Páginas

sábado, 11 de maio de 2013

Proprietários e empregados de padarias participam de palestra da Vigilância Sanitária

A Secretaria Municipal de Saúde, através da Equipe de Vigilância Sanitária reuniu proprietários e funcionários de padarias de Jales e ministrou uma palestra sobre "Boas práticas para serviços de alimentação com estabelecimentos de alimentos.
O evento aconteceu na tarde de quinta-feira, 9 de maio, na Sala de Convenções Laurentino Tonin, na Associação Comercial e Industrial de Jales.
A secretária municipal de Saúde, Nilva Gomes Rodrigues de Souza deu boas vindas aos participantes e falou sobre a importância da equipe de Vigilância Sanitária. Em seguida, Rozeli Donda da Silva, coordenadora da equipe V.S. farmacêutica Ana Paula Tozzo, fiscal sanitária Maiara Oliveira Gomes Delfino, fiscal sanitária Marlene Mendonça Francisco de Souza, e a enfermeira Patrícia Albarelo Ribeiro Oliveira, , falaram sobre como os comerciantes e manipuladores devem preparar, armazenar e vender alimentos de forma adequada, higiênica e segura.
Na oportunidade os comerciantes e funcionários receberam a "Cartilha sobre Boas Práticas para Serviços de Alimentação", feita de acordo com a Resolução RDC nº 216/2004 voltadas aos serviços de alimentação, como padarias, cantinas, lanchonetes, bufês, confeitarias, restaurantes, comissárias, cozinhas industriais e cozinhas institucionais.
"A cartilha fala ainda sobre doenças transmitidas por alimentos, contaminação, adequação dos locais de trabalho, higienização da água, cuidados com o lixo e muitos outros assuntos de interesse dos proprietários e funcionários de empreendimentos que lidam com a alimentação", disse Rozeli.
As próximas palestras serão realizadas nos dias 16, 23 e 29 de maio, quando serão convidados proprietários e funcionários de estabelecimentos como restaurantes, lanchonetes, pizzarias, bares e carrinhos de lanche. "Quando vocês atendem as normas técnicas e nós da Vigilância Sanitária fazemos uma boa fiscalização, quem ganha é o consumidor que poderá ter a certeza de estar adquirindo produtos e serviços de excelente qualidade em um ambiente que está de acordo com os mais rigorosos padrões de higiene", finalizou Rozeli Donda da Silva.

MPF quer a condenação de três jovens por incitar práticas racistas no Orkut

O Ministério Público Federal em Jales denunciou o turismólogo A.L.N., o vendedor E.A.C. e o pintor automotivo W.A.M. pelo fato de o trio ter praticado e incitado a discriminação de raça e cor por meio de publicações na rede social Orkut.
Os fatos ocorreram em 2007. Por meio de inquérito policial, a Polícia Federal chegou aos responsáveis pelas mensagens. O réu A.L.N. está sendo acusado duplamente; em sua cidade, Santa Fé do Sul/SP, ele criou duas "comunidades" com teor racista e que incitavam tal comportamento. Elas eram intituladas "14/88" e "Juventude Hitleriana". As duas continham ideias nazistas.
Da cidade do Rio de Janeiro, W.A.M. confessou ser o responsável por um dos e-mails que postou mensagens discriminatórias e se manifestou na rede social com declarações concordando com mensagens de cunho racista. Por sua vez, o terceiro réu, E.A.C., de São Paulo, também confessou ser o responsável por outro dos e-mails que postou mensagens de conteúdo similar.
O procurador da República Thiago Lacerda Nobre, autor da denúncia, afirma que os réus, "de forma consciente, livre e voluntária", praticaram crimes tipificados na Lei 7.716/89. De acordo com o Art. 20, é crime "praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional". A pena é de reclusão de dois a cinco anos e multa se esse tipo de crime é cometido por intermédio dos meios de comunicação social ou publicação de qualquer natureza.

Folhageral

Reflexão
"A leitura após certa idade distrai excessivamente o espírito humano das suas reflexões criadoras. Todo o homem que lê de mais e usa o cérebro de menos adquire a preguiça de pensar" . Albert Einstein
Envelhecido
O PMDB jalesense, pelo menos em sua cúpula, parece ter entendido que na política, renovação e rejuvenescimento são fundamentais para sobrevivência política. O presidente do Diretório Municipal, José Devanir Rodrigues, em reunião com o deputado estadual Itamar Borges, lider do partido na Alesp, conclamou os companheiros para saírem a campo em busca de novas filiações. Depois de anos sob o comando de um mesmo grupo que não pensou no futuro, agora acordou para a realidade que é preciso mudar.
Minguando
Um mandabrasa da velha guarda, foi peremptório em sua colocação ao dizer que o PMDB precisa é "uma renovação de conjunturas para atrair filiações, principalmente o jovem que está desiludido com a política". Segundo ele, o momento em que o PMDB deu inicio a coligações com partidos oriundos da Arena, esquecendo ideologicamente de sua origem, o eleitor foi se afastando e não houve mais interesse da sua participação partidária. Tanto que sozinho, sem coligações, o PMDB elegia seu vereador, agora não mais.
Por quê, acesos?
Uma Prefeitura como a de Jales que vive com as finanças apertadas não pode se dar ao luxo em permitir que os refletores do estádio municipal fiquem acesos à noite para ações que não trazem recursos para os cofres municipais. Parece que fazem vistas grossas para certas coisas. E quando criticam, espumam.
Ah!!!
Será que a prefeita Nice vai ficar com aquele "elefante branco" atravacando o desenvolvimento daquele setor? Vende aquela área prefeita. Não sem terá mais futebol em Jales. Acabou. O campo do jardim Paraíso, melhorado, está ótimo, para as equipes amadoras da cidade bater a sua bolinha aos domingos. É preciso pensar lá na frente, e não somente agora.
No MPE
Segundo comentaram esta semana lá no botequim da vila, estaria no Ministério Público Estadual, três denúncias contra dois vereadores e a prefeita, e que o órgão deve acatá-las. Nada como aguardar para se saber se de fato há veracidade no ti.ti.ti.
Puxão de língua?
Esta semana o vereador petebista Sergio Nishimoto, teria sido chamado para uma conversa de portas fechadas no paço municipal. O assunto tratado por enquanto está sigiloso. Os "especialistas" em política local acreditam que o vereador foi instigado a defender mais a prefeita Nice. Nishimoto, apesar de sua pouca votação no pleito passado, é o mais consciente dos vereadores. Isso porque antes de tomar uma decisão, analisa a situação para não ser um insipiente no assunto a ser discutido. É o bom senso, que está faltando para muita gente, no Legislativo e no Executivo, visível no vereador Nishimoto.
Respingar
Os vereadores de oposição Gilberto Alexandre de Moraes, Luís Fernando Rosalino, Jesus Martins Batista e Rivail Rodrigues Junior, pediram a constituição de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI), para apurar eventuais irregularidades nas contratações, recebimentos e pagamentos da 44ª FACIP – Feira Agrícola, Comercial, Industrial e Pecuária de Jales. Essa CEI sendo formada, já se fala que as diligências de seus membros podem chegar onde ninguém deseja. Sabe como é. CEI, CPI , B.O, etc... sempre envereda por caminhos indesejáveis e atinge, na maioria dos casos, pessoas que nem mesmo os membros das Comissões deseja.
Convite
Nesta quinta-feira, corria a boca pequena que o assessor parlamentar Léo Hurber (PT), teria sido convidado para assumir um cargo na administração municipal. O convite teria partido do líder da bancada que dá apoio à prefeita Nice, vereador Claudir Aranda (PDT).
Desorientados
Como a situação dos mototaxistas está um imbróglio e o prazo dado para a regularização nível de município já se esgotou e ninguém disse mais nada, todos calados, a preocupação dos profissionais é agora com o curso. Estão dizendo que os vereadores Claudir Aranda e Tiago Abra que teriam acertado realização do curso em Votuporanga após acerto com o prefeito Júnior Marão, gratuitamente, a notícia é de que terão de pagar R$ 180,00 para as aulas teóricas e práticas. Nesse período pelo jeito não se preocuparam em acertar para o curso se feito em Jales. A lei está em vigor, salvo qualquer engano deste colunista.
Silêncio
Nos municípios de médio porte no Noroeste Paulista as autoridades estão inibindo aquele pessoal que gosta de andar pelas ruas com som alto pertubando a paz e o sossego da população. E aqui?

Enlace matrimonial


No sábado 4 de maio, em Iturama (MG), aconteceu o casamento de Leandra Dantas Fandim e o advogado Mauricio Barboza, na foto com a filha do casal Ana Clara, com uma belíssima recepção no salão social da Associação Medica O cerimonial do evento ficou a cargo de Jocelia Cabrini.

Perante Deus


Com todo o cerimonial muito bem organizado por Jocelia Cabrini, no dia 20 de abril, aconteceu o casamento da bancária Regiane e o empresário Fernando Moritaka, de Santa Fé do Sul. Familiares e convidados foram recepcionados na MB Festas e Eventos.

Mãe, uma escola de emoções Anglo de Jales faz homenagem ao Dia das Mães



Amor, carinho, abraços, lágrimas e muita emoção. Assim foi a homenagem ao Dia das Mães no Colégio XV de Abril-Anglo Jales, na última terça-feira, dia 14 de maio, no Ginásio Poliesportivo da Escola. O evento teve como tema "Mãe, uma escola de emoções".
Mães, pais, familiares, alunos e convidados se emocionaram com as apresentações musicais, declamação de poesias, encenações, jograis e outras atividades apresentadas pelos alunos do Berçário II até o 6º ano do Ensino Fundamental, todas ensaiadas pelas professoras e auxiliares, no decorrer do mês de abril.
Um dos momentos mais marcantes da festa foi quando todos os alunos, reunidos em um lindo coral apresentaram a música "Coração de Mãe", da cantora Aline Barros. O clima de emoção tomou conta da noite festiva.
Para encerrar, a coordenadora do Ensino Fundamental, Daisy Romagnoli homenageou a mantenedora da Escola, Maria Christina Fuster Soler Bernardo e a diretora, Élida Maria Barison da Silva e encerrou as apresentações dizendo, "Receber as famílias dos nossos alunos em nossa escola, é sempre um encontro repleto de emoções e carinho".

Parabéns Ana Julia


Ana Julia Batista Soares
fez seis anos nesta sexta-feira, dia 10 de maio. Seus papais Miguel Paiva Soares e Lindomaura Batista e as irmãs Juliana e Isabela desejaram-lhe muitas felicidades sempre

Bodas de Prata de Nice e Adão


No dia 27 de abril, o salão social da Aderj foi preparado para servir de cenário a uma comemoração importante e marcante na vida do querido casal Nice e Adão Bravo: 25 anos de feliz matrimônio, onde a emoção tomou conta não só do filho Leonardo, como também de todos os convidados.
Com a presença de quase todos os padrinhos de seu casamento, o casal, em cerimônia espírita, renovou os laços da eterna união matrimonial. Presença também do casal Lucia e Pedro Bonilha. A valsa foi a mesma, e a emoção, descrita pelo casal, foi maior do que a do próprio casamento. O cerimonial foi de Jocelia Cabrini.

Dupla Maurício e Luciano realiza projeto "enCantando Vidas" na Santa Casa de Jales

O dia dos pacientes internados foi bem diferente dos outros; e para melhor! Os cantores colocaram em prática o projeto social "enCantando Vidas" e fizeram um verdadeiro show pelas unidades de enfermaria do SUS, Maternidade, Convênios e Particulares.
A voz e a música da dupla atraíram não apenas os pacientes, mas mobilizou todo hospital, chamando atenção dos funcionários, visitantes e acompanhantes para o clima de emoção e entretenimento.
Durante entrevista a uma rádio local o repórter se disse impressionado com o que via "É a primeira vez que vejo uma dupla de músicos cantarem dentro de um hospital". Luciano, o irmão mais velho, lembrou que este era um sonho antigo que estava dando os primeiros passos e que a proposta era de levar alegria, mudar o ambiente, minimizar o sofrimento dos pacientes e concluir o projeto com a realização de um show em prol da instituição. "Ficamos emocionados com este trabalho e estaremos atendendo aos pedidos de entidades interessadas de toda região ", completou.
A Direção da Santa Casa e o setor de Captação de Recursos avaliaram a ação como "excelente" e agradeceram a visita da dupla Maurício e Luciano. "Para nós da Santa Casa foi uma grande satisfação recebê-los com uma iniciativa tão nobre. Parabéns aos dois pela belíssima atitude e sucesso na carreira", disse o provedor José Pedro Venturini.
A Coordenadora do Departamento de Captação de Recursos e Projetos do hospital, Adriana Mariano, ressaltou que este exemplo é seguido por grandes hospitais no país e leva humanização e alegria. "Foi emocionante ver os pacientes e acompanhantes saírem dos quartos e pedirem músicas. Ouvir música é saudável, alivia tensões e ajuda a refletir. Agradeço o acompanhamento na visita da chefe da enfermagem, Andrea Masson, da assistente social Maria Angélica Pereira e em especial aos cantores Maurício e Luciano, que já se comprometeram em realizar um show beneficente para a nossa Santa Casa ainda este ano".
Para novos projetos ou doação entrar em contato com o Departamento de Captação de Recursos pelo (17) 3622-5002 ou (17) 9744-5412.

Projeto do ex-vereador Macetão, de Jales, é finalista na 9ª edição do Prêmio Mario Covas

No último dia 26 de abril, foi divulgada a lista dos projetos finalistas da 9ª edição do Prêmio Mario Covas, organizado pela Secretaria de Gestão Pública do Estado de São Paulo. A pouco mais de duas semanas da cerimônia de premiação, a expectativa toma conta dos finalistas.
Cerimônia de premiação acontece no dia 27 de maio, às 20 horas, na Sala São Paulo, na capital paulista.
O projeto "Regulação de compras com dispensa de licitação na Câmara", do então vereador Luiz Henrique Viotto, estará concorrendo com mais 50 projetos na área de Gestão Municipal
Concorrência
A notoriedade que o Prêmio Mario Covas vem ganhando ano a ano faz com que a concorrência aumente a cada edição. O projeto "Sistema de Gestão da Qualidade na Bolsa Eletrônica de Compras do Estado de São Paulo" também concorrerá na categoria Gestão Estadual.
Fátima Ferreira, uma das idealizadoras, disse saber da excelente qualidade dos trabalhos com os quais disputará: "Todos os projetos são muito bons e o desafio em inovar o gestor público é cada vez maior. Nossa equipe já recebeu 12 premiações com esse projeto e o Prêmio Mário Covas é o único que nos falta. A motivação é tão grande que estamos convocando todo mundo".
Em 2013, foram mais de 250 projetos inscritos. Desses, 58 foram classificados para a fase final

Sistemas para Internet e Agronegócio parceiros em Projetos de Iniciação Científica da Fatec Jales

Por: Professores Mestres Alexandre Aparecido
 Bernardes e Cristiano Pires Martins
No dia 20 de abril, os professores Alexandre Aparecido Bernardes e Cristiano Pires Martins começaram uma nova etapa dos projetos de iniciação científica propostos no início do semestre.
Os dois docentes estão trabalhando em conjunto com uma proposta de integrar os cursos Sistemas para Internet e Agronegócio com o auxílio da professora Adriana de Souza Colombo, estudo que integrará as áreas Tratamento de Imagens, Automação e Produção Vegetal.
O objetivo da parceria é desenvolver uma estufa automatizada que possa ser controlada em tempo real por meio de um site com o diferencial do uso de tratamento de imagens para analisar a evolução foliar do cultivo em estudo.
Essa proposta foi apresentada aos alunos que se interessaram pela pesquisa e agora será feita uma triagem com os discentes que mais se adequarem ao projeto, avaliando-se interesse, tempo de dedicação ao projeto e perfil de pesquisador.
Outro fator preponderante é a extensão para novos projetos que envolvam os assuntos relacionados a Processamento de Imagens, Visão Computacional, Inteligência Artificial, Automação e Robótica.

Professor da Fatec Jales oferece treinamentos gratuítos da Cisco em redes de comunicação

A Cisco (www.cisco.com) é uma empresa internacionalmente reconhecida que atua na área de redes de comunicação. Além de fabricar equipamentos voltados para a transmissão de dados e voz e criar protocolos de redes, possui também um grande programa de treinamento.
Todos os anos, essa empresa, por meio do programa "Cisco Networking Academy", ensina a centenas de milhares de estudantes de todo o mundo as habilidades necessárias para a construção, design e manutenção de redes, melhorando suas perspectivas de carreira durante o preenchimento da demanda mundial por profissionais de rede.
Com mais de 10 mil academias situadas em 165 países, o programa prepara os alunos para o mercado de trabalho na indústria e na prestação de serviços em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). Com ele, os alunos são capazes de desenvolver habilidades fundamentais no domínio dessa tecnologia e de adquirir habilidades vitais do século 21 para uma carreira de sucesso: a resolução de problemas, colaboração e pensamento crítico.
A Fatec Jales, por meio de uma parceria firmada com a Cisco em 2012 e sob a responsabilidade do Prof. Esp. Rogério L. S. de Oliveira , tornou-se a "Acadêmia Cisco Fatec Jales". Com esse acordo, todos os alunos regularmente matriculados a partir do segundo semestre possuem a oportunidade ímpar de acesso gratuito aos treinamentos de alta qualidade desse programa.

EDITAIS DE PROCLAMAS

Ademir de Mattis
, Oficial do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de Jales, Estado de São Paulo. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro.
LUCIANO MARQUES PEREIRA e ANDRÉIA CRISTINA SIQUEIRA
. ELE, natural de Santa Bárbara D’Oeste, deste Estado, nascido aos 08 de julho de 1.975, operado de máquinas, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Custodio Marques Pereira e de Edite Moura Pereira. ELA, natural de Catanduva, deste Estado, nascida aos 12 de novembro de 1.984, vendedora, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de José Geraldo Siqueira e de Tereza Fátima Siqueira.
FERNANDO RAMOS MIOTO e MILENE CRISTINA DE GRANDE,
ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 09 de junho de 1.986, empresário, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de José Roberto Mioto e de Maria de Lourdes Ferreira Ramos Mioto. ELA, natural de Inocência, deste Estado, nascida aos 27 de outubro de 1.989, estudante, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Maurino José de Grande e de Rosania Barbosa de Grande.
CLEBER CORNIANI e ANDRÉIA CRISTINA VICENTE DO AMARAL
. ELE, natural de Guarulhos, deste Estado, nascido aos 25 de dezembro de 1.978, motorista, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Darcí Geraldo Corniani e de Conceição Aparecida Barbosa Corniani. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 18 de fevereiro de 1.977, professora, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de José do Amaral Filho e de Darci Vicente do Amaral.
WILLIANS PEREIRA VECCHI e REGIANE AKEMI YETIKA
. ELE, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 26 de maio de 1.988, frentista, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Edson Vecchi e de Marlene Gonçalves Pereira Vecchi. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 07 de outubro de 1.985, do lar, divorciada, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Milton Shizuaki Yetika e de Luzia Tsuneko Koga Yetika.
SE ALGUÉM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO OPONHA-O NA FORMA DA LEI. LAVRO OS PRESENTES PARA SEREM AFIXADOS NO REGISTRO CIVIL E PUBLICADOS NA FOLHA NOROESTE, NESTA CIDADE DE JALES.
Ademir de Mattis - Oficial

Consciência, conselheira divina

Adelvair David
Quando do desenvolvimento do livre-arbítrio, surge no ser humano um dispositivo singelo que vai tomando forma à medida que a criatura avança no tempo evolutivo, é a consciência.
Sempre presente em todas as vivências humanas é companheira inseparável em todas as decisões, julgamentos e interpretações da vida.
Tem sido interpretada como intrusa por tantos quantos se sentem incomodados com a sua intromissão em momentos delicados do seu comportamento, principalmente o equivocado.
Podemos dizer que a consciência são as vozes celestes, a voz dos espíritos venerandos, a experiência espiritual de outros tempos, o amadurecimento já conquistado pelo espírito ao longo das eras que se foram. É o criador falando a sua criatura no momento das decisões, até mesmo nas minúcias da sua experiência de modo a orientá-lo ao que se deve ou não fazer. Sem ferir o livre arbítrio, Deus aciona a Sua conselheira para alcançar o homem e ampará-lo, não o deixando sem auxílio na sua caminhada. Na Sua bondade o criador apresenta sempre a boa proposta para o homem, que deve a seu turno, saber o que fazer por si mesmo, mas sempre embasado em um senso que lhe guie para que não se perca, aí então a ação da consciência.
O que ocorre muitas vezes, é que movido pelas suas paixões a pessoa faz sua escolha na contramão do que a consciência lhe indica e acaba por se ferir material, moral e espiritualmente; também pode ocorrer que ao ouvir o senso interior que lhe diz que não deve prosseguir nesta ou naquela direção, tenha maior êxito na maioria das coisas que necessitar realizar. A palavra correta, o pensamento elevado, a atitude equilibrada, a escolha melhor, trarão muito mais conforto ao homem, mesmo nos grandes enfrentamentos que deva fazer.
Em qualquer circunstância é sempre prudente ouvir a consciência, a conselheira divina que, certamente, mesmo sem ser chamada, irá se manifestar dando sua opinião a respeito de todas as ações humanas. Se porventura ela for anestesiada pela ação das imperfeições e o homem desejar se guiar por estas, com certeza virá momento em que ela irá acordar e o enfrentamento acontecerá nos recessos da alma, em forma de doença no corpo ou emocionais, que possivelmente não cessarão até que a criatura consiga proceder a reparação ante ao ato menos digno praticado.
OUVIR A CONSCIÊNCIA É OUVIR O PRÓPRIO DEUS FALANDO AO CORAÇÃO DA SUA CRIATURA

Fuga Couros promove Torneio de Futebol no Dia do Trabalho

A empresa Fuga Couros S/A promove tradicionalmente, entre seus colaboradores, um Torneio de Futebol (inter-setor), em comemoração ao Dia do Trabalho, em 1º de Maio.  Neste ano, não foi diferente. No feriado de quarta-feira, dia 1º, foi comemorada a 6ª edição do evento no Clube dos 40 (foto), em Jales.
O Torneio de Futebol teve disputa entre sete times, com Carlos Pereira de Rezende, o popular Neneinha, como árbitro.
O time vencedor foi o da Ribeira (péla). Também levaram troféus o artilheiro do Torneio e o goleiro menos vazado.

Wellington Jeck, artilheiro do torneio recebe o troféu


Goleiro Edézio, recebe o troféu de menos vazado do torneio
Ainda, houve gincana de "Caça ao Tesouro", com distribuição de brindes e almoço oferecido a todos os participantes.
De acordo com Rodrigo Rossi F. de Melo, técnico em Segurança do Trabalho e coordenador do Torneio, o evento tem o objetivo de integrar os colaboradores e promover a prática de atividades físicas. "Todo o ano, os funcionários ficam esperando ansiosamente a data e cobram a realização do evento", confirma Rodrigo.

Domingo esperado

D. Demétrio Valentini
Por ser Domingo das Mães, o dia fica muito especial. E por ser especial, é preparado com antecedência, esperado com ansiedade, precedido de diversas providências para que a festa seja garantida.
Na verdade, o Domingo das Mães nos coloca o desafio de como celebrar todos os domingos. Todos eles podem assumir a dimensão de festa, que congrega a família, e reúne a comunidade.
São duas realidades que precisam fazer parte de qualquer domingo que se preze: a família e a comunidade.
Todo Domingo é dia da família, todo domingo é dia da comunidade.
São as duas referências que situam o cotidiano de nossa existência, que tem na semana o seu ritmo, que nunca foi alterado. Tanto que até hoje nunca foi mudada a sequência dos dias da semana.
Quando é escolhido o Domingo para assinalar uma efeméride, é sinal de que a data a ser comemorada é muito especial, a ponto de contagiar a semana toda.
Por isto, a festa das mães não é vinculada a um dia do mês, mas a um dia da semana, no caso o domingo. Ficaria sem graça, por exemplo, celebrar o Dia das Mães numa segunda-feira. Uma festa especial requer um domingo para ser bem celebrada.
Comparando com as festas litúrgicas, o Domingo de Páscoa serve como referência permanente para a celebração de todos os outros domingos. Ele dá o conteúdo a ser celebrado em cada domingo. Por conta disto, todos os domingos, de certa maneira viram "domingo de páscoa", no qual celebramos o mistério da paixão, morte e ressurreição de Jesus.
Se a páscoa fornece o conteúdo, o Domingo das Mães fornece a forma para celebrar o domingo de maneira festiva. E nos ensina que todas as realidades de nossa vida recebem um sabor melhor, e tomam seu sentido verdadeiro, quando bem assumidas, e bem celebradas de domingo.
Assim se confirma a importante convicção da liturgia, de celebrar a memória dos mistérios de Cristo, mas também celebrar a realidade cotidiana de nossa vida, colocada à luz desses mistérios, que a iluminam, e a integram como motivo de nossa celebração.
O domingo é o dia de recordar a memória do Senhor, mas é também o dia de celebrar nossa vida, com os muitos motivos de ação de graças que ela nos apresenta.
Como todo domingo é dia de Páscoa, bom seria se todo domingo contasse com a dinâmica envolvente do dia das mães. Para ser preparado, aguardado com expectativa e celebrado com alegria em toda a comunidade, em todas as famílias.
Desaprendemos a valorizar os domingos. Por isto eles perderam sua graça.
Como no Domingo das Mães, não pode faltar na comunidade uma homenagem especial para elas. E não pode faltar na família um bom almoço, temperado com carinho e com alegria.
Assim em todo domingo. Não pode faltar a celebração na comunidade, da qual devemos participar ao vivo. E não pode faltar a festa em família, na alegria de sentir-nos unidos e abençoados por Deus.
Comunidade e família, os dois componentes que não podem faltar em nenhum domingo!

Jales terá mais 200 casas populares

A construção de mais 200 unidades habitacionais em Jales que pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU), estão sendo viabilizadas para 2014.
O anúncio foi feito pela prefeita Nice Mistilides (foto), após reunião nesta terça-feira, 7 de abril, com o gerente regional Olímpio A. C. Moraes Neto, da CDHU em São José do Rio Preto.
"Serão 200 unidades habitacionais que vão abrigar famílias que fazem da casa própria um sonho em suas vidas e, por essa razão queremos encontrar o lugar perfeito para a construção desses imóveis", disse a prefeita Nice.
99 Casas
Na próxima semana, a Tecnicon – Engenharia e Construção Ltda, inicia a construção das 99 casas populares, licitadas em 2012.
O projeto final foi liberado nesta terça-feira, 7 de maio, após a conclusão das adequações solicitadas pela CDHU.
Os imóveis serão construídos no Conjunto Habitacional Jales "L" , próximo ao Cemitério Nossa Senhora da Paz.
As inscrições para os dois conjuntos habitacionais serão realizadas pela CDHU somente quando 80% das obras estiverem concluídas.

PALAVRAS DE CHICO XAVIER

Pergunta– De modo geral, qual será a primeira impressão da criatura humana, na ocasião precisa da morte?
Chico Xavier – Para todos aqueles que terminaram a existência terrestre com uma consciência tranqüila, limpa, conquanto os muitos erros em que todos nós incorremos nesta existência, a impressão no outro mundo é de profunda alegria, de felicidade mesmo, no reencontro com as pessoas queridas que nos antecederam na grande transformação. Mas, quando nós malbaratamos os patrimônios da vida, quando não consideramos a nossa responsabilidade, é natural que soframos as conseqüências disso no mundo espiritual, antes de voltarmos, naturalmente, à Terra, em novo renascimento, para o resgate que se faz jus.
Esta coluna tem o patrocínio e responsabilidade da
"Associação Espírita "Chico Xavier" de Jales.

Prefeitos da região reivindicam mais vagas do Programa Frente do Trabalho

Prefeitos da região de Jales (foto) estiveram nesta quarta-feira, 8 de maio, em audiência com o secretário estadual do Emprego e Relações do Trabalho, Carlos Ortiz. para solicitar um maior número de vagas do Programa Frente do Trabalho. O deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB), de Votuporanga, acompanhou os prefeitos na audiência.
Participaram da audiência os prefeitos Antônio Melhado Neto (Paranapuã), Francisco Airton Saracuza (Urânia), José Luiz Azevedo (Dolcinópolis), Ivalderis Molina (Santa Salete), Jarbas de Lima Júnior (Marinópolis), Maurício Honório de Carvalho (São Francisco), Leandro Aparecido Polarini (Mesópolis) e Elvis Carlos de Souza (Pontalinda).
O Programa Emergencial de Auxílio-Desemprego, também conhecido como Frente de Trabalho, proporciona qualificação profissional e renda para cidadãos que estão desempregados. Isso é feito por meio de atividades como limpeza, conservação e manutenção de órgãos públicos estaduais e municipais.
O bolsista da Frente de Trabalho permanece no programa por até nove meses, com jornada de atividades de até seis horas diárias, quatro dias por semana. No quinto dia, ele faz um curso de qualificação profissional ou alfabetização. Os participantes recebem bolsa-auxílio de R$ 210, crédito para a compra de alimentos no valor de R$ 86 e seguro de acidentes pessoais.
Carlão explicou para o secretário Ortiz que o programa tem sido muito importante na vida das pessoas desses municípios. "Esse programa tem ajudado muitas famílias e proporcionado uma renda e qualificação profissional, a população tem pedido muito abertura de mais vagas", disse.
O secretário disse que fará o possível para o mais breve possível possa renovar os contratos do programa com os municípios para abrir mais Frente de Trabalho.
"Trabalhamos no sentido de melhorar a empregabilidade na região. Precisamos auxiliar as pessoas a conseguirem renda e ao mesmo tempo a qualificação profissional", disse o deputado Carlão.

Um gigante ferido

Vitor Sapienza
Outro dia, durante um encontro com jovens estudantes, falamos sobre a importância da política na formação de uma sociedade. E desde que entramos no assunto, muitos desses jovens deixaram claro a sua aversão para com o assunto. Quando falamos sobre a nossa condição de deputado, foram muitas as questões, desde o interesse em saber o porquê de termos entrado na política, além da situação do país como um todo.
É evidente que não iremos, aqui, detalhar o que foi dito, o que foi discutido e o que os jovens contestaram. O que ficou nítido foi o interesse, quando a conversa franca, é direta, olho no olho, quando não se foge da resposta, mesmo quando ela tem que ser dura, objetiva e, muitas vezes, quando temos que colocar o dedo na ferida. Ferida, acho que é a palavra correta, embora o ideal que ela fosse usado no masculino.
Temos que admitir que o nosso país está ferido. Ferido na maneira de agir, de contestar, de lutar, de reivindicar, de ir em busca dos seus anseios. É um ferimento que já não sangra, embora se mostre difícil de cicatrizar. E isso é o que preocupa. O sintoma de resignação virou a marca de um povo que aceita o que lhe é jogado sobre os ombros. E isso está visível tanto no tributo abusivo, como na carência de serviços públicos; na aceitação do produto importado, em detrimento do nacional, como na música de qualidade duvidosa que os meios de comunicação nos impõem.
É essa docilidade que preocupa. Ela está contida no idoso que não reivindica os seus direitos e no jovem que não vai à luta; no trabalhador que aceita os limites e despreza a necessária reciclagem profissional, e no mestre que ignora os horizontes; no homem público que foge de suas responsabilidades, que se omite e que vira o rosto diante do problema; no falso solidário de busca proveito próprio, e no necessitado que se alberga na carência que se eterniza.
E quando fazemos essas comparações, aquele jovem que diz detestar a política procura desculpas e encontra respostas no nada que recebeu dos educadores. E os educadores se justificam dizendo que precisam se ater apenas ao conteúdo didático. E, inconformados, insistimos na pergunta, e as respostas são vazias, vazias de conteúdo, vazias de interesse, vazias de objetivos.
Gostar de política é uma escolha; gostar dos políticos, uma opção. Discutir política é um dever de todos, afinal, é na política de devemos encontrar as soluções para as nossas carências, os nossos problemas, os objetivos da sociedade. É elementar dizer que a política responde pelos erros e pelos acertos de um povo. O que não se pode aceitar é o descomprometimento, porque o ato e se lavar as mãos não tem significado algum, além da omissão. E na história da humanidade apenas um omisso ficou para a eternidade. Ele lavou as mãos e deu no que deu.
Vitor Sapienza é deputado estadual (PPS), ex-presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, economista e agente fiscal de rendas aposentado. Acesse: www.vitorsapienza.com.br

Gilbertão (DEM) faz proposta não aceita pelos vereadores nicistas

O vereador Gilberto Alexandre de Moraes (DEM) propôs aos demais membros da Comissão Processante que investiga possível ato de nepotismo praticado pela prefeita Nice Mistilides e o vice-prefeito Pedro Callado, que um novo sorteio seja feito para escolher os seus membros, excluindo seu próprio nome, o de Claudir Aranda, de André Ricardo Viotto que são citados na denúncia e de Tiago Abra.
A colocação da proposta do vereador Gilbertão se deu em virtude de na semana passada receber a notícia de que uma sua sobrinha teria sido contratada pela administração e, segundo ele, "a contratação causou estranhamento", visto que ele integra a comissão que pretende apurar uma acusação de nepotismo.
A proposta feita pelo vereador gerou uma discussão acalorada na sessão ordinária que se iniciou quando os vereadores Claudir Aranda e Tiago Abra quiseram fazer uso da palavra no Expediente, mas não haviam efetuado a inscrição para o ato. Ambos fizeram uso da palavra nas explicações pessoais, após a Ordem do Dia, ao final da sessão e se posicionaram contra o pedido do vereador Gilbertão
Entenda o caso:
O servidor público aposentado Lauro Gonçalves Leite de Figueiredo, conhecido por Matogrosso, protocolou na Secretaria da Câmara Municipal , no dia 19 de março, uma denúncia requerendo a instauração de processo de verificação de infração político-administrativa para fossem apuradas possíveis irregularidades de nepotismo que estariam sendo praticadas pela prefeita Nice Mistilides e o vice-prefeito Pedro Callado.
De acordo com a denúncia "está caracterizada a prática de nepotismo por parte da Sra. Prefeita Municipal de Jales, Eunice Mistilides que não se preocupou com os efeitos dos atos de nomeação das pessoas ligadas por grau de parentesco direto com o vice-prefeito, que também pratica a improbidade por ser beneficiário indireto caracterizando assim, Ato de Improbidade Administrativa e ainda infração político administrativa", alegou ele na representação.
A Câmara de Jales aprovou o recebimento do pedido, na sessão ordinária de 25 de março com votos favoráveis dos vereadores Gilberto Alexandre de Moraes, Jesus Martins Batista, Luís Fernando Rosalino, Nivaldo Batista de Oliveira e Rivail Rodrigues Junior, e encaminhada à Comissão Processante, que foi, através de sorteio, composta pelos vereadores Sérgio Yoshimi Nishimoto (PTB), presidente, Gilberto Alexandre de Moraes (DEM), vice-presidente (DEM) e Claudir Aranda da Silva (PDT) relator.
Atualmente, os trabalhos da Comissão Processante estão suspensos devido à liminar expedida pelo juiz da 2ª Vara Judicial da Comarca de Jales, Dr. Marcos Takaoka. Na liminar consta o argumento de que a Câmara não respeitou o quórum de 2/3 dos vereadores da Casa para obter a aceitação da denúncia, sendo necessário, portando, sete votos.
Porém, de acordo com o Regimento Interno do Legislativo, só é necessário o quórum de 2/3 da Casa no caso de votação que leve à cassação do mandato, o que não foi o caso ocorrido na Sessão de 25 de março.
A Mesa Diretora da Câmara Municipal recorreu junto ao Tribunal de Justiça do Estado tentando reverter a decisão de 1ª Instância, mas o pedido não foi conhecido em decisão do desembargador Oscild de Lima Júnior em virtude do Legislativo não ter instruido o recurso com nenhuma das peças exigidas pelo artigo 525. Inciso I, do Código de Processo Civil, constando do autos apenas a petição do Agravo de Instrumento. Disse o desembargador Oscild Lima "Tratam-se de documentos obrigatórios e indispensáveis à instrução do recurso e desta forma, não há como analisar e conhecer o recurso".

Subdesenvolvidos

Reginaldo Villazón
É simples entender que a humanidade, tendo-se originado do sopro de Deus ou de seres primitivos, iniciou sua jornada de forma rudimentar. Os cientistas constataram que tribos humanas se estabeleceram em diversas partes geográficas e demoraram longo tempo para formar povos e construir nações. Dá para ver que o subdesenvolvimento está contido no processo histórico da humanidade.
Os países evoluíram de maneira desigual, tanto em riqueza como em outros valores necessários à vida dos seus habitantes. Países se tornaram desenvolvidos e poderosos, países continuaram subdesenvolvidos e fracos. Isso gerou relações escancaradas de dominação e submissão, aprofundando a distância entre eles. Os pensadores passaram a reavaliar as questões do subdesenvolvimento.
Para os políticos, militares e empresários que se importam apenas com seus interesses o subdesenvolvimento é conveniente. Mas, para a maioria das pessoas, o subdesenvolvimento é algo que deve ser combatido em todo o planeta. É, no mínimo, muito desagradável ver que existem países pobres, onde as populações têm dificuldades de acesso a moradia, alimento, água, trabalho, saúde, educação e lazer.
Em 1952, no artigo "Três mundos, um planeta", publicado no jornal "L`Observateur", o economista, demógrafo e sociólogo francês Alfred Sauvy (1898–1990) usou pela primeira vez a expressão "terceiro mundo". Assim ele se referiu aos países pobres, disputados na guerra fria pelos dois blocos dominantes: os Estados Unidos e seus aliados capitalistas, a União Soviética e seus aliados socialistas.
Esta divisão do mundo reativou a atenção dos pensadores sobre o desenvolvimento dos países. Os países desenvolvidos passaram a ser considerados do "primeiro mundo". Os países em fase de desenvolvimento, do "segundo mundo". Os países pobres, do "terceiro mundo". As relações entre estes três mundos mostraram que o subdesenvolvimento dos países não era mais uma simples fase contida na história dos países.
Hoje, há um cardápio de explicações discutíveis. Como estas. O subdesenvolvimento decorre: da etnia ruim do povo; da escassez de recursos naturais; da má localização do país; do clima quente da região; da escassez de capital; do sistema político corrupto; da administração pública atrasada; da baixa produtividade da economia; da falta de pesquisa tecnológica; da baixa escolaridade do povo; da falta de empreendedorismo; da exportação de matérias-primas baratas; da importação de produtos manufaturados caros.
Pensadores lúcidos, como o historiador inglês Arnold Joseph Toynbee (1889-1975) e o economista brasileiro Celso Furtado (1920-2004), defenderam com muita razão a idéia de que os obstáculos do subdesenvolvimento das nações devem ser superados por governantes e governados dispostos a planejar e trabalhar pela prosperidade geral.
É óbvio que esta lógica, que afasta a crença de que o subdesenvolvimento é uma fatalidade, é válida para as unidades (regiões, estados e municípios) dentro dos países. Isto faz com que os cidadãos lutem pelo progresso dos seus municípios, prestigiem os políticos inovadores e critiquem os tradicionais. Com que participem das ações em favor do bem comum e refuguem as que favoreçam a estagnação.

Urânia receberá recurso para aquisição de um caminhão

Por ter alcançado um boa pontuação no ranking de Município Verde Azul, projeto da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, o prefeito Francisco Airton Saracuza (foto), de Urânia, irá assinar convênio com ao Governo do Estado de São Paulo, através da Casa Civil, para aquisição de um caminhão basculante trucado.
O convênio, no valor de R$ 220 mil, foi autorizado na terça-feira, 7 de maio, pelo governador Geraldo Alckmin. Informação foi prestada ao prefeito Saracuza pelo diretor João Emilio Buzzo, do do Escritório Regional de São José do Rio Preto que solicitou o envio da documentação necessária para complementação do processo e posterior liberação do recurso para a aquisição do veículo que virã beneficia a população uraniense.

Primeiras-damas e presidentes de Fundos Municipais da região discutem projetos sociais

Na reunião de trabalho, a primeira-dama e presidente do Fussesp Lu Alckmin, apresentou as possíveis parcerias aos representantes dos municípios (foto/Fernando Lambert)
Na última quarta-feira, 8 de maio,  a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (FUSSESP), Lu Alckmin, esteve reunida com as primeiras-damas e presidentes dos Fundos Municipais da região de Rio Preto para tratar dos projetos da Escola de Qualificação Profissional que podem ser levados para os municípios.
"Este encontro é muito importante tanto para as primeiras-damas e presidentes de Fundo que estão dando continuidade ao trabalho realizado como para aquelas que estão assumindo a função pela primeira vez", ressaltou Lu Alckmin.
A primeira-dama e presidente do Fundo Municipal de Três Fronteiras, Nadir Aparecida Ribeiro de Oliveira, relatou a experiência positiva em seu município em dois projetos, a Horta Educativa e a Padaria Artesanal. "Realizamos os dois programas em uma escola, o que possibilita a interação entre mães e filhos. O que é colhido na horta acaba sendo usado como ingrediente na produção dos pães", comentou Nadir.
Participaram desta reunião os municípios de Aparecida d’Oeste, Aspásia, Dirce Reis, Dolcinópolis, Jales, Mesópolis, Nova Canaã Paulista, Palmeira d’Oeste, Paranapuã, Pontalinda, Rubinéia, Santa Albertina, Santa Clara d’Oeste, Santa Fé do Sul, Santa Rita d’Oeste, Santa Salete, Santana da Ponte Pensa, Três Fronteiras, e Vitória Brasil.

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Caravanas do PT-SP chegam à macrorregião da Noroeste Paulista e se reunem em Votuporanga

Neste sábado (11), lideranças e militantes do partido da região se reúnem na cidade de Votuporanga para o debate sobre organização partidária, programa de governo regionalizado e mobilização 2014
A macrorregião da Noroeste Paulista, composta por 52 municípios, recebe neste sábado, dia 11 de maio, as Caravanas do Partido dos Trabalhadores do estado de São Paulo. A atividade vai reunir vários dirigentes, parlamentares e outras lideranças do PT, além de militância e movimentos populares. O objetivo do encontro é definir estratégias para as eleições de 2014, além de debater a organização interna do partido e a formulação de um diagnóstico de cada região paulista. A Caravana será realizada Câmara Municipal, localizada na rua Venezuela, 3.189.
A programação tem início às 9h com credenciamento e composição da mesa de autoridades. Logo em seguida, ocorre a apresentação do diagnóstico político, econômico e social da macrorregião para identificação dos avanços do partido e os próximos desafios. Abre-se, após, para intervenções do público presente e debate. As lideranças presentes falam depois, por volta das 14h, fechando o Encontro e fazendo os devidos encaminhamentos.
Noroeste Paulista será a 11ª macrorregião a receber a edição 2013 das Caravanas do PT-SP. O Diretório já realizou o mesmo debate nas regiões da Mogiana (em Pirassununga), Campinas (em Limeira), na Baixada Santista (Praia Grande), Vale do Ribeira (em Barra do Turvo), Vale do Paraíba (em São José dos Campos), Itapeva (em Itararé), Sorocaba (em Sorocaba), Assis/Marília (na cidade de Santa Cruz do Rio Pardo) e macro Bauru (na cidade de Jaú). No mesmo sábado, a Caravana do PT-SP desembarca na cidade de Araçatuba fazendo o debate com toda a militância daquela macrorregião. O objetivo é percorrer todas 20 macros até o final de junho.
O presidente do partido em São Paulo e deputado estadual, Edinho Silva, ressalta a importância desta mobilização para ouvir o PT, suas dificuldades e principais demandas, definindo estratégias para as eleições de 2014 e debatendo, de acordo com o perfil de cada região, um bom plano de governo para o Estado. "Este é o momento de conversarmos com toda a militância das macrorregiões visando, especialmente, a reeleição da presidenta Dilma [Rousseff] e a vitória do PT para governar o Estado", diz.
A macrorregião da Noroeste Paulista é composta pelas cidades: Álvares Florence, Américo De Campos, Aparecida D’Oeste, Aspásia, Cardoso, Cosmorama, Dirce Reis, Dolcinópolis, Estrela D’Oeste, Fernandópolis, Floreal, Gastão Vidigal, General Salgado, Guarani D’oeste, Indiaporã, Jales, Macaubal, Macedônia, Magda, Marinópolis, Meridiano, Mesópolis, Mira Estrela, Monções, Nhandeara, Nova Canaã Paulista, Ouroeste, Palmeira D’Oeste, Paranapuã, Parisi, Pedranópolis, Pontalinda, Pontes Gestal, Populina, Riolândia, Rubinéia, Santa Albertina, Santa Clara D’Oeste, Santa Fé Do Sul, Santa Rita D’Oeste, Santa Salete, Santana Da Ponte Pensa, São Francisco, São João Das Duas Pontes, São João De Iracema, Sebastianópolis Do Sul, Três Fronteiras, Turmalina, Urânia, Valentim Gentil, Vitória Brasil e Votuporanga.
Foco regional
Segundo Edinho Silva (foto), diferente das demais edições, as Caravanas 2013 serão divididas em duas estruturas organizativas: uma pelo interior e outra pela região metropolitana. "Porque são realidades distintas, com diferenças sociais, econômicas e, consequentemente, políticas", argumenta Edinho.
Na sua avaliação, a divisão das Caravanas em dois focos organizativos facilitará os debates de construção partidária e de diagnóstico regional. "Conseguiremos debater, de acordo com a realidade das regiões, os avanços e dificuldades na construção do PT e na formulação de propostas que dialoguem com a sociedade local". As Caravanas culminarão em Grandes Encontros reunindo as delegações das macrorregiões para definição de diretrizes do PT-SP.

Novas normas de acesso à Santa Casa proporcionam segurança aos pacientes

No dia 2 de maio entraram em vigor as novas normas de acesso de visitantes e acompanhantes à Santa Casa de Jales.
Houve mudanças sobre diversos aspectos como os horários de visitas, a obrigatoriedade da apresentação do documento de identidade, bem como o uso do crachá de identificação, sinalização do hospital, proibição da entrada de alimentos, entre outros.

As normas foram informatizadas e adaptadas pelo profissional do setor de Tecnologia da Informação da Santa Casa, Eder Santos, que implantou um sistema de controle de entrada e saída de pessoas que fica gravado no banco de dados do hospital. O método organiza o acesso, traz segurança ao paciente e a todos que circulam no hospital e diminui o risco de infecção hospitalar, já que limita o número de pessoas que dão entrada ao ambiente em cada horário, evitando também o tumulto e acúmulo de pessoas nos horários de visitas.
A normatização foi um pedido do provedor da Santa Casa, José Pedro Venturini, que desde que assumiu a gestão do hospital, trabalha com a idéia de fazer "Tudo pelo Paciente". "Sei que a fase de adaptação não é fácil e acredito que num período de 30 dias ainda teremos mudanças para melhorar o sistema. Peço a compreensão de todos porque o que estamos fazendo é pela segurança de nossos pacientes, tendo como exemplo os mesmos métodos que já funcionam em muitos hospital do país", explicou.
Seguem abaixo as principais mudanças:

Nas unidades do SUS, os visitantes poderão entrar de dois em dois, revezando, caso haja mais visitantes. A apresentação do documento de identidade será obrigatória para o fornecimento dos crachás de identificação. O horário de visitação passa a ser das 16h00 às 19h00.
Na UTI geral é permitida apenas a entrada de um visitante interno sem revezamento e dois visitantes externos por vez, revezando. O horário de visita passará a ser das 10h30 às 11h00 e das 17h00 às 17h30.
Na UTI Neonatal, o horário já é diferenciado. Todos os dias, a visita é feita das 09h00 às 09h30 e das 20h00 às 20h30. As quartas-feiras, o dia é aberto às visitações dos avôs, das 14h30 às 15h00.
Os visitantes de pacientes internados pelos Convênios poderão entrar de dois em dois, revezando, caso haja mais visitantes. O horário de visitação passa a ser das 09h00 às 11h00, das 15h00 às 17h00 e das 19h30 às 21h00. Nos casos de visitas aos pacientes internados na forma particular, o horário passa a ser das 07h00 às 22h00.
Os visitantes e acompanhantes ao entrarem na Santa Casa receberão um crachá de identificação com as cores específicas de acordo com a unidade em que o paciente a ser visitado está internado. Nos corredores e rampas de acesso do hospital serão instaladas faixas de orientação de acordo com a cor da unidade, bem como placas de orientação também na mesma cor. Desta forma, o visitante e acompanhante bastará seguir as faixas e as placas de acordo com a cor do crachá.
É proibido trazer alimentos de fora, pois a equipe de nutrição planeja uma alimentação adequada ao estado de saúde de cada paciente.
Não trazer cigarros, bebidas ou drogas, sacolas, bolsas entre outros.
Cuidar da higiene pessoal, lavando as mãos e tendo outros cuidados necessários ao ambiente hospitalar.
Não entrar no hospital com trajes inadequados (saia curta, decote grande, bermuda curta, short, homens com camisetas cavadas, chinelos, etc.).

MPF em São Paulo recomenda que SUS forneça itens para adaptação de cadeiras de rodas

O Ministério Público Federal em São Paulo recomendou à Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec) que garanta, no prazo máximo de 180 dias, o fornecimento de itens para adaptação das cadeiras de rodas distribuídas pela rede pública de saúde. A medida beneficiará os cadeirantes que utilizam cadeiras convencionais; eles poderão ter o equipamento adaptado às suas necessidades.
"As adaptações devem ser realizadas de acordo com a necessidade individual de cada paciente, com o objetivo de adequar a postura corporal e também de auxiliar nas atividades diárias como banho, alimentação e lazer, dentre outras", diz um trecho da recomendação, assinada pela procuradora Adriana Scordamaglia.
A Conitec, por meio do Relatório Adaptação Postural em Cadeiras de Rodas, de dezembro de 2012, reconheceu a importância e a necessidade de oferecer itens para adaptação das cadeiras de rodas. "Como o usuário de cadeira de rodas permanece sentado por longos períodos, está mais sujeito a lesões secundárias decorrentes de alterações vasculares, sensitivas e posturais. A cadeira adaptada minimiza o stress ósseo e dos tecidos moles, garantindo maior conforto e distribuição do peso corporal pela área de contato", afirma o documento.
Em 2011, o SUS forneceu 36.722 cadeiras de rodas convencionais, destinadas a paraplégicos e tetraplégicos. De acordo com o relatório do Conitec, "80% das pessoas que usam cadeira de rodas necessitam de pelo menos quatro tipos de adaptações".
Diversas instituições hospitalares, como a Rede Sarah, o Hospital das Clínicas, a Rede de Reabilitação Lucy Montoro, o Lar Escola São Francisco e a Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD), informaram ao MPF que os itens atualmente inclusos na tabela de procedimentos do SUS relacionados a cadeiras de rodas são insuficientes para suprir as necessidades dos pacientes atendidos.
O MPF pretende, através da recomendação, que sejam incluídos na tabela de procedimentos do SUS itens para adaptação em cadeiras de rodas sugeridos pelas instituições hospitalares que foram ouvidas durante o inquérito civil público que analisou o assunto.
"A inclusão de itens para adaptação em cadeira de rodas é demanda muito antiga do Estado de São Paulo, e o repasse de verbas não tem sido suficiente para supri-la", afirma a procuradora Adriana Scordamaglia.
A Conitec terá prazo de 20 dias para responder ao MPF, informando as medidas que serão adotadas para atendimento da recomendação. (Procuradoria da República no Estado de S. Paulo)

"Alerta Geada" para a cafeicultura paranaense já está em operação

Está em operação o "Alerta Geada", serviço do Instituto Agronômico do Paraná - Iapar , instituição participante do Consórcio Pesquisa Café , cujo programa de pesquisa é coordenado pela Embrapa Café , e Instituto Tecnológico Simepar voltado à proteção de lavouras novas de café no estado.
As previsões podem ser obtidas pelo telefone (43) 3391-4500 e, gratuitamente, na internet ( aqui e em www.simepar.br ). Também é possível fazer o cadastro para receber o alerta por correio eletrônico ou torpedo – Short Message Service (SMS) – no celular.
Desde 1995, quando foi implantado, o "Alerta Geada" vem evitando prejuízos com a recomendação de medidas que reduzem os riscos, sempre iminentes, nesta época do ano. A adoção das recomendações é uma decisão do produtor, mas a pesquisa comprova que o custo é compensador.
O agricultor recebe os avisos a tempo de adotar as medidas de proteção. Ao detectar a aproximação de massas de ar frio com intensidade capaz de provocar danos à cafeicultura, é emitido o que os pesquisadores chamam de pré-alerta, com 48 horas de antecedência; confirmadas as condições, após 24 horas, é feito um aviso afirmativo, informa a meteorologista Ângela Beatriz Costa. As técnicas de proteção são bem conhecidas e utilizadas pelos cafeicultores paranaenses.
A partir do disparo de alerta, a recomendação é enterrar completamente as mudas de até seis meses de idade; viveiros devem ser protegidos com cobertura vegetal ou de plástico – lembrando que, em ambos os casos, a proteção deve ser removida tão logo cesse o risco de geada. Já nas lavouras de plantas maiores, de seis meses a dois anos, a técnica adequada é cobrir apenas o tronco com terra, prática que deve ser feita imediatamente e mantida até o final do inverno.
O economista Paulo Franzini, da Secretaria da Agricultura e Abastecimento - Seab, calcula que o cafeicultor desembolse R$ 800 por hectare para fazer o enterrio e desenterrio das mudas com até seis meses. Já o chegamento e retirada de terra nas plantas de idade entre seis meses e um ano custa em torno de R$ 370 por hectare. Ainda segundo Franzini, a implantação de uma lavoura de café custa em torno de R$ 10 mil por hectare. Além do prejuízo financeiro, a perda de mudas atrasa a formação da lavoura.
Estima-se que o Paraná tenha hoje cerca de dois mil hectares de cafeeiros com idade inferior a seis meses. Isso equivale a 10 milhões de plantas vulneráveis, expostas ao frio. Sem as medidas preventivas previstas no sistema de alerta, o prejuízo pode ser grande. Embora dirigido ao parque cafeeiro paranaense – distribuído pelas regiões norte, noroeste e parte do oeste do estado –, pesquisadores e profissionais da assistência técnica vêm observando que outros setores também utilizam as informações do "Alerta Geada" para orientar suas atividades, como a produção de hortaliças, construção civil, área de turismo e eventos e a indústria e comércio de vestuário
O "Alerta Geada" é ativado em maio e permanece em operação até meados de setembro. É um serviço prestado pelo Iapar e Simepar, com apoio da Seab, Emater-PR e Consórcio Pesquisa Café. Consórcio Pesquisa Café - Congrega instituições de pesquisa, ensino e extensão localizadas nas principais regiões produtoras do País. Seu modelo de gestão incentiva a interação das instituições e a otimização de recursos humanos, físicos, financeiros e materiais.
Foi criado por dez instituições: Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola - EBDA , Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa , Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais - Epamig , Instituto Agronômico - IAC , Instituto Agronômico do Paraná - Iapar , Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural - Incaper , Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - Mapa , Empresa de Pesquisa Agropecuária do Estado do Rio de Janeiro - Pesagro-Rio , Universidade Federal de Lavras - Ufla e Universidade Federal de Viçosa - UFV . Veja matéria original em http://www.iapar.br/modules/noticias/

PF de Jales prende pedófilo reincidente que cumpria pena em regime aberto

Policiais federais de Jales (SP) prenderam na manhã desta quarta-feira (08/05) na cidade de Pereira Barreto (SP) um pedófilo que divulgava imagens contendo pornografia infantil em um blog na internet. No computador pessoal do pedófilo também foram encontradas imagens pornográficas de crianças e adolescentes.

 Walter Nunes Marin (foto), 46 anos, pedreiro, residia atualmente com a família de um dos seus irmãos na cidade de Pereira Barreto (SP). Ele recebeu voz de prisão no momento em que foram localizadas imagens pornográficas de crianças e adolescentes em seu computador pessoal. O mandado de busca e apreensão na residência do preso foi expedido pela Justiça Federal de Jales.
A PF chegou até a residência de Walter após realizar diligências que tinham como objetivo confirmar informações que relatavam que um blog denominado "Garotos do Orkut" estava publicando e divulgando imagens contendo pornografia infantil na internet. O e-mail utilizado pelo pedófilo para atualizar o blog era "juniorboy1980@gmail.com".

Não é a primeira vez que alter foi preso por pedofilia. Ele foi denunciado no ano de 2002 pelo Ministério Público de Jales (SP) por ter abusado sexualmente de dezessete crianças e adolescentes na cidade de Santa Albertina (SP). Doze entre os dezessete menores tinham entre 10 e 12 anos de idade. Nas buscas realizadas à época, foi localizado farto material com registros de pornografia infantil envolvendo menores que eram seduzidos a irem até a residência do pedófilo mediante promessa de presentes, doces e dinheiro. No local elas eram abusadas sexualmente.

A Justiça Estadual condenou Walter à época a doze anos de reclusão. O Ministério Público Estadual considerou baixa a condenação e recorreu da sentença ao Tribunal de Justiça de São Paulo com pedido de aumento de pena, porém, a pena foi mantida. Walter morava em Santo André (SP) naquela época e foi preso em 2004 por policiais daquela cidade no momento em que se preparava para fugir do país com destino ao Chile.
Após cumprir cinco anos da pena em regime fechado, ele foi beneficiado com a progressão para o regime aberto. Desde então, mudou-se para Pereira Barreto onde vivia na casa de um de seus irmãos. Walter trabalhava atualmente no ramo da construção civil exercendo a atividade de pedreiro.
Ele foi autuado em flagrante delito pelo crime tipificado no artigo 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente que pune o indivíduo que tem a posse de foto, vídeo ou qualquer outro meio de registro contendo pornografia infantil. Caso seja comprovada a venda ou a divulgação das imagens, ele poderá responder também por outros crimes que poderão levar à pena de até oito anos de reclusão.
Walter estava cumprindo pena em regime aberto pelos crimes praticados no ano de 2002 em Santa Albertina (SP) com previsão de término no ano de 2016. Agora, com a nova prisão por crime da mesma natureza, ele poderá cumprir o restante da pena em regime fechado, além de responder pelo crime que ocasionou sua prisão na data de hoje, a critério da Justiça.
A foto de Walter Nunes Marin está sendo divulgada em razão da PF ter recebido informações que relatam a possibilidade de haver outras vítimas do pedófilo que ainda não foram identificadas. Caso alguma vítima reconheça a foto do preso, favor entrar em contato com a PF de Jales (SP) pelo telefone (17) 3621-6344. (Comunicação Social da Polícia Federal de Jales (SP)

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Justiça de Fernandópolis indefere pedidos de devolução de valores no caso das empreiteiras suspeitas de fraudes

O juiz de direito da 1.ª Vara Criminal de Fernandópolis indeferiu requerimentos de devolução de valores em dinheiro, veículos e outros bens, apreendidos pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), braço investigativo do Ministério Público do Estado de São Paulo, e pela Polícia Federal, no caso das empreiteiras suspeitas de fraudes em licitações, corrupção e falsidade documental no noroeste paulista.
Os pedidos de devolução foram apresentados por um ex-prefeito, um empresário e uma das pessoas presas na operação policial deflagrada no dia 9 de abril passado. Segundo o despacho do juiz, "ainda é prematuro o momento para se deferir a devolução de objetos apreendidos, pois as investigações ainda estão em curso e a quantidade de objetos, sob a avaliação dos investigadores, é expressiva e demanda tempo razoável".
No dia 9 de abril, o Gaeco, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal cumpriram mandados de busca e apreensão, expedidos pela 1.ª Vara Criminal de Fernandópolis, em 155 endereços no Estado de São Paulo, entre os quais, 80 prefeituras municipais, por suspeitas de crimes contra a administração pública que teriam sido praticados por empresários e políticos na região noroeste do Estado.
Comunicação Social TJSP – RP (texto) AC (foto)