Páginas

sábado, 17 de novembro de 2012

TJ-SP recebe denúncia contra Parini

A 15ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo receberu a denúncia oferecida pelo Ministério Público contra o prefeito Humberto Parini (foto) iincurso no artigo 89, "caput", da Lei n° 8.666/93 Os desembargadores Walter de Almeida Guilherme, J. Martins, Miguel Marques e Silva e Ribeiro dos Santos votaram com o relator Poças Leitão. O acórdão foi publicado nesta treça-feira, 13 de novembro.
Segundo consta da denúncia em diversas oportunidades, no ano de 2005, em horário e local ignorados, no exercício do cargo o prefeito Humberto Parini dispensou licitação fora das hipóteses previstas em lei. Notificado a apresentar resposta, o prefeito Parini defendeu-se alegando "ser injusta a acusação, pois não agiu com o fito de prejudicar o erário, motivo pelo qual faltaria justa causa àação penal".
O relator dos autos, desembargador Poças Leitão, explica em sua decisão que "como se vê dos autos, a denúncia descreve com muita clareza o fato penalmente típico imputado a Humberto Parini, bem como aponta indícios da materialidade e de autoria carreados no bojo dos autos de inquérito policial, atendendo, assim, aosrequisitos do artigo 41, do Código de Processo Penal".
Diz o relator ainda em relação à defesa apresentado pelo prefeito Parini que "quanto às alegações de falta de demonstração do doloespecífico ou a descrição do eventual prejuízo supostamente suportado pelo erário, bem como que o artigo 24 da Lei n° 8.666/93 prevê, em casos excepcionais, a dispensa do processo licitatório, constata-se que o tipo penal do artigo 89 do mesmo Diploma Legal não exige fim especial na conduta do agente ou dano aos cofres públicos".
Ao final de sua decisão o relator Poças de Leitão expõe que "a presença ou não do dolo genérico na conduta do increpado é questão de mérito que deve ser submetida à luz do contraditório. Mas tudo isso ainda é incerto e deverá ser apurado em regular instrução do processo. Assim, não se pode afastar, de plano, a imputação dirigida ao denunciado. Daí por que, presente o "fumus boni iuris" e finaliza ao determinar que "recebe-se, pois, a denúncia oferecida contra Humberto Parini, Prefeito do Município de Jales, por infração ao artigo 89, "capuf, da Lei n° 8.666/93".

TSE nega provimento a recurso de Neuseli Pires (PTB), de Urânia; inegebilidade cessará em 2021


Na sessão realizada no último dia 8 de novembro, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por unanimidade, desproveu o agravo regimental – interposto pela então candidata a prefeita Neuseli Maria de Brito Pires (PTB) (foto), contra a decisão do TRE-SP que não deu provimento a um embargo de declaração – nos termos do voto do relator Arnaldo Versiani. Votaram com o relator, os ministros Dias Toffoli, Rosa Weber, Nancy Andrighi, Laurita Vaz, Luciana Lóssio e Cármen Lúcia.
Segundo consta, o Tribunal Regional Eleitoral - TRE-SP, por unanimidade, deu provimento a recurso da coligação "Para Urânia Continuar Crescendo", que pedia o indeferimento do registro da candidatura formulado por Neuseli Maria de Brito Pires ao cargo de prefeito de Urânia nas eleições deste ano, sob a "alegação que ela havia renunciado ao cargo de vereadora para não ser cassada".
Da decisão, Neuseli Pires opôs embargos de declaração, os quais foram rejeitados pelo TRE-SP. Seguiu-se a interposição de recurso especial junto ao TSE, sendo apresentadas contrarrazões. A Procuradoria-Geral Eleitoral opinou pelo não conhecimento do recurso e, no mérito, pelo seu não provimento
Em sua decisão o ministro Arnaldo Versiani, expôs que "segundo consta do Sistema de Divulgação de Resultados das Eleições de 2012, Neuseli Pires, candidata ao cargo de prefeito do município de Urânia (SP), não se elegeu, além do que a chapa majoritária que logrou êxito obteve mais de 50% dos votos válidos, considerados estes como aqueles dados efetivamente a candidatos que concorreram no pleito".
Desse modo, relatou o ministro Versiani, o recurso especial, que visa ao deferimento do pedido de registro da candidata Neuseli Pires, está prejudicado, na medida em que, mesmo se houver qualquer fato posterior que acarrete a cassação do registro, diploma ou mandato do primeiro colocado, a hipótese será de realização de novas eleições, por envolver mais da metade da votação válida do referido município.
Pelo exposto, o ministro Arnaldo Versiani negou seguimento ao recurso especial de Neuseli Maria Brito Pires.
De acordo com a letra K do Artigo 1° da Lei complementar n° 135, de 4 de junho de 2.010, que diz: "k) o Presidente da República, o Governador de Estado e do Distrito Federal, o Prefeito, os membros do Congresso Nacional, das Assembleias Legislativas, da Câmara Legislativa, das Câmaras Municipais, que renunciarem a seus mandatos desde o oferecimento de representação ou petição capaz de autorizar a abertura de processo por infringência a dispositivo da Constituição Federal, da Constituição Estadual, da Lei Orgânica do Distrito Federal ou da Lei Orgânica do Município, para as eleições que se realizarem durante o período remanescente do mandato para o qual foram eleitos e nos 8 (oito) anos subsequentes ao término da legislatura;"
Nesse caso, como o mandato de Neuseli Pires venceria em 31 de dezembro de 2012, ela ficará inelegível pelo período de oito anos a contar de 1° de janeiro de 2.013. A inegebilidade de Neuseli se extinguirá em 2.021.

Projeto de E.E. de Urânia é destaque no Seminário Internacional de Educação em Águas de Lindóia


Entre os dias 29 de outubro a 1° de novembro, foi realizado em Águas de Lindóia (SP), o Seminário Internacional de Educação – Práticas Pedagógicas de Leitura e Escrita nos Anos Iniciais – 2012, envolvendo com a aparticipação de mais de 900 profissionais das redes estadual e municipal.
Organizado pelo Centro de Ensino Fundamental dos Anos Iniciais (CEFAI), setor responsável pelo programa Ler e Escrever, da Secretaria de Estado da Educação de São Paulo, o evento é voltado para supervisores e professores-coordenadores das 91 diretorias regionais de ensino do Estado.
A Diretoria de Ensino – Região de Jales foi a representante do pólo de formação do "Ler e Escrever" de Araçatuba onde participam das formações oferecidas pela Secretaria de Estado da Educação além de Jales, Fernandópolis, Votuporanga, Araçatuba, Birigui, Penápolis e Andradina.
O Projeto selecionado para representar o pólo de Araçatuba foi da E.E."José Teixeira do Amaral" de Urânia, da DER-Jales, "Ler, Escrever, Transformar", onde os alunos lêem em vários ambientes e contextos da comunidade local, uma vez por mês, acompanhados pelas professoras, depois de selecionarem, eles próprios, os livros que serão lidos. Todas as classes de 2º ao 5º ano participam dessa atividade de leitura.
Os alunos realizam as leituras na praça, no Centro de Saúde, no Lar dos Velhinhos, nas escolas estaduais, infantis, creches, nos ônibus que transportam os alunos, enfim encantam a todos e aprimoram o gosto e o hábito pela leitura.
Esse Projeto de Leitura nasceu após ampla e larga análise reflexiva entre a gestão escolar e o corpo docente da unidade escolar. Está em ação há alguns anos, vem crescendo e frutificando muito. A mentora do projeto foi a professora coordenadora Profª Roseli Pacheco Catanozi, que recebeu todo respaldo da diretora Maria Aparecida Vilches para o seu desenvolvimento.
Participaram do Seminário Internacional de Educação, o supervisor de ensino Ayrton Luís, PCNPEs de Alfabetização Carla Renata e Lúcia Emi e ainda, a PC Telma Lacerda Buzato, da EE. "Profª Élide Apparecida Carlos" de Urânia e Roseli Pacheco Catanozi, a quem coube a socialização do Projeto de Leitura aos presentes, profissionais da DER – de Jales, que realizam as formações e o acompanhamento junto à escola.
O seminário contou com a presença de estudiosos e pesquisadores como:Elma Weisz, Roxane Helena Rodrigues Rojo, Marcos Bagno, Jacqueline Peixoto Barbosa, Kátia Bräkling,no que se refere ao ensino e aprendizagem da leitura e escrita.
O Seminário contou com a apresença de Bernard Schneuwly, da Universidade de Genebra, na Suíça que falou sobre produção de texto nas séries iniciais, Mirta Castedo, da Universidade Nacional de La Plata (Arg) que abordou em palestra "O papel da equipe diretiva no planejamento institucional" que, ao lado de Ana Maria Kaufman, da Universidade Nacional de Buenos Aires, explicou o lugar da gramática no ensino da leitura e escrita.
Ivone Niza, integrante do Ministério da Educação de Lisboa, tratou também da formação de professores como escritores e leitores e seu papel no processo de aprendizagem e ensino da linguagem escrita.
O projeto apresentado pela PC Roseli Cristina Pacheco Catanozi agradou aos participantes e, principalmente, aos profissionais da SEE através do CEFAI que gostaria de socializar o projeto com toda a rede estadual.

Sindicato Rural de Jales abre inscrições para curso gratuito de artefatos artesanais

O SENAR (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), através do Sindicato Rural de Jales está com inscrições abertas para o curso gratuito de Artefatos Artesanais para Datas Comemorativas a ser realizado nos dias 03, 04, 05, 06 e 07 de dezembro, das 08h às 17h, na sede do Sindicato.
Com duração total de 40 horas, o curso é voltado para o desenvolvimento de peças decorativas para diversas datas comemorativas. Ideal para a aplicação em decoração natalina, os alunos aprendem ainda técnicas artesanais de coleta, seleção e limpeza dos materiais a serem utilizados, tingimento, armazenamento, trançados, tecelagem, esculturas, montagem, acabamentos, entre outras coisas.
A programação é aplicada com instrutor devidamente capacitado pelo SENAR para alunos acima de 18 anos. Haverá emissão de certificados.
Os interessados devem entrar em contato com o Sindicato Rural de Jales pelo telefone: (17) 3632-7077 / (17) 9728-2030 ou pessoalmente, na avenida João Amadeu, nº285 – centro em Jales-SP. As vagas são limitadas.

Garça assume o PMDB de Jales


No sábado, 10 de novembro, José Devanir Rodrigues, o Garça,na foto, durante explanação aos seus companheiros de partido, assumiu a presidência do diretório Municipal do PMDB, em lugar de João MIssoni Filho eleito vice-presidente. O deputado estadual Itamar Borges esteve presente para se colocar à disposição da direção peemedebista. Participaram da posse Marynilda Cavenaghi e seu pai José Carlos Cavenaghi, Jediel Zacarias, Ilson Colombo, Jamil Saad, Arnulfo Aredes, Afonso Voltan, o empresário Oscar Aidar Jr, professor Cristovan Avelhaneda e outros convidados.

Jogos de Educação Física movimentam a Unijales

O curso de Educação Física da Unijales realizou entre os dias 5 e 9 de novembro o JUNEF- Jogos Universitários da Educação Física.
O evento contou com a participação de alunos, professores, profissionais da área e da coordenadora do curso Viviane Kawano Dias.
A organização dos jogos ficou por conta do 3º ano de Educação Física- Licenciatura, sob a coordenação da professora Mary Lizete dos Santos, que ministra a disciplina Pesquisas e Práticas Educacionais III.
No JUNEF foram disputadas as modalidades de natação, futsal feminino e masculino, handbol feminino e masculino, Atletismo, volei feminino e masculino e basquete 3 feminino e masculino.
Todas as competições aconteceram nas dependências do Ginásio Poliesportivo da Unijales e na Unidade II – Jales Clube.
Segundo a coordenadora do curso, Viviane kawano, este evento é importante por oferecer aos alunos e professores do curso de Educação Física, da Unijales, uma relação de integração e reciprocidade através do esporte, valorizando a socialização e a participação, além de suscitar o gosto e hábito da prática de atividades físicas, bem como aquisição de conhecimentos sobre o movimento humano e suas diversas manifestações, em especial na área esportiva, reforçando a relação teoria-prática, imprescindível para o processo de aprendizagem para sua formação acadêmica.

Exame de suficiência

Sete alunos da Unijales, que ainda estão no oitavo período do curso de Ciências Contábeis, coordenado pelo professor Júlio Cesar Siqueira, fizeram o Exame de Suficiência, promovido pelo CFC- Conselho Federal de Contabilidade e já foram aprovados.
Thiago de Jesus Francisco, Ana Flávia Schiavinato Oliveira, Francieli Aparecida dos Santos Piassali, Gabriel Eduardo Tarlau, Helder Vendrame Baraldi, Juliano Antônio dos Reis e Ricardo Henrique Righi (foto), ultrapassaram os 50% dos pontos possíveis da prova, mínimo exigido e tornaram-se habilitados ao exercício legal da Contabilidade.
O exame de suficiência, que contempla questões sobre a Contabilidade é aplicado duas vezes por ano, sendo um em cada semestre.
Durante o ano letivo, o professor e coordenador Júlio Cesar Siqueira, além de suas aulas que constam na grade curricular, ofereceu conteúdos específicos e preparou os alunos para o Exame de Suficiência.

Tecnóloga Bruna, da Fatec Jales, expõe trabalho na 6ª Feteps em São Paulo

Cerca de 26 mil pessoas visitaram a 6.ª Feira Tecnológica do Centro Paula Souza (Feteps), onde foram exibidos 256 trabalhos de mais de mil estudantes das Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais, além de 25 de alunos de instituições internacionais.
A Feteps foi realizada no período de 23 a 25 de outubro de 2012, na Expo Barra Funda, em São Paulo, espaço para demonstração e socialização de projetos de pesquisa, produções culturais, serviços e experiências bem-sucedidas das Escolas Técnicas e Faculdades de Tecnologia do Centro Paula Souza.
A tecnóloga Bruna Martins Nunes (foto), da Fatec Jales, apresentou um trabalho orientado pela profª Drª Gláucia Alvarez Tonin, sob o título "Destilação Artesanal de Óleo Essencial de Eucalipto", focando a alternativa para a utilização das folhas de eucalipto descartadas, para a produção de óleo na propriedade rural, através da confecção de um destilador artesanal, que utiliza materiais recicláveis.
A espécie utilizada para obter o óleo foi o Corymbia citriodora (E.citriodora), devido ao alto teor de óleo nas suas folhas. O método utilizado foi a destilação da água, que foi avaliado pela sua funcionalidade e pela proporcionalidade entre a quantidade de folhas usadas e a produção de óleo bruto, medindo, desta forma, sua funcionalidade.

Sabesp instala terminal de autoatendimento

Instalado na sexta-feira, 9 de novembro, terminal de autoatendimento externo da Sabesp no supermercado Proença, em Jales. Neste totem, o cidadão poderá ter acesso ao site www.sabesp.com.br e obter diversas informações sobre a empresa.
Terá acesso à Agência Virtual, que coloca à disposição vários serviços e orientações, como por exemplo, a consulta aos valores e débitos de seu imóvel, obtenção da 2ª via da conta, acesso aos canais Sabesp - pesquisas para trabalhos escolares, entre outros.
A 2ª via da fatura poderá ser paga no próprio supermercado que é credenciado para recebimento. Desta forma, no momento de suas compras o cliente terá a comodidade de ser atendido pela Sabesp.
Com o autoatendimento o cliente Sabesp passa a ter os serviços disponibilizados na Agência Virtual durante o horário que o supermercado mantem suas atividades, das 8 às 21horas, inclusive sábados, domingos e feriados.
Em dezembro serão instalados equipamentos em Lins e Fernandópolis.

Rotary Club “Grandes Lagos” faz novas doações em Jales

O Rotary Club de Jales "Grandes Lagos" realizou em sua reunião ordinária do dia 07 de novembro novas doações para entidades assistenciais de Jales e também para a Santa Casa de Misericórdia.
Os recursos foram obtidos com a 13ª Cavalgada Ecológica realizada no dia 30 de setembro. Foram beneficiados o Lar dos Velhinhos com a doação de cadeiras de rodas, a Coopersol com a doação de um bebedouro de 50 litros, o Lar Transitório São Francisco de Assis com a doação de recursos para a realização de um jantar dançante e a Santa Casa de Misericórdia com a doação de 100 jogos de lençóis.

Jales é primeira cidade da região a sediar a "Sun Rise"

Com tradição internacional, a festa "Sun Rise", com origem em Ibiza (Esp), chega a Jales no dia 8 de dezembro, através do promoter Pedro Gustavo Dutra.
A festa Sun Rise existe no Brasil desde 2010 e vem sendo adaptada em diferentes edições, em cidades como: Itaquatiara (RJ), Praia do Forte (Ba), Caxias do Sul RS), Brasilia (DF), Campinas (SP), entre outras. É a primeira vez que a festa terá sua sede em uma cidade da região noroeste paulista
Pedro diz que "o objetivo da festa é trazer boa música, Djs consagrados e uma estrutura diferenciada, com bares amplos e espaço reservado com lounges. A festa reunirá público da região e de todo o estado, que vem acompanhando as edições da festa rave em outros locais".
A festa será realizada a partir das 23h59m no estacionamento do clube do Ipê, em Jales, e terá open bar & food, de Vodka (Smirnoff), cerveja, refrigerante, suco, água e salgados finos.
A música ficará por conta de cinco DJs de prestígio: DJ Thricie (foto), de São Paulo, DJ Ale Albieri de Curitiba, DJ Ricardo Prado de São José do Rio Preto, DJ Victor de Araçatuba, e o Grupo Sonora Live de Jales.
Pedro também conta que "A Dj Thricie é a mulher mais seguida do Brasil, no Facebook e uma das cem mais sexys Djs do país. Já a Dj Ale Albieri tem reconhecimento internacional e já passou por clubs como Vibe, Danghai, Bielle, Chez Moi, Noxx e Dreams Beach Club". Maiores informações http://www.sunrisejales.com.br/

Animais de estimação

*O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Mendes Ribeiro Filho, instala nesta terça-feira, 20 de novembro, às 14h, na sala de reuniões CNPA, a Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Animais de Estimação. O fórum vai reunir representantes do governo e do setor privado para debater assuntos essenciais para o fortalecimento do mercado de animais de estimação, bem como fomentar e implementar políticas públicas para esse segmento.
*O Brasil tem o segundo faturamento mundial do mercado pet, como também é conhecido o comércio de animais de estimação. Com perspectiva de movimentar R$ 13,6 bilhões em 2012, de acordo com Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), o setor tem definida a Agenda Estratégica Pet Brasil 2012-2017, com prioridade para debates sobre governança da cadeia, fomento, marco regulatório, marketing e promoção e capacitação.

Representantes da Santa Casa de Votuporanga conquistam em Brasília, apoio para movimento

Para conquistar ainda mais força para o movimento "Tabela SUS, Reajuste Já!", o provedor Luiz Fernando Góes Liévana, o administrador Mário César Homsi Bernardes e o presidente do Conselho Nasser Gorayb, estiveram em Brasília, visitando representantes de entidades e gabinetes de deputados federais e convidando-os a se unirem à campanha que pede a revisão dos valores pagos às Santas Casas e Hospitais Filantrópicos de todo o Brasil.
A viagem teve como objetivo a busca de empenhos dos parlamentares para o Hospital, porém, aproveitando a ocasião, os representantes de Votuporanga fizeram importantes contatos, somando novos parceiros à causa. Desde setembro, unidos em prol de um reajuste da tabela e da revisão das dívidas constituídas em razão da defasagem, mais de 80 instituições filantrópicas se articulam para atingir estes objetivos.
Uma das parcerias acertadas na ida a Brasília, é com a Confederação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos do Brasil (CMB) colocou em votação dos conselheiros e aprovou a participação da entidade no movimento. O órgão reúne as Federações Estaduais, que totalizam mais de 2,1 mil estabelecimentos de saúde.
Outro anúncio importante é o de que as 30 maiores Santas Casas do Brasil, inclusive as Santas Casas de São Paulo, Porto Alegre e Maceió, vão aderir e participar do movimento, conforme adiantaram aos representantes da Santa Casa de Votuporanga. O deputado federal Antônio Britto, autor do relatório do grupo especial da Comissão de Seguridade Social e Família e presidente da Frente Parlamentar das Santas Casas na Câmara dos Deputados, também confirmou que participará da reunião do dia 26 de novembro e torna-se mais um apoiador da causa.
A união das instituições participantes do movimento é o que tem permitido o crescimento dele e possibilitado o avanço das reivindicações. Para a reunião do dia 26, em Votuporanga, diversos convites têm sido enviados. As instituições participantes estão confirmando as presenças de seus representantes e também de autoridades e políticos que apoiarão ao movimento. Assim, o movimento Tabela SUS, Reajuste Já! vem se tornando a principal alternativa das entidades para conquistarem, de forma coletiva, condições de continuarem atendendo à saúde pública de forma digna, afinal, essas instituições são responsáveis por 45% das internações de pacientes SUS no Brasil.

EDITAIS DE PROCLAMAS

Ademir de Mattis
, Oficial do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de Jales, Estado de São Paulo. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro.
RENATO BARBOSA COUTINHO e FRANCIS MÉRY DE LEÃO. ELE,
natural de Jales, deste Estado, nascido aos 05 de maio de 1.973, comerciante, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Mauro Coutinho e de Guaraciaba Dias Barbosa Coutinho. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 28 de março de 1.989, estudante, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Adinaél de Leão e de Cleuza Pereira do Nascimento de Leão.
JOSÉ ROBERTO PELARIN e PRICILA ROSA DELMONDES. ELE,
natural de Estrela D´Oeste, deste Estado, nascido aos 30 de janeiro de 1.987, atendente, solteiro, residente e domiciliado neste Distrito de Jales, filho de José Pelarin e de Sandra Regina Costa Vieira Pelarin. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 17 de maio de 1.987, auxiliar de consultório, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Evanildo Ribeiro Delmondes e de Rosângela da Silva Delmondes.
VALDINEI ANTONIO DA SILVA e ELIANA SILVA DE PAULA. ELE,
natural de Jundiaí, deste Estado, nascido ao 1º de agosto de 1.981, lavrador, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Valdemar Antonio da Silva e de Maria Delsides Caires da Silva. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 26 de dezembro de 1.985, babá, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Cleso Hipólito de Paula e de Neusa Silva de Paula.
ELISANDRO LUCAS DE ALBUQUERQUES e LARISSA THAÍS DE FREITAS RAMOS. ELE,
natural de Rosário do Oeste, Estado do Mato Grosso, nascido aos 28 de julho de 1.980, educador físico, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Valdi Moura de Albuquerques e de Maria Nelma Geromel Moura de Albuquerques. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 11 de novembro de 1.987, farmacêutica, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Rubens Natal Ramos e de Leila Maria Alves de Freitas Ramos.
JOÃO VITOR GARCIA DELFINO e TAISE FERNANDA CALDEIRA NAVES. ELE,
natural de Jales, deste Estado, nascido aos 02 de setembro de 1.985, técnico em informática, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Flauzino Delfino e de Marilena Garcia Delfino. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 19 de dezembro de 1.987, auxiliar de escritório, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Luiz Carlos Bernardo Naves e de Cristina Guimarães Caldeira.
RENAN ALEX MECHI e FRANCIELE CRISTINA BERNARDES
. ELE, natural de Votuporanga, deste Estado, nascido aos 06 de maio de 1.986, administrado de empresas, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Geraldo Mechi e de Rita de Cássia Pebelini Mechi. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 29 de maio de 1.987, biomédica, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Antonio Vandair Bernardes e de Luiza Lanzoni Bernardes.
SE ALGUÉM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO OPONHA-O NA FORMA DA LEI. LAVRO OS PRESENTES PARA SEREM AFIXADOS NO REGISTRO CIVIL E PUBLICADOS NA FOLHA NOROESTE, NESTA CIDADE DE JALES.
Ademir de Mattis - Oficial

Torneio de judô abre modalidade para deficiente visual

No sábado, 10 de novembro, foi realizado no Ginásio Municipal de Esportes Dr. Waldemar Lopes Ferraz, o 13º Torneio Integração de Judô. O evento teve a participação de atletas de ambos os sexos a partir dos 4 anos de idade.
Pela primeira vez em uma competição regional foi realizado uma categoria para atletas portadores de deficiência visual (foto). Na opinião do público presente, mesmo com a deficiência visual os dois atletas deram o recado em relação às lutas, onde foram aplaudidos.
Neste evento estiveram presentes 11 delegações, chegando um total de 215 atletas.
Na contagem geral de pontos, a Associação de Judô e Karatê de Jalesense se classificou em 2º lugar na classe masculina, e 3ª colocada no feminino, empatando com Fernandópolis
A classificação geral foi a seguinte:
Masculino
. 1º Ilha Solteira, 2º Jales e 3º Votuporanga
Feminino: 1º Votuporanga, 2º Ilha Solteira, 3º Jales e Fernandópolis.
Em quantidade de medalhas a Associação de Judô e Karatê de Jalesense conseguiu nas duas modalidades o total de 14 medalhas de ouro, 12 medalhas de prata e 5 medalhas de bronze.

Nosso sistema penitenciário funciona?

Por Thalita da Silva Farias e Luciano Mendes
A sociedade se constitui, em grande parte, por meio da limitação das liberdades individuais. Com isso, há sempre a institucionalização de valores que determinam e limitam os comportamentos individuais em prol da coesão do grupo. São esses valores que possibilitam detectar e constatar as ações que são classificadas como "certas ou erradas". Para que não ocorra a dissolução das instituições sociais, há a necessidade sempre de reprimir os comportamentos classificados como errados. Essa repreensão pode ocorrer pela internalização de valores, como, por exemplo, a "consciência de culpa", ou pela repreensão do grupo mais próximo, mas, sobretudo – em casos mais graves –, pela estrutura do Estado (única instituição com poder de coerção física).
Para abranger os vários delitos que poderiam ocorrer na sociedade, houve o surgimento de uma instituição específica capaz de realizar a punição – por meio da restrição de liberdades, assim como a readequação moral dos "sujeitos criminosos" – por meio da disciplinarização aplicada nesse espaço. Essa instituição moderna é a prisão. Antes do surgimento das prisões, as punições foram aplicadas de formas diferenciadas entre o século X e o século XVIII: a execução do indivíduo em público ou o mutilação dos membros do "corpo criminoso". A prisão surge no exato momento de constatação sobre o lado desumano desses atos, com a prerrogativa de ser uma instituição capaz de readequar o sujeito à sociedade.
Apesar dessa qualificação e da capacidade de readequação, o que se observa, após o surgimento e efetivação das prisões, não é – na visão do filósofo e historiador francês Michel Foucault – uma restrição, mas a proliferação da criminalidade. Sobre esse tema, a conclusão do filósofo é simples: a prisão coloca em processo de aprendizagem criminosos que estão em estágios diferenciados (no que tange ao delito cometido) e os torna mais qualificados para o crime. Além disso, uma outra conclusão do pensador é que só existe prisão porque existe criminoso. Isso quer dizer que a sustentação de toda uma burocracia penitenciária, que perpassa as instâncias do legislativo, do executivo e, em especial, do judiciário, só existe porque existem aqueles capazes de transgredir as regras. Com isso, manter e mesmo proliferar o surgimento de criminosos acaba sendo algo importante e estratégico para a manutenção da burocracia penitenciária e das várias instâncias de sustentação.
Diante desse quadro, uma terceira conclusão de Foucault está relacionada à marginalização desse sistema penitenciário na sociedade, o que ocasiona um descrédito e um não olhar sobre os problemas, que acabam sendo inerentes a esse sistema. Com isso, as manifestações de poder são exacerbadas de uma forma tal que esse "espaço" se torna um território sem "leis", no sentido de estar distante dos valores e regras da sociedade. Acaba sendo "permitida" uma série de ações desumanas, assim como privilégios e deferências dos sujeitos criminosos com maior poder aquisitivo.
Um exemplo dessa discrepância está em uma reportagem feita pela TV Record, que denunciou irregularidades em alguns presídios brasileiros. Quem tem condições financeiras usufrui de uma boa cela, com regalias inconcebíveis para um sistema prisional. Esse é o caso, denunciado na reportagem, do maior presídio do Brasil, conhecido como o "Presídio das Regalias", localizado em Recife, Pernambuco, onde presos podem tudo, com direito a hambúrguer, churrasquinho, cigarro – e água de coco (caminhões chegam a estacionar no local para descarregar cargas deste produto). Já em outro presídio, mostrado também na reportagem, os presos sobrevivem em situações desumanas, como é o caso do presídio conhecido como "Paraíso das Baratas", localizado em Teresina, Piauí, onde os presos vivem em meio a insetos, e suas refeições são servidas em sacolas plásticas, sem direito a talheres.
Como resolver esses problemas? Como conter muitos dos problemas denunciados por Michel Foucault há quase quarenta anos? Apesar do pessimismo do filósofo, sua crítica põe à mostra a necessidade de a sociedade em geral se integrar e interagir mais sobre as políticas públicas pretendidas e executadas para o sistema penitenciário. Com as denúncias de irregularidades – como no caso da reportagem – é possível deixar evidente a não funcionalidade do sistema, e isso, por sua vez, é capaz de gerar reflexões sobre novas formas de reeducação dos delinquentes.
Provavelmente, em uma sociedade conservadora e capitalista, a diminuição da delinquência passe pelo sistema formal de educação, assim como pela integração ao mercado de trabalho. Evidente que são soluções paliativas, que podem contribuir no curto e médio prazo, mas a longo prazo é necessário que se institua um modo diferenciado de readequação e reeducação sobre as ações criminosas. Thalita da Silva Farias: Acadêmica do curso de Administração da UFMS – Campus de Três Lagoas. e-mail: farias_bitencour@yahoo.com.br – Luciano Mendes: Administrador e Professor Dr. da Universidade Estadual de Maringá (UEM). e-mail: lucianobtos@yahoo.com.br

CTGM participa de Encontro do Cepam

Membros da comissão de transição de governo participaram na última segunda-feira, dia 12 de novembro, do Encontro Transição de Governo nos Municípios Paulistas – Mudança de Gestão com Responsabilidade, na sede do Centro de Estudos e Pesquisas de Administração Municipal (Cepam) em São Paulo.
O professor Roberto Timpurim Berto, os advogados Luís Fernando de Paula e Adriano Vinicius Leão de Carvalho (foto), que compõe a equipe transitória de gestão, receberam orientações do Cepam quanto a eficaz transição de governo. O Encontro teve como objetivo, orientar os participantes sobre a elaboração de lei, levantamento dos dados setoriais, relatório final de informações e encerramento de contas das atuais administrações.
O técnico do Cepam, Luiz Antônio da Silva, o abordar os aspectos orçamentários e fiscais, do encerramento de exercício e prestação de contas, ressaltou a "importância das planilhas e dos relatórios como instrumentos de planejamento, da execução orçamentária e do equilíbrio fiscal do município".
"Na transição, diferentemente do que é feito anualmente, o encerramento envolve mais cuidados. Pede um olhar mais acentuado, pois haverá penalidades se detectados erros e incoerências, na execução e prestação das contas, regulamentados pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF)", explicou o técnico do Cepam. Ele alertou que as "vedações impostas pela LRF, em final de mandato, como o aumento com gastos de pessoal, a dívida pública com restos a pagar. Se a despesa total exceder os limites, é passível de penalidades e considerada crime".
O presidente do Cepam, Lobbe Neto, afirmou que "os prefeitos devem passar ao seu sucessor, independentemente de quem seja ele, ou do partido político, o máximo de informações sobre os últimos anos do governo, considerando a gestão financeira, identificação de recursos humanos estratégicos, relação de programas pendentes, enfim, o acesso à documentação pertinente a todos os compromissos e contratos que terão de ser honrados no início da Administração". A técnica do Cepam, Maria do Carmo Cruz, ressalta que a formação de uma equipe de transição é essencial. "As equipes devem ser compostas por profissionais de confiança de cada gestor e que conheçam a Administração Pública."
Para os participantes jalesenses, o Encontro serviu para "obter conhecimento de como elaborar o mapa da Administração Municipal, a ser repassado para a prefeita eleita, Nice Mistilides, e ao vice, Dr. Pedro Callado, que estarão a frente do executivo municipal a partir de 1° de janeiro de 2013, além de angariar questões técnicas que melhor sintetizam a situação administrativa do município".

Macetão viaja a São Paulo para solicitar recursos ao deputado Milton Vieira (PSD)

Alegando conhecer as dificuldades em conseguir recursos financeiros no início de ano, principalmente após o período eleitoral, quando novos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores assumem os cargos, o presidente da Câmara Municipal de Jales, Luiz Henrique Viotto, o Macetão, viajou a São Paulo no dia 06 de novembro, e visitou o gabinete do deputado estadual Milton Vieira (PSD) (foto).
Na ocasião, Macetão solicitou que o parlamentar incluísse no Orçamento Anual de 2013, recursos no valor de R$ 150.000,00 que serão utilizados em obras de infra estrutura no município. "Gostaria de salientar a necessidade emergencial dos recursos, uma vez que a situação atual da cidade não permite que o Poder Executivo faça investimentos nesse sentido", alegou
Após receber a solicitação, o deputado destacou que "vou buscar viabilizar os recursos para atender o maior número de obras e vou me empenhar ao máximo para obter os recursos extraorçamentários".
De acordo com o presidente da Câmara, Macetão, "a população jalesense pode ficar otimista em relação à liberação dos R$ 150 mil que serão utilizados em obras de infra estrutura em nossa cidade. Estive com o deputado, expliquei a atual situação do município e senti que ele ficou sensibilizado e vai se empenhar para garantir a verba". (por Douglas Zilio)

FOLHAGERAL

Reivindicando
Acompanhada por Marcos Módulo e pelo deputado estadual Itamar Borges (PMDB),a prefeita eleita Ana Lúcia Olhier Módulo, de Vitória Brasil, esteve em audiência com o secretário de Estado da Habitação, Sílvio Torres, quando apresentou o pedido para construção de casas populares no município.
Nada ainda
Numa entrevista que concedeu esta semana a uma emissora de rádio local, a prefeita eleita Nice Mistilides afirmou que não havia definido nomes de seu futuro secretariado.
Ansiedade
A demora em anunciar os futuros assessores está causando certa apreensão nos colaboradores diretos e correligionários da prefeita eleita Nice Mistilides. Para eles, essa demora pode causar um vazio político na futura composição de seu secretariado.
Nomes
Desde que ganhou a eleição, nomes são veiculados como futuros assessores, entre eles ex-secretários municipais e até funcionários de carreira. Mas sabe-se por fontes que parte do secretariado da prefeita eleita sairá de sua equipe de coordenadores e colaboradores.
Vai falar
Segundo fontes ligadas à Nice Mistilides, tão logo ela retorne da viagem que faz, irá se pronunciar sobre nomes de sua futura assessoria.
Prestando contas
A candidata Neuseli Pires (PTB), de Urânia que teve o registro de sua candidatura negado pelo TSE, declarou em sua prestação de contas ter gasto R$ 25.817,96 na campanha eleitoral. Outro candidato que teve o registro de sua candidatura impugnado foi Claudio Pereira da Silva (Caju), do PT, de Paranapuã, declarou ter dispêndido R$ 16.662,56 na campanha eleitoral.
A bel prazer
A Prefeitura de Jales diante a baderna que os donos de veículos com propaganda volante estavam fazendo no perímetro central da cidade, baixou normas e só permitiu propaganda de caráter social e autorizou livremente na periferia. Mas a baderna continua. Não estão respeitando nada. O som vai além do limite. Espera-se que a prefeita eleita regulamente de fato essa atividade sem agradar este ou aquele.
Caso Aderj
Nesta quarta-feira, 14 de novembro, foi publicado no Diário Oficial, o despacho: "remetam-se os autos à fiscalização para instrução do acrescido, conforme requerido pela ATJ. Retornem os autos pela Assessoria Técnica, com tramitação interna posterior ao MPC, consoante regramento do Regimento Interno", do conselheiro Dimas Ramalho sobre o repasse de R$ 1.924.030,69 pela Prefeitura de Jales à ADERJ. A sigla MPC significa Ministério Público de Contas que atua junto ao Tribunal de Contas do Estado.
Locadora
O Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp) lançou concorrência pública para concessão de área interna no terminal de passageiros do aeroporto Domingos Pignatari (Votuporanga). O espaço será destinado à instalação de balcão para locadora de veículos, a primeira do aeródromo. Os envelopes serão abertos no dia 17 de dezembro, na sede do Daesp em São Paulo, capital.
Kits de bolas
O presidente da Câmara Municipal Luiz Henrique Macetão Viotto, aproveitou a viagem e deu um pulinho na Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude, para pedir kits esportivos do "Programa Pintando Liberdade" criado em 1999 pelo governo federal, que inclui bolas de futebol de campo, de futsal, basquete, vôlei, redes, bolsas e agasalhos esportivos. O material produzido nas penitenciárias vinculadas ao programa é distribuído em órgãos públicos como creches, escolas, quartéis das polícias militares, escolas técnicas, prefeituras e entidades que desempenham trabalhos sociais.
Adiado
O julgamento do recurso do vereador Rivelino Rodrigues (PMDB) contra a decisão que pede a cassação de seu cargo, que seria na segunda-feira, 12 de novembro, foi adiado. Segundo o site do TRE-SP, a próxima sessão está marcada para dia 26.
Vai sair
O chefe de gabinete do Poder Executivo, Léo Huber, afirmou em uma emissora de rádio local, que o funcionalismo municipal vai receber no mês de dezembro o 13° salário, para alívio dos "barnabés" que estavam preocupados pensando que passariam o Natal na dureza.
Ainda não
"Não há entrega de prestação de contas à Justiça Eleitoral" é a informação no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ontem, às 16h30, referente ao vice-prefeito e candidato a prefeito pelo PPS, Clóvis Viola. Mesma informação aparece em relação ao candidato a vereador Fagner Amado Pelarini, o Nenê do Pet Shop.

ACIJ espera continuidade no crescimento das vendas de Natal

Com a decisão da Prefeitura de rever sua posição e fazer a decoração de Natal aumenta o otimismo do comércio em relação às vendas de fim de ano. A expectativa da Associação Comercial e Industrial de Jales, com base nos levantamentos do SPC, é de um crescimento de pelo menos 7% em relação a dezembro do ano passado.
Em dezembro de 2011, em relação ao mesmo período de 2010, houve um aumento nas vendas de 11% e de dezembro de 2010 em relação ao mesmo mês de 2009 esse crescimento foi de 4%.
O presidente da associação, Alexandre Rensi explica que vários fatores contribuem para esse aumento que vem acontecendo nos últimos anos e que deverá continuar nos próximos anos se não houver alterações na economia. "É um momento em que o próprio crescimento do país sinaliza essa tendência, inclusive com mais facilidade de crédito pelas financeiras, onde a concorrência também contribui para que os juros sejam menores", diz.
Em nível local esse crescimento, segundo ele, se explica não apenas pelo aumento na produtividade das empresas já estabelecidas, mas também pelo fato de novas empresas da área do comércio estarem se estabelecendo na cidade. "Este ano também deverá contribuir de forma positiva o fato da Área Azul voltar a funcionar, aumentando a rotatividade dos veículos, deixando mais vagas nas ruas centrais e consequentemente ajudando mais consumidores a circularem pelas lojas", expõe Rensi
Com tudo isso e com a expectativa positiva das vendas o comerciante também se sente motivado, repondo seus estoques, decorando suas vitrines, tornando o ambiente das suas lojas mais agradáveis e incentivando suas equipes para um bom atendimento.

Ecovoluntários


Por Reginaldo Villazón
Os maus-tratos aos animais – cruéis, absurdos, inexplicáveis – acontecem todos os dias e são denunciados em todo o planeta. Seres humanos ignorantes e insensíveis agem com brutalidade contra animais inocentes e indefesos, causando-lhes sofrimentos, mutilações e morte. Muitos relatos com fotos são publicados na imprensa e expõem as atitudes covardes, muitas vezes praticadas pelos donos contra os seus animais.
No Brasil, volta e meia, alguém exterioriza seu ódio aos animais, atirando bolas de carne com veneno a cães e gatos. Isto aconteceu de forma ousada no jardim zoológico da cidade de São Paulo, em 2004. Setenta e três animais, inclusive um elefante, foram mortos criminosamente com fluoracetato de sódio, uma substância translúcida, inodora, sem sabor, altamente letal e proibida no país.
Recentemente, na próspera cidade de Vitória de Santo Antão (PE), a 50 Km de Recife, o Ministério Público requisitou o fechamento do zoológico municipal, que funcionava irregularmente e abrigava 104 animais em condições precárias. O público brasileiro viu, na televisão, o leão velho e doente, andando cambaleante. Viu o urso confinado, refrescando-se num tanque de água inadequado ao seu porte. Um vexame para a cidade.
Porém, no município de Fortuna de Minas (MG), a 100 Km de Belo Horizonte, a história foi bem diferente. Por iniciativa de um morador, Washington Moreira Filho, há cinco anos os proprietários de pássaros em gaiolas passaram a libertar os animais. Para alegria geral, muitos dos pássaros continuaram vivendo e se reproduzindo nas vizinhanças. As gaiolas vazias, hoje, simbolizam uma época ruim que não existe mais.
O Brasil possui ampla legislação de proteção aos animais. O IBAMA – Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis –, em 1993, instituiu e regulou os Criadouros Conservacionistas, empreendimentos privados para abrigo, proteção, assistência e procriação de animais silvestres. Hoje, há muitos deles no Brasil e fazem parte de uma corrente mundial que ganha força com os ecovoluntários.
Imagine-se um ecovoluntário. Parece coisa de doido. Você entra em férias, arruma as malas, toma um avião e vai a outro país, pagando tudo com o seu dinheiro. Dá entrada num Criadouro Conservacionista e ocupa um alojamento simples, onde vai dormir, arrumar a cama, preparar suas refeições, lavar e passar sua roupa. Por uma semana, você trabalha duro, 8 horas por dia, executando tarefas, como: cultivar, colher, preparar e servir alimentos aos animais, limpar os ambientes de uso dos animais, auxiliar os veterinários na assistência à saúde dos animais. No final, você paga as despesas da sua hospedagem, faz uma doação obrigatória de uns 300 dólares e volta para sua casa por conta própria.
Mas, é com emoção e gratidão que os ecovoluntários falam da convivência que tiveram com os animais. Da amizade que fizeram com os bichos, das experiências que tiveram junto deles, sentindo deles a proximidade, o cheiro, as cores, a textura, o olhar. Mostram fotos das trocas de carinho com aves e herbívoros silvestres. E dos abraços efusivos com grandes e afáveis felinos: leões, leopardos, tigres, onças.
Doido é quem fica estacionado na ignorância e na maldade. Pois, enquanto isso, sem alarde, outros buscam padrões melhores de harmonia, respeito e fraternidade entre todos os filhos da mesma mãe natureza.

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Divulgado novo edital para vagas de estágio de Direito no MPF em Jales

Já está disponível o edital para inscrições no concurso de estágio para a área de Direito da Procuradoria da República no Município de Jales. As inscrições poderão ser feitas até segunda-feira, 19 de novembro, e a prova escrita está prevista para o dia 24 novembro, na Procuradoria em Jales. A carga horária é de 4 horas diárias, de segunda a sexta-feira, com direito a bolsa de R$ 800 mensais e auxílio-transporte de R$ 7 por dia estagiado.
Para se inscrever, o candidato não pode estar cursando o último ano do curso, mas deve ter concluído pelo menos 40% da carga horária exigida para conclusão. Ele deve ainda estar matriculado nas instituições de ensino conveniadas* e providenciar os seguintes documentos:
I - cópia do Documento de Identidade com foto e do CPF;
II - cópia de documento emitido pela instituição de ensino atestando a matrícula do candidato, bem como o cumprimento de 40% (quarenta por cento) da carga horária/créditos necessários para conclusão do curso superior;
III - cópia do histórico escolar universitário atualizado, contendo a carga horária e as notas das disciplinas cursadas até então.
*Instituições de ensino conveniadas:
• UNIVERSIDADE CAMILO CASTELO BRANCO – UNICASTELO, CÂMPUS VII, FERNANDÓPOLIS/SP;
• CENTRO UNIVERSITÁRIO DE VOTUPORANGA – UNIFEV, VOTUPORANGA/SP;
• FACULDADES INTEGRADAS DE SANTA FÉ DO SUL – FUNEC, SANTA FÉ DO SUL/SP.
• CENTRO UNIVERSITÁRIO TOLEDO – UNITOLEDO, ARAÇATUBA/SP;
• UNIP – UNIVERSIDADE PAULISTA;
UNISALESIANO ARAÇATUBA, ARAÇATUBA/SP.
Os documentos deverão ser entregues no período supracitado, juntamente com uma ficha de inscrição impressa, disponibilizada no site do MPF em Jales, das 13 às 18 horas. O MPF em Jales está situado na Rua Quinze, 2.236, Centro, em Jales-SP, CEP 15700-038.
No ato da inscrição, o candidato poderá realizar a doação voluntária de 2 (duas) latas de leite em pó integral, que serão entregues a entidades filantrópicas. Dúvidas podem ser esclarecidas através do telefone (17) 3624-3111.

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Prefeita eleita Nice Mistilides faz reivindicações a Carlão Pignatari


O deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB) recebeu, na semana passada, em seu Gabinete, na Assembleia Legislativa, a visita da prefeita eleita de Jales, Nice Mistilides, que foi pedir apoio do deputado para seu mandato que começa no dia 1º de janeiro de 2013.
Na oportunidade, Nice apresentou as principais reivindicações do seu plano de governo, para a população de Jales.
Nice também aproveitou para agradecer ao deputado o apoio que ele dispensou à sua campanha eleitoral e disse que conhece as reais deficiências do município de Jales, principalmente nas áreas de educação, infraestrutura e saúde.
"Vou trabalhar incansavelmente por essa população que acreditou e confiou em mim, por isso preciso muito da ajuda do meu amigo e deputado Carlão Pignatari, que durante a minha campanha esteve ao meu lado me apoiando", ressaltou Nice.
Carlão disse que estará ao lado de Nice para conquistar recursos do Governo do Estado para o município de Jales. "Neste próximo ano vou ajudar a Nice nas áreas de habitação, infraestrutura, saúde e educação para que Jales seja uma cidade melhor de se viver", concluiu o deputado.

domingo, 11 de novembro de 2012

Prefeita eleita Ana Lucia, pede casas populares para Vitória Brasil


Secretário Silvio Torres, prefeita eleita Ana Lucia,
Marco Módulo e o deputado Itamar Borges
O deputado Itamar Borges acompanhou a prefeita eleita Ana Lúcia Olhier Módulo, de Vitória Brasil, em audiência com o secretário de estado da Habitação, Sílvio Torres, em São Paulo. Durante a reunião a prefeita apresentou ao secretário o pedido para construção de casas para o município.
O secretário se prontificou a atender a demanda e dará prioridade ao pedido no próximo ano. Sílvio Torres fez uma explanação dos convênios e dos projetos que a secretaria desenvolve, como a Casa Paulista, Cidade Legal, entre outros, para a construção de casas, de lotes urbanizados além de oferecer apoio para lotes próprios.
"A prefeita apresentou ao secretário uma estimativa da quantidade de casas para a sua cidade. A partir de agora será feita uma avaliação das demandas habitacionais que o município tem e qual programa se enquadrará melhor para a implantação de projetos habitacionais" disse o deputado Itamar Borges.
Segundo Sílvio Torres, a secretaria fará um seminário no final de janeiro para apresentar detalhadamente as ações e orientar os prefeitos para que possam encaminhar os seus expedientes e formalizar os convênios. O secretário informou que a questão habitacional é uma das principais prioridades do Governador Geraldo Alckmin.
"A Secretaria, através do Governo do Estado e da CDHU deverá atender as demandas dos municípios que precisam do atendimento para que a população de baixa renda possa realizar o sonho da casa própria" ressaltou Itamar.
O deputado fez uma avaliação dos programas habitacionais oferecidos pela Secretaria. "Trata-se da melhor política habitacional do Brasil e um exemplo para tantos outros países do mundo, não só no formato, mas nas alternativas e qualidade dos empreendimentos que o Governador oferece para o mutuário e para o cidadão. Quem ganha com isso é a população" encerrou Itamar Borges.