Páginas

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Não atrapalhem a prefeita, deixe-na trabalhar

Reflexão
Para conhecermos os amigos é necessário passar pelo sucesso e pela desgraça. No sucesso, verificamos a quantidade e, na desgraça, a qualidade. (Confúcio)

Não atrapalhem
Os partidários da prefeita Nice Mistilides estão distribuindo adesivos para carros com um coração e seguinte frase: "deixa a mulher trabalhar". Ninguém está impedindo a petebista em exercer a sua função como alcaide do município. A prefeita só precisa se lembrar que foi eleita para administrar em nome do povo, pelo povo e para o povo. Não só ela, como todos os eleitos.
Festa da Filantropia
Teve uma receita bruta em R$ 32.574,00., com despesas no valor de R$ 15.981,50 e um lucro de R$ 16.592,50 que foi dividido entre as seis entidades participantes que receberam cada uma R$ 2.765,41. Esse foi os valores do balancete apresentado pela comissão organizadora da festa filantrópica na praça Euplhy Jalles..
Sem vínculos
Os vereadores tidos como de oposição na Câmara Municipal estão se autodenominando como independentes. Na verdade está repercutindo muito mau perante a opinião pública que eles só agem mediante a orientação dos dirigentes de seus partidos.
Dê a eles
Dizem até, que os dirigentes partidários reivindicam vans e ambulâncias junto aos órgãos governamentais e determinam que façam a entrega como se a conquista fosse do parlamentar. Com isso, o domínio sobre o vereador fica mas patente e não haverá como escapar futuramente de uma decisão de independência.
Tô fora
Tanto que lá no botequim da vila as raposas comentam que o vereador Tiago Abra, sentindo que isso viria a acontecer passou a fazer uma política independente. Até quando vai durar é que não se sabe.
Sem acordo
Os comentários durante a semana foi a reunião entre os vereadores e a prefeita Nice. Os vereadores contrários à prefeita alegam que querem o diálogo mas que Nice está irredutível quanto a abrir mão de alguns de seus atos. Como por exemplo, trazer de volta a equipe da dengue, o vereador Jesus Martins. Se um lado não ceder não haverá jamais diálogo. E diálogo não faz mal a ninguém
Sem a Câmara Municipal a prefeita Nice Mistilides não conseguirá emplacar projetos de autoria do Poder Executivo. Principalmente os que venham a criar novos cargos e possivelmente secretarias municipais Há não ser claro, que Nice tenha na manga um trunfo, e ele seja um ou dois vereadores opositores que venham a mudar de lado e a sua base de sustentação no legislativo lhe seja favorável.
À mesa
É melhor um acordo agora do que mais à frente pedir para sentar-se à mesa em busca de soluções para os problemas não solucionados.
Pedalando
Já estão abertas as inscrições para a 4ª edição do Ecopedal, o tradicional encontro de bike que reúne ciclistas da cidade para percorrerem 36 quilômetros no dia 23 de junho e as inscrições custam R$ 40,00 e dão direito ao café da manhã e almoço que
serão servidos no Recinto de Exposições Juvenal Giraldelli.
Jales fora
O deputado federal Edinho Araújo (PMDB) que teve uma boa votação em Jales, esteve em audiência com ministro da Secretaria da Aviação Civil, Moreira Franco, na quinta-feira (25), tratando de investimentos em aeroportos paulistas. São Paulo vai receber R$ 360 milhões para obras. Na região Noroeste serão atendidos os aeroportos de Rio Preto, Araçatuba, Barretos e Fernandópolis. Jales que precisa reformar o seu aeroporto, nem uma palavrinha a respeito. 2014 está chegando, gente.
Perigoso
No trecho da rua 17 entre a rua 14 e a avenida João Amadeu, está esquecido pelo pessoa da famosa "operação tapa-buraco". Alí, bem defronte o Lanternão, existe um buraco que a cada dia cresce mais, e já está sendo chamado de "traiçoeiro" por ter feito dois motoqueiros e uma ciclista se mostrarem bons equilibristas.
Impulso
Tucanos de Jales vivem a expectativa que o vice-prefeito Pedro Callado, eleito presidente do diretório municipal e ligado à deputada Analice Fernandes, se empenhe o máximo na reivindicação de recursos para o município junto aos órgãos governamentais do governo de Geraldo Alckmin.
Será dia 1°?
No dia 15 de abril, a prefeita não anunciou o Secretário Municipal de Esportes, Cultura e Turismo. Se vão para quatro meses sem o titular da pasta e pelo jeito não está fazendo falta à administração. Quem sabe no dia 1° de maio, Dia do Trabalho, o nome do futuro Secretário seja anunciado. E lá no bairro da Perobinha, se tudo der certo.
Desmembrar
Salvo qualquer engano, o não anúncio do Secretário de Esportes, segundo dizem, é que a prefeita quer criar a Secretaria Municipal de Cultura de Turismo, e aproveitará para fazer um anúncio só dos titulares das pastas. Vai ser difícil sem diálogo com a oposição no legislativo.

Elena Rosa participa do 1º Workshop de prefeitos do Noroeste Paulista

Representando o prefeito Armando Rossafa, a vice-prefeita Elena Rosa Vidotti participou no último sábado (20), em Votuporanga do 1º Workshop de prefeitos do noroeste paulista. O evento visou interagir também os vice-prefeitos, vereadores da região com o Governo Federal.
Na oportunidade, os representantes dos ministérios do Esporte, da Pesca, da Integração Nacional, do Trabalho, da Educação e da Saúde explanaram os serviços oferecidos em favor dos municípios. O objetivo do evento foi garantir conhecimento aos prefeitos e ainda ampliar a relação com o Governo Federal.
“Foi muito bom participar deste workshop, pois tivemos a oportunidade de saber o funcionamento dos programas de desenvolvimento municipal e estadual junto aos representantes do Governo Federal”, explicou Elena Rosa.
A Presidente da Colônia Z-12 de Santa Fé do Sul, Laurice Yoko Arita também participou do evento.
 

Festejou aniversário

Larissa Epaminodas
na foto com o namorado Evandro, festejou na sgunda-feira, 22 de abril, mais uma aniversário. Seus familiares e amigos marcaram presença para deseja-lhe muitas felicidades.

Dia 5 de maio, será a final da1ª Copa Urânia de Voleibol

Com a idealização do professor José Rocha de Freitas, teve início em 8 de março na quadra poliesportiva, a 1ª Copa Urânia de Voleibol Masculino e Feminino Adulto, com a participação de 20 equipes, sendo 12 no masculino e 8 no feminino.
As cidades representadas na copa são: masculino - Santa Albertina, Paranapuã, Jales, Santa Fé do Sul, Indiaporã, Votuporanga, Pontalinda , Iturama, Três Fronteiras, Santa Rita d`Oeste, Suzanápolis e Palmeira d`Oeste e no feminino: Palmeira d`Oeste, Fernandópolis, Votuporanga, Suzanápolis, Paranapuã, Indiaporã e Urânia.
As partidas são realizadas aos domingos e sábados. Segundo o professor Freitas "os níveis da equipes são muito forte contribuindo para que os jogos se tornem muito disputados".
A final da 1ª Copa Urânia de Voleibol será no dia 5 de maio, quando será conhecido o campeão e vice das duas modalidades, com a entrega de troféus e medalhas aos vencedores. O apoio da Prefeitura e Câmara Municipal, segundo professor José Rocha "está sendo fundamental para que o sucesso da Copa seja completo".

Saídas

Reginaldo Villazón
Nos primeiros tempos da indústria de automóvel, era mais caro comprar um automóvel do que comprar uma casa. Com a expansão da produção industrial, a situação começou a se inverter. Profetas populares anunciaram: "Vai chegar o tempo em que será fácil comprar carro. Difícil será comprar combustível. E alimentos para matar a fome."
Parece que esse tempo chegou. As montadoras de automóveis registram recordes de produção e venda. Os consumidores – encorajados por propagandas e promoções – vão às compras. De outro lado, os governos se agitam para garantir o abastecimento de combustíveis e alimentos. E entidades internacionais apontam para a escassez de combustíveis e alimentos em escala global.
Na origem, os combustíveis vinham do petróleo encontrado no subsolo. Os alimentos vinham da agricultura realizada sobre o solo. Não eram concorrentes. Mas o petróleo é finito, caro e poluente. Por isto, os biocombustíveis – fabricados a partir de matérias-primas agrícolas – ganharam destaque. Agora, a produção de combustíveis e a produção de alimentos se dividem na disputa por terras agrícolas.
Dois países geram 90% da produção mundial de álcool combustível. O primeiro (EUA) utiliza o milho como matéria-prima. O segundo (Brasil), a cana-de-açúcar. Este fato atenua a escassez de combustíveis, mas contribui para a escassez de alimentos. Há outros fatos que prejudicam a estabilidade da oferta e dos preços dos alimentos: as mudanças climáticas, o aumento do consumo e a especulação financeira.
Para a FAO – Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação –, desenha-se uma crise mundial de alimentos. O clima não é mais confiável: enchentes, secas e ondas de calor afetam a agricultura. O consumo de alimentos aumenta forte nos países emergentes, como China, Índia e Brasil. Os especuladores financeiros apostam nos preços futuros de produtos agrícolas, forçando altas.
Hoje, 925 milhões de pessoas no mundo passam fome. Nas regiões pobres, um terço das mortes de crianças tem como causa a desnutrição. Há quebras de produção e os estoques de alimentos estão baixos. A alta nos preços dos alimentos é real. Se a crise progredir, comer dinheiro não vai ajudar a saciar a fome. É necessário, pois, agir com sabedoria e buscar soluções seguras e permanentes.
Causa espanto a quantidade de pessoas no mundo (e no Brasil) que já praticam formas inteligentes e civilizadas de segurança alimentar, garantindo produtos saudáveis para suas famílias e comunidades. Há livros, congressos, feiras, cursos e magníficos exemplos de como produzir alimentos nos mais variados espaços urbanos. Em chácaras, quintais, muros, paredes, telhados, casas, apartamentos.
Há técnicos especializados, produtores profissionais, praticantes e consumidores que aprenderam a produzir com qualidade, alimentar-se melhor, evitar desperdícios e preservar o meio ambiente. A valorizar detalhes, como a aplicação de insumos naturais, o preparo integral dos alimentos, o aproveitamento dos resíduos orgânicos.
A produção local de alimentos, em espaços urbanos e terras periféricas às cidades, começa sempre por um processo de educação que envolve vários comportamentos e objetivos. Por isto, os resultados são surpreendentes. Em alguns casos, age com a força de um programa de desenvolvimento sócio-econômico de grande impacto. É um despertar de consciências e a soma de muitas boas ações individuais.

O Brasil é um país sério?

*Luiz Flávio Gomes

Em todos os países acontecem coisas bizarras (e eu curto muito quando cada um ri das suas próprias bizarrices). Mas no Brasil erramos até mesmo a autoria da famosa frase que diz que "Le Brésil n’est pas un pays serioux". A atribuímos a Charles de Gaulle, quando o certo seria a Carlos Alves de Souza e Filho (que foi embaixador do Brasil na França) (veja Renato de Moraes, O Globo de 28.03.13, p. 17).
O "filósofo" Tim Maia (que nas horas vagas cantava coisas incríveis e inesquecíveis) dizia que aqui "prostituta se apaixona pelo amante, cafetão tem ciúme de prostituta, traficante se vicia e pobre é de direita". Nossas incongruências (ao lado de tantas virtudes, claro) não param, no entanto, por aí. Em São Paulo, um assaltante emocionado e assustado morreu enquanto roubava um posto de gasolina. Homofóbico cuida dos direitos humanos das minorias, desmatador zela pelo meio ambiente, condenados vigiam a Justiça e acusado de suborno cuida de Comissão de Finanças da Câmara (Tutty Humor, O Estado de S. Paulo de 27.03.13, p. C10).
Preso de confiança toma conta de delegacia, parlamentar é "julgado" pela Comissão de Ética da Câmara ou do Senado, fechamos escolas e construímos muitos presídios e os réus são colaboradores da Justiça; médicos, que deviam curar, matam pacientes para abrir vagas em hospitais e a magistratura admite que é só 70% ética (30% de patrocínio pode), como se fosse possível falar em virgindade parcial; virgem é dona de cabaré, policial vende cocaína para traficante, músico bota fogo em boate e atropelador joga o braço de atropelado nos esgotos.
Aluno passa na prova de ética colando, professor de ética faz apologia da traição e confunde-se ética com estética; políticos há 50 anos no poder falam da necessidade de peridiocidade dos mandatos, a honestidade gera vergonha (Rui Barbosa), e ainda há gente escolhendo o caminho do crime, quando há tantas maneiras legais de ser desonesto (Al Capone). Quem se vende vale mais, imorais dão lição de moralidade (K. Marx) e tudo que é rigorosamente proibido resulta ligeiramente permitido (Roberto Campos). A Justiça é cega, mas permite que todo mundo seja interceptado; o país é grande, mas falta espaço para o pequeno (na saúde, na Justiça, nas escolas etc.).
Também no Brasil é possível riqueza sem trabalho, prazer sem escrúpulos, conhecimento sem sabedoria, comércio sem moral, política sem ideal, religião sem sacrifício e ciência sem humanidade (Gandhi). Nas concorrências públicas muita gente não concorre coisa nenhuma e todo cidadão é culpado, até que prove ser influente. Na prisão não há espaço, mas todos os dias centenas de pessoas são mandadas para lá.
O crime organizado comanda os presídios e determinados políticos (já condenados pelos colegas ou pelo STF) aprovam leis dizendo "não roubem" (por medo da concorrência). Encontramos políticos honestos quando vemos que os comprados (para uma reeleição ou para a governança) permanecem comprados para sempre (não traindo o combinado). Para alguns governantes (os condenados pela Justiça, os de ficha-suja) não podemos nunca dar a chave da cidade, sim, devemos trocar as fechaduras. Não há como não ver o Brasil, em alguns momentos, de ponta-cabeça.
Luiz Flávio Gomes, jurista e diretor-presidente do Instituto Avante Brasil. Estou no blogdolfg.com.br

PALAVRAS DE CHICO XAVIER


Pergunta
– Qual a maior contribuição do Espiritismo na esfera do Cristianismo, em favor da coletividade?
Chico Xavier
– De nossa parte, encontramos no Espiritismo Evangélico um campo vastíssimo para raciocinar em novo clima de espiritualidade, quanto aos ensinamentos de Nosso Senhor Jesus Cristo, trazendo-nos a responsabilidade de viver, compreendendo que somos filhos de nossas próprias obras; que devemos a nós mesmos os resultados do caminho que trilhamos; que nesta vida e nas vidas precedentes criamos as causas de nossos obstáculos, nos tempos que vamos atravessando.
Compreendemos, assim, que somos todos irmãos uns dos outros, que nos cabe viver e conviver sem violência e sem imposição de uns para com os outros; que nos compete respeitar-nos mutuamente; que cada qual encontra a estrada que lhe seja própria para a união com Deus; que é impossível edificar o progresso sem trabalho e nem cogitar da vitória do bem, sem que nos transformemos voluntariamente em veículos desse mesmo bem comum que mentalizamos por meta da felicidade pessoal e coletiva.
Tudo isso, o Espiritismo Evangélico, explicando Jesus em Allan Kardec, me oferece ao coração e acredito que será capaz de oferecer a milhares ou milhões de outras vidas.
Esta coluna tem o patrocínio e responsabilidade da
"Associação Espírita "Chico Xavier" de Jales.

Pérola e Rosalino reivindicam R$ 8 milhões ao ministro Padilha

Vereador Luiz Fernando Rosalino e Pérola Cardoso
(a esquerda) defenderam maiores investimento na saúde
A presidenta da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Jales, vereadora Pérola Maria Fonseca Cardoso e o vereador Luís Rosalino, ambos do PT, participaram na quinta-feira, 18 de abril, na Assembléia Legislativa de São Paulo (Alesp), de audiência pública realizada pelo Ministério da Saúde, e presidida pelo ministro Alexandre Padilha.
Juntos, Pérola e Rosalino aproveitaram para entregar pedidos importantes para Jales, diretamente nas mãos do ministro Alexandre Padilha. Dois dos pedidos entregues o ministro pedem verbas à Fundação Pio XII – Hospital de Câncer de Barretos – Unidade de Jales. O primeiro uma verba para a construção de refeitório, cozinha, sala de conforto e almoxarifado no valor de R$ 3 milhões, e o segundo, também no valor de R$ 3 milhões para a construção da Casamata que abrigará um Acelerador Linear – equipamento moderno utilizado pelos pacientes em tratamento do câncer. O terceiro pedido entregue pelos vereadores é uma solicitação de R$ 2 milhões para a Santa Casa de Misericórdia de Jales destinado para o custeio do hospital.
O ministro Padilha, afirmou à vereadora Pérola Cardoso e também ao vereador Luis Rosalino, que está em seus planos visitar Jales em breve para conhecer a Unidade do Hospital de Câncer e, se possível liberar pessoalmente os recursos.
Na audiência pública na Assembléia Legislativa, o ministro Padilha anunciou mais recursos para a Saúde no estado de São Paulo e falou acerca da importância de se criar parcerias para efetuar o trabalho: "Cada vez mais requeremos fazer uma política de parcerias com o Estado e os municípios, porque somente desta forma temos condições de mudar a saúde em São Paulo", afirmou o ministro.
Um dos pontos é a adesão de 583 municípios paulistas "o equivalente a 90% do total" ao Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade de Atenção Básica (Pmaq), que tem recursos totais previstos de R$ 1,7 bilhão.
Fazendo uso da palavra na Tribuna da Assembléia Legislativa em São Paulo, o vereador Luís Rosalino falou, diante do Ministro, sobre o trabalho do SUS no município, enalteceu este trabalho, e destacou a seriedade e compromisso do Hospital de Câncer – unidade de Jales e a Santa Casa de Misericórdia com seu trabalho profissional, digno e humano.

De novo o trabalho

D. Demétrio Valentini

No meio da próxima semana, estaremos celebrando o Primeiro de Maio.
Por mais que tenha perdido sua fisionomia de luta social, o trabalho permanece na ordem do dia. Continuam válidas as palavras da encíclica Laborem Exercens, afirmando que o trabalho é "uma chave, provavelmente a chave essencial, de toda a questão social".
A recente onda de "desregulamentação social" atingiu o trabalho de maneira frontal. Algumas conquistas conseguidas a duras penas, durante décadas de lutas sindicais, se diluem e perdem força social.
O descanso semanal ficou seriamente comprometido. É crescente o número de empresas que nem interrompem suas atividades nos finais de semana. Ou até fazem dos finais de semana a oportunidade para suas promoções especiais. Desta maneira, é relegado a segundo plano o direito dos trabalhadores ao descanso coletivo.
Até a programação pastoral ficou comprometida. É difícil encontrar um horário que seja propício à comunidade, pois a necessidade da sobrevivência pelo trabalho inviabiliza a participação de muitas pessoas nos encontros de pastoral.
A exploração do trabalho é uma tendência que emerge, sob formas novas, de diversas maneiras. Já acabou o tempo da escravidão. Mas ainda encontramos situações de trabalho escravo, que o poder público procura combater com severidade.
A provável etimologia da palavra "trabalho" projeta uma luz sobre a complexa realidade que esta palavra procura transmitir. A palavra viria do latim, do vocábulo "tripalium", que era instrumento de tortura. O trabalho forçado era meio de tortura dos escravos.
Pode ser que o subconsciente coletivo da sociedade ainda esteja condicionado à etimologia da palavra "trabalho".
O conceito de trabalho passou por uma metamorfose muito grande. De sua ideia negativa, como instrumento de tortura para escravos, chegou-se ao valor do trabalho humano, impregnado de direitos, que precisam ser consignados em legislação adequada.
Esta visão positiva do trabalho fica confirmada pela teologia, que vê no trabalho a vocação do ser humano de cuidar da criação, e de ativar suas potencialidades.
Entre estes dois extremos, encontramos critérios de discernimento, para conferir, por exemplo, se existe, ou não, "trabalho escravo".
Não podemos partir do preconceito de que todo trabalho é uma tortura imposta ao trabalhador, como no tempo do império romano. Não podemos continuar com a mentalidade equivocada, de achar que o trabalho é sempre uma escravidão, da qual devemos nos livrar a qualquer custo.
Ao mesmo tempo, o trabalho não pode se tornar instrumento de exploração, privando os trabalhadores e trabalhadoras de sua liberdade e de sua dignidade humana. O trabalho, mesmo o assalariado, precisa resguardar todos os direitos que a legislação social já lhe garantiu.
O direito à sobrevivência precede ao direito de trabalhar. Por isto pode ser justificada uma política voltada a garantir os direitos à vida digna também para as pessoas que não têm, ou não podem ter trabalho. Mas isto não deve se constituir em motivo para cair na dependência e menosprezar o valor do trabalho humano.
Um povo que perde o sentido do trabalho está destinado a perder sua identidade, e frustrar seu futuro, fazendo da dependência o caminho de sua verdadeira escravidão.

100% Trilha doa aparelho de ar condicionado para Santa Casa

A equipe de motociclistas 100% Trilha, de Jales, esteve na Santa Casa, na manhã do dia 18 de abril para fazer a entrega de R$1.470,00 para compra de um aparelho de ar condicionado para um quarto da Unidade SUS. A iniciativa faz parte da campanha "O ar também é nosso", uma mobilização do hospital para climatizar todos os quartos do SUS.
O grupo foi recebido pela equipe da Santa Casa na Provedoria e disseram ao provedor sobre o consenso da equipe em colaborar com uma entidade que tanto precisa e que cuida da saúde da população de Jales e de toda região.
José Pedro Venturini agradeceu a iniciativa de cada um e falou sobre sua expectativa em fazer do hospital uma entidade que desperte na comunidade a vontade de ajudar espontaneamente, assim como aconteceu com o 100% Trilha. "É isso que queremos criar, um círculo virtuoso de solidariedade, de conscientização em cada um para que o hospital se mantenha com seus próprios recursos e com o apoio da sociedade", afirmou.

Notável presença

Adelvair David
 
A extravagante forma como se apresenta e se comporta grande parte da humanidade, tem demonstrado quão necessitado ainda se encontra o homem de ser notado.
O fato de alguém ter sido visualizado não quer dizer que tenha sido notado. Geralmente, os mais notáveis homens da humanidade nunca desejaram serem maiores do que os seus irmãos. Destacamos aqui a figura impar de Chico Xavier, que tentando passar sem ser percebido não o pôde. Ele desejou, e esteve silenciosamente ao lado dos necessitados a fim de lhes beneficiar sem que se sentissem envergonhados. O seu amor reluzente abrigou a muitos e mesmo sem precisar foi percebido a longínquas distâncias pelos corações de toda ordem que se aglomeraram ao seu lado.
Seguindo Jesus, o caminhante da Galileia, foi que Chico e muitos outros dedicaram seus corações a servirem os menos felizes, embriagados pela Sua ternura, afinal, foi Ele a Notável Presença do amor na Terra. Pela forma como se conduziu, compreende-se que Jesus não desejou violentar consciências; curou e motivou mudanças em quem Lhe sintonizava o sentimento. Sem iludir a quem quer seja, Ele, o Mestre e Senhor, perguntava àqueles que Lhe pediam: "credes que eu posso te curar? Que desejas de mim?" Essa era a proposta do autoencontro; todos deveriam fazer escuta delicada na acústica da alma; era preciso identificar a sombra espessa que impedia o caminho dos transeuntes da vida. Toda ajuda começa sempre no coração daquele que a deseja, na vontade de transformar a realidade dolorosa e triste.
Importante buscar a singeleza dos gestos, do sentimento, sem exaltação, pois que a única Notável Presença foi a Dele. Mais do que ser notado, o homem necessita notar-se, perceber-se, estudar as suas imperfeições e através deste comportamento corrigir o rumo existencial, somente assim poderá ser feliz e assim, não necessitará de nenhuma notoriedade, embora possa possuí-la pelo efeito das suas obras e não das suas fraquezas. Nenhuma lacuna íntima será preenchida com o que vier de fora; o respeito que se deseja virá do autorrespeito, da vivência dos princípios éticos morais e espirituais, buscados com todo o sentimento pelo aspirante ao auto encontro.
ANOTEMOS NO CORAÇÃO A MENSAGEM AMIGA E LIBERTADORA DE JESUS, E ELE ESTARÁ PRESENTE AUXILIANDO-NOS A AMAR.

E.E. Adelino Bertani, de Mesópolis

Dia Mundial do Livro é comemorado com evento
promovido pela Sala de Leitura Jorge Amado
 Na terça-feira, 23 de abril, a E.E. Adelino Bertani protagonizou um evento para comemorar o Dia Mundial do Livro. É uma data de grande importância para a Sal de Leitura Jorge Amado.
O evento cultural é um projeto que tem como objetivo disseminar a leitura de forma prazerosa e criativa, onde o aluno participa, põe em prática o que lê e os conhecimentos adquiridos com a leitura.
Para a realização do projeto, os professores da Sala de Leitura contaram com a participação e empenho dos alunos que apresentaram teatro, declamaram poemas, poesias e sonetos. Também foram expostos no pátio, diversos trabalhos de alunos realizados desde o início do ano letivo: painéis com a propaganda de livros lidos, mesa com os livros mais procurados, exposição em cartazes flutuantes de contos, fábulas e outros gêneros textuais.Durante as apresentações, foi possível observar o interesse e envolvimento da plateia, composta pelos alunos, professores, equipe gestora e demais funcionários, o que proporcionou aos professores da Sala de Leitura, imensa satisfação e a certeza de que mais uma etapa do trabalho foi concluída com êxito.
Sabendo da importância que a leitura tem, é dever de todos os educadores, ressaltarem tal importância, pois quem lê tem mais cultura e consequentemente mais poder de comunicação, fatores relevantes na formação do cidadão.
Os professores da Sala de Leitura, Rosilene e Rodrigo, agradecem a todos pelo apoio e colaboração para que este evento acontecesse.

Santa Casa de Jales recebe doação para a campanha

A artista plástica, Simone Missio (foto) e Osmair Jorge Missio, realizaram no dia 11 de abril, uma doação voluntária para a Santa Casa de Jales, destinada à campanha "O ar também é nosso"
Simone entrou em contato com o Departamento de Captação de Recursos e Projetos do hospital e teve a iniciativa da doação, após o excelente atendimento que um familiar dela recebeu na entidade. A campanha da Santa Casa tem como objetivo climatizar todos os quartos da Unidade do SUS promovendo mais conforto aos pacientes internados.
Feliz com a notícia, o provedor José Pedro Venturini explicou como funciona o hospital, como recebemos os recursos e agradeceu este gesto solidário que será refletido diretamente para a população que mais necessita. "Gostaria de agradecer a doação e dizer que fico contente em ver o apoio da nossa população que tanto ajuda o hospital. A Santa Casa agradece!".
As doações de qualquer valor ou objeto destinadas ao hospital, poderão ser realizadas através dos telefones (17) 3622-5002 ou (17) 9744-5412 com a Coordenadora Adriana Mariano.

Festejou o aniversário


Nesta sexta-feira, 26 de abril, Jolinda Marques Pereira, esposa do Comendador Armando Cardoso Pereira, recebeu os parabéns de seus familiares e amigos pelo niver

Karatecas conquistam sete medalhas


O professor de karatê, Sensei Edson Resende, da Associação de Judô e Karatê Jalesense, juntamente com alguns de seus alunos na região, conquistaram sete medalhas de ouro e uma medalha de prata na primeira etapa do Campeonato Estadual de Karatê, realizado no Ginásio de Esportes Guanandizão, em Campo Grande (MS), no sábado, 20 de abril.
As medalhas de ouro foram conquistadas por: Luis Eduardo Fernandes Silva (kumitê), Diego Pimenta (kumitê e katá), Etyara Mariana Augusto (kumitê e katá), Nilton Roberto Assunção Filho (katá) e pelo Sensei Edson (katá).
A medalha de prata foi conquistada por Luis Eduardo Fernandes Silva na modalidade katá.
O professor ficou empolgado com as conquistas por se tratar de uma competição oficial reconhecida pela CBK (Confederação Brasileira de Karatê), única entidade nacional de karatê reconhecida pelo MEC (Ministério da Educação) como representante do Karatê Esportivo Oficial.
Sensei Edson sempre lembra que a participação em competições é uma ótima maneira de colocar em prática os ensinamentos adquiridos durante os treinos na academia e já prepara seus alunos e convida todos os karatecas da região a participarem da 1ª Copa Interestadual de Karatê que será realizada no Ginásio Municipal de Esportes "Waldemar Lopes Ferraz", em Jales, no dia 19 de maio a partir das 8h30m.

Augusto Carvalho


Nesse sábado, 27 de abril, Neide e Roberto Carvalho, vão estar em Ribeirão Preto, para curtir o terceiro aninho do neto Augusto Carvalho, e tanbém aproveitam para desfrutar o final de semana ao lado do filho Marcelo Augusto e da nora Patricia. Também vão estar com Augusto, o tios Léo de Freitas e Micheli, e a priminha Lavínia.

EDITAIS DE PROCLAMAS

Ademir de Mattis
, Oficial do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de Jales, Estado de São Paulo. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro.
FERNANDO DA SILVA XAVIER e JANAÍNA FERRAREZ. ELE,
natural de Ribeirão Pires, deste Estado, nascido aos 14 de fevereiro de 1.982, motorista, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Manoel Xavier e de Maria Aparecida de Souza da Silva Xavier. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 03 de maio de 1.989, auxiliar de açougue, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Antônio Aparecido Ferrarez e de Maria Marcelli Ferrarez.
ANDRÉ LUIS LIMA PORTO e RAYSLAN FERNANDA GOMES. ELE,
natural de Brumado, Estado de Bahia, nascido aos 26 de julho de 1.982, ajudante geral, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Luiz da Silva Porto e de Maria Aparecida Lima Porto. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 12 de agosto de 1.994, operadora de caixa, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Edson dos Santos Gomes e de Matildes Alvês dos Santos.
JOEL RAMOS e MARIA APARECIDA LOPES DE SOUZA. ELE,
natural de Maracás, Estado de Bahia, nascido aos 13 de agosto de 1.956, servente de pedreiro, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Laudelino Ramos e de Antonia Ramos. ELA, natural de Indiaporã, deste Estado, nascida aos 17 de março de 1.963, auxiliar de serviços gerais, divorciada, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de José Lopes de Souza e de Lozinha Julia Sousa.
VILMAR PEREIRA e JAQUELINE ISAAC DE MACÊDO. ELE,
natural de São José do Rio Preto, deste Estado, nascido aos 06 de janeiro de 1.978, impressor, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Marcilio Pereira e de Lourdes de Souza Leandro Pereira. ELA, natural de Santo Antonio da Platina, Estado de Paraná, nascida aos 15 de julho de 1.985, camareira, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de José Isaac de Macêdo Neto e de Vera Lucia Marcelino.
SE ALGUÉM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO OPONHA-O NA FORMA DA LEI. LAVRO OS PRESENTES PARA SEREM AFIXADOS NO REGISTRO CIVIL E PUBLICADOS NA FOLHA NOROESTE, NESTA CIDADE DE JALES.
Ademir de Mattis - Oficial

Brasília e o destino dos povos


Paiva Netto


No domingo, 21 de abril, Dia de Tiradentes, Brasília completou 53 anos. O Brasil é reconhecidamente uma nação mestiça, em que há espaço para todos conviverem em harmonia. É natural que Brasília carregue em si o simbolismo dessa representação.
O Templo da Boa Vontade, cujas portas abri em 21/10/1989, é igualmente um brado diário dessa consciência de Paz. O destino dos povos é o Ecumenismo Total. Assim caminham os seres humanos, apesar dos pesares.
Aprendizado infinato – No artigo anterior, trouxe-lhes um trecho da entrevista do dr. Marco Antonio Zito Alvarenga, advogado criminalista e presidente do Conselho de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra do Estado de São Paulo (CPDCN), na Boa Vontade TV (canal 23 da SKY). Ele destacava a educação no findar do racismo, pelo conhecimento do valor da cultura negra na formação de nosso país.
Tendo em vista a importância do ensino e da diversidade de seu conteúdo que ilumina as mentes, recordo que ao anunciar, em 25 de janeiro de 1986, quando da inauguração da Supercreche Jesus, em São Paulo, o advento do Instituto de Educação Boa Vontade, também na capital bandeirante, resumi em poucas palavras sua filosofia de trabalho: Aqui se estuda. Formam-se Cérebro e Coração. Trata-se da Pedagogia de Deus, que é Amor, a qual prepara o indivíduo para viver a Cidadania Ecumênica, firmada no exercício pleno da Solidariedade Espiritual, Humana e Social. Daí há tanto tempo afirmar que é urgente difundir a Pedagogia do Amor, do Carinho, do Afeto, da Misericórdia, da Justiça, a Pedagogia do Cidadão Ecumênico. Elas são suplementares e imprescindíveis ao sustento da Alma. Medicamentos energéticos para a cura de enfermidades, a começar pelas psíquicas, que prejudicam a absorção das lições necessárias ao enriquecimento intelectual e moral dos estudantes, que não constituem apenas os que frequentam as escolas, porquanto o simples fato de viver é constante ensinamento. O bom gosto da vida é o aprendizado infinito.
"Cultura pela palavra"
– O músico Gilberto Gil e o sociólogo Juca Ferreira lançaram no Rio de Janeiro/RJ, no dia 9 de abril, o livro "Cultura pela palavra". A obra, organizada por Armando Almeida, Maria Beatriz Albernaz e Mauricio Siqueira, é composta de artigos, entrevistas e discursos dos ex-ministros da Cultura Gilberto Gil e Juca Ferreira no período em que comandaram a pasta. Grato pelas dedicatórias que recebi dos autores: "Palavras ditas e escritas para ajudar o desenvolvimento cultural do país, Juca Ferreira"; e, "Paiva Netto, um pouco do nosso texto ministerial, com carinho, Paz! Gilberto Gil".
José de Paiva Netto
— Jornalista, radialista e escritor. paivanetto@lbv.org.br — www.boavontade.com

Profissão: comerciário

Maria Ramires
presidenta do Sindicato dos Comerciários de Jales
Sempre quando nos aproximamos do 1º de Maio somos levados a reflexões sobre as condições dos trabalhadores em geral e dos comerciários mais especificamente, por ser a nossa categoria e mais do que isso, pelo fato de ser a maior categoria de trabalhadores do país e do mundo.
Só por isso já dá para dimensionar o nosso potencial que precisa se transformar em força real de mobilização e pressão, em busca de padrões salariais e benefícios mais compatíveis com a importância da nossa atividade como base para o desenvolvimento da nossa cidade e da nossa nação e para melhorar as condições das nossas famílias.
Um dos obstáculos para que isso pudesse acontecer era o fato de não sermos reconhecidos como profissão, apesar da nossa dimensão e da nossa luta de mais de 40 anos em defesa da regulamentação que finalmente acaba de acontecer.
Uma nova realidade começa a transformar a nossa situação, dando a nós comerciários um poderoso instrumento para a agilização das nossas reivindicações, pois como afirmou o presidente da Federação dos Comerciários do Estado de São Paulo e tesoureiro da Força Sindical, Luiz Carlos Motta, com a efetiva regulamentação, os comerciários e as comerciárias brasileiras ganham em qualidade de vida e em melhores condições de trabalho.
Nessas alturas você pode estar perguntando: mas, afinal, o que muda, realmente, com a regulamentação? Muda muita coisa, mas principalmente o status em que nos encontramos como profissionais. Crescendo no conceito da sociedade e dos meios empresariais, certamente teremos muito mais conquistas a serem comemoradas, nos próximos primeiros de maio.
O reconhecimento da nossa atividade como profissão nos fortalece, mas as nossas conquistas dependem de cada um de nós. Afinal, só existem exércitos com soldados, só existem fábricas com operários e o comércio não pode existir sem os comerciários.
Sempre fomos profissionais, mas agora nossa atividade é reconhecida. Com isso, passamos a ser muito mais respeitados e esse respeito precisa ser convertido em novas conquistas. É assim que funciona.
No dia 1º de maio, nossa maior conquista está sendo comemorada em todo o país. Com a regulamentação o trabalho no comércio deixou de ser uma simples atividade e passa a ter os mesmos direitos e benefícios das outras profissões. É mais uma grande vitória da CNTC, das Fecomerciários e dos nossos sindicatos. Parabéns, comerciário! Sua vida começa mudar!

FDE conclui duas obras escolares na região

No primeiro trimestre deste ano, a Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE) concluiu e entregou duas obras escolares na região de Jales. O investimento da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo na região é de R$ 578.539,82. Foram uma reforma na EE Rubens de Oliveira Camargo, em Rubineia no valor R$ 43.659,99 e uma adequação para oferecer acessibilidade a alunos com deficiência na EE Oscar Antonio da Costa, em São Francisco no valor de R$ 534.879,83.
Atualmente, a FDE administra 2.367 obras em execução ou em processo de licitação ou contratação, no valor aproximado de R$ 582 milhões, com vistas a assegurar as boas condições das instalações físicas necessárias ao funcionamento da rede, requisito indispensável para o desenvolvimento das ações educativas.
"O volume de obras de reforma, ampliação e adequação que a FDE gerencia torna visível a preocupação constante em melhorar as condições físicas das edificações escolares e o investimento do Governo destinado à educação", afirma o presidente da FDE, Barjas Negri.

E.E. “Oscar Antonio da Costa”, de São Francisco

Atinge as metas da educação no Idesp
No dia 28 de março, foi divulgado o resultado da avaliação Saresp 2012 (sistema de avaliação de rendimento escolar) que é medido pelo Índice de Desenvolvimento da Educação do Estado de São Paulo (Idesp), onde a E.E. Oscar Antonio da Costa, atingiu 120% das metas, nas três modalidades.
O 5° ano do Ensino Fundamental I obteve no Idesp a nota 6,22, ficando em 1° lugar na Diretoria de Ensino - Região de Jales. Já o 9° ano (oitava série) do Ensino Fundamental II obteve a nota 4, 26 no Idesp, e a terceira colocação na Diretoria de Ensino e o 3° ano do Ensino Médio conquistou o 3° na Diretoria de Ensino com um nota de 3,51 no Idesp.
O coordenador pedagógico do Ciclo I, Eleandro Maraia, disse que a escola nos últimos anos vem melhorando as notas nas avaliações externas e ganhando lugar de destaque na Diretoria de Ensino - Região de Jales e também a nível estadual "isto graças aos professores que vem empenham para melhorar a educação em nosso município".
Ele citou também o apoio dos pais à escola e que incentivam seus filhos a estudar. Ele ressalta que os alunos também estão preocupados em melhorar cada vez mais seu desempenho e os funcionários que colaboram para o bom andamento das práticas escolares, a equipe gestora que está sempre dando suporte para que isso tudo aconteça dentro da escola, juntamente com as orientações técnicas realizadas pelos profissionais da Diretoria de Ensino.
O coordenador pedagógico disse que nos últimos anos, o 5° ano do Ensino Fundamental I conquistou por três vezes consecutivo, o primeiro lugar na Diretoria de Ensino – Região de Jales "e a nossa escola e o município é muito elogiado pelas autoridades superiores de educação".
Eleandro Maraia fez questão de frisar a parceria da Escola com a Prefeitura Municipal que tem apoiado as ações educacionais desenvolvidas pela unidade escolar.

Braços cruzados,

Vitor Sapienza
Existem dois tipos de ruídos que não podemos ignorar, jamais: o ruído do estômago, e o ruído das ruas. E a atenção tem que ser maior ainda quando eles estão unificados, misturados. O primeiro é adubo para as revoluções, para as rebeliões, para os movimentos populares. Fiquemos com o segundo, quando a voz da população se faz uníssona, redundante, contundente. É quando o todo exige que o Poder Público tome uma posição, que os homens públicos assumam determinadas atitudes, que sejam efetuadas mudanças; é quando a sociedade começa a exigir uma resposta imediata.
Não é segredo para ninguém o que ocorre em praticamente todas as cidades brasileiras. A violência urbana, antigamente considerada uma característica de grandes cidades, aos poucos vai contaminando as pequenas cidades, muitas delas antes classificadas como recantos de tranqüilidade.
A vida humana perdeu o valor, abandonamos os valores familiares, o respeito, perde-se a dignidade, e a violência vai deixando de ser manchete. O que provoca traumas hoje, amanhã será facilmente esquecido, encoberto por algo mais violento, mais estarrecedor.
Em uma análise bem superficial, prestemos atenção à idade dos autores dessas atrocidades. A maioria tem menos de 25 anos, e dentre eles, uma imensa fatia dos considerados menores de idade. Menores, incapazes, inimputáveis, eles têm plena consciência dos seus direitos, embora jamais se preocupem com os deveres. Podem votar, muitos dirigem veículos e a grande maioria tem habilidades no manuseio de armas. Libertam o sorriso com a mesma naturalidade com que bebem um copo com água, ou apertam um gatilho. E, quando são detidos, mostram a certeza de que, em pouquíssimo tempo estarão novamente nas ruas, mostrando uma ficha criminal cada vez mais extensa.
Por outro lado, as pessoas de bem blindam os carros, cercam as casas com grades, câmeras de vigilância, monitoramento eletrônico, seguranças particulares, evitam sair à noite, selecionam os roteiros e reiteram a fé com pedidos de proteção divina. Este é o eco das ruas, embora a cada dia que passa ele ganhe o ruído da indignação. E em nome dessa indignação, a sociedade vai aos poucos exigindo que o Congresso Nacional tome providências. A lei antiga, ultrapassada, benevolente, precisa ser atualizada para que o governante possa, de fato, propiciar segurança à sociedade. O Estatuto da Criança e do Adolescente precisa ser modificado.
Precisamos tratar as crianças como crianças, e os bandidos, como bandidos. Precisamos parar de tratar jovens marginais como santos, até mesmo porque, com a facilidade dos meios de comunicação, com a informação pulverizada e à disposição de todos, sabemos que na mais tenra idade as nossas crianças de hoje são muito diferentes daquelas do passado. Deixemos, pois, de ilusões! O grito das ruas é muito diferente daquilo que meia dúzia de entendidos tentam fazer com que aceitemos. Ainda há tempo, embora nem tanto, para que o Congresso descruze os braços, e retire a cera dos ouvidos.
Vitor Sapienza é deputado estadual (PPS), presidente da Comissão de Ciência, Tecnologia e Informação, ex-presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, economista e agente fiscal de rendas aposentado. Acesse: www.vitorsapienza.com.br

Secretaria Municipal de Comunicação prepara implantação do Portal Transparência e Ouvidoria

A secretaria municipal de Comunicação, representada pelo secretário Bruno Guzzo, participou na terça-feira, 23 de abril, do Encontro Regional de Sensibilização de Transparência Municipal, em Fernandópolis. Estiveram presentes prefeitos e representantes de mais de 30 municípios do noroeste paulista.
O objetivo do encontro foi discutir com os participantes a Lei Complementar 131/2009 – Lei da Transparência que obriga os municípios a disponibilizarem um Portal específico que dispõe de toda execução orçamentária com transmissão de dados em tempo real e a remuneração mensal dos servidores públicos. As cidades têm até o dia 27 de maio para fazer a regularização, sob pena de ter recursos suspensos.
"É uma pena que uma lei de três anos atrás não vinha sendo cumprida pela nossa prefeitura, através do site oficial, mas desde quando assumimos a administração, a prefeita Nice nos colocou como prioridade a transparência em todas as ações que praticarmos. Esta reunião veio de encontro aos nossos anseios já que o próprio estado se comprometeu em disponibilizar nos próximos dias, através de um convênio, o portal www.jales.transparencia.gov.br e esta plataforma será complementada no site oficial do município até o fim de maio", disse Bruno.
Ao menos 224 municípios no estado não possuem portal da transparência, desrespeitan a, que obriga as prefeituras a divulgar sua execução orçamentária transmitindo os dados em tempo real. As prefeituras também precisam se cadastrar no site do portal de transparência do governoestadual www.transparência.sp.gov.br.
Outro assunto discutido foi a implantação de uma Ouvidoria com o objetivo de fortalecer o elo entre o cidadão e a prefeitura. "O site que criamos já possui o serviço de fale conosco com a prefeita e os secretários, mas em breve vamos colocar um canal de telefonia 0800 para que a população possa fazer críticas, sugestões e elogios à administração num todo", afirmou. Bruno Guzzo
Ainda segundo o secretário Guzzo, do dia 6 a 9 de maio, um grupo de funcionários da prefeitura vai participar de uma Capacitação por Videoconferências em Araçatuba. O curso será oferecido pela Fundap – Fundação do Desenvolvimento Administrativo. Todos receberão certificados.

Motoristas querem aumento real de 12%


O secretário-geral do sindicato, José Roberto da Silveira, com
o tesoureiro Adivaldo Caldeira da Silva em uma das assembleias
Um reajuste real de 12% acima da inflação, para corrigir parte da defasagem sofrida pelo setor nos últimos anos. Esta é a principal reivindicação do Sindicato dos Motoristas de Jales que está iniciando uma nova temporada de negociações com as empresas do setor sucroalcooleiro e com as transportadoras.
Para discutir a pauta de reivindicações e receber sugestões dos trabalhadores, a diretoria do sindicato, como faz todos os anos, está percorrendo as empresas para realizar as assembleias nos locais de trabalho dos funcionários.
As assembleias são programadas nos três turnos (manhã, tarde e noite) para que todos possam participar. Com isso, o comparecimento tem sido quase que total, como afirmou o secretário-geral do sindicato, José Roberto da Silveira.
Durante as assembleias, o sindicato promove o sorteio de vários brindes para os funcionários das empresas visitadas, como parte das comemorações do Dia do Trabalho.
A pauta que está sendo apresentada e votada nas assembleias contem várias reivindicações que incluem ainda o aumento da quantidade de horas de percurso, a melhoria no pagamento do PPR – Prêmio por resultado e melhoria do ticket alimentação.
Os encontros são realizados nas empresas da região de Jales e das sub-sedes de Votuporanga, Fernandópolis e Pereira Barreto.

A influência da TV na sociedade

Paulo Vinícius Soares e
Vanessa C. L.Casotti Ferreira da Palma

"Na infância você chora, te colocam em frente da TV / Trocando as suas raízes por um modo artificial de se viver / Ninguém questiona mais nada, os homens do ‘poder’ agora contam sua piada / Onde só eles acham graça, abandonando o povo na desgraça / Vidrados na TV, perdendo tempo em vão [...]". Música: Ditadura da Televisão – Ponto de Equilíbrio.
A ponto de ser considerado "o quarto Poder", a mídia, tendo seu maior representante a televisão, exerce grande influência na sociedade. Pode-se afirmar que a TV foia ferramenta audiovisual que mais contribuiu para fazer do planeta uma imensa aldeia global. Tornando-se acessível à grande maioria das pessoas, constituiu-se em uma forma de companhia, de diversão, de informação e de formação. Essa influência, porém, pode ser boa ou má.
É evidente que a televisão faz parte do cotidiano de todos e se tornou integrante permanente na formação das pessoas, dividindo espaço com a família e com a escola.
A TV é ainda o meio por excelência para obtenção de informações, seja reportando as constantes violações dos direitos do cidadão e outras mazelas da sociedade, seja proporcionando o contato com outros mundos, outros povos e culturas.
Tambémdá oportunidadede entretenimento para muitas famílias que, geográfica ou economicamente, estão isoladas.Campanhas de saúde, de incentivo à preservação do meio ambiente, pela paz, cidadania, e muitas outras, quando divulgadas e incentivadas pela televisão, ganham proporções enormes e trazem resultados muito além do esperado.
É, entretanto, também necessário ficar atento à influência negativa da televisão na sociedade. Temos que destacar que as redes de TV têm dono e, como qualquer tipo de empresa, expressamseus valores e ideologia, como forma de manipulação da massa telespectadora.
Ao exibir traição, sexo, rebeldia, pornografia, moda e outros mecanismos que roubam a atenção do indivíduo, a TV faz que o telespectador dependa exclusivamente daquilo que seja do interesse dela,fortalecendo a dependência do não agir e do não pensar nos problemas da sociedade. Nesse aspecto, não estimula a reflexão crítica nem respeita ou tenta preservar valores e costumes dos indivíduos, que, em sua maioria, cada vez mais escutam e veem, mas nada falam, ou seja, vivemos numa sociedade de receptores, em que não há reciprocidade de ideias.
Os assuntos transmitidos pela TV são os que são vividos, porém,do modo como são mostrados, acabampor banalizar a violência, a morte, a guerra, a desigualdade. O jornalismo sensacionalista e seus apresentadores idem: aproveitam-se das tragédias na corrida pela audiência e se autodeclaram os donos da verdade em suas opiniões. Nas campanhas eleitorais, noticiam acontecimentos em favor de um ou outro candidato, na medida em que convêm a seus interesses.
Portanto, é inegável que a televisão exerce uma enorme influência sobre todos, seja ela positiva ou negativa. Seu advento revolucionou a forma de comunicação entre os povos e, entre nós mesmos, nosâmbitos familiar e social. Também propicia o compartilhamento e concorre para a divulgação de informações importantes para a sociedade.
É necessário, no entanto, que se assista ao que é passado na TV com uma espécie de filtro, selecionando o bom conteúdo em detrimento do mau. O exercício do senso crítico é importante para fugir da manipulação, tendo em mente que é preciso saber usar a televisão para o cotidiano, e não deixar-se usar por ela. *Paulo Vinícius Soares: Acadêmico do Curso de Administração da UFMS – Campus de Três Lagoas. E-mail: paulovinicius3l@hotmail.com *Vanessa Cristina Lourenço Casotti Ferreira da Palma: Professora do curso de Direito da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul  (UFMS) – Campus de Três Lagoas. E-mail: vanessacasotti@hotmail.com

Palestra explica ações rotárias


O Rotary Club de Jales "Grandes Lagos" realizou em sua sede, no último dia 3 de abril, uma palestra qproferida pela Governadora Assistente do Rotary International, Maria Lúcia Vargas, que é membro do Rotary Club de Votuporanga – Terceiro Milênio.
A palestra teve o propósito de divulgar as ações rotárias para que os convidados pudessem ampliar os seus conhecimentos sobre o que o Rotary representa na sociedade, seus projetos de ação solidaria e principalmente para motivar novos companheiros a fazerem parte do quadro social do Rotary Club.

Professora da Unijales é aprovada em Mestrado

A qualificação dos professores que trabalham no Centro Universitário de Jales é um grande diferencial que a Instituição incentiva. Assim a Unijales conta com mais uma professora Mestre entre seus docentes.
A professora de Didática e funcionamento do Ensino Básico, do curso de Educação Física da Unijales. Errivaine Aparecida Ferreira Gomes (foto), concluiu o mestrado que teve como tema "Centro de Apoio pedagógico Especializado: intenções, ações e resultados para inclusão escolar de alunos com deficiência na Região de Jales".
Errivaine apresentou e defendeu sua dissertação no dia 20 de fevereiro, na Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul, unidade Paranaíba. O trabalho foi orientado pela Professora Dra. Doracina Aparecida de Castro Araújo.
O mestrado é sobre a formação continuada aos professores de salas de recurso que ministram aulas na rede pública estadual, principalmente nas escolas jurisdicionadas a Diretoria de Ensino Região de Jales.
Segundo a professora Mestre, Errivaine Ferreira Gomes, o ponto mais relevante do estudo, esteve na constatação de que as formações iniciais e continuadas oferecidas aos docentes em Educação Especial não atendem suas necessidades, uma vez que as políticas educacionais vigentes estão alicerçadas em orientações técnicas e estão distanciadas do cotidiano das salas de aula.

Agrishow deve movimentar R$ 2,5 bilhões

A AGRISHOW (Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação), consolidada como a principal feira do setor agro da América Latina e se realiza de 29 de abril a 3 de maio em Ribeirão Preto (SP) deve movimentar negócios da ordem de R$ 2,5 bilhões. O montante deve superar o valor de R$ 2,15 bilhões registrado na edição de 2012 da feira. As demandas geradas pela supersafra de grãos e o bom momento vivido pelo agronegócio como um todo devem aquecer a feira, que reúne em 440 mil m² 790 expositores entre fabricantes de máquinas, implementos e equipamentos agrícolas, insumos, ferramentas, associações de classe, centros de pesquisa, universidades, e instituições financeiras. A expectativa para esta edição da AGRISHOW é receber um público visitante de mais de 152 mil pessoas de 20 países.
"Justamente quando a feira completa 20 anos teremos a maior edição da AGRISHOW, que, além dos negócios, tem um papel fundamental de multiplicar a tecnologia existente para o setor, contribuindo para tornar a atividade cada vez mais produtiva, rentável e sustentável", afirma o presidente da AGRISHOW, Maurilio Biagi Filho.
As instituições financeiras presentes na feira estão apostando alto. O Banco do Brasil, que participou de todas as edições da AGRISHOW e teve em 2012 um volume recorde de propostas de financiamento (foram mais de 6 mil, representando o volume de R$ 1,5 bilhão) espera estabelecer um novo recorde na Agrishow 2013 e atingir R$ 2 bilhões em propostas acolhidas.
Rodada de Negócios
Durante a AGRISHOW haverá a 14ª Rodada Internacional de Negócios, promovida pelo Programa Brazil Machinery Solutions, desenvolvido em parceria entre a ABIMAQ - Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos e a Apex-Brasil - Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos.
A rodada potencializa o contato e as negociações entre fabricantes brasileiros e compradores estrangeiros do setor de máquinas e implementos agrícolas e equipamentos de irrigação.
Para essa edição já estão confirmados compradores da Botsuana, Cazaquistão, Guatemala, Malauí, México, Moçambique, Nicarágua, Panamá, Romênia, Rússia, Ucrânia, Zâmbia e Zimbábue. "As rodadas de negócios têm se mostrado uma ferramenta importante para a exportação de máquinas e equipamentos brasileiros. A edição do ano passado foi um sucesso e esperamos grandes negócios para a deste ano", explica Klaus Curt Müller, gerente do Brazil Machinery Solutions.

Casal de namorado é preso em Jales por tráfico de drogas


Um casal de namorados foi preso nesta quinta-feira, 25.abril, pela polícia civil jalesense por tráfico de entorpecentes e associação para o tráfico. Os policiais localizaram nas residências do casal, que vinha sendo investigado por tráfico de drogas, parte de um tijolo de cocaína pesando cerca de 260g, dois frascos de ácido bórico (substância utilizada para aumentar o volume das porções de cocaína vendidas no varejo), além de R$ 860,00 em dinheiro. As buscas domiciliares foram autorizadas pelo Poder Judiciário de Jales.
O casal de namorados M.M.M., de 18 anos e E.R.A.V., de 20 anos, foi preso em flagrante Ele foi recolhido à cadeia de Jales, enquanto ela foi conduzida à cadeia feminina de General Salgado.

quinta-feira, 25 de abril de 2013

JANTAR BENEFICENTE NO "MARIA DOLORES"

VOCÊ É CONVIDADO A ESTAR CONOSCO PARA O JANTAR BENEFICENTE DESTE SÁBADO, DIA 27 DE ABRIL DE 2013.
Local: Será no Grupo Espírita Beneficente Maria Dolores, sito à rua 19, nº 768, Bairro São Judas Tadeu, Jales-SP, das 20 as 22:30mn.
Pratos: Coxa e sobre coxa recheados, arroz branco, creme de milho, maionese, macarrão especial e saladas.
Ingressos à venda com os trabalhadores, ou reserve pelo e-mail addavid@ig.com.br e ainda pelo fone: 17- 3632.5095 (david). 
Obs: Se vc reservar por e-mail ou telefone, pode retirar no local no horário do jantar com o David.
SEJA BEM VINDO PARA ESTE MOMENTO FELIZ

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Vereadores de oposição abrem canal de diálogo com Nice, que faz exigências para novas conversas


Reunião realizada na Câmara de Jales com a
presença da prefeita Nice Mistilides e do vice Pedro Callado.

Os vereadores Gilberto Alexandre de Moraes, Jesus Martins Batista, Luis Fernando Rosalino, Nivaldo Batista de Oliveira, Pérola Maria Fonseca Cardoso Rivail Rodrigues Júnior, em busca de uma melhor sintonia com o Executivo Municipal manteve um diálogo com a prefeita Nice Mistilides, na tarde de segunda-feira, 22 de abril, na Câmara Municipal. O vice-prefeito Pedro Callado também participou do encontro que é resultado de uma ação dos vereadores que há quinze dias, na casa do Luiz Henrique Viotto, reuniu a prefeita e o vereador Nivaldo Batista de Oliveira (Tiquinho).
A expectativa dos vereadores era de estabelecer um diálogo político produtivo, que corrigisse injustiças, como nos casos das "perseguições de servidores ou empregados de empresas terceirizadas e até mesmo de vereadores ou dos equívocos de planejamento, como no caso do fracasso da Facip 2013", disse um deles.
O encontro, apesar das expectativas positivas, não conseguiu avançar na direção a um entendimento positivo que pudesse diminuir as adversidades entre os dois lados. Segundo a avaliação de um dos vereadores, a prefeita Nice "continua com o coração duro, sem disposição para o diálogo ou de fazer uma crítica sobre sua ação administrativa marcada pelo autoritarismo", confundindo posição política divergente com questões pessoais.
A proposta da prefeita Nice segundo se divulgou, foi de ignorar tudo o que ocorreu até o momento e começar uma ação conjunta, porém, "sem uma proposta de como isto ocorreria, ainda que sua postura na conversa apontasse para a continuidade de uma ação centralizadora, sem diálogo e marcada pelo autoritarismo"., ressaltaram.
A prefeita Nice, além de não demonstrar sinais de mudança de postura e conduta, segundo os participantes do encontro, ainda deixou claro que queria a retirada dos agravos impetrados em instâncias superiores da Justiça, e o consequente fim dos trabalhos da Comissão Processante que apura as denúncias sobre possíveis práticas de nepotismo em sua administração.
O grupo de vereadores reafirma seu compromisso de cumprir bem o seu papel, contribuindo com as ações do Poder Executivo sempre que suas propostas merecerem aprovação, mas não deixará de fiscalizar, uma das principais funções do vereador. O grupo avaliou ainda que sua ação na Câmara Municipal "já evitou erros mais graves na condução do governo municipal e também o desperdício de dinheiro público e prejuízos aos cofres da Prefeitura".

terça-feira, 23 de abril de 2013

Jogos Escolares do Estado de São Paulo: Pereira Barreto aposta em novas revelações

São Paulo (SP), 23/04/13 - A cidade de Pereira Barreto recebe nesta quarta-feira a primeira seletiva regional dos Jogos Escolares do Estado de São Paulo, modalidade Ciclismo, uma realização do Governo do Estado de São Paulo, através da Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude, com organização e administração da Federação Paulista de Ciclismo. Será a primeira das sete disputas programadas nas categorias Pré-Mirim, Mirim e Infantil, reunindo atletas/alunos de 12 a 17 anos, no masculino e feminino. Os vencedores da seletiva estadual, da Mirim e Infantil, representarão o estado nos torneios nacionais da categoria.
A disputa em Pereira Barreto será na Avenida Tietê, no Centro, das 7h às 16h, com uma série de atividades, como palestra sobre o esporte, aquecimento e as diversas baterias que apontarão os cinco classificados para a final estadual, em São Paulo. Já da disputa estadual, os ganhadores da categoria Mirim e Infantil representarão o Estado de São Paulo nos Jogos Escolares da Juventude - Etapa nacional.
E Pereira Barreto tem se destacado por revelar atletas, além de conquistar títulos. Wellida Rodrigues, natural da cidade, por exemplo, venceu a final do Estadual Escolar no ano passado, representando a escola E.E. Monsenhor Maggi, de Americana. Outra atração local foi Bianca Terume, também campeã do Estadual, que representou o Colégio 11 de Agosto, de Pereira Barreto. Ambos são integrantes do Centro de Excelência, confirmando a força do ciclismo na região. Para 2013, apenas Bianca participará dos Jogos Escolares dos Estado de São Paulo, já que Wellida subiu de categoria.
"Pereira Barreto tem investido muito no ciclismo e o resultado esta ai. Além de vencer nas categorias, ainda vem revelando novos destaques para o esporte, com a Wellida e a Bianca. Esperamos mais nomes neste ano, que tem como atração a estreia da categoria Pré-Mirim", destaca Gilson Alvaristo, diretor-técnico e vice-presidente da Federação Paulista de Ciclismo, coordenadora técnica do evento.
A inscrição é gratuita, mas os interessados devem preencher ficha que está à disposição no site oficial, www.estadualescolar.org.br, assinada pelo responsável junto com um documento de identificação (do aluno). Vale lembrar que os atletas/alunos deverão obrigatoriamente ser dirigidos, em todas as etapas, por professores de Educação Física da Unidade Escolar, cujos nomes constem da relação nominal, ficando impedida a participação de professor eventual.
As categorias estão assim divididas: Pré-Mirim - nascidos a partir de 2001; Mirim - nascidos em 1999 e 2000; Infantil - nascidos em 1996, 1997 e 1998. A categoria Pré Mirim só servirá como preparação para os Jogos Escolares de 2014. Serão conferidas medalhas de ouro, prata e bronze aos três (3) primeiros colocados.O calendário é o seguinte:
1ª Seletiva Regional - 24/04 - Pereira Barreto
2ª Seletiva Regional - 08/05 - Guaiçara
3ª Seletiva Regional - 15/05 - Ribeirão Preto
4ª Seletiva Regional - 22/05 - Araraquara
5ª Seletiva Regional - 12/06 - Votorantim
6ª Seletiva Regional - 19/06 - Jundiaí
7ª Seletiva Regional - 26/06 - Guarujá
Seletiva Estadual Mirim - 10 e 11/08 - São Paulo
Seletiva Estadual Infantil - 28 e 29/09 - São Paulo
Os Jogos Escolares do Estado de São Paulo são uma realização do Governo do Estado de São Paulo, através da Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude, com organização e administração da Federação Paulista de Ciclismo.

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Corrente quercista em SP filia-se ao PTB

São Paulo, 22 de abril -
Na filiação do ex-presidente paulistano do PMDB Bebeto Haddad e seu grupo ao PTB, na sexta passada (19/04), o senhor Ary, primo do ex-governador Orestes Quércia e representante da família Quércia no evento, fez um apelo a todos os "emedebistas" que tiveram laços com Quércia, para que se filiem ao PTB, que na realidade foi o primeiro partido do ex-governador.
Ary, falando em nome da família, disse que se "sentia em casa por estar se filiando ao PTB". De acordo com o primo de Quércia, "o atual PMDB não representa o quercismo". "O PMDB virou as costas para todos os peemedebistas ligados ao ex-governador", disse.
Junto com Bebeto Haddad ingressaram no PTB mais de 250 lideranças da capital, litoral e interior do Estado.
O ex-presidente do PMDB, disse, em seu discurso, que "a liderança de Quércia agora está nas mãos de Campos Machado".
O presidente do PTB, por sua vez, falou durante a filiação da alegria e da grande expectativa de ver uma corrente majoritária do PMDB ingressando no PTB. "Quércia começou sua carreira política no PTB, onde concorreu a vereador. Vou realizar junto com Bebeto Haddad e as lideranças oriundas do PMDB encontros regionais com o objetivo de filiar todos os quercistas existentes no Estado de São Paulo", afirmou Campos Machado.
Campos Machado disse ainda que pretende fazer trabalho em nível estadual e nacional para atrair para o PTB os fundadores do antigo MDB.

Prefeitos do CONSIRJ se reúnem com MP e Santa Casa

O promotor André Luis de Souza durante reunião com
os prefeitos do CONSIRJ e representantes

Prefeitos e representantes dos 16 municípios que compõem o CONSIRJ - Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região de Jales se reuniram na manhã de segunda-feira, 22 de abril, com representantes da Santa Casa de Misericórdia de Jales e o promotor de Justiça, André Luis de Souza.
O encontro foi na sala de reuniões do gabinete da prefeita e presidenta do Consórcio, Eunice Mistilides Silva – Nice. O Ministério Público, através do promotor, pediu a união dos municípios que integram o Consórcio para a implantação de um CAPSAD (Centro de Apoio Psicossocial Álcool e Drogas).
O centro é uma unidade de saúde especializada em atender os dependentes de álcool e drogas, dentro das diretrizes determinadas pelo Ministério da Saúde, que tem por base o tratamento do paciente em liberdade, buscando sua reinserção social. André sugeriu que as prefeituras ficassem responsáveis pelo custeio do local.
"É importante a união de todos para buscarmos junto ao governo do estado um espaço para a construção do prédio que visa atender toda demanda da região e que tem nos preocupado bastante", afirmou. Durante o encontro o provedor da Santa Casa de Jales, José Pedro Venturini, aproveitou a oportunidade e apresentou as dificuldades que o hospital está passando em relação aos plantões presenciais. "Para não fazermos uma paralisação deste importante serviço, precisamos que os prefeitos do CONSIRJ façam o aumento do repasse da verba", disse.
Os prefeitos devem se reunir ainda neste mês para estudar de que forma atender os dois pedidos. "Foi muito produtivo este encontro. São dois pedidos que a região necessita, em conversa com os prefeitos e representantes ficou bem claro que vamos fazer o possível e o impossível para atende-los", finalizou a presidente do CONSIRJ, Nice.
O CONSIRJ Implantado em agosto de 2001 com ajuda de Nice, antes mesmo de ser eleita prefeita e presidenta, o Consórcio visa atender a demanda de saúde de dezesseis municípios da região de Jales. Integram o CONSIRJ os seguintes municípios: Aparecida D´Oeste, Aspásia, Dirce Reis, Dolcinópolis, Jales, Marinópolis, Mesópolis, Palmeira D´Oeste, Paranapuã, Pontalinda, Santa Salete, Santana da Ponte Pensa, São Francisco, Urânia e Vitória Brasil.