Páginas

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Fórum de Ilha Solteira lidera ‘TJ Sustentável’

 

Simples ações, resultados surpreendentes.
 
        O projeto TJ Sustentável realiza em 2017 sua edição com o maior número de participantes, com a competição alcançando todo o Judiciário paulista – incluindo os prédios administrativos e do 2º grau. Após a primeira rodada mensal de inserção de dados de consumo, a Comarca de Ilha Solteira assumiu a liderança do jogo, seguida por Taubaté. Em terceiro lugar está a Comarca de Presidente Epitácio. Confira a classificação completa no site do jogo. Além do ranking, já pode ser visualizada a árvore virtual de cada unidade participante, que ficará mais frondosa de acordo com os índices de economia obtidos.
        A próxima sexta-feira (30) é o último dia útil para que os administradores prediais informem, no sistema do jogo, os dados das contas com vencimento em maio. Para pontuar no game virtual, a unidade deve apresentar índices de redução de consumo. Aquelas que atingirem as metas estabelecidas pelo comitê gestor ganham o número máximo de folhas na “árvore virtual”. Já os que superarem as metas, recebem elementos surpresas em suas páginas. Veja o regulamento completo.
        O TJ Sustentável visa estimular o consumo consciente entre magistrados e servidores, reforçando a responsabilidade socioambiental do Tribunal de Justiça de São Paulo. Diversos fóruns estão fazendo sua parte com campanhas informativas e ações de economia. Nesta edição o jogo traz como novidades o indicador de gastos com papel sulfite e o incentivo à coleta seletiva, bem como resgata o foco na economia de água e energia.
        A competição segue até novembro. Ao final, o prédio com maior número de pontos será o vencedor e como prêmio recebe o “Selo Verde 2017”. Também haverá distribuição de prêmios, que serão sorteados entre os funcionários dos fóruns que ficaram entre os três primeiros lugares.
 
        Comunicação Social TJSP – GA (texto) / AC (foto)
        imprensatj@tjsp.jus.br

Ataque de hackers suspende 3 mil consultas e exames nas unidades do Hospital de Câncer de Barretos, SP

 

Departamento de informática estima levar três dias para solucionar o problema. Invasores pedem 300 dólares em bitcoins para desbloquear os sistemas e PF acompanha o caso.



     
Cibertaque suspende 3 mil atendimentos nas unidades do Hospital de Câncer de Barretos
Cibertaque suspende 3 mil atendimentos nas unidades do Hospital de Câncer de Barretos

 
Cerca de 3 mil consultas e exames foram cancelados e 350 pacientes deixaram de realizar tratamento de radioterapia nesta terça-feira (27) depois que o sistema do Hospital de Câncer de Barretos (SP) foi invadido por hackers.

Todas nas unidades da instituição em Jales (SP), Fernandópolis (SP), Porto Velho (RO), Juazeiro (BA) e Campo Grande (MS) foram afetadas. O departamento de informática estima levar até três dias para reverter o ataque cibernético.

“O problema é bem parecido com o que aconteceu em nível global há mais ou menos três meses: um ataque, onde alguns dados são criptografados, e afetou as nossas estações de trabalho”, disse o gerente de tecnologia da informação, Douglas Vieira dos Reis.

Em uma mensagem exibida nos computadores, os hackers pedem o pagamento de 300 dólares em bitcoins, a moeda virtual mais conhecida da internet, para liberar o sistema novamente. A Polícia Federal foi acionada e uma equipe técnica auxilia na análise dos equipamentos.

Reis afirmou que os prontuários dos pacientes não foram prejudicados porque o banco de dados e o sistema oncológico em si foram preservados e estão em funcionamento. Entretanto, com os computadores bloqueados é impossível acessá-los.

“A nossa equipe, no momento, está mobilizada, trabalhando na resolução do problema, mas, por se tratar de um parque tecnológico bem grande, isso deve legar algum tempo. A gente ainda está mensurando esse tempo para colocar tudo nos eixos novamente”, disse.

Funcionários do Hospital de Câncer trabalharam sem computadores nesta terça-feira em Barretos, SP (Foto: Chico Escolano/EPTV) Funcionários do Hospital de Câncer trabalharam sem computadores nesta terça-feira em Barretos, SP (Foto: Chico Escolano/EPTV)   
Funcionários do Hospital de Câncer trabalharam sem computadores nesta terça-feira em Barretos, SP (Foto: Chico Escolano/EPTV)


 
Radioterapia cancelada


O coordenador do departamento de radioterapia, Daniel Marconi, afirmou que o ataque foi identificado por volta de 9h e prejudicou, inclusive, os aparelhos usados na terapia radioativa. As sessões foram canceladas.

“Um dos tratamentos que a gente faz é a radiocirurgia. Com esse tratamento, a gente implanta um alo no crânio do paciente, é feito com parafusos. A gente tinha implantado o alo por volta de 7h e, infelizmente, tivemos que desparafusar e dispensar a paciente”, contou.

As sessões de quimioterapia, entretanto, foram mantidas. O diretor clínico do hospital, Paulo de Tarso, destacou que os pacientes com consultas e exames agendados devem comparecer às unidades, apesar do ataque cibernético. Casos de urgência e emergência também estão sendo atendidos.

“Talvez seja necessária uma consulta extraordinária porque nós não conseguimos acessar os exames de laboratório e de imagem. Serão reagendados normalmente, sem nenhum problema. Os pacientes internados não tiveram prejuízo em relação ao tratamento”, disse.

 
Pacientes da radioterapia ficaram sem atendimento no Hospital de Câncer em Barretos, SP (Foto: Chico Escolano/EPTV) Pacientes da radioterapia ficaram sem atendimento no Hospital de Câncer em Barretos, SP (Foto: Chico Escolano/EPTV)  Pacientes da radioterapia ficaram sem atendimento no Hospital de Câncer em Barretos, SP (Foto: Chico Escolano/EPTV)
Prejuízo na Santa Casa


O ataque dos hackers também prejudicou os atendimentos na Santa Casa de Barretos, que desde o ano passado passou a ser administrada pela Fundação Pio XII, a mesma que gerencia o Hospital de Câncer.

O médico emergencista César Maurício da Silva explicou que todos os procedimentos realizados na unidade nesta terça-feira foram manuais, desde a abertura de fichas, até as prescrições médicas e solicitações de exames. Nenhum paciente deixou de ser atendido.


“Mas, houve atrasos e, em alguns casos de menor gravidade, que tem característica ambulatorial, você acaba remarcando, pedindo para o paciente retornar mais tarde, ou no outro dia. Então, não deixa de haver algum transtorno”, afirmou.

Santa Casa de Barretos, SP, também foi alvo do cibertaque nesta terça-feira (Foto: Reprodução/EPTV)  
Santa Casa de Barretos, SP, também foi alvo do cibertaque nesta terça-feira (Foto: Reprodução/EPTV)
Santa Casa de Barretos, SP, também foi alvo do cibertaque nesta terça-feira (Foto: Reprodução/EPTV)

terça-feira, 27 de junho de 2017

Convites para o 5º Concerto “Solidariedade, Saúde e Música” começam a ser vendidos



A quinta edição do concerto promovido anualmente pela Santa Casa de Jales e Orquestra Sinfônica que acontecerá no dia 21 de julho, às 20h, no Teatro Municipal promete presentear a população com músicas de qualidade.

O diferencial do evento é unir cantores de Jales e região juntamente com os 65 músicos da orquestra para apresentar uma mistura de ritmos envolvendo clássicos do MPB (música popular brasileira), sertanejo, rock, entre outros.

Um misto das quatro edições será refinado em um único evento e contará com as apresentações da Banda Bzinsk, Bia Ferraz, Celso Brito Júnior, Elder Mansueli, Henrique Souza, Ismael Tonholi, João Paulo Souza, Marcelo Zaia, Natalia Gival, Rafael Marques, Ricardo Leão e Rogério Leão. A regência e direção artística será do maestro Edivaldo de Paula e do maestro convidado Luís Fernando Paina.

Para o provedor Junior Ferreira esse evento vem resgatar a cultura da cidade, envolvendo o nome da instituição. “Temos que prestigiar o que de melhor temos em nosso município culturalmente, pois a orquestra de Jales é referência no estado de São Paulo. Vamos unir boa música e solidariedade em um único evento”.

A Corporação já esteve entre as cinco melhores Bandas Sinfônicas do país e no ano passado foi consagrada, mais uma vez, finalista do Mapa Cultural Paulista, sendo contemplada com a gravação de um CD juntamente com outros 20 grupos musicais selecionados no estado de São Paulo. Há 26 anos o maestro Edivaldo de Paula está à frente dos trabalhos musicais.

Os convites serão limitados e já estão à venda por R$ 10,00 no setor de Captação de Recursos, Banca do Edu, Banca do Luiz e Orquestra Sinfônica de Jales.

Associados da ACV elegem nova diretoria nesta quarta-feira

 
A ACV – Associação Comercial de Votuporanga promoverá nesta quarta-feira (28/6) a Assembleia Geral Ordinária que elegerá a nova diretoria, Conselho Consultivo e Conselho Fiscal da entidade. A primeira convocação será às 8 horas, no auditório.
 
Os associados, além de elegerem a nova mesa diretoria que ficará no cargo de julho de 2017 a julho de 2018, também discutirão e votarão a ata da última Assembleia, além de tomar conhecimento do relatório de contas de resultado do exercício.
 
A entidade já teve 39 presidentes, além do advogado Celso Penha Vasconcelos, que está à frente da diretoria desde julho de 2016.
 
ACV
 
A Associação Comercial de Votuporanga completa em agosto deste ano 71 anos de fundação. É uma entidade sem fins lucrativos, nascida da união de empresários que viram no associativismo a melhor maneira de dar força às suas iniciativas, reivindicações e alavancar o comércio do município.
 
Desde sua fundação, em 18 de outubro de 1946, a ACV atua em prol dos interesses do empresariado votuporanguense, fomentando o desenvolvimento da economia da cidade por meio de sua forte representatividade na oferta de serviços de orientação comercial e apoio à administração empresarial.
 

Delegados de Polícia decidem sobre salário

Pauta de reivindicação salarial é discutida em Assembleia Geral

Na noite desta segunda-feira (26), delegados de polícia de São Paulo e a diretoria do Sindpesp estiveram reunidos na sede do sindicato, na Capital, para a Assembleia Geral Extraordinária que definiu os itens da pauta reivindicatória salarial que será entregue ao Governo do Estado.

A presidente do Sindicato, Raquel Kobashi Gallinati, conduziu a Assembleia Geral com a diretora Juliana Ribeiro Manikkompel. Por unanimidade, ficaram estabelecidos como itens mínimos as seguintes proposições:

- reposição das perdas inflacionárias de março de 2012 a fevereiro de 2017;
- aumento do índice do ADPJ para que o salário seja semelhante às demais carreiras jurídicas e compatível com as responsabilidades do cargo;

Os delegados também definiram na AGE que o prazo máximo de espera para a resposta do Governo será de 45 dias, contados a partir do dia 28 de junho.

Em caso de negativa, haverá ingresso de dissídio coletivo e, em último caso, ação de responsabilidade contra o governador.

O ex-delegado geral de polícia, José Abrahão Kfouri, arrancou aplausos dos colegas. Em sua fala, Kfouri foi categórico ao afirmar que a categoria "não pode abrir mão do que lhe pertence por direito, por isso, é preciso reivindicar de maneira estratégica". O delegado comentou que, exatamente 50 anos antes, no mesmo dia e mês, participava de sua primeira Assembleia como delegado de polícia.

Na próxima quarta-feira, o Sindpesp estará com o secretário de segurança pública, Mágino Alves Barbosa Filho, e levará a pauta já definida para dar início às tratativas com o Executivo Estadual.

Presidente do BNDES defende afastamento da família Batista do comando da JBS

            

Ludmilla Souza – Repórter da Agência Brasil

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Paulo Rabello de Castro, defendeu a revisão da composição do conselho de administração da JBS e o afastamento da família Batista do comando da companhia. O dirigente foi questionado sobre a posição do BNDES quanto à participação da família Batista do comando da JBS em entrevista coletiva após o lançamento do Canal do Desenvolvedor MPME, voltado para o financiamento das micro, pequenas e médias empresas.
“Quando você tem uma megaempresa como essa, de nível mundial, o correto, o ideal, mesmo que o controlador tenha dado, em passos anteriores, grandes e notáveis contribuições para o desenvolvimento, chega um determinado momento em que o ideal é a que a companhia esteja completamente profissionalizada, porque começam a surgir, e podem surgir em qualquer empresa, alguns conflitos de interesse entre alguém que detém 40% de uma companhia e os interesses que dizem respeito a 100% do capital acionário”, ressaltou.
Convocação de assembleia
Acionista com participação de mais de 20% na JBS, o BNDES solicitou a convocação de uma assembleia geral extraordinária para discutir o assunto, informou o presidente do banco. “Se a companhia, além do mais, está passando por um período delicado, que é associado à figura desses administradores, mais uma razão para que essa composição [do conselho] seja revista”, completou Rabello.
A JBS é investigada pela Polícia Federal na Operação Bullish, que apura se o BNDES teria favorecido o grupo em um esquema que envolveu – considerando todas as operações realizadas – cerca de R$ 8,1 bilhões. Os aportes ocorreram entre 2007 e 2011. Joesley Batista prestou depoimento sobre o caso na semana passada, porque, quando a operação foi deflagrada, em 12 de maio, estava fora do país. Ele também fez denúncia contra o presidente Michel Temer em delação premiada cuja validade está sendo discutida pelo Supremo Tribunal Federal (STF).
Canal do Desenvolvedor
O novo canal lançado pelo BNDES é uma plataforma simplificada e interativa para empresas com faturamento anual de até R$300 milhões. Por este meio, as micro, pequenas e médias empresas podem manifestar o interesse por crédito e obter melhores condições de negociação com os bancos. O empresário identifica as linhas de crédito mais adequadas para o seu empreendimento, simula financiamentos, aponta os agentes financeiros intermediadores de sua preferência e encaminha. O canal pode também ser acessado por dispositivos móveis.
Edição: Davi Oliveira

sábado, 24 de junho de 2017

Erramos

 
Pedimos aos leitores considerarem a seguinte correção na segunda nota inserida coluna Folha Geral do jornal Folha Noroeste Digital que foi distribuido via rede social na manhã de hoje e aqui no blog
Onde se lê: “Ele não esperava que lá longe, na Rússia e na Noruega, ninguém sabia sobre o que acontece no Brasil. Erraram.”
Lê-se: “Ele esperava que lá longe, na Rússia e na Noruega, ninguém soubesse sobre o que acontece no Brasil. Errou.”
Agradecemos a compreensão.

E agora: quem, estava certo no caso das portarias ?

Na sequencia: Prefeita Nice revogou as portarias. Servidores chiaram; prefeito Pedro Callado restituiu por LC as portarias como havia dito; vereador Gilbertão questionou e o Ministério Público Estadual acionou PGJ que entrou com uma ADIN e, por fim, o prefeito Flá Prandi terá 120 dias para descascar o abacaxi sem melindrar quem quer que seja..



 
O Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, formado pelos 24 desembargadores mais antigos, julgaram inconstitucional a Lei Complementar 259/2016 aprovada pelos vereadores no ano passado.  A decisão do desembargador Antonio Carlos Malheiros, relator da ação foi publicada nesta sexta-feira, 23 de junho.
A Lei Complementar foi enviada ao Poder Legislativo para apreciação dos parlamentares pelo então prefeito municipal Pedro Manoel Callado Moraes, à época do PSDB, – hoje Procurador Geral do Município -  restituindo aos servidores portarias que haviam sido cassadas, pela sua antecessora.
Em seu mandato, a prefeita Nice Misitlides  (01/01/2.013 a 17/02/2015) teria sido alertada pelo órgão fiscalizador  do Estado que a folha de pagamento estaria em seu limite de despesas. Para controlar a folha, decidiu pela revogação de portarias que melhoravam os salários dos servidores.
Com a decisão, Nice Mistilides acabou em pé de guerra com o funcionalismo que perdurou até o dia da cassação de seu mandato. A bem da verdade, a prefeita foi trucidada por diversos setores, não só público como também privados que consideraram a sua decisão “ditatorial e perseguidora”.
Ao assumir o cargo de prefeito, Pedro Callado se reuniu com o funcionalismo e cumpriu o que havia dito, de que as portarias seriam retornadas caso chegasse ao Executivo. Possivelmente, orientado pela Procuradoria Geral do Município, editou a Lei Complementar 259/2016 de 31 de março de 2016, restituindo a mais de uma centena de funcionários a portarias financeiras.
Com a aprovação da LC 259, os servidores foram agraciados com a melhoria financeira de seus salários que haviam deixados de ganhar com revogação das portarias pela prefeita Nice Mistilides.
Após questionamentos do ex-vereador Gilberto Alexandre de Moraes (DEM) sobre a Lei Complementar 259/2016 aprovada pelos vereadores ao Ministério Público Estadual em Jales, o promotor Horival de Freitas Junior, encaminhou uma representação à Procuradoria Geral de Justiça do Estado afirmando existir violação a Constituição.
A Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN) proposta  pelo Procurador Geral de Justiça objetivava a declaração de inconstitucionalidade da Lei Complementar nº 259, de 31 de março de 2016 do Município de Jales, que dispunha sobre a promoção vertical de servidor público municipal que estiver exercendo ou tenha exercido cargo ou função pública, em carreira diversa a da origem, há mais de 5 (cinco) anos, com efeitos retroativos à data em que passou a ocupar o cargo ou função, cujo Parecer da  Procuradoria Geral de Justiça, pela procedência da ação.
Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Jales e Região, também solicitou para sua habilitação nos autos como “amicus curiae”   (que contribui para o incremento de qualidade das decisões judiciais).
Em sua decisão expôs o relator Antonio Carlos Malheiros  que “ registre-se, primeiramente que, muito embora de grande valia o habilitação do sindicado dos Servidores Públicos Municipais de Jales e Região como “amicus curiae”, seus argumentos apresentados não tiveram o condão de modificar o entendimento deste Relator. Procede a ação”.
E continuou:
Dispõe a lei ora guerreada:  Art. 1º - Para adequar as situações pré-existentes, o servidor público municipal que estiver exercendo ou tenha exercido cargo ou função pública, em carreira diversa da origem há mais de 05 (cinco) anos, será promovido verticalmente ao respectivo cargo, com efeitos retroativos à data em que passou a ocupar o cargo ou função.
           § 1º - Para ter direito à promoção referida no caput deste artigo, para cargos de Chefe de Setor e Diretor de Divisão, o servidor obrigatoriamente deverá contar com no mínimo 10 (dez) e 15 (quinze) anos, respectivamente, de efetivo exercício no serviço público no Município de Jales.
            § 2º - O Servidor Público Municipal que estiver exercendo função diversa da sua origem, automaticamente ficará designada para a mesma, fazendo jus à remuneração da função desempenhada.
Art. 2º - As despesas decorrentes da aplicação desta Lei Complementar onerarão dotação própria consignada no orçamento, suplementada se necessário.
Art. 3º - Esta Lei Complementar entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.
Citando a Carta Magna do Estado de São Paulo ele diz que “O artigo 115, inciso II, da Carta Bandeirante determina a seguinte regra: “Artigo 115 - Para a organização da administração pública direta e indireta, inclusive as fundações instituídas ou mantidas por qualquer dos Poderes do Estado, é obrigatório o cumprimento das seguintes normas:(...)II - a investidura em cargo ou emprego público depende de aprovação prévia, em concurso público de provas ou de provas e títulos, ressalvadas as nomeações para cargo em comissões, declarado em lei, de livre nomeação e exoneração;...”
Observa-se, então, que a única exceção á regra da aprovação em concurso público para a investidura em cargo público é a nomeação para cargo em comissão, de livre provimento. As transformações anunciadas na norma acima citada denotam efetiva transposição de cargos sem qualquer mudança de atribuições, ofendendo diretamente os artigos: 111; 115, incisos I e II e 144 da Constituição Estadual, que reproduzindo a Constituição Federal, determina a realização de concurso público para o provimento dos cargos que a norma transformou.
A investidura em cargo ou emprego público depende de aprovação prévia em concurso público de provas ou de provas e títulos, de acordo com a natureza e a complexidade do cargo ou emprego, na forma prevista em lei, ressalvadas as nomeações para cargo em comissão declarado em lei de livre nomeação e exoneração. Essa é a redação do inciso II, do artigo 37 da Constituição Federal, que veda o ingresso no serviço público que não seja sob a modalidade de concurso público.
Ademais, qualquer dispensa indevida da realização de concursos para fins de ingresso no serviço público, ou mesmo a realização de provimento a partir de concursos internos, para que servidores ocupem cargos ou empregos situados em carreira distinta, ou finalmente, o simples aproveitamento de servidores em cargos ou empresa integrantes de carreira distinta são atos que significa, na prática, burla à regra do concurso. Neste sentido, já se pronunciou o Pretório Excelso quando da edição da Súmula 685:
"É inconstitucional toda modalidade de provimento que propicie ao servidor investir-se, sem prévia aprovação em concurso público destinado ao seu provimento, em cargo que não integra a carreira na qual anteriormente investido.
"Dessa forma, é de rigor a observância do disposto no art. 115, incisos II e V, da Constituição Estadual que determina a realização de concurso público para o provimento de cargos, inclusive de natureza dos que aqui se questionam”.
A final de sua decisão, o desembargador relator Antonio Carlos Malherios  declarou a inconstitucionalidade da Lei Complementasr 259/2016, que dispõe sobre cargos existentes, com efeito “ex tunc”, impondo-se, entretanto, a modulação dos efeitos do julgado, por razões de segurança jurídica, diante da necessidade de implantação de nova estrutura administrativa da Municipalidade. Assim, esta declaração terá eficácia no prazo de 120 dias, contados a partir desta data.
“Isto posto, procedente a ação, para declarar a inconstitucionalidade da Lei Complementar nº 259, de 31 de março de 2016 do Município de Jales, comunicando-se esta decisão, por ofício, ao Sr. Prefeito e ao Sr. Presidente da Câmara Municipal daquela cidade”.
ANTONIO CARLOS MALHEIROS- Relator
O prefeito Flávio Prandi Franco terá, portanto, quatro meses para tomar as medidas cabíveis mencionadas na decisão do desembargador Malheiros, e qual será a decisão que, evidentemente, irá ouvir a opinião do Procurador Geral do Municipal de Jales, Pedro Manoel Callado de Moraes: ele cassa as portarias com a revogação da Lei Complementar ou incorpora a gratificação ao salário de cada servidor com a reforma administrativa?

Dona Mira festeja 90 anos


Dona Mira recebendo um abraço carinhoso de Marizete
Neste sábado, 24 de junho, senhora Diomira Bio Cestari, carinhosamente chamada de Dona Mira está completando 90 anos. Nascida em Bálsamo (SP), tinha 16 anos quando se casou com Natalino Cestari. De Bálsamo, o casal se mudou para Santa Fé do Sul e depois para Fernandópolis. Com três filhos, em 1.958, Natalino e Mira vieram para Jales. Aqui conquistaram um grande círculo de amizades e viram seus filhos crescerem e se casarem. São eles: Aparecida de Lurdes Cestari Polizello, residente em Barueri (SP); Esther Maria Cestari Rodrigues, residente em Leme (SP), e o cartorário e professor aposentado Ataíde Antônio Sestari, carinhosamente chamado de "Bigonga", morador em Jales (SP), que deram a Dona Mira, 11 netos e 12 bisnetos. Seu esposo Natalino faleceu em 3 de agosto de 1.991.

Dona Mira é fundadora do Lar dos Velhinhos de Jales e foi por 50 anos, presidenta do Apostolado da Oração da Catedral e tem até hoje a Chave da Catedral por assistir todos os domingos de manhã a Missa.

Moradora no IV Centenário (antes na rua São Paulo) e atualmente na rua das Palmeiras, próximo ao conhecido "bico", onde se encontram as ruas João Amadeu e das Palmeiras, por décadas. Ali, o coração bondoso de Dona Mira faz com ela seja sempre solidária com a comunidade de sua convivência.


Leticia Sanches e Lucas Muller

"Somos Abençoados por Deus" são as palavras que definem o sentimento do casal Letícia Sanches Zignani Müller (fotógrafa) e Lucas de Almeida Muller (técnico em TI) expressadas para definir o tão sonhado dia da realização de seu casamento em 10 de junho na sede do Lions Club de Jales.

O amor os uniu perante a lei dos homens, de Deus e na presença de seus pais: Leocides Zignani e Paula de Oliveira Sanches Zignani, Walter Müller Sobrinho e Elisabete Alves de Almeida Muller em um ambiente elaborado com detalhes românticos e rústicos chic preparados pelo decoradora Mara Armazém das Festas. O evento contou com a assessoria de Jocelia Cabrini Cerimonialista, inclusive na divulgação.


Novos operadores da equipe de telemarketing de Barretos visitam Hospital de Câncer de Jales

Com o intuito de aumentar as arrecadações e melhorar os serviços prestados aos pacientes em tratamento no Hospital de Câncer de Barretos, a instituição contratou cerca de 40 novos operadores de telemarketing e um mensageiro que irão ampliar o serviço de captação no país.

Por esta razão, foram agendadas visitas na unidade de Jales (SP) do Hospital, para que os novos contratados conhecessem os serviços prestados e todo o trabalho realizado pela entidade, tendo como referência o mesmo padrão de atendimento que é realizado em Barretos.

Segundo a assistente de Captação de Recursos, Ariely Siqueira, que realizou a visita com os novos operadores, é muito importante que eles conheçam como funciona o Hospital. "Assim, quando houver algum questionamento, eles estarão aptos para esclarecer quaisquer dúvidas", finalizou.

O projeto atualmente está sendo realizado em Jales, Fernandópolis e região por meio de doações que são buscadas por mensageiros, depósitos ou boletos bancários. Agora, serão realizadas também ligações para todos os estados brasileiros, com a opção de doação por meio de depósito e boleto bancário.

Para quem tiver interesse em contribuir pela primeira vez ou fazer uma nova doação, o telefone para contato é (17) 3321-6670 diretamente no setor de telemarketing em Barretos.

Cardiologista da Santa Casa faz alerta sobre o aumento de infarto no inverno

 
Com a chegada do inverno (21 de junho) os riscos de infartos aumentam consideravelmente segundo um estudo realizado no Canadá durante apresentação do Congresso da Sociedade Europeia de Cardiologia realizado em 2015. Para os cientistas, uma queda de 14ºC na temperatura está associada a um aumento de 30% de infarto e 20% de AVC.

As doenças cardiovasculares, como Infarto Agudo do Miocárdio (IAM) e o Acidente Vascular Cerebral (AVC), são as maiores causas de morte no mundo e no inverno o índice aumenta, pois, a pele tem receptores nervosos que sentem o frio e o organismo faz de tudo para manter o calor interno do corpo ao redor de 36,1ºC. Além disso, como sentem menos sede nessa época do ano, as pessoas acabam ingerindo menos líquido e desidratam. Sangue mais denso e viscoso coagula mais facilmente, o que colabora também para o aumento da pressão sanguínea.

A diretora clínica da Santa Casa de Jales , a cardiologista Marlene Santos de Oliveira explica que os principais fatores de risco são: hipertensão, diabetes, colesterol, triglicerídeos, obesidade, tabagismo, sedentarismo, estresse e depressão.

"Importante alertamos a população para a localização da dor, que acomete a região torácica, ombros, pescoço, braços e principalmente o estômago, pois podem ser confundidos por outras doenças do sistema digestivo. Atualmente, estamos atendendo pessoas mais jovens na faixa etária de 30, 40 e 50 anos com infartos ou até mesmo morte súbita", destacou a médica.

Para tanto, é essencial não confundir esses sintomas e, na dúvida, sempre procurar um atendimento de emergência. (Fonte/Carol Gusso/Santa Casa)

Dia Nacional de Combate à Asma: data alerta para prevenção e cuidados com a doença

O Dia Nacional do Combate à Asma é em 21 de junho, a data busca lembrar dos cuidados para quem convive com a doença, além de alertar sobre os sintomas que podem indicar o diagnóstico. A doença crônica, também conhecida como bronquite asmática, é uma inflamação nas vias aéreas (brônquios) que conduzem o ar para os pulmões. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 300 milhões de pessoas sofrem da doença no Brasil.A asma pode atingir pessoas de qualquer idade, mas geralmente são identificadas nos anos iniciais das crianças, principalmente quando a causa é genética. Os principais sintomas que pedem uma consulta ao médico, de preferência um pneumologista, são falta de ar, chiado no peito e tosse. O diagnóstico é confirmado após exames como o de sopro espirometria. Nem sempre a causa da asma é a genética. Atentar-se para o dia a dia pode ajudar a identificar a doença. Alguns fatores desencadeiam a doença, dentre os mais comuns estão contato constante com substâncias alérgicas, ácaros, poeira, mofo, tinta, produtos de limpeza, fumaça, inclusive de cigarro, além da variação climática.

Medidas cotidianas que ajudam no tratamento - Apesar de não ter cura, existem tratamento eficazes que garantem um convívio confortável com a doença. De acordo com o médico pneumologista, dr. Sérgio Pontes, da Aliança Instituto de Oncologia, inicialmente aplicar medidas no comportamento é o primeiro passo para prevenir as crises. "Manter a higiene ambiental, o local sempre livre de fatores desencadeantes, evitar tapetes, cortinas, passar pano úmido, boa alimentação, atividades físicas regulares, consumo de água, dormir bem"

Tratamento farmacológico - Mas e quando essas medidas não são suficientes? "O tratamento farmacológico entra em ação. Bombinhas de ar, que são os broncodilatores, corticoide em lata, são substâncias que abrem os pulmões e propicia que paciente respire melhor", afirma o Dr. Sérgio. Existem medicações de manutenção em que o paciente usa regularmente para evitar crises, e as medicações de resgate, inalações, nebulizações usadas em situações de emergências ou quando tem um desconforto maior.

Atividades físicas - Antigamente, era comum o paciente com diagnóstico de asma ser dispensado de atividades físicas no colégio, por exemplo. Há alguns anos isso caiu por terra. "As atividades físicas são altamente indicadas e ajudam a melhorar a qualidade de vida de um asmático. Não existe nenhuma restrição ou indicação, a atividade precisa ser prazerosa para que ele não deixe de realizar por qualquer impedimento", ressalta o Dr. Sério que tem a natação como uma das atividades mais completas por controlar a respiração, mas faz um alerta "só é preciso tomar cuidado com piscinas ricas em cloro, podem desencadear crises de asma em pessoas alérgicas, porém existem as piscinas dessalinizadas que são amplamente seguras para atenderem esses pacientes".

Crises respiratórias no inverno - Com a chegada do inverno é comum as crises aumentarem, isso se deve a vários fatores, as pessoas ficam mais enclausuradas em ambientes fechados, com pouca ventilação que tendem a acumular mais ácaros, as baixas temperaturas ou mudanças bruscas de temperatura. Para isso o dr. Sérgio indica "No inverno, além de todos os cuidados com os fatores desencadeantes, é importante manter a o ambiente bem ventilado, com pouco mofo. Tentar manter o ambiente mais arejado e ventilado".

Roupas e agasalhos arrecadados pelo HCB Jales são entregues ao Lar dos Velhinhos e AACAJ

 
A unidade do Hospital de Câncer de Barretos de Jales (SP) realizou entre os dias 1º e 15 de junho, por meio do Grupo de Trabalho de Humanização (GTH) da instituição, uma campanha de arrecadação de agasalhos com os pacientes, acompanhantes e colaboradores.

 

As peças adquiridas foram entregues à Sociedade São Vicente de Paulo Lar dos Velhinhos, na segunda-feira, 19 de junho e para a Associação de Apoio à Criança e ao Adolescente de Jales (AACAJ), na terça-feira, 20 de junho, pelos integrantes da equipe.

"Antes de entregar as doações, com muito amor e carinho, nós realizamos a separação das peças, diferenciando as peças masculinas, femininas e infantis. Sabemos da importância que elas farão na vida daqueles que precisam", afirmou a assistente de Hotelaria, Denise Abra.

Segundo a enfermeira da Educação Continuada, Priscila Miranda de Paula, a intenção é fazer uma ação ainda maior no ano que vem. "Queremos começar com mais antecedência nossa campanha e assim arrecadar um número maior de peças e ajudar mais pessoas. De qualquer forma, ficamos felizes com nossa primeira campanha, assim como somos ajudados pelas pessoas, nós também queremos ajudar mais entidades como o Lar", finalizou.

Educação abre inscrições de concurso para 1.878 vagas de diretores de escolas

O governo de São Paulo publicou nesta sexta-feira (23) no Diário Oficial o edital da abertura de inscrições e realização do concurso público para o cargo de Diretor de Escola na rede estadual de ensino. São 1.878 vagas disponíveis. O período de cadastro começa no próximo dia 3 e segue até 17 de julho. A prova será aplicada em 3 de setembro. A partir deste certame, a Secretaria da Educação estabelece mudanças durante o período probatório dos ingressantes, incluindo curso de formação obrigatório e avaliação do desempenho.

As inscrições são online e devem ser feitas no endereço do Instituto Nosso Rumo, responsável pela organização do concurso: www.nossorumo.org.br.

O valor da taxa é de R$ 82,73. São 1.784 vagas para ampla concorrência e 94 para candidatos com deficiência. A jornada de trabalho é de 40 horas e o salário inicial é de R$ 3.834,00. O edital completo está disponível também no Portal da Educação (www.educacao.sp.gov.br).

O concurso é dividido em duas fases: prova objetiva (composta por 70 questões múltipla escolha sobre conhecimentos gerais e conhecimentos específicos de diretores de escolas) e análise de títulos e experiência profissional. Podem concorrer profissionais com tempo mínimo de oito anos no exercício do magistério e com diplomas de licenciatura plena de Pedagogia e/ou pós-graduação na área de Educação.

Avaliação de desempenho - O estágio probatório para diretor de escola tem duração de três anos. Durante o período, os ingressantes deverão também participar do Curso Específico de Formação ministrado pela Escola de Formação e Aperfeiçoamento dos Professores do Estado de São Paulo (Efap). O programa tem carga horária de 360 horas e é voltado às habilidades de gestão. Também estão previstas avaliações anuais sobre comprometimento com as ações da Secretaria e a comunidade escolar, responsabilidade, produtividade, assiduidade e disciplina. O diretor cujo desempenho for considerado insatisfatório poderá perder o cargo.

Skatistas promovem torneio para comemorar o Go Skate Day

Neste domingo, 25 de Junho, será realizado em Jales, o 5° Campeonato de Skate Pântano a partir das 15h. O evento acontece em local próprio onde havia uma quadra cercada de alambrados e um salão com banheiros que inacabados à rua Novo Horizonte ao lado da EE Profª Sueli da Silveira Marin Batista

A quadra estava abandonada e o mato crescendo à sua volta. Então os skatistas colocaram a mão na massa e, em 2012 deram inicio na limpeza local, acreditando na possibilidade de executar manobras. Ao final da faxina, eles perceberam que a quadra estava em bom estado e não perderam a oportunidade de mandar as primeiras manobras no skate (tricks).

No decorrer do tempo, os skatistas promoveram confraternizações e torneios, arrecadando fundos para construção de obstáculos em concreto na lateral da quadra para conter o barro causado pela chuva e construir rampas.

Começaram então, todo dia 21 de junho, a comemorar o Go Skate Day - Dia Mundial do Skate.

O skate surgiu como brincadeira de criança. E, como toda criança, a prancha sobre rodinhas cresceu, amadureceu e fez sua própria história. Para celebrar a prática e o estilo de vida relacionados ao skate, em 2004, a International Association of Skateboard Companies (Associação Internacional de Companhias de Skate) criou o Go Skateboarding Day, realizado sempre em 21 de junho, com o intuito de popularizar e chamar a atenção para os potenciais do skate.

Hoje em dia, o local é conhecido por todos skatistas da região, sendo identificado como um lugar não apenas de diversão mas também de bom exemplo e cidadania.