Páginas

sábado, 19 de janeiro de 2013

AÇÃO CONTRA MÉDICOS DO SUS É DE COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA ESTADUAL

A juíza federal Andréia Fernandes Ono, substituta da 1ª Vara Federal em Jales/SP, declinou da competência para a Justiça Estadual o julgamento da ação em que médicos de Jales estariam cobrando, indevidamente, de seus pacientes,  pela realização de procedimentos já custeados pelo Sistema Único de Saúde – SUS.  
A denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF) foi baseada em inquérito policial instaurado para apurar a prática de concussão, estelionato e falsidade ideológica, onde foi identificada a irregularidade nas cobranças realizadas pelos médicos aos pacientes variando entre R$ 600,00 e R$ 1500,00. A Procuradoria solicitou que fosse decretada a prisão preventiva dos denunciados ou que fosse determinado o afastamento imediato do exercício de suas funções.  
Andréia Fernandes fundamentou a decisão com base no artigo 109, inciso IV, da Constituição Federal, cuja redação estabelece que aos juízes federais compete processar e julgar as infrações penais praticadas em detrimento de bens, serviços ou interesse da União ou de suas entidades autárquicas ou empresas públicas. No caso em questão, a juíza ressalta que os delitos teriam sido cometidos contra particulares.
“Verifico que os supostos crimes teriam sido cometidos contra particular, e não em detrimento de bens, serviços ou interesse da União ou de suas entidades autárquicas ou empresas públicas. Assim, não sendo os denunciados servidores ou agentes de entidade federal, a Justiça Federal não tem competência para processar e julgar futura ação penal”, declarou a magistrada. (KS)

Coluna Folha Geral

Coletiva
Segundo se falou, a prefeita Nice e seu vice Pedro Callado dariam nesta sexta-feira, 18 de janeiro, uma entrevista coletiva para falarem sobre a Facip e o Carnaval. Até o momento em que fechávamos esta coluna, nenhuma informação a respeito.
Nada de explicações
Passados 18 dias da publicação de um anuncio nos grandes jornais paulistas em 1° de janeiro dirigido aos prefeitos empossados, a Caixa (CEF) não deu nenhuma explicação o por que dos municípios de Jales, Urânia e Paranapuã ficarem de fora. Os prefeitos Nice Mistilides (PTB), Airton Saracuza (PP) e Antonio Melhado (PSB) tomaram posse normalmente sem qualquer impecilho de ordem judicial.
Pedindo
O deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB) acompanhou a prefeita de Jales, Eunice Mistilides (Nice), em audiência com o desembargador Ivan Sartori, presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, oportunidade em que reivindicaram a instalação de duas novas Varas Judiciais e um novo Fórum para a cidade. As duas novas Varas foram solicitadas pelo deputado Carlão ainda em 2011 e aprovadas no ano passado.
Afilhados
O prefeito Elvis Carlos de Souza (PMDB), de Pontalinda, está indo na contra mão de todos os prefeitos da região que estão de todas as maneiras pensando em enxugar a folha de pagamento. Nem bem assumiu e enviou à Câmara para votação em uma sessão extraordinária, um Projeto de Lei Complementar criando oito secretarias municipais e o cargo de chefe de gabinete do Poder Executivo. Aumento de despesas caso o projeto tivesse sido aprovado em torno de R$ 30 mil mensais. O povo lotou a Casa do povo e exigiu respeito.
Mudanças
A decisão da prefeita Nice Mistilides de centralizar o atendimento dos profissionais de Pediatria e Ginecologia e Obstetrícia , no Núcleo Central de Saúde, inicialmente criou a maior chiadeira entre as mães que se utilizam dos postinhos de saúde na periferia.. O compromisso foi assumido ainda durante o período de campanha.
Trabalhar mais
De acordo com a prefeita, antes da mudança, das dez Unidades Básicas de Saúde existentes na cidade, apenas três dispunham de médicos pediatras em dias alternados, com demanda de apenas cinco consultas por dia de atendimento. Portanto, existia o deslocamento de pessoas atendidas nas sete U.B.S.s do município. "Pensamos em oferecer atendimento todos os dias da semana para a população, suprindo toda a demanda espontânea, principalmente no período da noite, beneficiando e facilitando o acesso das pessoas que precisam trabalhar durante o dia".
Pesquisa
Segundo a prefeita Nice, "nossa Secretária de Saúde e a chefe de gabinete da pasta foram orientadas e entrarem em contato com diversas mães que buscaram atendimento no Núcleo Central de Saúde, após a mudança, e constataram que a grande maioria aprovou a alteração. Muitas constataram que podem trabalhar com tranquilidade durante o dia e procurar atendimento médico à noite. Além disso, já percebemos que já não existem mais filas no Núcleo".
Expirando
As conversas lá no botequim da vila dão conta que o PDSB vai dar prazo até o dia 31 para que a prefeita Nice chame o partido para uma conversa e definir se quer ou não o apoio dos tucanos à sua administração. Caso não haja um chamamento até o último dia do mês, a tucanagem vai para a oposição. É ruim já que o vice-prefeito Pedro Callado é do PSDB e não cairá bem ouvir críticas de seus companheiros de partido a uma administração a qual faz parte.
Voando
Nesta sexta-feira mais assessores da prefeita Nice correram atrás de documentação sob pena de ficarem obrigados a se afastarem de suas funções. E falando nisso, não só a população, como os seus próprios correligionários aguardam a divulgação dos nomes dos demais assessores a serem nomeados.
Creche
Na última quarta-feira (16), o prefeito Armando Rossafa esteve junto com o secretário de Estado de Desenvolvimento Social Rodrigo Garcia e solicitou mais uma creche para o município de Santa Fé com capacidade para atender 150 crianças.
Quieto
Quem está silencioso é o PMDB. Parece que a não conquista de uma cadeira na Câmara Municipal de Jales, depois de 44 anos dono de um lugar cativo no Legislativo abalou o partido politicamente. Não é mole não. Fazer pontuação de vereadores eleitos e ficar de fora, é dolorido.
Quando sai?
Deve sair somente em fevereiro, quando o TSE retorna do recesso forense, a decisão sobre o ex-vereador José Roberto Fávaro (PSDB). A torcida para uma vitória – pouco provável de JR - é de Du Venturini.
Galgar degraus
O ex-vereador Luiz Henrique Macetão Viotto, nomeado para o Consirg, num cargo de "gerentão" está pensando seriamente em lançar seu nome a candidato a deputado estadual. Ele já falou a respeito e sonha com um apoio de 17 prefeitos que formam o Consórcio Intermunicipal de Saúde.
Preocupado
Quem tem convivido com o vice-prefeito Pedro Callado nos últimos dias, tem percebido que ele anda com os nervos à flor da pele. Mas como bom político deixa transparecer muito pouco essa tensão, em função de algumas ações não concretizadas na administração municipal.
Pra dois
Comentaram lá no botequim da vila, o empresário Walter Antonio Paulino, quer marcar uma audiência com a prefeita Nice para tentar convencê-la a indicar o ex-prefeito Hilário Pupim para ocupar um cargo em sua administração. Disseram também que ele pediu a indicação de Reinaldo Azevedo, o Rolinha, para um cargo. Mas não propriamente do alto escalão.

Primeiro aninho

Comemora-se na próxima sexta-feira, 25 de janeiro, o primeiro ano de vida do pequeno Guilherme Henrique Podsclan. Filho de Pedro Sérgio Podsclan e Angela Alves Pereira Podsclan, residentes no município de Urânia, receberá os parabéns do irmão João Pedro e familiares.

Feliz aniversário

  Quem estará feliz da vida neste domingo, 20 de janeiro, será João Pereira Agostinho Pires, que será sempre carinhosamente chamado de "João da Lusitana", na foto com o neto Mateus, e seus familiares que irão festejar com ele sua data natalícia em grande estilo. Feliz Aniversário e que sua vida continue sendo cheia de paz e tranquilidade, são os votos do jornal

Parabéns, Jorginho

Nesta segunda-feira, 21 de janeiro, recebe os cumprimentos pelo seu aniversário, Jorge Paulo Guzzo, funcionário do IPREM de Jales. Familiares, amigos e colegas vão cantaram-lhe os parabéns e desejar-lhe muitos anos de vida

Acij entrega prêmios da promoção de Natal durante café da manhã

A Associação Comercial e industrial de Jales realizou, no último dia 15, terça-feira, durante um café da manhã a entrega dos prêmios para os ganhadores da promoção "Acij e você, Natal de emoções pra valer!". O evento contou com a presença de diretores da entidade e de vários proprietários e funcionários das empresas que participaram da promoção, entre elas as que tiveram seus cupons premiados.
A ganhadora do Fiat Uno Vivace zero quilômetro, Oquesias Cristina da Silva (foto), recebeu as chaves do veículo do presidente da associação, Alaxandre Rensi. Ela disse, emocionada, que sempre participou dos eventos promovidos pelo comércio, mas não esperava ganhar o prêmio mais importante, justo em um momento em que enfrenta uma situação difícil, pois está desempregada desde o dia primeiro.
Oquesias disse que "este ano comprei em várias lojas, mas foi justamente na Vidraçaria Rodrigues que fiz a maior compra, de cerca de R$ 2.000,00 e preenchi um dos cupons que recebi e foi o contemplado". Ela disse que não tinha carro e agora pretende ficar com este.
Além do carro, a promoção deste ano ofereceu mais oito prêmios: duas TVs de 43 polegadas, dois tablets e quatro vales-compras de R$ 1.000,00 cada.
Com o reaquecimento da economia do pais o presidente da Acij espera que a próxima promoção, para o Dia das Mães, possa representar um aumento nas vendas do comércio jalesense que como ficou demonstrado, com os sorteios deste final de ano, atrai consumidores de toda a região.

Enlace de Miliane e João

Miliane Mendonça
, do Deposito de Frutas e Legumes Mendonça e João Rocha, Tecncico em Refrigeração, membros da Congregação Cristão do Brasil, no sábado, 5 de janeiro, em cerimônia religiosa e civil se uniram em casamento.

Ela é filha de Vera Lúcia Buso Mendonça e Wilson Teixeira Mendonça e ele de Celina R. de Almeida Rocha e Raimundo Rocha.
Os noivos recpcionaram familiares e convidados no Sato Bufft. Coube a Jocélia Cabrini, todo o cerimonial do evento.

Projeto Guri está com vagas abertas na região de Jales

O Projeto Guri, programa sociocultural do Governo de São Paulo, está com vagas abertas para seus cursos de música na região de Jales. Para o primeiro semestre, serão oferecidas 476 vagas na região.
Para participar do Projeto Guri não é preciso ter conhecimento prévio de música, nem realizar testes seletivos. Basta que o interessado esteja matriculado em qualquer instituição de ensino da rede pública ou particular. As inscrições podem ser realizadas de 28 de janeiro a 15 de fevereiro.
Podem participar crianças e jovens de 6 a 18 anos. Para a matrícula, os interessados devem se dirigir, durante este período, diretamente ao polo que deseja estudar acompanhados por pais ou responsáveis, levando RG (ou certidão de nascimento) e comprovante de matrícula escolar.
As aulas serão iniciadas dia 18 de fevereiro, sendo a primeira semana de atividades de integração, confirmação das matrículas e reuniões de pais.
Sobre o Projeto Guri – Mantido pelo Governo do Estado de São Paulo, o Projeto Guri é considerado o maior programa sociocultural brasileiro e oferece, desde 1995 continuamente, nos períodos de contra-turno escolar, cursos de iniciação musical, coral, instrumentos de cordas dedilhadas, cordas friccionadas, sopro, teclados e percussão.
Mais de 55 mil jovens fazem aulas nos mais de 421 polos distribuídos por todo o Estado de São Paulo. O programa socioeducativo há 16 anos realiza um trabalho que tem na música seu instrumento de transformação e, nos guris, sua obra-prima.
O Projeto Guri é administrado por duas organizações sociais ligadas à Secretaria de Estado da Cultura. Os mais de 360 polos distribuídos pelo interior e litoral do Estado, com mais de 40 mil guris, são dirigidos pela Associação Amigos do Projeto Guri (Amigos do Guri), enquanto a gestão das unidades da Capital é realizada pela Santa Marcelina Organização Social de Cultura. A gestão compartilhada do Projeto Guri atende a uma resolução da Secretaria que regulamenta parcerias entre o governo e pessoas jurídicas de direito privado para ações na área cultural.
A Amigos do Guri, organização social de cultura, compartilha com a Secretaria de Estado da Cultura a gestão do Projeto Guri desde 2004. Além do Governo do Estado – seu idealizador – a Amigos do Guri conta com o apoio de prefeituras, organizações sociais, empresas e pessoas físicas.
As empresas que queiram colaborar com a Amigos do Guri e contribuir para o desenvolvimento integral de crianças, adolescentes e jovens podem usufruir de leis de incentivo fiscal como a Lei Rouanet e o Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD). Pessoas físicas também podem contribuir com a Amigos do Guri. Visite o site www.projetoguri.org.br ou entre em contato com Mobilização de Recursos pelo tel. (11) 3862-3323

Confira lista dos polos da região:
Polo Jales
Vagas: 208
Cursos: canto coral; madeiras; metais; percussão ; violino/viola; violoncelo/contrabaixo; violão.
Funcionamento: Quartas e Sextas-Feiras, das 13h30 às 18h
Endereço: Rua Oito, 2270. CEP: 15700-066
Telefone: (017) 3622-3000 (Ramal 3055)  / 9616-1097 / 8120-4458
Polo Nova Canaã Paulista
Vagas: 74
Cursos: canto coral; viola caipira; violão.
Funcionamento: Segundas e Quartas-Feiras, das 8h às 11h
Endereço: Rua Seis, 272. CEP: 15773-000
Telefone: (017) 3681-1227
Polo Santa Albertina
Vagas: 76
Cursos: canto coral; viola caipira; violão.
Funcionamento: Terças e Quintas-feiras, das 13h30 às 17h30
Endereço: Rua Quatro, S/N. CEP: 15750-000
Telefone: (017) 3633-9325 / 9616-1097 / 8120-4458
Polo Santa Fé do Sul
Vagas: 118
Cursos: Viola/violino; violoncelo/ contrabaixo; percussão; violão
Funcionamento: Terças e Quintas-feiras, das 13h30 às 17h30
Endereço: Rua Treze de Maio, 369. CEP: 15775-000
Telefone: (017) 3631-5089

Jovens e mortes no trânsito de Jales

*Altair Ramos Leon

Os acidentes de trânsito com vítimas aumentaram, e muito, em nosso País, estudos estimam que morrem mais de 40.000 pessoas por ano vítimas desses acidentes, em nossas rodovias, avenidas e ruas, além daquelas que ficam inválidas ou mutiladas. A violência no trânsito mata tanto que especialistas consideram esse elevado número de mortes como verdadeira "questão de saúde pública".
O trânsito no Brasil mudou com o crescimento da frota de veículos automotores, principalmente de motocicletas, nos últimos anos. A grande quantidade de motocicletas no trânsito de nossas cidades fez com que o número de acidentes de trânsito com vítimas, envolvendo esse tipo de veículo, também aumentasse, devido à vulnerabilidade a que estão expostos seus condutores e passageiros e a outros fatores de risco. O transporte individual recebeu prioridade no Brasil, diferentemente de outros países, onde o transporte coletivo se desenvolveu e com qualidade.
Além das mortes e feridos, os acidentes de trânsito têm um alto custo social, pois estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – IPEA, entre 2001 e 2003, e intitulado "Impactos Sociais e Econômicos dos Acidentes de Trânsito nas Aglomerações Urbanas", concluiu que ocorreram perdas no valor de R$ 5,3 bilhões em 2001 (valores de 2003) com os acidentes de trânsito nas áreas urbanas. Esse estudo, ainda, estimou o custo médio de R$ 3.262,00 para o acidente de trânsito sem vítimas, de R$ 17.460,00 para o acidente com feridos e de R$ 144.143,00 para o acidente com mortes. Em 2006, o IPEA avaliou que o custo com os acidentes de trânsito nas rodovias federais e estaduais chegou a R$24,6 bilhões.
Em Jales, os acidentes de trânsito com vítimas aumentaram em 2012, foram registrados pela Polícia Civil, instituição responsável pelo registro e apuração dos denominados "crimes de trânsito", 395 acidentes de trânsito com vítimas, com 21 mortes e 506 feridos, enquanto que em 2011 foram 372 acidentes, com 06 mortes e 456 feridos. Esse grande e triste número de mortes no trânsito de Jales, no ano passado, matou principalmente jovens, uma vez que em 14 das 21 mortes (66,6% dos casos), as pessoas tinham entre 17 e 31 anos de idade. Os acidentes de trânsito que causaram essas mortes, ocorreram nas rodovias que cortam o Município de Jales (17 mortes) e nas vias urbanas (04 mortes), e a causa dos acidentes, conforme se vê pelos boletins de ocorrência, foi a imprudência dos motoristas, que desrespeitaram as normas de circulação e conduta previstas no Código de Trânsito Brasileiro. Vale lembrar que, segundo a Organização Mundial de Saúde, a principal causa de mortes de pessoas entre 5 e 29 anos de idade, no Mundo, são os acidentes de trânsito.
Os administradores das cidades e dos órgãos de trânsito, juntamente com a sociedade, devem buscar ideias e soluções para disciplinar e humanizar o trânsito. Agora, os motoristas devem evitar o eterno conflito na disputa pelos espaços públicos, acirrado pela falta de bom senso e ordem. A melhoria na fiscalização, feita por pessoal especializado e não como acontece hoje, na sinalização e na conscientização das pessoas, poderá, com certeza, reduzir os problemas com o trânsito. Basta ver, como exemplo, o uso da cadeirinha que, de acordo com o Ministério da Saúde (Portal da Saúde), reduziu em 23% as mortes de crianças de até 10 anos de idade transportadas em automóveis, após um ano de vigência da Resolução nº 277/2008 do CONTRAN, conhecida como "Lei da Cadeirinha". *Altair Ramos Leon é delegado de polícia no município de Jales
Acidentes de trânsito ocorridos no município de Jales
Meses                  Acidentes                         Feridos                              Mortos
Ano                       2011 2012                        2011 2012                         2011 2012
Janeiro                  25        19                          30     20                                   0        1
Fevereiro              20         36                          30    42                                    0        1
Março                   26          25                         34      31                                   0       3
Abril                      26         32                          31     48                                    0       0
Maio                     34         32                           45    40                                    0       1
Junho                   30         33                           38     38                                    1       1
Julho                    39         33                           53     42                                    1       2
Agosto                 30         42                          37     59                                     1       3
Setembro            34         37                          31      50                                     0       2
Outubo                32         46                           42      56                                     2       6
Novembro          29         32                            30      35                                    1        1
Dezembro          47        33                             55      45                                     0        0
Total                  372      395                          456 506                                       6      21

EDITAIS DE PROCLAMAS

Ademir de Mattis
, Oficial do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de Jales, Estado de São Paulo. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro.
MARCIO DA SILVA e MIRIAM FLORENCIO DA SILVA. ELE,
natural de Aparecida D´Oeste, deste Estado, nascido aos 27 de março de 1.979, paisagista, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Sebastião da Silva e de Maria José Ribeiro da Silva. ELA, natural de Caruaru, Estado de Pernambuco, nascida aos 21 de agosto de 1.981, do lar, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de José Ailton Alves da Silva e de Sulamita Florencio da Silva.
ALEX FERNANDO CORTE DE OLIVEIRA e VANESSA DAM FERREIRA. ELE,
natural de Palmeira D´Oeste, deste Estado, nascido aos 16 de julho de 1.990, montador de acessórios, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de José Carlos de Oliveira e de Maria Aparecida Cristina Corte de Oliveira. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 20 de março de 1.993, auxiliar de laboratório, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Luiz Carlos Ferreira e de Maria Aparecida Dam Ferreira.
ANTONIO MARQUES e IÊDA DE ALMEIDA CASADO. ELE,
natural de Monteiro (atual Álvares Florence), deste Estado, nascido aos 02 de março de 1.941, aposentado, viúvo, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Heliodóro Marques e de Maria Hipólita da Silveira. ELA, natural de Marechal Deodoro, Estado de Alagoas, nascida aos 03 de agosto de 1.951, aposentada, divorciada, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Messias Casado de Farias Lima e de Maria José Farias de Lima.
RAFAEL FERNANDES DOS ANJOS e DANIELA MELO DA SILVEIRA. ELE
, natural de Mirassol D´Oeste, Estado de Mato Grosso, nascido aos 28 de abril de 1.993, vendedor, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Ozenilton dos Anjos e de Marli Aparecida Fernandes. ELA, natural de Santa Bárbara D´Oeste, deste Estado, nascida aos 10 de janeiro de 1.997, estudante, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Ademilson Carlos da Silveira e de Gleire Elisabete de Melo da Silveira.
E ALGUÉM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO OPONHA-O NA FORMA DA LEI. LAVRO OS PRESENTES PARA SEREM AFIXADOS NO REGISTRO CIVIL E PUBLICADOS NA FOLHA NOROESTE, NESTA CIDADE DE JALES.
Ademir de Mattis - Oficial

O espírito em aprendizado

Adelvair David
Os desafios no âmbito global referente ao aprendizado do espírito na terra tem sido cada vez maiores.

Tem-se notado o homem necessitando cada vez mais de informações para que a sua performance como profissional, familiar e de amigo seja a que melhor impressione, numa ânsia premente de estar entre os notados do mundo, ou pelo menos entre os considerados em algum lugar que seja.
Há de se convir que, informação nem sempre é aprendizado. A maturação do conhecimento é que leva a compreensão real. Percebemos homens notáveis que tombam vitimados por problemas que são muito bem suportados por criaturas anônimas e desconsideradas socialmente. A força é do espírito. Ao viver honrosamente os seus propósitos sente-se mais preparado para carregar o fardo que, normalmente o homem incauto deixa cair.
Tudo o que chega ao cérebro do homem também lhe chega ao coração. O objetivo das muitas existências humanas é o de proporcionar evolução moral e intelectual. Criado simples e ignorante, o ser espiritual, por seus esforços, parte na direção da angelitude. Torna-se artífice do seu próprio destino, preparando-se para tarefas que somente um anjo pode realizar. Mundos e formas materiais em todos os níveis concebíveis e inimagináveis, cuidar dos seus irmãos menores em evolução, serão as suas obras a partir de Deus em todo o universo, pelos tempos sem fim, sem jamais deixar de existir.
Pouco considerada, a ética para consigo mesmo é de vital importância para a felicidade almejada. Não sabotando os propósitos de nobreza, de ilibado caráter, o ser espiritual que é o homem em evolução, realizará verdadeiro aprendizado. Aprenderá na prática a ser fraterno, probo, consciencioso, paciente, compreensivo e amoroso. Tornar-se-á a luz para outros e terá luz para iluminar o próprio caminho.
Aprender não é somente conhecer, é realizar a experiência difícil, porém não impossível da boa convivência humana. Sem preconceitos entenderá que cada uma está em nível de entendimento da vida diferente do seu. Aceitará a todos como são, porque também aceita-se como é, terá mais forças para lutar pelo próprio aperfeiçoamento moral.
Quem verdadeiramente deseja aprender deverá buscar incessantemente caminhar pelos caminhos que Ele caminhou, pois aconselhou-nos o amoroso Senhor: "renuncie-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me".
APRENDENDO A SER FELIZ O HOMEM DEVE APRIMORAR-SE TODO DIA NOS ESFORÇOS PARA SER MELHOR.

Em Pontalinda, PLC criaria oito secretarias e o cargo de Chefe de Gabinete do Executivo

PLC aumentaria despesas com salários
em mais de R$ 300 mil por ano
O prefeito Elvis Carlos de Souza (PMDB), de Pontalinda, região de Jales, encaminhou à Câmara de Vereadores Projetos de Lei Complementar alterando toda a estrutura administrativa da Prefeitura. O prefeito solicitou a convocação de uma sessão extraordinária para apreciação dos projetos, realizada no dia 10 de janeiro. Um projeto criaria oito secretarias municipais e o cargo de Chefe de Gabinete do Poder Executivo cujos ocupantes são de livre nomeação do prefeito municipal.
O prefeito pontalindense, em sua justificativa, disse que o projeto que dispõe sobre a reforma administrativa "visa a modernidade e a transparência do serviço público para que possamos caminhar para um futuro melhor com bases em princípios constitucionais sólidos e seguros, buscando uma readequação da estrutura administrativa para melhor servir a população de nosso município".
Um dos projetos aprovado por sete dos nove vereadores, criou além da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, o Fundo Municipal de Assistência Social, e os cargos , Divisão de Assistência Social, Setor de Atendimento à Criança, Adolescente e Juventude, Setor de Atendimento à Terceira Idade e o Setor de Assistência e Promoção Social. Apenas o cargo de Secretário será ocupado, e os demais deverão ficar vagos, segundo informações, podendo ser preenchidos futuramente
Votaram contra o projeto, os vereadores Deneval Amaro da Silva e Marcelo Lima Rodrigues, ambos do PT.
O subsídios do Secretário Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, de acordo com a lei, será fixado conforme os termos do artigo 29 inciso V da Constituição Federal, que fixa pela Câmara Municipal, a remuneração do prefeito, vice e vereadores. O salário atual do prefeito é de R$ 7.500,00 e esse valor pode ser fixado para o cargo de Secretário Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social. Secretarias Municipais – O outro projeto de Lei Complementar 001/2013 sobre a reforma administrativa do município, foi retirado da pauta dos trabalhos por pressão da comunidade. Além de criar o cargo de Chefe de Gabinete do Poder Executivo, o PLC criaria as Secretárias Municipais: de Administração e Planejamento; de Obras e Serviços Públicos; de Saúde; Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Meio Ambiente; de Educação e, a de Esportes, Recreação, Cultura e Lazer, com seus respectivos Departamentos, Diretoria de Divisão e Chefias de Setores.
Segundo, informações, se o projeto retornar à Câmara e for aprovado e todos os cargos preenchidos pelo prefeito, a Prefeitura terá um aumento de despesa com salários em mais de R$ 300 mil anualmente, tendo por base um percentual de 40% o salário dos secretários municipais calculado sobre o subsídios mensal do prefeito que é de R$ 7500,00.

Prefeito José Inácio, de Dolcinópolis, pede solução para a rodovia SP–557

Prefeito José Inácio e Carlão
em audiência com Pelissione
O prefeito de Dolcinópolis, José Luiz Reis Inácio de Azevedo, acompanhado do deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB), esteve em audiência com o superintendente Clodoaldo Pelissione, do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), solicitando uma solução para a rodovia Henrique Risso (SP-557), que liga as rodovias Dr. Elyeser Montenegro Magalhães (SP-463) e Jarbas de Moraes (SP-561), que está toda esburacada.
O deputado explicou para o superintendente que a rodovia precisa de restauração, de pelo menos quatro quilômetros, no trecho que liga o município de Dolcinópolis a Paranapuã. Clodoaldo Pelissione, de imediato, atendeu a solicitação do deputado Carlão Pignatari e a rodovia deverá ser recuperada.
"Precisamos de estradas em perfeito estado de trafegabilidade para garantir a segurança dos usuários. É necessário trabalharmos unidos para reduzir o número de acidentes e também manter as estradas em perfeito estado, evitando-se, assim, danos nos veículos", justificou o deputado Carlão.

Bibi fica em 4° lugar na Corrida de Bálsamo

O domingo, dia 13 de janeiro, foi de comemorações para os atletas da Secretaria Municipal de Esportes, Cultura e Turismo – SMECT, que representaram Jales na 15ª edição da Corrida de Pedestre de Bálsamo, reunindo crianças, adolescentes e adultos em competições que atraíram a atenção do público daquela região.
A equipe da Escolinha de Atletismo de Jales se juntou aos outros 120 competidores de 14 municípios para a disputa de provas com percursos de 6.600 metros.
Na categoria Adulto, o corredor João Carlos da Silva Santos, conhecido como Bibi, ficou em 4º lugar na classificação geral. Carlos Pereira de Rezende, o Neneinha, conquistou a 26ª colocação, enquanto, Vagner Aredes, ficou em 39º, Josuel Britos da Silva, em 42º, João Alves Martins, o Dão, em 52º, Antonio Alves, em 56º e Antonio Gasques Lopes, o Ratinho, em 57º.
No feminino, Lourdes Donizete Paschoa Pereira Alves ficou na 60ª posição, na classificação geral. "Obtivemos bons resultados nessa tradicional corrida que reúne sempre grandes atletas de Bálsamo e região. Estamos contentes com o desempenho de nossos corredores e vamos continuar buscando resultados que levem o nome de Jales para os lugares mais altos dos pódios", disse o corredor Neneinha.

Tempo de reação de idoso na direção é 40% maior

Estudo realizado pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, unidade ligada à Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, aponta que motoristas idosos têm tempo de reação até a frenagem 39,6% maior em relação a adultos jovens.
O teste, realizado num simulador, mostrou que a média do tempo de reação a partir da placa "Pare" até a frenagem foi de 1,34 segundo para os idosos, enquanto para o grupo controle de adultos jovens esse tempo foi de 0,96 segundo.
A diferença do tempo gasto entre idosos e o grupo controle de adultos jovens para realizar o percurso foi de 7%.
Segundo a fisioterapeuta Angélica Castilho, do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do HC, esta não foi uma diferença de tempo muito significativa. "Com o passar dos anos, as pessoas tendem a ficar mais cuidadosas e a dirigirem de forma mais devagar", explica. "Com esta demora na reação diante de uma situação que exija uma frenagem mais rápida, é recomendado que o idoso dirija em condições mais propícias", diz a médica Júlia Greve, orientadora da pesquisa.
A idade dos motoristas avaliados foi de 74,3 anos para homens e 69,4 para mulheres. Eles dirigem em média há 48,5 anos, e elas há 40,6 anos. Apesar do tempo de reação maior, 97% dos participantes do estudo não se envolveram em acidentes nos últimos 5 anos, nem foram multados no último ano.
Os carros das mulheres têm em torno de 5,7 anos, e o dos homens 10,7 anos. Todos os avaliados dirigem seus veículos em dias de chuva, vias congestionadas, e no horário do rush. A maior parte dos motoristas pesquisados – 73% mulheres e 87% homens – dirige a noite.
Trocar de faixa, fazer baliza, rampas, e leitura de placas são manobras que representam certo grau de dificuldade para 33% das mulheres, e para 26,65% dos homens. A distância não é um problema para maioria dos condutores - 100% dos homens e 87% das mulheres – dirige em qualquer lugar.
Todos os entrevistados durante a pesquisa se consideraram cuidadosos no trânsito. Das mulheres, 27% já pensaram em parar de dirigir, e dos homens, apenas 13%. "Recomendação médica, pedido familiar, facilidade de usar outro meio de transporte, ou a auto-percepção de incapacidade são os motivos que levariam o grupo pesquisado a parar de dirigir’, finaliza Angélica.

Deputado Carlão diz que pacificação política em Jales trará desenvolvimento à cidade

Acompanhado de Carlos Cardoso, presidente do PSDB jalesense,
e José Pedro Venturini, provedor da Santa Casa, o
deputado Carlão concede entrevista a João Luiz Garcia na Antena 102
O deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB) está articulando um importante encontro político para sensibilização do Governo do Estado em torno das questões da região Noroeste Paulista. O encontro deve ocorrer em fevereiro, na cidade de Jales, quando o governador Geraldo Alckmin deverá inaugurar mais 40 quilômetros da duplicação da Rodovia Euclides da Cunha (SP-320), no trecho entre Jales e Fernandópolis.
A informação de que o governador poderá vir inaugurar mais uma fase da duplicação foi transmitida pelo deputado Carlão Pignatari durante entrevista no programa Antena Ligada, da Rádio 102 FM, de Jales.
Carlão salientou que espera que haja uma disposição firme da prefeita de Jales, Eunice Mistilides, e das lideranças políticas de todas as tendências para que se faça o que aconteceu em Votuporanga, onde uma grande pacificação dos grupos políticos permitiu o desenvolvimento da cidade que continua crescendo em um ritmo cada vez mais acelerado.
"É a partir dessa pacificação que o município começa a ter força em níveis estadual e federal, pois a união leva a uma mobilização envolvendo os políticos e assessores das diversas esferas, que também passam a lutar pelas causas regionais", destacou o deputado.
A obra tem um investimento de R$ 771 milhões por meio do DER (Departamento de Estradas de Rodagem) e é a principal interligação da região Noroeste, beneficiando diretamente 17 cidades: Mirassol, Bálsamo, Tanabi, Cosmorama, Votuporanga, Valentim Gentil, Meridiano, Fernandópolis, Estrela D’Oeste, Jales, Urânia, Aspásia, Santa Salete, Santana da Ponte Pensa, Três Fronteiras, Santa Fé do Sul e Rubinéia.
No valor total investido está inserida a duplicação de duas rodovias que fazem o entroncamento com a rodovia: os 3,6 quilômetros da Rodovia Péricles Belini (SP- 461), trecho urbano de Votuporanga, e 1,8 quilômetro da Rodovia Percy Waldir Semeghini (SP- 543), ligação de Fernandópolis com o Distrito de Brasilândia. Assim, somadas essas intervenções, a extensão total do empreendimento é de 191,4 quilômetros.
Nos 186 quilômetros de extensão da rodovia, do Km 453 ao km 639, estão sendo construídos 43 viadutos, cinco pontes, alargado um viaduto existente e implantados dispositivos de acesso aos municípios. Mais de dois mil trabalhadores foram mobilizados para as obras, iniciadas em março de 2011.

Pedro Callado e Pérola Cardoso participam de entrega de veículos à SABESP de Jales

O superintendente da Sabesp em Lins, Antônio Rodrigues da Grella
Filho, fala aos presentes, e na foto acima, os veículos novos
O vice-prefeito de Jales, Pedro Callado (PSDB), a presidenta da Câmara Municipal, vereadora Pérola Cardoso (PT), os vereadores Jesus Martins Batista (DEM), Luís Rosalino (PT), Tiago Abra (PSB) e André Ricardo Viotto (PSD), o chefe de gabinete da Secretaria Municipal de Administração, João Nogueira, e convidados, participaram na manhã de quarta-feira, 16 de janeiro, da cerimônia de entrega da nova frota de veículos para a Divisão de Jales da Sabesp
O gerente de divisão, Gilmar Rodrigues de Jesus e o superintendente da companhia na regional de Lins, a qual pertence Jales, Antônio Rodrigues da Grella Filho, conhecido como Dalua, receberam as autoridades presentes. "A renovação dos veículos, objetiva tornarem mais eficiente, rápido, desenvolvido e ágil os serviços administrativos e de campo, além de garantir mais segurança para a população e para os funcionários", frisou Gilmar.
A nova frota conta com 34 veículos, distribuídos em duas retro-escavadeiras, um caminhão munck, três caminhões 3/4 com escavadeira, um caminhão 3/4 basculante, dez motos e pick-ups. De acordo com o superintendente da Unidade de Negócio Baixo Tietê e Grande, Antonio Riodrigues da Grela Filho, todas as 83 cidades sob sua jurisdição também estão sendo beneficiadas com a renovação. O investimento é de aproximadamente R$ 1,3 milhão em cerca de 200 novos veículos e equipamentos. A expectativa de retorno é de três anos.
A meta, segundo o superintendente, é reduzir os custos de manutenção e manter a capacidade de investimento da empresa. "Os veículos mais antigos geram um custo de manutenção muito alto, que automaticamente cai com a renovação da frota. Esse é um trabalho de redução das despesas para que a empresa mantenha a sua capacidade de investimento em fornecimento de água e coleta de esgoto para a população".

Prefeitura e Elektro realizam troca de lâmpadas para famílias carentes nesta terça e quarta-feira

Nos dias 22 e 23 de janeiro, a Elektro em parceria com a Prefeitura de Jales, através da Secretaria Municipal de Promoção e Assistência Social promoverá a troca de mais 12 mil lâmpadas incandescentes por lâmpadas fluorescentes compactas, que são mais econômicas e eficientes em Jales.
As trocas serão feitas no Teatro Municipal, na Rua 08, nº 2270 - Centro. Ao todo, serão beneficiados mais de dois mil e quatrocentos clientes classificados como residenciais monofásicos e com direito à tarifa social baixa renda.
Um cupom Vale Lâmpada, que é intransferível, foi enviado pelos Correios a todos os beneficiados. Para retirar o kit composto por cinco lâmpadas fluorescentes compactas e o material informativo sobre economia de energia, o cliente deve comparecer ao local de troca de sua cidade com o cupom preenchido, levar cinco lâmpadas incandescentes usadas, além de apresentar a última conta de energia paga e o documento de identidade.
A troca de lâmpadas comuns por econômicas faz parte do Programa de Eficientização Energética da Elektro, que tem como objetivo proporcionar aos clientes de baixa renda uma redução no consumo de energia elétrica. As lâmpadas fluorescentes apresentam uma economia de aproximadamente 80% e duram até seis vezes mais que as lâmpadas incandescentes.

Nomes cristãos, vocação brasileira

D. Demétrio Valentini
A semana começa, neste domingo, com S. Sebastião. Ela vai incluir também São Paulo, na próxima sexta-feira dia 25..
São Sebastião, o padroeiro do Rio. São Paulo, patrono do Estado que leva o seu nome.
Aliás, era também o Santo que dava nome ao Rio, que no começo se identificava como "São Sebastião do Rio de Janeiro". Como São Paulo, no início, também era "São Paulo de Itapetininga".
O próprio país nasceu batizado cristão: "Terra de Santa Cruz". Depois passou para o nome que hoje ostenta.
Temos outros exemplos, na geografia de toponímios de nossa tradição, se tentamos recuperar a memória de como foram batizados.
A Bahia era, claro, a "Bahia de todos os Santos". O Rio Grande era a "Província de São Pedro do Rio Grande do Sul". Maranhão era o "Estado de São Luís do Maranhão".
Por sua vez, temos um Estado brasileiro que honra o próprio autor da santidade, que é o "Estado do Espírito Santo".
Santa Catarina, de início era o nome da Ilha, onde ainda hoje se encontra a capital, que estranhamento deixou o nome bonito da Santa, para lembrar o Marechal Floriano, e chamar-se "Florianópolis". Em compensação, a Santa designa hoje o Estado inteiro de "Santa Catarina".
Assim, com nomes e sobrenomes, nem sempre o santo ficou no registro de batismo. O Rio Grande e o Rio de Janeiro, talvez pela semelhança de designações, acentuaram o rio e omitiram o santo. São Paulo preferiu ficar só com o nome do santo, esquecendo sua designação indígena.
Sem entrar no mérito das discussões sobre a identidade religiosa do povo brasileiro, e sobre a conveniência de usar, ou não, símbolos religiosos, temos uma sábia lição a aprender, tirada da história de nossos toponímios. Alguns estados, ou cidades, tiraram ou acrescentaram o nome de santos na sua designação geográfica. E fizeram isto sem nenhum preconceito, simplesmente obedecendo a consensos que espontaneamente forma se criando.
O bom senso do povo nos ajuda a livrar nossa mente de preconceitos inúteis, que só servem para colocar minhocas na cabeça das pessoas.
Ninguém se incomoda, por exemplo, se São Sebastião faz parte, ou não faz parte, do nome oficial da cidade e do Estado do Rio de Janeiro. E mesmo que não faça, o povo sabe festejá-lo, na espontaneidade de uma salutar tradição que não se importa com nenhum preconceito religioso.

PALAVRAS DE CHICO XAVIER

Esta coluna tem o patrocínio e responsabilidade da
Associação Espírita "Chico Xavier" de Jales.
Pergunta
: Nem tudo que você recebe dos Espíritos é transmitido às criaturas humanas. Se é exata esta suposição, qual é o motivo?
Chico Xavier
: O médium, na Doutrina Espírita, à medida que se conscientiza nas tarefas, que desempenha, aprende com os Espíritos Amigos que só interessa o bem das criaturas e que o mal não merece considerações, a não ser aquelas que nos levem a extirpá-lo com espírito de amor. Por isso tarefa mediúnica inclui a triagem necessária dos assuntos a serem comunicados, para que o bem seja sustentado entre nós. O médium responsável é semelhante ao guarda-chaves da ferrovia: deve ter cuidado na passagem dos comboios evitando qualquer desastre. No caso é a passagem ou a filtragem das idéias.

Armando Rossafa Itamar Borges reúnem-se com diretoria da OAB

Na noite de quinta-feira, 10 de janeiro, o prefeito Armando Rossafa recebeu no Paço Municipal o deputado estadual Itamar Borges (PMDB), o presidente da OAB José Marcelo Breijão Ártico e a diretoria da OAB de Santa Fé do Sul.
O objetivo da reunião foi para solicitar ao deputado Itamar, que intercedesse junto ao Governo do Estado a doação de um imóvel para a construção da Casa do Advogado e Cidadania.

Abertas inscrições para curso completo em Urânia

De 21 a 30 de janeiro vão estar abertas as inscrições para o curso completo de cuidador de idosos a ser ministrados pelo Senac de São Paulo. O evento é uma parceria entre o CRAS e a Prefeitura de Urânia. O convite é estendido em especial aos beneficiários dos Programas Bolsa Família, Renda Cidadã e Ação Jovem
O interessado deverá comparecer munido dos documentos pessoais, cartão de recebimento dos benefícios e carteira de trabalho.
Não perca a oportunidade de se capacitar por uma das melhores escolas técnicas do Brasil

Desafio social

Reginaldo Villazón
O governo português está preocupado com sua agricultura. A análise dos dados do último recenseamento agrícola (2009), em comparação com os dados de 10 anos antes, mostra que muita coisa mudou. A área total ocupada pela agricultura no país foi reduzida. As terras cultivadas com plantas para produção vegetal diminuíram e as terras ocupadas com pastagens permanentes aumentaram.
No aspecto social, constatou-se que a tradicional agricultura familiar portuguesa perdeu terreno para a agricultura empresarial. Muitos agricultores – especialmente os jovens – trocaram o campo pela cidade. Hoje, o típico agricultor português tem 63 anos de idade. Apenas 2,5% dos agricultores portugueses têm menos de 35 anos.
Este problema social não é só português. Na Europa, os agricultores mais velhos são cerca de 33% do total, enquanto os mais jovens não chegam a 10%. Na Inglaterra, onde 33% dos agricultores têm mais de 55 anos, o governo enfrenta uma avalanche de aposentadorias no setor rural e luta para não encolher o tamanho da sua agricultura. Lançou uma campanha de estímulo aos jovens para eles trabalharem na agricultura.
Os europeus têm bons motivos para se preocupar com isso. Primeiro, nas cidades há falta de novas vagas de trabalho e o desemprego é alto. Segundo, a agricultura pode abrir muitos postos de trabalho nas propriedades rurais e outros tantos nas empresas de alimentos das cidades. Terceiro, a procura mundial por produtos da agricultura sustentável favorece trabalhadores qualificados e bem remunerados.
No Brasil, este êxodo rural foi medido por estatística em Santa Catarina. Só na região Oeste do Estado, 70.000 jovens deixaram o campo na última década. Muitas propriedades não contam mais com a presença permanente de jovens e isto põe em risco a continuidade das atividades por sucessão familiar. No futuro, estes imóveis rurais poderão estar abandonados ou na posse de empresas, com perdas de jovens empreendedores e empregos.
A migração dos jovens agricultores acontece em várias regiões do país. No Estado de São Paulo, ela pode ser vista a olho nu, por simples observação. Os jovens são atraídos pela vida e pelas oportunidades das cidades. Muitos sentem vergonha das casas rurais antigas, mal construídas, mal acabadas e desconfortáveis onde residem. Muitos buscam as cidades para adquirir melhores níveis de ensino e qualidade profissional.
Mais do que desafios tecnológicos e econômicos – tais como: uso de técnicas agrícolas, adequação da produtividade, gerenciamento da produção, gestão financeira, acesso ao crédito e integração aos mercados –, a questão impõe um grande desafio social. Em primeiro plano, devem ser colocadas as aspirações individuais, as interações familiares, as relações sociais, a valorização do meio ambiente natural, o respeito à identidade sócio-cultural rural.
O problema, provavelmente, é mundial e cada país que superá-lo vai obter enormes benefícios em segurança alimentar, desenvolvimento rural e urbano. No Brasil, os órgãos oficiais de assistência e assessoria aos agricultores pouco empregam profissionais e métodos para enfrentar desafios sociais rurais. Parece que uma grande contribuição será dada pela agricultura orgânica, porque ela consegue unir pessoas do campo e das cidades nos ideais de produção sustentada, comércio justo e saúde.

O olho do dono

Marta Sousa Costa
www.martasousacosta.com
Procuro compensar o excesso de distração com anotações conservadas no computador, às quais recorro sempre que necessário. Comemorações diversas, como aniversários familiares e festas natalinas, por cuja organização me responsabilizei, são anotadas nos mínimos detalhes, na intenção de preservar o que deu certo e evitar a repetição dos mesmos erros, ano após ano, o que terminaria por rotular a dona da casa como desinteressada em agradar aos convidados. E, quando alguém se dispõe a receber seja lá quem for, imagino que seja óbvio o prazer em receber.
Assim, além do número e nomes dos convidados, anoto o cardápio, o que foi apreciado, o que não deu certo, se as receitas foram fartas, como os funcionários se saíram, se foram suficientes, se algum deverá ser substituído, em outro evento (falo do pessoal de serviço, não dos convidados, que não desejo ser mal interpretada). Tudo isso porque, sendo algumas comemorações anuais, não posso contar com essa cabecinha fraca, muito minha conhecida.
Para não cometer erros fatais, procuro apresentar dois pratos principais, lembrando a amiga com alergia a camarão, por exemplo, a outra com alergia a presunto e aquela que não aprecia galinha – justamente a única opção que lhe ofereci, quando me atrapalhei sobre o bicho que ela detestava.
Esse costume de anotar tanto os preparativos como as conclusões, após o acontecimento, costuma surpreender as pessoas, quando por acaso são inteiradas dele. Certa vez, ao comentar sobre tais anotações, falei, inadvertidamente, que, para facilitar, aproveitava os recursos do Word e colocava em vermelho o que não havia dado certo e, inclusive, os convidados que não haviam comparecido. Senti, de imediato, que havia causado certo tititi entre alguns e, para me divertir, não expliquei a razão verdadeira de tal comportamento, que é ter uma estatística dos comparecimentos, para facilitar o cálculo futuro dos comes e bebes.
Com a repetição das anotações, por exemplo, percebi que reuniões na casa da cidade têm quebra pequena no número de participantes, enquanto as realizadas na fazenda têm quebra maior, conservando certo núcleo de amigos que, chova ou faça sol, dificilmente deixam de comparecer, para alegria dos anfitriões. E a confidencia inadvertidamente feita redundou em brincadeiras, jovens amigos controlando quem faltou na última comemoração, "que assim a tia Marta não vai mais convidar" – coisa que não falei, mas deixei rolar, pra me divertir.
Perfeição não existe, em nenhum setor, por mais que alguém se esforce: imprevistos acontecem, erros de cálculo, falhas nossas e de outros. Mas o esforço para melhorar e atender bem a quem nos prestigia, o prazer de procurar fazer bem feito, seja lá o que for, é o diferencial de alguns.
É comum que alguém se estabeleça com algum negócio, invista mais do que desejaria na apresentação, e depois peque pelo mau atendimento ou pela qualidade dos produtos oferecidos. Inicialmente, por apreciarem novidades, os consumidores ou clientes comparecem, às vezes até retornam, para saber se o dono acertou o passo, depois desistem e procuram novos locais. Sem perceber que o erro foi seu, tais empreendedores costumam atribuir a culpa ao público, enquanto fecham as portas, desiludidos.
Em outras ocasiões, o sujeito faz todo o trabalho difícil e, no último
momento, deixa sem pintura justamente o que salta aos olhos. O olho do dono é aquele olho crítico, procurando falhas. Pode errar – e erra muitas vezes – mas a gente sabe quando andou por ali ou fugiu da raia.

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Carlão acompanhou a prefeita Nice em audiência com o presidente do Tribunal de Justiça

O deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB) acompanhou a prefeita de Jales, Eunice Mistilides (Nice), em audiência com o desembargador Ivan Sartori, presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, oportunidade em que reivindicaram a instalação de duas novas Varas Judiciais e um novo Fórum para aquela cidade. As duas novas Varas foram solicitadas pelo deputado Carlão ainda em 2011 e aprovadas no ano passado.
A construção do novo prédio para o Fórum será numa área de 15 mil metros quadrados, que será doada por um empresário da cidade. A ideia é de que o novo Fórum, futuramente, se transformará em Cidade Judiciária. A prefeita ainda disse que "as unidades de Jales abrangem uma região que conta com mais de 300 mil habitantes".
De acordo com Nice, a Cidade Judiciária seria para abrigar, num só local, todo Poder Judiciário, facilitando o atendimento ao cidadão e o trabalho dos profissionais da área jurídica.
O desembargador Ivan Sartori disse que será possível a construção de uma Cidade Judiciária e que já vai providenciar uma equipe específica para analisar o local.
"Precisamos dotar nossas cidades de instrumentos que possam oferecer melhor atendimento ao cidadão. As duas novas Varas e um novo Fórum podem dar um grande impulso para a região de Jales", destacou o deputado Carlão Pignatari.

Ação do DAEE reduz risco de erosões em Tanabi

O DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica) concluiu na última semana de dezembro um conjunto de ações de controle de erosão laminar, com obras de terraplanagem, construção de curvas de nível, terraceamento e caixas de contensão, em cerca de 50 quilômetros de estradas vicinais nos bairros Jardim Vila Rica, Sítio do Estado e Parque Comendador José Onha em Tanabi, município localizado na região de São José do Rio Preto.
O trabalho foi realizado em parceria com a Prefeitura local com o uso de máquinas e acompanhamento da equipe técnica da Diretoria da Bacia do Turvo Grande. Motoniveladora  (foto) do DAEE movimentou cerca de 80 mil metros cúbicos de terra em várias intervenções localizadas em estradas vicinais, reduzindo o risco de erosões e assoreamento dos rios.

Aelton Freitas intensifica visitas a suas bases durante recesso parlamentar

Aproveitando o recesso parlamentar, o deputado federal Aelton Freitas (PR/MG) está realizando uma série de visita em municípios de sua base, ouvindo reivindicações dos prefeitos que assumiram as gestões no início deste ano e detectando os problemas de cada localidade.
Uma das cidades visitadas foi Ituiutaba, onde esteve reunido com o prefeito Luiz Pedro Correa do Carmo (DEM) e com diretores da Associação Comercial e Industrial d de Ituiutaba. Na pauta, o andamento da implantação da Vara da Justiça Federal em Ituiutaba, projeto da pavimentação da BR-154, entre Ituiutaba e Bastos, e projeto de investimentos nos aeroportos pelo governo federal, que irá contemplar Ituiutaba.
Em relação à implantação da Vara da Justiça Federal, Aelton Freitas lembrou da Resolução da Justiça Federal, de dezembro do ano passado, que confirma a criação de 19 Varas Federais na 1ª Região em 2013, porém a data de instalação de cada vara será definida por portaria da Presidência. Em Minas Gerais serão instaladas seis Varas: Ituiutaba, Janaúba, Juiz de Fora, Montes Claros, Patos de Minas e Uberaba.
Vale lembrar que o deputado Aelton Freitas foi o relator do projeto de lei que cria 230 novas Varas da Justiça Federal em todo o país, com o objetivo da interiorização do primeiro grau e da implantação de Juizados Especiais Federais. O parlamentar volta a comemorar a implantação destas Varas Federais, principalmente porque a demanda á crescente.
BR-154
– Quanto à pavimentação dos 48 quilômetros do trecho da BR-154, ligando Ituiutaba e o distrito de Crucilândia (Bastos), na confluência com a BR-364, Aelton Freitas lembrou que continua realizando ações no sentido de concretizar este antigo sonho da região. O edital de licitação para a pavimentação do trecho da BR-154, deve sair nas próximas semanas. "Estou trabalhando junto ao Ministério dos Transportes e ao Dnit [Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes] para que este trecho da 154 fique pronto o mais rápido possível", afirma o deputado.

Aeroporto
– Em relação a investimentos para o aeroporto de Ituiutaba, o parlamentar destaca que a presidente Dilma Rousseff anunciou no final de 2012 plano para fortalecer e ampliar a aviação regional por meio de investimentos e incentivos. Serão aplicados R$ 7,3 bilhões em melhorias em 270 terminais espalhados nas cinco regiões, com a ideia de aperfeiçoar a qualidade do serviço prestado ao passageiro, agregar novos aeroportos à rede de transporte aéreo regular, aumentar o número de rotas operadas pelas empresas e resolver os gargalos da infraestrutura do Brasil. O plano integra o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). Dos R$ 7,3 bilhões a serem aplicados, R$ 815,5 milhões serão destinados a 33 aeroportos de Minas Gerais, dentre eles o de Uberaba, Ituiutaba, Uberlândia, Araxá e Patos de Minas."O trabalho de um parlamentar é continuo e as demandas são constantes. Por isso mesmo no recesso continuo a trabalhar, porque as atividades de um deputado não podem parar. Este momento é fundamental para aproximar das bases e conhecer os problemas vividos pelas comunidades, em busca de apoio e ações para o interesse das populações", avalia Aelton Freitas.

Autoridades de Campo Alegre do Fidalgo debatem ações com rondonistas

Na manhã da terça-feira, dia 15, os rondonistas (foto) da Unifev - Centro Universitário de Votuporanga-SP - e da UNB - Universidade de Brasília-DF -, se reuniram com as autoridades do município de Campo Alegre do Fidalgo-PI, para apresentar as atividades que fazem parte da Operação Canudos do Projeto Rondon na cidade.
Após a apresentação dos vinte rondonistas e do Sargento Josemar Seixas – militar do 72º Batalhão de Infantaria Motorizada de Petrolina-PE, responsável pela segurança da missão, o prefeito Pedro Daniel Ribeiro (Netinho), e a vice-prefeita Lucília Maria Dias, agradeceram a presença de toda equipe e parabenizaram a ação dos alunos em deixar suas casas em pleno período de férias escolares, para contribuírem com o desenvolvimento da população de uma "cidadezinha no interior do Piauí". Em seguida, foi a vez dos secretários municipais Rosângela Maria Custódio (Educação), Rosilene Cipriano Ribeiro (Assistência Social), Rosilda Maria de Souza Amorim (Saúde) e Gilson Braga Ribeiro (Finanças, Administração e Planejamento) e os vereadores Crispim Constantino da Mata, Basílio José da Silva, Daniela da Silva Dias, Francys Hayme da Silva Dias, Marlene Maria de Sousa Mata e Edmar Tiago Torres – Presidente da Câmara Municipal, que agradeceram a presença de todos.
Para o prefeito de Campo Alegre do Fidalgo, Pedro Daniel Ribeiro (Netinho), os rondonistas podem contribuir para o desenvolvimento da cidade. "A vinda do Projeto Rondon pode contribuir para a conscientização da população quanto ao descarte correto do lixo, pois estimula a coleta seletiva na porta das casas, além de pedir a compreensão da população em relação à criação de cabras, bodes e jumentos na área urbana da cidade, que prejudicam a manutenção da limpeza pública. Contribui, ainda, na conscientização sobre o uso racional da água, pois mesmo em época de seca a população acaba usando de forma desordenada o líquido mais precioso para a sobrevivência do ser humano, e que é distribuído gratuitamente para todos os moradores da cidade", disse.
A reunião foi necessária para apresentar aos líderes comunitários as oficinas oferecidas e permitir que outras fossem sugeridas pelos presentes, além de contribuir para a divulgação das atividades.
Agenda – De forma unanime, ficou estabelecido que a equipe do Projeto Rondon realiza no próximo dia 18, sexta-feira, uma visita à comunidade rural de Curral Velho, saindo da sede do município na parte da manhã e retornando apenas a noite, logo após ao término do Cine Rondon. Para o dia 20, domingo, na parte da manhã, outra visita ficou agendada para a Comunidade do Pinga, com retorno programado para às 12h. A Comunidade Quilombola de Santa Maria do Canto, recebe a visita dos rondonistas no dia 24, quinta-feira. Nestas três visitas serão oferecidas várias oficinas em diversas áreas.

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Deputado Itamar visita cidades da região

Itamar Borges com o prefeito Leandro e
vereadores, durante visita a Mesópolis
O deputado Itamar Borges aproveitou o recesso parlamentar para cumprir agenda nos municipios da região de Jales. Além de se encontrar com vereadores e correligionários, Itamar Borges também se encontrou com os prefeitos: Leandro Polarini, de Mesópolis, Vanderci Novelli, de Santa Albertina, Elvis Alves dos Santos, de Pontalinda, Ana Lúcia Módulo Olhier, de Vitória Brasil, Natonio Melhado Neto, de Paranapúa,

Corporação Musical de Jales abre novas inscrições

A prefeita Eunice Mistilides Silva recebeu em seu gabinete,
integrantes da diretoria da Corporação Musical
A prefeita Eunice Mistilides Silva recebeu no gabinete da Prefeitura Municipal de Jales, integrantes da diretoria da Corporação Musical de Jales, representados pelo presidente Antonio Maurílio Gonçalves e maestro Edivaldo de Paula, para oficializar a criação da "Orquestra Sinfônica Municipal de Jales". Com isso, o município será, em breve, pioneiro na região a investir em um grupo musical com esta formação instrumental.
Os interessados em integrar a nova OSJAL deverão fazer as inscrições para o curso de formação musical até o dia 31 de janeiro, no Teatro Municipal, de segunda a sexta-feira, das 9 às 16 horas. 
Há vagas para os seguintes instrumentos: Violino, Viola Clássica, Violoncelo, Contrabaixo Acústico, Flauta Transversal, Flauta Piccolo, Clarinete, Clarone, Oboé, Fagote, Sax Alto, Sax Tenor, Sax Barítono, Trompete, Trombone, Trompa, Bombardino, Tuba, Contrabaixo Elétrico e instrumentos de percussão sinfônica e Popular em geral.
Segundo o diretor musical, Edivaldo Francisco de Paula, "a formação dos músicos é gratuita, bastando o mesmo ter idade superior a 9 anos e estar estudando regularmente no ensino fundamental. Não é necessária a formação em nenhum instrumento. O objetivo da corporação é desenvolver a conscientização da importância da música na vida desses jovens, auxiliando em um maior grau de concentração, com alto nível cultural, além da formação musical". Quando o aluno estiver apto a participar do grupo musical principal como músico, será oferecido pela Prefeitura uma ajuda de custos mensal para custeios básicos.
O período deste projeto é de 3 anos, sendo as aulas ofertadas por professores específicos aos instrumentos sob a coordenação do Maestro Edivaldo.
Desde 1954 encantando os moradores de Jales, a Orquestra Municipal tem tradição e por ela já passaram grandes nomes, entre eles Fernando Lopes (1º Trompetista da Orquestra Sinfônica de São Paulo), Hugo Miura (Formado em música na USP e UNESP), Ademir da Cruz (UNESP) Humberto Teixeira (Mestrando UNICamp). Atualmente, três ex-alunos cursam o ensino musical em Tatuí, sendo destaques por onde atuam.
Com um trabalho sério e material didático atualizado, a Corporação é uma das principais escolas de música da região, estando sempre atenta a formação de novos músicos e de pessoas atuantes em nossa sociedade. Venha você também fazer parte do desenvolvimento musical de nosso Município.