Páginas

sábado, 16 de junho de 2012

Fechamento dos supermercados aos domingos, preocupa Sindicato do Comércio


A proposta de fechamento dos supermercados de Jales aos domingos, defendida pelo
Sindicato dos Comerciários de Jales precisa ser bem discutida, para não prejudicar o comércio e gerar desemprego, conforme avaliação do presidente do Sindicato do Comércio Varejista, Alexandre Rensi.
A declaração da presidente do Sindicato dos Comerciários, Maria Ramires, de que em outras cidades do Estado os supermercados deixaram de abrir aos domingos e que na nossa região isso já acontece em Votuporanga, segundo Rensi, merece um estudo mais aprofundado.
Ele explica que são situações diferentes, "pois em Votuporanga a decisão contou com o apoio dos próprios supermercados, que julgavam não compensar a abertura aos domingos".
No caso de Jales, como afirmou, "a questão tem que ser analisada de acordo com a realidade local, pois a cidade é centro de região e atrai muitos consumidores de municípios vizinhos, em todos os finais de semana, principalmente nos domingos, quando o movimento nos supermercados é bem maior do que nos outros dias da semana".
Rensi explica que a maioria dos consumidores de fora vem para Jales fazer suas compras nos supermercados aos domingos porque não podem deixar seus afazeres nos outros dias. Ele acredita que com a proposta do Sincomerciários, fatalmente esses consumidores acabarão indo para Fernandópolis ou outras cidades.
Rensi concorda que os funcionários dos supermercados precisam sempre lutar por melhores condições de trabalho, o que inclui o repouso semanal, mas teme que o fechamento aos domingos acabe resultando na evasão de recursos e aumentando o nível de desemprego que em Jales já não é pequeno.

Alunos da E.E. José dos Santos, de Aspásia, são homenageados pela Câmara Municipal pelo desempenho na 7ª OBMEP – 2011


Dois alunos da E.E. José dos Santos, de Aspásia, conquistaram uma Menção Honrosa e uma Medalha de Prata, na 7ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas – OBMEP – 2011.
A premiação, que contou com a presença do Secretário de Estado da Educação, Herman Voorwald, aconteceu sábado, 2 de junho, no Memorial da América Latina, na capital paulista.
Para homenagear o excelente desempenho dos dois alunos nesse importante evento nacional que contou em 2011 com mais de 18 milhões de inscritos, na terça-feira, dia 5 de junho, em sessão solene, a Câmara Municipal de Aspásia, entregou Moção de Aplausos aos alunos Felipe Manoel Porto e Leidiane Aureliano Crema.
Voltada a estudantes do Ciclo II do Ensino Fundamental e Ensino Médio de escolas públicas de todo o País, a OBMEP é promovida pelos ministérios da Educação e da Ciência e Tecnologia e realizada pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa) e pela Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), com o objetivo de estimular o estudo da matemática. A 7ª edição da olimpíada, que ocorreu em 2011, contou com a participação de mais de 18,7 milhões de estudantes e 44 mil escolas, dos quais 3,5 milhões alunos e 5,2 mil unidades da rede estadual.
O estudante Felipe Manoel Porto pelo 2º ano consecutivo ganhou pelo Programa "Olimpíadas Brasileira de Matemática de Escolas Públicas" – OBMEP – 2011 nível 1 – Medalha de Prata pela classificação de 1º colocado no Estado de São Paulo e 7º colocado em nível de Brasil.
Leidiane Aureliano Crema
A organização do evento também premiará os professores e as escolas que obtiverem a melhor pontuação baseada no número de estudantes medalhistas. Um computador portátil com pacote de programas livres relacionados ao ensino de matemática será dado a cada um dos 127 docentes mais bem colocados e a 81 escolas premiadas. As unidades escolares receberão ainda um kit de projeção móvel (datashow).
Durante a sessão solene de entrega da Moção de Aplausos a Felipe e Leidiane, os vereadores também prestaram uma homenagem com a placa de Moção de Aplausos, a coordenadora Alessandra Manoel Porto, "como singela homenagem a uma equipe escolar comprometida, coordenação, professores, gestores e servidores públicos da E. E. "José dos Santos" de Aspásia".
ganhou "Menção Honrosa" pelo Programa "Olimpíadas Brasileira de Matemática de Escolas Publicas" – OBMEP – 2011 nível 1.
Dr. Nelson Tsutiya, receberá na terça-feira, 19 de junho, os parabéns pelo seu aniversáriona da esposa Ivone, de familiares e amigos
***
Maria Ramires, presidenta do Sindicato dos Comerciários de Jales, estará festejando na terça-feira, 19 de junho, ao lado de familiares e amigos, mais um aniversário.
Superintendente da Unidade de Negócio Baixo Tietê e Grande - Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo, Antonio Rodrigues Grela Filho, será cumprimentado na segunda-feira, 18 de junho, por familiares, amigos e colegas de empresa pelo aniversário que estará comemorando.
***
Nesta sexta-feira, 15 de junho, quem recebeu os parabéns foi Marcelo Henrique Tonholi, sócio proprietário da Gráfica a Moderna.
***
O advogado Cesar Bonilha, filho de Lucia e Pedro Bonilha, festejando nova idade na terça-feira, 19 de junho.
***
Quem também estará festejando mais um aniversário na terça-feira será Luiza Pereira Barroso, funcionária da Santa Casa de Jales. Ela é casada com Wilson Barroso.
***

R$ 5 mil para Santa Casa


A Diretoria da Santa Casa de Jales, recebeu no sábado, 9 de junho, R$ 5 mil proveniente de uma ação realizada entre amigos do hospital, sorteando no evento, um touro reprodutor doado pelo empresário Sérgio Aparecido Nunes de Marqui, proprietário da Etelj.
Na ocasião, Andrea Paulino, moradora de Palmeira d’ Oeste, foi escolhida aleatoriamente para sortear o prêmio. O ganhador foi o Ailton Carlos Primo, da Gold Jóias, e comprador do bilhete de número 45. "Sempre participo das campanhas em prol do hospital. Sinto-me muito orgulhoso por ajudar a Santa Casa e feliz por ter conquistado esse prêmio", comentou.
O provedor da Santa Casa, José Pedro Venturini, reforçou a importância das doações e do apoio da população nas causas em prol do hospital. "Todos sabem que temos um orçamento deficitário e com essas doações é possível fechar as contas e atender com qualidade a população de Jales e região".
A renda será investida para custeio das despesas da Santa Casa.

Alunos da APAE expõe trabalhos artesanais


O CREAS – Centro de Referência Especializado de Assistência Social, organizou e realizou no dia 12 de junho, no Centro Cultural Dr. .Edilio Ridolfo, uma exposição de trabalhos executados por alunos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE de Jales
Os trabalhos expostos advêm das atividades desenvolvidas na Escola de Educação Especial "Ana Eduarda Marques Silvestre", mantida pela APAE de Jales e voltada à pessoa com deficiência intelectual e múltipla.
Um dos programas é a "Educação Profissional Básica", em que os alunos confeccionam trabalhos com cravo de seda e papel de bala, possibilitando a eles o acesso a conceitos e técnicas mais recentes e ao emprego e renda.
Os papéis de bala são vendidos para as lojas de festas e o cravo de seda é comprado por uma funerária da cidade. O dinheiro arrecadado é revertido para os próprios alunos que com ele podem comprar produtos de higiene pessoal, objetos de uso próprio, sorvetes e lanches.
Outros trabalhos artesanais (caixas, sacolas, painéis, potes,) expostos foram executados por alunos do programa "Sócio-Educacional", que visa o desenvolvimento de suas potencialidades e a inclusão social através de atividades de vida diária, auxiliando-os na ampliação das habilidades acadêmicas e funcionais e no desenvolvimento dos aspectos motor, perceptivo, mental e social.

Inaugurada a academia ao livre em Urânia


Como parte dos festejos em comemoração ao 62° aniversário de fundação da cidade ocorrido na quarta-feira, 13 de junho, a Prefeitura Municipal de Urânia entregou à população na quinta-feira, 14 de junho, a academia de exercícios ao ar livre.
A academia que já está em funcionamento é a primeira ao ar livre do município, e foi instalado ao lado da "Transchico" próxima ao Conjunto Habitacional Ernani Pigari.
O prefeito Airton Saracuza disse que o projeto é um incentivo a prática de atividades físicas e, consequentemente, colabora na prevenção de doenças e melhoria da qualidade de vida dos munícipes em geral, além de ser um espaço para convivência e socialização dos usuários.
A academia foi construída com recursos viabilizados pelo Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo e conta com diversos equipamentos. (C.A-aipmurânia)

Projeto de Lei aprovado pelos vereadores beneficia a Corporação Musical de Jales


Foi aprovado por unanimidade pelos vereadores, na sessão de segunda-feira, dia 12 de junho, o Projeto de Lei nº 48, de 29 de maio de 2012, que autoriza o Poder Executivo a firmar termo de ajuste financeiro com a Corporação Musical Municipal de Jales.
Com a aprovação, a entidade que realiza um trabalho sem fins lucrativos, voltado à cultura, receberá auxílio financeiro no valor de R$ 63 mil e a Prefeitura de Jales cederá ainda o espaço físico para as aulas, localizado na avenida Francisco Jalles, sob o viaduto "Antonio Amaro".
De acordo com o projeto, o repasse da verba se dará em parcelas mensais, mediante a divisão de seu valor total pela quantidade de meses que restarem até o dia 31 de dezembro de 2012.
A entidade ficará responsável por coordenar a execução de todas as atividades previstas no Plano de Trabalho, aprovado pelo Conselho Municipal de Assistência Social de Jales e prestar contas dos recursos financeiros recebidos até o dia 20 de cada mês, na forma estabelecida nas disposições pertinentes das resoluções expedidas pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.
História
Segundo relatos do ancião e músicos da Corporação, as apresentações iniciais aconteceram no ano de 1957, sob a regência do Maestro José Sadú, contratado pelo prefeito Euphly Jalles. Durante a sua trajetória, a Corporação cresceu musicalmente, o que fez com que ela participasse de concursos de bandas a níveis estadual e nacional. No mês de setembro de 1992, na final do Campeonato Estadual de Bandas Musicais, na cidade de Leme, conseguiu a terceira colocação, e dois meses após, conquistou o quinto lugar no Campeonato Nacional de Bandas Musicais, disputada no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. Ambas as conquistas, tiveram como regente Edivaldo Francisco de Paula, que está desde 21 de agosto de 1991 à frente dos trabalhos musicais da Corporação.
Atualmente a corporação é mantenedora da Orquestra de Sopros de Jales e da Escola Livre de Música, a ELM Geraldo de Almeida, onde trabalha com crianças e adolescentes com idades a partir de nove anos em um curso que tem a duração de quatro anos. A ELM forma músicos gratuitamente, bastando o aluno estar estudando regularmente no ensino tradicional. "Este trabalho que realizamos tem o objetivo de desenvolver a conscientização da importância da música na vida dos jovens e despertar a paixão que ela pode proporcionar a eles, desde pequenos. A música auxilia em um maior grau de concentração e proporciona alto nível cultural", disse o maestro Edivaldo.
A orquestra participa de todos os eventos oficiais do Executivo e Legislativo do Município e é responsável pela execução ao vivo do Hino do Município de Jales, Hino Nacional Brasileiro, entre outros, em eventos de grande relevância para a cidade. Como lembrou a vereadora Aracy de Oliveira Murari Cardozo, a Tatinha, "A Orquestra de Sopros conta com músicos que encantaram, várias vezes, pessoas que passaram por essa Casa em eventos de grande importância para o município. Músicos também precisam comer e pagar suas contas e a falta de remuneração pode fazer com que diversos profissionais necessitem abandonar suas carreiras na música para se dedicar a outras atividades remuneradas. Por isso, precisamos valorizar essa profissão. Que vocês continuem a nos encantar", enfatizou.
– A Corporação Musical foi fundada no segundo mandato do então prefeito Euplhy Jalles, fundador do município e até hoje é considerada a mais antiga expressão cultural da cidade. Oficialmente, seu estatuto social é de 1971, tendo a participação do então prefeito, Edison Freitas de Oliveira, que assim o fez, com a finalidade de formalizar a sua existência, popularmente reconhecida como Banda.

A esperança no esperar

Adelvair DavidALMA AMIGA, ESPERANÇA É SEGUIR SEMPRE PARA SE CHEGAR ONDE SE DEVE, CONFIANDO QUE SENHOR TRAÇARÁ O MELHOR CAMINHO.
Seria o saber esperar, esperança?
Muito distante deste conceito simplista, a esperança guarda relação com sentimentos muito nobres em a natureza humana. Sentimentos estes muito próprios de quem adquiriu o verdadeiro entendimento de si mesmo e da vida, e não tem dúvida quanto aos acontecimentos que lhe alcançam.
Há quem diz possuí-la adotando postura relapsa e de descaso diante dos desafios; outros procedem se dando a excessos por acreditarem na dita sorte que certamente virá e se complicam, não conseguindo cumprir com os compromissos assumidos. Os que não se preparam para os eventos, aguardam milagres na hora derradeira; retruca a maioria que na verdade não é por falta de esforços que acabam encrencados, são os outros que não lhes compreendem, afinal, o que há de mais em sonhar alto.
É importante lembrar que a vida é uma dinâmica divina em torno do espírito; tomar providência, decidir, empreender e experimentar é ação afeta a quem respira neste mundo. Disse Jesus: "Batei e a abri-se-vos-á". Ensina-nos o Livro dos Espíritos de Allan Kardec que a alma não pode degenerar, porém, pode estacionar até que decida prosseguir, é então que deixa de sofrer para felicitar-se entre aqueles que celebram suas conquistas com a alegria por terem trabalhado, se esforçado para a resolução dos seus problemas, vencendo as dificuldades e a si mesmos.
A esperança é então um clima interior de segurança, confiança e responsabilidade que perdura mesmo nas grandes provações. É companheira da fé de quem se utiliza para não vacilar, permitindo ao homem trabalhar sem temor, conferindo-lhe a compreensão de que, se está fazendo a sua parte, certamente o céu se mobilizará em bênçãos para lhe iluminar o caminho, conferindo as forças que lhe faltarem.
Ela é mantenedora da saúde por afastar as tensões da insegurança e da dúvida, estimulando a resignação ativa, a verdadeira espera em movimento. É o elixir oferecido pelos corações bons, nutrindo os homens fracos e sofridos; faz vibrar as cordas delicadas da alma desacreditada, a fim de quem entoem uma nova melodia e recomecem a luta sem desanimar.

Estado e Prefeitura vão instalar fossas sépticas em propriedades rurais de Jales


Um convênio no valor de R$500 mil entre Governo do Estado e Prefeitura Municipal vai possibilitar a instalação de 311 fossas sépticas em propriedades rurais de Jales. A previsão é que a partir de 18 de junho as obras se iniciem atingindo 300 propriedades rurais do município.
O projeto tem como objetivo substituir as fossas negras (feitas diretamente no solo) pelas fossas sépticas biodigestoras desenvolvidas pela EMBRAPA Instrumentação Tecnológica (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) de São Carlos. "Com isso vamos evitar a contaminação do solo, preservando o lençol freático e proporcionando qualidade de vida e saúde ao produtor, minimizando ocorrências de doenças e viroses", explica o engenheiro agrônomo da Secretaria Municipal de Agricultura, Tadeu Calvoso Paulon.
A técnica é simples. Três caixas-d’água conectadas entre si são enterradas para manter o isolamento térmico. A primeira delas é ligada ao sistema de esgoto e recebe, uma vez por mês, 20 litros de uma mistura com 50% de água e 50% de esterco bovino fresco. Este material, junto com as fezes humanas, fermenta. A alta temperatura e a vedação das duas primeiras caixas eliminam os patógenos. No final do processo, o líquido está sem micróbios e pode ser usado como adubo.
Na primeira fase do projeto serão instaladas 178 fossas sépticas nas propriedades pertencentes a Bacia Hidrográfica do Turvo Grande e 133 fossas nas propriedades pertencentes a Bacia Hidrográfica do São José dos Dourados, sendo 98% dos recursos provenientes do FEHIDRO – Fundo Estadual de Recursos Hídricos e 2% da Prefeitura Municipal de Jales, que irá fornecer materiais e mão-de-obra para instalação das fossas.
Para o presidente do Sindicato Rural de Jales, José Candêo, a instalação das fossas sépticas representa um grande avanço, visto que é um serviço gratuito que beneficia tanto a saúde do produtor, quanto o meio ambiente. "Ainda haverá uma economia, já que a água poderá ser usada como adubo orgânico líquido em pomares", lembrou.

Judoca classifica para o Paulista



O judoca Leonardo Takashy Sakashita, da Associação de Judô e Karatê Jalesense, se classificou para a próxima fase do Campeonato Paulista de Judô que será disputada na cidade de Registro, no sábado, 2 de junho.
O judoca Leonardo para chegar a esta fase teve que passar pelo campeonato regional disputado em Fernandópolis em 19 de maio quando ficou entre os três primeiros, garantindo a vaga, e pelo campeonato inter estadual, disputado dia 2 de junho, na cidade de Botucatu onde conquistou a medalha de ouro.
O sensei Luis antonio de Mores Nunes, o Gordo, está preparando o atleta para que ele traga para Jales uma medalha "pois nesta fase é muito difícil, por que para se classificar entre os três primeiro lugares o atleta tem que vencer pelo menos quatro lutas, e para chegar ao primeiro lugar tem que vencer no mínimo oito lutas" explicou o sensei Gordo
Os atletas e companheiros do Leonardo estão torcendo para que ele consiga conquistar trazer para Jales uma medalha.

Jantar beneficente

Dia 30 de junho, sábado, acontece na sede do Grupo Espírita Beneficente Maria Dolores, sito à rua 19, nº 768, Bairro São Judas Tadeu, em Jales, um jantar beneficente das 20 às 22 horas
No cardápio: Lagarto ao Molho, Arroz branco, Creme de ervilha, Antepasto de abobrinha, Salada marroquina e Salada refrescante.
Informações pelo telefone 17- 3632.9983 (Jane) ou pelo e-mail: addavid@ig.com.br
(se desejar reservar seu convite e retirar no local).Adquira seu convite e vá desfrutar de uma boa comida e um agradável momento para conversar descontraídamente

Pode sair por estes dias, a decisão sobre o Caso Facip

Na sexta-feira, 8 de junho, Reclamação proposta pelo prefeito Humberto Parini junto Supremo Tribunal Federal (STF), contra decisão do Desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, Nogueira Diefenthaler e Juiza da 4ª Vara Cível da Comarca de Jales, que no ano passado foi afastado de seu cargo, foi encaminhado ao Gabinete da Procuradoria Geral da República para aprovar a manifestação do Procurador Geral da República, Roberto Monteiro Gurgel Santos.
Em 10 agosto de 2.011, o prefeito Humberto Parini recorreu junto ao STF, e o ministro Ricardo Lewandoswski, deferiu liminar para suspender os efeitos das decisões reclamadas, sem prejuízo de ulterior análise da questão trazida "à minha apreciação, até o julgamento de mérito desta reclamação. Mantenho, pois Humberto Parini , no cargo de Prefeito do Município de Jales/SP".
Em 2 de setembro do ano passado, o ministro Joaquim Barbosa, relator do processo, solicitou informações aos Tribunais em São Paulo e despachou para "em seguida, recebidas ou não as informações, abra-se vista ao procurador-geral da República".
Em 7 de novembro do ano passado, o processo foi distribuído ao procurador geral Roberto Gurgel e, no dia 23 de maio deste ano, foi distribuído ao procurador Francisco de Assis Vieira Sanseverino.
Aguardam uma decisão final sobre o processo, o ex-prefeito Antonio Sanches Cardoso, Ronaldo José Alves de Souza, atual chefe de gabinete da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento, Hélio Soares, Jaime Belon, João Luiz Tressi e a empresa Quality Service de Limpeza e Conservação.
O processo do "Caso Facip" tramita nos tribunais há mais de uma década.

A esperança no esperar

Adelvair David

Seria o saber esperar, esperança?
Muito distante deste conceito simplista, a esperança guarda relação com sentimentos muito nobres em a natureza humana. Sentimentos estes muito próprios de quem adquiriu o verdadeiro entendimento de si mesmo e da vida, e não tem dúvida quanto aos acontecimentos que lhe alcançam.
Há quem diz possuí-la adotando postura relapsa e de descaso diante dos desafios; outros procedem se dando a excessos por acreditarem na dita sorte que certamente virá e se complicam, não conseguindo cumprir com os compromissos assumidos. Os que não se preparam para os eventos, aguardam milagres na hora derradeira; retruca a maioria que na verdade não é por falta de esforços que acabam encrencados, são os outros que não lhes compreendem, afinal, o que há de mais em sonhar alto.
É importante lembrar que a vida é uma dinâmica divina em torno do espírito; tomar providência, decidir, empreender e experimentar é ação afeta a quem respira neste mundo. Disse Jesus: "Batei e a abri-se-vos-á". Ensina-nos o Livro dos Espíritos de Allan Kardec que a alma não pode degenerar, porém, pode estacionar até que decida prosseguir, é então que deixa de sofrer para felicitar-se entre aqueles que celebram suas conquistas com a alegria por terem trabalhado, se esforçado para a resolução dos seus problemas, vencendo as dificuldades e a si mesmos.
A esperança é então um clima interior de segurança, confiança e responsabilidade que perdura mesmo nas grandes provações. É companheira da fé de quem se utiliza para não vacilar, permitindo ao homem trabalhar sem temor, conferindo-lhe a compreensão de que, se está fazendo a sua parte, certamente o céu se mobilizará em bênçãos para lhe iluminar o caminho, conferindo as forças que lhe faltarem.
Ela é mantenedora da saúde por afastar as tensões da insegurança e da dúvida, estimulando a resignação ativa, a verdadeira espera em movimento. É o elixir oferecido pelos corações bons, nutrindo os homens fracos e sofridos; faz vibrar as cordas delicadas da alma desacreditada, a fim de quem entoem uma nova melodia e recomecem a luta sem desanimar.
www.addavid.blogspot.comALMA AMIGA, ESPERANÇA É SEGUIR SEMPRE PARA SE CHEGAR ONDE SE DEVE, CONFIANDO QUE SENHOR TRAÇARÁ O MELHOR CAMINHO.

Pálpebras caídas pedem investigação criteriosa

A ptose, mais conhecida como pálpebra caída, pode se manifestar a qualquer idade e trata-se de uma enfermidade da musculatura de elevação das pálpebras, o que extrapola a questão estética e merece muita atenção. As causas que levam à pálpebra caída são de diferentes origens e pode indicar uma disfunção neurológica.
Quem faz o alerta é a oftalmologista do Hospital Oftalmológico de Brasília (HOB), Patrícia Moitinho (CRM 15368/DF).
A especialista afirma que as pálpebras caídas, em alguns casos, prejudicam o campo visual e, em crianças, acarretam o risco do não desenvolvimento correto da visão. "Deve ser feita uma avaliação precoce para identificação e acompanhamento", sublinha.
Há diferentes situações que têm como consequência a queda das pálpebras:
Involucional –
Mecânica
Neurológico
Segundo Patrícia, ao diagnosticar a ptose como uma consequência de enfermidades neurológicas, o profissional oftalmologista encaminha o paciente a um neurologista e este profissional irá realizar o tratamento.
Congênita
O principal tratamento aplicado à ptose é direcionado a sua causa. Quando de origem neurológica o tratamento deverá ser feito pelo neurologista. Nos casos de ptose congênita e também as que aparecem com a idade, a correção é feita com o reposicionamento do músculo elevador das pálpebras.
Patrícia Moitinho explica que o procedimento é realizado em torno de uma hora e visa corrigir a postura do músculo da pálpebra, que muitas vezes se encontra apenas desinserido de sua posição original.
"O pós-operatório, nos primeiros dias, apresenta uma sensação de incômodo ao piscar devido ao edema palpebral e fechamento incompleto das pálpebras, depois normaliza", descreve.
Conforme a médica do HOB, os casos indicados para cirurgia são aqueles de perda de campo visual, os de sensação de peso durante a leitura e também nos casos que requerem melhora estética.
"É importante que o oftalmologista especializado em plástica ocular seja o responsável por essa cirurgia já que conhece muito a anatomia do olho, órbita e anexos. Além de ter a extrema preocupação em manter a fisiologia do piscar, fechar bem os olhos, e evitar ressecamentos graves no futuro", adverte.
– Existe a probabilidade de acontecer a ptose congênita. Essa, resulta da falta de desenvolvimento do músculo elevador da pálpebra e seu tendão durante a gestação. Nestes casos, deve-se ter cuidado com o desenvolvimento da visão nas crianças, aconselha a médica.
- A médica do HOB explica que "a miastenia gravis é uma doença neurológica, a qual pode refletir-se em diferentes músculos do corpo, as pálpebras estão nesta relação e quando são afetadas, também levam à queda palpebral". Trata-se de uma enfermidade neuromuscular que causa fraqueza e fadiga anormal dos músculos voluntários, como os da pálpebra. A fraqueza é causada por um defeito na transmissão dos impulsos dos nervos para os músculos. Com isso, o paciente perde o controle da pálpebra e não consegue abrir os olhos, esclarece. "Os sintomas são sutis, com pequenas fraquezas musculares e o primeiro sinal pode ser justamente a ptose. Em alguns casos vem associada à visão dupla (diplopia) e ao estrabismo", completa.
– Caracteriza-se pelo excesso de pele nas pálpebras ou tumoração muito grande que leva ao comprometimento do campo de visão.
É a mais frequente, causada pelo enfraquecimento do músculo elevador das pálpebras, por um processo de envelhecimento, leva à queda progressiva.

Trilheiros promove encontro com renda para entidade assistencial

No domingo, 24 de junho, acontece o 5º Encontro de Trilheiros com saída no Recinto de Exposições "Juvenal Giraldelli". A largada do evento será dada às 8h30m e a organização pretende reunir em torno de 400 motoqueiros trilheiros.
A programação estabelece que 8 horas será servido um café da manhã e às 12h30 haverá um almoço de confraternização. Os interessados que quiserem participar do café da manhã e do almoço terão que pagar uma taxa de R$ 10.
Os motoqueiros que quiserem participar da confraternização dos aficionados do "off-road", terão que pagar uma taxa de inscrição de R$ 40,00 sendo que os primeiros trezentos inscritos ganharão uma camiseta da trilha e participarão de café da manhã e almoço. Toda renda arrecadada vai ser doada para o Lar dos Velhinhos São Vicente de Paulo, de Jales.
A equipe idealizadora do evento, a "100% Trilha Jales", quer repetir o sucesso dos anos anteriores, que teve a presença de grupos dos estados de Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Paraná e do interior paulista, em especial de São José do Rio Preto. O encontro atraiu muita gente porque Jales possui a melhor trilha da região.
O 5° Encontro de Trilheiros conta como o apoio dos integrantes do grupo de trilheiros "Trilha da Vaca" e da Prefeitura de Jales que cedeu o recinto de exposições, fez a manutenção da trilha e destinou um auxilio financeiro de R$ 2,5 mil. No dia anterior, sábado, 23 de junho, às 20h, no recinto da FACIP, será apresentado o show "Cachorrão Moto Show", espetáculo com manobras radicais em bicicletas, motos e karts. No domingo, 24, o show será reapresentado às 15h.
Ainda, na área da Facip, serão realizadas exposições de carros antigos, aeromodelos e karts

EDITAIS DE PROCLAMAS

Ademir de Mattis
AGUINALDO PAULINO e CLEUZA CLARICE DA CONCEIÇÃO. ELE,
GESSE FRANCISCO DA COSTA
MATEUS APARECIDO PEREIRA e MIRELE DE SOUZA BRITTO. ELE
FRANCISCO JOSÉ DE SOUSA ROCHA e VANI DE OLIVEIRA. ELE
EDILSON GONÇALVES DOS ANJOS e MARCELA VIEIRA DE MORAES. ELE
SE ALGUEM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO OPONHA-O NA FORMA DA LEI. LAVRO OS PRESENTES PARA SEREM AFIXADOS NO REGISTRO CIVIL E PUBLICADOS NA FOLHA NOROESTE, NESTA CIDADE DE JALES.
Ademir de Mattis - Oficial
, natural de Fernandópolis, deste Estado, nascido aos 23 de dezembro de 1.978, ajudante geral, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Moacyr Gonçalves dos Anjos e de Delfina Trassi dos Anjos. ELA, natural de Aspásia, deste Estado, nascida aos 30 de abril de 1.978, artesã, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de João Vieira de Moraes e de Juditi Alves dos Santos Moraes.
, natural de Joaquim Pires, Estado de Piauí, nascido aos 30 de abril de 1.993, trabalhador rural, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Maria da Graça Sousa Rocha. ELA, natural de Paranapuã, deste Estado, nascida aos 08 de novembro de 1.968, trabalhadora rural, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Iparco Eugenio de Oliveira e de Maria de Souza Oliveira.
, natural de Três Lagoas, Estado de Mato Grosso do Sul, nascido aos 26 de maio de 1.977, pedreiro, solteiro, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Mateus Carlos Pereira e de Maria de Lourdes Chagas. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 17 de setembro de 1.988, do lar, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Israel de Souza Britto e de Rosâng ela Aparecida Dutra Britto.
e APARECIDA DE FÁTIMA PENHA. ELE, natural de General Salgado, deste Estado, nascido aos 04 de novembro de 1.946, aposentado, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Lazaro Francisco da Costa e de Izaura Minuci da Costa. ELA, natural de Jales, deste Estado, nascida aos 21 de fevereiro de 1.960, do lar, divorciada, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Francisco Penha e de Angelina Maria Penha.
natural de Frutal, Estado de Minas Gerais, nascido aos 18 de março de 1.967, motorista, divorciado, residente e domiciliado nesta Cidade, filho de Tolomista Jeronimo Paulino e de Ivone Conceição Paulino. ELA, natural de Trê s Fronteiras, deste Estado, nascida aos 25 de outubro de 1.971, vendedora, solteira, residente e domiciliada nesta Cidade, filha de Gaspar da Conceição e de Laurentina Vieira da Conceição.
, Oficial do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de Jales, Estado de São Paulo. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro.

terça-feira, 12 de junho de 2012

Contrabandista de cigarros é preso pela PF e TOR durante tentativa de corromper policiais

Na manhã do domingo, 10 de junho, policiais rodoviários do Tático Ostensivo Rodoviário - TOR abordaram, na rodovia SP-543, KM 601, município de Ouroeste/SP, uma carreta Volvo abarrotada de cigarros contrabandeados do Paraguai.
A abordagem ocorreu porque os policiais perceberam que o veículo estava trafegando com velocidade acima do normal, o que é característico quando se transporta cigarros, tendo em vista o baixo peso da carga. O motorista inicialmente alegou que estava transportando arroz, inclusive apresentando uma nota fiscal, mas ao abrir a carroceria verificou-se que estava carregada de cigarros. Ao ser informado que estava preso e que seria conduzido até a Delegacia de Polícia Federal, o motorista ofereceu dinheiro aos policiais a fim de que fosse liberado, prática que configura o crime de corrupção ativa.
Após ser interrogado pela Autoridade Policial, o condutor do veículo, E.E., lavrador, 32 anos, foi encaminhado para a cadeia pública de Jales/SP e responderá pelos crimes de contrabando e corrupção ativa, crimes com penas que variam de 1 a 4 anos e 2 a 12 anos, respectivamente.
O veículo e os cigarros apreendidos serão entregues na Receita Federal de São José do Rio Preto/SP, para que as providências fiscais e administrativas sejam adotadas.(fotos divulgadas pela Policía Federal de Jales).

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Ensaio que estreia no Bella da Semana neste dia 12 traz loira de Jaguari (RS) como destaque


Estreia nesta terça-feira, 12, o ensaio da gaúcha Shirley Kolesne no site Bella da Semana (www.belladasemana.com.br).
Natural da cidade de Jaguari (RS), a modelo de 32 anos não pára um minuto - faz dança, musculação, natação e boxe, além de mexer com a imaginação masculina sem nenhum pudor. Essa, aliás, deve ser a especialidade da loira de 1,68m!
Enquanto fotografava para o site catarinense a moça fez revelações marcantes que prometem deixar o público masculino agitado neste Dia dos Namorados.
Dentre elas é possível citar: "já tive experiência com outras mulheres e gostei muito" - palavras usadas pela própria Shirley, sem vergonha alguma. As fotos são de Walmor de Oliveira.