farda e não colaborou no esclarecimento do destino de pessoas desaparecidas e crianças roubadas.
Para o ilustre escritor brasileiro Monteiro Lobato (1882 – 1948), os políticos buscam o poder com a mesma ganância dos porcos ao sentirem o cheiro da comida no cocho. Isso poderia explicar, de modo geral, a origem das ditaduras, inclusive das latino-americanas fundadas por militares que se fizeram políticos. Mas como incluir neste perfil o general Jorge Videla, um militar exemplar?
Jorge Videla nasceu numa família tradicional. Seu pai era coronel do Exército e isto teve influência marcante na sua educação. Estudou no Colégio Militar e na Escola Superior de Guerra, sempre entre os melhores alunos. Na ascensão na carreira militar, chegou ao posto máximo de general-comandante do Exército. Era um militar formado (ou "deformado", como outros, mundo afora) para combater e aniquilar inimigos.
Na vida pessoal, Jorge Videla era profundamente religioso e bom pai de família. Tinha esposa (sempre a mesma), filhos e netos. Vivia sem ostentação. Alto e magro, andava com calma e ar despreocupado. Quem o via passar tinha motivos para enxergar nele semelhanças com a "pantera cor-de-rosa".
Não dá para justificar seus atos desumanos. Nem repreender as vozes que hoje bradam "Videla, o inferno lhe é pouco". Mas é preciso ver a importância do cenário sócio-econômico e político no surgimento da ditadura. Na época, os países latino-americanos eram dominados por elites tradicionais apegadas a privilégios. Seus povos, ansiosos por progresso e melhor distribuição de renda, eram agitados por propagandas socialistas da União Soviética e capitalistas dos Estados Unidos. O clima era de enfrentamentos.
Na História, verifica-se que há ditadores de diferentes perfis: gananciosos, fanáticos, vaidosos, egocêntricos, dominadores, lunáticos, demagogos e outros. Que eles praticam diferentes tipos de ditaduras: totalitarismo, nacionalismo, populismo e outros. Mas isto pouco importa. Os ditadores são apenas homens comuns, mas com um desequilíbrio.
Importa, sim, saber que as ditaduras só brotam em solos férteis de discriminações, competições e ódios. É fácil constatar isso na geografia das ditaduras. Assim, elas podem surgir em qualquer país do mundo. Mas elas e seus horrores jamais acontecerão nas sociedades civilizadas, onde as pessoas aprenderam a se tratar com respeito e fraternidade.

Secretária Mônika Bergamaschi inaugura obras em Mesópolis

Na sexta-feira, 16 de maio, foi inaugurada pela Secretária da Agricultura e Abastecimento, Mônika Bergamaschi, no município de Mesópolis, a estrada rural de 1,89 kms, obra esta executada através do programa "Melhor Caminho" da Companhia de Desenvolvimento Agrícola de São Paulo (Codasp) facilitando o escoamento da produção agrícola do município
Além da inauguração da estrada, a secretária estadual Monika Bergamaschi inaugurou também o Hortalimento, um programa conveniado entre a Secretaria da Agricultura e Abasteciemnto e o Município de Mesópolis.
O evento aconteceu no prédio da Câmara Municipal, que contou, além da Secretária a Agricultura, com o prefetio Leandro Polarini, da primeira-dama Marinângerla Polarini, do vice-preefeito Aparecido Vieira da Silva, o assessora Paulo Olímpio, engenheiro agrônomo Sérgio Nishimoto, vereadores, lideranças regionais e representantes da comunidade.
O programa Melhor Caminho tem como objetivo a conservação das estradas rurais não pavimentadas para proporcionar ao morador do meio rural transporte seguro dos insumos e safras agrícolas, estimulando a produção.

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Festa do Peão de Barretos anuncia programação de shows

Evento acontece de 15 a 25 de agosto. Composições inéditas reunindo diferentes artistas em um único show são algumas das novidades. Rodeio terá competição internacional e entre estados brasileiros

A música sertaneja, mais uma vez, domina a programação da Festa do Peão de Barretos. O maior evento do gênero na América Latina chega em 2013 à sua 58ª edição com a expectativa de receber cerca de 900 mil pessoas em 11 dias de evento.
Mesmo o sertanejo predominando na grade de shows dos dois palcos principais (Estádio e Esplanada), também há espaço para a música eletrônica, axé, gospel e pop. Mas o grande diferencial são os shows que unem diferentes artistas tocando juntos como na abertura da Festa, no dia 15 de agosto.
Este dia será dedicado às revelações da música sertaneja reunindo no mesmo palco Israel & Rodolfo, Lucas Lucco, Gabriel Gava, George Henrique & Rodrigo, Henrique & Diego, Trio Bravana e Henrique & Juliano. Cada atração faz uma apresentação individual, mas recebe convidados nas últimas duas músicas. Já na sexta-feira, dia 16, o sertanejo fica por conta de Cristiano Araújo e Zé Ricardo & Thiago. Após os sertanejos no Palco do Estádio, o destaque será a música eletrônica com o Projeto BPM e o duo de DJs Felguk. No Palco Esplanada haverá o axé de Tomate.
No sábado, dia 17, está um dos maiores destaques do evento neste ano: no Palco Esplanada e no Trio Elétrico do evento se revezarão: Jorge & Mateus, Gusttavo Lima, Humberto & Ronaldo, Naldo, Israel Novaes, Guilherme & Santiago, Maria Cecília & Rodolfo, Matheus & Kauan e Léo Verão & Daniel Freitas. Além disso, no mesmo dia, Gusttavo Lima e Humberto & Ronaldo fazem shows no Palco do Estádio.
No domingo, dia 18, o show beneficente em prol ao Hospital de Câncer de Barretos reunirá no mesmo palco, tocando juntos, João Bosco & Vinicius, Kléo Dibah & Rafael e Michel Teló. Na segunda, dia 19, a Festa abre espaço para a música gospel com André Valadão e Aline Barros. Outros shows já anunciados durante a semana são: Belo (dia 20), Gian & Giovani e Amado Batista (dia 21), Thaeme & Thiago, Fernando & Sorocaba e Marcos & Belutti (dia 22), Luan Santana, Munhoz & Mariano e César Menotti & Fabiano (dia 23).
No sábado, dia 24, o show Embaixadores, trará as duas duplas que representam o evento neste ano tocando juntas: Bruno & Marrone e Chitãozinho & Xororó no Palco Estádio. Já no Palco Esplanada acontecem as apresentações de Paula Fernandes e Rio Negro & Solimões.
Além dos shows já anunciados, a diretoria de Os Independentes, associação promotora do evento, confirma que mais atrações vão integrar a programação. "Devemos chegar, mais uma vez, a mais de 100 shows espalhados em 11 dias de programação", avisa Hugo Resende Filho, Presidente de Os Independentes. Além do Palco Estádio, Esplanada e Trio Elétrico, o evento conta ainda com os palcos Nativa, Berrantão e Raízes Sertanejas.
O evento conta ainda com atrações típicas como o concurso gastronômico Queima do Alho e o concurso do toque de berrante, espaço infantil (Rancho do Peãozinho), Feira Comercial e rodeio.
Rodeio
Neste ano, Barretos sedia novamente as principais competições de rodeio do país. De 15 a 18 de agosto acontecem as disputas das provas de Team Penning, etapa Três Tambores e a final da Copa Brahma Barretos.
De 19 a 21 de agosto, o evento recebe a competição Top Brasil Rodeio entre Estados, em que times de montarias em touros representando os estados brasileiros disputam vagas para o Barretos International Rodeo, de 22 a 25 de agosto.
Durante o rodeio internacional haverá provas de Team Penning, Três Tambores Feminino, Cutiano, Sela Americana e Bareback - estes dois pela Pro Horse - e montarias em touros com o Internacional entre Equipes reunindo também times do México e dos Estados Unidos.

Jantar beneficente na Casa de Madô



O Grupo Espírita Beneficente Maria Dolores –Casa de Madô, à rua 19, nº 768, bairro São Judas Tadeu, nesta cidade de Jales, estará promovendo neste sábado, dia 25 de maio, das 20 as 22 horas, o jantar beneficente, constando do cardápio: pernil assado, arroz branco, farofa fria, creme de milho, salada colorida, salada havai e mais.

Adquira seu ingresso com os trabalhadores ou reserve por telefone ou e-mail e retire no local no horário do jantar.
Informações: David - 17- 3632.5095 ou pelo e-mail: addavid@ig.com.br
Sejam todos bem vindos
 

 

Equipe da Santa Casa de Jales participa do 22ª Congresso da Fehosp


Uma equipe da Santa Casa de Jales esteve em Campinas na última semana participando da 22ª edição do congresso da Fehosp (Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo). Trata-se de um encontro anual de Administradores Hospitalares, Profissionais de Saúde de todo o Brasil e Autoridades Governamentais da área da saúde com repercussão nacional, onde são debatidos inúmeros assuntos relacionados ao segmento.

Participaram do congresso o administrador hospitalar, César Rúbio, o chefe do setor de Tecnologia da Informação, Eder Santos e a chefe do setor de Convênio, Massako Uemura Garcia (foto).

Na oportunidade eles puderam participar de debates sobre sustentabilidade, contratualizações, contribuição do poder público no desenvolvimento e manutenção do setor e ainda ouvir e propor soluções para os problemas e estratégias de gestão.

Entre os palestrantes estavam o diretor-presidente da Fehosp, Edson Rogatti, o secretário estadual de Saúde de São Paulo, Giovanni Guido Cerri, o deputado federal Antonio Brito, o deputado estadual Itamar Borges, e o médico e representante do Ministério da Saúde, Fausto Pereira dos Santos.

"Foi um momento de reciclagem e aprendizado onde conseguimos trocar experiências que serão muito úteis no dia-a-dia de trabalho na Santa Casa", disse o administrador hospitalar, César Rúbio.

Após o encerramento oficial do evento, os congressistas receberam a presença do Governador Geraldo Alckmin. Na ocasião, ele anunciou um repasse extra de R$ 13 milhões para auxiliar Santas Casas, hospitais filantrópicos e Apaes de todo o Estado.

"Precisamos de rápidas ações para estancar a crise e manter os hospitais funcionando, mas esperamos um compromisso do Estado e do Governo Federal de que o financiamento será estudado e que buscaremos juntos formas mais justas de remuneração", finalizou o diretor-presidente da Fehosp, Edson Rogatti.

Campanha por uma Saúde 10!
A Fehosp em parceria com a Santa Casa de Jales pede o apoio da população na CAMPANHA POR UMA SAÚDE 10 !

A iniciativa tem por objetivo reunir 1,5 milhão de assinaturas para assegurar o repasse efetivo e integral de 10% das receitas correntes brutas da União para a saúde pública brasileira.

A ideia surgiu de um encontro em março de 2012 em Brasília, e pretende tornar-se um Projeto de Lei de Iniciativa Popular. Grandes entidades como a OAB, AMB, CONASS já apóiam o movimento, e a Fehosp, junto com suas 300 entidades associadas, está firme nessa luta.

O formulário de assinaturas já se encontra disponível na recepção da Santa Casa de Jales para toda popoulação. Para que a assinatura seja válida é preciso colocar também o número do título de eleitor, zona e secção eleitoral. Participe!


Juliano de Matos deixa o PSB

O ex-candidato a deputado federal e a vereador Juliano de Matos, enviou nota à imprensa informando de seu desligamento do PSB. Leia abaixo a nota emitida por Juliano de Matos: 

"Venho através deste comunicar que estou  deixando o Partido Socialista Brasileiro (PSB) de Jales, no qual ocupo o cargo de Secretário Geral desde agosto de 2011, quando pegamos o partido praticamente extinto no município e colocamos dentre os maiores no município, inclusive elegendo dois vereadores.

O motivo desta saída é meramente pessoal. Confesso que alguns acontecimentos internos envolvendo brigas e desavenças já vinham me desmotivando há algum tempo, porém projetos pessoais e algumas propostas de mudança me influenciaram fortemente para esta saída. Tenho a absoluta certeza que desempenhei com total competência todo o projeto partidário idealizado lá atrás quando assumimos o partido.

Saio tranquilo e feliz pois além do crescimento partidário, consegui aproximar a maior liderança regional do PSB, o deputado estadual Orlando Bolçone, das causas de nossa cidade. Neste meio tempo viabilizei uma emenda junto ao deputado no valor de R$60.000,00 para a nossa Santa Casa. E sei que muitas coisas estão por vir, coisas já pré-encaminhadas.

O novo secretário-geral será escolhido em reunião da executiva, provavelmente o companheiro Ricardo Junqueira, inclusive indicado por minha pessoa".

Boa sorte ao grupo!

Juliano Matos


Pastagem irrigada, nutrida e bem manejada foi tema de palestras no noroeste paulista

No dia 18 de maio de 2013 a Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira participou do SAMPA - Simpósio de Adubação e Manejo de Pastagens promovido pelo GENAP - Grupo de Experimentação em Nutrição e Adubação de Plantas e PET Zootecnia - Programa de Educação Tutorial da UNESP Dracena.

O Professor Dr. Fernando Braz Tangerino Hernandez ministrou a palestra “Irrigação e fertirrigação em pastagens” para estudantes, profissionais da área e produtores rurais, alertando-os de que “vivemos numa sociedade espantosamente dinâmica, instável e evolutiva e que correrá sérios riscos quem ficar esperando para ver o que acontece, sendo que a adaptação a essa realidade será, cada vez mais, uma questão de sobrevivência”. Na sequência dizendo “tão longe e tão perto”, em consonância com o seu artigo “Tão quente, tão úmido, tão seco: construindo a resiliência dos agro-sistemas” mostrou com o frio prolongado no meio-oeste americano e na Europa e ainda a tempestadde de areia na China, beneficiam a nossa agropecuária, que se vê num momento favorável à investimentos, e associou esta condição com a 6a. potência mundial, que é o Brasil, mas desigual, que precisa de avanços, mas “é na agropecuária que está nossa vocação, engana-se quemse esquece disso. A agropecuária é o motor do desenvolvimento especialmente dos pequenos e médios municípios e no caso do oeste paulista, a irrigação é será cada vez mais necessária para fazer frente o déficit dídrico de 7-8 meses por ano”, disse em tom enfático, mostrando em inúmeras imagens os efietos perversos da seca. Em relação à irrigação, o Professor Fernando Tangerino enfatizou, que independente da cultura, há cada vez mais a necessidade do agropecuarista identificar a diferente entre investimentos e custos e investir em bons projetos de irrigação, que são aqueles que tem como caraterística suprir adequadamente a necessidade da evapotranspiração da cultura, uma boa uniformidade na distribuição de água, ter uma boa montagem e contar com bons materiais. Para as pequenas propriedades, especialmente as dedicadas à pecuária leiteira, o uso da irrigação por aspersão em faixa equipada com aspersores de baixa pressão e baixa precipitação tem-se mostrado uma excelente opção econômica, de operação, de adequação à capacidade de armazenamento de água do solo (CAD) e se for feita à noite, ganha-se se eficiência na aplicação da água e ainda pode-se lançar mão da tarifação diferenciada, diminuindo os custos envolvidos com a energia. O uso de aspersores de baixa pressão autocomensáveis é outra novidade que foi bem aceita pelo mercado, bem como a automação de setores.

Para o Professor Fernando Tangerino se hoje o uso da irrigação em pastagens é uma realidade e cada vez mais pecuaristas contam com esta tecnologia, cabe observar uma outra mudança de comportamento. Nos primeiros sistemas implantados se buscava o menor investimento, não se concebia a automação de setores e muitas vezes não se tinha um bom projeto e o uso da mão de obra para mudança de aspersores era uma constante. Com a comprovação dos efetivos resultados do uso da irrigação, tanto em produtividade de carne ou leite, como financeiros, hoje é frequente encontrar sistemas automatizados e contar com as vantagens de um excelente projeto de irrigação, que passou a ser quase que uma obrigatoriedade do investidor. Parte dos agropecuaristas já entenderam as vantangens de se contar com um ótimo projeto de irrigação, que não é só do irrigante, que pode fazer um manejo adequadao da aplicação de água, contar com uma fertirrigação com ótimos resultados, mas garante a valorização profissional e do conhecimento técnico, a longevidade da empresa projetista e ainda protege o meio ambiente. A a irrigação de pastagens já uma realidade e se coloca como uma das tecnologias que deve ser utilizada em todas as regiões brasileiras e se o avanço se deu mais por iniciativa dos próprios pecuaristas que testaram e comprovaram a sua eficiência e há 10 anos atrás eram poucos os pesquisadores que se dedicavam ao tema, hoje já há uma base de conhecimento técnico expressiva sobre os efeitos e as vantagens do uso da irrigação tanto em pecuária de corte, como leiteira. Neste contexto o Doutorando mna UNESP Ilha Solteira João Manetti mostrou sua experiência prática com a irrigação em pastagem para gado de corte, com toda a estrutura financeira do negócio, em um ótimo exemplo de conhecimento tácito, aquele que o aprendizado se dá na prática. João maneja 6 hectares com uma estrutura de vendas mensais de animais, mantem suas novilhas em pasto irrigado e adubado e assim consegue se firmar financeiramente no negócio, com rentabilidade adequada. Um ótimo exemplo de atividade agropecuária ilustrada aos 121 participantes com números e imagens que não deixam dúvidas do seu sucesso. No entanto, o Professor Dr. Ulysses Cecato, da UEM, lembrou que a irrigação é uma tecnologia agrícola final, ou seja, o pecuarista que pretende utilizá-la deve também ser um bom pecuarista, ou seja, deve saber manejar seu capim, aplicando tecnologias que promovam altas produções de forragem de qualidade, que começa com um bom preparo do solo, a escolha da melhor espécie e cultivar, o pastejo rotacionado e adubações adequadas de manutenção para que possa potencializar a produção e gerar lucros adicionais, objetivo de todo negócio e o tripé pastejo rotacionado, irrigação e adubação é inseparável. O Professor Dr. Godofredo Cesar Vitti da ESALQ USP mostrou as vantagens do uso de micronutrientes em plantas forrageiras, as diferentes formas de aplicar, as fontes disponíveis no mercado e os cuidados na interpretação das análise de solo e foliar.
O SAMPA 2013 contou com um público participativo e se revestiu de grande importância para a região da Nova Alta Paulista, que tem na pecuária um fonte expressiva de renda dos municípios e para o Professor Dr. Fernando Tangerino “a UNESP pode desempenhar um papel importante na modernização da agropecuária da região, que começa com a necessidade de recuperar as pastagens degradadas, os focos de erosão e recuperação dos córregos e rios, que se apresentam assoreados, para que se tenha água em abundância para promover a agropecuária irrigada, tão necessária para se tenham atividades destacadas”, agradecendo o convite feito também ao seu Orientado João Manetti e parabenizou a Comissão Organizadora pela iniciativa desejandosucesso a todos! A Coordenação do SAMPA foi dos Professores Reges Heinrichs, Maria Luiza Poiatti e Cecílio Viega Soares Filho, os dois primeiros do Campus de Dracena da UNESP e Cecício da UNESO Araçatuba. A cobertura das atividades do SAMPA 2013 foi feita pelo Bolsita PROEX Bruno Felipe Reis da Silva e o sítio Oficial do evento é http://www.dracena.unesp.br/#!/eventos/sampa/ O video com o Professor Dr. Fernando Tangerino estimulando a formação técnica de qualidade está disponível no canal da AHI no Youtube. http://www.youtube.com/watch?v=027hTTbZsuU SERVIÇO: - Download dos slides usados pelo Professor Dr. Fernando Braz Tangerino Hernandez: http://www.agr.feis.unesp.br/pdf/dracena_18_maio_2013.pdf - Fotos do evento e os slides utilizados pelo Prof. Tangerino em sua palestra: http://www.agr.feis.unesp.br/dracena_18_maio_2013.php - “Tão quente, tão úmido, tão seco: construindo a resiliência dos agro-sistemas” http://www.agr.feis.unesp.br/debatendo_comunicando.php

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Bella da Semana lança marca de lingeries

Há 12 anos o Bella da Semana, líder nacional do segmento com 1.500.000 de visitantes por mês, faz a cabeça dos homens do Brasil e do mundo. E não é apenas do público masculino que a revista eletrônica chama a atenção. Diariamente o Bella recebe e-mails de homens e mulheres em busca de mais informações sobre as peças utilizadas nos ensaios.
Foi com o objetivo de atender a este público que surgiu o Bella Noir, fruto de uma parceria entre Alexandre Peccin, do Bella da Semana, com Francys Slaviero e Cristina Peccin. A empresa produz peças femininas que combinam beleza, ousadia e conforto.
Com rendas importadas, transparências, laços e cores trabalhados em itens de qualidade e prestígio, as lingeries do Bella Noir oferecem o balanço perfeito entre provocação, sensualidade, ousadia e mistério. As lingeries estão disponíveis ao público pelo *www.bellanoir.com.br*, com frete disponível para todo o Brasil e diversas opções de pagamento.

Bruno di Mattins é o novo Secretário de Esportes


Depois de cinco meses,a  prefeita Nice Mistilides nomeou na manhã desta segunda-feira, 20 de maio, para a  Secretário Municipal de Esportes, Cultura e Turismo (SMECT), Bruno Altimari Resende de Mattis(foto) de 28 anos "A vinda dele é muito positiva e dará continuidade ao trabalho já iniciado com êxito pelos funcionários da secretaria. Bruno tem conhecimento da área e estava nos nossos planos trazê-lo para o governo. É um jovem, com muita vontade de trabalho e que fará toda a diferença”, afirmou Nice.
Em 2012,  Bruno di Mattins foi candidato a vereador pelo PRP  (Partido Republicano Progressita) na coligação  "Jales vive em nosso coração" com o PTB e PSDC, e obteve 127 votos
Um dos desafios do secretário será a fase final dos Jogos Escolares do Estado de São Paulo, categoria mirim, que acontece neste ano de 08 a 18 de agosto e deve reunir mais de 3 mil pessoas em Jales.
Segundo a prefeita, a atraso no anúncio se deu por uma questão de economia nos cofres públicos. “Em nenhum momento o trabalho da pasta foi prejudicado. Agora, com a nomeação do Bruno, não podemos esquecer que a secretaria não é só de Esportes, mas também de Cultura e Turismo e isso será enfatizado. Ele chega para fortalecer”, finalizou a prefeita.