Páginas

sábado, 13 de abril de 2013

PM forma mestres e doutores para melhorar a segurança

Com dezenas de novas teses e projetos que visam atualizar e aperfeiçoar as práticas policiais e a segurança pública, o Departamento de Altos Estudos de Segurança da Polícia Militar do Estado de São Paulo formou 199 mestres e doutores em Ciências Policiais, na manhã desta sexta-feira (12), no Palácio dos Bandeirantes, zona sul da Capital.
"Segurança exige vocação, mas ela é também ciência. Não é amadorismo, é profissionalismo. E isso exige preparação constante e permanente. São Paulo se orgulha de ter a melhor e maior PM do Brasil, mas ela não chegou a esse patamar com as mesmas práticas, e sim com inovações", explicou o governador Geraldo Alckmin.
Para os oficiais da PM, os cursos representam a oportunidade de subir na escala hierárquica da corporação. Os capitães e majores passaram por 576 horas/aula, com disciplinas de Metodologia de Pesquisa, Ética, Direitos Humanos e Doutrina da Ordem Pública.
Os trabalhos apresentados ao final do curso são defendidos em bancas, apresentados ao Comando Geral e poderão ser incorporados aos programas da polícia. "Ao invés de ficarem em uma estante, as teses são analisadas e podem se tornar práticas regulares da Polícia Militar", disse o comandante geral da PM, coronel Benedito Roberto Meira.
Aqueles que tinham mais de três anos como capitães da Polícia Militar realizaram o Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais (CAO) - equivalente a um mestrado. Foram 161 alunos que, agora, poderão subir ao cargo de major.
Os majores que possuíam, no mínimo, seis meses com a patente, fizeram o Curso Superior de Polícia (CSP). Foram 38 doutores formados, que poderão almejar o posto de tenente-conorel. Além deles, um major do Amazonas também realizou o curso em São Paulo.
"Não é sem razão que a PM paulista, com a qualificação do seu quadro de oficiais e praças, é considerada uma das melhores instituições policiais do Brasil e até da América Latina. Muitos são os exemplos que confirmam esse profissionalismo, como o caso do ‘Método Giraldi’ - treinamento simulado de tiro que enfoca a preservação da vida, utilizado por diversas polícias do exterior", falou o secretário da Segurança Pública e paraninfo da turma, Fernando Grella Vieira.
"Estou emocionado, está no sangue da família"
Essas foram as palavras do aluno oficial da Academia de Polícia Militar do Barro Branco (APMBB), Rafael Guimarães de Oliveira, filho de um dos doutores que se formou com as maiores pontuações. "Meu avô também foi policial. Vendo isso, almejo alcançar um posto igual", disse o jovem.
Seu pai, o major Joselito Oliveira Sarmento, ficou em terceiro lugar no CSP, defendendo uma tese sobre prevenção de acidentes de trânsito através da criação de observatórios de veículos e ruas. Para conseguir, o major teve de abrir mão de algumas coisas. "Foram feriados e finais de semana estudando direto. Não apenas para a tese, mas para entrar no próprio curso, que é muito concorrido. Comecei a estudar um ano antes", disse.
O capitão Arthur Alvarez de Souza, que ficou em primeiro lugar no CAO, também passou por isso, e sempre contou com o apoio da família para estudar. "Todos os alunos precisam agradecer as pessoas que estão ao seu lado - familiares, amigos, colegas. Eles que sempre nos apoiam, ajudam, entendem e nos ouvem. São eles que nos fazem seguir em frente", disse Souza, durante o discurso.
Momentos após as palavras, o capitão foi abraçado por sua esposa, e também policial, major Soraia Correia Alvarez, e seus dois filhos, Arthur, de sete anos, e o pequeno Gabriel, de apenas quatro. "Nós acompanhamos toda a trajetória. Eu me emociono só de lembrar. Sabemos o desafio que foi, e por isso fico ainda mais orgulhosa e feliz por tê-lo ao meu lado", comentou Soraia.
Os três primeiros colocados receberam homenagens do governador do Estado, do secretário da Segurança e do comandante geral da PM.(Assessoria de Imprensa e Comunicação da Secretaria da Segurança Pública)

Banco do Povo Paulista premia três unidades da região

Às 15 horas da segunda-feira, 15 de abril, o Banco do Povo Paulista (BPP) - programa de microcrédito gerenciado pela Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (SERT) - premia as 22 unidades que obtiveram melhor desempenho em 2012. Destas, três são da região : Nova Canaã Paulista, Santa Fé do Sul, e Jales.
A 4ª edição do prêmio anual do BPP contempla oito diferentes categorias no Auditório Ulysses Guimarães – Palácio dos Bandeirantes. "A ação objetiva estimular o trabalho dos agentes de crédito, peças fundamentais para a manutenção e o sucesso do Banco do Povo Paulista em todo o Estado", afirma o secretário de Estado do Emprego, Carlos Ortiz. "Não podemos deixar de destacar o papel importante da Lei 14922/2012, que criou o Bônus por Participação nos Resultados (BPR) aos agentes de crédito do BPP. O benefício premia a qualidade do trabalho e estimula a eficiência", acrescenta.
Antonio Mendonça, diretor-executivo do "maior programa estadual de microcrédito do país", como ele mesmo define, destaca três aspectos importantes da ocasião. "A premiação consolida a ferramenta de reconhecimento e valorização do trabalho dos agentes; define a premiação por méritos, na qual as unidades com maior índice de eficiência são premiadas; além da valorização das parceiras junto às prefeituras", resume.
A ex-agente de crédito Ana Luiza Teixeira é exemplo da valorização dos agentes de crédito. Desde novembro de 1999 como funcionária do BPP, a atual coordenadora do Núcleo Suporte às Unidades lamenta não ter tido a oportunidade de concorrer ao prêmio, mas ressalta a participação direta dos profissionais das unidades contempladas. "Acompanho a evolução e o dinamismo do BPP e, por isso, reforço que nada disso seria possível sem a atuação de um agente de crédito responsável, ético e comprometido com o programa", afirma.
Segundo Mendonça, a expectativa para este ano é emprestar mais de R$ 250 milhões e, assim, superar em 30% o montante concedido em 2012.
Categorias premiadas
– Sete por número de habitantes (até): 7,5 mil, 15 mil, 30 mil, 50 mil, 100 mil, 300 mil, acima de 300 mil; e a unidade com o maior índice de produção per capita.

Balançando

Reflexão
Existem três tipos de pessoas: as que se preocupam até a morte, as que trabalham até morrer e as que se aborrecem até a morte. (Winston Churchill)


Balançando
As raposas lá do botequim da vila comentaram que a relações políticas entre o PSDB do vice-prefeito Pedro Callado e a prefeita Nice Mistilides estão meio estremecidas. Mas para eles, uma boa conversa entre os dois lados, tudo entrará nos eixos.
Nada disso
Diante os rumores que circulam pela cidade de que a prefeita Nice Mistilides teria pedido a demissão de Pérola Maria Cardoso Fonseca de suas funções no Hospital do Câncer de Barretos - Unidade de Jales, pessoas ligadas a ela dizem que tudo não passa de fantasia e intriga da oposição que quer denegrir a imagem da prefeita. Dizem ainda que a prefeita Nice falou com Henrique Prata sobre o convênio assinado para repasse de recursos para a unidade de Jales, como foi feito.
Um basta
Para se colocar fim a essa desagradável situação envolvendo duas pessoas que ocupam cargos importantes no município, somente o diretor de Hospital de Câncer de Barretos, Henrique Prata, é que pode dizer se é verdade ou falso os rumores. Também se fala, que Prata teria ligado para Pérola Cardoso, se informando sobre o que estaria acontecendo.
Ufa!!!
Pelo menos uma vez na vida, Jales não foi manchete ou assunto nos noticiários da imprensa escrita, falada e impressa após uma operação deflagrada por órgãos de repressão como a que ocorreu na terça-feira, 9 de abril. Não lembraram de Jales no noticiário.
Decepção
Provavelmente para os adversários e inimigos do ex-prefeito Humberto Parini, a ausência de seu nome no noticiário - já que ele seria um dos investigados - deve ter sido a maior frustração. Não puderam se deliciar com a desgraça alheia.
Cartão postal
Na segunda-feira, a fonte luminosa da praça Dr. Euplhy Jalles, que foi um cartão postal para a cidade, deverá entrar em teste experimental. Será uma nova atração para a população. Mas a praça precisa ser realmente reformada nos mínimos detalhes para voltar a ser original.
Sem mídia
No dia 10 de abril, a prefeita Nice completou 100 dias frente à Prefeitura de Jales, mas não fez qualquer divulgação de vulto para celebrar. Bem que desejaram mostrar o que Nice fez nesses dias, mas segundo informação, houve entraves jurídicos que dificultaram a divulgação na mídia.
Outro lado
Falando em 100 dias da prefeita Nice Mistilides, a oposição já está reconhecendo que a dificuldades encontradas por ela após assumir o cargo, também seria difícil para qualquer um dos outros candidatos, caso eleitos. Para a oposição, a maior dificuldade de Nice será levantar recursos para o recapeamento da cidade, que dizem, vai precisar de muitos milhões para deixar as ruas da cidade impecáveis.
Nada ainda
A Secretaria Municipal de Esportes, Cultura e Turismo (Smect) continua sem titular. Poder ser que o nomeado seja anunciado na segunda-feira, aniversário da cidade para a alegria de todos os interessados.
Recorreu
A assessoria jurídica da Câmara Municipal de Jales através de Agravo de Instrumento (AGI), tentará reverter a decisão do juiz de direito Marcos Takaoka, da 2ª Vara da Comarca que, em liminar, suspendeu os trabalhos da Comissão Processante instalada para apurar possíveis irregularidades de nepotismo praticado pela prefeita Nice Mistilides e o vice-prefeito Pedro Callado.
Bom de prosa
Entre os aliados de Nice Mistilides já é consenso que realmente a administração está precisando de um articulador político para colocar a casa em ordem. Isto é, manter o diálogo com os vereadores e demais partidos políticos, principalmente os que se mostram mais ferrenhos adversários da prefeita. Se não houver uma boa conversa, nada se conquista. Dos dois lados, claro.
Mudanças
A Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos, em breve iniciará estudos para revitalizar uma área central da cidade. Um dos projetos a ser estudado é dar cara nova à avenida João Amadeu que é o portão de entrada da cidade. Como o titular da pasta é um arquiteto, sua mente deve trabalhar a mil para mostrar à população que é possível se ter uma cidade atrativa para os visitantes e deixar o seu povo com orgulho.
Melhorar
Muita coisa precisa ser mudada no perímetro central da cidade em se tratando de estética urbana. As calçadas precisam passar por melhorias e acabar com os obstáculos existentes.
Outro local
A praça Dr. Euplhy Jalles não pode ser mais um local de eventos, mas sim de lazer para as famílias, ainda mais com o possível funcionamento da fonte luminosa. Uma outra área para eventos seria o ideal.

sexta-feira, 12 de abril de 2013

Mais um outono


Na sexta-feira, 19 de abril, brindará o seu aniversário ao lado da esposa Neuza, filhos, noras e netos, Antonio Tonholi (leia-se Gráfica A Moderna). Amigos e demais familiares vão lhe desejar os parabéns pela data

Planetário Itinerante

Planetário Itinerante
Neste domingo, 14 de abril, os moradores de São Francisco, e de Vitória Brasil, receberão a visita do Planetário Itinerante, projeto promovido pela Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE), da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo..As sessões acontecerão a partir das 10h, nas escolas estaduais Oscar Antônio da Costa, em São Francisco, e José Nogueira de Souza, no município de Vitória Brasil.

Prefeitura de Jales repassa recursos para Hospital de Câncer - Unidade III

A prefeita Nice Mistilides reuniu nana quarta-feira, 10 de abril, com representantes do Hospital do Câncer de Barretos - Unidade III Jales, para anunciar um repasse anual ao hospital no valor de R$ 200 mil.
Segundo o gerente administrativo da Unidade de Jales, Roger Mauro Dib (foto), há três anos era solicitado este repasse, mas a liberação não era feito pela adminsitraçaão anterior. "Viemos agradecer pessoalmente, pois em três meses de trabalho, a prefeita Nice celebrou este importante convênio e já nos repassou o valor referente aos três meses retroativos", afirmou.
Em novembro do ano passado, a vereadora e atual presidenta da Mesa Diretora da Câmara Municipal, Pérola Maria Fonseca Cardoso, apresentou umaa emenda modificativa ao Projeto de Lei nº 91/2012, que destinando R$ 200.000,00 para a Fundação Pio XII – Unidade de Jales – Hospital de Câncer de Barretos.
A prefeita lembrou do encontro que teve com o presidente da Fundação Pio XII, Henrique Prata, em janeiro e reafirmou que a administração será mais que parceira da instituição. "Sei da jóia rara que recebemos, por isso o que tiver ao alcance do nosso município será feito".
A vereadora Pérola Cardoso que também é responsável pelo setor de captação do Hospital de Câncer, agradeceu o repasse, uma vez que a entidade necessita do cumprimento deste convênio. "Sobre o repasse do valor do convênio, nós do Hospital de Câncer só temos a agradecer. Faço parte do setor de captação de recursos do hospital, fui autora da emenda que destina este valor ao Hospital e embora não tenha sido convidada a participar da entrega junto a alguns outros Edis, em nome dos meus colegas agradeço pela ação. O Hospital de Câncer é um hospital de grande porte e todos os recursos são sempre bem vindos".
Atualmente o Hospital do Câncer conta com cerca de 310 funcionários. A Unidade tem um gasto estimado em R$ 2 milhões, mas recebe do SUS – Sistema Único de Saúde apenas R$ 830 mil, por isso necessita da ajuda dos municípios vizinhos e da sociedade. 
Participaram também da entrega do cheque, o Assistente Administrativo da Unidade, Alexandre Souza Lima Garcia e os vereadores André Viotto, Claudir Aranda, Tiago Abra e Sergio Nishimoto.

Parabéns a você


Quem estará festejando o aniversário na segunda-feira, 15 de abril, é a neuropsicóloga Tatiana Cortezzi, Participarão da alegria de Tatiana, o filho João Pedro, seus pais, Maria Emília e Valdir, demais familiares e amigos.

STF restabelece autuação de inquéritos com nome completo de investigado

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram, em sessão administrativa realizada na noite desta quarta-feira (10), que os inquéritos em tramitação na Corte e os que forem autuados a partir de agora trarão o nome completo do investigado e não mais somente as iniciais. Com isso, restabelece-se uma sistemática que vinha sendo adotada pelo STF desde a promulgação da Constituição de 1988 e que foi alterada em 2010, na gestão do ministro Cezar Peluso.
A decisão foi tomada por maioria de votos (7 a 4) após apresentação do voto-vista do ministro Luiz Fux, que abriu a divergência. Os ministros Ayres Britto (aposentado) e Marco Aurélio já haviam se manifestado sobre a matéria, em sessão administrativa realizada em abril de 2012, pela total publicidade nas atuações de inquéritos. Além dos ministros Ayres Britto e Marco Aurélio, se manifestaram pela autuação com o nome completo nos inquéritos os ministros Joaquim Barbosa (presidente), Cármen Lúcia, Rosa Weber, Teori Zavascki e Celso de Mello.
Os ministros Luiz Fux, Ricardo Lewandowski, Dias Toffoli e Gilmar Mendes votaram no sentido de que a autuação inicial fosse feita com as iniciais, cabendo ao ministro-relator a atribuição de decidir pela manutenção ou revogação do sigilo, por meio de decisão fundamentada. Em seu voto-vista, o ministro Fux afirmou que a utilização de iniciais na fase de inquérito era uma garantia contra "juízos apressados e errôneos". Ele lembrou que no STF 90% das denúncias são arquivadas, não resultando em ações penais.

Feliz aniversário, Caroline


Neste domingo, 14 de abril, Caroline Cardoso Coelho, que se prepara para o vestibular em Medicina, estará festejando mais um aniversário. Carol, como é carinhosamente chamada, é filha de Bete Cardoso e Nei Basaglia Coelho. Feliz por ela vai estar sua irmã Gabriela.

Eliana Calmon alerta magistrados:juiz fazedor de processos é coisa do passado

A ministra Eliana Calmon (foto) conclamou os 55 juízes que participam do III Curso de Iniciação Funcional de Magistrados a conformarem o Poder Judiciário do futuro em sintonia com os anseios da sociedade brasileira.
"Espero que vocês quebrem o modelo. Estou convencida que o Judiciário poderá mudar os destinos de nosso país e é essa a função do magistrado do século XXI", afirmou a ministra ao abrir o curso da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados Ministro Sálvio de Figueiredo (Enfam).
Eliana Calmon foi enfática ao cobrar os 30 juízes do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) e os 25 do TJ do Piauí (TJPI) a assumirem as prerrogativas estipuladas pela Constituição Federal de 1988. "O juiz fazedor de processo é coisa do passado. Hoje, o magistrado tem de atuar politicamente, tem de participar da administração da Justiça e tem de ser consequente em suas decisões. Por isso não pode mais ficar isolado", afirmou a ministra.
Diálogo maduro
– "Se você não conhece a sociedade a que serve, vai servir muito mal a essa sociedade", disse a diretora-geral da Enfam, ao ressaltar a necessidade de os juízes manterem uma interlocução madura e permanente com os diferentes atores político-institucionais que atuam em sua realidade funcional. "Quem mais identifica o bom juiz é a sociedade, não as estatísticas", completou.
Pela primeira vez, o curso integrará magistrados recém-empossados de diferentes estados. "É óbvio que a magistratura do Piauí tem a suas peculiaridades, assim como a Justiça do Paraná. Mas optamos por promover essa mistura porque queremos uma magistratura efetivamente nacional", afirmou.

Apreendidos documentos na Prefeitura de Jales durante a Operação Fratelli

Nesta terça-feira, 9 de abril, a Prefeitura de Jales ficou fechada até às 14 horas, quando os funcionários foram autorizados a entrar no prédio para trabalhar. O fato se deu devido a Operação Fratelli (em italiano significa irmãos) desencadeada em conjunto pelo Ministério Público Federal, Ministério Público do Estado de São Paulo e Polícia Federal, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa que desviava recursos públicos por meio de fraudes em licitações, que esteve no Paço Municipal cumprindo mandado de busca e apreensão .
Entre as prefeituras que são alvos da operação, estão também as de Mirassol, Catanduva, Santa Fé do Sul, Votuporanga e Fernandópolis.
Ao todo, foram cumpridos 13 mandados de prisão, 16 mandados de condução coercitiva e 160 mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal em Jales (SP) e pela Justiça Estadual em Fernandópolis (SP). Casas de empresários, de prefeitos e ex-prefeitos e Prefeituras foram visitadas para cumprir mandados de busca e apreensão e de prisão. Ex-prefeitos e quatro empresários de Votuporanga, donos de empreiteiras, foram presos. O ex-prefeito de Cardoso foi preso em flagrante porque a polícia encontrou armas na casa dele, pagou fiança e foi solto.
Apurou-se que, desde 2007, um grupo de empreiteiras do ramo de pavimentação asfáltica estaria manipulando licitações publicas em municípios do interior do Estado de São Paulo, simulando competição entre si, com o objetivo de superfaturar as obras.
Os contratos suspeitos foram firmados com cerca de 80 prefeituras e superam R$ 1 bilhão. De acordo com o Ministério Público de São Paulo, desde 2007, a empresa praticava as fraudes para vencer as licitações de obras na região.
De acordo com o procurador Thiago Lacerda Nobre, do Ministério Público Federal em Jales, trata-se de uma quadrilha muito bem articulada que se servia da máquina pública e tinha trânsito em todas as esferas do país. A fraude pode passar de R$ 1 bilhão em prefeituras do Estado. "Nós temos mais de 20 mil folhas de documentos que servem de prova desse esquema de fraude", afirmou durante a coletiva realizada na tarde de terça-feira em São José do Rio Preto.
Além de documentos, cerca de R$ 250 mil também foram apreendidos. É investigada também a participação de políticos em verbas de emendas parlamentares destinadas aos municípios e ainda há indícios da participação de funcionários públicos da Caixa Econômica Federal para liberar dinheiro para as obras. "A maior parte vem dos Ministérios do Turismo e das Cidades", conta o procurador. Nobre
Segundo o delegado da Polícia Federal de Jales, Cristiano de Pádua Silva, os envolvidos vão responder por formação de quadrilha, falsidade ideológica, improbidade administrativa, entre outros delitos. "Nessa semana toda a documentação será encaminhada ao MP para ser tomada as medidas cabíveis, algumas pessoas podem ser processadas", disse.
Segundo o promotor de justiça do Gaeco – Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, João Santa Terra Júnior documentos de licitações em andamento também já têm indícios de fraudes, mas as empresas serão substituídas e não terá nenhum prejuízo para a sociedade.
A Operação foi realizada em 12 Estados e em mais de 130 cidades do Brasil. O maior esquema acontecia no Estado de São Paulo, só no noroeste paulista, cerca de 80 prefeituras foram vistoriadas e tiveram os expedientes interrompidos.
O procurador geral do município de Jales, André Domingues Sanches Pereira, em nota oficial, informou que a prefeita Nice Mistilides, determinou que "a administração municipal contribua plenamente com as investigações da Polícia Federal, Ministério Público Estadual e Ministério Público Federal com relação a operação desencadeada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) e a orientação é de contribuir com as investigações".
Todo material solicitado pelo GAECO junto à Prefeitura de Jales, segundo o procurador André Domingues, "foi prontamente fornecido, bem como informações dos setores de Licitação e Contabilidade".

Os custos financeiros do alcoolismo

Por Paulo Vinícius Soares e Pedro Fernandes Porto Neto

"Gosto de sair a noite de tomar um birinight / Jurubeba, tubaína, Johnny Walker, Black White / Me afogo na cangibrina caio no tatibitati / Tomo cinco ou seis salinas feito fosse chocolate / Engulo até gasolina, mas detesto coca light" [...].
Música: Eu detesto coca light. Zeca Baleiro

O alcoolismo, além de um problema pessoal, é também um problema social, empresarial e humano. No mundo, os gastos referentes à doença só perdem para o tabagismo e significam mais que o total dos custos decorrentes do uso de todas as outras drogas juntas.
O alcoolismo é uma doença crônica, caracterizada pelo consumo compulsivo de álcool, na qual o usuário se torna cada vez mais tolerante a intoxicação e que apresenta sintomas e sinais de abstinência quando o mesmo é retirado, sinais típicos de usuários de drogas quando separados do vício.
Geralmente, as causas da doença são: o ambiente social e a cultura, a predisposição genética e a saúde psicológica. Mas, sua forma de agir no metabolismo ainda é incerta. Para a maioria das pessoas, o consumo de álcool gera pouco ou nenhum risco de se tornar doença, porém existe uma semente plantada e que pode germinar a qualquer momento, pois há a influência constante no corpo físico, enganando o psicológico, isto porque além da legalidade adulta e falta de fiscalização para a menor idade, existe um pressuposto social de que a maioria já utilizou ou utilizará. Para algumas faixas etárias, como a adolescência, é considerado parte de um status e inclusão de grupo.
As consequências do vício podem ser muitas, a começar pelos danos ao próprio corpo, como câncer na cavidade oral, esôfago, faringe, fígado e/ou vesícula biliar; hepatite, cirrose, gastrite, úlcera, danos cerebrais, desnutrição, problemas cardíacos, problemas de pressão arterial e transtornos psicológicos até a morte. Durante a gestação, causa má formação fetal. Fora isso há o problema familiar, social e profissional que vão além das notícias de acidentes de trânsitos, degradando aos poucos a sociedade.
O tratamento necessário depende muito do quadro do paciente, porém o mais comum é a desintoxicação e posterior reabilitação, idêntico aos fatores necessários para recolocação na sociedade de usuários das demais drogas ilegais. Vale lembrar que não existe cura e normalmente são tratamentos longos em que podem acontecer recaídas. O apoio da família e dos amigos é essencial, mas como, em alguns casos, se refugiar do lobo em sua toca?
O ponto principal deste artigo, contudo, é o custo financeiro do alcoolismo, que muitos parecem não enxergar ou fingem ser assim e a sua divulgação é restrita. Além do obvio drama familiar, dados especulativos estimam que o Brasil gaste em torno de R$ 100 bilhões de reais ao ano para o tratamento e outros impactos decorrentes da doença, custo decorrente de fatores como acidentes de trânsito, criminalidade, violência doméstica, absenteísmo, desemprego e outros, que muitas vezes não são apontados pela prestação de conta do orçamento, sendo mascarados por outras contas, quando na verdade o custo foi gerado pela utilização da droga.
Para termos uma idéia dessa cifra, ela é maior que o orçamento do Ministério da Educação, que em 2012 foi de R$ 82 bilhões de reais. Não nos restam dúvidas de que este montante sendo revertido para as áreas sociais certamente seria extraordinário. Analisar esta doença critica do ponto de vista de ônus financeiro e os efeitos econômicos que ela acarreta parece egoísmo, mas é necessário para nos fazer enxergar a urgência da questão.
E é por tudo isso que o Governo deve tomar, em caráter de urgência, medidas providenciais (como fez com o tabaco) aumentando, por exemplo, os impostos para tornar os produtos alcoólicos mais dispendiosos, expondo veementemente seus males para os consumidores, visando diminuir seu consumo, em medidas provavelmente impopulares, porém necessárias, pois atualmente trata-se de um tema de extrema importância para a saúde pública, e que tende a piorar como demonstram os números de aumento do consumo, afinal o papel do estado é proteger e cuidar da nação.
Mais importante do que simplesmente combater o uso, é tratar da prevenção ao alcoolismo e ao consumo excessivo de álcool, principalmente entre os jovens, onde tudo se inicia e a semente é plantada. Seminários didáticos e interativos onde deve ser exposto os danos causados por essa substância, promovendo ainda atividades recreativas e esportivas no tempo livre, pois são meios de encaminhar as próximas gerações para uma vida mais saudável.
Para que tudo isso ocorra e estes números retrocedam, deve-se ter a compreensão e o apoio mínimo da população, para que a discussão sobre os males surja dentro dos lares, criando metas para uma sociedade livre dos prejuízos do álcool e que os objetivos de melhorias sejam alcançados. Quem sabe assim podemos nos preocupar com outros assuntos que podem alavancar nossa economia, oferecendo melhor qualidade de vida para nossa nação.Paulo Vinícius Soares e Pedro Fernandes Porto Neto: Acadêmicos de Administração da UFMS – Campus de Três Lagoas (MS).

Felizes para sempre



Uma alinhada recepção no Sato Buffet, no dia 29 de março, às 20 horas, marcou o casamento de Leticia de Oliveira Brandão e Alex A. Ramires dos Santos. Advogados residentes em Três Lagoas (MS), eles decidiram celebrar o enlace matrimonial em Jales, em homenagem ao avô do noivo, Antonio Neo Alves dos Santos.
Sonialice Ramires dos Santos, residente em Paranaíba (MS), mãe de Alex, juntamente com os pais da noiva, Cleunice de Oliveira e Adelino Brandão (Dourados-MS), compartilharam este momento com familiares e convidados na presença do reverendo João Marcos (PIB-Paranaíba-MS), que celebrou a cerimônia a convite dos noivos e magnificamente falou sobre a harmonia.
O cerimonial de todo o evento foi de Jocelia Cabrini e as fotos de

EDITAIS DE PROCLAMAS

Ademir de Mattis
, Oficial do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de Jales, Estado de São Paulo. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro.
WILLIANS GOES LUIZ e ROSECLEIA SABADINI ROS. ELE,
natural de Jales, deste Estado, nascido aos 29 de abril de 1.988, soldador, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Valdecir Goes Luiz e de Marlenice Severino da Silveira. ELA, natural de Fernandópolis, deste Estado, nascida aos 15 de setembro de 1.978, vendedora, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Antonio Rosa Sobrinho e de Cleonice Sabadini Rosa.
HENRIQUE COSTA DE OLIVEIRA e ELIANA PAULA MIZUTANI ZANINI. ELE,
natural de São Paulo, deste Estado, nascido aos 14 de abril de 1.982, arquiteto de tecnologia da informação, solteiro, residente e domiciliado em São Paulo, deste Estado, filho de Ronaldo Costa de Oliveira e de Clarice Aparecida Candida. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 30 de agosto de 1.981, analista fiscal, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Antonio Valdecir Zanini e de Keiko Mizutani Zanini. Cópia para ser afixada no Oficial de Registro Civil de Jabaquara, em São Paulo – SP, onde reside o contraente.
DANILO FERREIRA DE ALMEIDA e LÉIA BRITO DA SILVA. ELE,
natural de Urânia, deste Estado, nascido aos 03 de agosto de 1.982, soldador, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Manoel Messias de Almeida e de Jacira Ferreira. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 08 de dezembro de 1.990, auxiliar administrativa, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de José da Silva e de Olga Brito da Silva.
FRANCISCO RODRIGUES DE SOUZA e ELZA RODRIGUES. ELE,
natural de Santa Albertina, deste Estado, nascido aos 08 de abril de 1.964, funcionário público estadual, viuvo, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de José Rodrigues de Souza e de Antonia Bandeira de Souza. ELA, natural de Santa Fé do Sul, deste Estado, nascida aos 16 de novembro de 1.970, do lar, divorciada, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Abelardo Rodrigues e de Maria Laini Rodrigues.
SE ALGUÉM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO OPONHA-O NA FORMA DA LEI. LAVRO OS PRESENTES PARA SEREM AFIXADOS NO REGISTRO CIVIL E PUBLICADOS NA FOLHA NOROESTE, NESTA CIDADE DE JALES.
Ademir de Mattis - Oficial

Iamspe aumenta em 20% pagamento consulta em sua rede

O Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe), vinculado à Secretaria de Estado da Gestão Pública, determinou reajuste de 20% no valor pago aos médicos de sua rede pelo atendimento aos servidores. O valor passou de R$ 34 para R$ 41 por consulta, desde setembro de 2012.
O reajuste da tabela de procedimentos do Iamspe acumula alta de 64% desde 2008, contribuindo para a valorização dos profissionais. Naquele ano, a instituição pagava R$ 25 por consulta.
"Para garantir um atendimento de qualidade a todos os servidores estaduais e seus agregados é fundamental remunerar bem a categoria médica. Por isso, decidimos investir e elevar, gradativamente, os valores pagos aos médicos da rede pelas consultas que realizam", afirma o superintendente do Iamspe, Latif Abrão Junior.
Os médicos credenciados atendem aos usuários em consultórios e clínicas particulares, com conforto e sem burocracia.
O Iamspe tem hoje uma das maiores redes de atendimento em saúde para funcionários públicos do país.
Além do Hospital do Servidor Público Estadual, na capital paulista, possui 17 postos de atendimento próprios no interior, os Ceamas (Centros de Assistência Médico-Ambulatorial), e disponibiliza assistência em 100 hospitais e 100 laboratórios de análises clínicas e de imagem credenciados pela instituição, além de 3.000 médicos em 200 cidades paulistas, beneficiando 1,3 milhão de pessoas em todo o Estado.

A atuação do fisioterapeuta na oncologia

Adriana Castilho
O tratamento oncológico atual não se baseia apenas na sobrevivência dos pacientes, mas também com a qualidade de vida durante e após o tratamento. Desta forma a Fisioterapia Oncológica é muito requisitada no pré, pós-operatório e durante todo o tratamento.
A área de atuação mais conhecida da fisioterapia oncológica é no tratamento do câncer de mama, pois podem ocorrer linfedema (edema de membro superior do lado da mama operada comum após cirurgias onde houve retirada dos gânglios presentes nas axilas) e diminuição da mobilidade do ombro. A fisioterapia é imprescindível para a restauração do movimento e diminuição e prevenção dos distúrbios linfáticos. Mas a atuação fisioterapêutica não se restringe a mama, abordando outras regiões como tórax, cabeça e pescoço, tumores cerebrais e do sistema músculo-esquelético.
O fisioterapeuta deve desenvolver suas ações em qualquer faixa etária e em contextos que vão da cura aos casos irreversíveis de câncer, sempre promovendo programas para prevenir, curar ou minimizar as sequelas do tratamento oncológico. Dentre os comprometimentos que o tratamento oncológico ocasiona estão a incontinência urinária e fecal, restrição ou perda de movimentos, dores, alterações respiratórias, disfunções posturais, alterações ósseas e circulatórias.
Visando sempre devolver a qualidade de vida ao paciente a fisioterapia tem por objetivo restaurar possíveis déficits motores e prevenir distúrbios ocasionados pelo tratamento realizando exercícios passivos, ativos ou resistidos, exercícios para fortalecimento do assoalho pélvico e rede venosa periférica, exercícios respiratórios, treino de marcha e equilíbrio, alongamentos musculares, mobilizações articulares, drenagem linfática manual, enfaixamentos compressivos, reeducação postural e diafragmática, eletroterapia além de orientações para familiares e cuidadores com a saúde do paciente. Se necessário o fisioterapeuta deve realizar intervenções domiciliares para readaptação ocupacional, melhor acessibilidade e prevenção de quedas.
Para atingir todos os benefícios o paciente precisa ter dedicação e muitas vezes realizar fisioterapia diária, o que muitas vezes se torna impossível pela própria debilidade dos pacientes oncológicos. O fisioterapeuta deve enfim não apenas se preocupar com a parte do organismo afetada pela doença, sendo necessário comprometimento com a autoestima e qualidade de vida do paciente.
Professora Adriana Vioti Ferreira Castilho
Graduação pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (2006). Especialização em Fisioterapia Dermato-funcional pela Unaerp (2008). Fisioterapeuta da Fundação Pio XII - Unidade III, (Hospital do Cancer de Barretos - Unidade Jales). Docente do curso de graduação em Fisioterapia do Centro Universitário de Jales, Brasil. 

Professora da Unijales participa da CBDN

Entre os dias 20 e 22 de março, a professora do curso de Farmácia da Unijales, Kelys Ramos (foto) participou da CBDNat- Conferência Brasileira de Desastres Naturais 2013.
Sua participação foi marcada através da apresentação de um trabalho com o tema "Atributos físicos do solo sob diversos usos e manejos no Noroeste Paulista", sob orientação do Professor Dr. Roberto Andriani Junior. O trabalho foi apresentado no Parque Tecnológico de São José dos Campos (SP).
O objetivo do trabalho foi avaliar os atributos físicos do solo sob diversos usos e manejo do solo na Região Noroeste Paulista, no município de Fernandópolis, quando comparado com as matas nativas.
Segundo Kelys Ramos, as análises foram referentes à textura, densidade do solo e dos sólidos, umidade, porosidade total, armazenamento total e resistência mecânica do solo a penetração. "Pode-se constatar que independente do uso e ocupação do solo, todas as propriedades físicas do solo relacionadas ao manejo, foram afetadas em relação à mata nativa, principalmente à porosidade total", concluiu a professora Kelys.

Momento consciencial

Adelvair David

Um dos maiores atributos da vivência humana é o livre arbítrio, porém, o seu maior aferidor e direcionador é a consciência. Impossível subtrair-se ao seu jugo.
Ela fixa definitivamente na intimidade do homem o que lhe definirá a felicidade ou a desdita. É claridade sobre todas as suas ações, de quem não pode evadir-se; sempre, dentro do nível de maturidade espiritual que possua, ela aparece indicando o que se deve ou não fazer, qual a melhor escolha, qual a decisão mais acertada, seja nas questões materiais, morais e ou espirituais.
Lamentam muitos espíritos já no grande além, terem agido desta ou daquela forma; dizem que deveriam ter resolvido de outra maneira a querela que agora os têm prisioneiros. Sentem-se como animais presos a dimensionada corda, não conseguindo ir além, devido ao impedimento consciencial. Anunciam que em futuros compromissos agirão melhor. Há muita agonia, porém, não há dedo em riste que lhes aponte o mal; a realidade agora não permite esconderijos; as razões são todas veladas. Enganos, parcerias em desalinhos morais e conveniências indignas são gritos no silêncio emocional de cada um, tendo feito despertar a consciência.
O orgulho tem feito perder as melhores oportunidades de crescimento humano; Fascinado por ideias de maioridade moral antecipada, atira-se o homem a caminhos de valorização exterior, encontrando incautos como ele que lhe promove porque lhes são iguais. Cumprir judiciosamente o seu dever é convite urgente da vida. Embora o direito da escolha para se alterar a caminhada, necessário perguntar-se: A tarefa existencial da família, do trabalho, da amizade e da religiosidade fora integramente cumprida? Mesmo que a resposta seja positiva, o que seria uma excepcionalidade há que se saber se nestas tarefas foi alcançada a excelência da doação do amor, como a recomendou Jesus, na dimensão que cada uma delas solicita. A maioria dos seres humanos deseja ser senhor sem ter aprendido primeiro a ser servo. Já alertava o divino amigo: "[...] aquele que quiser tornar-se grande entre vós seja aquele que serve, e o que quiser ser o primeiro dentre vós, seja o vosso servo".
O brilho fictício de se reveste o homem momentaneamente dura pouco e, há seu tempo, aqui ou na vida espiritual revelará a superfície arranhada sem acabamento moral que possa lhe dar descanso emocional; é o chamado momento consciencial que a todos comunicará as vitórias e os fracassos para devidas meditações e posterior resolução. Sendo herdeiro de si mesmo, aí se explicam os vários dramas do homem na Terra.
A caridade, sob qualquer aspecto é caminho iluminado, onde a treva do egoísmo perde o seu reinado.
A CONSCIÊNCIA DEIXA LIVRE AQUELE QUE AMOU, AMA E SE PROPÕE CONTINUAR AMANDO.

Isaias Sanches, de Aparecida D´Oestereivindica recursos para o município

O prefeito Isaias Aparecido Sanches, de Aparecida D´Oeste, acompanhado do deputado Carlão Pignatari (PSDB) em audiência com o secretário adjunto da Casa Civil, Rubens Cury, reivindicou R$ 680 mil para obras de infraestrutura no município O vereador Maércio Menezes também participou da audiência.
De acordo com o prefeito Isaias Sanches, R$ 500 mil serão destinados para a pavimentação e drenagem da estrada ADT 030, que liga o município ao Frigorífico Frigosul. Isaias explicou que são 800 metros de estrada que precisam ser asfaltados.
O prefeito também reivindicou R$ 180 mil para a construção de uma ponte na estrada ADT 353, que liga o município ao Bairro do Canguçu. Isaias disse que se trata de uma ponte de madeira, que com o tráfego constante de caminhões, sua estrutura ficou bastante danificada, colocando em risco a segurança das pessoas que passam pelo local.
O secretário Rubens Cury disse que encaminhará o pedido ao governador Geraldo Alckmin, mas que será possível atender a reivindicação.

ETEC Jales realiza a Agritec 2013 com sucesso





A Escola Técnica Estadual "Dr. José Luiz Viana Coutinho" (Escola Agrícola de Jales) realizou no dia 4 de abril, a AGRITEC 2013, que teve como objetivos a promoção do ensino-aprendizagem através de experimentos de campo conduzidos pelos alunos, a exposição das principais tecnologias em variedades de milho bem como os sistemas de produção envolvendo integração lavoura-pecuária, rotação de culturas, sistemas de plantio direto, agricultura de precisão, tratores, implementos agrícolas e ao mesmo tempo promovendo a aproximação da comunidade regional com o ambiente escolar e com as atividades práticas lá desenvolvidas.
O evento foi organizado pelos docentes e alunos da ETEC Jales e a CATI Regional de Jales, e contou com a participação de várias empresas parceiras de diversos segmentos agrícolas.
A instalação da área experimental de 3 hectares, cujo preparo do solo e o plantio ocorreu em dezembro de 2012, contou com a participação dos alunos de todos os cursos de Agropecuária da Escola, que conduziram os experimentos durante aproximadamente 120 dias, realizando os tratos culturais necessários.
Para o professor Msc. e engenheiro Agrônomo João Vitor Ferrari, que coordenou o evento "a ETEC Jales apresentou novas e modernas propostas de cultivo do milho, com a participação de diversas empresas e a importante presença de dezenas de produtores rurais, que enriqueceram nosso trabalho", afirmou.
Durante a AGRITEC 2013, os mais de 150 produtores rurais, estudantes de diversas instituições da região e empresários de mais de 20 municípios que compareceram ao local, assistiram palestras no auditório e participaram da exposição dos materiais por parte das empresas na área experimental. Ao final das atividades houve um momento de confraternização sendo oferecido um churrasco aos participantes.

CNBB em Assembleia

D. Demétrio Valentini

Está em pleno andamento a Assembléia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, em Aparecida. E´ tradição de longa data, depois da Páscoa, os bispos todos do Brasil se reunirem em assembléia.
A possibilidade de se encontrarem, durante dez dias, vindos de todos os recantos do país, já justifica essa assembléia, independente dos assuntos a serem tratados.
Consolidar a comunhão dos bispos entre si, partilhando momentos de convivência fraterna, de troca de experiências, e de informações sobre a vida das dioceses, é sempre a finalidade principal de sua assembléia, seja qual for a agenda.
Cada assembléia tem sua característica, dependendo do contexto em se realiza. Desta vez a expectativa maior é como situar a assembléia no novo contexto eclesial, decorrente das diversas surpresas acontecidas neste início de ano, a começar pela renúncia de Bento 16, culminando com a eleição do Papa Francisco.
Mesmo que nem façam parte da pauta, os comentários a respeito do novo Papa serão, certamente, o assunto principal das conversas entre os bispos.
Uma assembléia, portanto, muito marcada pelo novo clima, de diálogo e de esperança, que o Papa Francisco suscitou de maneira tão insistente neste início de seu pontificado.
Confirmada a presença do Papa no mês de julho, no Rio de Janeiro, o fato se insere no contexto mais amplo da importância da Igreja da América Latina. De fato a eleição de um cardeal latino americano, e sua primeira visita como papa ao Brasil, colocam em evidência a perspectiva latino americana da Igreja Católica, no momento histórico que estamos vivendo.
Este contexto repercute também na CNBB. Se a Igreja, no mundo inteiro, "passa a palavra" para a América Latina, é claro que a Igreja do Brasil é chamada a manifestar-se, através dos posicionamentos que o pontificado do Papa Francisco irá certamente solicitar. Isto coloca para a CNBB o desafio de identificar as contribuições válidas que a Igreja do Brasil está em condições de oferecer, contanto que sejam bem dimensionadas.
O tema central desta 51ª Assembléia se apresenta assim: "Comunidade de comunidades – uma nova Paróquia"
Sejam quais forem os enfoques que este tema pode comportar, é evidente a referência às "comunidades", que se constituíram na experiência eclesial mais válida e mais consistente que a Igreja do Brasil vivenciou, no seu empenho de suscitar "comunidades eclesiais" autênticas, bem inseridas na realidade, guiadas por valores evangélicos, fortalecidas pela Palavra de Deus, e conscientes da comunhão eclesial a ser devidamente cultivada e manifestada.
A formação de comunidades eclesiais concretas, abertas à participação dos seus membros, prontas a valorizar os ministros ordenados, foi a riqueza mais original, produzida pelo esforço de renovação eclesial incentivado pelo Concílio.
De certa maneira, a Igreja do Brasil, no seu empenho de aplicar o Concílio, refez a caminhada da Igreja Primitiva, que teve nas comunidades o seu fruto melhor, resultante do testemunho que davam do Senhor Ressuscitado.
Com o clima de confiança e de abertura, suscitado pelo Papa Francisco, dá para sonhar que as riquezas da caminhada da Igreja Latino Americana sejam agora olhadas com serenidade, e colocadas a serviço da ampla renovação eclesial desencadeada pelo Concílio.

Governo libera R$ 3,6 milhões para municípios da região de Jales

"O Estado de São Paulo é forte porque seus municípios são fortes. O desenvolvimento de São Paulo nasce dos municípios e se espalha por todo o Estado", disse o governador Geraldo Alckmin durante cerimônia que marcou a assinatura deconvênios com municípios paulistas nesta quarta-feira, 10 de abril, no Plalácio dos Bandeirantes.
O governador Alckmin a autorizou a liberação de R$ 3.669.986,92 destinados a oito municípios da região de Jales. Ao todo, são 14 convênios assinados pelas Casa Civil, Casa Militar, Secretaria de Estado da Educação, Secretaria de Estado do Meio Ambiente, Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Regional e Secretaria de Estado do Saneamento e Recursos Hídricos.
"É o dinheiro público mais bem empregado porque é mais perto da população. O município prioriza e escolhe melhor. O maior beneficiário deste trabalho é o povo. Estado e município, quando se unem, têm nota 10, quem ganha é a população e em áreas estratégicas", afirmou o governador Alckmin. O pacote prevê investimentos em várias frentes.
Na Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Regional (SPDR) assinaram convênios os municípios de: Dirce Reis R$ 150.000,00 para iluminação pública do estádio municipal; Dolcinópolis R$ 230.000,00 para aquisição de pá carregadeira; São Francisco R$ 180.000,00 para a reforma e adequação do Centro de Lazer do Trabalhador "Olídio José dos Santos" e Três Fronteiras R$ 200.000,00 para aquisição de um caminhão basculante.
Na Secretaria de Estado Saneamento e Recursos Hídricos (SSRH) assinaram convênios os municípios de: Paranapuã R$ 26.371,80 para estudo para elaboração de plano de gestão integração de gestão e gerenciamento dos resíduos sólidos: São Francisco R$ 91.973,00 para elaboração de plano diretor municipal de combate à erosão rural (conservação do solo), São Francisco R$ 145.063,82 para proteção e defesa contra à erosão do solo agrícola e assoreamento de mananciais; Populina R$ 167.977,10 para instalação de fossas sépticas biodogestoras - melhoria do saneamento rural e R$ 77.399,80 para plano diretor municipal de combate à erosão rural; Santa Salete R$ 146.645,68 para proteção e defesa contra erosão do solo agrícola e assoreamento de mananciais; Três Fronteiras R$ 203.845,04 para obra de prevenção e contenção da erosão do solo e assoreamento dos corpos d’água - Córrego Queixada e R$ 23.990,40 para complementação do plano diretor de controle de erosão urbana e na Secretaria de Estado da Educação (SEDUC) assinaram convênios para Creche-Escola o município de Santa Albertina no valor de R$ 1.666.720,22 e na Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SMA) o município de Santa Fé do Sul assinou convênio no valor de R$ 360.000,00 para aquisição de um trator de esteira.

Thatcherismo

Reginaldo Villazón
No ano passado, a atriz norte-americana Meryl Streep ganhou o seu segundo Oscar de Melhor Atriz Principal, na cerimônia da Academia de Artes e Ciências do Cinema, em Hollywood, Los Angeles (Califórnia, EUA). O prêmio chamou a atenção para o filme "A Dama de Ferro", no qual a atriz interpreta a política britânica Margaret Thatcher, que comandou o Reino Unido por 11 anos.
Na última segunda-feira (08 de abril), a ex-primeira-ministra Margaret Thatcher faleceu aos 87 anos, após um derrame cerebral, em Londres. Seus admiradores lamentaram. Mas houve gente que celebrou sua morte com alegria em passeatas, portando cartazes ofensivos e tomando champanhe. Isto mostra a intensidade do seu o governo, que acabou há 22 anos e ainda está vivo nas pessoas.

Margaret Thatcher nasceu numa cidadezinha inglesa, filha de um pequeno comerciante e político local. Foi criada segundo a Igreja Metodista. Na juventude, deixou a cidade para estudar em universidade. Graduou-se em Química e qualificou-se Advogada. Ingressou no Partido Conservador e fez carreira política. Foi membro do Parlamento, ministra da Educação e se tornou líder do partido.
Ela foi eleita três vezes Primeira-Ministra, o que lhe permitiu exercer o cargo de 1979 a 1990. Por agir de forma autoritária, ganhou o apelido de Dama de Ferro. Por acreditar na liberdade econômica como fórmula infalível para a prosperidade, fez o primeiro choque de neoliberalismo no mundo. Sob o lema "economia livre e estado forte", sua política econômica e social foi chamada Thatcherismo.
Assim, ela cortou investimentos públicos, reduziu gastos sociais do governo, privatizou empresas, lutou contra os sindicatos de trabalhadores, acabou com o salário mínimo, reduziu os impostos sobre renda e patrimônio, aumentou os impostos sobre consumo. A prosperidade seria alcançada com a economia grande e livre, o estado pequeno e forte. O individual teria supremacia sobre o coletivo.
Durante o seu governo, houve resultados desastrosos. A produção industrial despencou, o desemprego atingiu três milhões de pessoas, os pobres pagaram impostos proporcionais maiores que os ricos, a desigualdade da distribuição de renda aumentou. A elite econômica chegou a possuir mais da metade da riqueza do país. O percentual de crianças pobres chegou a ser o maior da Europa.
Apesar dos problemas, a política de Thatcher reativou a economia do Reino Unido. Por este motivo – mais o fim do império comunista e o avanço da globalização –, o Thatcherismo se espalhou pelo mundo. O Brasil não ficou à parte. Esta política econômica e social, fundada na ideologia capitalista, alterna sucessos e insucessos. Nas crises, os governantes têm que usar dinheiro público para acudir setores privados.
Historicamente, as ideologias surgem para confronto com outras ideologias e servem para justificar a ascensão de novos grupos sociais ao poder. Mas elas envelhecem e perdem a utilidade. Como foi a ideologia comunista. O Thatcherismo é tal, qual um tubo de oxigênio puro, que anima a ideologia capitalista e a faz exibir, sem rodeios, tudo o que ela tem de excelente e de perverso.
Por exemplo, hoje, os jovens aprendem na escola, na televisão e na internet, que o capitalismo – com sua lógica de produção, consumo e lucro – agride as reservas naturais do planeta. Este motivo é suficiente para o mundo repensar o capitalismo. Pode-se dizer que Margaret Thatcher foi uma governante dominadora, teimosa e cruel. Mas é preciso extrair as lições da sua ousada política capitalista.

PALAVRAS DE CHICO XAVIER


Pergunta
– Já está havendo intensificação no selecionamento de espíritos para reencarnação, nestes últimos tempos, dadas as freqüentes demonstrações de precocidade?
Chico Xavier
– A intensificação no trabalho seletivo de valores novos para o mundo regenerado de amanhã, na esfera da reencarnação, vem sendo levada a efeito de modo gradativo pela Espiritualidade Superior.
Pergunta
– Qual a melhor maneira, no conceito da Espiritualidade Superior, de se operar o chamado desenvolvimento da mediunidade?Chico Xavier – O espírito de Emmanuel sempre afirma que o desenvolvimento da mediunidade, na essência, deve ser o burilamento da criatura em si, porque o aperfeiçoamento do instrumento naturalmente permitirá ao espírito manifestar-se, em melhores condições de autenticidade, em auxílio a nós outros.

Campanha do Agasalho em Jales arrecada milhares de peças

A presidenta do Fundo Social de Solidariedade, Lúcia Callado e a chefe de gabineteda pasta, Maria José Leite recebendo peças de vestuário de um morador jalesense
A população jalesense, mais uma vez, mostrou que é solidária e participou ativamente do Arrastão da Campanha do Agasalho, realizada no início da noite dessa quinta-feira, 11 de abril, pelo Fundo Social de Solidariedade de Jales.
O mutirão formado por centenas de pessoas fez uma concentração em frente da Sabesp e dividiu em oito grupos que percorreram diversos bairros da cidade. Milhares de peças de vestuário, cobertores, agasalhos e calçados foram doados e vão ser distribuídos para aquecer os dias frios de inverno das famílias carentes do município.
A presidente do Fundo Social também confirmou que além do arrastão, dezenas de postos de arrecadação estão espalhados pela cidade. "Escolas das redes municipal, estadual e particulares de ensino, supermercados, clubes de serviço, sede da OAB Jales, Câmara e Prefeitura Municipal, delegacias de polícia, igrejas, agências bancárias, Hospital de Câncer, Santa Casa, estão contribuindo com a campanha e cederam espaços que servem como postos de arrecadação".
A presidenta do Fundo Social de Solidariedade contou que as peças arrecadadas no Arrastão serão distribuídas durante um bazar beneficente cuja data será divulgada oportunamente. "Estamos muito felizes com o resultado do Arrastão e queremos agradecer a todos que participaram direta e indiretamente de nossa Campanha, contribuindo para que nós possamos aquecer o inverno daqueles que não têm condições de comprar roupas, calçados, cobertores e agasalhos. Arrecadamos uma quantidade inacreditável de peças de boa qualidade graças à solidariedade da população jalesense, a quem eu quero agradecer do fundo do coração".

Glicério assina convênio e contrato para prestação de serviços pela Sabesp para os próximos 30 anos


Itamar Chideroll (de gravata) ladeado por Antonio
Rodrigues da Grela Filho e Luiz Paulo de Almeida Neto
Na quarta-feira, 10 de abril, no Palácio dos Bandeirantes, foi assinado Convênio de Cooperação e Contrato de Programa entre o Governo do Estado, prefeitura de Glicério e Sabesp, para Prestação de Serviços de Saneamento pelos próximos 30 anos no município de Glicério.
O contrato é resultado de negociação que iniciou em 2012 com Diretor de Sistemas Regionais da Sabesp, Luiz Paulo de Almeida Neto e o então prefeito, Eneas Xavier da Cunha. O contrato atende as diretrizes estabelecidas pela lei 11.445/07, que regulamenta o setor de saneamento. A Sabesp promoverá no município, melhorias no sistema de produção e abastecimento de água com recuperação das áreas; poços e reservatórios.
Também serão feitos investimentos no sistema de esgotamento sanitário com recuperação da estação de tratamento de esgotos da sede, construção da estação de tratamento de esgotos do Distrito de Juritis e reforma da Estação Elevatória de Esgotos final. Os investimentos previstos somam R$ 2,83 milhões. Presentes à cerimônia, o prefeito de Glicério, Itamar Chiderolli, o ex-prefeito Eneas Xavier da Cunha e vereadores.

Produção de cana ultrapassa 650 milhões de toneladas

A produção de cana-de-açúcar da safra 2013/2014 deve chegar a 653,81 milhões de toneladas, com um aumento de 11% sobre as 588,92 milhões de toneladas da temporada passada. Os números são do primeiro levantamento, divulgado hoje (9) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), em Brasília, e fecha a safra 2012/2013, já com a participação nordestina de 55,93 milhões de toneladas.
Também houve elevação da área de corte de 8.485 mil para 8.893 mil hectares. O percentual de recuperação da produtividade média das lavouras ficou estimado em 5,9%, graças à renovação de 968,38 mil ha e à normalização das condições climáticas que favoreceram os canaviais sobretudo da região Centro-Sul.
Açúcar e etanol estão bem situados. Para o açúcar, espera-se um aumento de 13,61%, devendo passar de 38,34 milhões de toneladas para 43,56 milhões, enquanto que a produção total de etanol subiu 8,99%, devendo elevar de 23,64 bilhões de litros para 25,77 bilhões. O mesmo ocorre com a produção do etanol anidro, que se destina à mistura com a gasolina, que amplia 15,35%, crescendo de 9,85 bilhões de litros para 11,36 bilhões, ao passo que o hidratado, utilizado nos veículos "flex-fuel", sobe 4,45% e a marca de 13,79 bilhões de litros passa para 14,40 bilhões. (Raimundo Estevam/Conab)

quinta-feira, 11 de abril de 2013

As inscrições para o curso de teatro destinado às crianças, no Ponto de Cultura ELITE – Escola Livre de Teatro já estão abertas. Os interessados devem comparecer até o dia 26 de abril, acompanhado do responsável e portando documento de identidade, no escritório localizado atrás do Teatro Municipal, e pagar uma taxa de R$ 15.
A ELITE através do Núcleo Pequenos Atores e com o apoio da Secretaria Municipal de Esporte, Cultura e Turismo, oferece às crianças a oportunidade de evoluírem aspectos de sua formação que, muitas vezes, fogem à educação formal. São jogos e dinâmicas que estimulam o aluno de forma lúdica a encontrar respostas para questões muitas vezes complicadas.
As aulas serão ministradas sempre às terças e quintas feiras, das 17 às 18 horas ou de sábado das 09 às 11h15. Segundo o diretor do Ponto de Cultura Escola Livre de Teatro, Clayton Campos, as relações interpessoais aprimoradas são fundamentais para uma vida mais segura, criativa e produtiva, tanto na escola como futuramente na vida profissional. Crianças e adolescentes podem aprender muito mais sobre isso por meio da alegria e do estímulo artístico e intelectual e um curso de teatro pode fazê-lo. "O curso para as crianças tem nos rendido bons frutos ao longo de sua existência. Foi nesse Núcleo que atores e atrizes como Ítalo Sasso, Eduardo Bartolomeu e Rafaela Herran e tantos outros deram seus primeiros passos na arte de representar, todos com 10 anos de idade, e hoje estão fazendo sucesso Brasil afora e até no exterior", enfatizou Clayton.

Elite abre inscrições para curso de atores mirins

As inscrições para o curso de teatro destinado às crianças, no Ponto de Cultura ELITE – Escola Livre de Teatro já estão abertas. Os interessados devem comparecer até o dia 26 de abril, acompanhado do responsável e portando documento de identidade, no escritório localizado atrás do Teatro Municipal, e pagar uma taxa de R$ 15.
A ELITE através do Núcleo Pequenos Atores e com o apoio da Secretaria Municipal de Esporte, Cultura e Turismo, oferece às crianças a oportunidade de evoluírem aspectos de sua formação que, muitas vezes, fogem à educação formal. São jogos e dinâmicas que estimulam o aluno de forma lúdica a encontrar respostas para questões muitas vezes complicadas.
As aulas serão ministradas sempre às terças e quintas feiras, das 17 às 18 horas ou de sábado das 09 às 11h15. Segundo o diretor do Ponto de Cultura Escola Livre de Teatro, Clayton Campos, as relações interpessoais aprimoradas são fundamentais para uma vida mais segura, criativa e produtiva, tanto na escola como futuramente na vida profissional. Crianças e adolescentes podem aprender muito mais sobre isso por meio da alegria e do estímulo artístico e intelectual e um curso de teatro pode fazê-lo. "O curso para as crianças tem nos rendido bons frutos ao longo de sua existência. Foi nesse Núcleo que atores e atrizes como Ítalo Sasso, Eduardo Bartolomeu e Rafaela Herran e tantos outros deram seus primeiros passos na arte de representar, todos com 10 anos de idade, e hoje estão fazendo sucesso Brasil afora e até no exterior", enfatizou Clayton.

Concurso cultural pelos 50 anos do Unifeb premiará vencedor com R$ 3 mil

Criado para escolher uma logomarca alusiva aos 50 anos do Unifeb ( Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos), data a ser comemorada em 25 de agosto de 2014, o concurso cultural coordenado pelo artista plástico e contabilista da instituição de ensino, Manoel Nunes Filho, premiará o vencedor com um prêmio de R$ 3 mil.
As inscrições são gratuitas e estão abertas para interessados de todo o país. Os trabalhos devem ser enviados pelos Correios com aviso de recebimento para Concurso Cultural Do Selo Comemorativo dos 50 Anos da FEB, na Avenida Prof. Roberto Frade Monte, 389 – Bairro Marieta, Barretos – SP - CEP 14783-226 – Caixa Postal 16. Serão aceitas as correspondências recebidas até 15 de maio de 2013.
Os trabalhos serão avaliados por membros da comunidade acadêmica e de ativistas culturais da cidade, por meio de apoio da Secretaria Municipal de Cultura. A divulgação dos resultados acontecerá entre os meses de junho e julho e a nova logomarca ilustrará o material da Campanha do Vestibular 2014 do Unifeb.
O regulamento do concurso está disponível pelo site: http://unifeb.edu.br/index.php?option=com_docman&Itemid=856

TRE-MS cassa diplomas de prefeito e vice de Paranaíba

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS), na sessão plenária desta terça-feira (9), cassou os diplomas de José Garcia de Freitas, o "Zé Braquiara" (PDT), e de Flávio Silveira Cury (PSC), respectivamente, prefeito e vice-prefeito de Paranaíba, eleitos em outubro de 2012.
Foram deferidos dois recursos do Ministério Público Eleitoral (MPE) contra decisões do Juiz da 13ª Zona Eleitoral de Paranaíba, em Ações de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE).
Em um deles, o relator, juiz Luiz Claudio Bonassini da Silva, entendeu configurado o abuso do poder, com gravidade suficiente para comprometer a lisura e a legitimidade do pleito, com a distribuição, antes do pleito, de dez mil exemplares de uma cartilha, confeccionada com recursos da prefeitura de Paranaíba, visando beneficiar o candidato à reeleição, Zé Braquiara.
Entendeu o relator que a cartilha foi evidente promoção pessoal do então prefeito e candidato, pois seu conteúdo praticamente coincidia com sua proposta de campanha, além de fazer maciça veiculação da imagem do prefeito, o que lhe proporcionou vantagem em detrimento dos demais candidatos.
"O recorrente deu destinação imprópria, imoral e ilegal a bem público, visando apenas à autopromoção, infringindo diversos princípios constitucionais. Não adotou nenhuma providência para evitar tal prática e, ao contrário, valeu-se dela para beneficiar-se de forma substancial, desequilibrando o pleito a seu favor, fatos que caracterizam a gravidade das circunstâncias a que se refere o inciso XVI do artigo 22 da Lei Complementar nº 64/90 [Lei de Inelegibilidades]", concluiu o voto, que foi acompanhado de forma unânime pelos demais juízes.
Em outro recurso eleitoral, acompanhando o voto do juiz Elton Luis Nasser de Melo, o Tribunal, por maioria, também reconheceu a prática do abuso de poder de autoridade, em decorrência de uso da página de internet e da conta de Facebook da prefeitura, para inserção de matérias cuja divulgação, segundo os julgadores, pretendia a promoção pessoal do então prefeito e candidato à reeleição, Zé Braquiara.
Considerou o relator que tal atitude foi grave a ponto de comprometer a lisura e a legitimidade da disputa eleitoral, desequilibrando o pleito pela ruptura do princípio da igualdade de oportunidade entre os candidatos.
"Restou inequivocamente demonstrado que os recorridos praticaram as condutas abusivas no uso indevido de meio de comunicação social e abuso de poder de autoridade, uma vez que, por intermédio de matérias veiculadas em página oficial da prefeitura, na internet e no Facebook, acessadas diariamente pelos membros da comunidade, enalteceram indevidamente a pessoa do representado José Garcia de Freitas, exploraram as ações governamentais em benefício de sua pessoa e do vice que integra a chapa majoritária e outras atividades envolvendo a imagem do prefeito, em indevida utilização da máquina administrativa em prol da candidatura à reeleição do chefe do Executivo Municipal", finalizou Elton Nasser.
Com tais entendimentos, ambas as decisões concluíram pela cassação dos diplomas de Zé Braquiara e Flávio Silveira Cury, declarando-lhes a inelegibilidade pelo período de oito anos, contado a partir da eleição de 2012.
Foram declarados nulos os votos recebidos pelos candidatos. Considerando que estes não alcançaram mais de 50% dos votos válidos no pleito de 2012, não serão necessárias novas eleições. A partir da publicação das decisões do TRE no Diário da Justiça Eletrônico (DJE), devem ser diplomados os candidatos da chapa que ficou em segundo lugar, Diogo Tita (PPS), e seu vice, Fredson Freitas da Costa (PDT). Da decisão ainda cabe recurso.
Fonte: Assessoria de Comunicação Social do TRE-MS

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Prefeitura Jales repassa R$ 200 mil para Hospital de Câncer


A prefeita Nice Mistilides se reuniu na tarde de quarta-feira (10) com representantes do Hospital do Câncer de Barretos - Unidade III Jales, para anunciar um repasse anual ao hospital no valor de R$ 200 mil. O depósito será feito mensalmente por meio de uma lei aprovada no ano de 2012 na Câmara Municipal de Jales, para repasse em 2013, de autoria da vereadora Peróla Fonseca Cardoso.
Segundo o Gerente Administrativo do hospital, Roger Mauro Dib, há três anos era solicitado este repasse, mas a liberação não era feito pelo governo anterior. "Viemos agradecer pessoalmente, pois em três meses de trabalho, a prefeita Nice celebrou este importante convênio e já nos repassou o valor referente aos três meses retroativos", afirmou.
A prefeita lembrou do encontro que teve com o presidente da Fundação Pio XII, Henrique Prata, em janeiro e reafirmou que a administração será mais que parceira da instituição. "Sei da jóia rara que recebemos, por isso o que tiver ao alcance do nosso município será feito". Atualmente o Hospital do Câncer conta com cerca de 310 funcionários. A Unidade tem um gasto estimado em R$ 2 milhões, mas recebe do SUS – Sistema Único de Saúde apenas R$ 830 mil, por isso necessita da ajuda dos municípios vizinhos e da sociedade.
Participaram também da entrega do cheque, o Assistente Administrativo da Unidade, Alexandre Souza Lima Garcia e os vereadores André Viotto, Claudir Aranda, Tiago Abra e Sergio Nishimoto.
Esclarecimentos - Nice aproveitou a oportunidade para dar fim às especulações de que teria ido até Barretos para tratar de assuntos referentes à presidente da Câmara, Perola Cardoso. "Fui até a cidade para visitar a nova casa que conquistamos para os pacientes de Jales que fazem tratamento por lá e aproveitei a oportunidade para falar com presidente da Fundação Pio XII, Henrique Prata, da celebração deste repasse e de novos projetos que em breve vamos anunciar.", finalizou.
Prefeita Nice, representantes do Hospital do Câncer
 e vereadores durante celebração do convênio

MPT abre inscrições para estágio em administração, biblioteconomia, jornalismo, relações públicas e TI

Processo seletivo formará cadastro reserva para as cidades de Campinas, Araraquara, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto e Sorocaba

Campinas (SP) – Estão abertas até o dia 20 de abril as inscrições para o processo seletivo de estágio acadêmico para as áreas de administração, biblioteconomia, jornalismo, relações públicas e tecnologia da informação (TI) no Ministério Público do Trabalho em Campinas. Para o curso de administração, também foram disponibilizadas vagas em Araraquara, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto e Sorocaba. A prova será realizada no dia 05 de maio, das 9 às 12, em locais divulgados no site do MPT.
O processo seletivo destina-se à formação de cadastro reserva para possíveis vagas de estágio que surgirem no decorrer da vigência do concurso. Os aprovados neste processo somente serão convocados, portanto, após o esgotamento da lista anterior ou depois de transcorrido o seu prazo de validade.
Estão habilitados a se candidatarem os estudantes que já completaram, no mínimo, 40% da carga horária ou dos créditos do curso superior, independente do semestre em que esteja formalmente matriculado. Fica reservado o percentual de 10% das vagas às pessoas com deficiência que, na inscrição, declararem tal condição.
Os candidatos aprovados terão direito a bolsa-auxílio no valor mensal de R$ 800, auxílio transporte, recesso remunerado e seguro contra acidentes pessoais. A carga horária equivale a 20 horas semanais e jornada diária de 4 horas, de segunda à sexta-feira.
As inscrições devem ser feitas exclusivamente pela internet, através do site da Procuradoria (www.prt15.mpt.gov.br), no período de 09 a 20 de abril, na sessão "Concursos e Estágios", onde se encontram o edital e o formulário eletrônico.
Os candidatos devem, inicialmente, realizar a pré-inscrição preenchendo a Ficha de Inscrição para Estágio. Após a efetivação, os interessados deverão apresentar documentação específica a um dos endereços discriminados no edital.
A relação de candidatos com inscrições deferidas, a convocação e os locais da prova serão publicados no endereço eletrônico do MPT. O processo seletivo consistirá na aplicação de prova escrita objetiva de caráter eliminatório e classificatório que avaliará conhecimentos específicos de cada área e de Língua Portuguesa.