Páginas

sábado, 29 de setembro de 2012

Parecer que pode selar o destino de Parini está com o relator Joaquim Barbosa

Nesta sexta-feira, 28 de setembro, a Seção de Processos do Controle e Concentrado e Reclamações do Supremo Tribunal Federal (STF) enviou ao gabinete do ministro Joaquim Barbosa, o parecer da Procuradoria Geral da República (PGR), sobre a Reclamação 12.247 ajuizada pelo prefeito Humberto Parini, de Jales (SP), contra decisões da 4ª Vara Cível de Jales/SP (Ação Civil por Ato de Improbidade Administrativa 844/1998) e da 5ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (Agravo de Instrumento 167164-10.2011.8.26.0000), que teriam desrespeitado a autoridade decisória do Plenário do Supremo Tribunal Federal. ,
O ministro Ricardo Lewandowski em agosto do ano passado concedeu a liminar requerida para suspender os efeitos das decisões que cassam o prefeito Humberto Parini (o vice-prefeito Clóvis Viola chegou a assumir o cargo, mas deixou-o horas depois em virtude da liminar concedida) sem prejuízo de ulterior análise da questão até o julgamento de mérito desta reclamação e manteve o prefeito em seu cargo.
A 2ª Turma do STF por unanimidade já havia negado provimento ao Agravo de Instrumento 692248 que deu entrada no naquele tribunal em 13 de setembro 2.007.
Em 19 de setembro, o relator Joaquim Barbosa  determinou o envio da decisão ao Ministério Público do Estado de São Paulo, na pessoa do Procurador-Geral de Justiça, ou na de quem as suas vezes fizer.
Nesta sexta-feira, 28 de setembro, foi dado conhecimento do parecer da PGR que opinou que seja considerada prejudicada (extinta) a Reclamação 12.247 por perda do objeto.

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Feliz aniversário, Micheli

Micheli Volpato Epaminondas Carvalho, na foto com a filha Lavínia,recebe
hoje, 29 de setembro, do marido Léo de Freitas, familiares e amigos
os parabéns pelo seu aniversário.

Professoras da Educação Especial participam de Seminário

As professoras da Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação de Santa Fé do Sul, Luísa Takayama e Angela Moreira participaram nos dias 17 a 21 de setembro em Jales, do III Seminário de Gestores e Educadores, "Programa de Educação Inclusiva, Direito à Diversidade, promovido pelo MEC. No evento foram debatidos temas relevantes como política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva, Educação em Direitos Humanos e Diversidade, Educação em Direitos Humanos e Diversidade, Educação para as relações etnicorraciais, Práticas Educativas na Educação Infantil, Oficinas Pedagógicas e confecção de materiais didáticos.
De acordo com a coordenadora da Educação Especial, Lia Maura, o município de Santa Fé desde 2009 segue todas as diretrizes nacionais em relação à inclusão de alunos com necessidades especiais, sendo pioneiro e referencia para diversos municípios. " O evento foi de suma importância para os participantes, desenvolvido por profissionais de renome nacional.

Pedágio Ambiental mobiliza alunos e comunidade pelo Dia da Árvore


Alunos da E.E Dr Euphly Jalles, participaram, no dia 22 de setembro, de um pedágio ambiental que consiste na entrega de mudas de árvores frutíferas e de flores para motoristas e pedestres no centro da cidade. Tal atividade faz parte de um projeto permanente alusivo ao Dia da Árvore e a chegada da Primavera, desenvolvido pela educadora Daisy Aparecida Romagnoli de Moraes Andrade..
O projeto, desenvolvido há mais de 10 anos, conta com total apoio da Diretora da Escola, professora Silvia Vila Rios, da Professora Coordenadora Pedagógica, Ana Paula Iglécias Ide e da parceria da SABESP através de seu Gerente Regional – Divisão de Jales, Gilmar Rodrigues de Jesus e da assistente Silvânia Nogueira, que fazem questão de participar junto aos alunos da entrega das mudas.
Questionada sobre os objetivos do projeto, a educadora explica: "são grandes os desafios a enfrentar quando se procura direcionar as ações para a melhoria das condições de vida no mundo. Um deles é relativo à mudança de atitudes na interação com o patrimônio básico para a vida humana: o meio ambiente. Os alunos podem ter nota 10 nas provas, mas ainda assim, podem jogar lixo na rua, pescar peixes-fêmeas prontas para reproduzir, atear fogo no mato indiscriminadamente, ou realizar outro tipo de ação danosa, seja por não perceberem a extensão dessas ações ou por não se sentirem responsáveis pelo mundo em que vivem. A minha proposta é, dentro das condições concretas da escola, contribuir para que eles percebam que podem contribuir para a reconstrução e gestão coletiva de alternativas de produção da subsistência de maneira que minimize os impactos negativos no meio ambiente. Em relação aos problemas ambientais, sei que meu projeto é pequeno, mas tenho como motivação o beija-flor da metáfora da solidariedade do saudoso Betinho, que tentava apagar o fogo na floresta com as gotas que conseguia carregar através de grande esforço, fazendo a sua parte", concluiu a educadora.

Unijales participa de Feira de Profissões na E.E Euphly Jalles


Com o slogan "Seu Futuro na Direção Certa", a Unijales participou e expôs as ações e a realidade dos seus cursos de graduação, equipamentos, materiais e ainda apresentou o curso de Tecnologia de Estética e Cosmética para a comunidade e alunos que cursam o Ensino Médio e vão ingressar no curso superior, na II Feira de Profissões realizada pela E.E. Dr. Euplhy Jalles, no sábado, 22 de setembro.
Um grupo de coordenadores, professores, funcionários e alunos atenderam durante toda a manhã e no início da tarde de sábado, informando o público presente, distribuindo brindes e realizando atividades referentes a cada curso. O curso de Educação Física, por exemplo, ofereceu aulas de Jump e Zumba, Enfermagem realizou aferição de pressão arterial, enquanto os alunos do curso de Estética e Cosmética cuidaram da beleza, fazendo higienização facial e limpeza de pele.
Também estiveram presentes e em atividades, os cursos de Letras, Pedagogia, Biologia, Geografia, História, Matemática, Sistemas de Informação, Ciências Contábeis, Administração, Serviço Social, Farmácia, Artes Visuais e Fisioterapia.
Além da Unijales, outras instituições de Jales e região estiveram presentes na II Feira de Profissões da E.E. Euphly Jalles.

Fatec Jales participa da Feira das Profissões


A Fatec Jales esteve presente também na segunda edição da Feira das Profissões organizada pela E.E. Dr. Euphly Jalles. Na ocasião, o Prof. Ms. Natal Henrique Cordeiro, docente do curso de Tecnologia em Sistemas para Internet, apresentou seu Projeto de Robótica, juntamente com o aluno Henrique Felipe Alves. A receita de geleia de acerola com pimenta dedo-de-moça preparada pela Profa. Ms. Denise Pinheiro Soncini da Costa, do curso de Tecnologia em Agronegócio, foi degustada por aqueles que visitaram o nosso espaço.
A Fatec Jales também foi representada pelos professores Adriana de Souza Colombo, Jorge Luís Gregório, Rivelino Rodrigues e Willians Pizolato, além dos funcionários Rodrigo Martinelli Shibata e Weber Katsumi Kitayama.
Também estiverem presentes ao evento alguns alunos dos dois cursos.

EDITAIS DE PROCLAMAS

Ademir de Mattis
, Oficial do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de Jales, Estado de São Paulo. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro.
STEPHEN HEBER DOS SANTOS e WEND POLLYANA DE OLIVEIRA. ELE,
natural de Jales, deste Estado, nascido aos 03 de julho de 1.990, contabilista, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Ivo Costa Santos e de Joana D´Arc dos Santos. ELA, natural de Santa Fé do Sul, deste Estado, nascida aos 12 de dezembro de 1.988, autônoma, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Ailton de Oliveira e de Rosy Nelly Longuini Atola de Oliveira.
MARCOS ANTONIO PIERINI e ELIZA MIYOKO MITIUHE. ELE,
natural de Jales, deste Estado, nascido aos 02 de junho de 1.973, comerciante, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Deoracy Pierini e de Odair Fernandes Pierini. ELA, natural de Paranapuã, deste Estado, nascida aos 15 de outubro de 1.977, comerciante, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Tadashi Mitiuhe e de Tereza Miyuki Mitiuhe.
VALDEIR SANTOS CAMPOIO e MARTA HELENA DOS REIS. ELE
, natural de Jales, deste Estado, nascido ao 1º de novembro de 1.964, pedreiro, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Thereza Campoio. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 31 de agosto de 1.968, técnica em informática para internet, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Erminio Henrique dos Reis e de Francisca Helena Nogueira dos Reis.
ADINOEL ALVES TOLEDO e NEIDE DA SILVA. ELE
, natural de Estrela D´Oeste, deste Estado, nascido aos 28 de julho de 1.950, aposentado, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Sebastião Alves Toledo e de Erci Garcia Toledo. ELA, natural de São Paulo – Ermelino Matarazzo, deste Estado, nascida aos 23 de agosto de 1.963, do lar, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de José Francisco da Silva e de Maria Jose da Silva.
EDUARDO FOGATO e FÁTIMA FERNANDES. ELE,
natural de São Paulo, deste Estado, nascido aos 30 de janeiro de 1.970, motorista, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de João Valentim Fogato e de Ana Maria Fogato ELA, natural de São Paulo, deste Estado, nascida aos 14 de agosto de 1.967, técnica de enfermagem, divorciada, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Luiz Fernandes e de Zeltina Gracia Fernandes.
MÁRCIO DONIZETE FÁVARO e FABIANA LIMA DE SOUZA. ELE,
natural de Estrela D´Oeste, deste Estado, nascido aos 27 de fevereiro de 1.970, pedreiro, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Cirilo Fávaro e de Nair Alves do Prado Fávaro. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 05 de fevereiro de 1.984, secretária, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Dorival de Souza e de Irenita de Lima de Souza.
RODRIGO ALVARO COLETTE GUIZO e ELISE CRISTINA DE LIMA. ELE,
natural de Jales, deste Estado, nascido aos 08 de fevereiro de 1.988, policial militar, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Edivaldo Dioraci Guizo e de Laurentina Borges Colette Guizo. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 12 de maio de 1.987, funcionária pública municipal, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Sebastião Anisio de Lima e de Lourdes Marques Barbosa de Lima.
RONALDO ADRIANO CHAVES e DANIELA JERONIMO FIORENTINO. ELE,
natural de Paranapuã, deste Estado, nascido aos 08 de abril de 1.985, mecânico, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de José Luis Fernandes Chaves e de Rosely Zilda da Silva Chaves. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 21 de setembro de 1.993, técnica de enfermagem solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de José Antonio Fernandes Fiorentino e de Sonia Regina Jeronimo Fiorentino.
ELTON ALEIXO DE OLIVEIRA e CARLA RENATA DIANO DE PAULA. ELE
, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 15 de outubro de 1.985, auxiliar de escritório, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Antonio Alves de Oliveira e de Maria Aparecida Aleixo de Oliveira. ELA, natural de Palmeira D´Oeste, deste Estado, nascida aos 23 de dezembro de 1.988, auxiliar de escritório, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Aparecido Carlos de Paula e de Dulce Diano de Paula.
LEONARDO LUIZ REIS e NAIARA ZUIN PORTO. ELE
, natural de Novo São Joaquim, Estado de Mato Grosso, nascido aos 13 de junho de 1.989, torneiro mecânico, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Sebastião Alves Reis e de Aldenora Luiza de Asunssão. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 17 de fevereiro de 1.991, auxiliar de laboratório, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de José de Deus da Silva Porto e de Marilene Garofolo Zuin Porto.
ELVIS RODRIGO BAZAGLIA e JÉSSICA CHIQUETTO DE ABREU. ELE
, natural de Jales, deste Estado, nascido aos 31 de dezembro de 1.989, entregador, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Ivair Bazaglia e de Sidenir de Fátima Furlaneto Bazaglia. ELA, natural de Fernandópolis, deste Estado, nascida aos 03 de outubro de 1.991, operadora de caixa, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Valdomiro Fernandes de Abreu e de Sandreli Chiquetto de Abreu.
SE ALGUÉM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO OPONHA-O NA FORMA DA LEI. LAVRO OS PRESENTES PARA SEREM AFIXADOS NO REGISTRO CIVIL E PUBLICADOS NA FOLHA NOROESTE, NESTA CIDADE DE JALES.
Ademir de Mattis - Oficial

Karatecas conquistam 48 medalhas e o vice em torneio interestadual


No domingo, 23 de setembro, os karatecas de Jales, Urânia, Estrela D’Oeste e Santa Salete, da Associação de Judô e Karatê Jalesense, participaram do 1° Torneio Interestadual de Karatê realizado no Ginásio Municipal de Esportes "Izidoro Vieira", em Santa Mercedes, região oeste do estado, das 8 às 17 horas, obtendo 48 medalhas e 5 troféus nas modalidades kumitê (luta), katá (coreografia de luta) e katá em equipe.
O torneio contou com a participação de 330 atletas de várias cidades dos estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, representando 16 delegações. Os atletas da Associação de Judô e Karatê Jalesense representaram a cidade de Urânia, por ter a prefeitura daquele município cedido um ônibus para o transportes dos atletas até Santa Mercedes.
Os campeões e medalhistas de ouro foram: Diego Pimenta (kumitê), Luis Eduardo Silva (kumitê), Igor Gabriel Reis (katá), Deivid dos Santos (2 – kumitê e katá), Luis Felipe Gavioli (kumitê), Jhonata Zago (kumitê), Itamara Pires (kumitê), Mykaela Machado (kumitê), Carolaine Cristina Santos (kumitê), Lucas Shikuma (katá), Luan Shikuma (katá), Clylson Fernandes (katá), além do próprio Sensei Edson (2 - kumitê e katá).
As medalhas de prata foram conquistadas por: Diego Pimenta (katá), Percival Ramos de Oliveira (katá), Nilton Roberto Filho (katá), Etyara Augusto (2 – kumitê e katá), Guilherme Souza Toledo (2 - kumitê e katá), Pedro Bonesi (kumitê), Lucas Gil (kumitê), Fernanda Yoshida (kumitê), Renata dos Anjos (kumitê), Kauan Rangel (kumitê) e Bruno Eidy (kumitê).
As medalhas de bronze foram conquistadas por: Percival Ramos de Oliveira (kumitê), Igor Reis (kumitê), Yago Henrique (kumitê), Douglas Santos (2 – kumitê e katá), Carolaine Cristina Souza (katá), Murilo Cambuy (kumitê), Luiza Ferreira (kumitê), Aylla Oliveira (kumitê), Leyriane More (kumitê), Karolin Cardoso (kumitê), Kauan Pereira ( katá), Felipe Rosales (2 - kumitê e katá), Bruno Eidy (katá), Lucas Shikuma (kumitê), Luan Shikuma (kumitê), Clylson Fernandes (kumitê) e Diego Rosales (kumitê).
Os troféus foram obtidos por Etyara Augusto, Lucas Shikuma, Luan Shikuma, Bruno Eidy e pelo Sensei Edson na categoria katá em equipe. Com o resultado, os karatecas da região conquistaram ainda o troféu de 2ª melhor delegação do torneio. O professor enalteceu a conquista de seus alunos lembrando que a participação em competições é uma ótima maneira de colocar em prática os conhecimentos adquiridos nas aulas.
"No karatê existe o início, o meio e a continuidade", comenta o professor referindo-se ao fato que os praticantes do karatê devem sempre buscar evoluir em suas técnicas. "Como professor sempre tenho a preocupação em evoluir nesta arte marcial, buscando aprimorar meus conhecimentos seja com a participação em competições, seja com a participação em cursos", observa também Sensei Edson que participou como atleta do Campeonato Brasileiro na cidade de Fortaleza/CE no final de semana de 14 a 16 de setembro, onde obteve a 5ª colocação entre 38 atletas de todo o Brasil na categoria katá senior. "O professor que não busca a evolução de seu karatê não tem como manter a continuidade na evolução do karatê de seus alunos", enfatiza.
Sensei Edson lembra mais uma vez que o karatê está de braços abertos também àqueles que desejam apenas praticar um esporte para condicionamento físico, mental e espiritual, sem a participação em competições.

Educação Inclusiva: Um desafio entre o ideal e o real


A Educação Inclusiva, é resultado de muitas discussões, estudos teóricos e praticas que tiveram a participação e o apoio de organizações de pessoas com deficiência e educadores, no Brasil e no mundo. Fruto de um contexto histórico em que resgata a Educação como lugar do exercício da cidadania e da garantia de direitos.
Os princípios inclusivos enfatizam a necessidade da educação ser ministrada em espaços de ensino comuns a todos, rompendo-se com atitudes e práticas discriminatórias e excludentes. A educação é concebida como requisito para eliminação da desigualdade e da exclusão.
A garantia do acesso e permanência de todos alunos na escola parece ser considerada suficiente, para que os países consigam reverter a sua condição de desigualdade social. Esse discurso sugere que a desigualdade social dos alunos, resultante das relações históricas, desaparecerá no dia em que a escola regular conseguir prover equitativamente as oportunidades para todos.
A inclusão educacional, visa o acesso de todos portadores com deficiência nas escolas regulares e todos os esforços devem estar concentrados para a promoção e ampliação qualitativa da educação.
Mas será que isso está acontecendo atualmente em todas as escolas? Será que os professores do ensino regular estão preparados para lidar com essa situação?
Sabemos que a escola deve buscar recursos necessários que levem o aluno inclusivo a uma aprendizagem significativa e que o professor da sala de aula regular pode contribuir muito para o sucesso do aluno com necessidades especiais, mas ele necessita de formação especializada e o que vemos atualmente são professores despreparados, classes superlotadas sem condições de um atendimento especial, conforme determina a legislação.
Entender e defender o movimento de inclusão educacional como direito de todos, constitui-se certamente em um avanço, mas para que a educação inclusiva seja uma realidade e se torne equitativa e igualitária é necessário oferecer aos alunos um padrão de qualidade de aprendizagem, o que inclui capacitação de todos envolvidos no processo educativo, mais apoio dos órgãos governamentais e fazer com que tenhamos uma sociedade mais justa, em que valores fundamentais sejam resgatados como a igualdade de direitos e o combate a qualquer forma de preconceito. *Aparecida Toniciolli Del Bem – Dolcinópolis – SP – Pós-graduanda em Psicopedagogia – FIU – Pereira Barreto – SP.

Via Rápida Emprego recebe para curso gratuito na cidade de Jales

O Via Rápida Emprego, programa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT) do Estado de São Paulo, está com inscrições abertas para diversos cursos gratuitos de capacitação profissional, na cidade de Jales. A ação é destinada aos cidadãos que buscam aprimorar as habilidades profissionais e aumentar as chances de inserção no mercado de trabalho. São 30 vagas para o curso de Básico em Rotinas de Escritórios.
Iinscrições
: As inscrições devem ser realizadas exclusivamente pelo site www.viarapida.sp.gov.br Para participar é preciso ter idade mínima de 16 anos e residir no estado de São Paulo. Os documentos necessários são RG e CPF. O nível de escolaridade exigido é variado.
Os participantes recebem material didático e subsídio de transporte no valor de R$ 120. Desempregados, sem seguro desemprego ou benefício previdenciário, também têm direito à bolsa-auxílio mensal de R$ 210 durante o período do curso.
A seleção é feita pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, que considera critérios de idade, escolaridade e renda familiar dos inscritos. Quem está desempregado ou é arrimo de família, tem prioridade. Os candidatos selecionados serão informados por correspondência oficial.
Sobre o programa: Lançado em julho de 2011, o Via Rápida Emprego é uma ação do Governo do Estado, coordenada pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT), que oferece capacitação profissional gratuita para os cidadãos que buscam ingressar no mercado de trabalho ou abrir o próprio negócio. Os cursos são definidos de acordo com as demandas regionais. Em um ano, o programa já atendeu 40 mil pessoas. Para o segundo semestre de 2012 foram disponibilizadas 37 mil novas vagas, distribuídas em 491 municípios. As capacitações são intensivas, com duração de no máximo três meses. Isso permite ao aluno concluir o curso rapidamente e se candidatar às oportunidades de emprego.

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Saracuza mantém vantagem em Urânia

Na segunda sondagem feita no município de Urânia pelo Instituto de Pesquisas Realidade, de Presidente Prudente (SP), nos dias 18 e 19 deste mês, o prefeito e candidato à reeleição Airton Saracuza (PP) ampliou a vantagem sobre a candidata Neuseli Pires (PTB).
Na primeira pesquisa realizada entre os dias 11 e 13 de setembro, Saracuza tinha 48,50% e passou para 49,50% da preferência dos eleitores uranienses, enquanto que Neuseli, segundo a pesquisa, perdeu 1,75 pp, passando de 33,25% para 31,50%
A vantagem de Airton Saracuza em relação a Neuseli Pires passou de 15,25% para 18%.
O candidato Jacir Pontel (PSC) subiu 0,5% na preferência eleitoral passando para 3,5% em relação à pesquisa anterior quando apareceu com 3%.
A candidata Sandra Cacia Correa (PRP) se manteve em 2,5% o mesmo percentual alcançado na pesquisa anterior.
Os indecisos são 8%, enquanto aqueles que pretendem anular seu voto ou votar em branco são 5% sendo que na pesquisa passada esse número era de 4,5%.
A margem de erro é de 4,5 pontos percentuais para mais ou para menos. Foram ouvidos 400 eleitores acima de 16 anos no município de Urânia. A pesquisa foi registrada junto ao TRE-SP sob o n° TRE–SP-00931/2012