Páginas

sábado, 22 de janeiro de 2011

Uranienses morrem em acidente na serra da Petrovina, em MT

Carreta que estaria desgovernada chocou-se
com o bitrem que vinha no sentido contrário
foto/reproduçãopvanews
O acidente aconteceu no domingo, 16 de janeiro, por volta das 15 horas, na BR 364, região da Serra da Petrovina, distante cerca de 65 km de Rondonópolis (MT), envolvendo dois veículos grande porte provocando a morte de duas pessoas.

De acordo com as informações de Eder Lemes (39), transmitidas pelo site PVANews, condutor do bitrem Scânia 113, de cor branca, com placas do estado do Paraná, ele havia carregado o veículo na cidade de Pedra Preta e seguia pela rodovia no sentido a Alto Araguaia e, na serra, se deparou com uma carreta graneleira desgovernada que vinha no sentido contrário.
A carreta que era conduzida por Marcos Rogério Virgíneo Ribeiro de Queiroz (35), de Urânia, tombou invadindo a pista contrária que era usada por Eder, que ainda tentou desviar jogando o bitrem para o acostamento, porém, a carreta acabou colidindo na lateral esquerda do veículo de Eder.
Marcos Rogério, condutor da carreta desgovernada e Cleunice Moreira dos Santos (40), de Urânia, que também estava na carreta, morreram no local, prensados entre os dois veículos.
O motorista Eder Lemes, do bitrem, não sofreu nenhum arranhão. De acordo com levantamento feito no local pela equipe da Policia Técnica, a causa mais provável do acidente teria sido o excesso de velocidade por parte da carreta graneleira,porém,a informação detalhada só pode ser verificada com o laudo técnico que deve ser emitido dentro de um prazo de 30 dias.

Os corpos de Marcos Rogério e Cleunice Moreira foram sepultados na terça-feira, 18 de janeiro, no Cemitério Municipal de Urânia, sob uma grande comoção, em vista que o casal era muito conhecido na comunidade e desfrutava de de grande amizade na comunidade uranienses. (colaborou Iz\abel Toirres).

Um comentário:

  1. Era minha amiga... Estava muito feliz pois estava casada e juntos, haviam acabado de comprar uma casa. Foi uma tragédia, todos aqui estamos emocionados.

    ResponderExcluir