Páginas

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Abandonada e sem fiscalização

A cidade de Jales pelo que se vê está sem fiscalização e a administração municipal pouco se interessa em colocar os responsáveis pelos departamentos de serviços urbanos em vistoriar o que está acontecendo no perímetro urbano da cidade. Sujeira, entulho e mato crescem pelas ruas e terrenos baldio sem que haja a devida fiscalização por parte da administração municipal.

Na avenida Maria Jalles, provavelmente um caminhão subiu sobre a calçada
de domínio da Prefeitura e faz um bocado de tempo e não houve o devido reparo.

As fotos acima e abaixo mostram uma casa desocupada  na rua São Paulo esquina com a rua XV de Novembro, na vila São José, com o mato crescendo na calçada dando um aspecto ruim. A casa fica poucos metros da Santa Casa. Apesar de ser um imóvel privado, a Prefeitura poderia intimar os reponsáveis para mantê-la limpa.  


Entulho sndo amontoado em um terreno baldio na avenida Maria Jalles.
Veja o estado da "boca de lobo". Totalmente destruída e
impede o escoamento de água de chuva.

As pedrinhas que amontoam no valetão são da pavimentação asfáltica que vão se soltando. A reclamação é sistemática a respeito. Cada vez em quando funcionários da Prefeitura aparecem por lá para uma limpeza. Cada vez em quando. A última já deve fazer um ano ou mais. O valetão fica na rua São Paulo esquina com a rua Cinturão Verde, no bairro IV Centenário.

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Editorial

Sem problemas

O Brasil mostra ao mundo, mais uma vez, que faz eleições grandes, organizadas, modernas e pacíficas. Neste primeiro turno das eleições municipais em todo o país, as urnas eletrônicas estiveram presentes até nas comunidades mais distantes e isoladas. Votar nelas, não foi problema sequer para os eleitores indígenas. A apuração dos votos foi rápida e, diante dos resultados anunciados, a aceitação foi geral.
Os eleitores se comportaram à altura do que as eleições representam para a democracia, sabendo que elas existem assim, como são hoje, depois de muita luta. Foi-se o tempo da negação do voto às mulheres, dos currais eleitorais, das fraudes ostensivas, das interferências autoritárias por decretos. Esse passado está morto e sepultado.
Sem dúvida, há muito que melhorar. Há reformas que precisam ser implementadas na política e no processo eleitoral. Há mudanças de atitudes que devem ser feitas pelos políticos e pelos eleitores. Porém, o povo brasileiro dá o bom exemplo e sinaliza que é capaz de adotar os avanços que o aguardam no futuro.
Uma vista geral nos resultados deste primeiro turno revela que a democracia brasileira não é uma obra pronta e acabada. Não há partidos políticos – que se enfrentam ou se aliam – com força suficiente para definir as eleições. Os partidos existem em função dos nomes dos políticos existentes nos municípios, nas regiões e nos estados. As siglas partidárias dos candidatos vencedores formam uma variada sopa de letras.
Na Comarca de Jales, em três dos dez municípios, quatro mulheres se candidataram a prefeitas. Um fato comum, pois as mulheres já conquistaram cargos eletivos na capital federal, em capitais estaduais e cidades do interior. Mas houve os que colocaram em dúvida a competência delas para o cargo. Terão que aceitar duas prefeitas: Eunice Mistilides Silva, em Jales, e Ana Lúcia Olhier Módulo, em Vitória Brasil.
Em Jales, a Nice alcança o status de prefeita na sua terceira postulação. Não foi, pois, uma candidata de última hora, que se aproveitou de circunstâncias favoráveis para tentar ser prefeita. Será a primeira mulher a ocupar o cargo em Jales, com uma vantagem. Ela não fará um governo pior – do que a maioria dos governos feitos pelos homens em Jales –, porque isto é impossível. Ela tem duas opções: fazer um governo igual, ou melhor.
Regra geral, no país, políticos e eleitores pensam que os prefeitos são administradores públicos. Acham que os prefeitos devem gerenciar as prefeituras, realizar obras públicas e zelar pelo patrimônio comum. Por esta razão, os prefeitos deixam de exercer suas nobres funções políticas para fixar-se em tarefas administrativas. Mas não se cercam de profissionais qualificados, não treinam suas equipes e não tomam boas decisões. Entra prefeitos, saem prefeitos, as prefeituras e os municípios continuam perrengues.
Como se sairão, as prefeitas Nice e Ana Lúcia? Para saber, primeiro é preciso não levar em conta o que disseram na campanha eleitoral. Segundo, é preciso avaliar a qualidade – competência, dedicação ao trabalho e honestidade – dos seus escolhidos para os cargos de confiança. Depois, é só prestar atenção no envolvimento delas com suas comunidades. Refletindo bem, dá para cismar que as mulheres têm dotes de ser excelentes prefeitas. As mulheres são doces e generosas. Mas são duras e irredutíveis, quando é preciso.

“Vou cumprir meu compromisso com o povo de Jales", afirma Nice

A prefeita eleita Nice Mistilides e Pedro Callado,
eleito vice-prefeito de Jales
Sempre ressaltando um ditado cristão que diz "Deus capacita os escolhidos, não escolhe os capacitados", Nice Mistilides, comemorou no domingo,7 de outubro, a vitória nas urnas que fizeram dela a futura prefeita do município de Jales.
Com 48,16% dos votos válidos, Nice e seu vice-prefeito, o juiz de direito aposentado, Pedro Manoel Callado Moraes, derrotaram Flávio Prandi e José Devanir Rodrigues que obtiveram 46,18% e Clóvis Viola e Luís Especiato 5,66% dos votos.
A prefeita elerta de Jales esperava há oito anos pelo grito de vitória, já que disputou e perdeu os pleitos de 2004 e 2008. No domingo, 13.153 jalesenses a escolheram para administrar o município entre os anos de 2013 e 2016.
Nice tem 51 anos, é enfermeira, mãe de três filhos e avó de dois netos. Contou que "vem se preparando para ser prefeita de Jales há anos, pois cultivo este sonho desde a minha juventude".
A caminhada, propriamente dita, foi iniciada em 1993, quando chefiou o gabinete da Secretaria Municipal de Saúde, na gestão do prefeito José Carlos Guisso. Nice Mistilides também assumiu a Diretoria Regional de Saúde, onde coordenou os trabalhos do setor em 35 municípios da região. "Estou preparada para ser a prefeita dessa cidade e convido os jalesenses a caminharem junto conosco em busca da retomada do desenvolvimento sustentável, que gere mais empregos e proporcione mais oportunidades e qualidade de vida para as nossas famílias".
A prefeita eleita contou que tem muito trabalho pela frente, mas tem força e determinação para arregaçar as mangas e fazer o que for preciso para transformar a cidade e elevar a auto-estima da população. "Agora o Dr. Pedro e eu vamos sentar, pensar no Governo de Transição e na escolha do secretariado. Durante toda a campanha deixei claro que nenhum dos cargos estavam prometidos a ninguém, e não estão. Juntos vamos decidir o que será melhor para Jales".
Em relação ao Plano de Governo, Nice contou que tem um compromisso com a população e que vai cumprir o que foi prometido. Provavelmente a ‘menina dos olhos’ da próxima administração será a saúde, já que ao longo da campanha, Nice, deixou claro que dará atenção especial a esse setor. Educação, agricultura, segurança pública, desenvolvimento e dinheiro público, promoção e assistência social, juventude e melhor idade, esportes e lazer, cultura e turismo, mulher, obras e trânsito, governo municipal eletrônico, meio ambiente e defesa dos animais, são alguns dos setores pautados no plano de governo de Nice e Pedro Callado.
"Deus capacita os escolhidos e não escolhe os capacitados. Foi com essa frase que fizemos a nossa campanha, pois sabemos que Ele é quem pode nos dar sabedoria e discernimento, para enfrentar e solucionar as dificuldades do dia a dia. Nunca desanimamos ou nos víamos vencidos, porque sempre acreditamos no Deus que tudo pode. Estou muito feliz com o resultado das eleições e com a escolha do povo, agora, precisamos unir forças para retomar o crescimento de nossa cidade. Acreditando em Deus e contando com o apoio de vocês, juntos, Dr. Pedro e eu, iniciaremos um Muda Jales", ressaltou Nice
Para o vice-prefeito eleito, Pedro Callado, "é preciso prosseguir na caminhada, agora com único foco no desenvolvimento econômico e social de Jales, superando, para tanto, eventuais divergências ocorridas durante a campanha eleitoral. Gestos de grandeza o nosso povo espera de todos nós, em especial dos que foram designados pela população para governá-la, prefeita, vice-prefeito e vereadores".
Por conta
O vereador e presidente da Câmara Municipal de Jales, Luiz Henrique Macetão Viotto (PSD), está deixando a prefeita eleita Nice Mistilides numa verdadeira saia justa. Ele tem dito por aí que vai assumir uma Secretaria Municipal no próximo governo. Tudo indica que Macetão está colocando o carro à frente dos bois. Aliás, isso é próprio de falastrão.
Não quebrou
O candidato a vereador Nivaldo Batista de Oliveira, o popular Tiquinho, segundo as conversas no botequim da vila, entrou na campanha eleitoral com o objetivo de quebrar o recorde de votos recebidos por Macetão em 2.008 que foi de 2.328 ou 8,40% de 27.705 votos válidos. Tiquinho recebeu 1.448 votos ou 5,40% de 26.812 válidos,
Mérito
Os 1.545 votos que Clóvis Viola recebeu no pleito de domingo, foram exclusivamente de pessoas que acreditaram em seu potencial – apesar da bobagem que fez se unindo ao adversário que achincalhou-o – já que os petistas decidiram na antevespera da eleição descarregar votos no dupla Flá-Garça. Lá no botequim da vila comentaram que petistas e demistas teriam fechado um acordo que para muitos foi onde Nice perdeu votos e a diferença de mais 10% sobre o seu opositor.
Era uma vez..
O PMDB de Jales vai precisar passar por uma reciclagem urgente na sua direção se quiser sobreviver aos próximos anos. Ter dois candidatos com quase mil votos cada e após décadas não ter representante na Câmara de Jales é sinal de que algo de errado está acontecendo com a legenda. Tudo indica que o fisiologismo adotado pelo PMDB está levando-o a se transformar num partido nanico.
Apostaram errado
Para as raposas lá do botequim da vila a arrogância de seus dirigentes em acreditar na força dos votos – que o PMDB teve e não tem mais – daria uma boa votação à legenda sem precisar de coligação. Esqueceram que os tempos são outros e o partido já não agrega tantos simpatizantes como antigamente.
Chegando ao final
O PT tem pela frente 101 dias para exaltar a administração de oito nos de Humberto Parini e depois cair no ostracismo político.
Salvando
O PT ,ou melhor, o povo deu mais um mandato à vereadora Pérola Cardoso que recebeu votos diversificados devido a sua belíssima atuação no HC-Unidade de Jales no atendimento às pessoas e não voto partidário, e elegeu Luiz Fernando Rosalino na sobra dos votos. Os dois devem manter uma atuação de independência no Legislativo, acredita-se.
Respeito
Dia 4 de setembro, terça-feira por volta das 16 horas, o colunista pôde ouvir de um figurão do PMDB que "quem gosta de beijinhos e tapinhas na costas é o zé povinho". Aquele "zé povinho" que tem ética e princípios e não troca o seu voto por migalhas, e honrou-o na urna.
Recado
As urnas estão deixando um recado para os políticos tradicionais. Em algumas cidades da região o eleitor decidiu "despachar" alguns deles como é o caso de Dirce Reis, Pontalinda e Santa Albertina. O vereador Roberto Carlos Visoná candidato a prefeito, destronou Cridão em Dirce Reis. Em Pontalinda, o ex-prefeito Benedito Tonholo em parceria com o PT foram derrotados por Elvis Alves de Souza. Em Santa Albertina o funcionário público municipal Vanderci Novelli ganhou do vice João Gadoti. Ah! em Aparecida d`Oeste o ex-prefeito Valdomiro Rossi foi derrotado por Isaias. Em São Francisco, o vereador Mauricio ganhou do prefeito Tiãozinho que concorria à reeleição.
Perdeu
Em Paranaíba (MS), o eleitor nem tomou conhecimento se Alfredo Bernardo (PT) é irmão do ministro das Comunicações Paulo Bernardo e reelegeu para mais um mandato o prefeito José Garcia de Freitas, o Zé Braquiara (PDT).
Vibraram
Os petistas que ficaram com Clóvis Viola e Especiato até o último instante estavam exultantes com a derrota do PMDB nas urnas tanto para o Executivo como para o Legislativo. "Ocuparam e ocupam cargos na administração e nos traíram fechando acordo com outro candidato. Deu no que deu", disse um petista. Em política é preciso tomar cuidado.
Se
Demistas, peemedebistas e coligados chorando a pitanga justificam a derrota dizendo que se houvesse mais um dia viravam o jogo eleitoral. Todos sabiam que o pleito encerrava às 17 horas do domingo. Não se deve lamentar após o ocorrido mas buscar respostas para detectar o que houve de errado antes da derrota. É preciso aceitar a derrota e não ficar torcendo para o "quanto pior melhor".
Barrados
Em Jales não foram reeleitos Osmar Pereira de Rezende (PMDB) com uma votação pífia de 139 votos e Salatiel Souza de Oliveira (DEM) com 574 votos. Em Urânia, o vereador David Cesar de Freitas (Davi do Garção) foi rejeitado nas urnas. Em Aspásia o barrado nas urnas foi o peemedebista Flávio Goes dos Santos. Em Dirce Reis, o vice-prefeito Marcelo Bernardo que disputava uma cadeira no Legislativo ficou de fora.
Em compensação
O vice-prefeito de Urânia, Odair Bezerra Dias, o popular Fião, foi o segundo mais votado com 339 votos. Aliás, os três mais votados em Urânia, foi a primeira dama Marinete Saracuza em primeiro, e Donizeti Mussato, o segundo na lista.
Se segura
Nesta terça-feira, 9 de outubro, advogados de Humberto Parini entraram com Embargos de Declaração (pedido que se faz ao próprio juiz ou tribunal que emitiu a sentença, para que ele esclareça tópicos obscuros ou omissões apresentadas por esta) junto ao STF contra a decisão da 2ª Turma que rejeitou o AI por unanimidade

Saracuza é reeleito em Urânia




O prefeito Francisco Airton Saracuza (PP) foi reeleito domingo, 7 de outubro, para mais um mandato no município de Urânia com 3.128 votos. Com ele, foi eleito como vice-prefeito o médico Vicente Christiano Neto.
A reeleição de Saracuza em nenhum momento da campanha eleitoral chegou a ser ameaçada pelos seus adversários. As pesquisas de intenção de voto apontava sempre a seu favor larga margem de votos em relação à sua principal adversária a petebista Neuseli Pires. Uma grande festa para comemorar a vitória de Saracuza tomou conta das ruas de Urânia.
A candidata Neuseli Maria de Brito Pires (PTB), segundo a lista divulgada na 2ª feira pelo TSE, recebeu na eleição de domingo, 1.774 votos que, mesmo tendo uma decisão favorável em recursos futuros, não é suficiente para vencer Saracuza.
A candidata do PRP, Sandra Cacia Correa, recebeu nas urnas 307 votos, ou 8,46% dos votos válidos. Jacir Pontel (PSC) obteve 193 ou 5,32% dos votos válidos.
O prefeito Saracuza disse que vai manter as suas as propostas de investimentos no setor, social, na educação e na saúde.

Polarini é eleito prefeito de Mesópolis

Com 1.271 votos, o equivalente a 100% dos votos válidos de acordo com o TSE, o candidato do PSDB, Leandro Aparecido Polarini (foto), apoiado pela coligação "Unidos por um futuro melhor", foi eleito prefeito de Mesópolis para o período de 2013 a 2016.
Polarini terá a maioria dos vereadores no legislativo. A coligação que deu apoio a Polarini formada pelo PSDB, PMDB e PP elegeu cinco vereadores.
Leandro Polarini, 39 anos, exerce a função de Agente de Saúde, terá como prioridade em seu governo, investimentos nos três pilares básicos de um município: saúde, educação e social. Implementar as ações de saúde individual e coletiva em quantidade e qualidade; valorizar e qualificar os servidores públicos; apoiar a implantação e desenvolvimento de pequenas empresas no município; investir no esporte e lazer e, principalmente em relação à terceira idade.
O município de Mesópolis tem 1.740 eleitores e no pleito do dia 7, 11, 84% ou 206 eleitores não compareceram para votar. Brancos e nulos foram 283 votos.

TRE-SP rejeita recurso especial de Neuseli Pires


Na sessão desta terça-feira, 9 de outubro, o Tribunal Regional Eleitoral - TRE-SP, rejeitou a Declaração de Embargos interposto pelo advogado de Neuseli Maria de Brito Pires contra decisão do órgão.
Neuseli está com o registro de sua candidatura impugnado.
No dia 20 de setembro, o TRE-SP em votação unânime indeferiu o pedido de registro da candidatura a prefeita de Neuseli e de seu vice.
A coligação "Para Urânia continua crescendo" pediu a impugnação do registro da candidata Neuseli com base na Lei da ficha limpa sob a alegação que ela renunciou ao mandato de vereadora para não ser cassada.
Em sua decisão a juiza relatora Clarissa Bernardosentenciou que "houve a renuncia da candidata após a apresentação capaz de autorizar processo de Quebra de Decoro Parlamentar".
No dia 22 de setembro, o advogado de Neuseli Pires ingressou com Embargos de Declaração na tentativa de reverte a decisão da Justiça Eleitoral que rejeitou o recurso especial.

Municípios da Comarca elegem duas prefeitas e 13 vereadoras

Nos municípios de Jales, Vitória Brasil, Paranapuã, Santa Salete, Mesópolis, Aspásia, Urânia e Dirce Reis algumas mulheres se destacaram e conseguiram se eleger no pleito municipal de domingo, 7 de outubro.
Em Jales, a enfermeira Nice Mistilides (PTB), 51 anos, natural de Jales (SP), foi eleita para administrar o município a partir de 1° janeiro do próximo ano. Ela obteve 13.153 votos que representam 48,16% do total de votos válidos. Em 2008, candidata a prefeita por uma coligação formada pelo PTB, PDT e PV, recebeu nas urnas 9.992 votos, ou seja, 36.58% dos votos válidos. Esse número de votos Nice Mistilides trouxe consigo para o pleito de 2.012.

Em Vitória Brasil foi eleita a vereadora, Ana Lucia Olhier Módulo (PSDB) (foto), que é funcionária pública municipal, natural de Jales (SP), tem 47 anos e na eleição de 2.008, foi a mais votada obtendo 255 sufrágios ou 19,38% dos votos válidos.
Em relação ao legislativo, em Jales, a professora Pérola Maria Fonseca Cardoso, 48 anos, foi reeleita vereadora com 1.349 votos e será a única mulher na Câmara Municipal de Jales.
Em Urânia, a primeira-dama Marinete Munhoz Borges Saracuza, 48 anos, foi reeleita para mais um mandato. Ela foi eleita com 460 votos, sendo a única vereadora mulher a compor a bancada da Câmara Municipal de Urânia na próxima legislatura.
No município de Paranapuã, três mulheres atuarão na Câmara Municipal pela primeira vez. Maria José Aparecida Capelli Martin (DEM) foi eleita com 162 votos sendo a 3ª mais votada dos 25 candidatos aptos. Claudia Lucia Siqueira (PSD), recebeu 132 votos e foi a sexta candidata mais votada no município. A futura vereadora Elizangela de Melo Bravo (PT) foi eleita com 151 votos.
A coligação "Juntos por Mesópolis" elegeu a dona de casa Maria Inês Ribeiro (PTB) com 91 votos e com 82 votos, a servidora pública municipal Vania Braz de Oliveira Domingues (PMDB) que assumirá o mandato pela primeira vez. Maria Inês assume o mandato pela segunda vez. Em 2008 ela obteve 57 votos e foi a 8ª mais votada.
O município de Santa Salete, o PMDB elegeu três mulheres para o legislativo municipal: Lucia Lopes de Araújo com 65 votos, Marizete de F. Dorigan Costa com 94 votos e Rosana C. Cocharro Preto com 86 votos. Lucia Lopes assume o mandato pela segunda vez. Em 2008 foi a terceira mais votada com 95 votos.
Já em Aspásia, a única mulher que irá representar o município no legislativo, será a professora Rute Teodoro da Silva Brito (PSDB), que foi eleita com 126 votos, sendo a terceira candidata mais votada. Rute tem 48 anos, é natural de Aspásia (SP). Em 2008 ela foi eleita com 96 votos.
Em Vitória Brasil, Angélica Helena C. Caberlin (DEM) foi a mais votada, com 116 votos. Ela será a única mulher na Câmara Municipal de Vitória Brasil e atuará pela primeira vez no legislativo.
No município de Dirce Reis, Aparecida dos Reis Rizzi (PSD) com 63 votos concorreu à reeleição e vai exercer mais um mandato, Em 2.008, ela recebeu 72 votos.
Turmalina -
Em virtude do registro da candidatura de José Carlos Massoni, estar impugnado e aguarda julgamento do TSE, ele renunciou à cndidatura e lçançou o nome de sua esposaFernanda Massoni. No final da apuração ela obteve 1.007 votos ou 59,87% dos votos válidos, enquanto que seu adversário Brizola teve 675 votos ou 40,13% dos votos válidos.
Em nível nacional, o número de prefeitas eleitas no primeiro turno foi recorde. O balanço das eleições nas cidades que já elegeram seus novos prefeitos mostra, segundo o Tribunal Superior Eleitoral, que em 621 serão comandada por mulheres, a partir do ano que vem. Elas representam 11,37% dos 5.463 prefeitos já eleitos no Brasil, um recorde histórico.

Total de votos para vereador

Nome Partido Votos
Jales vive em nosso Coração 2004 2008 2012
01-ADAOCY DUTRA DIAS PSDC 40
02-ANA P DE S TRINDADE (Paula Sorriso) PSDC 05
03-BRUNO ALTIMARI R DE MATTIS PRP 127
04-DURVAL PEREIRA (Du) PSDC 43
*05-CLAUDIR ARANDA DA SILVA PDT 1137 1274 1010
06-FRANCISCO Cassio P DE OLIVEIRA PTB 69
07-JESUS ANTÔNIO FURLAN (Magrão) PTB 65
08-JOSÉ CRIADO RIBAS (Zé Criado) PTB 32
09-JOÃO V ZANETONI (Zanetoni) PTB 260
10-MARA REGINA DE SOUZA(Mara Fontes) PSDC 00
11-MARIA A F DOS SANTOS (Cida Farmacia) PTB 189
12-MARIETA DE JESUS E DA SILVA (Profª) PTB 106
13-MAURO DA SILVA SOARES (Maurinho) PTB 77 47
14-NELSON LUIZ MAGRI (Nelson Padaria) PTB 121
15-REYNALDO AZEVEDO (Rolinha) PTB 109
16-ROBERTO A GONÇALVES (Roberto) PTB 55
17-ROSELI RODRIGUES DOS SANTOS (Rose)PTB 117
*18-SERGIO YOSHIMI NISHIMOTO PTB 766 702 296
19-VERIDIANO R NASCIMENTO(Didi Corretor)PTB 69 32
Votos nominais na coligação 2.723
Nome Partido Votos
Coligação Jales no melhor caminho 2004 2008 201
2
01-ADAUTO JOSE DENARDI DEM 280
02-ADEMAR BOCALON RODRIGUES DEM 254 494 449
03-CARLOS P DE REZENDE (Neneinha) DEM 281
04-CLAUDECIR J DOS SANTOS (Tupete) DEM 339
05-DORIVAL AMANCIO DOS SANTOS DEM 171 173
06-EVA RICI DOS SANTOS (Eva) DEM 06
*07-GILBERTO A DE MORAES DEM 799
08-IZAIAS CARLOS CANDEAL (Izaias)) DEM 230
*09-JESUS MARTINS BATISTA DEM 299 528 696
10-JULIANA FRANCIELE SCAPIN (Juliana) PTN 01
11-MARCIA LUCILA FERREIRA (Marcia) DEM 31
12-MARIA DE LOURDES LAZARINI DEM 31
*13-NIVALDO B DE OLIVEIRA (tiquinho) DEM 1.448
14-SALATIEL SOUZA DE OLIVEIRA DEM 490 802 574
15-SONIA REGINA DE M SILVA (Sonia) DEM 30
16-VANDERLEY V DOS SANTOS Deley) DEM 380 676
Total de votos nominais na coligação 6.044
Nome Partido Votos
Coligação 100% renovação já 2004 2008 2012
01-ADEMIR R NASCIMENTO (Ademir da Coca)PSD 49
02-ALESSANDRO PEREIRA (Japonês) PRB 58
03-ALTAMIRA MARIA GUIMARAES PSC 00
04-ANA CLAUDIA DA SILVA CRUZ PSD 86
*05-ANDRE RICARDO VIOTTO PSD 769
06-APARECIDA EVA DE L SILVA(Cida Eva) PSD 118
07-CARLOS EDUARDO G MILARE(CAE) PRB 83
08-CELIA RODRIGUEZ PSD 85
09-DOUGLAS DE OLIVEIRA BORGES PRB 47
10-ELCIO DE S OLIVEIRA (do Futebol) PSD 00
11-FAGNER AMADO PELARINI (Nenê) PRB 678
12-JOAO BATISTA PEREIRA (Bombeiro) PSC 312
13-LILIAN CHRISTINE S L FERREIRA(Lilian) PSD 77
14-LUIS CARLOS FRANCO (Barriga) PSD 26
15-MARCIO DE OLIVEIRA CRUZ (Juca) PRB 232
16-MARIA AP A R FEITOSA(Cidinha Creche) PSD 12
17-LUIZ HENRIQUE ZANETONI (Kiko) PRB 37
18-NELSON DE JESUS R DA SILVA (Nelson) PSD 100
19-REGINALDO A V BARRETOS (Viota) PRB 312
20-RODRIGO ALEX DE S BORGES PRB 63
Total de votos nominais na coligação 3.144
Nome Partido Votos
Coligação Somos Jales de coração 2004 2008 2012
01-AILTON AKIO CAVANO PSB 577 535 433
02-ANTONIO VIRGILIO DE CARVALHO PSB 352
03-CARLOS OSVALDO MACIEL PSB 43
04-CLEBER R G. DE OLIVEIRA (Prof Cleber) PC do B 164
05-DEVANIR DA SILVA (Deva) PV 49
06-EVA DO SOCORRO CANUTO PSB 198 345 190
07-FABIO KAZUTO MATSUMURA PSB 269
08-FRANCIELE CRISTINA P VILLA PSB 000
09-IVONE S NOGUEIRA (Ivone) PSB 18
10-JOSUEL AP B DA SILVA (Josuel) PV 56
11-JULIANO DE MATOS PSB 186
12-MARIA REGINA S. DA SILVA (Regina) PSB 03
13-NADIR MARIN NOGUEIRA (Zinha) PV 57
14-PAULO T DE OLIVEIRA(Paulinho Paraná) PV 318
15-RICARDO JUNQUEIRA PSB 411
*16-RIVAIL RODRIGUES JUNIOR PSB 564
*17-TIAGO VANDRÉ DE S. ABRA PSB 495
Total de votos nominais na coligação 3.608
Nome Partido Votos
Coligação Exp. Carisma, Juv. e Renov. 2004 2008 2012
01-ANGELA C V DOS SANTOS (Nega Angela) PSDB 42
02-ARLINDO G JUNIOR (Papai Noel) PSDB 58
03-BRUNO CARLOS NILSEN (Pondé) PSDB 79
04-CARLOS EDUARDO VENTURINI (Du) PSDB 677 984
05-CARLOS M. DA SILVA (Carlão Chapa) PSDB 36
06-CARLOS ROBERTO F CARNEIRO PSL 14
07-ELZA TROVO TEIXEIRA PSDB 76
08-EMANUEL ELIAS DE MATOS (Neo) PSDB 248 09-JORGE PEGOLO PSDB 757 395 395
10-JOSE ROBERTO FAVARO (JR) PSDB 1.037 705 00
11-JOSELAINE CRISTINA V SATO (Cristina) PSL 36
12-JOSIEL BRITOS DA SILVA (Jojô) PSL 00
13-LUIS H V DE OLIVEIRA (Henrique do caj) PSDB 125
14-LUIZ FELIPE P CHIAPARINI (lIPÃO) PSDB 113
15-MARIA DE L. B. CAPARROZ PSDB 60
16-MARILDA R. CARRETEIRO PSL 40
17-OBEDE GONÇALVES DA SILVA PSL 08
18-ROBERTO CARLOS B. FAUSTINO (Bozó) PSDB 53
19-VANDERLEI CECCHINI (Junior) PSDB 33
20-VERA HELENA CRUZ ZILIO Vera Zilio) PSDB 37
Total de votos nominais na coligação 2.437
Nome Partido Votos
ColigaçãoJales: progresso e futuro certo! 2004 2008 2012
01-ANTONIA R M. DE OLIVEIRA (Toninha) PT 237
02-ARMELINDO FRANCISCO(Pether) PP 95 110 82
03-ATILA JESUS DE OLIVEIRA PT 142
04-CARLOS R VALÉRIO (Junior Valério) PP 190
05-CELINA DE SOUZA PT 122 163 107
06-CLAUDIO C DA SILVA (Pica Pau) PT 16
07-GISELE C DA SILVA LIMA (Profª Gisele) PT 60
08-HEDER HENRIQUE DONDA PT 384 299
09-JOSE AP PELISSONI (Zé do Trevo) PT 117
10-JOSE BRITTO DA S FILHO Birtto) PT 455 450 226
11-JOÃO LUIZ DA SILVA (João Luiz) PT 335 173
*12-LUIS FERNANDO ROSALINO PT 320
13-LUIZ MANOEL TONON (Tonon) PT 45 40
14-ODAIR GABRIEL (do Almoxarifado) PPS 72
15-NEUZA G DE OLIVEIRA Neusa do PS) PT 92 46
16-MAURO HELIO LOPES (enfer,meiro) PT 862 550 000
17-MARCOS ADA S PORTO(Marquinhos) PT 216
*18-PEROLA MARIA F. CARDOSO PT 1.713 1.349
19-PETERSON R. DE O. BRITO (do DPVAT) PT 45
20-SUEVA OLIVEIRA M. GONÇALVES PT 242 432 283
Total de votos nominais na coligação 4.020
Nome Partido Votos
Partido não coligado
2004 2008 2012
01-APARECIDO PAULO PANTALEÃO PMDB 06 02-JAIR DOS SANTOS ALVES(Pirulito) PMDB 106 69
03-JEDIEL ZACARIAS PMDB 753 758 718
04-JESSICA FERNANDA CAÇUSCI PMDB 000
05-JOAO BATISTA (prof° JB) PMDB 192 133
06-NADIR ROSA DA SILVA SESTARI PMDB 000
07-MARYNILDA CAVENAGHI PMDB 829
08-MARIA DE FATIMA NEVES (Fatiminha) PMDB 029
09-OSMAR PEREIRA DE REZENDE PMDB 633 895 139
10-OSVALDO M DA ROCHA (Caburé) PMDB 068
11-PEDRO ARTUR DOS SANTOS PMDB 289
12-WILSON DE SOUZA NEGRÃO(Flumenal) PMDB 442 491 281
Total de votos nominais na coligação 2.561

EDITAIS DE PROCLAMAS

Ademir de Mattis
, Oficial do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de Jales, Estado de São Paulo. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro.
WAGNER GIGANTE DE MELO e SARA GNANN RIBEIRO. ELE,
natural de Santa Albertina, deste Estado, nascido aos 27 de novembro de 1.988, encarregado agrícola, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Valter Aparecido de Melo e de Edenir Pereira Gigante de Melo. ELA, natural de Santa Albertina, deste Estado, nascida aos 16 de janeiro de 1.990, comerciante, solteira, residente e domiciliada em Santa Albertina, deste Estado, filha de Marcio Rosa Ribeiro e de Helenir Gnann Ribeiro. Cópia recebida do Oficial de Registro Civil de Santa Albertina, deste Estado, onde se processa a habilitação.
FÁBIO LUIZ BATISTA PASINI e RAYANE KAROLLINA SOUZA SEVERINO. ELE,
natural de Valinhos, deste Estado, nascido aos 18 de fevereiro de 1.982, auxiliar bibliotecário, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Nelcides Pasini e de Eziria Batista Pasini. ELA, natural de Iturama, Estado de Minas Gerais, nascida aos 05 de junho de 1.990, enfermeira, solteira, residente e domiciliada em Carneirinho, Estado de Minas Gerais, filha de José Paulo Severino e de Sandra Maria Souza Severino. Cópia recebida do Oficial de Registro Civil de Carneirinho, Estado de Minas Gerais, onde se processa a habilitação.
LUCIANO PEREIRA LIMA e RAFAELA MANTAI DA LUZ. ELE
, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 21 de outubro de 1.981, motorista, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Luzia Pereira Lima. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 22 de maio de 1.989, auxiliar de tosadora, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Osvanir Socorro da Luz e de Solange Cristina Mantai da Luz.
JOSÉ ADEILSON DOS SANTOS e DIEILER RAMOS DA COSTA. ELE
, natural de Coruripe, Estado de Alagoas, nascido ao 1º de fevereiro de 1.985, vendedor, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Maria Zuleide dos Santos. ELA, natural de Limeira D´Oeste, Estado de Minas Gerais, nascida ao 1º de abril de 1.988, do lar, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Jailton Leite da Costa e de Aparecida Souza Ramos Costa.
SE ALGUÉM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO OPONHA-O NA FORMA DA LEI. LAVRO OS PRESENTES PARA SEREM AFIXADOS NO REGISTRO CIVIL E PUBLICADOS NA FOLHA NOROESTE, NESTA CIDADE DE JALES
Ademir de Mattis - Oficial

O direito de ser criança

*Erika de Souza Bueno

Criança tem direito de sonhar com castelos, príncipes e princesas. Tem direito de sorrir, de correr descalça pela rua sem precisar temer o "Velho do Saco" que rouba as desobedientes. Não deveria temer os dragões e as bruxas malvadas que interferem na história sem pedir licença.
A criança deveria acreditar no "final feliz" dos contos infantis e reinventar uma "Bela Adormecida" diferente, que, mesmo não sendo bela, consegue acesso igualitário à felicidade. Toda criança tem direito de crescer num mundo que não precisaria ser encantado para ser do bem e da paz. Não deveria desejar a companhia de um super-herói invencível, com forças suficientes para vencer qualquer barreira, pois, nesse mundo feliz em que ela vive, este super-herói seria dispensável.
A criança deveria ter assegurado o direito de fazer criancice sem ser mal-interpretada, não se preocupando tanto assim com os bons modos impostos por uma sociedade que, infelizmente, perdeu sua conexão com a própria infância.
Criança deveria ter direito a conhecimentos de vida, não sendo incentivada a desrespeitar os mais velhos como os adolescentes e jovens de programas televisivos. Direitos respeitados no hoje fazem um amanhã melhor, no qual não haverá a menor necessidade de uma "Fada Azul" para dar vida a um tipo de Pinóquio capaz de afastar a solidão. Aquele "Lobo feroz e faminto que derruba casas apenas com o sopro" não precisará ser temido por aqueles que habitam seguramente em corações que aprenderam a amar.
Criança tem direito a viver em companhia de outras crianças, diferente da Branca de Neve que, isolada no castelo, só descobriu os 7 Anões depois de passar por apertos e dificuldades. Criança tem direito a ser criança, tem direito de sonhar e realizar, de viver e ser feliz, de aprender a ler o seu mundo e a escrever as páginas de sua vida de um modo muito melhor. Tem direito de saber que, mesmo que se viva 100 anos, a vida é um breve conto.
Então, que o conto de vida de uma criança não seja limitado a apenas um final feliz, mas que o início e toda a sua vivência também sejam repletos de amor, alegria e paz. Assim, qualquer outro direito de criança já estará contemplado, pois nossas crianças estarão vivendo num mundo real, tendo asseguradas as melhores características do mais bondoso imaginário.
Feliz Dia das Crianças!* Erika de Souza Bueno é Coordenadora Pedagógica da Planeta Educação e Editora do Portal Planeta Educação (www.planetaeducacao.com.br). Professora e consultora de Língua Portuguesa pela Universidade Metodista de São Paulo. Articulista sobre assuntos de língua portuguesa, educação e família.

Câmara Municipal apoia o movimento para o reajuste de 100% da tabela do SUS

Câmara Municipal apoia o movimento para o reajuste de 100% da tabela do SUS
Vereadores da Câmara Municipal de Jales participaram na manhã da última quarta-feira (10), da passeata organizada pela Santa Casa de Misericórdia de Jales, intitulada "Tabela SUS, Reajuste Já!", que objetiva sensibilizar os Governos Federal e Estadual para adequar os pagamentos de atendimentos realizados pelo SUS (Sistema Único de Saúde) pelas Santas Casas e Hospitais Filantrópicos. Os vereadores Luiz Henrique Viotto, o Macetão, presidente da Casa, e Luís Especiato, participaram do evento.
Os apoiadores do movimento em Jales se organizaram em frente à Catedral e de lá partiram para a avenida Francisco Jalles, até o cruzamento com a rua 6, de onde retornaram pela avenida, até o ponto de partida. Depois, todos se reuniram na praça Dr. Euphly Jalles, para juntos, mostrarem a força do movimento.
Para o provedor da Santa Casa de Jales, José Pedro Venturini, a passeata serviu para "mostrar que os hospitais sem fins lucrativos e as Santas Casas, não conseguem mais sobreviver com valor que é pago pelo SUS por cada atendimento". Ele ainda afirmou que "a população tem consciência das dificuldades dos hospitais, mas mesmo assim recorrem a esses atendimentos, pois são os únicos oferecidos numa determinada região".
Na passeata de hoje, estiveram presentes várias lideranças políticas de Jales, além dos vereadores Macetão e Especiato, que comentaram sobre a importância deste evento para a sociedade.
O presidente da Câmara, o Macetão, disse que "a população precisa colaborar com causas como essa, para terem conhecimento das dificuldades que as santas casas têm enfrentado, para poderem cobrar de seus representantes, posições mais duras quanto aos Governos Federal e Estadual, para reajustar a tabela do SUS".
Já Luis Especiato espera que os "Governos fiquem sensibilizados, pois isso é um início de um movimento e não vamos resolver o problema de imediato só com essa passeata, mas é uma forma de mostrar que é impossível manter um hospital com a tabela que é paga".
Mais de 80 Santas Casas e Hospitais Filantrópicos participaram deste movimento em todo o Estado de São Paulo. Os próximos passos dessa campanha é assinar um documento chamado "Carta do Interior" pelos provedores dos hospitais participantes e encaminhá-lo para a Presidenta Dilma Rousseff e ao Governador Geraldo Alckmin, solicitando providências para a solução dos problemas enfrentados pelas entidades.

O tempo

Adelvair David
www.addavid.blogspot.com
O tempo é o grande aliado da maioria das resoluções humanas.
O que é preciso analisar é o seu efeito filosófico, o da interpretação moral e emocional a que o homem está sujeito e tem reflexo no interior de cada um.
Quando alguém deve atender a um compromisso em relação à outra pessoa e não o faz, as coisas se complicam no sentimento do prejudicado, trazendo-lhe desconfortos e angústias que podem danificar ou destruir a sua vida. Para quem negligencia o seu dever, as coisas parecem prosseguir sem grandes problemas, a situação muita vez pode apresentar-se cômoda, porém, para a vítima, o tempo lhe parecerá uma eternidade; principalmente se estiver suportando peso moral ou material.
Como não é possível prosseguir deixando pendências para trás, a calmaria que se experimenta é apenas ilusão; quem lesa alguém de alguma forma, estaciona no momento em que deixou de cumprir com o que lhe era devido. O futuro, nem sempre longínquo, reserva estados de tédio e solidão inexplicáveis para o devedor. O fio que o mantém atado a quem prejudicou tem uma extensão máxima; não sendo possível mais prosseguir sem buscar a solução do problema, o homem se lembra da sua apagada vítima que provavelmente nunca o esquecera. É então, que para ter paz de consciência, alguns decidem por promover o ressarcimento, para que a vida programe no devido tempo a devolução moral, única forma de reconquistar o sossego de alma.
Na questão das alegrias, o tempo tem um caráter ainda mais curioso. Reclamam alguns que estas passam rápido demais. Mesmo uma viagem merecida de descanso, a vaidade excessiva pode fazer com que ela não ser aproveitada, em função dos estressantes preparativos que antecipam cansaços criando um clima de sofrimento obscurecendo-lhe o brilho. Em outras situações dizem alguns: "as coisas estão tão boas que estou até desconfiado"... É idéia de muitos de que o homem está na terra para sofrer e ser infeliz. "Ensinam os espíritos venerandos que na Terra, cabe ao homem ser tão feliz quanto lhe seja possível", dependendo só de si os meios de o fazer; o bom uso do seu sentimento viabilizará esta conquista.
Necessário meditar: "o tempo é o caminho por onde se escoam os fatos que o homem deve bem viver".
A vida é a prazerosa experiência que nos colocará sempre na presença dos nossos irmãos, onde devemos aproveitar o tempo para bem conviver, se desejamos verdadeiramente aprender a ser feliz.
NO TEMPO DE SER FELIZ É NCESSÁRIO RENUNCIAR; NO TEMPO DE RENUNCIAR É NECESSÁRIO O SACRIFÍCIO; NO TEMPO DO SACRIFÍDIO É NECESSÁRIO AMAR.

Festa para Rafaela e Fernando


A bela Rafaela Ferrari na foto com Fernando José Marcondes Alves, residente em Mirassol D´Oeste (MT), estão felizes da vida com a comemoração de 3 anos de manoro. Queridos como são, os jovens Rafaela e Fernando receberam durante toda a semana muitas felicitações dos familiares e da legião de amigos. A comemoração foi na Fazenda Paraíso da Serra com um gostoso churrasco em clima de muita festa. Parabéns Rafaela e Fernando.

Festejando

Valdecir R. Furlan
, o popular Branco, da Água Viva Poços Artesianos, vai embalar as comemorações pela vitória do PTB com a candidata Nice à Prefeitura de Jales, na quarta-feira, 17 de outubro, com os festejos de seus aniversário. Familiares e amigos vão lhe desejar muitas felicidades.

PALAVRAS DE CHICO XAVIER

Deus pode nos perdoar, mas é a nossa própria consciência que não nos perdoa. Somos nós mesmos que solicitamos as provas por que iremos passar na Terra, em decorrência dos nossos erros cometidos em uma encarnação anterior Esta coluna tem o patrocínio e responsabilidade da  Associação Espírita "Chico Xavier" de Jales.

Dalila e Kélcio


Kélcio e Dalila brindam a união dos dois

Maria de Fátima Lopes Saran e Pedro Arlindo Saran,
pais do noivo. ladeando Kélcio e Dalila

Kélcio e Dalila, ladeados por Márcia Terezinha de
Miranda Mandarini e Luiz Carlos Mandarini, pais da noiva
No dia 21 de setembro, Dalila e Kélcio, recepcionaram familiares e convidados em Paranapuã após a união civil. Ela é professora em Jales e ele funcionário da Usina Colombo, em Santa Albertina. O cerimonial de todo o evento foi de Jucélia Cabrini e os finíssimos doces servidos foram preparados por Vânia do Buffet Geovan (Paranapuã). Fotos de Raquel Sabino (Urânia).

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Vencedora do Garota Verão faz ensaio sensual

Para o ensaio especial do Dia das Crianças o site Bella da Semana fotografa a Garota Verão Mariápolis e ex-assistente de palco do Studio Pampa.
As comemorações de 12 de outubro não são exclusivas dos pequenos. Foi por isso que o Bella da Semana (www.belladasemana.com.br) fez um convite especial à doce Yasmin Assis, de Osório (RS), para que a data não passasse em branco. Em clima de brincadeira, o ensaio especial está repleto de mimo e figurinos inusitados.
A combinação do rostinho de menina com o corpo de mulher faz da modelo de 19 anos objeto de desejo de muito marmanjo por aí. E não são apenas os homens que se encantam com a beleza da Yasmin. "Acontece bastante de outras mulheres darem em cima de mim, principalmente em festas. Mas acho que isso é natural com a modernidade de hoje..."
Este é o primeiro ensaio sensual da gaúcha que começou a trabalhar com desfiles quando tinha apenas 14 anos.
As fotos, tiradas por Andréa Schaefer, estarão no site a partir desta terça-feira, 9 de outubro. Enviado por Janaína Meneghel Assessoria de Comunicação www.belladasemana.com.br

terça-feira, 9 de outubro de 2012

TRE-SP rejeita recurso especial proposto por Neuseli


Na sessão desta terça-feira, 9 de outubro, o Tribunal Regional Eleitoral - TRE-SP, rejeitou a Declaração de Embargos(pedido que se faz ao próprio juiz ou tribunal que emitiu a sentença, para que ele esclareça tópicos obscuros ou omissões apresentadas por esta) interposto pelo advogado de Neuseli Maria de Brito Pires (foto).
Neuseli está com o registro de sua candidatura impugnado.
No dia 20 de setembro, o TRE-SP em votação unânime indeferiu o pedido de registro da candidatura a prefeita de Neuseli e de seu vice.
A coligação "Para Urânia continua crescendo" pediu a impugnação do registro da candidata Neuseli com base na Lei da ficha limpa sob a alegação que ela renunciou ao mandato de vereadora para não ser cassada.
Em sua decisão a juiza relatora Clarissa Bernardosentenciou que "houve a renuncia da candidata após a apresentação capaz de autorizar processo de Quebra de Decoro Parlamentar".
No dia 22 de setembro, o advogado de Neuseli Pires ingressou com Embargos de Declaração na tentativa de reverte a decisão da Justiça Eleitoral que rejeitou o recurso especial.Cabe recurso ao TSE

TSE divulga lista com votos de candidatos que aguardam julgamento de seus recursos

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou nesta segunda-feira, 8 de outubro, os candidatos com votação anulada ou registro de decisão judicial. Na Comarca de Jales são nove candidatos que aguardam registros. Os candidatos a prefeito Claudio Pereira da Silva, de Paranapuã e Neuseli Maria de Brito Pires, de Urânia. O vereador José Roberto Fávaro (JR) mesmo que consiga reverter a situação no TSE e seus votos colaborarem com a legenda e alcançar o quociente eleitoral, não terá direito à vaga que ficará com, Carlos Eduardo Venturini que obteve 984 votos.
Veja a relação de candidatos aguardando julgamento de seus recursos:
Pontalinda
FERNANDO DONIZETH FRANCA – votos 97 Indeferido com recurso
Jales

JOSE ROBERTO FAVARO – votos 471 – Indeferido com recurso
MAURO HELIO LOPES – votos 228 – Indeferido com recurso
ELCIO DE SOUZA OLIVEIRA votos 79 – Indeferido com recurso
JOSIEL BRITOS DA SILVA votos 28 – Indeferido com recurso
MARA REGINA DE SOUZA votos 23 – Indeferido com recurso
ALTAMIRA MARIA GUIMARAES votos 20 – Indeferido com recurso
Paranapuã
CLAUDIO PEREIRA DA SILVA (PT) votos 894 – Indeferido com recurso
Urânia
NEUSELI MARIA DE BRITO PIRES (PTB) – votos 1.774 – Indeferido com recurso